2. OBJETIVO GERAL Possibilitar ao aluno contato com toda a teoria do delito, com todos os elementos que integram o crime.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2. OBJETIVO GERAL Possibilitar ao aluno contato com toda a teoria do delito, com todos os elementos que integram o crime."

Transcrição

1 DISCIPLINA: Direito Penal II SEMESTRE DE ESTUDO: 3º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR EMENTA: Teoria Geral do Crime. Sujeitos da ação típica. Da Tipicidade. Elementos. Nova dimensão da tipicidade penal: Tipicidade conglobante, elementos negativos do tipo, imputação objetiva. Processo executivo da infração penal. Da Tentativa. Da ilicitude. Causas de exclusão em espécie, legais e supralegais. Da Culpabilidade. Teorias. Elementos. Causas de exculpação em espécie. Tratamento jurídico penal do erro. Concurso de pessoas. Modalidades de co-delinquência. 2. OBJETIVO GERAL Possibilitar ao aluno contato com toda a teoria do delito, com todos os elementos que integram o crime. 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Dotar o aluno de capacidade para entender a estrutura do fato criminoso, os seus elementos e as conseqüências distintas caso inexista um deles; Fazer uma aproximação entre teoria das conseqüências jurídicas do delito e teoria do crime. 4. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. Tipo e tipicidade penal Elementos: Conduta Elementos Teorias e evolução histórica Causas de exclusão da conduta típica A conduta e a responsabilidade penal da pessoa jurídica A conduta típica. Tipicidade dolosa e tipicidade culposa. Elementos. Requisitos. Estrutura do tipo Resultado Espécies de resultado.

2 Classificação dos crimes pelo resultado Nexo de causalidade Teorias Teoria da causalidade adequada Teoria da equivalência dos antecedentes causais Análise crítica dos sistemas de imputação objetiva do resultado Estudo da relevância causal da omissão Tipo penal Elementos Espécies Classificação. 2. Da ilicitude Conceito Colocação sistemática Causa supralegal de exclusão de ilicitude: o consentimento do ofendido Causas legais de exclusão de ilicitude Estado de necessidade. Requisitos. Espécies Legítima defesa. Requisitos Estrito cumprimento do dever legal e exercício regular de direito Novas relações entre tipicidade e ilicitude Teoria da tipicidade conglobante Teoria dos elementos negativos do tipo. 3. Culpabilidade Teorias Evolução histórica Elementos Causas de exculpação em espécie Inimputabilidade. Teorias. Elementos. Emoção e paixão. Tratamento jurídico-penal da embriaguez Inexigibilidade de conduta diversa Inexigibilidade de conduta diversa como causa legal de exculpação: obediência hierárquica e coação moral irresistível Inexigibilidade de conduta diversa como causa supralegal de exculpação Tratamento jurídico-penal do erro de proibição. Relações com erro de

3 tipo. Estudo sistemático do erro no direito penal. 4. Iter criminis e tentativa O processo executivo da infração penal Atos penalmente relevantes Tentativa Espécies Classificação Infrações que não aceitam o conatus Interrupção voluntária do iter Desistência voluntária e arrependimento eficaz Importância do arrependimento posterior Estudo do crime impossível. 5. Estudo do concursus delinquentium Espécies de co-delinqüência: co-autoria e participação. Diferenças. Teorias Casos especiais de concurso de pessoas. 5. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Aulas expositivas. 6. RECURSOS DIDÁTICOS Quadro, retroprojetor, slides, TV, vídeo, etc., além de visitação ao sistema penitenciário. 7. AVALIAÇÃO Trabalhos individuais e em grupo, debates em sala e provas subjetivas. 8. BIBLIOGRAFIA BÁSICA GRECO, Rogério. Direito Penal: Parte Geral. Niterói: Ímpetus. QUEIROZ, Paulo. Curso de Direito Penal. Parte Geral. Salvador: Juspodivm, vol. I. SANTOS, Juarez Cirino. Direito Penal. Parte Geral. Curitiba: ICPC Edições. 10. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

4 BARROS, Flávio Augusto Monteiro. Direito Penal. Parte Geral. Volume 1. São Paulo: Saraiva. BITENCOURT, Cezar Roberto. Tratado de Direito Penal. Parte Geral. Vol. I. São Paulo: Saraiva. BRANDÃO. Teoria Jurídica da Crime. Rio de Janeiro: Forense. CONDE, Francisco Muñoz. Teoria Geral do Delito. Rio de Janeiro: São Paulo: Saraiva. FERRAJOLI, Luigi. Direito e Razão - Teoria do Garantismo Penal. São Paulo: RT. 11. BIBLIOGRAFIA ADICIONAL BATISTA, Nilo - Introdução Crítica ao Direito Penal Brasileiro, Rio de Janeiro, Revan.. Concurso de Agentes. Rio de Janeiro: Lumen Juris. BRUNO, Aníbal, - Direito Penal, Parte Geral, Tomos 1 e 2, Rio de Janeiro, Forense. CARRARA, Francesco, - Programa do Curso de Direito Criminal, Parte Geral, volume 1, São Paulo, Saraiva, tradução brasileira. CERVINI, Raúl, - Os Processos de Descriminalização Tradução de Eliana Granja, Jeni Vaitsman, José Henrique Pierangeli e Maria Alice Andrade Leonardi. São Paulo, Ed. Revista dos Tribunais. DELMANTO, Celso. Código Penal Comentado", Rio de Janeiro: renovar. FRANCO, Alberto da Silva e outros Código Penal e sua Interpretação Jurisprudencial, São Paulo, RT. GARCIA, Basileu - "Instituições do Direito Penal", volume 1, São Paulo, Max Limonad. GOMES, Luiz Flávio. Erro de Tipo e Erro de Proibição. São Paulo: RT. HASSEMER, Winfried. Introdução aos fundamentos do Direito Penal. Porto Alegre: SAFE. Tradução de Pablo Rodrigo Aflen da Silva. HUNGRIA, Nelson - "Comentário ao Código Penal", volume 1, Rio de Janeiro, Forense. LOPES, Jair Leonardo - "Curso de Direito Penal", Parte Geral Ed. Revista dos Tribunais, São Paulo. MARINHO, Alexandre Araripe. FREITAS, André Guilherme Tavares de. Direito Penal. Introdução e aplicação da lei penal. Tomo I. Rio de Janeiro, Lumen Juris. MARQUES, José Frederico - "Tratado de Direito Penal", São Paulo, Saraiva. PINHO, Ana Cláudia. Direito Penal e Estado Democrático de Direito. Uma abordagem a partir do Garantismo de Luigi Ferrajoli. Rio de Janeiro: Lumen Juris. PRADO, Luiz Regis. Direito Penal. Parte Geral. São Paulo: RT. SANTOS, Gerson Pereira dos - "Inovações ao Código Penal, São Paulo, Saraiva.

5 - Do Passado ao Futuro em Direito Penal, Ed. SAFE, Rio Grande do Sul. TAVARES, Juarez. Teoria do Injusto Penal. Belo Horizonte: Del Rey. TOLEDO, Francisco de Assis - "Princípios Básicos de Direito Penal", São Paulo, Saraiva. e PIERANGELI, José Henrique. Manual de Direito Penal Brasileiro. Parte Geral. São Paulo: RT.. Da tentativa. São Paulo: RT.

DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Direito Penal III SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR121 1. EMENTA: Princípios atinentes às penas e às medidas de segurança. Tratamento penal

Leia mais

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar que o aluno tome conhecimento do conceito, das finalidades e da importância do Direito Penal.

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar que o aluno tome conhecimento do conceito, das finalidades e da importância do Direito Penal. DISCIPLINA: Direito Penal I SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR112 1. EMENTA: Propedêutica Penal. Relação do Direito Penal com outras ciências: a criminologia

Leia mais

PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre

PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre DISCIPLINA: Direito Penal I CH total: 36h PROFESSORES: Selma Santana, Gamil Föppel, Thaís Bandeira e Fábio Roque SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR012 1. EMENTA: Propedêutica

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina

Plano de Ensino de Disciplina UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Faculdade de Direito Departamento de Direito e Processo Penal Plano de Ensino de Disciplina DISCIPLINA: DIREITO PE AL I CÓDIGO: DIN101 PRÉ-REQUISITO: DIT027 DEPARTAMENTO:

Leia mais

Introdução ao direito penal. Aplicação da lei penal. Fato típico. Antijuridicidade. Culpabilidade. Concurso de pessoas.

Introdução ao direito penal. Aplicação da lei penal. Fato típico. Antijuridicidade. Culpabilidade. Concurso de pessoas. Programa de DIREITO PENAL I 2º período: 80 h/a Aula: Teórica EMENTA Introdução ao direito penal. Aplicação da lei penal. Fato típico. Antijuridicidade. Culpabilidade. Concurso de pessoas. OBJETIVOS Habilitar

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Autarquia Municipal de Ensino Superior Curso Reconhecido pelo Dec.Fed.50.126 de 26/1/1961 e Portaria CEE-GP- 436/13-

FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Autarquia Municipal de Ensino Superior Curso Reconhecido pelo Dec.Fed.50.126 de 26/1/1961 e Portaria CEE-GP- 436/13- FACULDADE DE DIREITO DE FRANCA Autarquia Municipal de Ensino Superior Curso Reconhecido pelo Dec.Fed.50.126 de 26/1/1961 e Portaria CEE-GP- 436/13- PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA DE FORMAÇÃO FUNDAMENTAL,

Leia mais

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Penal III Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA Introdução ao

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Disciplina Carga Horária Semestre Ano Teoria Geral do Direito Penal I 80 2º 2015. Carga

PLANO DE ENSINO. Disciplina Carga Horária Semestre Ano Teoria Geral do Direito Penal I 80 2º 2015. Carga 1 PLANO DE ENSINO Disciplina Carga Horária Semestre Ano Teoria Geral do Direito Penal I 80 2º 2015 Unidade Carga Horária Sub-unidade Introdução ao estudo do Direito Penal 04 hs/a - Introdução. Conceito

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: DIREITO PENAL II Código: DIR - 265 CH Total: 60 horas Pré-requisito:Direito

Leia mais

CURSO: DIREITO NOTURNO - CAMPO BELO SEMESTRE: 2 ANO: 2015 C/H: 67 AULAS: 80 PLANO DE ENSINO

CURSO: DIREITO NOTURNO - CAMPO BELO SEMESTRE: 2 ANO: 2015 C/H: 67 AULAS: 80 PLANO DE ENSINO CURSO: DIREITO NOTURNO - CAMPO BELO SEMESTRE: 2 ANO: 2015 C/H: 67 AULAS: 80 DISCIPLINA: DIREITO PENAL I PLANO DE ENSINO OBJETIVOS: * Compreender as normas e princípios gerais previstos na parte do Código

Leia mais

Introdução ao direito penal. Aplicação da lei penal. Fato típico. Antijuridicidade. Culpabilidade. Concurso de pessoas.

Introdução ao direito penal. Aplicação da lei penal. Fato típico. Antijuridicidade. Culpabilidade. Concurso de pessoas. Programa de DIREITO PENAL I 2º período: 4h/s Aula: Teórica EMENTA Introdução ao direito penal. Aplicação da lei penal. Fato típico. Antijuridicidade. Culpabilidade. Concurso de pessoas. OBJETIVOS Habilitar

Leia mais

Prof. José Nabuco Filho. Direito Penal

Prof. José Nabuco Filho. Direito Penal Direito Penal 1. Apresentação José Nabuco Filho: Advogado criminalista em São Paulo, mestre em Direito Penal 1 (UNIMEP), professor de Direito Penal desde 2000. Na Universidade São Judas Tadeu, desde 2011,

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA DA DISCIPLINA OBJETIVOS DA DISCIPLINA. 1-Identificar os bens jurídicos tutelados no Código Penal Brasileiro.

PLANO DE ENSINO EMENTA DA DISCIPLINA OBJETIVOS DA DISCIPLINA. 1-Identificar os bens jurídicos tutelados no Código Penal Brasileiro. FACULDADE: FACULDADE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS CURSO: DIREITO DISCIPLINA: DIREITO PENAL PARTE ESPECIAL I CÓDIGO: CARGA HORÁRIA: 075 4º- SEMESTRE: 2013 PROFESSOR(A): LÁSARO MOREIRA DA SILVA PLANO

Leia mais

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Penal II Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA A prática do crime

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2015 Disciplina: Direito Penal I Departamento III Direito Penal e Direito Processo Penal Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 2º ano Docente Responsável: Prof.

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I (1ª PARTE- TEORIA DO CRIME) NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Ciências Penais,

Leia mais

- Aula expositiva dialogada. - Pesquisa. - Atividade em grupo. 08 h/aulas

- Aula expositiva dialogada. - Pesquisa. - Atividade em grupo. 08 h/aulas DISCIPLINA: DIREITO PENAL I PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 3º DN PLANO DE CURSO 2014/01 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. UNIDADES DE TRABALHO

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL (D-11) Área: Ciências Sociais Período: Segundo Turno: matutino/noturno Ano: 2013-1 Carga Horária: 72 H; Créd.: 04

Leia mais

A (IN)COMPATIBILIDADE DA TENTATIVA NO DOLO EVENTUAL RESUMO

A (IN)COMPATIBILIDADE DA TENTATIVA NO DOLO EVENTUAL RESUMO 331 A (IN)COMPATIBILIDADE DA TENTATIVA NO DOLO EVENTUAL Cícero Oliveira Leczinieski 1 Ricardo Cesar Cidade 2 Alberto Wunderlich 3 RESUMO Este artigo visa traçar breves comentários acerca da compatibilidade

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO Departamento de Direito Penal, Medicina Forense e Criminologia

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO Departamento de Direito Penal, Medicina Forense e Criminologia UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO Departamento de Direito Penal, Medicina Forense e Criminologia TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL I DPM 111-1º. SEMESTRE DE 2012 PROFESSORA ASSOCIADA ANA ELISA

Leia mais

13 QUEIROZ, P. Direito penal: introdução crítica. São Paulo: Saraiva, 2001. 14. Direito penal: parte geral. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005. p.

13 QUEIROZ, P. Direito penal: introdução crítica. São Paulo: Saraiva, 2001. 14. Direito penal: parte geral. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005. p. 6 Referências bibliográficas 1 FALCONI, R. Lineamentos de direito penal. 2. ed. São Paulo: Cone, 1997. p. 23-43. 2 MACHADO, H. B. Estudos de direito penal tributário. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2002. 3 MACHADO,

Leia mais

O alcance do princípio da culpabilidade e a exclusão da responsabilidade penal

O alcance do princípio da culpabilidade e a exclusão da responsabilidade penal O alcance do princípio da culpabilidade e a exclusão da responsabilidade penal Pedro Melo Pouchain Ribeiro Procurador da Fazenda Nacional. Especialista em Direito Tributário. Pósgraduando em Ciências Penais

Leia mais

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AMICO, Carla Campos. Inovações decorrentes da Lei n. 11.464/07. Boletim do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, n.º 176. São Paulo, 2007. BANDEIRA, Leonardo Costa. Do

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre

DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre DISCIPLINA: Direito Processual Penal II CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR155 1. EMENTA: Sujeitos processuais. Prisão e liberdade provisória. Atos processuais.

Leia mais

Direito Penal. Teoria do Crime. Prof. Saulo Cerutti

Direito Penal. Teoria do Crime. Prof. Saulo Cerutti Direito Penal Teoria do Crime Prof. Saulo Cerutti A necessidade da teoria do delito consiste na maior facilidade na averiguação da presença ou não do delito em cada caso concreto. A teoria do delito é

Leia mais

VERSÃO CURRICULAR: 2008/1. EME TA Teoria da Pena. Sistema penal sancionatório e valores constitucionais. Extinção da punibilidade.

VERSÃO CURRICULAR: 2008/1. EME TA Teoria da Pena. Sistema penal sancionatório e valores constitucionais. Extinção da punibilidade. 1 U IVERSIDADE FEDERAL DE MI AS GERAIS Faculdade de Direito Departamento de Direito e Processo Penal Plano de Ensino de Disciplina VERSÃO CURRICULAR: 2008/1 DISCIPLINA: DIREITO PE AL II CÓDIGO: DIN102

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS ANEXO 24 DO EDITAL 143/2011-PRH CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR NÃO-TITULAR DEPARTAMENTO DE DIREITO PÚBLICO Área de conhecimento: DIREITO PENAL PROGRAMA DE PROVA 1. Direito Penal 1.1. Conceito, funções

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Direito Processual Penal (Ritos) Carga Horária: 28 H/A 1 -Ementa A atual

Leia mais

Capítulo 1 Notas Preliminares...1

Capítulo 1 Notas Preliminares...1 S u m á r i o Capítulo 1 Notas Preliminares...1 1. Introdução... 1 2. Finalidade do Direito Penal... 2 3. A Seleção dos Bens Jurídico-Penais... 4 4. Códigos Penais do Brasil... 5 5. Direito Penal Objetivo

Leia mais

IMPORTÂNCIA DAS CLASSIFICAÇÕES, EXCESSOS E ANÁLISE DO DOLO, DA CULPA E DO ERRO EM MATÉRIA JURÍDICO-CRIMINAL

IMPORTÂNCIA DAS CLASSIFICAÇÕES, EXCESSOS E ANÁLISE DO DOLO, DA CULPA E DO ERRO EM MATÉRIA JURÍDICO-CRIMINAL SIDIO ROSA DE MESQUITA JÚNIOR http://www.sidio.pro.br http://sidiojunior.blogspot.com sidiojunior@gmail.com IMPORTÂNCIA DAS CLASSIFICAÇÕES, EXCESSOS E ANÁLISE DO DOLO, DA CULPA E DO ERRO EM MATÉRIA JURÍDICO-CRIMINAL

Leia mais

C U R S O D E D I R E I T O Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PENAL IV

C U R S O D E D I R E I T O Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PENAL IV C U R S O D E D I R E I T O Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PENAL IV Código: DIR 367 CH Total: 60h Pré-Requisito: Direito Penal III Período

Leia mais

Desenvolver as habilidades essenciais para uma verdadeira formação profissional do Bacharel em Direito.

Desenvolver as habilidades essenciais para uma verdadeira formação profissional do Bacharel em Direito. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-09 PERÍODO: 3 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I NOME DO CURSO: DIREITO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 2. EMENTA Introdução:

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) Identificação Disciplina Direito Penal III - DIURNO Carga horária

Leia mais

PLANO DE ENSINO. DIREITO PENAL III

PLANO DE ENSINO. DIREITO PENAL III SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE DIREITO Campus Universitário - Trindade - Caixa Postal 476 88040-900 - Florianópolis - Santa

Leia mais

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E PROCESSO PENAL

ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E PROCESSO PENAL Ementa aula 18 de abril de 2013. ACADEMIA BRASILEIRA DE DIREITO CONSTITUCIONAL PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E PROCESSO PENAL Professor: Leandro França Advogado criminal; Sócio do Escritório Corsetti & França

Leia mais

Direito Penal Aula 3 1ª Fase OAB/FGV Professor Sandro Caldeira. Espécies: 1. Crime (delito) 2. Contravenção

Direito Penal Aula 3 1ª Fase OAB/FGV Professor Sandro Caldeira. Espécies: 1. Crime (delito) 2. Contravenção Direito Penal Aula 3 1ª Fase OAB/FGV Professor Sandro Caldeira TEORIA DO DELITO Infração Penal (Gênero) Espécies: 1. Crime (delito) 2. Contravenção 1 CONCEITO DE CRIME Conceito analítico de crime: Fato

Leia mais

EDITAL N o 0021 /2012 EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA

EDITAL N o 0021 /2012 EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE DIREITO COORDENAÇÃO DE CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU 1. INFORMAÇÕES GERAIS EDITAL N o 0021

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Centro de Extensão / Comissão de Pesquisa Curso de Graduação

Faculdade de Direito Milton Campos Centro de Extensão / Comissão de Pesquisa Curso de Graduação Faculdade de Direito Milton Campos Centro de Extensão / Comissão de Pesquisa Curso de Graduação DIREITO PENAL E TEORIA DA PENA Projeto de pesquisa apresentado como requisito parcial para o desenvolvimento

Leia mais

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. Embriaguez: uma análise dos artigos 26 e 28 Código Penal brasileiro. Nathalia Botelho Portugal

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. Embriaguez: uma análise dos artigos 26 e 28 Código Penal brasileiro. Nathalia Botelho Portugal Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro Embriaguez: uma análise dos artigos 26 e 28 Código Penal brasileiro Nathalia Botelho Portugal Rio de Janeiro 2013 NATHALIA BOTELHO PORTUGAL Embriaguez:

Leia mais

Embriaguez e Responsabilidade Penal

Embriaguez e Responsabilidade Penal Embriaguez e Responsabilidade Penal O estudo dos limites da responsabilidade penal é sempre muito importante, já que o jus puniendi do Estado afetará um dos principais direitos de qualquer pessoa, que

Leia mais

Direito Penal Emerson Castelo Branco

Direito Penal Emerson Castelo Branco Direito Penal Emerson Castelo Branco 2014 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. DIREITO PENAL CONCEITO DE CRIME a) material: Todo fato humano que lesa ou expõe a perigo

Leia mais

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. A tipicidade penal moderna. Nathália Escansetti Tavares

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. A tipicidade penal moderna. Nathália Escansetti Tavares Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro A tipicidade penal moderna Nathália Escansetti Tavares Rio de Janeiro 2014 NATHÁLIA ESCANSETTI TAVARES A tipicidade penal moderna Artigo científico apresentado

Leia mais

DIREITO PENAL DO TRABALHO

DIREITO PENAL DO TRABALHO DIREITO PENAL DO TRABALHO ÍNDICE Prefácio à 1º Edição Nota à 4º Edição Nota à 3º Edição Nota à 2º Edição 1. CONCEITOS PENAIS APLICÁVEIS AO DIREITO DO TRABALHO 1.1. DoIo 1.1.1. Conceito de dolo 1.1.2. Teorias

Leia mais

AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS. RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015

AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS. RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015 RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015 No Edital nº. 003/2015, publicado no Diário Oficial do Estado nº. 2459 de 05/02/15, em Anexo IV Temas para prova didática, à fls. 11-13: 1. No anexo IV Temas para prova

Leia mais

ANTIJURIDICIDADE. 1.3 - Conceito segundo a Teoria Constitucionalista do Delito: fato formal e materialmente típico e antijurídico.

ANTIJURIDICIDADE. 1.3 - Conceito segundo a Teoria Constitucionalista do Delito: fato formal e materialmente típico e antijurídico. ANTIJURIDICIDADE 1 - Crime 1.1 - Conceito Clássico: fato típico, antijurídico e culpável. 1.2 - Conceito segundo o Finalismo: fato típico e antijurídico. 1.3 - Conceito segundo a Teoria Constitucionalista

Leia mais

ESTUDOS DE DIREITO PENAL AVANÇADO TEORIA GERAL DO CRIME

ESTUDOS DE DIREITO PENAL AVANÇADO TEORIA GERAL DO CRIME TEORIA GERAL DO CRIME Davi André Costa Silva Neste módulo CAUSAS DE EXCLUSÃO DO CRIME Estrutura do crime na teoria finalista Crime Fato típico Conduta (objetiva e subjetiva) resultado naturalístico nexo

Leia mais

JORGE Luís de CAMARGO 1

JORGE Luís de CAMARGO 1 O ELEMENTO SUBJETIVO NAS EXCLUDENTES DE ILICITUDE E A NECESSIDADE DE SUA QUESITAÇÃO NOS PROCESSOS A SEREM JULGADOS PELO CONSELHO DE SENTENÇA NO TRIBUNAL DO JÚRI JORGE Luís de CAMARGO 1 Sumário: 1. Conceito

Leia mais

Prof. José Nabuco Filho. Aborto

Prof. José Nabuco Filho. Aborto Aborto Apostila 1. Introdução Sob o nomem juris de aborto, o Código Penal tipifica quatro crimes diferentes: 1 duas definidas no art. 124, tendo como sujeito ativo a gestante; outras duas, em que o sujeito

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS ELETIVAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS ELETIVAS DISCIPLINAS ELETIVAS Código Disciplina Página DIR 05-07565 DIR 05-07568 DIR 05-07569 DIR 05-07570 DIR 05-07571 DIR 05-07572 DIR 05-08486 DIR 05-10608 DIR 05-10642 DIR 05-11149 Tópicos de Medicina Legal

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação

Plano de Ensino. Identificação Plano de Ensino Identificação Curso: Direito Disciplina: Direito Penal III Ano/semestre: 2012/1 Carga horária: Total: 80h Semanal: 12h Professor: Ronaldo Domingues de Almeida Período/turno: 5º - matutino

Leia mais

TEMA: CONCURSO DE PESSOAS (concursus delinquentium) CONCURSO DE AGENTES / CONCURSO DE DELINQUENTES / CO-AUTORIA/ CODELINQÜÊNCIA/PARTICIPAÇÃO

TEMA: CONCURSO DE PESSOAS (concursus delinquentium) CONCURSO DE AGENTES / CONCURSO DE DELINQUENTES / CO-AUTORIA/ CODELINQÜÊNCIA/PARTICIPAÇÃO TEMA: CONCURSO DE PESSOAS (concursus delinquentium) CONCURSO DE AGENTES / CONCURSO DE DELINQUENTES / CO-AUTORIA/ CODELINQÜÊNCIA/PARTICIPAÇÃO INTRODUÇÃO Normalmente, os tipos penais referem-se a apenas

Leia mais

DISCIPLINA: Introdução ao Estudo do Direito Privado I SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Introdução ao Estudo do Direito Privado I SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Introdução ao Estudo do Direito Privado I SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR111 1. EMENTA: O Direito e sua estrutura fundamental. Acepções da

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2016 Disciplina: Direito Penal II Departamento III Penal e Processo Penal Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 3º ano Docente Responsável: José Francisco Cagliari

Leia mais

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010.

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010. ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO COMUNICADO A MESA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Previdenciário CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre

DISCIPLINA: Direito Previdenciário CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre DISCIPLINA: Direito Previdenciário CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR163 1. EMENTA: Introdução ao Direito da Seguridade Social: evolução histórica, fontes,

Leia mais

Sumário NOTA DO AUTOR... 23 PARTE 1 FUNDAMENTOS DO DIREITO PENAL 1 INTRODUÇÃO... 29

Sumário NOTA DO AUTOR... 23 PARTE 1 FUNDAMENTOS DO DIREITO PENAL 1 INTRODUÇÃO... 29 XXSumário NOTA DO AUTOR... 23 PARTE 1 FUNDAMENTOS DO DIREITO PENAL 1 INTRODUÇÃO... 29 1. Conceito de direito penal... 29 1.1. Relação entre Direito Penal e Direito Processual Penal... 32 1.2. Conceito

Leia mais

Ementas das disciplinas do 3º período

Ementas das disciplinas do 3º período 1 Disciplina: Direito Empresarial I (Teoria Geral) C/H: 080 H/A Teoria Geral. O Direito Comercial. Evolução Histórica. Fontes. Atividade empresarial. Regime Jurídico da livre iniciativa. Registro de empresa.

Leia mais

Índice. 5. A escola moderna alemã 64 6. Outras escolas penais 65

Índice. 5. A escola moderna alemã 64 6. Outras escolas penais 65 Índice Prefácio à 2ª edição Marco Aurélio Costa de Oliveira 7 Apresentação à 2ª edição Marco Antonio Marques da Silva 9 Prefácio à 1ª edição Nelson Jobim 11 Apresentação à 1ª edição Oswaldo Lia Pires 13

Leia mais

As penas. Efeitos da condenação. Reabilitação. Medidas de segurança. Ação penal. Extinção da punibilidade.

As penas. Efeitos da condenação. Reabilitação. Medidas de segurança. Ação penal. Extinção da punibilidade. Programa de DIREITO PENAL II 3º período: 80h/a Aula: Teórica EMENTA As penas. Efeitos da condenação. Reabilitação. Medidas de segurança. Ação penal. Extinção da punibilidade. OBJETIVOS Habilitar o futuro

Leia mais

Faculdade de Direito de Alta Floresta (FADAF) Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL ÁREA CRIMINAL

Faculdade de Direito de Alta Floresta (FADAF) Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL ÁREA CRIMINAL 0 Faculdade de Direito de Alta Floresta (FADAF) Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL ÁREA CRIMINAL Alta Floresta-MT 2011 1 Edinaldo Rosa e Silva DESCRIMINALIZAÇÃO

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual Civil IV. CH total: 72h. SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre

DISCIPLINA: Direito Processual Civil IV. CH total: 72h. SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre DISCIPLINA: Direito Processual Civil IV CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR137 1. EMENTA: Aspectos gerais da execução. Liquidação de sentença. Execução de

Leia mais

Caderno de Direito Penal II Dom Alberto / Nidal Khalil Ahmad. Santa Cruz do Sul: Faculdade Dom Alberto, 2010.

Caderno de Direito Penal II Dom Alberto / Nidal Khalil Ahmad. Santa Cruz do Sul: Faculdade Dom Alberto, 2010. Página 2 / 187 A286c AHMAD, Nidal Khalil Caderno de Direito Penal II Dom Alberto / Nidal Khalil Ahmad. Santa Cruz do Sul: Faculdade Dom Alberto, 2010. Inclui bibliografia. 1. Direito Teoria 2. Direito

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA DA INFRACÇÃO PENAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIA DA INFRACÇÃO PENAL Ano Lectivo 2014/2015 UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular TEORIA DA INFRACÇÃO PENAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

BRUNO BISPO DE FREITAS DEFENSOR PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE PÓS-GRADUADO EM CIÊNCIAS CRIMINAIS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

BRUNO BISPO DE FREITAS DEFENSOR PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE PÓS-GRADUADO EM CIÊNCIAS CRIMINAIS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA BRUNO BISPO DE FREITAS DEFENSOR PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE PÓS-GRADUADO EM CIÊNCIAS CRIMINAIS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA A IMPOSSIBILIDADE DA PRISÃO TEMPORÁRIA NO DELITO DE TRÁFICO ILÍCITO DE SUBSTÂNCIAS

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: RAPHAEL BOLDT DE CARVALHO TURMA: 6 AM PLANO DE CURSO 2012/2

Leia mais

1. PRINCÍPIOS. 2. NORMAS PENAIS.

1. PRINCÍPIOS. 2. NORMAS PENAIS. 1. PRINCÍPIOS. Princípio da Legalidade: os tipos penais só podem ser criados através de lei em sentido estrito. Princípio da Anterioridade: a lei penal só pode ser aplicada quando tem origem ANTES da conduta

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PENAL E CRIMINOLOGIA. Modalidade Presencial

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PENAL E CRIMINOLOGIA. Modalidade Presencial ICPC INSTITUTO DE CRIMINOLOGIA E POLÍTICA CRIMINAL CURSO DE ESPECIALIZAÇAO EM DIREITO PENAL E CRIMINOLOGIA 2015 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PENAL E CRIMINOLOGIA Modalidade

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Direito Processual Civil IV Código:DIR-000 CH Total: 60h Pré-requisito: Direito Processual

Leia mais

CRIME CONTINUADO EM HOMICÍDIOS. César Dario Mariano da Silva 8º PJ do II Tribunal do Júri de São Paulo

CRIME CONTINUADO EM HOMICÍDIOS. César Dario Mariano da Silva 8º PJ do II Tribunal do Júri de São Paulo CRIME CONTINUADO EM HOMICÍDIOS César Dario Mariano da Silva 8º PJ do II Tribunal do Júri de São Paulo A figura do crime continuado surgiu na antigüidade por razões humanitárias, a fim de que fosse evitada

Leia mais

PROGRAMA APRENDA DIREITO PENAL EM 3 MESES

PROGRAMA APRENDA DIREITO PENAL EM 3 MESES PROGRAMA APRENDA DIREITO PENAL EM 3 MESES Perguntas/Respostas alunos Módulo 2 Seguem abaixo as respostas aos questionamentos elaborados pelos alunos. Bons estudos! PERGUNTA 1 Aluna: Talita Késsia Andrade

Leia mais

Aula de Direito Penal. 2015.02. Professor Jomar Sarkis. Teoria do Crime. Conteúdo programático.

Aula de Direito Penal. 2015.02. Professor Jomar Sarkis. Teoria do Crime. Conteúdo programático. Aula de Direito Penal. 2015.02 Professor Jomar Sarkis. Teoria do Crime. Conteúdo programático. Conceito analítico do crime. A teoria bipartida e tripartida do crime. Crime é uma conduta típica, ilícita

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINA UNIDADE ACADEMICA: FADIR. CHTOTAL TEORICA: 90h CO-REQUISITOS:

FICHA DE DISCIPLINA UNIDADE ACADEMICA: FADIR. CHTOTAL TEORICA: 90h CO-REQUISITOS: UNVERSDADE FEDERAL DE UBERLANDA FACULDADE DE DRETO CURSO DE GRADUA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS E BIBLIOGRAFIA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS E BIBLIOGRAFIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS E BIBLIOGRAFIA Curso I - Organização dos Poderes 1. Ementa: Executivo: Estrutura do poder executivo (chefe de Estado e de governo; investidura, posse, vacância, atribuições do Presidente;

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7

SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO REMUNERADO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ PARA ESTUDANTES DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 A FACULDADE 7 DE SETEMBRO, através do NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA,

Leia mais

AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013

AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013 AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013 GRECO, Rogério. Código penal comentado. 8.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. GRECO, Rogério. Curso de

Leia mais

EDITAL PARA EXTRAORDINÁRIO APROVEITAMENTO NOS ESTUDOS 2011/2:

EDITAL PARA EXTRAORDINÁRIO APROVEITAMENTO NOS ESTUDOS 2011/2: FACULDADE DE DIREITO DA FUNDAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO Credenciada pela Portaria MEC n. 3.640, de 17/10/2005 DOU de 20/10/2005. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO Atendendo o disposto

Leia mais

Questão de Direito Penal 1,0 Ponto PADRÃO DE RESPOSTA.

Questão de Direito Penal 1,0 Ponto PADRÃO DE RESPOSTA. Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios XL Concurso Público para Provimento de Cargos de Juiz de Direito Substituto da Justiça do Distrito Federal SEGUNDA PROVA

Leia mais

DISCIPLINA: Direitos Reais SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Direitos Reais SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Direitos Reais SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR140 1. EMENTA: Direitos Reais. Distinção entre Direitos Reais e Obrigacionais. Características.

Leia mais

Germano Marques da Silva. Professor da Faculdade de Direito Universidade Católica Portuguesa

Germano Marques da Silva. Professor da Faculdade de Direito Universidade Católica Portuguesa Germano Marques da Silva Professor da Faculdade de Direito Universidade Católica Portuguesa UNIVERSIDADE CATÓLICA EDITORA LISBOA 2012 PREFÁCIO Publiquei em 1998 o Direito Penal Português, II, Teoria do

Leia mais

Keywords: Criminal Law. Culpability. Unenforceability of diverse conduct.

Keywords: Criminal Law. Culpability. Unenforceability of diverse conduct. CULPABILIDADE NO DIREITO PENAL E INEXIGIBILIDADE DE CONDUTA DIVERSA Felipe Bertoni 1 RESUMO: O presente trabalho possui a finalidade de realizar um breve estudo acerca a culpabilidade no Direito Penal

Leia mais

Curso de Direito. Prof. Me. Heitor Miranda Guimarães

Curso de Direito. Prof. Me. Heitor Miranda Guimarães 1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DOM BOSCO Curso de Direito Prof. Me. Heitor Miranda Guimarães Disciplinas na UCDB: - Direito Processual Civil I, II, III, IV e V - Estágio Supervisionado (NUPRAJUR - 9.º e 10.º

Leia mais

www.apostilaeletronica.com.br

www.apostilaeletronica.com.br DIREITO PENAL PARTE GERAL I. Princípios Penais Constitucionais... 003 II. Aplicação da Lei Penal... 005 III. Teoria Geral do Crime... 020 IV. Concurso de Crime... 027 V. Teoria do Tipo... 034 VI. Ilicitude...

Leia mais

PONTO 1: Conduta PONTO 2: Resultado PONTO 3: Nexo Causal PONTO 4: Tipicidade 1. CONDUTA. 1.1.1 CAUSALISMO ou NATURALÍSTICA Franz Von Liszt

PONTO 1: Conduta PONTO 2: Resultado PONTO 3: Nexo Causal PONTO 4: Tipicidade 1. CONDUTA. 1.1.1 CAUSALISMO ou NATURALÍSTICA Franz Von Liszt 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Conduta PONTO 2: Resultado PONTO 3: Nexo Causal PONTO 4: Tipicidade 1.1 TEORIAS DA CONDUTA 1. CONDUTA 1.1.1 CAUSALISMO ou NATURALÍSTICA Franz Von Liszt Imperava no Brasil até a

Leia mais

LFG MAPS. Teoria Geral do Delito 05 questões

LFG MAPS. Teoria Geral do Delito 05 questões Teoria Geral do Delito 05 questões 1 - ( Prova: CESPE - 2009 - Polícia Federal - Agente Federal da Polícia Federal / Direito Penal / Tipicidade; Teoria Geral do Delito; Conceito de crime; Crime impossível;

Leia mais

DIREITO PENAL EMPRESARIAL (ECONÔMICO)

DIREITO PENAL EMPRESARIAL (ECONÔMICO) Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Empresarial DIREITO PENAL EMPRESARIAL (ECONÔMICO) Carga Horária: 20 1- Ementa Direito

Leia mais

DISCIPLINA: Direito e Bioética SEMESTRE DE ESTUDO: Eletiva. CH total: 36h

DISCIPLINA: Direito e Bioética SEMESTRE DE ESTUDO: Eletiva. CH total: 36h DISCIPLINA: Direito e Bioética SEMESTRE DE ESTUDO: Eletiva TURNO: Matutino / Noturno CH total: 36h CÓDIGO: DIR161 1. EMENTA: O Biodireito e a bioética. Fundamentos gerais. Perspectivas de organização metodológica.

Leia mais

BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS

BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS DIREITO ADMINISTRATIVO TÍTULO: CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO 25ª/2ª TIRAGEM AUTOR: CELSO ANTÔNIO BANDEIRA DE MELLO ANO: 2008 TÍTULO: DIREITO ADMINISTRATIVO

Leia mais

EDITAL Nº 05/2012. Processo seletivo para a contratação de Professor

EDITAL Nº 05/2012. Processo seletivo para a contratação de Professor EDITAL Nº 05/2012 Processo seletivo para a contratação de Professor Artigo 1º - A Faculdade Guanambi, mantido pela CESG Centro de Educação Superior de Guanambi, com sede à Avenida Barão do Rio Branco,

Leia mais

BEM JURÍDICO-PENAL CRIMINAL LEGAL PROPERTY RESUMO ABSTRACT. Sergio Expedito Machado Mouta professorsergiomouta@gmail.com

BEM JURÍDICO-PENAL CRIMINAL LEGAL PROPERTY RESUMO ABSTRACT. Sergio Expedito Machado Mouta professorsergiomouta@gmail.com BEM JURÍDICO-PENAL Revista Científica Multidisciplinar das Faculdades São José CRIMINAL LEGAL PROPERTY Sergio Expedito Machado Mouta professorsergiomouta@gmail.com Mestre em Direito. Professor das Faculdades

Leia mais

CONCURSO DE PESSOAS NO INFANTICÍDIO

CONCURSO DE PESSOAS NO INFANTICÍDIO CONCURSO DE PESSOAS NO INFANTICÍDIO Thyara Galante Alvim SOARES 1 Antenor Ferreira PAVARINA 2 RESUMO: O presente trabalho teve por objetivo analisar a punibilidade dos agentes que, em concurso, praticam

Leia mais

AULA 08. CONTEÚDO DA AULA: Teorias da Conduta (cont). Teoria social da ação (cont.). Teoria pessoal da ação. Resultado. Relação de Causalidade Início.

AULA 08. CONTEÚDO DA AULA: Teorias da Conduta (cont). Teoria social da ação (cont.). Teoria pessoal da ação. Resultado. Relação de Causalidade Início. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Direito Penal / Aula 08 Professora: Ana Paula Vieira de Carvalho Monitora: Mariana Simas de Oliveira AULA 08 CONTEÚDO DA AULA: Teorias da (cont). Teoria social

Leia mais

Ementas das disciplinas do 4º período. DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a

Ementas das disciplinas do 4º período. DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a 1 DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a Teoria geral do direito societário. Sociedade empresária. Constituição das sociedades contratuais. Sociedades contratuais menores. Sociedade

Leia mais

PONTO 1: Crime, Delito e Contravenção PONTO 2: Conceito de Crime

PONTO 1: Crime, Delito e Contravenção PONTO 2: Conceito de Crime PONTO 1: Crime, Delito e Contravenção PONTO 2: Conceito de Crime DIREITO PENAL PONTO 3: Fato Típico PONTO 4: Conduta PONTO 5: Do Resultado PONTO 6: Nexo Causal ou relação de Causalidade TEORIA GERAL DO

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Civil III Código: DIR- 264 CH Total: 60h Pré-requisito: Direito Civil II Período

Leia mais

CULPABILIDADE RESUMO

CULPABILIDADE RESUMO CULPABILIDADE Maira Jacqueline de Souza 1 RESUMO Para uma melhor compreensão de sanção penal é necessário a análise levando em consideração o modo sócio-econômico e a forma de Estado em que se presencie

Leia mais

Crime Unisubjetivo: quando o crime pode ser cometido por uma única pessoa. Crime Plurisubjetivo: quando o crime exige uma quantidade de pessoas.

Crime Unisubjetivo: quando o crime pode ser cometido por uma única pessoa. Crime Plurisubjetivo: quando o crime exige uma quantidade de pessoas. CONCURSO DE PESSOAS Crime Unisubjetivo: quando o crime pode ser cometido por uma única pessoa. Crime Plurisubjetivo: quando o crime exige uma quantidade de pessoas. Nos crimes unisubjetivos o concurso

Leia mais

O SISTEMA CLÁSSICO DA TEORIA DO DELITO- A ANÁLISE DA TEORIA CAUSAL- NATURALISTA DA AÇÃO E DA TEORIA PSICOLÓGICA DA CULPABILIDADE

O SISTEMA CLÁSSICO DA TEORIA DO DELITO- A ANÁLISE DA TEORIA CAUSAL- NATURALISTA DA AÇÃO E DA TEORIA PSICOLÓGICA DA CULPABILIDADE O SISTEMA CLÁSSICO DA TEORIA DO DELITO- A ANÁLISE DA TEORIA CAUSAL- NATURALISTA DA AÇÃO E DA TEORIA PSICOLÓGICA DA CULPABILIDADE José Carlos de Oliveira Robaldo 1 Vanderson Roberto Vieira 2 Resumo: Os

Leia mais

CH Total: 36h SEMESTRE DE ESTUDO: Eletiva TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR 168

CH Total: 36h SEMESTRE DE ESTUDO: Eletiva TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR 168 DISCIPLINA: Direitos Humanos CH Total: 36h SEMESTRE DE ESTUDO: Eletiva TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR 168 1. EMENTA: Origem e evolução histórica dos Direitos Humanos. Dignidade humana e os Direitos

Leia mais