Perícias Judiciais e Seus Cuidados Alessandro Mazaro AMZ EPRESARIAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Perícias Judiciais e Seus Cuidados Alessandro Mazaro AMZ EPRESARIAL"

Transcrição

1 Perícias Judiciais e Seus Cuidados Alessandro Mazaro AMZ EPRESARIAL

2 Apresentação Alessandro Mazaro Formação: Eng. de Produção/ Eng. Mecânica/Eng. de Segurança do Trabalho Atuação: Perito Judicial na justiça cível, trabalhista e criminal em processos relacionados à insalubridade, periculosidade, acidentes, direito de propriedade industrial e intelectual, enquadramento sindical, produtos e serviços. Experiência de 13 anos em indústrias de diversos seguimentos nas áreas de engenharia, operações industriais e segurança do trabalho.

3 O que é perícia? Exame de situações ou fatos realizado por especialista na matéria que lhe é submetida. Tem como objetivo o estudo dos fatos ou objetos de litígio ou processos a partir de avaliações técnicas conforme a norma. A atividade pericial é exercida por um profissional especialista e legalmente habilitado, o perito. Periciar é esclarecer, verificar ou apurar causas a partir da alegação de direitos ou do objeto de litígio ou processos para auxiliar o Juiz na tomada de decisão.

4 O que faz o assistente técnico? O assistente técnico assiste o perito judicial em todas as investigações e operações que executa. A escolha do assistente técnico é de responsabilidade da parte, ou seja, um consultor da mesma. O parecer do assistente técnico é uma análise crítica em concordância ou complementar ao laudo pericial.

5 Como se preparar para as pericias? PLANEJAMENTO

6 Quais os cuidados necessários para a pericia? Ter conhecimento sobre os motivos que resultaram no processo e consequentemente na necessidade da perícia. Conhecer cada um dos procedimentos de trabalho estabelecidos pela empresa e os métodos adotados pelos funcionários. Certificar que os procedimentos estabelecidos estão de acordo com as normas de Saúde e Segurança do Trabalho. Verificar se os métodos adotados pelos funcionários são condizentes os procedimentos.

7 Quais os cuidados necessários para a pericia? Entender os motivos pelos quais os métodos adotados não estão de acordo com os procedimentos. Elabore quesitos técnicos, tendo a certeza que as respostas serão favoráveis. Saiba onde e como encontrar evidências que sustentem as afirmações defendidas pela empresa. Manter o foco no objeto da perícia, independentemente da área ou profissional envolvido. Estabelecer uma comunicação clara e eficaz entre as áreas e profissionais envolvidos.

8 Quais os cuidados necessários para a pericia? Garantir que os profissionais que acompanham as perícias sejam capacitados, orientados e convictos da tese defendida pela empresa. Cuidar para que os envolvidos na perícia não estejam diretamente ligados as causas que levaram ao litigio. Facilitar o trabalho do perito de forma inteligente. Verifique se todas as informações levantadas anteriormente são verídicas.

9 Quais os cuidados necessários para a pericia? Use a seu favor todo o tempo disponível para levantar as informações e conhecer a empresa. Provavelmente o perito não terá a mesma disponibilidade de tempo. Seja crítico na análise de documentos e consistente em suas colocações para evitar contradições. Utilize equipamentos de avaliação em conformidade com as normas regulamentadoras.

10 Quais os cuidados necessários para a pericia? Seja breve na introdução do parecer técnico. Apresente o objetivo do parecer técnico. Leia a inicial. Qualifique adequadamente todos os envolvidos na perícia. Utilize documentos legais para descrever as partes. Tabule as informações sobre as funções, períodos e locais de trabalho de forma cronológica.

11 Quais os cuidados necessários para a pericia? Compare a descrição cargo e função com as atividades efetivamente realizadas. Compare as descrições de atividades do PPRA, LTCAT, e Ordem de Serviço com a descrição de cargo e função para garantir que não haverá contradições. Compare os riscos reconhecidos no PPRA, LTCAT, PCMSO com os riscos do PPP. Compare os períodos e funções apontados no PPP com os registros do RH.

12 Quais os cuidados necessários para a pericia? Certifique que os Equipamentos de Proteção Individual fornecidos foram adequados aos riscos. Observe se a forma do registro da entrega dos EPI s foi eficaz e legalmente reconhecida. Fundamente de forma técnica e legal seu parecer, bem como as manifestações a respeito do laudo pericial. Seja conclusivo ao finalizar seu parecer técnico. Não crie falsas evidências. Anexa apenas os documentos que faltam nos autos.

13 Etapas do laudo Realização da perícia. Apresentação do Parecer Técnico. Apresentação do Laudo Pericial. Manifestação sobre o Laudo Pericial. Análise do Juiz do laudo judicial, parecer técnico e manifestações para elaboração da sentença.

14 Considerações Finais Comentários... Questionamentos...

15 Perícias Técnicas e seus Cuidados Obrigado a todos! (11) / (11)

Telefone p/contato: 22159822

Telefone p/contato: 22159822 Telefone p/contato: 22159822 Apresentação Turma Especial aos Sábados CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITO CONTÁBIL COM EXPERTISE FINANCEIRA O CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITO CONTÁBIL COM EXPERTISE FINANCEIRA abordará

Leia mais

Em caso de serviços específicos possui equipes diferenciadas para cada atendimento.

Em caso de serviços específicos possui equipes diferenciadas para cada atendimento. A ROMEC é conhecida por sua experiência em assessoria e consultoria em Segurança do Trabalho e Meio Ambiente. Conta com uma equipe multidisciplinar de profissionais altamente capacitados e oferecemos assessoria

Leia mais

Aula 13 Meios de prova no Processo do Trabalho.

Aula 13 Meios de prova no Processo do Trabalho. Aula 13 Meios de prova no Processo do Trabalho. Perícia: na falta do conhecimento especializado ao juiz, este indica um técnico que possa fazer o exame dos fatos objeto da causa, transmitindo esses conhecimentos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 66/2010. O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO, no uso de suas atribuições regimentais,

RESOLUÇÃO Nº 66/2010. O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO, no uso de suas atribuições regimentais, RESOLUÇÃO Nº 66/2010 Regulamenta, no âmbito da Justiça do Trabalho de primeiro e segundo graus, a responsabilidade pelo pagamento e antecipação de honorários do perito, do tradutor e do intérprete, no

Leia mais

PERÍCIA CONTÁBIL. Paulo Cordeiro de Mello. Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário

PERÍCIA CONTÁBIL. Paulo Cordeiro de Mello. Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário PERÍCIA CONTÁBIL Paulo Cordeiro de Mello Economista e Contador Perito Judicial Professor Universitário O que é Perícia Contábil? É o trabalho técnico, realizado por profissional com formação e conhecimento

Leia mais

N o v a s i d e i a s ; N o v o s c o n c e i t o s. l a d o L E G A L d a s e g u r a n ç a d o t r a b a l h o

N o v a s i d e i a s ; N o v o s c o n c e i t o s. l a d o L E G A L d a s e g u r a n ç a d o t r a b a l h o A MN&A É DIFERENTE N o v a s i d e i a s ; N o v o s c o n c e i t o s O l a d o L E G A L d a s e g u r a n ç a d o t r a b a l h o A MN & Associados Gestão de Meio Ambiente do Trabalho - MN&A, é uma

Leia mais

"CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS"

CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS "CURSO DE FORMAÇÃO DE PERITOS JUDICIAIS e ASSISTENTES TÉCNICOS" 1. Objetivo do Curso: Torne-se um perito judicial, profissão com grande flexibilidade de horários, prazos e que figura como uma das atividades

Leia mais

Unidade II PERÍCIA CONTÁBIL. Prof. Francisco Roberto

Unidade II PERÍCIA CONTÁBIL. Prof. Francisco Roberto PERÍCIA CONTÁBIL Prof. Francisco Roberto Aspectos de uma perícia: Técnicos: Metodologia (técnica ou científica) a ser adotada na perícia. Doutrinários: A forma, modo ou o processo da realização da perícia

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O 0 0 1 / 2 0 1 5

R E S O L U Ç Ã O 0 0 1 / 2 0 1 5 R E S O L U Ç Ã O 0 0 1 / 2 0 1 5 Estabelece instruções para o reconhecimento do tempo de serviço público exercido sob condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física pelo Instituto

Leia mais

O PAPEL DO SESMT NA PERÍCIA JUDICIAL TRABALHISTA. Marcelo Loutfi Ministrante. São Paulo, 08 de Outubro de 2010.

O PAPEL DO SESMT NA PERÍCIA JUDICIAL TRABALHISTA. Marcelo Loutfi Ministrante. São Paulo, 08 de Outubro de 2010. O PAPEL DO SESMT NA PERÍCIA JUDICIAL TRABALHISTA Marcelo Loutfi Ministrante São Paulo, 08 de Outubro de 2010. TÓPICOS ABORDADOS I. A reclamação Trabalhista II. A Perícia Judicial III. Documentação IV.

Leia mais

01. esocial confirma fiscalização trabalhista total em 2016

01. esocial confirma fiscalização trabalhista total em 2016 BOLETIM INFORMATIVO Nº 28/2015 ANO XII (13 de agosto de 2015) 01. esocial confirma fiscalização trabalhista total em 2016 Embora o esocial passe efetivamente a ser obrigatório a partir de setembro de 2016,

Leia mais

Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL

Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL Disciplina: PERÍCIA CONTÁBIL 1 Prof. Fábio Ibanhez Bertuchi PROF. FÁBIO IBANHEZ BERTUCHI E-MAIL: FABIOBERTUCHI@UNITOLEDO.BR FORMAÇÃO ACADÊMICA: - Pós Graduado em Perícia Contábil e Auditoria (UEL-PR) -

Leia mais

As semelhanças e diferenças entre Auditorias e Perícias Ambientais

As semelhanças e diferenças entre Auditorias e Perícias Ambientais As semelhanças e diferenças entre Auditorias e Perícias Ambientais Lucila Maria de Souza Campos Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas lucila.campos@ufsc.br

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 22 DE JULHO DE 2010

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 22 DE JULHO DE 2010 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1, DE 22 DE JULHO DE 2010 (Publicada no D.O.U. de 27/07/2010) Atualizada até 26/05/2014 Estabelece instruções para o reconhecimento, pelos Regimes Próprios de Previdência Social

Leia mais

A importância do RH no processo de contestação do FAP. WOLNEI TADEU FERREIRA Outubro 2014 FIESP

A importância do RH no processo de contestação do FAP. WOLNEI TADEU FERREIRA Outubro 2014 FIESP A importância do RH no processo de contestação do FAP WOLNEI TADEU FERREIRA Outubro 2014 FIESP Como é definido o FAP? Como é calculado: o FAP anual reflete a aferição da acidentalidade nas empresas relativa

Leia mais

Curso (Prático) de Perícia Financeira

Curso (Prático) de Perícia Financeira Apresentação Objetivos Curso (Prático) de Perícia Financeira Contábil e O Curso de Perícia Contábil aborda as matérias necessárias aos profissionais que atuam como perito, para que interpretem adequadamente

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.051/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.051/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.051/05 Aprova a NBC P 2.6 Responsabilidade e Zelo. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas Brasileiras

Leia mais

Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias

Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias 03/12/2012 Fernando Viana de Oliveira Filho Diretor Executivo de Perícias ASPECTOS INTRODUTÓRIOS E PRÁTICOS DA PERÍCIA As características e caminhos percorridos pelo profissional na condição de perito

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 858/99 Reformula a NBC T 13 Da Perícia Contábil. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO a necessidade de reformulação

Leia mais

CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP)

CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS CURSO INTENSIVO DE PERICIA JUDICIAL AMBIENTAL TURMA II SÃO CARLOS (SP) Objetivos: Capacitar profissionais e estudantes para atuarem

Leia mais

ESCOLA JUDICIAL TRT7. 1º Seminário sobre Perícias Judiciais e Acidentes de Trabalho FORTALEZA/CE 13/12/13

ESCOLA JUDICIAL TRT7. 1º Seminário sobre Perícias Judiciais e Acidentes de Trabalho FORTALEZA/CE 13/12/13 ESCOLA JUDICIAL TRT7 1º Seminário sobre Perícias Judiciais e Acidentes de Trabalho FORTALEZA/CE 13/12/13 Painel sobre Perícias em Acidente de Trabalho Engenheiro e Perito Evandro Krebs Juiz do Trabalho

Leia mais

PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES)

PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES) PROJETO DE LEI, Nº 2007 (Do Sr. EDUARDO GOMES) Regulamenta o exercício da atividade, define a atribuições do Perito Judicial e do Assistente Técnico e dá outras providências. O congresso nacional decreta:

Leia mais

CURSO: PERÍCIAS JUDICIAIS - AMES. PROFESSOR: CLÁUDIO LUIZ REIS ROCHA. PERÍODO: MARÇO/2013. 1 de 21

CURSO: PERÍCIAS JUDICIAIS - AMES. PROFESSOR: CLÁUDIO LUIZ REIS ROCHA. PERÍODO: MARÇO/2013. 1 de 21 CURSO: PERÍCIAS JUDICIAIS - AMES. PROFESSOR: CLÁUDIO LUIZ REIS ROCHA. PERÍODO: MARÇO/2013. 1 de 21 ORIGEM DOS ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 05/10/88 CAPÍTULO II -

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS BREVE ESTUDO SOBRE DUAS AREAS ATUANTES DO CONTADOR, AUDITOR E PERITO CONTÁBIL.

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS BREVE ESTUDO SOBRE DUAS AREAS ATUANTES DO CONTADOR, AUDITOR E PERITO CONTÁBIL. 1 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS BREVE ESTUDO SOBRE DUAS AREAS ATUANTES DO CONTADOR, AUDITOR E PERITO CONTÁBIL. BELO HORIZONTE 2011 2 1 INTRODUÇÃO Com o grande crescimento da economia no Brasil, a contabilidade

Leia mais

PROVIMENTO GP-CR Nº 03/2012

PROVIMENTO GP-CR Nº 03/2012 PROVIMENTO GP-CR Nº 03/2012 Altera o Provimento GP-CR 01/2009, que dispõe sobre o pagamento de honorários periciais nos casos de justiça gratuita e dá outras providências. A PRESIDÊNCIA E A CORREGEDORIA

Leia mais

LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL

LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL LAUDO PERICIAL E PARECER PERICIAL CONTÁBIL LAUDO PERICIAL Laudo é o documento, elaborado por um ou mais peritos, onde se apresentam conclusões do exame pericial. No laudo, responde se aos quesitos (perguntas)

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS As Normas Regulamentadoras estabelecem critérios e procedimentos obrigatórios relacionados à segurança e medicina do trabalho, que devem ser seguidos por empresas de acordo com

Leia mais

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010 ASSUNTO: Relação do Assistente Social com autoridades do Sistema Judiciário/ Determinações ou exigências emanadas, que não se coadunam com o Código de Ética do Assistente Social e com as normas previstas

Leia mais

Honorários Periciais Judiciais

Honorários Periciais Judiciais Honorários Periciais Judiciais Atualização monetária Juros legais de mora Impugnação aos Cálculos CAROLINE DA CUNHA DINIZ Máster em Medicina Forense pela Universidade de Valência/Espanha Título de especialista

Leia mais

esocial Pontos críticos em Segurança e Saúde no Trabalho

esocial Pontos críticos em Segurança e Saúde no Trabalho esocial Pontos críticos em Segurança e Saúde no Trabalho Palestrante convidado: Fabio João Rodrigues Fabio João Rodrigues Advogado em São Paulo. Atua desde 1995 na área de relações trabalhistas e sindicais.

Leia mais

A Perícia contábil e sua importância.

A Perícia contábil e sua importância. A Perícia contábil e sua importância. Prof. MSc. Wilson Alberto Zappa Hoog i Resumo: Apresentamos uma breve análise sobre a importância da perícia contábil, abordando, resumidamente, os aspectos de elaboração

Leia mais

Kayrós Consultoria. Soluções em EHS. Este é o tempo certo para investir em Segurança! kayrosehs@hotmail.com.br

Kayrós Consultoria. Soluções em EHS. Este é o tempo certo para investir em Segurança! kayrosehs@hotmail.com.br Soluções em EHS Soluções em EHS - Apresentação A Kayrós Consultoria atua nas áreas de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho trazendo soluções para micro, pequenas e médias empresas em toda a Baixada

Leia mais

Faz os seguintes questionamentos:

Faz os seguintes questionamentos: PARECER CFM nº 9/16 INTERESSADO: 1ª Vara da Fazenda da Comarca de Joinville/SC ASSUNTO: Dúvidas quanto à necessidade de especialidade médica para realização de exame pericial e determinação de capacidade

Leia mais

O C S a d v o c a c i a TREINAMENTOS E PALESTRAS

O C S a d v o c a c i a TREINAMENTOS E PALESTRAS O C S a d v o c a c i a TREINAMENTOS E PALESTRAS A OCS Advocacia & Consultoria Empresarial, através de seus integrantes, capacitados em suas áreas de atuação, desenvolveu Palestras e Treinamentos, com

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde - SES/GO SESMT

Secretaria de Estado da Saúde - SES/GO SESMT Secretaria de Estado da Saúde - SES/GO SESMT Juliana A. Nepomuceno Eng. de Seg. do Trabalho Cood. SESMT/SES SESMT O que é? Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho EQUIPES

Leia mais

Luiz Oscar Dornelles Schneider Especialista em Medicina do Trabalho AMB / ANAMT

Luiz Oscar Dornelles Schneider Especialista em Medicina do Trabalho AMB / ANAMT FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DA EXIGIBILIDADE DO LTCAT LAUDO TÉCNICO DE CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO Seguem-se abaixo os trechos dos documentos legais que versam sobre a matéria, de acordo com sua ordem hierárquica

Leia mais

REGULAMENTO DE HONORÁRIOS

REGULAMENTO DE HONORÁRIOS REGULAMENTO DE HONORÁRIOS I) DISPOSIÇÃO PRELIMINAR A Engenharia de Avaliações e Perícias se tornou ao longo dos tempos uma atividade bastante restrita, exigindo do profissional atualização constante, acompanhamento

Leia mais

CAPACITAÇÕES ABIS. Requisitos do Programa de Boas Práticas de Fabricação como Pré-Requisito para a implantação da ISO 22000

CAPACITAÇÕES ABIS. Requisitos do Programa de Boas Práticas de Fabricação como Pré-Requisito para a implantação da ISO 22000 CAPACITAÇÕES ABIS Requisitos do Programa de Boas Práticas de Fabricação como Pré-Requisito para a implantação da ISO 22000 Cada funcionário de uma empresa de alimentos, ou de bebidas, deve entender e aplicar

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 PARECER CONSULTA CRM-MT Nº 33/2011 INTERESSADA: Dra V. da C. R. F. Perita Médica Precidenciária/SST/MOB

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº 0007-2015. CARGO: Instrutor II Engenharia de Segurança MANAUS. SENAI - Amazonas

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº 0007-2015. CARGO: Instrutor II Engenharia de Segurança MANAUS. SENAI - Amazonas COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO- Nº 0007-2015 CARGO: Instrutor II Engenharia de Segurança MANAUS SENAI - Amazonas O Departamento de Gestão de Pessoas do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas

Leia mais

ASPECTOS CONTROVERTIDOS DAS PERÍCIAS TRABALHISTAS DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Edwar Abreu Gonçalves

ASPECTOS CONTROVERTIDOS DAS PERÍCIAS TRABALHISTAS DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Edwar Abreu Gonçalves ASPECTOS CONTROVERTIDOS DAS PERÍCIAS TRABALHISTAS DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Edwar Abreu Gonçalves EDWAR ABREU GONÇALVES Formação Acadêmica: 1. Engenheiro Civil. 2. Engenheiro de Segurança do Trabalho.

Leia mais

Aspectos Éticos da Perícia do Erro Médico

Aspectos Éticos da Perícia do Erro Médico Aspectos Éticos da Perícia do Erro Médico Prof. Dr. Hermes de Freitas Barbosa Centro de Medicina Legal Departamento de Patologia e Medicina Legal Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Universidade de

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PERÍCIA CONTÁBIL

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO CIVIL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO CIVIL ELABORAÇÃO DO LAUDO PERICIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO CIVIL Professores: Adriano de Paula e Silva Cristiane Machado Parisi Jonov 1 Título - O primeiro item a ser considerado é o título Considerações

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE E RECONHECIMENTO DO DIREITO AOS SERVIDORES PÚBLICOS

APOSENTADORIA ESPECIAL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE E RECONHECIMENTO DO DIREITO AOS SERVIDORES PÚBLICOS 2015 APOSENTADORIA ESPECIAL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE E RECONHECIMENTO DO DIREITO AOS SERVIDORES PÚBLICOS Márcia Touni Advocacia 18/03/2015 APOSENTADORIA ESPECIAL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE E RECONHECIMENTO

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 Competências a serem trabalhadas nesta aula Estabelecer os parâmetros e diretrizes necessários para garantir um padrão

Leia mais

PROGRAMAS (41) 35620280. medicinaocupacional@saudemais.med.br. http://www.saudemais.med.br

PROGRAMAS (41) 35620280. medicinaocupacional@saudemais.med.br. http://www.saudemais.med.br (41) 35620280 medicinaocupacional@saudemais.med.br http://www.saudemais.med.br Temos a satisfação de apresentar nossos serviços de Saúde Ocupacional. Oferecemos assessoria completa em segurança e medicina

Leia mais

ENUNCIADOS DO FORUM NACIONAL DA MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO

ENUNCIADOS DO FORUM NACIONAL DA MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO ENUNCIADOS DO FORUM NACIONAL DA MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO Semestralmente o Fórum Nacional da Mediação e Conciliação se reúne e promove discussões objetivando levantar boas práticas que possam aprimorar o

Leia mais

Conheça nossos Serviços

Conheça nossos Serviços BEM VINDO! Oferecemos completa Assessoria e Consultoria nos aspectos legais, técnicos e normativos relacionados à quaisquer serviços de SEGURANÇA, SAÚDE E MEDICINA DO TRABALHO. Conheça nossos Serviços

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO - CONTRATO MENSAL - MTQ Rev. 08 Criado em: 30/03/2012 Última revisão em: 08/09/2014

MANUAL DE TRABALHO - CONTRATO MENSAL - MTQ Rev. 08 Criado em: 30/03/2012 Última revisão em: 08/09/2014 MANUAL DE TRABALHO - CONTRATO MENSAL - MTQ Rev. 08 Criado em: 30/03/2012 Última revisão em: 08/09/2014 MANUAL DE TRABALHO A Qualitá Ocupacional, com o objetivo de facilitar a utilização dos serviços prestados

Leia mais

SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DIRETRIZES BÁSICAS

SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DIRETRIZES BÁSICAS SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DIRETRIZES BÁSICAS Elaborado em: 05/01/2011 Autor: Borges 1.Introdução É comum entre empregadores e colaboradores que exerçam cargos de confiança a preocupação em gerir

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE CURSO 1. Identificação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PERÍCIA CONTÁBIL

Leia mais

O valor do curso até 07/11/2015 é R$ 1.200,00 (à vista) A partir de 08/11/2015 R$1.500,00 (à vista)

O valor do curso até 07/11/2015 é R$ 1.200,00 (à vista) A partir de 08/11/2015 R$1.500,00 (à vista) CURSO DE PERITO E ASSISTENTE TÉCNICO EM PERICULOSIDADE/INSALUBRIDADE Apresentação: Ivomar Mezoni O curso será realizado em Araçatuba (SP) nos dias 07, 08, 09 e 10 de dezembro de 2015, das 08 às 17h00 O

Leia mais

XIº FEMESC Fraiburgo JUDICIAL ÉTICOS ASPECTOS. Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES. Maio 2008

XIº FEMESC Fraiburgo JUDICIAL ÉTICOS ASPECTOS. Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES. Maio 2008 XIº FEMESC Fraiburgo PERÍCIA MÉDICA M ASPECTOS ÉTICOS Cons. JOSÉ FRANCISCO BERNARDES Maio 2008 OU COMO EVITAR PROBLEMAS COM O CRM NA REALIZAÇÃO DE UMA PERICIA MÉDICA PERÍCIA MÉDICAM PERÍCIA MÉDICA M Do

Leia mais

INSTITUTO DE ENGENHARIA LEGAL Filiado ao Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia

INSTITUTO DE ENGENHARIA LEGAL Filiado ao Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia CÓDIGO DE ÉTICA E NORMAS DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL O INSTITUTO DE ENGENHARIA LEGAL, órgão fundado em 10 de março de 1953 e reconhecido como utilidade pública pela Lei Estadual nº. 744 de 28 de janeiro

Leia mais

INSTITUTO Caetano Andrade Rio de Janeiro. São Paulo EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DE MADUREIRA/RJ

INSTITUTO Caetano Andrade Rio de Janeiro. São Paulo EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DE MADUREIRA/RJ 1 EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CÍVEL DA REGIONAL DE MADUREIRA/RJ PROCESSO n : 2006.202.000000-0 AÇÃO AUTORA RÉU : DECLATÓRIA : JOCE DASILVA : BANCO DO POVO CAETANO ANTONIO DE ANDRADE, perito

Leia mais

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS:

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: PARECER Nº 02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: DIVERSOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS. ASSUNTOS: BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS. DA CONSULTA: Trata-se de consulta

Leia mais

ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DAS PERÍCAS ODONTOLÓGICAS

ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DAS PERÍCAS ODONTOLÓGICAS ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DAS PERÍCAS ODONTOLÓGICAS Prof. Dr. Eduardo Daruge Titular de Odontologia Legal e Deontologia da FOP-UNICAMP Prof. Medicina Legal da Faculdade de Direito da UNIMEP DEFINIÇÃO: PERÍCIAS

Leia mais

RSData construindo soluções diferenciadas para a. Gestão de Segurança e Saúde do Trabalho

RSData construindo soluções diferenciadas para a. Gestão de Segurança e Saúde do Trabalho RSData construindo soluções diferenciadas para a Gestão de Segurança e Saúde do Trabalho Porque escolher a RSData? A empresa RSData é especializada e dedicada em softwares para a Gestão de Segurança e

Leia mais

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS

O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Curso de Avaliações Prof. Carlos Aurélio Nadal cnadal@ufpr.br AULA 01 O PROCESSO JUDICIAL E A PERÍCIA - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Conflito de interesses - duas pessoas possuem interesse sobre o mesmo bem

Leia mais

Curso de Perícia Ambiental

Curso de Perícia Ambiental Objetivos O Curso de Perícia do Instituto Caetano Andrade foi elaborado em parceria com a Associação Brasileira de Direito e Cidadania com o propósito de formar Peritos Judiciais para atuarem na área junto

Leia mais

Responsabilidade em saúde

Responsabilidade em saúde Responsabilidade em saúde Cível:obrigação de indenização indene de prejuízo Constituição Federal/Código civil/cdc Elementos de responsabilidade Autor Ato Culpa Dano Nexo causal CÓDIGO CIVIL Art. 186 Aquele

Leia mais

ANO VI EDIÇÃO nº 1282 Suplemento SEÇÃO I

ANO VI EDIÇÃO nº 1282 Suplemento SEÇÃO I ANO VI EDIÇÃO nº 1282 Suplemento SEÇÃO I DISPONIBILIZAÇÃO: sexta-feira, 12 de abril de 2013 PUBLICAÇÃO: segunda-feira, 15 de abril de 2013 Senhores(as) Usuários(as), A Seção I do Diário da Justiça Eletrônico

Leia mais

ANEXO X - ESPECIFICAÇÕES

ANEXO X - ESPECIFICAÇÕES ANEXO X - ESPECIFICAÇÕES 1. JUSTIFICATIVA 1.1. Motivação para a Contratação: A contratação constante do objeto em questão é justificada em virtude do término do atual contrato; da impreterível necessidade

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DE OSASCO 30ª SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA PORTARIA N.º 27/2006 JEF-OSASCO

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DE OSASCO 30ª SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA PORTARIA N.º 27/2006 JEF-OSASCO PORTARIA N.º 27/2006 JEF-OSASCO O Doutor MARCO AURÉLIO CHICHORR FALAVINHA, Juiz Federal Presidente do Juizado Especial Federal Cível da 30ª Subseção Judiciária de Osasco, Seção Judiciária do Estado de

Leia mais

1.2 - Neste capítulo, as denominações economista, perito e economista perito são utilizadas com o mesmo sentido.

1.2 - Neste capítulo, as denominações economista, perito e economista perito são utilizadas com o mesmo sentido. CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA REGULAMENTAÇÃO PROFISSIONAL 4 - A profissão de economista o conteúdo técnico do desempenho profissional 4.2 Normas técnicas específicas 4.2.1 Regulamentação de Perícia Judicial

Leia mais

Inovação, Controle, Padronização e Operação Assistida em QSSMA-RS com o sistema 3RFollowGoGreener:

Inovação, Controle, Padronização e Operação Assistida em QSSMA-RS com o sistema 3RFollowGoGreener: Inovação, Controle, Padronização e Operação Assistida em QSSMA-RS com o sistema 3RFollowGoGreener: Atendimento as Exigências do Legislador e aos programas de capacitação de fornecedores de empresas âncoras

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução.

Copyright Proibida Reprodução. PROCEDIMENTO PADRÃO PERÍCIA AMBIENTAL Prof. Éder Responsabilidade Clementino dos civil Santos INTRODUÇÃO BRASIL: Perícia Ambiental É um procedimento utilizado como meio de prova; Fornecimento de subsídios

Leia mais

PARÂMETROS PARA A CAPACITAÇÃO DE CONCILIADORES E MEDIADORES JUDICIAIS

PARÂMETROS PARA A CAPACITAÇÃO DE CONCILIADORES E MEDIADORES JUDICIAIS PARÂMETROS PARA A CAPACITAÇÃO DE CONCILIADORES E MEDIADORES JUDICIAIS O curso de capacitação básica dos terceiros facilitadores (conciliadores e mediadores) tem por objetivo transmitir informações teóricas

Leia mais

Estalo Desenvolvimento e Tecnologia Rua Ismael Carlos Correia, 107 CEP 89221-520 - Joinville - SC estalo@estalo.com.br Fone/Fax: (47) 3425-5745

Estalo Desenvolvimento e Tecnologia Rua Ismael Carlos Correia, 107 CEP 89221-520 - Joinville - SC estalo@estalo.com.br Fone/Fax: (47) 3425-5745 Estalo PPP Conteúdo Apresentação...3 1.1 O QUE É O ESTALO PPP?...3 1.2 ONDE ELE SE APLICA?...3 1.3 COMO SE REALIZA A ENTRADA DE DADOS?...3 Ajuda para utilização do programa...4 2.1 ASSISTENTE (WIZARD)...4

Leia mais

PERÍCIA X AUDITORIA PLANEJAMENTO PERÍCIA AUDITORIA ESCOPO DO TRABALHO PERÍCIA AUDITORIA. Departamento de Ciências Contábeis.

PERÍCIA X AUDITORIA PLANEJAMENTO PERÍCIA AUDITORIA ESCOPO DO TRABALHO PERÍCIA AUDITORIA. Departamento de Ciências Contábeis. PERÍCIA X AUDITORIA Prof Geraldo de Oliveira geraldodeoliveira@hotmail.com.br (27)9972.5760-32235100 PLANEJAMENTO Prevê o tempo a ser alocado, a quantidade de horas, o valor financeiro, forma de pagamento

Leia mais

Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho;

Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho; Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho; 1. O que é o esocial? Um Sistema de Escrituração Fiscal Digital das obrigações

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL

PROCEDIMENTO OPERACIONAL Coordenadoria de Recursos Humanos (CRH) Secretaria Estadual da Saúde PROCEDIMENTO OPERACIONAL Número: 3.3 Revisão: 0 Página: 1/8 Vigência: Indeterminada Titulo: Implantação e adequação do Serviço Especializado

Leia mais

Proposta Especialidade FONOAUDIOLOGIA DO TRABALHO segundo os critérios da CBO e outros

Proposta Especialidade FONOAUDIOLOGIA DO TRABALHO segundo os critérios da CBO e outros Proposta Especialidade FONOAUDIOLOGIA DO TRABALHO segundo os critérios da CBO e outros CATECE Comissão de Análise de Títulos de Especialistas e Cursos de Especialização Complexidade da especialidade O

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 3

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 3 FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Saúde Ocupacional AULA 3 Competências a serem trabalhadas nesta aula Estabelecer os parâmetros e diretrizes necessários para garantir um padrão

Leia mais

Aspectos da prova pericial no novo Código do Processo Civil 07/10/15

Aspectos da prova pericial no novo Código do Processo Civil 07/10/15 Aspectos da prova pericial no novo Código do Processo Civil 07/10/15 PROVA PERICIAL A prova pericial consiste em EXAME, VISTORIA ou AVALIAÇÃO. (Art. 420 do CPC) (Art. 464 do NCPC) 2 o De ofício ou a requerimento

Leia mais

A Lei 605/49, no artigo12, parágrafos 1º e 2º, dispõe sobre as formas de. Constituem motivos justificados:

A Lei 605/49, no artigo12, parágrafos 1º e 2º, dispõe sobre as formas de. Constituem motivos justificados: Abono de faltas e a acreditação na avaliação médica. A Lei 605/49, no artigo12, parágrafos 1º e 2º, dispõe sobre as formas de abono de faltas mediante atestado médico: Constituem motivos justificados:

Leia mais

Apresentação da Concessão

Apresentação da Concessão MEDICINA E ENGENHARIA DO TRABALHO Apresentação da Concessão Cuidar da Saúde e Segurança do Trabalhador é a nossa Especialidade! APRESENTAÇÃO TENHA SEU PRÓPRIO NEGÓCIO COM RETORNO GARANTIDO O mercado de

Leia mais

Sistema de Gestão de SMS

Sistema de Gestão de SMS DESCRIÇÃO DA EMPRESA Nome SMART EXPRESS TRANSPORTES LTDA EPP CNPJ 12.103.225/0001-52 Insc.Est. 79.477.680 Atividade: transporte rodoviário de carga em geral Código: 206-2 Nº de funcionários (inclusive

Leia mais

Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho. Automação e Proteção. WWW.AMBIENTALQVT.COM.BR AMBIENTAL@AMBIENTALQVT.COM.BR

Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho. Automação e Proteção. WWW.AMBIENTALQVT.COM.BR AMBIENTAL@AMBIENTALQVT.COM.BR Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho. Automação e Proteção. WWW.AMBIENTALQVT.COM.BR AMBIENTAL@AMBIENTALQVT.COM.BR GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. AUTOMAÇÃO E PROTEÇÃO. A Ambiental Qualidade

Leia mais

SESMT - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

SESMT - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO SESMT - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Aline Barbosa Pinheiro Prof. Andréia Alexandre Hertzberg Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI Graduação Tecnológica

Leia mais

OBSERVAÇÃO: O USUÁRIO É RESPONSÁVEL PELA ELIMINAÇÃO DAS REVISÕES ULTRAPASSADAS DESTE DOCUMENTO

OBSERVAÇÃO: O USUÁRIO É RESPONSÁVEL PELA ELIMINAÇÃO DAS REVISÕES ULTRAPASSADAS DESTE DOCUMENTO Página 1 de 10 DESCRIÇÃO DAS REVISÕES REV DATA ALTERAÇÃO OBSERVAÇÃO 08/06/29 Emissão Inicial OBSERVAÇÃO: O USUÁRIO É RESPONSÁVEL PELA ELIMINAÇÃO DAS REVISÕES ULTRAPASSADAS DESTE DOCUMENTO ELABORAÇÃO Nome

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE OURO FINO MINAS GERAIS

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE OURO FINO MINAS GERAIS Ambiental e Advogado, Portador da carteira do Conselho de Biologia nº 13806-4 4ª Região, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência, para dizer que aceita o honroso cargo de perito para o qual

Leia mais

Prof. Eduardo Salles Pimenta. Unidade I PERÍCIA, AVALIAÇÃO E

Prof. Eduardo Salles Pimenta. Unidade I PERÍCIA, AVALIAÇÃO E Prof. Eduardo Salles Pimenta Unidade I PERÍCIA, AVALIAÇÃO E ARBITRAGEM Introdução O profissional é nomeado pelo juiz para desempenhar o papel de perito judicial. Deve elaborar um planejamento e determinar

Leia mais

DISCENTE: EFRAYN PEREIRA

DISCENTE: EFRAYN PEREIRA DISCENTE: EFRAYN PEREIRA CÂMARA BRASILEIRA DE MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM EMPRESARIAL - CBMAE ARBITRAGEM: MEDICINA VETERINÁRIA Trabalho de conclusão do Curso de Capacitação da CBMAE Campo Limpo Paulista, Tutor

Leia mais

Contato: (041) 3365-9406 (041) 9910-3494/8467-2429 www.edtrab.com.br

Contato: (041) 3365-9406 (041) 9910-3494/8467-2429 www.edtrab.com.br Contato: (041) 3365-9406 (041) 9910-3494/8467-2429 A Empresa Profissionalismo, Credibilidade e Qualidade são sinônimos do trabalho realizado pela empresa EDTRAB Serviços e Segurança do Trabalho. Pioneira

Leia mais

PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação

PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação Eduardo Assis Módulo IV Tema 2 Colaboração: EDUARDA DE MELO ASSIS OAB 127.502 1- Generalidades Quando a prova de determinados fatos alegados pelas partes depender de conhecimentos

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N 1.057/05 Aprova a NBC P 2.4 Honorários O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que as Normas Brasileiras de Contabilidade

Leia mais

Resumo Auditoria e Pericia Ambiental

Resumo Auditoria e Pericia Ambiental Resumo Auditoria e Pericia Ambiental Inspirada na Auditoria Contábil, elemento integrante dos sistemas de gestão empresarial, a Auditoria Ambiental surgiu na década de 70 nos Estados Unidos visando à redução

Leia mais

CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO. Julgamento de Processos

CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO. Julgamento de Processos 1 I - PROCESSOS DE ORDEM SF I. I - A.N.I. - MANUTENÇÃO UGI NORTE 1 SF-659/2012 SANDRA REGINA TEIXEIRA SANTIAGO CARLOS ALBERTO GUIMARÃES GARCEZ Processo: SF- 659/2012 Interessado: SANDRA REGINA TEIXEIRA

Leia mais

Produto : RM TOTVS Folha de Pagamento Bibliotecas RM 11.52.63, 11.53.75, 11.82.35, 11.83.55.

Produto : RM TOTVS Folha de Pagamento Bibliotecas RM 11.52.63, 11.53.75, 11.82.35, 11.83.55. esocial Produto : RM TOTVS Folha de Pagamento Bibliotecas RM 11.52.63, 11.53.75, 11.82.35, 11.83.55. Processo : esocial Terceiro Pacote de implementações Subprocesso : N/A Data da publicação : Revisão

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: CST em Gestão em Recursos Humanos MISSÃO DO CURSO A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da ESTÁCIO EUROPAN consiste em formar

Leia mais

Ementa: Tabela Referencial de Honorários do Serviço Social. O Conselho Federal de Serviço Social no uso de suas atribuições legais e regimentais;

Ementa: Tabela Referencial de Honorários do Serviço Social. O Conselho Federal de Serviço Social no uso de suas atribuições legais e regimentais; RESOLUÇÃO CFESS Nº 418/01 Ementa: Tabela Referencial de Honorários do Serviço Social. O Conselho Federal de Serviço Social no uso de suas atribuições legais e regimentais; CONSIDERANDO a Lei 8662/93, particularmente

Leia mais

Laudo Pericial Judicial

Laudo Pericial Judicial Laudo Pericial Judicial Disponível em: Acesso em: 06 jun. 2009 O Laudo é o parecer técnico resultante do trabalho realizado pelo Perito, via

Leia mais

1 C O N S E L H O R E G I O N A L D E E C O N O M I A 2ª REGIÃO - SP VIADUTO 9 DE JULHO, 26 - TÉRREO - CEP 01050-060 - TEL.:3291-8700 - FAX.

1 C O N S E L H O R E G I O N A L D E E C O N O M I A 2ª REGIÃO - SP VIADUTO 9 DE JULHO, 26 - TÉRREO - CEP 01050-060 - TEL.:3291-8700 - FAX. 1 RESOLUÇÃO nº 468/2006 Fixa procedimentos para a emissão de ATESTADO DE CADASTRAMENTO dos profissionais legalmente inscritos no Conselho Regional de Economia CORECON 2ª Região SP, para atuarem como Peritos

Leia mais

NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE NBC TP 01 NORMA TÉCNICA DE PERÍCIA CONTÁBIL

NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE NBC TP 01 NORMA TÉCNICA DE PERÍCIA CONTÁBIL NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE NBC TP 01 NORMA TÉCNICA DE PERÍCIA CONTÁBIL OBJETIVO 1. Esta norma tem como objetivo estabelecer regras e procedimentos técnicos a serem observados pelo perito, quando

Leia mais

PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978

PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA N. 3.214, 08 DE JUNHO DE 1978 Aprova as Normas Regulamentadoras - NR - do Capítulo V, Título II, da Consolidação das Leis do

Leia mais

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR

Norma de Referência Selo de Conformidade ANFIR Histórico das alterações: Nº Revisão Data de alteração 00 20.01.204 Emissão inicial do documento. Sumário das Alterações Pág. 1 1. Resumo Esta norma estabelece requisitos técnicos para a concessão do Selo

Leia mais

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE ELABORADO APROVADO FOLHA: 1/24 NOME Vivan Gonçalves Coordenador do SESMT Teresinha de Lara Coordenador do SGI DATA: 02/01/2007 VERSÃO: 01 ÍNDICE 1. Objetivo 4 1.1. Escopo do SGSSO TELEDATA 5 2. Referências

Leia mais