O FACEBOOK COMO TRANSFORMADOR DE PRÁTICAS SOCIAIS: DIÁLOGOS ENTRE INTERAÇÃO E ENSINO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O FACEBOOK COMO TRANSFORMADOR DE PRÁTICAS SOCIAIS: DIÁLOGOS ENTRE INTERAÇÃO E ENSINO"

Transcrição

1 O FACEBOOK COMO TRANSFORMADOR DE PRÁTICAS SOCIAIS: DIÁLOGOS ENTRE INTERAÇÃO E ENSINO Fernando da Silva Negreiros Ullisses Fonseca de Carvalho Crespo (G - CLCA- UENP/CJ) Luiz Antonio Xavier Dias (Orientador - CLCA-UENP/CJ) RESUMO Em decorrência do avanço dos meios de comunicação de massa, como TV e internet, muitos gêneros textuais e suportes transformaram-se em outros, o que Koch & Elias (2011) denominou de intergenericidade intergêneros, um gênero compartilhando características com outro. Por meio das redes sociais, as distâncias ficaram menores, em um clique pode-se interagir virtualmente com outros que estão a quilômetros. Tendo em vista algumas pressuposições acima, resolvemos nesta pesquisa mobilizar o suporte facebook, como grande detentor e transformador de muitos gêneros. Tal suporte é um espaço virtual de muita interação, entretenimento que pode funcionar como elo entre comunicação e ensino. A partir desses apontamentos o trabalho em tela visa observar a relevância desta rede social como meio de interação e transporte de várias práticas pedagógicas. O suporte teórico da pesquisa ancora-se prioritariamente em Marcuschi (2008), Costa (2009, 2005) e Koch & Elias ( INTRODUÇÃO Por causa do avanço das telecomunicações e da internet, alguns gêneros textuais e suportes entraram em declínio. Por causa desse avanço tecnológico, as pessoas nunca estiveram tão próximas umas das outras, mesmo quando a distância física é muito grande. E nesse contexto de globalização da informação e principalmente das relações humanas, esse trabalho visa apresentar a função dele dentro desse contexto mostrando a história; características em termos da aparência e interface de uso; seus aplicativos e as funções dos mesmos; o tipo de linguagem utilizada; os gêneros textuais que se manifestam e os temas que são recorrentes nos diálogos do Facebook. 1.1 CARCTERÍSTICAS DO FACEBOOK Atualmente, o Facebook é a maior rede social do mundo com 845 milhões de usuários ativos. E por ter tantas pessoas utilizando, ele é uma ótima ferramenta de venda de cotas de 637

2 propaganda e entre outros meios de captação de capital, sendo assim uma das empresas que mais faturam no mundo com um lucro mensal de 3,71 bilhões de dólares. Como toda rede social, seus participantes podem colocar fotos, interesses pessoais, trocar mensagens com amigos, conversar como se fosse um chat, participar de uma comunidade de amigos e entre outras coisas que podem ser feitas em uma rede social. Enfim o Facebook é uma excelente ferramenta para manter laços com pessoas que já se conhece, conhecer novas pessoas e fazer novos amigos. O objetivo de toda rede social é justamente sociabilizar, ou seja, juntar uma coisa com outra, através de características em comum, e esse juntar fatalmente torna essas coisas conhecidas. E como o objetivo de uma rede social é conhecer e ser conhecido, então em uma rede social uma pessoa deve colocar informações pessoais que julgar necessárias como: nome, lugar onde trabalha, do que gosta, personalidade, interesses, o que anda fazendo da vida e entre outras. E para atender a esse objetivo de conhecer e tornar-se conhecido o Facebook disponibiliza várias ferramentas que permitem postar fotos, informações pessoais, conversar, enviar vídeo, enviar som, compartilhar conteúdos online em anexo, enfim através do Facebook se comunicar fica mais fácil e amplo em possibilidades. 1.2 CONTEXTO HISTÓRICO O Facebook foi criado por Mark Zukerberg, Eduardo Saverin, Dustin Moskovits e Chris Hughes em fevereiro de 2004 para que graduandos da universidade norte-americana de Harvard pudessem se integrar. Mas no mesmo ano, em abril, o Facebook foi expandido para outras universidades próximas a Harvard. Em 2005, o Facebook é aberto para estudantes universitários do resto dos Estados Unidos e de outras universidades ao redor do mundo, além de estudantes do ensino médio e primário norte-americanos. Por fim em 2007 o Facebook foi aberto para qualquer pessoa ao redor do mundo poder participar. Desde a criação dele em 2004, ele vem apresentando uma taxa de crescimento constante, e vem sempre se modernizando com a criação de novos aplicativos e repaginadas na sua interface para melhorar a aparência e a funcionalidade na hora de usar. 638

3 E por estar sempre se atualizando, e consequentemente se mantendo como a maior rede social do mundo, o Facebook, antes de 2012, recebeu várias propostas de compra, mas a única que foi aceita foi à venda de 1,5% das ações da empresa para a Microsoft. No ano de 2012, Mark Zuckerberg colocou ações do Facebook na bolsa de valores Nasdaq, sua cotação estava acima das expectativas de valorização, e nesse ano também o Facebook se tornou a maior rede social do Brasil ultrapassando o Orkut. 2 DA CARTA AO FACEBOOK Antes da criação da internet, seus suportes e gêneros textuais existiam gêneros textuais escritos manualmente ou impressos. E nesses gêneros existem os formais e os informais. O uso formal da linguagem escrita pode ser usado na área jurídica, para os negócios, para escrever romances e entre outros gêneros nessas e em outras áreas de atuação que necessitam de uma linguagem mais formal. A linguagem informal escrita costumava ser utilizada em cartas intimas para familiares e amigos, e elas eram enviadas pelo correio até o destinatário. E essa era uma das poucas maneiras de uma pessoa se comunicar com outra que estava distante, mas com a popularização da telefonia e da internet a carta ficou sem função na sociedade, portanto sendo praticamente condenada ao desaparecimento. E para substituir a carta foram criados vários gêneros textuais e suportes na internet para substitui-la. Os principais foram os endereços eletrônicos ( ) e as redes sociais. No caso das redes sociais, mais especificamente o Facebook, existe o domínio de uma linguagem muito informal, pois ele é um dos substitutos da carta. Através dele as pessoas podem se comunicar, postar informações de como estão e comentar sobre algum acontecimento tanto a nível global quanto ao da vida alheia. Por tanto a nova experiência de comunicação via Facebook se tornou muito mais complexa e uma experiência muito mais rica do que a carta. 2.1 INTERNETÊS Por se tratar de um ambiente bastante informal e descontraído, o Facebook não necessita de um uso formal da língua. A exemplo de outros ambientes da internet que utilizam a linguagem informal, o Facebook também se apropria do internetês. 639

4 Ele é utilizado em gêneros textuais da internet que não exigem um uso mais formal da língua, e nele a norma padrão da língua vai ser modificada de modo a deixar o uso da linguagem mais simples e instintivo. E essa modificação da norma padrão funciona de várias maneiras: A primeira é através de uma diminuição do tamanho da palavra ou uma expressão por uma diminuição no número de letras. Exemplos: por que, porque, por quê, porquê = pq e que = q e você = vc. E essa redução no número de letras acontece para deixar a escrita mais rápida para que um recado seja passado mais rápido ou no caso de uma conversa em algum chat a conversa fica mais dinâmica. A segunda é o que a gramática normativa chama de erros de grafia, mas esses erros, geralmente, não alteram o sentido do que a pessoa queria escrever, apesar de serem erros, o fato de ocorrerem ou não é irrelevante, por se tratar de um ambiente informal. E eles acontecem por desconhecimento da norma culta ou para descontrair quem está lendo. E para esse tipo de erro o céu é o limite, e eles vão desde erros de acentuação até barbarismos. A terceira são os neologismos. Por se tratar de um ambiente muito informal, o Facebook permite a criação dessas novas palavras, porque durante os diálogos na internet as pessoas, muitas vezes, não encontram no próprio vocabulário uma palavra perfeita para descrever o que pensam ou o que estão sentindo, e, também uma pessoa pode criar um neologismo no Facebook para simplesmente divertir quem está lendo. E por esses motivos os usuários naturalmente vão criar essas palavras. A quarta é um tipo de modificação da grafia que a pessoa escreve como se fala, e por se tratar de um ambiente de diálogos e conversações, o Facebook tem uma tendência natural de oralizar a linguagem numa tentativa de aproximar um interlocutor do outro, e essa aproximação tem como objetivo suprir a falta da presença física do interlocutor no dialogo. Exemplos: o jantar = a janta, entortar = intortar, pedreiro = pedrero e mesmo = memo. A quinta é o uso de gírias para se expressar. Elas são amplamente utilizadas em gêneros textuais que permitem o uso da linguagem informal. Elas são usadas em abundancia por todas as pessoas independente de classe social ou qualquer outra diferença que possa existir entre elas, e as gírias vão somar ao vocabulário de determinado grupo social. E o internetês por também fazer uso da linguagem informal ele também se apropria das gírias para 640

5 substituir termos complicados por outros mais simples e para descontrair. Exemplo: dedoduro, busão e fanfarrão. 3 GÊNEROS TEXTUAIS PRESENTES NO FACEBOOK O Facebook por ser um suporte de gêneros textuais que facilita os relacionamentos online, portanto foram escolhidos alguns dos principais gêneros textuais para ilustrar melhor o funcionamento do facebook em suas funções comunicativas. Então foram escolhidos o chat, a publicidade, a piada, recado e anedota a título de exemplificação. 3.1 RECADO O recado é um gênero muito utilizado no dia-a-dia quando pessoas querem fixar informações em algum lugar para uma pessoa que não está presente ali no momento, mas que estará para ler o recado fixado no suporte num momento em que o autor do recado não estiver ali presente ou o recado pode ser levado até a pessoa O recado por, geralmente, ser usado quando acontece alguma situação, a qual não foi possível prever anteriormente e a pessoa não está próximo para contar-lhe isso, então salvo algumas exceções de pessoas precavidas que deixam um suporte específico a mão para deixar recados, as pessoas geralmente improvisam algum suporte que originalmente foi planejado para outra função como: as folhas de um caderno que originalmente são planejadas para fazer anotações de uma aula, porém podem ser arrancadas e deixadas em algum lugar visível com algum recado dentro e também temos a lousa que é planejada como um auxílio à aula expositiva, mas que pode ser usado para o professor deixar um recado para os alunos ou o contrário. Não existem somente suportes incidentais existem, também os específicos para recados como, por exemplo, os pequenos quadros brancos magnéticos que as pessoas costumam grudar na porta da geladeira das casas para deixar recados. Por seu conteúdo curto e escrito de maneira muito objetiva o recado pode ser deixado no mural e vai cumprir a sua função de passar a informação do conteúdo para uma ou mais pessoas, porém o alcance do recado no Facebook é muito grande, pois por mais que as contas tenham um caráter individual, o conteúdo pode ser visto por todas as pessoas que abrirem o perfil do usuário. 641

6 3.2 PIADA E ANEDOTA Costa (2009. p.31) define anedota como: Fatos curiosos ou jocosos que acontecem à margem dos eventos mais importantes de uma determinada personagem ou passagens históricas. Por extensão de sentido, narrativa breve de um fato engraçado ou picante sobre pessoas públicas de uma comunidade. E Costa (2009. p. 166) também trás a seguinte definição para piada: Gênero de funcionamento tipicamente anônimo, a piada se caracteriza por ser uma história curta de final surpreendente, às vezes picante ou obscena, contada para provocar risos. De temática variadíssima (preconceitos sexualidade, racismo, etnias, etc. instituições profissões, etc.), as piadas refletem e refratam a sociedade... (COSTA, p. 166) Segundo essas definições de piada e anedota, podemos depreender que ambas querem causar o riso, porém as anedotas são histórias pouco conhecidas que se passam com pessoas reais, enquanto as piadas usam generalizações, nacionalidades e nomes muito comuns em determinados idiomas como personagens de suas histórias, e também as piadas vão ter um final surpreendente. Por se tratar de um suporte bastante informal, o Facebook permite que seus usuários compartilhem esses dois gêneros textuais com outras pessoas. Para isso elas podem postar esses dois gêneros através da escrita ou colocar a parte escrita mais imagens para auxiliar na construção do sentido desses gêneros. Geralmente as pessoas ouvem essas piadas de outras pessoas, veem na internet em sites especializados ou veem no Facebook de outras pessoas e passam para o próprio. E por esse caráter divertido das anedotas e das piadas, elas são responsáveis por boa parte das publicações que acontecem no Facebook 3.3 CHAT Além de poder postar informações pessoais, fotos, deixar recados, mensagens e entre outros recursos, o Facebook também tem a opção do chat para os usuários poderem conversar em tempo real com outros usuários. 642

7 Costa (2008) apresenta a seguinte definição para chat: Conversa/ conversação (v.) informal teclada em tempo real através da internet, portanto, virtual. Caracteriza-se como uma escrita abreviada, sincopada, parecida com a escrita escolar inicial. Os usuários usam um código discursivo complexo (alfabético, semiótico, logográfico), em que simultaneamente misturam alfabeto tradicional, caretinhas, scripts, etc. para conversar teclando, portanto escrevendo. Usam abreviações, síncopes e outros recursos (alongamentos, caixa alta, etc.). Trata-se de um novo código discursivo e cultural, espontaneamente construído, que se caracteriza como um conjunto de recursos icônicos, semióticos, logográficos, tipográficos, e telemáticos. Partindo do princípio que o Facebook é um site de relacionamento entre pessoas que visa à congregação das mesmas, então o gênero textual chat não poderia ficar de fora do Facebook, pois através dele pessoas de qualquer lugar do mundo podem se comunicar em tempo real realizando muito mais do que uma simples troca de informação, mas uma troca constante e dinâmica de informações como se os usuários estivessem conversando pessoalmente. Como boa parte dos usuários ao redor do mundo têm Facebook, então não é mais necessário usar outros chats, sites de bate-papo e entre outros programas, porque é muito mais fácil centralizar a vida social virtual toda dentro do Facebook que tem vários gêneros textuais e ferramentas que substituem todos os outros sites de relacionamento, chat, rede social. 3.4 ANÚNCIO PUBLICITÁRIO E DIVULGAÇÃO DE SERVIÇOS E PRODUTOS A principal fonte de renda do site são os anúncios publicitários que grandes empresas pagam grandes somas em dinheiro para colocar nas partes laterais da interface de uso do Facebook. Costa (2008) faz as seguintes considerações: Notícia ou aviso por meio do qual se divulga algo ao público, ou seja, a criação de alguma mensagem de propaganda com objetivos comerciais, institucionais, políticos, culturais, religiosos, etc. Como publicidade, trata-se de uma mensagem que procura transmitir ao público, por meio de recursos técnicos, multissemióticos, e através dos veículos de comunicação, as qualidades e os eventuais benefícios de determinada marca, produto, serviço ou instituição. Os anúncios podem circular em vários meios de comunicação e suportes: imprensa escrita, falada, televisiva, e internética, faixas, outdoors, autos (carros, ônibus, trens...), listas telefônicas, bâners, luminosos, letreiros, painéis, etc. 643

8 Dentro dessa definição além dos tradicionais anúncios de grandes empresas temos outra modalidade de anúncios que podem ser colocados no Facebook que são os anúncios dos usuários. Nesses anúncios as pessoas que tem micro e pequenas empresas podem postar fotos da empresas e dos produtos e as pessoas podem curtir e compartilhar e é um bom meio de fazer propaganda de forma gratuita e que atinja a um público local. E os usuários que não tem empresa para fazer propaganda elas podem anunciar outras coisas como: um cachorrinho que desapareceu, campanha contra políticos, campanha de caridade, coisas que aconteceram ou que o usuário fez e entre outras coisas que os usuários podem anunciar. O site também oferece uma área na página voltada para tal gênero, mas também os usuários fazem o uso do mesmo para divulgarem entre si através de fotos ou publicações escritas serviços, produtos, festas e eventos, por meio de seu mural, atingindo todas as pessoas conectadas diretamente, tornando o Facebook um meio de divulgação grátis, muito eficaz e fácil de ser utilizado. 3.5 PRÁTICAS DE ENSINO NA SALA DE AULA Nas escolas existe uma forte resistência por parte dos alunos com relação a aprender a norma culta da língua portuguesa, pois eles acham-na muito difícil de ser assimilada e pensam que é algo totalmente fora de sua realidade, portanto sendo algo totalmente inútil em suas vidas. E essa maneira de pensar do aluno com relação à língua resulta não só em uma resistência, mas também em um desinteresse e uma má vontade muito grande com relação ao aprendizado de língua portuguesa. E para piorar a situação a metodologia utilizada é a mesma de décadas e séculos atrás, que trás um ensino de gramática, antigo, antiquado e totalmente descontextualizado com as práticas sociocomunicativas e quando são trabalhadas leituras e produções de textos tanto a escrita quanto as interpretações são feitos em um nível superficial, isso quando não dão um modelo de interpretação e produção de texto já pronto para o aluno trabalhar. Como uma maneira de a escola fazer um ensino mais compatível com as exigências da contemporaneidade, tem sido desenvolvida pesquisa científica no sentido de criar novas práticas escolares para trabalhar os mesmos aspectos da língua, mas com gêneros textuais e suportes que estão presentes na escola ou no dia-a-dia do aluno de maneira que ele trabalhe 644

9 com esses gêneros com a máxima naturalidade, pois eles são compatíveis com a realidade do aluno. Nessa perspectiva de aproximar o aluno ao ensino de língua portuguesa e transformalo em um sujeito letrado, então um suporte que tem um ótimo potencial para isso é o Facebook, pois uma porcentagem muito grande dos adolescentes em idade escolar têm conta no Facebook, e essa porcentagem é sempre maior em regiões em que o acesso à internet é maior. Por isso se o professor propusesse atividades em sala de aula na perspectiva de o Facebook ser usado como plano de fundo para o ensino de língua portuguesa tanto em seus aspectos literários como nos linguísticos, os alunos provavelmente teriam maior interesse, pois para um adolescente usar o Facebook já se tornou uma rotina, então não vai existir um estranhamento se uma atividade for proposta utilizando-se dessa ferramenta. O Facebook por ter vários gêneros textuais, e por consequência proporciona uma variedade muito grande de maneiras de se relacionar com a língua, desse modo, o professor pode trabalhar com as teorias dos gêneros textuais de modo a ensinar-lhes aspectos como: forma composicional, estilo, conteúdo, função, sequencia tipológicas, e entre outros, de modo a maximizar o aproveitamento de cada um dos recursos e gêneros textuais do Facebook e até mesmo em outros usos fora do Facebook, pois o aluno vai perceber que os conhecimentos que ele obteve, também podem ser aplicados em outros contextos de uso da língua. Ele também pode ser usado para as práticas tradicionais de interpretação de texto e ensino da gramática. Essas práticas podem ser aplicadas fazendo um paralelo entre norma culta e as outras variedades linguísticas existentes no Brasil, porque o Facebook é utilizado em todo o país, e o professor pode recortar conversas de outras pessoas de outras regiões do Brasil e trazer isso para a sala de aula e mostrar as semelhanças e diferenças entre esses usos da linguagem de forma a mostrar, que o Facebook é um lugar muito diverso em experiências linguísticas e também eliminar aquele mito que o Bagno (2009) discorre sobre o absurdo de se dizer que o Brasil é unificado linguisticamente. 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS Com a elaboração desse artigo pode-se perceber que o Facebook não surgiu do nada, nesse meio tempo teve toda uma sucessão e evolução de nascimento, transformação e morte 645

10 de vários gêneros textuais e suportes até chegar ao Facebook que atualmente é um dos suportes existentes que melhor cumpre a função de unir as pessoas através da comunicação, porque ele tem muitos recursos que permitem mandar recados, dialogar, contar uma história e entre outros gêneros textuais que se utilizam de uma linguagem informal, também compartilhada por outros suportes da internet, e essa linguagem compartilhada chamaram-na de internetês, e por todos esses recursos existentes, o Facebook se tornou a maior rede social do mundo criando novas possibilidades de aproximar pessoas de todo o mundo. 5 REFERÊNCIAS COSTA, Sérgio Roberto. Dicionário de gêneros textuais. 2ª ed. Belo Horizonte: Autentica Editora, BAGNO, Marcos. Preconceito Linguístico. 52ª edição. São Paulo: Edições Loyola, FACEBOOK. Disponível em: <www.infoescola.com/internet/historia-do-facebook/>acesso em: 6 de setembro de KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender os sentidos do texto 3. ed., São Paulo: Contexto, Para citar este artigo: CRESPO, Ullisses Fonseca de Carvalho; NEGREIROS, Fernando da Silva. O Facebook como transformador de práticas sociais: diálogos entre interação e ensino. In: IX SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA SÓLETRAS - Estudos Linguísticos e Literários Anais... UENP Universidade Estadual do Norte do Paraná Centro de Letras, Comunicação e Artes. Jacarezinho, ISSN p

ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS CHOCANTES : QUANDO O DESVIO LEXICAL CAUSA O EFEITO CONTRÁRIO

ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS CHOCANTES : QUANDO O DESVIO LEXICAL CAUSA O EFEITO CONTRÁRIO ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS CHOCANTES : QUANDO O DESVIO LEXICAL CAUSA O EFEITO CONTRÁRIO 1 INTRODUÇÃO Dulcinéia de Castro Viana Fernando da Silva Negreiros Lays Cristina Fragate Natalia Lamino Camilo Ulisses

Leia mais

A sala virtual de aprendizagem

A sala virtual de aprendizagem A sala virtual de aprendizagem Os módulos dos cursos a distância da Faculdade Integrada da Grande Fortaleza decorrem em sala virtual de aprendizagem que utiliza o ambiente de suporte para ensino-aprendizagem

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

Figura 18. LL, v. 1, p. 142.

Figura 18. LL, v. 1, p. 142. 85 Cartão Escolha uma pessoa de que [sic] você goste para mandar um cartão feito por você. Antes prepare o texto escrevendo o que é amigo para você. Acrescente mais algumas frases, se desejar. Passe o

Leia mais

Trabalho realizado por: André Jesus, nº 41783. Bárbara Ferreira, nº 42006. Iris Duarte, nº 37385. Docente: Fernando Carrapiço

Trabalho realizado por: André Jesus, nº 41783. Bárbara Ferreira, nº 42006. Iris Duarte, nº 37385. Docente: Fernando Carrapiço Trabalho realizado por: André Jesus, nº 41783 Bárbara Ferreira, nº 42006 Iris Duarte, nº 37385 Docente: Fernando Carrapiço Unidade Curricular: Projeto Multimédia Esta recensão foi redigida sob as regras

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA http://www.fgf.edu.br Sala Virtual TelEduc O TelEduc é um ambiente virtual desenvolvido Unicamp para apoiar professores

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

INTERNET, HIPERTEXTO E GÊNEROS DIGITAIS: NOVAS POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO Elaine Vasquez Ferreira de Araujo (UNIGRANRIO) elainevasquez@ig.com.

INTERNET, HIPERTEXTO E GÊNEROS DIGITAIS: NOVAS POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO Elaine Vasquez Ferreira de Araujo (UNIGRANRIO) elainevasquez@ig.com. INTERNET, HIPERTEXTO E GÊNEROS DIGITAIS: NOVAS POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO Elaine Vasquez Ferreira de Araujo (UNIGRANRIO) elainevasquez@ig.com.br 1. Introdução A rede mundial tem permitido novas práticas

Leia mais

FAQ REGISTRO DE INTERAÇÕES

FAQ REGISTRO DE INTERAÇÕES Sumário 1. O que são interações?... 3 2. Posso registrar uma interação com um parceiro?... 3 3. Posso registrar interações para empresas?... 3 4. Quando converso informalmente com um cliente, parceiro

Leia mais

O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA

O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA Fernanda Mara Cruz (SEED/PR-PG-UFF) Introdução Os processos de ensinar e aprender estão a cada dia mais inovadores e com a presença de uma grande variedade

Leia mais

Teste de Usabilidade BEEQO. Data Versão do wireframe Descrição

Teste de Usabilidade BEEQO. Data Versão do wireframe Descrição BEEQO Teste de Usabilidade Data Versão do wireframe Descrição 21/03/2012 1.1 Entender o comportamento do usuário com a interface proposta e avaliar os principais problemas de usabilidade. Página 1 de 8

Leia mais

Criando presença com as páginas do Facebook

Criando presença com as páginas do Facebook Páginas do 1 Criando presença com as páginas do Sua Página Todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo acessam o para se conectar com amigos e compartilhar coisas que gostam. Este guia foi desenvolvido

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA MARÇO 2013 Expectativas de Aprendizagem de Língua Portuguesa dos anos iniciais do Ensino Fundamental 1º ao 5º ano Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO Fevereiro 2016 A MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO O que mais incomoda no discurso/posição que a mulher

Leia mais

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni Plataforma NetAula Ambiente Aluno Prof. Alexandre Moroni Acessando o site do CEULJI http://www.ulbrajp.edu.br/site/ Acessando o Autoatendimento Entrar com Login e Senha - ENTER Acessando NETAULA Plataforma

Leia mais

Facebook. Daniel Mendes. Mauriverti da Silva Junior

Facebook. Daniel Mendes. Mauriverti da Silva Junior UNIOESTE Universidade Estadual do Oeste do Paraná CCET - CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Facebook Daniel Mendes

Leia mais

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem...

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 08 Edição do Perfil... 10 Ambiente Colaborar... 11 Iniciando

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 07 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 09 Edição do Perfil... 12 Acessando as Atividades... 14 Iniciando o Semestre...

Leia mais

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA Guia Prático Sistema EAD PRO-CREA Educação a Distância (EAD) Conheça a seguir algumas dicas de Netiqueta para uma convivência sociável e boas maneiras na web. Sugerimos fazer um teste para saber como você

Leia mais

Alfabetização e Letramento

Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento Material Teórico A Escrita no Processo de Alfabetização Responsável pelo Conteúdo e Revisor Textual: Profª. Ms Denise Jarcovis Pianheri Unidade A Escrita no Processo de Alfabetização

Leia mais

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL A nossa meta é envolver alunos e professores num processo de capacitação no uso de ferramentas tecnológicas. Para isto, mostraremos ao professor como trabalhar as suas disciplinas (matemática, português,

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Neologismos no Facebook: o ensino do léxico a partir das redes sociais

Neologismos no Facebook: o ensino do léxico a partir das redes sociais Neologismos no Facebook: o ensino do léxico a partir das redes sociais Renise Cristina Santos (UFMG) 1 Introdução Este trabalho apresenta dados parciais da pesquisa de mestrado que está sendo desenvolvida

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Educação a Distância Definições

Educação a Distância Definições Educação a Distância Definições Educação a distância é o processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente; Visa a interação

Leia mais

Mídia Kit. http://www.grupovirtuous.com.br. Última atualização: 09/10/2014

Mídia Kit. http://www.grupovirtuous.com.br. Última atualização: 09/10/2014 Mídia Kit http://www.grupovirtuous.com.br Última atualização: 09/10/2014 Sobre a Virtuous O Grupo Virtuous atua no segmento educacional, desenvolvendo portais com conteúdos gratuitos e abertos à comunidade,

Leia mais

Guia do Aluno. Campo Grande MS

Guia do Aluno. Campo Grande MS 2015 Guia do Aluno Campo Grande MS Sumário Acesso ao Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA)... 2 Acesso ao curso... 3 Acesso aos Módulos... 4 Acesso às disciplinas... 5 Trilha de Aprendizagem...

Leia mais

Jornalismo Interativo

Jornalismo Interativo Jornalismo Interativo Antes da invenção da WWW, a rede era utilizada para divulgação de informações direcionados a públicos muito específicos e funcionavam através da distribuição de e-mails e boletins.

Leia mais

ENSINO DE GRAMÁTICA OU ANÁLISE LINGUÍSTICA? SERÁ QUE ESSA ESCOLHA É NECESSÁRIA?

ENSINO DE GRAMÁTICA OU ANÁLISE LINGUÍSTICA? SERÁ QUE ESSA ESCOLHA É NECESSÁRIA? 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( x ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA ENSINO DE

Leia mais

GetResponse para usuários internacionais

GetResponse para usuários internacionais Guia rápido sobre... GetResponse para usuários internacionais Neste guia... GetResponse facilita a comunicação internacional. Saiba como criar mensagens em vários idiomas usando caracteres internacionais.

Leia mais

Segmentação Inteligente: como utilizá-la

Segmentação Inteligente: como utilizá-la Segmentação Inteligente: como utilizá-la SEGMENTAÇÃO INTELIGENTE: COMO UTILIZÁ-LA O que você acha de chegar a uma loja e ter todos os produtos que mais deseja separados exclusivamente para você, com todas

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

PROJETO: ESCOLA DIGITAL

PROJETO: ESCOLA DIGITAL GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA E.E.F.M. MARIA EDILCE DIAS FERNANDES. PROJETO: ESCOLA DIGITAL PÚBLICO ALVO: Ensino Fundamental: 20 Alunos do 8º ano; 24 do 9º ano Ensino Médio:

Leia mais

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais)

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais) PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA Ensino Fundamental (séries finais) O Clickideia é um portal educacional (www.clickideia.com.br), desenvolvido com o apoio do CNPq e da UNICAMP, que apresenta conteúdos didáticos

Leia mais

Usando Ferramentas de Busca

Usando Ferramentas de Busca Web Marketing Usando Ferramentas de Busca Marcelo Silveira Novatec Editora Ltda. www.novateceditora.com.br 1 Conhecendo o cenário de pesquisas na Internet Este capítulo apresenta uma visão geral sobre

Leia mais

Criar Newsletters. Guia rápido sobre...

Criar Newsletters. Guia rápido sobre... Guia rápido sobre... Criar Newsletters Neste guia... Saiba como criar atrativas newsletters em texto simples ou HTML para captar a atenção de seus contatos e ir ao encontro de seus interesses e expectativas.

Leia mais

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS Kelly Cristina de Oliveira 1, Júlio César Pereira 1. 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil kristhinasi@gmail.com,

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

Histórias, Redes Sociais e Memória

Histórias, Redes Sociais e Memória Histórias, Redes Sociais e Memória h.d.mabuse "A capacidade de lembrar o que já se viveu ou aprendeu e relacionar isso com a situação presente é o mais importante mecanismo de constituição e preservação

Leia mais

Grupo Projeção. Portal Acadêmico. - Ambiente do Aluno -

Grupo Projeção. Portal Acadêmico. - Ambiente do Aluno - Grupo Projeção Portal Acadêmico - Ambiente do Aluno - Março / 2011 1 Índice Apresentando o Portal Acadêmico: Ambiente do Aluno... 3 Iniciando no ambiente do Aluno... 4 Meu Perfil... 6 Avisos... 6 Processos

Leia mais

Future School Idiomas

Future School Idiomas Future School Idiomas Sumário Quem somos... pag 2 Sobre o curso... pag 3 Sobre a aula... pag 4 Vantagens em se fazer nosso curso on line... pag 5 Objetivo do curso... pag 6 Como entrar na sala de aula...

Leia mais

Entre em contato com a Masterix e agende uma reunião para conhecer melhor o SMGC.

Entre em contato com a Masterix e agende uma reunião para conhecer melhor o SMGC. Conheça melhor os sistemas Masterix: O que é SMGC? O Sistema Masterix de Gestão de Conteúdo é um conjunto de ferramentas de atualização dinâmica que permitem aos nossos clientes o abastecimento e atualização

Leia mais

GUIA PRA TICO DO ALUNO

GUIA PRA TICO DO ALUNO GUIA PRA TICO DO ALUNO Sistema de Avaliação, Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA e Portal ÚNICO Guia prático e de conhecimento do Sistema de Avaliação, utilização das ferramentas tecnológicas Ambiente

Leia mais

MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** RESUMO

MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** RESUMO MATEMÁTICA Ellen Hertzog ** O TWITTER COMO FERRAMENTA DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE RESUMO Este artigo trata da utilização do Twitter como uma ferramenta de ensino e aprendizagem de Matemática. A experiência

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA

7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA 7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA O que é uma campanha eletrônica? EM MARKETING POLÍTICO... CAMPANHA ELETRÔNICA Refere-se ao uso das ferramentas de e-marketing e das possibilidades disponíveis na web 2.0 para

Leia mais

Fóruns em Moodle (1.6.5+)

Fóruns em Moodle (1.6.5+) (1.6.5+) Ficha Técnica Título Fóruns em Moodle Autor Athail Rangel Pulino Filho Copyright Creative Commons Edição Agosto 2007 Athail Rangel Pulino 2 Índice O que são Fóruns 4 Criando um fórum 5 Nome do

Leia mais

Richard Portela Site:fullweb.com.br. Facebook para Empresa

Richard Portela Site:fullweb.com.br. Facebook para Empresa Richard Portela Site:fullweb.com.br Facebook para Empresa Índice 1º Introdução 2º Construir uma página 3º Conquistar e engajar fãs 4º Amplificar sua comunicação 5º Case 6º Mensurar Porque o Facebook -

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA 1

SEQUÊNCIA DIDÁTICA UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA 1 SEQUÊNCIA DIDÁTICA UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA 1 QUEIROZ, Antônia Márcia Duarte Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais- IFSULDEMINAS Universidade

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima.

Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público. Alexia Melo. Clebin Quirino. Michel Brasil. Gracielle Fonseca. Rafaela Lima. Rede Jovem de Cidadania, programa de TV de Acesso público Alexia Melo Clebin Quirino Michel Brasil Gracielle Fonseca Rafaela Lima Satiro Saone O projeto Rede Jovem de Cidadania é uma iniciativa da Associação

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento de Dados

Módulo 4: Gerenciamento de Dados Módulo 4: Gerenciamento de Dados 1 1. CONCEITOS Os dados são um recurso organizacional decisivo que precisa ser administrado como outros importantes ativos das empresas. A maioria das organizações não

Leia mais

FORMAS DE COMUNICAÇÃO

FORMAS DE COMUNICAÇÃO FORMAS DE COMUNICAÇÃO Surdocegos usam diferentes formas de comunicação. As formas utilizadas por cada pessoa vai depender do grau de perda sensorial (visão/audição) e da capacidade de utilizar a forma

Leia mais

AULA 6.2 Conteúdo: Suportes de gêneros contemporâneos / Redes Sociais INTERATIVIDADE FINAL LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

AULA 6.2 Conteúdo: Suportes de gêneros contemporâneos / Redes Sociais INTERATIVIDADE FINAL LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA 6.2 Conteúdo: Suportes de gêneros contemporâneos / Redes Sociais Habilidades: Distinguir os gêneros de linguagem cibernética e apropriar-se dessas ferramentas de mídias sociais. REVISÃO O Internetês Grafolinguística:

Leia mais

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular.

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular. Trabalha de Conclusão do Curso Educação a Distância : Um Novo Olhar Para a Educação - Formação de Professores/Tutores em EaD pelo Portal Somática Educar Ferramentas de informações e comunicações e as interações

Leia mais

UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL

UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL Título do artigo: UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL Disciplina: Alfabetização Selecionadora: Beatriz Gouveia 16ª Edição do

Leia mais

RESUMOS DE PROJETOS... 1202 RELATOS DE EXPERIÊNCIA... 1205 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 1207

RESUMOS DE PROJETOS... 1202 RELATOS DE EXPERIÊNCIA... 1205 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 1207 1201 RESUMOS DE PROJETOS... 1202 RELATOS DE EXPERIÊNCIA... 1205 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 1207 1202 RESUMOS DE PROJETOS ENSINO, APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM LETRAS: IDENTIDADES E CRENÇAS

Leia mais

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes.

Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Celebre este natal e ano novo junto aos seus amigos e familiares distantes. Receba fotos e mensagens deles na TV de sua casa em tempo real e sem custo, não se preocupe mais com a distância! A festa será

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes REDES SOCIAIS Prof. Thiago Arantes - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Como usar o. Como usar o Facebook para melhorar meu Negócio?

Como usar o. Como usar o Facebook para melhorar meu Negócio? Como usar o Facebook para melhorar meu Negócio? O que é o Facebook? É uma rede social que permite conectar-se com amigos, familiares e conhecidos para trocar informações como fotografias, artigos, vídeos

Leia mais

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias 4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias Copyright 2014 por Mindbank Publicado por: Mindbank Autor: Matheus Beirão Primeira edição: Maio de 2014 Todos os direitos reservados. Nenhuma

Leia mais

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET

O IMPACTO SOCIAL DA INTERNET O IMPACTO SOCIAL DA Miguel Gomes da Costa Junior Rede de milhões de computadores de todo o mundo interligados por linhas telefônicas, fibra ótica e satélites. Poderosa fonte de informação e comunicação

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E Unidade III TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Prof. Me. Eduardo Fernando Mendes Google: um mundo de oportunidades Os conteúdos abordados neste modulo são: Google: Um mundo de oportunidades;

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

GÍRIA, UMA ALIADA AO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTRANGEIROS Emerson Salino (PUC-SP) lpsalino@uol.com.br João Hilton (PUC/SP)

GÍRIA, UMA ALIADA AO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTRANGEIROS Emerson Salino (PUC-SP) lpsalino@uol.com.br João Hilton (PUC/SP) GÍRIA, UMA ALIADA AO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTRANGEIROS Emerson Salino (PUC-SP) lpsalino@uol.com.br João Hilton (PUC/SP) RESUMO A língua sofre constantemente uma invasão de novos vocábulos que

Leia mais

Internet que dá tudo por Cabo Verde. Dá tudo por Cabo Verde

Internet que dá tudo por Cabo Verde. Dá tudo por Cabo Verde mundo sapo a Internet que dá tudo por Cabo Verde Dá tudo por Cabo Verde A Internet que dá tudo por Cabo Verde Tudo por Cabo Verde Sociedade da informação, pioneirismo e inovação No teni tudu!!! Informação

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem 2.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, abordaremos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que será utilizado no curso: o Moodle. Serão

Leia mais

Introdução ao GetResponse

Introdução ao GetResponse Guia rápido sobre... Introdução ao GetResponse Neste guia... Aprenda a construir sua lista, a criar envolventes e-mails e a converter contatos em clientes em GetResponse, com acesso aos melhores recursos

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B Mídias sociais como apoio aos negócios B2B A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil!

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Implemente esses 3 passos para obter resultados fantásticos no Inglês! The Meridian, 4 Copthall House, Station Square, Coventry, Este material pode ser redistribuído,

Leia mais

[conectando vozes ao mundo]

[conectando vozes ao mundo] [conectando vozes ao mundo] »VOJO [ AMPLIANDO VOZES PELO BRASIL ] O Instituto Mídia Étnica, em parceria com o Center for Civic Media, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), vem desenvolvendo o

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

Centro Digital Aula 1

Centro Digital Aula 1 Centro Digital Aula 1 A oficina de Criação de website visa capacitar o aluno a criar e hospedar uma página simples na internet, com moldes predeterminados para divulgação de seu negócio. A internet surgiu

Leia mais

E-books. Guia para Facebook Ads. Sebrae

E-books. Guia para Facebook Ads. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia para Facebook Ads Por que investir no facebook Ads? Tipos de anúncios Como funciona o sistema de pagamentos Criando anúncios Métricas Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO

Leia mais

UM PRODUTO EDUCATIVO PARA FAZER EDUCAÇÃO AMBIENTAL

UM PRODUTO EDUCATIVO PARA FAZER EDUCAÇÃO AMBIENTAL UM PRODUTO EDUCATIVO PARA FAZER EDUCAÇÃO AMBIENTAL Se, na verdade, não estou no mundo para simplesmente a ele me adaptar, mas para transformá-lo [...] devo usar toda possibilidade que tenha para não apenas

Leia mais

Configurações de Campanha

Configurações de Campanha Guia rápido sobre... Configurações de Campanha Neste guia... Aprenda a criar campanhas e a ajustar as configurações para otimizar os resultados. Índice 1. Criar Nova Campanha! 4 1.1 Dar um nome à campanha!

Leia mais

USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM

USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM Introdução USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM Paula Priscila Gomes do Nascimento Pina EEEFM José Soares de Carvalho EEEFM Agenor Clemente dos Santos paulapgnascimento@yahoo.com.br

Leia mais

Aula 8 Conversação e rede social na web

Aula 8 Conversação e rede social na web Aula 8 Conversação e rede social na web Aula 8 Conversação e rede social na web Meta Apresentar um programa de voz sobre IP (VoIP), o Skype, e fazer uma breve introdução ao mundo das redes sociais online,

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

Unidade 3 Como escrever uma carta

Unidade 3 Como escrever uma carta UNIDADE 3 Inicialmente, é preciso destacar dois tipos básicos de carta. O primeiro é a correspondência oficial e comercial, que nos é enviada pelos poderes políticos ou por empresas privadas (comunicações

Leia mais