@aviacaocivil

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "@aviacaocivil"

Transcrição

1 @aviacaocivil

2 Arranjo Institucional Março PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Formular, coordenar e supervisionar as políticas para o desenvolvimento do setor Maio SAC/PR Formular e implementar o planejamento estratégico do setor Coordenar Agosto os órgãos e entidades do sistema de aviação civil MIN. DA DEFESA Aviação Militar e Navegação Aérea COMAER DECEA Controle do Espaço Aéreo INFRAERO Administração e Operação Aeroportuária ANAC Regulação Técnica e Econômica Fiscalização

3 Arranjo Institucional - CONAERO CONAERO Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias -Decisões em nível Estratégico do Setor -Coordenação das competências dos órgãos e entidades entre aeroportos -Estabelecimento de parâmetros e padrões de desempenho -Definição, orientação e monitoramento do funcionamento das Autoridades Membros SAC/PR ANAC DECEA OPERADORES AEROPORTUÁRIOS Casa Civil RFB PF VIGIAGRO ANVISA MPOG Auxílio à tomada de decisão em assuntos específicos Comitês Técnicos Operações Especiais Desburocratização Integração de Sistemas Indicadores de Desempenho Autoridades Aeroportuárias -Decisões em nível Operacional -Integração entre os órgãos e entidades no aeroporto -Solução de questões operacionais excepcionais -Sugestões à CONAERO

4 Comitê Técnico de Operações Especiais Coordenar e implementar ações estratégicas dos órgãos prestadores de serviços públicos nos aeroportos durante os períodos de alta demanda, visando o bom fluxo de passageiros e bens, e otimizando a utilização da infraestrutura aeroportuária. INTEGRANTES SAC ANAC Casa Civil ANVISA MD MF MJ MAPA MPOG Operadores Aeroportuários Outros participantes MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES COMANDO GERAL DE OPERAÇÕES AÉREAS

5 Milhões de PAX Desafios da aviação civil no Brasil: Evolução da demanda por transp. aéreo 250 Crescimento médio anual: 11,1% ( )

6 jan/00 jun/00 nov/00 abr/01 set/01 fev/02 jul/02 dez/02 mai/03 out/03 mar/04 ago/04 jan/05 jun/05 nov/05 abr/06 set/06 fev/07 jul/07 dez/07 mai/08 out/08 mar/09 ago/09 jan/10 jun/10 nov/10 abr/11 set/11 fev/12 jul/12 dez/12 mai/13 out/13 Taxa de Ocupação (%) Ocupação das Aeronaves no Mercado Nacional Percentual mensal de ocupação de assentos (índice de aproveitamento) janeiro/2000 a dezembro/2013 (%) 90,00 80,00 79,1% (dez/13) 70,00 60,00 50,00 40,00 62,4% (jan/00) 30,00 20,00 10,00 0,00

7 Evolução da Tarifa Doméstica Tarifa Aérea Média Doméstica em Dólares (2º semestre de cada ano) 350,00 300,00 250,00 200,00 150,00 280,13 279,28 301,36 267,09 248,16 209,62 251,89 173,41 147,95 140,71 145,05 151,80 100,00 50,00 0, Fonte: ANAC Taxa de Câmbio : 2,25

8 Movimento de Passageiros - Projeção A demanda deve aumentar em 2,7 vezes até 2033 e 3,7 vezes até Milhões de PAX Fonte: DPE/SAC

9 Concessão Aeroportuária 2011: Resultado do Leilão SÃO GONÇALO DO AMARANTE Proposta vencedora: US$ 75,6 Milhões Ágio: 228,3% Grupo vencedor: Consórcio InfrAmerica Duração: 28 anos (3 anos para execução da obra). Estimativa de Investimentos: US$ 271,1milhões PAX (2011): Aeroporto Novo PAX (2038): 11,4 milhões

10 Concessões Aeroportuárias 2012: Resultados do Leilão GUARULHOS VIRACOPOS BRASÍLIA Proposta vencedora: US$ 7,2 bilhões Ágio: 373,5% Grupo vencedor: Invepar + ACSA Proposta vencedora: US$ 1,70 bilhões Ágio: 159,75% Grupo vencedor: Consórcio Aeroportos Brasil Proposta vencedora: US$ 2,0 bilhões Ágio: 673,4% Grupo vencedor: Consórcio InfrAmerica Duração: 20 anos Estimativa de investimentos: US$ 2,04 bilhões PAX (2011): 29,9 milhões PAX (2031): 60 milhões Contribuição variável (FNAC): 10% do rendimento bruto Duração: 30 anos Estimativa de investimentos: US$ 3,87 bilhões PAX (2011): 7,5 milhões PAX (2041): 80 milhões Contribuição variável (FNAC): 5% do rendimento bruto Duração: 25 anos Estimativa de Investimentos: US$ 1,24 bilhões PAX (2011): 15,3 milhões PAX (2036): 41 milhões Contribuição variável (FNAC): 2% do rendimento bruto

11 Principais Obras Obrigatórias para a Copa AEROPORTO São Gonçalo do Amarante (Natal) Cumbica (Guarulhos) Viracopos (Campinas) Juscelino Kubitschek (Brasília) PRINCIPAIS EXIGÊNCIAS CONTRATUAIS PARA A COPA Projeto Green Field (construção parcial, manutenção e exploração do aeroporto) Construção de um terminal para no mínimo 10,5 milhões de pax/ano; Acessos viários e estacionamento de veículos para o novo terminal de passageiros; Construção de pátio para 32 aeronaves Código C; Implantação de Área de Segurança de Fim de Pista (RESA); Construção de um terminal para no mínimo 12 milhões de pax/ano; Acesso viário correspondente e estacionamento de veículos; Construção de pátio para 35 aeronaves Código C; Implantação de Áreas de Segurança de Fim de Pista (RESA); Construção de um terminal para no mínimo 7 milhões de pax/ano; Acesso viário correspondente e estacionamento de veículos; Construção de pátio para 24 aeronaves Código C; Implantação de Áreas de Segurança de Fim de Pista (RESA); INVESTIMENTO REALIZADO US$ 168 milhões US$ 834 milhões US$ 841 milhões US$ 356 milhões

12 ASGA/RN - Obras Realizadas Terminal de Passageiros

13 ASGA/RN - Obras Realizadas Pontes de Embarque

14 ASGA/RN - Obras Realizadas Vias de Acesso

15 ASGA/RN - Obras Realizadas Sistema de Pistas

16 Ampliações Realizadas - Brasília Pier Sul

17 Ampliações Realizadas - Brasília Estacionamento

18 Ampliações Realizadas - Brasília Espaço VIP

19 Ampliações Realizadas - Brasília Pontes de Embarque

20 Ampliações Realizadas - Guarulhos Novo Terminal Área Externa

21 Ampliações Realizadas - Guarulhos Novo Terminal Área Interna

22 Ampliações Realizadas - Guarulhos Pontes de Embarque

23 Ampliações Realizadas - Guarulhos Edifício Garagem

24 Ampliações Realizadas - Viracopos Pontes de Embarque e Pátios

25 Ampliações Realizadas - Viracopos Novo Terminal - Entrada

26 Ampliações Realizadas - Viracopos Novo Terminal - Interior

27 Concessões Aeroportuárias 2013: Resultados do Leilão Proposta vencedora: US$ 8,45 bilhões Ágio: 294% Grupo vencedor: Odebrecht + CHANGI Duração: 25 anos GALEÃO Estimativa de investimentos: US$ 2,51 bilhões PAX (2013): 17,1 milhões PAX (2038): 60,4 milhões Odebrecht - 60% CHANGI - 40% Contribuição variável (FNAC): 5% do rendimento bruto Proposta vencedora: US$ 809 milhões Ágio: 66% Grupo vencedor: CCR + Munich/Zurich Duração: 30 anos CONFINS Estimativa de investimentos: US$ 1,56 bilhões PAX (2013): 10,3 milhões PAX (2043): 43,3 milhões CCR -75% Zurich - 25% Contribuição variável (FNAC): 5% do rendimento bruto

28 Principais Investimentos - Galeão Construção de novas instalações de embarque e desembarque de passageiros, fisicamente conectadas ao Terminal de Passageiros, com pelo menos 26 (vinte e seis) pontes de embarque adicionais e respectivas posições de pátio com área equivalente à adequada para atender aeronaves Código C, até 30 de abril de 2016; Disponibilização de pátio de aeronaves com área equivalente à adequada para atender ao menos 73 (setenta e três) aeronaves Código C e 24 (vinte e quatro) aeronaves Código E, até 30 de abril de 2016; Construção de estacionamento de veículos e das respectivas vias de acesso dedicados aos passageiros e demais usuários do aeroporto com capacidade mínima para (mil oitocentos e cinquenta) veículos, até 31 de dezembro de 2015; Adequação das pistas de rolamento que serão utilizadas para comportar as operações de aeronaves Código F, até 31 de dezembro de 2015; Construção de pelo menos uma pista de pouso e decolagem, com comprimento mínimo de metros, projetada para aeronaves Código F, paralela à pista 10/28 existente. A pista deve ser construída e estar plenamente operacional antes da demanda atingir movimentos anuais (previsão de atingimento dessa marca entre 2021 e 2022).

29 Principais Investimentos - Confins Construção de novo Terminal de Passageiros, estacionamento de veículos e vias terrestres associadas, fisicamente conectado ao Terminal existente, com pelo menos 14 pontes de embarque adicionais e respectivas posições de pátio com área equivalente à adequada para atender 11 aeronaves Código C e 03 aeronaves Código E, até 30 de abril de 2016 ; Disponibilização de pátio de aeronaves com área equivalente à adequada para atender ao menos 37 aeronaves Código C e 7 aeronaves Código E, até 30 de abril de 2016; Adequação das pistas de rolamento conforme necessidades operacionais da aeronave crítica associada a cada componente do Sistema de Pistas de Rolamento, até 31 de dezembro de 2015; Retirada de obstáculos das faixas de pista de pouso e decolagem e faixas de pista de rolamento, bem como nivelamento das faixas preparadas associadas à operação da aeronave crítica, até 31 de dezembro de 2016; Construção de uma pista de pouso e decolagem, com comprimento mínimo de metros, projetada para aeronaves Código E, paralela à pista existente, de modo a implantar um sistema de pistas para aproximações paralelas e independentes em operação IFR. A pista deve ser construída e estar plenamente operacional antes de a demanda atingir movimentos anuais ou até 31 de dezembro de 2020, o que ocorrer primeiro.

Oportunidades de Investimentos na Infraestrutura Aeroportuária Brasileira

Oportunidades de Investimentos na Infraestrutura Aeroportuária Brasileira 8º Encontro de Logística e Transportes Oportunidades de Investimentos na Infraestrutura Aeroportuária Brasileira Antonio Espósito Coordenador Geral de Acompanhamento de Mercado Departamento de Regulação

Leia mais

ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins

ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins ANAC divulga minuta de edital de concessão de Galeão e Confins A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou, nesta quarta-feira (29/05), a minuta do Edital de Leilão e do Contrato

Leia mais

PLANO NACIONAL DE DESESTATIZAÇÃO - SUCESSOS E DESAFIOS

PLANO NACIONAL DE DESESTATIZAÇÃO - SUCESSOS E DESAFIOS CÂMARA DE COMÉRCIO AMERICANA DO RIO DE JANEIRO SEMINÁRIO INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA DOS AEROPORTOS PLANO NACIONAL DE DESESTATIZAÇÃO - SUCESSOS E DESAFIOS Índice 1. Desafios da aviação Civil Brasileira 2.

Leia mais

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009 Aeroportos Copa do Mundo 2014 14 Dezembro 2009 Belo Horizonte e Confins - MG 1. Aeroporto Internacional Tancredo Neves Confins 2. Aeroporto de Belo Horizonte/ Pampulha Carlos Drummond de Andrade Brasília

Leia mais

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 07/06/2011

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 07/06/2011 COPA 204 AEROPORTOS Atualização: 07/06/20 AEROPORTOS DA COPA 3 Aeroportos 3 Intervenções R$ 5,79 bilhões Manaus TPS Fortaleza TPS São Gonçalo do Amarante Pista Recife Torre Cuiabá TPS Brasília TPS Salvador

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Brasília. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Brasília. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Brasília Setembro/2013 Brasília: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014

MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014 MOBILIDADE URBANA E AEROPORTO: TRANSPORTE COMO CHAVE PARA O SUCESSO DA COPA DE 2014 TPS pav. térreo TPS Vista do saguão TPS pav. superior PERSPECTIVA Lado TERRA PERSPECTIVA Lado AR Item 2011 2012 Revisão

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República Sr. WAGNER BITTENCOURT 10 de outubro de 2011 AVIAÇÃO CIVIL SAC

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Aviação Civil Secretaria de Política Regulatória de Aviação Civil

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Aviação Civil Secretaria de Política Regulatória de Aviação Civil PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Aviação Civil Secretaria de Política Regulatória de Aviação Civil CRESCIMENTO DO MERCADO BRASILEIRO DE AVIAÇÃO Gustavo Pacheco Fortes Fleury Gerente de Projeto do

Leia mais

Acompanhamento pelo TCU dos processos de concessões de infraestrutura aeroportuária

Acompanhamento pelo TCU dos processos de concessões de infraestrutura aeroportuária Acompanhamento pelo TCU dos processos de concessões de infraestrutura aeroportuária Audiência Pública da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados Brasília, 10 de julho de 2013 Secretaria

Leia mais

Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011. InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014

Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011. InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014 INFRAERO Audiência Pública CREA/SP - 21/06/2011 InfraestruturaAeroportuária em SÃO PAULO para a COPA 2014 Arq. Jonas Lopes Superintendente de Estudos e Projetos de Engenharia jonas_lopes@infraero.gov.br

Leia mais

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011

COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 COPA 2014 AEROPORTOS Atualização: 14/06/2011 AEROPORTOS DA COPA 13 Aeroportos 31 Intervenções R$ 5,79 bilhões Manaus TPS Fortaleza TPS São Gonçalo do Amarante Pista Recife Torre Cuiabá TPS Brasília TPS

Leia mais

Code-P0 COPA 2014. Atualizado em 27/09/2011

Code-P0 COPA 2014. Atualizado em 27/09/2011 CodeP0 AEROPORTOS COPA 2014 Atualizado em 27/09/2011 0 CodeP1 ÍNDICE 2 GUARULHOS 4 Construção do TPS 3 (1ª Fase) Desapropriação, Ampliação e Revitalização do Sistema de Pista e Pátio Ampliação e Revitalização

Leia mais

Concessões. Galeão e Confins

Concessões. Galeão e Confins Concessões Galeão e Confins Galeão: 17,5 milhões de passageiros 13,7 milhões m² 958 empregados Confins: 10,4 milhões de passageiros 15,1 milhões m² 344 empregados Objetivos das Concessões EXPANDIR A INFRAESTRUTURA

Leia mais

DECISÃO Nº 110, DE 7 DE JULHO DE 2017.

DECISÃO Nº 110, DE 7 DE JULHO DE 2017. DECISÃO Nº 110, DE 7 DE JULHO DE 2017. Reajusta os tetos das tarifas aeroportuárias aplicáveis ao Contrato de Concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos, localizado em Campinas (SP). O DIRETOR-PRESIDENTE

Leia mais

DECISÃO Nº 110, DE 7 DE JULHO DE 2017.

DECISÃO Nº 110, DE 7 DE JULHO DE 2017. DECISÃO Nº 110, DE 7 DE JULHO DE 2017. Reajusta os tetos das tarifas aeroportuárias aplicáveis ao Contrato de Concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos, localizado em Campinas (SP). O DIRETOR-PRESIDENTE

Leia mais

Governo do Estado de São Paulo. Secretaria de Logística e Transportes. Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo

Governo do Estado de São Paulo. Secretaria de Logística e Transportes. Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Logística e Transportes Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo Agosto/2017 Breve Histórico O DAESP é uma autarquia estadual criada em 1970 por força

Leia mais

2 O Sistema Aeroportuário Brasileiro

2 O Sistema Aeroportuário Brasileiro 18 2 O Sistema Aeroportuário Brasileiro O Sistema Aeroportuário Brasileiro é disciplinado pela Lei nº 7.565/86, que dispõe sobre o Código Brasileiro de Aeronáutica (CBDA) e traz a seguinte definição: Aeroportos:

Leia mais

Ministério da Defesa

Ministério da Defesa Ministério da Defesa Secretaria de Aviação Civil Diretor do Departamento de Política de Aviação Civil Brasília Julho de 2009 Secretaria de Aviação Civil Ministério da Defesa PANORAMA DO TRANSPORTE AÉREO

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Code-P0 Copa 204 Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 7 de Junho de 20 Code-P O que o Brasil quer com a Copa do Mundo FIFA Mobilizar o país Promover o país no mundo Constituir

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ AÇÕES RELACIONADAS AOS 07 JUNHO 2011 AÇÕES RELACIONADAS AOS AEROPORTOS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO DE JANEIRO SRRJ 07 JUNHO 2011 AEROPORTOS SBGL AEROPORTO INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO/GALEÃO ANTONIO CARLOS

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 10 de novembro de 2011

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 10 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República 10 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA PANORAMA Passageiros- quilômetros transportados no Brasil,

Leia mais

MANUAL DE PLANEJAMENTO DO SETOR DE AVIAÇÃO CIVIL COPA DO MUNDO 2014. Comitê Técnico de Operações Especiais CONAERO

MANUAL DE PLANEJAMENTO DO SETOR DE AVIAÇÃO CIVIL COPA DO MUNDO 2014. Comitê Técnico de Operações Especiais CONAERO MANUAL DE PLANEJAMENTO DO SETOR DE AVIAÇÃO CIVIL COPA DO MUNDO 2014 Comitê Técnico de Operações Especiais CONAERO ORGANIZAÇÃO DO SETOR CONAERO Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias -Decisões

Leia mais

Mudanças no Setor Aéreo: Novas Concessões e Resoluções

Mudanças no Setor Aéreo: Novas Concessões e Resoluções Mudanças no Setor Aéreo: Novas Concessões e Resoluções Infraero: Reestruturação Societária Workshop de Logística e Transportes da Fiesp 24 de Maio de 2016 Agenda 1. Institucional 2. Efeitos das concessões

Leia mais

VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL

VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL CodeP0 VISÃO ESTRATÉGICA DA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA NACIONAL Outubro/2013 0 AEROPORTOS Macapá Novo TPS 1ªfase Macapá Ampliação Pátio Fortaleza Ampliação TPS São Luís Ampliação do TPS São Luís Reforma

Leia mais

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero)

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero) Matriz de s SÃO PAULO SÃO PAULO ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos Governador André Franco Montoro Total dos Projetos: R$ 1.219,4 milhões Construção do

Leia mais

INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br

INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br 1 INFRAERO Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente Jaime Parreira E-mail: jparreira@infraero.gov.br 2 Organização 9 Superintendências Regionais Superintendência Regional do Noroeste; Superintendência Regional

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

DECISÃO Nº 81, DE 8 DE JULHO DE 2016.

DECISÃO Nº 81, DE 8 DE JULHO DE 2016. DECISÃO Nº 81, DE 8 DE JULHO DE 2016. Reajusta os tetos das tarifas aeroportuárias aplicáveis ao Contrato de Concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos, localizado em Campinas/SP. O DIRETOR-PRESIDENTE

Leia mais

Code-P0. Copa Situação das ações do Governo Brasileiro. Apresentação CREA/SP. São Paulo, 21 de junho de 2011

Code-P0. Copa Situação das ações do Governo Brasileiro. Apresentação CREA/SP. São Paulo, 21 de junho de 2011 Code-P0 Copa 204 Situação das ações do Governo Brasileiro Apresentação CREA/SP São Paulo, 2 de junho de 20 Code-P O que o Brasil quer com a Copa do Mundo FIFA Mobilizar o país Promover o país no mundo

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO

AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO AUDIÊNCIA PÚBLICAP COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO Brasília, 19 de maio de 2010 1 3 SEGURANÇA OPERACIONAL SAFETY Continua sendo a prioridade na aviação comercial Brasil 0.00 0.00 Hull losses

Leia mais

Concessão. Aeroporto do Galeão PRESS KIT

Concessão. Aeroporto do Galeão PRESS KIT PRESS KIT Assinatura do contrato do (RJ) Abril/2014 SUMÁRIO Governo assina contrato de concessão (RJ) 3 Obras e melhorias em andamento no (RJ) - INFRAERO 5 Resultado do Leilão de Galeão e Confins: ágio

Leia mais

DECISÃO Nº 196, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2016.

DECISÃO Nº 196, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2016. DECISÃO Nº 196, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2016. Altera unilateralmente o Contrato de Concessão do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão - Antônio Carlos Jobim, localizado no município do Rio de Janeiro

Leia mais

INFRAERO. Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014. Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010

INFRAERO. Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014. Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010 1 INFRAERO Planejamento dos Investimentos 2010 a 2016 Aeroportos Cidades Sede da Copa 2014 Audiência Pública Câmara dos Deputados 14 de julho de 2010 Demanda Histórica 1997 : 0,3 pax/habitantes (163,8

Leia mais

GDOC INTERESSADO CPF/CNPJ PLACA

GDOC INTERESSADO CPF/CNPJ PLACA Fatores válidos para recolhimento em 01/02/2017 JANEIRO 3,4634 3,3316 3,1086 2,9486 2,7852 2,6042 2,3996 2,2471 2,0710 1,9331 1,8123 1,6867 FEVEREIRO 3,4534 3,3078 3,0941 2,9384 2,7727 2,5859 2,3888 2,2349

Leia mais

Concessão. Aeroporto de Confins PRESS KIT

Concessão. Aeroporto de Confins PRESS KIT PRESS KIT Assinatura do contrato do (MG) Abril/2014 SUMÁRIO Governo assina contrato de concessão (MG) 3 Fases da Concessão 5 Obras e melhorias em andamento no (MG) - INFRAERO 6 Resultado do Leilão de Galeão

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho º TRIMESTRE de 06 abril a junho COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORADORES INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA 1960 1962 1964 1966 1968 1970 1972 1974 1976 1978 1980

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil SAC/PR Concessão de Aeroportos B R A S Í L I A, 1 6 D E A B R I L D E 2 0 1 2

Secretaria de Aviação Civil SAC/PR Concessão de Aeroportos B R A S Í L I A, 1 6 D E A B R I L D E 2 0 1 2 Secretaria de Aviação Civil SAC/PR Concessão de Aeroportos B R A S Í L I A, 1 6 D E A B R I L D E 2 0 1 2 2 ÍNDICE 1. SAC/PR ORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL 2. EVOLUÇÃO DO MERCADO DE AVIAÇAO CIVIL NO BRASIL

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas

Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas Infraestrutura Aeroportuária: Desafios e Perspectivas 8 de dezembro de 2011 SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA AVIAÇÃO CIVIL PANORAMA INVESTIMENTOS CONCESSÕES INFRAERO

Leia mais

Bilhete Único em Campinas

Bilhete Único em Campinas Bilhete Único em Campinas Três Anos de Inclusão Social e Melhoria dos Transportes Wilson Folgozi de Brito DIAGNÓSTICO DO TRANSPORTE COLETIVO Chegada do transporte clandestino: meados de 1997 Serviço Alternativo

Leia mais

Capital privado em aeroportos: A experiência do Rio de Janeiro Julio Lopes, 23/04/09

Capital privado em aeroportos: A experiência do Rio de Janeiro Julio Lopes, 23/04/09 Capital privado em aeroportos: A experiência do Rio de Janeiro Julio Lopes, 23/04/09 A experiência do Rio de Janeiro tem como base a legislação vigente, modelo que já atende a vários aeroportos concessionados

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente. INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO

AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente. INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO AEROPORTO INTERNACIONAL SALGADO FILHO Jorge Herdina Superintendente INFRAESTRUTURA E OPERAÇÕES PROJETOS ESTRATÉGICOS e PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO OBJETIVO Divulgar os Projetos Estratégicos do Aeroporto

Leia mais

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS MAIO DE 2016 1 PRODUTOS 2 O objetivo do transporte aéreo é fornecer o serviço de transporte de cargas e passageiros.

Leia mais

INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS

INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS AEROPORTOS INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS 6 concessões de aeroportos Investimentos de R$ 26 Bilhões São Gonçalo do Amarante RN Brasília DF Guarulhos SP Confins MG Viracopos SP Galeão RJ 5 operadores aeroportuários

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE - NATAL (SBSG)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE - NATAL (SBSG) 2º TRIMESTRE de 21 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE - NATAL (SBSG) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 VI Seminário ALACPA de Pavimentos Aeroportuários e IV FAA Workshop Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 28 Outubro 2009 Arq. Jonas M. Lopes INFRAERO Aeroportos - Copa do Mundo 2014 Belo Horizonte

Leia mais

RESOLUÇÃO ANAC Nº, DE DE DE 2014.

RESOLUÇÃO ANAC Nº, DE DE DE 2014. RESOLUÇÃO ANAC Nº, DE DE DE 2014. Regulamenta a apresentação de Informações, relativas à Movimentação Aeroportuária, pelas Concessionárias de Serviço Público de Infraestrutura Aeroportuária e pelos administradores

Leia mais

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS

TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE AÉREO DE PASSAGEIROS DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL Edital de Chamamento Público de Estudos n. 003/2015 Processo: 00055.000799/2015-93 A SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA (SAC-PR),

Leia mais

PORTARIA Nº 169/SRA, DE 17 DE JANEIRO DE 2017.

PORTARIA Nº 169/SRA, DE 17 DE JANEIRO DE 2017. PORTARIA Nº 169/SRA, DE 17 DE JANEIRO DE 2017. Reajusta os tetos das tarifas aeroportuárias de embarque, conexão, pouso e permanência, domésticas e internacionais, e de armazenagem e capatazia da carga

Leia mais

PANORAMA DA REGULAÇÃO DA AVIAÇÃO CIVIL BRASILEIRA

PANORAMA DA REGULAÇÃO DA AVIAÇÃO CIVIL BRASILEIRA PANORAMA DA REGULAÇÃO DA AVIAÇÃO CIVIL BRASILEIRA Segurança jurídica, concorrência e adequação do serviço no transporte aéreo e na infraestrutura aeroportuária INTRODUÇÃO - TRANSPORTE 1927 empresas estrangeiras

Leia mais

Code-P0 AEROPORTOS PAC 2

Code-P0 AEROPORTOS PAC 2 Code-P0 AEROPORTOS PAC Atualizado em 05/03/0 0 Code-P ÍNDICE MAPA AEROPORTOS PAC 3 GUARULHOS 4 Projeto Básico do TPS 3 Terraplenagem para construção do TPS 3 Ampliação e Revitalização do Sistema de Pistas

Leia mais

DECISÃO Nº 84, DE 9 DE JULHO DE 2014.

DECISÃO Nº 84, DE 9 DE JULHO DE 2014. DECISÃO Nº 84, DE 9 DE JULHO DE 2014. Reajusta as tarifas aeroportuárias aplicáveis ao contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos, localizado em Campinas/SP. A DIRETORIA DA AGÊNCIA NACIONAL

Leia mais

Novas Concessões no Brasil. 03 de Setembro 2013

Novas Concessões no Brasil. 03 de Setembro 2013 Novas Concessões no Brasil 03 de Setembro 2013 Termo de ResponsabilidadeLegal As informações contidas nesta apresentação podem envolver projeções, expectativas, crenças, planos, intenções ou estratégias

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS - CAMPINAS (SBKP)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS - CAMPINAS (SBKP) º TRIMESTRE de 16 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS - CAMPINAS (SBKP) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL AGÊNCIA NACIONAL

Leia mais

TRENS DE ALTA VELOCIDADE

TRENS DE ALTA VELOCIDADE TRENS DE ALTA VELOCIDADE LINHA RIO SÃO PAULO OS PROJETOS AVALIADOS TRANSCORR RSC, desenvolvido sob a coordenação do GEIPOT (empresa vinculada ao MT, atualmente em processo de liquidação), com recursos

Leia mais

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12 JANEIRO 2,8451 2,7133 2,4903 2,3303 2,1669 1,9859 1,7813 1,6288 1,4527 1,3148 1,1940 1,0684 FEVEREIRO 2,8351 2,6895 2,4758 2,3201 2,1544 1,9676 1,7705 1,6166 1,4412 1,3048 1,1840 1,0584 MARÇO 2,8251 2,6562

Leia mais

Logística Aeroportuária Regulação, infraestrutura e concessões aeroportuárias

Logística Aeroportuária Regulação, infraestrutura e concessões aeroportuárias Logística Aeroportuária Regulação, infraestrutura e concessões aeroportuárias Piracicaba 30/03/2015 Roteiro Regulação da aviação civil A evolução recente do setor Os aeroportos mais importantes O processo

Leia mais

Secretaria de Estado da SIE Infraestrutura. Infraestrutura - MARÇO

Secretaria de Estado da SIE Infraestrutura. Infraestrutura - MARÇO Infraestrutura - MARÇO 2012 - AEROPORTOS EM SANTA CATARINA Mafra São Francisco Xanxerê 24 aeroportos públicos Itapiranga 4 administrados pela Infraero (Florianópolis, Navegantes, Joinville e Forquilhinha)

Leia mais

Transporte e Economia Transporte Aéreo de Passageiros Principais dados

Transporte e Economia Transporte Aéreo de Passageiros Principais dados Transporte e Economia Principais dados Transporte e Economia Estudo da CNT mostra desafios do setor que transporta mais de 100 milhões por ano O estudo Transporte e Economia é o primeiro trabalho da CNT

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 11ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS (CONAERO) 2014

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 11ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS (CONAERO) 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 11ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS (CONAERO) 2014 Local: Secretaria de Aviação Civil (Setor Comercial Sul, Quadra 09, Lote

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Tecnologia Departamento de Transportes. Introdução Plano geral de um aeroporto

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Tecnologia Departamento de Transportes. Introdução Plano geral de um aeroporto UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Tecnologia Departamento de Transportes AEROPORTOS Introdução Plano geral de um aeroporto Profª. Daniane F. Vicentini O traçado de um aeroporto depende de vários

Leia mais

Aviação Comercial no Brasil: Serviços e Infraestrutura Aeroportuária

Aviação Comercial no Brasil: Serviços e Infraestrutura Aeroportuária Aviação Comercial no Brasil: Serviços e Infraestrutura Aeroportuária Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República Sr. WAGNER BITTENCOURT 2 5 d e J u n h o d e 2 0

Leia mais

Análise da alocação de slots aeroportuários no Brasil

Análise da alocação de slots aeroportuários no Brasil PET - Economia UnB 3 de junho de 2014 Motivação O artigo tem como objetivo analisar a alocação de slots aeroportuários no Brasil Estrutura 1 Introdução 2 3 Atual regulação Proposta de resolução 4 5 6 Importância

Leia mais

Primeiro voo comercial do A380 para o Rio de Janeiro

Primeiro voo comercial do A380 para o Rio de Janeiro Primeiro voo comercial do A380 para o Rio de Janeiro Em 22 de agosto, às 20h05, o primeiro voo comercial do A380 aterrissou no RIOgaleão Aeroporto Internacional Tom Jobim. O voo da Air France entre Paris

Leia mais

CGNA CAPACIDADE DE PISTA ASMU 2014

CGNA CAPACIDADE DE PISTA ASMU 2014 CGNA CAPACIDADE DE PISTA ASMU 2014 OBJETIVO Apresentar conceitos relacionados à Capacidade de Pista, sua medição e os aspectos que possam interferir nos seus valores. ROTEIRO CONCEITOS RELAÇÃO ENTRE CAPACIDADE,

Leia mais

DECISÃO Nº 45, DE 8 DE MAIO DE 2015.

DECISÃO Nº 45, DE 8 DE MAIO DE 2015. DECISÃO Nº 45, DE 8 DE MAIO DE 2015. Reajusta os tetos das tarifas aeroportuárias aplicáveis ao Contrato de Concessão do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão Antônio Carlos Jobim, localizado

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 10ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS CONAERO 2013

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 10ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS CONAERO 2013 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 10ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS CONAERO 2013 Local: Secretaria de Aviação Civil (Setor Comercial Sul, Quadra 09, Lote

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO (DECEA) SERVIÇO REGIONAL DE PROTEÇÃO AO VOO DE SÃO PAULO (SRPV-SP)

DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO (DECEA) SERVIÇO REGIONAL DE PROTEÇÃO AO VOO DE SÃO PAULO (SRPV-SP) DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO (DECEA) SERVIÇO REGIONAL DE PROTEÇÃO AO VOO DE SÃO PAULO (SRPV-SP) SINDUSCON-SP (REGIONAL SANTOS) Workshop sobre as Novas Regras para Aprovação de Projetos Imobiliários

Leia mais

Teleconferência - Resultados 3T10 Novembro, Uma Consistente História de Investimento

Teleconferência - Resultados 3T10 Novembro, Uma Consistente História de Investimento Teleconferência - Resultados 3T10 Novembro, 2010 Uma Consistente História de Investimento 1 Disclaimer O material a seguir é uma apresentação confidencial contendo informações gerais sobre a GOL Linhas

Leia mais

Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO. Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br

Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO. Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br Code-P0 AEROPORTOS SÃO PAULO Jaime Parreira e-mail: jparreira@infraero.gov.br 0 Code-P1 AEROPORTOS DA REGIONAL DE SÃO PAULO Movimento Operacional Infraero Regional de São Paulo 2010 Passageiros 48.224.873

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Abril de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Números de Mercado 2 Mercado de Cartões 2008 Indicadores

Leia mais

CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES

CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES CRESCE BRASIL COPA 2014 Aeroportos: Desafios, preparativos, legados DARIO RAIS LOPES Roteiro Visão oficial Preparativos e pontos de atenção Impacto do tráfego nos aeroportos Gerenciamento da demanda Antes

Leia mais

Concessão de Aeroportos Florianópolis, Fortaleza, Porto Alegre e Salvador

Concessão de Aeroportos Florianópolis, Fortaleza, Porto Alegre e Salvador Concessão de Aeroportos Florianópolis, Fortaleza, Porto Alegre e Salvador Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental Modelagem Econômico- Financeira Projeção de Investimentos Estudos ambientais

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO SANTOS DUMONT - RIO DE JANEIRO (SBRJ)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO SANTOS DUMONT - RIO DE JANEIRO (SBRJ) 2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO SANTOS DUMONT - RIO DE JANEIRO (SBRJ) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL AGÊNCIA NACIONAL

Leia mais

RECENTES ALTERAÇÕES NO SETOR AÉREO: LEI /2011 E DECRETO 7.554/2001

RECENTES ALTERAÇÕES NO SETOR AÉREO: LEI /2011 E DECRETO 7.554/2001 RECENTES ALTERAÇÕES NO SETOR AÉREO: LEI 12.462/2011 E DECRETO 7.554/2001 Juliane Erthal de Carvalho Advogada de Justen, Pereira, Oliveira e Talamini 1. Introdução A infraestrutura aeroportuária, sem dúvida,

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS

AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO PAULO/GUARULHOS SITUAÇÃO ATUAL AMPLIAÇÃO março/2009 A Empresa 67 aeroportos (32 internacionais) 80 estações de apoio à navegação aéreaa s s 32 terminais de logística de carga

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 01/2016 ANEXO 2 DO CONTRATO DE CONCESSÃO

EDITAL DO LEILÃO Nº 01/2016 ANEXO 2 DO CONTRATO DE CONCESSÃO EDITAL DO LEILÃO Nº 01/2016 ANEXO 2 DO CONTRATO DE CONCESSÃO PLANO DE EXPLORAÇÃO AEROPORTUÁRIA (PEA) Sumário 1. Introdução... 3 2. Definições... 3 3. Objeto da Concessão... 4 4. Complexo Aeroportuário...

Leia mais

22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária

22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária OBRAS DA LINHA 2 DO SISTEMA METROVIÁRIO SALVADOR E LAURO DE FREITAS Planejamento, concepção e impactos na capital baiana e na Região Metropolitana de Salvador Luís Valença Diretor-presidente da CCR Metrô

Leia mais

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A.

SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. Transporte Público: Origens, Evolução e Benefícios Sociais do Bilhete Único 05/04/2005 Antecedentes Bilhetagem Automática 1974: Metrô de São Paulo bilhete magnético Edmonson Seguem-se:

Leia mais

Comissão do Controle do Perigo Aviário no Brasil CCPAB CNPAA

Comissão do Controle do Perigo Aviário no Brasil CCPAB CNPAA Comissão do Controle do Perigo Aviário no Brasil CCPAB CNPAA Quarto Seminário Internacional de Perigo Aviário e Fauna Brasília 24 / 28 NOV 08 Histórico da Evolução do Controle do Perigo Aviário no Brasil

Leia mais

DECISÃO Nº 144, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2015.

DECISÃO Nº 144, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2015. DECISÃO Nº 144, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2015. Altera os tetos das tarifas aeroportuárias aplicáveis ao Contrato de Concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos, localizado em Campinas (SP). O DIRETOR-PRESIDENTE

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS ESCOLA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM ECONOMIA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS ESCOLA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM ECONOMIA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS ESCOLA DE PÓS - GRADUAÇÃO EM ECONOMIA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO AVALIAÇÃO DE CONCESSÕES AEROPORTUÁRIAS ATRAVÉS DA TEORIA DAS OPÇÕES REAIS O CASO DO AEROPORTO DE GUARULHOS MARCELLO

Leia mais

TRANSPORTE AEROMÉDICO OPERAÇÕES

TRANSPORTE AEROMÉDICO OPERAÇÕES TRANSPORTE AEROMÉDICO OPERAÇÕES A OMNI TAXI AÉREO é uma empresa de resgate e transporte aeromédicos em plataformas (MEDEVAC) e transporte de passageiros OFF SHORE, Líder no mercado. Sede: Rio de Janeiro.

Leia mais

CURSO AVIAÇÃO CIVIL PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

CURSO AVIAÇÃO CIVIL PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA CURSO AVIAÇÃO CIVIL PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PLANEJAMENTO E GESTÃO DO TRANSPORTE AÉREO: UM BALANÇO E ANÁLISE DA GESTÃO AEROPORTUÁRIA APÓS AS CONCESSÕES DE AEROPORTOS Projeto apresentado ao Núcleo

Leia mais

Cenário Setor Aéreo Brasileiro Ministro Maurício Quintella

Cenário Setor Aéreo Brasileiro Ministro Maurício Quintella Cenário Setor Aéreo Brasileiro Ministro Maurício Quintella A associação foi criada em 2012 2 Princípios ABEAR Padrões Internacionais Estado Eficiente Liberdade Tarifária 3 + 2002 2015 4 Fontes: OACI, ANAC,

Leia mais

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro Copa do Mundo da FIFA Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 2014 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro O MTUR e a Ponto de partida : garantias oferecidas pelo governo federal, estados e

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL LUIZ EDUARDO MAGALHÃES - SALVADOR (SBSV)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL LUIZ EDUARDO MAGALHÃES - SALVADOR (SBSV) 2º TRIMESTRE de 216 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL LUIZ EDUARDO MAGALHÃES - SALVADOR (SBSV) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL

Leia mais

I 4 - INV 4 90 0 495 110.099.314

I 4 - INV 4 90 0 495 110.099.314 PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 256.092.869 26 TRANSPORTE 468.989.333 TOTAL - GERAL 725.082.202 122 ADMINISTRAÇÃO GERAL 21.077.996 126 TECNOLOGIA

Leia mais

NOVO AEROPORTO DE QUITO UMA SOLUÇÃO INTERESSANTE

NOVO AEROPORTO DE QUITO UMA SOLUÇÃO INTERESSANTE NOVO AEROPORTO DE QUITO UMA SOLUÇÃO INTERESSANTE Roberto Portella Bertazzo, Bacharel em História pela UFJF, Membro da Sociedade Latino Americana de Historiadores Aeronáuticos (LAAHS), Membro do Centro

Leia mais

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Code-P0 3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Brasília, Maio de 2012 Code-P1 Conteúdo do documento Visão geral das ações Visão por tema 1 Code-P2 Ciclos dos preparativos do

Leia mais

Desenvolvimento da Infraestrutura Aeroportuária

Desenvolvimento da Infraestrutura Aeroportuária Desenvolvimento da Infraestrutura Aeroportuária Reiterando o compromisso com a sociedade brasileira para o atendimento das crescentes demandas e necessidades do sistema aeroportuário nacional, a Secretaria

Leia mais

PLANO MITIGADOR DOS RISCOS DA COPA 2014 NO BRASIL

PLANO MITIGADOR DOS RISCOS DA COPA 2014 NO BRASIL PLANO MITIGADOR DOS RISCOS DA COPA 2014 NO BRASIL O Brasil foi escolhido para sediar um dos maiores eventos esportivo do planeta: a Copa do Mundo de 2014. Além do esforço de articulação e negociação do

Leia mais