Introdução ao Film Business com Leonardo Monteiro de Barros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução ao Film Business com Leonardo Monteiro de Barros"

Transcrição

1 CURSO INÉDITO EM SANTA CATARINA Introdução ao Film Business com Leonardo Monteiro de Barros Florianópolis, dias 22 e 23 de Janeiro de 2010

2 INSCRIÇÕES ATÉ 15 de Janeiro de vagas (até 2 profissionais por empresa) Florianópolis, dias 22 e 23 de Janeiro de 2010 Horários: 10h às 13h e 15:30h às 18:30h Local: Circus do Sapiens Parque Avenida Luiz Boiteux Piazza, 1302, Cachoeira do Bom Jesus INVESTIMENTO PÚBLICO-ALVO Produtores, diretores, roteiristas; profissionais de distribuidoras de cinema, vídeo e TV; profissionais de veículos de comunicação; advogados; executivos e empreendedores do setor de comunicação, mídia e entretenimento; estudantes de cinema, administração, direito, publicidade, marketing e comunicação. O curso Introdução ao Film Business se destina a todos aqueles que estão entrando na atividade e não têm ainda experiência ou prática, bem como àqueles com experiência de produção e/ou artística que necessitam compreender o aspecto de negócios da atividade. R$ 400,00 (para associados adimplentes da Cinemateca Catarinense e/ou Santacine). R$ 550,00 (para não associados ou inadimplentes da Cinemateca e/ou Santacine). Inclui: Certificado, Material Didático e Coffee Break. Forma de Pagamento: Depósito em conta corrente. Inscrições: Por Enviar o nome e contatos do participante com a indicação de seu vínculo institucional (Cinemateca e/ou Santacine), acompanhado do comprovante de pagamento da matrícula. Até dia 30/12 terão preferência na inscrição aqueles que haviam confirmado seu interesse previamente. Inscrições através do 2

3 INTRODUÇÃO AO FILM BUSINESS 4 Aulas (carga-horária: 12hs) Professor: Leonardo Monteiro de Barros OBJETIVO O curso é uma introdução ao negócio do cinema, abordando a economia do audiovisual e a repartição das receitas entre os agentes econômicos, as diversas fontes de financiamento e os principais modelos de financiamento existentes no Brasil, EUA e Europa; o orçamento e as fases da produção, os custos da obra e o desenvolvimento de projetos. O conteúdo é totalmente focado nas práticas do mercado nacional e internacional. O curso orienta o(a) aluno(a) a entender o funcionamento e as práticas comerciais do mercado cinematográfico nacional e internacional; a conhecer os mecanismos de financiamento existentes; a interagir com distribuidores, financiadores e exibidores; a preparar estratégias e planos de financiamento; a entender as fases da produção e seus custos e o processo de desenvolvimento de projetos. PROFESSOR Leonardo Monteiro de Barros Produtor de Cinema e TV. Sócio da produtora Conspiração Filmes. Mestre em Administração de Empresas. Executivo com 20 anos de experiência nacional e internacional na indústria do entretenimento. Produtor de filmes como 2 Filhos de Francisco, Eu Tu Eles, O Homem do Ano, Casa de Areia, Redentor, Era uma Vez e da série de TV Mandrake. 3

4 AULA 1 ECONOMIA DO AUDIOVISUAL Entendendo o Mercado e seu Funcionamento Os agentes econômicos da indústria audiovisual e como se repartem as receitas entre eles. O Sequencing e a exploração da obra através das diversas janelas (mídias) e as comissões típicas de distribuição de cada uma. As características econômicas da indústria audiovisual. Calculando a Receita Líquida de Produtor (RLP) da obra. AULA 2 FILM FINANCE I Conhecendo as Fontes de Recursos As principais fontes de recursos para a produção audiovisual: recursos públicos diretos, indiretos e recursos privados. Análise dos principais mecanismos de financiamento existentes no Brasil: Artigo 1º e 1º-A, Artigo 3º e 3º- A, os Funcines, as linhas do Fundo Setorial do Audiovisual; recursos das TVs; Advances e Mínimos Garantidos; Lab deals; Editais; os Prêmios Adicional de Renda (PAR) e Adicional de Qualidade (PAQ); os principais incentivos estaduais e municipais. AULA 3 FILM FINANCE II Os Diversos Modelos de Financiamento Os principais modelos de financiamento existentes no Brasil, nos EUA e na Europa. Como montar uma estratégia e um plano de financiamento para a obra. AULA 4 PRODUÇÃO & DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS Entendendo a Produção e Seus Custos Desenvolvendo Projetos As fases de realização da obra (desenvolvimento, produção e comercialização), suas principais características e seus custos. O orçamento. Os Custos de Produção (Negative Cost) e de Comercialização (P&A). Custos Abovethe-Line e Below-the-Line. O Desenvolvimento de Projetos: Tratamentos, Outlines e Roteiros. Relacionamento com diretores e roteiristas. O Packaging. 4

5 APOIO Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável, FUNCINE, Sapiens Parque e Polemika. INFORMAÇÕES e INSCRIÇÕES: Paulo Maisatto Acompanhe o preenchimento das vagas no link abaixo: EM MARÇO: FILM BUSINESS AVANÇADO! REALIZAÇÃO

CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODAV TVS PÚBLICAS PERGUNTAS FREQUENTES Versão 1.1

CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODAV TVS PÚBLICAS PERGUNTAS FREQUENTES Versão 1.1 CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODAV TVS PÚBLICAS PERGUNTAS FREQUENTES Versão 1.1 1. Onde posso encontrar as chamadas públicas da Linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs Públicas? As Chamadas Públicas

Leia mais

5) Quem pode participar? Empresas distribuidoras brasileiras independentes registradas na ANCINE e nas respectivas Juntas Comerciais.

5) Quem pode participar? Empresas distribuidoras brasileiras independentes registradas na ANCINE e nas respectivas Juntas Comerciais. CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODECINE - 02/2012 Seleção de propostas para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em projetos de aquisição de direitos de obras audiovisuais cinematográficas de

Leia mais

Indústria Audiovisual Como investir? 28/05/2013

Indústria Audiovisual Como investir? 28/05/2013 Indústria Audiovisual Como investir? 28/05/2013 Porque Investir? 20,3 x 4,9 x R$ 540 Milhões 8.340 Postos de Trabalho R$ 26.5 Milhões R$ 113 Milhões 32 filmes investidos e lançados pela RioFilme entre

Leia mais

Perguntas freqüentes - FAQ

Perguntas freqüentes - FAQ Perguntas freqüentes - FAQ CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/FSA PRODECINE 03/2008 COMERCIALIZAÇÃO 1) Como faço para enviar meu projeto? O primeiro passo para inscrever um projeto em qualquer uma das seleções

Leia mais

Fundo Setorial do Audiovisual - FSA. Débora Ivanov Agosto/2014

Fundo Setorial do Audiovisual - FSA. Débora Ivanov Agosto/2014 Fundo Setorial do Audiovisual - FSA Débora Ivanov Agosto/2014 As chamadas - produção, comercialização e desenvolvimento - Chamadas SELETIVO Longas Produção Prodecine 1 Distribuidor Prodecine 2 FSA Produção

Leia mais

5) Quem pode participar? Empresas produtoras brasileiras independentes registradas na ANCINE e nas respectivas Juntas Comerciais.

5) Quem pode participar? Empresas produtoras brasileiras independentes registradas na ANCINE e nas respectivas Juntas Comerciais. CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODAV - 01/2012 Seleção de propostas para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em projetos de produção de obras audiovisuais destinadas ao mercado de televisão

Leia mais

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL.

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. A CLASSE C IDENTIFICA CINEMA, INTERNET E TV POR ASSINATURA COMO

Leia mais

Fontes de Financiamento. Débora Ivanov Agosto/2014

Fontes de Financiamento. Débora Ivanov Agosto/2014 Fontes de Financiamento Débora Ivanov Agosto/2014 Fontes de financiamento Polí:cas públicas Mercado Internacional Federais Locais Indireto/Incen:vos Direto Incen:vos/Direto Ar:go 1 PAR ICMS Co- produções

Leia mais

Os recursos investidos deverão ser aplicados exclusivamente na produção das obras audiovisuais.

Os recursos investidos deverão ser aplicados exclusivamente na produção das obras audiovisuais. CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODECINE - 04/2012 Seleção de propostas para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em projetos de produção de obras audiovisuais cinematográficas de longa-metragem

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/FSA PRODECINE 03/2009

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/FSA PRODECINE 03/2009 CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/FSA PRODECINE 03/2009 Seleção de propostas para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual em projetos de comercialização de obras audiovisuais cinematográficas de longa-metragem

Leia mais

Perguntas freqüentes FAQ

Perguntas freqüentes FAQ Perguntas freqüentes FAQ CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/FSA PRODAV 01/2008 PRODUÇÃO PARA TELEVISÃO 1) Como faço para enviar meu projeto? O primeiro passo para inscrever um projeto em qualquer uma das seleções

Leia mais

CLIPPING. Indústria Audiovisual

CLIPPING. Indústria Audiovisual CLIPPING Indústria Audiovisual 27 de maio de 2013 27/5-19h30 Investimento em cinema é tema de seminário O Comitê de Entretenimento, Esportes e Cultura, dirigido porsteve Solot, e o Subcomitê de Propriedade

Leia mais

a questão das leis de incentivo à cultura

a questão das leis de incentivo à cultura a questão das leis de incentivo à cultura 25/10/2004 Dia 25/10 - das 8h30 às 11h Tema: A questão das leis de incentivo à cultura Palestrante: Gilberto Gil Ministro da Cultura a questão das leis de incentivo

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Conteúdo audiovisual em tempos de convergência tecnológica

Conteúdo audiovisual em tempos de convergência tecnológica Audiência Pública SENADO FEDERAL Brasília, 11 de julho de 2007 Conteúdo audiovisual em tempos de convergência tecnológica APG17 LEOPOLDO NUNES Diretor Slide 1 APG17 ou "na convergência" ou ainda no "cenário

Leia mais

Objetivos da oficina

Objetivos da oficina ifuture expand mind experience O futuro da Comunicação e do Marketing. O que vem agora? Objetivos da oficina Você está preparado para ser um profissional do futuro? A nova Era revela um futuro totalmente

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA BOX BRAZIL Nº 001/2014

CHAMADA PÚBLICA BOX BRAZIL Nº 001/2014 Box Brazil Avenida Ipiranga, nº 6681 Tecnopuc, prédio 99A, 15º andar, sala 1501A - Bairro Partenon Porto Alegre Rio Grande do Sul CEP: 90619-900 Tel.: (55) 51 3021.6161 e-mail: projetos@boxbrazil.tv.br

Leia mais

SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010

SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010 SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010 1 ATRAÇÃO DE RECURSOS ATRAÇÃO DE RECURSOS TRANSFORMAR DESPESA EM INVESTIMENTO A LEI DO ICMS ESTRUTURAÇÃO Superintendência específica Parceria SEFAZ

Leia mais

Regulamento 2015 das Categorias Audio e Cyber CATEGORIA AUDIO

Regulamento 2015 das Categorias Audio e Cyber CATEGORIA AUDIO Regulamento 2015 das Categorias Audio e Cyber CATEGORIA AUDIO A Associação dos Profissionais de Propaganda de Ribeirão Preto, entidade sem fins lucrativos, CNPJ 54164348/0001-43, edita o presente regulamento

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 O Observatório de Favelas torna pública, por meio desta chamada, as normas do processo de seleção de alunos para

Leia mais

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades -----------------------------------------------------

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- 1 - O Evento: O Primeiro Plano 2015 - Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades,

Leia mais

VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO

VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO 1. DO PRÊMIO O Prêmio ANATEC é uma iniciativa da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE PUBLICAÇÕES - ANATEC e é organizado pela GARRIDO MARKETING. O prêmio tem amplitude nacional

Leia mais

5º ENCONTRO DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS

5º ENCONTRO DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS APRESENTAÇÃO O mercado brasileiro de Resíduos da Construção e Demolição (RCD) tem um enorme potencial para crescer, mas ainda é insipiente no Brasil, principalmente pela falta de incentivos fiscais e tributários.

Leia mais

PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AO CURTA-METRAGEM UNIVERSITÁRIO CESGRANRIO E SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AO CURTA-METRAGEM UNIVERSITÁRIO CESGRANRIO E SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AO CURTA-METRAGEM UNIVERSITÁRIO CESGRANRIO E SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO A Fundação Cesgranrio e o Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO E SELEÇÃO DE OBRAS AUDIOVISUAIS BRASILEIRAS

CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO E SELEÇÃO DE OBRAS AUDIOVISUAIS BRASILEIRAS CHAMADA PÚBLICA PARA CADASTRO E SELEÇÃO DE OBRAS AUDIOVISUAIS BRASILEIRAS 1. Sobre a Sétima A SÉTIMA quer ajudar os realizadores, artistas, coletivos de audiovisual, distribuidoras e produtoras, que não

Leia mais

REGULAMENTO DO OBJETIVO

REGULAMENTO DO OBJETIVO REGULAMENTO DO OBJETIVO Art. 1º. O Prêmio Jovem Talento Empreendedor edição 2012 é uma iniciativa da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Julgue os próximos itens, relativos aos processos narrativos e à linguagem cinematográfica. 61 No documentário, legitimou-se o uso de imagens animadas por computadores, desenhadas

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME 1. O PRÊMIO O Prêmio ESTADÃO PME é uma iniciativa pioneira e única do Grupo Estado e tem como objetivos valorizar as melhores histórias de pequenas e médias empresas e estimular

Leia mais

Economia do audiovisual Direito do entretenimento / UERJ / 2011

Economia do audiovisual Direito do entretenimento / UERJ / 2011 Economia do audiovisual Direito do entretenimento / UERJ / 2011 Economia? Economia! Conjunto de a=vidades geradoras de valor > Mercadorias com valor econômico (material) e cultural (simbólico) > Indústria

Leia mais

2º Curso de Tecnologia Cervejeira e Prática Cervejeira SENAI

2º Curso de Tecnologia Cervejeira e Prática Cervejeira SENAI Em Parceria com Lançam em Santa Catarina 2º Curso de Tecnologia Cervejeira e Prática Cervejeira SENAI Modalidade ST IT Evento Técnico Bebidas Apoio Institucional 1 1. OBJETIVO Fornecer aos participantes

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ SECRETARIA MUNICIPAL DA JUVENTUDE E DO TRABALHO

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ SECRETARIA MUNICIPAL DA JUVENTUDE E DO TRABALHO EDITAL DE SELEÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO DE JOVENS NO NÚCLEO DE FORMAÇÃO DE AGENTE CULTURAL DA JUVENTUDE NEGRA NUFAC EDITAL N. 002 /2014 SEJUT Seleção para preenchimento de vagas para as atividades do Núcleo

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS FUNCINE FUNDO MUNICIPAL DE CINEMA

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS FUNCINE FUNDO MUNICIPAL DE CINEMA PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS FUNCINE FUNDO MUNICIPAL DE CINEMA EDITAL FUNCINE Nº 001/2014 VIII PRÊMIO FUNCINE DE PRODUÇÃO AUDIOVISUAL ARMANDO CARREIRÃO - 2014 A Prefeitura Municipal de Florianópolis,

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I.

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I. PROPOSTA DE EDITAL O Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano, fundado aos 09 (nove) dias do mês de Maio de 2007, tendo como objetivo promover o desenvolvimento humano em diversos âmbitos,

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO. Material Mac ou PC: Laptop

PROGRAMA DO CURSO. Material Mac ou PC: Laptop INTRODUÇÃO Music Business: Gestão de Negócios na Indústria da Música Abordagem sobre as oportunidades de negócios da música e a mecânica da cadeia produtiva da indústria da música. Quem é quem; suas funções,

Leia mais

REGULAMENTO Festival Luz de Cinema 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014

REGULAMENTO Festival Luz de Cinema 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014 REGULAMENTO 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014 1 ORGANIZAÇÃO O evento será realizado pela Escola de Comunicação e Artes da Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Leia mais

Acesso Público. Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS

Acesso Público. Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS Acesso Público Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS Sumário Definição e objetivos 4 Comitê 5 Política de aprovação 7 Premissas para seleção 8 Critérios de avaliação

Leia mais

Luciane Gorgulho. Chefe do Dep. de Cultura, Entretenimento e Turismo do BNDES

Luciane Gorgulho. Chefe do Dep. de Cultura, Entretenimento e Turismo do BNDES Chefe do Dep. de Cultura, Entretenimento e Turismo do BNDES Os setores criativos e culturais vão ganhar espaço e o brasil começa a despertar para isso. São setores ambientalmente corretos e servem para

Leia mais

Desafios para a gestão de. produtoras audiovisuais. Erick Krulikowski

Desafios para a gestão de. produtoras audiovisuais. Erick Krulikowski Desafios para a gestão de produtoras audiovisuais Erick Krulikowski Novembro de 2015 Qual o perfil da produtora audiovisual no Brasil? Relatório de pesquisa e mapeamento da REDE AUDIOVISUAL DE BELO HORIZONTE

Leia mais

REGULAMENTO - 1º FESTIVAL DE PUBLICIDADE CESCAGE

REGULAMENTO - 1º FESTIVAL DE PUBLICIDADE CESCAGE REGULAMENTO - 1º FESTIVAL DE PUBLICIDADE CESCAGE 1 PARTICIPANTES O Festival Cescage de Publicidade será realizado no 6 de junho na ACIPG - Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa, das 18h30 às

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE VÍDEO EU QUERO NADAR NO CAPIBARIBE, E VOCÊ?

REGULAMENTO CONCURSO DE VÍDEO EU QUERO NADAR NO CAPIBARIBE, E VOCÊ? REGULAMENTO CONCURSO DE VÍDEO EU QUERO NADAR NO CAPIBARIBE, E VOCÊ? 1. DISPOSIÇÕES GERAIS: 1.1. O concurso de vídeo EU QUERO NADAR NO CAPIBARIBE, E VOCÊ? é uma seletiva de filmes que integra a Janela Internacional

Leia mais

EDITAL N. 25/2010 - AJ

EDITAL N. 25/2010 - AJ EDITAL N. 25/2010 - AJ DISCIPLINA, NO ÂMBITO DA, O PROCESSO DE INSCRIÇÃO PARA O ENCONTRO DE NOVOS SERVIDORES DO CATARINENSE. O Diretor Executivo da Academia Judicial, Desembargador Jaime Ramos, no uso

Leia mais

REGULAMENTO FESTIVAL DE CINEMA ESCOLAR DE ALVORADA-RS. Alvorada - Rio Grande do Sul - Brasil. Professores Proponentes Adailton Moreira André Bozzetti

REGULAMENTO FESTIVAL DE CINEMA ESCOLAR DE ALVORADA-RS. Alvorada - Rio Grande do Sul - Brasil. Professores Proponentes Adailton Moreira André Bozzetti REGULAMENTO FESTIVAL DE CINEMA ESCOLAR DE ALVORADA-RS Alvorada - Rio Grande do Sul - Brasil Professores Proponentes Adailton Moreira André Bozzetti Alvorada, agosto de 2015. Festival de Cinema Escolar

Leia mais

11ª MOSTRA ABD CINE GOIÁS LABORATÓRIO PERMANENTE DE ROTEIROS E PROJETOS ABD-GO 2ª EDIÇÃO

11ª MOSTRA ABD CINE GOIÁS LABORATÓRIO PERMANENTE DE ROTEIROS E PROJETOS ABD-GO 2ª EDIÇÃO 11ª MOSTRA ABD CINE GOIÁS LABORATÓRIO PERMANENTE DE ROTEIROS E PROJETOS ABD-GO 2ª EDIÇÃO REGULAMENTO DATA E LOCAL Artigo 1º O LABORATÓRIO PERMANENTE DE ROTEIROS E PROJETOS ABD- GO 2ª EDIÇÃO ocorrerá simultaneamente

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 Edital n.º 001/2013 - CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, no uso de suas atribuições e de

Leia mais

Pós-Graduação em Produção Audiovisual

Pós-Graduação em Produção Audiovisual Produção Audiovisual Pós-Graduação em Produção Audiovisual Aula Inaugural - 28 de abril de 2015 Aulas aos sábados, das 8h às 15h Valor do curso: R$ 15.698,00 À vista com desconto: R$ 14.913,00 Consultar

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE FOMENTO (SFO)

SUPERINTENDÊNCIA DE FOMENTO (SFO) SUPERINTENDÊNCIA DE FOMENTO (SFO) A Superintendência de Fomento é o setor responsável na ANCINE pela análise, aprovação e acompanhamento dos projetos audiovisuais que pretendem utilizar recursos oriundos

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

MARKETING PARA ENGENHEIROS - PARTE I

MARKETING PARA ENGENHEIROS - PARTE I MARKETING PARA ENGENHEIROS - PARTE I Objetivos Apresentar os conceitos de marketing e sua aplicabilidade nos negócios com foco no ambiente de produção A quem se destina Profissionais, empreendedores e

Leia mais

CURSO Profissional Sommelier de Cervejas

CURSO Profissional Sommelier de Cervejas REALIZAÇÃO PATROCÍNIO CURSO O curso Profissional Sommelier de Cervejas tem como objetivo capacitar o aluno a indicar e sugerir cervejas para o consumo consciente e prazeroso, sugerir harmonizações, elaborar

Leia mais

PROGRAMA BEM RECEBER COPA DO ECOTURISMO E TURISMO DE AVENTURA. ABETA Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura

PROGRAMA BEM RECEBER COPA DO ECOTURISMO E TURISMO DE AVENTURA. ABETA Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura PROGRAMA BEM RECEBER COPA DO ECOTURISMO E TURISMO DE AVENTURA ABETA Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura O PROJETO Convênio n o.724440/2009 Objeto: Qualificação da linha

Leia mais

FAQ (Frequently Asked Questions) PERGUNTAS FREQUENTES

FAQ (Frequently Asked Questions) PERGUNTAS FREQUENTES 1. Onde faço a inscrição dos meus projetos? No site www.oifuturo.org.br. 2. Há alguma forma de fazer inscrição dos projetos por outro meio? Não, somente online. Os anexos não serão aceitos por correio.

Leia mais

REGULAMENTO. CURTA5 I Festival de Curtas-Metragens do Instituto Federal da Bahia - IFBA

REGULAMENTO. CURTA5 I Festival de Curtas-Metragens do Instituto Federal da Bahia - IFBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Eunápolis COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Av. David Jonas Fadini, s/ n, Juca Rosa, Eunápolis BA CEP 45823-431

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

O MANUAL DO PRODUTOR DA ANCINE, publicado em 2005, sofreu algumas alterações em função de novas Instruções Normativas editadas nos últimos meses.

O MANUAL DO PRODUTOR DA ANCINE, publicado em 2005, sofreu algumas alterações em função de novas Instruções Normativas editadas nos últimos meses. O MANUAL DO PRODUTOR DA ANCINE, publicado em 2005, sofreu algumas alterações em função de novas Instruções Normativas editadas nos últimos meses. Estamos preparando a reedição do manual com as alterações.

Leia mais

Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Edital nº 01/13 DTA/STPG/FAAC

Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Edital nº 01/13 DTA/STPG/FAAC Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Edital nº 01/13 DTA/STPG/FAAC A Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho do Câmpus de Bauru,

Leia mais

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba 1 Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo 16º Concurso de Roteiro Capixaba A GALPÃO PRODUÇÕES, empresa privada com sede à Rua Professora Maria Cândida da Silva, nº 115 - Bairro República Vitória - Espírito

Leia mais

MANUAL DO CONTRIBUINTE

MANUAL DO CONTRIBUINTE MANUAL DO CONTRIBUINTE MECANISMOS DE FOMENTO À CULTURA (PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS) Lei Rouanet Lei do Audiovisual Realização APRESENTAÇÃO Este guia tem por objetivo central apresentar às pessoas jurídicas

Leia mais

BrLab. laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil

BrLab. laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil BrLab laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil De 5 a 11 de novembro de 2012 acontece na cidade de São Paulo a nova edição do laboratório de desenvolvimento de projetos no Brasil, o BrLab.

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CONCURSO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O BIRÔ EMPREENDEDOR EDITAL Nº 01/ 2013.2. Secção I Das Disposições Gerais

CONCURSO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O BIRÔ EMPREENDEDOR EDITAL Nº 01/ 2013.2. Secção I Das Disposições Gerais CONCURSO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O BIRÔ EMPREENDEDOR EDITAL Nº 01/ 2013.2 Secção I Das Disposições Gerais Dispõe sobre o concurso para seleção de alunos do curso de administração para o Birô Empreendedor.

Leia mais

Instrução de Serviço para EaD Esesp

Instrução de Serviço para EaD Esesp Instrução de Serviço para EaD Esesp A Diretora Presidente da Esesp, no uso das atribuições que lhe confere a Lei 4.912 de 09 de junho de 1994, reestruturada pela Lei Complementar 333 de 27 de outubro de

Leia mais

10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS. De 04 a 08 de novembro de 2015

10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS. De 04 a 08 de novembro de 2015 10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS De 04 a 08 de novembro de 2015 REGULAMENTO I DA DATA E LOCAL Art. 1º: O 10º ENCONTRO

Leia mais

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO REGULAMENTO Este Regulamento estabelece normas, condições e diretrizes para a realização da II Edição do Prêmio Mulher de Negócios de Caieiras, promovido pela Prefeitura Municipal de Caieiras, Secretaria

Leia mais

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento I PRÊMIO CRIAR FTC O I Prêmio Criar FTC se destina a estimular a técnica e a criatividade na realização dos diversos formatos de propaganda, assim como a valorização dos alunos de todos os semestres e

Leia mais

PORTARIA N o 10, DE 16 DE MARÇO DE 2007 (publicada no DOU de 19/04/2007, seção I, página 78)

PORTARIA N o 10, DE 16 DE MARÇO DE 2007 (publicada no DOU de 19/04/2007, seção I, página 78) PORTARIA N o 10, DE 16 DE MARÇO DE 2007 (publicada no DOU de 19/04/2007, seção I, página 78) A SECRETÁRIA DE ORÇAMENTO FEDERAL, Interina, tendo em vista a autorização constante do art. 62, inciso III,

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO ABOIO DE COMUNICAÇÃO 2015

REGULAMENTO DO PRÊMIO ABOIO DE COMUNICAÇÃO 2015 REGULAMENTO DO PRÊMIO ABOIO DE COMUNICAÇÃO 2015 Só quem labutou com gado, quem ataiou touro brabo e o arrastou pelo rabo, em meio à caatinga ou cerrado, sabe como é encantado o canto desse danado. O Vaqueiro

Leia mais

FILM DIRECTING & PRODUCING Curso intensivo - 50 horas 14-20 Outubro

FILM DIRECTING & PRODUCING Curso intensivo - 50 horas 14-20 Outubro FILM DIRECTING & PRODUCING Curso intensivo - 50 horas 14-20 Outubro O BRAFFTv, em parceria com a Toronto Academy for Film & Television e Omnicom School of Languages, oferece um curso único durante a semana

Leia mais

CURSO: UTILIZANDO SOFTWARE DE ANÁLISE NA BOLSA

CURSO: UTILIZANDO SOFTWARE DE ANÁLISE NA BOLSA CURSO: Florianópolis mar/2009 1. INTRODUÇÃO A Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais APIMEC-SUL é uma entidade civil, sem fins lucrativos, reconhecida como de utilidade

Leia mais

Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva

Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 04 de Junho de 2014 JORNAIS Presente Notícias do Dia Controle seu dinheiro por meio da Contabilidade

Leia mais

APL AUDIOVISUAL. Rio Grande do Sul Porto Alegre e Região Metropolitana

APL AUDIOVISUAL. Rio Grande do Sul Porto Alegre e Região Metropolitana APL AUDIOVISUAL Rio Grande do Sul Porto Alegre e Região Metropolitana Articulação Setorial no RS até a conformação em APL Fundacine A Fundação Cinema RS - FUNDACINE, possui 15 anos de atuação, criada com

Leia mais

PRÊMIO DE DESIGN E PUBLICIDADE E PROPAGANDA UNIARA CATEGORIA PROFISSIONAL

PRÊMIO DE DESIGN E PUBLICIDADE E PROPAGANDA UNIARA CATEGORIA PROFISSIONAL Na categoria PROFISSIONAL, podem ser inscritos trabalhos produzidos para clientes e veiculados até 12 meses antes da inscrição. Artigo 1º dos participantes Podem participar as agências de publicidade de

Leia mais

10º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO

10º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 10º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 1. DO PRÊMIO Há uma década, o Prêmio MASTERINSTAL vem contribuindo para ampliar a visibilidade e o posicionamento da atividade no mercado nacional. O conjunto das melhores

Leia mais

Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos

Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos A LDUARTE ENGENHARIA, em parceria com a EXECUT Consultoria & Treinamentos, traz a Salvador, Aracaju e Fortaleza o curso Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos. Este curso tem como pilares

Leia mais

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Módulo 2: Leis de incentivo André Fonseca Santo André / maio 2009 Pronac Programa Nacional de Apoio à Cultura (1991) estabeleceu três mecanismos de

Leia mais

Regulamento PRÊMIO ACAERT DE RÁDIO E TELEVISÃO 2013

Regulamento PRÊMIO ACAERT DE RÁDIO E TELEVISÃO 2013 Regulamento PRÊMIO ACAERT DE RÁDIO E TELEVISÃO 2013 Conceito O Prêmio ACAERT de Rádio e Televisão é uma realização da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão. O objetivo da premiação é

Leia mais

Mercado Audiovisual no Brasil

Mercado Audiovisual no Brasil Mercado Audiovisual no Brasil Cinema Cinema Sobre o Cinema Nacional Ciclo de crescimento: produção nacional vem ocupando o mercado de forma continuada e consistente; Público de filmes brasileiros em 2009:

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial.

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial. www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial.html Cursos de extensão presencial A Extensão é a ação

Leia mais

PLANEJAMENTO PESQUISA PERSISTÊNCIA DESEJO DISCIPLINA SONHO EMPREENDEDORISMO ARRISCAR APROVEITAR OPORTUNIDADES MÉTODO INEDITISMO FOCO DIFERENCIAÇÃO

PLANEJAMENTO PESQUISA PERSISTÊNCIA DESEJO DISCIPLINA SONHO EMPREENDEDORISMO ARRISCAR APROVEITAR OPORTUNIDADES MÉTODO INEDITISMO FOCO DIFERENCIAÇÃO 1 Kzuka PLANEJAMENTO DESEJO PESQUISA PERSISTÊNCIA SONHO DISCIPLINA EMPREENDEDORISMO ARRISCAR VS MÉTODO APROVEITAR OPORTUNIDADES FOCO INEDITISMO DIFERENCIAÇÃO 2 Agenda Kzuka 3 Análise do Mercado Jovem Divisão

Leia mais

REGULAMENTO do Prêmio Griô na Escola, na Internet e na TV Concurso de propostas de realização de vídeos, registros audiovisuais e oficinas

REGULAMENTO do Prêmio Griô na Escola, na Internet e na TV Concurso de propostas de realização de vídeos, registros audiovisuais e oficinas REGULAMENTO do Prêmio Griô na Escola, na Internet e na TV Concurso de propostas de realização de vídeos, registros audiovisuais e oficinas 1. O Concurso e seus objetivos 1.1. O Prêmio Griô na Escola, na

Leia mais

Área Industrial Dezembro/2013 nº 31. O BNDES e a economia da cultura

Área Industrial Dezembro/2013 nº 31. O BNDES e a economia da cultura Informe Setorial Área Industrial Dezembro/213 nº 31 2ª Edição Fevereiro/214 O BNDES e a economia da cultura O início da atuação do BNDES na economia da cultura remonta ao ano de 199, quando, com um enfoque

Leia mais

Regulamento do Concurso Cultural de produção de Curtas da Edição 2014 do Projeto CURTA NA EDUCAÇÃO: Curta Direitos Humanos na Educação. 1.

Regulamento do Concurso Cultural de produção de Curtas da Edição 2014 do Projeto CURTA NA EDUCAÇÃO: Curta Direitos Humanos na Educação. 1. Regulamento do Concurso Cultural de produção de Curtas da Edição 2014 do Projeto CURTA NA EDUCAÇÃO: Curta Direitos Humanos na Educação. 1. O Concurso de produção de Curtas para a Edição Temática 2014 do

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Modalidade Semipresencial EDITAL DE SELEÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Modalidade Semipresencial EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Modalidade Semipresencial EDITAL DE SELEÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

I FESTIVAL DE CINEMA DE CARUARU REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL

I FESTIVAL DE CINEMA DE CARUARU REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL I. DAS FINALIDADES O é um espaço de difusão dos elementos culturais locais. Está em sintonia com o desenvolvimento econômico e acadêmico de Caruaru e região nas últimas décadas

Leia mais

7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS

7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS 1 7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS De 07 a 11 de novembro de 2012 Floriano - PI REGULAMENTO

Leia mais

9º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS MINISTÉRIO DA CULTURA

9º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS MINISTÉRIO DA CULTURA 9º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS MINISTÉRIO DA CULTURA De 05 a 09 de novembro de 2014 Floriano/PI e Barão de Grajaú/MA

Leia mais

Eixo 3: Distribuição de Conteúdos

Eixo 3: Distribuição de Conteúdos : Distribuição de Conteúdos Criação de um órgão responsavel pela assessoria e planejamento de projetos de distribuição de conteúdos culturais. Criação de polos de distribuição da produção cultural por

Leia mais

Grupo Educacional UNIS - MG

Grupo Educacional UNIS - MG 1º CONCURSO NEUNIS DE PLANOS DE NEGÓCIO PARA UNIVERSITÁRIOS 2014 1 REALIZAÇÃO: UNIS/MG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O Concurso NEUNIS de Planos de Negócio para Universitários é uma iniciativa

Leia mais

Curso Avançado em Controle Interno Municipal a Distância

Curso Avançado em Controle Interno Municipal a Distância Informações sobre Curso Avançado em Controle Interno Municipal a Distância Sua prefeitura não pode ficar de fora e os servidores municipais também COMO SUA ENTIDADE PARTICIPA DO CURSO? Assinando e devolvendo

Leia mais

RÁDIO E TELEVISÃO DA UNICAMP (PÓS-PRODUÇÃO) Processo nº 30P-23187/2015

RÁDIO E TELEVISÃO DA UNICAMP (PÓS-PRODUÇÃO) Processo nº 30P-23187/2015 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (RÁDIO, TV E MULTIMÍDIA, JORNALISMO, MIDIALOGIA, OU PUBLICIDADE E PROPAGANDA) RÁDIO E TELEVISÃO DA UNICAMP (PÓS-PRODUÇÃO) Processo

Leia mais

1. OBJETO Este regulamento define e torna públicas as regras gerais da Seleção Pública do Petrobras Cultural 2012.

1. OBJETO Este regulamento define e torna públicas as regras gerais da Seleção Pública do Petrobras Cultural 2012. PETROBRAS CULTURAL EDIÇÃO 2012 SELEÇÃO PÚBLICA: REGULAMENTO GERAL 1. OBJETO Este regulamento define e torna públicas as regras gerais da Seleção Pública do Petrobras Cultural 2012. São objetivos da Seleção

Leia mais

CONCURSO SEMANA DO MEIO AMBIENTE UFSC COMO POSSO CONTRIBUIR PARA A SUSTENTABILIDADE NA UFSC?

CONCURSO SEMANA DO MEIO AMBIENTE UFSC COMO POSSO CONTRIBUIR PARA A SUSTENTABILIDADE NA UFSC? CONCURSO SEMANA DO MEIO AMBIENTE UFSC COMO POSSO CONTRIBUIR PARA A SUSTENTABILIDADE NA UFSC? TÍTULO I - Da Caracterização Art. 1º. O Concurso SEMANA DO MEIO AMBIENTE UFSC é uma promoção da Coordenadoria

Leia mais