MÍDIA E MEIO AMBIENTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÍDIA E MEIO AMBIENTE"

Transcrição

1 MÍDIA E MEIO AMBIENTE Acadêmicos: Catarina Teodoro Swelves Almeida Silvânia Ribeiro Gilney Andrade Orientador: Prof. MS.c. Flávio Pacheco RESUMO A proposta deste artigo é oferecer uma discussão entre que o os estudos mostram, a respeito da contribuição da mídia em relação ao conhecimento da população sobre meio ambiente, em contraponto à percepção que a mesma tem das informações obtidas pela imprensa. Fez-se um apanhado sobre o assunto consultando dados secundários sobre estudos dessa relação: mídia e meio ambiente. Também foi feita uma pesquisa empírica com 100 habitantes de Palmas-TO. Pode-se ressaltar um ponto importante, existe um desacordo entre aquilo que os autores constatam em relação à divulgação veiculada pela mídia, e o que a população diz receber de informações sobre o tema. Enquanto os estudiosos alegam uma imprensa omissa, mais da metade dos entrevistados apontam seus conhecimentos sobre o tema advindos da mídia. Palavras Chaves: Meio Ambiente. Mídia. Sustentabilidade

2 2 1 INTRODUÇÃO A mídia tem como maior objetivo alcançar a população com suas informações, propagando assuntos importantes, úteis e atuais, e nada mais atual e politicamente correto hoje em dia, do que os assuntos relacionados ao meio ambiente. Além de manter uma boa imagem divulgando esses assuntos, esperase que beneficiem a sociedade promovendo a sensibilização sobre cuidados com meio ambiente. Neste sentido este estudo se propõe a analisar o comportamento em responsabilidade social da imprensa brasileira. Este estudo visa também identificar se a população de Palmas entende e assimila as divulgações da mídia em relação aos assuntos inerentes ao meio ambiente. O presente artigo esta dividido em cinco partes. A primeira parte apresentada nesta introdução, trás a justificativa e os objetivos da pesquisa. A segunda, aponta os referencias teóricos ligados a mídia, meio ambiente e sustentabilidade. A terceira mostra a metodologia, informando como o artigo foi desenvolvido. Na quarta parte, análise de resultados, onde é demonstrada a pesquisa com a população de Palmas. Por último as considerações finais, momento que o tema é retomado e a discussão é feita sobre o aspecto de contribuir com o assunto meio ambiente e mídia. 2 REFERENCIAL TEÓRICO 2.1 Breve Histórico da Imprensa No Brasil, os primeiros jornais surgiram em 1808, a rádio em 1903, a televisão em 1950 e mais recentemente, no final do século XX, a internet. Para entender melhor essas divisões da Imprensa, será apresentado um breve resumo do surgimento de cada segmento Imprensa escrita A inauguração da Imprensa escrita, no Brasil, tem duas datas como marcos fundadores: lançamento em Londres, do Correio Braziliense, em 01 de junho

3 3 e a criação da Gazeta do Rio de Janeiro em 10 de setembro, ambos em Nessa época só se publicava matérias sobre legislação e papéis diplomáticos e não se tinha nenhuma liberdade de imprensa (ANJ.ORG, 2010). Em 1821 começa a circular uma imprensa política com jornais totalmente privados, que defendem a tese de que a imprensa deveria ser tanto livre como responsável. O desenvolvimento dos jornais se intensificou na segunda metade do século XIX, quando se modernizou seu maquinário e suas instalações (ANJ. ORG, 2010). A imprensa da República Velha, apesar da repressão que sofria, desenvolve dois novos segmentos, um voltado para classe operária e outro voltado para os imigrantes. No regime militar surge uma imprensa alternativa, pois a censura tornou esse período extremamente difícil. Só com o restabelecimento da democracia, consolidou-se a liberdade de imprensa (ANJ.ORG, 2010). Percebe-se que após a imprensa começar a fazer uso da tecnologia seu avanço foi impulsionado. Mesmo na época da ditadura, quando a censura impunha seus limites arbitrários, ela achou caminhos alternativos para não ter que se calar Rádio No dia 7 de setembro de 1922, realiza-se a primeira transmissão de rádio no Brasil, em comemoração ao centenário da Independência. Depois, só em 1923, Roquete Pinto inaugura a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, apresentando programas educacionais e culturais. A propaganda só é inserida na programação em 1932, com Waldo de Abreu que criou os primeiros anúncios de rádio (BLOGSPOT.COM, 2009). Começa no ano de 1948 a fase áurea do rádio com programas de auditório. A rádio muda um pouco sua linguagem com a criação da Rádio Cidade FM, em 1977, e em 1997 já está presente em 90,3% dos domicílios brasileiros (BLOGSPOT.COM, 2009). Fica nítido no resumo acima que hoje em dia o rádio é um meio de comunicação de fácil acesso aos brasileiros, constituindo-se então um importantíssimo veiculo de informação.

4 Televisão Em 18 de setembro de 1950 é inaugurada a primeira emissora no Brasil, a PRF-3 TV Difusora, com transmissão para 200 aparelhos espalhados em determinados pontos da cidade de São Paulo. Os aparelhos eram importados dos Estados Unidos e os artistas e técnicos trazidos da rádio. Os programas eram adaptações dos quadros de sucesso da rádio e do teatro e contavam com muitos improvisos (ZIMMERMAN,1996). Em 1962 foi promulgado o código brasileiro de telecomunicações e na mesma época ganha outro grande impulso, o videoteipe, que possibilitou uma nova estratégia de programação, onde podia se veicular o mesmo programa por vários dias. Durante o Regime Militar a TV passa da fase de improvisação e começa a ter padrões norte-americanos, torna-se mais profissional, surgem grandes ídolos e se populariza definitivamente, mesmo com a ditadura limitando seu crescimento e criatividade (ZIMMERMAN, 1996). Percebe-se que a tecnologia dita as regras novamente, permitindo grandes avanços tanto no formato das programações como no acesso à compra de aparelhos televisivos Internet A internet constitui hoje a maior rede mundial de computadores. Além facilitar a comunicação, tornou-se uma ferramenta de trabalho e dispõe de informações de fácil acesso, aproximando diferentes realidades sociais. No Brasil, somente no ano de 1995 a internet deixou de ser privilégio das universidades e da iniciativa privada para se tornar de acesso público, desde então o número de provedores que oferecem o serviço e o número de usuários que utilizam este recurso aumentam a cada ano (WIKIPEDIA, 2010). Não se pode negar que a internet se populariza de forma acelerada e irreverssível, tornando-se imprescindível para o crescimento em qualquer aréa de trabalho. Conclui-se, pelos resumos acima, que o poder da mídia é incontestável, haja visto seu crescimento em todos os seus segmentos. Estando presente em nosso cotidiano, ditando regras e formando opinões.

5 5 2.2 Meio Ambiente Lima e Silva (1999), define Meio Ambiente como um conjunto de fatores naturais, sociais e culturais que envolvem um individuo e com os quais ele interage, influenciando e sendo influenciado por eles. Quando se fala em meio ambiente a primeira idéia que vem a cabeça relaciona-se ao meio ambiente natural: ar, água, solo, fauna e flora. Mas o homem evoluiu passando a viver em sociedade, alterando seu habitat natural, usufruindo hoje de recursos artificiais tais como: energia elétrica, gás, telefone, etc. Criando um meio ambiente artificial que se contrapõe ao natural. Com a evolução o homem começou também a cultivar valores que formam sua identidade cultural: musica, danças, artesanatos, etc. Diferenciando-se dos demais pelos seus costumes, temos aí então o meio ambiente cultural. Como último conceito ainda decorrente da evolução humana, há o meio ambiente do trabalho, caracterizado pelo esforço físico e/ou intelectual para gerar renda e sustento (NOGUEIRA, 2006). A Constituição Federal (1988) em seu art. 225, dispõe: Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendêlo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. Sendo assim, pode-se considerar que o meio ambiente é inerente ao homem. A natureza se oferece generosamente ao bel prazer da sociedade, sem contudo deixar de cobrar preços altos posteriormente. Tem-se o direito ao meio ambiente adequado e agradável, e há de criar-se também uma consciência para que se possa não somente sobreviver, mas principalmente viver com qualidade e sustentabilidade. 2.3 Mídia e Meio Ambiente Nesse artigo, para analisarmos como a mídia se comporta em relação aos assuntos inerentes ao meio ambiente, enfoca-se a televisão por ser o veículo de mídia mais popular, e de maior abrangência.

6 6 Trigueiro (2005), afirma que os programas de uma forma geral passam a idéia de que o meio ambiente se resume a fauna e flora e ainda é tratado de uma forma periférica. Existe uma dificuldade de interação entre os especialistas, de um lado os ambientalistas isolados, falando entre si, afastando o público leigo, e de outro lado os jornalistas simplificando demais os conceitos ambientais para facilitar sua vida de informante. O tempo da mídia é o agora, o que acontecerá daqui algumas décadas tem pouquíssima importância, outro fato que ele considera importante é que o jornalismo ambiental não é interessante a empresas públicas e privadas que agem na contramão da sustentabilidade. O que se nota é que a informação deve ser de fácil aceitação para ser apreciada, muito mais fácil falar de bichos do que poluição ou super aquecimento global, etc. Para se dizer clara e objetiva a mídia simplifica tanto que não consegue atingir de fato a população. Trigueiro (2003), afirma que não basta denunciar o que está errado, o que se espera da mídia nesse século é a sinalização de um rumo e de uma perspectiva com soluções inteligentes e sustentáveis para problemas inerentes a um modelo de desenvolvimento ecologicamente predatório, socialmente perverso e politicamente injusto. Existe urgência de uma abordagem mais agressiva da mídia na direção dos assuntos ambientais. Ziggiatti (2000), destaca que a comunicação é essencial para a sensibilização da sociedade sobre como agir para a promoção do desenvolvimento sustentável. É esse contexto que se põe como missão da mídia, a massificação do conceito de desenvolvimento sustentável. Espera-se da imprensa uma posição mais séria em relação ao meio ambiente, visto que tem papel fundamental no comportamento da sociedade, que olhe para o futuro com olhos responsáveis. Que mude de atitude e promova com urgência ações que como consequência mudarão atitudes individuais e globais para um meio ambiente saudável. 2.4 Sustentabilidade Desenvolvimento sustentável tem como meta suprir as necessidades das gerações atuais sem comprometer os recursos naturais para as futuras gerações.

7 7 Procura fazer ao mesmo tempo um uso razoável dos recursos da terra, preservando o meio ambiente (WIQUIPÉDIA, 2010). Para ser alcançado o desenvolvimento sustentável depende do planejamento e do reconhecimento de que os recursos naturais são finitos. Esse conceito representa uma nova forma de desenvolvimento econômico que leva em conta o meio ambiente, sugerindo ainda que a qualidade deva ser priorizada em relação à quantidade, com a redução do uso de matérias primas e o aumento da reutilização e da reciclagem (WWF-BRASIL, 2010). Nota-se a importância do conhecimento em relação aos fatores relacionados ao meio ambiente para ter consciência dos limites dos recursos naturais para poder preservá-los de forma eficaz. Descobrindo formas de minimizar o impacto ambiental e promover um desenvolvimento mais condizente com aquilo que se necessita para sobrevivência das futuras gerações. Jacobi (1997) cita que as dimensões apontadas pelo desenvolvimento sustentável contemplam aspectos econômicos, ambientais e sociais, como referencias para interpretação do mundo e para possibilitar interferências na predação prevalecente nos dias atuais. O desenvolvimento sustentável procura uma estratégia ou modelo múltiplo para a sociedade levando em conta a viabilidade econômica e social. Mesmo porque este conceito tomou força diante da existência de uma crise ambiental, econômica e também social. Vale ainda descrever de forma sucinta os três componentes que formam o tripé da sustentabilidade, a saber: Sustentabilidade ambiental: capacidade que o ambiente natural tem de manter as condições de qualidade de vida para as pessoas e para as espécies, tem em conta a habitabilidade, a beleza do ambiente e a sua função como fonte de energia renováveis (PERCEPÇÕES.ORG. BR, 2009). Sustentabilidade econômica: conjunto de medidas e políticas que visam a incorporação de conceitos ambientais e sociais, criando assim uma interligação entre vários setores. O lucro não e somente medido na vertente financeira mais também na vertente ambiental e social (PERCEPÇÕES.ORG. BR, 2009). Sustentabilidade sócio-política: centra-se no equilíbrio social quer na sua vertente desenvolvimento social, como sócio - econômica. É um veiculo da economia que ao mesmo tempo pretende desenvolver o lado social humano e cultural (PERCEPÇÕES.ORG. BR, 2009).

8 8 Esse conceito julga que a relação harmoniosa entre os segmentos econômicos, ambientais e sociais, se faz necessária e urgente para que se atenda as necessidades vitais da sociedade e o meio ambiente sem deixar de levar em conta o crescimento econômico. 3 METODOLOGIA 3.1 Objeto de Estudo Este trabalho visa obter informações sobre influencia da mídia no conhecimento referente ao meio ambiente. Tentando fazer um paralelo entre o conteúdo veiculado pela mídia e o teor de absorção da população. Os objetos de estudos serão portanto a população do centro de Palmas e a pesquisa bibliográfica de estudos publicados por especialistas na área ambiental. 3.2 Método Para o desenvolvimento deste estudo utilizou-se a pesquisa bibliográfica descritiva e ainda a abordagem quantitativa. A pesquisa bibliográfica é um procedimento formal com o método do pensamento reflexivo que requer um tratamento científico e se constitui no caminho para se conhecer a realidade ou para se descobrir verdades parciais. (MARCONI E LAKATOS, 1993). A abordagem quantitativa foi realizada em campo com 100 moradores da cidade de Palmas que foram questionados em relação a gênero, faixa etária, grau de escolaridade e conhecimentos sobre o meio ambiente. Nessa pesquisa foram abordados, de forma equilibrada homens e mulheres, com maior número de pessoas com faixa etária entre 19 e 35 anos e Ensino Médio completo População e amostra Diante da população de Palmas, que hoje gira em torno de 200 mil pessoas, se decidiu entrevistar 100 pessoas no centro da cidade.

9 9 prazo e recursos. Escolheu-se pela amostra não probalística por conveniência, por conta de Questionário Quantitativo Elaborou-se um questionário para abordagem com uma parcela da população de Palmas, com o objetivo de identificar o conhecimento sobre assuntos inerentes ao meio ambiente, e qual a influência da mídia sobre esse conhecimento. Nessa pesquisa foram abordados, de forma equilibrada homens e mulheres. 4 ANÁLISE DE RESULTADOS Figura 1 : Gênero É possível notar que a maioria dos entrevistados são do sexo feminino. Sendo 44% do sexo masculinos e 56% do sexo feminino.

10 10 Figura 2 : Faixa Etária A maioria dos entrevistados estão na faixa de 19 e 35 anos: 31% entre 19 e 25 anos de idade e 30 % entre 26 e 35 anos. Figura 3 : Escolaridade A maioria dos entrevistados, 55%, tem o Ensino Médio concluído e 27% o Nível Superior Incompleto.

11 11 Figura 4: Grau de conhecimento sobre o meio ambiente. O nível de conhecimento sobre o tema dos entrevistados se distribui em: 44% bom, 36% regular, 13% muito bom, 4% excelente, 3% ruim. Figura 5 : Categorias de programas mais assistidos Entre os entrevistados 45% optam pelo Jornalismo, 20% Entretenimento, 15% Documentário, 11% Educacional, 9% Esportivo.

12 12 Figura 6 : Influência da mídia sobre o conhecimento da população sobre o tema. O resultado da pesquisa mostra que 45% das pessoas entrevistadas recebem muita influência e 45% recebem pouca influência, restando apenas 10% para nenhuma informação. 4% 38% 58% Muito Pouco Nenhum Figura 7 : Curiosidade sobre o tema abordado Em relação a busca de informação a maioria, 58% tem interesse, 38% nem tanto e 10 % nenhum.

13 13 Figura 8 : Qual o tema mais abordado pela mídia Dos entrevistados 58% alegam que se divulgam mais o Aquecimento Global, 19% Poluição, 13% Desmatamento da Amazônia, 9% Aquecimento Global, 1% Extinção de Animais. Figura 9: Grau de satisfação sobre as informações passada pela mídia Dos entrevistados 45% dizem receber informação de forma satisfatória pela mídia e 39% falam que é pouco satisfatório a informação recebida.

14 14 Figura 10: Emissoras Das emissoras que proporcionam o conhecimento sobre o meio ambiente encontra-se a rede Globo com 40% TV Cultura com 37% TV Record com 8% sendo estas as de preferência pela população. Figura 11: Horários O maior percentual da população prefere ou tem disponibilidade para assistir televisão no período noturno com 63% de audiência, 24% a tarde, 8% manhã e apenas 5% de madrugada.

15 15 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS O alcance e o poder da mídia são inegáveis, tanto quanto o problema ambiental hoje é critico ou mesmo insustentável. Então se espera um envolvimento real e profundo em todos os segmentos da imprensa, para uma sensibilização significativa da sociedade em relação aos problemas ambientais. Neste artigo pode-se concluir, que a omissão que se previa em relação a função da mídia em propagar a preservação do meio ambiente não é real, visto que a metade dos entrevistados alegam terem seus conhecimentos advindos da imprensa. Considerando o poder da imprensa como formadora de opinião, e o inexpressivo compromisso da população com sustentabilidade, chega-se a conclusão, que se não é omissa, a imprensa é superficial e ineficaz, quando se trata do assunto. Agora, pode-se entender essa atitude diante de uma sociedade capitalista, onde se busca o lucro acima de tudo, e onde a sustentabilidade segue na contra mão do que hoje se conhece como desenvolvimento. 6 BIBLIOGRAFIA ANJ.ORG, Disponível em Acesso em mar/2010. JACOBI, Disponível em 20sust,%20educ% pdf. Acesso em abr/2010. LIMA E SILVA, Disponível em Acesso em mar/2010. MARCONI E LAKATOS, Disponível em nvest.htm. Acesso em abr/2010. NOGUEIRA, Disponível em planetasustentavel.abril.com.br/.../ambiente/paulonogueira-neto-otimismo-ambiental-moderado-dia-mundial-meio-ambiente Acesso em mar/2010. PERCEPÇÕES.ORG. BR. Disponível em sa.asp. Acesso em abr/2010.

16 16 TRIGUEIRO, André, Meio Ambiente no Século 21, Campinas: Sextante, TRIGUEIRO, André, Mundo Sustentável Abrindo Espaço na Mídia para um Planeta em transformação, São Paulo: Globo, WIKIPEDIA, Disponível em Acesso em mar/2010. WWF-BRASIL, Disponível em Acesso em mar/2010 ZIGGIATTI, M. M. Jornalismo Ambiental. Disponível em Acesso em mar/2010. ZIMMERMANN, Daniel Síntese da História da TV Brasileira. Disponível em Acesso em mar/2010

ANALISE DO COMPORTAMENTO SOCIOAMBIENTAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PALMAS

ANALISE DO COMPORTAMENTO SOCIOAMBIENTAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PALMAS ANALISE DO COMPORTAMENTO SOCIOAMBIENTAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PALMAS XAVIER, Patrícia Alves Santana LIMA, Suzany Saraiva GOMES, Alan Rios RESUMO O presente estudo teve como objetivo analisar

Leia mais

A PRÁTICA DE ENSINO EM QUÍMICA: EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE COMO TEMA TRANSVERSAL

A PRÁTICA DE ENSINO EM QUÍMICA: EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE COMO TEMA TRANSVERSAL A PRÁTICA DE ENSINO EM QUÍMICA: EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE COMO TEMA TRANSVERSAL Ana Maria G. D. MENDONÇA 1, Darling L. PEREIRA 2,,José J. MENDONÇA 3, Aluska M. C. RAMOS 4 Maria S. B. DUARTE

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM

CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM CARACTERÍSTICAS DA MÍDIA Profa. Marli Hatje Educação Física e as Novas TICs CEFD/UFSM Jornal Revista Televisão Rádio Internet - Relata o que já passou e o que vai acontecer; -Credibilidade; - Cobertura

Leia mais

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA Ingressar em um emprego mediante concurso público é ambição para muitas pessoas, isso se deve ao fato de que o salário oferecido, a estabilidade, os benefícios na maioria dos cargos é bastante superior

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: DIREITO FUNDAMENTAL AO SER HUMANO

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: DIREITO FUNDAMENTAL AO SER HUMANO 1 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: DIREITO FUNDAMENTAL AO SER RESUMO HUMANO Luísa Arnold 1 Trata-se de uma apresentação sobre a preocupação que o homem adquiriu nas últimas décadas em conciliar o desenvolvimento

Leia mais

Televisão brasileira: o início da problemática 1

Televisão brasileira: o início da problemática 1 Televisão brasileira: o início da problemática 1 AUTOR: QUINTANA JÚNIOR, José CURSO: Comunicação Social Jornalismo/Unifra, Santa Maria, RS OBRA: CAPARELLI, Sérgio. Televisão e capitalismo no Brasil: com

Leia mais

O CENTRO CULTURAL TAMBOLELÊ E A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE INCLUSÃO SOCIAL

O CENTRO CULTURAL TAMBOLELÊ E A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE INCLUSÃO SOCIAL O CENTRO CULTURAL TAMBOLELÊ E A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE INCLUSÃO SOCIAL Denis ARAÚJO Fernando D AGOSTINI Márcia Regina FANTINI Orlando PINEL Pedro Alberto ANDRADE Shelber CRUZ Lamounier Lucas PEREIRA

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 89 CNT 18 a 22 de Junho de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL. João Rodrigues de Souza

FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL. João Rodrigues de Souza FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL João Rodrigues de Souza A PSICOPEDAGOGIA E A INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL CUIABÁ- MT JULHO 2015 2 RESUMO

Leia mais

PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA

PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA TELEVISÃO ABERTA NOS ESTADOS DO AMAZONAS, MATO GROSSO DO SUL, PARÁ, RONDÔNIA, RORAIMA E ACRE

Leia mais

A nova leitura feminina: o que as adolescentes estão lendo? Eixo temático Livre

A nova leitura feminina: o que as adolescentes estão lendo? Eixo temático Livre A nova leitura feminina: o que as adolescentes estão lendo? Cintia Kath Blank 1 Ana Paula Damasceno 2 Eixo temático Livre RESUMO Observa-se na história da leitura feminina hábitos de leitura estabelecidos

Leia mais

PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA

PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIAS PROGRAMA NACIONAL DE MODERNIZAÇÃO DO CONTROLE EXTERNO PROMOEX PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA PESQUISA QUANTITATIVA NOVEMBRO / DEZEMBRO / 2010

Leia mais

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Comunicação é um direito de todos No Brasil, os meios de comunicação estão concentrados nas mãos de poucas empresas familiares que têm a

Leia mais

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online?

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? Edgar Marcucci Reis 1 Jéssica Naiara dos Santos Batista 2 Resumo: O artigo apresenta uma visão sobre os ambientes online encontrados

Leia mais

A Educação Ecológica das Organizações Não Governamentais na Construção da Cidadania Ambiental

A Educação Ecológica das Organizações Não Governamentais na Construção da Cidadania Ambiental derphilosopher A Educação Ecológica das Organizações Não Governamentais na Construção da Cidadania Ambiental Eliane Thaines Índice INTRODUÇÃO... 2 A EDUCAÇÃO ECOLÓGICA DAS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS...

Leia mais

Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global

Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global Este Tratado, assim como a educação, é um processo dinâmico em permanente construção. Deve portanto propiciar a reflexão,

Leia mais

1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL. IBOPE Opinião

1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL. IBOPE Opinião 1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas

Leia mais

ESTUDO DE POLUIÇÃO E RESÍDUOS COM ÊNFASE NA REGIÃO SUL DO BRASIL

ESTUDO DE POLUIÇÃO E RESÍDUOS COM ÊNFASE NA REGIÃO SUL DO BRASIL ESTUDO DE POLUIÇÃO E RESÍDUOS COM ÊNFASE NA REGIÃO SUL DO BRASIL Marília da Costa Ribas Especialista em Ecologia Social e Educação Ambiental Professora do Colégio Estadual Júlio de Castilhos mribas@terra.com.br

Leia mais

A OFERTA DE CONTEÚDO MULTIPLATAFORMA NA TELEVISÃO ABERTA BRASILEIRA ENTRE OS ANOS DE 2005 E 2011

A OFERTA DE CONTEÚDO MULTIPLATAFORMA NA TELEVISÃO ABERTA BRASILEIRA ENTRE OS ANOS DE 2005 E 2011 Ciências Humanas e Sociais Comunicação A OFERTA DE CONTEÚDO MULTIPLATAFORMA NA TELEVISÃO ABERTA BRASILEIRA ENTRE OS ANOS DE 2005 E 2011 Ingo A.F. von Ledebur 1 Thiago H. Ruotolo da Silva 2 Gabriela Rufino

Leia mais

5. CONCLUSÃO. 5.1 Resumo dos Resultados

5. CONCLUSÃO. 5.1 Resumo dos Resultados 5. CONCLUSÃO 5.1 Resumo dos Resultados O presente trabalho se propôs a entender os significados atribuídos pelo público feminino de baixa renda no consumo dos produtos do mercado HPPC, especificamente

Leia mais

Utilização sustentável dos recursos naturais

Utilização sustentável dos recursos naturais Utilização sustentável dos recursos naturais O conceito de desenvolvimento sustentável, segundo a declaração da Conferência da ONU sobre o Meio Ambiente e desenvolvimento do Rio de Janeiro, em 1992, diz

Leia mais

Uma Campanha Cinematográfica O caso da campanha promocional do CINE PE 2011 1

Uma Campanha Cinematográfica O caso da campanha promocional do CINE PE 2011 1 Uma Campanha Cinematográfica O caso da campanha promocional do CINE PE 2011 1 Silvana Marpoara 2 Aloísio Beltrão 3 Analice Croccia 4 Faculdade Mauricio de Nassau, Recife, PE RESUMO As campanhas publicitárias

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA RECREAÇÃO PARA O IDOSO INSTITUCIONALIZADO

IMPORTÂNCIA DA RECREAÇÃO PARA O IDOSO INSTITUCIONALIZADO IMPORTÂNCIA DA RECREAÇÃO PARA O IDOSO INSTITUCIONALIZADO Eliane de Sousa Leite/Universidade Federal de Campina Grande/UFCG. E-mail: elianeleitesousa@yahoo.com.br Jeruzete Almeida de Menezes/ Universidade

Leia mais

AFETIVIDADE E EDUCAÇÃO: A RELAÇÃO PROFESSOR/ALUNO INTERFERE NA PREFERÊNCIA DA DISCIPLINA?

AFETIVIDADE E EDUCAÇÃO: A RELAÇÃO PROFESSOR/ALUNO INTERFERE NA PREFERÊNCIA DA DISCIPLINA? AFETIVIDADE E EDUCAÇÃO: A RELAÇÃO PROFESSOR/ALUNO INTERFERE NA PREFERÊNCIA DA DISCIPLINA? ZONTA, Marinez Arruda FACIAP/UNIPAN FERREIRA, Josiane Peres FACIAP/UNIPAN e PUCRS RESUMO

Leia mais

EVOLUÇÃO DA MÍDIA AUDIOVISUAL ANDRÉIA SOARES F. DE SOUZA

EVOLUÇÃO DA MÍDIA AUDIOVISUAL ANDRÉIA SOARES F. DE SOUZA EVOLUÇÃO DA MÍDIA AUDIOVISUAL ANDRÉIA SOARES F. DE SOUZA Cronograma de Evolução da Mídia Audiovisual no Brasil Gráfico representativo do desenvolvimento de mídia audiovisual no Brasil década a década A

Leia mais

CRIAÇÃO DE UM PRODUTO JORNALÍSTICO: SITE PAPO DE MULHER

CRIAÇÃO DE UM PRODUTO JORNALÍSTICO: SITE PAPO DE MULHER PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO FACULDADE DE JORNALISMO BÁRBARA COSTA LEÃO DE OLIVEIRA BRUNO ALVES DE SOUZA JAMILLE CASTELO BRANCO JHONATAS HENRIQUE SIMIÃO

Leia mais

CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014

CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014 CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014 O Rio ao Vivo é a primeira plataforma de transmissão online, em tempo real,com imagens de alta qualidade dos locais mais movimentados do Rio de Janeiro para o mundo.

Leia mais

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06)

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06) (condicionante 06) Março 2014 1 INTRODUÇÃO Em atendimento à condicionante nº 06 da LO067/10, de 09/12/2010, referente ao processo nº 00094/1994/006/2009, foi elaborado este relatório anual contendo informações

Leia mais

VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM AS ESCOLAS FORMANDO COM-VIDA CONSTRUINDO AGENDA 21AMBIENTAL NA ESCOLA

VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM AS ESCOLAS FORMANDO COM-VIDA CONSTRUINDO AGENDA 21AMBIENTAL NA ESCOLA VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM AS ESCOLAS FORMANDO COM-VIDA CONSTRUINDO AGENDA 21AMBIENTAL NA ESCOLA COM-VIDA Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola Criado a partir das deliberações da I Conferência

Leia mais

Suas palestras são personalizadas de acordo com o evento e perfil do público, sempre interativas e provocando reflexões sobre temas diversos

Suas palestras são personalizadas de acordo com o evento e perfil do público, sempre interativas e provocando reflexões sobre temas diversos Serginho GROISMAN PERFIL Serginho Groisman é considerado um dos mais populares apresentadores e formadores de opinião da televisão brasileira. Em suas palestras, o entusiasmo pela vida contagia o público

Leia mais

MOBILIZAÇÃO SOCIAL NA COMUNIDADE SANTA LÚCIA: COMUNICAÇÃO AMBIENTAL

MOBILIZAÇÃO SOCIAL NA COMUNIDADE SANTA LÚCIA: COMUNICAÇÃO AMBIENTAL MOBILIZAÇÃO SOCIAL NA COMUNIDADE SANTA LÚCIA: COMUNICAÇÃO AMBIENTAL 1 KEESEN, Fabíola; 2 RIBEIRO, Lucas Soares Vilas Boas; 3 CAMARGOS, Tatiana Cristina Cândido; 4 BAHIA, Jean; 5 MAIA, Kérsia Maria Pontes.

Leia mais

LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL

LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL Rafael Antônio Nunes COURA³;Milena Alves da Silva SOUZA³; Isabela Fatima Silveira MARTINS³; Cássia Maria Silva NORONHA¹ e Eriks Tobias VARGAS².

Leia mais

Atitudes pela Educação Novembro de 2014

Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Realização: Instituto Paulo Montenegro IBOPE Inteligência Parceiros da pesquisa: Todos Pela Educação Fundação Itaú Social Fundação Maria Cecília Souto Vidigal Fundação

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA Resumo MELO, Sérgio Correa SEED/PR sergiomelloscm@gmail.com BRANCO, Eguimara Selma SEED/PR eguibranco@gmail.com Eixo Temático:

Leia mais

Pedro de Almeida CANTO 2 Universidade Federal do maranhão

Pedro de Almeida CANTO 2 Universidade Federal do maranhão Conexão Brasil: presença de educação com música através da radiodifusão e formação de rede 1 Pedro de Almeida CANTO 2 Universidade Federal do maranhão RESUMO Contextualiza a educação dentro da história

Leia mais

PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE HABITANTE DO MUNICÍPIO DE SÃO GABRIEL-RS ENVIRONMENTAL PERCEPTION FROM THE CITY OF SÃO GABRIEL-RS'S HABITANTS

PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE HABITANTE DO MUNICÍPIO DE SÃO GABRIEL-RS ENVIRONMENTAL PERCEPTION FROM THE CITY OF SÃO GABRIEL-RS'S HABITANTS Eixo Temático: Inovação e Sustentabilidade PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE HABITANTE DO MUNICÍPIO DE SÃO GABRIEL-RS RESUMO ENVIRONMENTAL PERCEPTION FROM THE CITY OF SÃO GABRIEL-RS'S HABITANTS Ana Paula Fleig Saidelles,

Leia mais

Gestão escolar: revendo conceitos

Gestão escolar: revendo conceitos Gestão escolar: revendo conceitos Myrtes Alonso É um equívoco pensar que o desempenho da escola se expressa apenas nos resultados da aprendizagem obtidos nas disciplinas e que é fruto exclusivo do trabalho

Leia mais

Mídia Kit. Produzido por Luis Daniel da Silva Rodrigo Almeida Tancy Costa Mavignier. Jornalistas

Mídia Kit. Produzido por Luis Daniel da Silva Rodrigo Almeida Tancy Costa Mavignier. Jornalistas Mídia Kit Produzido por Luis Daniel da Silva Rodrigo Almeida Tancy Costa Mavignier Jornalistas Índice Quem somos... 3 Conteúdo... 3 Temática... 4 Periodicidade... 5 Redes Sociais... 5 Estatísticas de visitas...

Leia mais

ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE RÁDIO EM MEIOS DIGITAIS APLICADOS NA EDUCAÇÃO E NO DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO.

ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE RÁDIO EM MEIOS DIGITAIS APLICADOS NA EDUCAÇÃO E NO DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO. 986 ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE RÁDIO EM MEIOS DIGITAIS APLICADOS NA EDUCAÇÃO E NO DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO. Ricardo Fadul Domingues - Regional Uni-FACEF Silvio Carvalho Neto - Uni-FACEF INTRODUÇÃO O

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Direito Ambiental Internacional e Interno: Aspectos de sua Evolução Publicado na Gazeta Mercantil em 12 de dezembro de 2002 Paulo de Bessa Antunes Advogado Dannemann Siemsen Meio

Leia mais

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS A pesquisa foi realizada no período de 24 a 30 de abril de, com uma amostra de 545 questionários. Utilizou-se o dimensionamento da pesquisa probabilística com p=0,50 e q=0,50, confiabilidade 95%, margem

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

A Evolução da Mídia Exterior. Projeto de Mídia Exterior JOINVILLE TOTAL

A Evolução da Mídia Exterior. Projeto de Mídia Exterior JOINVILLE TOTAL A Evolução da Mídia Exterior Projeto de Mídia Exterior JOINVILLE TOTAL JOINVILLE Com aproximadamente 516 mil habitantes, Joinville, também conhecida como Cidade das Flores, é a maior e mais próspera cidade

Leia mais

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes.

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. resultados positivos para os servidores? qualidade de vida fernando rocha wesley schunk

Leia mais

INTEGRAÇÃO DAS DIFERENTES POLÍTICAS PÚBLICAS RELACIONADAS À PROTEÇÃO DA ÁGUA E SAÚDE: UM OLHAR A PARTIR DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O PAPEL DOS MUNICÍPIOS

INTEGRAÇÃO DAS DIFERENTES POLÍTICAS PÚBLICAS RELACIONADAS À PROTEÇÃO DA ÁGUA E SAÚDE: UM OLHAR A PARTIR DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O PAPEL DOS MUNICÍPIOS INTEGRAÇÃO DAS DIFERENTES POLÍTICAS PÚBLICAS RELACIONADAS À PROTEÇÃO DA ÁGUA E SAÚDE: UM OLHAR A PARTIR DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E O PAPEL DOS MUNICÍPIOS Cleci Teresinha Noara Assistente Social Fundação Agência

Leia mais

VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO

VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO ONDE OS EMPREENDEDORES BUSCAM INFORMAÇÃO? ÍNDICE 1. Quais os meios de comunicação mais utilizados? 2. Como são os hábitos de utilização? 3. Como é na minha região? 4. Mapas de comunicação

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DO CURO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA LET 02630 LÍNGUA PORTUGUESA Noções gerais da língua portuguesa. Leitura e produção de diferentes tipos de textos, em especial os relativos à comunicação de

Leia mais

Mídia-educação e Biologia: uma experiência com uso de textos multimodais para estudar temas controversos no Ensino Médio

Mídia-educação e Biologia: uma experiência com uso de textos multimodais para estudar temas controversos no Ensino Médio Mídia-educação e Biologia: uma experiência com uso de textos multimodais para estudar temas controversos no Ensino Médio Monique Amália Moreira Campos Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM),

Leia mais

CRONOLOGIA DA RÁDIO APARECIDA

CRONOLOGIA DA RÁDIO APARECIDA CRONOLOGIA DA RÁDIO APARECIDA 1951 - Pe. Humberto Pieroni se tornou o primeiro diretor da Rádio. Criado o Programa Os Ponteiros Apontam para o Infinito que ganhou notoriedade com o Pe. Vitor Coelho de

Leia mais

Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações. sociais em Uberlândia. MG. 1

Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações. sociais em Uberlândia. MG. 1 Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações RESUMO sociais em Uberlândia. MG. 1 Kênia Leal PIMENTA 2 Letícia Daniela Gonçalves MEDEIROS 3 Monique França ROCHA 4 Adriana

Leia mais

6 Cultura e ideologia

6 Cultura e ideologia Unidade 6 Cultura e ideologia Escrever sobre cultura no Brasil significa trabalhar com muitas expressões como festas, danças, canções, esculturas, pinturas, gravuras, literatura, mitos, superstições e

Leia mais

SOCIAL MIX A MÍDIA TRADICIONAL E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DO SOCIAL TV. Outubro de 2012 www.elife.com.br twitter.com/elife_br

SOCIAL MIX A MÍDIA TRADICIONAL E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DO SOCIAL TV. Outubro de 2012 www.elife.com.br twitter.com/elife_br SOCIAL MIX A MÍDIA TRADICIONAL E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DO SOCIAL TV Este paper faz parte de uma série elaborada pela E.life/Social Agency que aborda como as tradicionais disciplinas do Mix de Comunicação

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA PRÁXIS EM CONSTRUÇÃO. 1. Apresentação

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA PRÁXIS EM CONSTRUÇÃO. 1. Apresentação EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA PRÁXIS EM CONSTRUÇÃO CONTRO, Maria Inês Porto (Finan Docente) DUARTE, Inaraline (Finan Acadêmica) SILVA, Monica Cristina P. da (Finan Acadêmica) MARIA INÊS PORTO CONTRO Pedagoga,

Leia mais

Dia Nacional da Consciência Negra

Dia Nacional da Consciência Negra Dia Nacional da Consciência Negra Sobre a EBC Criada em 007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil,

Leia mais

Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião.

Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião. Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião. Uma forma oral? Uma forma sonora? ou Uma forma visual/escrita?? Off-line: Revistas; Panfletos;

Leia mais

Palavras-chave: Administração Pública. Gestão Participativa e Democrática. Responsabilidade Socioambiental.

Palavras-chave: Administração Pública. Gestão Participativa e Democrática. Responsabilidade Socioambiental. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: gestão participativa e democrática e a responsabilidade socioambiental Pedro Cássio CABRAL 1 Kerla Cristina Parreira LIMA 2 Wilson Alves de MELO 3 RESUMO A administração Pública

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO GESTAO AMBIENTAL LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Doverlandia 2014 LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Trabalho de Gestão Ambiental

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM DESPERTAR DE UMA CONSCIÊNCIA COLETIVA DESDE A EDUCAÇÃO INFANTIL

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM DESPERTAR DE UMA CONSCIÊNCIA COLETIVA DESDE A EDUCAÇÃO INFANTIL EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM DESPERTAR DE UMA CONSCIÊNCIA COLETIVA DESDE A EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo CAMPOS, Elane Porto 1 - UESB SANTOS, Josenilda Pereira 2 - UESB FARIAS, Cíntia Damasceno 3 - UESB PIRES, Ennia

Leia mais

Hélio Nogueira: o homem mídia

Hélio Nogueira: o homem mídia 3 Hélio Nogueira: o homem mídia A personalidade do nosso comunicador escolhida para esse trabalho foi o Jornalista Hélio Nogueira Alves, 61 anos, paraense de Santarém, casado com Gizele Maciel, pai quatro

Leia mais

INFLUÊNCIAS DE APARELHOS DIGITAIS MÓVEIS NO PROCESSO ENSINO - APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1

INFLUÊNCIAS DE APARELHOS DIGITAIS MÓVEIS NO PROCESSO ENSINO - APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 Resumo: INFLUÊNCIAS DE APARELHOS DIGITAIS MÓVEIS NO PROCESSO ENSINO - APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 QUEIROZ, Joyce Duarte joyceduart@hotmail.com QUEIROZ, Antônia Márcia Duarte Instituto

Leia mais

AFRICAMOS: PENSAR E VIVER AFRICANIDADES PARA E COM AS CRIANÇAS EM CONTEXTOS COLETIVOS DE EDUCAÇÃO E CUIDADO

AFRICAMOS: PENSAR E VIVER AFRICANIDADES PARA E COM AS CRIANÇAS EM CONTEXTOS COLETIVOS DE EDUCAÇÃO E CUIDADO AFRICAMOS: PENSAR E VIVER AFRICANIDADES PARA E COM AS CRIANÇAS EM CONTEXTOS COLETIVOS DE EDUCAÇÃO E CUIDADO Área Temática: Educação Coordenador: Adilson de Angelo 1 Autoras: Neli Góes Ribeiro Laise dos

Leia mais

Pesquisa Qualitativa Campanha Brasil 2010. Regional

Pesquisa Qualitativa Campanha Brasil 2010. Regional Pesquisa Qualitativa Campanha Brasil 2010 Regional Julho de 2010 Pesquisa de Avaliação Campanha Brasil 2010 - Regional No período entre 28 de junho e 02 de julho de 2010 foram realizados os Grupos Focais

Leia mais

Perfil do Jovem Brasileiro. Realização: Núcleo de Tendências e Pesquisa do Espaço Experiência da FAMECOS/PUCRS

Perfil do Jovem Brasileiro. Realização: Núcleo de Tendências e Pesquisa do Espaço Experiência da FAMECOS/PUCRS Perfil do Jovem Brasileiro Realização: Núcleo de Tendências e Pesquisa do Espaço Experiência da FAMECOS/PUCRS Porto Alegre, setembro de 2013 ASPECTOS METODOLÓGICOS 2 Objetivos e Síntese Metodológica Objetivo

Leia mais

O Jornalista como divulgador das informações científicas: o caso do Programa Vida & Saúde

O Jornalista como divulgador das informações científicas: o caso do Programa Vida & Saúde O Jornalista como divulgador das informações científicas: o caso do Programa Vida & Saúde Resumo Priscila Mathias Rosa ¹ Paula Regina Puhl² Universidade Feevale, Novo Hamburgo, RS O artigo trata de que

Leia mais

A FUNÇÃO SOCIAL DA EMPRESA SOB A ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO

A FUNÇÃO SOCIAL DA EMPRESA SOB A ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO A FUNÇÃO SOCIAL DA EMPRESA SOB A ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Bruna Medeiros David de Souza Advogada. Pós-graduanda em Direito Civil pela Faculdade de Direito Milton Campos. A função social da

Leia mais

ÁGUA: REFRESQUE SUAS IDEIAS

ÁGUA: REFRESQUE SUAS IDEIAS Revista Eletrônica de Educação de Alagoas - REDUC ISSN 2317-1170 Vol. 02, Nº 01, Maio - 2014 ÁGUA: REFRESQUE SUAS IDEIAS Luiz Carlos Neto MADEIRO 1 Agda Isabele Gonsalves HONORATO² Resumo Uma das maiores

Leia mais

INFLUÊNCIAS E POSSIBILIDADES DO USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO

INFLUÊNCIAS E POSSIBILIDADES DO USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFLUÊNCIAS E POSSIBILIDADES DO USO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO Gustavo Cançado de Azevedo O autor relaciona educação e tecnologia, tomando como ponto de partida a maneira com que os avanços

Leia mais

Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1

Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1 Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1 Letícia BARROSO 2 Thaís PEIXOTO 3 Centro Universitário Fluminense Campus II- Campos/RJ RESUMO: A falta de espaço nos veículos convencionais

Leia mais

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO AGENTE TRANSFORMADORA DA SOCIEDADE E DO AMBIENTE: ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA DE FLORIANO PIAUÍ

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO AGENTE TRANSFORMADORA DA SOCIEDADE E DO AMBIENTE: ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA DE FLORIANO PIAUÍ A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO AGENTE TRANSFORMADORA DA SOCIEDADE E DO AMBIENTE: ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA DE FLORIANO PIAUÍ Rita de Cássia de Santana Teixeira (*), Kelly Nayara Cunha dos Santos, Nayara

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

ARTES CIRCENSES E EDUCAÇÃO FÍSICA: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS

ARTES CIRCENSES E EDUCAÇÃO FÍSICA: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS 1 ARTES CIRCENSES E EDUCAÇÃO FÍSICA: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS Kárita Cabral Machado FEF/UFG RESUMO O objetivo do presente estudo foi identificar a relação entre a educação física e as artes circenses, do

Leia mais

O USO DA IMAGEM NAS AULAS DE HISTÓRIA: AS PINTURAS DO SÉCULO XIX

O USO DA IMAGEM NAS AULAS DE HISTÓRIA: AS PINTURAS DO SÉCULO XIX O USO DA IMAGEM NAS AULAS DE HISTÓRIA: AS PINTURAS DO SÉCULO XIX Ricardo Barros Aluno do curso de Pós graduação (mestrado) da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Sendo as coisas que pensamos

Leia mais

Plano de Comunicação da Associação dos Catadores de Lixo de Parintins ASCALPIN 1

Plano de Comunicação da Associação dos Catadores de Lixo de Parintins ASCALPIN 1 1 Plano de Comunicação da Associação dos Catadores de Lixo de Parintins ASCALPIN 1 Sebastião Janderson Torres da Silva 1 Soriany Simas Neves 2 Universidade Federal do Amazonas - UFAM Resumo: Este artigo

Leia mais

Por Prof. Manoel Ricardo. Os caminhos da Educação e a Modelagem Matemática

Por Prof. Manoel Ricardo. Os caminhos da Educação e a Modelagem Matemática Por Prof. Manoel Ricardo Os caminhos da Educação e a Modelagem Matemática A sociedade do século XXI é cada vez mais caracterizada pelo uso intensivo do conhecimento, seja para trabalhar, conviver ou exercer

Leia mais

Políticas públicas de meio ambiente na implementação de procedimentos de controle e gestão ambiental na indústria.

Políticas públicas de meio ambiente na implementação de procedimentos de controle e gestão ambiental na indústria. Políticas públicas de meio ambiente na implementação de procedimentos de controle e gestão ambiental na indústria. Edson José Duarte 1 Universidade Federal de Goiás/Campos catalão Email: edsonduartte@hotmail.com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL IV SEAD - SEMINÁRIO DE ESTUDOS EM ANÁLISE DO DISCURSO 1969-2009: Memória e história na/da Análise do Discurso Porto Alegre, de 10 a 13 de novembro de 2009 DO ACONTECIMENTO

Leia mais

PERFIL E HABILIDADES DOS EGRESSOS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DE CURVELO

PERFIL E HABILIDADES DOS EGRESSOS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DE CURVELO PERFIL E HABILIDADES DOS EGRESSOS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DE CURVELO 2 PERFIL E HABILIDADES DOS EGRESSOS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DE CURVELO 1 1- INTRODUÇÃO Alessandro

Leia mais

Penalidades No Meio Ambiental Florestal Por Agressões À Natureza.

Penalidades No Meio Ambiental Florestal Por Agressões À Natureza. Penalidades No Meio Ambiental Florestal Por Agressões À Natureza. Fernanda Ribeiro Silva, fernandaenge@yahoo.com.br, Graduanda em Engenharia Florestal na Universidade Federal de Lavras UFLA, Autora; Danusa

Leia mais

MEMÓRIA SOCIAL - UM REGISTRO DE COSTUMES DA SOCIEDADE DE JOÃO PESSOA NO SÉCULO XX

MEMÓRIA SOCIAL - UM REGISTRO DE COSTUMES DA SOCIEDADE DE JOÃO PESSOA NO SÉCULO XX MEMÓRIA SOCIAL - UM REGISTRO DE COSTUMES DA SOCIEDADE DE JOÃO PESSOA NO SÉCULO XX MOURA FILHA 1, Maria Berthilde CAVALCANTI FILHO 2, Ivan QUEIROZ 3, Louise Costa GONDIM 4, Polyanna Galvão RESUMO Nos últimos

Leia mais

Em 2009, a Fundação Padre Anchieta mais uma vez estará presente na Campus Party.

Em 2009, a Fundação Padre Anchieta mais uma vez estará presente na Campus Party. Mais uma vez, a cidade de São Paulo se prepara para receber a Campus Party entre os dias 19 e 25 de janeiro de 2009. Milhares de internautas vêm a cidade participar do evento, que é o maior encontro mundial

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1 EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1 Autora: Maria Thaís de Oliveira Batista Graduanda do Curso de Pedagogia Unidade Acadêmica de Educação/CFP/UFCG Email: taholiveira.thais@gmail.com

Leia mais

Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão. Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes

Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão. Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes Mídia e Comunicação Cenário e desafios para a democracia e a liberdade de expressão Veridiana Alimonti, advogada do Idec e integrante do Intervozes Liberdade de Expressão! Para quem? Marco internacional

Leia mais

MDD Mídias Interativas. A Evolução da TV no Brasil

MDD Mídias Interativas. A Evolução da TV no Brasil Pós-Graduação MDD Mídias Interativas A Evolução da TV no Brasil Apresentações Profª. Graciana Simoní Fischer de Gouvêa Email: graciana.fischer@prof.infnet.edu.br Evolução da TV Evolução do Homem x TV Evolução

Leia mais

Palavras-Chave: Educação; Estágio Supervisionado; Prática de Regência; Realidade da Educação.

Palavras-Chave: Educação; Estágio Supervisionado; Prática de Regência; Realidade da Educação. PERCEPÇÕES ESTABELECIDAS ATRAVÉS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL Il: A SALA DE AULA E SUAS ESPECIFICIDADES Tarcisio Santos Souza- UESC tarcisio_palito@hotmail.com Deborah Laís

Leia mais

Décima Edição da Pesquisa ABA / TopBrands: CONFIANÇA E PRESTÍGIO DAS MARCAS BRASILEIRAS

Décima Edição da Pesquisa ABA / TopBrands: CONFIANÇA E PRESTÍGIO DAS MARCAS BRASILEIRAS Décima Edição da Pesquisa ABA / TopBrands: CONFIANÇA E PRESTÍGIO DAS MARCAS BRASILEIRAS VIVO e TIM perdem defensores. CLARO e OI não se recuperam Em bancos, CAIXA lidera em defensores A ABA, Associação

Leia mais

Comunicação Pública: A importância da Assessoria de Imprensa dentro do Ministério Público

Comunicação Pública: A importância da Assessoria de Imprensa dentro do Ministério Público Comunicação Pública: A importância da Assessoria de Imprensa dentro do Ministério Público Paula Feijó Soulué Gracioli 1 Resumo: Este artigo trata da comunicação pública e assessoria de imprensa dentro

Leia mais

OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014

OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 Enquete OS 10 PRINCIPAIS DESEJOS DAS MULHERES PARA 2014 O jornal EXTRA pretende veicular na virada do ano, na edição de réveillon, os 10 PRINCIPAIS DESEJOPS

Leia mais

OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E SUA INFLUÊNCIA NA REPRESENTAÇÃO DE AMBIENTE EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL Lucia de Fatima Estevinho Guido

OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E SUA INFLUÊNCIA NA REPRESENTAÇÃO DE AMBIENTE EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL Lucia de Fatima Estevinho Guido OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E SUA INFLUÊNCIA NA REPRESENTAÇÃO DE AMBIENTE EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL Lucia de Fatima Estevinho Guido Universidade Federal de Uberlândia Este trabalho apresenta resultados

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA Conceito: PROJETO: -Proposta -Plano; Intento -Empreendimento -Plano Geral de Construção -Redação provisória de lei; Estatuto Referência:Minidicionário - Soares Amora

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA

PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA PROJETO MEIO AMBIENTE NA SALA DE AULA Conceito: PROJETO: -Proposta -Plano; Intento -Empreendimento -Plano Geral de Construção -Redação provisória de lei; Estatuto Referência:Minidicionário - Soares Amora

Leia mais

Relatório de Estatística Descritiva Bourbon Festival Paraty

Relatório de Estatística Descritiva Bourbon Festival Paraty Relatório de Estatística Descritiva Bourbon Festival Paraty Pesquisa de satisfação 2014 S E C R E T A R I A D E T U R I S M O DE P A R A T Y PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Durante os dias 24 e 25 de junho

Leia mais

SIBSA - 2º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SAÚDE E AMBIENTE ABRASCO/GT Saúde&Ambiente, Belo Horizonte, outubro 2014

SIBSA - 2º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SAÚDE E AMBIENTE ABRASCO/GT Saúde&Ambiente, Belo Horizonte, outubro 2014 1 SIBSA - 2º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SAÚDE E AMBIENTE ABRASCO/GT Saúde&Ambiente, Belo Horizonte, outubro 2014 Estratégias de educação e sensibilização para minimização de danos no pós enchente em áreas

Leia mais

UM LEVANTAMENTO DE AÇÕES AMBIENTAIS DESENVOLVIDAS NO BRASIL POR EMPRESAS DE TECNOLOGIA

UM LEVANTAMENTO DE AÇÕES AMBIENTAIS DESENVOLVIDAS NO BRASIL POR EMPRESAS DE TECNOLOGIA 1 UM LEVANTAMENTO DE AÇÕES AMBIENTAIS DESENVOLVIDAS NO BRASIL POR EMPRESAS DE TECNOLOGIA Jemison dos Santos 1 Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) / Câmpus Nova Andradina santos.jemison@hotmail.com

Leia mais

GESTÃO AMBIENTAL E CIDADANIA

GESTÃO AMBIENTAL E CIDADANIA GESTÃO AMBIENTAL E CIDADANIA João Sotero do Vale Júnior ¹ a) apresentação do tema/problema: A questão ambiental está cada vez mais presente no cotidiano da população das nossas cidades, principalmente

Leia mais

HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II. Relatório de Pesquisa Quantitativa

HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II. Relatório de Pesquisa Quantitativa HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II Relatório de Pesquisa Quantitativa Dezembro de 2010 2 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1. METODOLOGIA... 4 2. TELEVISÃO... 11 3. RÁDIO... 31

Leia mais

VI- 064 BRINCANDO E APRENDENDO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL

VI- 064 BRINCANDO E APRENDENDO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL VI 064 BRINCANDO E APRENDENDO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL Iara Amorim Leôncio Bióloga pela Universidade Estadual da Paraíba Monica Maria Pereira da Silva (1) Bióloga pela Universidade Estadual da Paraíba; Especialista

Leia mais

Um Passo Avante: criando um projeto estratégico de turismo sustentável. que resulta no desenvolvimento do mundo

Um Passo Avante: criando um projeto estratégico de turismo sustentável. que resulta no desenvolvimento do mundo Um Passo Avante: criando um projeto estratégico de turismo sustentável Resumo que resulta no desenvolvimento do mundo Anne Elisabete da Silva Américo de Brito O trabalho de Relações Públicas numa organização

Leia mais

Maloca Virtual: uma proposta de produção de Televisão para Web 1

Maloca Virtual: uma proposta de produção de Televisão para Web 1 Maloca Virtual: uma proposta de produção de Televisão para Web 1 Abelly de Oliveira dos SANTOS 2 Fabíola da Silva COSTA 3 Edilene MAFRA Mendes de Oliveira 4 Centro Universitário do Norte, Manaus, AM RESUMO

Leia mais

05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE D I R E T O R I A D E S A Ú D E 05 DE JUNHO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE Em 05 de Junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e nesse ano o foco está voltado para as Mudanças Climáticas com o tema

Leia mais