CONTRATO DE ARRENDAMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTRATO DE ARRENDAMENTO"

Transcrição

1 CONTRATO DE ARRENDAMENTO Entre os abaixo assinados: PRIMEIRO OUTORGANTE:, nascido aos, casado, titular do Cartão de Cidadão n.º, válido até, com Número de Identificação Fiscal n.º, natural da freguesia de, concelho de e residente na Rua, na qualidade de SENHORIO, e SEGUNDO OUTORGANTE:, nascida aos, solteira, titular do Cartão de Cidadão n.º, válido até, com Número de Identificação Fiscal n.º e residente na Rua, na qualidade de INQUILINA É celebrado o presente contrato de arrendamento para habitação, sujeito às cláusulas e condições seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA O primeiro outorgante é proprietário de um imóvel para habitação, correspondente ao apartamento T3, sito na Rua, freguesia de, concelho de. Fração do prédio inscrito na matriz urbana sob o n.º, composto para efeitos do presente contrato por, três quartos de dormir, uma sala, uma cozinha, um quarto de banho, uma arrecadação, uma marquise e um terraço. CLÁUSULA SEGUNDA Pelo presente contrato, o Primeiro Outorgante arrenda ao Segundo Outorgante um quarto de dormir para seu uso exclusivo, bem como uma cozinha, uma arrecadação,

2 uma sala, uma casa de banho, um terraço e demais corredores para uso partilhado com os inquilinos dos restantes dois quartos de dormir. CLÁUSULA TERCEIRA O presente arrendamento tem um prazo de 6 meses, com início a 01/09/2014 e termo aos 28/02/2015 e renova-se automaticamente pelo mesmo período. CLÁUSULA QUARTA A renda mensal nos primeiros seis meses é de 140 (cento e quarenta euros) e nos semestres seguintes, já correspondentes a renovações de contrato, será de 120 (cento e vinte euros), a qual será paga no primeiro dia útil do mês a que diz respeito, por transferência bancária ou depósito na conta com o NIB:. CLÁUSULA QUINTA Na data da assinatura do presente contrato, o Segundo Outorgante entregará ao Primeiro Outorgante, uma caução no valor de 140 (cento e quarenta euros), que será restituída após o termo deste contrato ou após o termo da última renovação do contrato, caso o quarto de dormir arrendado e restantes zonas comuns do imóvel estejam em bom estado geral quanto a pinturas, instalações elétricas, canos, eletrodomésticos e demais equipamentos e objetos. CLÁUSULA SEXTA O quarto de dormir arrendado, destina-se exclusivamente a habitação do Segundo Outorgante, não podendo este dar-lhe outro uso, ceder a sua posição contratual, sublocá-lo total ou parcialmente, sem que para tanto haja autorização prévia, escrita, do Primeiro Outorgante. CLÁUSULA SÉTIMA O Segundo Outorgante tem plena consciência que os restantes dois quartos de dormir existentes no imóvel, poderão ser arrendados a outras pessoas (apenas pelo Primeiro Outorgante), para uso exclusivo das mesmas, sendo todos obrigados a partilhar as

3 áreas comuns identificadas como a sala, a cozinha, a casa de banho, a arrecadação e o terraço. CLÁUSULA OITAVA Ao Segundo Outorgante não será permitido fazer obras ou alterações ao quarto de dormir arrendado, ou ao restante imóvel onde o mesmo se encontra, sem autorização prévia do Primeiro Outorgante, por escrito, a não ser as limpezas necessárias que são da responsabilidade de todos os que têm quartos arrendados no imóvel, e sem que para isso tenham de ser indemnizados ou ressarcidos dos gastos e custos associados à respetiva limpeza. CLÁUSULA NONA O Segundo Outorgante declara, para os devidos efeitos legais que o local arrendado se encontra em bom estado de conservação, conforme verificou em visita prévia, e não necessita de obras de conservação ordinária ou extraordinária, comprometendo-se a fazer uso prudente do quarto de dormir arrendado, das zonas comuns existentes no imóvel, bem como das suas instalações da rede de distribuição de água, eletricidade e gás, assumindo a responsabilidade pela reparação de quaisquer danos provocados por uso impróprio, quer das instalações, quer do mobiliário, eletrodomésticos e demais equipamentos ou objetos, que constarão em relação anexa e que depois de assinada por ambas as partes, será parte integrante do presente contrato. CLÁUSULA DÉCIMA São da exclusiva responsabilidade do Segundo Outorgante e demais inquilinos que tenham quartos de dormir arrendados, as despesas relacionadas com consumos de água, eletricidade, gás ou outros que se venham a revelar necessários. Se só houver um quarto de dormir arrendado, esse inquilino pagará a totalidade das despesas, se houverem dois quartos de dormir arrendados, as despesa serão divididas por esses dois inquilinos, da mesma forma que se os três quartos de dormir estiverem arrendados, todas as despesas serão divididas por três, independentemente do tempo

4 que cada inquilino passe no imóvel ou independentemente dos gastos que cada inquilino efetue no seu dia-a-dia. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA É permitido ao Segundo Outorgante efetuar contratos relacionados com o serviço de TV, Telefone e Internet, sendo da sua inteira responsabilidade o cumprimento dos mesmos, bem como das despesas de instalação ou remoção de todo e qualquer material relacionado com esses serviços. Mesmo que o Segundo Outorgante resolva o presente contrato e deixe o imóvel, é da sua inteira responsabilidade efetuar o cancelamento dos respetivos serviços que contratou e o pagamento dos valores em dívida, mesmo que já não usufrua desses serviços. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA O Segundo Outorgante poderá denunciar ou opor-se à renovação do contrato, mediante carta registada com aviso de receção, enviada ao Primeiro Outorgante, nos termos e condições previstas no Art.º 1098.º do Código Civil. Por sua vez o Primeiro Outorgante poderá denunciar ou opor-se à renovação do contrato, mediante carta registada com aviso de receção, enviada ao Segundo Outorgante, nos termos e condições previstas no Art.º 1097.º do Código Civil. CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA Todas as comunicações efetuadas entre as partes poderão ser feitas por telefone ou por escrito, pelo que cada uma das partes deverá informar o mais rapidamente a outra, caso algum dos seus contatos seja alterado (morada ou telefone) e providenciar pela correta receção da sua correspondência. Em caso de dúvida ou litígio relacionado com o presente contrato, prevalecerão apenas as informações e comunicações efetuadas por escrito.

5 CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA As partes Outorgantes prescindem do reconhecimento notarial das suas assinaturas, não podendo invocar tal falta como causa de nulidade ou anulabilidade do presente contrato de arrendamento. CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA Em tudo o que for aqui omisso, o presente contrato de arrendamento reger-se-á pelas disposições legais aplicáveis. Depois de lido e retificado o seu conteúdo, pelas partes Outorgantes foi declarado que aceitam o presente contrato nos seus precisos termos, e por isso, vão rubricar e assinar. Este contrato é feito em triplicado, contendo cinco páginas, que vai ser assinado e rubricado, ficando o terceiro exemplar para o Serviço de Finanças competente., 16 de Julho de 2014 PRIMEIRO OUTORGANTE <nome> ASSINATURA: SEGUNDO OUTORGANTE <nome> ASSINATURA:

MINUTA DE CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM FIADOR

MINUTA DE CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM FIADOR MINUTA DE CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM FIADOR Primeiro Outorgante, (Nome completo) (estado civil), portador(a) do cartão de cidadão com número, válido até, com número de identificação fiscal,

Leia mais

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional)

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Entre: I -... (nome completo, estado civil, contribuinte fiscal e morada) na qualidade de senhorio e adiante

Leia mais

[ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portadora do cartão de cidadão

[ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portadora do cartão de cidadão CONTRATO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL [ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portador do cartão de cidadão n.º [ ], válido até [ ], contrata na qualidade de locador, doravante

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM PRAZO CERTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM PRAZO CERTO CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM PRAZO CERTO Entre: Primeira Outorgante: [nome],[estado civil], residente[ ], titular do Cartão de Cidadão nº [ ]emitido pela República Portuguesa e válido até

Leia mais

ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO

ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO CIRCULAR Nº 110/2012 (SA) RF/MS/RC Lisboa, 15 de Novembro de 2012 ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO Caro Associado, Como é do V/ conhecimento a APAVT é proprietária de uma fração sita

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO CONTRATO DE ARRENDAMENTO Entre os abaixo assinados: PRIMEIRO(S) OUTORGANTE(S) - e marido/mulher casados no regime de, ele natural da freguesia de, concelho de, ela natural da freguesia de concelho de residentes

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º ,

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º , CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (Lote - UL ) ENTRE: PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º 500960046, com sede na Av. João XXI, n.º 63, em Lisboa, com o capital social

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO HABITACIONAL

CONTRATO DE ARRENDAMENTO HABITACIONAL CONTRATO DE ARRENDAMENTO HABITACIONAL ENTRE: [ ]e mulher [ ], casados no regime de [ ], moradores na [ ], contribuintes fiscais, respetivamente, n.ºs [ ] e [ ], portadores dos bilhetes de identidade n.º[

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º ,

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º , CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE: PRIMEIRA OUTORGANTE: Caixa Geral de Depósitos, S.A., pessoa colectiva n.º 500960046, com sede na Av. João XXI, n.º 63, em Lisboa, com o capital social de 3.844.143.735,00

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE:, pessoa colectiva n.º, com sede na, com o capital social de

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA. PRIMEIRA OUTORGANTE:, pessoa colectiva n.º, com sede na, com o capital social de CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (Lote - UL ) ENTRE: PRIMEIRA OUTORGANTE:, pessoa colectiva n.º, com sede na, com o capital social de EUR, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato)

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato) - 1/6 CADERNO DE ENCARGOS Cláusula Primeira (Objeto do contrato) O objeto do contrato consiste na cedência do direito à exploração de uma loja correspondente à fração A do prédio urbano inscrito na matriz

Leia mais

PROCEDIMENTO DE ARRENDAMENTO PA/SRU/02/2016 CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM PRAZO CERTO

PROCEDIMENTO DE ARRENDAMENTO PA/SRU/02/2016 CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM PRAZO CERTO ANEXO III Minuta do Contrato de Arrendamento Fogos PROCEDIMENTO DE ARRENDAMENTO PA/SRU/02/2016 CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA HABITAÇÃO COM PRAZO CERTO Entre: LISBOA OCIDENTAL, SRU SOCIEDADE DE REABILITAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO URBANO PARA FIM NÃO HABITACIONAL E COM PRAZO CERTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO URBANO PARA FIM NÃO HABITACIONAL E COM PRAZO CERTO CONTRATO DE ARRENDAMENTO URBANO PARA FIM NÃO HABITACIONAL E COM PRAZO CERTO OUTORGANTES: 1ºs XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX (nome completo), solteiro, maior ou casado, nascido em ----/----/-----, -- ----------

Leia mais

CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO

CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO Primeiro Outorgante,.. com sede em.., N.º.., xxxx-xxx, com o NIF/NIPC xxx xxx xxx. Segundo Outorgante, JRG - Hotelaria, Lda, contribuinte n.º 506560821, com sede no Edifício

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE:

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE: CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE: ------------------------------------------------------------------------------------------------------- PRIMEIRA CONTRATANTE: ------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO No dia de agosto de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara

CONTRATO DE ARRENDAMENTO No dia de agosto de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara CONTRATO DE ARRENDAMENTO No dia ----- de agosto de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal de Guimarães, perante mim, Maria Joana Rangel da Gama Lobo Xavier, servindo de oficial

Leia mais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais

EDITAL. Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais EDITAL Arrendamento de imóveis do Município para fins não habitacionais Ricardo João Barata Pereira Alves, Eng.º, Presidente da Câmara Municipal de Arganil, torna público que, no uso da competência que

Leia mais

Minuta CONTRATO PROMESSA COMPRA E VENDA

Minuta CONTRATO PROMESSA COMPRA E VENDA Entre: ANEXO II DO PROCEDIMENTO 02/IPP/2017 Minuta CONTRATO PROMESSA COMPRA E VENDA PRIMEIRA Infraestruturas de Portugal, S.A., matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o número

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal DELIBERAÇÃO DA REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE 1 DE SETEMBRO DE 2015 Serviço responsável pela execução da deliberação Divisão de Aprovisionamento e Património Epígrafe 3.3.6. Acordo de Transferência e Auto

Leia mais

CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES

CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES (NÃO DISPENSA A LEITURA E ADOÇÃO DE REGRAS ESTABELECIDAS NO CÓDIGO CIVIL, NA LEI 53/2015, DE 11 DE JUNHO, CONJUGADO COM O ESTATUTO DA ORDEM DOS SOLICITADORES E DOS AGENTES DE EXECUÇÃO) CONTRATO DE SOCIEDADE

Leia mais

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre:

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre: CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre: -------------------------------- PRIMEIRO CONTRATANTE E PROMITENTE-VENDEDOR: ---------------------- NOME

Leia mais

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A.

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A. REGULAMENTO TARIFÁRIO E DE EXPLORAÇÃO DA CONCESSÃO DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA URBANA E RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA ÁREA DE JURISDIÇÃO DA APL -ADMINISTRAÇÃO DO PORTO DE LISBOA, S.A. ANEXO II MODELO

Leia mais

(NÃO DISPENSA A LEITURA E ADOÇÃO DE REGRAS ESTABELECIDAS NO DECRETO-LEI Nº 229/2004, DE 10 DE DEZEMBRO) CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES

(NÃO DISPENSA A LEITURA E ADOÇÃO DE REGRAS ESTABELECIDAS NO DECRETO-LEI Nº 229/2004, DE 10 DE DEZEMBRO) CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES (NÃO DISPENSA A LEITURA E ADOÇÃO DE REGRAS ESTABELECIDAS NO DECRETO-LEI Nº 229/2004, DE 10 DE DEZEMBRO) CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES OUTORGANTES: PRIMEIRO: F., natural da freguesia de concelho

Leia mais

REGULAMENTO DA ATRIBUIÇÃO E DO USO DAS DENOMINADAS «CASAS MUNICIPAIS»

REGULAMENTO DA ATRIBUIÇÃO E DO USO DAS DENOMINADAS «CASAS MUNICIPAIS» CÂMARA MIJNICIPAL DE NORDESTE REGULAMENTO DA ATRIBUIÇÃO E DO USO DAS DENOMINADAS «CASAS MUNICIPAIS» Considerando a necessidade de elaborar legislação específica para as habitações pertencentes à Câmara

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA FINS NÃO HABITACIONAIS POR PRAZO CERTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA FINS NÃO HABITACIONAIS POR PRAZO CERTO CONTRATO DE ARRENDAMENTO PARA FINS NÃO HABITACIONAIS POR PRAZO CERTO CONTRAENTES: [nome completo], [estado civil], residente em portador do B.I./Cartão de Cidadão nº. emitido pelo Arquivo de Identificação

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA Entre: --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- [nome completo], portador do cartão de cidadão

Leia mais

Aos vinte e nove dias do mês de novembro de dois mil e treze, os seguintes outorgantes:

Aos vinte e nove dias do mês de novembro de dois mil e treze, os seguintes outorgantes: CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE DOCUMENTO DE DESIGN E ACOMPANHAMENTO DE PRODUÇÃO DE JOGO ESTRATÉGICO PARA A REDE DE CASTELOS E MURALHAS DO MONDEGO Valor: 34.000,00 Aos vinte e nove

Leia mais

PRIMEIRA: INVESTMENTS 2234 PTC SOCIEDADE IMOBILIÁRIA DE COMPRA DE

PRIMEIRA: INVESTMENTS 2234 PTC SOCIEDADE IMOBILIÁRIA DE COMPRA DE CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE IMÓVEL ENTRE: PRIMEIRA: INVESTMENTS 2234 PTC SOCIEDADE IMOBILIÁRIA DE COMPRA DE IMÓVEIS PARA REVENDA, UNIPESSOAL LDA., sociedade comercial com o número único de identificação

Leia mais

Anexo II CONTRATO DE ARRENDAMENTO RURAL AGRÍCOLA. Primeiro: Município de Santa Maria da Feira, pessoa coletiva de Direito Público com sede em Praça da

Anexo II CONTRATO DE ARRENDAMENTO RURAL AGRÍCOLA. Primeiro: Município de Santa Maria da Feira, pessoa coletiva de Direito Público com sede em Praça da Anexo II CONTRATO DE ARRENDAMENTO RURAL AGRÍCOLA OUTORGANTES: Primeiro: Município de Santa Maria da Feira, pessoa coletiva de Direito Público com sede em Praça da República, em Santa Maria da Feira, contribuinte

Leia mais

Minuta CONTRATO PROMESSA COMPRA E VENDA

Minuta CONTRATO PROMESSA COMPRA E VENDA Entre: PRIMEIRA ANEXO III DO PROCEDIMENTO 03/IP/2017 Minuta CONTRATO PROMESSA COMPRA E VENDA Infraestruturas de Portugal, S.A., matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o número

Leia mais

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE OITANTE, S.A. E

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE OITANTE, S.A. E CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE OITANTE, S.A. E [ ] 1 CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA Entre: OITANTE, S.A., com sede na Avenida José Malhoa, 22, Lisboa, freguesia de Campolide, concelho de

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE IMÓVEL

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE IMÓVEL CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA DE IMÓVEL ENTRE: PRIMEIRA: SILVEREQUATION - UNIPESSOAL LDA, NIPC 510 932 215, com sede em Ed. Q51 D. Sebastião, Rua Quinta do Quintã, nr. 6, Quinta da Fonte, freguesia

Leia mais

Contrato de Alojamento e Prestação de Serviços

Contrato de Alojamento e Prestação de Serviços Contrato de Alojamento e Prestação de Serviços Primeiro Outorgante: A ABAADV, Instituição Particular de Solidariedade Social com sede na Freguesia do Sobral - Concelho de Mortágua, registada em 17-01-2000,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE Concurso Público Arrendamento de espaço para Oficina / Loja destinado a artesão, no Centro de Promoção do Património e Turismo CADERNO DE ENCARGOS Cláusulas jurídicas e outras

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS Referência: Manutenção das instalações - DGSS/2014 PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS Cláusula 1ª Objeto

Leia mais

Guia do Senhorio Arrendamento Residencial

Guia do Senhorio Arrendamento Residencial Guia do Senhorio Arrendamento Residencial Uniplaces 2017 Introdução Atualmente, todos os contratos de arrendamento, para serem válidos, devem ser realizados de forma escrita. Contudo, a lei confere ao

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VALONGO

CÂMARA MUNICIPAL DE VALONGO CONTRATO DE COMODATO Entre: PRIMEIRO - Município de Valongo, pessoa coletiva número 501 138 960, com sede na Avenida 5 de Outubro, 160, Valo.ngo,' representado por José Manuel Pereira Ribeiro, casado,

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA

MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA MINUTA DE CONTRATO - PROMESSA DE COMPRA E VENDA Entre: INSTITUTO DA HABITAÇÃO E DA REABILITAÇÃO URBANA, I.P., pessoa coletiva nº 501 460 888, com sede na Avenida Columbano Bordalo Pinheiro, 5, 1099-019

Leia mais

Anexo 1 PROTOCOLO DE CEDÊNCIA DE ESPAÇO MUNICIPAL SITO NA RUA JOÃO AMARAL, LOTE LOJA A

Anexo 1 PROTOCOLO DE CEDÊNCIA DE ESPAÇO MUNICIPAL SITO NA RUA JOÃO AMARAL, LOTE LOJA A Anexo 1 PROTOCOLO DE CEDÊNCIA DE ESPAÇO MUNICIPAL SITO NA RUA JOÃO AMARAL, LOTE 22.2.16 LOJA A Entre O MUNICÍPIO DE LISBOA, Pessoa Colectiva n.º 500051070, com sede na Praça do Município, através do seu

Leia mais

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos vinte e oito/nove de Outubro de dois mil e dezassete, entre:

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos vinte e oito/nove de Outubro de dois mil e dezassete, entre: CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA Aos vinte e oito/nove de Outubro de dois mil e dezassete, entre: ---------------------------- PRIMEIRO CONTRATANTE E PROMITENTE-VENDEDOR: ---------------------- BANCO

Leia mais

PROCEDIMENTO. I Arrendamento

PROCEDIMENTO. I Arrendamento PROCEDIMENTO Arrendamento de imóvel para fim não habitacional sito no Empreendimento Social Armindo Lopes Coelho, lote 8 nº 319 e 325 da Rua Pedra Moura na União das Freguesias de Sandim, Olival, Lever

Leia mais

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Entre, de uma parte, a Direção Regional da Solidariedade Social, com sede no Solar dos Remédios, 9701-855 Angra do Heroísmo, Concelho de Angra do Heroísmo, representado

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE DIREITO DE SUPERFÍCIE No dia de de dois mil e dezassete, nos Paços do Concelho,

CONSTITUIÇÃO DE DIREITO DE SUPERFÍCIE No dia de de dois mil e dezassete, nos Paços do Concelho, CONSTITUIÇÃO DE DIREITO DE SUPERFÍCIE ------ No dia de de dois mil e dezassete, nos Paços do Concelho, sito na Rua Miguel Bombarda, no Barreiro, perante mim, NIF, Notári_ com Cartório Notarial na, número,

Leia mais

----- CONTRATO N.º 2-EOP/ EMPREITADA DE ARRANJO URBANÍSTICO DAS RUAS CENTRAIS E

----- CONTRATO N.º 2-EOP/ EMPREITADA DE ARRANJO URBANÍSTICO DAS RUAS CENTRAIS E ----- CONTRATO N.º 2-EOP/2011 ----------------------------------- ----- EMPREITADA DE ARRANJO URBANÍSTICO DAS RUAS CENTRAIS E ADJACENTES DA VILA DE CARREGAL DO SAL. -------------------------- ----- EUROS:

Leia mais

10. Procuração com poderes gerais de administração de bens

10. Procuração com poderes gerais de administração de bens 10 10. Procuração com poderes gerais de administração de bens (nome completo), (estado civil), natural da freguesia de, do concelho de, com residência em (morada completa), portador do (v.g. Bilhete de

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE COMODATO. No dia de..de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal

MINUTA CONTRATO DE COMODATO. No dia de..de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal MINUTA CONTRATO DE COMODATO No dia de..de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal de Guimarães, perante mim, Maria Joana Rangel da Gama Lobo Xavier, servindo de oficial público,

Leia mais

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre:

CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA. Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre: CONTRATO-PROMESSA DE COMPRA E VENDA Aos dezoito dias de Dezembro de dois mil e dezasseis, entre: -------------------------------- PRIMEIRO CONTRATANTE E PROMITENTE-VENDEDOR: ---------------------- NOME

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SERVIÇO DE APOIO DOMICILIÁRIO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SERVIÇO DE APOIO DOMICILIÁRIO Associação de Solidariedade Social e Recreativa de Nespereira, entidade com regime de instituição particular de solidariedade social, pessoa coletiva n.º 503480169, com sede na Rua Armando Soares, n.º

Leia mais

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DA GUARDA Ponto 2.4 Análise, discussão e apreciação do Protocolo de Cedência de Espaço à Associação de Aldeia de Crianças SOS Portugal Guarda, dezembro 2015 NOTA JUSTIFICATIVA A

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO(S) SUJEITO(S) PASSIVO(S) Sujeito passivo B NIF 03 RENDIMENTOS OBTIDOS. RENDAS (Rendimento ilíquido) TITULAR Parte %

IDENTIFICAÇÃO DO(S) SUJEITO(S) PASSIVO(S) Sujeito passivo B NIF 03 RENDIMENTOS OBTIDOS. RENDAS (Rendimento ilíquido) TITULAR Parte % MODELO EM VIGOR A PARTIR DE JANEIRO DE 2015 ORIGINAL PARA A AT Os dados recolhidos são processados automaticamente, destinando-se à prossecução das atribuições legalmente cometidas à administração fi scal.

Leia mais

ÍNDICE NOTA JUSTIFICATIVA... 2 ARTIGO 1º OBJETO... 3 ARTIGO 2º OBJETIVOS... 3 ARTIGO 3º CONDIÇÕES DE ATRIBUIÇÃO.. 3

ÍNDICE NOTA JUSTIFICATIVA... 2 ARTIGO 1º OBJETO... 3 ARTIGO 2º OBJETIVOS... 3 ARTIGO 3º CONDIÇÕES DE ATRIBUIÇÃO.. 3 ÍNDICE NOTA JUSTIFICATIVA... 2 ARTIGO 1º OBJETO..... 3 ARTIGO 2º OBJETIVOS.... 3 ARTIGO 3º CONDIÇÕES DE ATRIBUIÇÃO.. 3 ARTIGO 4º DIREITO DE PREFERÊNCIA...... 4 ARTIGO 5º MODALIDADE DE ATRIBUIÇÃO.. 4 ARTIGO

Leia mais

INFORMAÇÃO PARA REUNIÃO DE CÂMARA

INFORMAÇÃO PARA REUNIÃO DE CÂMARA (anexo XXI) PARECER DESPACHO INFORMAÇÃO PARA REUNIÃO DE CÂMARA Proc. 84-24-FC Penafiel, 18 de Janeiro de 2012 ASSUNTO: "Pedido de Transmissão Nominal do Contrato de Arrendamento, por falecimento de D,a

Leia mais

PISCINAS MUNICIPAIS DE MORA CADERNO DE ENCARGOS

PISCINAS MUNICIPAIS DE MORA CADERNO DE ENCARGOS PISCINAS MUNICIPAIS DE MORA CADERNO DE ENCARGOS 1º Do estabelecimento O estabelecimento, designado por Bar das Piscinas Municipais de Mora, é constituído pelo conjunto que foi construído e equipado pela

Leia mais

Contrato de Arrendamento Urbano para Alojamento Local Temporário

Contrato de Arrendamento Urbano para Alojamento Local Temporário Contrato de Arrendamento Urbano para Alojamento Local Temporário Entre: I -... (nome completo, estado civil, contribuinte fiscal e morada) na qualidade de senhorio e adiante designado por primeiro outorgante.

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL. DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL. DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura (APRESENTAR ORIGINAIS E ENTREGAR FOTOCÓPIAS DE TODOS OS DOCUMENTOS) B.I./ C.C./Cédula

Leia mais

Outro (especificar) Em relação à totalidade do imóvel constante do processo nº /, (escolha opção):

Outro (especificar) Em relação à totalidade do imóvel constante do processo nº /, (escolha opção): 1/7 REQUERIMENTO PARA: Despacho: Espaço reservado aos serviços PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE EDIFÍCIOS OU FRAÇÕES Nº Reg. DUR Data: / / Nº Guia: Valor: Rubrica: Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO

CONTRATO DE COMODATO CONTRATO DE COMODATO Entre MUNICÍPIO DO BARREIRO, com sede na Rua Miguel Bombarda 2830-355 Barreiro, Pessoa Coletiva de Direito Público nº 506673626, neste ato representado pelo Senhor Carlos Humberto

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DOS DOCUMENTOS PARA TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS

IDENTIFICAÇÃO DOS DOCUMENTOS PARA TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS IDENTIFICAÇÃO DOS DOCUMENTOS PARA TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS Caderneta Predial É um documento emitido pelo Serviço de Finanças, onde consta a identificação, localização e descrição do prédio, os dados de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Monte Carmelo SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA DIVISÃO DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Monte Carmelo SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA DIVISÃO DE LICITAÇÃO CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL Nº /2016 Processo nº: /2016 Modalidade: Dispensa nº /2016 Objeto: LOCAÇÃO DE UM IMÓVEL PARA AS INSTALAÇÕES DO SETOR, CONFORME ART. 24, INC. X, DA LEI 8.666/93. Pelo presente

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MORA 1

CÂMARA MUNICIPAL DE MORA 1 CÂMARA MUNICIPAL DE MORA 1 BAR CafeLítico CADERNO DE ENCARGOS 1º Do estabelecimento O estabelecimento, designado por Bar CafeLítico, construído e equipado pela Câmara Municipal no âmbito do Projecto Estação

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (MINUTA TIPO)

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (MINUTA TIPO) CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA (MINUTA TIPO) Entre: ESTAMO PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS, S.A., pessoa colectiva com o número único de matricula e de identificação de pessoa colectiva 503.152.544, com

Leia mais

Contrato de Compra e Venda de Automóvel com Reserva de Domínio

Contrato de Compra e Venda de Automóvel com Reserva de Domínio Contrato de Compra e Venda de Automóvel com Reserva de Domínio VENDEDOR: MARIA DO CARMO CRUZ DA SILVA, brasileira, solteiro, comerciante, Carteira de Identidade nº M-3. 756.987, C.P.F. nº 012.345.567-89,

Leia mais

BALDIOS DA FREGUESIA DE CORTES DO MEIO

BALDIOS DA FREGUESIA DE CORTES DO MEIO ANEXOS Página 1 de 9 Anexo I MODELO DE DECLARAÇÃO 1... (nome, número de documento de identificação e morada), na qualidade de representante legal de...(1) (firma, número de identificação fiscal e sede

Leia mais

CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRAS PÚBLICAS. (Contrato n.36/2014) Obras de Reparação no Edifício da Casa de Artes e Cultura do Tejo

CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRAS PÚBLICAS. (Contrato n.36/2014) Obras de Reparação no Edifício da Casa de Artes e Cultura do Tejo MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO CÂiv1A1~A. 1S IUNICIPAL CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRAS PÚBLICAS (Contrato n.36/2014) Obras de Reparação no Edifício da Casa de Artes e Cultura do Tejo No dia quatro de

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA PARA USO DE MARCA E DO LOGO NATURAL.PT

CONTRATO DE LICENÇA PARA USO DE MARCA E DO LOGO NATURAL.PT CONTRATO DE LICENÇA PARA USO DE MARCA E DO LOGO NATURAL.PT Aos dias do mês de do ano de 2015 Entre: PRIMEIRO: INSTITUTO DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA E DAS FLORESTAS, I.P. (ICNF), designado por ICNF, pessoa

Leia mais

MUNICÍPIO DO CADAVAL Câmara Municipal HASTA PÚBLICA PARA A CEDÊNCIA TEMPORÁRIA DA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MUNICIPAL DO CADAVAL

MUNICÍPIO DO CADAVAL Câmara Municipal HASTA PÚBLICA PARA A CEDÊNCIA TEMPORÁRIA DA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MUNICIPAL DO CADAVAL HASTA PÚBLICA PARA A CEDÊNCIA TEMPORÁRIA DA EXPLORAÇÃO DO BAR DA PISCINA MUNICIPAL DO CADAVAL Com vista à adjudicação de exploração do Bar da Piscina Municipal, a delibera abrir a presente hasta pública,

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO ENTRE: CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO Ida e Volta Portugal, Lda., com sede em Rua do Forte, pessoa colectiva número XXX, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o mesmo número,

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO ENTRE: CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO Ida e Volta Portugal, Lda., com sede em Rua do Forte, pessoa colectiva número XXX, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o mesmo número,

Leia mais

MUNICÍPIO DE SETÚBAL.

MUNICÍPIO DE SETÚBAL. PROTOCOLO Entre Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., pessoa coletiva nº 510 089 224, com sede na Rua Rodrigo da Fonseca, nº 55, em Lisboa, aqui representada pelo seu Presidente, Augusto Fontes

Leia mais

EDITAL OFERTA PÚBLICA PARA A EXPLORAÇÃO EM REGIME DE ARRENDAMENTO COM PRAZO CERTO DE TRÊS (3) LOJAS, PROPRIEDADE MUNICIPAL, EM PONTE DE SOR

EDITAL OFERTA PÚBLICA PARA A EXPLORAÇÃO EM REGIME DE ARRENDAMENTO COM PRAZO CERTO DE TRÊS (3) LOJAS, PROPRIEDADE MUNICIPAL, EM PONTE DE SOR EDITAL OFERTA PÚBLICA PARA A EXPLORAÇÃO EM REGIME DE ARRENDAMENTO COM PRAZO CERTO DE TRÊS (3) LOJAS, PROPRIEDADE MUNICIPAL, EM PONTE DE SOR -----Hugo Luís Pereira Hilário, Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

PROPOSTA DE PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE MANTEIGAS E O CENTRO DE CULTURA PEDRO ÁLVARES CABRAL

PROPOSTA DE PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE MANTEIGAS E O CENTRO DE CULTURA PEDRO ÁLVARES CABRAL PROPOSTA DE PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE MANTEIGAS E O CENTRO DE CULTURA PEDRO ÁLVARES CABRAL Considerando que: a) nos termos da Lei 75/2013 de 12 de Setembro que estabeleceu o regime

Leia mais

CONTRATO ASSOCIATIVO

CONTRATO ASSOCIATIVO 1 Nome: RG: CONTRATO ASSOCIATIVO CPF: Data de nascimento: / / Telefone(s): Endereço: Nº: Bairro: Cidade: CEP: Banco: Agência: Operação: Conta: Local de Trabalho: Telefone(s): E-mail: Servidor: ( ) Municipal

Leia mais

CONTRATO DE PARCERIA

CONTRATO DE PARCERIA CONTRATO DE PARCERIA ENTRE: 12) Clube de Campismo do Porto", Pessoa Colectiva número 500 065 373, com sede na Rua D. Manuel 11,n.? 30 Porto, neste acta representado pelo Sr. Presidente, Sr. Carlos América

Leia mais

- minuta - Protocolo de Colaboração entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Associação Cristã da Mocidade/YMCA

- minuta - Protocolo de Colaboração entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Associação Cristã da Mocidade/YMCA - minuta - Protocolo de Colaboração entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Associação Cristã da Mocidade/YMCA Considerando que: - O Bairro da Bela Vista, o Bairro da Alameda das Palmeiras e o Bairro do

Leia mais

A P A R T A M E N T O S

A P A R T A M E N T O S A P A R T A M E N T O S NORMAS DE UTILIZAÇÃO I ÂMBITO DE APLICAÇÃO As presentes normas aplicam-se aos quatro apartamentos, propriedade da ATAM, localizados, dois em Albufeira, um na Nazaré e outro no Gerês,

Leia mais

Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Politécnicos e Universidades P R O T O CO L O

Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Politécnicos e Universidades P R O T O CO L O P R O T O CO L O Primeira Outorgante Zurich Companhia de Seguros, S.A., com sede na Rua Barata Salgueiro, 41, 1269-058 em Lisboa, Pessoa Colectiva nº 500 528 586, matriculada na Conservatória do Registo

Leia mais

ARREMATAÇÃO EM HASTA PÚBLICA

ARREMATAÇÃO EM HASTA PÚBLICA ARREMATAÇÃO EM HASTA PÚBLICA CESSÃO DE DIREITO DE OCUPAÇÃO QUIOSQUE DA ESPLANADA DO CARVALHIDO CONDIÇÕES GERAIS DA ARREMATAÇÃO 1 OBJETO A presente arrematação tem por objeto a cessão do direito de ocupação

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS PARA O CONCURSO PARA ARRENDAMENTO DO ESPAÇO DESTINADO A CAFETARIA / BAR NO PARQUE DOS MOUTIDOS (FREGUESIA DE ÁGUAS SANTAS)

CADERNO DE ENCARGOS PARA O CONCURSO PARA ARRENDAMENTO DO ESPAÇO DESTINADO A CAFETARIA / BAR NO PARQUE DOS MOUTIDOS (FREGUESIA DE ÁGUAS SANTAS) CADERNO DE ENCARGOS PARA O CONCURSO PARA ARRENDAMENTO DO ESPAÇO DESTINADO A CAFETARIA / BAR NO PARQUE DOS MOUTIDOS (FREGUESIA DE ÁGUAS SANTAS) PROPRIEDADE: Câmara Municipal da Maia ENTIDADE GESTORA: ESPAÇO

Leia mais

13 LOTES PARGAIA - IMOBILIÁRIA, LDA LEILÃO 22 DE NOVEMBRO DE :30 VALOR DA AVALIAÇÃO TOTAL DOS BENS: ,00

13 LOTES PARGAIA - IMOBILIÁRIA, LDA LEILÃO 22 DE NOVEMBRO DE :30 VALOR DA AVALIAÇÃO TOTAL DOS BENS: ,00 13 LOTES PARGAIA - IMOBILIÁRIA, LDA Processo de Insolvência n.º: 764/17.2T8VNG - Tribunal Judicial da Comarca do Porto - J. Com. V. N. Gaia - J2 LEILÃO 22 DE NOVEMBRO DE 2017 14:30 NOVOTEL PORTO GAIA R.

Leia mais

Schmidt Equipamentos Ambientais Ltda

Schmidt Equipamentos Ambientais Ltda CONTRATO DE LOCAÇÃO DE BEM IMÓVEL LOCAÇÃO 327/2015 Partes LOCADORA: SCHMIDT EQUIPAMENTOS AMBIENTAIS LTDA., CNPJ nº 00.983.824/0001-29, inscrição estadual nº 096/3463071, estabelecida à Rua Felipe Nery,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE Concurso Público Arrendamento (para fins não habitacionais) do Estabelecimento Comercial Café Paraíso, em Castro Verde CADERNO DE ENCARGOS Cláusulas jurídicas e outras condições

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO

CONTRATO DE FORNECIMENTO 1 CÂMARA MUNICIPAL MINUTA DE CONTRATO DE FORNECIMENTO Proc. n.º 22/2014-DPO/SP RECOLHA E TRANSPORTE DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS, LIMPEZA URBANA E LAVAGEM, DESINFEÇÃO E MANUTENÇÃO DE CONTENTORES, NO MUNICÍPIO

Leia mais

Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira

Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira ARTIGO 1.º Objeto da Concessão 1. O presente normativo visa estabelecer as regras

Leia mais

REGULAMENTO 1 APLICÁVEL A TODAS AS UNIDADES DO GRUPO KROTON, EXCETO:

REGULAMENTO 1 APLICÁVEL A TODAS AS UNIDADES DO GRUPO KROTON, EXCETO: REGULAMENTO 1 APLICÁVEL A TODAS AS UNIDADES DO GRUPO KROTON, EXCETO: Faculdade Atenas Maranhense (FAMA); Faculdade Pitágoras de São Luís; Faculdade Pitágoras de Imperatriz; Faculdade Pitágoras de Divinópolis;

Leia mais

Cláusula Segunda Prazo O prazo para execução do presente contrato é 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a contra da data da consignação.

Cláusula Segunda Prazo O prazo para execução do presente contrato é 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a contra da data da consignação. CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRA PÚBLICA Nº 135/2016 0103/DOM/DEM/15 REPARAÇÕES DIVERSAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL EM ESCOLAS E JARDINS DE INFÂNCIA DO MUNICÍPIO DE OEIRAS Entre: Município de Oeiras, Pessoa Colectiva

Leia mais

Alojamento local Alteração de dados

Alojamento local Alteração de dados A Alteração de dados Titular Nome/Insígnia do alojamento Número de título de autorização de utilização do edifício/fração Morada do alojamento de alteração toponímica) (A morada do alojamento local apenas

Leia mais

REGULAMENTO PARTE I GERAL

REGULAMENTO PARTE I GERAL REGULAMENTO PARTE I GERAL Art. 1º Objectivo e âmbito de aplicação 1) O presente regulamento define as regras de funcionamento e utilização da Uporto House gerida pela Terra Basilar Imobiliária, Lda. e

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE Entre: Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima, entidade com regime de Instituição Particular

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA DO RAMOS CNPJ: /

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA DO RAMOS CNPJ: / CARTA CONTRATO Nº 009/2014. CARTA CONTRATO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL, FIRMADA ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA DO RAMOS E A SENHORA BRINA RAYRA STRAUS RODRIGUES,

Leia mais

CONTRATO DE CONSTRUÇÃO DE STAND E PUBLICAÇÃO NO CATÁLOGO PARA PESSOA COLETIVA

CONTRATO DE CONSTRUÇÃO DE STAND E PUBLICAÇÃO NO CATÁLOGO PARA PESSOA COLETIVA PARA A PARTICIPAÇÃO NO VERA WORLD FINE ART FESTIVAL 15 PRAZO DE ENTREGA ATÉ 15 DE JULHO DE 2015 ENVIAR PARA VERA@VERAFESTIVAL.COM CONTRATO Lisboa, 2015 A Sociedade de responsabilidade limitada «Pensamentos

Leia mais

Câmara Municipal da Moita Departamento de Assuntos Sociais e Cultura CONTRATO-PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL, CULTURAL E DESPORTIVO

Câmara Municipal da Moita Departamento de Assuntos Sociais e Cultura CONTRATO-PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL, CULTURAL E DESPORTIVO CONTRATO-PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL, CULTURAL E DESPORTIVO A Câmara Municipal da Moita reconhece a importância do Movimento Associativo como um dos principais impulsionadores da participação democrática

Leia mais

Reconstrução ou reabilitação Apetrechamento das habitações Outros Apoios. Antes de preencher leia com atenção as Informações.

Reconstrução ou reabilitação Apetrechamento das habitações Outros Apoios. Antes de preencher leia com atenção as Informações. TIPOLOGIA DO APOIO Reconstrução ou reabilitação Apetrechamento das habitações Outros Apoios Antes de preencher leia com atenção as Informações A A PREENCHER PELO REQUERENTE 1 IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 395/XIII/2.ª

PROJETO DE LEI N.º 395/XIII/2.ª Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 395/XIII/2.ª ESTABELECE MECANISMOS DE ALERTA DO PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO DO ESTADO DEVOLUTO E EM RUÍNA E PERMITE A SUA UTILIZAÇÃO PELAS AUTARQUIAS LOCAIS (SÉTIMA ALTERAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE ÁGUA, SANEAMENTO E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

CONTRATO DE ÁGUA, SANEAMENTO E RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS Registo de Entrada NIPG:... Data:... A Identificação O Funcionário... Nome / Entidade:... Morada / Sede:... 03 Freguesia:... 04 Código Postal:... 05 NIF / NIPC:... 06 Nº de Identificação Civil:... 07 Validade:...

Leia mais

Contrato de Alojamento e Prestação de Serviços

Contrato de Alojamento e Prestação de Serviços Contrato de Alojamento e Prestação de Serviços Primeiro Outorgante: A ABAADV, Instituição Particular de Solidariedade Social com sede na Freguesia do Sobral - Concelho de Mortágua, registada em 17-01-2000,

Leia mais

Projeto de Portaria. Alteração à Portaria n.º 172-A/2015, de 5 de junho

Projeto de Portaria. Alteração à Portaria n.º 172-A/2015, de 5 de junho Projeto de Portaria Alteração à Portaria n.º 172-A/2015, de 5 de junho O Estatuto do Ensino Particular e Cooperativo (EEPC), aprovado pelo Decreto- Lei n.º 152/2013, de 4 de novembro, prevê, no n.º 1 do

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL E MOBÍLIA PARA TEMPORADA

CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL E MOBÍLIA PARA TEMPORADA CONTRATO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL E MOBÍLIA PARA TEMPORADA QUALIFICAÇÃO DAS PARTES LOCADOR: ROSENO IMOBILIÁRIA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ n. 13.486.963/0001-99, inscrita

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE LÁBREA PREÂMBULO CLÁUSULA PRIMEIRA: DO OBJETO:

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE LÁBREA PREÂMBULO CLÁUSULA PRIMEIRA: DO OBJETO: CARTA CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE FORNECIMENTO DE COMBUSTIVEIS PARA VEICULOS AUTOMOTORES Nº 003/2014 PREÂMBULO Contratante:, pessoa jurídica de direito público interno, com sede administrativa situada na

Leia mais

PA/SRU/03/2017 PROCEDIMENTO DE ARRENDAMENTO NORMAS

PA/SRU/03/2017 PROCEDIMENTO DE ARRENDAMENTO NORMAS PA/SRU/03/2017 PROCEDIMENTO DE ARRENDAMENTO NORMAS LISBOA, MAIO DE 2017 1. ENTIDADE RESPONSÁVEL 1.1. A Lisboa Ocidental, SRU, EM, SA (SRU) com sede na Rua da Correnteza, n.º 9, 1400-077 Lisboa, NIPC 507023129,

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO-PROGRAMA ENTRE A FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA E. (designação da entidade) No âmbito do Programa Investigador FCT

MINUTA DO CONTRATO-PROGRAMA ENTRE A FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA E. (designação da entidade) No âmbito do Programa Investigador FCT MINUTA DO CONTRATO-PROGRAMA ENTRE A FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA E (designação da entidade) No âmbito do Programa Investigador FCT Considerando que o investimento sustentável em investigação

Leia mais