Documento de Definição de Requisitos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Documento de Definição de Requisitos"

Transcrição

1 Documento de Definição de Requisitos Projeto: Locadora de Automóveis Responsável: Ricardo Falbo 1. Introdução Este documento apresenta os requisitos de usuário de um sistema de Locadora de Automóveis e está organizado da seguinte forma: a Seção 2 contém uma descrição do propósito do sistema; a Seção 3 apresenta uma descrição do minimundo apresentando o problema; e a Seção 4 apresenta as listas de requisitos de usuário levantados junto ao cliente. 2. Descrição do Propósito do Sistema O Sistema de Apoio a Locadoras de Automóveis visa apoiar a realização das principais atividades relacionadas ao atendimento a clientes, a saber: reserva, aluguel, devolução e substituição de automóveis. Para que essas atividades sejam apoiadas, é necessário controlar as informações acerca de automóveis, modelos e clientes, dentre outros. 3. Descrição do Minimundo Descrição do Minimundo O negócio principal de uma locadora de automóveis é a o aluguel de carros. A locadora possui várias filiais, sendo que de cada filial deseja-se saber o nome, endereço, telefone. Carros possuem modelos e apresentam certas características que permitem agrupar carros em grupos. Por exemplo, o grupo Econômico inclui os modelos Gol, Palio e Celta, motor 1.0, sem ar condicionado. De um modelo deseja-se saber nome, marca (Fiat, Volkswagem etc.) e capacidade de passageiros (número máximo de passageiros). De um dado modelo, a locadora pode possuir vários carros. Sobre um carro específico, deseja-se saber: placa, nº do chassi, RENAVAM, ano de fabricação, potência do motor, cor, número de portas e equipamentos (ar condicionado, direção hidráulica, freios ABS, air bag, rádio). Os valores das diárias são dados pelo grupo do carro alugado e pela indicação de se a locação será com quilometragem livre ou não. No caso de diárias sem quilometragem livre, além do valor da diária, há uma taxa a ser cobrada por quilômetro rodado. Clientes efetuam reservas. Um cliente pode ser um cliente pessoa física ou um cliente pessoa jurídica. De um cliente pessoa física deseja-se saber: nome, CPF,

2 identidade, endereço, telefones e . De um cliente pessoa jurídica deseja-se saber: razão social, CNPJ, endereço, telefones, pessoa de contato e . Na reserva deve-se registrar a filial de retirada e a filial de devolução do veículo, a data e a hora pretendida para retirada e para devolução do veículo, o grupo do carro que o cliente deseja locar, o tipo de diária a ser considerada (com quilometragem livre ou não) e o tipo de cobertura de seguro a ser contratada. Uma reserva só pode ser feita para um grupo, se houver algum veículo daquele grupo disponível no período pretendido. A devolução em outra loja será permitida somente com autorização da locadora. O período mínimo de locação é de 1 (uma) diária de 24 horas e o período máximo é de 30 diárias. De um tipo de cobertura de seguro, deseja-se saber o nome, taxa diária e participação obrigatória do locatário. A taxa diária e a participação obrigatória variam de acordo com o grupo. P.ex., no tipo de cobertura Proteção Parcial, para o grupo Econômico a taxa diária é de R$ 28,00 / diária e a participação obrigatória é de R$ 2.000,00; enquanto para o grupo Executivo, a taxa diária é de R$ 38,00 / diária e a participação obrigatória é de R$ 3.000,00; Quando da locação efetiva de um veículo, o cliente deverá apresentar cartão de crédito nominal para a operação de pré-autorização. Caso o locatário não tenha feito uma reserva previamente, ele deverá indicar todas as informações de uma reserva. No ato da locação, um carro do grupo escolhido deverá ser alocado para essa locação e a sua quilometragem deverá ser registrada. Caso um veículo do grupo escolhido no ato da reserva não esteja disponível no momento da retirada, a locadora disponibilizará outro veículo de um grupo superior. Nesse caso, os valores das diárias de locação e das diárias de proteção cobradas serão correspondentes ao veículo escolhido no ato da reserva e indisponível no momento da retirada. Para conduzir o veículo locado, o cliente deverá apresentar Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida e emitida em território nacional. Caso o cliente não preencha o perfil exigido, poderá indicar um condutor habilitado. Em qualquer caso, o cliente pode nomear até quatro motoristas adicionais, implicando no pagamento da taxa diária vigente para cada motorista adicional, a qual varia de grupo para grupo. As CNHs de todos os motoristas deverão ser validadas junto ao Denatran. Caso o veículo apresente algum problema durante o período de locação, o cliente poderá solicitar a substituição do veículo. As condições para substituição são as mesmas para a alocação inicial de um veículo a uma locação. Na devolução do veículo, deve-se registrar a data e a hora de devolução e quilometragem na devolução. Neste momento a locação terá de ser paga. Pagamentos podem ser feitos em dinheiro, cheque ou cartão, sendo que, para pagamentos com cheque, deseja-se saber: banco, agência, conta e número do cheque. Para pagamentos em cartão, registra-se apenas o valor, a operadora do cartão e o número e a data da autorização. 4. Requisitos de Usuário Tomando por base o contexto do sistema, foram identificados os seguintes requisitos de usuário:

3 Requisitos Funcionais Identificador Descrição Prioridade Depende de RF01 O sistema deve controlar a reserva de carros por clientes, indicando o grupo do carro desejado, bem como permitindo o cancelamento, alteração e consulta da reserva posteriormente. RF10, RF11, RF12, RF13, RN01, RN02, RN03, RN04, RNF02 RF02 O sistema deve registrar as locações de veículos. RF01, RF10, RF11, RF12, RF13, RN01, RN02, RN03, RN04, RNF03 RF03 O sistema deve registrar as devoluções de veículos. RF02, RN01, RNF03 RF04 O sistema deve registrar os pagamentos das locações. RF03, RF05, RN08, RNF04 RF05 O sistema deve registrar a pré-autorização da operadora de cartão (caução) de uma locação. RF02, RNF04 RF06 O sistema deve controlar a alocação de veículos para locações, incluindo as substituições. RF02, RF08, RN05, RNF03 RF07 O sistema deve controlar os motoristas habilitados de uma locação, validando suas CNHs junto ao Denatran. RF02, RF11, RN06, RN07, RNF03, RNF05 RF08 O sistema deve controlar os carros que compõem a frota da locadora. RF09, RF10, RF14 RF09 O sistema deve controlar os modelos com os quais a locadora trabalha. RF10 O sistema deve controlar os grupos para locação, incluindo valores de diárias. RF09, RF14, RN01 RF11 O sistema deve controlar os clientes da locadora, abrangendo tanto clientes pessoa física quanto clientes pessoa jurídica. RF12 O sistema deve controlar as filiais da locadora. RNF03 RF13 O sistema deve controlar os tipos de cobertura de seguro. RF10, RN09 RF14 O sistema deve controlar os tipos de equipamentos disponíveis nos veículos.

4 Regras de Negócio Identificador Descrição Prioridade Depende de RN01 RN02 Os valores das diárias são dados pelo grupo do carro alugado e pela indicação de se a locação será com quilometragem livre ou não. No caso de diárias sem quilometragem livre, além do valor da diária, é necessário indicar quanto será cobrado por quilômetro rodado. Uma reserva ou locação só pode ser feita para um grupo, se houver algum veículo daquele grupo disponível no período pretendido. RN03 A devolução em outra loja será permitida somente com a autorização da locadora. RN04 O período mínimo de locação é de 1 (uma) diária de 24 horas e o período máximo é de 30 diárias. RN05 RN06 RN07 Caso um veículo do grupo escolhido no ato da reserva não esteja disponível no momento da retirada, a locadora disponibilizará outro veículo de um grupo superior. Nesse caso, os valores das diárias de locação e das diárias de proteção cobradas serão correspondentes ao veículo escolhido no ato da reserva e indisponível no momento da retirada. Para conduzir o veículo locado, o cliente deverá apresentar Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida e emitida em território nacional. Caso o cliente não preencha o perfil exigido, poderá indicar um condutor habilitado. O cliente pode nomear até 4 (quatro) motoristas adicionais, implicando no pagamento da taxa diária vigente para cada motorista adicional. RN08 Pagamentos podem ser feitos em dinheiro, cheque ou cartão. RN09 A taxa diária e a participação obrigatória de um tipo de cobertura de seguro variam de acordo com o grupo.

5 Requisitos Não Funcionais Identificador Descrição Categoria Escopo Prioridade Depende de RNF01 RNF02 RNF03 RNF04 O sistema deve controlar o acesso às funcionalidades. Funcionalidades para controlar a frota da locadora, filiais, tipos de cobertura de seguro e outras de caráter administrativo devem ser restritas a administradores. Funcionalidades de atendimento a clientes devem estar restritas a atendentes. A funcionalidade de reserva deve estar disponível a clientes. A funcionalidade de reserva deve estar disponível pela Internet, a partir dos principais navegadores disponíveis no mercado, considerando, inclusive, dispositivos móveis (tablets, celulares). O tempo para a realização das funções de atendimento ao cliente na loja deve ser inferior a cinco segundos, a partir da correta entrada de dados. O sistema deve estar integrado ao Sistema de Operadoras de Cartão para enviar e receber informações para pré-autorização e pagamento com cartão. Segurança de Acesso Sistema Portabilidade Eficiência em relação ao tempo Interoperabilidade Funcionalidade Média Funcionalidade Funcionalidade RNF05 O sistema deve estar integrado ao Denatran para validação de CNHs. Interoperabilidade Funcionalidade RNF06 RNF07 A persistência das informações deve ser implementada, em um primeiro momento, em um Sistema Gerenciador de Bancos de Dados Relacionais (SGBDR) livre (Postgres ou MySQL). Contudo, no futuro deve ser possível utilizar outros SGBDRs ou até mesmo outra tecnologia de bancos de dados. O sistema deve ser desenvolvido de modo a acomodar mudanças facilmente, tendo em vista que este sistema tem elevado potencial de crescimento. Manutenibilidade Sistema Média Manutenibilidade Sistema Média

Documento de Requisitos

Documento de Requisitos Documento de Requisitos Projeto: Vídeo Locadora Passatempo Versão: 3.0 Responsável: Ricardo Falbo 1. Introdução Este documento apresenta os requisitos de usuário para a informatização da Vídeo Locadora

Leia mais

Documento de Requisitos

Documento de Requisitos Documento de Requisitos Projeto: Videolocadora Passatempo Responsáveis: Ricardo Falbo Registro de Alterações: Versão Responsável Data Alterações 1.0 Ricardo Falbo 25.07.2013 1. Introdução Este documento

Leia mais

3 a Lista de Exercícios

3 a Lista de Exercícios Engenharia de Requisitos 3 a Lista de Exercícios (1) Em relação ao levantamento e análise de requisitos, faz-se a seguinte afirmação: Os requisitos de sistema devem ser capturados, documentados e acordados

Leia mais

Estudo de Caso: Você-Aluga

Estudo de Caso: Você-Aluga Estudo de Caso: Você-Aluga Empresa de aluguel de automóveis Tradução: E. A.Schmitz Sumário 1. APRESENTAÇÃO 3 2. O NEGÓCIO VOCÊ-ALUGA 3 2.1. LOCAÇÃO 3 2.2. DEVOLUÇÃO 3 2.3. SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO 3 2.4.

Leia mais

ESTÁGIO DE DOCÊNCIA II

ESTÁGIO DE DOCÊNCIA II FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Centro de Tecnologia - CTC Departamento de Informática - DIN Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação PCC ESTÁGIO DE DOCÊNCIA II Disciplina: Engenharia

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO:

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: 1.1 A destinação deste plano de benefício é disponibilizar, ora contratado, diárias de veículo econômico com ar para as pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projeto Locadora de Vídeo Passatempo Especificação de Requisitos 1. Introdução Este documento contém a especificação de requisitos e a modelagem de análise para o projeto de informatização da vídeo-locadora

Leia mais

2 a Lista de Exercícios

2 a Lista de Exercícios Engenharia de Requisitos 2 a Lista de Exercícios (1) Seja o contexto do desenvolvimento de um sistema de informação para uma locadora de automóveis. Considere o seguinte extrato de ata de reunião. O negócio

Leia mais

Manual de utilização Totem de Autoatendimento

Manual de utilização Totem de Autoatendimento Manual de utilização Totem de Autoatendimento Julho/2015 Sumário 1. Totem de Autoatendimento Detran/PR... 3 2. Área de Motorista... 4 2.1. Consultar Envio CNH... 4 2.2. Curso de Reciclagem... 5 2.2.1.

Leia mais

Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva

Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva Diagrama de Casos de Uso Demonstra o comportamento externo do sistema, através de uma linguagem simples. Apresentando o sistema sobre a perspectiva do

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO CASO DE USO: INCLUIR CLIENTE Sumário: este caso de uso se inicia quando o usuário precisa incluir um cliente no sistema. Atores: Atendente Pré-condições: Documentação do

Leia mais

FACIL LOCADORA E COMERCIO DE VEICULOS LTDA

FACIL LOCADORA E COMERCIO DE VEICULOS LTDA FUNDAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DE ENSINO SUPERIOR DO MUNICÍPIO DE LINHARES - FACELI FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES FACELI CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACIL LOCADORA E COMERCIO DE VEICULOS LTDA LINHARES

Leia mais

Estudo de Caso 1: Sistema de Controle de Cinema

Estudo de Caso 1: Sistema de Controle de Cinema Estudo de Caso 1: Sistema de Controle de Cinema Desenvolva o diagrama de casos de uso sabendo que: I. Um cinema pode ter muitas salas, sendo necessário, portanto, registrar informações a respeito de cada

Leia mais

Conteúdo. 1. Introdução. 2. Levantamento de Requisitos. 3. Análise Orientada a Objetos. 4. Projeto Orientado a Objetos 5. UML. 6.

Conteúdo. 1. Introdução. 2. Levantamento de Requisitos. 3. Análise Orientada a Objetos. 4. Projeto Orientado a Objetos 5. UML. 6. Conteúdo 1. Introdução 2. Levantamento de Requisitos 3. Análise Orientada a Objetos 4. Projeto Orientado a Objetos 5. UML 6. Métodos Ágeis Análise Orientada a Objetos Exercícios Exercício 1 Defina o diagrama

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte pág.: 1/6 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos a serem adotados para a utilização dos meios de transporte na COPASA MG. 2 Referências Para aplicação desta norma, poderá ser necessário consultar:

Leia mais

A fim de gerenciar as vendas em uma loja, os seguintes requisitos devem ser atendidos pela modelagem de dados:

A fim de gerenciar as vendas em uma loja, os seguintes requisitos devem ser atendidos pela modelagem de dados: A fim de gerenciar as vendas em uma loja, os seguintes requisitos devem ser atendidos pela modelagem de dados: Vendas são efetuadas por um Vendedor em um determinado momento (indicado por uma data e um

Leia mais

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537.

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537. Assist24h_AutoPasseio_jul 6/13/07 4:32 PM Page 1 CARO SEGURADO Para você que adquiriu o Real Automóvel e contratou os serviços de Assistência 24 horas, este é o seu guia de serviços da Real Assistência.

Leia mais

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador 1 Apresentação Apresentamos o Processo de Viagens GENS Manual do Colaborador. Este Manual é parte integrante do Processo de Viagens GENS.

Leia mais

CONSIDENRANDO o frequente deslocamento dos gerentes e demais coordenadores entre os dois parques;

CONSIDENRANDO o frequente deslocamento dos gerentes e demais coordenadores entre os dois parques; TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA LOCAÇÃO DE VEÍCULO TIPO PASSEIO PARA OS EQUIPAMENTOS PARQUE SANTANA E PARQUE URBANO DA MACAXEIRA. JUSTIFICATIVA CONSIDENRANDO

Leia mais

FORMATO VENDAS CAL10MAY-15MAYGIG/LL/ARR-1000/DT-1000/ID-LL3378169/CD-LL32636

FORMATO VENDAS CAL10MAY-15MAYGIG/LL/ARR-1000/DT-1000/ID-LL3378169/CD-LL32636 VENDAS EXIBIR DISPONIBILIDADE INFORMANDO CÓDIGO DA AGÊNCIA (ID) EXIBIR DISPONIBILIDADE INFORMANDO CÓDIGO DA AGÊNCIA (ID) E CÓDIGO DA EMPRESA (CD) EXIBIR DISPONIBILIDADE COM DEVOLUÇÃO EM AEROPORTO DIFERENTE

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM 1 Sumário 1. TOTEM DE AUTOATENDIMENTO - DETRAN... 3 2. ÁREA DE MOTORISTA... 5 2.1. Consultar Envio CNH... 5 2.2. Curso de Reciclagem... 6 2.2.1. Agendamento do

Leia mais

À SINOREG At.: Sra.Mariliz CDP# a cadastrar

À SINOREG At.: Sra.Mariliz CDP# a cadastrar Curitiba, 09 de Novembro de 2007. À SINOREG At.: Sra.Mariliz CDP# a cadastrar Prezada Senhora, Agradecemos a oportunidade de lhes apresentar nosso Programa de Contas Corporativas para locação de veículo.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENTA A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENTA A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL Prezado Agente de Viagens, Segue abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente, para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA ALUGUEL DE MOTOCICLETA

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA ALUGUEL DE MOTOCICLETA TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS PARA ALUGUEL DE MOTOCICLETA Estes Termos e Condições de aluguel são destinadas a regular o contrato a ser firmado entre a A&K Motos e Turismo Ltda. EPP (A&K Motorcycle Rentals)

Leia mais

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros

MEU VEÍCULO. Veículo segurado. ... Seguradoras. ... Contatos da Seguradora(s) Contratadas. ... Dados da Corretora Durango Corretora de Seguros PARABÉNS, Você acaba de adquirir um seguro personalizado com a garantia da Durango. Obrigado por contratar nossos serviços. Aqui você irá encontrar uma equipe preparada para te atender com a credibilidade,

Leia mais

SOBRE A MUNDIAL VISÃO

SOBRE A MUNDIAL VISÃO CARRO RESERVA SOBRE A MUNDIAL A Mundial inovou o mercado de proteção veicular, oferecendo uma grande diversidade de bene cios para você e sua empresa. Hoje, contamos com profissionais altamente qualificados,

Leia mais

Hospedagem e Turismo XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ARRITMIAS CARDÍACAS. 03 a 06 de dezembro de 2014. Hotel Royal Tulip - Rio de janeiro / RJ

Hospedagem e Turismo XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ARRITMIAS CARDÍACAS. 03 a 06 de dezembro de 2014. Hotel Royal Tulip - Rio de janeiro / RJ Hospedagem e Turismo XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE ARRITMIAS CARDÍACAS 03 a 06 de dezembro de 2014 Hotel Royal Tulip - Rio de janeiro / RJ Hospedagem Hotel Distância do evento (aproximada) Categoria do

Leia mais

Documento de Análise e Projeto VideoSystem

Documento de Análise e Projeto VideoSystem Documento de Análise e Projeto VideoSystem Versão Data Versão Descrição Autor 20/10/2009 1.0 21/10/2009 1.0 05/11/2009 1.1 Definição inicial do documento de análise e projeto Revisão do documento

Leia mais

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes E&L Controle de Frotas Perguntas Frequentes 1. Quando ocorre a integração com o patrimônio e no cadastro de veículos na aba patrimônio o veículo não aparece, qual o procedimento a ser feito para que o

Leia mais

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada.

2.4. Só será permitida uma única inscrição por participante (CPF), sendo que, em caso de duplicidade, uma das inscrições será cancelada. Regulamento: O presente regulamento estabelece os termos e as condições do Programa Club Red Brasil, bem como a concessão e utilização de créditos através de cartões de débito. Todos os participantes,

Leia mais

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes Perguntas frequentes 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra podem ser adquiridas a qualquer momento

Leia mais

Unified Modeling Language UML

Unified Modeling Language UML Unified Modeling Language UML Classe e Objeto Atributo Operação Associações (Delegações [SANTOS, 2003]) Dependência Simples: multiplicidade, papel, navegabilidade Com valor semântico adicional: agregação

Leia mais

ESCLARECIMENTO II EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 566/2015

ESCLARECIMENTO II EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 566/2015 ESCLARECIMENTO II EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 566/2015 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO II referente ao edital de licitação acima relacionado, conforme

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS LOCAÇÃO DE CARRO

CONDIÇÕES GERAIS LOCAÇÃO DE CARRO CONDIÇÕES GERAIS LOCAÇÃO DE CARRO 1. CONDIÇÕES GERAIS: A NOVA PRATIKA OPERADORA DE TURISMO, pelo fato de atuar no ramo de turismo como intermediária entre seus clientes e os prestadores de serviços internacionais

Leia mais

Engenharia de Software 2006/2

Engenharia de Software 2006/2 Engenharia de Software 2006/2 1 a Lista de Exercícios O projeto SisPousa tem por objetivo desenvolver um sistema de informação para apoiar o controle de uma pousada. Encontra-se, em anexo, o documento

Leia mais

Diagramas de Casos de Uso

Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Casos de Uso Não diga pouco em muitas palavras, mas sim, muito em poucas. Pitágoras Casos de uso O modelo de casos de uso modela os requisitos funcionais do sistema. É uma técnica de modelagem

Leia mais

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - -

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - - HOSPEDAGEM HOTEL DISTÂNCIA DO EVENTO CATEGORIA INDIVIDUAL DUPLO TRIPLO PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PLAZA SÃO RAFAEL 16 km EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - SHERATON

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL. Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil.

CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL. Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil. CONDIÇÕES GERAIS ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL ARTIGO 1 DEFINIÇÕES USUÁRIO: Entende-se por Usuário, todo o condutor do veículo assistido, desde que tenham residência habitual no Brasil. BENEFICIÁRIO: Entende-se

Leia mais

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 Somente quando estiver com documento do veículo em mãos, para fornecer ao atendente a placa e o chassi do veículo.

Leia mais

Lista de Exercícios Engenharia de Software 29/08/2012. Grupo de 4 Pessoas, atividade para ser entregue em aula

Lista de Exercícios Engenharia de Software 29/08/2012. Grupo de 4 Pessoas, atividade para ser entregue em aula Lista de Exercícios Engenharia de Software 29/08/2012 Grupo de 4 Pessoas, atividade para ser entregue em aula 1) Para cada caso a) classifique os requisitos b) inclua mais dois requisitos não funcionais

Leia mais

REGULAMENTO DE ASSISTÊNCIA 24H MAPFRE WARRANTY. Não haverá franquia quilométrica para os serviços descritos nos itens abaixo: 1.

REGULAMENTO DE ASSISTÊNCIA 24H MAPFRE WARRANTY. Não haverá franquia quilométrica para os serviços descritos nos itens abaixo: 1. 1. DEFINIÇÕES Acidente: é a ocorrência de qualquer fato danoso e imprevisível produzido no veículo, tais como: colisão, abalroamento ou capotagem que provoque sua imobilização, tendo ou não resultado em

Leia mais

Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Software Livre ESL2/2008. Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML

Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Software Livre ESL2/2008. Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML Histórico de Revisão Versão 0.1 Data 01/06/09 Revisor Descrição Versão inicial Sumário 1. Introdução...4 1.1 Visão geral deste documento...4 1.2 Módulos

Leia mais

PROJETO DE LEI 01-00416/2015 do Vereador Ricardo Young (PPS)

PROJETO DE LEI 01-00416/2015 do Vereador Ricardo Young (PPS) Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo PROJETO DE LEI 01-00416/2015 do Vereador Ricardo Young (PPS) "Dispõe sobre a organização e funcionamento do

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra estão disponíveis em Meus pedidos.

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2015 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2015 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2015 CREMEB 1 -DO OBJETO O objeto do Pregão Presencial é a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de rádio-táxi

Leia mais

SECRETARIA ADMINISTRATIVA DO MERCOSUL RESOLUÇÃO GMC Nº 26/01 - ARTIGO 10 ERRATA ORIGINAL

SECRETARIA ADMINISTRATIVA DO MERCOSUL RESOLUÇÃO GMC Nº 26/01 - ARTIGO 10 ERRATA ORIGINAL MERCOSUL/GMC/RES. N 35/02 NORMAS PARA A CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS DE TURISTAS PARTICULARES E DE ALUGUEL NOS ESTADOS PARTES DO MERCOSUL ( Substitui as Res. GMC N os 76/93 e 131/94) TENDO EM VISTA: O Tratado

Leia mais

PROJETO DE BANCO DE DADOS LISTA 002 Projeto Conceitual

PROJETO DE BANCO DE DADOS LISTA 002 Projeto Conceitual LISTA DE EXERCÍCIOS 002 6. AGÊNCIA DE TURISMO Faça a modelagem de dados de uma agência de turismo, que tenha: controle de clientes, com todas as informações detalhadas; controle de companhias aéreas que

Leia mais

Levantamento de Requisitos

Levantamento de Requisitos Levantamento de Requisitos 1 Segurança No início do programa, a primeira tela a aprecer será uma tela denominada Login. Só terá acesso ao sistema da locadora quem estiver logado e cadastrado no sistema

Leia mais

A rede de dados mais confiável do país. Proposta de Parceria para. Certificado Digital

A rede de dados mais confiável do país. Proposta de Parceria para. Certificado Digital A rede de dados mais confiável do país. Proposta de Parceria para Certificado Digital 1. Objetivo Esta proposta tem por objetivo realizar a emissão e validação do Certificado Digital da Serasa Experian.

Leia mais

ÍNDICE. ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota. 2 - Cadastros da Frota. 3 - Abastecimento de Bens. 4 - Cadastro de Bombas

ÍNDICE. ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota. 2 - Cadastros da Frota. 3 - Abastecimento de Bens. 4 - Cadastro de Bombas 1 2 ÍNDICE ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota 04 2 - Cadastros da Frota 07 3 - Abastecimento de Bens 11 4 - Cadastro de Bombas 14 5 - Abastecimento de Bombas 15 6 - Abertura de Chamados

Leia mais

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS.

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. SETEMBRO 2013 GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. *As informações contidas neste guia são válidas exclusivamente para cartões MasterCard Platinum e Visa Platinum. SERVIÇO DE CONCIERGE Você

Leia mais

Multas. Ordem de Serviço. Sinistro. Estoque

Multas. Ordem de Serviço. Sinistro. Estoque Multas Orçamento Manutenção Ordem de Serviço Sinistro Abastecimento Plano de Manutenção (Revisão) Estoque Comece o cadastro de Multas clicando em Incluir, depois coloque a data e horário do momento da

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Guia resumido de seguros e assistências de viagens.

Guia resumido de seguros e assistências de viagens. agosto 2013 Guia resumido de seguros e assistências de viagens. *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD PLATINUM E VISA PLATINUM. Serviço de concierge Especialistas

Leia mais

Edifício Crespi II Manual do Credenciado

Edifício Crespi II Manual do Credenciado Edifício Crespi II Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

Exercício 3.9: Estudo de caso - Sistema de reserva de passagens aéreas

Exercício 3.9: Estudo de caso - Sistema de reserva de passagens aéreas Exercício 3.9: Estudo de caso - Sistema de reserva de passagens aéreas O objetivo do trabalho é projetar um sistema de reservas para uma companhia de aviação. O sistema contará com um banco de dados central,

Leia mais

Lista de exercícios 01

Lista de exercícios 01 PARTE I Lista de exercícios 01 1. Defina os seguintes termos: entidade, atributo, valor do atributo, atributo composto, atributo multivalorado, atributo derivado, atributo-chave, domínio. 2. Explique as

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ENTIDADES CONVENIADAS

ORIENTAÇÕES PARA ENTIDADES CONVENIADAS ORIENTAÇÕES PARA ENTIDADES CONVENIADAS CADASTRAMENTO E RECADASTRAMENTO DO RNTRC Resolução ANTT nº 4.799/2015 VERSÃO 1.4 25 DE NOVEMBRO DE 2015 GERENCIA DE REGISTRO E ACOMPANHAMENTO DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO

Leia mais

Cartilha. Ourocap Fiador

Cartilha. Ourocap Fiador Faz diferença ter Ourocap Fiador na hora de alugar um imóvel. Cartilha Ourocap Fiador O Ourocap Fiador* é o título de capitalização que funciona como uma garantia de aluguel, facilitando sua vida na hora

Leia mais

Cobre Bem Tecnologia

Cobre Bem Tecnologia Cobre Bem Tecnologia A Empresa Fundada em 1995, a Cobre Bem Tecnologia, sempre visou produzir softwares que automatizassem cada vez mais as cobranças utilizando para isso uma tecnologia de ponta. Com a

Leia mais

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br Loja Virtual Aquisição de Créditos Eletrônicos 1 lojavirtual@sptrans.com.br O que é a Loja Virtual Ferramenta que possibilita a aquisição de créditos eletrônicos diretamente pelo site da SPTrans. 2 Quem

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, ABASTECIMENTO E PESCA TERMO DE REFERÊNCIA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, ABASTECIMENTO E PESCA TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: 1.1 - Registro de Preços visando à contratação de Serviços de Locação de Veículos Automotores, para atender às necessidades desta Secretaria, bem como de seus Órgãos vinculados

Leia mais

2 a Lista de Exercícios

2 a Lista de Exercícios Engenharia de Requisitos 2 a Lista de Exercícios (1) Seja o contexto do desenvolvimento de um sistema de informação para uma locadora de automóveis. Considere o seguinte extrato de ata de reunião. O negócio

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN No- 187, DE 9 DE MARÇO DE 2009 Estabelece normas para a geração, transmissão e controle de dados cadastrais de beneficiários

Leia mais

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Histórico Diversas metodologias e métodos surgiram para apoiar OO. Evolução a partir de linguagens C++ e SmallTalk. Anos 80 Anos 80-90: diversidade de autores.

Leia mais

2 a Lista de Exercícios

2 a Lista de Exercícios Projeto de Sistemas 2011/2 2 a Lista de Exercícios (1) Um importante aspecto do projeto da camada de Lógica de Negócio (LN) diz respeito à organização das classes e distribuição de responsabilidades entre

Leia mais

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04 Índice Informações sobre conteúdo do site...04 Como usar o site...05 Conhecendo o site... 06 Conectando ao site...10 Resumo de suas reservas...11 Iniciando a pesquisa...12 Como fazer reserva de hotel Definindo

Leia mais

COMUNICADO SIAD 04/2007 ASSUNTO: Módulo Frota de Veículos Adaptações para o Gerenciamento dos Veículos Locados.

COMUNICADO SIAD 04/2007 ASSUNTO: Módulo Frota de Veículos Adaptações para o Gerenciamento dos Veículos Locados. SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rua Bernardo Guimarães, 2731. Tel.: (31) 3290-4600 CEP: 30.180-140 Belo Horizonte Minas Gerais Brasil CGC: 18.715.607 / 0001-13 Inscrição Estadual: Isento

Leia mais

TERMO DE USO TERMOS DE USO DO CLIENTE

TERMO DE USO TERMOS DE USO DO CLIENTE TERMO DE USO TERMOS DE USO DO CLIENTE A) APLICABILIDADE 1. Os presentes termos de uso são aplicáveis aos Usuários da INTERNET POOL COMÉRCIO ELETRONICO LTDA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 09.491.113/0001-01,

Leia mais

I SERVIÇOS RELATIVOS A VEÍCULOS

I SERVIÇOS RELATIVOS A VEÍCULOS RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELO DETRAN NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA I SERVIÇOS RELATIVOS A VEÍCULOS 1 VISTORIA 2. Certificado de Registro de Veículo - CRV e/ou Certificado de Registro de

Leia mais

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nos cadastros e movimentações de Terceiros.

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nos cadastros e movimentações de Terceiros. Visual Rodopar Data : 01/10/09 Página 1 de Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nos cadastros e movimentações de Terceiros. Relação dos Tópicos a serem vistos neste manual

Leia mais

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Módulo Cadastro SIGLA Digital Relação de Controles de Acesso Página 1 de 22 Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Agenda Telefônica Cadastro simplificado de telefones. Tem

Leia mais

Lista de exercícios - MER

Lista de exercícios - MER Lista de exercícios - MER Teoria: 1. Quais as fases do desenvolvimento do ciclo de vida de um banco de dados? Explique cada uma delas. 2. Quais os componentes de um DER? Defina-os. 3. Como podemos classificar

Leia mais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Cadastros Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Cadastro de Grupos de Usuário... 3 Cadastro de Usuários... 4 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Empresas...

Leia mais

SISTEMA HOTELEIRO. Deseja-se modelar um sistema para um pequeno hotel que atenda aos seguintes. requisitos:

SISTEMA HOTELEIRO. Deseja-se modelar um sistema para um pequeno hotel que atenda aos seguintes. requisitos: GERAIS Desenha um diagrama de classes com relacionamentos, nomes de papéis e multiplicidade para as seguintes situações: - Uma pessoa pode ser casada com outra pessoa. - Uma disciplina é pré-requisito

Leia mais

Fundação Norteriograndense de Pesquisa e C ultura - FUNPEC. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00009/2015 (SRP)

Fundação Norteriograndense de Pesquisa e C ultura - FUNPEC. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00009/2015 (SRP) 24/03/2015 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Fundação Norteriograndense de Pesquisa e C ultura FUNPEC Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00009/2015 (SRP) Às 10:58 horas do dia 09 de março

Leia mais

Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú.

Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú. Regulamento do Plano de Vantagens Itaú Mais benefícios para quem mantém relacionamento com o Itaú. O Plano de Vantagens Itaú oferece benefícios de acordo com o seu relacionamento e a sua utilização dos

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO PLANEJAMENTO E GESTÃO TERMO DE REFERÊNCIA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO PLANEJAMENTO E GESTÃO TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 - Licitação para Registro de Preços visando à contratação de Serviços de Locação de Veículos, para atender às necessidades dos Órgãos e Entidades da Administração Estadual

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL Prezado Agente de Viagens, Segue abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente, para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira:

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira: Lista de casamento Sugestão de texto de e-mail para o cliente Prezada Srª. XXX, boa tarde. Primeiramente gostaria de agradecer seu importante contato. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos.

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 006/2013 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS (CARROS E VANS) COM MOTORISTA

ATO CONVOCATÓRIO 006/2013 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS (CARROS E VANS) COM MOTORISTA ATO CONVOCATÓRIO 006/2013 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS (CARROS E VANS) COM MOTORISTA O INSTITUTO QUALIDADE MINAS - IQM, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos,

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO (este contrato deve ser impresso e preenchido de próprio punho e enviado para o endereço de contato em até 5 dias úteis após a confirmação da compra do

Leia mais

GUIA DE REFERÊNCIA DO PORTAL DE SERVIÇOS DO INMETRO NOS ESTADOS PSIE

GUIA DE REFERÊNCIA DO PORTAL DE SERVIÇOS DO INMETRO NOS ESTADOS PSIE GUIA DE REFERÊNCIA DO PORTAL DE SERVIÇOS DO INMETRO NOS ESTADOS PSIE Para iniciar o uso do Portal, selecione o estado referente ao domicílio do proprietário. Figura 1.0. Figura 1.0 O Portal é dividido

Leia mais

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor Sistema de Gerenciamento de Loja - SIGEL Documento de Visão Versão 1.0.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 13/01/2011 0.1 Versão preliminar do levantamento de requisitos funcionais e não

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

O Processo Unificado: Captura de requisitos

O Processo Unificado: Captura de requisitos O Processo Unificado: Captura de requisitos Itana Gimenes Graduação em Informática 2008 Captura de Requisitos Modelagem do negócio: Visão de negócios Modelo de objetos de negócio de negócio Especificação

Leia mais

O cliente pode escolher as transações que quer pagar na Loja CTT? Não, pode escolher os dias (valor total para um dia) que pretende pagar.

O cliente pode escolher as transações que quer pagar na Loja CTT? Não, pode escolher os dias (valor total para um dia) que pretende pagar. FAQ 1. Sistema Pós-Pago Quais os custos administrativos associados? Os custos administrativos são cobrados no momento do pagamento, dependendo do número de viagens cobradas (0,26 +IVA por viagem até um

Leia mais

Edifício Itower Manual do Credenciado

Edifício Itower Manual do Credenciado Edifício Itower Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

Detalhamento do sistema Carcheck Consultas veiculares

Detalhamento do sistema Carcheck Consultas veiculares Detalhamento do sistema Carcheck Consultas veiculares pág.1/12 ÍNDICE 1 SOBRE O CARCHECK...3 2 OBJETIVO...3 3 PRODUTOS CARCHECK...3 3.1 SISTEMA CARCHECK...3 3.1.1 Consulta Completa...3 3.1.2 Consulta Segura...4

Leia mais

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Documento Requisitos Versão 1.

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Documento Requisitos Versão 1. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias Documento Requisitos Versão 1.1 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 06/09/2009 1.0 Elaboração da para análise da 1º versão Marcos Silva do documento

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

TOYOTA ASSISTÊNCIA 24 HORAS

TOYOTA ASSISTÊNCIA 24 HORAS TOYOTA ASSISTÊNCIA 24 HORAS Para a Toyota, atender nossos clientes 24 horas é um prazer. Pensando nisso, a Toyota coloca a sua disposição um serviço de assistência com a qualidade que é sua marca registrada:

Leia mais

BB Crédito Material Construção. Solução em Financiamento para sua Empresa

BB Crédito Material Construção. Solução em Financiamento para sua Empresa BB Crédito Material Construção Solução em Financiamento para sua Empresa Maio 2009 Índice 1. Para sua Empresa 1.1 O que é? 02 1.2 Qual a vantagem de ser conveniado ao BB? 02 1.3 Quais os procedimentos

Leia mais

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados.

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados. Benefícios Visa Serviço oferecido pela Visa a todos os portadores de cartão. Está disponível 24horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e oferece assistência em espanhol, inglês e português.

Leia mais

Tema 1: Sistema de Controle de Cinema!

Tema 1: Sistema de Controle de Cinema! DAELN - UTFPR IF62C - Temas para os Projetos Page 1 of 10 Tema 1: Sistema de Controle de Cinema! Desenvolver um Sistema de Controle de Cinema. Os requisitos funcionais mínimos do sistema são: Um cinema

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO CURSO DE MESTRADO EM INFORMÁTICA FRAMEWORK DE AGENDAMENTO DE RECURSOS UTILIZANDO FILAS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO CURSO DE MESTRADO EM INFORMÁTICA FRAMEWORK DE AGENDAMENTO DE RECURSOS UTILIZANDO FILAS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO CURSO DE MESTRADO EM INFORMÁTICA FRAMEWORK DE AGENDAMENTO DE RECURSOS UTILIZANDO FILAS Cidiane Aracaty Lobato Rio de Janeiro, 2003 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE

Leia mais