ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO"

Transcrição

1 ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO Número refere-se ao aumento da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em relação a junho de 2013; com os ajustes dos efeitos de calendário, mês apresentou desaceleração no ritmo de vendas Barueri, 16 de julho de 2014 A receita de vendas do comércio varejista apresentou alta de 0,5% em junho, descontada a inflação, em relação ao mesmo mês de Em maio, a alta foi de 5,5% ante o mesmo período de É o que mostra o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), divulgado nesta quarta-feira (16). Na receita de vendas nominal, o crescimento foi de 8,1 % em junho na comparação com o ano passado. Vale observar, entretanto, que junho sofreu impactos importantes que não ocorreram no mesmo período de 2013: o feriado de Corpus Christi e a substituição de um sábado por uma segunda-feira, ambos contribuindo para a queda nas vendas. Além disso, os primeiros 19 dias de Copa do Mundo (12 a 30 de junho) impactaram, ainda que levemente, o varejo de forma negativa. Isso se deu, principalmente, devido aos feriados decretados em dias de jogos. O tão esperado efeito Copa mostra que alguns setores se beneficiaram do evento e outros foram prejudicados pelos feriados. Sem eles, o varejo no Brasil teria crescido 2% em junho. Isso significa que, uma vez que o ICVA deflacionado apontou 0,5% de crescimento, o varejo deixou de crescer 1,5 ponto percentual, conclui Gabriel Mariotto, gerente de Inteligência da Cielo.

2 Feitos os ajustes, o ICVA deflacionado foi de 3,1%. Ainda assim, comparando com o mês de maio, que apontou 5,1%, observou-se um quadro de desaceleração em junho. O ICVA nominal com ajustes de calendário alcançou 10,9% em junho de 2014 na comparação com o mesmo mês do ano passado, uma redução de 1,1 ponto percentual. Em maio deste ano, o ICVA nominal ajustado foi de 12,0%. Setores Os setores que apresentaram maior crescimento na composição do ICVA de junho foram Drogarias e Farmácias, Varejo Alimentício Especializado e Supermercados e Hipermercados. Apesar de Drogarias e Farmácias ter se destacado positivamente nos primeiros meses do ano, o setor encerrou junho com desaceleração. Varejo Alimentício Especializado, que é composto por diversos perfis de estabelecimentos comerciais, essencialmente Padarias e Lojas de Conveniência, apontou aceleração, assim como Supermercados e Hipermercados. Para o setor de Alimentação (Bares e Restaurantes), que esperava movimentações positivas durante o período da Copa, somente Bares apresentou aceleração em junho. Esses movimentos estão em linha com a expectativa de comportamento dos consumidores em um cenário de Copa, afirma Gabriel Mariotto, gerente de Inteligência da Cielo. Os setores de Vestuário, Lojas de Departamento e Materiais para Construção não só desaceleraram como apresentaram retração. No setor de Vestuário, só há crescimento em Artigos Esportivos. Os setores de Companhias Aéreas e Hotéis, que poderiam ser impactados positivamente com a Copa, não alcançaram bom desempenho e também tiveram retração na receita deflacionada.

3

4 Regiões Em junho, a região Centro-Oeste continuou a liderar o crescimento do varejo em receita de vendas deflacionada, com expansão de 4,3%, seguida da região Norte, com 3,9%, da região Nordeste, com 1,4%, e da região Sul, com 1,1%. A região Sudeste registrou retração de -0,5%. No indicador nominal, a região Centro-Oeste liderou o crescimento, com expansão de 11,3%, seguida das regiões Norte, com 8,6%, Nordeste, com 10,0%, e Sul, com 9,4%. A região Sudeste cresceu abaixo da média nacional em receita de vendas, com alta de 7,5%. Primeiro semestre de 2014 No consolidado dos seis primeiros meses do ano, o ICVA nominal apontou crescimento de 12,3%, enquanto o deflacionado registrou 5,2%. Drogarias e Farmácias, tanto em receita nominal como na deflacionada, exerceu influência positiva no indicador, assim como Postos de Gasolinas e Supermercado e Hipermercados.

5 O Índice Cielo do Varejo Ampliado ICVA acompanha mensalmente a evolução do varejo de acordo com a receita nominal de vendas, com base em um grupo de 24 setores mapeados pela Cielo, de pequenos lojistas a grandes varejistas.

6 Como é calculado o ICVA O ICVA não tem correlação com o desempenho financeiro da Cielo. Para criar um indicador neutro que refletisse puramente a atividade econômica e o apetite de consumo no comércio, sem qualquer inferência a seus resultados, a companhia desenvolveu modelos matemáticos para isolar os efeitos do comportamento competitivo do mercado de credenciamento como a variação de market share, por exemplo. Também foram isolados os efeitos da maior participação de cartões na economia pela substituição de cheque e dinheiro. Os dados que compõem o Índice são capturados, de forma agregada, da base de 1,4 milhão de pontos de venda ativos credenciados à Cielo em todo o Brasil, tanto nas lojas físicas como nos canais mobile e e-commerce. Sobre a Cielo A Cielo S.A. (Bovespa: CIEL3 OTC: CIOXY) é a empresa líder em soluções de pagamentos eletrônicos na América Latina e uma das maiores do mundo em seu segmento. Responsável por credenciar os estabelecimentos comerciais a aceitarem pagamentos com cartões, além das outras etapas da cadeia - captura, transmissão, processamento e liquidação financeira das transações -, a Cielo captura as principais bandeiras do Brasil e do mundo. Em 2013, 5 bilhões de transações passaram pelas máquinas da companhia. Com um posicionamento multisserviço, multibandeira e multicanal - presente seja no ponto de venda, no mobile ou no e-commerce -, a Cielo tem como missão ser referência internacional no que ela faz. Uma empresa de serviços que tem a inovação em seu DNA, orientada para resultados, a Cielo entrega um portfólio de produtos e soluções que agregam valor ao negócio dos lojistas, microempreendedores e profissionais liberais - além da maior força comercial do mercado, atendimento de qualidade e logística eficiente, premissas da excelência para o cliente. A companhia investe continuamente em tecnologia e conta com o parque de equipamentos mais moderno do mercado, distribuído em 1,4 milhão de pontos de venda ativos em todos os seus canais - comércio físico ou virtual, pela máquina, pelo celular ou pela internet, presente de ponta a ponta em toda a cadeia de pagamentos eletrônicos, em 99,6% do território nacional.

7 Informações à imprensa: FSB Comunicações Mariana Ribeiro (11) Bruno Galhardi (11) Relações Públicas Cielo Grazielle Schneider (11) Carolina Short (11) Este artigo expressa a opinião do seu autor. O Acionista.com.br não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações dadas no artigo ou por eventuais prejuízos de qualquer natureza em conseqüência do uso destas informações. Advertência: As informações econômico financeiras apresentadas no Acionista.com.br são extraídas de fontes de domínio público, consideradas confiáveis. Entretanto, estas informações estão sujeitas a imprecisões e erros pelos quais não nos responsabilizamos. As opiniões de analistas, assim como os dados e informações de empresas aqui publicadas são de responsabilidade única de seus autores e suas fontes. O objetivo deste portal é suprir o mercado e seus clientes de dados e informações bem como conteúdos sobre mercado financeiro, acionário e de empresas. As decisões sobre investimentos são pessoais, não podendo ser imputado ao acionista.com.br nenhuma responsabilização por prejuízos que eventualmente investidores ou internautas, venham a sofrer. O acionista.com.br procura identificar e divulgar endereços na Internet voltados ao mercado de informação, visando manter informado seus usuários mais exigentes com uma seleção criteriosa de endereços eletrônicos. Essa divulgação é de forma única, e os domínios divulgados são direcionados a todos os internautas por serem de domínio público. Contudo, enfatizamos que não oferecemos nenhuma garantia a sua integralidade e exatidão, não gerando portanto qualquer feito legal.

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO DE 3,7% PARA O VAREJO EM OUTUBRO

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO DE 3,7% PARA O VAREJO EM OUTUBRO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO DE 3,7% PARA O VAREJO EM OUTUBRO Alta foi registrada em comparação com outubro de 2013 e leva em conta a receita

Leia mais

VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014;

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em relação a outubro

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,1% PARA O VAREJO EM JUNHO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,1% PARA O VAREJO EM JUNHO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,1% PARA O VAREJO EM JUNHO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a junho de 2015

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,9% PARA O VAREJO EM SETEMBRO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,9% PARA O VAREJO EM SETEMBRO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,9% PARA O VAREJO EM SETEMBRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação ao mesmo mês

Leia mais

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA Percentual é calculado a partir da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 6,2% PARA O VAREJO EM AGOSTO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 6,2% PARA O VAREJO EM AGOSTO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 6,2% PARA O VAREJO EM AGOSTO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação ao mesmo mês

Leia mais

CIELO S.A. CNPJ/MF / Comunicado ao Mercado

CIELO S.A. CNPJ/MF / Comunicado ao Mercado CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA CRESCIMENTO DE 1,9% PARA O VAREJO EM JUNHO O indicador é calculado a partir da receita de vendas do comércio varejista deflacionada

Leia mais

COM IMPACTO DO CARNAVAL, VAREJO TEM RETRAÇÃO DE 2,4% EM FEVEREIRO, APONTA ICVA

COM IMPACTO DO CARNAVAL, VAREJO TEM RETRAÇÃO DE 2,4% EM FEVEREIRO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado COM IMPACTO DO CARNAVAL, VAREJO TEM RETRAÇÃO DE 2,4% EM FEVEREIRO, APONTA ICVA O desempenho das vendas do comércio varejista brasileiro, medido

Leia mais

Comunicado ao Mercado VAREJO DESACELERA EM MARÇO E TEM CRESCIMENTO DE 2,2% CONTRA O MESMO MÊS EM 2013 NA RECEITA DEFLACIONADA, APONTA ÍNDICE DA CIELO

Comunicado ao Mercado VAREJO DESACELERA EM MARÇO E TEM CRESCIMENTO DE 2,2% CONTRA O MESMO MÊS EM 2013 NA RECEITA DEFLACIONADA, APONTA ÍNDICE DA CIELO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 NIRE 35.300.144.112 Comunicado ao Mercado VAREJO DESACELERA EM MARÇO E TEM CRESCIMENTO DE 2,2% CONTRA O MESMO MÊS EM 2013 NA RECEITA DEFLACIONADA, APONTA ÍNDICE DA

Leia mais

Março Divulgado em 14 de abril de 2015.

Março Divulgado em 14 de abril de 2015. Março - 2015 Divulgado em 14 de abril de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 3,3% EM MARÇO, APONTA ICVA O comércio varejista brasileiro apresentou alta de 3,3% em março em relação ao mesmo período do ano passado,

Leia mais

ICVA: VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,4% EM MAIO

ICVA: VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,4% EM MAIO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA: VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,4% EM MAIO Indicador da Cielo considera a receita deflacionada de vendas em relação ao mesmo mês do ano

Leia mais

Outubro Divulgado em 16 de novembro de 2015.

Outubro Divulgado em 16 de novembro de 2015. Outubro - 2015 Divulgado em 16 de novembro de 2015. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em relação a outubro de

Leia mais

Junho Divulgado em 15 de julho de 2016.

Junho Divulgado em 15 de julho de 2016. Junho - 2016 Divulgado em 15 de julho de 2016. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,1% PARA O VAREJO EM JUNHO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a junho de 2015 A receita

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016 CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016 Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação ao ano de 2015.

Leia mais

Maio Divulgado em 16 de junho de 2015.

Maio Divulgado em 16 de junho de 2015. Maio - 2015 Divulgado em 16 de junho de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA Percentual é calculado a partir da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com maio de 2014;

Leia mais

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015.

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015. Junho - 2015 Divulgado em 15 de julho de 2015. ICVA REGISTRA CRESCIMENTO DE 1,9% PARA O VAREJO EM JUNHO O indicador é calculado a partir da receita de vendas do comércio varejista deflacionada pelo IPCA

Leia mais

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016.

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016. Abril - 2016 Divulgado em 16 de maio de 2016. VAREJO REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,2% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a abril de 2015. Descontados

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,6% PARA O VAREJO EM NOVEMBRO

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,6% PARA O VAREJO EM NOVEMBRO I C V A N O V E M BRO D E 2 0 1 6 CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,6% PARA O VAREJO EM NOVEMBRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas

Leia mais

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017 Junho - 2017 Divulgado em 17 de julho de 2017 ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 0,1% PARA O VAREJO EM JUNHO Receita de vendas no varejo apresenta a menor queda desde julho de 2015; indicador, calculado pela Cielo,

Leia mais

Fevereiro Divulgado em 15 de março de 2016.

Fevereiro Divulgado em 15 de março de 2016. Fevereiro - 2016 Divulgado em 15 de março de 2016. ICVA: BENEFICIADO PELO CALENDÁRIO, VAREJO AMPLIADO REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,4% EM FEVEREIRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo

Leia mais

Agosto Divulgado em 15 de setembro de 2015.

Agosto Divulgado em 15 de setembro de 2015. Agosto - 2015 Divulgado em 15 de setembro de 2015. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 2,8% PARA O VAREJO EM AGOSTO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em comparação com agosto

Leia mais

VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA Mês de março apresentou a menor queda de vendas desde julho de 2015 Crescimento da

Leia mais

Março Divulgado em 14 de abril de 2016.

Março Divulgado em 14 de abril de 2016. Março - 2016 Divulgado em 14 de abril de 2016. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,8% PARA O VAREJO EM MARÇO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a março de 2015. Sem os efeitos

Leia mais

VENDAS NO VAREJO DEIXAM DE CAIR PELA PRIMEIRA VEZ EM DOIS ANOS

VENDAS NO VAREJO DEIXAM DE CAIR PELA PRIMEIRA VEZ EM DOIS ANOS I C V A J U L H O D E 2 0 1 7 CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VENDAS NO VAREJO DEIXAM DE CAIR PELA PRIMEIRA VEZ EM DOIS ANOS Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) não apontou

Leia mais

APÓS 2 ANOS DE RETRAÇÃO, VAREJO APRESENTA CRESCIMENTO REAL EM AGOSTO

APÓS 2 ANOS DE RETRAÇÃO, VAREJO APRESENTA CRESCIMENTO REAL EM AGOSTO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado APÓS 2 ANOS DE RETRAÇÃO, VAREJO APRESENTA CRESCIMENTO REAL EM AGOSTO Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) apresentou crescimento de sobre o

Leia mais

Janeiro Divulgado em 16 de fevereiro de 2016.

Janeiro Divulgado em 16 de fevereiro de 2016. Janeiro - 2016 Divulgado em 16 de fevereiro de 2016. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 6,0% PARA O VAREJO EM JANEIRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a janeiro de 2015.

Leia mais

Setembro Divulgado em 15 de outubro de 2015.

Setembro Divulgado em 15 de outubro de 2015. Setembro - 2015 Divulgado em 15 de outubro de 2015. ICVA APONTA RETRAÇÃO DE 3,4% PARA O VAREJO EM SETEMBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em comparação com setembro

Leia mais

INDICADOR APONTA ALTA DE 2,1% PARA O VAREJO EM JANEIRO

INDICADOR APONTA ALTA DE 2,1% PARA O VAREJO EM JANEIRO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado INDICADOR APONTA ALTA DE 2,1% PARA O VAREJO EM JANEIRO O comércio varejista brasileiro, medido pelo Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), registrou

Leia mais

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO Número refere-se ao aumento da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em relação a junho de 2013; com os ajustes dos efeitos de calendário,

Leia mais

Copyright Cielo Todos os direitos reservados

Copyright Cielo Todos os direitos reservados Copyright Cielo Todos os direitos reservados Copyright Cielo Todos os direitos reservados Copyright Cielo Todos os direitos reservados Copyright Cielo Todos os direitos reservados Copyright

Leia mais

Inadimplência PF no setor de Comércio Dados referentes a março de 2014 Release de Imprensa

Inadimplência PF no setor de Comércio Dados referentes a março de 2014 Release de Imprensa Inadimplência PF no setor de Comércio Dados referentes a março de 2014 Release de Imprensa Dívidas com o comércio têm o quinto recuo anual consecutivo, revela SPC Brasil No mês de março, os atrasos no

Leia mais

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado COMENTÁRIOS Em junho de 2015, o comércio varejista nacional registrou variação de -0,4% no volume de vendas frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais, quinta taxa negativa

Leia mais

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015.

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015. Abril - 2015 Divulgado em 14 de maio de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014; no índice

Leia mais

Indicadores da Semana

Indicadores da Semana Indicadores da Semana O volume de vendas no varejo registrou queda de 0,4%, quando comparado ao mês imediatamente anterior, na série com ajuste sazonal, marcando a quinta queda consecutiva. Sete das dez

Leia mais

Resultados do 1T17 27 de Abril de 2017

Resultados do 1T17 27 de Abril de 2017 Resultados do 27 de Abril de 2017 Transformação Negócio Online Evolução Estratégica do Marketplace 4 mil parceiros, 2 milhões de SKUs selecionados pelo nível de serviço e alinhamento com a nossa visão

Leia mais

Como os Aplicativos (smartphones) estão mudando os hábitos de Consumo

Como os Aplicativos (smartphones) estão mudando os hábitos de Consumo Como os Aplicativos (smartphones) estão mudando os hábitos de Consumo O usuário integrado O maior acesso da população à internet e aos smartphones vem mudando o comportamento do consumidor de e-commerce.

Leia mais

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 1. No mês de Junho, o comércio varejista cresceu 1,5% no volume de vendas e 1,9% no faturamento (receita nominal), em relação a Maio. No comparativo com Junho

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de 2015

Resultados 1º Trimestre de 2015 Resultados 1º Trimestre de 2015 07 de Maio de 2015 Principais Destaques do Resultado do Receita Líquida de R$ 5,4 bilhões, estável vs. excluindo-se o 1 efeito CADE 1 Ganho de market share no período 2

Leia mais

Vice-Presidência de Produtos. Dilson Ribeiro

Vice-Presidência de Produtos. Dilson Ribeiro Vice-Presidência de Produtos Dilson Ribeiro Aviso Legal A companhia faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas Tais declarações têm como base crenças e suposições de

Leia mais

Indicador de vendas e de inadimplência

Indicador de vendas e de inadimplência Indicador de vendas e de inadimplência CNDL SPC Brasil Janeiro de 2014 Presidentes Roque Pellizzaro Junior (CNDL) Roberto Alfeu Pena Gomes (SPC Brasil) Publicado em fevereiro de 2014 1 Inadimplência abre

Leia mais

Despesas de estabelecimentos com taxas de cartões registram primeira queda real da história

Despesas de estabelecimentos com taxas de cartões registram primeira queda real da história INFORMATIVO PARA A IMPRENSA ML&A Comunicações Fernanda Elen fernanda@mla.com.br (11) 3811-2820 ramal 833 Despesas de estabelecimentos com taxas de cartões registram primeira queda real da história Segundo

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Maio de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO T5 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO T5

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015 Resultados 1º Trimestre de 2015 8 de Maio de 2015 Receita líquida avança 14,8%, com sólido crescimento orgânico Cnova Receita líquida: +14,8% Vendas mesmas lojas: +4,0% EBITDA (1) : R$ 1,057 bilhão Margem

Leia mais

INDX apresenta alta de 2,67% em março

INDX apresenta alta de 2,67% em março INDX apresenta alta de 2,67% em março Dados de Março/11 Número 51 São Paulo O Índice do Setor Industrial (INDX), composto pelas ações mais representativas do segmento, encerrou o mês de março de 2010,

Leia mais

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO Do total de R$ 44 bilhões sacados das contas inativas entre março e julho deste ano, 25% chegaram ao varejo. De acordo com levantamento da Confederação

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015

Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas do Natal 2015 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período de Natal em Santa Catarina

Leia mais

Cielo Day 2011 RÔMULO DE MELLO DIAS CEO

Cielo Day 2011 RÔMULO DE MELLO DIAS CEO Cielo Day 2011 RÔMULO DE MELLO DIAS CEO CIELO EM RESUMO PRESENÇA EM MAIS DE UMAS DAS A MAIOR ADQUIRENTE E PROCESSADORA DE MEIOS DE PAGAMENTO DO BRASIL E DA AMÉRICA LATINA 98,8% DO TERRITÓRIO BRASILEIRO

Leia mais

Economia Brasileira em Perspectiva

Economia Brasileira em Perspectiva 13 de agosto - 2010 O relatório é publicado bimestralmente pelo Ministério da Fazenda Essa versão do Relatório correspondente ao bimestre junho/julho foi divulgada no dia 10/08. Seu objetivo é apresentar

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO Do total de R$ 16,6 bilhões sacados das contas inativas entre março e abril deste ano, 43% chegaram ao varejo. De acordo com levantamento da Confederação

Leia mais

Fevereiro - 2015. Divulgado em 16 de março de 2015.

Fevereiro - 2015. Divulgado em 16 de março de 2015. Fevereiro - 2015 Divulgado em 16 de março de 2015. I C V A F E V E R E I R O D E 2 0 1 5 COM IMPACTO DO CARNAVAL, VAREJO TEM RETRAÇÃO DE 2,4% EM FEVEREIRO, APONTA ICVA O desempenho das vendas do comércio

Leia mais

Pesquisa com Empresários

Pesquisa com Empresários Pesquisa com Empresários Informações técnicas O objetivo desta pesquisa é avaliar a expectativa de vendas dos empresários do comércio varejista de Belo Horizonte para o Natal de 2017. Pesquisa quantitativa:

Leia mais

Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017

Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017 Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017 Editoria: Estatísticas Econômicas Produto: Em agosto de 2017, o volume de vendas do comércio varejista nacional recuou 0,5%, enquanto a receita

Leia mais

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 3T14

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 3T14 Estar Mais Próximo do Cliente Divulgação dos Resultados 3T14 CONQUISTAS DO ANO DE 2014 Anúncio Aumento de Capital R$ 2,38 Bi Divulgação 4T13 +29% RB Divulgação 1T14 +30% RB Lançamento Marketplace Americanas.com

Leia mais

Copyright Cielo Todos os direitos reservados

Copyright Cielo Todos os direitos reservados CIELO DAY EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA DE CARTÕES NO PAÍS E DESAFIOS CEO Rômulo de Mello Dias Crescimento (% yoy) 23,2% 25,2% 19,6% 23,8% 23,4% 18,1% 17,9% Volume capturado (R$ bilhões) MERCADO BRASILEIRO DE

Leia mais

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes 1 Pilares Estratégicos 1 Forte cultura corporativa, cujo principal foco é a valorização das pessoas 2 Plataforma de vendas integrada, com múltiplos canais de venda 3 Grande base de clientes, com CRM visando

Leia mais

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE Pesquisa mensal de comércio Junho de 212 IBGE PMC Varejo restrito e ampliado Sumário Varejo Restrito - Receita nominal - Volume de vendas (Deflação da receita bruta com o IPCA e SINAPI) Varejo Ampliado

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2016

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2016 Resultados 1º Trimestre de 2016 11 de Maio de 2016 Receita líquida atinge R$ 17,8 bilhões, com crescimento de 10,9% no segmento alimentar 1T16: Receita líquida: R$ 17,8 bilhões EBITDA (1) : R$ 484 milhões

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Novembro de 204 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 3T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO

Leia mais

Pesquisa Anual de Comércio 2010

Pesquisa Anual de Comércio 2010 Pesquisa Anual de Comércio 2010 28/06/2012 IBGE INFORMA: Pesquisa Anual de Comércio 2010 movimenta cerca de R$ 2 trilhões de receita e ocupa perto de 9,5 milhões de pessoas Pesquisa Anual de Comércio 2010

Leia mais

Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016

Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Pesquisa de Resultado de Vendas do Natal 2016 O perfil do empresário e

Leia mais

PILARES ESTRATÉGICOS DO MAGAZINE LUIZA DESTAQUES DE 2013 PERSPECTIVAS

PILARES ESTRATÉGICOS DO MAGAZINE LUIZA DESTAQUES DE 2013 PERSPECTIVAS BTG Pactual XV Brazil CEO Conference 2014 26 de fevereiro de 2014 PILARES ESTRATÉGICOS DO MAGAZINE LUIZA DESTAQUES DE 2013 PERSPECTIVAS PILARES ESTRATÉGICOS DO MAGAZINE LUIZA 1 Forte cultura corporativa,

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Abril de 2017

Resultados 1º Trimestre de de Abril de 2017 Resultados 1º Trimestre de 2017 28 de Abril de 2017 Principais Destaques R$ mil 1T17 Alimentar Multivarejo Assaí Variação vs. 1T16 1T17 Variação vs. 1T16 1T17 Variação vs. 1T16 Receita líquida 10,552 +6.7%

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Abril de 2017

Resultados 1º Trimestre de de Abril de 2017 Resultados 1º Trimestre de 2017 28 de Abril de 2017 Principais Destaques R$ mil 1T17 Alimentar Multivarejo Assaí Variação vs. 1T16 (1) EBITDA e Lucro líquido (prejuízo) ajustados por Outras Receitas e

Leia mais

Uma Avaliação das Vendas ao Comércio Varejista de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria no Brasil, no Primeiro Quadrimestre de 2007

Uma Avaliação das Vendas ao Comércio Varejista de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria no Brasil, no Primeiro Quadrimestre de 2007 Uma Avaliação das Vendas ao Comércio Varejista de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria no Brasil, no Primeiro Quadrimestre de 2007 ANÁLISE NACIONAL De acordo com a PMC- Pesquisa mensal do comércio, do

Leia mais

Varejo Brasileiro. Antônio Guimarães 24 de Junho de 2008

Varejo Brasileiro. Antônio Guimarães 24 de Junho de 2008 Varejo Brasileiro Antônio Guimarães 24 de Junho de 2008 1 Agenda 1. Wal-Mart 2. Setor Supermercadista 3. Desempenho 2008 4. Ameaças e Oportunidades 5. Tendências 2 Wal-Mart Brasil 2006-2008 2005 2004 1995-2000

Leia mais

ECONOMIA A informação que fala direto ao seu bolso 31 de maio de 2017

ECONOMIA  A informação que fala direto ao seu bolso 31 de maio de 2017 Associação Brasileira de Supermercados Nº76 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 31 de maio de 2017 Índice de Vendas acumula alta de 0,50% no ano Em abril, as vendas reais

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.1/mar. 2010

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.1/mar. 2010 Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.1/mar. 2010 1 Na primeira edição do Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás serão apresentadas análises de quatro índices que retratam a dinâmica da economia

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Novembro / 2016 Varejo cresce 2,0% em novembro Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, o volume das vendas do Varejo brasileiro voltou a ficar positivo em novembro de

Leia mais

APIMEC - SUL. 15 de Dezembro de Copyright Cielo Todos os direitos reservados

APIMEC - SUL. 15 de Dezembro de Copyright Cielo Todos os direitos reservados APIMEC - SUL 15 de Dezembro de 2015 Copyright Cielo Todos os direitos reservados A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base

Leia mais

INDICADORES ,95% -2,00% - 4,06% ABIP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA

INDICADORES ,95% -2,00% - 4,06% ABIP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA 1 INDICADORES 216 DESEMPENHO DE EMPRESAS DE PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA BRASILEIRAS EM 216 FONTE: Levantamento realizado pelo Instituto Tecnológico de Panificação e Confeitaria (ITPC) em parceria com a Associação

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL CONTINUA EM QUEDA A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS

RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS No Brasil, a atividade econômica iniciou o segundo trimestre em alta. Nos Estados Unidos, o Banco Central elevou a taxa de juros pela segunda vez no ano. Com relação aos

Leia mais

Ranking ABAD/Nielsen de Maio 2012

Ranking ABAD/Nielsen de Maio 2012 Ranking ABAD/Nielsen 2012 21 de Maio 2012 Agenda Quais são as forças que estão transformando o consumo? Qual o desempenho do setor Atacadista-Distribuidor? Quais são os desafios e oportunidades? Reflexões

Leia mais

RESULTADOS 2T17 11 de agosto de 2017

RESULTADOS 2T17 11 de agosto de 2017 RESULTADOS 11 de agosto de 2017 1 DESTAQUES 1S17 01 2 SUCESSO NA REALIZAÇÃO DO IPO DO GRUPO CARREFOUR BRASIL EM JULHO Estrutura Societária pós IPO (1) Oferta base + Greenshoe 341,7m de ações O Grupo Carrefour

Leia mais

(resultados de dezembro de 2013) Fevereiro/14

(resultados de dezembro de 2013) Fevereiro/14 (resultados de dezembro de 2013) Fevereiro/14 Destaques Em 2013, o faturamento real das micro e pequenas empresas (MPEs) paulistas apresentou aumento de 2,0% sobre 2012. Por setores, no mesmo período,

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Novembro de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 3T5 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO

Leia mais

Receita nominal. Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1 1,1 0,5 Setembro 2015 / Setembro 2014

Receita nominal. Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1 1,1 0,5 Setembro 2015 / Setembro 2014 Vendas no varejo variam 0,5% em setembro Período Volume de vendas Varejo Receita nominal Varejo Ampliado Volume de vendas Receita nominal Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1

Leia mais

ECONOMIA A informação que fala direto ao seu bolso 27 de Maio de 2015

ECONOMIA  A informação que fala direto ao seu bolso 27 de Maio de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº52 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 27 de Maio de 2015 Vendas recuam em abril, mas ficam positivas em 2015 Setor sente as consêquencias

Leia mais

Com inadimplência e provisões sob controle, Santander Brasil alcança lucro líquido de R$ 1,7 bilhão NOTA DE IMPRENSA

Com inadimplência e provisões sob controle, Santander Brasil alcança lucro líquido de R$ 1,7 bilhão NOTA DE IMPRENSA NOTA DE IMPRENSA RESULTADOS 1º TRIMESTRE 2016 Com inadimplência e provisões sob controle, Santander Brasil alcança lucro líquido de R$ 1,7 bilhão Os bancos, no atual momento da economia, têm um papel fundamental,

Leia mais

Destaques do Período

Destaques do Período COMUNICADO AO MERCADO Resultado Operacional Santo André, 03 de outubro de 2016 A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), comunica aos seus acionistas e aos demais participantes

Leia mais

Operações Crédito do SFN

Operações Crédito do SFN BC: Operações de Crédito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) registra alta de 0,3% em novembro e retração de 2,3% em 12 meses O crédito total do SFN incluindo as operações com recursos livres e direcionados

Leia mais

Novembro Copyright Cielo Todos os direitos reservados

Novembro Copyright Cielo Todos os direitos reservados Novembro 2016 Copyright Cielo Todos os direitos reservados CIELO Responsável pelo credenciamento de estabelecimentos comerciais, e pela captura, transmissão, processamento e liquidação financeira das transações

Leia mais

IPO da Redecard em Julho de 2007 EDSON SANTOS - CFO

IPO da Redecard em Julho de 2007 EDSON SANTOS - CFO IPO da Redecard em Julho de 2007 EDSON SANTOS - CFO 19 de setembro 2008 Redecard e a Indústria de Meios de Pagamentos no Brasil A Redecard é a principal credenciadora da MasterCard e Diners Club no Brasil,

Leia mais

PESQUISA DE DESEMPENHO 2º TRIMESTRE 2017

PESQUISA DE DESEMPENHO 2º TRIMESTRE 2017 PESQUISA DE DESEMPENHO 2º TRIMESTRE 2017 DESEMPENHO DO FRANCHISING 2017 2º TRIMESTRE 2017 No ano de 2017 a pesquisa de Desempenho do Setor de Franchising está sendo realizada de forma trimestral com o

Leia mais

Monitoramento dos Indicadores das MPEs do Comércio do Estado do Maranhão

Monitoramento dos Indicadores das MPEs do Comércio do Estado do Maranhão Monitoramento dos Indicadores das MPEs do Comércio do Estado do Maranhão Baixa atividade econômica leva desempenho interanual do comércio para o menor patamar desde 2003 Segundo o IBGE, o volume de vendas

Leia mais

Setor de Serviços tem o melhor desempenho na RARP

Setor de Serviços tem o melhor desempenho na RARP Brasil e estado de São Paulo criam vagas pelo quarto mês consecutivo em Julho de 2017 Os dados de Julho de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição líquida de vagas

Leia mais

Cielo. Cielo: Resultado do 3T16 em linha com o esperado. Análise de Investimentos Relatório de Análise. 10 de novembro de 2016

Cielo. Cielo: Resultado do 3T16 em linha com o esperado. Análise de Investimentos Relatório de Análise. 10 de novembro de 2016 : Resultado do 3T16 em linha com o esperado A companhia registrou no 3T16 um lucro líquido de R$ 1,0 bilhão, com crescimento de 15,0% em relação ao 3T15, resultando numa margem líquida de 32,9% com incremento

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... OUTUBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 10 3.1. Melhores e Piores Regiões... 13 4. Conclusão... 15 5. Nota Metodológica... 16 1.

Leia mais

RESULTADOS 4T11. Resultados do 4T10

RESULTADOS 4T11. Resultados do 4T10 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS 4T11 Resultados do 4T10 1 Aviso importante Esta apresentação contém declarações e informações prospectivas a respeito da General. Estas declarações e informações prospectivas

Leia mais

Magazine Luiza. Teleconferência de Resultados 1T17 05 de Maio de 2017

Magazine Luiza. Teleconferência de Resultados 1T17 05 de Maio de 2017 Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 1T17 05 de Maio de 2017 Destaques 1T17 Vendas E-commerce Lucro Bruto Despesas Operacionais EBITDA Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Vendas

Leia mais

Aviso Importante Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Restoque ou Companhia )

Aviso Importante Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Restoque ou Companhia ) Aviso Importante Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Restoque ou Companhia ) Esta apresentação pode conter certas declarações e informações prospectivas a respeito da Restoque Comércio e Confecções

Leia mais

Resultados 3º Trimestre de de Outubro de 2015

Resultados 3º Trimestre de de Outubro de 2015 Resultados 3º Trimestre de 2015 30 de Outubro de 2015 Resiliência do segmento alimentar e sólida capacidade financeira do Grupo Receita líquida de R$ 16,1 bi: Alimentar cresce 7,3%, acima do desempenho

Leia mais

RESULTADOS 4T12/2012. Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo. 20 de fevereiro de 2013

RESULTADOS 4T12/2012. Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo. 20 de fevereiro de 2013 RESULTADOS 4T12/2012 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo 20 de fevereiro de 2013 RESULTADO GPA CONSOLIDADO 4T12 Inclui empreendimentos imobiliários Exclui empreendimentos imobiliários Vendas Brutas R$ milhões,

Leia mais

Boletim de Serviços. Junho de Economia de Serviços

Boletim de Serviços. Junho de Economia de Serviços Boletim de Serviços Junho de 17 www.economiadeservicos.com Economia de Serviços Destaques O volume do setor de serviços registrou leve queda de,1% em março na comparação anual, com destaque negativo para

Leia mais

Boletim de Serviços. Fevereiro de Economia de Serviços

Boletim de Serviços. Fevereiro de Economia de Serviços Boletim de Serviços Fevereiro de 17 www.economiadeservicos.com Economia de Serviços Destaques Em novembro, receita nominal do setor de serviços registrou variação positiva de 8,9% no acúmulo anual, enquanto

Leia mais

RESULTADOS 3T17. 9 de novembro de 2017

RESULTADOS 3T17. 9 de novembro de 2017 RESULTADOS 9 de novembro de 2017 1 INTRODUÇÃO 01 Noël Prioux CEO Grupo Carrefour Brasil 2 SÓLIDAS BASES PARA A CONSTRUÇÃO DA EXPANSÃO FUTURA Acelerar expansão equilibrada: Atacadão: expansão acelerada

Leia mais

ECONOMIA A informação que fala direto ao seu bolso 30 de setembro de 2016

ECONOMIA  A informação que fala direto ao seu bolso 30 de setembro de 2016 Associação Brasileira de Supermercados Nº68 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 30 de setembro de 2016 Autosserviço completa três meses com vendas estáveis Supermercadistas

Leia mais

TERMÔMETRO DE VENDAS Março/2016

TERMÔMETRO DE VENDAS Março/2016 TERMÔMETRO DE VENDAS Março/2016 Elaborado: Economia - Pesquisa & Mercado Equipe Técnica: Economista Ana Pala Bastos Estatística - Sarah Ribeiro Analista André Fernandes Técnico em Pesquisa - Amanda Santos

Leia mais