Primeira lista de atividades do primeiro ano 1) 2) 3) 5)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Primeira lista de atividades do primeiro ano 1) 2) 3) 5)"

Transcrição

1 Primeira lista de atividades do primeiro ano 1) Numa enfermaria, o soro fornecido a um paciente goteja à razão de 30 gotas por minuto. a) Qual é o período médio de gotejamento? (Dê a resposta em segundos) b) Qual é a freqüência média de gotejamento (Dê a resposta em Hertz). 2) Um disco tem seu centro fixo no ponto O do eixo x da figura adiante, e possui uma marca no ponto A de sua periferia. O disco gira com velocidade angular constante em relação ao eixo. Uma pequena esfera é lançada do ponto B do eixo em direção ao centro do disco, e após 6s atinge sua periferia exatamente na marca A, no instante em que esta passa pelo ponto C do eixo x. Se o tempo gasto pela esfera para percorrer o segmento BC é superior ao necessário para que o disco dê uma volta mas é inferior ao tempo necessário para que o disco dê duas voltas, o período de rotação do disco é de: a) 2s b) 3s c) 4s d) 5s e) 6s 3) Um móvel em trajetória circular de raio r = 5m parte do repouso com aceleração angular constante de 10rad/s 2. Quantas voltas ela percorre nos 10 primeiros segundos? a) 500 b) 250/ c) 100. d) 500/ e) ) Sejam 1 e 2 as velocidades angulares dos ponteiros das horas de um relógio da torre de uma igreja e de um relógio de pulso, respectivamente, e v 1 e v 2 as velocidades escalares das extremidades desses ponteiros. Se os dois relógios fornecem a hora certa, pode-se afirmar que: a) 1 = 2 e v 1 = v 2. b) 1 = 2 e v 1 > v 2. c) 1 > 2 e v 1 = v 2. d) 1 > 2 e v 1 > v 2. e) 2 < 1 e v 1 < v 2. 5) Duas polias de raios a e b estão acopladas entre si por meio de uma correia, como mostra a figura adiante. A polia maior, de raio a, gira em torno de seu eixo levando um templo T para completar uma volta. Supondo que não haja deslizamento entre as polias e a correia, calcule:

2 a) O módulo V da velocidade do ponto P da correia. b) O tempo t que a polia menor leva para dar uma volta completa. 6) Segundo uma estatística de tráfego, nas vésperas de feriado passam por certo posto de pedágio 30 veículos por minuto, em média. a) Determine a freqüência média de passagem de veículos. (Dê a resposta em hertz). b) Determine o período médio de passagem de veículos. (Dê a resposta em segundo). 7) Um avião voa numa altitude e velocidade de módulo constantes, numa trajetória circular de raio R, cujo centro coincide com o pico de uma montanha onde está instalado um canhão. A velocidade tangencial do avião é de 200m/s e a componente horizontal da velocidade da bala do canhão é de 800m/s. Desprezando-se efeitos de atrito e movimento da Terra e admitindo que o canhão está direcionado de forma a compensar o efeito da atração gravitacional, para atingir o avião, no instante do disparo o canhão deverá estar apontado para um ponto à frente do mesmo situado a: a) 4,0 rad b) 4,0 rad c) 0,25 R rad d) 0,25 rad e) 0,25 rad 8) Na última fila de poltronas de um ônibus, dois passageiros estão distando 2m entre si. Se o ônibus faz uma curva fechada, de raio 40m, com velocidade de 36 km/h, a diferença das velocidades dos passageiros é, aproximadamente, em m/s: a) 0,1 b) 0,2 c) 0,5 d) 1,0 e) 1,5 9) Um automóvel realiza uma curva de raio 20m com velocidade constante de 72km/h. Qual é a sua aceleração durante a curva? a) 0 m/s 2 b) 5 m/s 2 c) 10 m/s 2 d) 20 m/s 2 e) 3,6 m/s 2

3 10) Determine a velocidade angular do ponteiro dos segundos de um relógio analógico. a) 60 rd/s b) 60 rd/s c) 30 rd/s d) /60 rd/s e) /30 rd/s 11) Considere as três seguintes afirmações: I. Na superfície da Lua, onde g = 1,6m/s 2, um corpo atirado verticalmente para cima com velocidade inicial de 8,0m/s atinge altura máxima de 20m. II. Um corpo submetido a uma aceleração negativa sempre apresenta movimento retardado. III. A aceleração de um corpo em movimento curvilíneo é sempre diferente de zero. Dessas afirmações: a) somente a I é correta. b) somente a I e a II são corretas. c) somente a II e a III são corretas. d) somente a I e a III são corretas. e) a I, II e a III são corretas. 12) Uma pessoa está em repouso na superfície terrestre, sobre a linha do Equador. Considerando que o raio da Terra mede 6000 km, a velocidade linear da pessoa devido ao movimento de rotação da Terra, em km/h, é: a) 24 b) 250 c) 785 d) 1570 e) ) Os ponteiros dos relógios convencionais descrevem, em condições normais, movimentos circulares uniformes (M.C.U.). A relação entre a velocidade angular do ponteiro das horas e a do ponteiro dos minutos ( h / min ) é: 1 a) b) 60 1 c) 48 1 d) 24 1 e) 12 14) A fachada de uma loja tem um relógio cujo ponteiro dos segundos mede 2,0 m de comprimento. A velocidade escalar linear da extremidade desse ponteiro, em m/s, é de aproximadamente: (nota: Adote = 3) a) 0,10 b) 0,20 c) 0,50

4 d) 1,0 e) 5,0 15) A cidade de São Paulo tem cerca de 23 km de raio. Numa certa madrugada, parte-se de carro, inicialmente em repouso, de um ponto qualquer de uma das avenidas marginais que circundam a cidade. Durante os primeiros 20 segundos, o movimento ocorre com aceleração constante de 1,0 m/s 2. Ao final desse período, a aceleração torna-se nula e o movimento prossegue mantendo-se a velocidade adquirida. Considerando que o movimento foi circular, determine: a) a distância percorrida pelo carro durante os primeiros 20 segundos; b) o tempo gasto para alcançar-se o ponto diametralmente oposto à posição inicial, ou seja, o extremo oposto da cidade. 16) Um homem tenta levantar uma caixa de 5kg, que esta sobre uma mesa, aplicando uma força vertical de 10N. Nesta situação, o valor da força que a mesa aplica na caixa é: a) 0N b) 5N c) 10N d) 40N e) 50N 17) As duas forças que agem sobre uma gota de chuva, a força peso e a força devida à resistência do ar, têm mesma direção e sentidos opostos. A partir da altura de 125m acima do solo, estando a gota com uma velocidade de 8m/s, essas duas forças passam a ter o mesmo módulo. A gota atinge o solo com a velocidade de: a) 8m/s b) 35m/s c) 42m/s d) 50m/s e) 58m/s 18) Uma pessoa segura uma esfera A de 1,0kg que está presa numa corda inextensível C de 200g, a qual, por sua vez, tem presa na outra extremidade uma esfera B de 3,0kg, como se vê na figura adiante. A pessoa solta a esfera A. Enquanto o sistema estiver caindo e desprezando-se a resistência do ar, podemos afirmar que a tensão na corda vale: a) zero b) 2 N

5 c) 10 N d) 20 N e) 30 N 19) O gráfico de velocidade de um corpo de 2kg de massa em função do tempo é dado a seguir. Durante todo intervalo de tempo indicado, a energia mecânica do corpo é conservada e nos instantes t = 0 e t = 25s ela vale 100J. Pede-se: a) o valor mínimo de energia potencial durante o movimento; b) o gráfico da força resultante que atua sobre o corpo, em função do tempo. 20) A figura I, a seguir, indica um sistema composto por duas roldanas leves, capazes de girar sem atrito, e um fio inextensível que possui dois suportes em suas extremidades. O suporte A possui um certo número de formigas idênticas, com 20 miligramas cada. O sistema está em equilíbrio. Todas as formigas migram então para o suporte B e o sistema movimenta-se de tal forma que o suporte B se apóia numa mesa, que exerce uma força de 40 milinewtons sobre ele, conforme ilustra a figura II. Determine: a) o peso de cada formiga. b) o número total de formigas. 21) Quando um homem está deitado numa rede (de massa desprezível), as forças que esta aplica na parede formam um ângulo de 30º com a horizontal, e a intensidade de cada uma é de 60kgf (ver figura).

6 a) Qual é o peso do homem? b) O gancho da parede foi mal instalado e resiste apenas até 130kgf. Quantas crianças de 30kg a rede suporta? (suponha que o ângulo não mude). 22) A velocidade de um automóvel de massa M = 800kg numa avenida entre dois sinais luminosos é dada pela curva adiante. a) Qual é a força resultante sobre o automóvel em t = 5s, em t = 40s e t = 62s? b) Qual é a distância entre os dois sinais luminosos? 23) Assinale a alternativa que apresenta o enunciado da Lei da Inércia, também conhecida como Primeira Lei de Newton. a) Qualquer planeta gira em torno do Sol descrevendo uma órbita elíptica, da qual o Sol ocupa um dos focos. b) Dois corpos quaisquer se atraem com uma força proporcional ao produto de suas massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre eles. c) Quando um corpo exerce uma força sobre outro, este reage sobre o primeiro com uma força de mesma intensidade e direção, mas de sentido contrário. d) A aceleração que um corpo adquire é diretamente proporcional à resultante das forças que nele atuam, e tem mesma direção e sentido dessa resultante. e) Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que sobre ele estejam agindo forças com resultante não nula. 24) A figura a seguir representa, em escala, as forças 1 massa m = 1,0kg. F F e 2 que atuam sobre um objeto de

7 Determine: a) o módulo da força resultante que atua sobre o objeto; b) o módulo da aceleração que a força resultante imprime ao objeto 25) Um corpo de massa m é submetido a uma força resultante de módulo F, adquirindo aceleração a. A força resultante que se deve aplicar a um corpo de massa m/2 para que ele adquira aceleração 4a deve ter módulo: a) F/2 b) F c) 2F d) 4F e) 8F 26) Da base de um plano inclinado de ângulo com a horizontal, um corpo é lançado para cima escorregando sobre o plano. A aceleração local da gravidade é g. Despreze o atrito e considere que o movimento se dá segundo a reta de maior declive do plano. A aceleração do movimento retardado do corpo tem módulo: a) g b) g/cos c) g/sen d) g cos e) g sen 27) Os três corpos, A, B e C, representados na figura a seguir têm massas iguais, m = 3,0kg. O plano horizontal, onde se apóiam A e B, não oferece atrito, a roldana tem massa desprezível e a aceleração local da gravidade pode ser considerada g = 10m/s 2. A tração no fio que une os blocos A e B tem módulo: a) 10 N b) 15 N c) 20 N

8 d) 25 N e) 30 N. 28) Um bloco é lançado no ponto A, sobre uma superfície horizontal com atrito, e desloca-se para C. O diagrama que melhor representa as forças que atuam sobre o bloco, quando esse bloco está passando pelo ponto B, é: 29) Um dinamômetro possui suas duas extremidades presas a duas cordas. Duas pessoas puxam as cordas na mesma direção e sentidos opostos, com força de mesma intensidade F = 100N. Quanto marcará o dinamômetro? a) 200N b) 0 c) 100N d) 50N e) 400N 30) O sistema abaixo está acelerado. Em face disso, podemos afirmar que: a) não existe atrito. b) a aceleração do corpo B é o dobro da aceleração do corpo A.

9 c) a força normal do corpo A é o dobro da força normal em B. d) a força que o fio exerce no corpo A é o dobro da força que o fio exerce no corpo B. e) a aceleração do corpo B é a metade da aceleração do corpo A. 31) Um corpo de massa 2,0 kg é abandonado sobre um plano perfeitamente liso e inclinado de 37 com a horizontal. Adotando g = 10m/s 2, sen37 = 0,60 e cos37 = 0,80, conclui-se que a aceleração com que o corpo desce o plano tem módulo, em m/s 2 : a) 4,0 b) 5,0 c) 6,0 d) 8,0 e) 10 32) Os corpos A e B são puxados para cima, com aceleração de 2,0 m/s 2, por meio da força F, conforme o esquema a seguir. Sendo m A = 4,0kg, m B = 3,0kg e g = 10m/s 2, a força de tração na corda que une os corpos A e B tem módulo, em N, de : a) 14 b) 30 c) 32 d) 36 e) ) Uma caixa de massa igual a 100 kg, suspensa por um cabo de massa desprezível, deve ser baixada, reduzindo sua velocidade inicial com uma desaceleração de módulo 2,00 m/s 2. A tração máxima que o cabo pode sofrer, sem se romper, é 1100N. Fazendo os cálculos pertinentes, responda se este cabo é adequado a essa situação, isto é, se ele não se rompe. Considere g = 10,0m/s 2. 34) Na montagem a seguir, sabendo-se que a massa do corpo é de 20kg, qual é a reação Normal que o plano exerce sobre o corpo? a) 50 N

10 b) 100 N c) 150 N d) 200 N e) 200 kg 35) Um corpo C de massa igual a 3kg está em equilíbrio estático sobre um plano inclinado, suspenso por um fio de massa desprezível preso a uma mola fixa ao solo, como mostra a figura a seguir. O comprimento natural da mola (sem carga) é Lo = 1,2m e ao sustentar estaticamente o corpo ela se distende, atingindo o comprimento L = 1,5m. Os possíveis atritos podem ser desprezados. A constante elástica da mola, em N/m, vale então: a) 10. b) 30. c) 50. d) 90. e) ) Certa mola helicoidal, presa num suporte vertical, tem comprimento de 12cm. Quando se prende à mola um corpo de 200g ela passa a medir 16cm. A constante elástica da mola vale, em N/m: a) 5,0 b) 5,0.10 c) 5, d) 5, e) 5, ) Certa mola, presa a um suporte, sofre alongamento de 8,0cm quando se prende à sua extremidade um corpo de peso 12N, como na figura 1.

11 A mesma mola, tendo agora em sua extremidade o peso de 10N, é fixa ao topo de um plano inclinado de 37, sem atrito, como na figura 2. Neste caso, o alongamento da mola é, em cm; a) 4,0 b) 5,0 c) 6,0 d) 7,0 e) 8,0 38) O esquema a seguir representa três corpos de massas m A = 2kg, m B = 2kg e m C = 6kg inicialmente em repouso na posição indicada. Num instante, abandona-se o sistema. Os fios são inextensíveis e de massa desprezível. Desprezando os atritos e considerando g = 10m/s 2, o tempo que B leva para ir de P a Q é: a) 0,5 s b) 1,0 s c) 1,5 s d) 2,0 s e) 2,5 s. 39) Na figura, sob a ação da força de intensidade F = 2N, constante, paralela ao plano, o bloco percorre 0,8 m ao longo do plano com velocidade constante. Admite-se g = 10m/s 2, despreza-se o atrito e são dados: sen30 = cos60 = 0,5 e cos120 = -0,5.

12 Determine: a) a massa do bloco; b) o trabalho realizado pelo peso do bloco, nesse percurso. 40) Três corpos A, B e C, de massas m A = 2kg, m B = 6kg e m C = 12kg, estão apoiados em uma superfície plana, horizontal e idealmente lisa. Ao bloco A é aplicada a força horizontal F = 10N. A força que B exerce sobre C vale, em newtons: a) 2 b) 4 c) 6 e) 1 41) O corpo A, de massa m A = 1kg, sobe com aceleração constante de 3m/s 2. Sabendo-se que o comprimento da mola é L = 1m e a constante elástica da mola é K = 26N/m. (ver imagem). Considere g = 10 m/s 2. A massa do corpo B vale aproximadamente: a) 1,0 kg b) 1,45 kg c) 1,58 kg d) 1,67 kg e) 1,86 kg 42) No conjunto a seguir, de fios e polias ideais, os corpos A, B e C estão inicialmente em repouso. Num dado instante esse conjunto é abandonado, e após 2,0s o corpo B se desprende, ficando apenas os corpos A e C interligados. O tempo gasto para que o novo conjunto pare, a partir do desprendimento do corpo B, é de:

13 a) 8,0s b) 7,6s c) 4,8s d) 3,6s e) 2,0s. 43) Um bloco de 10kg repousa sozinho sobre o plano inclinado a seguir. Esse bloco se desloca para cima, quando se suspende em P 2 um corpo de massa superior a 13,2 kg. Retirando-se o corpo de P 2, a maior massa que poderemos suspender em P 1 para que o bloco continue em repouso, supondo os fios e as polias ideais, deverá ser de: a) 1,20kg b) 1,32kg c) 2,40kg d) 12,0kg e) 13,2kg. 44) Um bloco desliza, sem atrito, sobre um plano inclinado de um ângulo, conforme mostra a figura.

14 Considerando-se x a abscissa de P num instante genérico t e sabendo-se que o bloco partiu do repouso em x = 0 e t = 0, pode-se afirmar que : a) x = 1/4 gt 2 sen (2 ) b) x = 1/2 gt 2 sen c) x = 1/4 gt 2 cos d) x = 1/2 gt 2 cos (2 ) e) x = 1/2 gt 2 sen (2 ) 45) Dois blocos iguais estão conectados por um fio de massa desprezível, como mostra a figura. A força máxima que o fio suporta sem se arrebentar é de 70 N. Em relação à situação apresentada, assinale a alternativa correta. a) O maior valor para o peso de cada bloco que o fio pode suportar é 70 N. b) O maior valor para o peso de cada bloco que o fio pode suportar é 140 N. c) O fio não arrebenta porque as forças se anulam. d) O maior valor para o peso de cada bloco que o fio pode suportar é 35 N. 46) Um bloco de 4 kg é puxado por uma força constante horizontal de 20 N, sobre uma superfície plana e horizontal adquirindo uma aceleração constante de 3 m/s 2. Logo existe uma força de atrito entre a superfície e o bloco que vale, em N: a) 5; b) 8; c) 12; d) 16; e) ) Nessa figura, está representado um bloco de 2,0 kg sendo pressionado contra a parede por uma força F. O coeficiente de atrito estático entre esses corpos vale 0,5, e o cinético vale 0,3. Considere g = 10m/s 2.

15 Se F = 50N, então a reação normal e a força de atrito que atuam sobre o bloco valem, respectivamente: a) 20N e 6,0N. b) 20N e 10N. c) 50N e 20N. d) 50N e 25N. e) 70N e 35N. 48) Um corpo atirado horizontalmente, com velocidade de 10m/s, sobre uma superfície horizontal, desliza 20m até parar. Adotando g = 10m/s 2, o coeficiente de atrito cinético entre o corpo e a superfície é: a) 0,13 b) 0,25 c) 0,40 d) 0,50 e) 0,75 49) Um corpo é abandonado, de grande altura, no ar e cai, como uma gota de chuva, por exemplo. Levando em conta a resistência do ar, suposta proporcional à velocidade do corpo, considere as afirmações seguintes: I. Inicialmente, a aceleração do corpo é g, aceleração local da gravidade. II. O movimento não é uniformemente variado, pois a aceleração do corpo vai se reduzindo até se anular. III. A velocidade, após certo tempo de queda, deve permanecer constante. Dentre elas, a) somente I é correta. b) somente II é correta. c) somente III é correta. d) somente I e III são corretas. e) I, II e III são corretas. 50) Um corpo de massa 4,0kg está sobre uma superfície horizontal com a qual tem coeficiente de atrito dinâmico igual a 0,25. Aplica-se nele uma força F constante, que forma com a horizontal um ângulo de 53, conforme a figura. Se o módulo de F é 20N e a aceleração local da gravidade é 10m/s 2, pode-se concluir que a aceleração do movimento do corpo é, em m/s 2 :

16 a) 2,0 b) 1,5 c) 0,75 d) 0,50 e) 0,25

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA

ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA Curso: Engenharia Civil Disciplina: Física Geral Experimental I Período: 1 período Data: 04/16/2014 Prof.a: Érica Estanislau Muniz Faustino ESTUDO DIRIGIDO LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES 2ª ETAPA 1-

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Os exercícios a seguir foram retirados do livro Aulas de Física, volume I, da Editora Atual.

Nome: Nº: Turma: Os exercícios a seguir foram retirados do livro Aulas de Física, volume I, da Editora Atual. Física 2ª Lei de Newton I 2 os anos Hugo maio/12 Nome: Nº: Turma: Os exercícios a seguir foram retirados do livro Aulas de Física, volume I, da Editora Atual. 1. Aplica-se uma força F de intensidade 20

Leia mais

Qual o valor máximo da força F que se poderá aplicar a um dos blocos, na mesma direção do fio, sem romper o fio?

Qual o valor máximo da força F que se poderá aplicar a um dos blocos, na mesma direção do fio, sem romper o fio? TC DE FISICA PROFESSOR ÍTALO REANN CONTEUDO: LEIS DE NEWTON E FORÇA CENTRIPETA 01. Dois blocos idênticos, unidos por um fio de massa desprezível, jazem sobre uma mesa lisa e horizontal conforme mostra

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO

LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO LISTA DE EXERCÍCIOS PLANO INCLINADO PROF. PEDRO RIBEIRO 1 Um bloco de massa m = 10 kg, inicialmente a uma altura de 2 m do solo, desliza em uma rampa de inclinação 30 o com a horizontal. O bloco é seguro

Leia mais

LEIS DE NEWTON DINÂMICA 3ª LEI TIPOS DE FORÇAS

LEIS DE NEWTON DINÂMICA 3ª LEI TIPOS DE FORÇAS DINÂMICA É a parte da Mecânica que estuda as causas e os movimentos. LEIS DE NEWTON 1ª Lei de Newton 2ª Lei de Newton 3ª Lei de Newton 1ª LEI LEI DA INÉRCIA Quando a resultante das forças que agem sobre

Leia mais

SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein SEGUE ABAIXO UMA LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS

SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein SEGUE ABAIXO UMA LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS SUGESTÃO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DE FÍSICA- 1 ANO Professor Solon Wainstein # Ler todas as teorias # Refazer todos os exercícios dados em aula. # Refazer todos os exercícios feitos do livro. # Refazer

Leia mais

1 Movimento Circular Lista de Movimento circular Cinemática do Ponto Material 7

1 Movimento Circular Lista de Movimento circular Cinemática do Ponto Material 7 Sumário 1 Movimento Circular 3 1.1 Lista de Movimento circular................................... 3 2 Cinemática do Ponto Material 7 3 Equilíbrio de Corpos no Espaço 9 3.1 Equilíbrio de Partícula.....................................

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE 1. (Unesp 89) Um cubo de aço e outro de cobre, ambos de massas iguais a 20 g estão sobre um disco de aço horizontal, que pode girar em torno de seu centro. Os coeficientes de atrito estático para aço-aço

Leia mais

Lista 5 Leis de Newton

Lista 5 Leis de Newton Sigla: Disciplina: Curso: FISAG Física Aplicada a Agronomia Agronomia Lista 5 Leis de Newton 01) Um corpo de massa m sofre ação de duas forças F1 e F2, como mostra a figura. Se m = 5,2 kg, F1 = 3,7 N e

Leia mais

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios

Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios Mecânica da Partícula 2ª lista de exercícios 1. Um satélite em órbita ao redor da Terra é atraído pelo nosso planeta e, como reação, atrai a Terra. A figura que representa corretamente esse par ação-reação

Leia mais

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA 3 BI - L1

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA 3 BI - L1 GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Fabrízio Gentil Bueno DISCIPLINA: FÍSICA SÉRIE: 1 o ALUNO(a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA 3 BI - L1 1. Um trabalhador empurra um conjunto

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA CIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professora: Saionara Chagas Data: / /2016 COMPONENTE

Leia mais

LISTAGEM DE CONTEÚDOS DE FÍSICA PARA O EXAME 1 ANO / 2012

LISTAGEM DE CONTEÚDOS DE FÍSICA PARA O EXAME 1 ANO / 2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS DE FÍSICA PARA O EXAME 1 ANO / 2012 # Velocidade escalar média # Movimento retilíneo uniforme # Movimento retilíneo uniformemente variado # Movimento de queda livre dos corpos # Movimento

Leia mais

Lista de Exercícios (Profº Ito) Aplicações das Leis de Newton (Plano Inclinado)

Lista de Exercícios (Profº Ito) Aplicações das Leis de Newton (Plano Inclinado) 1. A figura mostra um bloco que escorrega, a partir do repouso, ao longo de um plano inclinado. Se o atrito fosse eliminado, o bloco escorregaria na metade do tempo. Dê o valor do coeficiente de atrito

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Semana 8 Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 1 o ano Disciplina: Física Atrito e Trabalho de uma força

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 1 o ano Disciplina: Física Atrito e Trabalho de uma força Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 1 o ano Disciplina: Física Atrito e Trabalho de uma força 1- (PUC-RIO) Uma caixa cuja velocidade inicial

Leia mais

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão)

Fís. Semana. Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Semana 9 Leonardo Gomes (Guilherme Brigagão) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Força Elástica e Trabalho Mecânico

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Força Elástica e Trabalho Mecânico Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Força Elástica e Trabalho Mecânico 1. (Uern 2013) A tabela apresenta a força elástica e a deformação

Leia mais

Parte I ( Questões de Trabalho Mecânico e Energia )

Parte I ( Questões de Trabalho Mecânico e Energia ) Parte I ( Questões de Trabalho Mecânico e Energia ) 1) Uma força horizontal de 20 N arrasta por 5,0 m um peso de 30 N, sobre uma superfície horizontal. Os trabalhos realizados pela força de 20 N e pela

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Física Leis de Newton

Aluno(a): Nº. Disciplina: Física Leis de Newton Lista de Exercícios Pré Universitário Pré Uni-Anhanguera Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 1 o ano Professor: Fabrízio Gentil Disciplina: Série:

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES T T Como pode cair no enem? (CEFET) Nos sistemas seguintes, em equilíbrio, as roldanas, os fios e as hastes têm massas desprezíveis. Os dinamômetros

Leia mais

Lista Recuperação Paralela I Unidade

Lista Recuperação Paralela I Unidade Aluno(a) Turma N o Série 2 a Ensino Médio Data / / 06 Matéria Física Professores Abud/Bahiense Lista Recuperação Paralela I Unidade 01. (FEI-SP) Em uma mola foram penduradas diferentes massas e verificou-se

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS: POTÊNCIA, TRABALHO E ENERGIA TURMAS: 1C01 a 1C10 (PROF. KELLER)

LISTA DE EXERCÍCIOS: POTÊNCIA, TRABALHO E ENERGIA TURMAS: 1C01 a 1C10 (PROF. KELLER) LISTA DE EXERCÍCIOS: POTÊNCIA, TRABALHO E ENERGIA TURMAS: 1C01 a 1C10 (PROF. KELLER) 1) Uma máquina consome 4000 J de energia em 100 segundos. Sabendo-se que o rendimento dessa máquina é de 80%, calcule

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 08 FORÇAS PARTICULARES, POLIAS, ELEVADORES E PLANO INCLINADO REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 08 FORÇAS PARTICULARES, POLIAS, ELEVADORES E PLANO INCLINADO REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 08 FORÇAS PARTICULARES, POLIAS, ELEVADORES E PLANO INCLINADO REVISÃO Como pode cair no enem? Um vagão, como o mostrado na figura abaixo, é utilizado para transportar minério de

Leia mais

Lista de Exercícios de Física

Lista de Exercícios de Física Lista de Exercícios de Física 1º) Suponha que, na figura ao lado, corpo mostrado tenha, em uma energia potencial EP = 20 J e uma energia cinética EC = 10 J. a) qual a energia mecânica total do corpo em?

Leia mais

EQUAÇÃO DE TORRICELLI E LANÇAMENTO VERTICAL EXERCÍCIOS

EQUAÇÃO DE TORRICELLI E LANÇAMENTO VERTICAL EXERCÍCIOS EQUAÇÃO DE TORRICELLI E LANÇAMENTO VERTICAL EXERCÍCIOS 1. Uma partícula, inicialmente a 2 m/s, é acelerada uniformemente e, após percorrer 8 m, alcança a velocidade de 6 m/s. Nessas condições, sua aceleração,

Leia mais

LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO

LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO LISTA PARA RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 PROFESSOR GUSTAVO SABINO 1. Sobre uma partícula P agem quatro forças, representadas na figura abaixo. O módulo da força resultante sobre a partícula é de: a) 5 N b) 24

Leia mais

Estática. Vista da estrutura da ponte Golden Gate, São Francisco, Califórnia (EUA).

Estática. Vista da estrutura da ponte Golden Gate, São Francisco, Califórnia (EUA). Estática Todo o nosso estudo até agora foi dedicado quase que exclusivamente ao movimento. Passamos da Cinemática - descrição matemática dos movimentos - à Dinâmica, em que essa descrição se aprofunda

Leia mais

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção.

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. Lista 10: Energia NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a questão de

Leia mais

Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre. Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA:

Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre. Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA: Avaliação: EXERCÍCIO ON LINE 2º Bimestre DISCIPLINA: FÍSICA 1 PROFESSOR(A): ANDERSON CUNHA Curso: 3ª SÉRIE TURMA: 3101 / 3102 DATA: NOME: Nº.: 1) (FGV-SP) O sistema indicado está em repouso devido à força

Leia mais

Dinâmica - Lista 2. Sumário. 1 Leis de Newton - Exercícios. Professor Walescko 22 de setembro de 2005

Dinâmica - Lista 2. Sumário. 1 Leis de Newton - Exercícios. Professor Walescko 22 de setembro de 2005 Dinâmica - Lista 2 Professor Walescko 22 de setembro de 2005 Sumário 1 Leis de Newton - Exercícios 1 2 Aplicações das Leis de Newton 5 3 Gabarito 9 1 Leis de Newton - Exercícios 1. (Venusp-SP) Assinale

Leia mais

Atividade de revisão

Atividade de revisão Física Atividade - Revisão 2 os anos Hugo ago/09 Nome: Nº: Turma: Atividade de revisão Esta atividade tem por objetivo revisar alguns conteúdos do primeiro semestre e ajudá-lo a se preparar para o próximo.

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 06 PLANO INCLINADO P T P N θ P Como pode cair no enem? Uma máquina utiliza um carrinho para retirar carvão do interior de uma mina, puxando-o, sobre um plano inclinado, por meio

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 07 DINÂNICA REVISÃO

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 07 DINÂNICA REVISÃO FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 07 DINÂNICA REVISÃO Como pode cair no enem? (UFF) Professores do Instituto de Física da UFF estudam a dinâmica do movimento de placas geológicas que compõem a crosta terrestre,

Leia mais

Bacharelado Engenharia Civil

Bacharelado Engenharia Civil Bacharelado Engenharia Civil Física Geral e Experimental I Prof.a: Érica Muniz 1 Período Lançamentos Movimento Circular Uniforme Movimento de Projéteis Vamos considerar a seguir, um caso especial de movimento

Leia mais

Segunda lei de Newton

Segunda lei de Newton Segunda lei de Newton Pela 1ª lei de Newton, não precisamos de força para manter a velocidade de um corpo, mas sim para produzir mudanças (variações) dessa velocidade. Newton apresenta a relação existente

Leia mais

Lista 5: Trabalho e Energia

Lista 5: Trabalho e Energia Lista 5: Trabalho e Energia NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas Prof. Robson Preparação para a 2ª Fase 1ª lista de Exercícios GABARITO

Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas Prof. Robson Preparação para a 2ª Fase 1ª lista de Exercícios GABARITO Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas Prof. Robson Preparação para a 2ª Fase 1ª lista de Exercícios GABARITO 1 - Um trem e um automóvel caminham paralelamente e no mesmo sentido, um trecho

Leia mais

Lista de exercícios- Leis de Newton

Lista de exercícios- Leis de Newton Componente Curricular: Física Professora: Cínthia Helena. Série: 1 o ano - Ensino Médio. Lista de exercícios- Leis de Newton 1 - (Vunesp-SP) Assinale a alternativa que apresenta o enunciado da Lei de Inércia,

Leia mais

Parte 2 - PF de Física I NOME: DRE Teste 1

Parte 2 - PF de Física I NOME: DRE Teste 1 Parte 2 - PF de Física I - 2017-1 NOME: DRE Teste 1 Nota Q1 Questão 1 - [2,5 ponto] Um astronauta está ligado a uma nave no espaço através de uma corda de 120 m de comprimento, que está completamente estendida

Leia mais

Resultante Centrípeta

Resultante Centrípeta Questão 01) Uma criança está em um carrossel em um parque de diversões. Este brinquedo descreve um movimento circular com intervalo de tempo regular. A força resultante que atua sobre a criança a) é nula.

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 24 FORÇA CENTRÍPETA REVISÃO Fixação 1) Um pêndulo é abandonado na posição A e atinge a posição E, como mostra a figura abaixo. Assinale a alternativa que melhor indica a direção

Leia mais

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano?

Considerando que o fio e a polia são ideais, qual o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e o plano? 2ª Série do Ensino Médio 01. No sistema a seguir, A e B têm massa m = 10 kg e a = 45 0. A aceleração da gravidade é de 10 m/s 2 e o peso da corda, o atrito no eixo da roldana e a massa da roldana são desprezíveis:

Leia mais

Lista4: Trabalho e Energia

Lista4: Trabalho e Energia Lista 4: Trabalho e Energia NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.responder a questão

Leia mais

Leis de Newton. Algumas aplicações das leis de Newton

Leis de Newton. Algumas aplicações das leis de Newton Leis de Newton Algumas aplicações das leis de Newton Equilíbrio Uma ginasta com massa 50,0 kg está começando a subir em uma corda presa no teto de uma ginásio. Qual é o peso da ginasta? Qual a força (módulo

Leia mais

LISTA 1 DE EXERCÍCIOS

LISTA 1 DE EXERCÍCIOS CURSO: ENGENHARIAS LISTA 1 DE EXERCÍCIOS DISCIPLINA: FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL - MECÂNICA Professora: Paula Beghelli paula-beghelli@anhanguera.com Instruções: Resolver esta lista INDIVIDUAL ou em GRUPO

Leia mais

Física 1. 2 a prova 02/07/2016. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova.

Física 1. 2 a prova 02/07/2016. Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. Física 1 2 a prova 02/07/2016 Atenção: Leia as recomendações antes de fazer a prova. 1- Assine seu nome de forma LEGÍVEL na folha do cartão de respostas. 2- Leia os enunciados com atenção. 3- Analise sua

Leia mais

04- Uma escada homogênea de 40kg apóia-se sobre uma parede, no ponto P, e sobre o chão, no ponto C. Adote g = 10m/s².

04- Uma escada homogênea de 40kg apóia-se sobre uma parede, no ponto P, e sobre o chão, no ponto C. Adote g = 10m/s². PROFESSOR: Raphael Carvalho BANCO DE QUESTÕES - FÍSICA 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== 01- Dois atletas em lados opostos

Leia mais

5ª LISTA DE EXERCÍCIOS

5ª LISTA DE EXERCÍCIOS 5ª LISTA DE EXERCÍCIOS DISCIPLINA: Física Geral e Experimental I CURSO: Engenharia de Produção Noturno. 2º termo Prof. Dr. Elton Aparecido Prado dos Reis 01 - Um grupo de pessoas, por intermédio de uma

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1 Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Instituto de Física Lista de exercícios para a P2 - Física 1 1. Dois corpos A e B, de massa 16M e M, respectivamente, encontram-se no vácuo e estão separados

Leia mais

Física I Reposição 2 3/12/2014

Física I Reposição 2 3/12/2014 Nota Física I Reposição 3/1/014 NOME MATRÍCULA TURMA PROF. Lembrete: A prova consta de 6 questões discursivas (que deverão ter respostas justificadas, desenvolvidas e demonstradas matematicamente) e 14

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 23 FORÇA CENTRÍPETA

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 23 FORÇA CENTRÍPETA FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 23 FORÇA CENTRÍPETA N T P R O A B C T B P Como pode cair no enem? O Brasil pode se transformar no primeiro país das Américas a entrar no seleto grupo das nações que dispõem

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Médio 1 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Física Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Médio 1 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Física Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Médio 1 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Física Aluno (a):. No. Trabalho de Recuperação Data: 05/08/2015 Valor: Orientações: -Responder manuscrito; -Cópias de colegas, entrega com atraso,

Leia mais

PLANTÕES DE JULHO FÍSICA

PLANTÕES DE JULHO FÍSICA Página 1 PLANTÕES DE JULHO FÍSICA Nome: Nº: Série: 1º ANO Prof FÁBIO MAGNO Data: JULHO 2016 1ª Lei de Newton 1) A respeito do conceito da inércia, assinale a frase correta: a) Um ponto material tende a

Leia mais

LISTA UERJ 3 LEIS DE NEWTON

LISTA UERJ 3 LEIS DE NEWTON 1. (Uerj 2008) A figura a seguir representa um sistema composto por uma roldana com eixo fixo e três roldanas móveis, no qual um corpo R é mantido em equilíbrio pela aplicação de uma força F, de uma determinada

Leia mais

2 o. TD de Física. (C) II e III. (C) IV.

2 o. TD de Física. (C) II e III. (C) IV. 2 o Ensino Médio Turno: Manhã/Tarde Profs.: Luiz Fernando, Leandro Herston e Rodrigo Romero Data: / /2015 Etapa: 1 a VG Aluno(a): N o.: Turma: LISTA 1 01. As grandezas físicas podem ser escalares ou vetoriais.

Leia mais

Lista de Exercícios (Profº Ito) Dinâmica no Movimento Circular

Lista de Exercícios (Profº Ito) Dinâmica no Movimento Circular TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO SE NECESSÁRIO, ADOTE g = 10 m/s. 1. Um circuito de Fórmula Mundial circular, com 320 m de raio, tem como velocidade de segurança 40 m/s. Calcule a tangente do ângulo de inclinação

Leia mais

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA PROFº FABIANO 2º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA PROFº FABIANO 2º BIMESTRE 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2016 91 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO DATA: / / NOTA: NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE FÍSICA I - TURMA 212 - PROFº FABIANO 2º BIMESTRE

Leia mais

Desprezando todo tipo de atrito, se as esferas forem soltas em um mesmo instante, é CORRETO afirmar que:

Desprezando todo tipo de atrito, se as esferas forem soltas em um mesmo instante, é CORRETO afirmar que: 6 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 005-007 FÍSICA QUESTÕES DE 11 A 0 11. Três esferas pequenas de massas e raios iguais encontram-se em repouso a uma altura (h) nas extremidades de três trilhos (I,

Leia mais

FQA Ficha 9 Exercícios variados

FQA Ficha 9 Exercícios variados ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS FQA Ficha 9 Exercícios variados 11.º Ano Turma A e B 10 novembro 2014 NOME Nº Turma 1. Um grupo de alunos realizou a atividade de laboratório AL-1.4 - Satélite geostacionário

Leia mais

2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias

2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias 2ª Lista de Exercícios Fundamentos de Mecânica Clássica Profº. Rodrigo Dias Obs: Esta lista de exercícios é apenas um direcionamento, é necessário estudar a teoria referente ao assunto e fazer os exercícios

Leia mais

Lista 12: Rotação de corpos rígidos

Lista 12: Rotação de corpos rígidos Lista 12: Rotação de Corpos Rígidos Importante: i. Ler os enunciados com atenção. ii. Responder a questão de forma organizada, mostrando o seu raciocínio de forma coerente. iii. iv. Siga a estratégia para

Leia mais

5 Forças em Dinâmica. 1 Princípio da inércia (primeira lei de Newton) 2 Princípio fundamental da Dinâmica (segunda lei de Newton)

5 Forças em Dinâmica. 1 Princípio da inércia (primeira lei de Newton) 2 Princípio fundamental da Dinâmica (segunda lei de Newton) F=m.a 5 Forças em Dinâmica A Dinâmica é a parte da Mecânica que estuda os movimentos e as causas que os produzem ou os modificam. Significa que a força resultante F produz uma aceleração a com mesma direção

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 / 2016

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 / 2016 CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO FÍSICA CADERNO DE QUESTÕES 2015 / 2016 1 a QUESTÃO Valor: 1,0 Um copo está sobre uma mesa com a boca voltada para cima. Um explosivo no estado sólido

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de Exercícios 1_2 BIMESTRE Nome: Nº Turma: 1 EM Profa Kelly Data: Conteúdo: Leis de Kepler e lei da gravitação universal; Força gravitacional (peso), força

Leia mais

FÍSICA 9ºano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

FÍSICA 9ºano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES FÍSICA 9ºano 2º Trimestre / 2016 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1. Um atleta deseja percorrer 25 km em 2 h. Por dificuldades encontradas no trajeto, percorre 10 km com a velocidade média de 8 km/h.

Leia mais

Lista Básica Aulas 22 e 23 Frente 3

Lista Básica Aulas 22 e 23 Frente 3 TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Considere os dados abaixo para resolver a(s) questão(ões), quando for necessário. Constantes físicas Aceleração da gravidade próximo à superfície da Terra: Aceleração da gravidade

Leia mais

Importante: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME:

Importante: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME: Lista 3: Leis de Newton e Dinâmica da Partícula NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. As cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção.

Leia mais

MHS Movimento Harmônico Simples

MHS Movimento Harmônico Simples 2010 ESCOLA ALUNO MHS Movimento Harmônico Simples 1. (Mackenzie) Uma partícula descreve um movimento harmônico simples segundo a equação X = 0,3. cos (π /3 + 2.t), no S.I.. O módulo da máxima velocidade

Leia mais

Lista5: Conservação da Energia NOME:

Lista5: Conservação da Energia NOME: Lista 5: Conservação da Energia NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.responder

Leia mais

Lista 10: Dinâmica das Rotações NOME:

Lista 10: Dinâmica das Rotações NOME: Lista 10: Dinâmica das Rotações NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para serem resolvidos e entregues. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder

Leia mais

(a) a aceleração angular média nesse intervalo de tempo. (b) o número de voltas dadas

(a) a aceleração angular média nesse intervalo de tempo. (b) o número de voltas dadas Capítulo 1 Movimento Circular 1. A velocidade angular de um ponto que executa um movimento circular varia de 20 rad/s para 40 rad/s em 5 segundos. Determine: (a) a aceleração angular média nesse intervalo

Leia mais

DINÂMICA. 2- O bloco B pesa 435 N e repousa sobre um plano horizontal; os coeficientes de atrito entre bloco e plano são μ E = 0,27 e μ C = 0,21.

DINÂMICA. 2- O bloco B pesa 435 N e repousa sobre um plano horizontal; os coeficientes de atrito entre bloco e plano são μ E = 0,27 e μ C = 0,21. DINÂMICA 1- Uma partícula com massa de 30 kg, no espaço, está sujeito à ação de duas forças que fazem um ângulo de 30º entre si, a força F1 com uma intensidade de 20 N e a força F2 com uma intensidade

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 17 REVISÃO DE LANÇAMENTO VERTICAL E QUEDA LIVRE

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 17 REVISÃO DE LANÇAMENTO VERTICAL E QUEDA LIVRE FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 17 REVISÃO DE LANÇAMENTO VERTICAL E QUEDA LIVRE Fixação 1) Duas pequenas esferas, uma de ferro, outra de chum-bo, são abandonadas, a partir do mesmo ponto, num mesmo local, onde

Leia mais

Plano de Estudo -

Plano de Estudo - 1. (Uel) Em uma estrada, um automóvel de 800 kg com velocidade constante de 72km/h se aproxima de um fundo de vale, conforme esquema a seguir. Dado: g=m/s 2 Sabendo que o raio de curvatura nesse fundo

Leia mais

COLEGIO DOMINUS VIVENDI LISTA DE EXERCICIOS DE FISICA PARA ESTUDOS COM RESOLUÇÃO PROFESSOR ANDERSON

COLEGIO DOMINUS VIVENDI LISTA DE EXERCICIOS DE FISICA PARA ESTUDOS COM RESOLUÇÃO PROFESSOR ANDERSON COLEGIO DOMINUS VIVENDI LISTA DE EXERCICIOS DE FISICA PARA ESTUDOS COM RESOLUÇÃO PROFESSOR ANDERSON 3ª Lei de Newton 1. Um martelo acerta um prego com uma força de 4,0 kgf. Existe, neste caso, a reação?

Leia mais

Lista de Exercícios de Matemática e Física CEV 2012

Lista de Exercícios de Matemática e Física CEV 2012 Lista de Exercícios de Matemática e Física CEV 01 1) O retângulo, com base no eixo das abcissas, está inscrito numa parábola, conforme figura abaixo. O valor de x que faz esse retângulo ter perímetro máximo

Leia mais

Trabalho de uma força

Trabalho de uma força Questão 01 Um bloco de massa m desce escorregando por uma rampa inclinada, inicialmente com velocidade v, até atingir a base inferior da rampa com velocidade 2v, como mostra a figura. Sabendo que não há

Leia mais

Queda Livre e lançamento vertical para cima

Queda Livre e lançamento vertical para cima Queda Livre e lançamento vertical para cima Queda livre vertical Movimento na superfície do planeta em que se despreza a resistência do ar e a única força que atua no corpo é seu peso. Características

Leia mais

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA.

Trabalho e Energia. = g sen. 2 Para = 0, temos: a g 0. onde L é o comprimento do pêndulo, logo a afirmativa é CORRETA. Trabalho e Energia UFPB/98 1. Considere a oscilação de um pêndulo simples no ar e suponha desprezível a resistência do ar. É INCORRETO afirmar que, no ponto m ais baixo da trajetória, a) a energia potencial

Leia mais

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar.

Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. Lista 6: Conservação da Energia NOME: Turma: Prof. : Matrícula: Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii.responder

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar ÁREA INTERDEPARTAMENTAL DE FÍSICA

Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Tomar ÁREA INTERDEPARTAMENTAL DE FÍSICA Engenharia Civil Exercícios de Física de Física Ficha 8 Corpo Rígido Capítulo 6 Ano lectivo 010-011 Conhecimentos e capacidades a adquirir pelo aluno Aplicação das leis fundamentais da dinâmica. Aplicação

Leia mais

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton

FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton PROF. OSCAR FORÇA E MOVIMENTO Leis de Newton Qual é o fator responsável pela sensação de perigo para alguém que está no último carro de uma montanha russa? Uma força aceleração. atuando sobre o quilograma

Leia mais

Exercício 1. Exercício 2.

Exercício 1. Exercício 2. Exercício 1. Em um barbeador elétrico, a lâmina se move para frente e para trás ao longo de uma distância de 2,0 mm em movimento harmônico simples, com frequência de 120 Hz. Encontre: (a) a amplitude,

Leia mais

Características do MCU

Características do MCU ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Escola que a gente quer é a Escola que a gente faz! Características do MCU APROFUNDAMENTO DE ESTUDOS - ENEM FÍSICA O MCU é periódico. Apresenta velocidade angular e velocidade

Leia mais

Forças I Forças Notáveis

Forças I Forças Notáveis Forças I Forças Notáveis Peso de um corpo 1. a força peso ( P ) é uma força de campo, pois ocorre pela ação a distância entre os corpos. 2. Peso de um corpo é a força de atração gravitacional que a Terra

Leia mais

FÍSICA LEIS DE NEWTON, FORÇA CENTRÍPETA, TRABALHO E ENERGIA LEIS DE NEWTON. c) 20. d) 10.

FÍSICA LEIS DE NEWTON, FORÇA CENTRÍPETA, TRABALHO E ENERGIA LEIS DE NEWTON. c) 20. d) 10. FÍSICA Prof. Bruno LEIS DE NEWTON, FORÇA CENTRÍPETA, TRABALHO E ENERGIA LEIS DE NEWTON 1. Um trabalhador empurra um conjunto formado por dois blocos A e B de massas 4kg e 6kg, respectivamente, exercendo

Leia mais

Decomposição de Forças e Plano Inclinado

Decomposição de Forças e Plano Inclinado Decomposição de Forças e Plano Inclinado Decomposição de Forças e Plano Inclinado 1. O conjunto ao lado, constituído de fio e polia ideais, é abandonado do repouso no instante t = 0 e a velocidade do corpo

Leia mais

Física I Prova 3 7/06/2014

Física I Prova 3 7/06/2014 Nota Física I Prova 3 7/06/2014 NOME MATRÍCULA TURMA PROF. Lembrete: A prova consta de 2 questões discursivas (que deverão ter respostas justificadas, desenvolvidas e demonstradas matematicamente) e 12

Leia mais

FÍSICA LISTA 4 QUANTIDADE DE MOVIMENTO, GRAVITAÇÃO UNIVERSAL E EQUILÍBRIO

FÍSICA LISTA 4 QUANTIDADE DE MOVIMENTO, GRAVITAÇÃO UNIVERSAL E EQUILÍBRIO FÍSICA Prof. Bruno Roberto LISTA 4 QUANTIDADE DE MOVIMENTO, GRAVITAÇÃO UNIVERSAL E EQUILÍBRIO QUANTIDADE DE MOVIMENTO 1. (Pucrj 2013) Uma massinha de 0,3 kg é lançada horizontalmente com velocidade de

Leia mais

Lista de Exercícios de Física Professor Ganso 2º Bimestre

Lista de Exercícios de Física Professor Ganso 2º Bimestre 1) (Uff) Dois corpos, um de massa m e outro de massa 5m, estão conectados entre si por um fio e o conjunto encontra-se originalmente em repouso, suspenso por uma linha presa a uma haste, como mostra a

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1ª SÉRIE ALUNO: TURMA: CARTEIRA: MATRÍCULA: DATA: / /

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1ª SÉRIE ALUNO: TURMA: CARTEIRA: MATRÍCULA: DATA: / / LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES FÍSICA - B - 2011 1ª SÉRIE ALUNO: TURMA: CARTEIRA: MATRÍCULA: DATA: / / Unidade 02 - Força Unidade 03 1ª. e 3ª. Leis de Newton REFAZER OS EXERCÍCIOS DO LIVRO: 1) Página

Leia mais

Física. Resolução: b) R 2 = F 2 + N 2 = = = 25 R 2 = 25 R = 25 R = 5 N. c) R 2 = T 2 + T T. T. cos 60º (Lei dos cossenos)

Física. Resolução: b) R 2 = F 2 + N 2 = = = 25 R 2 = 25 R = 25 R = 5 N. c) R 2 = T 2 + T T. T. cos 60º (Lei dos cossenos) EDUIN Física Estática EQUIÍI D N MEI 0. alcule a resultante das forças representadas nos esquemas dados. f = N = 5 N F = 8 N = F + f = 8 + 5 = N = F + N = 4 + = 6 + 9 = 5 c) N = N F = 4 N poste = 90 kgf

Leia mais

PROGRAD / COSEAC Padrão de Respostas Física Grupos 05 e 20

PROGRAD / COSEAC Padrão de Respostas Física Grupos 05 e 20 1 a QUESTÃO: Dois blocos estão em contato sobre uma mesa horizontal. Não há atrito entre os blocos e a mesa. Uma força horizontal é aplicada a um dos blocos, como mostra a figura. a) Qual é a aceleração

Leia mais

2. O gráfico abaixo representa a variação da velocidade de um móvel em função do tempo decorrido de movimento.

2. O gráfico abaixo representa a variação da velocidade de um móvel em função do tempo decorrido de movimento. Revisão ENEM 1. Duas bolas de dimensões desprezíveis se aproximam uma da outra, executando movimentos retilíneos e uniformes (veja a figura). Sabendo-se que as bolas possuem velocidades de 2m/s e 3m/s

Leia mais

FÍSICA II. (Dados sen 30 o = 0,5 e g = 10 m/s 2 )

FÍSICA II. (Dados sen 30 o = 0,5 e g = 10 m/s 2 ) FÍSCA Esta prova tem por finalidade verificar seus conhecimentos das leis que regem a natureza. nterprete as questões do modo mais simples e usual. Não considere complicações adicionais por fatores não

Leia mais

LEIS DE NEWTON. - Força é um agente físico capaz de deformar um corpo ou alterar a sua velocidade vetorial ou as duas coisas simultaneamente.

LEIS DE NEWTON. - Força é um agente físico capaz de deformar um corpo ou alterar a sua velocidade vetorial ou as duas coisas simultaneamente. AULA 05 LEIS DE EWTO 1- ITRODUÇÃO o estudo da Dinâmica nos preocuparemos com as causas e com as leis da natureza que explicam os movimentos dos corpos. Este estudo está apoiado em três leis elaboradas

Leia mais

Lista de Mecânica. Cinemática. Estática e Dinâmica. t 2s ;

Lista de Mecânica. Cinemática. Estática e Dinâmica. t 2s ; Lista de Mecânica Cinemática 1. Uma partícula é lançada obliquamente no campo gravitacional e move-se de acordo com a função r( t) i (4i 3k ) t ( 5k ) t (SI), onde a coordenada z é orientada para cima

Leia mais

As figuras acima mostram as linhas de indução de um campo magnético uniforme B r

As figuras acima mostram as linhas de indução de um campo magnético uniforme B r 1) No sistema mostrado abaixo, as roldanas e os fios são ideais e o atrito é considerado desprezível. As roldanas A, B, e C são fixas e as demais são móveis sendo que o raio da roldana F é o dobro do raio

Leia mais

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016

Plano de Recuperação Semestral 1º Semestre 2016 Disciplina: FÍSICA Série/Ano: 1º ANO Professores: BETO, DIOGO, PH e BILL Objetivo: Proporcionar ao aluno a oportunidade de resgatar os conteúdos trabalhados durante o 1º semestre nos quais apresentou defasagens

Leia mais