Faculdade de Direito Milton Campos Centro de Extensão / Comissão de Pesquisa Curso de Graduação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade de Direito Milton Campos Centro de Extensão / Comissão de Pesquisa Curso de Graduação"

Transcrição

1 Faculdade de Direito Milton Campos Centro de Extensão / Comissão de Pesquisa Curso de Graduação DIREITO PENAL E TEORIA DA PENA Projeto de pesquisa apresentado como requisito parcial para o desenvolvimento de linha de iniciação científica na Faculdade de Direito Milton Campos. Linha de pesquisa: As ciências penais e a efetividade dos direitos fundamentais no Estado Democrático de Direito Professor coordenador da linha de pesquisa: Professor-Doutor (Livre docente): Marcos Afonso de Souza Projeto individual de pesquisa: Direito Penal e Teoria da Pena. Professor coordenador deste projeto individual de pesquisa: Professora Ms. Ana Paula Araújo Ribeiro Diniz Nova Lima 1º Semestre de 2009

2 2 Faculdade de Direito Milton Campos Centro de Extensão / Comissão de Pesquisa Curso de Graduação DIREITO PENAL E TEORIA DA PENA Projeto de pesquisa apresentado como requisito parcial para o desenvolvimento de linha de iniciação científica na Faculdade de Direito Milton Campos. Linha de pesquisa: As ciências penais e a efetividade dos direitos fundamentais no Estado Democrático de Direito Professor coordenador da linha de pesquisa: Professor-Doutor (Livre docente): Marcos Afonso de Souza Projeto individual de pesquisa: Direito Penal e Teoria da Pena. Professor coordenador deste projeto individual de pesquisa: Professora Ms. Ana Paula Araújo Ribeiro Diniz Nova Lima 1º Semestre de 2009

3 3 Sumário I Tema problema, p. 4. II Justificativa, p.5 III Objetivos da pesquisa, p 6. IV Marco teórico p. 7. V Cronograma p. 8. VI Referências Bibliográficas p.9 Anexo ao projeto: sugestão de temas para pesquisa e monografias, p. 12.

4 4 I TEMA PROBLEMA A pena existe desde que vivemos num mundo civilizado e desde que passaram a existir primeiras ações delituosas. No fim deste milênio, no que respeita à discussão sobre a finalidade, a natureza e a aplicação das penas, concluímos que não se chegou a uma solução satisfatória a respeito deste grande problema que atinge os homens. Nos deparamos com questionamentos que já existiam há séculos e que continuam latentes na atualidade. Por isso, mister trazer à discussão as reais finalidades das penas, sua natureza jurídica, suas limitações, críticas, sua forma de execução, a fim de responder a alguns questionamentos recorrentes: as penas têm função retributiva? As penas ressocializam? Quais são os limites da prevenção? O que vem a ser prevenção geral positiva e negativa? A que a pena se destina? Qual a relação entre a aplicação da pena e os sistemas de política criminal? Nesse aspecto qual a relação entre o Direito Penal e a criminologia? Qual a relação entre a aplicação da pena e a criminalidade? Sabemos que o modelo legal posto não atende aos reclames sociais, sobretudo quando nos deparamos com uma criminalidade cada vez mais violenta e sem controle e com a esperança exagerada de que o Direito Penal através da previsão de suas penas é capaz de solucionar. A prevenção do delito suscita inevitavelmente o problema dos meios ou instrumentos a ser utilizados, assim como dos custos desta prevenção. O controle eficaz da criminalidade não justifica o emprego de todo e qualquer tipo de método. Prevenir significa intervir na raiz do problema criminal, neutralizando suas causas. Esse é o problema que se pretende enfrentar.

5 5 II JUSTIFICATIVA Sabe-se que as normas jurídicas foram criadas para atender às necessidades do homem com a finalidade de possibilitar e assegurar a vida em sociedade. Embora seja a lei a manifestação da vontade estatal, esta só é legítima quando exprime a vontade social. Assim, toda norma deve ser interpretada segundo seu real sentido e finalidade. Sendo assim, discute-se a respeito da existência das sanções penais, desde a mais longínqua Antiguidade, tão logo começaram a surgir as primeiras manifestações delituosas. A pena privativa de liberdade em particular, como cediço, chegou ao seu ocaso, devendo ser mantida apenas para casos extremos, de maior gravidade. Diante dessa incontestável realidade, é mister encontrar soluções outras para o sistema penal. Daí a escolha do tema Direito Penal e Teoria da Pena para ser objeto de estudo neste projeto. O estudo acerca das sanções no Direito Penal sempre despertou e ainda desperta grande interesse, sobretudo quando se trata de implementar a busca de alternativas e substitutivos para a o sistema de penas ai posto. Desta forma, e por se entender que ainda existem questões não suficientemente tratadas, pretende-se elaborar um estudo sistematizando a matéria esparsamente escrita, amealhando a respeito dela novas questões e, de conseqüência, novos conhecimentos. Para tanto, é necessário estudar o verdadeiro significado e abrangência das penas para sepultar a obsoleta idéia de que toda e qualquer espécie de crime deve ser punida com pena privativa de liberdade rigorosa, como muitos ainda compreendem. Lado outro, é necessário deixar claro qual é o real papel social das penas face à sua função social. A prevenção do delito implica em ações positivas e contribuições solidárias que neutralizem as situações carenciais. Somente reestruturando a convivência de uma forma eficaz entre os membros de uma sociedade é que se pode esperar resultados satisfatórios quanto à tão esperada prevenção do crime. Uma prevenção puramente negativa ou até mesmo policial, baseada numa compensação repressiva do mal, carece de efetividade Diante da extensão do tema, não é intuito deste estudo exauri-lo. Pretende-se aqui trazer à luz questões emblemáticas e ainda não solucionadas sobre as penas.

6 6 III OBJETIVOS O objetivo geral desta linha de pesquisa é provocar, através de diversas abordagens temáticas, um maior conhecimento e conscientização crítica sobre as penas e sua real função social, além das suas limitações práticas e teóricas. São objetivos específicos: definir o conceito de pena; sua natureza jurídica; definir quais são suas reais finalidades; discutir as suas espécies (críticas, soluções, modificações); entender a necessidade de uma urgente modificação legislativa; conceituar direitos e os deveres dos presos; analisar as espécies de penas previstas no Direito Penal brasileiro; definir o campo de atuação da política criminal e da criminologia; analisar a prevenção positiva e negativa; analisar os meios de controle da criminalidade hoje existente

7 7 IV - MARCO TEÓRICO Serão estudadas várias obras e sua utilização será diluída no corpo do trabalho, sendo que as fundamentais serão: Questões Fundamentais do Direito Penal Revisitadas, de JORGE DE FIGUEIREDO DIAS, Criminologia, de LUIZ FÁVIO GOMES e ANTÔNIO GARCÍA PABLOS DE MOLINA, Introducción a La Criminologia y al Derecho Penal, de WINFRIED HASSEMER e FRANCISCO MUÑOZ CONDE, dentre outros.

8 8 V CRONOGRAMA O presente projeto de pesquisa obedecerá a um plano de trabalho que será: a descrição por quadro ou por tópicos da proposta de calendário para o desenvolvimento das atividades de pesquisa, com definição da data final e forma de apresentação dos resultados. Além disso, esse plano de trabalho sofrerá adaptações ao longo do tempo de acordo com as necessidades e mudanças que acaso ocorram.

9 9 VI - REFERÊNCIAS BLIBLIOGRÁFICAS ALBERGARIA, Jason. Comentários à Lei de Execução Penal. Aide RJ 1987 ARAÚJO JÚNIOR, João Marcello. Os Grandes Movimentos da Política Criminal de Nosso Tempo Aspectos. Forense RJ BATISTA, Nilo. Introdução crítica ao direito penal brasileiro. 4 ed. Rio de Janeiro: Revan, BECCARIA, Cesare. Dos Delitos e das Penas. Tradução de: Torrieri Guimarães. São Paulo: Hermus,1983. BIANCHINI, Alice. Pressupostos materiais mínimos da tutela penal. São Paulo: Revista dos Tribunais, BITENCOURT, Cezar Roberto. Falência da pena de prisão. Causas e alternativas. Saraiva SP 2001.Novas penas alternativas. Saraiva SP Juizados Especiais Criminais e alternativas à pena de prisão. Livraria do Advogado - Porto Alegre 1997 BITTAR, Eduardo C. B. Metodologia da pesquisa jurídica: teoria e prática da monografia para os cursos de direito. São Paulo: Saraiva, CARVALHO, Salo de. Pena e garantias. 2 ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Lumen Júris, CERNICHIARO, Luiz Vicente e COSTA JÚNIOR, Paulo José. Direito Penal na Constituição. RT SP DIAS, Jorge de Figueiredo. Questões fundamentais do direito penal revisitadas. São Paulo: Revista dos Tribunais, DOTTI, René Ariel. Bases alternativas para o sistema de penas. Revista dos Tribunais SP 1998

10 10 D URSO, Luiz Flávio Borges. Direito Criminal na Atualidade. Atlas SP 1999 FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir. Vozes RJ 1999 GALVÃO, Fernando. Direito Penal. Parte Geral. Del Rey BH GOMES, Luiz Flávio. Penas e medidas alternativas à prisão. Revista dos Tribunais SP 1999 GOMES, Luiz Flávio; GARCIA-PABLOS DE MOLINA, Antônio. Criminologia. 3. Ed. (revista atualizada e ampliada). São Paulo: Revista dos Tribunais, HASSEMER. Winfried; MUÑOZ CONDE, Francisco. Introducción a La Criminologia y ao Derecho Penal. Valência: Tirant Lo Blanck, JAKOBS, Gunther. A imputação objetiva no direito penal. Trad. André Luís Callegari. São Paulo: Revista dos Tribunais, Fundamentos do direito penal. Trad. André Luís Callegari. São Paulo: Revista dos Tribunais, JESCHECK. Hans Heinrich. Tratado de derecho penal. Trad. de Santiago Mir Puig e Francisco Munõz Conde. Barcelona: Bosch, v I. LUISI, Luiz. Os princípios constitucionais penais. 2 ed. rev. e aum. Porto Alegre: SAFe, MIR PUIG, Santiago. Derecho penal; parte general. 7 ed. Montividéu/Buenos Aires: Júlio César Faira Editor, PIRES, Ariosvaldo de Campos. Compêndio de Direito Penal. Forense RJ 1973 REALE JÚNIOR, Miguel. Novos Rumos do Sistema Criminal. Forense RJ 1983 SP 2000 ROXIN, Claus. Problemas fundamentais de direito penal. Tradução de Ana Paula dos Santos Luís Natscheradetz. 2. ed. Lisboa: Vega, 1993.

11 11 SALES. Sheila Jorge Selim de. Escritos de direito penal. Belo Horizonte: Movimento Editorial da Faculdade de Direito da UFMG, TAVARES, Juarez. Teorias do delito: variações e tendências. São Paulo: Revista dos Tribunais, Teoria do injusto penal. Belo Horizonte: Del Rey, TOLEDO, Francisco de Assis. Princípios básicos de direito penal. 5 ed. São Paulo: Saraiva, VON LISZT, Franz. Tratado de direito penal. Tomos I e II. Tradução de José Higino Duarte Pereira. Campinas: Russel, WESSELS, Johannes. Direito penal; parte geral. Porto Alegre: SAFE, Trad. Juarez Tavares. ZAFFARONI, Eugênio Raúl. Em busca das penas perdidas. 3 ed. Trad. Vânia Romano Pedrosa e Amir Lopes da Conceição. Rio de Janeiro: Revan, ZAFFARONI, Eugênio Raúl e PIERANGELI, José Henrique. Manual de direito penal brasileiro. Parte Geral. Revista dos Tribunais SP

12 12 PROPOSTAS DE TEMAS PARA PESQUISA E MONOGRAFIA. 1) Os sistemas Penais: a escolha do sistema progressivo 2) Estudo acerca das penas substitutivas; 3) Da prestação pecuniária e da perda de bens: constitucionalidade; 4) A Crise no sistema carcerário: soluções e sugestões 5) Histórico e evolução das penas; 6) Prevenção Geral Positiva e Negativa, ressocialização e o Movimento da Lei e da Ordem; 7) Da execução Penal: críticas; 8) Das Escolas penais; 9) Do concurso de Crimes e aplicação da pena; 10) Limite de penas no Brasil; 11) Penas perpétuas e de morte: constitucionalidade.; 12) Penas Pecuniárias;

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Penal II Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA A prática do crime

Leia mais

13 QUEIROZ, P. Direito penal: introdução crítica. São Paulo: Saraiva, 2001. 14. Direito penal: parte geral. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005. p.

13 QUEIROZ, P. Direito penal: introdução crítica. São Paulo: Saraiva, 2001. 14. Direito penal: parte geral. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005. p. 6 Referências bibliográficas 1 FALCONI, R. Lineamentos de direito penal. 2. ed. São Paulo: Cone, 1997. p. 23-43. 2 MACHADO, H. B. Estudos de direito penal tributário. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2002. 3 MACHADO,

Leia mais

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar que o aluno tome conhecimento do conceito, das finalidades e da importância do Direito Penal.

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar que o aluno tome conhecimento do conceito, das finalidades e da importância do Direito Penal. DISCIPLINA: Direito Penal I SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR112 1. EMENTA: Propedêutica Penal. Relação do Direito Penal com outras ciências: a criminologia

Leia mais

PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre

PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre DISCIPLINA: Direito Penal I CH total: 36h PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR012 1. EMENTA: Propedêutica

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR121 1. EMENTA: Princípios atinentes às penas e às medidas de segurança. Tratamento penal

Leia mais

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar ao aluno contato com toda a teoria do delito, com todos os elementos que integram o crime.

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar ao aluno contato com toda a teoria do delito, com todos os elementos que integram o crime. DISCIPLINA: Direito Penal II SEMESTRE DE ESTUDO: 3º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR118 1. EMENTA: Teoria Geral do Crime. Sujeitos da ação típica. Da Tipicidade. Elementos.

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina

Plano de Ensino de Disciplina UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Faculdade de Direito Departamento de Direito e Processo Penal Plano de Ensino de Disciplina DISCIPLINA: DIREITO PE AL I CÓDIGO: DIN101 PRÉ-REQUISITO: DIT027 DEPARTAMENTO:

Leia mais

VERSÃO CURRICULAR: 2008/1. EME TA Teoria da Pena. Sistema penal sancionatório e valores constitucionais. Extinção da punibilidade.

VERSÃO CURRICULAR: 2008/1. EME TA Teoria da Pena. Sistema penal sancionatório e valores constitucionais. Extinção da punibilidade. 1 U IVERSIDADE FEDERAL DE MI AS GERAIS Faculdade de Direito Departamento de Direito e Processo Penal Plano de Ensino de Disciplina VERSÃO CURRICULAR: 2008/1 DISCIPLINA: DIREITO PE AL II CÓDIGO: DIN102

Leia mais

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AMICO, Carla Campos. Inovações decorrentes da Lei n. 11.464/07. Boletim do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, n.º 176. São Paulo, 2007. BANDEIRA, Leonardo Costa. Do

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: DIREITO PENAL II Código: DIR - 265 CH Total: 60 horas Pré-requisito:Direito

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) Identificação Disciplina Direito Penal II - NOTURNO Carga horária

Leia mais

DIREITO PENAL EMPRESARIAL (ECONÔMICO)

DIREITO PENAL EMPRESARIAL (ECONÔMICO) Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Empresarial DIREITO PENAL EMPRESARIAL (ECONÔMICO) Carga Horária: 20 1- Ementa Direito

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/01 DISCIPLINA: DIREITO PENAL II PROFESSOR: THIAGO FABRES DE CARVALHO TURMA: 4 DM/EN TOTAL DE

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO Departamento de Direito Penal, Medicina Forense e Criminologia

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO Departamento de Direito Penal, Medicina Forense e Criminologia UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO Departamento de Direito Penal, Medicina Forense e Criminologia TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL I DPM 111-1º. SEMESTRE DE 2012 PROFESSORA ASSOCIADA ANA ELISA

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS ANEXO 24 DO EDITAL 143/2011-PRH CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR NÃO-TITULAR DEPARTAMENTO DE DIREITO PÚBLICO Área de conhecimento: DIREITO PENAL PROGRAMA DE PROVA 1. Direito Penal 1.1. Conceito, funções

Leia mais

Título: AS FUNÇÕES DO DIREITO PENAL E AS FINALIDADES DA SANÇÃO CRIMINAL NO ESTADO SOCIAL DEMOCRÁTICO DE DIREITO

Título: AS FUNÇÕES DO DIREITO PENAL E AS FINALIDADES DA SANÇÃO CRIMINAL NO ESTADO SOCIAL DEMOCRÁTICO DE DIREITO Título: AS FUNÇÕES DO DIREITO PENAL E AS FINALIDADES DA SANÇÃO CRIMINAL NO ESTADO SOCIAL DEMOCRÁTICO DE DIREITO Vanderson Roberto Vieira 1 SUMÁRIO: 1- AS FUNÇÕES DO DIREITO PENAL; 2- AS FINALIDADES DA

Leia mais

Título: As funções do Direito Penal e as finalidades da sanção criminal no Estado Social Democrático de Direito.

Título: As funções do Direito Penal e as finalidades da sanção criminal no Estado Social Democrático de Direito. Título: As funções do Direito Penal e as finalidades da sanção criminal no Estado Social Democrático de Direito. Vanderson Roberto Vieira 1 Sumário: 1- As funções do Direito Penal; 2- As finalidades da

Leia mais

Faculdade de Direito de Alta Floresta (FADAF) Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL ÁREA CRIMINAL

Faculdade de Direito de Alta Floresta (FADAF) Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL ÁREA CRIMINAL 0 Faculdade de Direito de Alta Floresta (FADAF) Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL ÁREA CRIMINAL Alta Floresta-MT 2011 1 Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO

Leia mais

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Tópicos Especiais de Direito Penal Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA

Leia mais

- Aula expositiva dialogada. - Pesquisa. - Atividade em grupo. 08 h/aulas

- Aula expositiva dialogada. - Pesquisa. - Atividade em grupo. 08 h/aulas DISCIPLINA: DIREITO PENAL I PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 3º DN PLANO DE CURSO 2014/01 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. UNIDADES DE TRABALHO

Leia mais

Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho Direito Processual do Trabalho Carga Horária: 64 h/a 1- Ementa O curso

Leia mais

AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS. RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015

AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS. RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015 RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015 No Edital nº. 003/2015, publicado no Diário Oficial do Estado nº. 2459 de 05/02/15, em Anexo IV Temas para prova didática, à fls. 11-13: 1. No anexo IV Temas para prova

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS ELETIVAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS ELETIVAS DISCIPLINAS ELETIVAS Código Disciplina Página DIR 05-07565 DIR 05-07568 DIR 05-07569 DIR 05-07570 DIR 05-07571 DIR 05-07572 DIR 05-08486 DIR 05-10608 DIR 05-10642 DIR 05-11149 Tópicos de Medicina Legal

Leia mais

BEM JURÍDICO-PENAL CRIMINAL LEGAL PROPERTY RESUMO ABSTRACT. Sergio Expedito Machado Mouta professorsergiomouta@gmail.com

BEM JURÍDICO-PENAL CRIMINAL LEGAL PROPERTY RESUMO ABSTRACT. Sergio Expedito Machado Mouta professorsergiomouta@gmail.com BEM JURÍDICO-PENAL Revista Científica Multidisciplinar das Faculdades São José CRIMINAL LEGAL PROPERTY Sergio Expedito Machado Mouta professorsergiomouta@gmail.com Mestre em Direito. Professor das Faculdades

Leia mais

Faculdade de Administração Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação. MBA em Propriedade Intelectual e Tecnologia

Faculdade de Administração Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação. MBA em Propriedade Intelectual e Tecnologia Faculdade de Administração Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação MBA em Propriedade Intelectual e Tecnologia Tópicos Especiais Carga Horária: 32 h/a 1- Ementa Estado moderno e Constitucionalismo.

Leia mais

6 Referências bibliográficas

6 Referências bibliográficas 6 Referências bibliográficas ANITUA, Gabriel Ignacio. Histórias dos pensamentos criminológicos. Tradução: Sérgio Lamarão. Rio de Janeiro: Revan; Instituto Carioca de Criminologia, 2008; BACIGALUPO, Enrique.

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PLANO DE ENSINO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PLANO DE ENSINO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PLANO DE ENSINO Disciplina: DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Curso: DIREITO Turma B01-1 Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Direito Processual Penal (Ritos) Carga Horária: 28 H/A 1 -Ementa A atual

Leia mais

PONTO 1: Conduta PONTO 2: Resultado PONTO 3: Nexo Causal PONTO 4: Tipicidade 1. CONDUTA. 1.1.1 CAUSALISMO ou NATURALÍSTICA Franz Von Liszt

PONTO 1: Conduta PONTO 2: Resultado PONTO 3: Nexo Causal PONTO 4: Tipicidade 1. CONDUTA. 1.1.1 CAUSALISMO ou NATURALÍSTICA Franz Von Liszt 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Conduta PONTO 2: Resultado PONTO 3: Nexo Causal PONTO 4: Tipicidade 1.1 TEORIAS DA CONDUTA 1. CONDUTA 1.1.1 CAUSALISMO ou NATURALÍSTICA Franz Von Liszt Imperava no Brasil até a

Leia mais

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR COMENTÁRIOS SOBRE A TEORIA DO FUNCIONALISMO PENAL

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR COMENTÁRIOS SOBRE A TEORIA DO FUNCIONALISMO PENAL COMENTÁRIOS SOBRE A TEORIA DO FUNCIONALISMO PENAL Mary Mansoldo 1 Junho/2011 RESUMO: Trata-se de síntese introdutória sobre a Teoria do Funcionalismo Penal. Sem o propósito de aprofundamento, alguns conceitos

Leia mais

O SISTEMA CLÁSSICO DA TEORIA DO DELITO- A ANÁLISE DA TEORIA CAUSAL- NATURALISTA DA AÇÃO E DA TEORIA PSICOLÓGICA DA CULPABILIDADE

O SISTEMA CLÁSSICO DA TEORIA DO DELITO- A ANÁLISE DA TEORIA CAUSAL- NATURALISTA DA AÇÃO E DA TEORIA PSICOLÓGICA DA CULPABILIDADE O SISTEMA CLÁSSICO DA TEORIA DO DELITO- A ANÁLISE DA TEORIA CAUSAL- NATURALISTA DA AÇÃO E DA TEORIA PSICOLÓGICA DA CULPABILIDADE José Carlos de Oliveira Robaldo 1 Vanderson Roberto Vieira 2 Resumo: Os

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II.

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II. PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professora: Ms. Anna Karyne Turbay Palodetto anakaryne@uniarp.edu.br Período/ Fase: 6º Semestre:

Leia mais

CRIMINAL COMPLIANCE. Palavras-chave: Criminal Compliance. Ordem Econômica. Tutela Penal. Prevenção.

CRIMINAL COMPLIANCE. Palavras-chave: Criminal Compliance. Ordem Econômica. Tutela Penal. Prevenção. CRIMINAL COMPLIANCE Guilherme LOPES FELICIO 1 RESUMO: A missão do Direito Penal é a proteção de bens jurídicos. E o âmbito econômico tem chamado a atenção da doutrina, dos tribunais e das leis para responderem

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO GRUPOS DE PESQUISA INSTITUCIONAL

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO GRUPOS DE PESQUISA INSTITUCIONAL DEPARTAMENTO DE PENAL GRUPOS DE PESQUISA INSTITUCIONAL Í N D I C E Código Disciplina Página DIR 05-07844 GPI em Direito Penal: Parte Geral 2 DIR 05-07845 GPI em Direito Penal: Parte Especial 3 DIR 05-08588

Leia mais

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Processual Penal I. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º.

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Processual Penal I. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º. PLANO DE ENSINO I Identificação Disciplina Direito Processual Penal I Código PRO0065 Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º II Ementário O direito processual penal. A norma: material

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Regime Jurídico dos Recursos Minerais

FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Regime Jurídico dos Recursos Minerais FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Regime Jurídico dos Recursos Minerais Tópicos em Direito Constitucional Carga Horária: 28 h/a 1 - Ementa Poder Constituinte e a Constituição

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE DIREITO EDITAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE DIREITO EDITAL A Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ faz saber aos interessados que, no período de 10 de março de 2010 a 23 de julho de 2010 estarão abertas as inscrições para o Curso

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 2011.02 3º PERÍODO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 2011.02 3º PERÍODO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 2011.02 3º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA, CULTURA E INSTITUIÇÃO DO DIREITO História do direito no Brasil Colônia. História do direito no Brasil Império.

Leia mais

AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013

AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013 AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013 GRECO, Rogério. Código penal comentado. 8.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. GRECO, Rogério. Curso de

Leia mais

ORIENTAÇÃO LEGAL ' GOMES, João Novaes 1 ; NOVAES, Valcemia Gonçalves de Sousa 2. Palavras-chave: diretos, criança, trabalhador, consumidor.

ORIENTAÇÃO LEGAL ' GOMES, João Novaes 1 ; NOVAES, Valcemia Gonçalves de Sousa 2. Palavras-chave: diretos, criança, trabalhador, consumidor. ORIENTAÇÃO LEGAL ' GOMES, João Novaes 1 ; NOVAES, Valcemia Gonçalves de Sousa 2. Palavras-chave: diretos, criança, trabalhador, consumidor. Introdução A cidade de Palmeiras de Goiás vem apresentando hodiernamente

Leia mais

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E PROCESSO PENAL

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E PROCESSO PENAL Ementa aula 18 de abril de 2013. ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E PROCESSO PENAL Professor: Leandro França Advogado criminal; Sócio do Escritório Corsetti & França

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA DA INFRACÇÃO PENAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA DA INFRACÇÃO PENAL Ano Lectivo 2014/2015 UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular TEORIA DA INFRACÇÃO PENAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

BRUNO BISPO DE FREITAS DEFENSOR PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE PÓS-GRADUADO EM CIÊNCIAS CRIMINAIS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

BRUNO BISPO DE FREITAS DEFENSOR PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE PÓS-GRADUADO EM CIÊNCIAS CRIMINAIS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BRUNO BISPO DE FREITAS DEFENSOR PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE PÓS-GRADUADO EM CIÊNCIAS CRIMINAIS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA A IMPOSSIBILIDADE DA PRISÃO TEMPORÁRIA NO DELITO DE TRÁFICO ILÍCITO DE SUBSTÂNCIAS

Leia mais

O PRINCÍPIO DA PROPORCIONALIDADE INFORMADOR DAS MEDIDAS CAUTELARES PROCESSUAIS PENAIS APÓS A REFORMA INTRODUZIDA PELA LEI Nº 12.

O PRINCÍPIO DA PROPORCIONALIDADE INFORMADOR DAS MEDIDAS CAUTELARES PROCESSUAIS PENAIS APÓS A REFORMA INTRODUZIDA PELA LEI Nº 12. O PRINCÍPIO DA PROPORCIONALIDADE INFORMADOR DAS MEDIDAS CAUTELARES PROCESSUAIS PENAIS APÓS A REFORMA INTRODUZIDA PELA LEI Nº 12.403/11 Liana Carine Fernandes de Queiroz * Lenildo Queiroz Bezerra ** INTRODUÇÃO

Leia mais

Teoria Geral do Processo Penal II Carga Horária: 28 H/A

Teoria Geral do Processo Penal II Carga Horária: 28 H/A Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Teoria Geral do Processo Penal II Carga Horária: 28 H/A 1- Ementa Do conceito

Leia mais

Ementa - DV432 Ter, 25 de Novembro de 2008 15:35 - Última atualização Qua, 13 de Maio de 2009 19:12

Ementa - DV432 Ter, 25 de Novembro de 2008 15:35 - Última atualização Qua, 13 de Maio de 2009 19:12 DV432 - INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Código: DV432 Carga horária: 90 Créditos: 06 Ajuste curricular - Resolução n.º 96/00- CEPE - Currículo Pleno - Curso bacharelado em Direito Ementa: As disciplinas

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Autarquia Municipal de Ensino Superior Curso Reconhecido pelo Dec.Fed.50.126 de 26/1/1961 e Portaria CEE-GP- 436/13-

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Autarquia Municipal de Ensino Superior Curso Reconhecido pelo Dec.Fed.50.126 de 26/1/1961 e Portaria CEE-GP- 436/13- FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Autarquia Municipal de Ensino Superior Curso Reconhecido pelo Dec.Fed.50.126 de 26/1/1961 e Portaria CEE-GP- 436/13- PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA DE FORMAÇÃO FUNDAMENTAL,

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução: A Pena 2. A Pena na Constituição Federal de 1988 3. Finalidades da pena 4. Espécies de pena no Código Penal brasileiro 5. Direito Penitenciário 6. Legislação 7. Aplicação

Leia mais

Título: O sistema clássico da teoria do delito - a análise da teoria causal-naturalista da ação e da teoria psicológica da culpabilidade

Título: O sistema clássico da teoria do delito - a análise da teoria causal-naturalista da ação e da teoria psicológica da culpabilidade Título: O sistema clássico da teoria do delito - a análise da teoria causal-naturalista da ação e da teoria psicológica da culpabilidade Vanderson Roberto Vieira 1 José Carlos de Oliveira Robaldo 2 Sumário:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2014)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2014) 1º SEMESTRE 1 História e Institutos Jurídicos 4 80 2 Informática Aplicada ao Direito 4 80 3 Linguagem Jurídica 4 80 4 Ciência Política e TGE 4 80 5 Teoria Geral do Direito 4 80 6 Iniciação à Pesquisa Científica

Leia mais

BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS

BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS DIREITO ADMINISTRATIVO TÍTULO: CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO 25ª/2ª TIRAGEM AUTOR: CELSO ANTÔNIO BANDEIRA DE MELLO ANO: 2008 TÍTULO: DIREITO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Direito Empresarial

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Direito Empresarial Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Direito Empresarial Direito Penal econômico aplicado à atividade empresarial

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

CÓDIGO PENAL: PARTE ESPECIAL

CÓDIGO PENAL: PARTE ESPECIAL CÓDIGO PENAL: PARTE ESPECIAL Ataídes Kist 1 1 Docente do Curso de Direito da Unioeste, Campus de Marechal Cândido Rondon. E-mail ataideskist@ibest.com.br 10 ATAÍDES KIST RESUMO: Na estrutura do Direito

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina DIREITO DAS COISAS (4ª-feira

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu, Mestrado em Direito Empresarial

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu, Mestrado em Direito Empresarial Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu, Mestrado em Direito Empresarial DIREITO PENAL EMPRESARIAL Carga Horária: 60 horas/aula 1-

Leia mais

Legalidade penal, indeterminação e interpretação do direito.

Legalidade penal, indeterminação e interpretação do direito. 142 Legalidade penal, indeterminação e interpretação do direito. V Mostra de Pesquisa da Pós- Graduação Eduardo Pitrez de Aguiar Corrêa, Prof. Dr. Luciano Feldens (orientador) Faculdade de Direito, Programa

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO E RELAÇÕES DO TRABALHO

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO E RELAÇÕES DO TRABALHO Módulo: Meio Ambiente do Trabalho Professor: Raimundo Simão de Melo (Doutor em Direito das Relações Sociais pela PUC/SP) Carga Horária: 40 horas Ementa: A questão ambiental no âmbito das relações de trabalho.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA MATRÍCULAS ESPECIAS 2014/II ANEXO II DO EDITAL Nº. 027/2014 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CURSO DE DIREITO 1 E 2 PERÍODOS: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO

Leia mais

Sugiro a seguinte ordem:

Sugiro a seguinte ordem: BIBLIOGRAFIAS Para concursos jurídicos em geral, a primeira providência do candidato é conhecer o Direito constitucional e Teoria geral do direito. Para isso é importante ler o texto constitucional integralmente,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direitos do Autor Código

Leia mais

20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro

20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro 20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro DADOS PESSOAIS NOME: Luiz Vicente Cernicchiaro FILIAÇÃO: Vicente Cernicchiaro e Anna Maria Lopes Cernicchiaro DATA DE NASCIMENTO: 2/11/1929 LOCAL DE NASCIMENTO:

Leia mais

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010.

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010. ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO COMUNICADO A MESA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS Conforme dispõe a Instrução Normativa MPF/SG/SA nº 001/1993, os bens classificados como IRRECUPERÁVEIS poderão

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014. 1.4 Série: 3ª Turmas: A e B Turno: Diurno

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014. 1.4 Série: 3ª Turmas: A e B Turno: Diurno FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA PLANO DE ENSINO - 2014 1. INFORMAÇÕES GERAIS: 1.1 Professor: Décio Antônio Piola 1.2 Departamento: Direito Público 1.3 Disciplina: Direito Processual Penal I 1.4 Série: 3ª

Leia mais

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. Enfam Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Enfam ROTEIRO DE CREDENCIAMENTO 1. Identificação do Requerente Escola: Escola do Poder Judiciário ESJUD Diretor: Desembargador Francisco Djalma

Leia mais

Questão de Direito Penal 1,0 Ponto PADRÃO DE RESPOSTA.

Questão de Direito Penal 1,0 Ponto PADRÃO DE RESPOSTA. Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios XL Concurso Público para Provimento de Cargos de Juiz de Direito Substituto da Justiça do Distrito Federal SEGUNDA PROVA

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br (Artigos) considerações sobre a responsabilidade "penal" da pessoa jurídica Dóris Rachel da Silva Julião * Introdução É induvidoso que em se tratando da criminalidade econômica e

Leia mais

GISELE CALDEIRA DE FREITAS PROJETO DE PESQUISA APLICADA: A RESSOCIALIZAÇÃO DO PRESO FRENTE AO SISTEMA PENITENCIÁRIO BRASILEIRO

GISELE CALDEIRA DE FREITAS PROJETO DE PESQUISA APLICADA: A RESSOCIALIZAÇÃO DO PRESO FRENTE AO SISTEMA PENITENCIÁRIO BRASILEIRO GISELE CALDEIRA DE FREITAS PROJETO DE PESQUISA APLICADA: A RESSOCIALIZAÇÃO DO PRESO FRENTE AO SISTEMA PENITENCIÁRIO BRASILEIRO IBAITI 2013 3 AUÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE PESQUISA APLICADA SUMÁRIO

Leia mais

CHTOTAL TEORICA: 30b I CO-REQUISITOS:

CHTOTAL TEORICA: 30b I CO-REQUISITOS: UNlVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA FACULDADE DE DlREITO CURSO DE GRADUA

Leia mais

AS VANTAGENS DA APLICAÇÃO DE PENAS ALTERNATIVAS

AS VANTAGENS DA APLICAÇÃO DE PENAS ALTERNATIVAS AS VANTAGENS DA APLICAÇÃO DE PENAS ALTERNATIVAS Camila Silvia Martinez Perbone 30* As penalidades, desde os primórdios da civilização, sempre tiveram a finalidade de punir de modo severo, apenas para restabelecer

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Processual Penal I Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA Direito

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DISCIPLINA: DIREITO AMBIENTAL I CÓDIGO: CARGA HORÁRIA: 80 h.a. N.º DE CRÉDITOS: 04 PRÉ-REQUISITO:

Leia mais

NOME DO ALUNO TEMA DA PESQUISA, COMO, POR EXEMPLO, A FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE. PROJETO DE PESQUISA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NOME DO ALUNO TEMA DA PESQUISA, COMO, POR EXEMPLO, A FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE. PROJETO DE PESQUISA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NOME DO ALUNO TEMA DA PESQUISA, COMO, POR EXEMPLO, A FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE. PROJETO DE PESQUISA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO UNISAL CAMPINAS - 2005 NOME DO ALUNO A FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE.

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 1º Semestre DISCIPLINA: Antropologia e Sociologia

Leia mais

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL E A ANÁLISE DOS CRITÉRIOS DE AFERIÇÃO DA IMPUTABILIDADE PENAL Á LUZ DO ORDENAMENTO JURÍDICO.

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL E A ANÁLISE DOS CRITÉRIOS DE AFERIÇÃO DA IMPUTABILIDADE PENAL Á LUZ DO ORDENAMENTO JURÍDICO. 1 REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL E A ANÁLISE DOS CRITÉRIOS DE AFERIÇÃO DA IMPUTABILIDADE PENAL Á LUZ DO ORDENAMENTO JURÍDICO. VAGULA, J. E. M. Resumo No decorrer desta pesquisa buscou-se a melhor forma, dentre

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Execução Penal, ressocialização, trabalho, preso, PEPI.

PALAVRAS-CHAVE: Execução Penal, ressocialização, trabalho, preso, PEPI. LEI DE EXECUÇÃO PENAL E O SISTEMA CARCERÁRIO GOIANO Nayara Rodrigues de Amorim 1 Profª Drª Ana Celuta Fulgêncio Taveira 2 RESUMO: A evolução da pena de prisão, é importante para entendermos a natureza

Leia mais

DESCRIÇÃO DE DISCIPLINA. Direito Constitucional Aplicado EMENTA

DESCRIÇÃO DE DISCIPLINA. Direito Constitucional Aplicado EMENTA Direito Constitucional Aplicado Direitos e garantias individuais. Direito de nacionalidade. Direitos políticos. Controle de Constitucionalidade Fundamentos filosóficos dos Direitos Fundamentais. Visão

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 3º AI UNIDADES

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: RAPHAEL BOLDT DE CARVALHO TURMA: 6 AM PLANO DE CURSO 2012/2

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação

Plano de Ensino. Identificação Plano de Ensino Identificação Curso: Direito Disciplina: Direito Penal III Ano/semestre: 2012/1 Carga horária: Total: 80h Semanal: 12h Professor: Ronaldo Domingues de Almeida Período/turno: 5º - matutino

Leia mais

2. OBJETIVO GERAL Discutir os pressupostos, os conceitos e técnicas fundamentais para a produção e aplicação do conhecimento jurídico.

2. OBJETIVO GERAL Discutir os pressupostos, os conceitos e técnicas fundamentais para a produção e aplicação do conhecimento jurídico. DISCIPLINA: Introdução ao Estudo do Direito CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 1 Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR101 1. EMENTA: Epistemologia jurídica. Norma Jurídica. Ordenamento Jurídico.

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Direito Processual Civil IV Código:DIR-000 CH Total: 60h Pré-requisito: Direito Processual

Leia mais

Direito Administrativo I

Direito Administrativo I Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Público Direito Administrativo I Carga Horária: 60 h/a 1- Ementa 1 Estado. 2 Poderes

Leia mais

O Porte Ilegal de Munição e a Teoria do Delito

O Porte Ilegal de Munição e a Teoria do Delito O Porte Ilegal de Munição e a Teoria do Delito Leandro Gornicki Nunes Seguindo a tendência inútil da política criminal brasileira 1 e contrariando os princípios constitucionais que orientam a moderna teoria

Leia mais

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Internacional Público. Tema geral: Direito Internacional Penal

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Internacional Público. Tema geral: Direito Internacional Penal I Curso de Doutoramento em Direito Ramo de Direito Público Direito Internacional Público Tema geral: Direito Internacional Penal Prof. Doutor Jorge Bacelar Gouveia Prof. Doutor André Víctor Luanda, 20

Leia mais

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 00. 21/02/2011 Página 1 de 5. Série 3 Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 00. 21/02/2011 Página 1 de 5. Série 3 Período. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional 21/02/2011 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - Curso Semestral - 2015 Disciplina DIREITO DAS OBRIGAÇÕES Curso Graduação Série 3 Período Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Turmas A, B e D Código

Leia mais

FACULDADE OBJETIVO CURSO DE DIREITO PROJETO INTERDISCIPLINAR SEGURANÇA PÚBLICA

FACULDADE OBJETIVO CURSO DE DIREITO PROJETO INTERDISCIPLINAR SEGURANÇA PÚBLICA FACULDADE OBJETIVO CURSO DE DIREITO PROJETO INTERDISCIPLINAR SEGURANÇA PÚBLICA 2015 I - IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA Cadastro nº: 03/2015 Recadastramento: Programa: Atividades Práticas Supervisionadas APS

Leia mais

Quadro Efetivo de Orientadores e Linhas de Pesquisa 2007 2º Semestre CURSO DE DIREITO

Quadro Efetivo de Orientadores e Linhas de Pesquisa 2007 2º Semestre CURSO DE DIREITO Quadro Efetivo de Orientadores e Linhas de Pesquisa 2007 2º Semestre CURSO DE DIREITO PROFESSOR ORIENTADOR TITULO DISCIPLINAS LINHAS DE PESQUISA 1. Adriana da Costa Ricardo Schier Mestre 1. Direito Administrativo

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA Faculdade Milton Campos Curso: Direito Departamento: Ciências Penais FACULDADE MILTON CAMPOS Disciplina: Direito Processual Penal II Carga Horária: 80 h/a Área: Direito PLANO DE ENSINO EMENTA Atos processuais:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA DA LEI PENAL Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA DA LEI PENAL Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular TEORIA DA LEI PENAL Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular TEORIA DA LEI PENAL (02317)

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

Título: A teoria dos elementos negativos do tipo: a ilicitude está inserida no tipo

Título: A teoria dos elementos negativos do tipo: a ilicitude está inserida no tipo Título: A teoria dos elementos negativos do tipo: a ilicitude está inserida no tipo Vanderson Roberto Vieira 1 José Carlos de Oliveira Robaldo 2 Sumário: 1- Origem da teoria dos elementos negativos do

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Noções introdutórias e históricas.

Leia mais