O DIA. São Paulo, quinta-feira, 28 de maio de Barbosa diz que houve consenso no governo sobre contingenciamento Página 3

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O DIA. São Paulo, quinta-feira, 28 de maio de 2015. Barbosa diz que houve consenso no governo sobre contingenciamento Página 3"

Transcrição

1 Jornal O DIA Nª Barbosa diz que houve consenso no governo sobre contingenciamento Página 3 Consumidor acredita em mais inflação e desemprego, diz pesquisa da CNI Página 3 SP Preço banca: R$ 2,30 Senado aprova MP que muda regras do cálculo do fator previdenciário ONU pede mais proteção para jornalistas em zonas de conflito O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou na quarta-feira (27) uma resolução em que pede maior proteção para os jornalistas que estão em zonas de conflito. É uma resposta às diversas ameaças que esses profissionais enfrentam, incluindo o terrorismo. Aprovada por unanimidade, a resolução é o segundo texto que o órgão da ONU dedica à defesa dos profissionais de comunicação social. O primeiro foi aprovado em O novo texto pretende reforçar a proteção dos jornalistas e esclarecer que, em muitos casos, a segurança das populações civis afetadas por conflitos depende do trabalho desenvolvido por esses profissionais. No mesmo texto, o Conselho de Segurança condenou todos os ataques perpetrados contra a comunicação social, denunciando a impunidade que impera em relação às violações e aos abusos cometidos contra jornalistas em situações de guerra. Também destaca que os Estados são responsáveis por apresentar os autores dessas violações e ataques à Justiça. Segundo a resolução, as partes em conflito devem respeitar plenamente as obrigações apresentadas pela lei internacional a propósito da proteção de civis em conflitos armados, incluindo os jornalistas e outros trabalhadores da área da comunicação social. Página 3 Previsão do Tempo Quinta: Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. Manhã Tarde Noite Fonte: Climatempo DÓLAR Comercial Compra: 3,14 Venda: 3,14 Turismo Compra: 3,12 Venda: 3,24 EURO Compra: 3,42 Venda: 3,42 OURO Compra: 113,28 Venda: 125,84 22º C 17º C Fifa afasta José Maria Marin e 10 investigados em casos de corrupção Os casos de corrupção supostamente praticados por dirigentes da Fifa, entre eles José Maria Marin, envolveriam negócios com os países-sede das copas do mundo na Rússia, em 2018, e no Qatar, em 2022, revela Justiça americana Página 3 Bellucci faz balanço positivo da gira europeia e foca no resto da temporada O paulista Thomaz Bellucci (Correios/ CBT/ adidas/ Wilson/ Embratel/ IMX) foi superado, nesta quarta-feira, pelo japonês Kei Nishikori, 5º do mundo, por 7/5 6/4 6/4, em partida válida pela segunda rodada de Roland Garros. Apesar da derrota na chave de simples de Roland Garros, Bellucci faz um balanço positivo da gira europeia e traça objetivos para o restante da temporada. Página 8 Thomaz Bellucci Foto/ Getty Images Latam Esporte Brasileiros largam com três vitórias em dia de confronto caseiro na Rússia As duplas brasileiras começaram muito bem o Ricardo tenta bloquear ataque de Álvaro Filho Foto/Divulgação Foto/ Tomaz Silva Arquivo ABr Foto/ Fábio Falconi Grand Slam de Moscou no torneio masculino, na quarta-feira, 27. Foram três vitórias em quatro jogos, e o único revés aconteceu justamente no confronto entre dois times do Brasil. Alison/Bruno Schmidt (ES/ DF), Evandro/Pedro Solberg (RJ) e Ricardo/Emanuel (BA/PR) largaram com vitória, enquanto Álvaro Filho/ Vitor Felipe (PB) perderam para os campeões olímpicos de Página 8 O plenário do Senado aprovou a Medida Provisória 664, que estabelece mudanças nas regras para acesso de cônjuges de trabalhadores à pensão por morte e auxílio-doença. Na Câmara, a MP recebeu emenda que também modifica as regras do fator previdenciário, estabelecendo o cálculo chamado de 85/95. Por essa nova fórmula, que tem o apoio da maioria dos senadores, as mulheres poderão se aposentar recebendo o valor integral de Com cinco pilotos, Walmax Racing transfere-se para o Moto 1000 GP O GP Cascavel, segunda das oito etapas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, vai marcar mais uma estreia no Moto 1000 GP. A Walmax Racing, equipe paulistana comandada por Waldemar Dema Santos Filho, chega à categoria com cinco pilotos. O anúncio foi feito na manhã de quarta-feira e confirma a participação de quatro dos pilotos da Walmax na corrida deste domingo, 31, no Autódromo Internacional Zilmar Beux. Página 8 15º Ironman Florianópolis 2015 é o destaque do final de semana Ironman Florianópolis 2015 O mais tradicional evento de triathlon do Brasil é o destaque do final de semana esportivo. Florianópolis, uma das mais belas capitais do país, será palco do Ironman Florianópolis 2015, décima quinta edição da etapa do Circuito Ironman na capital catarinense, recebendo mais de seus salários obedecido o teto de R$ 4.663,75 da Previdência Social quando a idade e o tempo de contribuição somarem 85 anos. Os homens terão o mesmo direito quando a soma for equivalente a 95 anos. Assim, uma mulher com 55 anos, que tenha alcançado os 30 anos de contribuição, poderá requerer a aposentadoria integral. Atualmente, ela precisa ter pelo menos 60 anos de idade e o homem 65 anos e trabalhar 35 anos. Página 4 Governo vai recorrer de multa por Sabesp ter usado água de represas Página 2 Produtores de orgânicos começam a investir em vendas pela internet Página 5 Prisão de dirigentes da Fifa pode acabar com impunidade no Brasil, diz senador Página 5 Pesquisa mundial mostra Brasil otimista, mas despreparado para a aposentadoria Página 4 2 mil competidores de 36 países. Válido como Campeonato Latino Americano, o evento se tornou ainda mais atraente, distribuindo 150 mil dólares de pontos no ranking mundial para os atletas da Elite, além de 75 vagas para a Faixa Etária na Mundial Ironman no Havaí, em outubro. Página 8

2 Local Página 2 Governo vai recorrer de multa por Sabesp ter usado água de represas Prefeitura discute políticas para implantação do Clube do Choro O prefeito Fernando Haddad se reuniu na noite desta terça-feira (21) com representantes do Clube do Choro no Teatro Arthur Azevedo, na Mooca, zona leste da capital. A iniciativa teve o objetivo de debater as primeiras propostas do grupo para fomentar sua implantação, anunciada em março deste ano. A intenção é que o espaço, que recentemente passou por reforma e está em fase de testes preparatórios, abrigue professores e músicos dedicados ao gênero musical quando entregue, criando um novo polo na cidade. Essa ideia pode nascer muito forte se a gente souber operacionalizar de forma generosa, de forma fraterna, colocando o interesse público junto do choro em primeiro lugar. Ninguém da administração veio passar uma receita de como fazer. Nós convocamos esta reunião de trabalho, com as portas abertas, que parte da administração com a maneira mais franca, aberta e espontânea, pois queremos ouvir vocês para formular uma proposta do choro na cidade, afirmou Haddad. Entre as propostas abordadas na discussão, foram levantados aspectos técnicos para a implantação e a digitalização de um acervo específico para o choro, além da possibilidade da abertura de cursos de formação em outros espaços da cidade. A ideia é criar uma tradição em um espaço onde funciona o choro, sem prejuízo a outros espaços que surgem na cidade, dentro da ideia de que São Paulo é muito grande. Nós podemos ter um clube do choro em cada região da cidade, em termos de proporção, afirmou o secretário municipal de Cultura, Nabil Bonduki. Como sede do Clube do Choro, o teatro poderá oferecer à população, além da sua programação normal, apresentações de grupos, workshops, discussões e até mesmo cur- Jornal O DIA S. Paulo Jornalista Responsável Maria Augusta V. Ferreira Mtb Periodicidade: Diária Administração e Redação Exemplar do dia: R$ 2,30 Viaduto 9 de Julho, 180, 1º andar - Sala 11 Telefone: Assinatura CEP: Anual: R$ 480,00 Fone: Semestral: R$ 240,00 Fax: Brasil Site: sos voltados ao gênero. Também estiveram presentes no evento o subprefeito da Mooca, Evando Reis, o secretário de Coordenação das Subprefeituras, Ricardo Teixeira, e os dez primeiros representantes do clube escolhidos pela categoria. A criação de um clube na capital é primordial, a exemplo do que já foi criado em outras cidades, como Brasília, Rio de janeiro, Campo Grande, Santos e Belo Horizonte. Certamente irá permitir que possamos formar diversos músicos e apresentar os talentos existentes. Desde 1977 nós procuramos criar um clube nesses moldes, afirmou o bandolinista Isaias Bueno de Almeida. Teatro Arthur Azevedo O teatro Arthur Azevedo está sendo ampliado com a construção de um edifício anexo, onde funcionará a escola de choro e toda sua área administrativa. O prédio terá ainda cozinha, refeitório, sanitários e um espaço multiuso, que poderá ser utilizado para a realização de ensaios, aulas de teatro e até mesmo para a apresentação de pequenas peças. Com a construção do anexo, os espaços internos do prédio original poderão ser melhor aproveitados, com aumento da área de manobras do palco, criação de camarins de trocas rápidas, camarim acessível e cabine de som. Após a conclusão da reforma, o teatro terá capacidade para 376 lugares, dos quais 8 serão reservados para cadeirantes, 4 equipados com poltronas para obesos e outras 4 para pessoas com mobilidade reduzida. As obras foram orçadas em R$ 7,82 milhões. Inaugurado em agosto de 1952, o edifício do teatro é tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp). Nova regra do Procon-SP agiliza emissão e cobranças por empresas que infringirem o CDC A Fundação Procon-SP quer agilizar a emissão de cobranças por empresas que infringirem o Código de Defesa do Consumidor (CDC) com uma nova regra publicada em 12 de maio no Diário Oficial. Essa importante mudança deve facilitar aos infratores o recebimento da multa, o pagamento com desconto ou o seu parcelamento, sem a necessidade de ir pessoalmente a sede do Procon-SP. A medida passa a valer em 60 dias (11/7/2015) e deve diminuir a burocracia nos processos administrativos com possibilidade de acordos e descontos de 30% a vista ou ainda parcelamento da dívida por até seis meses. O não pagamento da multa após finalização do processo administrativo sancionatório pode resultar na inscrição do débito na dívida ativa, protesto e envio de Ofício à Comissão de Valores Mobiliários - CVM e à Bolsa de Valores de São Paulo - Bovespa. Penalidades mais severas serão aplicadas na reincidência da conduta infratora. Empresas que infringirem as normas poderão emitir boletos via internet ou recebem por correspondência ou via , além de adequação do prazo para defesas e pagamentos. Essas medidas serão revertidas em benefícios ao consumidor por meio de melhorias na infraestrutura do Procon-SP e ações de educação para o consumo, por exemplo. Para mais detalhes sobre as novas regras acesse o site do Procon-SP. Publicidade Legal Balanços, Atas e Convocações R. Albion, Cj Lapa Radiobrás Agência Foto/Du Amorim A Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo (PGE) informou que até o início da tarde de quarta-feira (27) o governo paulista não tinha sido notificado sobre a decisão tomada, na tarde de terça-feira (26), pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que determinou pagamento de multa no valor de R$ 400 mil. A multa foi motivada porque a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) fez retiradas de água dos reservatórios Guarapiranga e Billings, ambos de propriedade da Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. (Emae). Para CVM, a ação da Sabesp prejudicou a capacidade de geração hidrelétrica da Emae, afetando os acionistas. Segundo a PGE, tão logo seja notificado, o governo paulista recorrerá contra a decisão ao Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional. A ação estava em tramitação desde 2012 e, no entendimento da CVM, o governo paulista feriu os interesses dos investidores ao ficar de fora de uma situação que envolvia duas empresas sob o seu controle, a Emae e a Sabesp, violando o Artigo 116 da Lei 6.404, de No comunicado ao mercado sobre a decisão da CVM, a relatora do processo, Luciana Dias, disse que houve omissão do estado, pois cabe ao acionista controlador resguardar os direitos e CESAR NETO os interesses dos demais acionistas, usando de todos os recursos disponíveis, inclusive na orientação da empresa. Por meio de nota, a Sabesp argumentou que ao tomar a decisão, a CVM aparentemente ignorou que a Lei 9.433/97 que determina que a água dos mananciais como é o caso dos reservatórios Guarapiranga e Billings deve ser utilizada prioritariamente para abastecimento humano. Procon-SP revela variação de preço de até 976% em medicamentos A Fundação Procon-SP realizou entre os dias 5 e 7 de maio uma pesquisa de preços em 15 drogarias, distribuídas em cinco regiões da cidade de São Paulo. O orçamento de 68 medicamentos, sendo 34 de referência e 34 genéricos, mostrou preços com variações de até 976%. Já no interior a mais alta diferença no preço encontrada foi de 910%. Entre os medicamentos de referência, a maior variação foi de 296,06% na Amoxicilina, 500 mg, 21 cápsulas, da Glaxosmithkline. Em um estabelecimento ele custava R$ 15,48 e chegou a ser encontrado por R$ 61,31. O preço médio do medicamento na capital é de R$ 45,49. Já entre os medicamentos genéricos, a maior diferença encontrada foi de 976,67% no Paracetamol, 200 mg/ml, gotas 15 ml. O custo variou entre R$ 0,90 e R$ 9,69. O preço médio do medicamento é de R$ 3,83. A pesquisa também mostra que os preços dos genéricos são 57,72% mais baratos do que os de referência, em média, e assim os genéricos podem representar uma grande economia ao bolso do consumidor. Bauru foi a cidade do interior que registrou maior variação de preço tanto nos genéricos quanto nos medicamentos de referência. A maior diferença encontrada foi de 910% no medicamento genérico Nimesulida, 100 mg, 12 comprimidos. Em um estabelecimento ele custava R$ 1,77 e em outro R$ 17,88. Entre os de referência a maior diferença foi no Fenergan (Cloridrato de Prometazina), 25 mg, 20 comprimidos, da Sanofi - Aventis, que variou 397%. O custo ficou entre R$ 2,00 e R$ 9,94. Vale lembrar que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) regula os preços e que a tabela é reajustada anualmente. Previna-se contra a infecção urinária Sente dores na hora de fazer xixi, vontade frequente de ir ao banheiro ou mudança no odor da urina? Você pode estar com infecção urinária, doença que interna, em média, 94 pessoas por dia em hospitais públicos do Estado de São Paulo. Segundo levantamento feito pela Secretaria da Saúde, somente em 2014 foram registradas internações pela infecção, das quais 66,6% eram de pacientes do sexo feminino. Polícia Militar ganha reforço de novos soldados Para a Capital serão destinados PMs, para a Grande São Paulo 436 e para o Interior 630 novos policiais A Polícia Militar de São Paulo ganhou nesta quarta-feira, 27, novos soldados de 2ª classe que irão reforçar o efetivo da corporação e o patrulhamento nas ruas de todo o Estado. Para a Capital serão destinados PMs, para a Grande São Paulo 436 e para o Interior 630 novos policiais. É uma formação absolutamente rigorosa a da Polícia Militar de São Paulo. Para se ter uma ideia é um dos concursos mais disputados do país. São quase 25 candidatos para cada uma das vagas, e após isso um ano de intenso treinamento físico, treinamento de policiamento, treinamento intelectual, aulas, e após esse ano nós temos a grande satisfação de formar novos soldados, disse o secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes. Durante a formatura, as mulheres que se formaram foram homenageadas pela corporação. Completando um ciclo, que foi dia 12 de maio os 60 anos da presença feminina na Polícia Militar de SP. Hoje temos aproximadamente 10 mil mulheres entre soldados, cabos, sargentos e ofici- ais. Nosso efetivo de mulheres é maior que o efetivo total de muitos estados na Federação, o que mostra a grande participação das mulheres no Estado de São Paulo, destacou o secretário. O concurso público que selecionou os soldados teve inscritos. Do total de formandos, são homens e 491 mulheres. Os policiais passaram por horas de aula, distribuídas ao longo de um ano de curso de formação na Escola Superior de Soldados da Polícia Militar (ESSd). Os policiais que passam pela ESSd se formam no curso superior de técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública. Reforço de efetivo Incluindo a turma de formandos, o Governo do Estado contratou, desde 2011, novos policiais militares. Também estão em formação futuros PMs. Do total, são soldados e 577 alunos oficiais na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB). Hoje, 28, mais alunos iniciam curso na ESSd. O período de janeiro a março correspondeu a 28% das internações. Alguns fatores contribuem para as mulheres serem mais suscetíveis à infecção, dentre eles a própria anatomia do corpo feminino. Para manter o canal da uretra sempre limpo, é fundamental ingerir bastante líquido e evitar segurar a urina, já que quando urinamos automaticamente lavamos a bexiga e evitamos a proliferação de bactérias. Os sintomas da infecção urinária podem ser dor ou ardência na hora de urinar, diminuição na quantidade de urina liberada, vontade frequente de ir ao banheiro e mudança no odor da urina. Em alguns casos mais graves, a infecção pode ocasionar febre e até a presença de sangue na urina. Dicas para prevenir a infecção urinária: CÂMARA Marco Aurélio Cunha, que renunciou (PSD) pra ser dirigente na CBF, á preocupado por ter ido na cota do ex-vice do agora preso - com dirigentes da FIFA - Marin. PREFEITURA Pergunta: Haddad (PT) combinou com os donos Temer, Maluf, Lupi (interventor em SP), ACR e Aldo Rebelo pra ter em 2016 o PMDB, o PP, o PDT, o PR e o PC do B? ASSEMBLEIA Chico Sardeli (PV) tá eleito corregedor do maior parlamento estadual do Brasil. Fatura dos 45 dias em que foi presidente da Casa, agradando a gregos e troianos. GOVERNO Alckmin segue costurando, seja com o PRB de Russomanno, seja com o PSB do vice França, caso o candidato tucano não vá pro 2º turno da prefeitura paulistana. CONGRESSO O pior, na derrota de Cunha (PMDB - RJ) - presidente da Câmara Federal, durante a votação do que podia ser o começo das reformas político-partidárias, não foi... BRASILEIRO... pros próprios colegas que o elegeram. Foi pra sua pretensão de quem chegou ao cargo com posturas ditas cristãs mas agiu pelos modus operandi deste mundo. - Ingerir bastante água ou outros líquidos por dia, como sucos - Evitar segurar a urina - Higienizar as áreas genitais antes e depois de relações sexuais - Após a evacuação, ao higienizar a vulva e região perianal, limpar sempre no sentido de frente para trás, para evitar que bactérias passem do ânus para a vagina PRESIDÊNCIA Cada vitória de Dilma (PT), como as que ela tá tendo no Senado (ajustes fiscais) começam a contar como derrotas na esteira do que pode matar Lula em HISTÓRIAS A prisão, ontem na Suiça, de José Maria Marin (ex-presidente e atual vice de Marco Polo Del Nero - que ele elegeu - na CBF), acusado pela Justiça norte-americana,... DA... remete à história de um advogado que de Santo Amaro elegeu-se vereador paulistano (anos 1970), depois deputado na Assembleia - SP (anos ) e depois... POLÍTICA... governador (SP), após Maluf eleger-se deputado federal em Marin foi também presidente da Federação Paulista de Futebol e candidato ao Senado (anos 1980)... PAULISTA... Junto com o ex-deputado estadual e vice-prefeito paulistano Arthur Alves Pinto, Marin foi pro PTB pela via do deputado e eterno líder na ALESP Campos Machado. EDITOR Desde 1993, a coluna do jornalista Cesar Neto é referência na política. Está dirigente na Associação Paulista de Imprensa e na Associação dos Cronistas Políticos (SP).

3 Economia Página 3 Barbosa diz que houve consenso no governo sobre contingenciamento O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, declarou na quarta-feira (27) que houve consenso com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em relação aos cortes de R$ 69,9 bilhões, previstos no Orçamento deste ano. Na semana passada, quando foi apresentado o valor do contingenciamento, Barbosa conduziu o anúncio, sem Levy, que estaria gripado. Nós somos uma equipe econômica. Quando um não pode aparecer, o outro comparece. Houve consenso [no contingenciamento]. É um corte construído por todos os ministérios, não só o Ministério da Fazenda, afirmou o ministro. Barbosa brincou dizendo que a maior divergência entre ele e Levy é que o ministro da Fazenda torce pelo Botafogo e ele pelo Vasco. Nelson Barbosa deu entrevista após responder a perguntas de parlamentares na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. Ele adiantou à imprensa que a portaria a ser publicada hoje (28), com metas de redução de gastos de custeio, deve prever despesas 15% menores em relação ao projetado. Mais cedo, durante a audiência pública, ele respondeu a críticas dos parlamentares, que sugeriram que o governo diminuísse a quantidade de cargos comissionados e de ministérios para ajudar no ajuste orçamentário. De acordo com Barbosa, os cargos ocupados por pessoas que não são funcionários públicos são minoria. Segundo o ministro, existem, no governo, de 190 mil a 200 mil cargos de chefia, que só podem ser ocupados por servidores públicos. Os cargos comissionados de fato, de acordo com Barbosa, são 22,9 mil, dos quais mais de 70% são ocupados por servidores. Teríamos cerca de 5 mil a 6 mil cargos que não são ocupados por funcionários públicos, disse. Com relação ao número de ministérios, o ministro argumentou que a maior parte das novas pastas se originou de secretarias já existentes. [O governo] pegou secretarias já existentes e transformou em ministérios. Isso significou um gasto adicional muito pequeno da União, no qual o governo optou por incorrer para dar destaque a algumas áreas, disse. (Agencia Brasil) Consumidor acredita em mais inflação e desemprego, diz pesquisa da CNI A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou na terça-feira (27) que o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) de maio ficou praticamente estável em relação a abril, com 98,7 pontos. O resultado mantém o índice no menor valor desde junho de 2001, informou a confederação. Na pesquisa, o indicador de expectativa de inflação aumentou 3,1% e o de expectativa de desemprego subiu 2,7% na comparação com abril. De acordo com a metodologia utilizada pela CNI, a alta dos dois indicadores mostra que subiu o número de pessoas que espera mais inflação e desemprego nos próximos seis meses. A pesquisa mostra ainda que a população tem uma avaliação mais negativa da situação financeira e pretende reduzir as compras de maior valor. O indicador de situação financeira caiu 1% e o de compras de maior valor recuou 4,4% em relação a abril. Feita em parceria com o Ibope Inteligência, esta edição do Inec ouviu pessoas em 141 municípios, entre os dias 14 e 18 deste mês. (Agencia Brasil) Senadores pedem apoio para criar a CPI da CBF O Senado poderá instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possível esquema de corrupção na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na quarta-feira (27), após a prisão do ex-presidente da entidade José Maria Marin pela polícia suíça, senadores começaram a colher assinaturas. O senador Romário (PSB- RJ) conseguiu na tarde de hoje 51 assinaturas e pretende, após intervenção no plenário da Casa, protocolar o pedido. Ele deseja ser o relator da comissão. O senador José Perrella (PDT-MG) disse que começará a coletar assinaturas. Espero conseguir mais de 50 assinaturas. E nós precisamos de 27, né? Para não correr o risco de retirarem as assinaturas, porque nós sabemos o poder de pressão que existe da CBF, disse o senador. Perrella foi contra a criação de uma CPI da CBF no Senado em 2013 e agiu para convencer colegas a retirar assinaturas do requerimento, proposto pelo exsenador Mário Couto (PSDB- PA). Eu entendia que naquele momento não se justificava uma CPI porque não tinha um fato relevante que justificasse uma CPI. E nós estávamos às vésperas de uma Copa do Mundo. Alguns senadores manifestaram apoio à criação da CPI. Sou favorável há muito tempo à investigação dessa entidade. Finalmente a casa caiu para eles, apoio a iniciativa [CPI] e espero que ninguém mais se intimide pelo lobby da CBF, disse Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). O presidente do Senado, Renan Calheiros, também manifestou apoio. Eu acho que comissão parlamentar de inquérito decorre da necessidade de investigar e de esclarecer algo. Se houver o número mínimo de assinaturas, nós vamos constituir a comissão. Esse assunto é um assunto que mobiliza a sociedade e o país cobra respostas. E se o caminho for esse, nós temos que estimular, disse. Para o senador Humberto Costa (PT-PE) é preciso avaliar a efetividade de uma nova CPI. Já tivemos várias CPIs da CBF. Não quer dizer que uma agora não possa ter um bom resultado. Se houver elementos que permitam uma investigação e que resultem em mudanças para o futebol brasileiro, nos podemos apoiar, defende. A polícia da Suíça prendeu de sete dirigentes da Fifa, em Zurique. Entre os presos, está o expresidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin. Foram presos também os dirigentes Jeffrey Webb, Eduardo Li, Julio Rocha, Costas Takkas, Eugenio Figueredo e Rafael Esquivel. Outros brasileiros envolvidos são José Hawilla, dono da Traffic Group, e José Margulies, proprietário de empresas de transmissão de eventos esportivos. Os dirigentes foram indiciados por extorsão e corrupção pela procuradoria de Nova York, que investiga o caso. Segundo o Departamento de Justiça norteamericano, 14 réus, entre eles os dirigentes da Fifa presos, são acusados de extorsão, fraude e lavagem de dinheiro em um esquema de 24 anos de enriquecimento por meio da corrupção no futebol. Governo publica portaria nesta quintafeira com redução de gastos de custeio O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, informou na quarta-feira (27) que a pasta publicará nesta quinta-feira (28) uma portaria prevendo metas de redução dos gastos de custeio do governo. As despesas de custeio são as que se destinam a manter o funcionamento básico dos órgãos e das instituições, como aluguel, passagens, segurança e transporte, dentre outras. Segundo Barbosa, o objetivo da portaria é contribuir com a necessidade de redução de gastos públicos. O ministro disse ainda que o governo tenta promover um reequilíbrio fiscal, mantendo programas prioritários. Para ele, o contingenciamento de R$ 69,9 bilhões, anunciado na semana passada, preservou recursos da educação, saúde e programas sociais. Ao lado do Ministério das Cidades, as pastas da Saúde e de Educação lideraram o contingenciamento anunciado pelo governo. Na Saúde, o bloqueio atingiu R$ 11,774 bilhões, e na Educação, totalizou R$ 9,423 bilhões. Apesar disso, Barbosa disse que houve preocupação em manter os valores nominais para as despesas discricionárias (não obrigatórias) das áreas. De acordo com o ministro, no caso da Educação e do Ministério do Desenvolvimento Social, que coordena programas como o Bolsa Família, os valores foram preservados em relação a Para a Saúde, segundo Barbosa, houve elevação do Orçamento para despesas discricionárias ante o ano passado. O que foi reduzido foi a expectativa de crescimento de gasto, disse o ministro. Nelson Barbosa reafirmou que, mesmo com o contingenciamento, as previsões de gastos com educação e saúde em 2015 respectivamente R$ 15,1 bilhões e R$ 3 bilhões estão acima da exigência mínima constitucional. De acordo com Barbosa, a economia deste ano é o primeiro passo de uma estratégia de quatro anos para recuperação do crescimento. Segundo o ministro do Planejamento, o contingenciamento é necessário, em função da estimativa de queda de R$ 76,125 bilhões nas receitas do governo e aumento de R$ 4,8 bilhões nas despesas obrigatórias. Com a economia, o governo espera cumprir a meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) deste ano, que equivale a 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país). Estamos tentando implementar um equilíbrio fiscal gradual, que sai do déficit de 0,6% [de 2014] e procura elevar a superávit de 2% em Com esse resultado primário, esperamos estabilizar a dívida líquida do governo. Não tem problema ter déficit em um ano atípico. O que não pode é ser recorrente, disse. Nelson Barbosa participou na quarta-feira de audiência com parlamentares na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização no Congresso Nacional. Ele apresentou detalhes da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2016, enviada ao Congresso em abril, e falou sobre o contingenciamento de despesas anunciado para este ano. Indústria de máquinas aumenta receita, mas projeta piora no setor O faturamento da indústria de bens de capital mecânico registrou aumento de 4,5% nos primeiros quatro meses de 2015 na comparação com o mesmo período do ano passado. No entanto, comparando abril deste ano com o mesmo mês de 2014, houve queda de 6,2%. A receita em abril apresentou queda em relação ao mês anterior março de 2015 com 14,6% a menos de faturamento. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Para a associação, o efeito do câmbio nas exportações ajudam a manter uma aparente estabilidade no faturamento. A queda nos últimos dois meses nas vendas no mercado interno e na exportação levaram a entidade a projetar, para o ano de 2015, uma nova redução do faturamento do setor pelo terceiro ano consecutivo. A Abimaq afirmou que a instabilidade da economia dificulta a elaboração das projeções, mas que abril indicaria um desempenho do faturamento abaixo de 2014 e que haveria uma queda na produção e na venda da indústria. Os principais destinos das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos são América Latina, Estados Unidos e Europa. As exportações para a América Latina registraram queda a partir de 2011, mas no primeiro quadrimestre de 2015 apresentaram aumento de 2,4%, quando comparadas com o ano de 2014, o que é considerado crescimento leve pela Abimaq. O total das exportações registrou queda de 15,6% de janeiro a abril deste ano em relação ao mesmo período de Na importação, houve queda de 16,6% referente ao mesmo período de comparação. Segundo a associação, a queda é coerente com o ambiente recessivo na indústria brasileira de transformação. A Abimaq atribui também os números ruins ao ajuste fiscal do governo federal. Sobre os empregos no setor, a tendência é de queda. A partir de 2011, o número de funcionários mostra um declínio que se acentua em Nos últimos doze meses, de abril de 2014 até abril deste ano, a queda foi de 4,5%, o que representa postos de trabalho. ONU pede mais proteção para jornalistas em zonas de conflito O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou na quarta-feira (27) uma resolução em que pede maior proteção para os jornalistas que estão em zonas de conflito. É uma resposta às diversas ameaças que esses profissionais enfrentam, incluindo o terrorismo. Aprovada por unanimidade, a resolução é o segundo texto que o órgão da ONU dedica à defesa dos profissionais de comunicação social. O primeiro foi aprovado em O novo texto pretende reforçar a proteção dos jornalistas e esclarecer que, em muitos casos, a segurança das populações civis afetadas por conflitos depende do trabalho desenvolvido por esses profissionais. No mesmo texto, o Conselho de Segurança condenou todos os ataques perpetrados contra a comunicação social, denunciando a impunidade que impera em relação às violações e aos abusos cometidos contra jornalistas em situações de guerra. Também destaca que os Estados são responsáveis por apresentar os autores dessas violações e ataques à Justiça. Segundo a resolução, as partes em conflito devem respeitar plenamente as obrigações apresentadas pela lei internacional a propósito da proteção de civis em conflitos armados, incluindo os jornalistas e outros trabalhadores da área da comunicação social. Também é destaque no documento a necessidade de mais cooperação internacional neste domínio e o compromisso de recolher, no âmbito dos mandatos das missões de paz da ONU, informações sobre a violência contra a imprensa. O documento foi aprovado no início de um debate no Conselho de Segurança da ONU dedicado exclusivamente a esse tema e do qual participaram, entre outros nomes, o secretário-geral da organização internacional Repórteres sem Fronteiras, Christophe Deloire, e a jornalista francesa Mariane Pearl, viúva do repórter norte-americano do Wall Street Journal Daniel Pearl, que foi sequestrado e assassinado por terroristas no Paquistão em Fifa afasta José Maria Marin e 10 investigados em casos de corrupção A Federação Internacional de Futebol (Fifa) anunciou o afastamento provisório do futebol de 11 pessoas investigadas pela Justiça dos Estados Unidos. A decisão foi anunciada pelo presidente do Conselho de Ética da entidade, Hans-Joachim Eckert, poucas horas após sete dirigentes da entidade serem detidos na Suíça, acusados de corrupção para negociar as escolhas dos países-sede das copas do mundo da Rússia, em 2018, e do Catar, em 2022; o direito de transmissão dos jogos e contratos de marketing. As acusações estão claramente relacionadas com o futebol e são de natureza tão grave que era imperativo tomar uma ação rápida e imediata. O processo seguirá o seu curso em linha com o Código de Ética da Fifa, diz Eckert em nota divulgada pela federação. Entre os afastados está o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin. Ele e dez investigados estão proibidos de participar profissionalmente de qualquer atividade relacionada ao futebol, nacional ou internacional. Os outros suspeitos afastados são o caimanês Jeffrey Webb, vice-presidente da Fifa e presidente da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf); o costarriquenho Eduardo Li; o nicaraguense Julio Rocha; o inglês Costas Takkas; o uruguaio Eugenio Figueredo e o venezuelano Rafael Esquivel. Todos fazem parte da diretoria da Fifa e foram detidos hoje pelas autoridades suíças com o apoio do FBI. Eles deverão ser extraditados para os Estados Unidos em breve. Além desses dirigentes também foram afastados o ex-presidente da Confederação Norte-Americana de Futebol, Jack Warner, e seu filho Daryll Warner; o paraguaio Nicolás Leoz, expresidente da Confederação da América do Sul (Conmebol) e o ex-membro do Comitê Executivo da Fifa, Charles Blazer. Além de investigar a suspeita de fraude na escolha da Rússia e do Catar como países-sede das duas próximas edições da Copa do Mundo, as autoridades norte-americanas afirmam ter encontrado indícios de irregularidades em negociações levadas à cabo em outros países. No Brasil, as suspeitas recaem sobre contratos de patrocínio assinados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e de transmissão da Copa do Brasil - campeonato organizado pela confederação e disputado entre clubes de todo o país, segundo o Departamento de Justiça Americano. Outros dois brasileiros, além de Marin, figuram na lista de investigados do Departamento de Justiça dos Estados Unidos: o empresário José Hawilla, dono da Traffic Group, e José Margulies, dono de empresas de transmissão de eventos esportivos. Segundo o Departamento de Justiça, Hawilla já fez um acordo se comprometendo a pagar multa de US$ 151 milhões por participação no esquema.

4 Página 4 Nacional Senado aprova MP que muda regras do cálculo do fator previdenciário Dilma defende Levy e diz que Lindbergh equivoca-se bastante ao criticar equipe A presidenta Dilma Rousseff rebateu na quarta-feira (27) as críticas do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e disse que o parlamentar equivoca-se bastante ao questionar a composição da equipe econômica do governo. Lindbergh defendeu maior protagonismo do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, nas decisões econômicas, com o fortalecimento da ala desenvolvimentista do governo. Na semana passada, o senador chegou a pedir a demissão do ministro Levy. Acho que o senador Lindbergh Farias equivoca-se bastante quando faz essa diferenciação entre o ministro Joaquim Levy e o ministro Nelson Barbosa. Eles têm uma posição de unidade em torno do ajuste fiscal. Acho que o senador está tentando construir conflito onde não existe. As posições do Joaquim Levy e do Nelson Barbosa no governo são extre- mamente estáveis. Nunca houve, desde o momento que eles assumiram as suas funções, nenhum problema com eles, disse a presidenta, em entrevista na Cidade do México, antes de participar de uma cerimônia no Congresso do país. Segundo Dilma, Levy é um ministro dedicado, batalhador e trabalhador. A presidenta minimizou a divergência com o senador e disse que a posição de Lindbergh não é unânime no PT. A gente não pode tomar a parte pelo todo. O senador é responsável pela sua compreensão do processo, o PT jamais externou esse tipo de posição. Na terça-feira (26), durante a votação da Medida Provisória 665, que endureceu as regras para acesso ao segurodesemprego, seguro-defeso e abono social, três senadores petistas votaram contra o governo: Lindbergh Farias, Walter Pinheiro (PT-BA) e Paulo Paim (PT-RS). Nelson Barbosa: governo definirá situação de concursos até fim de junho O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, disse na quartafeira (27) que o governo definirá a questão dos concursos públicos até o final de junho, dando prioridade aos aprovados que ainda não foram chamados. Entre os órgãos nessa situação estão o Banco Central e a Receita Federal. Neste momento, não tenho um número [de concursados que serão chamados]. O ministro deu as declarações ao responder às perguntas de parlamentares em audiência na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. Barbosa adiantou que o governo deve apresentar o Plana Safra na semana que vem, e, na semana seguinte, o novo conjunto de concessões. Já a terceira fase do Programa Minha Casa, Minha Vida deve ser lançada a partir de julho. Passada essa fase inicial, focada no [ajuste] fiscal, passam a ser anunciadas essas iniciativas para acelerar o crescimento da economia, informou o ministro aos parlamentares. Nelson Barbosa comentou ainda a proposta de taxação de grandes fortunas, prevista na Constituição, mas não regulamentada. [A taxação] acaba gerando incentivos para a evasão de capital. A experiência indica que onde isso funciona se dá sobre a transmissão dos ativos, herança, transmissão intervivos. No Brasil, isso é de competência estadual e municipal. É uma iniciativa mais federativa do que de competência da União, disse. Movimento Brasil protocola na Câmara pedido de impeachment da presidenta Após uma caminhada pela Esplanada dos Ministérios, em Brasília, pouco mais de 400 manifestantes do Movimento Brasil, segundo a Polícia Militar, fizeram na quarta-feira(27) um protesto em frente ao Congresso Nacional contra o governo. Acompanhados de deputados da oposição, os representantes do movimento se reuniram com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e protocolaram um pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Hoje no nosso pedido de impeachment, com pareceres técnicos, foi protocolado aqui, na presidência, disse um dos líderes do movimento, Renan Haas. O [presidente] Eduardo Cunha se comprometeu a analisar tecnicamente o nosso pedido de impeachment e não engavetar diretamente como fez com os outros, complementou Kim Kataguiri, também representante do movimento, mas sem detalhar os argumentos apresentados no pedido. Os movimentos de rua e os movimentos feitos pela oposição são complementares. Tanto o feito de terça-feira (26) e o de quarta-feira buscam a mesma finalidade: o afastamento da presidente da República, disse o líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP), ao falar da representação protocolada nessa terça-feira pelo PSDB, DEM, PPS e SD acusando o governo de irregularidades financeiras devido a atraso nos repasses de recursos da União para bancos públicos. O caso dos repasses está sendo apurado pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O governo sustenta que os pagamentos feitos pelos bancos públicos não configuram operação de crédito entre o Tesouro Nacional e o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, como entendeu o TCU, durante julgamento em abril. Para o deputado Henrique Fontana (PT-RS), são legítimas as manifestações contrárias ao governo. Mas considera que os manifestantes têm se comportado como mau perdedores. Uma parcela dos que perderam tem se comportado como maus perdedores, disse. Não há nenhum ponto que justifique um pedido de impeachment. Evidentemente o debate crítico ou de apoio a um governo deve ser respeitado, ele faz parte do processo democrático, acrescentou. Para Fontana, alguns setores que não aceitaram o resultado das urnas apostam no chamado terceiro turno. A eleição elegeu uma presidenta que está no exercício de um mandato absolutamente legítimo. Para mudar o governo terá uma outra oportunidade em 2018 e aí cada um vai defender o seu candidato o seu programa e quem ganhar a eleição vai governar o país, disse. A manifestação teve início no dia 24 de abril, quando cerca de 20 integrantes do movimento iniciaram uma caminhada de São Paulo até Brasília para entregar o pedido de impeachment. Após protocolarem o documento, os manifestantes disseram que permanecerão acampados em frente ao Congresso como forma de pressionar o Parlamento pela admissão do pedido. O plenário do Senado aprovou a Medida Provisória 664, que estabelece mudanças nas regras para acesso de cônjuges de trabalhadores à pensão por morte e auxílio-doença. Na Câmara, a MP recebeu emenda que também modifica as regras do fator previdenciário, estabelecendo o cálculo chamado de 85/95. Por essa nova fórmula, que tem o apoio da maioria dos senadores, as mulheres poderão se aposentar recebendo o valor integral de seus salários obedecido o teto de R$ 4.663,75 da Previdência Social quando a idade e o tempo de contribuição somarem 85 anos. Os homens terão o mesmo direito quando a soma for equivalente a 95 anos. Assim, uma mulher com 55 anos, que tenha alcançado os 30 anos de contribuição, poderá requerer a aposentadoria integral. Atualmente, ela precisa ter pelo menos 60 anos de idade e o homem 65 anos e trabalhar 35 anos. A votação no Senado levou cerca de cinco horas e passou pela apresentação de diversos requerimentos que propunham modificações no texto. Todos eles foram rejeitados por orientação do governo à base, porque a MP corria o risco de perder a validade por decurso de prazo se fosse alterada e precisasse retornar à Câmara dos Deputados. STF: fidelidade partidária não vale para eleitos no sistema majoritário O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na quarta-feira (27) que a fidelidade partidária não vale para políticos eleitos por meio do sistema majoritário, como governadores, senadores, prefeitos e o presidente de República. Por unanimidade, os ministros entenderam que somente deputados e vereadores, eleitos pelo sistema proporcional, devem perder os mandatos se mudarem de partido sem justa causa. A questão foi decidida em uma ação direta de inconstitucionalidade impetrada pela Procuradoria- Geral da República (PGR). No entendimento da procuradoria, a regra sobre a perda de mandato para eleitos pelo sistema proporcional não pode ser aplicada no caso de políticos que tomaram posse pelo sistema majoritário. A regra que prevê a perda do mandato para todos os políticos que trocam de partido consta em uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2007, o tribunal estabeleceu que candidatos eleitos só podem deixar a legenda no caso de criação de novo partido, mudança do programa partidário, discriminação pessoal, incorporação ou fusão. Dessa forma, o entendimento era que o mandato pertence à legenda em todos os casos. A maioria dos ministros seguiu o voto do relator da ação, Luís Roberto Barroso. De acordo com o ministro, obrigar o politico eleito pelo sistema majoritário a entregar o cargo para o partido viola o princípio constitucional da soberania popular. Segundo Barroso, no caso da eleição majoritária, a ênfase é no candidato e não no partido. A imposição de perda do mandato por infidelidade partidária se antagoniza com a soberania popular. Um simples exemplo ajuda a esclarecer a afirmação. Imagine-se um candidato que tenha sido eleito para o Senado com mais de 1 milhão de votos. Se ele muda de partido e se aplica a lógica da resolução [do TSE], assume o suplente. De modo que joga-se fora 1 milhão de votos recebidos pelo candidato eleito e dá-se o cargo para o suplente, que não teve voto nenhum e que, muitas vezes, o eleitor nem sabe o nome, argumentou Barroso. Além de Barroso, seguiram o mesmo entendimento os ministros Teori Zavascki, Rosa Weber, Dias Toffoli, Carmen Lúcia, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello, Luiz Fux, e o presidente, Ricardo Lewandowski. A decisão poderá afetar a senadora Marta Suplicy (sem partido SP). Ele se desfiliou do PT sob a alegação de desvio do programa partidário e discriminação pessoal. Após a saída da senadora, o PT entrou com pedido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para solicitar o mandato. A legenda pede que o segundo suplente Paulo Frateschi (PT) assuma a vaga. Se a decisão do Supremo for aplicada, a senadora poderá continuar no cargo. Renan diz que buscará convergência sobre reforma política O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que irá promover uma discussão no Senado para rever os pontos da reforma política que são passíveis de convergência entre os senadores. Segundo Renan, ele conversou com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na quartafeira (27) para também restabelecer as negociações sobre os pontos que também são consensuais nas duas casas. O primeiro item da reforma que poderá virar lei é o que estabelece o fim das coligações em eleições proporcionais para deputados e vereadores. Renan lembrou que um projeto sobre o assunto já foi aprovado pelo Senado e só precisa agora ser apreciado pela Câmara. A expectativa que nós temos é que a Câmara aprove o fim da coligação proporcional. Essa é uma grande mudança que nós podemos rapidamente entregar à sociedade. Agora do ponto de vista do Senado, nós vamos rediscutir tudo, todos os pontos e ver se podemos construir uma convergência, disse, lembrando que qualquer alteração constitucional precisará de quórum qualificado e aprovação por 49 senadores. O presidente do Senado também defendeu que o Congresso retome as discussões sobre as pautas de interesse da sociedade e saia dessa pauta ácida do ajuste fiscal. Nós precisamos mudar a política, mas o Congresso tem que estar voltado para a sociedade. O Brasil se depara hoje com muitos problemas ainda medievais. Um deles é essa coisa da arma branca, de você portar uma faca, agredir as pessoas, apavorar a sociedade. Eu acho que as respostas rápidas que nós temos que dar são respostas nessa direção: entregar a reforma política, coibir o uso de arma branca que tem apavorado a sociedade brasileira. A aproximação que nós queremos do Congresso com a sociedade passa por essa agenda. Nós temos que sair dessa agenda ácida de corte de direitos trabalhistas e ir cuidar da agenda da sociedade, disse. Nesse sentido, outro assunto que pode ser retomado pelo Congresso, segundo ele, é um novo projeto sobre arbitragem judicial. Recentemente foi aprovada lei estabelecendo novas possibilidades de uso desses recursos nas demandas jurídicas, mas a presidenta Dilma vetou alguns pontos. Segundo Renan, a matéria pode voltar à pauta do Parlamento. Eu acho que sim, porque a arbitragem é uma das alternativas para você resolver o problema da morosidade do Judiciário, criar alternativas para os litígios, para as demandas. Eu acho que estender a arbitragem às relações de consumo significa, em outras palavras, dar agilidade. Muitas vezes hoje você leva para a Justiça um problema das relações de consumo, do dia a dia da sociedade, e demora muito essa decisão. Se nós pudéssemos fazer isso por arbitragem, claro que seria melhor, mais rápido, mais eficaz, disse. (Agencia Brasil) Pesquisa mundial mostra Brasil otimista, mas despreparado para a aposentadoria O Brasil, com nota 6,7, ficou em segundo lugar em termos de otimismo em uma pesquisa internacional para avaliar os hábitos de poupança e planejamento para a aposentadoria. Entretanto, os brasileiros demostraram estar despreparados para a aposentadoria. A pesquisa foi feita em 15 países (Alemanha, Austrália, Brasil, Canadá, China, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Hungria, Índia, Japão, Polônia, Reino Unido, Turquia e Polônia) pelo grupo global Aegon. A média global de otimismo foi 5,9, considerada baixa pelo critério de avaliação. A liderança ficou com a Índia com 7. Este foi o quarto ano da pesquisa e marca a segunda participação do Brasil. Foram entrevistadas 16 mil pessoas nos 15 países, sendo 14,4 mil trabalhadores ativos e 1,6 mil aposentados, dos quais mil no Brasil. O resultado da pesquisa foi divulgado na quarta-feira (27). O Índice Aegon de Preparo para a Aposentadoria leva em conta aspectos como a responsabilidade pessoal para obter renda na aposentadoria, nível de consciência em relação a esse preparo, formação de poupança, entre outros. O índice varia de zero a dez. Até a nota seis, significa um preparo fraco para a aposentadoria; entre seis e oito, preparo médio; e de oito a dez, alto preparo. O superintendente de Projetos Estratégicos da Mongeral Aegon no Brasil, Leandro Palmeira, informou que dos países Foto/ Fernando Frazão/ABr De acordo com a pesquisa, 41% dos brasileiros acreditam que as perspectivas para as futuras gerações de aposentados serão piores que integram o grupo Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o Brasil e a Índia tiveram as notas mais elevadas, embora elas não reflitam ainda um preparo alto para aposentadoria. Por serem economias emergentes, os dois países têm fatores em comum, como sistemas de Previdência pública bem desenvolvidos, generosos e de inclusão social. No Brasil, Palmeira destacou, o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), que abrange grande número de indivíduos de diversas faixas de renda recebendo pensões do sistema público. Por isso, boa parte do índice é influenciada pela percepção que as pessoas têm da cobertura que é garantida pela seguridade social. O que isso gera de preocupação é que a condição que a gente tem hoje no sistema público de benefícios de Previdência não é sustentável no longo prazo. Existe um sinal amarelo com essa situação, que pode não se sustentar no futuro, argumentou Palmeira. Ele lembrou que quando os dados foram coletados, em fevereiro, o país não estava passando pela atual crise, nem havia sido anunciado o ajuste fiscal, que poderá resultar em mudanças na área da Previdência Social. De acordo com a sondagem, 52% dos brasileiros se mostraram otimistas e acreditam em mudanças positivas no cenário econômico do país nos próximos 12 meses, contra 35% que esperam piora. Em contrapartida, quando indagados sobre as perspectivas para as futuras gerações de aposentados, 41% dos entrevistados no Brasil disseram que a situação vai piorar. O principal desafio no contexto do Brasil, na área do preparo para a aposentadoria, está no planejamento, indica a pesquisa. Dos consultados, 23% disseram ter um plano alternativo de aposentadoria, como um plano de previdência privada ou poupança regular; 47% disseram que sabem como fazer, mas não têm nada registrado; e 28% disseram não ter nenhum planejamento. Outro fator preocupante, segundo Palmeira, é a falta de planejamento em relação a um plano B, caso a pessoa não consiga ter geração de renda até a idade de aposentadoria: 57% dos entrevistados brasileiros disseram que se forem obrigados a parar de trabalhar antes de se aposentarem, vão precisar resgatar dinheiro das economias. Outros 24%, em um caso desses, se apoiarão na renda do cônjuge. A pesquisa revela que ainda é pequeno o percentual de pessoas que têm hábito de poupar no Brasil pensando no futuro. Os poupadores habituais, que têm depósitos em caderneta de poupança ou planos de previdência privada, são 38% do total, com média de 38 anos de idade. Está bem dividido a proporção entre homens (55%) e mulheres (45%) e tem renda média mensal de R$ 4,7 mil. Outro grupo é o dos aspirantes (22%), que querem poupar, mas ainda não iniciaram esse processo por motivos variados. Eles têm em torno de 36 anos, são mais mulheres (61%) do que homens (39%) e têm renda mensal de R$ 2,2 mil. Palmeira recomendou que, quanto mais cedo as pessoas comecem a poupar, mais preparadas estarão para a aposentadoria.

5 Nacional Página 5 Parceria público-privada é caminho para garantir saneamento, diz Kassab Em evento na quarta-feira (27) em Brasília para apresentação do Panorama da Participação Privada no Saneamento Brasil 2015, o ministro das cidades, Gilberto Kassab, afirmou que a parceria dos governos com o setor privado para os investimentos em infraestrutura de saneamento básico é o caminho para garantir a universalização do serviço à população. Para Kassab, a crise hídrica vivida no início do ano aponta para essa necessidade. Ainda é tímida a participação dessas empresas no saneamento e o caminho para melhorar o quadro em que vivemos é fazer mais parcerias, disse o ministro. A Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto indicou cinco alterações que podem ser feitas nas normas de participação das empresas para ampliar a oferta dos serviços de saneamento. São eles: a segurança jurídica, a isonomia competitiva, a parceria com o governo federal, o financiamento de projetos e a regulação do setor. Para o presidente executivo da Abcon, Roberto Muniz, as parcerias são uma forma de dividir a responsabilidade e a melhoria dos serviços. Ele explicou que há dificuldade para negociar a participação das empresas nos municípios. Muitos dos prefeitos têm medo de perder investimentos públicos provenientes de programas de desenvolvimento do governo, disse. Já que o Estado não consegue fazer os investimentos necessários pra colocar água e esgoto em municípios, deve permitir que a iniciativa privada e os municípios possam fazer isso com mais facilidade. Quando o governo trai a iniciativa privada, ele trai todo o mercado, destacou Muniz. Para o executivo, deveria haver maior facilidade de as empresas concorrerem nos processos de licitação para receber concessão das obras de infraestrutura e aplicação dos serviços de água e esgoto nos municípios. A edição deste ano do Panorama da Participação Privada no Saneamento revela que em 76% dos municípios onde empresas privadas atuam, a população é menor ou igual a 50 mil habitantes. Ao todo, as empresas privadas operam nesse setor em 304 municípios brasileiros, em 17 estados. Produtores de orgânicos começam a investir em vendas pela internet Produtores começam a intensificar o uso da tecnologia no mercado de alimentos orgânicos no Brasil, tanto no lado da produção quanto no consumo. É o que mostra o 1º Fórum Orgânicos em Ação Empreendedorismo e Mercado, promovido na quartafeira (27) pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA). A coordenadora do Centro de Inteligência em Orgânicos (CI Orgânicos) da SNA, Sylvia Wachsner, reconheceu que a tecnologia está entrando ainda de Foto/ Antonio Cruz/Agência Brasil Tecnologia é cada vez mais usada por agricultores de orgânicos para incrementar vendas forma tímida nesse mercado, mas a tendência é que haja expansão, seguindo o que ocorre em todo o mundo. Ela disse que, há poucos anos, começaram a surgir lojas de compra online. Entre os produtores nacionais, Sylvia citou o Sítio do Moinho, de Petrópolis, município da região serrana fluminense. Durante o evento, foi apresentado o projeto Clube Orgânico, que permite que consumidores associados comprem cestas de alimentos via internet, o que garante a produção dos agricultores. É um clube de compradores de produtos orgânicos, que fazem suas compras diretamente dos produtores. Eles adiantam aos produtores dinheiro para que estes produzam cestas de alimentos semanais ou mensais. Sylvia disse que, por meio desse clube, o produtor tem, além da garantia do mercado, uma garantia de receita que entra para ele poder produzir. Isso funciona por meio da internet, da tecnologia, ressaltou. Angela Thompson, diretora do Sítio do Moinho, prepara para o próximo mês a entrada em funcionamento da nova plataforma de comércio eletrônico (ecommerce) da empresa, que começou no mercado de orgânicos em Angela destacou que os produtores têm que se adaptar às novas tecnologias. Tem que ter um e-commerce eficiente. A plataforma que elaboração estará disponível tanto para tablet quanto para smartphone. Os produtores começam também a utilizar a tecnologia comum ao agronegócio na produção de alimentos orgânicos, além de pesquisas. Na própria produção de orgânicos, a tecnologia deve melhorar a produtividade e a qualidade, para ter produtos mais sofisticados, com menos açúcar ou sal, por exemplo, e para atender a novos mercados, disse Sylvia Wachsner. A coordenadora do CI Orgânicos avaliou que, com o tempo, a tecnologia será adotada pelo setor também na produção. Isso não está tão avançado ainda, mas a parte de comércio eletrônico já está entrando [no mercado], disse. A tecnologia vai significar, possivelmente, maquinário adaptado à produção, mesmo para os pequenos produtores, acrescentou. Embora priorize o contato pessoal com o cliente, Angela Thompson disse que sentiu necessidade de adaptar o seu empreendimento às novas tecnologias no processo de produção. A tecnologia é encontrada em toda a cadeia produtiva. Tem fibra óptica, banda larga, irrigação por gotejamento, câmaras frigoríficas para armazenamento visando a levar a qualidade do produto ao consumidor. Segundo Angela, a conservação do produto é importante para manter a clientela. Foram lançados ainda manuais para produção de tomates orgânicos, resultado de parceria do CI Orgânicos com a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Lançada nova versão do Cidadão 10, portal que estimula ações de cidadania O evento Rolezinho no Hemorio foi uma das ações já desenvolvidas pelo Cidadão 10 Está disponível na internet a nova versão da plataforma digital Cidadão 10, que utiliza as redes sociais para estimular e divulgar boas ações de cidadania no país. A plataforma é programada por alunos de ciência da computação e design do Laboratório de Engenharia de Software (LES) do Centro Técnico Científico da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (CTC/PUC-RJ). O Portal Cidadão 10 foi criado por ex-alunos da universidade como um teste para sentir a resposta da população a projetos de cidadania e desde 2013 recebeu vários Foto/ Fernando Frazão prêmios entre as melhores soluções inovadoras para os problemas do Rio de Janeiro. O coordenador do projeto no LES/PUC-RJ, o designer de produtos Frederico Tannenbaum, informou na quarta-feira (27) que a segunda versão corrigiu erros e melhorou a qualidade e programação do portal, que passa agora a ser em formato de rede social, o que permitirá que haja uma maior interação entre os usuários. A nova versão pode ser acessada em dispositivos móveis e em computador e permite ao usuário receber notificações de eventos de acordo com o seu perfil. Há uma fanpage no Facebook, mas a ferramenta principal do portal é a página cidadao10.com.br. A diferença do Cidadão 10 é que essa é uma rede social para pessoas interessadas em cidadania, segundo informou Tannenbaum. No portal, as pessoas podem se conhecer, mostrar seus projetos e juntar esforços para fazer algo maior; unir esforços em torno de um mesmo objetivo. O coordenador do Cidadão 10, o economista Ariel Kozlowski, informou que a plataforma lista oito categorias de projetos: educação, saúde, meio ambiente, cultura, lazer, mobilidade, segurança e trocas e doações. Quando você se cadastra como usuário, diz quais são seus interesses. À medida que vai avançando o cadastro, a pessoa relata suas habilidades e diz como pode ajudar. A gente vai criando um banco de dados de pessoas e ações voluntárias e vai unindo pessoas com ações, diz Kozlowski. Usuários de qualquer lugar do Brasil podem se cadastrar no Portal Cidadão 10. Frederico Tannenbaum disse que o projeto começa a ultrapassar as fronteiras do Rio de Janeiro. No próximo dia 13 de setembro, em parceria com a Satrápia, agência de benfeitorias para cidades, o Cidadão 10 fará o Festival de Amor e Cidadania (Faça) no Brasil inteiro, com foco em cinco capitais (Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza e Porto Alegre). O portal terá equipes em todas essas cidades para fazer a interação com as prefeituras em relação às propostas que ocorrerão durante o festival. O Brasil inteiro pode usar a plataforma, que funciona por meio de eventos, destacou Tannenbaum. Entre as ações já desenvolvidas pelo Cidadão 10 está o Rolezinho no Hemorio, organizado no dia 31 de janeiro do ano passado, às vésperas do carnaval carioca, época em que os bancos de sangue demandam muitas doações. O resultado foi considerado excelente: mais de 200 pessoas foram mobilizadas pela ação e doaram sangue para o Instituto Estadual de Hematologia do Rio de Janeiro (Hemorio). O conceito do Cidadão 10 é que em vez de apenas reclamar, o cidadão deve fazer algo pelo seu espaço e mobilizar outras pessoas a também desenvolverem ações em prol de terceiros. STF mantém mínimo de 450 pontos no Enem para novos contratos do Fies O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve na quarta-feira (27) decisão individual do ministro Luís Roberto Barroso que validou o desempenho mínimo no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como requisito para obtenção de novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). De acordo com a decisão, o Ministério da Educação (MEC) pode exigir média igual ou superior a 450 pontos e nota na redação diferente de zero no Enem como critério para conceder o financiamento em instituições de ensino superior. No entanto, a exigência não pode ser exigida de alunos que já fazem parte do fundo, conforme decisão liminar de Barroso. A questão foi levada ao Supremo pelo PSB, que arguiu a validade de duas portarias que estabeleceram a pontuação como critério para concessão do financiamento. O prazo para adesão terminou no dia 30 de abril. A renovação de contratos antigos pode ser feita até 30 de junho. fale conosco através do Prisão de dirigentes da Fifa pode acabar com impunidade no Brasil, diz senador As prisões dos dirigentes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) poderão acabar com o cenário de impunidade no futebol no Brasil, disse na quarta-feira (27) o senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Ele acredita, inclusive, que as investigações chegarão inevitavelmente a Ricardo Teixeira, ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Acho que agora há estímulo para que os expedientes iniciados aqui, que não tiveram continuidade possam [andar]. O futebol brasileiro parece que é colocado acima do bem e do mal, acima da legislação. Isso promove esse cenário de impunidade, diz Dias. O senador foi presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Futebol, em 2001, responsável pelo indiciamento de 17 cartolas do futebol, como define o senador. Entre eles, Ricardo Teixeira. É inevitável chegar a ele. O próprio Marco Polo del Nero [presidente da CBF] disse que os contratos foram celebrados antes de Marin. Ricardo Teixeira tem envolvimento de mais tempo. As ações que tramitam na Justiça federal foram sempre trancadas, por isso não se chegou a um julgamento, diz. O ex-presidente da CBF José Maria Marin está entre os presos pela polícia da Suíça. Além dele, seis dirigentes da Fifa foram presos em Zurique. Para Dias, é difícil que o presidente da Fifa, Joseph Blatter, não esteja ciente do esquema de corrupção na entidade, porque, quando quem comanda não está inserido nesse contexto, fica difícil fazer tudo o que fizeram nesses anos, especulou. O relatório final da CPI do Futebol é citado no livro do jornalista britânico Andrew O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que o Google Brasil retire do ar o blog Quero Ser Mãe, hospedado em servidores da empresa. De acordo com a ação, o Google deverá tornar indisponível e inacessível o conteúdo do blog, em um prazo máximo de 30 dias. As informações foram divulgadas em nota pelo MP. O Ministério Público sustenta na ação que o blog atua como intermediário, promovendo adoções ilegais. Tais atividades violam o Artigo 50 do Estatuto da Criança e do Adolescente [ECA], que determina que cada Juizado da Infância e da Juventude deva manter dois cadastros: um com crianças aptas a serem adotadas; outro, de pessoas interessadas na adoção, detalhou na nota. Segundo o MP, o Google é objeto da ação por- Jennings, com denúncias sobre os cartolas do futebol. Para o senador, tanto o livro quanto o relatório contribuiram com provas para as prisões. Os dirigentes foram indiciados por extorsão e corrupção pela procuradoria de Nova York, que investiga o caso. Segundo o Departamento de Justiça norte-americano, 14 réus, entre eles os dirigentes da Fifa presos, são acusados de extorsão, fraude e lavagem de dinheiro em um esquema de 24 anos de enriquecimento por meio da corrupção no futebol. Algumas das questões foram levantadas pela CPI há 15 anos, segundo Dias. Se tivéssemos tido providências efetivas na época, teríamos evitado desvios como os que ocorreram nesses anos todos, diz ele, e acrescenta que o esquema de corrupção é a principal causa da decadência do futebol brasileiro. Se tivessem sido tomadas providências, não teríamos esse descaminho, o futebol brasileiro foi jogado no fundo do poço depois da Copa, e não foi feito mais nada. Para Dias, a Copa do Brasil, no ano passado, também pode estar incluída no esquema de corrupção. O senador diz que apoiará outros senadores que propuserem uma CPI, mas que não vai requerer a abertura de uma. Ele focará a atenção na aprovação do projeto de lei 221/2014 do Senado, que estabelece uma política e instrumentos de fiscalização da CBF, que passaria a ter que apresentar, anualmente, as contas ao Tribunal de Contas da União, entre outras medidas. O senador explica que a entidade pode ser alvo de fiscalização, por administrar dinheiro público, direta ou indiretamente, e por ser a seleção brasileira a principal fonte de recursos. Ministério Público entra com ação para Google retirar blog sobre adoções que opera como provedor de hospedagem, atuando como intermediário, oferecendo ferramentas de edição e gerenciamento de blogs. Assim, os interessados acessam a conta do Google, e hospedam seu blog no endereço blogspot.com, pertencente à empresa. O MP requer que o Google guarde os registros de acesso ao blog sob sigilo, em ambiente controlado e de segurança, desde o ajuizamento da ação até o trânsito em julgado, e disponibilize os registros e dados cadastrais dos acessos de modo a identificar o usuário responsável pelo blog, sob pena de multa diária de R$ 100 mil por cada descumprimento. O Google Brasil foi procurado, por meio do endereço de disponibilizado para contato com a imprensa, mas até a publicação desta matéria não se manifestou.

6 Página 8 Esporte Bellucci faz balanço positivo da gira europeia e foca no resto da temporada Tenista número 1 do Brasil foi superado pelo japonês Kei Nishikori, 5º do mundo O paulista Thomaz Bellucci (Correios/ CBT/ adidas/ Wilson/ Embratel/ IMX) foi superado, nesta quarta-feira, pelo japonês Kei Nishikori, 5º do mundo, por 7/5 6/4 6/4, em partida válida pela segunda rodada de Roland Garros. Comecei jogando bem, mas cometi uns erros no final do primeiro set e início do segundo e terceiro sets que me custaram o jogo. Não saquei tão bem quanto vinha sacando e isso me deixou em situações complicadas. É difícil jogar atrás do placar contra qualquer jogador, mas principalmente contra os caras tops que te dão muito poucas chances, avaliou Nishikori e Bellucci o tenista número 1 do Brasil. apenas três vitórias. O resultado Apesar da derrota na chave de do trabalho começou a dar resultados efetivos na gira europeia. simples de Roland Garros, Bellucci faz um balanço positivo da Começou a disputa em Barcelona como 81º do mundo e ter- gira europeia e traça objetivos para o restante da temporada. mina em Paris no top 40. Foram Bellucci não teve um bom seis torneios, com 16 vitórias em início de temporada. Nos primeiros oito torneios do ano, somou Istambul (quartas), Madri 21 jogos: Barcelona (2ª rodada), (quali Foto/ Getty Images Latam + 2a. rodada), Roma (quali + oitavas), Genebra (campeão) e Roland Garros (2a. rodada). Sendo que as cinco derrotas foram para jogadores top 25: Roberto Bautista-Agut (16), Pablo Cuevas (23), John Isner (18), Novak Djokovic (1) e Kei Nishikori (5). Ainda jogo duplas hoje, mas o balanço que eu faço dessa gira no saibro é muito positivo. Comecei fora dos 80 melhores do mundo, mas confiante que conseguiria reverter um começo de ano não tão bom. Em Miami já tinha jogado melhor e ao longo dessas semanas fui melhorando, pegando confiança e vencendo bons jogos, até chegar ao título de Genebra. Foram seis semanas muito produtivas que me colocaram de volta entre os 40 melhores do mundo e me deram a confiança que estou no caminho certo. Não quero parar por aqui. Tenho outros objetivos a cumprir nessa temporada e vou seguir trabalhando duro pra cumprir cada um deles. Para mim o ano está só começando!, afirmou Bellucci. Bellucci e o português João Sousa estreiam na chave de duplas diante da parceria formada pelo britânico Jamie Murray e o australiano John Peers, cabeças de chave 11. Circuito Mundial Brasileiros largam com três vitórias em dia de confronto caseiro na Rússia As duplas brasileiras começaram muito bem o Grand Slam de Moscou no torneio masculino, na quarta-feira, 27. Foram três vitórias em quatro jogos, e o único revés aconteceu justamente no confronto entre dois times do Brasil. Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Evandro/Pedro Solberg (RJ) e Ricardo/Emanuel (BA/PR) largaram com vitória, enquanto Álvaro Filho/Vitor Felipe (PB) perderam para os campeões olímpicos de Todos os times brasileiros voltam à quadra nesta quinta-feira, 28, quando serão disputados mais dois jogos da fase de grupos. A repescagem e as oitavas de final ocorrem na sexta-feira, enquanto quartas e semifinais serão no sábado. A final e disputa de bronze estão reservadas para o domingo. As partidas das quadras 1 e 2 podem ser assistidas no link laola1.tv/de-at/home/0.html. Alison e Bruno Schmidt (ES/ DF) foram os primeiros brasileiros a entrarem em quadra. Eles estrearam no Circuito Mundial 2015 com uma partida dura, mas vencendo os italianos Ranghieri/ Carambula por 2 sets a 0 (33/31, 23/21), em 51 minutos de partida. Eles aparecem na segunda posição Foto/Divulgação Bruno Schmidt ataca contra bloqueio italiano do grupo B, perdendo a liderança nos critérios de desempate. Alison e Bruno voltam à quadra nesta quinta para encarar os franceses Youssef Krou e Edouard Rowlandson, e os canadenses Josh Binstock e Sam Schachter. Será o primeiro da dupla brasileira confronto contra os dois times. No grupo D, um duelo brasileiro logo na primeira partida. Ricardo e Emanuel (BA/PR) derrotaram Álvaro Filho/Vitor Felipe (PB) de virada, por 2 sets a 1 (19/ 21, 21/19, 15/10), em 57 minutos de jogo, assumindo a liderança da chave. Nesta quinta, Ricardo/Emanuel (BA/PR) encaram os poloneses Kosiak/Rudol e os norte-americanos Theo Brunner e Nick Lucena, mesmos adversários de Álvaro e Vitor Felipe na rodada. Campeões do Desafio Melhores do Mundo: Brasil x EUA, Evandro e Pedro Solberg (RJ) também começaram com o pé direito. Vitória sobre os primos chilenos Esteban e Marco Grimalt, comandados pelo ex-jogador brasileiro Eduardo Garrido, por 2 sets a 1 (21/18, 19/21, 15/ 8), em 52 minutos de jogo. Líderes do grupo G, eles encarram a primeira fase contra dois times italianos: os gêmeos Matteo e Paolo Ingrosso, e Daniele Lupo e Paolo Nicolai, comandados por outro ex-jogador brasileiro, Paulão, primo do campeão olímpico Ricardo. Moscou já foi sede de nove etapas do Circuito Mundial e, desde 2008, recebe um Grand Slam por temporada. O Brasil lidera o quadro de medalhas na Rússia, que também já contou ao longo dos anos com etapas em São Petersburgo e Anapa. São 15 medalhas entre os homens (seis de ouro, quatro de prata e cinco bronzes) e 14 entre as mulheres (cinco de ouro, cinco de prata e quatro de bronze). Os times vencedores da etapa de Moscou nos dois gêneros somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial e garantem um prêmio de 57 mil dólares. Ao todo, 400 mil dólares são distribuídos aos atletas. Logo após Moscou, ocorre o Major Series de Porec, na Croácia, de 2 a 6 de junho. Com cinco pilotos, Walmax Racing transfere-se para o Moto 1000 GP O GP Cascavel, segunda das oito etapas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, vai marcar mais uma estreia no Moto 1000 GP. A Walmax Racing, equipe paulistana comandada por Waldemar Dema Santos Filho, chega à categoria com cinco pilotos. O anúncio foi feito na manhã de quarta-feira e confirma a participação de quatro dos pilotos da Walmax na corrida deste domingo, 31, no Autódromo Internacional Zilmar Beux. Douglas Pecoraro, Durval Careca, Gregory Alfonso e Ricardo Pitty terão em Cascavel suas primeiras participações no Moto 1000 GP. Eles vão pilotar as Kawasaki ZX6 inscritas sob os números 19, 61, 33 e 88, respectivamente. O quinto piloto da equipe é Thiago Freitas, que tomará parte das disputas a partir da terceira etapa, marcada para o dia 28 de junho no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO) sua moto terá o número 17. Douglas Pecoraro, um dos pilotos da Walmax Racing, ressalta o nível técnico do Brasileiro de Motovelocidade. É forte, mesmo. Há vários argentinos correndo na GP 600, mais o Eric Granado e uma série de pilotos fortíssimos, de nível internacional. Isso vai ajudar a gente a evoluir na pilotagem, afirma. O nível de competição é forte e muito profissional. Desportivamente, o Moto 1000 GP é um campeonato que nos interessa bastante. A exposição na mídia é outro ponto lembrado por Pecoraro, que estreou na motovelocidade em O Moto 1000 GP tem TV ao vivo e quatro etapas têm a GP 600 ao vivo. Isso ajuda muito na hora de captar recursos, diz, sobre a transmissão ao vivo pelos canais Bandsports e Esporte Interativo, que inclui a GP 1000 e mais uma categoria na íntegra, além de VTs das outras duas todas as corridas são mostradas no site moto 1000gp.com.br. Pecoraro, Alfonso, Pitty, Careca e Freitas vão participar inscritos na GP 600 Evo, classe implantada na atual temporada para pilotos com as carreiras em fase de ascensão. É o caso de nós todos. Estamos chegando agora e na Evo vamos ter a condição ideal para aprender com os principais pilotos da GP 600. Somos uma equipe numerosa, mas não viemos para fazer número. Nossa ideia é integrar o primeiro pelotão dentro de pouco tempo, avisa Pecoraro. As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o óleo lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, fornecedora de pneus a todas as equipes inscritas nas quatro categorias em disputa. O Moto 1000 GP também conta, na temporada de 2015, com o apoio de Beta Ferramentas, Puig, Servitec, Leo- Vince, Shoei e Tutto Moto. Foto/ Fábio Falconi 15º Ironman Florianópolis 2015 é o destaque do final de semana Ironman Florianópolis 2015 O mais tradicional evento de triathlon do Brasil é o destaque do final de semana esportivo. Florianópolis, uma das mais belas capitais do país, será palco do Ironman Florianópolis 2015, décima quinta edição da etapa do Circuito Ironman na capital catarinense, recebendo mais de 2 mil competidores de 36 países. Válido como Campeonato Latino Americano, o evento se tornou ainda mais atraente, distribuindo 150 mil dólares de pontos no ranking mundial para os atletas da Elite, além de 75 vagas para a Faixa Etária na Mundial Ironman no Havaí, em outubro. O Clube Doze de Agosto, em Jurerê Internacional, será o local da área de transição e chegada, além de receber o público com uma série de atrações. A largada será às 6h45 para a Elite masculina, largando a Elite feminina às 6h50 e a Faixa Etária às 7h. O desafio será de 3.8 km de natação, km de ciclismo e 42.2 km de corrida, com tempo limite de 17h para completar esse desafio único. Nesta quarta-feira, às 14h, terá início a Expo Ironman, feira com estandes de empresas do segmento esportivo com várias atrações. Já tradicional no circuito, a prova em Florianópolis segue se destacando graças à qualidade do evento, sua organização profissional e à grande receptividade do povo catarinense, pontos destacados por todos os participantes. Com tantos atrativos, a prova conseguiu reunir inúmeros destaques do circuito internacional. Pelo Brasil, tentarão a vitória no domingo o atual campeão Igor Amorelli, Santiago Ascenço, segundo colocado no ano passado, Guilherme Manocchio, vencedor do Ironman Fortaleza 2014, Fábio Carvalho, primeiro colocado no Ironman 70.3 Foz do Iguaçu 2014, e Thiago Vinhal, terceiro colocado em Fortaleza ano passado. No feminino, destaque para Ariane Monticeli, terceira colocada em 2014 e sétima no Ironman 70.3 Brasília 2015, sendo a melhor brasileira, Mariana Borges Andrade, sétima colocada na prova passada, e a experiente Ana Lidia Borba, que chegou em nono lugar em Entre os estrangeiros, os destaques são os norte-americanos Timothy O Donnell e Amanda Stevens, vencedores em Além deles, merecem atenção o belga Marino Vanhoenacker, com nove títulos de Ironman e um terceiro lugar em Kona em 2010, o canadense Brent McMahon e o australiano Paul Matthews, ambos com bons resultados nos últimos anos. Haley Chura, campeã do Ironman Fortaleza 2014 e quinta colocada no Ironman Florianópolis 2013 e no Ironman Los Cabos 2014; e Liz Lyles, campeã do Ironman de Wiscounsin (EUA) 2012 e do Ironman Western Austrália 2013, e vice no Ironman de Frankfurt (ALE) do ano passado., ambas dos EUA, e a tcheca Lucia Zelenkova, campeã do Ironman 70.3 África do Sul e vice no Ironman Florianópolis em 2011; e a sueca Asa Lundstrom, que conquistou o Ironman Lake Tahoe (EUA), em A divisão de prêmios entre os atletas da Elite é a seguinte: 1) US$ ; 2) US$ ; 3) US$ 8.000; 4) US$ 6.500; 5) US$ 5.000; 6) US$ 3.500; 7) US$ 2.500; 8) US$ 2.000; 9) US$ 1.500; 10) US$ 1.000, Na Faixa Etária, a novidade será nas vagas para o Mundial de Ironman. Este ano, a prova classificará 75 atletas para a prova de Kona, Havaí, dia 10 de outubro. Ao longo destes 15 anos, o triathlon nacional conquistou o lugar mais alto do pódio em três oportunidades, com Fernanda Keller em 2004 e 2008, e, no ano passado, a primeira vitória no masculino com o atleta Igor Amorelli. Os atletas brasileiros conquistaram também a segunda colocação em 2007 e 2009, com Reinaldo Colucci; em 2011, com Guilherme Manocchio; em 2012, com Santiago Ascenço; e em 2013, com o próprio Igor Amorelli. Também houve um terceiro lugar, com Santiago Ascenço, em Os atuais campeões da prova são o brasileiro Igor Amorelli e a canadense Sara Gross. O Ironman Florianópolis é organizado pela Latin Sports e realizado pela Associação Brasileira Esportiva Social e Cultural Endurance (ABEE). Conta com o patrocínio da Mizuno e apoio da Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura de Santa Catarina (Fundesporte), Governo do Estado de Santa Catarina, Prefeitura Municipal de Florianópolis e Fundação Municipal de Esportes (FME/Fpolis), Gatorade, AquaSphere, Shimano, Fetrisc, Mini, NET, Oakley, Azul, Barilla, Banana Brasil, Gomes da Costa, Unimed Florianópolis e Trisport. Mais informações no site oficial:

Análise Semanal. Edição nº 23 10/07/15 CONJUNTURA ECONÔMICA. Mais um plano

Análise Semanal. Edição nº 23 10/07/15 CONJUNTURA ECONÔMICA. Mais um plano Mais um plano CONJUNTURA ECONÔMICA A chave da agenda positiva tão perseguida pelo governo federal em tempos de crise política e volta da inflação parece ser a preservação dos empregos. Na última terça-feira

Leia mais

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 Boletim Econômico Edição nº 56 fevereiro de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 As duas medidas visam economizar R$ 18 bilhões

Leia mais

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

Escândalo no futebol levará a revisão de contratos de TV POR ADALBERTO LEISTER FILHO, DUDA LOPES, ERICH BETING E PRISCILA BERTOZZI

Escândalo no futebol levará a revisão de contratos de TV POR ADALBERTO LEISTER FILHO, DUDA LOPES, ERICH BETING E PRISCILA BERTOZZI B O L E T I M OFERECIMENTO QUINTA-FEIRA, 28 DE MAIO DE 2015 NÚMERO DO DIA US$ 150 mi foram desviados por corrupção pelo futebol nas Américas, segundo a Justiça americana EDIÇÃO 264 Escândalo no futebol

Leia mais

Análise Semanal. Edição nº 32 11/09/15 NESTA EDIÇÃO

Análise Semanal. Edição nº 32 11/09/15 NESTA EDIÇÃO NESTA EDIÇÃO CONJUNTURA ECONÔMICA Adeus, investment grade 2 Cortes, afinal? 3 Ata docopom 4 Indicadores 4 Visões da crise: Dilma 5 Visões da crise: Lula 5 Expectativas Focus 6 CENÁRIO POLÍTICO Impeachment,

Leia mais

A Semana no Congresso Nacional

A Semana no Congresso Nacional A Semana no Congresso Nacional Brasília, 10/08/2015 CÂMARA Câmara instalará seis comissões mistas para analisar MPs Relator da CPI do BNDES apresentará plano de trabalho Comissão de Finanças e Tributação

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 01.06.2015

C L I P P I N G DATA: 01.06.2015 C L I P P I N G DATA: 01.06.2015 Dívidas de Agnelo serão pagas pela ordem cronológica Para atender à lei, governo reformula cronograma para quitar débitos com mais de 900 fornecedores. Um questionamento

Leia mais

02 out - POLÍTICA: Dilma anuncia redução de oito ministérios, com salários menores e corte de cargos Sex, 02 de Outubro de 2015 13:43

02 out - POLÍTICA: Dilma anuncia redução de oito ministérios, com salários menores e corte de cargos Sex, 02 de Outubro de 2015 13:43 A nova configuração ministerial, finalizada ontem (1 ) com a ajuda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, inclui a extinção e fusão de pastas e a realocação de titulares dos ministérios. Brasília

Leia mais

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Noticiário de fevereiro de 2013 Brasília, março de 2013 SECRETARIA DE TRANSPARÊNCIA Conteúdo 1. Análise de notícias... 3 2. Pré-sal...

Leia mais

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52 É política de boa vizinhança. Evidentemente quando você apoia um partido ou um candidato, no futuro eles vão procurar ajudá-lo, afirmou o empresário Cristiano Kok, da empreiteira Engevix, em entrevista

Leia mais

Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) Discurso em 28/10

Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) Discurso em 28/10 Diretor: José Francisco de Jesus Pantoja Pereira Gerente de Relações Institucionais: Sheila Tussi da Cunha Barbosa Analista Legislativa: Claudia Fernanda Silva Almeida Assistente Administrativa: Quênia

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, 1 da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Voto consciente:

Leia mais

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org. TELECOMUNICAÇÕES TÊM MAIOR PRODUTIVIDADE DO SETOR DE SERVIÇOS, DIZ IBGE A Pesquisa Anual de Serviços 2013, divulgada nesta quarta-feira, 23, pelo IBGE, apontou para um total de 1,2 milhão de empresas,

Leia mais

MANTEGA ANUNCIA REDUÇÃO DE ICMS INTERESTADUAL

MANTEGA ANUNCIA REDUÇÃO DE ICMS INTERESTADUAL MANTEGA ANUNCIA REDUÇÃO DE ICMS INTERESTADUAL A unificação das alíquotas do ICMS para acabar com a guerra fiscal será gradual e levará oito anos, anunciou nesta quarta-feira (7/11) o ministro da Fazenda,

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 18.09.2015

C L I P P I N G DATA: 18.09.2015 C L I P P I N G DATA: 18.09.2015 Setor de serviços cresceu 2,1% em julho, menor taxa da série para o mês Alta acumulada em 12 meses também é a menor da série histórica do IBGE. Rondônia teve maior alta,

Leia mais

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS Sumário - Apresentação... 3 -As três leis básicas... 3 - Como é elaborado o orçamento da União?... 3 Prazos... 4 Esferas... 4 - Quem é responsável pela elaboração

Leia mais

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho Indicadores CNI PESQUISA CNI-IBOPE Avaliação do governo e pesquisa eleitoral Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno Na pesquisa estimulada, com a apresentação do disco com os nomes dos candidatos,

Leia mais

enado restringe acesso a abono salarial e seguro-desemprego - 26/05/...

enado restringe acesso a abono salarial e seguro-desemprego - 26/05/... Senado restringe acesso a abono salarial e seguro-desemprego SOFIA FERNANDES EDUARDO CUCOLO VALDO CRUZ DE BRASÍLIA 26/05/2015 21h15 O Senado aprovou nesta terça (26) a medida provisória 665, que restringe

Leia mais

Medidas Provisórias 664 e 665 ( Pacote Levy ): mudanças no seguro-desemprego, abono salarial, auxílio-doença, pensão por morte OTAVIO PINTO E SILVA

Medidas Provisórias 664 e 665 ( Pacote Levy ): mudanças no seguro-desemprego, abono salarial, auxílio-doença, pensão por morte OTAVIO PINTO E SILVA Medidas Provisórias 664 e 665 ( Pacote Levy ): mudanças no seguro-desemprego, abono salarial, auxílio-doença, pensão por morte OTAVIO PINTO E SILVA Pacote Levy No dia 30 de dezembro de 2014, o Governo

Leia mais

Gilmar Mendes perde e STF veta doação de empresas Sex, 18 de Setembro de 2015 11:13

Gilmar Mendes perde e STF veta doação de empresas Sex, 18 de Setembro de 2015 11:13 Até Maradona coraria. Teve a mão de Deus, disse o ministro Gilmar Mendes na quarta 16 ao defender seu longo pedido de vista, de um ano e cinco meses, no julgamento do Supremo Tribunal Federal que analisa

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 128ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 21/07/2015 A 128ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 12 a 16 de julho de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 66 agosto de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor Econômico

Boletim Econômico Edição nº 66 agosto de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor Econômico Boletim Econômico Edição nº 66 agosto de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor Econômico Considerações técnicas sobre a Conjuntura econômica e a Previdência Social 1 I - Governo se perde

Leia mais

Gerenciando a Crise. 10 º Congresso Internacional de Gestão Porto Alegre, 20 de julho de 2009

Gerenciando a Crise. 10 º Congresso Internacional de Gestão Porto Alegre, 20 de julho de 2009 Gerenciando a Crise 10 º Congresso Internacional de Gestão Porto Alegre, 20 de julho de 2009 Apresentação de Martin Forst & Hanna Kleider Divisão de Gestão e Desempenho do Setor Público Diretoria de Governança

Leia mais

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 17.06 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 DESTAK FGTS amplia teto da renda para imóvel com juro menor Famílias

Leia mais

Governo altera regras do Trabalho e da Previdência Social

Governo altera regras do Trabalho e da Previdência Social CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO RECONHECIDA NOS TERMOS DA LEGISLAÇÃO VIGENTE EM 16 DE SETEMBRO DE 2010 Estudo técnico Edição nº 23 janeiro de 2015 Organização:

Leia mais

Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato

Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato 1 Cenário financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato Estudos Técnicos CNM Introdução Em decorrência da surpresa dos dirigentes municipais com a atual dificuldade financeira vivida pelos

Leia mais

Governo já gastou R$ 408 bilhões só em juros este ano Só em setembro, foram R$ 70 bilhões em juros

Governo já gastou R$ 408 bilhões só em juros este ano Só em setembro, foram R$ 70 bilhões em juros BOLETIM 3 Brasília, 4 de novembro de 2015 Governo já gastou R$ 408 bilhões só em juros este ano Só em setembro, foram R$ 70 bilhões em juros Somente em setembro, o setor público gastou nada menos que R$

Leia mais

Coluna Panorama Político, por Ilimar Franco

Coluna Panorama Político, por Ilimar Franco O GLOBO De 28 de agosto Coluna Panorama Político, por Ilimar Franco Alckmin quer o PMDB Candidato à reeleição, o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) costura um amplo apoio partidário. Sua prioridade nessa

Leia mais

Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras.

Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras. Ao longo do mês Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras. Merece destaque também a ação da Polícia Federal e Força Nacional nos Estados e Municípios onde ocorreram mortes

Leia mais

Uma Breve análise da FUNPRESP e a PL 1992/2007: mais uma vitória do capital financeiro

Uma Breve análise da FUNPRESP e a PL 1992/2007: mais uma vitória do capital financeiro Uma Breve análise da FUNPRESP e a PL 1992/2007: mais uma vitória do capital financeiro * Fernando Marcelino A mundialização financeira, desde meados da década de 1960, em conjunto com uma série de medidas

Leia mais

CENÁRIOS ECONÔMICOS O QUE ESPERAR DE 2016? Prof. Antonio Lanzana Dezembro/2015

CENÁRIOS ECONÔMICOS O QUE ESPERAR DE 2016? Prof. Antonio Lanzana Dezembro/2015 CENÁRIOS ECONÔMICOS O QUE ESPERAR DE 2016? Prof. Antonio Lanzana Dezembro/2015 1 SUMÁRIO 1. Economia Mundial e Impactos sobre o Brasil 2. Política Econômica Desastrosa do Primeiro Mandato 2.1. Resultados

Leia mais

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF O Estado de S.Paulo Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF Nardes, do TCU, é citado na Zelotes O Estado de S. Paulo - 10/09/2015 Investigadores analisam informações sobre suposto envolvimento

Leia mais

Avaliação do governo Desempenho pessoal da presidente

Avaliação do governo Desempenho pessoal da presidente RESULTADOS DA 129ª PESQUISA CNT/MDA A 129ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 20 a 24 de outubro de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos índices de popularidade

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina TOP ATUALIDADES Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina Campanha de Beto Richa (PSDB) é investigada por compra de madeira com propina Polícia prende ex-presidente da Assembleia de

Leia mais

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados Frente Parlamentar em Defesa dos Conselheiros Tutelares é reinstalada na Câmara dos Deputados Com o objetivo de discutir e acompanhar as demandas dos Conselhos Tutelares na Câmara dos Deputados, foi reinstalada

Leia mais

Antonio Bulhões Deputado Federal - PRB/SP

Antonio Bulhões Deputado Federal - PRB/SP Caros amigos e amigas, Comemoramos, no último dia 1º de Outubro, o Dia Internacional da Terceira Idade. Por essa razão, estamos trazendo uma matéria referente ao Estatuto do Idoso, que contém informações

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. COM MAIOR PROCURA POR VAGAS, SALÁRIO EM EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA CAI PELA 1ª VEZ DESDE 2003 Pernambuco foi o estado com maior perda real, de acordo com dados do Caged, do Ministério do Trabalho O

Leia mais

Email enviado em 09/09/2015 pedindo a presidente Dilma Rousseff pedindo mudanças no REDOM

Email enviado em 09/09/2015 pedindo a presidente Dilma Rousseff pedindo mudanças no REDOM Email enviado em 09/09/2015 pedindo a presidente Dilma Rousseff pedindo mudanças no De: Mario Avelino [mailto:marioavelino@domesticalegal.org.br] Enviada em: quarta-feira, 9 de setembro de 2015 23:50 Para:

Leia mais

Sistema Tributário Brasileiro Breve Diagnóstico e Propostas de Mudanças

Sistema Tributário Brasileiro Breve Diagnóstico e Propostas de Mudanças Sistema Tributário Brasileiro Breve Diagnóstico e Propostas de Mudanças Carlos Roberto Teixeira Diretor de Assuntos Jurídicos Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal A INJUSTA DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL IMPORTÂNCIA ECONOMICA 1- Exportações em 2014: Mais de US$ 100 bilhões de dólares; 2- Contribui com aproximadamente 23% do PIB brasileiro; 3- São mais de 1 trilhão de Reais e

Leia mais

Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas

Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas Previdência Complementar do servidor em perguntas e respostas Por Antônio Augusto de Queiroz - Jornalista, analista político e diretor de Documentação do Diap Com o propósito de esclarecer algumas dúvidas

Leia mais

GERENCIAMENTO TRIBUTÁRIO

GERENCIAMENTO TRIBUTÁRIO Dr. Erlanderson de O. Teixeira Planejamento Tributário Teses tributárias Gerenciamento de Passivos Parcelamento www.erlandeson.com.br GERENCIAMENTO TRIBUTÁRIO Carga Tributária Brasileira Porque pagar os

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O saldo total das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional atingiu 54,5% do PIB, com aproximadamente 53% do total do saldo destinado a atividades econômicas. A carteira

Leia mais

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim ASSUNTO: SITE: EDITORIA: Incerteza ronda a CPI da Saúde http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim POLÍTICA DATA: 29/07/2015 Incerteza ronda a CPI da Saúde Othelino Neto, Rogério e Levi Pontes estão otimistas

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

Protesto nacional no STF critica reajuste só para cúpula

Protesto nacional no STF critica reajuste só para cúpula Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 02 a 06 de fevereiro de 2015 Protesto nacional no STF critica reajuste só para cúpula Foto: Joana Darc Melo

Leia mais

O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares?

O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares? O STF e a Voz das Ruas: como a Corte vê as manifestações populares? Sociedade Brasileira de Direito Público - SBDP Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP Julgados sobre as movimentações das

Leia mais

O Estado de S. Paulo Jornal - edição de 04/11/2008. Folha de S. Paulo 04/11/2008 1/1 04/11/2008. O ESTADO DE S. PAULO 1ª Página 04/11/2008 1/2

O Estado de S. Paulo Jornal - edição de 04/11/2008. Folha de S. Paulo 04/11/2008 1/1 04/11/2008. O ESTADO DE S. PAULO 1ª Página 04/11/2008 1/2 http://acervo.folha.com.br/fsp/2008/11/04/2/ O Estado de S. Paulo Jornal - edição de Folha de S. Paulo Jornal - edição de 1 de 1 16/13 11:10 1 de 1 16/13 11:07 1 de 1 16/13 11:05 1 de 1 16/13 11:12 1 1

Leia mais

O que são as diretrizes para Discussão Temática?

O que são as diretrizes para Discussão Temática? O que são as diretrizes para Discussão Temática? As diretrizes para Discussão Temática apresentam conteúdos exclusivos desenvolvidos por meio de pesquisas para a Fundação 1º de Maio. As informações aqui

Leia mais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Fonte: O Globo Data: 16/09/2015 Seção: Economia Versão: Impresso (página 25) e Online Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Retomada de cobrança

Leia mais

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal. MUNDO Relações Internacionais TOP ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ. 27 de janeiro a 02 de fevereiro

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal. MUNDO Relações Internacionais TOP ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ. 27 de janeiro a 02 de fevereiro TOP ATUALIDADES ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ Material: Raquel Basilone Estado Islâmico reivindica ataque que matou cinco estrangeiros em hotel de luxo na Líbia MUNDO Relações Internacionais Extremistas

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Informativo CÂMARA DOS DEPUTADOS PEC 565/2006 INTERPRETAÇÕES DO SUBSTITUTIVO APROVADO DO ORÇAMENTO IMPOSITIVO Ricardo Alberto Volpe Hélio Martins Tollini AGOSTO/2013 Endereço na Internet: http://www2.camara.gov.br/atividadelegislativa/orcamentobrasil/

Leia mais

Sistema de Previdência

Sistema de Previdência PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DOS SERVIDORES DA UNIÃO Lei nº 12.618, de 30 de abril de 2012. Jaime Mariz de Faria Junior * O Sistema Brasileiro de Previdência Social é organizado em três pilares: o Regime Geral

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

Observações sobre o Reequilíbrio Fiscal no Brasil

Observações sobre o Reequilíbrio Fiscal no Brasil Observações sobre o Reequilíbrio Fiscal no Brasil Nelson Barbosa Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão 1º de junho de 2015 Cenário Macroeconômico e Reequilíbrio Fiscal O governo está elevando

Leia mais

15 de julho de 2002. Projeções das Metas Fiscais para 2003-2005

15 de julho de 2002. Projeções das Metas Fiscais para 2003-2005 15 de julho de 2002 O Congresso Nacional (CN) aprovou recentemente seu Projeto Substitutivo para a proposta original do Poder Executivo para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2003, que estabelece

Leia mais

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente 2014 PO813734 19 e 20/02/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE FEVEREIRO DE 2014 MESMO COM DESEJO DE MUDANÇA, DILMA MANTÉM LIDERANÇA NA CORRIDA ELEITORAL 67% preferem ações

Leia mais

TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR. Foram aprovadas as seguintes alterações:

TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR. Foram aprovadas as seguintes alterações: Senado Federal Comissão da Reforma Política TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR a) Redução de dois suplentes de Senador para um; b) Em caso de afastamento o suplente assume; em

Leia mais

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016 e Programação Orçamentária 2015. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016 e Programação Orçamentária 2015. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016 e Programação Orçamentária 2015 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão 2015 1 Cenário Macroeconômico Revisto 2015 2016 2017 2018 PIB (crescimento

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 27.11.2015

C L I P P I N G DATA: 27.11.2015 C L I P P I N G DATA: 27.11.2015 Boa notícia para o mercado: Rollemberg reduz para 30 meses prazo para pagamento de dívidas O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) decidiu encurtar de 60 para 30 meses o

Leia mais

Chance de recalcular aposentadoria cria passivo de R$ 49 bi

Chance de recalcular aposentadoria cria passivo de R$ 49 bi 22 de Agosto de 2012 Chance de recalcular aposentadoria cria passivo de R$ 49 bi Legislação & Tributos Página E1 Previdência Intenção é acabar com o fator previdenciário e com a aposentadoria por tempo

Leia mais

CONTRICOM REÚNE CONSELHO E DIRETORIA PARA DISCUTIR CRISE NA CONSTRUÇÃO

CONTRICOM REÚNE CONSELHO E DIRETORIA PARA DISCUTIR CRISE NA CONSTRUÇÃO BOLETIM 2 Brasília, 3 de novembro de 2015 CONTRICOM REÚNE CONSELHO E DIRETORIA PARA DISCUTIR CRISE NA CONSTRUÇÃO A diretoria da CONTRICOM realizará esta semana, entre os dias 5 e 6 de novembro, reunião

Leia mais

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA

C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA C&M CENÁRIOS 8/2013 CENÁRIOS PARA A ECONOMIA INTERNACIONAL E BRASILEIRA HENRIQUE MARINHO MAIO DE 2013 Economia Internacional Atividade Econômica A divulgação dos resultados do crescimento econômico dos

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

Entendendo a Reforma Política no Brasil

Entendendo a Reforma Política no Brasil Entendendo a Reforma Política no Brasil 1- Introdução As manifestações de junho de 2013 trouxeram a tona o questionamento da representatividade do sistema político e eleitoral brasileiro, mostrando a necessidade

Leia mais

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br Intenção de voto presidente Avaliação governo Dilma Rousseff Opinião sobre os protestos Expectativas econômicas PO813747 03 a 05/06/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE JUNHO DE 2014 DILMA CAI, MAS ADVERSÁRIOS

Leia mais

Fiec entra na Justiça contra norma fiscal sobre importados

Fiec entra na Justiça contra norma fiscal sobre importados Fonte: Dr. Richard Dotoli (sócio do setor tributário na SCA Rio de Janeiro) MEDIDA DO CONFAZ Fiec entra na Justiça contra norma fiscal sobre importados 01.05.2013 A ação requer que indústrias importadoras

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DA CÂMARA DOS REPRESENTANTES DO JAPÃO

CARACTERÍSTICAS DA CÂMARA DOS REPRESENTANTES DO JAPÃO CARACTERÍSTICAS DA CÂMARA DOS REPRESENTANTES DO JAPÃO LÚCIO REINER Consultor Legislativo da Área XIX Ciência Política, Sociologia Política História, Relações Internacionais FEVEREIRO/2000 2 2000 Câmara

Leia mais

ERRATA: Na página 5, onde se lê relevar nenhuma das tentações, leiase reavivar nenhuma das tentações.

ERRATA: Na página 5, onde se lê relevar nenhuma das tentações, leiase reavivar nenhuma das tentações. ERRATA: Na página 5, onde se lê relevar nenhuma das tentações, leiase reavivar nenhuma das tentações. Declaração à imprensa da Presidenta da República, Dilma Rousseff, após a VI Reunião de Cúpula Brasil-União

Leia mais

Financiamento de Campanhas Eleitorais. Brasília - DF 09/10/2014

Financiamento de Campanhas Eleitorais. Brasília - DF 09/10/2014 Financiamento de Campanhas Eleitorais Brasília - DF 09/10/2014 Democracia representativa Direito de votar e ser votado Financiamento de campanhas Financiamento de campanhas Nº Nome Partido Receitas 21

Leia mais

Congresso Nacional Setembro/2013. Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Câmara dos Deputados

Congresso Nacional Setembro/2013. Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Câmara dos Deputados Congresso Nacional Setembro/2013 Informativo Conjunto PLOA 2014 Principais elementos característicos do Projeto de Lei Orçamentária para 2014 PL nº 09/2013-CN, encaminhado por intermédio da Mensagem nº

Leia mais

A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff

A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff Homero de Oliveira Costa Revista Jurídica Consulex, Ano XV n. 335, 01/Janeiro/2011 Brasília DF A reforma política, entendida como o conjunto

Leia mais

PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO. FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO...

PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO. FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO... CADÊ O BRASIL RICO? FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO... PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO.... E AQUI, DINHEIRO SOBRANDO NO FIM DO MÊS. DESTE

Leia mais

As perspectivas do mercado para os hospitais

As perspectivas do mercado para os hospitais As perspectivas do mercado para os hospitais Yussif Ali Mere Jr Presidente da Federação e do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (FEHOESP e SINDHOSP) 1. CONTEXTO 2.

Leia mais

AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA. Abril/2013

AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA. Abril/2013 AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA Abril/2013 Cenário Político 2 A conjuntura política brasileira aponta uma antecipação dos debates em torno da eleição presidencial de 2014,

Leia mais

Em defesa da Saúde pública para todos

Em defesa da Saúde pública para todos Boletim Econômico Edição nº 57 março de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Em defesa da Saúde pública para todos 1 A saúde pública faz parte do sistema de Seguridade Social

Leia mais

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES 1) Já completei 25 anos como professora em sala de aula, tenho hoje 45 anos de idade, com esta idade vou aposentar

Leia mais

Telefônica quer ampliar oferta de 3G para 2.400 cidades em 2011. Anatel libera a usuários acesso aos processos contra empresas

Telefônica quer ampliar oferta de 3G para 2.400 cidades em 2011. Anatel libera a usuários acesso aos processos contra empresas Folha de S. Paulo Telefônica quer ampliar oferta de 3G para 2.400 cidades em 2011 A Telefônica Brasil está se esforçando para ampliar a oferta de telefonia 3G para mais de 2.000 municípios ainda neste

Leia mais

REQUERIMENTO nº, de 2015. (Do Sr. Carlos Melles)

REQUERIMENTO nº, de 2015. (Do Sr. Carlos Melles) REQUERIMENTO nº, de 2015 (Do Sr. Carlos Melles) Requer a Convocação de Sessão Solene em 2016, em Homenagem ao vigésimo aniversário da Lei que criou o SIMPLES no Brasil. Senhor Presidente, Representando

Leia mais

PL 64 BOLSA COMPLEMENTAR PARA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS

PL 64 BOLSA COMPLEMENTAR PARA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS PL 64 BOLSA COMPLEMENTAR PARA O PROGRAMA MAIS MÉDICOS Tendo como argumento aperfeiçoar ainda mais a prestação de serviços de saúde à população, o Executivo traz a esta Casa o Projeto de Lei 64/2014, que

Leia mais

Subseção I Disposição Geral

Subseção I Disposição Geral Subseção I Disposição Geral Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias;

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 89 CNT 18 a 22 de Junho de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

I Fórum Políticas Públicas do Idoso"

I Fórum Políticas Públicas do Idoso I Fórum Políticas Públicas do Idoso" O idoso no mundo Em 2050, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 30% da população mundial será de idosos; 2 bilhões dos habitantes do planeta terão mais de

Leia mais

ESPORTE. Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

ESPORTE. Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP ESPORTE O partido Solidariedade está atento à necessidade do esporte na vida da população. Entendemos que ele é uma importante ferramenta para retirar crianças das ruas e assim, reduzir a violência e o

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA CLIPPING SENADO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL NOTICIÁRIO JUNHO DE 2010 SEAI 06/2010 Brasília, julho de 2010 Análise de Notícias Senado Federal e Congresso Nacional 1. Eleições:

Leia mais

André defende Petrobrás e quer impedir alienação de patrimônio Pág. 7. Pág. 6. Menos juros

André defende Petrobrás e quer impedir alienação de patrimônio Pág. 7. Pág. 6. Menos juros Aprovado projeto que cria o Estatuto da Pessoa com Deficiência André defende Petrobrás e quer impedir alienação de patrimônio Pág. 7 Pág. 6 trabalhopramudarobrasil educaçãopramudarobrasil saúdepramudarobrasil

Leia mais

Cenário macroeconômico 2009-2010 julho 2009

Cenário macroeconômico 2009-2010 julho 2009 Cenário macroeconômico 2009-2010 julho 2009 Economia global: conjuntura e projeções Economias maduras: recuperação mais lenta São cada vez mais claros os sinais de que a recessão mundial está sendo superada,

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org. CLARO S/A APRESENTA PROPOSTA VERGONHOSA Depois de enrolar ao máximo o início das negociações, a Claro S/A teve a cara de pau de oferecer APENAS 6% de reajuste salarial, índice muito abaixo da inflação.

Leia mais

Abrangência da terceirização

Abrangência da terceirização Reportagem especial explica os pontos polêmicos do projeto da terceirização A proposta que regulamenta a terceirização no Brasil e derrubou a reunião da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

Leia mais

1 Informações diversas Projeto de Terceirização A Câmara dos Deputados concluiu dia 22/04 a votação do projeto de lei que regulamenta contratos de terceirização. O texto principal foi aprovado no último

Leia mais