Como funciona um Antivírus

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como funciona um Antivírus"

Transcrição

1 Como funciona um Antivírus Diretor comercial da Winco, empresa que representa o AVG no Brasil, relata como funcionam os métodos de detecção dos antivírus. Como o software antivírus sabe que determinado arquivo é um vírus? Existem várias maneiras de determinar que um software é um arquivo malicioso, também conhecido como malware ou, mais popularmente, vírus (ou cavalos de troia, worm, diallers, jokers etc.); vamos começar pelo mais antigo dos métodos: a detecção por assinatura. A detecção de vírus por assinatura usa um método muito simples de ser compreendido por leigos. Após receber uma cópia do arquivo e verificar o que ele faz no computador (suas ações, APIs que executam, processos que iniciam) e encontrar indícios, um laboratório de análise de vírus determina que aquele artefato é malicioso. Então, o laboratório de vírus tira um hash do arquivo, uma identificação única do mesmo (como uma assinatura eletrônica) e adiciona esse hash à lista de definições da aplicação antivírus. Uma vez assinado, podemos alterar o nome do arquivo e sua extensão, mas o hash será sempre o mesmo. Um hash usando o MD5, por exemplo, tem a seguinte forma: B1A8997C82880EC6BCE98F3E8A144E67.EXE BA43AB1FE371AE1DE4E60676FB EXE BC960035FB37F8FC07C45036DC78B67F.EXE BC960035FB37F8FC07C45036DC78B67F.COM BC960035FB37F8FC07C45036DC78B67F.JPG

2 Note que o arquivo BC960035FB37F8FC07C45036DC78B67F tem várias extensões e a mesma assinatura MD5. Portanto, é o mesmo arquivo com várias extensões diferentes; apesar disso, para o antivírus não importa. Se for classificado como malware, será detectado independentemente da extensão, pois o que vale é a sua assinatura. Para efeitos didáticos, usei o MD5, mas ele não é eficiente para ser usado em um antivírus. As empresas usam algoritmos próprios que aceleram a detecção de potenciais arquivos maliciosos. Além disso, é feita uma otimização do processo de varredura de arquivos; em milissegundos, o sistema de detecção deve comparar o hash dos arquivos em um diretório com milhões de assinaturas conhecidas. Algoritmos próprios evitam o mais terrível dos problemas: falsos positivos. Quando uma empresa detecta "por engano" um arquivo válido, situações muito ruins podem acontecer. Imagine detectar o "explorer.exe" como vírus? O computador nem vai entrar em operação, devido à remoção do arquivo. Pense em um administrador de rede com máquinas com o "explorer.exe" indo para a quarentena devido a um erro. Chega a ser mais problemático do que o vírus em si. Há um método que simplesmente funciona bem e ocupa menos memória/processador que os outros métodos. Certa empresa tem uma parceria com diversos bancos brasileiros e são enviados, diariamente, cerca de 60 novos artefatos para detecção por assinatura nos laboratórios de vírus da AVG. A AVG também tem um laboratório no Brasil, em parceria com o CTI-Cenpra de Campinas, onde dezenas de arquivos são analisados diariamente. Somente no Brasil, 60 artefatos são enviados para detecção por dia. Imagine quantos não são detectados aqui e no mundo? Para isso, teríamos de fazer as análises heurísticas e análises de comportamento, a nova fronteira de análise de arquivos maliciosos - assuntos que serão tratados em artigos posteriores. Se há uma dica possível, ela é simples. Mantenha o antivírus atualizado e passe verificações regulares no disco de seu computador. Saiba que tem muita gente trabalhando para que você fique protegido, mas o trabalho nunca acabará.

3 Conta a lenda que a palavra "heurística" tem origem no grego; escrita originalmente como "Εὑρίσκω", seu significado é "descoberta", porém o vocábulo mais comumente usado nesse sentido é "eureka" (que tem a mesma origem etimológica). Todos os antivírus comerciais têm sua máquina de detecção heurística, que pode ter maior ou menor importância dentro da aplicação; também conhecida com "heuristic engine", ela é a maior causadora de um velho e conhecido problema dos antivírus - deixa o PC novinho em folha, porém mais lerdo que uma carroça. Por que isso acontece? Diferentemente da detecção por assinatura, que usa um hash único para um código malicioso conhecido, a Heurística compara assinaturas conhecidas usando dados genéricos sobre elas. Portanto, usando o exemplo do artigo anterior (parte 1), vamos pegar a assinaturas usando um hash MD5: B1A8997C82880EC6BCE98F3E8A144E67.EXE -> Trojan BA43AB1FE371AE1DE4E60676FB EXE -> Worm BA43AB1FE371AE1DE4E60676FB EXE -> HEUR-Generic Worm BC960035FB37F8FC07C45036DC78B67F.EXE -> Virus BC960035FB37F8FC07C45036DC78B68D.EXE -> HEUR-Generic Virus No exemplo acima, que é estritamente didático, tínhamos algumas assinaturas de vírus conhecidas e a detecção heurística detectou mais dois vírus "genéricos", sem assinatura encontrada, através da comparação com um código conhecido de vírus. Em alguns departamentos de marketing de empresas de antivírus, isso é chamado de "zero-day threats"; apesar no nome incomum, nada mais é do que a comparação entre elementos que já existem.

4 Estratégia muito eficaz, já que boa parte dos códigos maliciosos encontrados na Internet não são únicos e nem originais - e sim cópias de códigos feitos por especialistas, editados para mudar seu conteúdo e, consequentemente, gerando um novo hash para os vírus. Portanto, ao descobrir um malware, podem ser descobertos também muitos "irmãos" deles, sem nunca nem tê-los visto; somente comparando-os através da heurística computacional. O que deixa o computador lento? Se dá um baita trabalho comparar milhões de assinaturas conhecidas com os arquivos em seu computador em milissegundos, imagine comparar milhões de assinaturas e várias combinações delas de forma heurística em seu computador. Esse procedimento usará cada gigahertz de seu novo processador e cada espaço da memória do PC para fazer os caches e cálculos. E não para por aí... Muitas vezes, você corre o risco de ter um arquivo com uma assinatura parecida com o vírus, mas que é um arquivo legítimo. Nesses casos, o dono do computador terá um bom trabalho para se certificar de que o computador não esteja realmente infectado, pois o antivírus vai acusar a todo o momento a presença do malware. Como não bastasse isso, ainda existem os famosos worms polimórficos (polymorphic worms), que têm a particularidade de alterarem a si mesmos de forma autônoma (cada novo exemplar é uma nova cópia, com assinatura totalmente diferente); dão uma dor de cabeça danada às empresas que usam pouco as máquinas de heurística, mas são excelentes para as empresas que têm antivírus "pesadões", porque eles detectam melhor o tipo. Quem tem um antivírus leve, precisará vasculhar a Internet em busca do máximo de assinaturas possíveis, um verdadeiro "Deus nos acuda". Para encerrar, uma frase de Economia que se aplica perfeitamente a softwares antivírus: "Não existe almoço grátis. Sempre alguém paga a conta." -> Se você trabalha baseando-se somente em assinatura => Nunca vai detectar todos os vírus, porque é virtualmente impossível ter todo o conhecimento do mundo em seu produto. -> Se você tem uma Heurística avançada => O computador ficará lento demais e, certamente, o usuário reclamará de você.

5 -> Se você tem 2 ou mais bases de assinaturas de vírus => Além de duplicar a possibilidade de falsos positivos, o computador tem de fazer o dobro dos cálculos para a mesma tarefa. Então, qual a solução? O mercado de antivírus é grande e tem mais de 50 grandes players, com equipes enormes tentando ajudar você a se proteger. Existem novas fronteiras e uma dela é baseada na detecção por comportamento, também conhecido como "behavior detection". É o que veremos na próxima matéria. Softwares antivírus tiveram grandes avanços tecnológicos nos últimos 20 anos, desde que o os vírus começaram a se espalhar em uma "era" pré-internet. Quem tem 15 anos ou mais de Informática deve lembrar que era uma correria danada para conseguir o disquete com o novo DAT do antivírus mais atualizado ou compartilhar um novo executável das grandes empresas de segurança contra malwares. Sem dúvida, estávamos na "era do gelo" da proteção antivírus. Com o passar do tempo, além da verificação de arquivos (processo popularmente chamado de scan), outras ferramentas foram acrescentadas, como a proteção residente, proteção de s, proteção on-line... A última geração de produtos antivírus utiliza também uma proteção bastante interessante chamada "proteção por comportamento": no AVG, é chamado de AVG Identity Protection, nome criado para mostrar que o produto pode reconhecer malwares totalmente novos, sem nenhuma assinatura previamente conhecida. Ou seja, além da detecção por assinatura e da detecção heurística, alguns produtos de última geração, como o AVG Internet Security 9.0, são capazes de detectar arquivos de vírus completamente novos e sem nenhuma correlação com a base de dados previamente conhecida. Como os novos antivírus fazem isso É de conhecimento público o comportamento que boa parte dos vírus toma ao infectar uma máquina qualquer com o sistema operacional Windows. Os desenvolvedores de vírus, principalmente os de cavalos de troia e droppers, usam a mesma sequência de processos e chaves dentro do Windows para fazer a varredura de senhas, downloads, zumbis etc. Então, a detecção

6 por comportamento verifica a sequência de processos e determina se aquele processo monitorado é ou não um vírus. Veja a imagem abaixo, que explica melhor o comportamento de um malware detectado por comportamento: Para resumir (e dando um exemplo figurado das formas de detecção de vírus), imagine que você está está desconfiado de que uma pessoa é um ladrão de carros. Então: * Se essa pessoa tiver ficha na polícia por furto/roubo de carros, certamente é um ladrão de carros. Isso é detecção por assinatura, pois, graças a um furto anterior, você deduziu e determinou que ele rouba carros; * Se ela não tem ficha na polícia, mas existe um conhecido ladrão com o nome muito parecido e com o mesmo endereço e tipo físico, provavelmente eles são a mesma pessoa: detecção heurística. Suas características são tão parecidas que permitem determinar que ele é a mesma pessoa de quem você está desconfiado;

7 * Se não tem ficha na polícia nem nenhum indício que comprove que ele é um ladrão de carros, mas a pessoa comporta-se como tal, andando com chaves variadas, olhando seu carro com jeito estranho, sabe tudo de alarmes de carros e de como desativá-los: detecção por comportamento, por não termos assinatura (ficha) nem heurística (dados semelhantes), mas, devido seu comportamento, determinamos que ele é mesmo um ladrão de carros. Desnecessário dizer que a detecção por comportamento pode dar muitos falsos positivos e que a possibilidade de detectar algo errado é bastante alta. Por isso, essa tecnologia não é usada pela maioria dos antivírus e somente empresas que sabem muito bem o que estão fazendo incluem essa tecnologia em seus produtos. Que vários mitos sobre esta indústria definitivamente caiam e possamos ter o máximo de colaboradores possíveis para fazermos os melhores produtos para o mercado de segurança. É o que todos devemos esperar.

Informática Aplicada a Gastronomia

Informática Aplicada a Gastronomia Informática Aplicada a Gastronomia Aula 3.1 Prof. Carlos Henrique M. Ferreira chmferreira@hotmail.com Introdução Quando você sai de casa, certamente toma alguns cuidados para se proteger de assaltos e

Leia mais

Vírus Professor: Pedro R3 Junior. Vírus

Vírus Professor: Pedro R3 Junior. Vírus Conceitos Conceitos Pequenos segmentos de código com capacidade de se agregar ao código de outros programas. Além do mecanismo de reprodução disparado a cada vez que o programa infectado é executado, eles

Leia mais

Antivírus. Trabalho elaborado por. Ana Ferreira. Patricia Ferreira

Antivírus. Trabalho elaborado por. Ana Ferreira. Patricia Ferreira Antivírus Trabalho elaborado por Ana Ferreira Patricia Ferreira Índice O que são... 3 Para que servem?... 3 Dicas De Segurança: Antivírus Pagos Ou Gratuitos?... 4 Como se faz a instalação do antivírus?

Leia mais

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente.

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente. Noções básicas sobre segurança e computação segura Se você se conecta à Internet, permite que outras pessoas usem seu computador ou compartilha arquivos com outros, deve tomar algumas medidas para proteger

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 Segurança da Informação A segurança da informação busca reduzir os riscos de vazamentos, fraudes, erros, uso indevido, sabotagens, paralisações, roubo de informações ou

Leia mais

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA DIGITAL Wagner de Oliveira OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA Hoje em dia a informação é um item dos mais valiosos das grandes Empresas. Banco do Brasil Conscientizar da necessidade

Leia mais

Novidades do AVG 2013

Novidades do AVG 2013 Novidades do AVG 2013 Conteúdo Licenciamento Instalação Verificação Componentes Outras características Treinamento AVG 2 Licenciamento Instalação Verificação Componentes do AVG Outras características Treinamento

Leia mais

mais segurança na internet próximo Um guia para você tirar suas dúvidas sobre segurança na internet e proteger sua empresa.

mais segurança na internet próximo Um guia para você tirar suas dúvidas sobre segurança na internet e proteger sua empresa. mais segurança na internet Um guia para você tirar suas dúvidas sobre segurança na internet e proteger sua empresa. Suas atitudes na internet podem influenciar a segurança da sua empresa. Você é cuidadoso

Leia mais

13/3/2012. Prof. Flávio Ferry DIE UFPI - 2012

13/3/2012. Prof. Flávio Ferry DIE UFPI - 2012 Prof. Flávio Ferry DIE UFPI - 2012 Pequeno programa criado com a intenção de provocar danos a dados ou lentidão de processamento. Razão do nome = Estes programas são feitos para serem auto instaláveis

Leia mais

INE 5223 Informática para Secretariado

INE 5223 Informática para Secretariado 4. AMBIENTE INTERNET UFSC Prof.: Achilles Colombo Prudêncio 4. Ambiente Internet UFSC 4.2. Utilização de Recursos da Internet O uso dos recursos da Internet vem sendo comentado sempre, em todos os tópicos

Leia mais

Microsoft Windows 7 / Vista / XP / 2000 / Home Server. Guia de Inicialização Rápida

Microsoft Windows 7 / Vista / XP / 2000 / Home Server. Guia de Inicialização Rápida Microsoft Windows 7 / Vista / XP / 2000 / Home Server Guia de Inicialização Rápida O ESET Smart Security fornece proteção de última geração para o seu computador contra código malicioso. Com base no ThreatSense,

Leia mais

Aula A 3 ula 11 Windows-Internet

Aula A 3 ula 11 Windows-Internet Aula 3 11 Aula 1 SEGURANÇA NA INTERNET Vírus 2 Vírus Código escrito com a intenção expressa de replicar a si mesmo. Ele pode causar estragos no seu computador, nos programas ou dados. 3 Diferenças entre

Leia mais

GENERALIDADES SOBRE ANTI-VÍRUS

GENERALIDADES SOBRE ANTI-VÍRUS Índice GENERALIDADES SOBRE ANTI-VÍRUS... 2 Contaminação... 3 Detecção de vírus... 4 Algumas formas de evitar Vírus... 4 Worms... 5 Variantes... 5 Trojan Horse (Cavalo de Tróia)... 6 Spywares... 7 GENERALIDADES

Leia mais

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente.

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente. Segurança da Informação Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Engenharia Social Chama-se Engenharia Social as práticas utilizadas para obter acesso a informações importantes ou sigilosas em organizações

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho

Prof. Demétrios Coutinho Prof. Demétrios Coutinho Hoje em dia a informação é o bem mais valioso de uma empresa/cliente. A segurança da informação é um conjunto de medidas que se constituem basicamente de controles e política de

Leia mais

Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta

Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo e tenta se espalhar

Leia mais

Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos

Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos Malware O termo malware é proveniente do inglês malicious software; é um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 6 Segurança na Camada de Aplicação Obtenção de Acesso não Autorizado via Malwares Vírus, Worms, Trojan e Spyware Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br

Leia mais

Escaneando seu computador com o Avira AntiVir 10

Escaneando seu computador com o Avira AntiVir 10 Escaneando seu computador com o Avira AntiVir 10 Para fazer um scan, clique com o botão direito do mouse sobre o símbolo do Avira AntiVir (aquele guarda-chuva vermelho aberto ao lado do relógio do Windows)

Leia mais

Dicas de segurança na internet

Dicas de segurança na internet Dicas de segurança na internet Introdução Quando você sai de casa, certamente toma alguns cuidados para se proteger de assaltos e outros perigos existentes nas ruas. Na internet, é igualmente importante

Leia mais

ESET NOD32 ANTIVIRUS 8

ESET NOD32 ANTIVIRUS 8 ESET NOD32 ANTIVIRUS 8 Microsoft Windows 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP / Home Server 2003 / Home Server 2011 Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento

Leia mais

GUIA DE TRANQÜILIDADE

GUIA DE TRANQÜILIDADE GUIA DE TRANQÜILIDADE NA INTERNET versão reduzida Você pode navegar com segurança pela Internet. Basta tomar alguns cuidados. Aqui você vai encontrar um resumo com dicas práticas sobre como acessar a Internet

Leia mais

ESET NOD32 ANTIVIRUS 9

ESET NOD32 ANTIVIRUS 9 ESET NOD32 ANTIVIRUS 9 Microsoft Windows 10 / 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento O ESET NOD32 Antivirus fornece

Leia mais

ESET NOD32 ANTIVIRUS 6

ESET NOD32 ANTIVIRUS 6 ESET NOD32 ANTIVIRUS 6 Microsoft Windows 8 / 7 / Vista / XP / Home Server Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento O ESET NOD32 Antivirus fornece

Leia mais

COMO FUNCIONA UM ANTIVÍRUS E QUAIS SUAS PRINCIPAIS FALHAS

COMO FUNCIONA UM ANTIVÍRUS E QUAIS SUAS PRINCIPAIS FALHAS COMO FUNCIONA UM ANTIVÍRUS E QUAIS SUAS PRINCIPAIS FALHAS Luiz Guilherme de Barros Almeida ¹, Júlio Cesar Pereira ¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil luizguilhermescmc@gmail.com Resumo.

Leia mais

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7 MANUAL DO PRODUTO TIM Protect Família Versão 10.7 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 TIM Protect Família... 4 2.1 Instalação do TIM Protect Família... 5 2.1.1 TIM Protect Família instalado... 7 2.2 Ativação do

Leia mais

MALWARE`S. Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho

MALWARE`S. Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho MALWARE`S Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho MALWARE O termo software; é proveniente do inglês malicious É destinado a se infiltrar em um sistema de computador alheio de forma ilícita, com o

Leia mais

O NEGÓCIO DA CERTO O NEGÓCIO DA CERTO APRENDA COMO AUMENTAR O DESEMPENHO DO SEU COMPUTADOR COM DICAS SIMPLES E FÁCEIS

O NEGÓCIO DA CERTO O NEGÓCIO DA CERTO APRENDA COMO AUMENTAR O DESEMPENHO DO SEU COMPUTADOR COM DICAS SIMPLES E FÁCEIS O APRENDA COMO AUMENTAR O DESEMPENHO DO SEU COMPUTADOR COM DICAS SIMPLES E FÁCEIS Índice Introdução...3 O Autor...4 Ícones (Atalhos)...5 Organizando Barra De Tarefas...6 Anti Vírus...8 Limpeza De Disco...9

Leia mais

Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos

Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos Sumário Visão geral de novos recursos 2 Instalação, ativação, licenciamento 2 Internet Security 3 Proteção Avançada 4

Leia mais

ESET SMART SECURITY 7

ESET SMART SECURITY 7 ESET SMART SECURITY 7 Microsoft Windows 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP / Home Server 2003 / Home Server 2011 Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento

Leia mais

Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral. Prof. Paulo A. Neukamp

Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral. Prof. Paulo A. Neukamp Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral Prof. Paulo A. Neukamp Mallware (Parte 01) Objetivo: Descrever de maneira introdutória o funcionamento de códigos maliciosos e os seus respectivos impactos. Agenda

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor

Leia mais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Segurança na Internet Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Segurança de Computadores Senhas Engenharia Social Vulnerabilidade Códigos Maliciosos Negação de Serviço 2 Segurança de Computadores

Leia mais

DICAS. importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em "Logout", "Sair" ou equivalente:

DICAS. importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em Logout, Sair ou equivalente: DICAS importantes para sua segurança. 1Saia sempre do SISTEMA, clicando em "Logout", "Sair" ou equivalente: Ao acessar seu e-mail, sua conta em um site de comércio eletrônico, seu perfil no Facebook, seu

Leia mais

ESET SMART SECURITY 9

ESET SMART SECURITY 9 ESET SMART SECURITY 9 Microsoft Windows 10 / 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento o ESET Smart Security é um software

Leia mais

Tutorial Controle de Acesso a Internet e programas no ambiente Windows. Instalação do programa

Tutorial Controle de Acesso a Internet e programas no ambiente Windows. Instalação do programa Tutorial Controle de Acesso a Internet e programas no ambiente Windows Instalação do programa Iniciaremos a instalação do programa responsável pela filtragem ou seja controle de execução de programas e

Leia mais

NOTÍCIAS BLOGS GAMES REVIEWS GADGETS DOWNLOADS DICAS MULTIMÍDIA TÓPICOS VAGAS REVISTA SHOPPING INFOStart

NOTÍCIAS BLOGS GAMES REVIEWS GADGETS DOWNLOADS DICAS MULTIMÍDIA TÓPICOS VAGAS REVISTA SHOPPING INFOStart INFO Online NOTÍCIAS BLOGS GAMES REVIEWS GADGETS DOWNLOADS DICAS MULTIMÍDIA TÓPICOS VAGAS REVISTA SHOPPING INFOStart Qual é o melhor antivírus gratuito? Por Fabiano Candido, de INFO Online * sexta, 30

Leia mais

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso:

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso: MALWARE Spyware É o termo utilizado para se referir a uma grande categoria de software que tem o objetivo de monitorar atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros. Seguem

Leia mais

Matéria para Olhar Digital Quadro: Laboratório Digital Assunto: Melhor Antivirus Pagos 2015 Especialista Responsável: Wellington Watanabe Filho

Matéria para Olhar Digital Quadro: Laboratório Digital Assunto: Melhor Antivirus Pagos 2015 Especialista Responsável: Wellington Watanabe Filho Matéria para Olhar Digital Quadro: Laboratório Digital Assunto: Melhor Antivirus Pagos 2015 Especialista Responsável: Wellington Watanabe Filho À Olhar Digital SÃO PAULO SP A/C: SR. WHARRYSSON LACERDA

Leia mais

Noções de Segurança na Internet. Seminário de Tecnologia da Informação Codevasf

Noções de Segurança na Internet. Seminário de Tecnologia da Informação Codevasf Noções de Segurança na Internet Conceitos de Segurança Precauções que devemos tomar contra riscos, perigos ou perdas; É um mal a evitar; Conjunto de convenções sociais, denominadas medidas de segurança.

Leia mais

Certificação Comercial AVG

Certificação Comercial AVG Certificação Comercial AVG AVG 2013 Produtos para Segurança Doméstica Produtos Segurança Doméstica AVG 2013 3 Produtos Domésticos Os quatros produtos para segurança doméstica são: AVG Anti-Virus Free proteção

Leia mais

ESET SMART SECURITY 8

ESET SMART SECURITY 8 ESET SMART SECURITY 8 Microsoft Windows 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP / Home Server 2003 / Home Server 2011 Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento

Leia mais

PARA MAC. Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento

PARA MAC. Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento PARA MAC Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento ESET Cyber Security fornece proteção de última geração para seu computador contra código mal-intencionado.

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

Como reduzir riscos com fraudes e vender com segurança

Como reduzir riscos com fraudes e vender com segurança Como reduzir riscos com fraudes e vender com segurança Edição 1 Introduçao: O objetivo da Cartilha Venda Segura pela Internet é orientar os lojistas a reduzir riscos ao vender on-line. Passo 0: Antes de

Leia mais

Abra sua. Conta CAIXA Fácil. caixa.gov.br. CAIXA. O banco que acredita nas pessoas.

Abra sua. Conta CAIXA Fácil. caixa.gov.br. CAIXA. O banco que acredita nas pessoas. Abra sua Conta CAIXA Fácil caixa.gov.br CAIXA. O banco que acredita nas pessoas. Este guia vai ajudar você a entender os termos mais usados no dia-a-dia dos bancos, além de mostrar como é fácil e seguro

Leia mais

ESET CYBER SECURITY PRO para Mac Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento

ESET CYBER SECURITY PRO para Mac Guia de Inicialização Rápida. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento ESET CYBER SECURITY PRO para Mac Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer o download da versão mais recente deste documento ESET Cyber Security Pro fornece proteção de última geração para seu

Leia mais

EEP SENAC PELOTAS CENTRO HISTÓRICO PRONATEC/TURMA 2 PROFESSOR: NATANIEL VIEIRA DISCIPLINA: SEGURANÇA DE REDES AVIRA ANTIVIRUS

EEP SENAC PELOTAS CENTRO HISTÓRICO PRONATEC/TURMA 2 PROFESSOR: NATANIEL VIEIRA DISCIPLINA: SEGURANÇA DE REDES AVIRA ANTIVIRUS EEP SENAC PELOTAS CENTRO HISTÓRICO PRONATEC/TURMA 2 PROFESSOR: NATANIEL VIEIRA DISCIPLINA: SEGURANÇA DE REDES AVIRA ANTIVIRUS CRISTIAN C. FERNANDES JR. PELOTAS/2013 CARACTERÍSTICAS: Browser Tracking Blocker

Leia mais

Antivírus AVG. Antivírus AVG

Antivírus AVG. Antivírus AVG Antivírus AVG -1- ÍNDICE CAPÍTULO 1 Você sabe o que é vírus?...08 Como os vírus agem?...11 Tipos de vírus...29 A história do AVG...36 Baixando o AVG...41 Instalando o AVG...45 Abrindo o AVG...50 CAPÍTULO

Leia mais

ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SENAC PELOTAS CENTRO HISTORICO. Panda. Antivirus TÉCNICO EM INFORMATICA PRONATEC. Professor Nataniel Vieira

ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SENAC PELOTAS CENTRO HISTORICO. Panda. Antivirus TÉCNICO EM INFORMATICA PRONATEC. Professor Nataniel Vieira ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SENAC PELOTAS CENTRO HISTORICO Panda Antivirus TÉCNICO EM INFORMATICA PRONATEC Professor Nataniel Vieira Jonathan Da Cruz Da Silveira Pelotas-RS 2013 Introdução Por meio

Leia mais

Guia de Segurança em Redes Sociais

Guia de Segurança em Redes Sociais Guia de Segurança em Redes Sociais INTRODUÇÃO As redes sociais são parte do cotidiano de navegação dos usuários. A maioria dos internautas utiliza ao menos uma rede social e muitos deles participam ativamente

Leia mais

SOLO NETWORK. Guia de Segurança em Redes Sociais

SOLO NETWORK. Guia de Segurança em Redes Sociais (11) 4062-6971 (21) 4062-6971 (31) 4062-6971 (41) 4062-6971 (48) 4062-6971 (51) 4062-6971 (61) 4062-6971 (71) 4062-7479 Guia de Segurança em Redes Sociais (11) 4062-6971 (21) 4062-6971 (31) 4062-6971 (41)

Leia mais

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas virtuais 1 Vírus A mais simples e conhecida das ameaças. Esse programa malicioso pode ligar-se

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DICAS Aguinaldo Fernandes Rosa Especialista em Segurança da Informação Segurança da Informação Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro se este atende a três requisitos

Leia mais

Segurança em computadores e em redes de computadores

Segurança em computadores e em redes de computadores Segurança em computadores e em redes de computadores Uma introdução IC.UNICAMP Matheus Mota matheus@lis.ic.unicamp.br @matheusmota Computador/rede segura Confiável Integro Disponível Não vulnerável 2 Porque

Leia mais

Códigos Maliciosos.

Códigos Maliciosos. <Nome> <Instituição> <e-mail> Códigos Maliciosos Agenda Códigos maliciosos Tipos principais Cuidados a serem tomados Créditos Códigos maliciosos (1/3) Programas especificamente desenvolvidos para executar

Leia mais

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos.

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos. INTRODUÇÃO Essa apostila foi idealizada como suporte as aulas de Informática Educativa do professor Haroldo do Carmo. O conteúdo tem como objetivo a inclusão digital as ferramentas de pesquisas on-line

Leia mais

Capítulo 1: Introdução...3

Capítulo 1: Introdução...3 F-Secure Anti-Virus for Mac 2014 Conteúdo 2 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 O que fazer após a instalação...4 1.1.1 Gerenciar assinatura...4 1.1.2 Abrir o produto...4 1.2 Como me certificar de

Leia mais

Programa que, além de incluir funcionalidades de worms, dispõe de mecanismos de comunicação com o invasor, permitindo que seja controlado remotamente.

Programa que, além de incluir funcionalidades de worms, dispõe de mecanismos de comunicação com o invasor, permitindo que seja controlado remotamente. TIPOS DE VÍRUS Principais Tipos de Códigos Maliciosos 1. Virus Programa que se propaga infectando, isto é, inserindo cópias de si mesmo e se tornando parte de outros programas e arquivos de um computador.

Leia mais

Malwares. Algumas das diversas formas como os códigos maliciosos podem infectar ou comprometer um computador são:

Malwares. Algumas das diversas formas como os códigos maliciosos podem infectar ou comprometer um computador são: Malwares Códigos Maliciosos - Malware Códigos maliciosos (malware) são programas especificamente desenvolvidos para executar ações danosas e atividades maliciosas em um computador. Algumas das diversas

Leia mais

Conheça os crimes virtuais mais comuns em redes sociais e proteja-se

Conheça os crimes virtuais mais comuns em redes sociais e proteja-se MENU MENU 13/08/2013 07h45 - Atualizado em 21/11/2013 09h48 Conheça os crimes virtuais mais comuns em redes sociais e proteja-se Com 94,2 milhões de pessoas utilizando a internet no Brasil e 45% delas

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Códigos maliciosos são usados como intermediários e possibilitam a prática de golpes, a realização de ataques e o envio de spam Códigos maliciosos, também conhecidos como pragas

Leia mais

A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais.

A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais. A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais. Sobre as práticas recomendadas para que a utilização da internet seja realizada

Leia mais

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA APRESENTAÇÃO 1.Bem-vindo ao SICREDI Total Internet! É sempre bom poder contar com o SICREDI do seu lado. Melhor ainda quando o SICREDI está onde você mais precisa:

Leia mais

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA Os requisitos mínimos para possuir o software é memoria de 64 MB, disco rígido de 20 MB processador a partir do Pentium 2 em diante e navegador internet Explorer

Leia mais

i TIC 7/8 Segurança no computador Informação 7 Unidade 1 Utilização do computador em segurança

i TIC 7/8 Segurança no computador Informação 7 Unidade 1 Utilização do computador em segurança i TIC 7/8 Informação 7 Segurança no computador Unidade 1 Utilização do computador em segurança Malware Software Malicioso Malware: todos os programas maliciosos instalados num computador de forma ilícita

Leia mais

Política de privacidade do Norton Community Watch

Política de privacidade do Norton Community Watch Política de privacidade do Norton Community Watch Data de início: 5 de agosto de 1999 Última atualização: 16 de abril de 2010 O que é o Norton Community Watch? O Norton Community Watch permite que os usuários

Leia mais

Ameaças a computadores. Prof. César Couto

Ameaças a computadores. Prof. César Couto Ameaças a computadores Prof. César Couto Conceitos Malware: termo aplicado a qualquer software desenvolvido para causar danos em computadores. Estão nele incluídos vírus, vermes e cavalos de tróia. Vírus:

Leia mais

Códigos Maliciosos. Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br

Códigos Maliciosos. Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br Códigos Maliciosos Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br Agenda Códigos maliciosos Tipos principais Cuidados a serem tomados Créditos Códigos maliciosos (1/3) Programas especificamente

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica O e-mail Primeiros Cliques 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Receber, enviar e responder mensagens...3 Anexando arquivos...9 Cuidado com vírus...11 2 Outlook

Leia mais

O Software. nos dias de hoje!!! a experiência"

O Software. nos dias de hoje!!! a experiência O Software nos dias de hoje!!! "De tropeços os, vitórias e quedas se constrói a experiência" A ORIGEM DO NOME... O termo software surgiu como gíria g no contexto da informática. JáJ que os equipamentos

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam

TIC Domicílios 2007 Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam TIC Domicílios 2007 Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam DESTAQUES 2007 Os módulos sobre Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam da TIC Domicílios 2007 apontaram que: Cerca de 29% dos usuários de internet

Leia mais

Internet Segura para a Família: Ferramentas seguras que auxiliam seus filhos a manterem-se seguros na Internet by Team Gemalto on 24 May 2011 17H37

Internet Segura para a Família: Ferramentas seguras que auxiliam seus filhos a manterem-se seguros na Internet by Team Gemalto on 24 May 2011 17H37 Internet Segura para a Família: Ferramentas seguras que auxiliam seus filhos a manterem-se seguros na Internet by Team Gemalto on 24 May 2011 17H37 Quando nossos filhos ficam mais velhos, eles tornam-se

Leia mais

Certificação AVG Certificação Técnica - Fase 1

Certificação AVG Certificação Técnica - Fase 1 Certificação AVG Certificação Técnica - Fase 1 Conteúdo Níveis de Proteção & Métodos de Detecção Novas Tecnologias Plataformas Suportadas Instalação Interface de Usuário do AVG AVG Desktop Widget Visão

Leia mais

Prevenção. Como reduzir o volume de spam

Prevenção. Como reduzir o volume de spam Prevenção Como reduzir o volume de spam A resposta simples é navegar consciente na rede. Este conselho é o mesmo que recebemos para zelar pela nossa segurança no trânsito ou ao entrar e sair de nossas

Leia mais

Como evitar fraudes na Internet

Como evitar fraudes na Internet www.linhadefensiva.org Como evitar fraudes na Internet Online desde 28 de janeiro de 2005 Parceira do UOL: maio/2005 - setembro/2008 Mais de 18.000 casos resolvidos no Fórum Mais de 3 milhões de downloads

Leia mais

Comunicado Técnico 14

Comunicado Técnico 14 Comunicado Técnico 14 ISSN 2177-854X Agosto. 2011 Uberaba - MG SPYWARE Instruções Técnicas Responsáveis: Danilo Guardieiro Lima E-mail: daniloglima@terra.com.br Especialista em redes de computadores, Professor

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB AULA 3 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD

TECNOLOGIAS WEB AULA 3 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD TECNOLOGIAS WEB AULA 3 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD Objetivos: Apresentar os principais aspectos de segurança tanto no lado cliente quanto no servidor. Compreender as implicações de segurança individual

Leia mais

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA FÍSICA APRESENTAÇÃO 1.Bem-vindo ao SICREDI Total Internet! Agora você encontra o SICREDI em casa, no trabalho ou onde você estiver. É o SICREDI Total Internet, cooperando

Leia mais

Symantec Endpoint Protection 12.1 Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais.

Symantec Endpoint Protection 12.1 Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais. Segurança inigualável. Performance superior. Projetado para ambientes virtuais. Visão Geral Com o poder do Symantec Insight, o Symantec Endpoint Protection é a segurança rápida e poderosa para endpoints.

Leia mais

Jamille Silva Madureira

Jamille Silva Madureira Jamille Silva Madureira Malware Vírus Cavalo de Tróia Worm Spyware Keylogger Hijacker Rootkit Ransomware É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Porém, há vários

Leia mais

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 2 Conteúdo F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 Gerenciar assinatura...4 1.2 Como me certificar de que o computador está protegido...4

Leia mais

Segurança em Informática

Segurança em Informática Especialização em Gestão das Tecnologias na Educação Básica Disciplina: Informática Aplicada a Educação Prof. Walteno Martins Parreira Júnior Segurança em Informática Inicialmente, responda o questionário

Leia mais

Programas Maliciosos. 2001 / 1 Segurança de Redes/Márcio d Ávila 182. Vírus de Computador

Programas Maliciosos. 2001 / 1 Segurança de Redes/Márcio d Ávila 182. Vírus de Computador Programas Maliciosos 2001 / 1 Segurança de Redes/Márcio d Ávila 182 Vírus de Computador Vírus de computador Código intruso que se anexa a outro programa Ações básicas: propagação e atividade A solução

Leia mais

Ameaças e Segurança da Informação para dispositivos Móveis. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br

Ameaças e Segurança da Informação para dispositivos Móveis. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Ameaças e Segurança da Informação para dispositivos Móveis gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Ameaças e Vulnerabilidades em Dispositivos Móveis gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br

Leia mais

Antes, o que é um malware? É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Mas, tal como indica o primeiro parágrafo

Antes, o que é um malware? É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Mas, tal como indica o primeiro parágrafo VÍRUS Antes, o que é um malware? É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Mas, tal como indica o primeiro parágrafo do texto, há vários tipos de "pragas digitais",

Leia mais

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Segurança em Computadores GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Agenda Computadores Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Computadores (1/4) Computador pessoal grande quantidade de dados armazenados

Leia mais

Instalando o AVG Depois de executar o arquivo de instalação do AVG, o primeiro passo é escolher o tipo de instalação para o programa.

Instalando o AVG Depois de executar o arquivo de instalação do AVG, o primeiro passo é escolher o tipo de instalação para o programa. Como usar o AVG Todos os usuários necessitam de uma ferramenta para proteger seus computadores contra vírus e todo o tipo de ameaça proveniente da internet. O AVG Anti-Virus Free é uma das melhores opções

Leia mais

Avira Free Antivírus

Avira Free Antivírus Escola de Educação Profissional SENAC Pelotas-Centro Histórico Curso Técnico em Informática Leandro Stein Turma 2 Professor Nataniel Vieira Avira Free Antivírus Pelotas/RS 2013 AVIRA O Avira free Antivírus

Leia mais

CA Protection Suites Proteção Total de Dados

CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA. Líder mundial em software para Gestão Integrada de TI. CA Protection Suites Antivírus Anti-spyware Backup Migração de dados Os CA Protection Suites oferecem

Leia mais

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Preservação da: confidencialidade: Garantia de que o acesso à informação seja obtido somente por pessoas autorizadas. integridade: Salvaguarda da exatidão

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) André Gustavo Assessor Técnico de Informática MARÇO/2012 Sumário Contextualização Definições Princípios Básicos de Segurança da Informação Ameaças

Leia mais

Dez motivos......pelos quais sua empresa estará melhor protegida com a Avira. www.avira.com

Dez motivos......pelos quais sua empresa estará melhor protegida com a Avira. www.avira.com Dez motivos......pelos quais sua empresa estará melhor protegida com a Avira. www.avira.com Avira. Dez vezes melhor. Todos os anos, milhares de novos vírus entram em circulação e os prejuízos causados

Leia mais

Combater e prevenir vírus em seu computador

Combater e prevenir vírus em seu computador Combater e prevenir vírus em seu computador Definição de vírus, worms, hoaxes, Tróias e vulnerabilidades de segurança Instruções para remover e evitar vírus Vulnerabilidades do sistema e ameaças de segurança

Leia mais

AVG File Server. Manual do Usuário. Revisão do documento 2013.07 (03/12/2013)

AVG File Server. Manual do Usuário. Revisão do documento 2013.07 (03/12/2013) AVG File Server Manual do Usuário Revisão do documento 2013.07 (03/12/2013) Copyright AVG Technologies CZ, s.r.o. Todos os direitos reservados. Todas as outras marcas comerciais pertencem a seus respectivos

Leia mais

Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e

Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e Segurança na Internet Brasileira: Principais Ameaças e Recomendações para Prevenção Luiz Eduardo Roncato Cordeiro Marcelo H. P. C. Chaves {cordeiro,mhp}@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS Usando um firewall para ajudar a proteger o computador A conexão à Internet pode representar um perigo para o usuário de computador desatento. Um firewall ajuda a proteger o computador impedindo que usuários

Leia mais