PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO"

Transcrição

1 PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO A velocidade da informação e os contínuos avanços da tecnologia geram um cenário onde a capacitação profissional e a difusão de conhecimentos são fundamentais. Este é o papel e a competência do SENAI: capacitar quem desenvolve a indústria através dos seus Centros de Educação Profissional e Centros de Excelência em Tecnologia, para que as empresas acompanhem a evolução e as exigências do mercado. As demandas do mercado de trabalho estão em constante processo de transformação, o que exige a capacitação continuada para que seja possível lidar com novos desafios. PRZ Engenharia de Estruturas Metálicas Um grupo de professores universitários e profissionais mestres e doutores - especialistas em estruturas metálicas, e que militam profissionalmente na área, reuniu-se em torno da idéia de oferecer, para o carente mercado de estruturas metálicas, formação/atualização profissional em projetos de estruturas de aço. A FATEC-SENAI Nova Prata, em parceria com PRZ Engenharia de Estruturas Metálicas trazem para a comunidade de Nova Prata o curso de pós-graduação Lato Sensu MPEng 1 Projetos de Estruturas de Aço para Edificações. 1. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Latu Sensu MPEng PROJETO DE ESTRUTURAS DE AÇO PARA EDIFICAÇÕES 2. OBJETIVOS DO CURSO Preparar recursos humanos visando o aprimoramento profissional, para desenvolver e aperfeiçoar conhecimentos que envolvam todas as etapas de um projeto estrutural: Concepção, Análise, Dimensionamento e Graficação, com ênfase em edificações pavilhões e edificações de múltiplos pavimentos, industriais e residenciais. Apresentar os conceitos fundamentais para projeto de estruturas metálicas e mistas, abordando as normas mais recentes e os avanços tecnológicos do processo construtivo. Esse conteúdo, baseado em normas brasileiras e fortemente focado no mercado estrutural da Região Sul, será coroado com o desenvolvimento de projeto(s) em estrutura metálica, auxiliado por ferramentas para o projeto de estruturas metálicas. O curso será desenvolvido em torno da idéia de que os alunos apresentem projetos estruturais como trabalho de conclusão. Como temas para projeto, serão oferecidos um pavilhão industrial e um prédio de múltiplos pavimentos. As diversas disciplinas trabalharão, com os alunos, cada uma fazendo sua parte no projeto e os alunos desenvolverão o projeto completo para o trabalho de conclusão. Com esta prática, o grande objetivo, que será habilitar os alunos projetar estruturas metálicas de edificações correntes, será plenamente atingido. 1 Master Project Engineering

2 3. JUSTIFICATIVAS 3.1 O ponto de vista das empresas As estruturas metálicas passaram a ser usadas em grande escala nos últimos anos, e vem ganhando destaque em empreendimentos de vulto. Uma grande região, no nordeste do estado do Rio Grande do Sul, é inegavelmente o maior pólo de Estruturas Metálicas do Brasil. Nestes municípios estão implantadas grandes empresas construtoras de estruturas metálicas mais de 90% da produção de estruturas metálicas do estado encontra-se nos municípios de Nova Bassano, Marau, Garibaldi e Flores da Cunha/Caxias e também, mais de 90% dos escritórios projetistas de estruturas metálicas encontram-se nestes municípios. Estas empresas, grandes empregadoras de mão-de-obra, tem importado do centro do País engenheiros para trabalhar na área de projetos cálculo e dimensionamento Há uma forte demanda de recursos humanos relativa ao projeto estrutural, que a região não tem conseguido suprir. 3.2 O ponto de vista dos profissionais Em função de uma formação acadêmica que privilegia o uso de estruturas de concreto armado, tanto engenheiros formados há algum tempo, como os recém formados, sentem dificuldade de trabalhar corretamente com estruturas metálicas, não desenvolvendo o mercado. Há, também, a dificuldade do emprego de estruturas metálicas pelo desconhecimento de modernas técnicas e ferramentas de auxilio ao projeto. A necessidade de uma reciclagem e do conhecimento de modernos procedimentos/ferramentas de projeto justificam, plenamente, a oferta de um curso como o que se propõe. 4. TRABALHO DE CONCLUSÃO Um projeto estrutural de uma edificação: Os temas para o projeto serão propostos pelos orientadores e terão graus de dificuldade semelhantes. Os projetos deverão ser completos e serão apresentados e defendidos em ABR/ PÚBLICO ALVO Previsão para 40 alunos nas duas modalidades de curso: 1. MPEng. - Engenheiros Civis e Mecânicos, Arquitetos, docentes e profissionais que atuam na área de projeto e construção de estruturas metálicas que desejam ampliar seus conhecimentos e/ou adquirir competências para concepção, análise, projeto e dimensionamento de estruturas metálicas e mistas. 2. Curso de Extensão - além dos profissionais acima descritos, de uma forma inovadora, serão aceitos Técnicos/Projetistas estruturais com reconhecida experiência, para aproveitarem o curso proposto, como uma formação consistente, aprimoramento e qualificação de suas atividades profissionais. 6. CARGA HORÁRIA DO CURSO Total: 473 horas (413 horas em sala de aula e 60 horas de orientação/assessoramento aos TCC). 7. PERÍODO E PERIODICIDADE DO CURSO Início do curso: 19/OUT/2012 Término do curso: 26/ABR/2014 Duração do curso: 15 meses de aulas + 4 meses para desenvolvimento do trabalho de conclusão

3 Dias de aulas: Sextas tarde e noite e Sábados manhã e tarde (13 h/a por final de semana), em finais de semanas alternados. Horário das aulas: Sextas Noite (5 h/a) 18:00h às 23:00 h: Sábados - Manhãs(4 h/a): 8:00 12:00 h; Tarde (5 h/a) 13:00h às 17:0 h Em 10 (nove) sextas-feiras (sextas flutuantes) se terão aulas pela tarde (das 13:30 h às 17:30 h). 8. ESTRUTURA CURRICULAR: 413 h + 60 h (assessoramento e defesa) DISCIPLINA C/H EMENTA D1: Projetos de Estruturas de Aço: Concepção estrutural. Integração Arquitetura-Estrutura de Aço D2: Projetos de Estruturas Aço: Automação e Detalhamento. D3: Dimensionamento de perfis de aço formados a frio: o estudo da NBR 14762:2010 D4: Dimensionamento de perfis laminados e soldados: o estudo da NBR 8800:2008Dimensionamento em situação de Incendio D5: Ligações Soldadas e Parafusadas D6: Vibrações nas estruturas de aço 26+4 h 52+4 h D7: Projeto de Galpões 26 h D8: Projeto de Obras de Arte D9: Projeto de Prédios com Múltiplos Pavimentos D10: Tópicos Especiais: novas tecnologias de cálculo TOTAL 413 h Concepção estrutural: organização construtiva de pavilhões e prédios com múltiplos pavimentos. Modelagem. Ações nas edificações: ações permanentes e ações variáveis. Ação do vento. O projeto estrutural visto por diversas escalas. As compatibilizações da estrutura numa edificação: interfaces estrutura-vedações, interface estrutura-aberturas, interface estrutura-instalações. Treinamento e uso de ferramentas computacionais para cálculo e detalhamento de estruturas metálicas Dimensionamento de perfis formados a frio, conforme a NBR 14762:2009. Instabilidades locais e distorcionais. Tração, Compressão, Flexão e Vigas-colunas. Métodos da LE, SE e MRD. Dimensionamento de perfis laminados/soldados, conforme a NBR 8800:2008. Tração, Compressão, Flexão e Vigas-colunas. Efeito de 2ª. ordem. Estruturas Mistas: vigas e colunas mistas. Técnicas para dimensionamento e proteção da estrutura sob calor intenso. Ligações soldadas e parafusadas em perfis laminados/soldados e em perfis formados a frio. Ligações usuais entre vigas-vigas e vigas coluna. Emendas usuais de perfis. Bases de pilares e chumbadores O efeito das vibrações em edificações. Vibração de pisos devidos a pessoas. Vibração de pisos devidos à equipamentos. Vibrações devidas à ação do vento. Soluções para correção de vibrações. Cálculo de estruturas sujeitas a sismos. Projeto de galpões especiais, grandes de estruturas principais e de terças. Pavilhões industriais com pontes rolantes Projeto de pontes/viadutos com vigas de alma cheia, com vigas mistas. Passarelas treliçadas. Carregamento em pontes e passarelas Projeto para pavimentos. Soluções para a estrutura de contraventamento. Diafragma rígido. Centro de torção. Vibrações. Estabilidade global de um prédio O emprego do Método dos Elementos Finitos para calcularem-se estruturas ou elementos especiais. 9. TRABALHO DE CONCLUSÃO Projeto de Estruturas de Aço: Desenvolvimento e Defesa dos Trabalhos de Conclusão h Aulas de assessoramento ao desenvolvimento ao TCC Apresentação de defesa dos TCC.

4 10. CORPO DOCENTE O corpo docente é formado por Mestres, Doutores, Doutorandos e Mestrandos com experiência acadêmica e profissional relevante na área do curso, conforme tabela abaixo: Disc. Docente Titulação Experiência Acadêmica Experiência Profissional D1 Paulo Roberto M. de Carvalho Carlos Fernando Bahima Mestre Doutorando 32 anos 12 anos 41 anos 28 anos Paulo Roberto M. de Carvalho Mestre 32 anos 41 anos D2 Gilcimar Nogueira Mestre 05 anos 12 anos D3 Paulo Roberto M. de Carvalho Mestre 32 anos 41 anos D4 Paulo Roberto M. de Carvalho José Geraldo Araújo Silva Mestre Doutorando 32 anos 05 anos 41 anos 25 anos D5 Cristiano Augusto Trein Doutor 03 anos 15 anos D6 Zacarias Chamberlain Pravia Doutor 26 anos 27 anos D7 Paulo Roberto M. de Carvalho Mestre 32 anos 40 anos D8 Zacarias Chamberlain Pravia Doutor 26 anos 27 anos D9 Gustavo Monteiro de B. Chodraui Doutor 07 anos 12 anos D10 Zacarias Chamberlain Pravia Doutor 26 anos 27 anos 11. PROCESSO E CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DOS CANDIDATOS Análise curricular e entrevista. Candidatos aos cursos de extensão: sob aconselhamento da Comissão do Curso 12. INFRA-ESTRUTURA FÍSICA Sala de aula, climatizada, com quadro branco, classes e cadeiras. Recursos didáticos: retroprojetor e projetor multimídia (data-show) 13. COORDENAÇÃO Coordenação Técnica Paulo Roberto Marcondes de Carvalho Fone/ramal: (51) Administrativa SENAI NP contato: Aline Dutra Fone/ramal: (54) / 14. INVESTIMENTO parcelas de 598,00

5 15. PROGRAMAÇÃO DAS AULAS (ainda sujeita a pequenos ajustes) Aulas (13 h por final de semana): Sextas Tarde (5h): 18:00 às 23:00 h Sábados Manhãs(4h): 8:00 12:00 h; Tardes(4h): 13:00 17:00 h; DISCIPLINA D1: Projetos de Estruturas de Aço: Concepção estrutural. Integração Arquitetura-Estrutura de Aço D2: Projetos de Estruturas Aço: Automação e Detalhamento. D3: Dimensionamento de perfis de aço formados a frio: o estudo da NBR 14762:2010 D4: Dimensionamento de perfis laminados e soldados: o estudo da NBR 8800: Dimensionamento em situação de incêndio C/H 26+4h 52+4h D5: Ligações Soldadas e Parafusadas D6: Vibrações nas estruturas de aço D7: Projeto de Galpões 26+4h D8: Projeto de Obras de Arte D9: Projeto de Prédios com Múltiplos Pavimentos D10: Tópicos Especiais: novas tecnologias de cálculo TOTAL 39h 413 h Aula Inaugural: 19 de outubro de 2012 Tarde (16 h) /OUT Concepção estrutural (P.R.) /OUT Concepção estrutural (P.R.) /NOV Automação de Projetos (P.R. e Gilcimar) /NOV - Automação de Projetos (P.R. e Gilcimar) /DEZ Automação de Projetos (P.R. e Gilcimar) DEZ ; JAN e FEV Recesso /FEV PFF (P.R.) /MAR - Concepção estrutural Integração com Arquitetura (Bahima) /MAR PFF (P.R.) /MAR Laminados (P.R.) 1ª. Sexta-feira flutuante: Prova da D1 às 14 h /ABR Laminados (P.R.) /ABR Laminados (P.R.) 2ª. Sexta-flutuante Prova D2 Sexta a tarde /ABR Laminados-Incêndio (Z.G.)

6 /MAI Vibrações (Zacarias) 3ª. Sexta-feira flutuante 25/Mai Prova da D3 às 14 h /MAI Vibrações (Zacarias) /JUN Vibrações (Zacarias) /JUN Galpões (P.R.) 4ª. Sexta-feira flutuante Prova da D4 às 14 h /JUL Galpões (P.R.) /JUL Obras de Arte (Zacarias) /AGO Obras de Arte (Zacarias) /AGO Obras de Arte (Zacarias) 5ª. Sexta-feira flutuante Seminário Vibrações Sexta 14 h /AGO Múltiplos Pavimentos (Gustavo) /SET Múltiplos Pavimentos (Gustavo) /SET Múltiplos Pavimentos (Gustavo) 6ª. Sexta-feira flutuante Seminário de Obras de Arte /OUT - Ligações (Cristiano) /OUT - Ligações (Cristiano) /NOV - Ligações (Cristiano) 7ª. Sexta-feira flutuante /NOV - Tópicos Especiais (Zacarias) /NOV - Tópicos Especiais (Zacarias) /DEZ - Tópicos Especiais (Zacarias) Reunião de distribuição dos temas de TCC (Zacarias e P.R.) DEZ JAN FEV - Recesso /FEV/2014 Recuperação das disciplinas 1 a 5 8ª. Sexta-feira flutuante Tarde 9ª. Sexta flutuante - Aula - noite /MAR/ Recuperação das disciplinas 6 a 11 Manhã 10ª. Aula flutuante - manhã /MAR/14 - Assessoramento ao Desenvolvimento do TCC Noite (sábado de manhã-opcional) /MAR/14 - Assessoramento ao Desenvolvimento do TCC Noite (sábado de manhã-opcional) /MAR/14 - Assessoramento ao Desenvolvimento do TCC Noite (sábado de manhã-opcional) /ABR/2014 Apresentação/Defesa dos TCCs /ABR/2014 Apresentação/Defesa dos TCCs

PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO

PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO FATESG SENAI A velocidade da informação e os contínuos avanços da tecnologia geram um cenário onde a capacitação profissional e a difusão de conhecimentos

Leia mais

PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO

PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO A FACULDADE SENAI UNIVERSITÁRIO SENAI/GO, em parceria com PRZ Engenharia de Estruturas, com o apoio da ABECE e da ABCEM, trazem para Campinas/SP a terceira

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO A de Goiânia, em parceria com PRZ Engenharia de Estruturas, com o apoio da ABECE e da ABCEM, trazem para Goiânia/GO a terceira edição do curso de pós-graduação

Leia mais

PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO

PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO PÓS GRADUAÇAO LATO SENSU EM ESTRUTURAS DE AÇO O CENTRO DE ENSINO SUPERIOR RIOGRANDENSE CESURG-MARAU em parceria com PRZ Engenharia de Estruturas, com o apoio da ABECE, oferecem em Marau-RS a quarta edição

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2006

RESOLUÇÃO Nº 010/2006 Confere com o original RESOLUÇÃO Nº 010/2006 CRIA o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu de Educação Ambiental, em nível de Especialização. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

INBEC Instituto Brasileiro de Educação Continuada Pós-Graduação com Futuro

INBEC Instituto Brasileiro de Educação Continuada Pós-Graduação com Futuro INBEC Instituto Brasileiro de Educação Continuada Pós-Graduação com Futuro Curso Organizado conforme a Resolução N.º 01 DE 08 JUNHO DE 2007 do Conselho Nacional de Educação MEC, Parecer CNE/CES n.º 263/2006.

Leia mais

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia Naval e Offshore na UPE desenvolvem a capacidade para planejar, desenvolver

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

INBEC. Instituto Brasileiro de Educação Continuada. Curso Organizado conforme a Resolução N.º 01 DE 08 JUNHO DE 2007 do Pós-Graduação com Futuro

INBEC. Instituto Brasileiro de Educação Continuada. Curso Organizado conforme a Resolução N.º 01 DE 08 JUNHO DE 2007 do Pós-Graduação com Futuro INBEC Instituto Brasileiro de Educação Continuada Curso Organizado conforme a Resolução N.º 01 DE 08 JUNHO DE 2007 do Pós-Graduação com Futuro ESPECIALIZAÇÃO EM ESTRUTURAS METÁLICAS Projeto e Detalhes

Leia mais

26/08/2015. A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor. José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas

26/08/2015. A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor. José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas Vice-presidente de Ciência e Tecnologia do SINAENCO-PE Sócio de Vitório & Melo

Leia mais

ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO

ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO INTRODUÇÃO As estruturas mistas podem ser constituídas, de um modo geral, de concreto-madeira, concretoaço ou aço-madeira. Um sistema de ligação entre os dois materiais

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Especialização em Metodologia do Ensino Superior Imperatriz

Leia mais

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2 NÚMERO DE VAGAS: 25 (Vinte e Cinco) Vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS 01 de Novembro de 2013 CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A Fundação Visconde

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019. Agosto-2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019. Agosto-2014 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019 Agosto-2014 2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES APRESENTAÇÃO O curso oferece, a arquitetos e a profissionais de áreas afins, um perfil

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO Campo Limpo Paulista 2012 1 CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Marcos Legais Resolução CNE CES 1 2002 Resolução CNE

Leia mais

MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ESTBARREIRO/IPS

MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ESTBARREIRO/IPS MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL ESTBARREIRO/IPS Seminário de Apresentação, 18 de junho 2014 Tópicos Introdução Saídas profissionais Funcionamento Plano de Estudos Calendário Escolar Datas candidaturas Ingresso

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Recomendações para elaboração de projetos estruturais de edifícios em aço

Recomendações para elaboração de projetos estruturais de edifícios em aço 1 Av. Brigadeiro Faria Lima, 1685, 2º andar, conj. 2d - 01451-908 - São Paulo Fone: (11) 3097-8591 - Fax: (11) 3813-5719 - Site: www.abece.com.br E-mail: abece@abece.com.br Av. Rio Branco, 181 28º Andar

Leia mais

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações Edição: 5132010 Litoral Paulista, sexta-feira, 20 de agosto Página: 1 Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações w w w. u s i m i n a s.

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS EIXO TECNOLÓGICO:Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Física FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( x ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DE LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto:

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) torna pública, através da Diretoria de Inovação e Empreendedorismo (DINE) da Pró-Reitoria para Assuntos de

Leia mais

Especialização em Investment Banking

Especialização em Investment Banking Especialização em Investment Banking Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Plano de Ensino. CARGA HORÁRIA: 40 h TURNO: Noturno TURMA: EDS 03/T4. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º Semestre

Plano de Ensino. CARGA HORÁRIA: 40 h TURNO: Noturno TURMA: EDS 03/T4. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º Semestre Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFRAESTRUTURA CURSO: Curso Técnico em Edificações FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação 1. Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado principalmente a alunos graduados em cursos da área de Educação (Pedagogia

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME)

NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME) NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME) Palmas 2010 1. Apresentação O Núcleo de Apoio Didático e Metodológico NADIME é o órgão da Faculdade Católica do Tocantins responsável pela efetivação da

Leia mais

Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço

Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço Maria Emília Penazzi mepenazzi@yahoo.com.br Prof. Dr. Alex Sander Clemente

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: INFRAESTRUTURA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Edificações FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

MÓDULO 1 Projeto e dimensionamento de estruturas metálicas em perfis soldados e laminados

MÓDULO 1 Projeto e dimensionamento de estruturas metálicas em perfis soldados e laminados Projeto e Dimensionamento de de Estruturas metálicas e mistas de de aço e concreto MÓDULO 1 Projeto e dimensionamento de estruturas metálicas em perfis soldados e laminados 1 Sistemas estruturais: coberturas

Leia mais

Formação Profissional

Formação Profissional Formação Profissional PROFISSIONALIZANTE (nível médio) SENAI qualificação profissional 1. Formação Básica - CARPINTARIA E MARCENARIA 2. Formação Avançada - SISTEMA WOOD FRAME (construção e processo fabril)

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Período: 2014/2015 1 CONTEXTO INSTITUCIONAL

PLANO DE TRABALHO Período: 2014/2015 1 CONTEXTO INSTITUCIONAL PLANO DE TRABALHO Período: 2014/2015 1 CONTEXTO INSTITUCIONAL De 1999 até o ano de 2011 o Instituto Adventista de Ensino do Nordeste (IAENE) congregava em seu espaço geográfico cinco instituições de ensino

Leia mais

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Programa de Inovação Tecnologica FIESP CIESP - SENAI Sede Fiesp 2013 Chave para a competitividade das empresas e o desenvolvimento do país Determinante para o aumento

Leia mais

2- PÚBLICO ALVO. Página 1 de 8 CURSO PRÁTICO FORMAÇÃO DE CONSULTORES EMPRESARIAIS. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi

2- PÚBLICO ALVO. Página 1 de 8 CURSO PRÁTICO FORMAÇÃO DE CONSULTORES EMPRESARIAIS. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi 1- Objetivo Geral Capacitar profissionais para o exercício da consultoria empresarial com qualidade, possibilitando assim um melhor atendimento as demandas das empresas paraenses por estes serviços. Disseminar

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios CURSO: Bacharelado em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Faculdades Integradas Dom Pedro II São José do Rio Preto - SP

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Faculdades Integradas Dom Pedro II São José do Rio Preto - SP RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS As, ao apresentar o Relatório do sistema de autoavaliação (CPA), consideram

Leia mais

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são:

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são: 1) Formas de participação do Corpo Discente: O Colegiado do Curso é um órgão consultivo, deliberativo e normativo, onde é possível a participação do corpo discente nas decisões que competem a exposição

Leia mais

Área de Gestão e Negócios

Área de Gestão e Negócios Área de Gestão e Negócios O Complexo Educacional FMU é uma Instituição de ensino superior com uma longa tradição de prestação de relevantes serviços educacionais a sociedade brasileira. Fundado em 1968,

Leia mais

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÁREA DO CONHECIMENTO: Engenharia. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Engenharia de Produção. PERFIL PROFISSIONAL: Este

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Análise e desenvolvimento de sistemas aplicados à gestão empresarial. Calendário acadêmico 2014

Pós-graduação Lato Sensu em Análise e desenvolvimento de sistemas aplicados à gestão empresarial. Calendário acadêmico 2014 Pós-graduação Lato Sensu em Análise e desenvolvimento de sistemas aplicados à gestão empresarial Legenda Início da disciplina Final da disciplina Período sem aula Calendário acadêmico 2014 Março/2014 Sexta-feira

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Bacharelado em Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008.

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. Título: Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Turno: Noturno

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: INFRAESTRUTURA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Edificações FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

O Meio Ambiente e a Indústria da Construção. Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP

O Meio Ambiente e a Indústria da Construção. Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP O Meio Ambiente e a Indústria da Construção Andre Aranha Campos Coordenador do COMASP Conselheiro do SindusCon-SP SEMINÁRIO TÉCNICO SEGURANÇA E SAÚDE NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 03 de fevereiro de 2012

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E:

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E: RESOLUÇÃO N o 03/90, CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Aprova as Normas para elaboração de Projetos de Cursos de Especialização (Pós-Graduação lato sensu ). O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

PinnacleLGS. Pinnacle LGS. www.pinnaclelgs.com. WORLD Leading LGS / LSF Techonology Design & Production Integration

PinnacleLGS. Pinnacle LGS. www.pinnaclelgs.com. WORLD Leading LGS / LSF Techonology Design & Production Integration Pinnacle LGS WORLD Leading LGS / LSF Techonology Design & Production Integration www.pinnaclelgs.com PinnacleLGS Você quer construir 300% mais rápido, 20% mais barato e 100% mais verde? Sim? Aqui está

Leia mais

EDIFÍCIOS GARAGEM ESTRUTURADOS EM AÇO

EDIFÍCIOS GARAGEM ESTRUTURADOS EM AÇO Contribuição técnica nº 19 EDIFÍCIOS GARAGEM ESTRUTURADOS EM AÇO Autor: ROSANE BEVILAQUA Eng. Consultora Gerdau SA São Paulo, 01 de setembro de 2010. PROGRAMA Introdução Vantagens da utilização de Edifícios

Leia mais

ESTRUTURA METÁLICA Vantagens da Construção em Aço. Maior limpeza de obra: Devido à ausência de entulhos, como escoramento e fôrmas.

ESTRUTURA METÁLICA Vantagens da Construção em Aço. Maior limpeza de obra: Devido à ausência de entulhos, como escoramento e fôrmas. ESTRUTURA METÁLICA Vantagens da Construção em Aço Menor tempo de execução: A estrutura metálica é projetada para fabricação industrial e seriada, de preferência, levando a um menor tempo de fabricação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM PRÁTICAS DE GESTÃO COM PESSOAS

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM PRÁTICAS DE GESTÃO COM PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM PRÁTICAS DE GESTÃO COM PESSOAS A Faculdade de Tecnologia SENAI de Desenvolvimento Gerencial FATESG, oferta a especialização de pós-graduação Lato Sensu MBA em Práticas de

Leia mais

CBA. Certification in Business Administration

CBA. Certification in Business Administration CBA Pós - Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SEREM EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: TÉCNICO EM MÓVEIS FORMA/GRAU:(X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Blumenau

Faculdade de Tecnologia Blumenau Faculdade de Tecnologia Blumenau EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO CURSO: Pós-Graduação Lato Sensu em Moda e Comunicação A Faculdade de Tecnologia SENAI Blumenau informa que há 35 vagas

Leia mais

USO DO AÇO NA CONSTRUÇÃO CIVIL

USO DO AÇO NA CONSTRUÇÃO CIVIL 1 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI NADIR DIAS DE FIGUEIREDO ADEMILSO PINTO BRUNO TEIXEIRA DOCE USO DO AÇO NA CONSTRUÇÃO CIVIL OSASCO 2012 2 ADEMILSO PINTO BRUNO TEIXEIRA DOCE USO DO AÇO NA CONTRUÇÃO CIVIL

Leia mais

MBA 2010 - Gestão Estratégica em Sustentabilidade e Responsabilidade social

MBA 2010 - Gestão Estratégica em Sustentabilidade e Responsabilidade social MBA 2010 - Gestão Estratégica em Sustentabilidade e Responsabilidade social Objetivos A estrutura do curso permitirá uma importante resposta às necessidades atuais do mercado que cada vez mais valoriza

Leia mais

O Profissional de Tecnologia de Informação em Saúde no Brasil: A Visão da SBIS

O Profissional de Tecnologia de Informação em Saúde no Brasil: A Visão da SBIS Sociedade Brasileira de Informática em Saúde O Profissional de Tecnologia de Informação em Saúde no Brasil: A Visão da SBIS Prof. Renato M.E. Sabbatini Diretor de Educação e Capacitação Profissional 40%

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

MBA em Design Estratégico

MBA em Design Estratégico MBA em Design Estratégico Público - alvo Indicado para profissionais com formação em Design, Arquitetura, Moda ou gestores e empreendedores que estejam buscando novas formas de gestão orientadas para a

Leia mais

METÁLICA ENGENHARIA APLICADA NA OBRA ESTRUTURAS METÁLICAS E EQUIPAMENTOS

METÁLICA ENGENHARIA APLICADA NA OBRA ESTRUTURAS METÁLICAS E EQUIPAMENTOS ENGENHARIA APLICADA NA OBRA ESTRUTURAS METÁLICAS E EQUIPAMENTOS III edição/2013 APRESENTAÇÃO A Multiplo Metálica Ltda. é uma empresa atuante desde 2004, focada em vendas, gestão de obras e na prestação

Leia mais

RESOLUÇÃO REITORIA Nº 015 DE 04 DE OUTUBRO DE 2012. O REITOR da UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP, no uso de suas atribuições,

RESOLUÇÃO REITORIA Nº 015 DE 04 DE OUTUBRO DE 2012. O REITOR da UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP, no uso de suas atribuições, RESOLUÇÃO REITORIA Nº 015 DE 04 DE OUTUBRO DE 2012 Regulamenta a oferta do Curso de Pós- Graduação Lato Sensu : MBA em GESTÃO DE FINANÇAS EMPRESARIAIS na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP

Leia mais

LICITAÇÃO PÚBLICA NA MODALIDADE CONCURSO PÚBLICO NACIONAL DE ESTUDO PRELIMINAR DE ARQUITETURA PARA A SEDE DA CAPES EM BRASÍLIA TERMO DE REFERÊNCIA

LICITAÇÃO PÚBLICA NA MODALIDADE CONCURSO PÚBLICO NACIONAL DE ESTUDO PRELIMINAR DE ARQUITETURA PARA A SEDE DA CAPES EM BRASÍLIA TERMO DE REFERÊNCIA LICITAÇÃO PÚBLICA NA MODALIDADE CONCURSO PÚBLICO NACIONAL DE ESTUDO PRELIMINAR DE ARQUITETURA PARA A SEDE DA CAPES EM BRASÍLIA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA Concurso público nacional para seleção, dentre

Leia mais

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 METAS AÇÕES PRAZOS Expansão do número de vagas do curso de Engenharia de Produção. SITUAÇÃO MARÇO DE 2015 AVALIAÇÃO PROCEDIDA EM 12.03.2015 CPA E DIRETORIA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

Integração entre sistemas de cobertura metálica e estrutura de concreto em galpões. Aplicações em sistemas prémoldados

Integração entre sistemas de cobertura metálica e estrutura de concreto em galpões. Aplicações em sistemas prémoldados Integração entre sistemas de cobertura metálica e estrutura de concreto em galpões. Aplicações em sistemas prémoldados e tilt-up Vitor Faustino Pereira Engenheiro Civil Professor Adjunto UEL Sócio Diretor:

Leia mais

Centro Universitário de Brusque - Unifebe Conselho Universitário - Consuni

Centro Universitário de Brusque - Unifebe Conselho Universitário - Consuni Centro Universitário de Brusque - Unifebe Conselho Universitário - Consuni Projeto Permanente do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Desenvolvimento e Aprendizagem na Infância Brusque, dezembro de 2009.

Leia mais

CÁLCULO DE LIGAÇÕES EM ESTRUTURA METÁLICA: APLICAÇÕES E RECOMENDAÇÕES NORMATIVAS

CÁLCULO DE LIGAÇÕES EM ESTRUTURA METÁLICA: APLICAÇÕES E RECOMENDAÇÕES NORMATIVAS CÁLCULO DE LIGAÇÕES EM ESTRUTURA METÁLICA: APLICAÇÕES E RECOMENDAÇÕES NORMATIVAS Emmyle Marcon Eng. Civil Setor de Eng. METASA S/A emmylemarcon@hotmail.com Zacarias M. Chamberlain Pravia D. Sc., Professor

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) torna pública, através da Diretoria de Inovação e Empreendedorismo (DINE) da Pró-Reitoria para Assuntos de

Leia mais

Projeto IE Passo Fundo 2014

Projeto IE Passo Fundo 2014 Projeto IE Passo Fundo 2014 Apresentação O Instituto Educacional Metodista de Passo Fundo, Unidade de Passo Fundo, pertence ao Instituto Metodista de Ensino Superior, instituição confessional, que visa

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Portaria MEC nº 328 de 1º de Fevereiro de 2005, instituiu o Cadastro de Pós- Graduação Lato Sensu a ser administrado pelo INEP. Assim, o cadastro

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. CARGA HORÁRIA: 80 h/a TURNO: Manhã TURMA: EDI 01/T6 DIRETOR(A) GERAL DO Marcelo Eder Lamb

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. CARGA HORÁRIA: 80 h/a TURNO: Manhã TURMA: EDI 01/T6 DIRETOR(A) GERAL DO Marcelo Eder Lamb EIXO TECNOLÓGICO: CURSO: Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial ( ) PROEJA (

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia ENG 1072 - Estruturas de Concreto Armado II 4 CR Prof. Alberto Vilela Chaer

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia ENG 1072 - Estruturas de Concreto Armado II 4 CR Prof. Alberto Vilela Chaer Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia ENG 1072 - Estruturas de Concreto Armado II 4 CR Prof. Alberto Vilela Chaer Plano de Ensino 2015.1 Turma A02 1. Objetivos Educacionais

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU Nº 166 de 30/08/10

Autorizado pela Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU Nº 166 de 30/08/10 C U R S O D E A R Q U I T E T U R A E U R B A N I S M O Autorizado pela Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU Nº 166 de 30/08/10 Componente Curricular: TÉCNICAS DE EDIFICAÇÕES II Código: ARQ 055 Pré-requisito:

Leia mais

Introdução. 1. Generalidades. Para o aço estrutural. Definição

Introdução. 1. Generalidades. Para o aço estrutural. Definição Introdução Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil PGECIV - Mestrado Acadêmico Faculdade de Engenharia FEN/UERJ Disciplina: Tópicos Especiais em Estruturas (Chapa Dobrada) Professor: Luciano Rodrigues

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO I. Objetivos II. Modalidades Pós Graduação Stricto Sensu: Pós Graduação Lato Sensu: Especialização

PÓS-GRADUAÇÃO I. Objetivos II. Modalidades Pós Graduação Stricto Sensu: Pós Graduação Lato Sensu: Especialização PÓS-GRADUAÇÃO O Programa de Pós Graduação Lato Sensu da FAEC foi aprovado pela Resolução do CAS, ATA 001/08, de 12 de março de 2008 e será implantado a partir do primeiro semestre de 2010, após aprovação

Leia mais

Endereço: Rua Padre Natuzzi, 53 Centro -Campanha Minas Gerais

Endereço: Rua Padre Natuzzi, 53 Centro -Campanha Minas Gerais 1 Instituição: Fundação Cultural Campanha da Princesa - Faculdades Integradas Paiva de Vilhena Associada à UEMG Universidade do Estado de Minas Gerais Endereço: Rua Padre Natuzzi, 53 Centro -Campanha Minas

Leia mais

ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO

ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO 1 Identificação 1.1 Título da Proposta ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO 1.2 Origem campus Avançado Patrocínio campus Paracatu campus Uberlândia campus Ituiutaba campus Uberaba 1.3 Coordenação Docente

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

2. Cursos de Extensão

2. Cursos de Extensão 2. Cursos de Extensão Instituto Internacional de Cromatografia (IIC) APRESENTAÇÃO DOS CURSOS DE EXTENSÃO DO IIC O Instituto Internacional de Cromatografia (IIC) oferecerá no ano de 2011 as seguintes atividades

Leia mais

Concepções estruturais 1 ª aula. Professores: Nádia Forti João Carlos Rocha Braz

Concepções estruturais 1 ª aula. Professores: Nádia Forti João Carlos Rocha Braz Concepções estruturais 1 ª aula Professores: Nádia Forti João Carlos Rocha Braz Ante - Projeto O que você quer? Satisfazer as necessidades e possibilidades do cliente; Espaços; Volume; Estética. Ante -

Leia mais

Valores diferenciados para associados/funcionários do Sinduscon/RS

Valores diferenciados para associados/funcionários do Sinduscon/RS MBA Contabilidade & Direito Tributário. Parceria: IPOG/Sinduscon-RS O IPOG em parceria com o CRC-RS, traz à Porto Alegre o MBA em Contabilidade & Direito Tributário, que já é sucesso, com mais de 20 turmas

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Móveis FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

Curso de Desenvolvimento em Negócios Sociais e Inclusivos

Curso de Desenvolvimento em Negócios Sociais e Inclusivos Curso de Desenvolvimento em Negócios Sociais e Inclusivos O curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos visa a despertar o interesse de pessoas que queiram empreender na área social. Trata-se

Leia mais

Histórico e Objetivos

Histórico e Objetivos Histórico e Objetivos A PINI, ao longo de sua trajetória tem contribuído de forma ativa para a formação, atualização e treinamento profissional de engenheiros, arquitetos, projetistas e gestores da construção

Leia mais

Precisamos. Edital Nº 01/2015. Curso de Especialização em Saúde Pública - Gestão. de Sistemas e Ações de Saúde

Precisamos. Edital Nº 01/2015. Curso de Especialização em Saúde Pública - Gestão. de Sistemas e Ações de Saúde Precisamos Edital Nº 01/2015 Curso de Especialização em Saúde Pública - Gestão de Sistemas e Ações de Saúde A coordenadora do Curso de Pós- Graduação Lato Sensu em Saúde Pública - Gestão de Sistemas e

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Ambiente, Saúde e Segurança CURSO: Técnico em Meio Ambiente FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura (

Leia mais

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância

Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis SENAI EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A PÓS-GRADUAÇÃO Pós-Graduação MBA em Gestão para Segurança de Alimentos a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis,

Leia mais

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 ÁREAS DE NEGÓCIOS E ENGENHARIA O Programa Pós-Flex da Universidade Positivo possui 15 cursos voltados para

Leia mais

Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi -97110-767 Santa Maria RS Fone/FAX: (55) 3217 0625 E-Mail: prensino@iffarroupilha.edu.br.

Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi -97110-767 Santa Maria RS Fone/FAX: (55) 3217 0625 E-Mail: prensino@iffarroupilha.edu.br. Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: TURISMO, HOSPITALIDADE E LAZER CURSO: TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Associação de Ensino Superior da Amazônia - AESA Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia - FARO

Associação de Ensino Superior da Amazônia - AESA Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia - FARO Coordenação de Pesquisa e Extensão. Título do Projeto de pesquisa/ Iniciação Cientifica. Coordenador do projeto: Curso de: Instruções para Preenchimento do Formulário. PESQUISA Caracterização e Objetivos:

Leia mais

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 14 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas

Leia mais

CATÁLOGO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. 2010 1º semestre

CATÁLOGO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. 2010 1º semestre CATÁLOGO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2010 1º semestre APRESENTAÇÃO Caro egresso, Desejamos a você, neste ano de 2010, que todas as suas metas se realizem de forma a proporcionar-lhe alegria

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing de Moda

Pós-Graduação em Marketing de Moda Pós-Graduação em Marketing de Moda Público alvo Indicado para profissionais com formação em Moda, Design, Marketing, Comunicação, Arquitetura, dentre outros, e que atuem ou desejem atuar na área de Moda,

Leia mais