MANUAL DO SIMULADOR DE CÁLCULO DE BENEFÍCIOS ATRASADOS - índices de 2,28% em 06/1999 e 1,75% em 05/2004

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO SIMULADOR DE CÁLCULO DE BENEFÍCIOS ATRASADOS - índices de 2,28% em 06/1999 e 1,75% em 05/2004"

Transcrição

1 1

2 MANUAL DO SIMULADOR DE CÁLCULO DE BENEFÍCIOS Este cálculo trata-se da aplicação do acréscimo dos índices de 2,28% em 06/1999 e 1,75% em 05/2004. Em 06/1999 foi concedido ao teto o índice 4,61% sobre o teto de 12/1998.O valor passou de R$ 1.200,00 em 12/1998 para R$1.255,32 em 06/1999. O teto de 12/1998 já havia sido corrigido de 06/1998 a 12/1998.Como o índice de 4,61% se refere ao INPC acumulado de 06/1998 a 05/1999 ficou faltando aos benefícios menores que o teto o INPC de 01/1999 a 05/1999 no valor de 2,28%. Desta forma, gerou-se o direito a se pleitear em juízo este índice sobre o reajustamento concedido administrativamente. Esta mesma situação ocorreu em 05/2004. A consequência é o direito a aplicação de 1,75% em 05/2004 sobre o reajuste já concedido administrativamente à época. Sistema utilizado para simular diferenças devidas a serem apresentadas em juízo e/ou ao cliente ou autor seja para processos judiciais em curso, para subsidiar decisão de viabilidades de se ajuizar ações judiciais ou para outras finalidades diversas. O IEPREV realiza os cálculos dos valores de BENEFÍCIOS ATRASADOS como sugestão de cálculo, lembrando que a utilização do mesmo e a inserção de dados (datas, valores, etc.) são de inteira responsabilidade do usuário. A data de início do benefício anterior nos casos de aposentadoria por invalidez, que normalmente tem origem em um auxílio doença e pensão por morte, que normalmente tem origem em uma aposentadoria, é imprescindível para o correto cálculo dos reajustamentos após a data de início. A data de início do benefício deve ser superior a 01/01/1970 (não calcula para datas anteriores) 2

3 Após entrada com login e senha nos campos presentes em Novo Segurado o usuário deverá preencher as principais informações cadastrais do segurado com principal destaque para nome, data de nascimento, data da primeira filiação ao INSS e sexo. Clicar em Salvar e Continuar, caso queira salvar somente os dados do segurado em Lista de segurado posteriormente Clicar em Salvar. Obs1. RECOMENDA-SE SEMPRE NAVEGAR PELO PROGRAMA CLICANDO SOBRE OS BOTÕES DE Voltar ao fim de cada pagina ou Criar/Buscar Segurado, Informações de Cálculos, Valores de Contribuição, Resultados dos Cálculos no início da pagina, EVITANDO-SE CLICAR. 3

4 Clicar em Novo calculo Observe que em Lista de cálculos você pode ver, editar e remover os cálculos feitos anteriormente para o mesmo segurado clicando nos ícones correspondentes na legenda. Escolher pré-definição em Opções do cálculo marcando a opção: Para calcular aplicando os índices de 2,28% em 06/1999 e 1,75% em 05/2004 marque a caixa ao lado:. Quando se marca esta opção o sistema irá reajustar os benefícios na coluna benefícios devidos com os acréscimos de 2,28% em 06/1999 e 1,75% em 05/2004 4

5 Se este for um cálculo de atualização de benefício não concedido selecione a caixa ao lado.. Quando se marca esta opção o sistema irá calcular apenas valores devidos e não haverá coluna de valores recebidos a serem descontados. Caso Não pretenda calcular juros de mora Antes da citação do réu Desmarque a caixa ao lado:. Quando se marca esta opção o sistema não calcula juros anteriores a citação. O sistema utiliza o padrão de juros fixos anteriores a citação, determinado na maioria das sentenças judiciais, na hipótese da opção desmarcada. Para não limitar ao teto para demandas judiciais marque a caixa ao lado:. Quando se marca esta opção o sistema não faz a limitação aos tetos legais de valores de benefícios ao longo dos reajustamentos históricos, em atendimento a algumas sentenças judiciais. Em Datas do Cálculo : Inserir a data de cálculo. Esta digitação é muito importante, pois é a data de cálculo que determina a referência para efeito de aplicação da correção monetária devida. Os índices serão acumulados até está data digitada. No caso de necessidade de apresentação de cálculo em data pretérita, com correção monetária e juros de mora até aquela data, é o campo de data de cálculo que determina os índices devidos. Inserir Data da citação do réu é Data do ajuizamento da ação, data em que o autor deu entrada judicial no processo. Utilizada como referência na marcação de parcelas prescritas, ou seja, parcelas que não são consideradas no montante a pagar ao autor. 5

6 Data Inicial de benefício (DIB) de Valores Recebidos : Inserir data de referência para início dos cálculos. Data em que o autor adquiriu o direito ao benefício referente aos valores recebidos e em que houve o cálculo de sua renda mensal inicial. Data de cessação deste cálculo para os valores Recebidos : Inserir data referência para término do cálculo de valores recebidos. Se não houver digitação o cálculo cessará na data do cálculo. Espécie valores recebidos : Deverá ser selecionada a espécie dentre as disponíveis na caixa de seleção. RMI de Valores Recebidos : Inserir Renda mensal Inicial referente à data inicial do benefício concedido, ou seja, renda a ser subtraída para o cálculo de diferenças. Data Inicial do benefício anterior de Valores Recebidos : Inserir data existente (referente aos valores recebidos) nos casos de aposentadoria por invalidez precedida de auxílio doença e nos casos de pensão por morte precedida de aposentadoria. Quando esta data é digitada, a mesma passa a ser a referência para a aplicação do primeiro reajuste após a DIB do cálculo atual. Obs2. A opção de calcular com a Data Inicial do benefício anterior de Valores Recebidos e devidos em casos de aposentadoria por invalidez precedida de auxílio doença e nos casos de pensão por morte precedida de aposentadoria só será habilitada caso o usuário marque a opção: Caso queira calcular benefício precedido com DIB anterior selecione a caixa ao lado. Caso você queira calcular revisão de RMI com mesma DIB nos valores recebidos e devidos marque a opção: Caso queira calcular revisão de RMI com mesma DIB selecione a caixa ao lado. Data Inicial do benefício DIB de Valores Devidos : Inserir data de referencia para início dos cálculos. Data em que o autor adquiriu o direito ao benefício referente aos valores devidos e em que houve o cálculo de sua renda mensal inicial. Espécie valores devidos : Deverá ser selecionada a espécie dentre as disponíveis na caixa de seleção. Nova RMI de Valores devidos : Inserir renda mensal Inicial referente à data inicial do benefício calculado, ou seja, renda devida em que é feita a subtração para se obter o cálculo de diferenças. 6

7 Data de cessação deste cálculo para os valores devidos : Inserir data referência para término do cálculo de valores devidos. Se não houver digitação o cálculo cessará na data do cálculo. Data Inicial do benefício anterior de Valores Devidos : Inserir data existente (referente aos valores devidos) nos casos de aposentadoria por invalidez precedida de auxílio doença e nos casos de pensão por morte precedida de aposentadoria. Quando esta data é digitada, a mesma passa a ser a referência para a aplicação do primeiro reajuste após a DIB do cálculo atual. Obs3. Os Índices de reajustes de teto só serão utilizados nos casos de revisão de abate teto 12/98 e 12/2003 clique aqui para ver o manual ou quando ocorre média de contribuições acima do teto legal de concessão referente à renda mensal concedida ou em casos com DIB s posteriores à 05/04/1991. As interrogações em azul são pequenos informes sobre o campo. Obs4. Se a DIB for no período do Buraco Negro, ou seja, entre 05/10/88 a 05/04/1991, o sistema abrirá dois campos de digitação de RMI. Um campo de RMI de valores recebido e devido antes revisão Buraco Negro e outro campo de RMI de valores recebido e devido após a revisão Buraco Negro. Mais informações 7

8 Intervalo de honorários : Inserir período em que será pago valores de honorários advocatícios em juízo. Percentual de honorários : Inserir percentual aplicado sobre os valores corrigidos devidos no período digitado no campo intervalo de honorários. Percentual do Acordo Judicial : Inserir percentual a ser aplicado na totalização devida por decisão judicial. Vincendas : Inserir valor referente a determinação judicial. Calcula-se tantas parcelas a mais de diferenças devidas baseadas na última parcela de diferença corrigida. Juros anteriores a janeiro de 2003 : Inserir percentual de juros mensal a acumular referentes às parcelas anteriores a janeiro de Os juros são acumulados mensalmente a partir do mês anterior à data do cálculo crescente até a data da citação e para os meses anteriores a esta data valores fixos no valor encontrado. Padrão 0,5% ao mês. Juros posteriores a janeiro de 2003 : Inserir percentual de juros a acumular referentes às parcelas posteriores a janeiro de Os juros são acumulados mensalmente a partir do mês anterior à data do cálculo crescente até a data da citação e para os meses anteriores a esta data valores fixos no valor encontrado. Padrão 1% ao mês. Juros posteriores a julho de 2009 : Inserir percentual de juros a acumular referentes às parcelas posteriores a julho de Os juros são acumulados mensalmente a partir do mês anterior à data do cálculo crescente até a data da citação e para os meses anteriores a esta data valores fixos no valor encontrado. Padrão 0,5% ao mês. Clicar em Calcular Atrasado 8

9 9

10 Verificar a conclusões do cálculo. Serão fornecidas as informações sobre Soma dos vincendos, Última Renda Mensal Judicialmente, Soma devida Judicialmente, Soma dos honorários a receber e Soma total. Ao fim da tabela de resultado podem-se visualizar as evoluções de RMI s devidas e recebidas em amarelo e a diferença em verde. 10

11 Opções no cabeçalho: Criar/Buscar Segurado, Lista de Cálculos, Informações para o cálculo e Imprimir cálculo. Mais informações 11

12 12

MANUAL DO SIMULADOR DE CÁLCULO DE BENEFÍCIOS ATRASADOS TETO 12/1998 E 12/2003

MANUAL DO SIMULADOR DE CÁLCULO DE BENEFÍCIOS ATRASADOS TETO 12/1998 E 12/2003 MANUAL DO SIMULADOR DE CÁLCULO DE BENEFÍCIOS ATRASADOS TETO 12/1998 E 12/2003 O termo conhecido como abate-teto, motivado pela decisão do STF reconhece aos aposentados que sofreram limitação em seu salário

Leia mais

SIMULADOR DE CÁLCULO DE RENDA MENSAL INICIAL DO RGPS

SIMULADOR DE CÁLCULO DE RENDA MENSAL INICIAL DO RGPS 1 MANUAL IEPREV SIMULADOR DE CÁLCULO DE RENDA MENSAL INICIAL DO RGPS SEM LIMITE DE 07/94 NO PBC Esse sistema é aplicado para os segurados filiados ao INSS - Instituto Nacional do Seguro Social pelo Regime

Leia mais

SIMULADOR DE CÁLCULO DE RENDA MENSAL INICIAL DO RGPS

SIMULADOR DE CÁLCULO DE RENDA MENSAL INICIAL DO RGPS 1 MANUAL IEPREV SIMULADOR DE CÁLCULO DE RENDA MENSAL INICIAL DO REGIME GERAL DA PREVIDÊNCIA SOCIAL Esse sistema é aplicado para os segurados filiados ao INSS - Instituto Nacional do Seguro Social pelo

Leia mais

SIMULADOR DE CÁLCULO DE DESAPOSENTAÇÃO

SIMULADOR DE CÁLCULO DE DESAPOSENTAÇÃO 1 MANUAL IEPREV SIMULADOR DE CÁLCULO DE DESAPOSENTAÇÃO Esse sistema é aplicado para os segurados filiados ao INSS - Instituto Nacional do Seguro Social que, não obstante já tenham se aposentado, continuaram

Leia mais

MANUAL DO JUSPREV II Versão 2

MANUAL DO JUSPREV II Versão 2 MANUAL DO JUSPREV II Versão 2 PROGRAMA PARA CÁLCULO DE AÇÕES PREVIDENCIÁRIAS NO VALOR DO SALÁRIO MÍNIMO A Justiça Federal Seção Judiciária do Rio Grande do Sul, por meio dos seus Núcleos de Contadoria

Leia mais

Concessão - Aposentadoria

Concessão - Aposentadoria Concessão - Aposentadoria 1. Módulo Cadastro 1.1. Cadastro de Pessoa Acesse o menu Cadastro/Pessoa/Informações Gerais. A seguinte janela se abrirá. Para incluir uma nova pessoa, vá paraa a primeira aba,

Leia mais

Tutorial. Fechamento

Tutorial. Fechamento Tutorial Fechamento - 2016 2 Sumário Módulo Fechamento 2016 - Perfil Professor...2 Módulo Fechamento 2016 - Perfil GOE, Agente de Organização Escolar, Diretor e Vice-diretor...6 Módulo Avaliações...9 3

Leia mais

Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) 1 CM. Contribuições Mensais 1 CM 10 CM 12 CM 12 CM 180 CM.

Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) 1 CM. Contribuições Mensais 1 CM 10 CM 12 CM 12 CM 180 CM. Guia de pagamento mensal do Microempreendedor Individual (DAS) Você, Microempreendedor Individual que se formalizou e não quer perder os benefícios no INSS nem ficar inadimplente, precisa pagar as guias

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE APARECIDA DE GOIÂNIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE APARECIDA DE GOIÂNIA PROCESSO Nº : 5854-46.2015.4.01.3504 CLASSE 51209 : CÍVEL/PREVID / OUTROS/JEF AUTOR(A) : ANA MARIA ALVES CINTRA ABDÃO RÉU : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL SENTENÇA (Tipo A) Dispensando o relatório,

Leia mais

Identificação da Empresa

Identificação da Empresa Identificação da Empresa MT-611-00001-14 Última Atualização 15/07/2016 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Preencher em Identificação os dados básicos, itens e as localidades

Leia mais

Manual Coleção Interativa Papel Professor Versão 2.5.3

Manual Coleção Interativa Papel Professor Versão 2.5.3 Manual Coleção Interativa Papel Professor / 33 Manual Coleção Interativa Papel Professor Versão 2.5.3 Manual Coleção Interativa Papel Professor 2/ 33 Manual Coleção Interativa ACESSAR A COLEÇÃO INTERATIVA...

Leia mais

Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Professor Versão 2.5.3

Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Professor Versão 2.5.3 Manual GA, Papel Professor / 37 Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Professor Versão 2.5.3 Manual GA, Papel Professor 2/ 37 Manual Gerenciador de Aprendizagem ACESSAR O GERENCIADOR DE APRENDIZAGEM...

Leia mais

Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC.

Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC. Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC. É recomendado a utilização do browser Google Chrome e Firefox por questões de compatibilização

Leia mais

Sistema de Convênios. (SITE) Versão 1.0

Sistema de Convênios. (SITE) Versão 1.0 UNIVERSIDADE FEEVALE Sistema de Convênios (SITE) Versão 1.0 Novo Hamburgo, 26 de junho de 2015 1 SUMÁRIO Sistema de Convênios INTRODUÇÃO... 3 1. EMPRESA NÃO CONVENIADA... 3 2 EMPRESA CONVENIADA... 7 3

Leia mais

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Entradas. Nome do Processo: Pagamento de direitos autorais

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Entradas. Nome do Processo: Pagamento de direitos autorais Desenvolvimento BM-1423 Direitos autorais - Comissão para autores Versão 5 Release 28 Autor Jaciara Silva Processo: Vendas Nome do Processo: Pagamento de direitos autorais Acesso Vendas\Movimentações Motivação

Leia mais

IVC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EDITORWEB REVISTAS PAGAS

IVC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EDITORWEB REVISTAS PAGAS IVC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EDITORWEB REVISTAS PAGAS Login Após acessar a página do IVC (http://www.ivc.org.br), clicar no link, conforme imagem abaixo: O associado efetuará o acesso ao sistema

Leia mais

SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR

SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR Fluxo de cadastro Acesso ao sistema: http://cacb.certorigem.com.br/federasul/ Criar pré-cadastro Fluxo de cadastro Preencher formulário do lado esquerdo com os dados

Leia mais

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças 2014 Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças Orientações gerais para ajuizar iniciais com base na nova rotina de anexação de peças. TRIBUNAL

Leia mais

Como simular cálculo de rescisão e férias?

Como simular cálculo de rescisão e férias? Como simular cálculo de rescisão e férias? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar a rotina para simular cálculos de rescisão e férias. Essa opção é válida para empregados e estagiários, exceto

Leia mais

MEMPHIS DIFERENÇAS DA URV

MEMPHIS DIFERENÇAS DA URV Entenda o caso: MEMPHIS DIFERENÇAS DA URV Quando a moeda real foi implantada, a lei determinou a conversão dos salários, que eram pagos em URV para o real, a nova moeda. A data de referência foi fixada,

Leia mais

Uma entidade voltada para a promoção e divulgação do Direito Previdenciário.

Uma entidade voltada para a promoção e divulgação do Direito Previdenciário. Uma entidade voltada para a promoção e divulgação do Direito Previdenciário www.ieprev.com.br Seja nosso associado e amplie seus horizontes profissionais SOLICITE UM CÁLCULO PERSONALIZADO O IEPREV é composto

Leia mais

Sumário 1 Primeiros Passos Acessando o Sistema Conhecendo a tela Inicial... 4

Sumário 1 Primeiros Passos Acessando o Sistema Conhecendo a tela Inicial... 4 Este manual tem como objetivo auxiliar os correspondentes na digitação e acompanhamento de propostas do produto Consignado, digitadas junto ao Banco Daycoval. A seguir, veremos o passo a passo para a digitação

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO DE FUNÇÕES DO CAIXA

MANUAL PARA CADASTRO DE FUNÇÕES DO CAIXA MANUAL PARA CADASTRO DE FUNÇÕES DO CAIXA Este manual tem o objetivo de orientar o procedimento de Funções do Caixa. Sempre que se fizer um destes procedimentos, os passos abaixo devem ser seguidos. AS

Leia mais

Manual de utilização do sistema EditorWeb

Manual de utilização do sistema EditorWeb Manual de utilização do sistema EditorWeb Login Ao acessar o link http://editorweb.circulacao.org.br, aparecerá a tela de autenticação, conforme a fig. 1, abaixo. O filiado irá efetuar o acesso ao sistema

Leia mais

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Manual do Usuário - Médico Versão 0.0 Histórico da Revisão DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 23/0/202 0.00 Criação do manual Silvio Zequinão 25/02/204 0.0 Revisão

Leia mais

Portal do Servidor NPD UFES

Portal do Servidor NPD UFES Portal do Servidor NPD UFES MAIO/2012 Visão Geral do novo Portal do Servidor O Portal do Servidor possui três divisões principais: (Clique sobre os itens para visualizar) 1 Funções específicas de órgãos

Leia mais

Título: Configuração para emissão das Certidões Negativas de Débito - CND.

Título: Configuração para emissão das Certidões Negativas de Débito - CND. Título: Configuração para emissão das Certidões Negativas de Débito - CND. 1 LIBERAÇÃO DE USUÁRIOS DO ESCRITÓRIO: 1.1- Acesse o menu ATENDIMENTO, opção CONTROLE, opção USUÁRIOS e clique em USUÁRIOS DO

Leia mais

CONCEITO DE TOMADOR DE SERVIÇOS

CONCEITO DE TOMADOR DE SERVIÇOS CONCEITO DE TOMADOR DE SERVIÇOS CADASTRO DE EMPRESAS PALETA 2.COMPLEMENTO: deverá constar o código de recolhimento da GFIP 150 (Recolhimento ao FGTS e informações a Previdência Social de empresa prestadora

Leia mais

RECOLHIMENTO DE CONTRIBUINTE INDIVIDUAL EM ATRASO

RECOLHIMENTO DE CONTRIBUINTE INDIVIDUAL EM ATRASO RECOLHIMENTO DE CONTRIBUINTE INDIVIDUAL EM ATRASO Primeira premissa: O segurado para fazer esse recolhimento em atraso, poderá acessar diretamente o site da Previdência Social - http://www.previdencia.gov.br/guia-daprevidncia-social-gps/

Leia mais

- Estoque. Almoxarifado. Modulo para controle de materiais nas unidades.

- Estoque. Almoxarifado. Modulo para controle de materiais nas unidades. Novo modulo do SGE! Almoxarifado Modulo para controle de materiais nas unidades. No modulo Almoxarifado os usuários podem controlar a entrada e a saída de materiais mantendo sempre a quantidade atualizada.

Leia mais

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO (PROFESSORES)

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO (PROFESSORES) MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO (PROFESSORES) Passo a passo do Portal Acadêmico http://portal.ubec.edu.br/csc/ UBEC - Para servir com qualidade SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores...

Leia mais

Tutorial Financeiro Acessando o módulo Financeiro

Tutorial Financeiro Acessando o módulo Financeiro Sumário Acessando o módulo Financeiro... 2 Configuração de Categoria e Conta para Contrato... 4 Movimentações... 5 A confirmar... 7 Aprovar... 9 Extrato... 10 Recebimentos... 14 Pagamentos... 15 Agrupar...

Leia mais

PAGAMENTOS A PROFISSIONAIS

PAGAMENTOS A PROFISSIONAIS PAGAMENTOS A PROFISSIONAIS Índice Introdução... 2 1º Passo: CADASTRO DOS LANÇAMENTOS DA FOLHA... 2 2º Passo: Itens que compõem o Pagamento do Profissional... 3 Instruções de Cadastros e Configurações...

Leia mais

Manual PDV AgoraOS Milenial Multimedia

Manual PDV AgoraOS Milenial Multimedia Manual PDV AgoraOS Versão 31/05/2017 Contents Introdução 3 4 Conhecendo... a Tela do PDV 4 Configurações do PDV na Retaguarda 5 Lista... de PDV 5 Configuração... de Modelo Fiscal 10 Financeiro... 11 Iniciando

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO Módulo de gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A

MANUAL DO USUÁRIO Módulo de gerenciamento do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição MANUAL DO USUÁRIO Módulo de gerenciamento do Programa Nacional de

Leia mais

MANUAL DO KIT ON-LINE

MANUAL DO KIT ON-LINE MANUAL DO KIT ON-LINE Criado em: Novembro/2006 Alteração realizada: 15/12/2006 Versão do Manual: 1.0 Alteração realizada: 08/07/2009 Versão do Manual: 2.0 Alteração realizada: 27/01/2010 Versão do Manual:

Leia mais

IVC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EDITORWEB JORNAIS

IVC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EDITORWEB JORNAIS IVC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EDITORWEB JORNAIS Login Após acessar a página do IVC (http://www.ivc.org.br), clicar no link, conforme imagem abaixo: O associado efetuará o acesso ao sistema de digitação,

Leia mais

SUMARIO. - Página 1 / 11

SUMARIO.  - Página 1 / 11 SUMARIO 1 Introdução... 2 2- Benefícios e Vantagens... 2 3 Como utilizar o Banco de Resultados... 2 3.1 Requisitos... 2 3.2 Recursos do Banco de Resultados... 3 3. 2.1 Superior... 3 3.2.1.1 - Opções...

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

versão /10/14

versão /10/14 versão 11.82-16/10/14 ACESSANDO O PORTAL ACADÊMICO Manual do Professor Para acessar o Portal Acadêmico da PUC-SP, digite em seu browser o endereço Será necessário utilizar as informações de login e senha

Leia mais

1 Após realizar login, clique sobre o item de menu [Receptivo] que está localizado no topo da tela.

1 Após realizar login, clique sobre o item de menu [Receptivo] que está localizado no topo da tela. Receptivo Como iniciar um atendimento? 1 Após realizar login, clique sobre o item de menu [Receptivo] que está localizado no topo da tela. 2 O sistema exibirá os quadros de avisos, ocorrências e eventos.

Leia mais

Manual Telemetria - Horímetro

Manual Telemetria - Horímetro Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Telemetria Horímetro... 4 Sensores... 5 Faixas Horímetro... 5 Configura Faixa Sensor... 14 Detalhado Período... 21 Consolidado Dia... 26 Consolidado

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS

MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS Este manual tem o objetivo de orientar o procedimento de cadastro de Produtos. Sempre que se fizer um destes procedimentos, os passos abaixo devem ser seguidos. AS CORES

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Manual do Professor

SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Manual do Professor SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Manual do Professor SISTEMA DE GESTÃO PEDAGÓGICA Versão 1.0 1. Cadastro no sistema - Acesse o sistema pelo endereço: http://www.professor.ms.gov.br. - Clique no link na parte

Leia mais

TUTORIAL Comissão Julgadora Municipal

TUTORIAL Comissão Julgadora Municipal TUTORIAL Comissão Julgadora Municipal Na 4ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, os textos selecionados pela Comissão Julgadora Municipal deverão ser enviados para a etapa estadual

Leia mais

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais...

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais... 1 Sumário 1. Inicializando o Sistema... 3 2. Arquitetura do Sistema... 5 2.1. Menu... 5 2.1.1. Detalhamento do Menu e Submenu... 5 2.2. Barra de Ferramentas... 6 2.2.1. Ações... 6 2.2.2. Crédito Disponível...

Leia mais

Regras Básicas do seu Plano de Benefícios

Regras Básicas do seu Plano de Benefícios Índice Apresentação Inscrição Cancelamento Contribuição Joia Salário-de-Participação Salário-Real-de-Benefício SRB Dos Benefícios Aposentadoria Por Tempo de Contribuição Aposentadoria Por Tempo de Contribuição

Leia mais

Jusprev III V Cálculo do Valor da Causa para benefícios Com Renda Mensal Inicial conhecida

Jusprev III V Cálculo do Valor da Causa para benefícios Com Renda Mensal Inicial conhecida Jusprev III V. 2.3 Cálculo do Valor da Causa para benefícios Com Renda Mensal Inicial conhecida Concessão ou restabelecimento de Aposentadoria por idade rural Concessão ou restabelecimento de Benefício

Leia mais

SALÁRIO DE BENEFÍCIO: ARTS. 31 A 34 DO DECRETO 3048/99 Prof. Andreson Castelucio 1. ITER PARA O CÁLCULO DO BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO 2. CONCEITO DE SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO 3. CONCEITO DE SALÁRIO DE BENEFÍCIO

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3

Sumário INTRODUÇÃO... 3 Sumário Sumário INTRODUÇÃO... 3 REFINANCIAMENTO PRODUTO 85... 4 Passo 1 - Dados de Validação... 4 Código de Segurança CAPTCHA... 5 Consulta Margem... 5 Dados para Refinanciamento... 6 Dados de Financiamento

Leia mais

Manual do Visual Practice

Manual do Visual Practice Manual do Visual Practice Aumento Salarial Esta opção serve para fazer aumento salarial para funcionários ou contribuintes. Lembramos que a alteração salarial irá gerar uma informação de histórico salarial,

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA 1 Índice Pág. Características Técnicas... 3 Atalho Módulo Financeiro... 4 Contas à Pagar... 5 Contas à Receber...

Leia mais

Conheça a nova ferramenta da Amil Proposta Online. amil.com.br

Conheça a nova ferramenta da Amil Proposta Online. amil.com.br Conheça a nova ferramenta da Amil Proposta Online amil.com.br Índice 1. Introdução 2. Como Acessar o Proposta Online 3. Visão Geral 4. Busca por Empresa 5. Nova Simulação 6. Preenchimento de Propostas

Leia mais

Apresentação Procedimentos iniciais Baixas de Títulos... 2

Apresentação Procedimentos iniciais Baixas de Títulos... 2 Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Baixas de Títulos... 2 Apresentação Esta rotina tem como objetivo realizar a baixa de títulos em aberto, de forma manual individualmente ou vários

Leia mais

O cenário hoje é que o sistema Folha Windows trata por completo o Regime Previdenciário do INSS desde relatórios às guias exigidas neste regime.

O cenário hoje é que o sistema Folha Windows trata por completo o Regime Previdenciário do INSS desde relatórios às guias exigidas neste regime. 1 Regime Previdenciário Visão Geral Escopo do produto Muitas empresas sejam elas privadas, estatais ou mistas trabalham com mais de um regime previdenciário. Por exemplo, os empregados celetistas normalmente

Leia mais

Manual do Usuário. 1) Acesse devphpsolucoes.com.br/bphp

Manual do Usuário. 1) Acesse devphpsolucoes.com.br/bphp Manual do Usuário 1) Acesse devphpsolucoes.com.br/bphp 2) Clique em Criar Usuário Caso já tenha um usuário criado, basta entrar com seu login e senha e ir para o item 5. 3) O próximo passo é criar suas

Leia mais

Portal Suprimentos Aperam Cotação Eletrônica. versão 3

Portal Suprimentos Aperam Cotação Eletrônica. versão 3 Portal Suprimentos Aperam Cotação Eletrônica versão 3 1 Menu Acessando o portal de compras Esqueci minha senha Alterando sua senha Atualizando seus dados cadastrais Consultando/respondendo cotação Visualizando

Leia mais

MicroWork Baixa Cartão - GETNET

MicroWork Baixa Cartão - GETNET Considerações Gerais Na versão 6.14 do sistema MicroWork ADICION, foi disponibilizado o módulo MicroWork Baixa Cartão GETNET, onde através do extrato que a GETNET envia aos clientes é possível fazer a

Leia mais

Planejamento Previdenciário

Planejamento Previdenciário Planejamento Previdenciário I. Identificar o que o Cliente precisa e o que você pode oferecer Regime Previdenciário; Contagem do TC; Cálculo; Concessão de Benefício Adm.; Concessão Judicial; Revisão da

Leia mais

Serão listadas as disciplinas de sua responsabilidade no período selecionado

Serão listadas as disciplinas de sua responsabilidade no período selecionado Lançamento de Frequências e Notas 1. Para acessar o SISTEMA ACADÊMICO, abra o navegador Mozilla Firefox ou Google Chrome. 2. Digite na barra de endereços: acadêmico.unemat.br Após aperte a tecla

Leia mais

SAÚDE CONNECT FATURAMENTO ODONTOLOGIA

SAÚDE CONNECT FATURAMENTO ODONTOLOGIA SAÚDE CONNECT 3.010 FATURAMENTO ODONTOLOGIA FATURAMENTO ODONTOLOGIA... 3 1. DIGITAR GUIAS... 3 1.1 GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO... 4 1.2 CONSULTAR OU ALTERAR GUIA... 5 2. LOTE DE GUIAS... 7 2.1 ENVIAR

Leia mais

Manual de Utilização do Webmail v1.1

Manual de Utilização do Webmail v1.1 Manual de Utilização do Webmail v1.1 (mail.ufvjm.edu.br) 1 Sumário Como Fazer o Login...3 Como Alterar a Senha...4 Como Enviar um E-mail...5 Como Criar uma Assinatura de E-mail...11 Como Criar Filtros...13

Leia mais

Manual de Acesso ao SIGEPE

Manual de Acesso ao SIGEPE Manual de Acesso ao SIGEPE Fonte: Decanto de Gestão de Pessoas UnBǁ Elaboração: Divisão de Administração de Pessoal Prezado (a) Servidor (a), O Governo Federal, por meio de seu Ministério do Planejamento,

Leia mais

A tela inicial do Doctor View Web é a própria agenda do profissional.

A tela inicial do Doctor View Web é a própria agenda do profissional. Sumário Agenda... 3 Agendamento... 4 Cadastro... 8 Ficha Paciente... 11 Histórico Clínico... 11 Fotos... 12 Cadastros... 14 Convênio... 14 Grupo... 15 Medicamento... 16 Modelos de Texto... 17 Motivo Agendamento...

Leia mais

Vetor On-line - VOL Manual do Usuário da Plataforma. Versão On-line

Vetor On-line - VOL Manual do Usuário da Plataforma. Versão On-line Vetor On-line - VOL Manual do Usuário da Plataforma Versão On-line Sumário Apresentação da plataforma Vetor On-line (VOL)... 3 1º Acesso... 4 Tela Inicial... 6 Consultando as instruções específicas de

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA SIMULADOR DA COBRANÇA DO USO DA ÁGUA

MANUAL DO SISTEMA SIMULADOR DA COBRANÇA DO USO DA ÁGUA MANUAL DO SISTEMA SIMULADOR DA COBRANÇA DO USO DA ÁGUA LOGIN: Leia o Manual. Para entrar no sistema é preciso cadastrar o usuário e senha. Para se cadastrar é só clicar em cadastre-se e preencher os dados

Leia mais

Centro de Serviços Compartilhados TE. Nome do projeto: Manual GA, Papel Responsável 1/ 11

Centro de Serviços Compartilhados TE. Nome do projeto: Manual GA, Papel Responsável 1/ 11 Manual GA, Papel Responsável / Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Responsável Versão 2.5.3 Manual Gerenciador de Aprendizagem Papel Responsável Manual GA, Papel Responsável 2/ ACESSAR O GERENCIADOR

Leia mais

Sistema de Controle de Correspondências

Sistema de Controle de Correspondências Manual do Usuário Sistema de Controle de Correspondências SISCOR Juizados Especiais Template Versão 1.2 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso... 4 3. Atualização de Correspondências... 5 4. Atualização

Leia mais

SUMÁRIO. Excel

SUMÁRIO. Excel SUMÁRIO CAPÍTULO 1... Iniciando o Excel 2013... 11 Conhecendo a Tela Do Excel...12 Planilha...15 Controlando a Altura da Linha...16 Controlando a Largura da Coluna...18 Abrindo uma Planilha...21 Novo documento...23

Leia mais

Ao selecionar o seu curso, aparecerá a página principal contendo as informações e as atividades disponíveis.

Ao selecionar o seu curso, aparecerá a página principal contendo as informações e as atividades disponíveis. COMO PARTICIPAR DO CURSO Ao selecionar o seu curso, aparecerá a página principal contendo as informações e as atividades disponíveis. Na parte superior da tela há uma barra de navegação que indica sua

Leia mais

Sistema de Pedidos Antilhas

Sistema de Pedidos Antilhas Sistema de Pedidos Antilhas 1. Login 2. Menu Principal 3. Pedidos a. Formulário de pedidos b. Informações Complementares c. Confirmação do Pedido d. Impressão do Pedido 4. Dados Cadastrais 5. Informativos

Leia mais

Sobre a nova minha UFOP

Sobre a nova minha UFOP Sobre a nova minha UFOP A minha UFOP está com um novo visual. Foi criada uma nova interface, mais bonita, ágil e intuitiva para facilitar a utilização de nossos usuários. Esse tutorial visa mostrar as

Leia mais

Para obter informações relativas ao preenchimento da aba Dados do Processo, o usuário deve consultar o Manual de Utilização do sistema PJe-Calc.

Para obter informações relativas ao preenchimento da aba Dados do Processo, o usuário deve consultar o Manual de Utilização do sistema PJe-Calc. 1 de 31 04/04/2016 10:24 PJe-Calc-Tutorial De PJE-Manual Índice 1 Introdução 2 Exemplo 1 2.1 Resolução do Exemplo 1 3 Exemplo 2 3.1 Resolução do Exemplo 2 4 Exemplo 3 4.1 Resolução do Exemplo 3 5 Exemplo

Leia mais

PEDAGÓGICO-PPP? TUTORIAL: COMO FAZER PARA INSERIR O EXTRATO DO PROJETO POLÍTICO

PEDAGÓGICO-PPP? TUTORIAL: COMO FAZER PARA INSERIR O EXTRATO DO PROJETO POLÍTICO TUTORIAL: COMO FAZER PARA INSERIR O EXTRATO DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO-PPP? Para inserir os dados do PPP a escola deverá fazer primeiro o cadastro junto a equipe do sistema e prosseguir pela internet

Leia mais

Este Guia fornece uma visão geral sobre o álbum de fotografias. O envio e ordenação de imagens. Versão

Este Guia fornece uma visão geral sobre o álbum de fotografias. O envio e ordenação de imagens. Versão O site desenvolvido pela SH3 é intuitivo, totalmente gerenciado através de um painel de administração. Nele o usuário responsável será mantenedor de todas as informações e configurações existentes, podendo

Leia mais

Manual de Utilização - FacGTO

Manual de Utilização - FacGTO Manual de Utilização - FacGTO Nesta parte, iremos disponibilizar um manual de utilização do FacGTO. 1 Objetivo: O módulo FacGTO, objetiva simplificar o processo de autorização de tratamentos odontológicos,

Leia mais

MANUAL DO CLIENTE SISTEMA DE AGENDAMENTO ELETRÔNICO SAÚDE OCUPACIONAL

MANUAL DO CLIENTE SISTEMA DE AGENDAMENTO ELETRÔNICO SAÚDE OCUPACIONAL MANUAL DO CLIENTE SISTEMA DE AGENDAMENTO ELETRÔNICO SAÚDE OCUPACIONAL ÍNDICE: A) PARA ACESSAR A PÁGINA DA SAÚDE OCUPACIONAL B) LOGAR A PÁGINA WEB C) REALIZAR UM EXAME ADMISSIONAL D) REALIZAR UM EXAME DEMISSIONAL,

Leia mais

MANUAL DO CILIA MANUAL DO CILIA. Manual Operacional do Cilia - OFICINA CILIAPASS

MANUAL DO CILIA MANUAL DO CILIA. Manual Operacional do Cilia - OFICINA CILIAPASS MANUAL DO CILIA MANUAL DO CILIA Manual Operacional do Cilia - OFICINA CILIAPASS ÍNDICE DO MANUAL 1 TELA: ABRINDO EMAIL CILIAPASS 2 TELA: EM ORÇAMENTAÇÃO - ESCOLHA REGIÃO 3 TELA: EM ORÇAMENTAÇÃO - ESCOLHA

Leia mais

Copyright Padrão ix Sistemas Abertos S/A. Todos os direitos reservados.

Copyright Padrão ix Sistemas Abertos S/A. Todos os direitos reservados. MANUAL DO USUÁRIO Copyright 2000-2017 Padrão ix Sistemas Abertos S/A. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste manual estão sujeitas a alteração sem aviso prévio. Os nomes e dados fornecidos

Leia mais

Tutorial Novo Portal do Aluno

Tutorial Novo Portal do Aluno Projeto: IFMG Instituto Federal Minas Gerais Tutorial Novo Portal do Aluno Login no Portal do Aluno O site para acesso ao portal do aluno é: https://meu.ifmg.edu.br/ No campo usuário e senha devem ser

Leia mais

Junho Utilização do CCS

Junho Utilização do CCS Utilização do CCS Acesso O acesso à tela de login deve ser feito por meio da página principal do Banco Central na internet, www.bcb.gov.br, clicando-se no menu vertical de opções (parte esquerda), em Sistema

Leia mais

Digitação de Nota Fiscal no Portal pelo Fornecedor

Digitação de Nota Fiscal no Portal pelo Fornecedor Digitação de Nota Fiscal no Portal pelo Fornecedor Maio/2016 AGENDA Objetivo Acesso ao Portal Digitação de Nota Fiscal Consultar Nota Fiscal Impactos OBJETIVO Instruir os pontos principais de preenchimento

Leia mais

MÓDULO DE CONTROLE DE COMISSÃO

MÓDULO DE CONTROLE DE COMISSÃO MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Configurações Gerais...2 Configurações para Serviços...2 Configurações para Peças...5 Configurando o Módulo...7 Perfil de Comissões...7 Perfil de Comissão de Veículos...7

Leia mais

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil.

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Diz o art. 48, da Lei 8.213/91: Art. 48. A aposentadoria por idade será devida ao segurado que, cumprida

Leia mais

Como acessar. No site da Biblioteca, na parte inferior clique no logo da Biblioteca Virtual

Como acessar. No site da Biblioteca, na parte inferior clique no logo da Biblioteca Virtual Manual de Uso Como acessar No site da Biblioteca, na parte inferior clique no logo da Biblioteca Virtual Como acessar Após clicar no link da Biblioteca Virtual, o usuário deve digitar seu login e senha

Leia mais

Arquivar Processo. Sistema Módulo Usuários Perfil

Arquivar Processo. Sistema Módulo Usuários Perfil Arquivar Processo Sistema Módulo Usuários Perfil SIPAC Protocolo Todo usuário que possui o perfil Cadastrar Protocolo Gestor de Cadastro de Protocolo Última Atualização 02/12/2010 10:56 Esta funcionalidade

Leia mais

Sumário 1. Perfil Fórum Tarefa Wiki Glossário Mensagem Privada Notas...

Sumário 1. Perfil Fórum Tarefa Wiki Glossário Mensagem Privada Notas... Sumário 1. Perfil... 3 1.1. Modificar Perfil... 3 1.2. Mudar a Senha... 7 2. Fórum... 9 2.1. Adicionar um Novo Tópico ao Fórum... 9 2.2. Responder ao Fórum...12 2.3. Inserção de Link no Fórum...14 2.4.

Leia mais

SISTEMAS JURÍDICOS SAG SISTEMA DE APOIO AOS GABINETES

SISTEMAS JURÍDICOS SAG SISTEMA DE APOIO AOS GABINETES E Recurso Edição De Modelos (Versão 1.1) 04 de Junho de 2012 CONFECÇÕES DE MODELOS DE DESPACHOS E VOTOS A confecção de modelos dos despachos e votos do Gabinete deverá ser o primeiro passo para se utilizar

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12

2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12 1 Sumário 1. Aposentadoria do Professor Concursado...04 2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12 3. Requisitos da Concessão de Aposentadoria...24 Aposentadoria com Integralidade e Paridade...23

Leia mais

Guia para testes Afixinv Demonstração

Guia para testes Afixinv Demonstração Guia para testes Afixinv Demonstração Introdução Esse guia foi criado para auxiliar a demonstração da solução para inventários do Ativo Imobilizado utilizando o aplicativo AfixInv. AfixInv aplicativo para

Leia mais

Reajuste de Preço de Venda pelo Preço do Fabricante

Reajuste de Preço de Venda pelo Preço do Fabricante Reajuste de Preço de Venda pelo Preço do Fabricante Introdução O sistema possibilita diversas opções de recálculo de preços de venda, o Reajuste de Preço de Venda pelo Preço do Fabricante utiliza o preço

Leia mais

Configuração de Juros e Multa na Condição de Pagamento

Configuração de Juros e Multa na Condição de Pagamento Configuração de Juros e Multa na Condição de Pagamento Introdução Para configurar de percentuais de juros e multas para atraso de pagamento, é possível indicar na condição de pagamento os valores que serão

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PROCESSOS E ADMINISTRAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA

SISTEMA DE GESTÃO DE PROCESSOS E ADMINISTRAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA SISTEMA DE GESTÃO DE PROCESSOS E ADMINISTRAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA Sistema de fácil utilização; Flexível e adaptável as necessidades; Aberto desenvolvimento de novas funções, relatórios, consultas;

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves

Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves Índice Manual PCMalote...1 Índice...2 Acesso ao Sistema...3 Cadastros...4 Empresa...4 Assessoria...5 Malotes...7

Leia mais

Manual Fechamento de Caixa. Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização

Manual Fechamento de Caixa. Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização Manual Fechamento de Caixa Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização 07.10.11 O fechamento de caixa é uma opção em que você encerrará os lançamentos financeiros feitos durante o dia e fará a conferência do

Leia mais

Manual do Prestador no Portal Tiss

Manual do Prestador no Portal Tiss Manual do Prestador no Portal Tiss Introdução... 2 Usuário e Senha... 2 Prestador Medico... 2 Prestador Clinica... 3 Guias... 4 Guias Sem Lote... 7 Gerar Lote de XML... 7 Lote Manual... 8 Lote Automático...

Leia mais

Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota

Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota 1. Como emitir Notas Fiscais no Fly e-nota Para emissão de NFS-e, é necessário que o prestador esteja devidamente autorizado a realizar este processo. Após acessar o módulo

Leia mais

O sistema HIPISMO&CO é um sistema para realizar inscrições para eventos de Hipismo.

O sistema HIPISMO&CO é um sistema para realizar inscrições para eventos de Hipismo. O sistema HIPISMO&CO é um sistema para realizar inscrições para eventos de Hipismo. Neste passo-a-passo apresentaremos como ocorre todo o processo, desde o cadastro do usuário no Hipismo&Co, até a inscrição

Leia mais