Equiparação Salarial com USP e Unicamp e novo Plano de Carreira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Equiparação Salarial com USP e Unicamp e novo Plano de Carreira"

Transcrição

1 Equiparação Salarial com USP e Unicamp e novo Plano de Carreira PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS GRUPO TÉCNICO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS

2 Grupo Permanente de Reestruturação da Carreira Convidados Emília Maria Gaspar Tóvolli CRH Paulo Cesar Brito GTPDRH/CRH Elisabete de Melo Lucoveic GTPDRH/CRH Janete Gonzaga Silva Oliveira GTARH/CRH Itamar Luis Rocha - FO/Araraquara Paulo Sérgio dos Santos Fernandes - FCA/Botucatu Aurélio Teixeira da Silva - Secretaria Geral/Reitoria Prof. Dr. Claudio Benedito Gomide de Souza - FCL/Araraquara Alberto de Souza - Representante do SINTUNESP Wagner Alexandre - Representante do CADE Grupo Técnico de Planejamento e Desenvolvimento de Recursos Humanos - CRH Lívia Karina de Almeida Rosimary Azevedo Vignoli Daisy Kaunert de Souza

3 Princípios que nortearam o estudo: Igualdade de tratamento para o quadro de servidores técnico-administrativos das três universidades estaduais paulistas, adotando sempre o parâmetro salarial de maior benefício para o servidor. Eliminar os prejuízos causados à evolução funcional do servidor que retorna à função efetiva (art 133). Simplificar a gestão da função em confiança. Acréscimo mínimo de 5% no salário base de todos os servidores técnico-administrativos.

4 O que foi aprovado? Equiparação salarial do vencimento inicial das funções efetivas do quadro de servidores técnicos e administrativos. Exercício de função em confiança por meio de designação Aplicação de uma ou duas vantagens para os servidores que não tiveram reflexo financeiro com a equiparação. Vigência: 01/08/2011

5 Função Efetiva novas amplitudes Nível Fundamental 15 / 19 Nível Médio 23 / 27 Nível Médio (faixa II da Mobilidade Funcional) 27 / 31 Nível Superior 37 / 41 Nível Superior (faixa II da Mobilidade Funcional) 41 / 45 Rol completo das funções no Anexo I da Resolução Unesp n XXX/2011 Seguir as regras do enquadramento financeiro previstas nos artigos 2 e 3 das Disposições Transitórias da Resolução Unesp n XXX/2011.

6 Função Efetiva qual o benefício? A equiparação dos salários iniciais da Unesp corrigiu a diferença em relação aos salários praticados por USP e Unicamp que eram de 27,63% a 40,71% maiores. O servidor é beneficiado com o aumento do salário. A Unesp é beneficiada por adotar política de remuneração adequada, atrair mais candidatos e por valorizar o quadro de servidores.

7 Função em Confiança designação Faz jus ao vencimento da função efetiva acrescido da gratificação de representação correspondente. Artigo 5 e parágrafos da Resolução Unesp n XXX/2011 Função efetiva Admissão Designação Proventos Assistente Adm. I Sup. de Seção Sup. de Seção Nível / Grau 23 / A / A Vencimento R$ 1.939,22 R$ 2.475,07 R$ 1.939,22 GR - R$ 834,81 R$ 1.137,41 Total R$ 1.939,22 R$ 3.309,88 R$ 3.076,63

8 Servidores atualmente admitidos em confiança Os servidores admitidos em confiança serão dispensados das respectivas funções. Ao ser dispensado da função em confiança, o servidor terá garantido no seu enquadramento da função efetiva os complementos salariais percebidos, a exemplo dos décimos de diferença de salário pelo artigo 133 da Constituição Estadual e a Vantagem Promoção VPRO, para que seja assegurada a irredutibilidade de salário.

9 Função em confiança qual o benefício? A incorporação dos complementos salariais garante que o servidor não terá perda salarial ao se aposentar, como acontecia com a perda da VPRO e Abono. Mais de servidores passarão a perceber o reflexo financeiro das promoções, que antes eram absorvidas pelo artigo 133. O processo para gestão da função em confiança torna-se mais simples e transparente.

10 Servidores sem reflexo financeiro na equiparação dos salários iniciais Acréscimo de: um (1) grau (critério de desempenho) e/ou; um (1) nível (critério de escolaridade). Obs: Caso o servidor não tenha assegurada a vantagem prevista na Resolução Unesp n 37/98 ou na Resolução Unesp n 70/08, terá acrescido um grau ao enquadramento financeiro.

11 Servidores sem reflexo financeiro qual o benefício? Manutenção de um equilíbrio entre as diferenças de vencimento, em relação aos servidores que terão reflexo na equiparação do salário inicial, da ordem de 5% ou 10%.

12 Aprovação: Conselho de Administração de Desenvolvimento CADE - 27/04/2011: Despacho: sem prejuízo das promoções por desenvolvimento profissional previstas na Resolução Unesp n 70/2008. Conselho Universitário CO 30/06/2011: Despacho: continuidade dos estudos sobre a reestruturação do plano de carreira dos servidores técnicos e dministrativos, a fim de identificar possíveis perdas salariais e que apresente suas considerações sobre esse estudo até março de 2012.

13 O b r i g a d o!

Reunião Virtual. Objetivo: esclarecimento da proposta da equiparação salarial com a USP e UNICAMP

Reunião Virtual. Objetivo: esclarecimento da proposta da equiparação salarial com a USP e UNICAMP Reunião Virtual Dia: 03/03/2011 Objetivo: esclarecimento da proposta da equiparação salarial com a USP e UNICAMP Coordenadoria de Recursos Humanos Coordenadoria de Recursos Humanos Os participantes devem

Leia mais

PROPOSTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO E REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA 17 DE ABRIL DE 2015

PROPOSTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO E REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA 17 DE ABRIL DE 2015 PROPOSTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO E REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA 17 DE ABRIL DE 2015 POLÍTICA REMUNERATÓRIA 1. PISO DO MAGISTÉRIO 1.1. Reajuste de 31,78% no vencimento

Leia mais

COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS SÍNTESE DA PROPOSTA DE EQUIPARAÇÃO SALARIAL DA UNESP

COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS SÍNTESE DA PROPOSTA DE EQUIPARAÇÃO SALARIAL DA UNESP 1 SÍNTESE DA PROPOSTA DE EQUIPARAÇÃO SALARIAL DA UNESP A proposta de equiparação salarial da Unesp com a USP e Unicamp considera os requisitos de escolaridade para ingresso no quadro de servidores na Universidade,

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DO PARANÁ. Plenária do Sindijus/PR Abril/2016

PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DO PARANÁ. Plenária do Sindijus/PR Abril/2016 PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DO PARANÁ Plenária do Sindijus/PR Abril/2016 DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA: ISONOMIA DO QUADRO DE SERVIDORES; ISONOMIA SALARIAL

Leia mais

Data de Publicação Mês/Ano de Referência

Data de Publicação Mês/Ano de Referência 1- Remuneração do cargo efetivo - Vencimento, G.A.J., V.P.I, Adicionais de Qualificação, G.A.E e G.A.S, além de outras desta natureza. 2- V.P.N.I., Adicional por tempo de serviço, quintos, décimos e vantagens

Leia mais

Ciências atuariais aplicadas à previdência

Ciências atuariais aplicadas à previdência Ciências atuariais aplicadas à previdência Máris Caroline Gosmann Prof. Coordenadora do Curso de Ciências Atuariais da UFRGS Atuária, Economista e Nutricionista Mestre em Atuária PESQUISAS CEGOV: Centro

Leia mais

Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas.

Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas. PORTARIA MF Nº 160, DE 6 DE MAIO DE 2016 DOU de 09.05.2016 Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas. O MINISTRO DE

Leia mais

A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO CONTEXTO DO PODER JUDICIÁRIO

A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO CONTEXTO DO PODER JUDICIÁRIO A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO CONTEXTO DO PODER JUDICIÁRIO Renatto Marcello de Araujo Pinto Comitê Gestor da PNRSJT Comissão de Responsabilidade Socioambiental DILEMAS DO DESENVOLVIMENTO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni Resultado Processo Seletivo 2º semestre de 2013-1ª Etapa

Ministério da Educação Programa Universidade para Todos - ProUni Resultado Processo Seletivo 2º semestre de 2013-1ª Etapa Instituição de Ensino Superior: 3372 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE LAVRAS Local de Oferta: 659468 UNIDADE SEDE Curso: 73097 DIREITO Resultado das bolsas destinadas à ampla concorrência Ministério da Educação

Leia mais

IMTTI IRANDUBA Relatório Folha de Pagamento Analitíca Setembro/2015-0 Secretaria 0100000 IMTTI IRANDUBA Departamento :

IMTTI IRANDUBA Relatório Folha de Pagamento Analitíca Setembro/2015-0 Secretaria 0100000 IMTTI IRANDUBA Departamento : Divisão 0101001 CONTRATADOS Servidor/Remuneração 7 AMANCIO FERREIRA DA SILVA Cargo VIGIA Admissão 01/10/2012 Banco Banco Bradesco S.A. Agência 3721-4 Conta 0623124-1 CPF 076.275.642-04 1.313.4909.02-1

Leia mais

Cronograma - Seguindo o plano de metas da USP para 2015

Cronograma - Seguindo o plano de metas da USP para 2015 GT - Atividade Docente avaliação, valorização do ensino e carreira / diretrizes gerais. Cronograma - Seguindo o plano de metas da USP para 2015 O documento mestre conceitual que apresentamos tem a função

Leia mais

II CONFERÊNCIA ESTADUAL DAS CIDADES

II CONFERÊNCIA ESTADUAL DAS CIDADES II CONFERÊNCIA ESTADUAL DAS CIDADES PROPOSTAS PRIORITÁRIAS: 1. PARTICIPAÇÃO E CONTROLE SOCIAL Criar o Conselho Estadual da cidade e apoiar a criação dos conselhos municipais, de forma paritária, de caráter

Leia mais

EXPERIÊNCIA PLANO DE VENCIMENTOS DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA-ES

EXPERIÊNCIA PLANO DE VENCIMENTOS DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA-ES EXPERIÊNCIA PLANO DE VENCIMENTOS DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA-ES 1 - Breve introdução Breve introdução, situando o contexto que justificou a concepção do projeto; O último plano de Cargos, Carreira e Vencimentos

Leia mais

D E C R E T A. Art. 2º - Para aprovação de viagens, custeadas pelo Estado, deverá ser observado o seguinte:

D E C R E T A. Art. 2º - Para aprovação de viagens, custeadas pelo Estado, deverá ser observado o seguinte: Salvador, Bahia Terça-feira 19 de agosto de 2014 Ano XCVIII N o 21.498 DECRETO Nº 15.374 DE 18 DE AGOSTO DE 2014 Dispõe sobre as contratações do serviço de agenciamento de viagem, no âmbito da Administração

Leia mais

LEI Nº 8.460, DE 17 DE SETEMBRO DE 1992. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

LEI Nº 8.460, DE 17 DE SETEMBRO DE 1992. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: LEI Nº 8.460, DE 17 DE SETEMBRO DE 1992. Mensagem de veto Texto compilado Concede antecipação de reajuste de vencimentos e de soldos dos servidores civis e militares do Poder Executivo e dá outras providências.

Leia mais

Lei nº 12.066, de 13.01.93 e Alterações Posteriores

Lei nº 12.066, de 13.01.93 e Alterações Posteriores Lei nº 12.066, de 13.01.93 e Alterações Posteriores 2011 1 Apresentação Temos a satisfação de trazer a público o Plano de Carreira Oficial do Estado, Lei nº 12.066, de 13.01.1993 e alterações posteriores.

Leia mais

FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO, CORREÇÃO DO TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PÓS-GRADUANDOS MATRICULADOS

Leia mais

CONSIDERANDO o disposto na subseção VII da seção III do capítulo V do Título V do Decreto nº 2.479 de 08 de março de 1979;

CONSIDERANDO o disposto na subseção VII da seção III do capítulo V do Título V do Decreto nº 2.479 de 08 de março de 1979; RESOLUÇÃO ECG/TCE-RJ Nº 09 11 de novembro de 2014 Regulamenta o pagamento da Gratificação Pelo Exercício Temporário da Atividade de Magistério no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

Leia mais

Servidores ativos efetivos do quadro de pessoal da UFPB.

Servidores ativos efetivos do quadro de pessoal da UFPB. Página 1 de 5 AUXÍLIO TRANSPORTE DEFINIÇÃO Benefício concedido em pecúnia, destinado ao custeio parcial das despesas realizadas pelo servidor com transporte coletivo nos deslocamentos residência-trabalho

Leia mais

Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR CNPJ/MF n 06272793/0001-84 NIRE 21300006869 Companhia Aberta

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR CNPJ/MF n 06272793/0001-84 NIRE 21300006869 Companhia Aberta COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR CNPJ/MF n 06272793/0001-84 NIRE 21300006869 Companhia Aberta ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 21 DE MARÇO DE 2007. DATA, LOCAL E HORA: Aos

Leia mais

PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS ADMINISTRATIVOS PCA

PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS ADMINISTRATIVOS PCA PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E SALÁRIOS ADMINISTRATIVOS PCA APRESENTAÇÃO O Plano de Cargos, Carreiras e Salários Administrativos PCA da Faculdade Atenas Maranhense FAMA faz parte da política de atração e

Leia mais

1.4 Na hipótese de não haver nenhum candidato da Rede que queria concorrer ao processo eleitoral de uma determinada unidade escolar,

1.4 Na hipótese de não haver nenhum candidato da Rede que queria concorrer ao processo eleitoral de uma determinada unidade escolar, EDITAL N. 001/2016 CONVOCA PRÉ-CANDIDATOS PARA CURSO DE GESTÃO 1ª ETAPA DO PROCESSO DEMOCRÁTICO PARA ESCOLHA DOS DIRIGENTES ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO BIÊNIO 2017/2018 A Secretaria Municipal

Leia mais

O Processo de Recrutamento e Selecção de Pessoal.

O Processo de Recrutamento e Selecção de Pessoal. O Processo de Recrutamento e Selecção de Pessoal. 2. O Quadro de Pessoal da Polícia Judiciária é constituído por: - Pessoal de Investigação Criminal - Pessoal de Apoio à Investigação Criminal - Pessoal

Leia mais

MANUAL DE LEGISLAÇÃO E BASE DE CÁLCULO DO DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE LEGISLAÇÃO E BASE DE CÁLCULO DO DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA MANUAL DE LEGISLAÇÃO E BASE DE CÁLCULO DO DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO ASP - AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIA Data: 01/04/2016 2 OBJETIVO Este Manual foi desenvolvido

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 15/98 EMENTA: Revoga a Resolução Nº 71/89 deste Conselho e estabelece normas sobre afastamento para Pós-Graduação no Brasil e no Exterior dos servidores da UFRPE. O Presidente do Conselho

Leia mais

Município de Pinhão - PR PAGAMENTO

Município de Pinhão - PR PAGAMENTO Página: 1 / 47 Requisição Nº 002424 19/04/2013 003080 1888 / 2013 1557 / 2013 000454 HOSPITAL SANTA CRUZ DO PINHAO LTDA R. XV DE DEZEMBRO, 205 SAO JOSE 85170000 125-2 3677-1281 77.028.058/0001-78 3.3.90.39.50.99

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EDITAL

SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EDITAL SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EDITAL O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições, torna público que

Leia mais

REGULAMENTO I OLIMPÍADA A PRÁXIS DO SERVIÇO PÚBLICO

REGULAMENTO I OLIMPÍADA A PRÁXIS DO SERVIÇO PÚBLICO REGULAMENTO I OLIMPÍADA A PRÁXIS DO SERVIÇO PÚBLICO 1. Apresentação O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus João Pessoa, por meio da Departamento de Gestão e Desenvolvimento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 5, DE 3 DE AGOSTO DE 2010 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 5, DE 3 DE AGOSTO DE 2010 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 5, DE 3 DE AGOSTO DE 2010 (*) Fixa as Diretrizes Nacionais para os Planos de Carreira e Remuneração dos Funcionários

Leia mais

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR Elza Cristina Giostri elza@sociesc.org.br PROGRAMA Apresentação Diagnóstico de conhecimento e necessidades Conceito Geral Elaboração do relatório

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 72 71 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 32 - Data 18 de novembro de 2013 Processo Interessado CNPJ/CPF Assunto: Contribuições Sociais Previdenciárias Ementa: A parcela paga a

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. Estabelece e regulamenta a atribuição de adicionais e a concessão de gratificações gerais aos servidores públicos da Administração Direta, Autárquica

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.242/2016 DE 15 DE JUNHO DE 2016

LEI MUNICIPAL Nº 2.242/2016 DE 15 DE JUNHO DE 2016 LEI MUNICIPAL Nº 2.242/2016 DE 15 DE JUNHO DE 2016 Altera a Lei Municipal n. 1.554, de 04 de julho de 2005 que Reestrutura o Regime Próprio de Previdência Social do Município de Barra do Bugres/MT e, dá

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 751.136 SANTA CATARINA RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :CALMELINA RAMOS GONZAGA ADV.(A/S) :MARIA DE FÁTIMA DOMENEGHETTI E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :INSTITUTO BRASILEIRO

Leia mais

RECIBO DE PAGAMENTO AFEPON AG DE FOMENTO ECONOMICO DE 03.406.339/0001-80 RECIBO DE PAGAMENTO AFEPON AG DE FOMENTO ECONOMICO DE 03.406.

RECIBO DE PAGAMENTO AFEPON AG DE FOMENTO ECONOMICO DE 03.406.339/0001-80 RECIBO DE PAGAMENTO AFEPON AG DE FOMENTO ECONOMICO DE 03.406. 76 FERNANDA SZCZEPANSKI ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 03/07/2012 6,00 281,26 18 FERIAS 24,00 1.147,30 3,00 8,44 77 DIF. DE FÉRIAS 0,00 15,31 1.452,31 130,71 1.452,31 130,71 Liquido--> 1.321,60 1.448,48 1.452,31

Leia mais

Seminário Internacional Trabalho Social em Habitação: Desafios do Direito à Cidade. Mesa 2: AGENTES PÚBLICOS, NORMATIVOS E DIREÇÃO DO TRABALHO SOCIAL

Seminário Internacional Trabalho Social em Habitação: Desafios do Direito à Cidade. Mesa 2: AGENTES PÚBLICOS, NORMATIVOS E DIREÇÃO DO TRABALHO SOCIAL Seminário Internacional Trabalho Social em Habitação: Desafios do Direito à Cidade Mesa 2: AGENTES PÚBLICOS, NORMATIVOS E DIREÇÃO DO TRABALHO SOCIAL Elzira Leão Trabalho Social/DHAB/DUAP/SNH Ministério

Leia mais

FORUM FPA IDÉIAS PARA O BRASIL

FORUM FPA IDÉIAS PARA O BRASIL FORUM FPA IDÉIAS PARA O BRASIL Ideias Centrais Metodologia de Construção do Programa Quatro instâncias: 1. Fóruns de discussão regionalizados Um coordenador regional; Espaço de discussão permanente; Diálogo

Leia mais

Carlos Netto Diretor Gestão de Pessoas Banco do Brasil ENCONTRO DE BANCOS COMERCIAIS PÚBLICOS

Carlos Netto Diretor Gestão de Pessoas Banco do Brasil ENCONTRO DE BANCOS COMERCIAIS PÚBLICOS Carlos Netto Diretor Gestão de Pessoas Banco do Brasil ENCONTRO DE BANCOS COMERCIAIS PÚBLICOS A CRIAÇÃO PIRÂMIDE DAS NECESSIDADES DE MASLOW Auto-realização Auto-estima Sociais Segurança Fisiológicas RODA

Leia mais

A COORDENADORA DA COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS da Secretaria Municipal de Educação, considerando:

A COORDENADORA DA COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS da Secretaria Municipal de Educação, considerando: PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Educação Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Recursos Humanos Rua Afonso Cavalcanti, 455 sala 101-1º andar Cidade Nova RJ - CEP 20211-901

Leia mais

Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja. Nº Candidato Nome. 3 27,168 9297606504 Francisca dos Prazeres Flamino Trindade Galvão Cachola

Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja. Nº Candidato Nome. 3 27,168 9297606504 Francisca dos Prazeres Flamino Trindade Galvão Cachola Nome da Escola : Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja Data final da candidatura : 2015-01-14 Grupo de Recrutamento: 430 - Economia e Contabilidade Ficheiro gerado em : 15/01/2015 10:01:43 Ordenação Graduação

Leia mais

planilha a seguir: Período e local de Entrega: 20 a 28 de setembro na sala 04 do Prédio Sede da UNCISAL

planilha a seguir: Período e local de Entrega: 20 a 28 de setembro na sala 04 do Prédio Sede da UNCISAL EDITAL Nº 07/2012 CONVOCAÇÃO DE CANDIDATOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EDITAL COM RETIFICAÇÕES. PUBLICADO EM 06/09/2012 EDITAL COM RETIFICAÇÕES. PUBLICADO EM 10/09/2012 O Estado de Alagoas, através da

Leia mais

A Mongeral Aegon é a seguradora mais antiga do Brasil em atividade contínua;

A Mongeral Aegon é a seguradora mais antiga do Brasil em atividade contínua; QUEM SOMOS A Mongeral Aegon é a seguradora mais antiga do Brasil em atividade contínua; Especializada em Vida e Previdência, possui portfólio completo para assegurar nossos clientes e seus familiares dos

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: RE 96-70.2012.6.21.0076 PROCEDÊNCIA: NOVO HAMBURGO RECORRENTE(S): ENIO ANTONIO BRIZOLA RECORRIDO(S): JUSTIÇA ELEITORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

LEI Nº 3.593, DE 04/07/2012.

LEI Nº 3.593, DE 04/07/2012. LEI Nº 3.593, DE 04/07/2012. DISPÕE SOBRE A GRATIFICAÇÃO DE PRODUTIVIDADE PARA OS ADVOGADOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE ARACRUZ, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL - PRSA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL - PRSA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL - PRSA A presente política foi elaborada pela PLANNER e é documento complementar ao procedimento interno, sendo proibida sua reprodução total ou parcial, de

Leia mais

O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DA CONVENÇÃO SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DA CONVENÇÃO SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DA CONVENÇÃO SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA SECRETARIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA

Leia mais

PROCEDIMENTOS COMPUTACIONAIS CÁLCULO DA FOLHA DE PAGAMENTO

PROCEDIMENTOS COMPUTACIONAIS CÁLCULO DA FOLHA DE PAGAMENTO PROCEDIMENTOS COMPUTACIONAIS CÁLCULO DA FOLHA DE PAGAMENTO 1 CONCEITO O SIRH é a ferramenta de aplicação do Sistema Administrativo de Gestão de Recursos Humanos. Sendo importante conhecer a relação existente

Leia mais

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00

DATA 29/05/2014 Pagina 2 2.1.3.1.1.00.00.00 FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PR S C 0,00 582,25 3.432,21 2.849,96 C 2.1.3.1.1.01.00.00 DATA 29/05/2014 Pagina 1 1.0.0.0.0.00.00.00 ATIVO S D 26.200,85 197.350,24 153.749,66 69.801,43 D 1.1.0.0.0.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE S D 15.643,04 197.350,24 153.614,51 59.378,77 D 1.1.1.0.0.00.00.00

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3380 Data: 30/10/2012 Folha: 01/03

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3380 Data: 30/10/2012 Folha: 01/03 Ata da Sessão Plenária nº 3380 Data: 30/10/2012 Folha: 01/03 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Antonio Rodrigues de Andrade V.P. de Educação, Estudos e Pesquisas

Leia mais

27/11/2013. Ronaldo Raasch PROPLADI Rosália de Almeida Santos PROEXT. Gestores Setoriais do SCDP na UFRRJ

27/11/2013. Ronaldo Raasch PROPLADI Rosália de Almeida Santos PROEXT. Gestores Setoriais do SCDP na UFRRJ 27/11/2013 Ronaldo Raasch PROPLADI Rosália de Almeida Santos PROEXT Gestores Setoriais do SCDP na UFRRJ O que é? É um sistema informatizado, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, acessado

Leia mais

O DIRIGENTE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CONAE 2014 E DO PNE. Célia Maria Vilela Tavares

O DIRIGENTE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CONAE 2014 E DO PNE. Célia Maria Vilela Tavares O DIRIGENTE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CONAE 2014 E DO PNE Célia Maria Vilela Tavares Pré PNE: conferências municipais de educação, participação nas conferências estaduais e na

Leia mais

Poder Executivo. Extratos. Avisos. Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 04 de Junho de 2013 Edição 1772 R$ 1,00

Poder Executivo. Extratos. Avisos. Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 04 de Junho de 2013 Edição 1772 R$ 1,00 Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 04 de Junho de 2013 Edição 1772 R$ 1,00 Poder Executivo Extratos Avisos EXTRATO DE TERMO ADITIVO 2013 AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº 9420/2013

Leia mais

Resolução CONSUN 84/95

Resolução CONSUN 84/95 Resolução CONSUN 84/95 ALTERA, PARA O CÂMPUS DE SÃO PAULO, O PROGRAMA DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS COM ÊNFASE EM: FINANÇAS, MARKETING E RECURSOS HUMANOS. O Presidente

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS A Secretaria de Estado da Gestão Pública do Governo de Alagoas torna público o 3º CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO DE ALAGOAS que será

Leia mais

SAD - Superintendência Administrativo Financeira 1. GAH - Gerência de Recursos Humanos Boletim de Pessoal nº 563, de 30 de novembro de 2004

SAD - Superintendência Administrativo Financeira 1. GAH - Gerência de Recursos Humanos Boletim de Pessoal nº 563, de 30 de novembro de 2004 SAD - Superintendência Administrativo Financeira 1. AFASTAMENTO DO PAÍS O MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso da competência que lhe foi delegada pelo Decreto nº 1.387, de 07 de fevereiro de 1995, autorizou

Leia mais

POLÍTICAS DE RECURSOS HUMANOS UNIDADE RECURSOS HUMANOS E PROCESSOS GERÊNCIA DE GESTÃO DE PROCESSOS

POLÍTICAS DE RECURSOS HUMANOS UNIDADE RECURSOS HUMANOS E PROCESSOS GERÊNCIA DE GESTÃO DE PROCESSOS POLÍTICAS DE RECURSOS HUMANOS COB UNIDADE RECURSOS HUMANOS E PROCESSOS GERÊNCIA DE GESTÃO DE PROCESSOS POLRH-001 GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS Revisão: 03 ÁREA RESPONSÁVEL: Recursos Humanos SUMÁRIO CAPÍTULO

Leia mais

Imposto de renda pessoa física: propostas para uma tributação mais justa

Imposto de renda pessoa física: propostas para uma tributação mais justa Março de 2016 Número 156 Imposto de renda pessoa física: propostas para uma tributação mais justa (Atualização das NTs 131, de novembro de 2013 e 144, de Fevereiro de 2015) 1 Imposto de Renda Pessoa Física:

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Comissão do CPIR EDITAL Nº 10/2015 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ, no uso de suas atribuições legais, face ao constante no inciso II do Art. 36 da Lei n. 8.112,

Leia mais

Procedimento Gestão Documental

Procedimento Gestão Documental APROVAÇÃO DO DOCUMENTO Elaborado por Função Nome e Assinatura Data André Duarte Aprovado por ADM Luis Brito REGISTO DE MODIFICAÇÕES Edição Data Página Alterada Motivo 1 25/08/2008 Todas Redacção Inicial

Leia mais

UNESP. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Programa de Integração de Novos Servidores

UNESP. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Programa de Integração de Novos Servidores UNESP Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Programa de Integração de Novos Servidores Agenda Das 14h00 às 16h00 Explanação sobre o Plano de Carreira Institutos de Promoção ADP Institutos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BLUMENAU SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE BLUMENAU SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº02/2014 DISPÕE SOBRE A FORMAÇÃO REFERENTE AO CONSELHO ESCOLAR DAS UNIDADES EDUCACIONAIS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE BLUMENAU. Helenice Glorinha Machado Luchetta, Secretária Municipal de Educação

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUN N.º 008/2010. O Conselho Superior da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS, no uso de suas atribuições e

RESOLUÇÃO CONSUN N.º 008/2010. O Conselho Superior da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS, no uso de suas atribuições e RESOLUÇÃO CONSUN N.º 008/2010 Estabelece as normas para a distribuição dos encargos docentes da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul O Conselho Superior da Universidade Estadual do Rio Grande do

Leia mais

TANHAÉM PREV Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Itanhaém

TANHAÉM PREV Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Itanhaém TANHAÉM PREV Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Itanhaém Superintendente: Luciano Moura dos Santos Diretor Adm. Financeiro: Olavo Lopes Perez Diretor de Benefícios: Karine Vecci Rua

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações:

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações: PROJETO DE LEI Nº Altera, revoga e acrescenta dispositivos das Leis nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, que dispõe sobre a estrutura do Grupo Ocupacional do Magistério da Educação Básica MAG e instituiu

Leia mais

urbanismo sustentável e ordenamento do território mestrado da NOVA http://sites.fct.unl.pt/musot

urbanismo sustentável e ordenamento do território mestrado da NOVA http://sites.fct.unl.pt/musot urbanismo sustentável e ordenamento do território mestrado da NOVA http://sites.fct.unl.pt/musot Foco nas cidades e territórios urbanos As cidades são o espaço de vida e de trabalho de grande parte da

Leia mais

FOLHA DE 13º SALÁRIO : 1ª Parcela - [ 07/2015 ]

FOLHA DE 13º SALÁRIO : 1ª Parcela - [ 07/2015 ] DEPTO : 0002.01-SERVIDORES EFETIVOS 0203 ARY DA SILVA NEVES CTPS: 00024292-00011/ PIS/PASEP: 167.41395.80.7 FUNCAO : Secretario de Fin C.B.O. : 4102-35 011-1a. Parcela 13o.sa 12.12 501,07 062-Quinquenio

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ANTONIO ALMEIDA, ESTADO DO PIAUÍ. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ANTONIO ALMEIDA, ESTADO DO PIAUÍ. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Lei Municipal nº. 227/2016, de 19 janeiro de 2016. Dispõe sobre reajuste do Piso Salarial do Magistério, dos Professores da Rede Municipal de Ensino, conforme especifica e dá outras providencias. O PREFEITO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO DECRETO Nº 11.887, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. Dispõe sobre o Estágio Remunerado de estudantes matriculados em Instituições Públicas ou Privadas de Ensino Superior e Médio Profissionalizante e dá outras

Leia mais

I. Descrição das ações de auditoria interna realizadas pela entidade durante o exercício de 2015:

I. Descrição das ações de auditoria interna realizadas pela entidade durante o exercício de 2015: I. Descrição das ações de auditoria interna realizadas pela entidade durante o exercício de 2015: Ação nº 1: Elaboração do Relatório Anual de Atividades de Auditoria Interna RAINT 2015, referente ao exercício

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Complexo de Ensino Superior de São Paulo Ltda.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Complexo de Ensino Superior de São Paulo Ltda. PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág. 17. Portaria n 170, publicada no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág.13. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

REGULAMENTO DA APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO DA APRESENTAÇÃO REGULAMENTO DA APRESENTAÇÃO Art. 1º - Idealizado e instituído pela ANPROTEC 1, em parceria com o SEBRAE, o Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador, cuja periodicidade é anual, reconhece e prestigia

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA ANA, IEMA E IGAM Nº 553, DE 8 DE AGOSTO DE 2011

RESOLUÇÃO CONJUNTA ANA, IEMA E IGAM Nº 553, DE 8 DE AGOSTO DE 2011 RESOLUÇÃO CONJUNTA ANA, IEMA E IGAM Nº 553, DE 8 DE AGOSTO DE 2011 Dispõe sobre os procedimentos para o cadastramento, retificação ou ratificação de dados de usuários em corpos hídricos de domínio da União

Leia mais

DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA

DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PARA SERVIDORES TÉCNICO ADMINISTRATIVOS DA UFG PRO QUALIFICAR DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA Art.1º. O Programa

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO PARECER Nº 13.895 Servidores do Quadro Especial criado pela Lei n o 10.959/98. Auxílio-rancho e gratificação ordinária incorporada. Inclusão na base de cálculo de outras vantagens pecuniárias. Vem a esta

Leia mais

Sustentabilidade no Setor Público, A3P e Planos de Logística Sustentável

Sustentabilidade no Setor Público, A3P e Planos de Logística Sustentável Ministério do Meio Ambiente Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental SAIC Departamento de Produção e Consumo Sustentável DPCS Sustentabilidade no Setor Público, A3P e Planos de Logística

Leia mais

REITORIA. Minuta RESOLUÇÃO UNESP Nº DE DE DE 2012.

REITORIA. Minuta RESOLUÇÃO UNESP Nº DE DE DE 2012. Minuta RESOLUÇÃO UNESP Nº DE DE DE 2012. Altera e inclui dispositivos da Resolução Unesp nº 32, de 28 de julho de 2011. O VICE-REITOR NO EXERCÍCIO DA REITORIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE

Leia mais

a. Garantir a atribuição de salário justo a todos os funcionários da entidade sempre de acordo com as atribuições da função exercida.

a. Garantir a atribuição de salário justo a todos os funcionários da entidade sempre de acordo com as atribuições da função exercida. CONSIDERANDO a necessidade de conferir transparência e eficiência nos processos de contratações no âmbito dos serviços e gerenciamento de unidades públicas do Estado do Rio de Janeiro, pelo HOSPITAL E

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º sem. Danieli Rodrigues Ximenes Pavão EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º sem. Danieli Rodrigues Ximenes Pavão EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão em Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: FORMA/GRAU:( )integrado ()subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

habilidades com enfoque nos diferentes formatos de exames internacionais como TOEFL ITP; ibt, FCE, CAE e IELTS.

habilidades com enfoque nos diferentes formatos de exames internacionais como TOEFL ITP; ibt, FCE, CAE e IELTS. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CoRI PRÓ - REITORIA DE EXTENSÃO PROEX DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES DLA/CEDUC CHAMADA INTERNA 01/2016 (CoRI) PROCESSO SELETIVO

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25, DE 15 DE ABRIL DE 2003

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25, DE 15 DE ABRIL DE 2003 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 25, DE 15 DE ABRIL DE 2003 As importações de vegetais, seus produtos, derivados e partes, subprodutos,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA 1. Número e Título do Projeto: OEI BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação

Leia mais

Ciclo Completo de Gestão de Recursos Humanos

Ciclo Completo de Gestão de Recursos Humanos Gestão de Recursos Humanos Ciclo Completo de Gestão de Recursos Humanos Ciclo Completo de Gestão de Recursos Humanos Gestão de Recursos Humanos Ref #GRH090 Nº Horas: 48 h Nº de Dias: 8 dias Hora de Início:

Leia mais

Layout para geração de dados de folha de pagamentos para instituto de previdência

Layout para geração de dados de folha de pagamentos para instituto de previdência Instituto de Previdência - Layout para Geração de dados de folha de pagamento Informações Gerais Os dados no arquivo de texto deverão estar conforme algumas especificações descritas nesse manual. Os dados

Leia mais

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Crescimento econômico Já sabemos que...

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Escola de Artes, Ciências e Humanidades Graduação em Gestão Ambiental Prof. Dra. Sylmara Gonçalves Dias

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Escola de Artes, Ciências e Humanidades Graduação em Gestão Ambiental Prof. Dra. Sylmara Gonçalves Dias Disciplina: Princípios de Administração COD.: ACH-113 Área: Administração e meio ambiente Semestre do curso: 1º de 2013 Carga horária semanal: 2 horas PLANO DE DISCIPLINA Nome do professor: Profa. Dra.

Leia mais

A RNP e a Educação no Brasil

A RNP e a Educação no Brasil A RNP e a Educação no Brasil SBC 99 - Educação e Aprendizagem na Sociedade da Educação - Rio de Janeiro (RJ) 21 de julho 1999 José Luiz Ribeiro Filho Sumário: A história da Internet e seu uso na educação

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM)

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM) PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM) Altera o art. 5º da Lei nº 8.906, de 4 de julho de 1994, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do

Leia mais

PUC/SP 24/02/2016 PÁG: 01 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO SETOR DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Relação de Disciplinas para o 1º/2016

PUC/SP 24/02/2016 PÁG: 01 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO SETOR DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO Relação de Disciplinas para o 1º/2016 PUC/SP 24/02/2016 PÁG: 01 Código P05870 Turma: DIR01NA Professor: ÁLVARO LUIZ TRAVASSOS DE AZEVEDO GONZAGA Disciplina: FILOSOFIA DO DIREITO I ACEPÇÕES DE JUSTIÇA CLÁSSICA Código P01777/2 Professor: CLÁUDIO

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI DR/ES N 031/2015 24/05/2015

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI DR/ES N 031/2015 24/05/2015 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI DR/ES N 031/2015 24/05/2015 O SESI Serviço Social da Indústria torna pública a realização de processo seletivo para provimento de vagas, observados os requisitos mínimos

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental Criação: junho/2015 Page 1 of 5 1. OBJETIVOS A Política de Responsabilidade Socioambiental ( PRSA ou Política ) tem o objetivo de estabelecer os princípios,

Leia mais

Sobre os Autores. Sobre os Autores FLEURY AFONSO

Sobre os Autores. Sobre os Autores FLEURY AFONSO Sobre os Autores AFONSO FLEURY É Engenheiro. Professor Titular do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, além de Diretor-Presidente da Fundação Carlos

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2016

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2016 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2016 O Departamento de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro torna pública a abertura das

Leia mais

REGULAMENTO DO ARQUIVO MUNICIPAL DE FRONTEIRA

REGULAMENTO DO ARQUIVO MUNICIPAL DE FRONTEIRA REGULAMENTO DO ARQUIVO MUNICIPAL DE FRONTEIRA Preâmbulo No processamento da política de reorganização dos serviços municipais e no caso particular do Arquivo do Município de Fronteira, pretende-se com

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL DE PROJETOS DE TRANSPORTE URBANO COLETIVO

ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL DE PROJETOS DE TRANSPORTE URBANO COLETIVO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL DE PROJETOS DE TRANSPORTE URBANO COLETIVO Bianca Cipriano da Silva Zary Marcelino Aurelio Vieira da Silva Marcio de Almeida DAgosto ESTUDO DE VIABILIDADE

Leia mais

Despacho N.º 32/2015

Despacho N.º 32/2015 Despacho N.º 32/2015 Publicam-se, em anexo, os Regulamentos de Propinas dos Ciclos de Estudos (1.º, 2.º e 3.º) e Pós-Graduação para o ano letivo de 2015/2016. Lisboa, 16 de julho de 2015 O Diretor (Prof.

Leia mais

fora da hora normal de trabalho aguardando chamada, no valor de 1/3 da hora normal.

fora da hora normal de trabalho aguardando chamada, no valor de 1/3 da hora normal. Provento Descrição Legislação SALARIO Referente ao sálario base pago aos servidores municipais. Lei 5950/2010-5975/2010 e 5999/2010 GRATIFICACAO DE FUNCAO - Gratificação paga aos ocupantes do cargo efetivo

Leia mais

EDITAL Nº. 43/2014 Processo Seletivo Discente Concessão de Benefícios do Prosup, Bolsas e Taxas Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu

EDITAL Nº. 43/2014 Processo Seletivo Discente Concessão de Benefícios do Prosup, Bolsas e Taxas Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu EDITAL Nº. 43/2014 Processo Seletivo Discente Concessão de Benefícios do Prosup, Bolsas e Taxas No período de 6 a 13 de maio de 2014, estarão abertas as inscrições para o processo seletivo entre os discentes

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 206 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº. 206 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº. 206 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº.

Leia mais