Luizinho e Chiquinho DST

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Luizinho e Chiquinho DST"

Transcrição

1 Luizinho e Chiquinho DST DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS PATROCÍNIO SBD: DERMATOLOGISTA COM TÍTULO DE ESPECIALISTA CUIDANDO DE VOCÊ.

2 LUIZINHO E CHIQUINHO SÃO DOIS GRANDES AMIGOS DESDE A INFÂNCIA. ALÉM DAS ATIVIDADES NORMAIS TANTO SOCIAIS COMO ESPORTIVAS COMUNS À INFÂNCIA DE AMBOS, QUANDO ESTAVAM JUNTOS, SEMPRE HAVIA A OPORTUNI- DADE DE CONVERSAREM SOBRE ASSUNTOS SÉRIOS, ATUAIS E, QUE PERMANECIAM E PERMANECEM ATÉ HOJE COMO TABU, NAS RODAS NORMAIS DE CONVERSA DE ADOLESCENTES E DE ADULTOS, DE AMBOS OS SEXOS. LUIZINHO DEDICOU-SE ÀS CIÊNCIAS MÉDICAS E BIOLÓGICAS... CHIQUINHO ÀS ARTES PLÁSTICAS. EM SEU ÚLTIMO ENCONTRO, AMBOS DECI- DIRAM CONVERSAR E DESENVOLVER UMA FORMA DE COMUNICAÇÃO QUE ABORDASSE OS PROBLEMAS CAUSADOS PELAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DST. NO PRIMEIRO DIA DE ENCONTRO ENTRE LUIZINHO E CHIQUINHO, A CONVERSA COMEÇOU COM UMA DÚVIDA DO CHIQUINHO. LUIZINHO. UM AMIGO MEU DISSE QUE ESTÁ COM CRISTA DE GALO NO BILAO DEPOIS QUE TRAN- SOU,SEM CAMISINHA, COM UMA GAROTA. O QUE É ISSO? É UMA DST? CHIQUINHO, O NOME CORRETO DA DOENÇA É CONDILOMA ACUMINADO. AS PESSOAS DE- RAM UM NOME VULGAR À ELA CHAMANDO-A DE CRISTA DE GALO, POIS ELA SE APRESENTA COMO UMA VERRUGA, DAÍ SEU APELIDO SER CRISTA DE GALO. É SIM UMA DST.

3 E PODE DAR SÓ NO BILAO? PRIMEIRO LUGAR, VAMOS CHAMAR O GENITAL MASCULINO PELO SEU NOME CORRETO QUE É PÊNIS. O CONDILOMA ACUMINADO, OU CRISTA DE GALO, PODE SURGIR NO PÊNIS, NA VULVA, NA BOCA... NA LÍNGUA, NAS GENGIVAS E NO ÂNUS, ISSO VAI DEPENDER DA MANEIRA COMO FOI PRATICADA A RELAÇÃO SEXUAL. COMO O QUE ACONTECE NAS BALADAS ESSA TAL DE CRISTA DE GALO PODE DAR ATÉ NA ALMA, OU NÃO??? SEM EXAGEROS. A CRISTA DE GALO APARECE QUANDO UMA PESSOA CONTAMINADA PELO VÍRUS HPV, CAUSADOR DA DOENÇA, SE RELA- CIONA SEXUALMENTE COM OUTRA PESSOA, SEM QUE HAJA A PROTEÇÃO ADEQUADA. AGORA ENTENDI. SE UMA PESSOA TI- VER A VERRUGA DA CRISTA DE GALO NA BOCA, NA LÍNGUA, NA VULVA, NO PÊ- NIS, OU NO ÂNUS E TIVER RELAÇÃO COM OUTRA PESSOA, SEM PROTEÇÃO, ELA IRÁ CONTAMINAR A OUTRA PESSOA? SEM DÚVIDA NENHUMA. ASSIM, QUANDO VOCÊ ENCONTRAR SEU AMIGO, DIGA-LHE PARA PROCURAR UM POSTO DE SAÚDE E, SE POSSÍVEL, LEVAR JUNTO A PARCEIRA COM QUE ELE TEVE RELAÇÕES SEXUAIS, PARA ELA TER A OPORTUNIDADE DE SER EXAMINADA TAMBÉM. MEU AMIGO DISSE-ME QUE A NAMORADA DELE NÃO HAVIA RECLAMADO DE NADA, MESMO ASSIM, É BOM ELA IR NO POSTO DE SAÚDE?

4 CORRETO. A IDA DELA AO POSTO, IRÁ PERMITIR QUE ELA SEJA EXA- MINADA PELO ESPECIALISTA E ORIENTADA. ALÉM DISSO, AMBOS PODERÃO FAZER EXAMES QUE AVALIAM SE SÃO PORTADORES DE HEPATITE B E C, SÍFILIS E O VÍRUS HIV, QUE CAUSA AIDS. É FÁCIL E GRATUITO, PORÉM, PRECISAMOS SABER, SE JUNTO COM O VÍRUS HPV QUE CAUSA A CRISTA DE GALO, O PORTADOR DA DOENÇA NÃO CONTRAIU OUTRAS DOENÇAS AO MESMO TEMPO! POR QUÊ TEM QUE FAZER TODOS ESSES EXAMES? NÃO É FÁCIL TRATAR A CRISTA DE GALO? POIS NÃO HOUVE PROTEÇÃO ADEQUADA. TEM QUE USAR CAMISINHA! ISSO ME FAZ LEMBRAR UM DITADO QUE SE DIZIA LÁ EM SERTÃOZINHO: ONDE PASSA UM BOI, PASSA UMA BOIADA. O PROBLEMA MAIOR É QUE A CRISTA DE GALO TEM APARECIDO EM MENINOS E MENINAS MUITO JOVENS, ABAIXO DOS 11 ANOS. ALÉM DISSO, ALGUNS TIPOS DE VÍRUS DO HPV PODEM CAUSAR CÂNCER NA BOCA, NA VULVA, NA VAGINA, NO ÚTERO, NO PÊNIS E NO ÂNUS. OUTRAS DST TAMBÉM PODEM APARECER NOS POSTOS DE SAÚDE, COMO: A GONORREIA, A SÍFILIS, O HERPES GENITAL, O CANCRO MOLE, A VAGINOSE BACTERIANA, A TRICOMONÍASE......ALÉM DA CANDIDOSE, MUITO COMUM ENTRE AS MULHERES E QUE NEM SEMPRE ESTÁ AS- SOCIADA ÀS RELAÇÕES SEXUAIS. AGORA VOCÊ DEU UM NÓ NA MINHA CABEÇA. EU NÃO SABIA QUE HÁ TANTAS DOEN- ÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS ASSIM. E EU NÃO FALEI TODAS, SÓ AS MAIS COMUNS...

5 EU LI UMA MATÉRIA SOBRE A PREOCUPAÇÃO DAS AUTORIDADES DE SAÚDE COM RELAÇÃO À CONTAMINAÇÃO, PELA SÍFILIS, EM MULHERES GRÁVIDAS. O QUE ISSO REPRESENTA? A SÍFILIS É CAUSADA POR UMA BACTÉRIA, QUE SE LOCOMOVE ATRAVÉS DOS VÃOS SANGUÍNEOS E AGRIDE A TODOS OS ORGÃOS DO CORPO HUMANO, COMO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, FÍGADO, RINS, BAÇO, PULMÃO, CORAÇÃO ENTRE OUTROS... SE UMA MULHER GRÁVIDA É CONTAMINADA PELA SÍFILIS, ESSA DOENÇA PODE ATINGIR O FETO, PELOS VASOS SANGUÍNEOS DA PLACENTA* E ELE MORRER DENTRO DO ÚTERO DA MÃE. É UMA SITUAÇÃO MUITO GRAVE. COMO PODEMOS EVITAR ISSO? NÓS ACONSELHAMOS ÀS MULHERES QUE ESTÃO GRÁVIDAS, OU SUSPEITAM DE ESTAREM GRÁVIDAS, PROCURAREM O POSTO DE SAÚDE PARA CONFIRMAR A GRAVIDEZ E, SE POSITIVA, JÁ INICIAR OS EXAMES PRÉ-NATAIS. PRÉ-NATAL É A FASE QUE ANTECEDE O NASCIMENTO DO BEBÊ? SIM. NAS PRIMEIRAS CONSULTAS DO EXAME PRÉ-NATAL, AS MULHERES GRÁVIDAS FAZEM UMA SÉRIE DE EXAMES PARA SABEREM SE ESTÃO COM ANEMIA, VERMI- NOSES, DIABETES E, SE NÃO SÃO PORTADORAS DOS VÍRUS CAUSADORES DAS HEPATITE B OU C, DA SÍFILIS E DO VÍRUS HIV. NO POSTO DE SAÚDE, ONDE ELA FAZ O PRÉ-NATAL, ELA RECEBE TODO TIPO DE MEDICAÇÃO ESPECÍFICA E ADEQUADA AO QUE ELA NECESSITA PARA A DOENÇA QUE FOI CONSTATA- DA DURANTE A GRAVIDEZ. NO CASO DA SÍFILIS, ELA É TRATADA COM MEDICAÇÃO ESPECÍFICA QUE CURA SUA DOENÇA, PROTEGE SEU FETO, SEM PREJUDICÁ-LO. E SE ESSA MULHER GRÁVIDA APRESENTAR SÍFILIS, O QUE DEVE SER FEITO?

6 SÍFILIS PODE ATINGIR O FETO DE UMA MULHER E, NO CASO DO HOMEM, O QUE PODE ACONTECER? A SÍFILIS É CAUSADA POR UMA BACTÉRIA. APÓS QUATRO SEMANAS DE UMA RELAÇÃO SEM PROTEÇÃO, PODE APARECER NO PÊNIS, NA BOCA, NA LÍNGUA, NA VULVA, NA VAGINA, NO ÚTERO E NO ÂNUS, UMA FERIDA CHAMADA CANCRO DURO. SE DEPOIS DE UMA RELAÇÃO SEXUAL, ONDE NÃO HOUVE NENHUMA PRO- TEÇÃO, APARECER UMA FERIDA NOS LUGARES QUE VOCÊ FALOU, A PESSOA PRECI- SA IR AO POSTO DE SAÚDE, POIS PODE SER UMA SÍFILIS? SIM, PORÉM NÃO SE ESQUEÇA DA HISTÓRIA DO BOI E DA BOIADA. NO POSTO DE SAÚDE, OS PORTADORES DE FERIDAS SÃO SUBMETIDOS A EXAMES ESPECÍFICOS, COM A COLETA DO MATERIAL DESSAS FERIDAS. É POSSÍVEL SABER, COM A COLETA DO MATERIAL DAS FERIDAS QUAL OU QUAIS DOENÇAS UMA PESSOA TEM? SIM. EXISTEM TÉCNICAS ESPECÍFICAS PARA AVALIAÇÃO DE CADA DST. ASSIM, É POSSÍVEL SABER SE A PESSOA PORTADORA DE UMA FERIDA, EM ESPECIAL NO GENITAL, APRESEN- TA UMA OU MAIS DST. QUER DIZER QUE UMA FERIDA EM GENI- TAL, LÍNGUA, BOCA, VULVA OU ÂNUS, NEM SEMPRE É O CAN- CRO DURO DA SÍFILIS?

7 QUANDO A PESSOA TEM MUITAS FERIDAS COBERTAS COM PUS, ELA PODE SER PORTADORA DE CANCRO MOLE, QUE TAMBÉM É UMA DST CAUSADA POR BACTÉRIA, CUJA FERIDA É SEMELHANTE À FERIDA DA SÍFILIS. A GONORREIA, É UMA DST, CAUSADA POR UMA BACTÉRIA E QUE AGRIDE O CANAL POR ONDE PASSA A URINA, DENOMINADO URETRA. ASSIM, QUANDO UM HOMEM, APÓS UMA RELAÇÃO, SEM A DEVIDA PROTEÇÃO, APRESENTAR DOR AO URINAR, E SAÍDA DE SECREÇÃO PURULENTA (QUE AS PESSOAS CHAMAM DE CORRIMENTO) PELO CANAL DA URINA, VOCÊ ESTÁ DIANTE DE UMA URETRITE QUE PODE SER CAUSADA PELA BACTÉRIA DA GONORRÉIA OU POR UMA SÉRIE DE OUTRAS BACTÉRIAS, VÍRUS E PROTOZOÁRIOS. VOCÊ FALOU EM GONORREIA E, EU ME LEMBRO DOS MEUS TIOS FALAREM DESSA DOENÇA, PORÉM, NÃO ME RECORDO DOS DETALHES DESSA DOENÇA. COMO A PESSOA VAI SABER QUAL A BACTÉ- RIA, VÍRUS OU PROTOZOÁ- RIO QUE ESTÁ CAUSANDO AQUELE DESCONFORTO AO URINAR E AQUELA SECRE- ÇÃO QUE MUITAS VEZES CHEGA A MANCHAR A CUECA? TODAS ESSAS DOENÇAS QUE SE MANIFESTAM ATRAVÉS DE SECREÇÃO DA URETRA TEM TRATAMENTO. ESSAS RESPOSTAS SÃO RESPONDIDAS PELO MÉDICO ESPECIALISTA, ATRAVÉS DE UMA BOA HIS- TÓRIA CLÍNICA, DE UM BOM EXAME FÍSICO E EXAMES DE LABORATÓRIO ESPECÍ- FICOS, QUE O POSTO DE SAÚDE OFERECE. É POSSÍVEL TRATAR, COM ÊXITO, ESSAS DOENÇAS QUE SE MANIFESTAM ATRAVÉS DE SECREÇÕES. PORÉM, O MAIS IMPOR- TANTE DE TUDO, É TRAZER A PESSOA COM QUE O PACIENTE TEVE RELAÇÕES SEXUAIS DESPROTEGIDAS, UMA VEZ QUE NO HOMEM AS URETRITES SE MANIFESTAM DE FORMA EVIDENTE E AGRESSIVA, PORÉM NAS MULHERES, ESSAS DOENÇAS DIFICILMENTE SE MANIFESTAM. O QUE PODE ACONTECER COM UMA MULHER QUE TEVE RELA- ÇÕES COM UM HOMEM COM GONORREIA?

8 A BACTÉRIA QUE CAUSA A GONORREIA, PODE SEGUIR PELA VAGINA, ATINGIR O ÚTERO, DEPOIS AS TROMPAS QUE SÃO ESTRUTURAS QUE UNEM O ÚTERO AOS OVÁRIOS E, É NAS TROMPAS QUE ELA PODE CAUSAR MAIS DANOS, PODENDO LEVAR A MULHER À MORTE. QUANTO MAIS CEDO A MULHER PROCURAR O POSTO DE SAÚDE, MAIS CHANCES ELA TEM DE SE CURAR, MESMO ELA ESTANDO GRÁVIDA? NO POSTO DE SAÚDE, HÁ UMA ORIENTAÇÃO ESPECÍFICA DE TRATAMENTO PARA CADA DST EM QUE SE RESPEITA A SITUAÇÃO DE SAÚDE DAS PESSOAS, COMO AS GRÁVIDAS, OS DIABÉTICOS, OS HIPERTENSOS. ESSE CUIDADO É PARA QUE VOCÊ POSSA TRATAR AS PESSOAS SEM PREJUDICÁ-LAS... O QUE FICOU CLARO PARA MIM É QUE HÁ NECESSIDADE DO USO DA CAMISINHA? CARO CHIQUINHO. EXISTE UM PARCELA DA POPULAÇÃO QUE POR QUESTÕES CULTURAS OU RELIGIOSAS NÃO ACEITAM O PRESERVATIVO COM UMA BARREIRA CONTRA AS DST. NÓS DA ÁREA DA SAÚDE, POR QUESTÕES DE ÉTICA PROFISSIONAL, SEMPRE RESPEITAMOS NOSSOS PACIEN- TES E NÃO IMPOMOS QUALQUER FORMA DE CONDUTA. E COMO FUNCIONA A PREVENÇÃO NESSES CASOS? NÓS CONVOCAMOS OS LÍDERES DE CADA COMUNIDADE ENVOLVIDA E EXPOMOS AS CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DAS DST. APÓS AS ORIENTAÇÕES BÁSI- CAS OFERECIDAS, DEIXAMOS, SOB A RESPONSABILIDADE SOCIAL DE CADA GRUPO, A MANEIRA PELA QUAL ELES IRÃO TRANSMITIR AOS SEUS PARES.

9 VOCÊ ACREDITA QUE ESCLARECENDO AS PESSOAS POSSA HAVER UM MOVIMENTO, COM RESPONSABILIDADE SOCIAL, E QUE ATINJA A MAIOR QUANTIDADE POSSÍVEL DO PÚBLICO QUE CONSIDERAMOS SEXUALMENTE ATIVO? SEMPRE QUE HOUVER OPORTUNIDADES PARA SE FALAR SOBRE AS DSTS, ELAS DEVEM SER APROVEITADAS, PARA QUE UM MAIOR NÚMERO DE PESSOAS FIQUEM CIENTES DOS DANOS E AGRAVOS QUE ESSAS DOENÇAS PODEM CAUSAR E, PRINCIPALMENTE, COMO EVITA-LAS QUANDO HÁ O CONHECIMENTO E A CONSCIENTIZAÇÃO DAS PESSOAS COM RELAÇÃO ÀS DSTS, MAIORES SERÃO AS CHANCES DESSAS PESSOAS MUDAREM DE ATITUDES. E SOBRE O HERPES GENITAL O QUE VOCÊ TEM A DIZER? O HERPES GENITAL É UMA DOENÇA QUE PODE SER CONSIDERADA SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEL, PORÉM, ELA PODE SURGIR, SEM QUE A PESSOA TENHA TIDO RELAÇÕES SEXUAIS RECENTES. COMO ASSIM? O HERPES GENITAL É CAUSADO POR UM VÍRUS. ESSE VÍRUS, UMA VEZ NO ORGANISMO, NEM SEMPRE É ELIMINADO COMPLETAMENTE, APÓS O TRATAMENTO. ESSE VÍRUS FICA ARMAZENADO, NUM LUGAR PRÓXIMO DE ONDE ELE SURGIU INICIALMENTE. QUANDO HÁ UMA QUEDA DA RESISTÊNCIA DA PESSOA, O VÍRUS VOLTA A APARECER, OU NO MESMO LUGAR, OU PRÓXIMO A ESSE LUGAR, MESMO QUE A PESSOA NÃO TENHA SE RELACIONADO SEXUALMENTE.

10 ISSO DEVE DAR UMA CONFUSÃO. COMO VOCÊ VAI EXPLICAR PARA A SUA PARCEIRA OU AO SEU PARCEIRO QUE AQUELE HERPES GENITAL SURGIU, DEVIDO À SUA QUEDA DE DEFESA E NÃO DE RELAÇÃO SEXUAL? O HERPES GENITAL SE MANIFESTA ATRAVÉS DE PEQUENAS BOLHINHAS D ÁGUA, QUE CHAMAMOS DE VESÍCULAS, GERALMENTE NOS GENITAIS MASCULINO E FEMININO. MUITAS VEZES ES- SAS BOLHINHAS ESTOURAM E VIRAM FERIDAS, COMO AS DO CANCRO DURO DA SÍFILIS OU COMO AS DO CANCRO MOLE. ASSIM SENDO, É NECESSÁRIO QUE O PORTADOR DA LESÃO VÁ AO POSTO DE SAÚDE, ACOMPANHADO DA PESSOA QUE ELE SE RELACIONA SEXUALMENTE PARA RECE- BER UM DIAGNÓSTICO DE CERTEZA E ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS E ESCLARECEDORAS. VAMOS APROVEITAR A PRESENÇA DA SU PARA QUE NOS AJUDE EM ALGUNS ESCLARECI- MENTOS. EU PENSO QUE AS MULHERES TEM O DIREITO TAMBÉM DE SE PROTEGER. SUZAN, O QUE VOCÊ ACHA DO PRESERVATIVO FEMININO? POR QUÊ CABE SOMENTE AO HOMEM A RESPONSABILIDADE DA PROTEÇÃO NA RELAÇÃO SEXUAL? NÃO SÃO DUAS VIDAS EM JOGO? MAS EU OUVI DIZER QUE O PRESERVATIVO FEMININO É ESTETICAMENTE FEIO, PARECE UM COADOR DE CAFÉ, DEVE SER INCÔMODO E DESCONFORTÁVEL. ALÉM DISSO, TEM ALGUNS HOMENS QUE PENSAM QUE APÓS A RELAÇÃO SEXUAL COM UMA MULHER COM PRESERVATIVO FEMININO, AQUELE DISPOSITIVO IRÁ SAIR JUNTO COM SEU PÊNIS, NUMA CONFUSÃO TOTAL...

11 REALMENTE, O PRESERVATIVO FEMININO É PARECIDO COM UM COADOR DE CAFÉ E PASSA A SENSAÇÃO DE SER DESCONFORTÁVEL, PORÉM, QUANDO SURGIU O PRESERVATIVO MASCULINO ELE ERA CHEIO DE IMPERFEIÇÕES. COM O PASSAR DO TEMPO, ESSE DISPOSITIVO FOI RECEBEN- DO O AVANÇO DA TECNOLOGIA E, HOJE, ELE PASSOU A SER CONFORTÁVEL, ALÉM DE ÚTIL. EU PENSO QUE AS AUTORIDADES COMPETENTES DEVEM DAR UMA ATENÇÃO MAIOR PARA O APRIMORAMENTO DO PRESERVATIVO FEMININO, ASSIM COM FOI FEITO COM O PRESERVATIVO MASCULINO. NÃO PELO FATO DE OFERECER CONFORTO E PRATICIDADE, MAS SIM DE OFERECER À MULHER A POSSIBILIDADE DE PROTEÇÃO NO CASO DE RECUSA DO PARCEIRO EM USAR O PRESERVATIVO. LUIZINHO. VOCÊ FALOU QUE OS HO- MENS QUANDO TEM URETRITE, COMO A GONORREIA ELE APRE- SENTA UMA SECREÇÃO (CHAMADA DE CORRI- MENTO) E QUE PODE NÃO APARECER NA MULHER? COMO UMA MULHER VAI SABER SE A SUA SECREÇÃO VAGINAL É NORMAL OU É CAUSADA POR UMA DST? NEM TODA SECREÇÃO URETRAL FEMININA (CHAMADA DE CORRIMENTO) É CAUSADA POR UMA DST. PARA QUE ESSE FATO SEJA ESCLARECIDO, É PRECISO QUE A MULHER COM SECREÇÃO VAGINAL, PROCURE O GINECOLOGISTA DO POSTO DE SAÚDE, O QUAL IRÁ ESCLARECER SUAS DÚVIDAS. PORÉM, EU CONCORDO COM O LUIZINHO QUE NÃO É SOMENTE O PRESERVATIVO A ÚNICA OPÇÃO PARA SE TER UM RELACIONAMENTO SEXUAL SADIO, HÁ NECESSIDADE DE SE CONHECER AS DST, PRINCIPALMENTE QUAIS SÃO AS MELHORES MANEIRAS DE PROTE- ÇÃO, SEJA COM PRESERVATIVOS LÁ NA FACULDADE HÁ DUAS MULHERES QUE SE RELACIONAM SEXUALMENTE. ELAS CORREM O RISCO DE CONTRAIR UMA DST?

12 SIM. EM TODO CONTATO DE MUCOSAS SEJA ORAL, VUVOVAGINAL OU ANAL, HÁ POSSIBILIDADE DE TRANSMISSÃO DE DST. NUNCA SE SABE, QUEM E QUANTOS FORAM OS PARCEIROS SEXUAIS ANTERIORES A ESSE RELACIONAMENTO. EXISTEM DST, COMO POR EXEMPLO CRISTA DE GALO QUE PODE FICAR NO ORGANIS- MO DE UMA PESSOA POR MAIS DE DOIS ANOS, SEM SER ELIMINADO, HAVENDO A POSSIBILIDADE DE, A QUALQUER MOMENTO ELE SER TRANSMITIDO. O MESMO SE APLICA AOS HOMENS QUE FAZEM SEXO COM HOMENS? SIM E, PELO MESMO MOTIVO APRESENTA- DO NO EXEMPLO DE MULHERES QUE FAZEM SEXO COM MULHERES. COM RELAÇÃO AOS HOMENS QUE FAZEM SEXO COM HOMENS AS POSSIBILIDADES E VARIEDADES DE OCORRÊNCIA DE DST É AINDA MAIOR. EXISTE UMA DOENÇA, DENOMINA- DA LINFOGRANULOMA VENÉREO (LGV) QUE QUANDO OCORRE NOS GENITAIS PODE LEVAR A UMA FERIDA PEQUE- NA NO PÊNIS OU NA VULVA E UMA ENORME E DOLORIDA ÍNGUA NA VIRILHA DO PORTADOR DA DOENÇA. O LGV É CAUSADO POR UMA BACTÉRIA. QUANDO ELA ATINGE O ÂNUS, ATRAVÉS DO SEXO ANAL, ELA É MUITO MAIS AGRESSIVA, PODEN- DO FAZER COM QUE SEU PORTADOR TENHA O ÂNUS INFECIONADO, INFLAMADO, NECESSITANDO MUITAS VEZES DE CIRURGIA PARA A SUA CURA.

13 AS DSTS ALÉM DE TODA ESSA AGRESSIVIDADE DESCRI- TA PELO LUIZINHO, ELAS AINDA CAUSAM TRANSTORNOS DA SEXUALIDADE, UMA VEZ QUE UMA PESSOA QUE CONTRAI UMA DST, SENTE-SE IMPURA, ALÉM DA MESCLA DE MEDO E CULPA PELO FATO. MUITAS VEZES, HÁ NECESSIDADE DE UM ACOMPANHAMENTO ESPECIAL... MEU CARO LUIZINHO, VOCÊ NOS DEIXOU MUITO PREOCUPADOS COM ESSAS HISTÓRIAS DE DST, O QUE FAZER? O QUE EU AQUI RELATEI NÃO SÃO HISTÓRIAS, SÃO FATOS REAIS. ASSIM SENDO, A MELHOR MANEIRA DE SE PROTEGER DE UMA DOENÇA É CONHECE-LA E TOMAR CONSCIÊNCIA DE COMO EVITA-LA!...ESPECÍFICO PARA ESSA PESSOA VOLTAR À NORMALIDADE DE SUA VIDA SEXUAL. SUZAN E CINTHyA, COM CONHECIMENTO E CONSCIÊNCIA VOCÊ PODE MUDAR DE ATITUDES. fim

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS Doenças Sexualmente Transmissíveis são aquelas que são mais comumente transmitidas através da relação sexual. PRINCIPAIS DOENÇAS SEXUALMENTE

Leia mais

Programação visual e editoração eletrônica: A 4 Mãos Comunicação e Design Ltda.

Programação visual e editoração eletrônica: A 4 Mãos Comunicação e Design Ltda. Tudo dentro Produção: Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA) Av. Presidente Vargas 446 13º andar Centro RJ Tel.: (021) 2223-1040 Fax: (21) 2253-8495 www.abiaids.org.br abia@abiaids.org.br

Leia mais

DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS

DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS Fernando da Rocha Camara Quando discuto com meus alunos no curso de medicina, medidas para prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST), excluímos a abstinência

Leia mais

Infecções sexualmente transmissíveis

Infecções sexualmente transmissíveis Escola secundária com 2º e 3º ciclos Anselmo de Andrade Infecções sexualmente transmissíveis 9ºD Ciências Naturais 2011/2012 Professora: Isabel Marques Trabalho realizado por: Inês Pinto nº9 Mariana Cantiga

Leia mais

AIDS / Uma epidemia em expansão

AIDS / Uma epidemia em expansão A negociação da divisão de trabalho, no cuidado com a casa, com os filhos, com a alimentação e etc.. vem sendo um dos grandes assuntos debatidos entre casais nos tempos modernos. Ainda assim, freqüentemente

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - HOMEM VIH POSITIVO

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - HOMEM VIH POSITIVO INSTRUÇÕES PARA A EQUIPA DO ESTUDO: Após inscrição no estudo, os participantes devem preencher este questionário de avaliação inicial. Certifique-se de que é distribuído o questionário adequado. Após o

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE FOLLOW-UP - HOMEM VIH NEGATIVO

QUESTIONÁRIO DE FOLLOW-UP - HOMEM VIH NEGATIVO INSTRUÇÕES PARA A EQUIPA DO ESTUDO: Os participantes no estudo devem preencher o questionário de follow-up com intervalos regulares de -6 meses. Certifique-se de que é distribuído o questionário adequado.

Leia mais

-Os Papiloma Vírus Humanos (HPV) são vírus da família Papovaviridae.

-Os Papiloma Vírus Humanos (HPV) são vírus da família Papovaviridae. -Os Papiloma Vírus Humanos (HPV) são vírus da família Papovaviridae. -Chamado de HPV, aparece na forma de doenças como condiloma acuminado, verruga genital ou crista de galo. -Há mais de 200 subtipos do

Leia mais

Ano lectivo 2004/2005. Andreia Alves Nuno Gonçalves Rita Ferreira

Ano lectivo 2004/2005. Andreia Alves Nuno Gonçalves Rita Ferreira Ano lectivo 2004/2005 Andreia Alves Nuno Gonçalves Rita Ferreira Este trabalho vai falar de: Doenças sexualmente transmissíveis. Meios contraceptivos. Como usar alguns dos métodos m de contracepção. As

Leia mais

Doenças Sexualmente Transmissíveis (pág. 273)

Doenças Sexualmente Transmissíveis (pág. 273) Doenças Sexualmente Transmissíveis (pág. 273) -DST (no passado conhecidas como doenças venéreas ou doenças de rua ); - São doenças transmitidas por meio de ato sexual ou contato com sangue do doente; -

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE FOLLOW-UP - HOMEM VIH POSITIVO

QUESTIONÁRIO DE FOLLOW-UP - HOMEM VIH POSITIVO INSTRUÇÕES PARA A EQUIPA DO ESTUDO: Os participantes no estudo devem preencher o questionário de follow-up com intervalos regulares de - meses. Certifique-se de que é distribuído o questionário adequado.

Leia mais

PlanetaBio Artigos Especiais www.planetabio.com. DST-Doenças Sexualmente Transmissíveis

PlanetaBio Artigos Especiais www.planetabio.com. DST-Doenças Sexualmente Transmissíveis DST-Doenças Sexualmente Transmissíveis (texto de Marcelo Okuma) As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) constituem um grave problema de saúde pública, pois essas doenças, se não tratadas, são debilitantes,

Leia mais

Palavras chave para indexação: 2014_10_07_Mem.Reun.Saúde _ Barracão_ Associação_Comunidade _Vila Isabel_Anapu

Palavras chave para indexação: 2014_10_07_Mem.Reun.Saúde _ Barracão_ Associação_Comunidade _Vila Isabel_Anapu Assunto: Reunião/Palestra sobre saúde para orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as ações preventivas na área da saúde pública em virtude da construção da UHE Bo Monte. Redator: Maurício

Leia mais

Janeiro D S T Q Q S S

Janeiro D S T Q Q S S Cia. da Saúde 2008 Janeiro D S T Q Q S S 6 13 20 27 7 14 21 28 1 8 15 22 29 2 9 16 23 30 3 10 17 24 31 4 11 18 25 5 12 19 26 2008 Cia. da Saúde Quem somos A Companhia da Saúde é formada por adolescentes

Leia mais

DSTs. Como é contraída; Como evitar; Como tratar. PIBID:Fernanda Alves,Fernanda Gallon,Luciana Catardo e Priscila Faccinello

DSTs. Como é contraída; Como evitar; Como tratar. PIBID:Fernanda Alves,Fernanda Gallon,Luciana Catardo e Priscila Faccinello DSTs Como é contraída; Como evitar; Como tratar PIBID:Fernanda Alves,Fernanda Gallon,Luciana Catardo e Priscila Faccinello O que são DSTs? A sigla DSTs quer dizer doenças sexualmente transmissíveis;ou

Leia mais

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae.

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae. A Equipe Multiprofissional de Saúde Ocupacional da UDESC lembra: Dia 01 de dezembro é dia mundial de prevenção à Aids! Este material foi desenvolvido por alunos do Departamento de Enfermagem da Universidade

Leia mais

D.S.T. CANCRO MOLE TRICOMO ÍASE CANDIDÍASE HERPES CONDILOMA LI FOGRA ULOMA GONORRÉIA SÍFILIS GRANULOMA AIDS

D.S.T. CANCRO MOLE TRICOMO ÍASE CANDIDÍASE HERPES CONDILOMA LI FOGRA ULOMA GONORRÉIA SÍFILIS GRANULOMA AIDS D.S.T D.S.T. CANCRO MOLE TRICOMO ÍASE CANDIDÍASE HERPES CONDILOMA LI FOGRA ULOMA GONORRÉIA SÍFILIS GRANULOMA AIDS CANCRO MOLE Agente: bactéria Haemophilus ducreyi Transmissão: sexo vaginal, anal ou oral

Leia mais

Síndrome DST Agente Tipo Transmissã o Sexual Vaginose bacteriana Candidíase

Síndrome DST Agente Tipo Transmissã o Sexual Vaginose bacteriana Candidíase Síndrome DST Agente Tipo Transmissã o Sexual Vaginose bacteriana Candidíase Corrimentos Gonorréia Clamídia Tricomonías e múltiplos bactéria NÃO SIM Candida albicans Neisseria gonorrhoeae Chlamydia trachomatis

Leia mais

Papilomavírus Humano HPV

Papilomavírus Humano HPV Papilomavírus Humano HPV -BIOLOGIA- Alunos: André Aroeira, Antonio Lopes, Carlos Eduardo Rozário, João Marcos Fagundes, João Paulo Sobral e Hélio Gastão Prof.: Fragoso 1º Ano E.M. T. 13 Agente Causador

Leia mais

Sexo Seguro, Teste de HIV, Sifilis, DST e PEP Informações nesta lingua (Portugues) para homens que fazem Sexo com homens.

Sexo Seguro, Teste de HIV, Sifilis, DST e PEP Informações nesta lingua (Portugues) para homens que fazem Sexo com homens. X8@ www.gay health network.ie Sexo Seguro, Teste de HIV, Sifilis, DST e PEP Informações nesta lingua (Portugues) para homens que fazem Sexo com homens Insetos do Amor Folheto informativo das doenças sexualmente

Leia mais

Perpetuando a vida - 2

Perpetuando a vida - 2 A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Perpetuando a vida - 2 Atenção - Maria, olhe só o resultado do exame: positivo para gonadotrofina coriônica! Alberto e Maria olharam um para o outro, sem

Leia mais

Doenças sexualmente transmissíveis

Doenças sexualmente transmissíveis Doenças sexualmente transmissíveis Lília Maria de Azevedo Moreira SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros MOREIRA, LMA. Doenças sexualmente transmissíveis. In: Algumas abordagens da educação sexual

Leia mais

Sim. Principalmente se a mulher estiver no período fértil.

Sim. Principalmente se a mulher estiver no período fértil. É legal saber! Gravidez Transar uma única vez, pode engravidar? Sim. Principalmente se a mulher estiver no período fértil. Minha menstruação na desceu. Estou grávida? Depende. É importante cada mulher

Leia mais

Guião Terceira Sessão Infeções Sexualmente Transmissíveis

Guião Terceira Sessão Infeções Sexualmente Transmissíveis Guião Terceira Sessão Infeções Sexualmente Transmissíveis SLIDE 1 Introdução do trabalho: Bom dia, estamos aqui para falar a cerca das infeções sexualmente transmissíveis, os problemas associados e o modo

Leia mais

AIDS & DST s. Prevenção e controle para uma vida sexual segura.

AIDS & DST s. Prevenção e controle para uma vida sexual segura. AIDS & DST s Prevenção e controle para uma vida sexual segura. aids A aids é uma doença causada pelo HIV, vírus da imu-nodeficiência humana que destrói o sistema imunológico responsável pela defesa do

Leia mais

ÁREA TEMÁTICA INTRODUÇÃO

ÁREA TEMÁTICA INTRODUÇÃO TÍTULO: PRÁTICAS E ATITUDES DE ESTUDANTES DE UMA ESCOLA PÚBLICA RELACIONADOS AS DSTS/AIDS AUTORES: Aline Salmito Frota, Luciana Soares Borba, Débora Silva Melo, José Ueides Fechine Júnior, Viviane Chave

Leia mais

QUAIS OS TIPOS DE HPV MAIS COMUNS QUE PODEM CAUSAR CÂNCER?

QUAIS OS TIPOS DE HPV MAIS COMUNS QUE PODEM CAUSAR CÂNCER? O QUE É O HPV? Sigla para Papilomavírus Humano, são vírus capazes de infectar a pele ou a mucosa. Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV, dos quais 40 podem infectar o trato genital e, destes, 12

Leia mais

SENSUALIDADE E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA. Sexualidade X Sensualidade

SENSUALIDADE E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA. Sexualidade X Sensualidade SENSUALIDADE E SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA A adolescência é uma fase de transição, mudança da infância para a vida adulta. Nesse momento acontecem várias modificações no corpo, surgem várias dúvidas, medo,

Leia mais

cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS

cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS 1 O que são ITS? São infecções causadas por vírus, bactérias ou outros micróbios, que se transmitem de pessoas infectadas para outras, através das relações

Leia mais

TD de revisão 8º Ano- 4ª etapa- 2015

TD de revisão 8º Ano- 4ª etapa- 2015 TD de revisão 8º Ano- 4ª etapa- 2015 1. Classifique os métodos anticoncepcionais abaixo, relacionando as colunas: (1) Natural ou comportamental (2) De Barreira (3) Hormonal (4)Cirúrgico ( ) Camisinha (M)

Leia mais

Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!*

Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!* Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!* SANTOS, Jessica Suriano dos 1 ; ANJOS, Antônio Carlos dos 2 ; RIBEIRO, Álvaro Sebastião Teixeira 3 Palavras-chave: Educação Sexual; Doenças Sexualmente Transmissíveis;

Leia mais

HANSENÍASE TEM CURA PATROCÍNIO

HANSENÍASE TEM CURA PATROCÍNIO Luizinho e Chiquinho HANSENÍASE TEM CURA PATROCÍNIO SBD: DERMATOLOGISTA COM TÍTULO DE ESPECIALISTA CUIDANDO DE VOCÊ. Oi LuizinhO. nossa conversa sobre DST foi muito útil, mas agora, eu tenho uma dúvida

Leia mais

Novas e velhas epidemias: os vírus

Novas e velhas epidemias: os vírus Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Novas e velhas epidemias: os vírus A UU L AL A - Maria, veja só o que eu descobri nesta revista velha que eu estava quase jogando fora! - Aí vem coisa. O que é, Alberto?

Leia mais

Namoro, disciplina e liberdade: problematizando afetividades e sexualidades em uma Escola Família Agrícola

Namoro, disciplina e liberdade: problematizando afetividades e sexualidades em uma Escola Família Agrícola Este material foi elaborado como forma de devolução de dados em pesquisa intitulada Namoro, disciplina e liberdade: problematizando afetividades e sexualidades em uma Escola Família Agrícola realizada,

Leia mais

Saúde Naval CARTILHA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS / AIDS

Saúde Naval CARTILHA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS / AIDS Saúde Naval CARTILHA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS / AIDS O QUE SÃO? As doenças sexualmente transmissíveis (DST) são transmitidas, principalmente, por contato sexual sem o uso de camisinha com uma

Leia mais

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADO FEDERAL PREVINA O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Previna o câncer do colo do útero apresentação O câncer do colo do útero continua matando muitas mulheres. Especialmente no Brasil,

Leia mais

ENTENDENDO A. A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas.

ENTENDENDO A. A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas. ENTENDENDO A ADOLESCÊNCIA A adolescência é a fase da vida onde acontecem as maiores modificações no corpo, nos sentimentos e na forma de perceber as coisas. Ao mesmo tempo, aumentam as responsabilidades

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - HOMEM VIH NEGATIVO

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - HOMEM VIH NEGATIVO INSTRUÇÕES PARA A EQUIPA DO ESTUDO: Após inscrição no estudo, os participantes devem preencher este questionário de avaliação inicial. Certifique-se de que é distribuído o questionário adequado. Após o

Leia mais

A importância do tratamento contra a aids

A importância do tratamento contra a aids dicas POSITHIVAS A importância do tratamento contra a aids Por que tomar os medicamentos (o coquetel) contra o HIV? A aids é uma doença que ainda não tem cura, mas tem tratamento. Tomando os remédios corretamente,

Leia mais

A POLÍTICA DE DST/AIDS NA VISÃO DE UM TRABALHADOR DO SUS. SORAIA REDA GILBER Farmacêutica Bioquímica LACEN PR

A POLÍTICA DE DST/AIDS NA VISÃO DE UM TRABALHADOR DO SUS. SORAIA REDA GILBER Farmacêutica Bioquímica LACEN PR A POLÍTICA DE DST/AIDS NA VISÃO DE UM TRABALHADOR DO SUS SORAIA REDA GILBER Farmacêutica Bioquímica LACEN PR BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DA AIDS NO BRASIL Desde o início de 1980 até junho de 2012 foram registrados

Leia mais

Carrefour Guarujá. O que é DST? Você sabe como se pega uma DST? Você sabe como se pega uma DST? Enfermeira Docente

Carrefour Guarujá. O que é DST? Você sabe como se pega uma DST? Você sabe como se pega uma DST? Enfermeira Docente Carrefour Guarujá Bárbara Pereira Quaresma Enfermeira Docente Enfª Bárbara Pereira Quaresma 2 O que é DST? Toda doença transmitida através de relação sexual. Você sabe como se pega uma DST? SEXO VAGINAL

Leia mais

ENSINO CURRICULUM NACIONAL. Vírus do Herpes

ENSINO CURRICULUM NACIONAL. Vírus do Herpes Este módulo tem por objectivo ensinar aos alunos o modo como a actividade sexual pode levar à transmissão de micróbios e doenças. O Capítulo 2.3, Infecções Sexualmente Transmissíveis, ensina aos alunos

Leia mais

Projeto o Saber-Fazer Feminino Agentes de Prevenção de Vargem Grande e Adjacências

Projeto o Saber-Fazer Feminino Agentes de Prevenção de Vargem Grande e Adjacências Projeto o Saber-Fazer Feminino Agentes de Prevenção de Vargem Grande e Adjacências PARE PENSE PREVINA-SE Mulheres e AIDS Você sabia que atualmente o número de mulheres e crianças vivendo com Aids tem aumentado

Leia mais

Perpetuando a vida - 1

Perpetuando a vida - 1 A U A UL LA Perpetuando a vida - 1 Atenção Exercícios Lineu chegou radiante à lanchonete. Finalmente tinha recebido a notícia do médico, a notícia que tanto esperava. Em vez do tradicional suco de laranja,

Leia mais

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

DST/HIV PASSATEMPOS. Conhecer para prevenir. Bom pra cabeça. l CAÇA-PALAVRAS l DIRETOX l DOMINOX

DST/HIV PASSATEMPOS. Conhecer para prevenir. Bom pra cabeça. l CAÇA-PALAVRAS l DIRETOX l DOMINOX DST/HIV Conhecer para prevenir Bom pra cabeça PASSATEMPOS l CAÇA-PALAVRAS l DIRETOX l DOMINOX l código secreto E MUITO MAIS! 2 coquetel Uma das grandes preocupações do Ministério da Saúde é a prevenção

Leia mais

HPV. Papiloma Virus. Trata-se de uma infecção adquirida através de contato sexual.

HPV. Papiloma Virus. Trata-se de uma infecção adquirida através de contato sexual. HPV Papiloma Virus Todo ano, cerca de 230 mil mulheres morrem no mundo vítimas do câncer no colo do útero. E, para o surgimento desse tipo de câncer, é necessário que a vítima tenha sido infectada pelo

Leia mais

PLANEJANDO A GRAVIDEZ

PLANEJANDO A GRAVIDEZ dicas POSITHIVAS PLANEJANDO A GRAVIDEZ Uma pessoa que vive com HIV/aids pode ter filhos biológicos? Pode. As pessoas que vivem com HIV/aids não devem abandonar seus sonhos, incluindo o desejo de construir

Leia mais

SEXUALIDADE e DSTs. Profª Janaina Q. B. Matsuo

SEXUALIDADE e DSTs. Profª Janaina Q. B. Matsuo SEXUALIDADE e DSTs Profª Janaina Q. B. Matsuo 1 SEXUALIDADE Chama-se sexualidade a todas as formas, jeitos, maneiras como as pessoas expressam a busca do prazer. Quando se entende que a sexualidade está

Leia mais

CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo http://www.cvdee.org.br. DST's - RESPOSTAS

CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo http://www.cvdee.org.br. DST's - RESPOSTAS CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo http://www.cvdee.org.br DST's - RESPOSTAS 01) Tenho 15 anos e estou namorando um cara há 3 meses. Ele me disse que está com gonorréia e que

Leia mais

F i c h a d e i n f o r m a ç ã o sobre doenças sexualmente transmissíveis

F i c h a d e i n f o r m a ç ã o sobre doenças sexualmente transmissíveis F i c h a d e i n f o r m a ç ã o sobre doenças sexualmente transmissíveis As infecções sexualmente transmissíveis (STI s, abreviatura em inglês para Sexually Transmitted Infections (Infecções Sexualmente

Leia mais

REVISÃO 1 REVISÃO 2. Aula 8.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II

REVISÃO 1 REVISÃO 2. Aula 8.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II BIOLOGIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 Aula 8.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II 2 BIOLOGIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 Sistema Sensorial Estímulo receptores terminações nervosas /nervo cérebro 3 BIOLOGIA REVISÃO 1 REVISÃO

Leia mais

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde?

Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? DICAS DE SAÚDE 2 Promova a sua saúde. Você sabe os fatores que interferem na sua saúde? Veja o gráfico : 53% ao estilo de vida 17% a fatores hereditários 20% a condições ambientais 10% à assistência médica

Leia mais

AIDS e DST S. O Sindicato dos Comerciários

AIDS e DST S. O Sindicato dos Comerciários O Sindicato dos Comerciários de São Paulo e a Fequimfar apresentam este manual com dicas de saúde para o trabalhador e sua família. Aqui você terá acesso a uma série de informações sobre o problema da

Leia mais

ESSA CAMPANHA VAI COLAR!

ESSA CAMPANHA VAI COLAR! ESSA CAMPANHA VAI COLAR! O selo postal é um importante veículo de comunicação dos valores de uma sociedade. Com a emissão dos 8 (oito) selos apresentados nesta Cartilha, os Correios, por meio da Filatelia,

Leia mais

Transmissão do HIV/aids e sífilis de mães para seus bebês

Transmissão do HIV/aids e sífilis de mães para seus bebês 09 dezembro de 2010 Transmissão do HIV/aids e sífilis de mães para seus bebês Mais da metade das novas infecções pelo HIV/aids que ocorrem no Brasil atinge adolescentes e jovens com idade entre 15 e 24

Leia mais

Aids ou Sida? www.interaulaclube.com.br

Aids ou Sida? www.interaulaclube.com.br A UU L AL A Aids ou Sida? A Aids é uma das doenças mais comentadas e pesquisadas dos últimos anos. Mesmo com os avanços que os especialistas vêm obtendo, ainda falta explicar muitos de seus aspectos. A

Leia mais

Vírus HIV circulando na corrente sanguínea

Vírus HIV circulando na corrente sanguínea O que é AIDS? Sinônimos: hiv, síndrome da imunodeficiência adquirida, sida É uma doença que ataca o sistema imunológico devido à destruição dos glóbulos brancos (linfócitos T CD4+). A AIDS é considerada

Leia mais

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE?

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? Rafael chegou em casa um tanto cabisbaixo... Na verdade, estava muito pensativo. No dia anterior tinha ido dormir na casa de Pedro, seu grande amigo, e ficou com a cabeça

Leia mais

(Inquérito Nacional Sobre Saúde Reprodutiva e Comportamento Sexual dos Jovens e ADolescentes)

(Inquérito Nacional Sobre Saúde Reprodutiva e Comportamento Sexual dos Jovens e ADolescentes) INJAD (Inquérito Nacional Sobre Saúde Reprodutiva e Comportamento Sexual dos Jovens e ADolescentes) OBJECTIVOS DO INJAD Proporcionar informação sobre saúde reprodutiva dos jovens e adolescentes que seja

Leia mais

Vamos falar sobre câncer?

Vamos falar sobre câncer? Vamos falar sobre câncer? O SIEMACO sempre está ao lado dos trabalhadores, seja na luta por melhores condições de trabalho, lazer e educação ou na manutenção da saúde, visando a promoção e ascensão social.

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

Nome/Código arquivo: 2013_11_12 Mem.Reun.Saúde _ Escola do Evangelho Belo Monte Vitória do Xingu

Nome/Código arquivo: 2013_11_12 Mem.Reun.Saúde _ Escola do Evangelho Belo Monte Vitória do Xingu Assunto: Orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as Ações Preventivas na Área de Saúde Pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Èrica Silva Data: 12-11-2013 Duração: 14h30min

Leia mais

PROTOZOÁRIOS PARASITAS INTESTINAIS

PROTOZOÁRIOS PARASITAS INTESTINAIS COLÉGIO JOÃO PAULO I LABORATÓRIO DE BIOLOGIA - 2º ANO PROF. ANDRÉ FRANCO FRANCESCHINI PROTOZOÁRIOS PARASITAS INTESTINAIS AMEBÍASE Agente causador: Entamoeba histolytica. Diagnóstico: E. P. F. exame parasitológico

Leia mais

Briefing. Boletim Epidemiológico 2010

Briefing. Boletim Epidemiológico 2010 Briefing Boletim Epidemiológico 2010 1. HIV Estimativa de infectados pelo HIV (2006): 630.000 Prevalência da infecção (15 a 49 anos): 0,61 % Fem. 0,41% Masc. 0,82% 2. Números gerais da aids * Casos acumulados

Leia mais

DR. OMAR LUPI. Zoster. Use o seu leitor de QR Code para saber mais sobre este livro.

DR. OMAR LUPI. Zoster. Use o seu leitor de QR Code para saber mais sobre este livro. DR. OMAR LUPI Zoster Use o seu leitor de QR Code para saber mais sobre este livro. DR. OMAR LUPI Médico dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) Prof. Adjunto de Dermatologia

Leia mais

Planeamento Familiar e Doenças Sexualmente Transmissíveis. Trabalho realizado por: Ana Filipa Sobral Diliana Rosa

Planeamento Familiar e Doenças Sexualmente Transmissíveis. Trabalho realizado por: Ana Filipa Sobral Diliana Rosa Planeamento Familiar e Doenças Sexualmente Transmissíveis Trabalho realizado por: Ana Filipa Sobral Diliana Rosa Aparelho Reprodutor Feminino O aparelho reprodutor feminino é constituído pelos órgãos genitais

Leia mais

Campanha DST 1. Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS

Campanha DST 1. Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS Campanha DST 1 Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS RESUMO: Este trabalho foi realizado na disciplina de Criação II do curso de Comunicação Social

Leia mais

Conteúdo: - Puberdade e adolescência: A maturidade sexual - Os sistemas genitais masculinos e femininos - O que é menstruação CIÊNCIAS DA NATUREZA

Conteúdo: - Puberdade e adolescência: A maturidade sexual - Os sistemas genitais masculinos e femininos - O que é menstruação CIÊNCIAS DA NATUREZA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Conteúdo: - Puberdade e adolescência: A maturidade sexual - Os sistemas genitais masculinos e femininos - O que é menstruação 2 CONTEÚDO E HABILIDADES

Leia mais

O primeiro passo para evitar o câncer do colo do útero é se informar. Que tal começar agora?

O primeiro passo para evitar o câncer do colo do útero é se informar. Que tal começar agora? O primeiro passo para evitar o câncer do colo do útero é se informar. Que tal começar agora? Folheto Consumidora 9x15cm.indd 1 7/21/08 6:07:48 PM A cada ano, 500.000 mulheres no mundo têm câncer do colo

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM

Leia mais

Mulher, 35 anos, terceira gestação, chega em início de trabalho de parto acompanhada do marido que tossia muito e comentou com a enfermeira que

Mulher, 35 anos, terceira gestação, chega em início de trabalho de parto acompanhada do marido que tossia muito e comentou com a enfermeira que Mulher, 35 anos, terceira gestação, chega em início de trabalho de parto acompanhada do marido que tossia muito e comentou com a enfermeira que estava em tratamento para tuberculose. A mulher informa que

Leia mais

PARTE A. Instituto da AIDS Consentimento Informado para fazer o exame de HIV

PARTE A. Instituto da AIDS Consentimento Informado para fazer o exame de HIV DEPARTAMENTO DE SAÚDE DO ESTADO DE NOVA YORK Instituto da AIDS Consentimento Informado para fazer o exame de HIV O exame de HIV é voluntário. O consentimento pode ser revogado a qualquer momento, mediante

Leia mais

O QUE É AIDS?... 2 TESTAGEM... 3 PRINCIPAIS SINTOMAS DA AIDS... 4 SAIBA COMO SE PEGA AIDS... 5 Assim Pega... 5 Assim não pega... 5 Outras formas de

O QUE É AIDS?... 2 TESTAGEM... 3 PRINCIPAIS SINTOMAS DA AIDS... 4 SAIBA COMO SE PEGA AIDS... 5 Assim Pega... 5 Assim não pega... 5 Outras formas de O QUE É AIDS?... 2 TESTAGEM... 3 PRINCIPAIS SINTOMAS DA AIDS... 4 SAIBA COMO SE PEGA AIDS... 5 Assim Pega... 5 Assim não pega... 5 Outras formas de transmissão... 6 Acidentes ocupacionais com materiais

Leia mais

Tipos de Anticoncepcionais

Tipos de Anticoncepcionais Tipos de Anticoncepcionais Dr. Orlando de Castro Neto Métodos anticoncepcionais ou métodos contraceptivos são maneiras, medicamentos e dispositivos usados para evitar a gravidez. Muitas vezes o método

Leia mais