NORMAS DE ACEITAÇÃO DE AUTO / RCFV / APP 1. RISCOS SEM ACEITAÇÃO - AUTO/RCFV/APP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMAS DE ACEITAÇÃO DE AUTO / RCFV / APP 1. RISCOS SEM ACEITAÇÃO - AUTO/RCFV/APP"

Transcrição

1 NORMAS DE ACEITAÇÃO DE AUTO / RCFV / APP 1. RISCOS SEM ACEITAÇÃO - AUTO/RCFV/APP 1.1 Veículos de segurados cujos domicílios não sejam a região do estado do Espírito Santo e as cidades de Nanuque/MG, Serra dos Aimorés/MG, Carlos Chagas/MG, Teófilo Otoni/MG, Umburatiba/MG, Almenara/MG, Muriaé/MG, Jequitinhonha/MG, Governador Valadares/MG, Mantena/MG, Espera Feliz/MG, Caiana/MG, Teixeira de Freitas/BA, Alcobaça/BA, Caravelas/BA, Itamarajú/BA, Itabatan/BA, Itanhem/BA, Ibirapuã/BA, Lajedão/BA, Mucuri/BA, Medeiros Neto/BA, Nova Viçosa/BA, Prado/BA, Posto da Mata/BA, Vereda/BA, Itaperuna/RJ, Porciúncula/RJ, Natividade/RJ, Santo Antônio de Pádua/RJ, Varre-Sai/RJ, Miracema/RJ, Italva/RJ, Laje do Muriaé/RJ, Bom Jesus do Itabapoana/RJ, Santo Eduardo/RJ, Santa Maria/RJ, São Francisco de Itabapoana/RJ. 1.2 Veículos nacionais de passeio com mais de 1 anos, quando não for renovação BANSEG Veículos nacionais de passeio dos clientes com conta-corrente BANESTES, possuem aceitação até 15 anos. 1.3 Veículos importados de passeio com mais de 5 anos, quando não for renovação BANSEG. 1.4 Veículos tipo Kombi e Kombi Pickup com mais de 5 anos, quando não for renovação BANSEG. 1.5 Veículos nacionais de carga até 7 toneladas, acima de 15 anos. 1.6 Veículos importados de carga até 7 toneladas, acima de 5 anos. 1.7 Veículos nacionais de carga acima de 7 toneladas, reboques, semireboques e rebocadores acima de 1 anos. 1.8 Veículos basculantes, caminhões e guinchos nacional e importado, qualquer ano. 1. Veículos utilizados pelas Polícias. 1.1 Táxis Locadoras Motocicletas nacionais e estrangeiras (qualquer tipo) Veículos que tenham sofrido alteração em seu modelo básico original Veículos dotados de dispositivos especiais destinados a alterar seu comportamento normal Veículos de uso diferente daquele para o qual foi originalmente fabricado Veículos de transporte de passageiros com cobrança de passagem Veículos com avarias superiores a 1% do valor de mercado referenciado do veículo (Tabela FIPE) e limitadas a R$ 1.5, Veículos que não estejam enquadrados na Modalidade Valor de Mercado Referenciado e que não esteja na Tabela de Referência de Cotação de Veículos (Tabela FIPE). 1.1 Veículos fora de fabricação. 1.2 Veículos rebaixados Ônibus clandestinos (não regularizados perante os orgãos fiscalizadores) e veículos utilizados como "lotação" Veículos turbinados e carburação especial: aceitação restrita aos veículos de carga Veículos sem placa na vistoria prévia Veículos com irregularidades de identificação (motor/chassi/vidros/plaqueta, dentre outros) e documentação (DUT/DIT) Veículos com liminares ou que não possuam documentação de importação completa Veículos com valores de mercado (Tabela FIPE) superiores aos seguintes limites: - veículos zero quilômetro e com até 2 anos de fabricação: limite R$ 11.,; - veículos entre 3a5anos de fabricação: limite R$ 85.,; - veículos acima de 5 anos de fabricação: limite R$ 7., Propostas/Endossos com início de vigência ou assinatura com data anterior à data do Pedido de Cobertura Provisória Endossos que ensejam a redução de coberturas no ramoautomóveis e de redução das importâncias seguradas para o ramo RCFV. 1.2 Cobertura nº 2 (Incêndio e Roubo) para os seguintes veículos: Esportivos (Escort XR3, Kadett GS/GSI, Uno 1.5R, Uno 1.6R, Uno Turbo, Tempra Turbo, Passat GTS, Pointer GTI, Mod.: /5-5/212 Ouvidoria Geral: / Página 1

2 Puma, Vectra GSI,Astra GSI, Golf VR6 2.8, Golf GTI, Gol GT, Gol GTS, Gol GTI e outros esportivos) Pick-up Pesada Carga e Pick-up Pesada Pessoas (A/C/D 1, A/C/D 2, S 1 e S1 Blaser, F1, F25, Silverado, Hilux, Veraneio, Bonanza, Ranger, Dakota, Nissan, L-2, Toyota e outras). 1.3 Equipamento de som em veículos que são utilizados para fins publicitários, trio elétrico, comícios, manifestações e outros fins Proponentes que se enquadraram nos códigos/nomenclaturas da Base Única de Restrição do BANESTES, a seguir relacionados: CÓDIGOS NOMENCLATURA Impedimento de Ordem Judicial Atraso superior a 5 dias Impedimento Crédito Rural SRF/CNPJ inaptos CPF cancelado SRF CPF suspenso SRF Protesto Falência Requerida Falência Concordata CÓDIGOS NOMENCLATURA Ações judiciais Ações judiciais BANESTES REFIN SERASA Insucesso empresarial Fornecedor Prejuízo SFB CCF PR (Prejuízo ao BANESTES) Fraude Cartão VISA Impedimento pela Gerência de Auditoria Interna - GEAUD Para o Código 11 (Protesto) as recusas são para valores superiores a R$ 2., Para o Código 16 (REFIN SERASA) as recusas são para valores superiores a R$.2., Para o Código 2 (CCF) as recusas são acima de 3 cheques Têm aceitação automática as propostas dos ramos Automóveis/RCFV/APP com classe de bônus igual ou maior do que 3, e sem registro de sinistro na última vigência, cujo proponente esteja na Base Única de Restrições do BANESTES, exceto para o Código 31 - PR (Prejuízo ao BANESTES) Para os demais Códigos constantes da Base Única de Restrição do BANESTES, a aceitação das propostas é normal Em caso de interesse comercial fundamentado pela GECOM, a proposta de seguro para veículo com valor superior ao estabelecido na regra de aceitação automática ou por ser proponente enquadrado em código(s) de recusa automática da Base Única de Restrições do BANESTES deve ser submetido à Gerência de Controle Operacional - GECOP para análise de aceitação e posterior encaminhamento para autorização da Diretoria de Operações - DIROP A proposta/endosso de órgão do poder público federal, estadual ou municipal tem aceitação automática, independentemente de constar na Base Única de Restrições do BANESTES, SERASAe outros similares. 2. VIGÊNCIA DO SEGURO 2.1 Avigência de cada contrato é anual. 2.2 Não é admitido contrato de seguro com prazo inferior a 12 meses, salvo quando para uniformizar vencimento ou quando aprovado pela Diretoria da BANSEG e/ou GECOP No caso de contrato emitido para uniformizar vencimentos, a cobrança dos prêmios deve ser efetuada a base "pro-rata temporis" No caso de contrato emitido em período inferior a 12 meses e não for para unificação de vencimento, a cobrança dos prêmios deve ser efetuada a base da tabela de prazo curto vigente da época. 2.3 Nos casos de leasing a vigência pode ser de até 36 meses, desde que contratado na modalidade Valor de Mercado Referenciado. 3. RENOVAÇÃO 3.1 A vistoria é obrigatória nas renovações após o vencimento, exceto quando tratar-se de renovação da BANSEG, onde a Seguradora estende automaticamente a cobertura das garantias vencidas somente se ocorrer o protocolo de renovação do contrato (apólice) no prazo máximo de até 3 dias úteis após o vencimento do seguro, observando o estabelecido no item Apólices que possuam, por item, dois ou mais sinistros durante sua vigência, e cuja responsabilidade seja do Segurado e Página 2

3 bônus igual ou inferior a classe 3, não podem ser renovadas, assim como apólices de proponentes que possuam três ou mais sinistros nos últimos 3 anos. 3.3 Segurados que possuam mais de um item segurado, em uma ou mais apólices, têm suas renovações analisadas considerando-se o resultado de sinistro/prêmio de todas as apólices vigentes. 4. COBERTURAS 4.1Automóveis Os seguros podem ser contratados nas seguintes coberturas básicas: - nº 1: Compreensiva (Colisão, Incêndio e Roubo); - nº 2: Incêndio e Roubo O prêmio referente à Cobertura Básica nº 2 é de 67% do prêmio líquido do casco. 4.2 Responsabilidade Civil Facultativa Veículos - RCFV O capital segurado para os seguros RCFV é livremente escolhido pelo Segurado, dentre os diferentes níveis constantes da Tabela em vigor na Seguradora Nos seguros de veículos rebocadores, a cobertura é estendida aos reboques e semireboques, desde que estejam atrelados ao veículo tracionador e sejam de propriedade do Segurado. 5. CONTRATAÇÃO CONJUGADA AUTO/RCFV/APP 5.1 Acontratação deautomóveis deve ser conjugada com os seguros de RCFV ouapp. 5.2 Nos seguros RCFV, o capital fixado para Danos Corporais (DC) não pode ser inferior ao fixado para Danos Materiais (DM). 5.3 É admitida a contratação isolada de AUTO/APP, desde que o prêmio líquido de APP represente, no mínimo, 1% do prêmio líquido deauto Acontratação acima não se aplica a "ÔNIBUS". 6. REGRAS PARA VISTORIA PRÉVIA DE VEÍCULOS 6.1 Avistoria prévia de veículos é feita por empresa formalmente contratada pela Seguradora. 6.2 As vistorias consistem na constatação, "in loco", do estado de conservação do veículo e preenchimento do formulário ANEXO à PROPOSTADE SEGURO/ENDOSSO -AUTO/RCFV/APP, que deve conter o decalque do chassi. 6.3 Avistoria prévia nos veículos é obrigatória nas seguintes situações: - seguros novos; - renovações da BANSEG e de congêneres, cujos veículos tenham mais de 1 anos de uso; - substituição de veículos; - ampliação de cobertura; - extensão de perímetro (com consulta prévia); - recuperação de parcelas de prêmios vencidos; - aumento de Importância Segurada (IS) Dispensa de vistorias prévias, pela BANSEG, somente na hipótese de renovação das apólices até o dia do vencimento e vistoriado há menos de 24 meses. 7. COBERTURA PROVISÓRIA 7.1 Estão garantidos os sinistros ocorridos com veículos que não constem como Riscos Sem Aceitação, desde que tenham sido observadas as regras para vistoria prévia de veículos e que o Corretor de Seguros, cadastrado na BANSEG, tenha efetuado o Pedido de Cobertura Provisória na forma abaixo: O pedido de cobertura provisório de seguro deve ser realizado através do sistema de cálculo rápido da seguradora A proposta/endosso relativa(o) à cobertura solicitada deve ser protocolada em nossas lojas no prazo máximo de 3 dias úteis após a data do pedido Caso a proposta/endosso não seja protocolada(o) no prazo indicado no item 7.1.2, a cobertura perde o seu efeito e o Mod.: /5-5/212 Página 3

4 custo do seguro não contratado é repassado ao Corretor que solicitou a cobertura, calculado na forma tarifária de prazo curto A GECOM fica autorizada a negociar prazos específicos para protocolo de propostas/endossos relativos aos pedidos de cobertura até o prazo máximo de 4 dias úteis após a data do pedido, desde que seja fundamentada a referida autorização, assim como fica autorizado a protocolar propostas para renovação de seguros da BANSEG, comercializados pelas corretoras que possuem maior volume de produção diária, até o quarto dia útil após o vencimento da apólice anterior Em caso de recusa do risco por critérios técnicos-administrativos da BANSEG, a cobertura de sinistro para as propostas/endossos que estão de acordo com os critérios estabelecidos no item 7 é estendida para 2 dias úteis após a data de recusa formal do risco pela BANSEG. 8. CONDIÇÃO DE CARRO ZERO QUILÔMETRO 8.1 No caso de carro zero quilômetro, devem ser encaminhados tanto a nota fiscal como o pedido de cobertura provisória. 8.2 É considerado zero quilômetro, para efeito de taxação, corretagem e sinistro, o carro cuja proposta for protocolada na BANSEG (SUCEN, SULIN, SUCOL e SUSUL), ou tiver pedido de cobertura provisória efetivada, até 3 dias úteis após a emissão da nota fiscal de venda ou declaração da concessionária quanto à data da saída do veículo daquela empresa, assim como para veículos com até 1 Km rodados, mediante vistoria prévia. 8.3 Fica dispensada a vistoria prévia nos casos de veículos zero quilômetro, quando o veículo estiver fora da concessionária e ocorrer o pedido de cobertura provisória ou protocolo da proposta na Seguradora em até 3 dias úteis após a data de emissão da nota fiscal de venda ou declaração da concessionária quanto à data da saída do veículo daquela empresa.. PARCELAMENTO.1 A BANSEG admite o parcelamento dos seguros AUTO/RCFV/APP em até 1 parcelas, corrigidas pela taxa de juros prevista na apólice. 1. PRÊMIO MÍNIMO 1.1 Cobertura de Casco, RCFV e APP: existem prêmios mínimos anuais e que são estabelecidos conforme Nota Técnica Atuarial submetida à SUSEP. 1.2 Seguros Novos: prêmio líquido mínimo, por parcela, de R$ 4, + custo de apólice + IOF. 1.3 Para endosso, não é observada a cobrança de prêmio líquido mínimo, ou seja, é cobrado o prêmio devido + custo de apólice + IOF. 11. CLASSIFICAÇÃO TARIFÁRIA DOS VEÍCULOS 11.1 ABANSEG adota a classificação tarifária, conforme tabela abaixo: CÓDIGOS NOMENCLATURA Passeio Táxis Ambulância Carros funerários Serviços especiais Carga Comum Carga inflamável, explosiva ou corrosiva Rebocadores de carga comum Rebocadores de inflamáveis, explosivos ou corrosivos Carros de locadoras CÓDIGOS NOMENCLATURA Motos Reboques e semirreboques de carga comum Reboques e semirreboques de inflamáveis, explosivos e corrosivos Passeio chapa de fabricante Autoescola Bombeiro Policiamento Veículo escolar ou turismo urbano Ônibus e micro-ônibus interestadual Ônibus e micro-ônibus urbano 12. FRANQUIA 12.1 Franquia Obrigatória: não há qualquer desconto sobre o prêmio líquido de casco Franquia Facultativa: o segurado tem direito a descontos sobre o prêmio líquido do casco, possibilitando reduzir o custo final do prêmio deauto. Página 4

5 CLASSE I II FATOR SOBRE A FRANQUIA OBRIGATÓRIA 1,5 2, DESCONTO SOBRE O PL CASCO 1,5 % 32 % 12.3 Franquia Reduzida: o valor da franquia reduzida pode ser contratada, dependendo da opção do segurado, a 5% ou 6% do valor da franquia obrigatória Restrições à Franquia Reduzida: - seguros novos de veículos importados; - renovação de apólice de veículo importado onde tenha ocorrido sinistro, independente da cobertura (AUTO/RCFV/APP) e de seguradora Franquia Simples: o valor da franquia não é deduzido quando o valor do prejuízo é igual ou maior do que o valor da franquia estabelecida na apólice Restrições à Franquia Simples: - veículos com franquia reduzida; - veículos com franquia facultativa; - contratação da Cobertura para Condutores Ocasionais Não Residentes (Cláusula 2); - contratação da Cobertura para Condutores Residentes Menores de 25 anos (Cláusula 3) As franquias são deduzidas a cada sinistro parcial, observando os critérios estabelecidos no item 4 da Cláusula nº 26 (Perfil do Segurado/Condutor). 13. BÔNUS (AUTO/RCFV/APP) 13.1 É aplicado ao prêmio total de AUTO/RCFV/APP de cada veículo desconto correspondente à classe de Bônus, subitem 13.8, na renovação de seguro da BANSEG ou de outras seguradoras, desde que a renovação ocorra até 3 dias corridos da data do vencimento da apólice anterior. Caso não seja renovada neste prazo, a classe de bônus é alterada da seguinte forma: PRAZO SEM RENOVAÇÃO Até 6 dias do vencimento Até 12 dias do vencimento Até 15 dias do vencimento Até 18 dias do vencimento Até 18 dias do vencimento Limitado a 365 dias RECLASSIFICAÇÃO DA BONIFICAÇÃO De Para De Para De Para De Para De Para Após aplicação da regra especificada no item 13.1, deve ser observada a regra de redução de bônus em face de sinistro Conceder nova classe de bônus para apólices renovadas com até 3 dias antes do término da vigência e com novo veículo Alteração de cobertura e categoria tarifária: se durante a vigência do seguro houver alteração de coberturas e/ou categorias, o bônus na renovação deve seguir a regra abaixo: -Alteração (redução ou ampliação) de tipos de franquias = bônus normal. - Inclusão de cobertura CASCO em apólice de RCFV e/ouapp = reduzir uma classe de bônus. - Inclusão de cobertura RCFV em apólice deapp = reduzir uma classe de bônus. - Inclusão ou exclusão de cláusula especial = bônus normal. -Alterações entre categoria tarifária de passeio e carga = reduzir uma classe de bônus. -Alterações entre as demais categorias = bônus normal. Mod.: /5-5/212 Página 5

6 - Demais alterações = bônus normal Seguro Plurianual: para as apólices emitidas com vigência superior a 1 ano, sem sinistros, o bônus pode ser aplicado na renovação da apólice, creditando-se de uma única vez toda a experiência acumulada no período de vigência da apólice: - Exemplo: Quando uma apólice de 3 anos de vigência for renovada, deve ser creditada na renovação 3 classes de bônus sequentes à classe inicial da apólice, conforme tabela constante no subitem Quando se tratar de renovação de outra seguradora, a BANSEG providencia a confirmação do bônus com a Central de Bônus O Bônus é pessoal e intransferível, portanto, no caso de alteração do segurado no contrato de seguro, o bônus deve ser totalmente excluído, admitindo-se a transferência de bônus entre segurados quando: Transferência de Pessoa Jurídica (PJ) para Pessoa Física (PF) e vice-versa, quando comprovado que o novo segurado era o condutor do veículo e mediante apresentação do contrato social, no qual conste sua participação como proprietário Transferência entre cônjuges Transferência entre pais e filhos, se comprovado que o novo segurado era o real condutor do veículo, condicionando ao envio da cópia do perfil da apólice anterior em que conste o novo segurado como condutor do veículo, devendo ser observada a tabela a seguir para estipular a classe máxima de bônus a conceder: CLASSE MÁXIMA DE BÔNUS A SER CONCEDIDA 18 anos 24 anos IDADE DO NOVO SEGURADO CLASSE MÁXIMA DE BÔNUS A SER CONCEDIDA IDADE DO NOVO SEGURADO Classe Classe 6 1 anos Classe 1 25 anos Classe 7 2 anos Classe 2 26 anos Classe 8 21 anos Classe 3 27 anos Classe 22 anos Classe 4 28 anos em 23 anos Classe 5 diante Classe Quando substituídos os veículos no prazo de 75 dias do vencimento da apólice, a manutenção do Bônus não fica prejudicada Tabela de Bonificação porausência de Reclamação de Sinistro emauto ou RCFV: TIPO DE CONTRATO CLASSE DE BÔNUS Seguro Novo Renovação no 1º ano com indenização de perda parcial ou indenização integral Até 1 ano sem indenização de perda parcial ou indenização integral 1 Até 2 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral 2 Até 3 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral 3 Até 4 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral 4 Até 5 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral 5 Até 6 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral 6 Até 7 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral 7 Até 8 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral 8 Até anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral Até 1 anos consecutivos sem indenização de perda parcial ou indenização integral No caso de cancelamento de apólice por falta de pagamento do prêmio ou por iniciativa do segurado, a classe de bônus será concedida conforme tabela a seguir: CONTRATAÇÃO DO NOVO SEGURO Até 3 dias Até 6 dias Até 12 dias Até 18 dias Acima de 18 dias APLICAÇÃO DA CLASSE DE BÔNUS Manter a classe de bônus da apólice cancelada Reduzir 1 (uma) classe de bônus Reduzir 2 (duas) classes de bônus Reduzir 3 (três) classes de bônus Excluir o bônus Página 6

7 13..1 Cada classe de bônus refere-se a um tipo de coeficiente de desconto O desconto está previsto conforme distribuição dos pesos e coeficientes previstos na tabela de perfil vigente por ocasião da emissão do documento Estes descontos incidem sobre o prêmio líquido da apólice (AUTO/RCFV/APP). 14. ACESSÓRIOS E EQUIPAMENTOS 14.1 Somente são considerados acessórios os toca-fitas, rádios, aparelhos de som, amplificadores e equipamentos de telefonia e imagens, afixados nos veículos, que estiverem relacionados na proposta com verba própria para a cobrança do PrêmioAdicional Outros acessórios não relacionados acima devem ser incorporados à verba do casco do veículo e, portanto, abrangidos pela cobertura principal, dentre os quais destacamos: ar condicionado, direção hidráulica, airbag, alto-falantes, antenas elétricas, rodas especiais, vidros rayban, dentre outros ABANSEG não aceita cobertura para os PXs, CDs, telefones, TVs e os toca-fitas removíveis As indenizações decorrentes dos riscos cobertos somente são efetuadas uma única vez, não sendo permitida a reintegração dos acessórios As carroçarias e equipamentos, tais como o guincho munck, unidade frigorífica, plataforma elevatória, escavadeiras fixas em caminhões, dentre outros, também devem ser relacionados para a cobrança de prêmio correspondente, assim como a blindagem, em caso de prévia aceitação da Seguradora, conforme tabela de taxa e franquia abaixo: TIPO TAXA FRANQUIA Carroçarias 6,5 1 % do valor contratado Equipamentos 8, 1 % do valor contratado Blindagem 8, 1 % do valor contratado 14.6 Não é concedido bônus aos acessórios e equipamentos As taxas dos acessórios/equipamentos são as mesmas aplicáveis ao seguro de casco As taxas e franquias para equipamentos de imagem, som e telefonia, independente da categoria tarifária são: - taxa: 3% - franquia: 3% do valor do equipamento Não são aceitos seguros de acessórios/equipamentos que não estiverem instalados em caráter permanente nos veículos. 14. Nos seguros de acessórios contratados sob a cláusula 4 devem ser utilizadas as taxas do seguro do casco, observando o item As Pick-ups e Vans devem ser enquadradas na Categoria Tarifária Nº 4 de RCFV Nos seguros com franquia facultativa, os acessórios relacionados estão cobertos pela Cláusula 4, somente quando houver a concomitante indenização integral do veículo Nos seguros sem franquia facultativa, a franquia é aplicada em casos de perda parcial ou indenização integral do acessório Não há aplicação de qualquer franquia nos casos de Indenização Integral concomitante com a do veículo Afranquia é aplicada sobre o valor dos prejuízos. 15. CLÁUSULA BENEFICIÁRIA 15.1 Somente é admitida a cláusula beneficiária nos seguintes casos: Quando o veículo for objeto de financiamento: leasing, consórcio, garantia de obrigações, dentre outros Quando o veículo segurado for objeto de financiamento, sob o regime de leasing, deve constar na proposta como beneficiária a empresa arrendadora e o seguro é emitido em nome do arrendatário, mas em favor daquela empresa: - Exemplo: José da Silva E/Favor LeasingArrendamento Mercantil S.A CUSTO DE APÓLICE E OUTROS SERVIÇOS 16.1 É cobrada, a título de custo de apólice, a emissão de todos os documentos que geram cobrança na contratação de Mod.: /5-5/212 Página 7

8 seguro São cobrados os serviços conforme seguem: DESCRIÇÃO VALOR (R$) Emissão de Apólice 6, Emissão de Endosso com cobrança de prêmio 6, Reemissão de Carnê 2, Reemissão de Apólice 3, Reemissão de Endosso 3, Reativação de Apólice 3, Reativação de Endosso 3, Vistoria no ES - Reabilitação Cobertura(s) 22,35(*) Vistoria Fora do ES - Reabilitação Cobertura(s) 72,7(*) (*) Valor da vistoria ajustado conforme cláusula de contrato Não incide adicional de fracionamento sobre o custo de apólice. 17. PROCEDIMENTOS DE ENDOSSO 17.1 Substituição de veículo: o cálculo de endosso de automóveis obedece aos seguintes critérios: O prêmio líquido anual do novo veículo é calculado com base nas condições comerciais vigentes à época da substituição e sobre este resultado é subtraído o prêmio líquido anual anterior, sendo que: Em todos os casos, o prêmio líquido anual é pro ratado da data de início da vigência do endosso, até o final da vigência da apólice Adotar a franquia vigente por ocasião do endosso Nos casos em que houver cobrança de prêmio, deve ser acrescido ao prêmio líquido o custo de emissão, e mais 7,38% de IOF para os ramos 31 e 53 (AUTOMÓVEIS e RCFV) e,38% de IOF para o ramo 2 (APP), além do adicional de fracionamento para endossos parcelados Aumento da Importância Segurada - IS para cascos: - para contratos de Valor Determinado, aplicar sobre a diferença a taxa comercial do veículo; - pro ratar o prêmio líquido apurado até o vencimento da apólice, acrescendo o custo de apólice e IOF; - adotar a franquia vigente por ocasião do aumento da IS. 18. CANCELAMENTO DE APÓLICE 18.1 Por solicitação do segurado: Apurar o prêmio líquido pago pelo segurado Aplicar sobre o prêmio líquido anual o percentual descrito na tabela abaixo: Para percentuais não previstos na tabela acima, ou número de dias intermediários, aplicar-se-á: - no caso de rescisão total ou parcial do contrato ou cobrança de prêmio por período inferior a 1 ano, o percentual correspondente ao prazo imediatamente inferior; - no caso de ajuste do prazo de vigência do seguro por falta de pagamento, o percentual imediatamente superior O valor a ser restituído é a diferença entre os itens e O pedido de cancelamento deve ser assinado pelo próprio segurado ou corretor credenciado da apólice Por iniciativa da BANSEG: Apurar o prêmio líquido pago pelo segurado Apurar o prêmio a ser retido pela BANSEG, pro ratando o prêmio líquido anual O valor a ser restituído é a diferença entre os itens e Página 8

Manual de Operações e Aceite Auto e Carga TMS Jan/2010

Manual de Operações e Aceite Auto e Carga TMS Jan/2010 Manual de Operações e Aceite Auto e Carga TMS Jan/2010 Segurado x Proprietário do Veículo A partir de 04-01-2010 as propostas de seguro das categorias, auto/carga e moto, deverão ser feitas em nome do

Leia mais

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros PARABÉNS, Você acaba de adquirir um seguro personalizado com a garantia da Durango. Obrigado por contratar nossos serviços. Aqui você irá encontrar uma equipe preparada para te atender com a credibilidade,

Leia mais

Neste material você encontra os diferenciais do produto, procedimentos e segmentos de atuação da Tokio Marine Seguradora na carteira de frotas.

Neste material você encontra os diferenciais do produto, procedimentos e segmentos de atuação da Tokio Marine Seguradora na carteira de frotas. TOKIO MARINE AUTO FROTA Neste material você encontra os diferenciais do produto, procedimentos e segmentos de atuação da Tokio Marine Seguradora na carteira de frotas. Conceito Cotações com três itens

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 269, de 30 de setembro de 2004.

CIRCULAR SUSEP N o 269, de 30 de setembro de 2004. CIRCULAR SUSEP N o 269, de 30 de setembro de 2004. Estabelece, altera e consolida as regras e critérios complementares de funcionamento e de operação dos contratos de seguros de automóveis, com inclusão

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 269, de 30 de setembro de 2004.

CIRCULAR SUSEP N o 269, de 30 de setembro de 2004. CIRCULAR SUSEP N o 269, de 30 de setembro de 2004. Estabelece, altera e consolida as regras e critérios complementares de funcionamento e de operação dos contratos de seguros de automóveis, com inclusão

Leia mais

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A )

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelas Condições Gerais de Automóvel e Manual de Serviços Complementares,

Leia mais

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010

CIRCULAR GERAL. TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 DISTRIBUIÇÃO A TÍTULO: Seguro de Veículos Apólice 2009/2010 1. A CAEFE Caixa de Assistência dos Empregados de FURNAS e ELETRONUCLEAR renovou com a SUL AMÉRICA Seguros, a Apólice Coletiva de Seguro de Veículos,

Leia mais

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A

SEGUROS. Manual de Seguros. Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A SEGUROS Manual de Seguros Banco Mercedes-Benz do Brasil S/A 2013 SUMÁRIO 1. CONCEITOS... 3 1.1. Objeto do Seguro... 3 1.2. Tipos de Seguro... 3 1.3. Vigência... 3 2. COBERTURAS ADICIONAIS... 4 2.1. Responsabilidade

Leia mais

NOVA FORMA DE COTAÇÃO E CONDIÇÕES DO SEGURO AUTO CARGA NEGÓCIOS COM VIGÊNCIA A PARTIR DE 16/12/12

NOVA FORMA DE COTAÇÃO E CONDIÇÕES DO SEGURO AUTO CARGA NEGÓCIOS COM VIGÊNCIA A PARTIR DE 16/12/12 TOKIO MARINE SEGURADORA / PrestSeg NOVA FORMA DE COTAÇÃO E CONDIÇÕES DO SEGURO AUTO CARGA NEGÓCIOS COM VIGÊNCIA A PARTIR DE 16/12/12 Prezado Corretor, Os negócios no ramo auto carga, com início de vigência

Leia mais

Nova Lista de Verificação Seguro de Auto Versão 01 (julho/2012)

Nova Lista de Verificação Seguro de Auto Versão 01 (julho/2012) LISTA DE VERIFICAÇÃO CIRCULARES SUSEP N os 256 e 269/04 E OUTROS NORMATIVOS DESCRIÇÃO ATENÇÃO: No preenchimento da Lista de Verificação, para os itens informativos, a coluna Fls. deverá ser marcada com

Leia mais

MANUAL WORKFLOW FROTAS

MANUAL WORKFLOW FROTAS MANUAL WORKFLOW FROTAS Liberty Auto Frotas libertyseg libertyseguros libertysegurosbrasil www.libertyseguros.com.br MANUAL WORKFLOW FROTAS Seja bem-vindo ÍNDICE Prezado(a) Corretor(a), A Liberty Seguros

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETIVO: o presente projeto visa a contratação de seguro para os veículos, especificados no Anexo a este termo: Relação e Dados dos Veículos para Contratação do Seguro,

Leia mais

Portfólio SulAmérica Auto

Portfólio SulAmérica Auto Portfólio SulAmérica Auto Auto Tradicional Produto Tradicional de prateleira, voltado para a maioria dos perfis de clientes. Auto Mulher Produto para mulheres, com garantias, serviços e benefícios exclusivos.

Leia mais

Danos aos Vidros Básica Assistência a Vidros (Reparos/Troca) Condições Gerais

Danos aos Vidros Básica Assistência a Vidros (Reparos/Troca) Condições Gerais Danos aos Vidros Básica Assistência a Vidros (Reparos/Troca) Condições Gerais CONDIÇÕES GERAIS DANOS AOS VIDROS BÁSICA ASSISTÊNCIA A VIDROS (REPARO/TROCA) Para utilização da Assistência Mutual Vidros basta

Leia mais

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO Condições Particulares Processo SUSEP Nº 15414.003063/2009-70 0 ÍNDICES CONDIÇÕES PARTICULARES 1. OBJETO DO SEGURO 2 2. ESTIPULANTE 2 3. GRUPO SEGURÁVEL 2 4. GRUPO SEGURADO

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013.

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro de garantia estendida, quando da aquisição de

Leia mais

Condições de Operação

Condições de Operação Condições de Operação CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO PARA OS SEGUROS AUTO/RCF/APP Os cálculos dos prêmios serão realizados por intermédio do sistema de cálculos disponibilizado aos Corretores, e/ou poderão ser

Leia mais

Diferenciais. Seguro Auto Frotas Tokio Marine. Quem pode contratar. Serviços customizados, benefícios na medida certa.

Diferenciais. Seguro Auto Frotas Tokio Marine. Quem pode contratar. Serviços customizados, benefícios na medida certa. Seguro Auto Frotas Tokio Marine Serviços customizados, benefícios na medida certa. O Tokio Marine Auto Frotas oferece serviços e benefícios que você pode adequar às necessidades da sua empresa. Isso significa

Leia mais

TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS OPERACIONAL AUTO E CARGA

TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS OPERACIONAL AUTO E CARGA TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS OPERACIONAL AUTO E CARGA Prazos; Envio de propostas; Política de Aceite; Endossos; Bônus; Vistorias Prévias; Resumo Fevereiro de 2014 Indice Procedimentos

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000 CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2.000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das Notas Técnicas Atuariais dos Contratos exclusivamente de Seguros de Automóvel ou dos

Leia mais

Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos.

Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. Ficha técnica 1. TOMADOR DO SEGURO / SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. São considerados familiares directos: - o cônjuge, desde que viva em

Leia mais

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A )

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelas Condições Gerais de Automóvel e Manual de Serviços Complementares,

Leia mais

Manual do Corretor AllianzNet Auto. Auto Caminhão Auto Especial Moto

Manual do Corretor AllianzNet Auto. Auto Caminhão Auto Especial Moto Manual do Corretor AllianzNet Auto Auto Caminhão Auto Especial Moto 1 Prezado corretor, Este manual foi desenvolvido especialmente para que você conheça todas as facilidades e vantagens do Allianz Auto,

Leia mais

Manual do Corretor AllianzNet Auto. Auto Caminhão Auto Especial Moto

Manual do Corretor AllianzNet Auto. Auto Caminhão Auto Especial Moto Manual do Corretor AllianzNet Auto Auto Caminhão Auto Especial Moto 1 Prezado corretor, Este manual foi desenvolvido especialmente para que você conheça todas as facilidades e vantagens do Allianz Auto,

Leia mais

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO

RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO RESUMO DAS CONDIÇÕES GERAIS DO SEGURO DE PERDA, FURTO E ROUBO DO CARTÃO TRIBANCO Estipulante: BANCO TRIÂNGULO S. A. Seguradora: PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS Número processo SUSEP: 15414.000223/2007-67

Leia mais

TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS. Prazos; Envio de propostas; Política de Aceite; Endossos; Bônus; Vistorias Prévias; - 1 -

TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS. Prazos; Envio de propostas; Política de Aceite; Endossos; Bônus; Vistorias Prévias; - 1 - TOKIO MARINE PROCEDIMENTOS BÁSICOS EM PROPOSTAS Prazos; Envio de propostas; Política de Aceite; Endossos; Bônus; Vistorias Prévias; Resumo Abril de 2013-1 - Indice Procedimentos na cotação... 3 Envio de

Leia mais

ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA

ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA ANEXO XV DIRETRIZES PARA CONTRATAÇÃO DE SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA Durante o prazo da CONCESSÃO, a CONCESSIONÁRIA deverá contratar e manter em vigor no mínimo as apólices de seguro a

Leia mais

Principais Características Operacionais Automóvel Chubb Seguros

Principais Características Operacionais Automóvel Chubb Seguros Principais Características Operacionais Automóvel Chubb Seguros Cotações Deverão ser solicitadas por e-mail com o preenchimento do questionário de análise de risco, onde não poderão faltar as seguintes

Leia mais

ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009

ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009 1 - DO OBJETO ANEXO A TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP Nº 07 /2009 Contratação de empresa para fornecimento de seguro veicular de 03 (três) veículos pertencentes à Superintendência de Seguros Privados - SUSEP.

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das

CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das CIRCULAR SUSEP Nº 145, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2000 Publicada no DOU de 09/11/2000 Dispõe sobre a estruturação mínima das Condições Contratuais e das Notas Técnicas Atuariais dos Contratos exclusivamente

Leia mais

Índice. 1. Conceito, coberturas e importâncias seguradas... 5. 2. Prêmio a ser pago... 7. 3. Coberturas adicionais (opcional)... 8. 4. Descontos...

Índice. 1. Conceito, coberturas e importâncias seguradas... 5. 2. Prêmio a ser pago... 7. 3. Coberturas adicionais (opcional)... 8. 4. Descontos... Índice 1. Conceito, coberturas e importâncias seguradas... 5 2. Prêmio a ser pago... 7 3. Coberturas adicionais (opcional)... 8 4. Descontos... 11 5. Pagamento do prêmio... 13 6. Vistoria Prévia... 14

Leia mais

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 Somente quando estiver com documento do veículo em mãos, para fornecer ao atendente a placa e o chassi do veículo.

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo ANEXO XIX. SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo ANEXO XIX. SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA ANEXO XIX. SEGUROS DE RESPONSABILIDADE DA CONCESSIONÁRIA Durante o prazo da CONCESSÃO, a CONCESSIONÁRIA deverá contratar e manter em vigor no mínimo as apólices de seguro a seguir indicadas, nas condições

Leia mais

Ass.: Programa de Apoio à Aquisição de Bens de Capital Usados BK USADOS

Ass.: Programa de Apoio à Aquisição de Bens de Capital Usados BK USADOS CIRCULAR N 21/2009 Rio de Janeiro, 12 de março de 2009. Ref.: FINAME e FINAME LEASING Ass.: Programa de Apoio à Aquisição de Bens de Capital Usados BK USADOS O Superintendente da Área de Operações Indiretas,

Leia mais

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A )

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelas Condições Gerais de Automóvel e Manual de Serviços Complementares,

Leia mais

Aqui você encontrará dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças.

Aqui você encontrará dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças. 1 Kit de Cálculo 0611K1 Prezado Corretor, Você está recebendo a nova versão do Kit de Cálculo 0611K1, com novidades importantes. Leia atentamente este Informe Técnico para entender o que muda nos seguros

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL Novembro/2015 Tokio Marine Seguradora S.A. Cia 0619-0 Versão 23 de novembro/15 1 CARO CLIENTE Você adquiriu o melhor e mais completo seguro de Automóvel do mercado. Com ele,

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL. Condições Especiais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL. Condições Especiais SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS INDIVIDUAL Condições Especiais Processo SUSEP Nº 15414.004703/2010-01 0 ÍNDICE CLÁUSULA ADICIONAL DE INVALIDEZ PERMANENTE TOTAL OU PARCIAL POR ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO NO BRASIL

Leia mais

Principais Características Operacionais Automóvel Minas Brasil

Principais Características Operacionais Automóvel Minas Brasil Principais Características Operacionais Automóvel Minas Brasil Cobertura Provisória Não existe. Para a cobertura securitária deverá ser transmitida através do sistema MB On-line. Transmissão Através do

Leia mais

ficha de produto automóvel

ficha de produto automóvel ficha de produto automóvel O que é? O Seguro de Automóvel é um seguro que visa garantir o pagamento de indemnizações dos prejuízos sofridos em consequência direta das coberturas e com os limites de indemnização

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 241, de 9 de janeiro de 2004.

CIRCULAR SUSEP N o 241, de 9 de janeiro de 2004. CIRCULAR SUSEP N o 241, de 9 de janeiro de 2004. Dispõe sobre a estruturação mínima das condições contratuais e das notas técnicas atuariais dos contratos de seguros de automóvel, com inclusão ou não,

Leia mais

Sistema Auto Empresas

Sistema Auto Empresas Sistema Auto Empresas Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Janeiro 2011 Como Acessar Acesse o Portal do Corretor (https://mais.itauseguros.com.br). Utilize a opção Cotação online para iniciar o cálculo

Leia mais

SECRETARIA ADMINISTRATIVA DO MERCOSUL RESOLUÇÃO GMC Nº 26/01 - ARTIGO 10 ERRATA ORIGINAL

SECRETARIA ADMINISTRATIVA DO MERCOSUL RESOLUÇÃO GMC Nº 26/01 - ARTIGO 10 ERRATA ORIGINAL MERCOSUL/GMC/RES. N 35/02 NORMAS PARA A CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE TURISTAS PARTICULARES E DE ALUGUEL NOS ESTADOS PARTES DO MERCOSUL ( Substitui as Res. GMC N os 76/93 e 131/94) TENDO EM VISTA: O Tratado

Leia mais

CIRCULAR Nº 241, DE 9 DE JANEIRO DE 2004

CIRCULAR Nº 241, DE 9 DE JANEIRO DE 2004 Ministério da Fazenda Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR Nº 241, DE 9 DE JANEIRO DE 2004 Dispõe sobre a estruturação mínima das condições contratuais e das notas técnicas atuariais dos contratos

Leia mais

Manual de Comercialização Seguro Auto AIG. Este manual possui informações e regras de negócios para suporte na comercialização do Seguro Auto AIG.

Manual de Comercialização Seguro Auto AIG. Este manual possui informações e regras de negócios para suporte na comercialização do Seguro Auto AIG. Seguro Auto AIG Este manual possui informações e regras de negócios para suporte na comercialização do Seguro Auto AIG. Índice 1. PRODUTO...3 1.1. ABRANGÊNCIA...3 1.2. MODALIDADE...3 1.3. LIMITES...4 1.4.

Leia mais

RC PROFISSIONAL. Sucursal Endereço Telefone Fax CNPJ SAO PAULO AV. PAULISTA, 1294 17 4504-4400 4504-4395 3.502.099/0001-18

RC PROFISSIONAL. Sucursal Endereço Telefone Fax CNPJ SAO PAULO AV. PAULISTA, 1294 17 4504-4400 4504-4395 3.502.099/0001-18 SEGURO DE RC PROFISSIONAL Sucursal Endereço Telefone Fax CNPJ SAO PAULO AV. PAULISTA, 1294 17 4504-4400 4504-4395 3.502.099/0001-18 Apólice Número Endosso Número Renova Apólice 17.7826713.28 17611 Vigência

Leia mais

Em qualquer lugar do país, e a qualquer hora do dia ou da noite, você estará sempre seguro.

Em qualquer lugar do país, e a qualquer hora do dia ou da noite, você estará sempre seguro. O SulAmérica Auto é o seguro completo que você precisa para seu veículo. Com ele, além das coberturas e garantias, você também tem descontos exclusivos em peças e serviços tanto para você quanto para o

Leia mais

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas.

AGORA? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. EO que AGORA? eu faço? Encontre aqui as respostas para as suas dúvidas. CADASTRO E PAGAMENTO Quer mais facilidade para seu dia a dia? Perdeu o boleto? O site Azul Seguros oferece diversos serviços para

Leia mais

REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO

REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO REGULAMENTOS DAS COBERTURAS OPCIONAIS PREVCAR AUTO RESPONSABILIDADE CIVIL FACULTATIVA ESTA COBERTURA NÃO PODERÁ SER CONTRATADA ISOLADAMENTE FICANDO CONDICIONADA À COBERTURA DO EQUIPAMENTO ATIVO CADASTRADO

Leia mais

NORMA RESSARCIMENTO POR DANO ELÉTRICO

NORMA RESSARCIMENTO POR DANO ELÉTRICO PÁGINA 1 de 7 ÍNDICE DO CONTEÚDO 1. Objetivo 1 2. Norma e Documentos Complementares 1 3. Definições 1/2 4. Condições Gerais 2 5. Procedimentos 3/4/5 6. Anexo 6 7. Ficha de Vida 7 1. Objetivo: Esta norma

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO:

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: 1.1 A destinação deste plano de benefício é disponibilizar, ora contratado, diárias de veículo econômico com ar para as pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

SEGURADORA GERENTE NA CP 24 HORAS SINISTRO

SEGURADORA GERENTE NA CP 24 HORAS SINISTRO SEGURADORA GERENTE NA CP 24 HORAS SINISTRO 1 - AZUL LUCIANO (5674) 08007030203 08007030203 / 40043700 2 - BRADESCO LUANDA (5645) 40042757 40042757 4 - MARÍTIMA LUANDA 08007719119 08007719119 5 - PORTO

Leia mais

Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty.

Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. CARO (A) CORRETOR (A) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelo Manual do Segurado dos Produtos Auto da Liberty, para que você conheça em detalhes

Leia mais

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS O objetivo do programa é combinar a sinergia existente entre concessionárias e seguradoras a fim de que, mediante a fidelização dos clientes,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO CONTRATO que entre si fazem o DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA e a empresa xxxxxxxx, para seguro contra terceiros para os veículos deste Departamento. O DEPARTAMENTO

Leia mais

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A )

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelas Condições Gerais de Automóvel e Manual de Serviços Complementares,

Leia mais

SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO

SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 7 ESTRUTURA DESTE CONTRATO DE SEGURO... 7 INFORMAÇÕES PRELIMINARES... 7 CONDIÇÕES GERAIS... 12 1. OBJETO DO SEGURO... 12 2. ÂMBITO GEOGRÁFICO...

Leia mais

Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty.

Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. CARO (A) CORRETOR (A) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelo Manual do Segurado dos Produtos Auto da Liberty, para que você conheça em detalhes

Leia mais

ENVIAR APÓLICE POR E-MAIL CORREIO INFORMAÇÕES DE PAGAMENTO

ENVIAR APÓLICE POR E-MAIL CORREIO INFORMAÇÕES DE PAGAMENTO PROPOSTA DE SEGURO EMPRESARIAL ORIGEM: 39 Nº PROPOSTA: RAZÃO SOCIAL ESTIPULANTE: CNPJ: ¹Pessoa Politicamente Exposta: Sim Não Relacionamento Próximo Nacionalidade: Reside no Brasil: Sim Não ¹Pessoa Politicamente

Leia mais

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A.

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Sistema Auto Frota Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Como Acessar Acesse o Portal do corretor www.itauseguros.com.br/portal, no caminho: Home> Meus Negócios> Cotações e Propostas> Auto Frota> Cotação

Leia mais

AUTO - BRADESCO RELAÇÃO SEGURADO X PROPRIETARIO. Para SEGUROS NOVOS: Para RENOVAÇÕES DE APÓLICES:

AUTO - BRADESCO RELAÇÃO SEGURADO X PROPRIETARIO. Para SEGUROS NOVOS: Para RENOVAÇÕES DE APÓLICES: RELAÇÃO SEGURADO X PROPRIETARIO Para SEGUROS NOVOS: É Obrigatório ser contratado o seguro em nome do proprietário que consta no DUT. Para RENOVAÇÕES DE APÓLICES: Segurado = apólice: nome da apólice (PF

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL Fevereiro/2013 Tokio Marine Automóvel Versão 16 de Fevereiro/2013-1 OUVIDORIA A Voz do Cliente na Empresa A Ouvidoria é mais um canal de comunicação que a Seguradora coloca

Leia mais

Pequenas Frotas. Manual do Sistema WEB

Pequenas Frotas. Manual do Sistema WEB Pequenas Frotas Manual do Sistema WEB Versão 1.1 Abr-2014 Sumário 1. Acesso ao Sistema... 3 1.1. Site Institucional... 3 1.2. Canal do Corretor Usuário Principal (Master)... 3 1.3. Controle de Acesso...

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

ficha de produto automóvel 2Rodas

ficha de produto automóvel 2Rodas ficha de produto automóvel 2Rodas O que é? O Seguro auto 2Rodas é um seguro que visa garantir o pagamento de indemnizações dos prejuízos sofridos em consequência direta das coberturas e com os limites

Leia mais

SEGURO DE AUTOMÓVEL... 4 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 4 GLOSSÁRIO... 4

SEGURO DE AUTOMÓVEL... 4 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 4 GLOSSÁRIO... 4 SEGURO DE AUTOMÓVEL... 4 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 4 GLOSSÁRIO... 4 1. OBJETIVO DO SEGURO... 11 2. COBERTURAS DO SEGURO... 11 3. ACEITAÇÃO DA PROPOSTA... 12 4. RECUSA DA PROPOSTA... 13 5. VIGÊNCIA DO

Leia mais

Ref.: FINAME, FINAME LEASING, FINAME AGRÍCOLA e BNDES AUTOMÁTICO. Ass.: Programa BNDES de Sustentação do Investimento BNDES PSI

Ref.: FINAME, FINAME LEASING, FINAME AGRÍCOLA e BNDES AUTOMÁTICO. Ass.: Programa BNDES de Sustentação do Investimento BNDES PSI CIRCULAR Nº 79/2009 Rio de Janeiro, 24 de julho de 2009. Ref.: FINAME, FINAME LEASING, FINAME AGRÍCOLA e BNDES AUTOMÁTICO Ass.: Programa BNDES de Sustentação do Investimento BNDES PSI O Superintendente

Leia mais

SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO

SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 5 ESTRUTURA DESTE CONTRATO DE SEGURO... 5 INFORMAÇÕES PRELIMINARES... 5 CONDIÇÕES GERAIS... 10 1. OBJETO DO SEGURO... 10 2. ÂMBITO GEOGRÁFICO...

Leia mais

TOKIO MARINE AUTO (O MELHOR, O MAIS COMPLETO)

TOKIO MARINE AUTO (O MELHOR, O MAIS COMPLETO) Corretor Tokio Marine possui inúmeros benefícios diferenciados, além de proporcionar a seus clientes um dos melhores produtos com serviços completos e com excelente custo x benefício. Vantagens ao Cliente.:

Leia mais

Novas Condições de Comercialização para Seguros - Ramo Automóvel Vigência a partir de 1/06/2010

Novas Condições de Comercialização para Seguros - Ramo Automóvel Vigência a partir de 1/06/2010 (Atualizações indicadas com esta seta ) CIRCULAR COBRANÇA AUTO Prezado Corretor, Ref.: Novas Condições de Comercialização para Seguros - Ramo Automóvel Vigência a partir de 1/06/2010 Seguem condições atualizadas

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1-OBJETO: 1.1 Prestação de serviço de seguro total para 04(quatro) veículos da frota da Justiça Federal de Primeiro Grau - Seção Judiciária do Espírito Santo, com assistência

Leia mais

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA OFERTA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL-SPSR N.º 006/04

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA OFERTA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL-SPSR N.º 006/04 REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA OFERTA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL-SPSR N.º 006/04 A Companhia Nacional de Abastecimento Conab, empresa pública federal vinculada ao Ministério da Agricultura,

Leia mais

Condições Gerais e Guia de Serviços Versão

Condições Gerais e Guia de Serviços Versão CARO CLIENTE Você adquiriu o melhor e mais completo seguro de Automóvel do mercado. Com ele, você e o seu veículo ficam protegidos 24 horas por dia. Guarde bem a Apólice de Seguro, que é o seu documento

Leia mais

CARO CLIENTE. Em caso de roubo ou furto, ligue imediatamente para: A Central de Atendimento permanece disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.

CARO CLIENTE. Em caso de roubo ou furto, ligue imediatamente para: A Central de Atendimento permanece disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. CARO CLIENTE Parabéns! A partir de agora, além de ter a proteção do Real Automóvel, o melhor e mais completo seguro de Automóvel do mercado, você conta com um rastreador de veículos, concedido pela Seguradora

Leia mais

Programa BNDES de Apoio à Aquisição de Veículos Utilitários BNDES Pro- Utilitário

Programa BNDES de Apoio à Aquisição de Veículos Utilitários BNDES Pro- Utilitário Grau: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 39/2015-BNDES Rio de Janeiro, 21 de setembro de 2015. Ref.: Ass.: Produto BNDES Automático Programa BNDES de Apoio à Aquisição de Veículos

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006. Institui regras e procedimentos para a constituição das provisões técnicas das sociedades seguradoras, entidades

Leia mais

SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO

SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO SEGURO AUTOMÓVEL HDI MANUAL DO SEGURADO 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 7 ESTRUTURA DESTE CONTRATO DE SEGURO... 7 INFORMAÇÕES PRELIMINARES... 7 CONDIÇÕES GERAIS... 12 1. OBJETO DO SEGURO... 12 2. ÂMBITO GEOGRÁFICO...

Leia mais

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online.

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online. Prezado Corretor, Kit de Cálculo Online 0310K1 Este é o novo Kit de Cálculo Online 0310K1, com novidades e alterações para facilitar o seu dia-a-dia. Leia atentamente este Informe Técnico para entender

Leia mais

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL Nº DA CÉDULA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) (S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL RENAVAN CHASSI PLACA NOTA FISCAL (CASO VEÍCULO

Leia mais

SEGUROS PATRIMONIAIS. www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013

SEGUROS PATRIMONIAIS. www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013 SEGUROS PATRIMONIAIS www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013 SEGUROS COMPREENSIVOS Nilso Gonçalves Membro Comissão Ramos Diversos PDES Seguros Compreensivos

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL Março/2014 Condições Gerais de Automóvel Versão 10 de março/2014 Documento registrado no 4º Oficial de Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Capital

Leia mais

1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos.

1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. Ficha técnica 1.TOMADOR DO SEGURO/ SEGURADO Poderão contratar este seguro os colaboradores, incluindo os seus familiares directos. São considerados familiares directos: - o cônjuge, desde que viva em carácter

Leia mais

Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA.

Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA. Autorização para débitos de MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA. Declaro para os devidos fins que autorizo à GENERALI DO BRASIL COMPANHIA DE SEGUROS a debitar de minha indenização, as MULTAS, AUTUAÇÕES e IPVA existentes

Leia mais

O SEU PROCESSODE SINISTROS

O SEU PROCESSODE SINISTROS O SEU PROCESSODE SINISTROS O SEU PROCESSO 1. Abertura 1.1. Entre em contato com a seguradora para realizar a abertura do sinistro (portando DOCUMENTO DO VEÍCULO + CNH) ou se preferir ligue para a gente

Leia mais

CIRCULAR SUSEP 477/2013

CIRCULAR SUSEP 477/2013 CIRCULAR SUSEP 477/2013 Alterações e seus impactos sobre os agentes do mercado Roque Jr. de Holanda Melo Diretor de Sinistro e Jurídico AGENDA I. O QUE MUDOU? 1.1. Cobertura de Multas 1.2. Endosso Obrigatório

Leia mais

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A )

C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) C A R O ( A ) C O R R E T O R ( A ) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelas Condições Gerais de Automóvel e Manual de Serviços Complementares,

Leia mais

O Seguro Auto Itaú proporciona proteção completa para o seu veículo e tranquilidade para você dirigir sem preocupações.

O Seguro Auto Itaú proporciona proteção completa para o seu veículo e tranquilidade para você dirigir sem preocupações. Seguro Auto Itaú O Seguro Auto Itaú proporciona proteção completa para o seu veículo e tranquilidade para você dirigir sem preocupações. E agora, você que é correntista conta com muito mais vantagens.

Leia mais

SulAmérica IPREMIO. Proposta SulAmérica Auto N Proposta Auto: 975284894 - Data / Hora de Envio: 2910812014 16:52:20

SulAmérica IPREMIO. Proposta SulAmérica Auto N Proposta Auto: 975284894 - Data / Hora de Envio: 2910812014 16:52:20 N Proposta Auto: 975284894 - Data / Hora de Envio: 2910812014 16:52:20 COBERTURAS E GARANTIAS Valor de Novo Blindagem Diárias por lndisponibilidade DMH Saldo Financiamento Roubo / Furto de Estepe APP /

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N o 477, DE 30 DE SETEMBRO DE 2013. Dispõe sobre o Seguro Garantia, divulga Condições Padronizadas e dá outras providências. O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente Siga Seguro Versão Mai./12

CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente Siga Seguro Versão Mai./12 2 SIGA SEGURO MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. O SIGA SEGURO é um seguro de acidente pessoal coletivo por prazo certo, garantido pela CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência S/A. Prevenir é sempre

Leia mais

Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty.

Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. CARO (A) CORRETOR (A) Obrigado por trabalhar com os Produtos Auto da Liberty. Preparamos este manual, complementado pelo Manual do Segurado dos Produtos Auto da Liberty, para que você conheça em detalhes

Leia mais

MANUAL DO SERVIÇO PARA ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL SERVCAR

MANUAL DO SERVIÇO PARA ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL SERVCAR MANUAL DO SERVIÇO PARA ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL SERVCAR 1. OBJETIVO Este manual contém informações acerca dos procedimentos que deverão ser tomados na ocorrência de qualquer fato que acarrete na utilização

Leia mais

Estabelece a codificação dos ramos de seguro e dispõe sobre a classificação das coberturas contidas em planos de seguro, para fins de contabilização.

Estabelece a codificação dos ramos de seguro e dispõe sobre a classificação das coberturas contidas em planos de seguro, para fins de contabilização. CIRCULAR SUSEP Nº 395, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 Estabelece a codificação dos ramos de seguro e dispõe sobre a classificação das coberturas contidas em planos de seguro, para fins de contabilização. O

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO)

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO) CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GAR ANTIA DE ENTREGA DE OBRA CBIC (IMOBILIARIO) ESSOR Seguros S.A CNPJ 14.5 25.684/0001-50 Process o SUSEP Nº 1 54 14.002 72 3/2 01 2-09 O registro deste plano na SUSEP não im plica,

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES PARTICULARES

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES PARTICULARES SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO CONDIÇÕES PARTICULARES 1 ÍNDICE CONDIÇÕES PARTICULARES Conteúdo 1. Estipulante... 3 2. Grupo Segurável... 3 3. Grupo Segurado... 3 4. Segurado... 3 5. Início, Vigência

Leia mais

Companhia Mutual de Seguros

Companhia Mutual de Seguros Companhia Mutual de Seguros 1 Í n d i c e Manual do Corretor Procedimentos Operacionais Boas vindas 4 A Empresa 5 Missão 6 Valores que orientam a atuação 7 Produtos 8 Espaço do Corretor 9 Procedimentos

Leia mais

SEGURO-GARANTIA CONDIÇÕES GERAIS

SEGURO-GARANTIA CONDIÇÕES GERAIS SEGURO-GARANTIA CONDIÇÕES GERAIS 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES... 2 2. APRESENTAÇÃO... 2 3. ESTRUTURA DO CONTRATO DE SEGURO... 2 4. OBJETIVO DO SEGURO... 3 5. DEFINIÇÕES... 3 6. FORMA DE CONTRATAÇÃO... 4

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL

CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL CONDIÇÕES GERAIS DE AUTOMÓVEL Dezembro/2013 Tokio Marine Automóvel Versão 02 de dezembro/13-1 CARO CLIENTE Você adquiriu o melhor e mais completo seguro de Automóvel do mercado. Com ele, você e o seu veículo

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 128, DE 2005.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 128, DE 2005. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 128, DE 2005. Aprova as Normas Disciplinadoras e os Elementos Mínimos que, obrigatoriamente, devem constar do bilhete do Seguro

Leia mais