CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR"

Transcrição

1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Administração de Pagamento CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Com o objetivo de facilitar consultas relativas às remunerações dos Servidores (Docentes do Magistério Superior, Docentes do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico e Técnico-Administrativo em Educação), divulgamos, a seguir, as Tabelas de Remuneração atribuídas aos cargos e/ou carreiras. A Remuneração dos Servidores Públicos Federais Civis do Poder Executivo é constituída de vencimento básico, indenizações, gratificações e adicionais (art. 40 e 49 da Lei nº /90). Classe Padrão: a posição do servidor na estrutura de carreira ou cargo que possuí um nível de vencimento correspondente. Vencimento Básico: valores fixados em lei para os níveis superior, intermediário e auxiliar. Gratificações, indenizações e adicionais: vantagens inerentes ao servidor ou a natureza ou ao local de trabalho, fixadas em lei específica. 1

2 A partir de 1º de fevereiro de 2009, a estrutura remuneratória dos cargos integrantes da Carreira do Magistério Superior de que trata a Lei nº , de 10 de abril de 1987, será composta de: (Lei nº /2008). I Vencimento Básico; II Retribuição por Titulação - RT; e III Gratificação Específica do Magistério Superior GEMAS. A partir de 1 o de fevereiro de 2009, os integrantes da Carreira do Magistério Superior de que trata a Lei nº , de 10 de abril de 1987, não farão jus à percepção das seguintes gratificações e vantagens: I - Vantagem Pecuniária Individual - VPI, de que trata a Lei n o , de 02 de julho de 2003; a) Vantagem Pecuniária Individual no valor de R$ 59,87 (cinqüenta e nove reais e oitenta e sete centavos). II - Gratificação de Atividade Executiva - GAE, de que trata a Lei Delegada n o. 13, de 27 de agosto de 1992; a) Gratificação de Atividade no percentual de 160%, em valor calculado sobre o vencimento básico. e III - Gratificação Temporária para o Magistério Superior - GTMS a que se refere o art. 18 da Lei nº /2008; IV - o acréscimo de percentual de que trata o art. 6 o da Lei n o , de 08 de setembro de a) setenta e cinco por cento, no caso de possuir o título de Doutor ou Livre-Docente; b) trinta e sete vírgula cinco por cento, no grau de Mestre; c) dezoito por cento, no de certificado de especialização; e d) sete vírgula cinco por cento, no certificado de aperfeiçoamento. 2

3 A partir de 1 o de fevereiro de 2009, o valor referente à GAE fica incorporado à Tabela de Vencimento Básico dos servidores integrantes da Carreira do Magistério Superior de que trata a Lei nº , de 10 de abril de 1987, conforme valores estabelecidos na Tabela constante dos Anexos I, II e III. A Lei n o , de 08 de setembro de 2006, que trata da reestruturação da Carreira de Magistério Superior passa a vigorar acrescida dos seguintes artigos: (Lei nº /2008). Art. 6 o -A. Os valores de vencimento básico da Carreira do Magistério Superior passam a ser os estabelecidos na Tabela constante dos Anexos I, II e III, produzindo efeitos financeiros a partir de 1 o de fevereiro de (Lei nº /2008). Art. 7 o -A. A partir de 1 o de fevereiro de 2009, fica instituída a Retribuição por Titulação - RT, devida ao docente integrante da Carreira do Magistério Superior em conformidade com a classe, nível e titulação comprovada, estabelecido na Tabela termos dos Anexo I, II e III. (Lei nº /2008). 1 o A RT será considerada no cálculo dos proventos e das pensões, desde que o certificado ou o título tenha sido obtido anteriormente à data da inativação. 2 o Os valores referentes à RT não serão percebidos cumulativamente. Art. 11-A. Fica instituída a Gratificação Específica do Magistério Superior - GEMAS devidas ao docente integrante da Carreira do Magistério Superior, nos valores previstos no Anexo V-B desta Lei. (Lei nº /2008). Parágrafo único. A gratificação a que se refere o caput deste artigo integrará os proventos da aposentadoria e as pensões, observada a legislação vigente. Art. 24. Os titulares de cargos de provimento efetivo da Carreira do Magistério Superior, desde que atendam aos requisitos de titulação estabelecidos para ingresso nos cargos da Carreira de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, poderão, por prazo não superior a 02 (dois) anos consecutivos, ter exercício provisório e atuar no ensino superior nas Instituições Federais de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico vinculadas ao Ministério da Educação. 3

4 TABELA DE VENCIMENTOS DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CMS Anexo - I A PARTIR DE 1º DE FEVEREIRO DE HORAS CLASSE NÍVEL VENCIMENTO BÁSICO GEMAS GRADUAÇÃO APERFEIÇOAMENTO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO DOUTORADO TOTAL RT TOTAL RT TOTAL RT TOTAL RT TOTAL TITULAR ,50 978, ,38 81, ,25 227, ,92 507, , , ,09 ASSOCIADO 4 946,70 977, , , ,47 439, ,48 878, , ,13 976, , , ,79 411, ,71 796, , ,36 975, , , ,91 411, ,68 754, , ,76 974, , , ,20 411, ,82 757, ,99 ADJUNTO ASSISTENTE AUXILIAR 4 817,33 973, ,66 63, ,54 122, ,36 293, ,69 639, , ,52 972, ,74 62, ,51 121, ,33 283, ,57 612, , ,41 971, ,52 61, ,18 117, ,85 274, ,40 586, , ,97 970, ,97 60, ,52 113, ,16 266, ,16 564, , ,63 968, ,52 59, ,96 105, ,15 250, , , ,08 967, ,86 58, ,19 101, ,67 242, , , ,13 966, ,80 57, ,02 98, ,89 234, , , ,76 965, ,32 56, ,43 94, ,80 226, , , ,21 964, ,66 55, ,66 87, , , , ,47 963, ,81 53, ,70 84, , , , ,24 962, ,47 52, ,25 81, , , , ,51 961, ,63 51, ,30 78, , , ,63 4

5 TABELA DE VENCIMENTOS DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CMS Anexo - II A PARTIR DE 1º DE FEVEREIRO DE HORAS CLASSE NÍVEL VENCIMENTO BÁSICO GEMAS GRADUAÇÃO APERFEIÇOAMENTO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO DOUTORADO TOTAL RT TOTAL RT TOTAL RT TOTAL RT TOTAL TITULAR , , ,82 97, ,29 423, ,09 864, , , ,78 ASSOCIADO , , , , ,06 847, , , , , , , , ,75 847, , , , , , , , ,05 847, , , , , , , , ,68 847, , , ,60 ADJUNTO ASSISTENTE AUXILIAR , , ,66 99, ,92 354, ,51 614, , , , , , ,87 95, ,08 340, ,17 588, , , , , , ,49 91, ,69 325, ,44 561, , , , , , ,44 87, ,72 311, ,38 535, , , , , , ,59 82, ,62 289, ,62 498, , , , , ,33 61, ,69 255, ,69 485, , , , , ,26 60, ,32 218, ,32 473, , , , , ,36 58, ,37 167, ,37 461, , , , , ,09 57, ,40 92, , , , , , ,45 56, ,25 88, , , , , , ,82 55, ,2 85, , , , , , ,20 54, ,29 82, , , ,20 5

6 TABELA DE VENCIMENTOS DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR CMS Anexo-III A PARTIR DE 1º DE FEVEREIRO DE 2009 DEDICAÇÃO EXCLUSIVA CLASSE NÍVEL VENCIMENTO BÁSICO GEMAS GRADUAÇÃO APERFEIÇOAMENTO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO DOUTORADO TOTAL RT TOTAL RT TOTAL RT TOTAL RT TOTAL TITULAR , , ,82 297, ,22 629, , , , , ,8 ASSOCIADO , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,64 ADJUNTO ASSISTENTE AUXILIAR , , ,85 176, ,22 572, , , , , , , , ,49 160, ,18 540, , , , , , , , ,35 144, ,54 507, , , , , , , , ,58 135, ,67 483, , , , , , , , ,13 124, ,20 443, , , , , , , ,24 118, ,07 424, , , , , , , ,20 113, ,18 407, , , , , , , ,98 109, ,38 391, , , , , , , ,47 101, ,47 361, , , , , , ,30 96, ,22 346, , , , , , ,69 93, ,76 332, , , , , , ,64 89, ,07 319, , , ,64 A Lei n o , de 8 de setembro de 2006, passa a vigorar a partir de 1º de julho de 2010 na forma dos Anexos I-A; II-B; III-C e I-D; II-E e III-F, conforme Lei nº /

7 RETRIBUIÇÃO POR TITULAÇÃO DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Carreira do Magistério Superior - Valores da RT para o Regime de 20 horas semanais ANEXO I-A EFEITOS FINANCEIROS A PARTIR DE CLASSE NÍVEL 1 o DE JULHO DE 2010 APERF ESPEC MESTR DOUT TITULAR 1 160,78 340,42 722, , , ,02 ASSOCIADO 3 671, , , , , , ,56 195,24 464,64 849,91 ADJUNTO 3 148,48 185,87 450,53 826, ,46 176,65 436,71 804, ,67 167,59 423,15 782, ,03 154,43 401,56 ASSISTENTE 3 58,91 145,73 388, ,79 137,17 376, ,67 128,72 363, ,55 120,94 AUXILIAR 3 54,43 117, ,31 113, ,19 109,50 Carreira do Magistério Superior - Valores da RT para o Regime de 40 horas semanais 7

8 ANEXO II-B CLASSE NÍVEL EFEITOS FINANCEIROS A PARTIR DE 1 o DE JULHO DE 2010 APERF ESPEC MESTR DOUT TITULAR 1 168,81 452, , , , ,92 ASSOCIADO , , , , , , ,57 354,85 868, ,16 ADJUNTO 3 99,34 340,30 830, , ,18 325,95 802, , ,09 311,94 771, , ,32 289,03 748,42 ASSISTENTE 3 81,08 255,36 734, ,90 218,06 720, ,75 168,02 706, ,78 155,55 AUXILIAR 3 58,14 148, ,31 142, ,48 135,45 Carreira do Magistério Superior - Valores da RT para o Regime de Dedicação Exclusiva 8

9 ANEXO III-C CLASSE NÍVEL EFEITOS FINANCEIROS A PARTIR DE 1 o DE JULHO DE 2010 APERF ESPEC MESTR DOUT TITULAR 1 435,34 794, , , , ,33 ASSOCIADO , , , , , , ,94 578, , ,33 ADJUNTO 3 274,64 545, , , ,95 512, , , ,45 483, , , ,19 454, ,18 ASSISTENTE 3 243,23 442, , ,45 432, , ,84 422, , ,25 403,30 AUXILIAR 3 216,12 394, ,66 375, ,32 357,72 9

10 GRATIFICAÇÃO ESPECÍFICA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR - GEMAS Carreira do Magistério Superior - Valores da GEMAS para o regime de 20 horas semanais CLASSE NÍVEL ANEXO I-D A PARTIR DE 1 o DE JULHO DE 2010 TITULAR , ,68 ASSOCIADO , , , ,16 ADJUNTO , , , ,72 ASSISTENTE 3 985, , , ,28 AUXILIAR 3 981, , ,95 10

11 Carreira do Magistério Superior - Valores da GEMAS para o Regime de 40 horas semanais CLASSE NÍVEL ANEXO II-E A PARTIR DE 1 o DE JULHO DE 2010 TITULAR , ,80 ASSOCIADO , , , ,28 ADJUNTO , , , ,12 ASSISTENTE , , , ,80 AUXILIAR , , ,31 11

12 Carreira do Magistério Superior - Valores da GEMAS para o Regime de Dedicação Exclusiva CLASSE NÍVEL ANEXO III-F A PARTIR DE 1 o DE JULHO DE 2010 TITULAR , ,35 ASSOCIADO , , , ,25 ADJUNTO , , , ,37 ASSISTENTE , , , ,90 AUXILIAR , , ,08 12

13 Carreira de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Fica estruturado, a partir de 1 o de julho de 2008, o Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, composto pelos cargos de nível superior do Quadro de Pessoal das Instituições Federais de Ensino, subordinadas ou vinculadas ao Ministério da Educação, que integram a Carreira de Magistério de 1 o e 2 o Graus do Plano Único de Classificação e Retribuição de Cargos e Empregos de que trata a Lei n o 7.596, de 10 de abril de Integram o Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico: 1 - Carreira de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, composta pelos cargos de provimento efetivo de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico; e 2 - Cargo Isolado de provimento efetivo de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, criado nos termos da Lei nº /2008. O regime jurídico dos cargos do Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico é o instituído pela Lei nº , de 11 de dezembro de 1990, observadas as disposições da Lei nº /2008. Ficam criados no Quadro de Pessoal do Ministério da Educação, para serem redistribuídos para o Quadro de Pessoal das Instituições Federais de Ensino, 354 (trezentos e cinqüenta e quatro) cargos de Professor Titular do Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, para provimento gradual. Os critérios para estabelecimento do quantitativo de cargos a ser redistribuído, conforme disposto no caput deste artigo, para cada Instituição Federal de Ensino serão estabelecidos pelo Ministro da Educação, levando em consideração a necessidade e as peculiaridades de cada Instituição. 13

14 A estrutura remuneratória dos titulares de cargos integrantes do Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico será composta de: I - Vencimento Básico; II - Gratificação Específica de Atividade Docente do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico - GEDBT; e III - Retribuição por Titulação - RT. Os níveis de vencimento básico dos titulares de cargos integrantes do Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico são os constantes dos Anexos abaixo, produzindo efeitos financeiros a partir de 1 o de julho de Fica instituída a Gratificação Específica de Atividade Docente do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico - GEDBT, devida, exclusivamente, aos titulares dos cargos integrantes do Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. A GEDBT integrará os proventos da aposentadoria e as pensões. A GEDBT será paga de acordo com os valores constantes dos Anexos II, III e IV, com efeitos financeiros a partir de 1 o de julho de 2008, e não servirá de base de cálculo para quaisquer outras parcelas remuneratórias ou vantagens de qualquer natureza. Fica instituída a Retribuição por Titulação - RT, devida aos titulares dos cargos integrantes do Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - A RT será considerada no cálculo dos proventos e das pensões, desde que o certificado ou o título tenha sido obtido anteriormente à data da inativação. - Os valores referentes à RT não serão percebidos cumulativamente. - Os valores da RT são os constantes dos Anexos V, VI e VII, com efeitos financeiros a partir das datas nele especificadas. 14

15 A partir de 1 o de julho de 2008, os integrantes do Plano de Carreira e Cargos de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico deixam de fazer jus à percepção das seguintes gratificações e vantagens: I - Vantagem Pecuniária Individual - VPI, de que trata a Lei n o , de 2 de julho de 2003; II - Gratificação de Atividade Executiva - GAE, de que trata a Lei Delegada n o 13, de 27 de agosto de 1992; III - Gratificação Específica de Atividade Docente do Ensino Fundamental, Médio e Tecnológico - GEAD, de que trata a Lei n o , de 25 de novembro de 2004; e IV - acréscimo de percentual de que trata o 1 o do art. 1 o da Lei n o 8.445, de 20 de julho de Os servidores integrantes da Carreira de Magistério de 1 o e 2 o Graus do Plano Único de Classificação e Retribuição de Cargos e Empregos, de que trata a Lei n o 7.596, de 10 de abril de 1987, pertencentes aos Quadros de Pessoal das Instituições Federais de Ensino subordinadas ou vinculadas ao Ministério da Educação que optarem pelo enquadramento na Carreira de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, nos termos do art. 108 desta Lei, terão, a partir de 1 o de julho de 2008, os valores referentes à GAE incorporados ao vencimento básico. 15

16 Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. ANEXO I CLASSE NIVEL VENCIMENTO BÁSICO REGIME DE TRABALHO 20 HORAS 40 HORAS DEDICAÇÃO EXCLUSIVA 3 946, , ,77 D V 2 919, , , , , ,32 D IV S 889, , , , , ,72 D III 3 793, , , , , , , , , , , ,45 D II 3 685, , , , , , , , , , , ,55 D I 3 591, , , , , , , , ,28 Cargo isolado de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. CARGO NÍVEL REGIME DE TRABALHO 20 HORAS 40 HORAS DEDICAÇÃO EXCLUSIVA Professor Titular U 1.003, , ,85 16

17 GRATIFICAÇÃO ESPECÍFICA DE ATIVIDADE DOCENTE DO ENSINO BÁSICO TÈCNICO E TECNOLÓGICO - GEDBT DO PLANO DE CARREIRA E CARGOS DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO. Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da GEDBT para o Regime de 20 Horas Semanais ANEXO II CLASSE NIVEL A PARTIR DE 1 o A PARTIR DE 1 o A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2008 FEVEREIRO DE 2009 JULHO DE , , ,41 D V , , , , , ,15 D IV S 1.064, , ,52 D III D II D I 4 945,70 973, , ,59 972, , ,48 971, , ,37 970,00 987, ,26 968,89 986, ,15 967,78 985, ,04 966,67 984, ,93 965,56 983, ,82 964,45 982, ,71 963,34 981, ,60 962,23 980, ,49 961,12 978,95 CARGO Cargo isolado de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da GEDBT para o Regime de 20 Horas Semanais NÍVEL A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2008 A PARTIR DE 1 o FEVEREIRO DE 2009 A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2010 Professor Titular U 1.067, , ,51 17

18 GRATIFICAÇÃO ESPECÍFICA DE ATIVIDADE DOCENTE DO ENSINO BÁSICO TÈCNICO E TECNOLÓGICO GEDBT DO PLANO DE CARREIRA E CARGOS DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO - Valor da GEDBT para o Regime de 40 Horas Semanais ANEXO III CLASSE NIVEL A PARTIR DE 1 o A PARTIR DE 1 o A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2008 FEVEREIRO DE 2009 JULHO DE , , ,27 D V , , , , , ,01 D IV S 1.226, , , , , ,28 D III D II D I 3 991, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,31 Cargo isolado de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da GEDBT para o Regime de 40 Horas Semanais CARGO NÍVEL A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2008 A PARTIR DE 1 o FEVEREIRO DE 2009 A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2010 Professor Titular U 1.229, , ,61 18

19 GRATIFICAÇÃO ESPECÍFICA DE ATIVIDADE DOCENTE DO ENSINO BÁSICO TÈCNICO E TECNOLÓGICO GEDBT DO PLANO DE CARREIRA E CARGOS DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO - Valor da GEDBT para o Regime de Dedicação Exclusiva ANEXO IV CLASSE NIVEL A PARTIR DE 1 o A PARTIR DE 1 o A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2008 FEVEREIRO DE 2009 JULHO DE , , ,25 D V , , , , , ,99 D IV S 1.403, , ,36 D III D II D I , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,08 CARGO Cargo isolado de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da GEDBT para o Regime de Dedicação Exclusiva NÍVEL A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2008 A PARTIR DE 1 o FEVEREIRO DE 2009 A PARTIR DE 1 o JULHO DE 2010 Professor Titular U 1.406, , ,35 19

20 RETRIBUIÇÃO POR TITULAÇÃO - RT DO PLANO DE CARREIRA E CARGOS DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO. Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da RT para o Regime de 20 Horas Semanais ANEXO V CLASSE NIVEL APERFEIÇOAMENTO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO DOUTORADO 3 297,17 737,83 D V 2 265,33 652, ,70 627,49 D IV S 66,12 206,12 264,07 627, ,57 114,31 263,44 626,45 D III D II D I 3 59,46 109,20 251,96 600, ,35 104,09 239,78 575, ,24 98,98 228,33 553, ,13 93,87 210,18 530, ,02 88,76 199,64 512, ,91 83,65 188,50 508, ,80 78,54 178,18 507, ,69 73,43 103,62 506, ,58 68,32 97,91 496, ,47 63,21 92,03 486, ,36 58,10 87,76 478,20 Cargo isolado de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da RT para o Regime de 20 Horas Semanais CARGO NÍVEL TITULAÇÃO Professor Titular U 874,69 20

21 Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da RT para o Regime de 40 Horas Semanais ANEXO VI CLASSE NIVEL APERFEIÇOAMENTO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO DOUTORADO 3 616, ,16 D V 2 616, , , ,90 D IV S 126,49 452,29 614, ,27 D III D II D I 4 99,26 354,85 614, , ,21 340,30 588, , ,20 325,95 561, , ,28 311,94 535, , ,73 289,03 490, , ,77 255,36 470, , ,61 218,06 454, , ,44 167,01 439, , ,27 77,10 410, , ,11 71,74 409, , ,94 66,37 407, , ,78 61,01 406, ,00 Cargo isolado de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da RT para o Regime de 40 Horas Semanais CARGO NÍVEL TITULAÇÃO Professor Titular U 1.895,21 21

22 Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Valor da RT para o Regime de Dedicação Exclusiva ANEXO VII CLASSE NIVEL APERFEIÇOAMENTO ESPECIALIZAÇÃO MESTRADO DOUTORADO , ,97 D V , , , ,62 D IV S 260,03 764, , ,70 D III II D I 4 153,68 549, , , ,36 527, , , ,17 504, , , ,09 483, , , ,07 443, , , ,83 424, , , ,98 407, , , ,40 391,13 990, , ,00 361,04 889, , ,92 346,44 878, , ,07 332,68 866, , ,43 319,64 859, ,17 Cargo isolado de Professor Titular do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. - Valor da RT para o Regime de Dedicação Exclusiva CARGO NÍVEL TITULAÇÃO Professor Titular U 4.388,04 22

23 Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação Fica estruturado o Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, composto pelos cargos efetivos de técnico-administrativos e de técnico-marítimos de que trata a Lei n o 7.596, de 10 de abril de O regime jurídico dos cargos do Plano de Carreira é o instituído pela Lei n o 8.112, de 11 de dezembro de 1990, observada as disposições da Lei nº /2005. A remuneração dos integrantes do Plano de Carreira será composta do vencimento básico, correspondente ao valor estabelecido para o padrão de vencimento do nível de classificação e nível de capacitação ocupada pelo servidor, acrescido dos incentivos e demais vantagens pecuniárias estabelecidas em lei. Os integrantes do Plano de Carreira não farão jus: Gratificação Temporária - GT, de que trata a Lei n o , de 12 de maio de 2004, e à Gratificação Específica de Apoio Técnico-Administrativo e Técnico-Marítimo às Instituições Federais de Ensino - GEAT, de que trata a Lei n o , de 15 de julho de Os servidores lotados nas Instituições Federais de Ensino integrantes do Plano de Carreira dos Cargos Técnico- Administrativos em Educação não farão jus à Vantagem Pecuniária Individual - VPI instituída pela Lei n o , de 2 de julho de ((Incluído pela Lei nº. 11, 784, de 2008, Art. 13-A)) Os vencimentos básicos do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação estão estruturados na forma dos Anexos abaixo, com efeitos financeiros a partir das datas nele especificadas. (Redação dada pela Lei nº. 11, 784, de 2008). Sobre os vencimentos básicos referidos no caput deste artigo incidirão os reajustes concedidos a título de revisão geral da remuneração dos servidores públicos federais. 23

24 TABELA DE ESTRUTURA E DE VENCIMENTO BÁSICO DO PLANO DE CARREIRA DOS CARGOS TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO Estrutura do Vencimento Básico do PCCTAE a partir de 1 o de maio de 2008 Níveis A B C D E Classes de Capacitação Valor I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV Piso AI P01 R$ 802,76 1 P02 R$ 831, P03 R$ 861, P04 R$ 892, P05 R$ 924, Piso BI P06 R$ 958, P07 R$ 992, P08 R$ 1.028, P09 R$ 1.065, P10 R$ 1.103, Piso CI P11 R$ 1.143, P12 R$ 1.184, P13 R$ 1.227, P14 R$ 1.271, P15 R$ 1.317, Teto AI P16 R$ 1.364, P17 R$ 1.413, P18 R$ 1.464, P19 R$ 1.517, P20 R$ 1.571, Teto BI P21 R$ 1.628, P22 R$ 1.687, P23 R$ 1.747, P24 R$ 1.810,

25 Níveis A B C D E Classes de Capacitação Valor I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV P25 R$ 1.875, Teto CI P26 R$ 1.943, P27 R$ 2.013, P28 R$ 2.085, P29 R$ 2.161, P30 R$ 2.238, Teto DI P31 R$ 2.319, P32 R$ 2.402, P33 R$ 2.489, P34 R$ 2.579, P35 R$ 2.671, Teto EI P36 R$ 2.768, P37 R$ 2.867, P38 R$ 2.970, P39 R$ 3.077, P40 R$ 3.188, P41 R$ 3.303,

26 Estrutura do Vencimento Básico do PCCTAE a partir de 1 o de julho de 2009 Níveis A B C D E Classes de Capacitação Valor I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV Piso AI P01 R$ 888,16 1 P02 R$ 920, P03 R$ 953, P04 R$ 987, P05 R$ 1.023, Piso BI P06 R$ 1.059, P07 R$ 1.098, P08 R$ 1.137, P09 R$ 1.178, P10 R$ 1.221, Piso CI P11 R$ 1.264, P12 R$ 1.310, P13 R$ 1.357, P14 R$ 1.406, P15 R$ 1.457, Teto AI P16 R$ 1.509, P17 R$ 1.564, P18 R$ 1.620, P19 R$ 1.678, P20 R$ 1.739, Teto BI P21 R$ 1.801, P22 R$ 1.866, P23 R$ 1.933, P24 R$ 2.003, P25 R$ 2.075, Teto CI P26 R$ 2.150,

27 P27 R$ 2.227, P28 R$ 2.307, P29 R$ 2.390, P30 R$ 2.477, Teto DI P31 R$ 2.566, P32 R$ 2.658, P33 R$ 2.754, P34 R$ 2.853, P35 R$ 2.956, Teto EI P36 R$ 3.062, P37 R$ 3.172, P38 R$ 3.287, P39 R$ 3.405, P40 R$ 3.527, P41 R$ 3.654, P42 R$ 3.786, P43 R$ 3.922, P44 R$ 4.064, P45 R$ 4.210, P46 R$ 4.361,

28 Estrutura do Vencimento Básico do PCCTAE a partir de 1 o de julho de 2010 Níveis A B C D E Classes de Capacitação Valor I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV I II III IV Piso AI P01 R$ 1.034,59 1 P02 R$ 1.071, P03 R$ 1.110, P04 R$ 1.150, P05 R$ 1.191, Piso BI P06 R$ 1.234, P07 R$ 1.279, P08 R$ 1.325, P09 R$ 1.372, P10 R$ 1.422, Piso CI P11 R$ 1.473, P12 R$ 1.526, P13 R$ 1.581, P14 R$ 1.638, P15 R$ 1.697, Teto AI P16 R$ 1.758, P17 R$ 1.821, P18 R$ 1.887, P19 R$ 1.955, P20 R$ 2.025, Teto BI P21 R$ 2.098, P22 R$ 2.174, P23 R$ 2.252, P24 R$ 2.333, P25 R$ 2.417, Teto CI P26 R$ 2.504, P27 R$ 2.594, P28 R$ 2.688, P29 R$ 2.785, P30 R$ 2.885, Teto DI P31 R$ 2.989, P32 R$ 3.096, P33 R$ 3.208,

29 P34 R$ 3.323, P35 R$ 3.443, Teto EI P36 R$ 3.567, P37 R$ 3.696, P38 R$ 3.829, P39 R$ 3.966, P40 R$ 4.109, P41 R$ 4.257, P42 R$ 4.410, P43 R$ 4.569, P44 R$ 4.734, P45 R$ 4.904, P46 R$ 5.081, P47 R$ 5.264, P48 R$ 5.453, P49 R$ 5.650,

30 CARGOS DE DIREÇÃO - CD FUNDAMENTO LEGAL: Lei nº /2009 CARGOS DE DIREÇÃO - CDs NÍVEL REMUNERAÇÃO R$ OPÇÃO DE 60% CD , ,71 CD , ,65 CD , ,25 CD , ,84 O servidor ocupante de cargo efetivo, investido no Cargo de Direção, poderá optar por uma das remunerações a seguir discriminadas: - a remuneração do cargo em comissão, acrescida dos anuênios; - a diferença entre a remuneração do cargo em comissão e remuneração do cargo efetivo ou emprego; ou - a remuneração do cargo efetivo ou emprego, acrescida do percentual de 60% (sessenta por cento) do respectivo cargo em comissão. 30

31 FUNÇÕES GRATIFICADAS DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO - FGs FUNDAMENTO LEGAL: Lei nº /2009 NÍVEL VENCIMENTO GRATIFICAÇÃO DE ATIVIDADE PELO DESEMPENHO DE FUNÇÃO (ART. 15 DA LEI DELEGADA N o 13/1992) ADICIONAL DE GESTÃO EDUCACIONAL TOTAL FG ,50 178,45 478,04 763,99 FG ,82 152,41 269,74 513,97 FG ,07 126,26 214,36 416,69 FG ,99 92,35 73,81 218,15 FG ,80 71,05 58,26 172,11 FG ,70 52,62 41,88 126,20 FG ,26 50,23 80,49 FG ,38 37,16 59,54 FG ,16 30,13 48,29 31

1. SOBRE O ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

1. SOBRE O ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE INFORMAÇÕES SOBRE A MEDIDA PROVISÓRIA Nº 568/2012 1. SOBRE O ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE A Medida Provisória 568/2012, alterou a remuneração dos adicionais de insalubridade e periculosidade,

Leia mais

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE Seção XXIV. Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE Seção XXIV. Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro LEI Nº 11.907, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009. Seção XXIV Do Plano de Carreiras e Cargos do Inmetro Art. 147. Os arts. 56, 60, 61, 62 e 63 da Lei n o 11.355, de 19 de outubro de 2006, passam a vigorar com a

Leia mais

SUBCHEFIA DE ASSUNTOS PARLAMENTARES PROJETO DE LEI

SUBCHEFIA DE ASSUNTOS PARLAMENTARES PROJETO DE LEI SUCHEFI DE SSUNTOS PRLMENTRES PROJETO DE LEI Dispõe sobre os valores das parcelas remuneratórias dos integrantes das Carreiras e do Plano Especial de Cargos do DNIT, de que trata a Lei n o 11.171, de 2

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDIDA PROVISÓRIA Nº 431, DE 14 DE MAIO DE 2008. Dispõe sobre a reestruturação do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo - PGPE,

Leia mais

Lei nº , de 28 de dezembro de Carreira do Magistério Superior Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal

Lei nº , de 28 de dezembro de Carreira do Magistério Superior Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal Lei nº 12.772, de 28 de dezembro de 2012 Carreira do Magistério Superior Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal Carreira de Magistério Superior,

Leia mais

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004.

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004. LEI Nº 12.277, DE 30 DE JUNHO DE 2010. Dispõe sobre a instituição do Adicional por Participação em Missão no Exterior, a remuneração dos cargos de Atividades Técnicas da Fiscalização Federal Agropecuária

Leia mais

BANCO CENTRAL DO BRASIL

BANCO CENTRAL DO BRASIL LEI Nº 8.911 DE 11 DE JULHO DE 1994 Dispõe sobre a remuneração dos cargos em comissão, define critérios de incorporação de vantagens de que trata a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, no âmbito do

Leia mais

ATOS DO PODER EXECUTIVO MEDIDA PROVISÓRIA Nº 614, DE 14 DE MAIO DE

ATOS DO PODER EXECUTIVO MEDIDA PROVISÓRIA Nº 614, DE 14 DE MAIO DE TOS DO PODER EXECUTIVO MEDID PROVISÓRI Nº 64, DE 4 DE MIO DE 03 ltera a Lei nº.77, de 8 de dezembro de 0, que dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; altera a

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 423, DE 31 DE MARÇO DE 2010

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 423, DE 31 DE MARÇO DE 2010 RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 423, DE 31 DE MARÇO DE 2010 Reajusta o piso remuneratório dos servidores públicos efetivos da Secretaria de Estado da Saúde Pública, contido no Anexo I da Lei Complementar

Leia mais

CARREIRA DOS DOCENTES DOS INSTITUTOS FEDERAIS

CARREIRA DOS DOCENTES DOS INSTITUTOS FEDERAIS Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica SETEC CARREIRA DOS DOCENTES DOS INSTITUTOS FEDERAIS VEJA O RESUMO DA NOVA PROPOSTA APRESENTADA PELO MEC EM 4/07/01 O que Melhora? O que muda? Aumento mínimo

Leia mais

TEXTO DOCUMENTO PROJETO DE LEI TÍTULO I. Das Disposições Preliminares

TEXTO DOCUMENTO PROJETO DE LEI TÍTULO I. Das Disposições Preliminares Plano de Carreira TEXTO DOCUMENTO PROJETO DE LEI Consolida o Plano de Carreira e Cargo de Professor Federal e dispõe sobre a reestruturação e unificação das carreiras e cargos do magistério da União, incluídas

Leia mais

LEI de 02/12/ Texto Atualizado

LEI de 02/12/ Texto Atualizado LEI 19837 de 02/12/2011 - Texto Atualizado Promove alterações na política remuneratória das carreiras do Grupo de Atividades da Educação Básica e das carreiras do pessoal civil da Polícia Militar e dá

Leia mais

LEI N , DE 25 DE AGOSTO DE 2008 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI N , DE 25 DE AGOSTO DE 2008 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI N. 2.021, DE 25 DE AGOSTO DE 2008 Institui o Plano de Carreira e Remuneração dos profissionais de nível superior ocupantes dos cargos de engenheiro, tecnólogo, arquiteto, geógrafo, geólogo, médico

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 08/2016 Altera a Lei nº 5.343/2008 e a Lei nº 6.328/2012, para aperfeiçoar a carreira docente da UERJ, e dá outras providências. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, no uso da competência que lhe atribui

Leia mais

LEI Nº 8.460, DE 17 DE SETEMBRO DE 1992. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

LEI Nº 8.460, DE 17 DE SETEMBRO DE 1992. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: LEI Nº 8.460, DE 17 DE SETEMBRO DE 1992. Mensagem de veto Texto compilado Concede antecipação de reajuste de vencimentos e de soldos dos servidores civis e militares do Poder Executivo e dá outras providências.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.890, DE 24 DE DEZEMBRO DE 2008. Conversão da MPv nº 440, de 2008. Mensagem de veto Dispõe sobre a reestruturação da composição

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 798, DE 10 DE JUNHO DE 2016.

LEI COMPLEMENTAR Nº 798, DE 10 DE JUNHO DE 2016. LEI COMPLEMENTAR Nº 798, DE 10 DE JUNHO DE 2016. Cria a Gratificação por Atividade de Planejamento Estratégico (GAPE), devida a servidores lotados e em efetivo exercício na Secretaria Municipal de Planejamento

Leia mais

PROJETO DE LEI 4.689/2010

PROJETO DE LEI 4.689/2010 PROJETO DE LEI 4.689/2010 Fixa o subsídio das carreiras do Grupo da Educação Básica do Poder Executivo Estadual e do pessoal civil da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais e dá outras providências.

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 475, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 475, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 475, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012. Altera a Lei Complementar Estadual nº 333, de 29 de junho de 2006, que institui o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos servidores

Leia mais

LEI Nº , DE 4 DE OUTUBRO DE 2007

LEI Nº , DE 4 DE OUTUBRO DE 2007 LEI Nº 11.526, DE 4 DE OUTUBRO DE 2007 Fixa a remuneração dos cargos e funções comissionadas da administração pública federal direta, autárquica e fundacional; revoga dispositivos das Leis nºs 10.470,

Leia mais

LEI N o 18802, de 31 de março 2010

LEI N o 18802, de 31 de março 2010 LEI N o 18802, de 31 de março 2010 Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, O

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº DE DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº DE DE 2015. PROJETO DE LEI Nº DE DE 2015. Altera dispositivos da Lei n.º 11.170, de 26 de agosto de 2008, Plano das Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia, modificando o sistema remuneratório

Leia mais

LEI Nº DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012

LEI Nº DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 LEI Nº 12.601 DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 Ver também: Lei nº 13.149, de 04 de abril de 2014 - Altera a estrutura remuneratória dos cargos efetivos, cargos em comissão, funções comissionadas e gratificadas,

Leia mais

Substitua-se, os artigos 46 ao 68 pelos seguintes artigos, renumerando os demais bem como os anexos:

Substitua-se, os artigos 46 ao 68 pelos seguintes artigos, renumerando os demais bem como os anexos: COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO-CTASP EMENDA SUBSTITUTIVA AO PROJETO DE LEI 6788 de 2017 Substitua-se no PL 6788, os artigos 46 ao 68 pelos seguintes artigos: Substitua-se, os

Leia mais

LEI N.º 2.146, DE 31 DE JANEIRO DE O povo do Município de Ubá, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome, sanciono a seguinte Lei:

LEI N.º 2.146, DE 31 DE JANEIRO DE O povo do Município de Ubá, por seus representantes, decretou, e eu, em seu nome, sanciono a seguinte Lei: LEI N.º 2.146, DE 31 DE JANEIRO DE 1991. Estabelece normas para a fixação do vencimento básico e da remuneração dos níveis e graus dos cargos e das funções públicas do quadro de Servidores Públicos do

Leia mais

FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIÂNIA APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI:

FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL DE APARECIDA DE GOIÂNIA APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: LEI MUNICIPAL Nº 2.221, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2001. Dispõe sobre o Plano de Carreira e Vencimentos do Grupo Ocupacional Magistério da Prefeitura Municipal de Aparecida de Goiânia. FAÇO SABER QUE A CÂMARA

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 21 09/02/2017 16:47 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012. (Vide Medida Provisória nº 614, de Texto compilado Vide Decreto

Leia mais

LEI Nº , DE 23 DE SETEMBRO DE 2015.

LEI Nº , DE 23 DE SETEMBRO DE 2015. LEI Nº 11.922, DE 23 DE SETEMBRO DE 2015. Ficam alterados os arts. 27, 28, 32, 34, 39 e incluídos os arts. 32-A, 32-B, 39-A e o Anexo VI na Lei nº 6.151, de 13 de julho de 1988; alterados os arts. 36,

Leia mais

Venc. Básico 323,47 Venc. Básico (VB+GAE) 1.003,50 Anuênio (25%) 80,86 Anuênio (25%) 250,87 Insalubridade (20%) 64,69 Insalubridade (20%) 200,70

Venc. Básico 323,47 Venc. Básico (VB+GAE) 1.003,50 Anuênio (25%) 80,86 Anuênio (25%) 250,87 Insalubridade (20%) 64,69 Insalubridade (20%) 200,70 CONSEQÜÊNCIAS DA INCORPORAÇÃO DA GAE AO VENCIMENTO BÁSICO: ALTERAM AS VANTAGENS DE ANUÊNIO E ADICIONAL DE TEMPO DE SERVIÇO QUE SÃO CALCULADAS SOBRE O VENCIMENTO BÁSICO: EXEMPLOS: 1) Graduado Titular 20

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O Autor: Poder Executivo LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O. 13.12.00. Dispõe sobre o subsídio dos integrantes do Grupo TAF - Tributação, Arrecadação e Fiscalização. O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a Carreira do Magistério

Leia mais

(Lei nº , de 28 de dezembro de 2012)

(Lei nº , de 28 de dezembro de 2012) ANOTAÇÕES RELEVANTES SOBRE O PLANO DE CARREIRAS E CARGOS DE MAGISTÉRIO FEDERAL (Lei nº 12.772, de 28 de dezembro de 2012) Introdução 1. Neste documento destacamos alguns itens da nova Carreira e do Cargo

Leia mais

SUBSTITUTIVO ADOTADO PELA COMISSÃO. Art. 1º A Constituição Federal passa a vigorar com as seguintes alterações: Art

SUBSTITUTIVO ADOTADO PELA COMISSÃO. Art. 1º A Constituição Federal passa a vigorar com as seguintes alterações: Art COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A APRECIAR E PROFERIR PARECER À PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40-A, DE 2003, QUE "MODIFICA OS ARTS. 37, 40, 42, 48, 96, 142 E 149 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, O ART. 8º DA

Leia mais

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA Cód.: DFG Nº: 44 Versão: 10 Data: 12/07/2017 DEFINIÇÃO Ato de investidura do servidor no exercício de função de confiança integrante do quadro de chefias da

Leia mais

lei complementar 1.158, de

lei complementar 1.158, de Página 1 de 11 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.158, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre a reclassificação dos vencimentos e salários dos servidores integrantes das classes regidas pela Lei Complementar nº 1.080,

Leia mais

PROJETO DE LEI N DE DE 2013.

PROJETO DE LEI N DE DE 2013. PROJETO DE LE N DE DE 2013. A CÂMARA LEGSLATA DO DSTRTO FEDERAL DECRETA: Reestrutura a tabela de vencimentos da Carreira Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária e dá outras providências. Art. 1º A

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 CÂMARA LEGSLATA DO DSTRTO FEDERAL Texto atualizado apenas para consulta. LE Nº 5.187, DE 25 DE SETEMBRO DE 2013 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Reestrutura a tabela de vencimentos da carreira Atividades

Leia mais

Tabela Salarial do Docente (Ensino Básico, Técnico e Tecnológico)

Tabela Salarial do Docente (Ensino Básico, Técnico e Tecnológico) Tabela Salarial do Docente (Ensino Básico, Técnico e Tecnológico) VALORES DE VENCIMENTO BÁSICO DO PLANO DE CARREIRA E CARGOS DO MAGISTÉRIO FEDERAL - EBTT Instituída pela Lei nº 12.772/2012 Efeito Financeiro

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS

INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS Legenda: 1. Sigla da Unidade Pagadora, classificada por unidade. 2. Estado a que pertence a unidade de lotação do servidor 3. Regime trabalhista a que está submetido o

Leia mais

LEI Nº /04/92

LEI Nº /04/92 LEI Nº 9937-20/04/92 Publicado no Diário Oficial Nº 3746 de 20/04/92 Súmula: REAJUSTA, A PARTIR DE 1º DE ABRIL DE 1992, OS NÍVEIS DE VENCIMENTOS DOS CARGOS QUE ESPECIFICA, DO PODER EXECUTIVO, ASSIM COMO

Leia mais

Professor Marcos Girão DISPOSIÇÕES GERAIS

Professor Marcos Girão DISPOSIÇÕES GERAIS Professor Marcos Girão DISPOSIÇÕES GERAIS 1 Art. 1º A carreira GUARDA PENITENCIÁRIA, integrante do Grupo Ocupacional Atividades de Apoio Administrativo e Operacional, fica redenominada para carreira SEGURANÇA

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE 2003 (Do Poder Executivo) Modifica os artigos 37, 40, 42, 48, 96, 142 e 149 da Constituição Federal, o artigo 8º da Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.907, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009. Dispõe sobre a reestruturação da composição remuneratória das Carreiras de Oficial de Chancelaria

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL LEI Nº 3.669, DE 15 DE MAIO DE 2009. Aprova tabelas de vencimento e de subsídio dos servidores das categorias funcionais integrantes das carreiras do Plano de Cargos, Empregos

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 11.091, DE 12 DE JANEIRO DE 2005. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LE Nº 11.171, DE 2 DE SETEMBRO DE 2005. Dispõe sobre a criação de carreiras e do Plano Especial de Cargos do Departamento Nacional

Leia mais

Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Prof. Pedro Kuhn

Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Prof. Pedro Kuhn Técnico Judiciário Área Administrativa Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Prof. Pedro Kuhn Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Professor Pedro Kuhn www.acasadoconcurseiro.com.br

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE. Mensagem nº 179/2018-GE Em Natal/RN, 08 de janeiro de 2018.

RIO GRANDE DO NORTE. Mensagem nº 179/2018-GE Em Natal/RN, 08 de janeiro de 2018. RIO GRANDE DO NORTE Mensagem nº 179/2018-GE Em Natal/RN, 08 de janeiro de 2018. Excelentíssimo Senhor Deputado EZEQUIEL FERREIRA DE SOUZA Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do

Leia mais

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009

LEI Nº , DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009 LEI Nº - 11.907, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2009 Dispõe sobre a reestruturação da composição remuneratória das Carreiras de Oficial de Chancelaria e de Assistente de Chancelaria, de que trata o art. 2º da Lei

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 Altera a Lei Complementar nº 1.111, de 25 de maio de 2010, que institui o Plano de Cargos e Carreiras dos servidores do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA INSTALADA EM 16 DE FEVEREIRO DE 1835 DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº DE 29 DE MARÇO DE 2006

ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA INSTALADA EM 16 DE FEVEREIRO DE 1835 DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº DE 29 DE MARÇO DE 2006 LEI Nº 8.369 DE 29 DE MARÇO DE 2006 O GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO, Dispõe sobre reajuste da remuneração dos servidores públicos estaduais civis e militares, e dá outras providências. Faço saber a

Leia mais

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA Cód.: DFG Nº: 44 Versão: 10 Data: 13/07/2016 DEFINIÇÃO Ato de investidura do servidor no exercício de função de confiança integrante do quadro de chefias da

Leia mais

LEI N o /2011. Art (...) (...)

LEI N o /2011. Art (...) (...) LEI N o 11.309/2011 Altera dispositivos da Lei Municipal nº 10.679/2008, que Institui as carreiras do grupo de atividades de saneamento do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba

Leia mais

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PARECER Nº, DE 2003 Redação, para o segundo turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 67, de 2003 (nº 40, de 2003, na Câmara dos Deputados).

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PROJETO DE LEI N o, DE DE DE 2016. ltera dispositivos da Lei nº 11.416, de 15 de dezembro de 2006, que dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União e dá outras providências. O

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 2.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 202. (Vide Medida Provisória nº 64, de 203) Texto compilado Vide Decreto nº 8.239, de 204 Dispõe

Leia mais

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº A DE O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I ÂMBITO DE APLICAÇÃO

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº A DE O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I ÂMBITO DE APLICAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 4.787-A DE 2012 Dispõe sobre as tabelas de salários, vencimentos, soldos e demais vantagens aplicáveis aos servidores civis, aos militares e aos empregados oriundos do ex-território

Leia mais

ANÁLISE DO COMANDOO DE GREVE DA UFRB EM RELAÇÃO AO ACORDO PROPOSTOO PELO GOVERNO EM 01/08/2012 CARREIRA DOCENTE

ANÁLISE DO COMANDOO DE GREVE DA UFRB EM RELAÇÃO AO ACORDO PROPOSTOO PELO GOVERNO EM 01/08/2012 CARREIRA DOCENTE ANÁLISE DO COMANDOO DE GREVE DA UFRB EM RELAÇÃO AO ACORDO PROPOSTOO PELO GOVERNO EM 01/08/2012 CARREIRA DOCENTE 1. Cargo de professor titular Governo: inclusão do cargo de professor titular como classe

Leia mais

LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE DOU de 08/08/2012 (nº 153, Seção 1, pág. 1)

LEI Nº , DE 7 DE AGOSTO DE DOU de 08/08/2012 (nº 153, Seção 1, pág. 1) LEI Nº 12.702, DE 7 DE AGOSTO DE 2012 DOU de 08/08/2012 (nº 153, Seção 1, pág. 1) Dispõe sobre servidores do Instituto Nacional de Meteorologia, da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, da

Leia mais

PROPOSTA DE CARREIRA. ANDES SN GOVERNO PROIFES SINASEFE Minuta de projeto de Lei e estrutura remuneratória

PROPOSTA DE CARREIRA. ANDES SN GOVERNO PROIFES SINASEFE Minuta de projeto de Lei e estrutura remuneratória TÓPICOS Formato da proposta PROPOSTA DE CARREIRA ANDES SN GOVERNO PROIFES SINASEFE Minuta de projeto de Lei e estrutura Minuta de projeto de Lei Conjunto de princípios e estrutura Minuta de projeto de

Leia mais

Lei Complementar Nº 124 de 01/07/2009. Faço saber que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

Lei Complementar Nº 124 de 01/07/2009. Faço saber que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar: Lei Complementar Nº 124 de 01/07/2009 Altera a Lei Complementar nº 61, de 20 de dezembro de 2005, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Magistério Superior da Universidade Estadual

Leia mais

Comentários sobre a LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE Na pratica a lei trouxe pouco benefício, exceto os aumentos.

Comentários sobre a LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE Na pratica a lei trouxe pouco benefício, exceto os aumentos. Comentários sobre a LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 Na pratica a lei trouxe pouco benefício, exceto os aumentos. Demais vantagens como Reconhecimento de Saberes e Competências RSC que permite

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a

Leia mais

RELATOR: Francisco Humberto Simões Magro, Atuário MIBA n 494

RELATOR: Francisco Humberto Simões Magro, Atuário MIBA n 494 ASSUNTO: Proposta de inclusão na base de cálculo do benefício previdenciário de parcelas temporárias para os servidores segurados do Sistema Municipal de Previdência Social SIMPS de Coronel Bicaco - RS.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 7 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 11.091, DE 12 DE JANEIRO DE 2005. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos

Leia mais

CARTILHA DO SINASEFE GANHOS OBTIDOS COM A GREVE 2012 ENTENDA SUA CARREIRA E CONHEÇA SEUS DIREITOS: FAZ PARTE DA SUA VIDA!

CARTILHA DO SINASEFE GANHOS OBTIDOS COM A GREVE 2012 ENTENDA SUA CARREIRA E CONHEÇA SEUS DIREITOS: FAZ PARTE DA SUA VIDA! CARTILHA DO SINASEFE GANHOS OBTIDOS COM A GREVE 2012 ENTENDA SUA CARREIRA E CONHEÇA SEUS DIREITOS: FAZ PARTE DA SUA VIDA! MENSAGEM AOS SERVIDORES Esta cartilha tem o intuito de fornecer subsídios aos servidores

Leia mais

EMENDAS APRESENTADAS À MP 431

EMENDAS APRESENTADAS À MP 431 EMENDAS APRESENTADAS À MP 431 As Emendas apresentadas à MP 431 são em um total de 260 somando as de Deputados e Senadores. São emendas aditivas; supressivas e/ou modificativas. Algumas são especificas

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº 17.691, DE 04 DE JULHO DE 2012. Introduz alterações nas Leis nºs 15.397, de 22 de setembro de 2005, e 16.901, de 26 de janeiro de 2010,

Leia mais

LEI Nº , DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006

LEI Nº , DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação LEI Nº 11.416, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União; revoga as Leis nºs 9.421, de 24

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 2.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 202. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a Carreira

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO SUBSTITUTIVO DO RELATOR AO PROJETO DE LEI Nº 3.123, DE O Congresso Nacional decreta:

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO SUBSTITUTIVO DO RELATOR AO PROJETO DE LEI Nº 3.123, DE O Congresso Nacional decreta: 19 COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO SUBSTITUTIVO DO RELATOR AO PROJETO DE LEI Nº 3.123, DE 2015 Disciplina a aplicação do limite previsto no inciso XI do art. 37 da Constituição,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.355, DE 19 DE OUTUBRO DE 2006. - Conversão da MPv nº 301, de 2006 Dispõe sobre a criação da Carreira da Previdência, da Saúde

Leia mais

TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS SERVIDORES DA FASC

TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS SERVIDORES DA FASC TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS SERVIDORES DA FASC A presente publicação visa o atendimento ao contido no 6º, do art. 39 da Constituição Federal, com nova redação dada pelo art. 5º, da Emenda Constitucional

Leia mais

VIII - Carreira Policial Civil dos extintos Territórios Federais do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. (Incluído pela Lei nº 11.

VIII - Carreira Policial Civil dos extintos Territórios Federais do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. (Incluído pela Lei nº 11. LE Nº 11.358, DE 19 DE OUTUBRO DE 2006. Dispõe sobre a remuneração dos cargos das Carreiras de Procurador da Fazenda Nacional, Advogado da União, Procurador Federal e Defensor Público da União de que tratam

Leia mais

INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS

INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS O Incentivo à Qualificação é um benefício, na forma de retribuição financeira, calculado sobre o padrão de vencimento percebido pelo servidor,

Leia mais

LEI Nº 1.275/2013. CNPJ. nº / Praça Padre Francisco Pedro da Silva, nº 145- Centro CEP: OURICURI-PERNAMBUCO

LEI Nº 1.275/2013. CNPJ. nº / Praça Padre Francisco Pedro da Silva, nº 145- Centro CEP: OURICURI-PERNAMBUCO LEI Nº 1.275/2013 Ementa:Dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos Servidores da Prefeitura Municipal de Ouricuri, Estado de Pernambuco e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I ÂMBITO DE ABRANGÊNCIA CAPÍTULO II PLANO DE CARREIRA E CARGO DE MAGISTÉRIO SUPERIOR FEDERAL

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I ÂMBITO DE ABRANGÊNCIA CAPÍTULO II PLANO DE CARREIRA E CARGO DE MAGISTÉRIO SUPERIOR FEDERAL PROJETO DE LEI Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira e Cargo de Magistério Superior Federal; a criação da Gratificação de Encargos de Atividade de Preceptoria - GAP e da Gratificação de Atividade

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça RESOLUÇÃO Nº 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006 Dispõe sobre a aplicação do teto remuneratório constitucional e do subsídio mensal dos membros da magistratura. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 544, DE 03 DE AGOSTO DE 2015.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 544, DE 03 DE AGOSTO DE 2015. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 544, DE 03 DE AGOSTO DE 2015. Dispõe sobre a revisão anual da remuneração dos servidores ocupantes de cargos de provimento efetivo e sobre o reajuste do valor da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República asa ivil Subchefia para ssuntos Jurídicos LEI Nº 12.778, DE 28 DE DEZEMRO DE 2012. Dispõe sobre runeração e reajuste de Planos de argos, arreiras e Planos Especiais de argos do

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 609, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 609, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 609, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 Procedência: Governamental Natureza: PLC/0047.0/2013 DO: 19.729, de 31/12/2013 Fonte: ALESC/Coord. Documentação Fixa o subsídio mensal dos membros da

Leia mais

LEI Nº XXXXXXX DE XXXX DE XXXXX DE 2010.

LEI Nº XXXXXXX DE XXXX DE XXXXX DE 2010. PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA LEI Nº XXXXXXX DE XXXX DE XXXXX DE 2010. Dispõe sobre Regime Integral de Trabalho RIT, aos servidores titulares dos cargos de Médico e de Odontólogo; altera Lei nº 10.817

Leia mais

Título I Das Disposições Preliminares

Título I Das Disposições Preliminares PROJETO LEI Consolida o Plano de Carreira dos Trabalhadores em Educação da Rede Federal de Ensino e dispõe sobre a Reestruturação e unificação das carreiras e cargos do magistério da união e do PCCTAE

Leia mais

ANEXO I CARGOS DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE

ANEXO I CARGOS DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE LEI Nº xxxx DE 2016 Institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Assistência Social da Prefeitura de Belo Horizonte, estabelece a respectiva Tabela de Vencimentos e dá outras providências.

Leia mais

(...) CAPÍTULO II DAS CARREIRAS TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL E DE AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO

(...) CAPÍTULO II DAS CARREIRAS TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL E DE AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO MEDIDA PROVISÓRIA Nº 765, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016. Altera a remuneração de servidores de ex- Territórios e de servidores públicos federais; reorganiza cargos e carreiras, estabelece regras de incorporação

Leia mais

CURSO ON-LINE LEGISLAÇÃO APLICADA AO MPU P/ ANALISTA E TÉCNICO TEORIA E EXERCÍCIOS PROFESSORES: ANDERSON LUIZ E ERICK MOURA AULA 02

CURSO ON-LINE LEGISLAÇÃO APLICADA AO MPU P/ ANALISTA E TÉCNICO TEORIA E EXERCÍCIOS PROFESSORES: ANDERSON LUIZ E ERICK MOURA AULA 02 AULA 02 (Professor: Anderson Luiz) ASSUNTO: Lei nº 11.415/2006 1. DISPOSIÇÕES GERAIS As Carreiras dos servidores dos Quadros de Pessoal do MPU são regidas pela Lei nº 11.415/06. Ou seja, essa Lei visa

Leia mais

Lei Complementar de Setembro de 2008

Lei Complementar de Setembro de 2008 Lei Complementar 123-09 de Setembro de 2008 Publicado no Diário Oficial nº. 7802 de 9 de Setembro de 2008 Súmula: Institui o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Quadro dos Funcionários da Educação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCK.OW DA FONSECA BOLETIM DE PESSOAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCK.OW DA FONSECA BOLETIM DE PESSOAL SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCK.OW DA FONSECA BOLETIM DE PESSOAL RETIFICAÇÕES/2015 Direção Geral Diretor-Geral: CARLOS HENRIQUE FIGUEIREDO ALVES Vice Diretor:

Leia mais

CAPITULO II DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL. Seção I Dos princípios básicos. Seção II Da estrutura da carreira

CAPITULO II DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL. Seção I Dos princípios básicos. Seção II Da estrutura da carreira LEI Nº 1229/2003 Dispõe sobre o Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público do Município de Mangueirinha. Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná, aprovou e eu, Miguel

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações:

PROJETO DE LEI Nº. Art. 1º. A Lei nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, passa a vigorar com as seguintes alterações: PROJETO DE LEI Nº Altera, revoga e acrescenta dispositivos das Leis nº 12.066, de 13 de janeiro de 1993, que dispõe sobre a estrutura do Grupo Ocupacional do Magistério da Educação Básica MAG e instituiu

Leia mais

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 CAPÍTULO I DO PLANO DE CARREIRAS E CARGOS DE MAGISTÉRIO FEDERAL

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 CAPÍTULO I DO PLANO DE CARREIRAS E CARGOS DE MAGISTÉRIO FEDERAL CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a Carreira do Magistério

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ GABINETE DO PREFEITO _ LEI N 1162,12 DE ABRIL DE 2011. SÚMULA: Altera a Lei 653/06 A CÂMARA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: Art. 1. O art. 8 da Lei

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Lei Complementar nº 1.125, de 1º de julho de 2010 Cria o Quadro de Pessoal da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de do Estado de São Paulo QP-ARTESP e dá providências correlatas. O GOVERNADOR

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.863, DE 24 DE SETEMBRO DE 2013. Altera a Lei n o 12.772, de 28 de dezembro de 2012, que dispõe sobre a estruturação do

Leia mais

REVOGADA PELA PORTARIA Nº 7.796, DE (D.O.U ) PORTARIA Nº 4.882, DE 16 DE DEZEMBRO DE 1998 (D.O.U

REVOGADA PELA PORTARIA Nº 7.796, DE (D.O.U ) PORTARIA Nº 4.882, DE 16 DE DEZEMBRO DE 1998 (D.O.U REVOGADA PELA PORTARIA Nº 7.796, DE 28.08.2000 (D.O.U. 29.08.2000) PORTARIA Nº 4.882, DE 16 DE DEZEMBRO DE 1998 (D.O.U. - 17.12.98) O MINISTRO DE ESTADO DA PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL, no uso da atribuição

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 LEI Nº 5.351, DE 4 DE JUNHO DE 2014 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Dispõe sobre a criação da carreira Socioeducativa no Quadro de Pessoal do Distrito Federal e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DO PATRIMÔNIO INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP Nº 05, DE 28 DE ABRIL DE 1999.

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DO PATRIMÔNIO INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP Nº 05, DE 28 DE ABRIL DE 1999. SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DO PATRIMÔNIO INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP Nº 05, DE 28 DE ABRIL DE 1999. Estabelece orientação aos órgãos setoriais e seccionais do Sistema de Pessoal Civil da Administração

Leia mais

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 LEI Nº- 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a Carreira do Magistério Superior, de que trata a Lei nº 7.596, de 10 de

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais REGULAMENTO DE AFASTAMENTO DOS SERVIDORES TÉCNICO ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO IFNMG PARA CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO. CAPÍTULO I DOS CONCEITOS Art. 1º. Caracteriza-se como afastamento para capacitação

Leia mais