AVISO DE CONVOCAÇÃO Nº 02/ SSMR, DE 2 DE AGOSTO DE 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AVISO DE CONVOCAÇÃO Nº 02/ SSMR, DE 2 DE AGOSTO DE 2014"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO MILITAR DO LESTE 1ª REGIÃO MILITAR (4º Dist Mil/1891) REGIÃO MARECHAL HERMES DA FONSECA AVISO DE CONVOCAÇÃO Nº 02/ SSMR, DE 2 DE AGOSTO DE 2014 CADASTRAMENTO EM BANCO DE DADOS PARA O SERVIÇO TÉCNICO TEMPORÁRIO EM 2014/2015 PARA CARGOS DE NÍVEL MÉDIO (ESTÁGIO BÁSICO DE SERVIÇO TÉCNICO SARGENTOS) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO SUGERIDO PARA ENTREVISTA TÉCNICA 1. PROGRAMADOR JAVA Conhecimentos básicos da linguagem JAVA; funcionamento da JVM - JAVA Virtual Machine: Memória heap e static; objetos e classes (tipos abstratos de dados; polimorfismo, sobrecarga e herança); divisão de classes em subclasses; comandos de acesso a dados (JDBC); comandos de manipulação de erros; programação e distribuição de componentes; JavaDoc; programação de serverlets. J2EE - Componentes e Containeres: Web, EJB. Serviços-Padrão: serviços de diretório (JNDI), acesso a dados e persistência (JPA), suporte para XML (JAXP), transações (JTA),Servelets. JavaServer Pages (JSP), JavaServer Faces (JSF). Arquitetura em camadas. Padrões J2EE.UML: Objetivos, escopo e recursos. Diagramas: de Classes, de Caso de Uso, de Atividades, de Máquina de Estados. Conceitos de Orientação a Objetos: objetos e classes, encapsulamento, associações e ligações, herança, polimorfismo, coesão e acoplamento. BANCO DE DADOS: Fundamentos, características, componentes e funcionalidades. Linguagem de consulta estruturada (SQL): Linguagem de Manipulação de Dados (DML) e Linguagem de Definição de Dados (DDL). Transformação entre modelos: derivação do modelo de classes da UML para esquema relacional (mapeamento objetorelacional) e engenharia reversa de modelos relacionais para modelos de classe da UML. 2. PROGRAMADOR PHP Sintaxe; declaração, atribuição, escopo de variáveis; constantes; impressão usando echo e print. Tipos de Dados: inteiro, dupla precisão, booleano, null, string, array, objeto e recurso; identificação de tipo; coerção. Controle: expressões booleanas, desvios, laços, encerrando a execução. Funções: definição, utilização, funções internas (built-in), valores de retorno, parâmetros formais, parâmetros reais, escopo de variável global, local e estáticas, escopo de

2 função, número variável de argumentos, chamada por valor, chamada por referência, nome de funções variáveis. Troca de Informações entre Páginas: Argumentos POST e GET, arrays superglobais. Banco de Dados: conexão, consultas, busca, PHP Data Objects (PDO). Orientação a Objeto: definição de classes, acessando variáveis membro, instanciação construtores, herança, subscrição de funções. Sessões: inicializando, variáveis de sessão. Cookies: definir, ler, excluir. HTTP: enviar cabeçalhos HTTP, redirecionamento, autenticação. Correio Eletrônico: enviar, receber, SMTP, POP. Configuração: variáveis de ambiente, php.ini. 3. PROGRAMADOR WEBDESIGN Photoshop, DREAMWEAVER, Ilustrator CS4, Algoritmos, Conhecimentos básicos de programação (PHP e ASP), Segurança: Intranet e Internet, OWASP, Arquitetura cliente/servidor: conceitos, aplicações de duas e três camadas, Webdesign Responsivo, JOOMLA (instalação, plugins e módulos), HTML/CSS, Javascript/JQuery, Usabilidade. 4. OPERADOR DE TELEMARKETING Satisfação do cliente; Aplicações e vantagens do telemarketing; Informática no telemarketing; Comunicação em telemarketing; Erros mais comuns de teleatendimento. Atributos de alto desempenho de Call Centers; Decreto-lei nº 6.523; Carreira e mercado de trabalho (perfil, habilidades e aspectos éticos); Cuidados com a saúde do operador de telemarketing. 5. TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL - Conceitos; Princípios; Teoria da Administração Científica; Teoria Clássica; Teoria das Relações Humanas; Teoria Neoclássica da Administração; Teoria da Burocracia; Teoria Estruturalista; Teoria Comportamental; Teoria de Sistemas; Teoria da Contingência; Liderança (conceito e teorias); e Motivação (conceito e teorias). ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL - Recrutamento; Seleção; Desenho, descrição e análise de cargos; Avaliação de desempenho; e Treinamento e desenvolvimento de pessoal. ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAL - Gestão de compras; Aquisição de recursos materiais; Tipos e importância dos estoques; Análise dos estoques; Estoque de segurança; e Gestão da distribuição logística (a abordagem logística, recebimento e armazenagem, e distribuição). O&M - Organização; Alcance do controle; Níveis administrativos; Departamentalização e descentralização; e Estruturas organizacionais. CONTABILIDADE - Contabilidade Geral - Conceitos contábeis básicos; Estática patrimonial (ativo, passivo, patrimônio líquido e equação fundamental do patrimônio); Método das partidas dobradas; e Variações do patrimônio líquido; e Contabilidade de Custos - Princípios, Conceitos, Classificação e Nomenclatura de custos. ESTATÍSTICA - População e amostra; Variáveis aleatórias (discretas e contínuas); Arredondamento, séries e gráficos estatísticos; e Distribuições de frequências e médias (aritmética simples e ponderada). GESTÃO PELA QUALIDADE TOTAL - Melhoria contínua; Kaizen; Qualidade total; Gerenciamento da qualidade total; Técnica de qualidade total; Benchmarking; e Reengenharia. GESTÃO PÚBLICA - Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (Gespública); Planejamento estratégico; Gestão estratégica; Avaliação de desempenho; Prêmio Nacional de Qualidade (PNQ); e Prêmio Nacional da Gestão Pública (PNGP). DOCUMENTAÇÃO - Conceituação; Importância; Natureza; Finalidade; Características; Normalização; Fases do processo de documentação; e Classificação. ARQUIVÍSTICA - Conceitos; Importância; Organização; Arquivos de

3 prosseguimento; Referências cruzadas; Transferência; Centralização x descentralização; Microfilmagem; Equipamentos; e Acessórios e Métodos de arquivamento; INFORMÁTICA- Hardware; Software; Rede local; Rede remota; Internet; Editor de textos; Apresentação gráfica; e Planilha de cálculos. LICITAÇÃO - Conceitos, objeto, princípios, modalidades, tipos, dispensa, inexigibilidade, procedimento e julgamento; Pregão; e Contratos administrativos. 6. TÉCNICO EM AGRIMENSURA 1. Noções de geometria analítica, trigonometria e noções de escala. 2. Unidades de medida - comprimento, superfície e medidas angulares (cálculos e operações com graus e grados). 3. Tipos de carta topográfica: noções. 4. Planimetria, noções de ângulos azimutais e de declinação magnética, de rumos, métodos, noções de coordenadas cartesianas e arbitrárias, cálculos de poligonais através de ângulos internos, rumos ou azimutes, processo aos ângulos internos ou externos de uma poligonal em azimute ou rumos. Medidas de ângulos e distâncias entre pontos inacessíveis, fechamento de poligonal: cálculo de áreas e erro de fechamento angular, noções de cadastro: amarrações quanto às medidas, quanto aos ângulos e quanto aos ângulos e medidas (irradiação). Locação de curvas: métodos e aplicações. 5. Altimetria: nivelamento e contra-nivelamento. Métodos: geométrico, trigonométrico e taqueométrico. Curvas de nível: método de obtenção: irradiação taqueométrica, seções transversais e aerofotogrametria. 6. Interpretação de desenhos e plantas. 7. Cálculo de áreas e volume e de coordenadas. 7. TÉCNICO EM ALIMENTOS Fundamentos de tecnologia e engenharia de alimentos; Microbiologia de alimentos e produção de alimentos seguros; Química, composição e valor nutricional de alimentos; Análise sensorial de alimentos; Alimentos funcionais, probióticos e prebióticos; Análise físico-químicas e controle de qualidade de alimentos. 8. TÉCNICO EM ANÁLISES CLÍNICAS Técnicas Gerais de Laboratório: manuseio e manutenção de agitadores, autoclave, banhomaria, câmara de Neubauer, centrífuga, espectrofotômetro, estufas, geladeiras, lavadoras de microplacas, leitoras de microplacas, microscópio óptico, pipetas automáticas e vórtex. Preparo de soluções e diluições. Conceito de ph e tampão. Unidades utilizadas em laboratório de Análises Clínicas. Preparo utilização e aplicação dos principais corantes. Noções básicas de automação em laboratório. 2.Biossegurança e Boas Práticas de Laboratório: EPI (Equipamento de Proteção Individual) e EPC (Equipamento de Proteção Coletiva). Prevenção de acidentes de laboratório. Transporte adequado de amostras e materiais infecciosos. Métodos de desinfecção e esterilização. Limpeza e desinfecção de vidrarias, bancadas e pisos. Desinfecção e esterilização da área de trabalho e materiais utilizados. Manuais de Procedimentos operacionais padrão (POP). Resíduos: manuseio, transporte e descarte. Controle da Qualidade: interno e externo, padrões, calibradores e controles. Importância dos documentos e registros nos laboratórios clínicos. 3.Coleta, preparo e acondicionamento de amostras: técnicas de coleta para fezes, urina, sangue, escarro e secreções. Coleta de curva glicêmica. Coleta de materiais diversos para exames microbiológicos. Tipos de anticoagulantes utilizados. Técnicas de preparo de amostras. Conservação e transporte de amostras. 4.Bioquímica: realização, interpretação e valores de referência de exames

4 bioquímicos: carboidratos, lipídios, proteínas, eletrólitos, função hepática, função renal e função cardíaca. Bioquímica do líquor e dos líquidos biológicos. Noções de gasometria. 5.Hematologia/ Hemostasia: hemograma completo e seus parâmetros atuais. Índices hematimétricos e cálculos. Confecção e coloração do esfregaço sanguíneo. Hematoscopia. Reticulócitos (preparo e coloração). Provas de falcização. Hemostasia: TAP, TTPA e fibrinogênio. 6.Imunologia: Noções básicas de imunologia (noções sobre anticorpos, antígenos, complemento e resposta imune). Princípio de provas imunológicas. Realização e interpretação de testes sorológicos: reações de precipitação, floculação, aglutinação, testes imunoenzimáticos, imunoblot e imunofluorescência. 7.Microbiologia: Confecção e coloração de esfregaço bacteriológico (Gram e BAAR). Características morfotintoriais dos principais grupos de bactérias. Hemoculturas: coleta e procedimento. Semeadura de fezes, sangue, urina e materiais diversos; isolamento e repicagem bacteriana. Identificação de bactérias de interesse médico. Teste de sensibilidade aos antimicrobianos. 8.Parasitologia: método direto, métodos de concentração e preparações perianais. Soluções de conservação e transporte de fezes: composição, utilização e preparo. Caracteres morfológicos dos protozoários e helmintos. Ciclo biológico das principais parasitoses de interesse médico. 9.Urinálise: Características gerais, exame químico através de fita reagente e sedimentoscopia. 10.Líquidos corporais: características gerais, dosagens bioquímicas, citologia. 9. TÉCNICO EM BIBLIOTECA 1.Bibliotecas: Objetivos; Tipos; Classificação; Estrutura e instalações, 2. Organização e administração: Desenvolvimento de coleções; Registro; Processos técnicos; Preservação e conservação; Restauração; Referência; Circulação; Empréstimo e devolução; 3. Acervo: Definição; Tipos de documentos; Organização; Livros de Referência; 4. Tipos de catálogos; Alfabetação; Arquivamento; Termos técnicos. 10. TÉCNICO EM CONTABILIDADE CONTABILIDADE GERAL - Contabilidade: conceito, objeto e campo de atuação, usuários, atos e fatos administrativos; Patrimônio: conceito, bens, direitos, obrigações e patrimônio líquido; Demonstrações contábeis: conceito e principais demonstrações contábeis; Balanço Patrimonial: composição e grupo de contas; Demonstração do Resultado do Exercício: demonstração dedutiva, receita líquida, lucro bruto, custo de vendas, lucro operacional, lucro antes e depois do imposto de renda, e distribuição do lucro; Regimes de contabilidade: regime de caixa e regime de competência; Balanço Patrimonial x Demonstração do Resultado do Exercício e o regime de competência; Escrituração contábil: partidas dobradas, teoria das contas, contas, débito, crédito e saldo, e transferência dos saldos das contas de resultado para as contas de apuração do resultado do exercício; Plano de Contas: conceitos, finalidades e estrutura; e Princípios Fundamentais de Contabilidade (Resolução nº 750/93, do CFC). ORÇAMENTO E CONTABILIDADE PÚBLICA - Contabilidade Pública: conceito, campo de atuação e sistemas (orçamentário, financeiro, patrimonial e de compensação); Regimes Contábeis: conceito, princípios e regimes (de caixa e de competência); Orçamento Público: definição, processo de planejamento-orçamento; Plano Plurianual; Lei de Diretrizes Orçamentárias; Lei de Orçamento Anual; Princípios Orçamentários: universalidade, unidade, anualidade, equilíbrio e exclusividade; Ciclo Orçamentário: elaboração, estudo e aprovação, execução, avaliação; Orçamento por Programas e Classificação Institucional e Funcional- Programática; Créditos adicionais: conceito, classificação, créditos suplementares, especiais e extraordinários; Receita Pública: conceito, classificação, receita orçamentária e extraorçamentária, contabilização, estágios da receita e sua escrituração, restituição e anulação de

5 receitas e sua escrituração, dívida ativa e sua escrituração; Despesa Pública: conceito, classificação, despesa orçamentária e extra-orçamentária, contabilização, estágios da despesa e sua escrituração; Restos a pagar: conceito e escrituração contábil; Dívida Pública: conceito, dívida flutuante e fundada; Regime de adiantamento: disposições básicas; Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal - (SIAFI): noções básicas; Patrimônio Público e as suas variações patrimoniais: espécies e contabilização; Balanços: Orçamentário, Financeiro, Patrimonial; Demonstração das variações patrimoniais; e Plano de Contas: estrutura do plano de contas, regra de codificação numérica, elenco de contas (sistema financeiro, sistema patrimonial, sistema de compensação e sistema orçamentário). CONTABILIDADE DE CUSTOS - Definições, terminologia, classificações de custos: definições de gastos, custos, despesas, investimento e perda, custos diretos e indiretos, custos fixos, variáveis, semivariáveis (ou semifixos); Princípios fundamentais de Contabilidade e convenções contábeis aplicadas a custos: realização da receita, confrontação entre despesas e receitas, custo histórico como base de valor, consistência, conservadorismo,materialidade; Apuração de custos: separação entre custos e despesas, apropriação dos custos diretos, alocação dos custos indiretos, contabilização dos custos; Departamentalização; Critério de rateio dos custos indiretos: análise dos critérios de rateio, custos comuns, rateio dos custos dos departamentos, influência dos custos fixos e dos custos variáveis, importância da consistência nos critérios; Taxa de Aplicação de Custos Indiretos de Fabricação (CIF): previsão da taxa de aplicação de CIF, contabilização dos CIF aplicados, uso dos CIF aplicados durante o exercício, análise das variações entre CIF aplicados e reais, considerações acerca da previsão do volume, previsão das taxas de serviços; Materiais diretos e mão de obra direta: critérios de avaliação dos materiais, tratamento contábil das perdas de materiais, tratamento contábil dos subprodutos e das sucatas, o que integra o custo da mão de obra direta, apontamento da mão de obra direta; Métodos de Acumulação de Custos Por Ordem e Por Processo : distinção entre produção por ordem e produção contínua, diferenças no tratamento contábil; Custo Fixo e Margem de Contribuição: problema da alocação dos custos indiretos fixos, conceito de Margem de Contribuição (MC) e sua aplicação, MC e limitações na capacidade de produção; e Métodos de custeio dos estoques: custeio variável e custeio por absorção. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DIREITO ADMINISTRATIVO - Licitações: conceituação, modalidades, dispensa, inexigibilidade, tipos de licitação, edital, anexos do edital, procedimento e julgamento, regimes ou formas de execução. 11. TÉCNICO EM CONTROLE AMBIENTAL Legislação ambiental; Conceitos, princípios e aplicação prática da legislação ambiental; Licenciamento ambiental; Licenciamento de atividades consideradas de impacto local; Áreas de preservação permanente; Crimes ambientais e penalidades; Classificação de recursos hídricos; Meio ambiente: Introdução a poluição; Poluição atmosférica; Poluição hídrica; poluição do solo; Avaliação de Impacto Ambiental: conceitos, Estudo e Relatório de Impacto Ambiental EIA/RIMA; Princípio básicos de tratamento de efluentes, gerenciamento de resíduos sólidos e controle da poluição do ar. 12. TÉCNICO EM COZINHA Conceito e objetivos de Cardápio. Estrutura, elaboração, e composição de Cardápio. Tipos de cardápio. Matéria - prima, fornecedor, estoque, sazonalidade. Fatores de correção, cocção, reidratação. Ficha de Preparação; Nutrição e alimentação. Processos de digestão, absorção e transporte dos componentes dietéticos. Utilização e funções dos nutrientes no organismo.

6 Apetite e Fome. Grupos de alimentos. Função dos nutrientes no organismo. Fatores intrínsecos e extrínsecos que interferem no valor nutritivo dos alimentos. Leis da alimentação. Guias alimentares. Hábitos alimentares; Doenças veiculadas por alimentos. Limpeza e higiene. Qualidade da água. Manipulação segura do alimento. Programas de qualidade. Controle de pragas; Noções sobre ciência e tecnologia de carnes, leites, cereais, frutas, hortaliças, óleos, gorduras e de seus respectivos derivados. Principais reações ocorridas durante o processamento de alimentos. Aditivos alimentares; Pesos e Medidas. Matérias- Primas. Boas Práticas de Manipulação de Alimentos, Vocabulário Básico de Termos Técnicos; Planejamento físico: Layout/fluxograma. Ambiência (iluminação, ventilação, temperatura, umidade, sonorização, cor). Condições Favoráveis (instalações). Planejamento e distribuição. Áreas (áreas de aprovisionamento, processamento, distribuição). Planejamento de equipamentos e utensílios. 13. TÉCNICO EM DESENHO DE CONSTRUÇÃO CIVIL-AUTOCAD Conhecimentos de AUTOCAD. Conhecimentos Técnicos em Desenho; ABNT NBR 10582:1988. Apresentação da folha para desenho técnico - Procedimento; ABNT NBR 8196: Desenho técnico - Emprego de escalas; ABNT NBR 8403: Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de linhas - Larguras das linhas Procedimento; ABNT NBR 10068: Folha de desenho - Layout e dimensões Padronização; ABNT NBR 10067: Princípios gerais de representação em desenho técnico Procedimento; Formatos e Padronização; Cortes; Mapas; Plantas; Conceito de Escala e suas aplicações; Elementos de Topografia, Leitura e Interpretação de Desenho Topográfico. Noções básicas de Perspectivas Isométricas. 14. TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES Análise e interpretação de documentação técnica (editais, contratos, aditivos contratuais, cadernos de encargos, projetos, cronograma, diário de obras, etc.). Desenho técnico (noções de Auto Cad). Técnicas construtivas. Controle tecnológico de concreto. Ensaios técnicos. Tipos e finalidades. Fundamentos de projetos de obras civis: arquitetônicos, estruturais (concreto armado, concreto protendido; estruturas metálicas), de instalações elétricas e hidrossanitárias, de telefonia, de prevenção a incêndio, de fundações inclusive análise de sondagens. Construção: organização do canteiro de obras, execução de fundações diretas e indiretas, alvenaria, concreto, estruturas de concreto armado (inclusive protendido), estruturas metálicas (inclusive para coberturas), impermeabilização, cobertura, esquadrias, pisos, revestimento, pinturas, instalações (elétrica, hidrossanitária, prevenção a incêndio etc.). Controle de qualidade de materiais (cimento, agregados, aditivos, concreto usinado, aço,madeira, materiais cerâmicos, vidro etc.), controle de qualidade na execução de obras e serviços. 15. TÉCNICO EM ELETRICIDADE AUTOMOTIVA 1. Eletricidade básica Grandezas elétricas Componentes eletroeletrônicos básicos Circuitos elétricos de CC e CA. 1.4.Capacitores, indutores e circuitos RC, RL e RLC série e paralelo Potência em circuitos elétricos, fator de potência Noções de eletromagnetismo. 2. Medidas de grandezas elétricas Instrumentos de medida analógicos e digitais multímetros, osciloscópios, geradores de funções, fontes AC e D, Manutenção e uso de ferramentas mecânicas, Gerenciamento eletrônico, Ignição e

7 alimentação, tecnologias de Injeção eletrônica de combustível, diagnose de falhas, sistemas automotivos. 16. TÉCNICO EM ELETRICIDADE E ELETROTÉCNICA ELETRICIDADE E MAGNETISMO - Representação esquemática de circuitos elétricos; Diagramas unifilares e trifilares; Corrente elétrica, potencial elétrico e resistência elétrica; Lei de Ohm, circuito elétrico simples e potência elétrica; Associações de resistores; Estruturas elétricas (Thevenin, Kirchoff, Norton); Energia e potencial elétrico em campos elétricos; Capacitores; Campo magnético; Forças no campo magnético; Lei de Faraday; Circuitos magnéticos; Acoplamento de circuitos magnéticos; e Campo elétrico. ANÁLISE DE CIRCUITOS - Análise de circuitos em regime permanente senoidal; Análise de circuitos trifásicos equilibrados e desequilibrados; e Potência complexa, fator de potência e correção do fator de potência. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS - Tecnologia dos materiais e equipamentos elétricos, e simbologia normalizada; Instalações prediais de luz e força; Ferramentas para instalações elétricas; Proteção, controle e dimensionamento dos circuitos de luz e força; Sistemas de Aterramento; Circuitos de sinalização; Luminotécnica; e Conhecimentos básicos de segurança em instalações e serviços em eletricidade. MÁQUINAS ELÉTRICAS E TRANSFORMADORES - Transformadores: teoria e aplicações; Enrolamentos dos transformadores; Perdas nos transformadores; Ensaios em transformadores; Transformadores em circuitos trifásicos; Auto-transformador e transformador de múltiplos enrolamentos; Características de rendimento e regulação de transformadores; Construção de transformadores; Campo girante magnético; Classificação de motores; Enrolamento de máquinas elétricas; Máquinas de corrente contínua; Máquinas assíncronas; Controle de motores; Partida de motores; Máquinas síncronas; Circuito equivalente de máquinas elétricas; Ensaios de máquinas elétricas; Construção e instalação de máquinas elétricas; e Manutenção de máquinas elétricas e transformadores. DISTRIBUIÇÃO E PROTEÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS - Sistemas de distribuição de energia elétrica; Dimensionamento de condutores; Instalação e manutenção de redes elétricas, quadros elétricos e subestações; Filosofia de proteção dos sistemas elétricos; e Proteção por meio de relés. MEDIDAS ELÉTRICAS - Transformadores de potencial; Transformadores de corrente; Equipamentos elétricos de medição em sistemas elétricos de energia; Medição de tensão, corrente e potência; Instrumentos de medição; Instrumentos de testes; Medição de potência em corrente alternada; e Medição de energia elétrica: ativa e reativa. 17. TÉCNICO EM ELETROELETRÔNICA Eletricidade; Eletrônica industrial; Máquinas e equipamentos eletroeletrônicos; Instalações elétricas; Projetos elétricos; Elementos de automação; Instrumentação e controle de processo; Segurança do Trabalho. 18. TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA ELETRICIDADE Eletrostática e Eletrodinâmica; Potência e energia elétrica em corrente alternada e corrente contínua. Circuitos elétricos de corrente alternada e corrente contínua; Eletromagnetismo, Capacitores. MÁQUINAS ELÉTRICAS transformadores monofásicos e trifásicos, Motores de indução trifásicos: aspectos construtivos, princípio de funcionamento, classificação e controle de velocidade; Ligação comando e proteção de motores de indução trifásicos e monofásicos; Geradores síncronos; Associação de geradores síncronos em

8 paralelo. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS projeto de instalações elétricas, Dispositivos de proteção; Sistemas de aterramento; Proteção contra descargas atmosféricas; Dimensionamento de condutores elétricos; Lâmpadas elétricas; NR-10: Segurança em instalações e serviços com eletricidade. ELEMENTOS DE MÁQUINAS elementos de fixação: porcas, parafusos, arruelas, pinos, rebites e chavetas; Elementos de apoio: mancais de deslizamento e mancais de rolamento; Elementos elásticos: molas de compressão, molas de tração e molas de torção; Elementos de transmissão: por polias e correias, por engrenagens, por coroa e parafuso semfim, por corrente. Elementos de vedação: juntas, gaxetas, selos mecânicos e retentores. BOMBAS HIDRÁULICAS princípios de hidrostática e hidrodinâmica; Perda de carga; Cavitação; Classificação, instalação, princípio de funcionamento e manutenção de bombas de hidrodinâmicas. Classificação, instalação, princípio de funcionamento e manutenção de bombas de deslocamento positivo. COMPRESSORES características; Manutenção e emprego dos compressores de deslocamento positivo; características; Manutenção e emprego dos compressores de deslocamento dinâmicos; Instalações de ar comprimido. 19. TÉCNICO EM ELETRÔNICA ELETRICIDADE BÁSICA - Conceitos básicos e fundamentais da natureza da eletricidade e do magnetismo, eletricidade, magnetismo e eletromagnetismo, padrões elétricos e convenções; Tensão corrente contínua e alternada, e cálculo de potência; Resistores, resistência, indutores, indutância, reatância indutiva, capacitores, capacitância e reatância capacitiva; Chaves, disjuntores, relés, fusíveis, transformadores e baterias; Circuitos elétricos, Lei de Ohm, Leis de Kirchoff, Teoremas de Thevenin e de Norton; Circuitos série e paralelo de corrente contínua e alternada; Cálculo de redes elétricas; Princípios da corrente alternada, potência real, aparente e reativa; Geradores e motores de corrente contínua; Geradores e motores de corrente alternada; Circuitos e sistemas monofásicos e trifásicos; Ressonância série e ressonância paralela; e Formas de onda e constantes de tempo. ELETRÔNICA BÁSICA - Dispositivos semicondutores, fundamentos da teoria dos diodos e dos transistores; Diodos para aplicações específicas (Zener, LED, fotodiodo, acoplador ótico e diodo Schottky); Varistores; Tiristores (SCR, DIAC, TRIAC, UJT); Transistores bipolares (BJT) e transistores de efeito de campo (FET; JFET, MOSFET); Circuitos de polarização de transistores; Circuitos elétricos com resistores, capacitores, indutores, diodos e transistores; Amplificadores de tensão; Efeitos de frequência e frequência de corte; Amplificadores operacionais; Circuitos lineares e não lineares com amplificadores operacionais; Osciladores; Fontes de alimentação; e Circuitos de Comunicação. ELETRÔNICA DIGITAL - Sistemas de numeração (binário, octal e hexadecimal); Funções e portas lógicas; Álgebra de Boole; Simplificação de circuitos lógicos; Circuitos combinacionais; Circuitos sequenciais, flipflops, registradores e contadores; Conversores digital-analógico e analógico-digital; Circuitos multiplex e demultiplex; Memórias; Famílias de circuitos lógicos; e Microprocessadores, microcontroladores e controladores lógicos programáveis. TELECOMUNICAÇÕES - Conceitos básicos e fundamentais de telecomunicações; Conceitos básicos e fundamentais de ondas eletromagnéticas, propagação de ondas eletromagnéticas, tipos de propagação, comprimento de onda e mecanismos de reflexão; Conceitos básicos e fundamentais de Modulação e Demodulação em Amplitude, Fase e Frequência (AM-DSB, AM-DSB/SC, AM- SSB, PM, FM); Conceitos e princípios defuncionamento de osciladores (osciladores LC e RC, e osciladores a cristal) e PLLs; Obtenção da modulação angular; FM de faixa estreita, FM de faixa larga e FM estéreo; Transmissores e receptores; Filtros ativos, passivos, sintonizados e frequência de corte; Comunicações via satélite; Linhas de transmissão, tipos de linhas de transmissão e impedância característica; Ondas estacionárias; Antenas, princípios de

9 funcionamento das antenas, tipos de antenas e diagramas de irradiação; Telefonia, redes telefônicas, telegrafia e telex; e CATV e rede de faixa larga. INSTRUMENTAÇÃO ELETRÔNICA - Procedimentos básicos destinados à segurança do operador e do mantenedor; Conceitos básicos e fundamentos de medidas e medições elétricas; Técnicas de medição, instrumentação e instrumentos de medidas analógicos e digitais (osciloscópios, multímetros, amperímetros, voltímetros, ohmímetros e megômetros); Pontes de impedância; Estudo do decibel; Medidas de áudio frequência; Transdutores e sensores; e Técnicas de medição de fibras ópticas. 20. TÉCNICO EM ENFERMAGEM 1. Fundamentos de enfermagem Lei de Exercício Profissional nº de 25 de junho de Conselho de enfermagem Direitos do paciente internado Humanização nos serviços de saúde Hospitais: conceito, funções, tipos, organização, estrutura e funcionamento Necessidades básicas do paciente: físicas, terapêuticas, ambientais, reabilitação e psicossociais Cuidados gerais com materiais de vidro, sondas, instrumentais e acessórios Limpeza, desinfecção, preparo da unidade do paciente Admissão, alta, transferência e óbito - cuidados com o corpo pós-morte Verificação e registro de sinais vitais, dados antropométricos Coleta de material para exames de laboratório (urina, fezes, secreções e sangue) Assistência de enfermagem ao exame físico: tipos de exame (material e posições) Necessidades de higiene do paciente, conforto e prevenção de úlcera por pressão Movimentação, restrições e meios de transporte de pacientes Assistência de enfermagem a pacientes com feridas, classificação das feridas, fatores que influenciam na cicatrização, tipos e técnicas de curativos, bandagens e curativo ideal Aplicações quentes e frias: indicações, contra indicações, técnicas e cuidados Assistência de enfermagem na alimentação: fatores que favorecem a digestão, auxílio ao paciente na alimentação por via oral, gastrostomia, jejunostomia, por sondagem nas via nasogástrica, orogástrica e nasoentérica, oroentérica Administração de medicamentos: vias de administração, diluições, técnicas de administração e de fracionamento, cuidados específicos na administração e vias de eliminação Assistência de enfermagem nos cuidados especiais: oxigenioterapia, nebulização, sondagem vesical, sondagem nasogástrica, tricotomia e enemas Sistema de registros de informações: anotações de enfermagem, censo diário. 2. Noções de Atendimento pré-hospitalar, Cirurgia geral, Dependência Química, Emergência Pediátrica, Esterelização de Material, Intensivista, Maternidade, Nefrologia, Unidade Coronariana, UTI Neonatal. 21. TÉCNICO EM ESTATÍSTICA Conceitos fundamentais da Estatística - Estatística: objetos e aplicações; Fenômenos determinísticos e fenômenos aleatórios; População e amostra; Variáveis discretas e variáveis contínuas; e Estatística descritiva e estatística inferencial; Amostragem - tipos de amostragem; dimensionamento e seleção da amostra; e Composição da amostra: métodos probabilísticos e métodos não probabilísticos. FASES DO TRABALHO ESTATÍSTICO - Coleta de dados; Apuração e crítica dos dados; Apresentação dos resultados; e Análise dos resultados. SÉRIES ESTATÍSTICAS - Representação Tabular; Normas para elaboração de tabelas de dados numéricos; Distribuição de frequência e seus elementos; e Representação gráfica. MEDIDAS DE POSIÇÃO - Medidas de Tendência Central; Separatrizes; Representação das medidas de posição nas curvas de frequência; e Relação de Pearson. MEDIDAS DE DISPERSÃO -

10 Amplitude Total; Desvio médio; Variância e desvio-padrão; Desvio quartílico; e Coeficiente de variação. MOMENTOS, ASSIMETRIA E CURTOSE - Momentos; Assimetria e seus coeficientes; e Curtose e seus coeficientes. NÚMEROS ÍNDICES - Conceitos e classificação; Índices relativos de preço e de quantidade; Métodos agregativos simples; Métodos agregativos ponderados; Relativos de preço, quantidade e valor; e Mudança de base. PROBABILIDADE - Conceituação; Eventos dependentes e independentes; Eventos mutuamente exclusivos; Probabilidade condicional; Teorema de Bayes; Variáveis aleatórias discretas; Distribuição binomial; Distribuição de Poisson; Variáveis aleatórias contínuas; e Distribuição normal. CORRELAÇÃO E REGRESSÃO LINEARES - Correlação linear; Covariância; Coeficiente de correlação linear; Coeficiente de determinação; Equações de regressão; e Métodos dos Mínimos Quadrados. MATEMÁTICA - Arredondamento de dados numéricos; Somatórios; Teoria dos conjuntos; Equações e inequações do 1º e 2º graus; Gráficos das funções do 1º e 2º graus; Progressões aritméticas e geométricas; Função exponencial e função logarítmica; Análise combinatória; Binômio de Newton; Operações com matrizes: adição, subtração e multiplicação entre matrizes, multiplicação por um número real e matriz inversa; Sistemas lineares; Determinantes; Geometria analítica: ponto, reta, e circunferência; Áreas de superfícies planas; Trigonometria: arcos e ângulos, funções trigonométricas, trigonometria no triângulo retângulo, relações fundamentais, transformações trigonométricas e resolução de triângulos. 22. TÉCNICO EM FARMÁCIA Operações farmacotécnicas, conferência de fórmulas, manutencão de rotina em equipamentos, utensílios de laboratório e rótulos das matérias-primas. Controle de estoques, testes de qualidade de matérias-primas, equipamentos e ambiente. Documentação de atividades e procedimentos da manipulação farmacêutica. 23. TÉCNICO EM GEODÉSIA E CARTOGRAFIA CARTOGRAFIA - Escalas gráficas e numéricas; Principais projeções; Propriedades das projeções cartográficas; Projeção de Mercator; Sistema UTM; Sistema de coordenadas; Seleção e compilação de mapas e cartas para fins específicos; e Fases da construção de cartas e mapas. GEODÉSIA - Forma e dimensão da Terra; Superfícies de referência; Geometria do elipsoide; Sistema de Posicionamento Global (GPS); e Sistemas geodésicos de referência. TOPOGRAFIA - Cálculo de triângulos; Operações com ângulos; Cálculo de poligonais; Cálculo de nivelamentos taqueométrico, trigonométrico e geométrico; Instrumental topográfico; Bússolas; Balizas, trenas, teodolitos, miras, altímetros, níveis, distanciômetros eletrônicos e estações totais; Coordenadas cartesianas, coordenadas polares; Determinação de diferentes tipos de azimute; e Declinação magnética. FOTOGRAMETRIA - Princípios de fotogrametria e fotointerpretação; fotogrametria geométrica; levantamento aerofotogramétrico: cobertura aerofotogramétrica, apoio de campo, aerotriangulação, restituição e reambulação. SENSORIAMENTO REMOTO - Noções de Sensoriamento Remoto; princípios básicos; definições; espectro eletromagnético; Sensores; faixas espectrais; tipos de resolução dos sensores. 24. TÉCNICO EM GEOPROCESSAMENTO Topografia: cálculo de triângulos; operações com ângulos; cálculo de poligonais; cálculo de nivelamentos taqueométrico, trigonométrico e geométrico; coordenadas cartesianas;

11 coordenadas polares; determinação de diferentes tipos de azimute; declinação magnética; noções de ajustamento. Geodésia: geóide; elipsóide; referenciais geodésicos; noções de transformação de coordenadas (datum e projeção); GPS (sistema, tipos de levantamento, precisões, opções de mercado). Cartografia: principais projeções; projeção UTM; representações de relevo; escala gráfica; escala numérica; convergência meridiana; padrões de exatidão cartográfica. Noções de sensoriamento remoto: diferentes produtos disponíveis no mercado; faixas espectrais; aplicações. Noções de geoprocessamento: georreferenciamento de feições; diferença entre dados raster e vetoriais; Conhecimentos básicos de sistemas CAD; 25. TÉCNICO EM HEMOTERAPIA Biossegurança em Hemoterapia e Boas práticas de laboratório. Realização de exames laboratoriais e provas de compatibilidade sangüínea pré-transfusional: sistema ABO e sub grupos, sistema Rhesus e demais sistemas eritrocitários. Técnicas Imunohematológicas: noções de reações transfusionais imunológicas. Compatibilidade Sanguínea. Doença Hemolítica do recém-nato. Pesquisa e Identificação de anticorpos irregulares. Coleta de sangue em doadores e/ou pacientes. Fracionamento de sangue em hemocomponentes. Controle de qualidade e estoque de hemocomponentes. Noções de reações adversas à doação de sangue. Técnica de punção venosa em doadores: cuidados e complicações. Cuidado Humanizado. 26. TÉCNICO EM IMOBILIZAÇÃO ORTOPÉDICA Anatomia: posição, divisão e planos anatômicos; sistema esquelético; ossos por região; sistema articular; sistema muscular. conhecimento técnico para realização de imobilização gessada ou não, em geral, cuidados específicos na confecção da imobilização para evitar possíveis complicações; conhecimento básico para identificar as causas, sinais e sintomas das complicações mais comuns em decorrência das fraturas e/ou imobilizações: síndrome compartimental, embolia gordurosa, infecção, ulcera por pressão, edema em janela apósabertura de imobilização gessada; conhecimento teórico e prático para realização de imobilizações gessada ou não; posicionamento correto para determinadas imobilizações; cuidados com a pele; conhecimento teórico e pratico para realização de correta tração cutânea e cuidados específicos para proteção da pele do membro a ser tracionado; cuidados e observações necessários em imobilizações com edema, perfusão periférica, dor, aparência externa da imobilização, manchas e quaisquer outras anormalidades. Aparelhos gessados. Aparelho gessado braquio manual, inquienomoleolar e suropodálico; colocação de salto. Imobilização. Enfaixamento: com malha tubular, clavicular em oito, torocobraquial, compressivo dos membros, do joelho. Imobilização por fita adesiva. Calhas gessadas: técnicas, regras e cuidados. Calha autebraquimanual e suropodálica. Talas: regras e cuidados. Tala digital. Traumato-ortopedia: definição e objetivos. Patologias ósseas, luxações, entorse, distensão, traumatismo crânio - encefálico. 27. TÉCNICO EM IMPRESSÃO GRÁFICA-DIAGRAMAÇÃO 1. Fundamentos do Design: Elementos básicos; sistema de Identidade Visual; 2. Tipografia e diagramação: História, escolha e uso da tipografia, elementos do tipo, fontes tipográficas; elementos da página, partes do livro e de outras modalidades de impressos, legibilidade e leiturabilidade, nomenclaturas técnicas; composição do texto no espaço; Grid: Fundamentos,

12 aplicações e tipos; 3. Cores no projeto gráfico: Sistemas de cor, Harmonia, cor luz, cor pigmento; aplicação de cores na produção gráfica; 4. Imagem: Modos de formação da imagem; retícula; resolução de imagem; digitalização de imagens; relações visuais entre texto e imagem. 5. Processos de impressão: Perspectiva histórica, modalidades, características e possibilidades de aplicação; fluxo de trabalho de projetos voltados para impressão gráfica; 6. Papel: Tipos de papel, aspectos essenciais da fabricação, características e propriedades físicas, adequação a diferentes usos, aproveitamento de papel; 7. Acabamentos gráficos e encadernação; 8. Conceitos básicos de informática: hardware e software (sistemas operacionais); 9. Softwares gráficos para manipulação e tratamento de imagens, Ilustração vetorial e edição de texto; formatos de arquivo; preparação e fechamento de arquivos para impressão. 28. TÉCNICO EM INSPEÇÃO DE ALIMENTOS Segurança dos Alimentos: análise de risco na segurança dos alimentos; Vigilância dos Alimentos: legislação sanitária em alimentos; Alimentos: práticas de fabricação; Qualidade dos Alimentos: controle de resíduos. 29. TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Organização do processo de trabalho em Instrumentação Cirúrgica, Normas estruturais e funcionais do Centro cirúrgico CC e do Centro de Material Esterelizado CME; Noções básicas de controle de qualidade hospitalar metodização cirúrgica princípios de assepsia médica e cirúrgica, fundamentos de anatomia e fisiologia humana, anestesia, nomenclatura dos instrumentos básicos e específicos agrupados nos tempos cirúrgicos, técnicas cirúrgicas, princípios de ética e bioética. 30. TÉCNICO EM LANTERNAGEM Segurança no Trabalho, conhecimento de ferramentas e equipamentos, carroceria, soldagem e reparação. 31. TÉCNICO EM MAGISTÉRIO Estrutura: Organização da educação brasileira, Políticas educacionais., Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), Currículo na educação infantil, Descentralização: avaliação, currículo, legislação, Plano Nacional de Educação, Fundamentos: Filosofia da Educação. Concepções liberais e progressistas da educação: contribuições e limites, Sociologia da Educação: a democratização da escola; educação e sociedade, Psicologia da Educação: Teoria do desenvolvimento humano, abordagem sócio-construtivista. História da Educação no Brasil. A história das ideias pedagógicas: pensamento pedagógico da antiguidade clássica ao iluminismo e à escola nova. O pensamento pedagógico brasileiro. Gestão Educacional e Planejamento de Ensino. Avaliação. Currículo, cidadania, diversidade humana e cultural. Concepção de Inclusão Educacional. Adaptações curriculares. Atendimento Educacional Especializado para aluno da Educação Inclusiva.

13 32. TÉCNICO EM MANUTENÇÃO AUTOMOTIVA 1.Manutenção e uso de ferramentas mecânica, Gerenciamento eletrônico, Ignição e alimentação, tecnologias de Injeção eletrônica de combustível, diagnose de falhas, sistemas automotivos de partida, injeção e ignição eletronica, 2. Eletricidade Básica, 3.Tecnologia de Motores ciclo otto, tecnologia básica de motores ciclo dieses, 3.1 Combustíveis Mistura e Injeção em Ciclo Otto, Sistema de Ignição e Sensores Aplicados aos Motores. 4.Metrologia, Instrumentos de medição, 5. Noção de fluido e suas propriedades, 5.1Sistemas de lubrificação e suas propriedades, conceitos de manutenção, preventiva, corretiva e preditiva, equipamentos de uso na manutenção automotiva. 33.TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA Conceitos de Hardware e Software: conhecimentos básicos; placa-mãe e chipsets, memória; unidades de armazenamento; dispositivos de entrada e saída, organização e gerenciamento de arquivos, periféricos. Conceitos de Internet: noções dos protocolos e serviços. Sistemas operacionais Windows XP, Windows 7, Windows 8 e Linux: características de cada sistema operacional; instalação e configuração; manipulação de arquivos, pastas e atalhos; tipos de arquivos e suas extensões; navegadores Windows Explorer e Firefox; procedimento de backup; sistemas de arquivos (FAT, FAT32, NTFS, Etx2, Ext3). Noções de Softwares Livres: conhecimentos gerais; tipos de licenciamento de software. Microsoft Office Word 2003, 2007 e 2010 e Microsoft Office Excel 2003, 2007 e Segurança para microcomputadores: tipos de ameaças; técnicas e mecanismos de prevenção, detecção, remoção e noções de criptografia. Novas Tecnologias: conhecimentos gerais sobre novas ferramentas tecnológicas disponíveis no mercado. 34. TÉCNICO EM MECÂNICA 1.Metrologia, 2.Instrumentos de medição na tornearia, 3.Mecânica dos Materiais, 4.Tecnologia e resistência dos materiais Noção de fluido e suas propriedades, Vedação, lubrificação, Manutenção e uso de ferramentas mecânica, Manutenção e Inspeção, Sistemas de lubrificação, Sistema de água de resfriamento, Trabalho e calor, Mecânica dos fluido, Vedação, lubrificação, manutenção e inspeção, Bombas Conceitos, tipos e princípios de funcionamento Componentes principais das bombas, Aplicações das bombas volumétricas e centrífugas. 35. TÉCNICO EM EM MEIO AMBIENTE Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável. NOÇÕES DE SANEAMENTO BÁSICO: Abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem e resíduos sólidos. Educação Ambiental: Bases filosóficas da questão ambiental; Fundamentos da questão ambiental; Fundamentos da ecologia; Métodos e Técnicas de análise ambiental; Diagnóstico ambiental; Impacto ambiental - análise e relatórios; Trabalho e cidadania; Gestão de recursos naturais. Proteção Do Meio Ambiente: Direito ambiental; Economia ambiental; Desenvolvimento sustentável; Qualidade e meio ambiente; Saúde, segurança e meio ambiente; Planejamento urbano. Ciências do Ambiente. Projetos Ambientais. Legislação Ambiental. Hidrogeologia. Hidrologia. Geomorfologia e Uso e Ocupação do Solo. Biomas. Ecossistemas. Geoquímica Ambiental. Climatologia. Avaliação de Impactos Ambientais. Planejamento e Implantação de Sistemas de Gestão Ambiental.

14 Recuperação de Áreas Degradadas. Pedologia. Análise de Química do Solo, Ar e Água. Controle de Poluição das Águas. Controle de Poluição Atmosférica. Saúde Pública. Planejamento dos Recursos Hídricos. Obras Hidráulicas. Conhecimento das normas ISO 14000:2004. Preservação e Desenvolvimento Sustentável: Sistemas de Gestão Ambiental; Estudo da Paisagem Urbana; Gerência, planejamento e financiamento de Projetos Ambientais; Gestão das tecnologias limpas e reciclagem; Ecopedagogia; Ecopublicidade. 36. TÉCNICO EM METALURGIA ESTRUTURA METÁLICA - A constituição da matéria; Mudanças de fases; Associação de átomos; Materiais metálicos; e Características gerais dos metais. PLASTICIDADE DOS METAIS - Deformação elástica; Deformação plástica; e Deformação dos metais policristalinos. ESTRUTURA CRISTALINA DOS METAIS - Sistemas e reticulados cristalinos; e Defeitos cristalinos. LIGAS METÁLICAS - Impurezas nos metais; Soluções sólidas; Difusão; Ligas metálicas; e Diagramas de equilíbrio. PROPRIEDADES MECÂNICAS - Definições; Coeficiente de segurança e Tensão admissível de trabalho; e Ensaios mecânicos, normas e especificações. ENSAIOS - Resistência à tração; Resistência à compressão; Resistência ao choque; Resistência ao dobramento; Resistência ao cisalhamento e à torção; Dureza; Fadiga; Fluência; Ensaios de desgaste; Ensaios de usinabilidade; Ensaios de amortecimento; e Ensaios não-destrutivos. PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO MECÂNICA - Laminação; Forjamento; Estampagem; e Extrusão. SOLDAGEM - Tipos de juntas soldadas; Metalurgia da solda; Processos de soldagem; Brasagem; Propriedades mecânicas; e Ensaios das soldas. USINAGEM - Variáveis atuantes nas operações de usinagem; Torneamento; Furação; Aplainamento; Fresamento; Brochamento; Serramento; Usinagem por abrasão; Operações de acabamento; Métodos não-tradicionais de usinagem; Controle numérico em máquinas operatrizes; e Fluidos de corte. FUNDIÇÃO - Fenômenos que ocorrem durante a solidificação; Processos de fundição; Fusão do metal; Desmoldagem; Limpeza; Rebarbação; e Controle de qualidade de peças fundidas. CORROSÃO DOS METAIS - Tipos de células galvânicas; Tipos de corrosão; Prevenção contra a corrosão; Revestimentos superficiais; Revestimentos metálicos; Proteção catódica; Revestimentos nãometálicos inorgânicos; Revestimentos não-metálicos orgânicos: tintas. MATERIAIS RESISTENTES À CORROSÃO E AO CALOR - Aços inoxidáveis; Ligas não-ferrosas resistentes à corrosão; e Aços e ligas não-ferrosas resistentes ao calor. PRODUÇÃO DO FERRO - Minério de ferro; Carvão; e Fundentes. PRODUÇÃO DO FERRO GUSA - Produtos do alto-forno; e Técnicas para aumentar a produção do alto-forno.fabricação DO AÇO - Processos pneumáticos; e Processos elétricos. PRODUÇÃO DE METAIS NÃO- FERROSOS - Cobre; Alumínio; Zinco; Estanho; e Chumbo. DIAGRAMA DE EQUILÍBRIO FERRO-CARBONO - Definições; Fatores que influenciam na posição das linhas de transformação do diagrama Fe-C; e Reações que ocorrem no diagrama Fe-C. DIAGRAMA TRANSFORMAÇÃO-TEMPO-TEMPERATURA - Curvas em C ou TTT ; Diagrama de transformação para resfriamento contínuo; Efeitos da seção das peças; Fatores que influenciam na posição das linhas em C ; e Temperabilidade. TRATAMENTOS TÉRMICOS DAS LIGAS FERRO-CARBONO - Fatores de influência nos tratamentos térmicos; Operações de tratamento térmico; Tratamentos termoquímicos; Recozimento; Normalização; Têmpera; Revenido; Coalescimento; Têmpera superficial; e Tratamentos isotérmicos. AÇOS PARA CONSTRUÇÃO MECÂNICA - Sistemas de classificação dos aços; Composição química e propriedades dos aços carbono; Efeitos dos elementos de liga nos aços; e Tipos de aços. FERRO FUNDIDO - Branco; Cinzento; Maleável; e Nodular. METAIS NÃO-FERROSOS - Cobre; Alumínio; Chumbo; Estanho; e Suas ligas. METALURGIA DO PÓ - Matérias-Primas; Métodos de fabricação de pós metálicos; Mistura

15 e compactação dos pós; Sinterização; Dupla compactação; Compactação a quente; Forjamento-Sinterização; Tratamentos posteriores à sinterização; Considerações sobre o projeto de peças sinterizadas. PRODUTOS DA METALURGIA DO PÓ - Ferro e aço sinterizados; Metais e ligas não-ferrosos produzidos por metalurgia do pó; Metais refratários; e Materiais porosos. CONTROLE DE QUALIDADE - Determinação das medidas e das tolerâncias dimensionais; e Qualidade da superfície. 37. TÉCNICO EM MULTIMEIOS DIDÁTICOS Teorias da Comunicação; Comunicação humana e interação, social; Comunicação, mídia e linguagens; Comunicação, mídia e sociedade; Comunicação, mídia e educação. Audiovisuais, Arte, Técnica e Linguagem; Linguagem audiovisual, Oficinas Culturais. 38. TÉCNICO EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA NUTRIÇÃO E DIETÉTICA - Macro e micronutrientes; Metabolismo energético; Água e eletrólitos; Alimentação saudável nos ciclos da vida (da gestação ao envelhecimento); e Pirâmide de alimentos. DIETOTERAPIA - Avaliação nutricional; Dietas hospitalares; Orientações e recomendações dietéticas e dietoterápicas em situações clínicas (obesidade, diabetes, dislipidemias, desnutrição, hipertensão, osteoporose, doenças renais, hepáticas e do trato digestório); e Nutrição enteral e legislação aplicada; Manual de Boas Práticas; e Legislação aplicada. HIGIENE EM SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - Noções básicas de microbiologia de alimentos e doenças transmitidas por alimentos; Normas e procedimentos para recebimento, armazenamento, conservação e controle higiênico-sanitário dos alimentos; Higiene: ambiental, pessoal, alimentar, de utensílios e equipamentos; Segurança alimentar e Legislação pertinente. TÉCNICA DIETÉTICA - Conceito, classificação e características dos alimentos; Pré-preparo e preparo dos alimentos; e Operações, modificações e técnicas fundamentais no preparo e conservação de alimentos. LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL - Código de Ética. 39. TÉCNICO EM ÓPTICA 1 Surfaçagem de lentes oftálmicas. 2 Optometria. 3 Montagem. 4 Anatomia do olho humano e função ocular. 5 Fisiologia do sistema visual. 6 Patologia ocular. 7 Contatologia. 8 Legislação e organização do trabalho em óptica. 9 Produtos ópticos. 10 Fundamentos ópticos. 11 Laboratório óptico. 12 Lentes oftálmicas. 13 Lentes de Contato. 14 Conduta ética dos profissionais da área de saúde. 15 Princípios gerais de segurança no trabalho Prevenção e causas dos acidentes do trabalho Princípios de ergonomia no trabalho Códigos e símbolos específicos de Saúde e Segurança no Trabalho. 40. TÉCNICO EM PRÓTESE DENTÁRIA Prótese fixa: Vazamento de gesso (parcial e total); Montagem em articulador (parcial e total); Confecção de troqueis (individual e removível); Confecção de padrões de cera; Inclusão e fundição; Soldagem; Face estética; Usinagem, acabamento, polimento e brilho; Materiais, equipamento e instrumentais. Prótese parcial removível (PPR): Vazamento de gesso; Reprodução de modelos; Desenho; Escultura em cera; Inclusão; Plano de cera; Montagem de dentes; Usinagem, acabamento, polimento e brilho; Materiais, equipamento e instrumentais. Prótese total removível (PTR): Vazamento de gesso; Confecção de moldeira individual;

16 Confecção de plano de cera (chapa de prova); Montagem em articulador; Montagem de dentes; Ceroplastia; Acabamento, polimento e brilho; Materiais, equipamentos e instrumentais. Prótese ortodôntica (PO): Vazamento de gesso; Planejamento de aparelho; Dobragem de fios ortodônticos; Plano inclinado; Placa de contenção; Mantenedor de espaço; Placa de expansão; Acabamento, polimento e brilho; Materiais, equipamentos e instrumentais. 41. TÉCNICO EM QUALIDADE Ferramentas da Qualidade, Gestão da Qualidade, Teorias e Fundamentos da Administração, Auditorias da Qualidade, Estatística Aplicada a Qualidade, Indicadores da Qualidade, Segurança e Saúde do Trabalho, Custos da Qualidade, Fator Humano da Qualidade, Gestão de Processos, Sistema de Gesto da Qualidade. 42. TÉCNICO EM QUÍMICA QUÍMICA GERAL - Estrutura atômica; Estrutura das moléculas; Classificação periódica e estrutura eletrônica; Ligações e reações químicas; Estequiometria; Estudo dos gases; Líquidos e Mudanças de Estado; Sólidos; Soluções; Teorias Ácido-Base; Reações em soluções aquosas; QUÍMICA INORGÂNICA - Propriedades gerais dos elementos; Estudo das características gerais, das propriedades físicas e químicas, da ocorrência, da preparação e da formação de compostos dos elementos representativos da Tabela Periódica, por grupo: Grupo 1 (Hidrogênio, Sódio e Potássio), Grupo 2 (Magnésio e Cálcio), Grupo 13 (Boro e Alumínio), Grupo 14 (Carbono, Silício e Chumbo), Grupo 15 (Nitrogênio e Fósforo), Grupo 16 (Oxigênio e Enxofre) e Grupo 17 (Flúor, Cloro, Bromo e Iodo); Elementos do Bloco d; Materiais Inorgânicos; Água; e Água oxigenada. QUÍMICA ORGÂNICA - Nomenclatura; Fundamentos da química orgânica estrutural; Funções orgânicas; Ligações; Radicais livres orgânicos; Isomeria; Mecanismos de reação em química orgânica; Principais reações da química orgânica; Compostos aromáticos e seus nitroderivados. FÍSICO-QUÍMICA - Termodinâmica química - conceitos: sistema, ambiente, processos adiabático e isotérmico, estado do sistema, variáveis de estado, equação de estado, capacidade calorífica e calor específico; Primeira lei da Termodinâmica; Calor de Reação/Termoquímica; Lei de Hess: equações termoquímicas, diagramas de entalpia e entalpia de formação; Estados padrões e energia de ligação; Cinética química: velocidade de reação, leis de velocidade, ordem de reação, constante de velocidade, concentração e tempo; Mecanismos de reação, efeito da temperatura, energia de ativação e catalisadores; Equilíbrio Químico: lei da ação das massas, constantes de equilíbrio (Kc e Kp), relação entre Kc e Kp, e equilíbrio em fase gasosa (homogêneo e heterogêneo); Princípio de Le Chatelier: variações na concentração de um reagente ou produto, efeito da temperatura, efeito das variações de pressão e volume, adição de um gás inerte e efeito de um catalisador; Cálculos de equilíbrio; Equilíbrio iônico em solução aquosa: ionização da água, conceito de ph e poh, dissociação de eletrólitos fracos e solução tampão; Hidrólise; Produto de solubilidade: efeito do íon comum; Eletroquímica: balanceamento de reações de oxirredução, processos eletroquímicos espontâneos (pilhas galvânicas, potenciais de redução e pilhas galvânicas comuns); e Processos eletroquímicos não espontâneos: eletrólise, aspectos quantitativos da eletrólise e aplicações práticas de eletrólise. ANÁLISE QUALITATIVA - Lei da ação das massas: cálculo da constante de equilíbrio; Constante de acidez e constante de basicidade; Grau de ionização; Ácidos polipróticos; Efeito do íon comum e produto de solubilidade; Reações ácido-base: ph e equilíbrio ácido-base; Constante de equilíbrio, ácidos fortes e bases fracas, sais de ácidos fracos e bases fracas; Reações de complexação: formação e estabilidade; Potenciais de eletrodo; Células de oxidação-redução; Análise de cátions: grupos analíticos; e Análise de

17 ânions. ANÁLISE QUANTITATIVA Soluções-tampão; Precipitação: produto de solubilidade: formação dos precipitados, influência das condições de precipitação, envelhecimento, contaminação; Efeito do íon comum: conceito e efeitos quantitativos; Aparelhagem comum e técnicas básicas: pesos e massas de referência (classes de pesos de precisão); Vidraria aferida; Tipos de pipetas e buretas; Calibração de aparelhagem graduada; Água para uso no laboratório; Dessecadores e câmaras secas; Técnicas básicas para análises em laboratório: preparo da substância para análise, pesagem da amostra e dissolução da amostra (ácidos concentrados, água régia, ácido fluorídrico e ácido perclórico); Conceitos básicos sobre técnicas de separação: filtração, extração com solvente, cristalização e precipitação, troca iônica, diálise e liofilização; Conceitos básicos sobre técnicas de separação por meio do auxílio de instrumentos: conceitos básicos sobre cromatografia em fase gasosa (GC), cromatografia líquida em alta eficiência (HPLC), cromatografia em camada fina (TLC), cromatografia com fluido supercrítico (SFC) e as eletroforeses; Quimiometria: tipos de erros, acurácia e precisão, média e desvio padrão, como reduzir os erros sistemáticos, algarismos significativos, confiabilidade de resultados e comparação de resultados; Aparelhagem comum e técnicas básicas; Balança: pesos e massas de referência (classes de pesos de precisão); Erros de pesagem; 43. TÉCNICO EM RADIOLOGIA FUNDAMENTOS BÁSICOS DA TÉCNICA RADIOGRÁFICA - Informações básicas de ordem física: a constituição da matéria e a densidade da matéria; O descobrimento dos raios X; Os componentes do tubo de raios X; O processo de geração dos raios X; A natureza e propriedades dos raios X: fatores de penetração e absorção dos raios X, e densidades radiológicas; A produção da imagem radiológica: a radioscopia, a radiografia, contrastes naturais e artificiais; A otimização da imagem radiográfica (contraste e nitidez): fatores que influem no contraste (dureza dos raios - valor em KV -, valor de mas, radiação difusa, grades, cones e diafragmas, filme radiográfico, revelador, tempo de revelação, ecrans reforçadores, secagem de filmes) e fatores que influem na nitidez (tamanho da mancha focal, distância foco-objeto, distância objeto-filme e ecrans reforçadores). PROTEÇÃO E HIGIENE DAS RADIAÇÕES - Meios de proteção; Dose de radiação; e Efeitos genéticos. NORMAS PARA A CÂMARA DE REVELAÇÃO (CÂMARA ESCURA). O PROCESSO DE REVELAÇÃO - Revelação manual; Revelação automática; e Componentes de revelador e do fixador. EXAMES RADIOLÓGICOS (TÉCNICA, ANATOMIA RADIOGRÁFICA BÁSICA, INCIDÊNCIAS FUNDAMENTAIS E COMPLEMENTARES) - Extremidades superiores: ombro, braço, cotovelo, antebraço, punho e mão; Bacia e extremidades inferiores: bacia, quadril, coxa, joelho, tornozelo, calcanhar e pé; Cabeça: dentes, crânio, face, mandíbula, nariz, seios paranasais, órbita, osso temporal e sela túrcica; Coluna vertebral: coluna cervical, coluna torácica e coluna lombo-sacra; Abdômen; e Vias aéreas superiores e tórax: cavum, campos pleuro-pulmonares, coração e vasos da base, costelas, esterno, clavícula e escápula. EXAMES RADIOLÓGICOS COM MEIOS DE CONTRASTE E PROCEDIMENTOS ESPECIAIS (TÉCNICA, ANATOMIA RADIOGRÁFICA BÁSICA, INCIDÊNCIAS FUNDAMENTAIS E COMPLEMENTARES) - Aparelho digestivo: esofagografia, seriografia do esôfago, estômago e duodeno, trânsito de delgado, clister opaco e colecistograma oral; Aparelho urinário: urografia excretora e uretrocistografia; Aparelho genital feminino: histerossalpingografia; Tomografia linear: ossos, pulmões, mediastino, rins, vias biliares e laringe; NOÇÕES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA, RESSONÂNCIA MAGNÉTICA, MAMOGRAFIA, DENSITOMETRIA. REGULAMENTAÇÃO TÉCNICA EM RADIOLOGIA MÉDICA - Sistema de proteção radiológica; Qualificação profissional; Controle de áreas de serviço; Controle Ocupacional; Restrições de Dose em Exposições

18 Médicas; Características Gerais dos Equipamentos; e Requisitos Específicos para Radiodiagnóstico Médico. 44. TÉCNICO EM REABILITAÇÃO DE DEPENDENTES QUÍMICOS Conceito, tipos e classificação das drogas, de uso abusivo e das dependências; origem, etiologia, perfil e evolução dos diferentes quadros de dependência; o uso de drogas na humanidade, em uma perspectiva histórica; aspectos socioeconômicos; conhecimento das diversas necessidades do dependente químico, nos seguintes âmbitos: legal, jurídico, policial, científico, preventivo, terapêutico e sociocultural; políticas públicas e rede social de atenção aos dependentes de substâncias psicoativas; mudança de atitudes em relação à dependência química mitos, estereótipos e preconceitos - desmistificação da questão; modelos de abordagem da prevenção, conceito e práticas de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação: estágio atual; multidisciplinaridade/interdisciplinaridade e dependência química; papel e perfil dos diferentes profissionais que atuam na prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação: estágio atual; política nacional antidrogas. 45. TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS Relações trabalhistas; Estratégias de capacitação e desenvolvimento de pessoas. Gerenciamento de necessidades de capacitação e desenvolvimento. Elaboração, execução e avaliação de programas de capacitação e desenvolvimento. Avaliação de desempenho; As transformações no mundo do trabalho: tecnologias, globalização, qualificação do trabalho e do trabalhador; Fundamentos da administração. Principais abordagens teóricas. Planejamento, organização, gestão, controle e avaliação. Administração de Recursos Humanos. 46. TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES 1. Redes de transmissão de dados: conceitos, componentes e topologia; modulação (conceitos, modulação em frequência, amplitude e fase); modos de transmissão de dados (simples, duplex e half-duplex, serial/paralelo, síncrono e assíncrono), 2. Redes de computadores: conceitos, topologias e principais componentes; elementos de interconexão; LAN-Local Área Network e WAN-Wide Área Network (conceitos básicos, aplicações, principais componentes e níveis de serviços QoS e SLA); protocolos de comunicação (conceitos e serviços); protocolos TCP/IP, ATM e Ethernet; padrões de protocolo OSI/ISO, TCP/IP e ITU-T; VoIP, 3. Segurança de redes: Mecanismos de proteção de rede; criptografia; Virtual Private Network (VPN); certificação digital; políticas de segurança; mecanismos de detecção e proteção contra invasores. 47.TÉCNICO EM REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Termodinâmica: Conceitos Fundamentais. Propriedades das Substâncias, Energia Trabalho e Calor, Primeira Lei da Termodinâmica, Ciclos Termodinâmicos, Segunda Lei da Termodinâmica. Transferência de Calor: Transferência de Calor por Condução, Transferência de Calor por Convecção, Transferência de Calor por Radiação, Trocadores de Calor. Mecânica dos Fluidos: Conceitos Fundamentais, Estática de Fluidos, Movimentos de Fluidos, Escoamentos Incompressíveis, Escoamentos em Dutos e Tubos, Bombas Hidráulicas, Ventiladores. Instalações de Refrigeração e Condicionamento de Ar: Psicrometria, Fluidos

19 Refrigerantes, Ciclos de Refrigeração, Compressores, Dispositivos de Expansão, Acessórios. Metrologia: Erros e Incertezas de Medição, Metrologia Dimensional Básica, Medição de Temperatura, Pressão, Umidade e Vazão, Automatização da Medição. Eletricidade e Introdução a Eletrônica: Fundamentos de Eletricidade, Eletrodinâmica, Análise de Circuitos, Instrumentação Elétrica e Eletrônica, Componentes Eletrônicos Básicos. Prática, Refrigeração e Condicionamento de Ar: Solda, Recolhimento de Refrigerante, Evacuação e Desidratação de Sistemas, Carga de Fluido Refrigerante em Sistemas, Diagnóstico de Defeitos, Instalação de Sistemas. Instalações Elétricas: Comandos Elétricos de Motores, Potência em Circuitos Monofásicos, Corrente C.A. em Circuitos Trifásicos, Partida de Motores, Motores Monofásicos e Trifásicos, Dimensionamento e Projeto de Quadros de Comando e Controle de Motores. Controles e Automação Componentes Básicos e Configuração de Malhas de Controle. Sensores, Controladores, Sistemas de Controle Digitais, Estratégias de Controle em Sistemas de Condicionamento de Ar, Estratégias de Controle em Sistemas de Refrigeração. 48. TÉCNICO EM REGISTRO E INFORMAÇÕES EM SAÚDE Conteúdo Programático: Anatomia e Fisiologia do Corpo Humano. Patologias mais comuns e suas principais características. Aspectos Éticos e Legais do Paciente. Classificação Internacional de Doenças - CID 10. Humanização do Atendimento. Planejamento e Gestão em Saúde. Políticas de Saúde. Produção das Informações em Saúde. Registros de Saúde, Prontuários e Arquivos Médicos. Terminologia Médica. Conceitos Básicos de Informação e Saúde: planejamento, organização, administração e coordenação. Gestão de Documentos e Arquivos. Arquivo de Prontuários e o Setor de Estatística dos Serviços de Saúde. Biblioteca. Comunicação e Saúde. Tecnologias da Informação e da Comunicação. Padrões éticos: as relações e práticas profissionais humanizadas. 49. TÉCNICO EM SANEAMENTO Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e segurança aplicáveis ao cargo em específico. NOÇÕES DE SANEAMENTO BÁSICO: Abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem e resíduos sólidos. LEGISLAÇÃO REGULATÓRIA: Lei n.º , de 05 de janeiro de 2007 e alterações: estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico; Decreto n.º 7.217, de 21 de junho de Ciclos biogeoquímicos:a. Ciclo da água. b. Ciclo do oxigênio. c. Ciclo do nitrogênio. d. Ciclo do fósforo. e. Ciclo do carbono.2. Saneamento básico:a. Doenças infecciosas. b. Doenças de veiculação hídrica. c. Objetivos do saneamento básico. 3. Sistema de abastecimento de água:a. Importância do abastecimento de água. b. Partes constituintes do sistema público de abastecimento de água: Manancial, Captação, Adução, Tratamento, Reservação, Rede de distribuição, Estações elevatórias, Ligações prediais.4. Qualidade da água para abastecimento público: a. Padrões de potabilidade: portaria nº. 8, de 25 de março de 2004 do Ministério da Saúde. b. Planejamento e coleta de amostras de água para análise: Programa de coleta de amostras, Procedimento para coleta, Metodologia para coletas rotineiras, Técnicas de preservação e armazenamento de amostras, Equipamentos de amostragem.c. Medições de vazão em pequenos córregos e fontes d. Captação de água; subterrânea (norma nbr-12212/1990-nb 588) e superficiais (norma nbr-12213/1992-nb 589) e. Captação de águas superficiais. f. Classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, Resolução Conama, nº 430/ Noções de tratamento de água:a. Características da água: físicas, químicas e biológicas. b. Processos de tratamento da água: coagulação; floculação; sedimentação; filtração; desinfecção; remoção da dureza;

20 remoção de ferro e manganês; controle de corrosão; fluoretação.6. Rede de distribuição: a. Sistema de distribuição. b. Classificação das redes. c. Condições para dimensionamento.7. Reservatórios de distribuição:a. Finalidade. b. Classificação. c. Objetivos, posicionamento, localização e capacidade de reservação. 8. Sistema de tratamento de esgotos:a. Níveis do tratamento dos esgotos: Preliminar, Primário, Secundário, Terciário.b. Características dos principais níveis de tratamento dos esgotos. c. Principais mecanismos de remoção de poluentes no tratamento de esgotos. d. Operações, processos e sistemas de tratamento (fase líquida). e. Operações, processos e sistemas de tratamento (fase sólida). f. Padrões de lançamento de efluentes (Resolução Conama, nº 430/2011.) 50. TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL EQUIPAMENTO E INSTRUMENTAL EM ODONTOLOGIA - Aplicações e reconhecimento por nome ou número; Isolamento de campo operatório; e Preparo de bandejas. BIOSSEGURANÇA EM ODONTOLOGIA - Precauções-padrão e riscos ocupacionais; Acidente de trabalho e conduta após exposição ao material biológico; Higienização das mãos; Equipamentos de proteção individual; Fluxo e processamento de artigos; Processamento de superfícies, linhas de água, rouparia e limpeza geral; Gerenciamento de resíduos em serviços odontológicos; e Proteção radiológica. MATERIAIS DENTÁRIOS - Categorias gerais, propriedades e indicações dos materiais dentários; Manipulação, preparação e aplicação. NOÇÕES DE ANATOMIA - Anatomia da cabeça e do pescoço; Anatomia dental interna e externa; Estruturas macroscópicas da cavidade oral; e Cronologia dental. NOÇÕES DE RADIOLOGIA - Técnicas radiográficas intrabucais; Filmes e processamento radiográfico; Montagem de cartelas; Soluções de processamento; Princípios gerais da aplicação em Odontologia; e Efeitos biológicos dos Raios-X. PATOLOGIA BUCAL - Câncer bucal; Distúrbio de desenvolvimento dos dentes, maxilares, mucosa bucal e língua; Lesões fundamentais; Lesões da mucosa bucal por agentes físicos, químicos e biológicos; Patologia óssea; Neoplasias benignas da cavidade bucal; Lesões malignas e pré-malignas da boca; Tumores odontogênicos; Patologia da glândula salivar; e Estomatodermatologia. PROMOÇÃO DA SAÚDE, PREVENÇÃO E CONTROLE DAS DOENÇAS BUCAIS - Índices epidemiológicos; Promoção da saúde e a prevenção das doenças bucais; Controlee prevenção da cárie e doenças periodontais; Epidemiologia da doença periodontal; Protocolos de exames; Terapia periodontal inicial; Halitose; Técnicas de higiene dental; Métodos de higienização e manutenção de próteses; Cariologia; Nutrição, Dieta e cárie; Flúor:metabolismo, toxicologia, fluorose e cárie dental; Reatividade de produtos fluoretados aplicados topicamente nodente; Fluoretação do sal e da água de abastecimento público; Aplicações tópicas de soluções, gel, pastas profiláticas e vernizes com flúor; Selantes; Diagnóstico precoce do câncer bucal; ERGONOMIA - Princípios ergonômicos na odontologia clínica; Odontologia a 4 mãos; e Prevenção de doençasocupacionais. PROCEDIMENTOS ANTE AS EMERGÊNCIAS E CUIDADOS PÓS-OPERATÓRIOS - Prevenção e tratamento de emergências médicas; Manejo do paciente no pós-operatório; Prevenção e tratamento das complicações cirúrgicas; Orientações ao paciente para o pré e pós-operatório; Remoção de suturas; e Primeiros socorros. COMUNICAÇÃO EDUCACIONAL PARA A SAÚDE - Educação em saúde bucal. 51. TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Riscos de acidentes, Acidentes de trabalho, Mapa de Risco Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, Atividades e operações insalubres, perigosas e penosas, Ergonomia,

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico;

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico; EMENTA DE CONTEÚDOS Eletricidade Conceitos fundamentais da eletricidade; Circuitos elétricos de corrente contínua; Tensão alternada; Gerador de funções; Operação do osciloscópio; Tensão e corrente alternadas

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

CAMPUS CRUZ DAS ALMAS Edital 01/2010. Área de Conhecimento

CAMPUS CRUZ DAS ALMAS Edital 01/2010. Área de Conhecimento CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CAMPUS CRUZ DAS ALMAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS - CETEC Área de Conhecimento Materiais, Estrutura e Sistemas Eletromecânicos PONTOS DO

Leia mais

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências.

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências. Titulação : Eletricista Nome Abreviado : Eletricista Nível : Aprendizagem Tipo de Curso : Aprendizagem Industrial Área : Eletroeletrônica Segmento de Área : Eletricidade Estratégia : Presencial Carga Horária

Leia mais

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO Administração/Logística Psicologia das Relações Humanas; Liderança e Gestão de Equipes; Professor de Psicologia Doutorado em Psicologia Enfermagem Segurança

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Eletricidade, Máquinas e Medidas Elétricas: 1.1. Princípios da Eletrodinâmica: Tensão Elétrica, Corrente Elétrica, Resistores Elétricos, Potência Elétrica e Leis de OHM; 1.2. Circuitos

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Técnico em Mecânica A respeito das bombas centrífugas é correto afirmar: A. A vazão é praticamente constante, independentemente da pressão de recalque. B. Quanto

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED 1º MED DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Especificação de elementos que compõem projetos; técnicas de desenho técnico e de representação gráfica correlacionadas com seus fundamentos matemáticos e geométricos;

Leia mais

PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS

PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS PONTOS PARA AS PROVAS ESCRITAS E DIDÁTICAS DISCIPLINAS: Mecânica Geral I; Estruturas de Aço; Estrutura de Concreto Armado I; Estrutura de Concreto Armado II. 1. Equilíbrio dos Corpos Rígidos em 2D e 3D;

Leia mais

1ª ERRATA DO EDITAL Nº 018/2010

1ª ERRATA DO EDITAL Nº 018/2010 A) No item: 1. DA ESPECIFICAÇÃO: Inclusão de Vagas: 1ª ERRATA DO EDITAL Nº 018/2010 094 Mineração 01 Belém Graduado em Engenharia de Minas 094 Mineração Belém 1. Desmonte de Rochas 2. Planejamento de Lavra

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: MECÂNICO DE AR CONDICIONADO AUTOMOTIVO - PRONATEC 200 horas ÁREA: AUTOMOTIVA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Manutenção Industrial Departamento de Ensino Superior DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Científica Técnicas para elaboração

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnico de Instalações Elétricas DISCIPLINA: Eletricidade / Eletrónica N.º TOTAL DE MÓDULOS: 8 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 N.º 1 30 Corrente Contínua Identificar

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA

CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA Bases Tecnológicas DESENHO TÉCNICO I Utilização de instrumentos para a elaboração de desenhos; Construções geométricas; Normas gerais de desenho técnico; Projeções ortogonais;

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS PONTOS PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR EDITAL 001/2009 Matéria/Área do Conhecimento: MATEMÁTICA 1. Transformações Lineares e Teorema do Núcleo

Leia mais

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso I MÓDULO I TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso Habilitar e qualificar profissionais para desenvolver atividades de projeto, especificação, instalação, montagem e manutenção de sistemas eletromecânicos

Leia mais

Parte 1 Introdução... 1

Parte 1 Introdução... 1 Sumário SUMÁRIO V Parte 1 Introdução... 1 Capítulo 1 Unidades de Medida... 3 Introdução...3 Grandezas Físicas...3 Múltiplos e Submúltiplos...4 Arredondamentos...6 Exercícios...7 Capítulo 2 Simbologia...

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS ELÉTRICOS SEMESTRE I CÁLCULO I A disciplina de Cálculo I visa abordar os conceitos de Função, Noções de Limites, Derivada: Definição e Conceito,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 5/2010 TEMAS PARA A PROVA DIDÁTICA

CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 5/2010 TEMAS PARA A PROVA DIDÁTICA Serviço Público Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Reitoria CONCURSO PÚBLICO EDITAL

Leia mais

ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO

ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO QUADRO RESUMO FORMAÇÃO UFCD (H) Análise de circuitos em corrente contínua 6008 25 Corrente alternada 6010 25 Eletrónica industrial 6023 25 Instalações elétricas - generalidades 6075

Leia mais

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EDA 1601 - INGLÊS INSTRUMENTAL I (2.0.0)2 English for Specific Purposes": introdução. Leitura e compreensão de texto: estratégias de leitura. Organização e partes

Leia mais

1ª PARTE: INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA ELETROTÉCNICA - IT

1ª PARTE: INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA ELETROTÉCNICA - IT 1ª PARTE: INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA ELETROTÉCNICA - IT SUMÁRIO Grandezas 01 1.1 Classificação das Grandezas 01 1.2 Grandezas Elétricas 01 2 Átomo (Estrutura Atômica) 01 2.1 Divisão do Átomo 01 3 Equilíbrio

Leia mais

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRDI Comissão Permanente de Magistério - COPEMA Edital nº 06/2011 Retificação de 07 de julho de 2011

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRDI Comissão Permanente de Magistério - COPEMA Edital nº 06/2011 Retificação de 07 de julho de 2011 Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRDI Comissão Permanente de Magistério - COPEMA Edital nº 06/2011 Retificação de 07 de julho de 2011 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO FUNDAMENTOS EM EDUCAÇÃO (Comum

Leia mais

PROVA DE AVALIAÇÃO TÉCNICO-MILITAR (PARTE ESPECÍFICA) Mecânicos de Electricidade MELECT

PROVA DE AVALIAÇÃO TÉCNICO-MILITAR (PARTE ESPECÍFICA) Mecânicos de Electricidade MELECT PROVA DE AVALIAÇÃO TÉCNICO-MILITAR (PARTE ESPECÍFICA) Mecânicos de MELECT ESTRUTURA DA PROVA Disciplina Capítulo Nº de questões Automação 01 3 02 2 03 2 01 1 Instalações Eléctricas 03 1 04 1 05 1 06 1

Leia mais

Ajustar, reparar e instalar peças e equipamentos em conjuntos mecânicos e dispositivos de usinagem e controle de precisão.

Ajustar, reparar e instalar peças e equipamentos em conjuntos mecânicos e dispositivos de usinagem e controle de precisão. CatÁlogo de cursos Eixo tecnológico - Controle e Processos Industriais Ajustador Mecânico Ajustar, reparar e instalar peças e equipamentos em conjuntos mecânicos e dispositivos de usinagem e controle de

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO

TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO TÉCNICO DE MANUTENÇÃO JR - ELÉTRICA BR DISTRIBUIDORA CONHECIMENTOS BÁSICOS DOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA I 1. Compreensão e interpretação de textos. 2. Tipologia textual. 3. Ortografia oficial.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 235, DE 2 DE JUNHO DE 2014 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PRISE/PROSEL- 1ª ETAPA DISCIPLINA QUIMICA EIXO TEMÁTICO: MATÉRIA, TRASFORMAÇÕES QUÍMICAS E AMBIENTE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PRISE/PROSEL- 1ª ETAPA DISCIPLINA QUIMICA EIXO TEMÁTICO: MATÉRIA, TRASFORMAÇÕES QUÍMICAS E AMBIENTE PRISE/PROSEL- 1ª ETAPA EIXO TEMÁTICO: MATÉRIA, TRASFORMAÇÕES QUÍMICAS E AMBIENTE COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO - Compreender as transformações químicas em linguagem discursivas. - Compreender os códigos

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81 Períodos de inscrições: no sítio http://www.concurso.ufjf.br a) Primeiro período: das 09h do dia 11/05/2009 até as 14h do dia 29/05/2009; b) Segundo período: das 09h do dia 22/06/2009 até as 14h do dia

Leia mais

Centro de Educação Integrada

Centro de Educação Integrada Centro de Educação Integrada 2º ANO BIOLOGIA Sistemática e classificação biológica Biodiversidade Vírus Reino Monera: bactérias e arqueas Reino Protoctistas: Algas e protozoários Reino Fungi: Fungos Fundamentos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA Ementas Tecnólogo em Fabricação Mecânica Departamento de Ensino Superior DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Científica Técnicas para elaboração de

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Integrado em Automação Industrial

Integrado em Automação Industrial Plano de Trabalho Docente (PTD) Integrado em Automação Industrial Ano Letivo de 2014 1 Sumário 1º Módulo COMPONENTE CURRICULAR: ELETRICIDADE BÁSICA... 5 COMPONENTE CURRICULAR: INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: Algoritmo e Programação I A disciplina aborda o estudo de algoritmos, envolvendo os conceitos fundamentais: variáveis, tipos de dados, constantes,

Leia mais

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ Código/Área de Estudo. Desenho Técnico, Desenho Assistido por Computador (CAD), Informática 02. Materiais para Construção Mecânica, Corrosão e Tribologia 03. Termodinâmica, Refrigeração, Transferência

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2014 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM ELETRÔNICA ANALÓGICA E DIGITAL

SISTEMA DE TREINAMENTO EM ELETRÔNICA ANALÓGICA E DIGITAL SISTEMA DE TREINAMENTO EM ELETRÔNICA ANALÓGICA E DIGITAL MODELO: CARACTERÍSTICAS Terminais banhados à ouro Fácil visualização dos circuitos 18 Módulos envolvendo os principais conceitos de elétrica e eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 1º Sem. 2014 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2013 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletrônica Digital I... 5 Componente Curricular: Eletricidade

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

Reparador de Circuitos Eletrônicos

Reparador de Circuitos Eletrônicos Reparador de Circuitos Eletrônicos O Curso de Reparador de Circuitos Eletrônicos tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas a princípios e leis que regem o funcionamento e a reparação

Leia mais

QUÍMICA Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 1ª período

QUÍMICA Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 1ª período QUÍMICA Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Conclusão 74471 Química Estrutural 34 Química Química Inorgânica para Ciências Farmacêuticas OU 68 68977 Ciências Farmacêuticas 2008

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1) Geração e Transferência de Tecnologia 1.1) Estudo de viabilidade técnico-econômica de projetos Princípios fundamentais de aplicação de capital. Mecanismos de aplicação. Investimentos.

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

EDI-34 Instalações Elétricas

EDI-34 Instalações Elétricas EDI-34 Instalações Elétricas Plano de Disciplina 2º semestre de 2015 1. Identificação Sigla e título: EDI-34 Instalações Elétricas Curso de Engenharia Civil-Aeronáutica Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Leia mais

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa.

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa. : Técnico em Informática Descrição do Perfil Profissional: O profissional com habilitação Técnica em Microinformática, certificado pelo SENAI-MG, deverá ser capaz de: preparar ambientes para a instalação

Leia mais

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos DOC MQB -02 MQB.pdf 1/5 Cargo: Assistente de Laboratório 1. Planejar o trabalho de apoio do laboratório: Interpretar ordens de serviços programadas, programar o suprimento de materiais, as etapas de trabalho,

Leia mais

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL CONVÊNIO COM O SENAI Matriz Curricular válida para os acadêmicos

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html Novos Cursos O SENAI criou 40 novos cursos a distância, sendo 10 cursos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Fase Cód. Disciplina Prérequisitos Carga Horária

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADES Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

Física Interação e Tecnologia

Física Interação e Tecnologia Apontamentos das obras LeYa em relação as Orientações Teórico-Metodológicas para o Ensino Médio do estado de PERNAMBUCO Física Interação e Tecnologia 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA - 2013

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA - 2013 PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA - 2013 FÍSICA CARLOS 3ª MÉDIO Srs. pais ou responsáveis, caros alunos, Encaminhamos a Programação de Etapa, material de apoio para o acompanhamento dos conteúdos e habilidades que

Leia mais

Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente

Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente Curso Técnico em Segurança do Trabalho Subsequente PERFIL PROFISSIONAL Profissional capaz de orientar e intervir na realidade do processo produtivo, promovendo mudanças em relação às aplicações tecnológicas

Leia mais

mais 200 de Estágio Profissional Supervisionado MÓDULO: 20 Organização: SEMESTRAL SEMESTRES DISCIPLINAS T P T P T P T P

mais 200 de Estágio Profissional Supervisionado MÓDULO: 20 Organização: SEMESTRAL SEMESTRES DISCIPLINAS T P T P T P T P 1 Matriz curricular Estabelecimento: Centro Estadual de Educação Profissional de Curitiba Município: Curitiba CURSO: TÉCNICO EM ELETROMECANICA FORMA: Implantação gradativa a partir de 2010 Carga horária:

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular PlanoCurricular

Plano Curricular Plano Curricular PlanoCurricular Área de formação 522. Eletricidade e Energia Curso de formação Técnico/a de Instalações Elétricas Nível de qualificação do QNQ 4 Componentes de Sociocultural Duração: 775 horas Científica Duração: 400

Leia mais

DESCUBRA a evolução do conteúdo educacional

DESCUBRA a evolução do conteúdo educacional DESCUBRA a evolução do conteúdo educacional Química Aprenda química de forma super interativa e inovadora. Explore diversos conteúdos da disciplina: os elementos químicos, tabela periódica, modelos atômicos

Leia mais

Catálogo de Cursos TELECOMUNICAÇÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

Catálogo de Cursos TELECOMUNICAÇÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL TELECOMUNICAÇÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO ANTENISTA Proporcionar ao treinando conhecimentos necessários 2. OBJETIVO para o desenvolvimento

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 ÁREA DE ACTIVIDADE - ELECTRÓNICA E AUTOMAÇÃO OBJECTIVO GLOBAL

Leia mais

Matriz Curricular. Carga Horária: 1760 h/a 1467 horas mais 240 h/a 200 horas de Estágio Supervisionado Organização Semestral SEMESTRES 1º 2º 3º 4º

Matriz Curricular. Carga Horária: 1760 h/a 1467 horas mais 240 h/a 200 horas de Estágio Supervisionado Organização Semestral SEMESTRES 1º 2º 3º 4º 1 Matriz Curricular Estabelecimento: Centro Estadual de Educação Profissional de Curitiba Município: 0690 Curitiba Curso: 792 CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA Forma: Subseqüente Implantação gradativa a partir

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS O diodo de junção possui duas regiões de materiais semicondutores dos tipos N e P. Esse dispositivo é amplamente aplicado em circuitos chaveados, como, por exemplo, fontes de

Leia mais

Ementas. Carga Horária: 48h

Ementas. Carga Horária: 48h Ementas Disciplina: Técnicas de Comunicação Oral e Escrita Ementa: Técnicas para Elaboração de Documentos; Metodologias para apresentação de trabalhos; Técnicas de comunicação e público; Linguagem. Competência:

Leia mais

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO Categoria e Atribuições Executar a montagem de painéis e quadro de distribuição, caixas de fusíveis e outros instrumentos de comandos, encaixando e ajustando as peças

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 05/03/2014 10:06. Centro de Ciências Exatas e Naturais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 05/03/2014 10:06. Centro de Ciências Exatas e Naturais 5// :6 Centro de Ciências Exatas e Naturais Curso: Ciência da Computação (Noturno) Currículo: 7/ CMP.8.- Introdução à Computação Ementa: O que é Ciência da Computação. História da Computação. Estrutura

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

AVIÔNICOS II - ELETRÔNICA

AVIÔNICOS II - ELETRÔNICA CAPÍTULO 1 - CIRCUITOS REATIVOS AVIÔNICOS II - ELETRÔNICA SUMÁRIO Circuito Reativo em série... 1-1 Circuito RC em série... 1-5 Circuito RCL em série... 1-8 Ressonância em série... 1-10 Circuito RL em paralelo...

Leia mais

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO Curso Disciplina ADMINISTRAÇÃO - NATAL ANÁLISE DE INVESTIMENTOS

Leia mais

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sua competência e em conformidade com o estabelecido no 1o- do art 10, da Lei no- 11.091, de 12 de janeiro de 2005, resolve:

Leia mais

Automação industrial Sensores

Automação industrial Sensores Automação industrial Sensores Análise de Circuitos Sensores Aula 01 Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos 3 Modulo Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina O que são sensores?

Leia mais

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC MEDIDAS ELÉTRIC AS MANUAL DO PROFESSOR Manual

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE COMPUTAÇÃO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE COMPUTAÇÃO EMENTAS DAS S DO CURSO DE COMPUTAÇÃO INTRODUÇÃO A INFORMÁTICA EMENTA: Conceito de Informática, informação, dados e computadores; evolução histórica dos computadores; anatomia de um computador conceitos

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL DE ABERTURA PROGESP/UFGD Nº. 01, DE 06 DE MAIO DE 2015 ANEXO I ÁREAS E REQUISITOS EXIGIDOS Retificadas as áreas de Laboratório do Curso de Engenharia de Energia / Informática Desenvolvimento / Informática:

Leia mais

O mundo da energia...9 1. Uma presença universal... 10

O mundo da energia...9 1. Uma presença universal... 10 S UNIDADE 1 U M Á R I O O mundo da energia...9 1. Uma presença universal... 10 ENERGIA, SEMPRE MUDANDO DE FORMA...11 ENERGIA AO LONGO DA HISTÓRIA...16 NA VIDA MODERNA...18 Buscando a sustentabilidade...20

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRIO CURSO PROFISSIONAL

ENSINO SECUNDÁRIO CURSO PROFISSIONAL ESCOLA: Escola Secundária dr. Solano de Abreu DISCIPLINA: Eletricidade e Eletrónica Módulo 1 ANO: 10º ANO 2014/2015 As grandezas mais importantes do circuito elétrico. A lei de OHM. A lei de JOULE. Os

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO A B C Álgebra Linear Álgebra Linear Computacional Álgebra Linear II Algoritmos e Estrutura de Dados I Algoritmos e Estrutura de Dados II Algoritmos em Bioinformática Alteridade e Diversidade no Brasil

Leia mais

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE -2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE DISCURSIVA OBJETIVA QUÍMICA FÍSICA QUÍMICA FÍSICA Matéria e energia Propriedades da matéria Mudanças de estado físico

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO; A-02 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR

Leia mais

Referências Bibliográficas: Livros didáticos do Ensino Fundamental e/ou Médio.

Referências Bibliográficas: Livros didáticos do Ensino Fundamental e/ou Médio. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.1 - LÍNGUA PORTUGUESA (para todos os cargos): a) Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação gráfica. Flexão do substantivo (gênero masculino

Leia mais

Área 521 Metalurgia e Metalomecânica CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL. Serralheiro(a) Mecânico(a) Júnior de Cunhos e Cortantes

Área 521 Metalurgia e Metalomecânica CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL. Serralheiro(a) Mecânico(a) Júnior de Cunhos e Cortantes Área 521 Metalurgia e Metalomecânica CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE Serralheiro(a) Mecânico(a) Júnior de Cunhos e Cortantes GUIA DE CURSO 1/6 Curso Serralheiro(a) Mecânico(a) Júnior de Cunhos e

Leia mais

Informativo Bibliográfico

Informativo Bibliográfico Informativo Bibliográfico nº. 1-2011 Automação Eletropneumática Nº de Chamada: 62-5:681.5 B697a Escola SENAI "Oscar Rodrigues Alves" Biblioteca BONACORSO, Nelson Gauze; NOLL, Valdir.Automação Eletropneumática.11

Leia mais

CÁLCULO DE DUAS VARIAVEIS

CÁLCULO DE DUAS VARIAVEIS CÁLCULO DE DUAS VARIAVEIS CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS ÓTICA, ONDAS E ELETROMAGNETISMO QUÍMICA GERAL E EXPERIMENTAL ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.1 Eng. Civil- Campus Mossoró) 3ª série Funções

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Coordenador: Duração: Carga Horária: LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Victor Emanuel Corrêa Lima 6 semestres 2800 horas Situação Legal: Reconhecido pela Portaria MEC nº 503 de 15/02/2006 MATRIZ CURRICULAR Primeiro

Leia mais

Áreas do Conhecimento - Engenharias

Áreas do Conhecimento - Engenharias Áreas do Conhecimento - Engenharias Engenharias Engenharia Civil Construção Civil Materiais e Componentes de Construção Processos Construtivos Instalações Prediais Estruturas Estruturas de Concreto Estruturas

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ARQUITETURA DE COMPUTADORES... 4 02 FILOSOFIA... 4 03 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA COMPUTAÇÃO...

Leia mais

Figura 8.1 Representação esquemática de um transformador.

Figura 8.1 Representação esquemática de um transformador. CAPÍTULO 8 TRANSFORMADORES ELÉTRICOS 8.1 CONCEITO O transformador, representado esquematicamente na Figura 8.1, é um aparelho estático que transporta energia elétrica, por indução eletromagnética, do primário

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 25/08/2015 16:57. Centro de Ciências Tecnológicas

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 25/08/2015 16:57. Centro de Ciências Tecnológicas 5/8/15 16:57 Centro de Ciências Tecnológicas Curso: 19 Engenharia Mecânica (Noturno) Currículo: 15/ 1 EDU.5.-5 Universidade, Ciência e Pesquisa Ementa: A função da Universidade como instituição de produção

Leia mais

LINHA DE EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS PARA ÁREA DE ELETROTÉCNICA: DESCRIÇÃO ETC S

LINHA DE EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS PARA ÁREA DE ELETROTÉCNICA: DESCRIÇÃO ETC S EQUACIONAL ELÉTRICA E MECÂNICA LTDA. RUA SECUNDINO DOMINGUES 787, JARDIM INDEPENDÊNCIA, SÃO PAULO, SP TELEFONE (011) 2100-0777 - FAX (011) 2100-0779 - CEP 03223-110 INTERNET: http://www.equacional.com.br

Leia mais

ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO

ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO PLANO TRABALHO DOCENTE 2º SEMESTRE 2013 1 Sumário 2º Módulo Componente Curricular: Instrumentação Aplicada

Leia mais

ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS - END Ensaios realizados em materiais, acabados ou semi acabados, para verificar a existência ou não de descontinuidades ou defeitos, através de princípios físicos definidos, sem

Leia mais

FORMAÇÃO INICIAL. Qualificação Profissional Básica PLANO DE CURSO PRONATEC EAD. ELETRICISTA DE AUTOMÓVEIS 220 horas

FORMAÇÃO INICIAL. Qualificação Profissional Básica PLANO DE CURSO PRONATEC EAD. ELETRICISTA DE AUTOMÓVEIS 220 horas FORMAÇÃO INICIAL Qualificação Profissional Básica PLANO DE CURSO PRONATEC EAD ELETRICISTA DE AUTOMÓVEIS 220 horas (176 horas à distância e 44 presencial) ÁREA PROFISSIONAL: Automotiva EIXO TECNOLÓGICO:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 23/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase I

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS GABINETE DA REITORIA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO N. 33/2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS GABINETE DA REITORIA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO N. 33/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS GABINETE DA REITORIA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO N. 33/2013 O Centro de Seleção da UFG estabelece e torna público as orientações gerais das atividades

Leia mais

CARGA CURSO DISCIPLINA

CARGA CURSO DISCIPLINA CARGA CURSO DISCIPLINA HORARIA Administração AD ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS II 40 AD CONTABILIDADE E CUSTOS II 40 AD CONTABILIDADE GERENCIAL 40 AD ECONOMIA INDUSTRIAL 40 AD ESTATÍSTICA

Leia mais

CORROSÃO E PROTEÇÃO CATÓDICA DE TUBULAÇÕES ENTERRADAS E TANQUES EM PLANTAS INDUSTRIAIS

CORROSÃO E PROTEÇÃO CATÓDICA DE TUBULAÇÕES ENTERRADAS E TANQUES EM PLANTAS INDUSTRIAIS CORROSÃO E PROTEÇÃO CATÓDICA DE TUBULAÇÕES ENTERRADAS E TANQUES EM PLANTAS INDUSTRIAIS Eng o Luiz Paulo Gomes Diretor da IEC-Instalações e Engenharia de Corrosão Ltda LPgomes@iecengenharia.com.br 21 2159

Leia mais