20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro"

Transcrição

1 20 Desembargador Luiz Vicente Cernicchiaro DADOS PESSOAIS NOME: Luiz Vicente Cernicchiaro FILIAÇÃO: Vicente Cernicchiaro e Anna Maria Lopes Cernicchiaro DATA DE NASCIMENTO: 2/11/1929 LOCAL DE NASCIMENTO: Quatá - SP CÔNJUGE: Concita Ayres Cernicchiaro FILHOS: Anna Maria Ayres Cernicchiaro NACIONALIDADE: brasileira FALECIMENTO: 11/3/2010 ESCOLARIDADE Curso Primário: Santos (SP) e Quatá (SP). Curso Ginasial: São Paulo (SP). Curso Superior: Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), Pós-Graduação: Doutor em Direito Penal e Criminologia, pela Università degli Studi Roma. Doutor pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, Defendeu teses de Direito Civil Comparado, Criminologia, Direito Público, História do Direito Nacional, Economia Política e Legislação Social, Direito Internacional Público e Filosofia do Direito. CARGOS OCUPADOS - Defensor Público 1963/ Nomeado a Juiz Substituto da Justiça do Distrito Federal Promovido por merecimento a Juiz de Direito da Justiça do Distrito Federal Promovido por merecimento à Desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) Vice-Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal e Corregedor (TRE-DF) Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) 1981/ Presidente do TJDFT biênio 1986/ Membro das Comissões de Reforma do Código Penal e da Lei de Contravenções Penais. - Membro da magistratura do TJDFT de 1966 a 5/5/1989.

2 - Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) a partir 18/5/1989, no qual integrou a 6ª Turma e a 3ª Seção, além da Corte Especial. - Aposentou-se no cargo de Ministro do STJ a partir de 2/8/ Faleceu em 11/03/2010, aos 80 anos de idade. MAGISTÉRIO - Professor de Direito Penal e Administrativo na Universidade de Brasília (UnB). - Professor de Direito Penal no Centro de Ensino Universitário do Distrito Federal (CEUB). - Professor de Direito Penal na Academia Nacional de Polícia em Brasília (ANP). - Chefe do Departamento de Direito da Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais da UnB. - Coordenador do Curso de Mestrado em Direito da UnB. - Professor dos Cursos de Direito Penal e de Direito Administrativo na UnB. - Professor de Direito Penal no 1º Curso Superior de Polícia, ministrado pela Academia Nacional de Polícia. - Chefe do Departamento de Direito da Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais da UnB. - Professor de Direito Penal da Faculdade de Direito do Centro de Ensino Unificado de Brasília (CEUB). - Professor Titular na UnB. LIVROS PUBLICADOS - CERNICCHIARO, Luiz Vicente. O conceito de cônjuge no Código Penal brasileiro. Brasília, 1969 (Tese apresentada à Universidade de Brasília para obtenção do grau de Doutor em Direito). - CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Dicionário de Direito Penal. Brasília: Universidade de Brasília, p. - CERNICCHIARO, Luiz Vicente ; LYRA FILHO, Roberto. Compêndio de Direito Penal. São Paulo, J. Bushatsky, CERNICCHIARO, Luiz Vicente ; COSTA JUNIOR, Paulo José. Direito Penal da Constituição. São Paulo: Ed. Revista dos Tribunais, p. - CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Questões Penais. Belo Horizonte: Del Rey, p. - CERNICCHIARO, Luiz Vicente ; BETTIOL, Giuseppe. Direto Penale /Tradução -1ª Parte. Ed. Forense. TRABALHOS PUBLICADOS Além dos artigos abaixo é relevante informar que o Desembargador tem diversos artigos publicados em jornais e revistas de circulação nacional, e que podem ser encontrados na Rede RVBI. CERNICCHIARO, Luiz Vicente. "Vacatio Legis": lei penal inconstitucional. BOLETIM IBCCRIM. São Paulo, v.35, p.16, nov., 1995.

3 CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Usura e inflação. R. DO CONSELHO PENITENCIARIO FEDERAL. Brasília, v.4, p.44-54, jul./set., CERNICCHIARO, Luis Vicente. Estrito cumprimento de dever legal e exercício regular de direito. R. DO CONSELHO PENITENCIARIO FEDERAL. Brasília, v.5, p.56-66, out./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. O crime de extorsão mediante seqüestro cometido por quadrilha ou bando. R. DO CONSELHO PENITENCIARIO FEDERAL, Brasília, v.7, p.27-46, abr./jun., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. O direito penal na Nova Constituição do Brasil. R. DE DOUTRINA E JURISPRUDENCIA DO TJDFT. Brasília, v.3, p.21-35, jul./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Conceito do delito no direito penal inglês. R. DE DOUTRINA E JURISPRUDENCIA DO TJDFT v.5, n.8, p.11-25, jul./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. O estado de necessidade. R. DE INFORMACAO LEGISLATIVA. Brasília, v.34, p.83-96, abr./jun., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Cônjuge: circunstância agravante. CIENCIA PENAL. São Paulo, v.2, p.61-76, jul., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Ofensa a pessoa jurídica. CIENCIA PENAL, São Paulo, v.3, p.38-46, jul./set., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Alguns aspectos da Lei n. 6416/77. R. DE INFORMACAO LEGISLATIVA, Brasília, v.59, p , jul./set., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. O direito penal e o jus naturalismo. R. JURIDICA DA PROCURADORIA GERAL DO DISTRITO FEDERAL. Brasília, v.22, p.11 7, dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Penas acessórias. CIENCIA PENAL. Rio de Janeiro, v.2, p.49-56, jul./set., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Responsabilidade penal. R. DA FACULDADE DE DIREITO DA UFG, Goiânia, v.4, n.2, p , jul./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Do crime continuado. R. DA FACULDADE DE DIREITO DA UFG, Goiânia, v.5, n.1/2, p.115-9, jan./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Código penal de Antecedentes. Ideologia. Princípios. Orientação. Finalidade. R. DE INFORMACAO LEGISLATIVA, Brasília, v.86, p , abr./jun., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Aplicação da pena. R. DA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE SAO PAULO, São Paulo, n.23, p.45-62, jun., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Código Penal: concurso de pessoas; crime continuado; penas; aplicação e execução. R. BRASILEIRA DE CIENCIAS CRIMINAIS, São Paulo, v.8, p.85-92, out./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Direito penal tributário: observações de aspectos da teoria geral do direito penal. R. BRASILEIRA DE CIENCIAS CRIMINAIS, São Paulo, v.11, p , jul./set., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Reforma penal: 10 anos. R. BRASILEIRA DE CIENCIAS CRIMINAIS, São Paulo, v.3, n.12, p.130-7, out./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Lei n. 9099/95. Suspensão condicional do processo. BOLETIM IBCCRIM, São Paulo, v.36, p.4, dez., 1995.

4 CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Reforma Penal. BOLETIM IBCCRIM, São Paulo, v.33, p.1-2, set., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Lei 9.099, de 26 de setembro de 1995: algumas observações. R. BRASILEIRA DE CIENCIAS CRIMINAIS, São Paulo, v.13, p.120 9, jan./mar., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Lei 9296/96: interceptação telefônica. BOLETIM IBCCRIM, São Paulo, v.47, p.3, out., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Tipo penal e tipo de culpabilidade. R. DA ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DE SANTA CATARINA, Florianópolis, v.2, p.41-50, CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Arma de brinquedo. BOLETIM IBCCRIM, São Paulo, n.50, p.12, jan., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Tutela (penal) antecipada. BOLETIM IBCCRIM, São Paulo, v.52, p.4, mar., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Lei n.9430/96 - art. 83. BOLETIM IBCCRIM, São Paulo, v.54, p.4, maio, CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Crime organizado. REVISTA CEJ, Brasília, v.1, n.1, p , ago., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Direito penal e política. R. BRASILEIRA DE CIENCIAS CRIMINAIS, São Paulo, n.24, p , out./dez., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Reforma penal: 10 anos. R. DA EMERON, Porto Velho, v.2, p.11-23, CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Código de Trânsito Brasileiro: o artigo 309 derrogou o artigo 32 da LCP. BOLETIM IBCCRIM/JURISPRUDENCIA, São Paulo, n.77, p.339, abr., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Direito penal e política. INFORMATIVO JURIDICO DA BIBLIOTECA MINISTRO OSCAR SARAIVA, Brasília, v.11, n.1, p.18 30, jan./jul., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Fixação da pena: fundamentação, "intensidade do dolo" e qualificação inadequada. BOLETIM IBCCRIM/JURISPRUDENCIA, São Paulo, v.7, n.84, p.395, nov., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Cheque pré-datado no Brasil. CONSULEX: REVISTA JURIDICA, Brasília, v.1, n.25, p.50-51, jan., CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Eutanásia. CONSULEX: REVISTA JURIDICA, Brasília, v.1, n.29, p.12-21, maio, CERNICCHIARO, Luiz Vicente; BITENCOURT, Cezar Roberto; LUISI, Luiz Benito Viggiano. Pena de prisão perpetua. REVISTA CEJ, Brasília, n.11, p.36-51, ago., (Seminário Internacional, "O Tribunal Penal Internacional e a Constituição Brasileira", Brasília, 2000). CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Terrorismo e violência no âmbito penal. REVISTA CEJ, Brasília, v.6, n.18, p.23-26, set., (Seminário Internacional "Terrorismo e violência: segurança do Estado, direitos e liberdades individuais", 2002, Brasília). CERNICCHIARO, Luiz Vicente. Juiz "sem cara". R. SINTESE DE DIREITO PENAL E PROCESSUAL PENAL, Porte Alegre, v.4, n.21, p.9-10, ago./set., 2003.

5 TÍTULOS - Agraciado com a comenda da Ordem do Mérito Eleitoral conferida pelo Conselho Tutelar da Medalha do Mérito Eleitoral do Distrito Federal, em 2001 (Res. N. 3169, de 22/3/2000).

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977.

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977. 1. IDENTIFICAÇÃO 1.01 - Nome: Paulo Roberto de Oliveira Lima 1.02 Filiação: Edvaldo Santos Lima Maria Aparecida de Oliveira Lima 1.03 Nacionalidade: Brasileira 1.04 Naturalidade: Alagoana 1.05 Nascimento:

Leia mais

Lista de duplicatas de Periódicos

Lista de duplicatas de Periódicos Tribunal Superior do Trabalho Coordenadoria de Documentação Lista de Intercâmbio Atualizada em 24/04/14 por Gislaine Lista de duplicatas de Periódicos Os pedidos serão atendidos por ordem de chegada e

Leia mais

ROSA MARIA WEBER CANDIOTA DA ROSA

ROSA MARIA WEBER CANDIOTA DA ROSA ROSA MARIA WEBER CANDIOTA DA ROSA Ministra do Supremo Tribunal Federal, empossada em 19 de dezembro de 2011. Nascida em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 02 de outubro de 1948. Filha do médico José Júlio

Leia mais

Participou do II Curso de Preparação à Magistratura, no período de 13/03/1989 a 08/12/1989. Promovido pela Escola da Magistratura do Estado de

Participou do II Curso de Preparação à Magistratura, no período de 13/03/1989 a 08/12/1989. Promovido pela Escola da Magistratura do Estado de ALEXANDRE MIGUEL, natural de Tupi Paulista SP, casado, Bacharel em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito da Alta Paulista, em Tupã, Estado de São Paulo, no ano letivo de 1986. Pós-Graduação em Direito

Leia mais

Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990

Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990 Sumário Prefácio... 11 Apresentação dos autores... 13 Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990 1. Para entender a lei... 26 2. Aspectos gerais... 28 2.1 Fundamento constitucional... 28 2.2 A Lei dos

Leia mais

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Penal II Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA A prática do crime

Leia mais

O suspeito, o acusado e o condenado frente aos direitos humanos fundamentais

O suspeito, o acusado e o condenado frente aos direitos humanos fundamentais Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento VI Direitos Difusos e Coletivos Programa de Ensino - Núcleo de Prática Jurídica - 2016 Professor: Plínio Antônio Britto Gentil O suspeito, o acusado

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL COLEÇÃO PREPARANDO PARA CONCURSOS QUESTÕES DISCURSIVAS COMENTADAS MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL PROMOTOR DE JUSTIÇA ESTADUAL 140 questões discursivas comentadas. Extraídas exclusivamente de concursos para

Leia mais

(Do Sr. Sérgio Vidigal) Senhor Presidente:

(Do Sr. Sérgio Vidigal) Senhor Presidente: COMISSÃO ESPECIAL DA MAIORIDADE PENAL REQUERIMENTO N O, DE 2015 (Do Sr. Sérgio Vidigal) Requer que seja convidado o Juiz Fernando Antônio Nogueira Galvão da Rocha e o Promotor de Justiça Rogério Graco

Leia mais

CURRICULUM PALESTRANTES

CURRICULUM PALESTRANTES CURRICULUM PALESTRANTES OPHIR FILGUEIRAS CAVALCANTE JUNIOR Presidente do Conselho Federal da OAB Foi advogado do Banpará, após aprovação em concurso público, e consultor geral da Câmara Municipal de Belém.

Leia mais

Roteiro de Teses Defensivas OAB 2ª Fase Penal Vega Cursos Jurídicos

Roteiro de Teses Defensivas OAB 2ª Fase Penal Vega Cursos Jurídicos Roteiro de Teses Defensivas OAB 2ª Fase Penal Vega Cursos Jurídicos Prof. Sandro Caldeira Prezado(a) aluno(a), Na nossa primeira aula abordamos um roteiro de teses defensivas que iremos treinar durante

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO E JUSTIÇA DO TRABALHO 2ª TURMA GOIÂNIA-GO REGULAMENTAÇÃO Resolução CNE/CES nº 1/2007, Diário Oficial da União, Brasília, 08/06/2007, Seção 1, pág. 9 Estabelece normas para o funcionamento

Leia mais

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Formulário Padronizado Vagas no CNJ e no CNMP

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Formulário Padronizado Vagas no CNJ e no CNMP Nome Tribunal de origem JOSÉ CARLOS ZEBULUM TRF2 - Tribunal Regional Federal da 2ª Região Data de posse 27/06/2002 Vaga a que deseja concorrer Membro do CNMP Juiz (Art. 130-A, caput, IV, da CF) Atuação

Leia mais

Direito constitucional: repercussão geral e súmulas vinculantes

Direito constitucional: repercussão geral e súmulas vinculantes Direito constitucional: repercussão geral e súmulas vinculantes IDP Veduca 40h Sobre o curso O curso visa o estudo do novo perfil da Jurisdição Constitucional no Brasil. Dois novos institutos foram inseridos

Leia mais

Desembargador Federal Francisco Barros Dias Curriculum Vitae

Desembargador Federal Francisco Barros Dias Curriculum Vitae Desembargador Federal Francisco Barros Dias Curriculum Vitae Novembro/2006 Francisco Barros Dias Curriculum Vitae Dados Pessoais Nome Francisco Barros Dias Nome em citações bibliográficas DIAS, F. B. Sexo

Leia mais

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP Nome Tribunal de origem ROBERTO LEMOS DOS SANTOS FILHO TRF3 - Tribunal Regional Federal da 3ª Região Data de posse 24/09/1999 Vaga a que deseja concorrer Membro do CNJ Juiz Federal (Art. 103-B, caput,

Leia mais

2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada.

2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada. PROGRAMA DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E SEGURANÇA 1. Apresentação A Fundação Direito e Justiça e o Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, em parceria, com a Faculdade de Direito da

Leia mais

R I D A L V O C O S T A

R I D A L V O C O S T A C U R R I C U L U M V I T A E R I D A L V O C O S T A OUTUBRO - 2007 DADOS PESSOAIS NOME: RIDALVO COSTA DATA DE NASCIMENTO: 15 de novembro de 1937 FILIAÇÃO: Raimundo Silvino da Costa e Francisca dos Anjos

Leia mais

R E L A T Ó R I O. RELATOR: Senador MARCELO CRIVELLA

R E L A T Ó R I O. RELATOR: Senador MARCELO CRIVELLA R E L A T Ó R I O Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre o Ofício S nº 55, de 2011, de Partidos Liderança partidária, que indica, nos termos do art. 130-A, inciso VI, da Constituição Federal,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) Identificação Disciplina Direito Penal II - NOTURNO Carga horária

Leia mais

Marcelo Navarro Ribeiro Dantas

Marcelo Navarro Ribeiro Dantas CURRICULUM VITAE MARCELO NAVARRO RIBEIRO DANTAS 1. Nome: MARCELO NAVARRO RIBEIRO DANTAS 2. Nascimento: Natal - RN, 20 de janeiro de 1963 3. Filiação: Múcio Vilar Ribeiro Dantas (falecido) Cleide Navarro

Leia mais

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Tópicos Especiais de Direito Penal Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Público Área: Direito Penal e Processo Penal PLANO DE ENSINO EMENTA

Leia mais

Pós-graduação em Direito e Processual Penal

Pós-graduação em Direito e Processual Penal Apresentação O Grupo Verbo Jurídico figura hoje como uma das instituições mais completas quando se trata de preparação para Concursos Públicos, também atuando no segmento editorial e de ensino. No campo

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Conciliação judicial individual e coletiva e formas extrajudiciais de solução dos conflitos trabalhistas Mundo do trabalho Mundo do trabalho

Conciliação judicial individual e coletiva e formas extrajudiciais de solução dos conflitos trabalhistas Mundo do trabalho Mundo do trabalho BIBLIOGRAFIA PEREIRA, José Luciano de Castilho. Formação de magistrados: o Brasil e a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho. In: PIMENTA, Adriana Campos de Souza Freire;

Leia mais

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Formulário Padronizado Vagas no CNJ e no CNMP

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Formulário Padronizado Vagas no CNJ e no CNMP Nome Tribunal de origem Rafael Tocantins Maltez TJSP - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Data de posse 26/03/1999 Vaga a que deseja concorrer Membro do CNMP Juiz (Art. 130-A, caput, IV, da CF)

Leia mais

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP Nome Tribunal de origem JOÃO MAURICIO GUEDES ALCOFORADO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO. Data de posse 13/10/1992. Vaga a que deseja concorrer JUIZ DO CNMP Atuação Profissional Atual: Juiz Titular da

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br (Artigos) considerações sobre a responsabilidade "penal" da pessoa jurídica Dóris Rachel da Silva Julião * Introdução É induvidoso que em se tratando da criminalidade econômica e

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM CRIMINOLOGIA A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM CRIMINOLOGIA A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL FUNDAÇÃO SOUSÂNDRADE INSTITUTO UNIVERSITÁRIO ATLÂNTICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM CRIMINOLOGIA A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR EM PORTUGAL UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA São Luis

Leia mais

Charleston Reis Coutinho é bacharel em direito pelo UNICEUB e especialista em direito administrativo pela Universidade Católica de Brasília.

Charleston Reis Coutinho é bacharel em direito pelo UNICEUB e especialista em direito administrativo pela Universidade Católica de Brasília. 2007 Curso sobre Gestão de Pessoal (Novembro) Instrutores: Dr. Inácio Magalhães Filho, Procurador do Ministério Público junto ao TCDF Dr.Charleston Reis Coutinho, Assessor da Vice-Presidência do TJDFT.

Leia mais

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Modelo de Currículo Vagas no CNJ e no CNMP Nome Tribunal de origem Silvio César Arouck Gemaque TRF3 - Tribunal Regional Federal da 3ª Região Data de posse 24/09/1999 Vaga a que deseja concorrer Membro do CNMP Juiz (Art 130-A, caput, IV, da CF)

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina

Plano de Ensino de Disciplina UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Faculdade de Direito Departamento de Direito e Processo Penal Plano de Ensino de Disciplina DISCIPLINA: DIREITO PE AL I CÓDIGO: DIN101 PRÉ-REQUISITO: DIT027 DEPARTAMENTO:

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: DIREITO PENAL II Código: DIR - 265 CH Total: 60 horas Pré-requisito:Direito

Leia mais

CURRICULUM VITAE EROS PICELI

CURRICULUM VITAE EROS PICELI CURRICULUM VITAE DESEMBARGADOR EROS PICELI Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo DGJUD 1.2 - Serviço de Publicações e Divulgação Dados Pessoais Desembargador EROS PICELI Filiação: José Piceli Maria

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

EDUARDO RAFAEL WICHINHEVSKI A POSSIBILIDADE DE CONCESSÃO DE PENSÃO POR MORTE PARA O MENOR SOB GUARDA À LUZ DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA

EDUARDO RAFAEL WICHINHEVSKI A POSSIBILIDADE DE CONCESSÃO DE PENSÃO POR MORTE PARA O MENOR SOB GUARDA À LUZ DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA EDUARDO RAFAEL WICHINHEVSKI A POSSIBILIDADE DE CONCESSÃO DE PENSÃO POR MORTE PARA O MENOR SOB GUARDA À LUZ DO PRINCÍPIO DA ISONOMIA CURITIBA 2013 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 PENSÃO POR MORTE... 4 3 DEPENDENTES

Leia mais

CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS

CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS CURRICULUM VITAE 1 CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS 1.1. Nome: Leonardo Cesar de Agostini 1.2. Filiação: Davi Paulo de Agostini e Odaira Prado de Agostini 1.3. Estado civil: casado 1.4. Cônjuge: Kátia

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 172/CONSUN-CaEn/07

RESOLUÇÃO N.º 172/CONSUN-CaEn/07 RESOLUÇÃO N.º 172/CONSUNCaEn/07 Aprova a alteração da matriz curricular (novo currículo) do Curso de Direito Cejurps, no âmbito da UNIVALI. O Presidente do Conselho Universitário CONSUN, da Universidade

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO GRUPOS DE PESQUISA INSTITUCIONAL

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO GRUPOS DE PESQUISA INSTITUCIONAL DEPARTAMENTO DE PENAL GRUPOS DE PESQUISA INSTITUCIONAL Í N D I C E Código Disciplina Página DIR 05-07844 GPI em Direito Penal: Parte Geral 2 DIR 05-07845 GPI em Direito Penal: Parte Especial 3 DIR 05-08588

Leia mais

Índice O Escritorio 4 Áreas de Especialização Direito Empresarial 6 Direito Administrativo 7 e Regulatório Direito Bancário 7 Direito Imobiliário 8 Direito de Família e Sucessões 8 Responsabilidade Civil

Leia mais

99 Desembargador Arnoldo Camanho de Assis

99 Desembargador Arnoldo Camanho de Assis 99 Desembargador Arnoldo Camanho de Assis DADOS PESSOAIS NOME: Arnoldo Camanho de Assis DATA DE NASCIMENTO: 07/05/1963 LOCAL DE NASCIMENTO: Rio de Janeiro - RJ NACIONALIDADE: brasileira ESCOLARIDADE: Curso

Leia mais

Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira

Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira Meta Meta 2 de 29 Meta 2 de 21 Meta 2 de 212 Meta 2 de 213 Descrição Identificar os processos judiciais mais antigos e adotar medidas concretas

Leia mais

1. PRINCÍPIOS DOS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS art. 62 da Lei 9.009/95 2. OBJETIVOS DO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL

1. PRINCÍPIOS DOS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS art. 62 da Lei 9.009/95 2. OBJETIVOS DO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL 1 PROCESSO PENAL PROCESSO PENAL PONTO 1: Princípios dos Juizados Especiais Criminais PONTO 2: Objetivos PONTO 3: Competência PONTO 4: Fase Policial PONTO 5: Fase Judicial PONTO 6: Recursos PONTO 7: Atos

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Delgado, Mauricio Godinho. Curso de direito do trabalho. 14. ed. São Paulo: LTr, 2015. 1568 p.

BIBLIOGRAFIA. Delgado, Mauricio Godinho. Curso de direito do trabalho. 14. ed. São Paulo: LTr, 2015. 1568 p. BIBLIOGRAFIA Delgado, Mauricio Godinho. Curso de direito do trabalho. 14. ed. São Paulo: LTr, 2015. 1568 p. DELGADO, Mauricio Godinho. O sistema trabalhista brasileiro e a justiça do trabalho: os desafios

Leia mais

Nome: NICOLAU LUPIANHES NETO, filho de Nicolau Lupianhes Filho e Mariana Rosa João

Nome: NICOLAU LUPIANHES NETO, filho de Nicolau Lupianhes Filho e Mariana Rosa João NICOLAU LUPIANHES NETO Curriculum Vitae et Studiorum Dados Pessoais Nome: NICOLAU LUPIANHES NETO, filho de Nicolau Lupianhes Filho e Mariana Rosa João Lupianhes. Nascimento: 27 de julho de 1.965, em São

Leia mais

Curso de Direito. Ética (Medicina): - Revista Bioética. Filosofia: - Kriterion - Síntese (Belo Horizonte) : revista de filosofia

Curso de Direito. Ética (Medicina): - Revista Bioética. Filosofia: - Kriterion - Síntese (Belo Horizonte) : revista de filosofia Curso de Direito Ética (Medicina): - Revista Bioética Filosofia: - Kriterion - Síntese (Belo Horizonte) : revista de filosofia Ciências Sociais / Sociologia / Política: - Caderno CRH - Cadernos Aslegis

Leia mais

Curso de Direito. Ética (Medicina): Revista Bioética http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica

Curso de Direito. Ética (Medicina): Revista Bioética http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica Curso de Direito Ética (Medicina): Revista Bioética http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica Filosofia: Kriterion http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issues&pid=0100-512x&lng=pt&nrm=iso

Leia mais

IMPOSSIBILIDADE DE RECOLHIMENTO DE PRESO CIVIL EM PRISÃO MILITAR

IMPOSSIBILIDADE DE RECOLHIMENTO DE PRESO CIVIL EM PRISÃO MILITAR ELBERT DA CRUZ HEUSELER Mestre em Direito da Administração Pública Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais Pós Graduado em Estratégia e Relações Internacionais Especialista em Globalização e Brasil

Leia mais

Poder Judiciário da União TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS. Central Judicial do Idoso TJDFT. MPDFT. DEFENSORIA PÚBLICA DF

Poder Judiciário da União TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS. Central Judicial do Idoso TJDFT. MPDFT. DEFENSORIA PÚBLICA DF COORDENADORIA-GERAL DO SISTEMA DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS Nome do Centro Judiciário /CJI Período 1 º de janeiro a 30 de junho/2013 Estrutura de Pessoal Servidores efetivos do TJDFT * Em tramitação pela SUGIP:

Leia mais

DEZ ANOS DA LEI DOS CRIMES CONTRA O MEIO AMBIENTE: QUESTÕES CONTROVERTIDAS E A JURISPRUDÊNCIA

DEZ ANOS DA LEI DOS CRIMES CONTRA O MEIO AMBIENTE: QUESTÕES CONTROVERTIDAS E A JURISPRUDÊNCIA DEZ ANOS DA LEI DOS CRIMES CONTRA O MEIO AMBIENTE: QUESTÕES CONTROVERTIDAS E A JURISPRUDÊNCIA Eladio Lecey Diretor-Presidente, Escola Nacional da Magistratura - AMB Diretor, Escola Brasileira de Direito

Leia mais

1. RECURSO DE APELAÇÃO

1. RECURSO DE APELAÇÃO 1. RECURSO DE APELAÇÃO 1. 1 HIPÓTESES DE CABIMENTO - Sentença condenatória. - Sentença absolutória. - Sentença de absolvição sumária no âmbito do Tribunal do Júri, nos termos do art. 415 do CPP. - Decisão

Leia mais

BIBLIOTECA DO IAB OBRAS DOADAS Outubro e Novembro 2011

BIBLIOTECA DO IAB OBRAS DOADAS Outubro e Novembro 2011 Doação do Consocio e Autor Dr. João Carlos Castellar ANTEPROJETO DE CÓDIGO DE PROCESSO PENAL DESENVOLVIDO PELA COMISSÃO PERMANENTE DE DIREITO PENAL DO INSTITUTO DOS ADVOGADOS BRASILEIROS. Rio de Janeiro:

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2012.

PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2012. PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2012. Concede título honorífico de cidadania que especifica. A Assembléia Legislativa do Estado de Goiás, nos termos do art. 10 da Constituição Estadual, decreta e eu sanciono

Leia mais

Súmulas em matéria penal e processual penal.

Súmulas em matéria penal e processual penal. Vinculantes (penal e processual penal): Súmula Vinculante 5 A falta de defesa técnica por advogado no processo administrativo disciplinar não ofende a Constituição. Súmula Vinculante 9 O disposto no artigo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL DOAÇÃO DE LIVROS Conforme dispõe a Instrução Normativa MPF/SG/SA nº 001/1993, os bens classificados como IRRECUPERÁVEIS poderão

Leia mais

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL PEÇA PROFISSIONAL Mariano Pereira, brasileiro, solteiro, nascido em 20/1/1987, foi denunciado pela prática de infração prevista no art. 157, 2.º, incisos I e II,

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15

SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 SUMÁRIO NOTA DOS COORDENADORES DA COLEÇÃO...15 DIREITO ADMINISTRATIVO...17 Fernando Ferreira Baltar Neto e Ronny Charles Lopes de Torres 1. Direito Administrativo e o Regime Jurídico-Administrativo...17

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MARIPÁ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO ESTADO DO PARA

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MARIPÁ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO ESTADO DO PARA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EDITAL DE CONCURSO Nº 002/2014 REALIZAÇÃO: OBJETIVA CONCURSOS LTDA ANDERSON BENTO MARIA, Prefeito Municipal de Maripá, Estado do Paraná por meio da Secretaria

Leia mais

C u r r i c u l u m V i t a e

C u r r i c u l u m V i t a e 1 R e s u m o Wandergell Lins Fernandes Leiroza, brasileiro, advogado, 48 anos de idade, graduado na Universidade Gama Filho (Rio de Janeiro) onde alcançou o grau de Bacharel em Direito. É pós graduado

Leia mais

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador RENAN CALHEIROS

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador RENAN CALHEIROS PARECER Nº, DE 2012 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Mensagem Presidencial nº 82, de 2012 (nº 403, 10 de setembro de 2012, na origem), que submete à aprovação do Senado Federal

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais CURRICULUM VITAE Dados Pessoais Nome: Nuno Ricardo Pereira Branco Data de Nascimento: 21-09-1979 Bilhete de Identidade n.º: 225276909 Estado Civil: Casado Contactos: Residência: Avenida dos Estados Unidos

Leia mais

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar que o aluno tome conhecimento do conceito, das finalidades e da importância do Direito Penal.

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar que o aluno tome conhecimento do conceito, das finalidades e da importância do Direito Penal. DISCIPLINA: Direito Penal I SEMESTRE DE ESTUDO: 2º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR112 1. EMENTA: Propedêutica Penal. Relação do Direito Penal com outras ciências: a criminologia

Leia mais

Francisco Wildo Lacerda Dantas. 2.1 - Desembargador Federal do Tribunal Regional Federal da 5ª Região;

Francisco Wildo Lacerda Dantas. 2.1 - Desembargador Federal do Tribunal Regional Federal da 5ª Região; CURRICULUM VITAE 1. Informações Pessoais: Nome: Francisco Wildo Lacerda Dantas Sexo: Masculino Filiação: José Augusto Dantas Maria Morais de Lacerda Dantas Nascimento: 05 de julho de 1945 Localidade: Ipiaú

Leia mais

Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho Direito Processual do Trabalho Carga Horária: 64 h/a 1- Ementa O curso

Leia mais

FIXAÇÃO DO VALOR MÍNIMO DE INDENIZAÇÃO E SUA INSTRUMENTALIZAÇÃO PRÁTICA VALOR MÍNIMO DE INDENIZAÇÃO: FIXAÇÃO E NSTRUMENTALIZAÇÃO

FIXAÇÃO DO VALOR MÍNIMO DE INDENIZAÇÃO E SUA INSTRUMENTALIZAÇÃO PRÁTICA VALOR MÍNIMO DE INDENIZAÇÃO: FIXAÇÃO E NSTRUMENTALIZAÇÃO FIXAÇÃO DO VALOR MÍNIMO DE INDENIZAÇÃO E SUA INSTRUMENTALIZAÇÃO PRÁTICA José Roberto Torres da Silva Batista * Isaiane Costa Pereira ** RESUMO Este artigo discute uma visão dialética do conhecimento, a

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: RAPHAEL BOLDT DE CARVALHO TURMA: 6 AM PLANO DE CURSO 2012/2

Leia mais

Alfredo de Almeida Russell

Alfredo de Almeida Russell Diretoria-Geral de Comunicação e de Difusão do Conhecimento Acervo do Museu da Justiça Alfredo de Almeida Russell Natural da cidade do Rio de Janeiro, nasceu em 3 de agosto de 1875. Estudou no Colégio

Leia mais

XXV CONCURSO PARA INGRESSO NA CLASSE INICIAL DA CARREIRA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

XXV CONCURSO PARA INGRESSO NA CLASSE INICIAL DA CARREIRA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO XXV CONCURSO PARA INGRESSO NA CLASSE INICIAL DA CARREIRA DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Banca I - Direito Civil e Direito Processual Civil 1. Defensora Pública Larissa Ellias Guimarães

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Furto de aparelho de som instalado em automóvel. 1. Problema jurídico Edison Miguel da Silva Jr. Ao quebrar o vidro do automóvel subtraindo apenas o aparelho de som nele instalado,

Leia mais

CONVERSANDO SOBRE AS CARREIRAS JURÍDICAS

CONVERSANDO SOBRE AS CARREIRAS JURÍDICAS - SEPesq CONVERSANDO SOBRE AS CARREIRAS JURÍDICAS Voltaire de Freitas Michel Doutor em Direito Uniritter voltairemichel@hotmail.com Resumo: O projeto de extensão Conversando sobre as Carreiras Jurídicas

Leia mais

O parágrafo único do artigo 9º, do CPM e sua tão discutida inconstitucionalidade.

O parágrafo único do artigo 9º, do CPM e sua tão discutida inconstitucionalidade. O parágrafo único do artigo 9º, do CPM e sua tão discutida inconstitucionalidade. Rodrigo Santana de Souza e Silva 1 Resumo O presente trabalho tem por fim analisar a inconstitucionalidade ou não do parágrafo

Leia mais

Gilberto Souza de Almeida Rodinei Silva da Paixão Antônio Gabriel Di Atalanta Valente Alan Ferreira Brito Marcell Ribeiro

Gilberto Souza de Almeida Rodinei Silva da Paixão Antônio Gabriel Di Atalanta Valente Alan Ferreira Brito Marcell Ribeiro PLANO DO PROJETO 1 PLANO DO PROJETO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título do projeto: Código do projeto: Área proponente: Líder de projeto: Equipe de projeto: BI DO MPAP MPAP_GE_0009 DTI Departamento de Tecnologia

Leia mais

Campos Carlos Luz. Dia 15 de setembro (manhã):

Campos Carlos Luz. Dia 15 de setembro (manhã): Campos Carlos Luz Dia 15 de setembro (manhã): Palestra: Erros essenciais no Direito Penal Convidado: Alexandre Victor de Carvalho Pós-graduado em Ciências Penais pela Universidade Gama Filho-RJ. Bacharel

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV AULA DIA 25/05/2015 Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com DIREITO PROCESSUAL PENAL IV Procedimento Sumaríssimo (Lei 9.099/95) - Estabelece a possibilidade de conciliação civil,

Leia mais

Síntese da Cooperação Bilateral com São Tomé e Príncipe na área da Justiça

Síntese da Cooperação Bilateral com São Tomé e Príncipe na área da Justiça Síntese da Cooperação Bilateral com São Tomé e Príncipe na área da Justiça Fevereiro 2015 SÍNTESE DA COOPERAÇÃO BILATERAL COM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE NA ÁREA DA JUSTIÇA O Ministério da Justiça tem apoiado,

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011 Disciplina: Direito Penal IV Departamento III Penal e Processo Penal Docente Responsável: Mauro Augusto de Souza Mello Junior Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo:

Leia mais

I Simpósio de Direitos Fundamentais

I Simpósio de Direitos Fundamentais FRENTE I Simpósio de Direitos Fundamentais DIA 28 DE OUTUBRO/2014 MANHÃ E NOITE PROGRAMAÇÃO DO EVENTO MANHÃ 08h00 CREDENCIAMENTO 08h30 ABERTURA (Composição da mesa) 09h00 às 09h40 PRIMEIRA EXPOSIÇÃO O

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II.

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II. PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professora: Ms. Anna Karyne Turbay Palodetto anakaryne@uniarp.edu.br Período/ Fase: 6º Semestre:

Leia mais

EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N

EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N EDITAL 02/2015 PROCESSO SELETIVO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA PUBLICAÇÃO NO VOL. 107 N. 1 DA REVISTA DE DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA - RDJ DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL

CONSTITUIÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida,

Leia mais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Direito Processual Penal (Ritos) Carga Horária: 28 H/A 1 -Ementa A atual

Leia mais

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 77/2009

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 77/2009 PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 77/2009 Dispõe sobre a concessão do Título de Cidadão Paulistano, ao Excelentíssimo Senhor Doutor Ministro Francisco Cesar Asfor Rocha, e dá outras providências. Art.

Leia mais

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will 1) Mudanças que se sujeitam ao princípio da anualidade: a) mudança na lei partidária (filiação, convenção, coligações, número de candidatos etc). b) mudança

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO CHINÊS

TEORIA GERAL DO DIREITO CHINÊS UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA PROGRAMA DA DISCIPLINA ANO LECTIVO DE 2010/2011 TEORIA GERAL DO DIREITO CHINÊS 5º ANO DA LICENCIATURA EM

Leia mais

Ministro Waldemar Zveiter Traços Biográficos

Ministro Waldemar Zveiter Traços Biográficos Ministro Waldemar Zveiter Traços Biográficos Naturalidade: Brasópolis Estado de Minas Gerais; Data do Nascimento: 08 de julho de 1932; Filiação: Moysés Zveiter e Geny Zveiter; Nome da Esposa: Cecília Zveiter;

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br As Medidas de Segurança (Inconstitucionais?) e o dever de amparar do Estado Eduardo Baqueiro Rios* Antes mais nada são necessárias breves considerações acerca de pena e das medidas

Leia mais

PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA FEDERAL

PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA FEDERAL 1ª Reunião Preparatória do IX Encontro Nacional do Poder Judiciário PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA FEDERAL 05 a 07 de maio de 2015 ESMAF Brasília/DF Coordenadores e Representantes da Justiça Federal na Rede de

Leia mais

AS VANTAGENS DA APLICAÇÃO DE PENAS ALTERNATIVAS

AS VANTAGENS DA APLICAÇÃO DE PENAS ALTERNATIVAS AS VANTAGENS DA APLICAÇÃO DE PENAS ALTERNATIVAS Camila Silvia Martinez Perbone 30* As penalidades, desde os primórdios da civilização, sempre tiveram a finalidade de punir de modo severo, apenas para restabelecer

Leia mais

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância O é a instituição encarregada de administrar justiça por meio dos tribunais. Sua função é assegurar o amparo, proteção ou tutela dos direitos dispostos nas leis. A Suprema Corte de Justiça é a máxima autoridade

Leia mais

LUIZ VICENTE CERNICHIARO

LUIZ VICENTE CERNICHIARO LUIZ VICENTE CERNICHIARO A - DADOS PESSOAIS Luiz Vicente Cernicchiaro - Brasileiro, natural do Estado de São Paulo (Quatá), nascido aos 2 de novembro de 1929. Casado com a Dra. Concita Ayres Cernicchiaro,

Leia mais

Curriculum Vitae JOSÉ DE CARVALHO TEIXEIRA

Curriculum Vitae JOSÉ DE CARVALHO TEIXEIRA Curriculum Vitae JOSÉ DE CARVALHO TEIXEIRA 1.0 - IDENTIFICAÇÃO 1.1 - Dados Pessoais Nome : José de Carvalho Teixeira Filiação : Álvaro de Castro Teixeira Cenira de Carvalho Teixeira Naturalidade : São

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

Pós Graduação com ênfase na Prática da Advocacia Presencial. Corpo Docente Disciplinas Segundo semestre de 2015

Pós Graduação com ênfase na Prática da Advocacia Presencial. Corpo Docente Disciplinas Segundo semestre de 2015 Pós Graduação com ênfase na Prática da Advocacia Presencial Corpo Docente Disciplinas Segundo semestre de 2015 Processo Penal Professor Rodrigo Damasceno Advogado criminal. Especializado em Direito penal

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2014 A Defensora Pública-Geral do Estado de Minas Gerais, Presidente da Comissão de Concurso, no uso de suas atribuições,

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2014 A Defensora Pública-Geral do Estado de Minas Gerais, Presidente da Comissão de Concurso, no uso de suas atribuições, EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2014 A Defensora Pública-Geral do Estado de Minas Gerais, Presidente da Comissão de Concurso, no uso de suas atribuições, informa que em virtude da publicação da Emenda Constitucional

Leia mais

Direito Penal Dr. Caio Paiva Aprovado no Concurso para Defensor Público Federal

Direito Penal Dr. Caio Paiva Aprovado no Concurso para Defensor Público Federal Direito Penal Dr. Caio Paiva Aprovado no Concurso para Defensor Público Federal Escola Brasileira de Ensino Jurídico na Internet (EBEJI). Todos os direitos reservados. 1 Direito Penal Parte Especial do

Leia mais

EDUARDO ABREU BIONDI

EDUARDO ABREU BIONDI EDUARDO ABREU BIONDI Formação acadêmica: UMSA Doutorado em Ciências Jurídicas Buenos Aires - Argentina Início: Agosto de 2010 Previsão de Conclusão: Agosto de 2012 Universidade Cândido Mendes Pós Graduaç

Leia mais