FAQ Incorporação Plano Visão T-Gestiona ao Visão Telefônica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FAQ Incorporação Plano Visão T-Gestiona ao Visão Telefônica"

Transcrição

1 FAQ Incorporação Plano Visão T-Gestiona ao Visão Telefônica Confira abaixo as principais perguntas e respostas sobre a incorporação do plano Visão T-Gestiona ao plano Visão Telefônica: 1) Por que incorporar planos? O objetivo da incorporação é a busca de eficiência na gestão de custos administrativos e operacionais do plano. Com a mudança, temos ganhos na governança e no atendimento aos participantes por uniformizar o benefício e simplificar os processos. 2) Quando aconteceu a incorporação? A incorporação aconteceu no dia 31/12/2016, isto é, desde 1º de janeiro de 2017 todos os participantes do plano Visão T-Gestiona já são participantes do plano Visão Telefônica. 3) Os empregados terão que assinar algum documento dando ciência da incorporação do novo plano? Não, a incorporação é automática e compulsória. 4) O que muda para os participantes dos planos Visão T-Gestiona com a incorporação? Para quem era do plano Visão T-Gestiona: regras de resgate regras de contribuição opção de regime de tributação saldo de conta projetado Os participantes dos planos Visão T-Gestiona precisarão fazer alteração dos percentuais de contribuição em função da mudança de regra explicada no item 8.

2 O período oficial para esse ajuste é nos meses de dezembro e junho, mas excepcionalmente por conta da incorporação, essa possibilidade será aberta no site da Visão Prev de 16/01 a 20/02. A alteração deverá ser realizada no site da Visão Prev e será efetivada a partir de 1º de março de ) O que muda nas regras de resgate para os participantes oriundos do plano Visão T-Gestiona? Neste item foram consideradas as melhores condições dos planos incorporados e do plano incorporador e chegou-se a um novo modelo que beneficia participantes de todos os planos (Visão T-Gestiona, Vivo Prev e Visão Telefônica): Tempo de empresa e/ou de vínculo ao plano % do Saldo da Patrocinadora a ser resgatado Vivo Prev Visão Telefônica Nova Regra de resgate do % do Saldo da Patrocinadora (a partir de 01/01/2017) Até 1 ano 0% 3% 3% 1 e 2 anos 0% 6% 6% 2 e 3 anos 0% 9% 9% 3 e 4 anos 0% 12% 12% 4 e 5 anos 60% 15% 60% 5 e 6 anos 67,50% 18% 67,50% 6 e 7 anos 75% 21% 75% 7 e 8 anos 82,50% 24% 82,50% Acima de 8 anos 90% 24 a 60% 90%

3 6) O que muda nas regras de Contribuição para quem era Visão T-Gestiona? A nova regra de contribuição do plano Visão Telefônica segue os critérios abaixo: Regra Visão T-Gestiona (adesão até Nov/2008) Regra Visão T-Gestiona (adesão após Nov/2008) Nova Regra (a partir de 01/01/2017) Contribuição Básica até 2% do salário bruto - COM contrapartida da 1% do salário bruto - COM contrapartida da até 8% do salário bruto - COM contrapartida da Contribuição Adicional de 0% a 7% do resultado obtido da subtração do valor referente a 9 (nove) Unidades de Referência Padrão (URP), do salário bruto - COM contrapartida de 0% a 5% do resultado obtido da subtração do valor referente a 1 (uma) Unidade de Referência Padrão (URP), do salário bruto - COM contrapartida - Contribuição Suplementar percentual inteiro livre sobre salário de participação - SEM contrapartida percentual inteiro livre sobre salário de participação - SEM contrapartida percentual inteiro livre sobre salário de participação - SEM contrapartida da

4 Contribuição Específica percentual inteiro livre aplicável sobre bônus, participação nos lucros e resultados e qualquer outro pagamento efetuado pela Patrocinadora em seu favor - SEM contrapartida da percentual inteiro livre aplicável sobre bônus, participação nos lucros e resultados e qualquer outro pagamento efetuado pela Patrocinadora em seu favor - SEM contrapartida da percentual inteiro livre aplicável sobre bônus, participação nos lucros e resultados e qualquer outro pagamento efetuado pela Patrocinadora em seu favor - SEM contrapartida - SEM contrapartida da Contribuição Esporádica valor e frequência livremente definidos pelo Participante - SEM contrapartida da valor e frequência livremente definidos pelo Participante - SEM contrapartida da valor e frequência livremente definidos pelo Participante - SEM contrapartida da Em decorrência das alterações ocorridas nas regras de contribuição do Plano Visão Telefônica, os participantes atuais do Plano Visão T-Gestiona (ativos e autopatrocinados do plano Visão T-Gestiona) deverão rever os seus percentuais de contribuição. O período oficial para esse ajuste é nos meses de dezembro e junho, mas excepcionalmente por conta da incorporação, essa possibilidade será aberta no site de 16/01 a 20/02. A alteração deverá ser realizada no site da Visão Prev e será efetivada a partir de 1º de março de Clique aqui e veja como realizar a mudança. EXCEÇÃO: Por uma exigência da legislação, os participantes ativos que possuem mais de 5 anos de tempo de serviço creditado (de plano ou de empresa, o que for maior) e 50 anos de idade, ou seja, são elegíveis à aposentadora em caso de desligamento da empresa, não foram enquadrados na nova regra de contribuição, isto é, continuaram e continuarão regidos pela regra de seu plano de origem. Assim, não é necessária a alteração do percentual de contribuição. O participante pode aumentar ou diminuir caso deseje, mas é opcional.

5 7) Se a incorporação entrou em vigor em 1º de janeiro de 2017, qual será o percentual de contribuição em janeiro e fevereiro de 2017, já que a possibilidade de alterar o percentual vai até 20/02/2017? O percentual nos meses de janeiro e fevereiro ainda será o percentual do plano de origem, isto é, do T-Gestiona. O novo percentual estará vigente somente a partir de 1º de março. 8) Na tabela de contribuição exibida na questão 06, na coluna Nova Regra, não consta nenhuma informação referente à contribuição adicional. Por quê? Porque na nova regra de contribuição, esse tipo de contribuição não irá existir. 9) O que muda no regime de tributação? Em função do processo de incorporação, os participantes ativos, assistidos, autopatrocinados e BPD s do plano incorporado Visão T-Gestiona poderão rever e alterar seu Regime de Tributação (Tabela de Imposto de Renda - opção sobre a forma de pagamento do imposto de renda em caso de resgate ou recebimento do saldo). Porém, essa é uma decisão que necessita de uma análise muito cuidadosa. Dessa forma, preparamos um quadro explicativo dos impactos de possíveis mudanças, além de um lembrete das tabelas dos Regimes Progressivo e do Regressivo. Clique aqui e acesse. Caso tenha interesse em alterar seu Regime de Tributação, acesse aqui o formulário e envie o documento preenchido para a Entidade, no endereço: Rua Desembargador Eliseu Guilherme, 53-4º andar - Paraíso - SP - CEP: Você poderá enviar o documento até dia 20/02/ ) O que muda no cálculo do saldo de conta projetado para quem era do plano Visão T-Gestiona? O cálculo do saldo de conta projetado, passa a considerar a contribuição máxima do plano ao invés da contribuição atual do participante. O saldo de conta projetado é usado para o cálculo dos benefícios de aposentadoria por invalidez ou pensão por morte de participantes ativos ou autopatrocinados.

6 Em caso de invalidez ou morte de participante ativo ou autopatrocinado, além do saldo de conta total (participante + ), é pago também aos beneficiários legais do participante o que chamamos de Saldo de Conta Projetado, um cálculo que projeta as contribuições até a data em que o participante completaria 60 anos de idade. Na regra atual de seu plano, esse cálculo é feito da seguinte forma: (a) + (b) x (c) onde: (a) = Saldo de Conta Total na data em que o Participante preencheu as condições previstas no Regulamento, para os casos de invalidez ou morte; (b) = 3 (três) vezes a soma das Contribuições mensais Básica e Adicional da Patrocinadora; (c) = Serviço Creditado Projetado em meses. Pela nova regra, o item (b) passará a ser: (b) = 3 (três) vezes a soma das Contribuições máximas mensais Básica e Adicional* da Patrocinadora. * Para participantes ativos e autopatrocinados não elegíveis à aposentadoria, o cálculo do Saldo de Conta Projetado vai levar em consideração somente as contribuições máximas mensais básicas. A Adicional será considerada somente para o cálculo de saldo projetado de participantes ativos e autopatrocinados elegíveis à aposentadoria. 11) A partir de quando valerá a nova regra de resgate? A nova regra de resgate estará vigente desde o dia 1º de janeiro de 2017, data oficial desde a qual todos os participantes dos planos incorporados já estão no novo plano. 12) A partir de quando valerá o novo percentual de contribuição? O novo percentual de contribuição estará vigente a partir de 1º de março de 2017, uma vez que de 16/01 a 20/02 os participantes deverão realizar alterações/ ajustes em suas contribuições. 13) A partir de quando passarei a ter o desconto em minha folha de pagamento do novo valor de contribuição?

7 O desconto em folha de pagamento com o novo valor de contribuição ocorrerá a partir da folha de mar/2017, que será pago no primeiro dia útil de abr/2017. Para colaboradores da T-Log, no 2º dia útil, que é o dia oficial de pagamento. 14) A partir de quando eu poderei ver o novo valor de contribuição no site da Visão Prev? A partir da segunda quinzena de abril o novo valor de contribuição estará disponível para consulta no site da Visão Prev. 15) O participante poderá alterar perfil de investimento no momento da incorporação? Uma vez que todos os planos possuem os mesmos cinco perfis, não haverá a abertura de uma oportunidade especial para alteração de perfil no momento da incorporação. O participante que desejar alterar seu perfil, deverá fazê-lo nos meses oficiais para isso (junho e dezembro) ou utilizar um 3º mês à sua escolha (caso ainda não o tenha utilizado dentro do ano vigente). 16) Os participantes terão algum prejuízo com a incorporação? A incorporação busca equalizar as melhores e mais simples regras de cada plano. Para esta incorporação, foram realizados ajustes no regulamento com o objetivo de alinhar os benefícios oferecidos aos participantes e aperfeiçoar o atendimento. Com isso, para alguns participantes, é possível que o valor da contribuição atual ultrapasse os 8% máximos permitidos pela nova regra. Neste caso, é necessário que o participante atualize o percentual de acordo com o limite de contribuição básica máxima permitida pela nova regra e, se desejar, poderá fazer outra contribuição (suplementar, esporádica ou específica) para compensar a diferença entre o valor que contribuía e o valor limite de 8%. Lembrando que somente a contribuição básica terá a contrapartida da empresa. 17) Sou obrigado a aceitar o processo de incorporação? Sim, a incorporação não é facultativa. Todos os participantes do plano Visão T-Gestiona passaram a pertencer ao plano Visão Telefonica em 1º de janeiro de 2017.

8 18) Quais são todas as regras do plano Visão Telefônica? Para que conheça todas as regras de seu novo plano, pedimos que leia o regulamento do plano Visão Telefônica na íntegra. O regulamento está disponível no site da Visão Prev > Sobre a Entidade > Legislação e Documentos > Regulamentos. Se preferir, clique aqui. 19) Os participantes que já têm idade para se aposentar pelo plano Visão T-Gestiona foram incorporados? Sim. Todos os participantes do plano Visão T-Gestiona foram incorporados para o plano Visão Telefônica, a incorporação não é opcional. A única exceção em relação aos participantes ativos que são elegíveis à aposentadoria no momento da incorporação (mais de 5 anos de plano ou de empresa e 50 anos de idade), é que não foram enquadrados na nova regra de contribuição, isto é, continuaram e continuarão regidos pela regra de seu plano de origem, mesmo tendo migrado para o novo plano. 20) Qual valor de saldo de conta foi considerado para o novo plano? O saldo de conta considerado para o novo plano foi 100% do seu saldo de participante e da posicionado em 31/12/ ) Houve alguma mudança em relação à concessão de empréstimos? Não, a regra para empréstimos continua a mesma.

Folheto explicativo PLANO D

Folheto explicativo PLANO D Folheto explicativo PLANO D Como está o seu planejamento para a aposentadoria? Plano D Previ Novartis Veja algumas vantagens do plano: 1 2 Flexibilidade para planejar o seu futuro; Contrapartida da empresa

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução...4 Sobre o Plano Previplan...5 Adesão...5 Benefícios do Plano...6 Entenda o Plano...7 Rentabilidade...8 Veja como funciona a Tributação...9

Leia mais

Este material contém uma mídia com documentos adicionais para você consultar no computador. RESUMO PAP II ATIVOS

Este material contém uma mídia com documentos adicionais para você consultar no computador. RESUMO PAP II ATIVOS Este material contém uma mídia com documentos adicionais para você consultar no computador. RESUMO II ATIVOS Conheça, compare, decida. Quer ter mais gestão sobre o seu benefício de aposentadoria? Um dos

Leia mais

Folheto explicativo PLANO A

Folheto explicativo PLANO A Folheto explicativo PLANO A Como está o seu planejamento para a aposentadoria? Você já parou para pensar que a vida está passando rápido demais? A gente sabe que ao longo dos anos muitas prioridades surgem

Leia mais

Folheto explicativo PLANO D

Folheto explicativo PLANO D Folheto explicativo PLANO D Benefícios do plano Como participante do Plano D, você conta com esses benefícios: Benefícios Aposentadoria Normal Condições necessárias para receber o benefício Desligar-se

Leia mais

PLANO DE APOSENTADORIA DA DUPREV Fazendo manutenção no seu Plano de Aposentadoria

PLANO DE APOSENTADORIA DA DUPREV Fazendo manutenção no seu Plano de Aposentadoria PLANO DE APOSENTADORIA DA DUPREV Fazendo manutenção no seu Plano de Aposentadoria 2016 DUPREV Entidade Fechada da Previdência Complementar Sociedade Civil sem fins lucrativos independente da DuPont Regulada

Leia mais

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar Plano CV Prevdata Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar A entidade Nossos números Patrimônio de R$ 1,1 bilhão (dez/2016) 2 planos de benefícios e plano de gestão administrativa 36

Leia mais

MATERIAL EXPLICATIVO PLANO CD PREVIBAYER SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA

MATERIAL EXPLICATIVO PLANO CD PREVIBAYER SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA MATERIAL EXPLICATIVO PREVIBAYER SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA MATERIAL EXPLICATIVO PREZADO COLABORADOR! Você, que está sendo admitido agora ou que ainda não aderiu ao Plano CD, conheça, nas próximas

Leia mais

Alterações no Regulamento do Plano de Aposentadoria BASF

Alterações no Regulamento do Plano de Aposentadoria BASF Alterações no Regulamento do Plano de Aposentadoria BASF A Superintendência Nacional de Previdência Complementar PREVIC, órgão que regulamenta e fiscaliza os fundos de pensão no Brasil, aprovou em 13 de

Leia mais

Cartilha do Participante. Previdência Complementar CASFAM

Cartilha do Participante. Previdência Complementar CASFAM Cartilha do Participante Previdência Complementar CASFAM APRESENTAÇÃO Caro (a) Participante, Preparar-se para o futuro, podendo aproveitar o período de aposentadoria com saúde e conforto, implica controlar

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA DATUSPREV

CARTILHA EXPLICATIVA DATUSPREV CARTILHA EXPLICATIVA DATUSPREV DATUSPREV Sociedade de Previdência Complementar CIASC Plano CIASCPREV CNPJ 10.605.283/0001-59 CNPB 2009.0009-19 Órgão Regulamentador PREVIC Ministério da Previdência Social

Leia mais

Adesão ao Plano de Benefícios HP

Adesão ao Plano de Benefícios HP Adesão ao Plano de Benefícios HP 1 Objetivo da HP Prev Proporcionar aos seus participantes a oportunidade de contribuir para a HP Prev e, juntamente com as contribuições da patrocinadora, formar uma renda

Leia mais

Pense no seu futuro! Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II

Pense no seu futuro! Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II Pense no seu futuro! Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II A Prevdata É uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, que tem por finalidade a instituição e administração de planos de benefícios

Leia mais

UBB PREV Previdência Complementar

UBB PREV Previdência Complementar UBB PREV Previdência Complementar 23 de março 2011 Quadro Comparativo das Alterações Propostas para o Regulamento do Plano de Previdência Unibanco (Futuro Inteligente Aprovadas na ata de Reunião Extraordinária

Leia mais

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS

CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS CARTILHA DO PLANO DE BENEFÍCIOS Esta cartilha traz informações e dicas, de forma simples e clara, para que você conheça as vantagens que o seu plano de previdência oferece. Leia com atenção e comece a

Leia mais

5. Como fica a situação de quem não migrar para o InovaPrev?

5. Como fica a situação de quem não migrar para o InovaPrev? Perguntas InovaPrev 1. O que é o InovaPrev? É um plano de previdência complementar moderno, patrocinado pela Fundação CPqD, Instituto Atlântico, Já, STIC, Padtec e PSG Telecom. Sua administração é feita

Leia mais

DUAS DEFINIÇÕES IMPORTANTES

DUAS DEFINIÇÕES IMPORTANTES Você está trabalhando, construindo sua vida e de sua família. Tudo vai bem. Mas... Você já começou a pensar na sua aposentadoria? Quando se aposentar, você receberá o benefício do INSS, mas ele será suficiente?

Leia mais

Quadro Comparativo das Alterações Propostas Regulamento do Plano de Aposentadoria MSD Prev

Quadro Comparativo das Alterações Propostas Regulamento do Plano de Aposentadoria MSD Prev Quadro Comparativo das Alterações Propostas Regulamento do Plano de Aposentadoria MSD Prev MSD Prev Sociedade de Previdência Privada CNPB:19.980.047-83 CNPJ:02.726.871/0001-12 Anexo I Ata de Reunião Extraordinária

Leia mais

Regulamento. Alterações no. do Plano de Benefícios D

Regulamento. Alterações no. do Plano de Benefícios D Alterações no Regulamento do Plano de D Apresentamos abaixo as alterações realizadas no Plano de D, aprovadas pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar PREVIC, por meio da Portaria nº

Leia mais

Guia do Participante. Planos Básico e Suplementar de Aposentadoria Modalidade Contribuição Definida

Guia do Participante. Planos Básico e Suplementar de Aposentadoria Modalidade Contribuição Definida Planos Básico e Suplementar de Aposentadoria Modalidade Contribuição Definida Prezado Colaborador, O Guia do Participante tem por objetivo resumir as informações dos seguintes regulamentos oficiais: Regulamento

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA DA FPI

PERGUNTAS E RESPOSTAS PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA DA FPI PERGUNTAS E RESPOSTAS PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA DA FPI Válido para participantes que ingressaram no plano até 05/08/2008 1. O que é o Plano de Contribuição Definida? É o seu plano de benefícios na

Leia mais

Destinação do Superávit do Plano II Perguntas e Respostas

Destinação do Superávit do Plano II Perguntas e Respostas Destinação do Superávit do Plano II Perguntas e Respostas 1) Qual a origem da destinação do superávit? Resposta: A destinação do superávit se tornou possível, pois o Plano II registrou Reserva Especial

Leia mais

Novo Plano de Contribuição Definida -CD

Novo Plano de Contribuição Definida -CD Previ-Siemens Novo Plano de Contribuição Definida -CD Protection notice / Copyright notice Agenda A Importância de um plano de previdência Plano de Aposentadoria CD -Previ-Siemens Contribuições Procedimentos

Leia mais

CARTILHA DA PORTABILIDADE. - Visão Prev -

CARTILHA DA PORTABILIDADE. - Visão Prev - CARTILHA DA PORTABILIDADE - - CARTILHA DA PORTABILIDADE Tome uma decisão consciente entenda, conheça e analise todos os fatores envolvidos em um processo de portabilidade. Após o encerramento de seu vínculo

Leia mais

APOSENTADORIAS - CONTAGEM DE TEMPO DO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO E CÁLCULO DE

APOSENTADORIAS - CONTAGEM DE TEMPO DO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO E CÁLCULO DE Clique no Tipo de Solicitação para saber mais detalhes APOSENTADORIAS - CONTAGEM DE TEMPO DO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO E CÁLCULO DE RENDA SOLICITAÇÃO - 2a VIA DE CRACHÁ SOLICITAÇÃO - ALTERAÇÃO DO PADRÃO DO

Leia mais

Plano PreVisão. Para quem quer seguir por caminhos com menos turbulências

Plano PreVisão. Para quem quer seguir por caminhos com menos turbulências MIRANTE Informativo da Visão Prev Sociedade de Previdência Complementar e d i ç ã o e s p e c i a l d e z e m b r o / 2 0 1 4 Plano PreVisão Para quem quer seguir por caminhos com menos turbulências Conheça

Leia mais

Boas Vindas Apresentação do Plano Schering-Plough Prev Contribuições Contas Investimentos Benefícios...

Boas Vindas Apresentação do Plano Schering-Plough Prev Contribuições Contas Investimentos Benefícios... Índice Material Explicativo Boas Vindas...03 Apresentação do Plano Schering-Plough Prev...05 Contribuições...07 Contas...11 Investimentos...11 Benefícios...12 Desligamento da Empresa...15 Tributação...18

Leia mais

APRESENTAÇÃO DEFINIÇÃO. O que é o Plano de Contribuição Definida CD

APRESENTAÇÃO DEFINIÇÃO. O que é o Plano de Contribuição Definida CD APRESENTAÇÃO Esta cartilha tem o objetivo de informá-lo, de forma simples e precisa, sobre os principais pontos do Plano SERGUS de Benefícios na modalidade de Contribuição Definida (CD), baseado no seu

Leia mais

Guia do Participante. Planos Básico e Suplementar de Aposentadoria Modalidade Contribuição Definida

Guia do Participante. Planos Básico e Suplementar de Aposentadoria Modalidade Contribuição Definida Guia do Participante Planos Básico e Suplementar de Aposentadoria Modalidade Contribuição Definida Prezado Colaborador, O Guia do Participante tem por objetivo resumir as informações dos seguintes Regulamentos

Leia mais

ASSUNTO ANTES DAS ALTERAÇÕES APÓS AS ALTERAÇÕES Definições Serviço Contínuo

ASSUNTO ANTES DAS ALTERAÇÕES APÓS AS ALTERAÇÕES Definições Serviço Contínuo Alterações no Regulamento do Plano de A Apresentamos abaixo as alterações realizadas no Plano de A, aprovadas pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar PREVIC, por meio da Portaria nº

Leia mais

Plano de Benefícios CD-05

Plano de Benefícios CD-05 1/5 Plano de Benefícios CD-05 Nosso Plano é cuidar do seu futuro! 2/5 1 Apresentação A REGIUS Sociedade Civil de Previdência Privada é uma entidade fechada de previdência privada, que tem como objetivo

Leia mais

Este material contém uma mídia com documentos adicionais para você consultar no computador. MATERIAL EXPLICATIVO PLANO PAN

Este material contém uma mídia com documentos adicionais para você consultar no computador. MATERIAL EXPLICATIVO PLANO PAN Este material contém uma mídia com documentos adicionais para você consultar no computador. MATERIAL EXPLICATIVO PLANO PAN índice A Previdência no Brasil A Funepp e o PAN pág. 6 pág. 10 2 3 O MELHOR MOMENTO

Leia mais

2º Semestre de

2º Semestre de 1 2 2º Semestre de 2010 Informações sobre a nova estrutura do Plano de Benefícios PreviSenac 3 Introdução: Este folheto é destinado aos participantes do Plano de Benefícios PreviSenac que, até a data da

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo ABBprev Sociedade de Previdência Privada Este material explicativo tem como objetivo fornecer informações sobre um dos benefícios que as patrocinadoras ABB Ltda e Cooperativa de Crédito

Leia mais

Seja bem-vindo! Odebrecht Previdência Guia Explicativo

Seja bem-vindo! Odebrecht Previdência Guia Explicativo GUIA EXPLICATIVO Odebrecht Previdência Guia Explicativo Seja bem-vindo! Este guia foi especialmente desenvolvido para proporcionar uma rápida reflexão sobre o seu futuro, além de contribuir para que você,

Leia mais

MATERIAL EXPLICATIVO PAP

MATERIAL EXPLICATIVO PAP MATERIAL EXPLICATIVO PAP índice A Previdência no Brasil A Funepp e o PAP pág. 6 pág. 10 2 3 A Nestlé oferece aos seus colaboradores a oportunidade de se prepararem para o futuro, auxiliando-os na formação

Leia mais

Autoatendimento do Plano B

Autoatendimento do Plano B Autoatendimento do Plano B Tutorial para participante ATIVO O autoatendimento do Plano B foi reformulado para facilitar a navegação. Agora, ao logar, você será direcionado ao menu do Plano B, diminuindo

Leia mais

Superintendência Nacional de Previdência Complementar - Previc - DRAA

Superintendência Nacional de Previdência Complementar - Previc - DRAA Página 1 de 10 FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 6 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO 20.050.020-38 - PLANO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PAQUETÁPREV DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

Leia mais

Sumário DEFINIÇÕES 05

Sumário DEFINIÇÕES 05 Sumário INTRODUÇÃO 04 DEFINIÇÕES 05 1. O que é um plano de previdência complementar? 05 2. O que é um Fundo de Pensão? 05 3. O que é a SÃO FRANCISCO? 05 4. O que é o Codeprev? 05 5. Quais são as modalidades

Leia mais

FISCAIS 2.CARACTERÍSTICAS DO PLANO PS II

FISCAIS 2.CARACTERÍSTICAS DO PLANO PS II 2 SUMÁRIO pág. 5 APRESENTAÇÃO pág. 61.VANTAGENS FISCAIS 2.CARACTERÍSTICAS DO PLANO PS II pág. 8 3.ESCOLHA DO REGIME TRIBUTÁRIO pág. 9 4.PRINCIPAIS BENEFÍCIOS pág. 13 5.INSTITUTOS 4 Apresentação O SERPROS

Leia mais

Cartilha de Tributação 2016

Cartilha de Tributação 2016 Cartilha de Tributação 2016 Como funciona o Imposto de Renda incidente sobre Planos de Previdência Complementar *? * Na modalidade de Contribuição Definida ou Variável Conforme a legislação tributária

Leia mais

Quadro Comparativo das Alterações do Regulamento do Plano de Aposentadoria Básico da PREVI-SIEMENS

Quadro Comparativo das Alterações do Regulamento do Plano de Aposentadoria Básico da PREVI-SIEMENS Capítulo A.7. Dos Institutos Legais Obrigatórios A.7.1 - No caso de Término do Vínculo Empregatício, o Participante Ativo que não for elegível ao Benefício de Aposentadoria Normal previsto neste Regulamento

Leia mais

CARTILHA DO PLANO CELPREV

CARTILHA DO PLANO CELPREV CARTILHA DO PLANO CELPREV O QUE É O CELPREV? O CELPREV é um plano de contribuição definida, também conhecido como plano CD, que nada mais é do que uma poupança individual na qual serão investidos dois

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA 1/5 Plano de Benefícios CD-02 Cuidar do seu futuro é o nosso negócio! 2/5 1 Por que foi criado o Plano CD-02? O Plano CD-02 foi desenhado no modelo de Contribuição Definida, um plano totalmente individual,

Leia mais

REDAÇÃO ATUAL REDAÇÃO PROPOSTA IMPACTOS

REDAÇÃO ATUAL REDAÇÃO PROPOSTA IMPACTOS XIII XIV "Índice de Reajuste": significa o índice geral de aumentos salariais concedidos pela Patrocinadora 3M do Brasil Ltda., desconsiderados os aumentos reais. O Conselho Deliberativo poderá determinar

Leia mais

A Previdência no Brasil A FUNEPP e o PAP II. pág. 6 pág. 10

A Previdência no Brasil A FUNEPP e o PAP II. pág. 6 pág. 10 A Previdência no Brasil A FUNEPP e o PAP II pág. 6 pág. 10 2 3 O MELHOR MOMENTO PARA PENSAR NO FUTURO É AGORA! A Nestlé oferece aos seus colaboradores a oportunidade de se prepararem para o futuro, auxiliando-os

Leia mais

vista PREVIDÊNCIA Plano de Contribuição Definida Gerdau

vista PREVIDÊNCIA Plano de Contribuição Definida Gerdau futuro vista PREVIDÊNCIA Plano de Contribuição Definida Gerdau INTRODUÇÃO TERMOS E CONCEITOS POR QUE TER UM PLANO DE PREVIDÊNCIA? COMO FUNCIONA O PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA GERDAU? CONTRIBUIÇÃO MENSAL

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Contribuição Definida

Material Explicativo. Plano de Contribuição Definida Material Explicativo Plano de Contribuição Definida Material Explicativo - Plano de Contribuição Definida 2 Índice Mensagem ao colaborador...5 Por que planejar sua aposentadoria?...5 Conte com a Previ-Ericsson...6

Leia mais

Novo cenário, maiores benefícios

Novo cenário, maiores benefícios Manual de Aderentes Novo cenário, maiores benefícios A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC) aprovou a implantação do Plano de Benefícios Previdenciários PrevAmazônia (CNPB nº.

Leia mais

Sr. Renato Follador Presidente Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada. Ref.: Plano J.MALUCELLI plano de custeio anual para 2011

Sr. Renato Follador Presidente Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada. Ref.: Plano J.MALUCELLI plano de custeio anual para 2011 CP3792010 Curitiba, 20 de dezembro de 2010. Sr. Renato Follador Presidente Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada Ref.: Plano J.MALUCELLI plano de custeio anual para 2011 Prezado Senhor, A fim de

Leia mais

ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO. Material Explicativo do Plano de Aposentadoria McPrev

ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO. Material Explicativo do Plano de Aposentadoria McPrev ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO Material Explicativo do Plano de Aposentadoria McPrev ÍNDICE Introdução...3 Inscrição no Plano...3 Contribuição para o Plano...4 Os Benefícios do Plano...7 O Pagamento dos Benefícios...8

Leia mais

PLANO MILÊNIO NOVAS REGRAS DE APOSENTADORIA E OUTRAS ALTERAÇÕES

PLANO MILÊNIO NOVAS REGRAS DE APOSENTADORIA E OUTRAS ALTERAÇÕES PLANO MILÊNIO NOVAS REGRAS DE APOSENTADORIA E OUTRAS ALTERAÇÕES INFORMATIVO N.º 165-13/07/2010 http://www.cbsprev.com.br Central de Atendimento 08000-268181 Caro(a) Participante, Para a melhor compreensão

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Previdência Tokio Marine

Material Explicativo. Plano de Previdência Tokio Marine Material Explicativo Plano de Previdência Tokio Marine Este material apresenta um resumo das principais características do Plano e não dispensa a leitura do seu Regulamento, cujo teor sempre prevalecerá

Leia mais

C ARTI LH A DE EMPRÉS TI MO A PARTI CI PA NTE

C ARTI LH A DE EMPRÉS TI MO A PARTI CI PA NTE C ARTI LH A DE EMPRÉS TI MO A PARTI CI PA NTE 1. QUAIS SÃO OS TIPOS DE EMPRÉSTIMOS OFERECIDOS PELO POSTALIS? O POSTALIS oferece atualmente a seus participantes duas modalidades de empréstimos: o simples

Leia mais

Saldamento do REG/Replan. e Novo Plano

Saldamento do REG/Replan. e Novo Plano Saldamento do REG/Replan e Novo Plano 1 NOVOS CAMINHOS A FUNCEF apresenta duas novidades aos associados: o Saldamento do REG/Replan e o Novo Plano de Benefícios. Neste site, você tem a oportunidade de

Leia mais

2.11 "Data do Cálculo": significará a data prevista nos artigos: , , e deste Regulamento.

2.11 Data do Cálculo: significará a data prevista nos artigos: , , e deste Regulamento. 2.11"Data de Início do Benefício DIB": significará a data em que o Participante ou Beneficiário, conforme o caso, adquirir o direito ao recebimento do Benefício requerido, observados os requisitos e condições

Leia mais

Quadro Comparativo das Alterações do Regulamento do Plano de Aposentadoria Suplementar da PREVI-SIEMENS

Quadro Comparativo das Alterações do Regulamento do Plano de Aposentadoria Suplementar da PREVI-SIEMENS Capítulo B.1. Do Objeto Capítulo B.1. Do Objeto Item B.1.2.1 Item B.1.2.1 A partir de 1º. de janeiro de 2009 serão vedadas inscrições de novos Participantes neste Plano, caracterizando-se como plano em

Leia mais

PLANO PRINCIPAL. Material Explicativo Plano Principal 1

PLANO PRINCIPAL. Material Explicativo Plano Principal 1 PLANO PRINCIPAL Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2017 ESSE MANUAL FOI DESENVOLVIDO PELO PORTO SEGURO PREVIDÊNCIA PARA AJUDAR NO PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DE AJUSTE ANUAL DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2017,

Leia mais

Manual do. Saldamento

Manual do. Saldamento Manual do Saldamento O SALDAMENTO. O QUE É E QUANDO OCORREU? Em 31 de março de 2010, a PREVEME efetuou o saldamento do plano de benefícios de todos os seus participantes ativos. Isto significa que esta

Leia mais

Na aba "Dados do Participante", o saldo acumulado está posicionado no último dia do mês anterior ao da simulação.

Na aba Dados do Participante, o saldo acumulado está posicionado no último dia do mês anterior ao da simulação. O simulador de renda do Plano Petros-2 foi criado com o objetivo de ajudar o Participante a projetar o valor de sua renda de aposentadoria, respeitando as regras previstas no Regulamento do Plano. Esse

Leia mais

Material Explicativo BASF. Plano de Aposentadoria BASF Material Explicativo

Material Explicativo BASF. Plano de Aposentadoria BASF Material Explicativo Material Explicativo BASF Plano de Aposentadoria BASF Material Explicativo 1 Apresentação O Plano de Aposentadoria BASF é uma ferramenta importante de planejamento financeiro para o futuro. A iniciativa

Leia mais

Material Explicativo 1

Material Explicativo 1 Material Explicativo 1 quem está seguro, tem futuro. quem é PORTO, é seguro. GARANTIR UM FUTURO MAIS TRANQUILO É O DESEJO DE TODOS. AGORA, POUPAR FICOU MUITO MAIS FÁCIL PARA VOCÊ. Este manual se destina

Leia mais

02 O que eu preciso fazer

02 O que eu preciso fazer 01 Quais são os documentos que necessito apresentar para requerer minha aposentadoria no FusanPrev e atualizar minha situação no SaneSaúde? Cópia simples dos seguintes documentos: - Identidade e CPF do

Leia mais

CARTILHA DO PARTICIPANTE. O OABPREV/RS é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, criada para administrar planos de previdência.

CARTILHA DO PARTICIPANTE. O OABPREV/RS é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, criada para administrar planos de previdência. O que é o OABPREV/RS? CARTILHA DO PARTICIPANTE O OABPREV/RS é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar, criada para administrar planos de previdência. Quem instituiu o OABPREV/RS? A Ordem dos Advogados

Leia mais

Plano de Vantagens Itaú

Plano de Vantagens Itaú Plano de Vantagens Itaú Conheça o Plano de Vantagens Itaú para correntistas. O Plano de Vantagens Itaú oferece benefícios de acordo com o seu relacionamento com o banco e conforme sua utilização de serviços.

Leia mais

Regulamento do Plano de Empréstimo. 6ª Alteração Vigência: a partir de

Regulamento do Plano de Empréstimo. 6ª Alteração Vigência: a partir de Regulamento do Plano de Empréstimo 6ª Alteração Vigência: a partir de 01.05.2009 1. Dos Objetivos Estabelecer os direitos e obrigações da Fundambras e dos seus Participantes na concessão de empréstimos

Leia mais

Entenda mais sobre. Novo Plano Copasa

Entenda mais sobre. Novo Plano Copasa Entenda mais sobre O Novo Plano Copasa Apresentação Senhor (a) Participante: Ao publicar este material, a Fundação Libertas tem por objeto facilitar o entendimento e a disseminação dos principais dispositivos

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS II

PLANO DE BENEFÍCIOS II PLANO DE BENEFÍCIOS II SUMÁRIO Carta da diretoria O FUTURO EM SUAS MÃOS 3 Por que ReckittPrev VANTAGENS DO PLANO 4 Você pode contribuir CABE NO SEU BOLSO 8 Incentivo fiscal DEDUÇÃO NO IMPOSTO DE RENDA

Leia mais

Cartilha do Participante. Plano de Contribuição Definida

Cartilha do Participante. Plano de Contribuição Definida Construindo o futuro O futuro é uma grande obra a ser construída. Cada atitude é um passo que damos rumo à construção de algo sólido e seguro. Está em nossas mãos transformar o presente em uma oportunidade

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS VISÃO TELEFÔNICA (CNPB: )

REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS VISÃO TELEFÔNICA (CNPB: ) Visão Prev Sociedade de Previdência Complementar REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS VISÃO TELEFÔNICA (CNPB: 2011.0019-19) Aprovado pela Portaria nº 50.007, de 06 de dezembro de 2016 e publicada no DOU

Leia mais

ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO MANUAL DO PARTICIPANTE PLANO DE APOSENTADORIA DA ALSTOM

ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO MANUAL DO PARTICIPANTE PLANO DE APOSENTADORIA DA ALSTOM ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO MANUAL DO PARTICIPANTE PLANO DE APOSENTADORIA DA ALSTOM Sumário 1 2 Como funciona o Sistema Previdenciário no Brasil... 4 Conheça com detalhes o Plano de Aposentadoria da ALSTOM

Leia mais

PLANO DE APOSENTADORIA SIAS PREVSIAS (CNPB n )

PLANO DE APOSENTADORIA SIAS PREVSIAS (CNPB n ) PLANO DE APOSENTADORIA SIAS PREVSIAS (CNPB n. 2013.0011-18) TEXTO ORIGINAL TEXTO PROPOSTO JUSTIFICATIVA Do Glossário XXVII Resgate : o instituto que prevê o recebimento do valor conforme previsto no Regulamento

Leia mais

Manual do Aposentado HCPA PREV

Manual do Aposentado HCPA PREV Manual do Aposentado HCPA PREV SUMÁRIO Seu benefício 3 Qual a diferença entre Aposentado, Beneficiário e Pensionista? Quando é realizado o pagamento do Benefício? Quando o benefício é reajustado? Quando

Leia mais

Parecer Atuarial dos Planos de Benefícios Unisys Brasil Ltda. e Unisys Tecnologia Ltda. de 31/12/2013 Unisys-Previ - Entidade de Previdência

Parecer Atuarial dos Planos de Benefícios Unisys Brasil Ltda. e Unisys Tecnologia Ltda. de 31/12/2013 Unisys-Previ - Entidade de Previdência Parecer Atuarial dos Planos de Benefícios Unisys Brasil Ltda. e Unisys Tecnologia Ltda. de Unisys-Previ - Entidade de Previdência Complementar 21 de fevereiro de 2014 CONTEÚDO 1. Introdução... 1 2. Perfil

Leia mais

Manual do Participante SARAHPREV

Manual do Participante SARAHPREV Manual do Participante SARAHPREV 1 Sumário Plano SARAHPREV e seus benefícios 5 O que é o Plano SARAHPREV? Quais os benefícios oferecidos pelo Plano? Quais as formas de recebimento dos benefícios oferecidos

Leia mais

Plano Petros 2 - Premissas da sua estruturação

Plano Petros 2 - Premissas da sua estruturação Plano Petros 2 - Premissas da sua estruturação PLANO PETROS 2 PREMISSAS DA SUA ESTRUTURAÇÃO O PLANO PETROS-2 será estruturado na modalidade de Contribuição Variável, nos termos da legislação aplicável

Leia mais

Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios

Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios Demonstração do Simulador de Saldo e Benefícios Disponível na área do participante www.prhosper.com.br área do participante acesso com logine senha Bem vindo(a) ao novo simulador PRhosper! O seu futuro

Leia mais

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4 São Paulo, 02 de janeiro de 2015 PREZADO (A) PARTICIPANTE DO PLANO III, Conforme já divulgado na Edição nº 10 Dezembro/2014 do nosso Jornal e no site, o Plano III da BRF Previdência passará por mudanças

Leia mais

SWPREV - Material Explicativo 1

SWPREV - Material Explicativo 1 1 O QUE VOCÊ VAI ENCONTRAR INTRO DUÇÃO 1. O papel do Governo 2. Visão Geral do Plano 3. Dedique-se ao plano 4. Gerencie seus investimentos 5. Chegou a hora! 6. Mudanças no Caminho 7. Impactos do Imposto

Leia mais

Art. 2º - XI "Data do Cálculo": significará as datas previstas nos artigos: 76, 79, 88 e 94 deste Regulamento.

Art. 2º - XI Data do Cálculo: significará as datas previstas nos artigos: 76, 79, 88 e 94 deste Regulamento. Art. 2º - XI "Data de Início do Benefício DIB": significará a data em que o Participante ou Beneficiário, conforme o caso, adquirir o direito ao recebimento do Benefício requerido, observados os requisitos

Leia mais

ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO MANUAL DO PARTICIPANTE PLANO DE APOSENTADORIA DA ALSTOM

ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO MANUAL DO PARTICIPANTE PLANO DE APOSENTADORIA DA ALSTOM ITAÚ FUNDO MULTIPATROCINADO MANUAL DO PARTICIPANTE PLANO DE APOSENTADORIA DA ALSTOM Sumário 1 2 Como funciona o Sistema Previdenciário no Brasil... 4 Conheça com detalhes o Plano de Aposentadoria da ALSTOM...

Leia mais

12 de fevereiro de Parecer Atuarial CBS - Caixa Beneficente dos Empregados da CSN. Plano Misto de Benefício Suplementar

12 de fevereiro de Parecer Atuarial CBS - Caixa Beneficente dos Empregados da CSN. Plano Misto de Benefício Suplementar 12 de fevereiro de 2007 Parecer Atuarial CBS - Caixa Beneficente dos Empregados da CSN Plano Misto de Benefício Suplementar Conteúdo 1. Introdução...1 2. Posição do Exigível Atuarial e das Reservas e Fundos...2

Leia mais

1) O que é um Plano de Previdência Complementar? É um plano cujo objetivo o pagamento de benefícios semelhantes aos pagos pela Previdência Social.

1) O que é um Plano de Previdência Complementar? É um plano cujo objetivo o pagamento de benefícios semelhantes aos pagos pela Previdência Social. Preparamos uma lista com as dúvidas mais comuns a respeito do Plano PREV-ESTAT. Se você ainda precisar de ajuda, ligue para 0800 025 35 45, das 8 às 19h. 1) O que é um Plano de Previdência Complementar?

Leia mais

O que você quer ser quando envelhecer

O que você quer ser quando envelhecer O que você quer ser quando envelhecer Entenda como funciona o Fundo de Pensão Multipatrocinado da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Rio Grande do Sul - OABPrev-RS. 2 01 02 03 O que é OABPrev-RS?

Leia mais

Page 1 of 10 FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 1 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV Material Explicativo Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV 2 GEBSA-PREV O PLANO GEBSA-PREV VAI AJUDAR VOCÊ A CONSTRUIR SEU FUTURO! Preocupada com a tranquilidade e o bem estar de seus funcionários, a GE oferece

Leia mais

IX "Data do Cálculo": significará a data prevista nos artigos 74, 77, 85 e 90 deste Regulamento.

IX Data do Cálculo: significará a data prevista nos artigos 74, 77, 85 e 90 deste Regulamento. Visão Prev Sociedade de Previdência Complementar Quadro Comparativo Plano de Benefícios Previdenciários Art. 2º (...) IX Data de Início do Benefício DIB : significa a data em que o Participante ou Beneficiário,

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 003/2016 FOLHA nº 1 / 5 EMPRÉSTIMO FINANCEIRO. As definições a seguir são exclusivamente para fins desta Resolução:

RESOLUÇÃO N o 003/2016 FOLHA nº 1 / 5 EMPRÉSTIMO FINANCEIRO. As definições a seguir são exclusivamente para fins desta Resolução: RESOLUÇÃO N o 003/2016 FOLHA nº 1 / 5 A Diretoria da Fundação Assistencial dos Empregados da CESAN - FAECES, usando de atribuições que lhes são conferidas pelo Estatuto da Entidade, RESOLVE estabelecer

Leia mais

Norma de Perfis de Investimento

Norma de Perfis de Investimento Seguridade SEBE D.SE.17 1/9 ÍNDICE 1. Objetivo... 2 2. Responsabilidades... 2 3. Conceitos... 2 4. Dos Perfis de Investimento... 4 5. Regras Gerais... 7 6. Alocação das Contribuições... 8 7. Pagamentos...

Leia mais

Manual do Participante do Plano HCPA PREV PLANO DE BENEFÍCIOS E CUSTEIO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE

Manual do Participante do Plano HCPA PREV PLANO DE BENEFÍCIOS E CUSTEIO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE Manual do Participante do Plano HCPA PREV PLANO DE BENEFÍCIOS E CUSTEIO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE 1 SUMÁRIO 1. O que é o HCPA PREV 3 2. Quem pode participar do

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA

CARTILHA EXPLICATIVA CARTILHA EXPLICATIVA DATUSPREV Sociedade de Previdência Complementar CIASC Plano CIASCPREV CNPJ 10.605.283/0001-59 CNPB 2009.0009-19 Órgão Regulamentador PREVIC Ministério da Previdência Social CORPO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Saldamento: Uma opção Conheça os detalhes deste processo

Saldamento: Uma opção Conheça os detalhes deste processo Saldamento: Uma opção Conheça os detalhes deste processo www.funcef.com.br CARTILHA DO SALDAMENTO HISTÓRICO 2003 Novembro de 2003 2004 e 2005 10/10/2005 22/12/2005 Primeiro semestre de 2006 3/7/2006 Dezembro

Leia mais

Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012.

Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012. Relatório Estatístico da Pesquisa do Perfil de Investimentos da São Rafael Realizada entre 27/03/2012 à 27/04/2012 Prezado (a) participante: A seguir estão discriminados os gráficos estatísticos das Perguntas

Leia mais

Manual do Participante HCPA PREV

Manual do Participante HCPA PREV Manual do Participante HCPA PREV 1 Sumário Plano HCPA PREV e seus benefícios 5 O que é o Plano HCPA PREV? Quais os benefícios oferecidos pelo Plano? Quais as opções de recebimento da renda mensal por aposentadoria

Leia mais

Saiba mais sobre seu plano

Saiba mais sobre seu plano Saiba mais sobre seu plano Plano de Previdência Redecard CD 1 Índice A proteção da previdência complementar... 03 As contribuições para o plano... 04 Em caso de desligamento... 06 Na hora da aposentadoria...

Leia mais

O melhor da vida é feito em parceria

O melhor da vida é feito em parceria O melhor da vida é feito em parceria O Plano de Benefícios Previdenciários da SICOOB PREVI é uma importante ferramenta de planejamento financeiro para o futuro. A iniciativa de seu empregador em lhe proporcionar

Leia mais

Entenda mais sobre. Plano Copasa Saldado

Entenda mais sobre. Plano Copasa Saldado Entenda mais sobre O Plano Copasa Saldado Apresentação Senhor (a) Participante: Ao publicar este material, a Fundação Libertas tem por objeto facilitar o entendimento e a disseminação dos principais dispositivos

Leia mais

Itaú Fundo Multipatrocinado Material Explicativo do Plano de Aposentadoria da ESPM

Itaú Fundo Multipatrocinado Material Explicativo do Plano de Aposentadoria da ESPM Itaú Fundo Multipatrocinado Material Explicativo do Plano de Aposentadoria da ESPM Índice Introdução... 4 Inscrição no Plano... 4 Contribuição para o Plano... 4 Saldo de Conta... 6 Os Benefícios do Plano...

Leia mais

Saiba mais sobre seu plano

Saiba mais sobre seu plano Saiba mais sobre seu plano Plano Itaú CD 1 Índice A proteção da previdência complementar... 03 As contribuições para o plano... 04 Em caso de desligamento... 05 Na hora da aposentadoria... 07 A tributação

Leia mais