Curso - Prático Intermodalidade Marítima-Ferroviária 3-5 de Dezembro de 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso - Prático Intermodalidade Marítima-Ferroviária 3-5 de Dezembro de 2012"

Transcrição

1 Curso - Prático Intermodalidade Marítima-Ferroviária 3-5 de Dezembro de 2012 Media partners: Informação e reservas: Escola Europea de Short Sea Shipping 2E3S.eu Telefone:(+34) /

2 Objetivos do curso Analisar os diferentes elementos a integrar para a prestação de serviços ferro - portuários; dar formação e informação necessária aos decisores e gestores das cadeias logísticas onda a ferrovia possa ser uma alternativa rentável por serviço, custo ou tempo. Conhecer as vantagens e possíveis poupanças económicas e ambientais (tanto ao nível de custo como de risco) da utilização da ferrovia. Estimular a utilização do transporte ferroviário através da divulgação das suas características e especificidades. Perfil dos assistentes Este curso destina-se a pessoas ligadas ao sector do transporte marítimo-ferroviário: Operadores ferroviários, operadores logísticos / transitários, operadores portuários, administrações, empresas rodoviárias e todas as empresas de importação e/ou exportação que utilizem estes modos de transporte. Idioma Português / Espanhol Patrocinadores e colaboradores do curso Porto de Barcelona CP Comboios de Portugal, E.P.E. APTMCD CP Carga Porto de Aveiro Porto de Setúbal Porto de Sines AGEPOR ENIDH IPTM

3 Quadro de professores (a confirmar) Antonio Belmar, Director Short Sea TMCD- Portugal António Martins, CP Carga Eduard Rodés, Director Escola Europea de Short Sea Shipping João Soares, Consultor Vitor Caldeirinha, Director Logistic and Development do APSS Porto de Setúbal

4 Conteúdos do curso Transporte e Logística marítimo-ferroviária. Tipologia, equipamentos e sistema de transportes por tipos de tráfico: contentores, graneis, carga geral, etc. Situação marítimo-ferroviária nos Portos Infraestruturas ferro-portuarias: o Características técnicas da rede ferroviária de mercadorias o Terminais ferroviários de mercadorias o Acessos por ferrovia aos Portos o Rede interior ferroviária e a sua inserção na zona de serviços Serviços ferroviários de transporte de mercadorias: o Serviços regulares. Tráficos exclusivos e mistos o Serviços nos terminais o Os agentes económicos: empresas e operadores ferroviários o Serviços nos terminais marítimos interiores Modelos de gestão ferroviária: o Política europeia de transporte ferroviário Terminais ferroviários nos portos: legislação, divisão de funções e serviços Informação, documentação, contratação e gestão de riscos para o transporte ferroviário de mercadorias Análise da estrutura de custos do transporte ferroviário e comparação com outros meios de transporte Intermodalidade marítimo-ferroviária e desenvolvimento sustentável: o Afectação Meio ambiental e rendimento energético o Custos Externos Sessões Visita ao terminal de Bobadela Visita ao Porto de Sines Visita ao Porto de Setúbal Visita ao Porto de Aveiro Caso Prático de intermodalidade

5 Duração e lugar de celebração O curso LIFE RAIL realiza-se a bordo de um comboio da CP com o seguinte trajecto: Bobadela Sines Setúbal - Aveiro - Bobadela. Os participantes ficarão instalados em Hotéis em regime de APA (alojamento e pequeno almoço). As refeições serão realizadas em restaurantes. O preço do curso é de 495 por pessoa (inclui alojamento e manutenção). O número de inscrições é limitado (50). Os participantes podem deixar as suas viaturas no parque de estacionamento do Terminal da Bobadela.

6 Programa Segunda-feira, 3 de Dezembro 09:00 Recepção no terminal de Bobadela 09:15 Entrega de acreditações e documentação 09:30 Apresentação do curso E. Rodés & A. Belmar 10:30 Portos secos: descrição e serviços A. Martins 11:00 Visita ao Terminal de Bobadela 12:00 Logística ferroviária A. Martins 13:00 Almoço 14:15 TEN-T e ferrovia A. Belmar 14:40 Saída do comboio para Sines 15:00 Análise de custos: tipos de operação e análise comparativa com outros modos J. Soares 16:15 Descanso 16:45 A ferrovia e a sustentabilidade. Impactos ambientais, rendimento energético e custos externos A. Belmar 17:15 Chagada a Sines 17:30 Visita ao Porto de Sines 19:30 Deslocação para o Hotel 20:30 Jantar em Sines

7 Terça-feira, 4 de Dezembro PROGRAMA PROVISÓRIO SUJEITO A ALTERAÇÕES 07:30 08:00 Pequeno-almoço ao hotel 08:15 Deslocação em autocarro para o comboio 08:40 Saída do Comboio para Setúbal 09:00 Apresentação de caso prático por parte de um operador 10:00 Legislação, contratação e gestão de riscos no transporte multimodal A. Martins 10:40 Chegada do comboio a Setúbal 11:00 Visita ao Porto de Setúbal V. Caldeirinha 13:00 Almoço 14:45 Saídado comboio para Aveiro 14:45 Serviços marítimo ferroviários nos portos V. Caldeirinha 15:45 Serviços de informação ao cliente no transporte ferroviário A. Martins 16:45 Apresentação do caso prático e trabalho em equipa 19:45 Chegada do comboio a Aveiro 19:45 Deslocação para o Hotel 20:30 Jantar em Aveiro Quarta-feira, 5 de Dezembro 08:00 09:00 Pequeno - Almoço 09:30 Deslocação em autocarro para visita ao Porto de Aveiro 10:00 Visita ao Porto de Aveiro I. Ramos 12:00 Saída do comboio para a Bobadela Trabalho de equipa 13:45 Almoço no Entroncamento 15:00 Continuação da viagem Trabalho de equipa 15:30 Apresentação por equipas do caso prático 16:30 Chegada a Bobadela 17:00 Cerimónia de encerramento (Este programa está sujeito a alterações) INSCRIÇÕES:

Curso - Taller Motorways of the Sea MoS Barcelona Civitavecchia Barcelona fevereiro 08-09-10, 2013

Curso - Taller Motorways of the Sea MoS Barcelona Civitavecchia Barcelona fevereiro 08-09-10, 2013 Curso - Taller Motorways of the Sea MoS Barcelona Civitavecchia Barcelona fevereiro 08-09-10, 2013 Secretaría: Escola Europea de Short Sea Shipping 2E3S.eu Telephone: (+34) 93 298 60 70 E-mail: info@2e3s.eu

Leia mais

PORTUGAL. Barcelona-Roma/Civitavecchia 05-08 Novembro, 2016. Curso patrocinado por: Supported by: Curso patrocinado por:

PORTUGAL. Barcelona-Roma/Civitavecchia 05-08 Novembro, 2016. Curso patrocinado por: Supported by: Curso patrocinado por: PORTUGAL Barcelona-Roma/Civitavecchia 05-08 Novembro, 2016 Curso patrocinado por: Objetivos del curso Supported by: Curso patrocinado por: Media Objetivos partners: del curso Curso patrocinado por: Objetivos

Leia mais

A Cidade Logística. Plataforma Logística do Poceirão

A Cidade Logística. Plataforma Logística do Poceirão A Cidade Logística Plataforma Logística do Poceirão Póvoa de Santa Iria, 03 de Dezembro 2009 1 1. Apresentação Integrado na rede de plataformas nacionais definida pelo Portugal Logístico será desenvolvido

Leia mais

TRANSPORTE INTERMODAL. Os diferentes modos de transporte deverão funcionar como peças de um puzzle, que se encaixam harmoniosamente

TRANSPORTE INTERMODAL. Os diferentes modos de transporte deverão funcionar como peças de um puzzle, que se encaixam harmoniosamente TRANSPORTE INTERMODAL Os diferentes modos de transporte deverão funcionar como peças de um puzzle, que se encaixam harmoniosamente Rui Rodrigues Site: www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt

Leia mais

Julho 2006. Plataforma Logística de Lisboa Norte (V.F. Xira Castanheira do Ribatejo)

Julho 2006. Plataforma Logística de Lisboa Norte (V.F. Xira Castanheira do Ribatejo) Julho 2006 Plataforma Logística de Lisboa Norte (V.F. Xira Castanheira do Ribatejo) 1. 2. abertis logística, gestor de infra-estruturas logísticas Conceito de plataforma multimodal 3. Realizações de abertis

Leia mais

MOBILIDADE DE MERCADORIAS - RODOVIAS, FERROVIAS E PORTOS (MAR E TERRA)

MOBILIDADE DE MERCADORIAS - RODOVIAS, FERROVIAS E PORTOS (MAR E TERRA) MOBILIDADE DE MERCADORIAS - RODOVIAS, FERROVIAS E PORTOS (MAR E TERRA) Vigo, 1 de março de 2012 José António de Barros Presidente de AEP 0 Alguns dados sobre o sector europeu dos transportes Representa

Leia mais

Desafio Logístico 2013

Desafio Logístico 2013 1 Desafio Logístico 2013 Índice Introdução 3 A situação O desafio 5 5 Regras gerais 6 2 Introdução O desenvolvimento econômico do Brasil enfrenta inúmeros desafios sendo que um dos mais complexos está

Leia mais

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes (PIMT) da Região de Aveiro. PIMT Região de Aveiro 1 16

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes (PIMT) da Região de Aveiro. PIMT Região de Aveiro 1 16 Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes (PIMT) da Região de Aveiro 1 16 Breve enquadramento A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) decidiu desenvolver o Plano Intermunicipal de

Leia mais

A Oferta IBERCARGO. e os Factores críticos para a competitividade do transporte ferroviário de mercadorias. Miguel Eurico Lisboa

A Oferta IBERCARGO. e os Factores críticos para a competitividade do transporte ferroviário de mercadorias. Miguel Eurico Lisboa A Oferta IBERCARGO e os Factores críticos para a competitividade do transporte ferroviário de mercadorias Miguel Eurico Lisboa Takargo Transporte de Mercadorias S.A. 1 Takargo Transporte de Mercadorias,

Leia mais

Trucks 4 Terminals: A LEANER OPERATION. Copyright: LS - Luís Simões Dalila Tavares Junho 2015

Trucks 4 Terminals: A LEANER OPERATION. Copyright: LS - Luís Simões Dalila Tavares Junho 2015 Trucks 4 Terminals: A LEANER OPERATION Copyright: LS - Luís Simões Dalila Tavares Junho 2015 Quem somos? Perfil Empresa Grupo familiar fundado em 1948 Capital 100% propriedade da família Luís Simões Capital

Leia mais

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro www.regiaodeaveiro.pt PIMT de Aveiro, Aveiro TIS.PT Transportes Inovação e Sistemas, S.A. 1 16 Breve enquadramento A Comunidade Intermunicipal

Leia mais

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO SECTOR DOS TRANSPORTES E LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO SECTOR DOS TRANSPORTES E LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO SECTOR DOS TRANSPORTES E LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO FÓRUM ECONÓMICO E DE NEGÓCIOS ANGOLA-ITÁLIA Fevereiro 2014 INDÍCE: Estratégia do Sector 2013-2017; Áreas/Projectos com

Leia mais

Sistemas Logísticos de Portugal e Espanha no Desenvolvimento do Mercado Ibérico. 29 e 30 de Novembro de 2010 ENTIDADES ORGANIZADORAS

Sistemas Logísticos de Portugal e Espanha no Desenvolvimento do Mercado Ibérico. 29 e 30 de Novembro de 2010 ENTIDADES ORGANIZADORAS Sistemas Logísticos de Portugal e Espanha no Desenvolvimento do Mercado Ibérico 29 e 30 de Novembro de 2010 ENTIDADES ORGANIZADORAS A LOGISTEL S.A. é uma Sociedade Anónima de que são Accionistas o Grupo

Leia mais

Nº 35 ANO 6 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA SETEMBRO/OUTUBRO 15 EDIÇÃO BIMESTRAL

Nº 35 ANO 6 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA SETEMBRO/OUTUBRO 15 EDIÇÃO BIMESTRAL Nº 35 ANO 6 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA SETEMBRO/OUTUBRO 15 EDIÇÃO BIMESTRAL 35 3 EDITORIAL Rui d Orey Presidente da Direcção Nacional da AGEPOR Orey Shipping Portugal inicia uma nova legislatura e com ela

Leia mais

GESTÃO E ESTRATÉGIA PORTUÁRIA 5 MÓDULOS 2 SEMINÁRIOS VISITAS TÉCNICAS

GESTÃO E ESTRATÉGIA PORTUÁRIA 5 MÓDULOS 2 SEMINÁRIOS VISITAS TÉCNICAS P Ó S - G R A D U A Ç Ã O GESTÃO E ESTRATÉGIA PORTUÁRIA 5 MÓDULOS 2 SEMINÁRIOS VISITAS TÉCNICAS 2ª EDIÇÃO DATA 22 DE MAIO A 29 DE JUNHO E DE 17 A 27 DE SETEMBRO CARGA HORÁRIA 191 HORAS LOCAL CENTRO DE

Leia mais

NOVOS INVESTIMENTOS NA FERROVIA ESTRATÉGIAS E ARTICULAÇÃO INTERMODAL 9 DE NOVEMBRO DE 2015

NOVOS INVESTIMENTOS NA FERROVIA ESTRATÉGIAS E ARTICULAÇÃO INTERMODAL 9 DE NOVEMBRO DE 2015 NOVOS INVESTIMENTOS NA FERROVIA ENQUADRAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DA REDE TRANSEUROPEIA DE TRANSPORTES E DO MECANISMO INTERLIGAR A EUROPA JOSÉ VALLE / CEETVC ORIENTAÇÕES BASE DO PROGRAMA DA CEETVC PARA O

Leia mais

Viagem Técnica SIVE Siveways California 21 de abril a 2 de maio 2012

Viagem Técnica SIVE Siveways California 21 de abril a 2 de maio 2012 Após 10 anos a SIVE volta à Califórnia, para verificar o progresso e conhecer as novas áreas produtivas que estão a surgir na fileira internacional. Para atender tanto quanto possível a todas as necessidades,

Leia mais

Proposta especialmente elaborada para:

Proposta especialmente elaborada para: Proposta especialmente elaborada para: 1 O V Encontro Empresarial de Negócios na Língua Portuguesa é uma iniciativa do Conselho das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil e terá como objectivo desenvolver

Leia mais

PP nº 16 da RTE-T: Ligação ferroviária entre o porto de Sines e Elvas (fronteira)

PP nº 16 da RTE-T: Ligação ferroviária entre o porto de Sines e Elvas (fronteira) PP nº 16 da RTE-T: Ligação ferroviária entre o porto de Sines e Elvas (fronteira) Comissão Arco Atlântico Eduardo Borges Pires, Director de Estudos e Estratégia Sines, 11 de Março de 2011 Procura Transporte

Leia mais

O Projecto SEAROAD. O lançamento de um serviço de transporte RO-RO (Roll on; Roll off) entre: Portugal, Reino Unido e Benelux.

O Projecto SEAROAD. O lançamento de um serviço de transporte RO-RO (Roll on; Roll off) entre: Portugal, Reino Unido e Benelux. O Projecto SEAROAD O lançamento de um serviço de transporte RO-RO (Roll on; Roll off) entre: Portugal, Reino Unido e Benelux. O serviço Ro-Ro um serviço integrado door-to-door com base marítima e rodoviária

Leia mais

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos José Newton Barbosa Gama Assessor Especial Dezembro de 2011 SUMÁRIO Problemática

Leia mais

Projeto de Resolução N.º 204/XII/1.ª. Recomenda ao Governo a manutenção da autonomia de gestão dos portos comerciais nacionais. Exposição de motivos

Projeto de Resolução N.º 204/XII/1.ª. Recomenda ao Governo a manutenção da autonomia de gestão dos portos comerciais nacionais. Exposição de motivos Projeto de Resolução N.º 204/XII/1.ª Recomenda ao Governo a manutenção da autonomia de gestão dos portos comerciais nacionais Exposição de motivos Os portos comerciais do sistema portuário nacional têm

Leia mais

O que fazemos vai do simples contentor até ao seu dia-a-dia. Soluções Logísticas Multimodais. www.spc.sapec.pt

O que fazemos vai do simples contentor até ao seu dia-a-dia. Soluções Logísticas Multimodais. www.spc.sapec.pt O que fazemos vai do simples contentor até ao seu dia-a-dia. Soluções Logísticas Multimodais www.spc.sapec.pt Um líder com resultados. A SPC é, a nível nacional, líder em serviços de parqueamento, reparação

Leia mais

LOGÍSTICA EM PORTUGAL

LOGÍSTICA EM PORTUGAL LOGÍSTICA EM PORTUGAL 1 LOGÍSTICA EM PORTUGAL SUMÁRIO EXECUTIVO LOGÍSTICA EM PORTUGAL 2 LOGÍSTICA EM PORTUGAL INTRODUÇÃO CONTEXTO ATUAL 4 OBJETIVO 5 PRESSUPOSTOS ORIENTADORES 6 LOGÍSTICA EM PORTUGAL CONTEXTO

Leia mais

Transportes: projectos prioritários até 2020

Transportes: projectos prioritários até 2020 Alameda dos Oceanos, Lote 1.02.1.1. Z17 1990-302 Lisboa Telef: 210140312 E-Mail: geral@adfersit.pt Site: www.adfersit.pt Transportes: projectos prioritários até 2020 A ADFERSIT (Associação Portuguesa para

Leia mais

João Franco. Portos e Transportes Marítimos. Presidente do Conselho de Administração Administração do Porto de Sines, S.A.

João Franco. Portos e Transportes Marítimos. Presidente do Conselho de Administração Administração do Porto de Sines, S.A. João Franco Presidente do Conselho de Administração Administração do Porto de Sines, S.A. Lisboa, 14 de novembro de 2013 Portos e Transportes Marítimos 1 Portugal como HUB de transporte marítimo Visão

Leia mais

Segunda-feira. Sessão de Abertura e Jantar de Boas- Vindas oferecido pela Prefeitura da cidade de Búzios.

Segunda-feira. Sessão de Abertura e Jantar de Boas- Vindas oferecido pela Prefeitura da cidade de Búzios. www.apavtnet.pt PROGRAMA DO CONGRESSO 01DEZ 02DEZ 03DEZ 04DEZ 05DEZ Sábado Chegada dos Congressistas à cidade de acolhimento do Congresso. Transfer para os hotéis. Entrega da pasta de Congressista no Welcome

Leia mais

13ºCampeonato Nacional de Hobie Cat Festas da cidade da Praia da Vitória TERCEIRA - AÇORES 3 A 12 DE AGOSTO DE 2007

13ºCampeonato Nacional de Hobie Cat Festas da cidade da Praia da Vitória TERCEIRA - AÇORES 3 A 12 DE AGOSTO DE 2007 13ºCampeonato Nacional de Hobie Cat Festas da cidade da Praia da Vitória TERCEIRA - AÇORES 3 A 12 DE AGOSTO DE 2007 A ORGANIZAÇÃO O capitão da frota 936 Hobie Cat da Terceira, Duarte Bretão e o director

Leia mais

Problemática da Logística e interoperabilidade

Problemática da Logística e interoperabilidade Workshop Stakeholders Lisboa Problemática da Logística e interoperabilidade João Soares Lisboa, 9 de Maio de 2012 O Sistema Logístico e a sua permanente otimização Workshop Lisboa 2012.05.09 2 Objectivos

Leia mais

O FUTURO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO RIO DE MERCADORIAS EM PORTUGAL. TIS.pt

O FUTURO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO RIO DE MERCADORIAS EM PORTUGAL. TIS.pt O FUTURO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO RIO DE MERCADORIAS EM PORTUGAL Rosário Macário TIS.pt Seminário T&N, 28.09.06 Que Políticas de Transporte? Tendências Fortes na Evolução da Envolvente Externa centralidade

Leia mais

A FERROVIA E A COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS

A FERROVIA E A COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS ADFERSIT 2011 A FERROVIA E A COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS Eng.º António de Melo Pires Diretor Geral da Volkswagen Autoeuropa 21 de junho de 2011 1 Agenda 1. O papel dos transportes na competitividade das

Leia mais

Cimeira sobre Gestão e desenvolvimento estratégico do

Cimeira sobre Gestão e desenvolvimento estratégico do A correcta utilização do potencial das actividades ligadas à área marítima portuguesa permitirá duplicar o seu peso no Produto Interno Bruto (PIB) até 2025. Nessa altura, a economia do mar pode valer 12%

Leia mais

Hotel Cascais Miragem, Portugal

Hotel Cascais Miragem, Portugal Hotel Cascais Miragem, Portugal Entidade Organizadora: ENTIDADE ORGANIZADORA A Logistel, SA é uma Sociedade Anónima, de que são accionistas o Grupo Barraqueiro, a TAAG Linhas Aéreas de Angola, o ISG Business

Leia mais

MARCO POLO. cios Que políticas de Transportes? Transportes e Negócios. 8º Ciclo de Seminários. Seminário de Transporte Marítimo

MARCO POLO. cios Que políticas de Transportes? Transportes e Negócios. 8º Ciclo de Seminários. Seminário de Transporte Marítimo 8º Ciclo de Seminários Transportes e Negócios cios Que políticas de Transportes? Seminário de Transporte Marítimo MARCO POLO Regulamento Nº. N. 1382/2003, adoptado em 22 de Julho e publicado no Jornal

Leia mais

A Plataforma Logística de Leixões. uma oferta para os clientes que exigem um serviço integrado

A Plataforma Logística de Leixões. uma oferta para os clientes que exigem um serviço integrado A Plataforma Logística de Leixões uma oferta para os clientes que exigem um serviço integrado Junho de 2008 O TERRITÓRIO - A fachada Atlântica O TERRITÓRIO - O Norte e o Centro de Portugal Valença Chaves

Leia mais

Nº 27 ANO 5 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA MAIO/JUNHO 14 EDIÇÃO BIMESTRAL

Nº 27 ANO 5 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA MAIO/JUNHO 14 EDIÇÃO BIMESTRAL Nº 27 ANO 5 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA MAIO/JUNHO 14 EDIÇÃO BIMESTRAL 27 3 EDITORIAL Transporte Marítimo de Curta Distância Óscar Burmester Presidente da Direcção Nacional da AGEPOR Burmester & Stuve Um dos

Leia mais

ENEC 2011 - Encontro Nacional de Engenharia Civil

ENEC 2011 - Encontro Nacional de Engenharia Civil ENEC 2011 - Encontro Nacional de Engenharia Civil Sistema Ferroviário: Estagnação ou Desenvolvimento? Alberto Castanho Ribeiro Porto, 21 de Maio de 2011 Estrutura 1. Evolução do Caminho de Ferro 2. Desafios

Leia mais

ERROS ESTRATÉGICOS NA NOVA REDE FERROVIÁRIA. 1. Não há ligação, através de linhas de bitola europeia, aos portos de Sines e Setúbal

ERROS ESTRATÉGICOS NA NOVA REDE FERROVIÁRIA. 1. Não há ligação, através de linhas de bitola europeia, aos portos de Sines e Setúbal ERROS ESTRATÉGICOS NA NOVA REDE FERROVIÁRIA 1. Não há ligação, através de linhas de bitola europeia, aos portos de Sines e Setúbal 2. Não se justifica uma linha convencional de mercadorias para cargas

Leia mais

Recorte nº 094. Índice 17 de Maio de 2010

Recorte nº 094. Índice 17 de Maio de 2010 Recorte nº 094 Índice 17 de Maio de 2010 Balneários da Doca de Recreio com aquecimento solar Projecto de AE do Mar vence Prémio de Logística do Porto de Setúbal Carregadores debatem portos e outros modos

Leia mais

PORQUÊ UMA PLATAFORMA LOGÍSTICA ASSOCIADA AO PORTO DE LEIXÕES? João Pedro Matos Fernandes Março de 2007

PORQUÊ UMA PLATAFORMA LOGÍSTICA ASSOCIADA AO PORTO DE LEIXÕES? João Pedro Matos Fernandes Março de 2007 PORQUÊ UMA PLATAFORMA LOGÍSTICA ASSOCIADA AO PORTO DE LEIXÕES? João Pedro Matos Fernandes Março de 2007 Crescimento sustentado da carga movimentada 16.000 14.000 12.000 1000 TONELADAS 10.000 8.000 6.000

Leia mais

PROGRAMA DE 3 DIAS NAS ILHAS DO FAIAL E PICO, AÇORES

PROGRAMA DE 3 DIAS NAS ILHAS DO FAIAL E PICO, AÇORES PROGRAMA DE 3 DIAS NAS ILHAS DO FAIAL E PICO, AÇORES ESTE PROGRAMA TEM COMO OBJECTIVO BRINDAR O NOSSO CLIENTE COM A POSSIBILIDADE DE CONHECER, DESCOBRIR E EXPLORAR AS ILHAS DO FAIAL E DO PICO. TEMOS ASSIM

Leia mais

FORMAÇÃO Gestão de Operações Portuárias - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC

FORMAÇÃO Gestão de Operações Portuárias - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC FORMAÇÃO Gestão de Operações Portuárias - Online Curso sob Regulamentação do Decreto 5.622 de 19/12/2005 - MEC Objetivo: Capacitar o participante para gerir as rotinas e operações logísticas em um porto

Leia mais

O Primeiro e Único Evento em Angola que reúne os Decision Makers Nacionais e Internacionais da Indústria Marítima e Portuária

O Primeiro e Único Evento em Angola que reúne os Decision Makers Nacionais e Internacionais da Indústria Marítima e Portuária INSCREVA-SE EM +351 21 793 29 89 VISITE A NOSSA NOVA PÁGINA WEB www.iirangola.com O Primeiro e Único Evento em Angola que reúne os Decision Makers Nacionais e Internacionais da Indústria Marítima e Portuária

Leia mais

Que políticas de transportes

Que políticas de transportes Que políticas de transportes 8º ciclo de seminários - Transportes e negócios J. Paulino Pereira (Instituto Superior Técnico Universidade Técnica de Lisboa) Professor Universitário e Consultor Aeroportos

Leia mais

ITMA 2011 Fira de Barcelona Gran Via 22-29 Septembro. Viagem Organizada pela APETT em colaboração com a ITMA

ITMA 2011 Fira de Barcelona Gran Via 22-29 Septembro. Viagem Organizada pela APETT em colaboração com a ITMA ITMA 2011 Fira de Barcelona Gran Via 22-29 Septembro Viagem Organizada pela APETT em colaboração com a ITMA Resumo: Saída: 23 Setembro, 6ª Feira Regresso: 27 Setembro, 3ª Feira Voo operado pela Tap e transferes

Leia mais

UMA SOLUÇÃO DE TRANSPORTE

UMA SOLUÇÃO DE TRANSPORTE TP 15164T UMA SOLUÇÃO DE TRANSPORTE EFICAZ, FIÁVEL E SEGURA www.atlanticgateway.gc.ca A PORTA DO ATLÂNTICO É: Uma rede multimodal protegida, segura e sustentável equipada com instalações especializadas

Leia mais

Gestão Financeira do Espaço Portuário: Visão Institucional AMADEU ROCHA

Gestão Financeira do Espaço Portuário: Visão Institucional AMADEU ROCHA Gestão Financeira do Espaço Portuário: Visão Institucional AMADEU ROCHA 1. Introdução 2. Modelo de Gestão dos Portos Portugueses 3. O Regime de Gestão Financeira dos Portos 4. Conclusão 2 1. Introdução

Leia mais

Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes

Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes 1 Pressupostos e condicionantes Estratégia de Mobilidade nacional para o transporte de passageiros e de mercadorias:

Leia mais

REDE DE MERCADORIAS E ALTA VELOCIDADE

REDE DE MERCADORIAS E ALTA VELOCIDADE REDE DE MERCADORIAS E ALTA VELOCIDADE Com a criação da CEE, as trocas comerciais entre membros sofreram enormes aumentos de tráfego, tendo as empresas a oportunidade de aceder a um mercado muito mais vasto.

Leia mais

O que é o porto de Leixões. O porto de Leixões é o maior porto artificial de Portugal.

O que é o porto de Leixões. O porto de Leixões é o maior porto artificial de Portugal. Porto de leixões O que é o porto de Leixões O porto de Leixões é o maior porto artificial de Portugal. História do porto de Leixões O porto de Leixões foi construído na foz do rio leça, aproveitando três

Leia mais

LUXURY BRAND MANAGEMENT

LUXURY BRAND MANAGEMENT 15 LUXURY BRAND MANAGEMENT O Luxury Brand Management Executive Course é um curso intensivo de 4 dias, onde são abordados os temas principais da gestão dos produtos e serviços de luxo. Com um formato inovador,

Leia mais

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados:

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados: COMO FIZEMOS O BRASIL TRADE ORIENTE MÉDIO O BRASIL TRADE é a ação de promoção de negócios do Projeto Tradings composta por rodadas de negócio entre tradings e comerciais exportadoras brasileiras e compradores

Leia mais

O Futuro do Transporte de Mercadorias

O Futuro do Transporte de Mercadorias O Futuro do Transporte de Mercadorias A diminuição dos custos de transacção na economia portuguesa é fundamental para o aumento de nossa competitividade. Tal diminuição joga-se fundamentalmente no transporte

Leia mais

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Agenda Enquadramento dos consumos Energéticos nos Edifícios e no ramo Hoteleiro Enerbiz Conceito Geral e explicação funcional Conclusões e Aspetos Gerais Índice Enquadramento

Leia mais

OFERTAS DE EMPREGO PROFISSÃO LAVADOR DE JANELAS. Unidade Emissora: Data de Emissão N.º de Folhas MATOSINHOS

OFERTAS DE EMPREGO PROFISSÃO LAVADOR DE JANELAS. Unidade Emissora: Data de Emissão N.º de Folhas MATOSINHOS 1 / 5 588201074 588208466 588226721 588274858 588292101 588312197 LAVADOR DE JANELAS INSTALADOR DE AR CONDICIONADO E DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO REPRESENTANTE COMERCIAL DIRECTOR DE PUBLICIDADE DIRECTOR

Leia mais

Investimento na Rede Ferroviária Nacional 2009-2013

Investimento na Rede Ferroviária Nacional 2009-2013 Investimento na Rede Ferroviária Nacional 2009-2013 Porto, 1 de Outubro de 2009 António Viana 2 Plano da Apresentação Missão OESF 2006 Investimentos 2009-2013 3 Missão da REFER Proporcionar ao mercado

Leia mais

Informações e inscrições: www.vxa.com.br - (11) 5051 6535 - atendimento@vxa.com.br

Informações e inscrições: www.vxa.com.br - (11) 5051 6535 - atendimento@vxa.com.br seminário executivo Um evento para profissionais das áreas de logística, supplychain, transporte e jurídica. 22 de fevereiro de 2011 HOTEL GOLDEN TULIP BELAS ARTES são paulo - sp Principais entraves para

Leia mais

CONFERÊNCIA CRISTÃ EM LISBOA - PORTUGAL 01 e 02 de Novembro de 2014

CONFERÊNCIA CRISTÃ EM LISBOA - PORTUGAL 01 e 02 de Novembro de 2014 CONFERÊNCIA CRISTÃ EM LISBOA - PORTUGAL 01 e 02 de Novembro de 2014 CARTA-CONVITE E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim. Mt 24:14

Leia mais

Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação

Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação Gestão de Operações Portuárias com Pós Graduação Objetivo: Capacitar o participante para gerir as rotinas e operações logísticas em um porto ou terminal portuário voltado para a movimentação interna, importação

Leia mais

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio.

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio. Missão Empresarial Moçambique 28 agosto 3 setembro 2014 Moçambique: porta de entrada na África Austral Moçambique é hoje um mercado em expansão com mais de 24 milhões de consumidores, que tem vindo a registar

Leia mais

Uma rede que nos une

Uma rede que nos une Uma rede que nos une Uma rede que nos une O IMTT - Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P. é um organismo da Administração Central, dotado de autonomia administrativa e financeira,

Leia mais

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 COORDENADAS DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 País de beleza natural, em plena reconstrução, com gente afável e alegre PROGRAMA PRELIMINAR

Leia mais

Transporte Marítimo e Portos

Transporte Marítimo e Portos Transporte Marítimo e Portos Disposição de Terminais num Porto - 1 Disposição geral do porto de Leixões. 1 Disposição de Terminais num Porto - 2 Porto de Rotterdam (Holanda), o maior porto europeu. Disposição

Leia mais

REDES E EQUIPAMENTOS ESTRUTURANTES NACIONAIS DE TRANSPORTES E MOBILIDADE SUSTENTÁVEL (FUNDO COESÃO)

REDES E EQUIPAMENTOS ESTRUTURANTES NACIONAIS DE TRANSPORTES E MOBILIDADE SUSTENTÁVEL (FUNDO COESÃO) CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS EIXO PRIORITÁRIO I REDES E EQUIPAMENTOS ESTRUTURANTES NACIONAIS DE TRANSPORTES E MOBILIDADE SUSTENTÁVEL (FUNDO COESÃO) DOMÍNIO DE INTERVENÇÃO REDES E EQUIPAMENTOS

Leia mais

cooperação internacional

cooperação internacional MG e o mundo Várias regiões no mundo possuem características similares à Minas Gerais _ territórios configurados pela mineração, a siderurgia, a indústria automotiva e seus dispositivos logísticos. Regiões

Leia mais

Visão Ser o porto de referência para as cadeias logísticas da costa leste de África.

Visão Ser o porto de referência para as cadeias logísticas da costa leste de África. Corredor de Nacala Engloba : O Porto de Nacala, elemento central do Corredor; O Sistema ferroviário do Norte de Moçambique O Sistema ferroviário do Malawi; e O troço ferroviário Mchinji/Chipata, que permite

Leia mais

De entre vários direitos que o diploma contém destacamos os seguintes:

De entre vários direitos que o diploma contém destacamos os seguintes: NATAL. UMA ÉPOCA FESTIVA ONDE AS FRONTEIRAS NÃO TÊM LUGAR... Uma vez que se aproxima mais um Natal, é importante não descurar e conhecer os seus direitos. Esta quadra, ainda que nos acompanhe por poucos

Leia mais

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA 2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA Gestão Inteligente e Competitividade 15 de Setembro 2011 Museu da Carris Conheça as estratégias nacionais e internacionais para uma gestão eficiente da mobilidade urbana

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hóspedes 1º Tr. 2015 1 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Método e Gestão de Informação Serviço de Conjuntura Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas

Leia mais

Discurso do Encontro Ministerial sobre Infraestruturas entre China e PLP

Discurso do Encontro Ministerial sobre Infraestruturas entre China e PLP Discurso do Encontro Ministerial sobre Infraestruturas entre China e PLP Senhores Ministros, É com grande satisfação que venho ouvir as políticas de investimento internacional, a nível das infraestruturas,

Leia mais

7 e 8 de Abril de 2010

7 e 8 de Abril de 2010 Edição 2010 O Ponto de Encontro Anual dos Profissionais do Sector 7 e 8 de Abril de 2010 Centro de Congressos do Estoril www.ife.pt Os resultados falam por si, o seu cliente visita o logitrans! OS DECISORES

Leia mais

Estação central de coimbra

Estação central de coimbra central de coimbra N o v a i n t e r f a c e i n t e r m o d a l e P l a n o d e u r b a n i z a ç ã o ( e n t r a d a p o e n t e ) Na sua história recente tem sido muito influenciada pela localização

Leia mais

Plataforma Global Find. Uma ferramenta para localização empresarial. 10 de Novembro de 2009. Maria Alexandre Costa, Engª

Plataforma Global Find. Uma ferramenta para localização empresarial. 10 de Novembro de 2009. Maria Alexandre Costa, Engª Plataforma Global Find Uma ferramenta para localização empresarial 10 de Novembro de 2009 Maria Alexandre Costa, Engª A aicep Global Parques integra o universo da aicep Portugal Global Agência para o Investimento

Leia mais

We connect your goods to the World

We connect your goods to the World We connect your goods to the World Os Nossos Serviços Our Services A STM - Sociedade de Terminais de Moçambique, Lda, é um aduaneiro multimodal, com valência rodo-ferroviária, que abre as portas de Moçambique

Leia mais

CONFERÊNCIA FERROVIA, LOGÍSTICA E COMPETITIVIDADE NO CENÁRIO PÓS TGV

CONFERÊNCIA FERROVIA, LOGÍSTICA E COMPETITIVIDADE NO CENÁRIO PÓS TGV CONFERÊNCIA FERROVIA, LOGÍSTICA E COMPETITIVIDADE NO CENÁRIO PÓS TGV 15 de maio de 2012 Luís Cabral da Silva 1 1 A energia de que necessitamos (mas não temos) 2 Vantagens energética, económica e ambiental

Leia mais

Hotel Cascais Miragem, Portugal

Hotel Cascais Miragem, Portugal Hotel Cascais Miragem, Portugal Entidade Organizadora: ENTIDADE ORGANIZADORA A Logistel, SA é uma Sociedade Anónima, de que são accionistas o Grupo Barraqueiro, a TAAG Linhas Aéreas de Angola, o ISG Business

Leia mais

Plano Estratégico de Transportes. Linhas orientadoras- Horizonte 2011-2015

Plano Estratégico de Transportes. Linhas orientadoras- Horizonte 2011-2015 Plano Estratégico de Transportes Linhas orientadoras- Horizonte 2011-2015 Princípios Orientadores Cumprir os compromissos Portugal tem de cumprir os compromissos assumidos. Quer externamente no âmbito

Leia mais

Política aeroportuária: as dúvidas e as questões

Política aeroportuária: as dúvidas e as questões Política aeroportuária: as dúvidas e as questões J. Paulino Pereira (Instituto Superior Técnico Universidade de Lisboa) Professor Universitário e Consultor 1 Sistema Aeroportuário Nacional 2 Questões levantadas

Leia mais

Po r t o d e Le ixões

Po r t o d e Le ixões Re v i s t a CARGO Transpor www.cargoedicoes.pt ANO XXII * Nº 236 e 237 * JULHO/AGOSTO 2012 * MENSAL * 4 EUR tes & Logística Po r t o d e Le ixões c o m s em e s tr e r e c o r d e 2 1 a n o s d e e d

Leia mais

Transportes Marítimos, Portos e Logística

Transportes Marítimos, Portos e Logística Transportes Marítimos, Portos e Logística Lídia Sequeira Presidente do Conselho de Administração do Porto de Sines 1 Características geofísicas Porta de Entrada da Europa Localização privilegiada de Sines

Leia mais

PIRENE IV Melhoria das Redes de Transporte do Sudoeste Europeu

PIRENE IV Melhoria das Redes de Transporte do Sudoeste Europeu PIRENE IV Melhoria das Redes de Transporte do Sudoeste Europeu Ligação Ferroviária ria Sines/Elvas Luísa Soares Direcção de Estudos e Estratégia llsoares@refer.pt Zaragoza, 20.10.2009 Índice 1. Enquadramento

Leia mais

ACORDO CP/EMPRESAS COM A ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS

ACORDO CP/EMPRESAS COM A ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS ACORDO CP/EMPRESAS COM A ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS A CP LONGO CURSO celebrou protocolo com a ORDEM DOS MÉDICOS DENTISTAS para venda de bilhetes em regime de tarifário especial, proporcionando aos seus

Leia mais

19 ANEXO II PROCESSO DE CONSULTA PÚBLICA DO GTIEVA

19 ANEXO II PROCESSO DE CONSULTA PÚBLICA DO GTIEVA 19 ANEXO II PROCESSO DE CONSULTA PÚBLICA DO GTIEVA 534 Conclusões da Discussão Pública A Discussão Pública B Análise Preliminar à Alocação de Fundos Comunitários A Discussão Pública Discussão Pública Metodologia

Leia mais

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015

Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde Estatísticas do Turismo Movimentação de Hospedes 2º Trimestre 2015 FICHA TÉCNICA Presidente António dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Divisão de Estatísticas do Turismo Av. Amilcar

Leia mais

II CONGRESSO ÂNCORA (FEEM) 14 NOVEMBRO 2013 PORTOS E TRANSPORTES MARÍTIMOS TORNAR PORTUGAL NUM IMPORTANTE HUB DE TRANSPORTE MARÍTIMO

II CONGRESSO ÂNCORA (FEEM) 14 NOVEMBRO 2013 PORTOS E TRANSPORTES MARÍTIMOS TORNAR PORTUGAL NUM IMPORTANTE HUB DE TRANSPORTE MARÍTIMO II CONGRESSO ÂNCORA (FEEM) 14 NOVEMBRO 2013 PORTOS E TRANSPORTES MARÍTIMOS TORNAR PORTUGAL NUM IMPORTANTE HUB DE TRANSPORTE MARÍTIMO Miguel de Paiva Gomes (Transinsular Grupo ETE) GRUPO ETE - PORTFÓLIO

Leia mais

VII CURSO O INTERNISTA E A URGÊNCIA

VII CURSO O INTERNISTA E A URGÊNCIA VII CURSO O INTERNISTA E A URGÊNCIA O Núcleo de Estudos de Urgência e do Doente Agudo (NEUrgMI) da Sociedade Portuguesa da Medicina Interna (SPMI) dedica- se ao estudo da patologia emergente, urgente e

Leia mais

ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP

ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP I CONFERÊNCIA ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP EVENTO CARBONO ZERO CADERNO DE PATROCINADOR ÍNDICE 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 ENQUADRAMENTO A ENERGIA NA CPLP ESTRUTURA DO EVENTO LOCAL ALTO PATROCÍNIO

Leia mais

Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital. 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf

Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital. 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf A crescente relevância que as áreas do planeamento e controlo de gestão têm assumido na gestão das organizações

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer Técnico n.º 06358/2005/RJ COGAM/SEAE/MF 13 de setembro de 2005 Referência: Ofício n 4168/2005/SDE/GAB Assunto: ATO DE CONCENTRAÇÃO n.º

Leia mais

Click to edit Master title style

Click to edit Master title style Complementaridade Ferroviária Um MAR de Oportunidades Sessão : Transporte Internacional de Mercadorias ADFERSIT Lisboa 11 de Dezembro de 2012 1 Peso do grupo nas exportações nacionais (2011) A Portucel

Leia mais

Fernando Nunes da Silva Professor de Urbanismo e Transportes no IST. Câmara Municipal de Sines Maio 2008. 2008 - Prof. Fernando Nunes da Silva

Fernando Nunes da Silva Professor de Urbanismo e Transportes no IST. Câmara Municipal de Sines Maio 2008. 2008 - Prof. Fernando Nunes da Silva Fernando Nunes da Silva Professor de Urbanismo e Transportes no IST Câmara Municipal de Sines Maio 2008 PDM de Sines Sistema de Transportes e Acessibilidades DESENVOLVIMENTO REGIONAL / NACIONAL População

Leia mais

I CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MARÍTIMO E PORTUÁRIO

I CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MARÍTIMO E PORTUÁRIO Centro de Direito Marítimo e dos Transportes da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Em Associação com o CIDP Centro de Investigação de Direito Privado da Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

Os comboios em Portugal

Os comboios em Portugal Os comboios em Portugal Como se caracterizam os comboios para o transporte ferroviário de mercadorias em Portugal? Como evoluíram esses veículos ao longo do tempo? Ana Marisa João Alonso Emanuel Fernando

Leia mais

O Projecto de Alta Velocidade em Portugal. Lisboa, 17 de Novembro de 2008

O Projecto de Alta Velocidade em Portugal. Lisboa, 17 de Novembro de 2008 O Projecto de Alta Velocidade em Portugal Lisboa, 17 de Novembro de 2008 Sinopse Histórica Sinopse Histórica Dez/2000 Criação da RAVE Jan/2001 Criação do AVEP Jun/2002 Início dos Estudos de Viabilidade

Leia mais

ANA Aeroportos de Portugal Aeroportos e Ruído: Uma Gestão de Compromisso

ANA Aeroportos de Portugal Aeroportos e Ruído: Uma Gestão de Compromisso ANA Aeroportos de Portugal Aeroportos e Ruído: Uma Gestão de Compromisso O ruído tem vindo a assumir um lugar de destaque no conjunto de preocupações dos cidadãos em matéria ambiental. De acordo com informação

Leia mais

Union (IRU); - Membro da Comissão Nacional de Transportes de

Union (IRU); - Membro da Comissão Nacional de Transportes de versão portuguesa Direcção Técnica João Manuel Correia Cezília, especialista em Transporte de Mercadorias Perigosas. Breve nota curricular Participa, desde 2001, nos trabalhos de revisão técnica das traduções

Leia mais

CIRCULAR CN_002-5_2014-2015

CIRCULAR CN_002-5_2014-2015 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ 1. Realização da 1ª Divisão e Fases Finais da 2ª e 3ª Divisões a. Calendário 1ª Divisão b. Calendário 2ª Divisão - Fase Final c. Calendário 3ª Divisão - Fase Final 2. Condições

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA CONVITE FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA A Associação Chã de Matias e a FAJUDIS Federação de Associações Juvenis do Distrito de Santarém,

Leia mais

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

MOBILIDADE SUSTENTÁVEL MOBILIDADE SUSTENTÁVEL Quem somos TIS A TIS tem como missão a geração de valor na área da mobilidade e transportes para os seus clientes e acionistas, baseado em soluções sustentáveis do ponto de vista

Leia mais