Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs"

Transcrição

1 Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante a audiência da Comissão de Higiene, Saúde Pública e Bem-estar Social, que discutiu, no último dia 14/4, o projeto Emergência Presente, engendrado pela prefeitura para entregar a gestão dos quatro Hospitais de Emergência da rede municipal (Souza Aguiar, Miguel Couto, Salgado Filho e Lourenço Jorge) à iniciativa privada. Embora tenha tentado, o Secretário Municipal de Saúde, Hans Dohmann, não conseguiu explicar e muito menos convencer os servidores públicos da saúde e os parlamentares presentes de que a Prefeitura não afrontou a lei 5.026/09, que permite entregar à gestão das OSs somente às unidades de saúde criadas após a sua sanção. Ele também tentou argumentar, sem sucesso, que as OSs atuam dentro da legalidade no Programa Saúde da Família e que a política de saúde pública do governo municipal tem obtido resultados positivos. A proposta de criação de uma CPI na Câmara para investigar as irregularidades no setor de saúde pública foi defendida e aplaudida pela quase totalidade dos presentes à audiência. A reunião foi presidida pelo Vereador Carlos Eduardo (PSB), Presidente da Comissão de Saúde, e composta pelo Vereador Paulo Pinheiro (PPS), membro da Comissão, Dr. Jorge Darze, Presidente do SinMed/RJ, Vereador Paulo Messina (PV), Presidente da Comissão de Educação, Deputada Estadual Enfermeira Rejane (PC do B), o Secretário Hans Dohmann e os SubSecretários de Atenção Hospitalar, Urgência e Emergência, João Luiz Ferreira Costa e de Atenção Primária, Vigilância e Promoção de Saúde, Daniel Soranz. Secretário de Saúde é pressionado, mas não responde a questionamentos do SinMed Representando o movimento sindical e os conselheiros de saúde do estado e dos municípios onde o SinMed/RJ tem assento, o Dr. Jorge Darze retratou a indignação dos servidores públicos e cobrou explicações do Secretário Dohmann. A Câmara criou um monstro jurídico e estabeleceu regras para o seu funcionamento. Depois disso a Prefeitura desrespeitou esta lei, que é inconstitucional, e criou mecanismos para entregar os hospitais e postos de saúde que já existiam para as OSs. O Prefeito cometeu crime de responsabilidade e cabe a uma CPI apurar como isso foi feito, frisou, para em seguida denunciar que o governo de São Paulo trilhou o mesmo caminho e já vendeu 25% dos leitos dos hospitais da rede pública para a iniciativa privada. O Presidente do SinMed/RJ destacou que ao transferir a gestão do serviço público de saúde para as organizações sociais, a Prefeitura está rasgando a Constituição Federal e a legislação do SUS, o que representa uma afronta aos princípios basilares do Estado Democrático de Direito. Ele rejeitou a proposta apresentada pouco antes pelo Vereador Paulo Pinheiro de criação de uma agência reguladora para fiscalizar as OSs, ressaltando que não é possível admitir a existência de

2 um órgão para administrar aquilo que é ilegal. Ele lembrou que foi graças a uma liminar concedida pela 8ª Vara de Fazenda Pública, no dia 17/2, ao SinMed/RJ e ao Sindicato dos Enfermeiros do RJ, que a Prefeitura foi impedida de entregar os hospitais de emergência do município às OSs. O Dr. Darze informou que acompanhou, no STF, o julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI) contra a lei que criou as OSs, ao lado de outros representantes do Fórum de Saúde do Rio de Janeiro, e lamentou que o Partido dos Trabalhadores, que apresentou a ADI em conjunto com o PDT, esteja agora defendendo a legalidade da legislação junto ao Supremo. O orçamento da saúde nas três esferas de governo é de R$200 bilhões de reais. Nós sabemos por que eles querem entregar o setor para a iniciativa privada. É porque são eles que financiam as campanhas eleitorais, denunciou. Ele salientou que os servidores públicos vêm agindo de forma heroica diante de tudo isso, e reafirmou a importância da mobilização do setor, que deve continuar fazendo grandes manifestações de rejeição ao projeto do governo e de defesa do concurso público como o que foi realizado no último dia 07/4, Dia Mundial da Saúde. O Dr. Darze anunciou que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) vai divulgar nos próximos dias um relatório apontando dados importantes sobre a crise na saúde pública. Mais de mil pessoas já morreram por falta de leitos. De 80 a 90 pacientes ficam diariamente sem UTI e morrem por conta disso. Este é um processo genocida. Não deveria morrer ninguém, exclamou. Nós, dos movimentos sociais, não vamos permitir de forma alguma a implantação deste projeto no Rio de Janeiro, finalizou. Vereadores atestam irregularidades na gestão da saúde pública Carlos Eduardo e Paulo Pinheiro, que são médicos, estão entre os 11 vereadores que votaram contra o projeto de lei de regulamentação das organizações sociais, atual Lei 5.026/2009. Carlos Eduardo denunciou o desrespeito ao parágrafo 2º da lei, que permite a atuação das OSs nas novas unidades, no Hospital Municipal Ronaldo Gazzola e no Programa de Saúde da Família e cogitou a possibilidade de apresentação de um novo projeto de lei com um novo viés. Pinheiro afirmou que o argumento de que o município não pode mais fazer concurso público por limitação imposta pela Lei de Responsabilidade Fiscal é falso, já que o máximo de 60% autorizado para o gasto da receita corrente líquida com pagamento da folha está longe de ser ultrapassado. O parlamentar apurou que, em 2010, a pasta da Saúde destinou 43% do seu orçamento de 2 bilhões e 455 milhões de reais para pagamento do funcionalismo público. Para 2011, a projeção de gasto é ainda menor: 38% de um total de 2 bilhões 995 milhões. A contratação pelas OSs é, portanto, uma opção do governo e não imposição orçamentária. O vereador apresentou também os resultados da primeira inspeção feita pelo Tribunal de Contas do Município nas OSs que administram os Programas de Saúde da Família, em 2010, apontando diversas irregularidades que teriam sido ignoradas pela comissão técnica de avaliação da SMS.

3 Entre elas, os valores gastos com pessoal, que chegariam a 70% do valor do contrato. O Secretário de Saúde esclareceu que as indagações feitas pelo TCM já foram respondidas e que o órgão não identificou irregularidades, tendo feito mas fez apenas recomendações. Já o Vereador Messina sugeriu que o Poder Executivo compare a eficácia do modelo adotado pelas organizações sociais, inclusive os métodos de utilização dos recursos públicos, com a eficácia do serviço público pautado no respeito ao servidor público e às regras do SUS. A Deputada Enfermeira Rejane lamentou que a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) esteja paralisada diante dos problemas que o setor vem enfrentando. Até agora a comissão não fez nenhuma reunião ou audiência pública. Estou esperando pela substituição do seu presidente (Deputado Márcio Panisset PDT) para que eu possa contribuir mais. O Vereador Eliomar Coelho afirmou que a Câmara dos Vereadores do Rio está em dívida com a população e que lamentavelmente os eleitores não fiscalizam. Nós temos que defender o SUS custe o que custar e ocupar as ruas para desentupir os ouvidos das autoridades, ressaltou. O parlamentar definiu como imoralidade o afastamento das assistentes sociais das políticas públicas.

4

5

6

7

8

9

10

Movimento SOS Saúde dá início a agenda externa na porta do Hospital Souza Aguiar

Movimento SOS Saúde dá início a agenda externa na porta do Hospital Souza Aguiar Movimento SOS Saúde dá início a agenda externa na porta do Hospital Souza Aguiar Cumprindo determinação do Movimento SOS Saúde, médicos e dentistas da rede pública municipal realizaram manifestação na

Leia mais

Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro

Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro Aspásia Camargo (PV) e Rodrigo Dantas (DEM) debatem com médicos o futuro da saúde pública do Rio de Janeiro Os temas saúde pública e exercício profissional médico foram debatidos nesta 5ª (30/8), na sede

Leia mais

(1º/8), a partir das 14 horas, quando serão reiniciados dos trabalhos legislativos. Vamos levar esse debate aos parlamentares para que eles se

(1º/8), a partir das 14 horas, quando serão reiniciados dos trabalhos legislativos. Vamos levar esse debate aos parlamentares para que eles se Defesa do Iaserj marcou ato público de médicos em Copacabana no domingo A luta por salários e condições dignas de trabalho para os médicos e demais servidores profissionais da rede pública de saúde, o

Leia mais

Provedor da Santa Casa proíbe UGF de utilizar seu hospital como área de ensino do curso de Medicina

Provedor da Santa Casa proíbe UGF de utilizar seu hospital como área de ensino do curso de Medicina Provedor da Santa Casa proíbe UGF de utilizar seu hospital como área de ensino do curso de Medicina Os médicos/professores da Universidade Gama Filho que exercem a docência nas unidades da Santa Casa de

Leia mais

SOBRE A RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO

SOBRE A RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO SOBRE A RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO Os 120.000 servidores do Judiciário Federal no Brasil, familiares e amigos contam com seu apoio para a aprovação da recomposição

Leia mais

Agenda aprovada pela assembleia:

Agenda aprovada pela assembleia: Vestidos com jalecos brancos, médicos federais do Rio de Janeiro estarão em Brasília, na 3ª, (05/6), para acompanhar a audiência pública da MP 568 e buscar o apoio dos parlamentares O Congresso Nacional

Leia mais

CARTA ABERTA A POPULAÇÃO DO RIO DE JANEIRO

CARTA ABERTA A POPULAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CARTA ABERTA A POPULAÇÃO DO RIO DE JANEIRO Povo Fluminense, Os Bombeiros do Rio de Janeiro, profissionais trabalhadores, ordeiros e competentes, em respeito à população que sempre defenderam, por vezes

Leia mais

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual 20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual Paulista da CONSOCIAL Prioridades Texto Diretriz Eixo Pontos 1 2 Regulamentação e padronização de normas técnicas para a elaboração dos Planos de Governo apresentados

Leia mais

DIAP: PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: SERVIDORES CONTRÁRIOS AO PL 1.992/07

DIAP: PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: SERVIDORES CONTRÁRIOS AO PL 1.992/07 DIAP: PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: SERVIDORES CONTRÁRIOS AO PL 1.992/07 Durante audiência pública realizada na Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados, na última quarta-feira (27), associações e sindicatos

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

As Organizações Sociais e a Terceirização da Gestão e dos Serviços Públicos:

As Organizações Sociais e a Terceirização da Gestão e dos Serviços Públicos: As Organizações Sociais e a Terceirização da Gestão e dos Serviços Públicos: Inconstitucionalidade e afronta aos Direitos Sociais Maria Valéria Costa Correia Profa. Drª da Faculdade de Serviço Social/UFAL

Leia mais

O que é o conglomerado Caixa...

O que é o conglomerado Caixa... CAIXA FEDERAL QUAL CAIXA QUEREMOS? Março 2015 O que é o conglomerado Caixa... A Caixa é uma instituição financeira constituída pelo Decreto-Lei 759/1969, sob a forma de empresa pública, vinculada ao Ministério

Leia mais

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Na mesma semana em que os trabalhadores brasileiros tomaram as ruas e conseguiram suspender a votação do Projeto de Lei

Leia mais

A VERDADE SOBRE AS FUNERÁRIAS NO MUNICÍPIO DO RJ:

A VERDADE SOBRE AS FUNERÁRIAS NO MUNICÍPIO DO RJ: A VERDADE SOBRE AS FUNERÁRIAS NO MUNICÍPIO DO RJ: Quando Sérgio Arouca assumiu a Secretaria Municipal de Saúde do RJ, publicou um decreto colocando o sistema funerário para controle dos assistentes sociais.

Leia mais

Em defesa da Saúde pública para todos

Em defesa da Saúde pública para todos Boletim Econômico Edição nº 57 março de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Em defesa da Saúde pública para todos 1 A saúde pública faz parte do sistema de Seguridade Social

Leia mais

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo DECRETO Nº 55.867, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Confere nova regulamentação ao Conselho Municipal de Segurança

Leia mais

REQUERIMENTO N.º DE 2013 (Deputado Ivan Valente e outros)

REQUERIMENTO N.º DE 2013 (Deputado Ivan Valente e outros) ** REQUERIMENTO N.º DE 2013 (Deputado Ivan Valente e outros) Requer a criação de Comissão Parlamentar de Inquérito, com a finalidade de investigar denúncias de irregularidades nos serviços de Planos de

Leia mais

MOVIMENTO UNIFICADO EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL PREVI-RIO. Uma questão do servidor

MOVIMENTO UNIFICADO EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL PREVI-RIO. Uma questão do servidor MOVIMENTO UNIFICADO EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL PREVI-RIO Uma questão do servidor PREVI-RIO EM TESE (I) O Previ-Rio é o Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro,

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO SOBRE A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL 1. O que é a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)? A Lei de Responsabilidade Fiscal é um código

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O Estado KWY editou norma determinando a gratuidade dos estacionamentos privados vinculados a estabelecimentos comerciais, como supermercados, hipermercados, shopping

Leia mais

Companheiros e companheiras,

Companheiros e companheiras, Companheiros e companheiras, Utilizada sob o falso argumento de modernizar as relações de trabalho e garantir a especialização no serviço, a terceirização representa na realidade uma forma de reduzir o

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999

PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI Nº 2.031, DE 1999 Dispõe sobre o atendimento obrigatório aos portadores da Doença de Alzheimer no Sistema Único de Saúde - SUS, e dá outras providências.

Leia mais

d) Programa de Formação na Área da Cultura. ( ) Sim ( ) Não

d) Programa de Formação na Área da Cultura. ( ) Sim ( ) Não Componentes do Sistema Municipal de Cultura constituídos no Município: I - Coordenação: a) Secretaria Municipal de Cultura (ou órgão equivalente) ( ) Sim ( ) Não II - Instâncias de Articulação, Pactuação

Leia mais

CAPÍTULO I DA FINALIDADE

CAPÍTULO I DA FINALIDADE LEI Nº 1.392, DE 11 DE SETEMBRO DE 2009. DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DO IDOSO, CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO E O FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. (Alterado pela

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº Dispõe sobre a criação do Conselho de Ética Pública e estabelece medidas de transparência e controle de atos de agentes políticos, dirigentes, empregados e servidores públicos.

Leia mais

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 4 Cristiano Lopes

OAB 2ª Fase Direito Constitucional Meta 4 Cristiano Lopes OAB ª Fase Direito Constitucional Meta Cristiano Lopes 0 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. META LEITURA OBRIGATÓRIA Legislação: CF, arts. ; Doutrina: Poder legislativo

Leia mais

A RESPONSABILIDADE PELAS DESPESAS DE ACOMPANHANTE DE CRIANÇA E ADOLESCENTE EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

A RESPONSABILIDADE PELAS DESPESAS DE ACOMPANHANTE DE CRIANÇA E ADOLESCENTE EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA A RESPONSABILIDADE PELAS DESPESAS DE ACOMPANHANTE DE CRIANÇA E ADOLESCENTE EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA Mariana Elias Setúbal Advogada Pós Graduação em Processo Civil Recentemente foi veiculado nos

Leia mais

Outrossim, ficou assim formatado o dispositivo do voto do Mn. Fux:

Outrossim, ficou assim formatado o dispositivo do voto do Mn. Fux: QUESTÃO DE ORDEM Nos termos do art. 131 e seguintes do Regimento do Congresso Nacional, venho propor a presente QUESTÃO DE ORDEM, consoante fatos e fundamentos a seguir expostos: O Congresso Nacional (CN)

Leia mais

1 de 5 16/11/2011 08:20

1 de 5 16/11/2011 08:20 1 de 5 16/11/2011 08:20 Nome E-mail OK Quarta-Feira, 16 de Novembro de 2011 Palavra chave 2 de 5 16/11/2011 08:20 Home Artigos Biblioteca Revista Notícias Informativo Galeria de Fotos Humor Livro de Visitas

Leia mais

DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CAE DO MUNICÍPIO NOS TERMOS DA MEDIDA PROVISÓRIA 1979-19, DE 02 DE

DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CAE DO MUNICÍPIO NOS TERMOS DA MEDIDA PROVISÓRIA 1979-19, DE 02 DE LEI 2510 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CAE DO MUNICÍPIO NOS TERMOS DA MEDIDA PROVISÓRIA 1979-19, DE 02 DE JUNHO DE. DOWNLOAD PARA IMPRESSÃO Lei 2510 ***** TEXTO COMPLETO *****

Leia mais

Nº 2324/2014 - ASJTC/SAJ/PGR

Nº 2324/2014 - ASJTC/SAJ/PGR Nº 2324/2014 - ASJTC/SAJ/PGR Suspensão de Liminar nº 764/AM Relator: Ministro Presidente Requerente: Estado do Amazonas Requerido: Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas Interessado: Ministério Público

Leia mais

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados Frente Parlamentar em Defesa dos Conselheiros Tutelares é reinstalada na Câmara dos Deputados Com o objetivo de discutir e acompanhar as demandas dos Conselhos Tutelares na Câmara dos Deputados, foi reinstalada

Leia mais

O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia

O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia Internacional do Enfermeiro. Na realidade, comemora-se hoje,

Leia mais

Gastos Tributários do governo federal: um debate necessário

Gastos Tributários do governo federal: um debate necessário do governo federal: um debate necessário Coordenação de Finanças Sociais Diretoria de Estudos e Políticas Sociais Assessoria Técnica da Presidência do Ipea Este Comunicado atualiza trabalho publicado ano

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO FINANCIAMENTO DA SAÚDE

REGULAMENTAÇÃO DO FINANCIAMENTO DA SAÚDE REGULAMENTAÇÃO DO FINANCIAMENTO DA SAÚDE O QUE É A EMENDA 29? Foi promulgada no ano de 2000 e considerada uma grande conquista social vez que vinculou recursos públicos para o financiamento da Saúde dos

Leia mais

Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05

Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05 Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05 Dezembro/2003 - A discussão sobre carga horária para

Leia mais

Você pode contribuir para eleições mais justas

Você pode contribuir para eleições mais justas Procuradoria Regional Eleitoral no Estado de SP Defesa da democracia, combate à impunidade. Você pode contribuir para eleições mais justas Os cidadãos e as cidadãs podem auxiliar muito na fiscalização

Leia mais

P.42 Programa de Educação Ambiental - PEA. Direitos e Deveres do Cidadão - 2013

P.42 Programa de Educação Ambiental - PEA. Direitos e Deveres do Cidadão - 2013 P.42 Programa de Educação Ambiental - PEA Direitos e Deveres do Cidadão - 2013 Todos os seres humanos nascem com direitos. MAS para terem validade, os direitos de uma pessoa têm de ser respeitados pelas

Leia mais

SALÁRIOS DE SERVIDORES. Prefeito envia Anteprojetode Lei para aumentar salários de servidores

SALÁRIOS DE SERVIDORES. Prefeito envia Anteprojetode Lei para aumentar salários de servidores Ano: 2 Páginas: 42 SALÁRIOS DE SERVIDORES Prefeito envia Anteprojetode Lei para aumentar salários de servidores O prefeito de Canavieiras, Almir Melo, enviou nesta terçafeira (16), à Câmara Municipal,

Leia mais

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS

EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS EIXO 2 PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS: PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS Garantir a elaboração e implementação da Política e do Plano Decenal de Direitos Humanos de Criança e Adolescente

Leia mais

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 Povo do Município de Viçosa, por seus representantes legais, aprovou e eu, em seu nome, sanciono e promulgo a seguinte Lei: Das disposições Gerais Art.

Leia mais

Munic 2014: 45% dos municípios tinham política de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica

Munic 2014: 45% dos municípios tinham política de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica Munic 2014: 45% dos municípios tinham política de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica A Pesquisa de Informações Básicas Estaduais (Estadic) e a Pesquisa de Informações Básicas Municipais

Leia mais

Seguridade Social e Dívida Pública Maria Lucia Fattorelli i

Seguridade Social e Dívida Pública Maria Lucia Fattorelli i Seguridade Social e Dívida Pública Maria Lucia Fattorelli i Uma das mais importantes conquistas sociais alcançadas com a Constituição Federal de 1988 foi a institucionalização da Seguridade Social, organizada

Leia mais

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF

Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF O Estado de S.Paulo Clipping CARF Matérias dos jornais que mencionam o CARF Nardes, do TCU, é citado na Zelotes O Estado de S. Paulo - 10/09/2015 Investigadores analisam informações sobre suposto envolvimento

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016 LEI Nº 325/2013 Data: 04 de Novembro de 2013 SÚMULA: Dispõe sobre o Plano Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas, que tem por finalidade fortalecer e estruturar o COMAD como órgão legítimo para coordenar,

Leia mais

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014

ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 ATA DA REUNIÃO DE DIRETORIA EM 03.04.2014 Ao terceiro dia de abril do ano de dois mil e quatorze, às dez horas, reuniu-se, ordinariamente, a diretoria da AJUT Associação dos Servidores na Justiça do Trabalho

Leia mais

PLANEJAMENTO E GESTÃO PÚBLICA. Auditor Substituto de Conselheiro Omar P. Dias

PLANEJAMENTO E GESTÃO PÚBLICA. Auditor Substituto de Conselheiro Omar P. Dias PLANEJAMENTO E GESTÃO PÚBLICA Auditor Substituto de Conselheiro Omar P. Dias A ARTE DE GOVERNAR (segundo Matus) PROJETO DE GOVERNO SABER ARTICULAR GOVERNABILIDADE GOVERNANÇA Plano de Governo: Base do Planejamento

Leia mais

Ebserh, a crise dos planos de saúde e o financiamento de campanha eleitoral

Ebserh, a crise dos planos de saúde e o financiamento de campanha eleitoral Ebserh, a crise dos planos de saúde e o financiamento de campanha eleitoral Gibran Jordão Segundo dados do próprio Tribunal superior Eleitoral (TSE), as empresas de Plano de Saúde privado doaram nas eleições

Leia mais

LUCIENI PEREIRA Auditora Federal de Controle Externo do TCU Professora de Gestão Fiscal Presidente da ANTC Diretora da CNSP

LUCIENI PEREIRA Auditora Federal de Controle Externo do TCU Professora de Gestão Fiscal Presidente da ANTC Diretora da CNSP LUCIENI PEREIRA Auditora Federal de Controle Externo do TCU Professora de Gestão Fiscal Presidente da ANTC Diretora da CNSP Fortaleza, 25 de novembro de 2015 combate à corrupção na gestão dos serviços

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DESPACHO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DESPACHO fls. 71 DESPACHO Agravo de Instrumento Processo nº 2057738-24.2014.8.26.0000 Relator(a): CAMARGO PEREIRA Órgão Julgador: 3ª CÂMARA DE DIREITO PÚBLICO Vistos. Cuida-se de agravo de instrumento extraído

Leia mais

COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO E PARECERES PARECER n.º 007/2013

COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO E PARECERES PARECER n.º 007/2013 COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO E PARECERES PARECER n.º 007/2013 Aprovado na 523ª Reunião Ordinária de Plenário de 26 de agosto de 2013. 1. Do Fato Assunto: Dispensação de medicamentos pelo Técnico de Enfermagem.

Leia mais

Processo Legislativo

Processo Legislativo Processo Legislativo Os Projetos de Lei Ordinária e de Lei Complementar são proposições que visam regular toda a matéria legislativa de competência da Câmara e devem ser submetidos à sanção do prefeito

Leia mais

"Só existem dois dias do ano em que não podemos fazer nada. O ontem e o amanhã."

Só existem dois dias do ano em que não podemos fazer nada. O ontem e o amanhã. MANIFESTO DO SINDICATO DOS MÉDICOS E DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DE PERNAMBUCO SOBRE A ATUAL SITUAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL E SOBRE AS INTERVENÇÕES JUDICIAIS(JUDICIALIZAÇÃO) COMO INSTRUMENTO

Leia mais

Profissão: Enfermeiro Auditor

Profissão: Enfermeiro Auditor Profissão: Enfermeiro Auditor A Auditoria em Enfermagem é uma área em ascensão e um segmento promissor para os profissionais que têm perfil administrativo e que, acima de tudo, querem aprimorar a qualidade

Leia mais

GASTO PÚBLICO MUNICIPAL EM SAÚDE 2011

GASTO PÚBLICO MUNICIPAL EM SAÚDE 2011 GASTO PÚBLICO MUNICIPAL EM SAÚDE 2011 Gilson Carvalho[1] 1.INTRODUÇÃO O preceito constitucional do financiamento da saúde coloca esta responsabilidade nas três esferas de governo. Como o texto constitucional

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania 1) CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PERGUNTA: Em relação ao IGD-M, pode se pagar hora extra, em casos de demandas do MDS, como revisão cadastral, BPC e outras? RESPOSTA DO MEDIADOR: Os recursos do IGD-M podem ser

Leia mais

Porto Alegre, 13 de abril de 2004. À COSMAM COM. SAÚDE E MEIO AMBIENTE DE PORTO ALEGRE At. VEREADOR SEBASTIÃO MELLO PRESIDENTE. Senhor Presidente.

Porto Alegre, 13 de abril de 2004. À COSMAM COM. SAÚDE E MEIO AMBIENTE DE PORTO ALEGRE At. VEREADOR SEBASTIÃO MELLO PRESIDENTE. Senhor Presidente. 1 Porto Alegre, 13 de abril de 2004 À COSMAM COM. SAÚDE E MEIO AMBIENTE DE PORTO ALEGRE At. VEREADOR SEBASTIÃO MELLO PRESIDENTE. Senhor Presidente. A ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DAS ADJACÊNCIAS DO LIXÃO DE

Leia mais

Gestão Democrática da Educação

Gestão Democrática da Educação Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Departamento de Articulação e Desenvolvimento dos Sistemas de Ensino Coordenação Geral de Articulação e Fortalecimento Institucional dos Sistemas de

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO TIAGO-MG CADASTRO NACIONAL DE ESTABELECIMENTO DE SAÚDE: 6627803

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO TIAGO-MG CADASTRO NACIONAL DE ESTABELECIMENTO DE SAÚDE: 6627803 REGULAMENTO VI CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO TIAGO CAPITULO I DA REALIZAÇÃO Art. 1º A VI Conferência Municipal de Saúde de São Tiago é convocada e presidida pelo Prefeito Municipal e, na sua ausência

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO GESTOR DAS UNIDADES DE SAUDE

REGIMENTO INTERNO CONSELHO GESTOR DAS UNIDADES DE SAUDE REGIMENTO INTERNO CONSELHO GESTOR DAS UNIDADES DE SAUDE SEÇÃO I Da Instituição: Art. 1º - O presente Regimento Interno, regula as atividades e as atribuições do Conselho Gestor na Unidade de Saúde, conforme

Leia mais

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina

TOP ATUALIDADES SEMANA 29 A 04 DE ABRIL. Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina TOP ATUALIDADES Procuradoria denuncia dono do Grupo Safra por negociar propina Campanha de Beto Richa (PSDB) é investigada por compra de madeira com propina Polícia prende ex-presidente da Assembleia de

Leia mais

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE E LEGISLAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ADRIANO CRISTIAN CARNEIRO

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE E LEGISLAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ADRIANO CRISTIAN CARNEIRO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE E LEGISLAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL ADRIANO CRISTIAN CARNEIRO Fortalecimento do SUS Constituição Federal de 1988, artigos 196 a 200; Lei Federal nº. 8.080, de 19/09/1990 Lei

Leia mais

LEI N 588, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011.

LEI N 588, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011. Pág. 1 de 6 LEI N 588, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011. ALTERA A LEI N 302, DE 28/12/2001, QUE DISCIPLINA SOBRE A ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL/AC E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS.

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE INVESTIGAÇÃO DO CONTRATO ENTRE FOZ DO BRASIL, PREFEITURA DE BLUMENAU E SAMAE.

COMISSÃO ESPECIAL DE INVESTIGAÇÃO DO CONTRATO ENTRE FOZ DO BRASIL, PREFEITURA DE BLUMENAU E SAMAE. 1 COMISSÃO ESPECIAL DE INVESTIGAÇÃO DO CONTRATO ENTRE FOZ DO BRASIL, PREFEITURA DE BLUMENAU E SAMAE. Síntese analítica: 1. Irregularidade na criação da Agir. A agência deveria ter sido criada para elaborar

Leia mais

MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS. TRANSPARÊNCIA E JUSTIÇA SOCIAL JÁ! www.transparenciajsocialja.com.br

MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS. TRANSPARÊNCIA E JUSTIÇA SOCIAL JÁ! www.transparenciajsocialja.com.br MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS www.transparenciajsocialja.com.br ALERTA BRASIL! PERIGO... NA POLÍTICA FINANCEIRA DO SETOR PÚBLICO, CONTINUAMOS NA ESTACA ZERO. SEM NENHUM CONHECIMENTO.

Leia mais

Conselho protesta contra prefeitura

Conselho protesta contra prefeitura Informativo Eletrônico da SE/CNS para os conselheiros nacionais Ano VI, Brasília, 08/04/2009. Prezado (a) conselheiro (a), Estamos encaminhando um clipping de notícias do CNS na mídia. A intenção é socializar

Leia mais

A Importância dos Royalties na Economia dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro

A Importância dos Royalties na Economia dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro A Importância dos Royalties na Economia dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro Deputado Glauco Lopes Presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa Os royalties e o Pré-Sal Royalties

Leia mais

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS PRESIDENTE: SENADOR ANTÔNIO CARLOS VALADARES

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS PRESIDENTE: SENADOR ANTÔNIO CARLOS VALADARES SENADO FEDERAL COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS PRESIDENTE: SENADOR ANTÔNIO CARLOS VALADARES SUBCOMISSÃO PERMANENTE DE PROMOÇÃO, ACOMPANHAMENTO E DEFESA DA SAÚDE PRESIDENTE: SENADOR PAPALÉO PAES AUDIÊNCIA

Leia mais

Movimento Pró Autista

Movimento Pró Autista POLÍTICAS PÚBLICAS DE ATENDIMENTO PARA AS PESSOAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO Saúde Educação Trabalho Cultura, Esportes e Lazer Transporte Especializado Centros de Convivência Moradias Assistidas

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 96, DE 2009

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 96, DE 2009 PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 96, DE 2009 Propõe que a Comissão de Defesa do Consumidor fiscalize os atos de gestão praticados pela Superintendência de Seguros Privados - SUSEP em relação à conduta

Leia mais

N o 8683/2014-AsJConst/SAJ/PGR

N o 8683/2014-AsJConst/SAJ/PGR N o 8683/2014-AsJConst/SAJ/PGR Relator: Ministro Marco Aurélio Requerente: Procurador-Geral da República Interessados: Governador do Estado de Sergipe Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe O PROCURADOR-GERAL

Leia mais

Lei N. 391/2007 Wanderlândia 14 de Março de 2007.

Lei N. 391/2007 Wanderlândia 14 de Março de 2007. Lei N. 391/2007 Wanderlândia 14 de Março de 2007. Altera na integra o texto da Lei nº. 334/2002, de 20 de Dezembro de 2002, que cria o Conselho Municipal de Educação e da outras providencias. Faço saber

Leia mais

ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL

ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL Desde a publicação da lei nº 12.317, de 27 de agosto de 2010, que estabeleceu a jornada de trabalho

Leia mais

Subseção I Disposição Geral

Subseção I Disposição Geral Subseção I Disposição Geral Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias;

Leia mais

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Lei nº 65/XIII-1.ª

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Lei nº 65/XIII-1.ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projeto de Lei nº 65/XIII-1.ª Aprova medidas para a criação de uma rede de centros de recolha oficial de animais e para a modernização dos serviços municipais

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 014/2012 CT PRCI n 99.072/2012 e Ticket nº 279.315

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 014/2012 CT PRCI n 99.072/2012 e Ticket nº 279.315 PARECER COREN-SP 014/2012 CT PRCI n 99.072/2012 e Ticket nº 279.315 Assunto: Administração de Oxigênio medicinal, sem prescrição médica, por meio de cateter nasal em situação de emergência. 1. Do fato

Leia mais

LEI Nº 982 DE 16 DE MAIO DE 2013.

LEI Nº 982 DE 16 DE MAIO DE 2013. LEI Nº 982 DE 16 DE MAIO DE 2013. Dispõe sobre a criação, composição, competência e funcionamento do Conselho Municipal de Esporte e Lazer CMEL. O Povo do Município de Turvolândia Estado de Minas Gerais,

Leia mais

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira Excelentíssimas Senhoras e Senhores Deputados A proposta do Orçamento

Leia mais

Modelo concede flexibilidade a hospitais públicos

Modelo concede flexibilidade a hospitais públicos Modelo concede flexibilidade a hospitais públicos Servidores continuariam a ser admitidos por concurso, mas passariam a ser regidos pela CLT, por exemplo Karine Rodrigues, RIO O Estado de S. Paulo, 31

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

PARECER Nº, DE 2015. RELATOR: Senador BENEDITO DE LIRA

PARECER Nº, DE 2015. RELATOR: Senador BENEDITO DE LIRA PARECER Nº, DE 2015 1 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 218, de 2011, do Senador EUNÍCIO OLIVEIRA, que dispõe sobre o empregador arcar com os

Leia mais

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL REQUERIMENTO Nº, DE 2015 (Do Sr. Bruno Araújo)

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL REQUERIMENTO Nº, DE 2015 (Do Sr. Bruno Araújo) COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL REQUERIMENTO Nº, DE 2015 (Do Sr. Bruno Araújo) Solicita seja convocado o Ministro da Saúde, Arthur Chioro, nesta Comissão, para prestar esclarecimentos

Leia mais

Cem edições para informar e formar cidadãos!

Cem edições para informar e formar cidadãos! ParaTod Mandato do Deputado Tadeu Veneri-PT nº 100 Dezembro 2014 s Acesse: www.tadeuveneri.com.br facebook.com/tadeuveneri Edição Especial Número 100 Cem edições para informar e formar cidadãos! Do primeiro

Leia mais

NOTA TÉCNICA 39 2013

NOTA TÉCNICA 39 2013 NOTA TÉCNICA 39 2013 Apresentação e a guarda dos documentos comprobatórios, pelos Estados, DF e Municípios, da execução das despesas com recursos financeiros do Fundo Nacional de Saúde Brasília, 26 de

Leia mais

EM BUSCA DE VOLUNTÁRIOS

EM BUSCA DE VOLUNTÁRIOS PUBLICAÇÃO MENSAL DIRIGIDA AOS CIRURGIÕES-DENTISTAS 01 FEVEREIRO/2012 Curitiba -Paraná EM BUSCA DE VOLUNTÁRIOS O Projeto Dentista do Bem, que proporciona atendimento odontológico para crianças carentes,

Leia mais

O que é Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar?

O que é Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar? O Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar CDCE tem amparo legal? Sim. A Lei 7.040/98 que estabeleceu a gestão democrática no Sistema de Ensino, instituiu o CDCE, na forma, composição e outros providências

Leia mais

DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT)

DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT) DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT) Há dois anos, um grupo de trabalhadores ocupou um local abandonado próximo ao bairro Parque Cuiabá (Mato Grosso). O local era ponto de usuários

Leia mais

Estado do Rio Grande do Norte Câmara Municipal de Natal Palácio Padre Miguelinho GABINETE DA VEREADORA AMANDA GURGEL

Estado do Rio Grande do Norte Câmara Municipal de Natal Palácio Padre Miguelinho GABINETE DA VEREADORA AMANDA GURGEL PROJETO DE LEI 103/2015 Dispõe sobre a redução do subsídio do(a) prefeito(a), do(a) vice-prefeito(a), e dos(as) vereadores(as), para o equivalente ao dobro do fixado como piso salarial nacional para os(as)

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 111/2001, de 29 de Novembro de 2001.

LEI MUNICIPAL Nº 111/2001, de 29 de Novembro de 2001. LEI MUNICIPAL Nº 111/2001, de 29 de Novembro de 2001. Revoga a Lei Municipal n.º 084/2001, dá novas disposições sobre a criação do Conselho de Alimentação Escolar do Município e dá outras providências.

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE, CONSTITUIÇÃO E COMPOSIÇÃO DO CONSELHO

CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE, CONSTITUIÇÃO E COMPOSIÇÃO DO CONSELHO LEI Nº 3890 REGULAMENTA A PARTICIPAÇÃO POPULAR NAS AÇÕES SOCIAIS DE PROTEÇÃO, DEFESA E ATENDIMENTO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, NOS TERMOS DO INCISO II DO ARTIGO 88 DA LEI FEDERAL Nº 8.069,

Leia mais

O PAPEL DO CONTROLE EXTERNO

O PAPEL DO CONTROLE EXTERNO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO FINANCEIRA I CICLO DE APERFEIÇOAMENTO EM GESTÃO FINANCEIRA O PAPEL DO CONTROLE EXTERNO Prof. Ariel Lopes Torres E-mail: ariel@unemat.br CÁCERES

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

NOTA TÉCNICA 25/2013 FINANCIAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

NOTA TÉCNICA 25/2013 FINANCIAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA NOTA TÉCNICA 25/2013 FINANCIAMENTO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA O CONASS solicitou, na reunião da CIT de 25 de abril de 2013, que a ANVISA apresentasse numa próxima reunião da Comissão o montante de sua arrecadação

Leia mais

LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007

LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007 LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007 Súmula: Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno Municipal, nos termos do artigo 31 da Constituição Federal e do artigo 59 da Lei Complementar n 101/2000 e cria a

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES COMISSÃO DE POLÍTICA GERAL INTRODUÇÃO

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES COMISSÃO DE POLÍTICA GERAL INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO A Comissão de Política Geral reuniu no dia 11 de junho de 2014, na delegação de Ponta Delgada da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, a fim de apreciar, relatar e dar parecer

Leia mais

, 13 de agosto de 2015.

, 13 de agosto de 2015. Painel: Desafios do lado da despesa e possíveis alternativas O financiamento da política pública de saúde Sérgio Francisco Piola 9º Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte Natal, 13 de agosto

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

Marcelo Freixo (PSOL) vai realizar concurso público e implantar PCCS na saúde

Marcelo Freixo (PSOL) vai realizar concurso público e implantar PCCS na saúde Marcelo Freixo (PSOL) vai realizar concurso público e implantar PCCS na saúde O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) apresentou ao médicos, nesta 5ª feira (13/9), as suas propostas de governo para a

Leia mais