O Fim do Mundo: Parte I - O fim da esperança Sexto Tratamento: 17/03/2010. Por. Gerson Boaventura. Baseado no conto homônimo do mesmo autor.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Fim do Mundo: Parte I - O fim da esperança Sexto Tratamento: 17/03/2010. Por. Gerson Boaventura. Baseado no conto homônimo do mesmo autor."

Transcrição

1 O Fim do Mundo: Parte I - O fim da esperança Sexto Tratamento: 17/03/2010 Por Gerson Boaventura Baseado no conto homônimo do mesmo autor.

2 00. CARTELAS SOM: Bebês chorando em volume baixo. (OFF) 01. INT. CASA DA - QUARTO - DIA CÂMERA: Close na parede exatamente onde o rosto irá ficar de perfil quando sentar-se na cama, de modo que, quando ela o fizer, o close fique no rosto dela. Na ação descrita abaixo, a câmera está estática e só irá filmar o rosto da quando esta sentar-se. está dormindo e têm pesadelos. acorda e senta-se bruscamente na cama. (TÍTULO) O FIM DO MUNDO PARTE I O Fim da Esperança, ainda sentada, sente-se enjoada. Olha sob a roupa de dormir, chateando-se porque a menstruação ainda não veio. olha o relógio próximo à cama e levanta-se apressada. corre para o... Droga! Droga! Droga! 02. INT. CASA DA - BANHEIRO - DIA CÂMERA: filma porta entreaberta do lado de fora do banheiro, ângulo baixo, interior do banheiro desfocado. não aparece completamente, apenas seu vulto. tenta vomitar e não consegue. Toma um banho rápido. (OFF) Cadê esse sangue? SOM: Bebês chorando como som de fundo (continua, mas diminui levemente após o banho de )., saindo do banheiro enrolada numa toalha, volta para o...

3 INT. CASA DA - QUARTO - DIA SOM: Bebês chorando como som de fundo (continua e retoma o volume original)., de costas, já de lingerie, veste a roupa de frente para um espelho e olha o próprio corpo. O rosto está cansado, com olheiras e pesado. está exausta, com cara de sono. CÂMERA: atrás da personagem, filmando por cima do ombro direito. se olha no espelho e se toca, examinando o próprio corpo com cara de reprovação. passa a mão sobre a barriga como uma grávida, num ato inconsciente. Tem um sobressalto, termina de se vestir apressadamente e sai. 04. INT. ESCADAS DO PRÉDIO - DIA tranca a porta apressada e, ao sair, quase esbarra com uma MULHER QUE SEGURA UM BEBÊ. Um riso de criança se faz ouvir. SOM: Riso de bebê em V.O. desvia o olhar para evitar o BEBÊ e entra no elevador apressada e sentindo-se enjoada. 05. INT. UNIVERSIDADE - CORREDOR - DIA SOM: Bebês chorando como som de fundo (continua, mas diminui um pouco o volume). guarda uma caixa (teste de gravidez) do tamanho de uma mão dentro da bolsa, enquanto entra na universidade. No corredor da universidade está uma exposição de fotos de pessoas mortas, como era costume antigamente. Dentre elas há algumas fotos de bebês. passa pelo corredor e repara nas fotos. Algumas fotos de cadáveres de bebês prendem sua atenção. (CONTINUA)

4 CONTINUA: 3. SOM: Bebês chorando como som de fundo (continua, e retoma o volume original). Com uma expressão de desespero, fecha os olhos e tenta sair logo dali, esbarrando de leve em UM ESTUDANTE NO CORREDOR, que, por isso, a observa com estranheza até ela sair de cena entrando por uma curva no corredor. 06. INT. SALA DE AULA - DIA abre a porta da sala de aula bruscamente mas, percebendo que a aula está em andamento, tenta ir até seu lugar sem fazer muito barulho. Na sala de aula estão a PROFESSORA e 10 ESTUDANTES que não dão atenção à entrada de. A PROFESSORA está dando uma aula sobre o uso de cores em propagandas e utiliza, como recurso didático, um Datashow. se senta e começa a prestar atenção na aula. PROFESSORA (continuando a aula) As cores fazem parte de nossa vida. Portanto, é muito importante saber utilizá-las em trabalhos de marketing, merchandising e promoções. As grandes empresas não investem em propaganda, promoções e marketing escolhendo aleatoriamente as cores ou ainda porque o presidente da companhia gosta de determinadas cores. A empresa sabe quais as cores que vendem e quais as cores que devem ser evitadas, ou seja, as cores podem ajudar em muito a construir um negócio. De acordo com as pesquisas mais recentes, vamos ver algumas curiosidades com relação à combinação de cores e como elas funcionam. Vermelho: É um estimulante de apetite. Em centenas de anos foi considerada a cor primária que se refere a sobrevivência básica: alimentação, vestuário, abrigo. Mostra uma imagem forte ao contrário de fadiga. Laranja: É utilizado para uso interno e causa agitação nas pessoas, provocando a vontade de comer e correr - por exemplo, (MAIS) (CONTINUA)

5 CONTINUA: 4. PROFESSORA (CONTINUA) seria a cor adequada para restaurantes. Amarelo: É uma das cores mais utilizadas. Muitas pessoas utilizam o amarelo de maneira errada causando mais danos do que benefícios. Esta cor atrai os olhos e (em pequenas doses) estimulam os nervos. O uso do amarelo brilhante em grandes áreas aumenta os níveis de ansiedade em 45 segundos e também aumenta a pressão arterial rapidamente. É utilizado em áreas pequenas provocando as pessoas a tomarem decisões espontâneas e a comprarem por impulso. Branco: É excelente como cor de fundo, fazendo com que outras cores se tornem mais fortes e intensas. Passa uma imagem de limpeza e de ambiente esterilizado.observem estas imagens como exemplo. A PROFESSORA exibe imagens de propagandas de sabonetes para bebês. começa a passar muito mal. Sai cambaleante da sala tentando não chamar atenção e segurar o choro, com uma das mãos sobre a boca. Os demais ESTUDANTES e o PROFESSOR olham para ela com estranheza. 07. INT.UNIVERSIDADE - BANHEIRO - DIA SOM: Bebês chorando como som de fundo (continua e aumenta). PONTO DE VISTA DE CIMA DO PERSONAGEM (PLONGE)COMEÇANDO ANTES DE ENTRAR NA CENA. A CÂMERA ESTÁ SOBRE O BOX. entra no box, ajoelha-se junto ao sanitário. Tenta vomitar, em vão. Senta-se no chão, desesperada. Puta que o pariu!!! começa a chorar e tira o teste de gravidez de dentro da bolsa. Ai meu Deus... faz o teste. Logo depois, levanta-se. Sai do box. CÂMERA: acompanha. (CONTINUA)

6 CONTINUA: 5. anda até a pia do banheiro. olha demoradamente para o teste, depois para o relógio. Depois olha para seu rosto no espelho. CÂMERA: foco no perfil do rosto de. começa a chorar e puxa os cabelos. Reações desesperadas. Algum tempo depois, se recompõe e olha o resultado do teste. SOM: O som de choro dos bebês vai ficando mais e mais alto, gradativamente, até o clímax na próxima cena. Mas como é que pode??? De onde? Mas... CÂMERA: foco no teste de gravidez. está completamente desnorteada, segurando-se nas paredes e sai do BANHEIRO, quase esbarrando em uma MULHER QUE VEM ENTRANDO COM UM BEBÊ NOS BRAÇOS. grita, reagindo com desespero cada vez maior. 08. INT.UNIVERSIDADE - CORREDOR - DIA SOM: Bebês chorando como som de fundo aumentando gradativamente. CÂMERA: A imagem desta parte vai se desfocando graduadamente. Gravar com movimento ondulante cada vez maior. anda desnorteada, barroando contra as paredes. Nos corredores da Universidade, 6 MULHERES passam com bebês nos braços encarando-a e tentando barrar-lhe o caminho. As fotos de bebês ainda estão no corredor. ora foge das DIVERSAS MULHERES, ora grita. Está completamente louca. CÂMERA: Conforme se aproximar da saída, a cena irá ficar embaçada dificultando distinguir qualquer coisa, inclusive, até o final desta cena. percebe que, dentre as fotos de pessoas mortas, uma é dela com um bebê nos braços. SOM: O barulho de bebês deve ser muito alto, sendo seu ápice nesta parte. Permanece assim por alguns segundos até que se ouve um baque seco, e o som dos bebês cessa. SOM: Freio de carro (off)

7 EXT.RUA EM FRENTE AO PRÉDIO - DIA SOM: não há mais o som de fundo dos bebês chorando. está descordada, caída no chão com o teste de gravidez ainda na mão. Acaba de ser atropelada. Sob ela, uma poça de sangue vai se formando. TRANSEUNTES começam a se aproximar, e uma MULHER dentre eles grita. LEO, um dos transeuntes, abaixa-se para apanhar o objeto. SOMBRA está bem atrás de LEO. CÂMERA: Close na mão. A mão que apanha o objeto é do SOMBRA, e não do LEO. Assim que a mão segura o objeto, a mão de momentaneamente se contrai. CÂMERA: Close no olho de. arregala bem os olhos e morre, com os olhos ainda abertos, olhando para quem tirou o objeto de sua mão. LEO levanta-se e examina o objeto em sua mão. É um teste de gravidez com resultado negativo. SOMBRA (V.O.) Negativo... FADE OUT CRÉDITOS FIM

O estranho palhaço do mal. Stoff Vieira Costa

O estranho palhaço do mal. Stoff Vieira Costa O estranho palhaço do mal Stoff Vieira Costa CENA 01. CASA. INT Câmera mostrando uma gaveta aberta e diversas mascaras de palhaços dentro da gaveta. CENA 02. CASA. SALA. INT. DIA Um homem sentado de costas

Leia mais

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

Suspeitas. por. Ton Freitas

Suspeitas. por. Ton Freitas Suspeitas por Ton Freitas Registo F.B.N.: 661025 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. CAPELA - DIA Está ocorrendo um velório. No caixão ao centro está MARIA LUIZA, bonita, jovem. Em volta estão sentadas

Leia mais

"QUEM SOU EU" Por. José Nilton Palma

QUEM SOU EU Por. José Nilton Palma "QUEM SOU EU" Por José Nilton Palma Bahia "QUEM SOU EU?" FADE IN: EXT. CASA DE - DIA Dois POLICIAIS e uma POLICIAL, BATEM na porta. militares uniformizados, Abra Fred, precisamos falar com você. INT. CASA

Leia mais

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM:

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: CENA 1 COLAGEM DE IMAGENS SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO - Carreta descendo

Leia mais

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro. Fábio da Silva. 15/03/2010 até 08/04/2010

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro. Fábio da Silva. 15/03/2010 até 08/04/2010 ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro de Fábio da Silva 15/03/2010 até 08/04/2010 Copyright 2010 by Fábio da Silva Todos os direitos reservados silver_mota@yahoo.com.br 2. ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE?

Leia mais

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO Cena/Tom. Descrição da Cena Locação C1T1 Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T2 Uma delas se divide, e nasce mais uma! Agora são três! Esta tabela serve de

Leia mais

O Mistério da bolsa Grande

O Mistério da bolsa Grande O Mistério da bolsa Grande Gisela está indo para casa no Rio de Janeiro, após um mês de férias em Londres. Ela vive em um apartamento no Rio com dois amigos. Ela deixa seu avião às cinco horas. É uma hora

Leia mais

Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível (interno ao material)

Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível (interno ao material) Número da fita: 0043 Título: Performance Folia de Reis de D. Mariana Mídia: Mini DV Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível (interno ao material) in out 00:00 01:39 Imagem, com efeito (shutter

Leia mais

Uma pequena mágica Não seria ótimo se você pudesse ir para a cama,

Uma pequena mágica Não seria ótimo se você pudesse ir para a cama, CAPÍTULO UM Uma pequena mágica Não seria ótimo se você pudesse ir para a cama, aconchegar-se debaixo das suas cobertas, fechar os olhos e adormecer sem nenhuma agitação ou medo? Sem ouvir barulhos ou pensar

Leia mais

Sísifo. Por. Lisandro Gaertner

Sísifo. Por. Lisandro Gaertner Sísifo Por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. SAGUÃO - DIA (SEQUÊNCIA DE SONHO) CHEFE,

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Por uma janela, vemos o sol nascendo ao fundo de uma série de casas

Leia mais

Quedas em casa. Guia de segurança para pessoas idosas

Quedas em casa. Guia de segurança para pessoas idosas Quedas em casa Guia de segurança para pessoas idosas Não adianta fugir da realidade. Na medida em que a idade avança, a pessoa passa a ter as limitações próprias dos mais velhos. O risco de quedas por

Leia mais

Será que Existe? Sinopse:

Será que Existe? Sinopse: Será que Existe? Sinopse: Grandes amigos: Rafael, Matheus, Helen, Julia e Renato estudam no Colégio Maria Aguiar Teixeira e ouvem rumores sobre uma história e decidem investigar. Combinam de entrar na

Leia mais

Perdido no Jurassic Park

Perdido no Jurassic Park Trabalho de Storyboard LINGUAGEM AUDIOVISUAL E GAMES Professor: Eliseu de Souza Dreiky Fraga RA00117735 Perdido no Jurassic Park Introdução A história que segue no trabalho é de um pescador que acaba parando

Leia mais

"ESPELHO, ESPELHO MEU" Roteiro de. Deborah Zaniolli

ESPELHO, ESPELHO MEU Roteiro de. Deborah Zaniolli "ESPELHO, ESPELHO MEU" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 710355 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "ESPELHO,

Leia mais

A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2

A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2 A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2 Roteiro de Alcir Nicolau Pereira Versão de NOVEMBRO DE 2012. 1 A DOMÉSTICA (FILME-CURTA) --------------------------------------------------------------- PERSONAGENS Empregada

Leia mais

ALICE DIZ ADEUS 4º TRATAMENTO* Escrito e dirigido por. Simone Teider

ALICE DIZ ADEUS 4º TRATAMENTO* Escrito e dirigido por. Simone Teider DIZ ADEUS 4º TRATAMENTO* Escrito e dirigido por Simone Teider SEQUENCIA 1 Uma mulher, (46), está sentada num sofá vendo TV e lixando as unhas. Ela veste um vestido florido e um brinco grande. (16), de

Leia mais

9 a 12 MESES de idade

9 a 12 MESES de idade Dr(a) Para 9 a 12 MESES de idade ACOMPANHE O DESENVOLVIMENTO DO SEU BEBÊ LINGUAGEM Presta mais atenção ao que se fala. Balbucia com inflexão (como se quizesse falar). Tenta imitar palavras. Entende o não,

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas.

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas. SEQUÊNCIA 1 - EXTERIOR - DIA VILA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas.

Leia mais

Control Z Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09 4º tratamento: 17/02/09)

Control Z Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09 4º tratamento: 17/02/09) Control Z Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09 4º tratamento: 17/02/09) CENA 01 INT/DIA ônibus Uma mulher morena, cabelos longos, aparenta ter uns

Leia mais

Gravidez: Cuidados e Emoções

Gravidez: Cuidados e Emoções Gravidez: Cuidados e Emoções Como são os cuidados do começo ao fim da gravidez, e quais são as emoções mais comuns entre as mamães. Há muitas dúvidas que cercam as mamães de primeira viagem, ou até mesmo

Leia mais

L U S I M É D I A SINOPSE

L U S I M É D I A SINOPSE FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS LICENCIATURA EM COMUNICAÇÃO E MULTIMÉDIA UNIDADE CURRICULAR DE PROJETO DE PRODUÇÃO MEDIATIZADA L U S I M É D I A 2 0 1 3 SINOPSE O narrador começa a contar a história

Leia mais

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010

PEDRA NO RIM. Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA. Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 PEDRA NO RIM Por ABRAÃO AGUIAR BAÊTA Feito de 05/05/2010 a 08/05/2010 E-mails: baeta99@hotmail.com abraaoab@globo.com Telefones: (21) 7576-6771 HOMEM: tem aproximadamente trinta anos, bonito, atraente,

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

Uma Adaptação do clássico dos Irmãos Grimm. Os Sete Corvos 3D. Adaptado Por: Netto Andrade

Uma Adaptação do clássico dos Irmãos Grimm. Os Sete Corvos 3D. Adaptado Por: Netto Andrade Uma Adaptação do clássico dos Irmãos Grimm Os Sete Corvos 3D 2011 Adaptado Por: Netto Andrade FADE IN Créditos iniciais (abertura do filme) CENA 01: Casa de campo dia exterior A charrete dirigida por Ruth

Leia mais

9. Enquadramentos: planos e ângulos

9. Enquadramentos: planos e ângulos 9. Enquadramentos: planos e ângulos A noção de enquadramento é a mais importante da linguagem cinematográfica. Enquadrar é decidir o que faz parte do filme em cada momento de sua realização. Enquadrar

Leia mais

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. NOITE

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) NOME DO LIVRO: AS AVENTURAS DO BONEQUINHO DO BANHEIRO. Leitura; produção textual; oralidade e análise lingüística.

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) NOME DO LIVRO: AS AVENTURAS DO BONEQUINHO DO BANHEIRO. Leitura; produção textual; oralidade e análise lingüística. PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): Carina Robetti Canei NOME DO LIVRO: AS AVENTURAS DO BONEQUINHO DO BANHEIRO AUTOR: ZIRALDO Competências Leitura; produção textual; oralidade e análise lingüística.

Leia mais

Cap.1- Separação. Um roteiro

Cap.1- Separação. Um roteiro Até quando? Cap.1- Separação Um roteiro de Lucas Luiz SEQ. 1: Sala do apartamento Int. / dia Letícia procura por algo em uma caixa de sapato, sentada no sofá. A sua frente está André, em pé, observando-a.

Leia mais

Quadro I - Protocolo de Reabilitação Vestibular VertiGO!.

Quadro I - Protocolo de Reabilitação Vestibular VertiGO!. Quadro I - Protocolo de Reabilitação Vestibular VertiGO!. 1ª Etapa (Movimentos de olhos e cabeça, primeiro lentos, depois rápidos). Participante em pé sobre um colchonete, olhar para cima e para baixo.

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Mini Curso Parte I As Forças que controlam a sua vida Página 2 de 6 Como te falei, essa é a primeira etapa do mini-curso Superando

Leia mais

INSTRUMENTO DE COLHEITA DE DADOS

INSTRUMENTO DE COLHEITA DE DADOS INSTRUMENTO DE COLHEITA DE DADOS 1 Sexo: - Masculino. (1) - Feminino.. (2) 2 Idade: 3 Estado Civil: - Solteiro (1) - Casado.. (2) - União de Facto (3) - Divorciado..... (4) - Separado..... (5) - Viúvo...

Leia mais

Uma carta desliza por baixo da porta da sala. O Jake corre para a apanhar. O Jake vira o envelope e lê Finn. Jake Ei, correio! Ei Finn, é para ti!

Uma carta desliza por baixo da porta da sala. O Jake corre para a apanhar. O Jake vira o envelope e lê Finn. Jake Ei, correio! Ei Finn, é para ti! int. sala da CASA da árvore dia Uma carta desliza por baixo da porta da sala. O corre para a apanhar. O vira o envelope e lê Finn. Ei, correio! Ei Finn, é para ti! O atira-a por cima do ombro. O Finn salta

Leia mais

A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2

A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2 A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2 Roteiro de Alcir Nicolau Pereira Versão de OUTUBRO/2012. 1 A DOMÉSTICA (FILME-CURTA) ---------------------------------------------------------------- PERSONAGENS Empregada

Leia mais

OFF 01/08/2008. Fade in

OFF 01/08/2008. Fade in 8769.614 Fade in Ambiente de empresa moderna, onde um executivo, de sua mesa, pode ter a visão geral do local e dos funcionários. Por trás da mesa do executivo, uma paisagem (vista) maravilhosa em segundo

Leia mais

"A HORA DO SIM" Roteiro de. Deborah Zaniolli

A HORA DO SIM Roteiro de. Deborah Zaniolli "A HORA DO SIM" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 704.709 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "A HORA

Leia mais

8.2 DESENVOLVIMENTO PSICO-MOTOR

8.2 DESENVOLVIMENTO PSICO-MOTOR 8.2 DESENVOLVIMENTO PSICO-MOTOR Etapas do desenvolvimento O desenvolvimento psicomotor é um processo contínuo e dinâmico, e em permanente evolução em degraus sucessivos logo desde o nascimento. De facto,

Leia mais

0 0:00:02. suave para a divisão das bactérias. suave para a divisão das bactérias. suave para a divisão das bactérias.

0 0:00:02. suave para a divisão das bactérias. suave para a divisão das bactérias. suave para a divisão das bactérias. Cena/Tom. Descrição da Cena Trilha Sonora SOM AMBIENTE Tempo C1T1 Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. 0 Esta tabela serve de auxílio à edição de sons e trilhas

Leia mais

WRITER S BLOCK - Encontros da Mente. Nádia Rocha Nuno Nunes Miguel Canavilhas Irina Baptista

WRITER S BLOCK - Encontros da Mente. Nádia Rocha Nuno Nunes Miguel Canavilhas Irina Baptista WRITER S BLOCK - Encontros da Mente By Nádia Rocha - 21002718 Nuno Nunes - 21002762 Miguel Canavilhas - 20072185 Irina Baptista - 20060947 Atelier de Realização e Produção para Ficção Cinematográfica 3Ano/1Semestre

Leia mais

O cabelo não pode cobrir o rosto, nem estar jogado para a frente do ombro e nem estar molhado.

O cabelo não pode cobrir o rosto, nem estar jogado para a frente do ombro e nem estar molhado. Estética do âncora e repórter Maquiagem A maquiagem é usada para melhorar, corrigir e mudar a aparência. Ela é utilizada diariamente para acentuar ou melhorar características como: pequenas manchas na

Leia mais

PESQUISA NO RIO DOS SINOS

PESQUISA NO RIO DOS SINOS PESQUISA NO RIO DOS SINOS Alice Salete Bredow Ananda Vitória Corrêa Marina Torman Rodrigues Machado Rafaela Alves Jardim Turma 71 Data 06/07/2016 Professora: Melina Wasem Passos Disciplina: Língua Portuguesa

Leia mais

GUIÃO DA ENTREVISTA. A Perfil sociodemográfico do cuidador informal

GUIÃO DA ENTREVISTA. A Perfil sociodemográfico do cuidador informal Data da entrevista: Numero: / / GUIÃO DA ENTREVISTA A Perfil sociodemográfico do cuidador informal 1) Género 2) Idade 3) Estado Civil Feminino Masculino 4) Composição do Agregado Familiar Anos Casado /União

Leia mais

setembro O Senhor Polegar A casa do sono O despertador O balão O amiguinho Jogo dos dedos Jogo das mãos Automassagem...

setembro O Senhor Polegar A casa do sono O despertador O balão O amiguinho Jogo dos dedos Jogo das mãos Automassagem... setembro O Senhor Polegar Jogo dos dedos.... 10 A casa do sono Jogo das mãos... 12 O despertador Automassagem... 15 O balão Consciencialização da própria respiração... 18 O amiguinho Força apaziguadora

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROGRAMA

INFORMAÇÕES DO PROGRAMA De 5 meses e 0 dia até 6 meses e 30 dias Questionário para 6 Meses Por favor, preencha o formulário abaixo. Use caneta preta ou azul e escreva em letra de forma. Data do preenchimento: D D M M A A A A

Leia mais

VI. Audiodescrição do livro - Notas proêmias: Acessibilidade comunicacional para produções culturais

VI. Audiodescrição do livro - Notas proêmias: Acessibilidade comunicacional para produções culturais http://www.bengalalegal.com/ http://saci.org.br/ http://www.vezdavoz.com.br/site/index.php http://www.acessibilidadelegal.com/ http://www.vercompalavras.com.br/livro http://www.ines.gov.br/default.aspx

Leia mais

Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio

Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio (Baseado no livro A Droga da Obediência) Editora Matheuslândia Depois do mistério da Droga da Obediência, os Karas já estavam prontos para uma nova aventura.

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROGRAMA

INFORMAÇÕES DO PROGRAMA De 1 mês e 0 dia até 2 meses e 30 dias Questionário para 2 Meses Por favor, preencha o formulário abaixo. Use caneta preta ou azul e escreva em letra de forma. Data do preenchimento: D D M M A A A A Dados

Leia mais

Cubo Mortal. Regras Versão 0.1. Autor: Tiago Junges Design: Aline Rebelo

Cubo Mortal.  Regras Versão 0.1. Autor: Tiago Junges Design: Aline Rebelo Cubo Mortal Regras Versão 0.1 Autor: Tiago Junges (coisinhaverde@gmail.com) Design: Aline Rebelo (aline.rebelo@gmail.com) www.coisinhaverde.com Olá leitor, eu quero jogar um jogo. Você por muitos anos

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

ponto 29/1/16 16:29 Página 9 A água e o fogo

ponto 29/1/16 16:29 Página 9 A água e o fogo ponto 29/1/16 16:29 Página 9 A água e o fogo E quando ficou sozinha em casa, todos os fantasmas vieram ao seu encontro. Sempre gostei de histórias de duplos: as de Edgar Poe, Hoffmann, Henry James, Dostoievski,

Leia mais

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo.

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo. Cena 4 Uma rua. Um latão de lixo. Mulher Velha e Homem Velho Homem Velho: Puta vesida de velha. Mulher Velha: O que você tá procurando? Homem Velho: Comida. Mulher Velha: Já faz mais de dez anos que não

Leia mais

ESCOLA DE COLUNA DO INTO

ESCOLA DE COLUNA DO INTO ESCOLA DE COLUNA DO INTO CUIDADOS POSTURAIS DURANTE AS ATIVIDADES DA VIDA DIÁRIA Divisão de Reabilitação APRESENTAÇÃO Prezado(a) Paciente, Essa cartilha foi elaborada especialmente para você, paciente

Leia mais

Mundo 42 Roteiro de curta-metragem 1. MUNDO 42. Um roteiro. Luiz Caramez. Adaptação do conto Pausa, de Moacyr Scliar

Mundo 42 Roteiro de curta-metragem 1. MUNDO 42. Um roteiro. Luiz Caramez. Adaptação do conto Pausa, de Moacyr Scliar Mundo 42 Roteiro de curta-metragem 1. MUNDO 42 Um roteiro de Luiz Caramez Adaptação do conto Pausa, de Moacyr Scliar Copyright 2002 by Caramez luiz.caramez@uol.com.br Todos os direitos reservados (013)3222-4975

Leia mais

Planos e Ângulos Prof. Dr. Isaac A. Camargo

Planos e Ângulos Prof. Dr. Isaac A. Camargo Planos e Ângulos Prof. Dr. Isaac A. Camargo a- Conceito de Planos e características técnicas b- Angulação: Enquadramento e efeitos de sentido Conceito de Planos e características técnicas A idéia de Planificação

Leia mais

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira?

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira? HISTÓRIA DE LINS EE PROF.PE. EDUARDO R. de CARVALHO Alunos: Maria Luana Lino da Silva Rafaela Alves de Almeida Estefanny Mayra S. Pereira Agnes K. Bernardes História 1 Unidas Venceremos É a história de

Leia mais

Variações sobre um mesmo tema. Laura Barile. v_05, modificada em 08/02/2011

Variações sobre um mesmo tema. Laura Barile. v_05, modificada em 08/02/2011 Variações sobre um mesmo tema Laura Barile v_05, modificada em 08/02/2011 laurabarile@gmail.com CENA 1 - INT. SALA - DIA Tela black. "Essa é a história dele". Uma tela imensa, presa na parede, com a pintura

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA!

CURSO DE FOTOGRAFIA! CURSO DE FOTOGRAFIA Aula 1 - Profundidade de Campo By Mauricio Valadão A brincadeira aqui é determinar o que na foto estará focada e o que estará borrada fora de foco. Muito resumidamente os principais

Leia mais

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá.

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. Sozinha Em Casa. Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. 1.SOZINHA EM CASA: Em Uma Pequena Villa Avia Garota Chamada Eduarda

Leia mais

3D SEXVILLA. Descrição

3D SEXVILLA. Descrição 3D SEXVILLA Descrição Primeiro você escolhe os personagens. Há opções de mulheres e homens para todos os gostos, um banquete. Depois decide que roupa seus personagens vão usar: lingeries sensuais, roupas

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

DESCUBRA. SE VOCÊ PRECISA Meditar

DESCUBRA. SE VOCÊ PRECISA Meditar DESCUBRA SE VOCÊ PRECISA Meditar QUEM SOU? Eu sou Amanda Dreher e neste ebook especial você vai descobrir se nível de energia interna e se você precisa praticar meditação para acalmar a mente equilibrar

Leia mais

ESCALA DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL EDI

ESCALA DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL EDI DESCRIÇÃO DO EXAME ESCALA DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL PRIMEIRO MÊS 1 P1 Levanta a cabeça de tempo em tempo, na posição sentada. 2 P2 Deitado em DV levanta a cabeça de vez em quando, vacilando. 3 P3 Deitado

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó- UNOCHAPECÓ. Curso: 1069/432- Curso Superior de Tecnologia em Produção Audiovisual

Universidade Comunitária da Região de Chapecó- UNOCHAPECÓ. Curso: 1069/432- Curso Superior de Tecnologia em Produção Audiovisual Universidade Comunitária da Região de Chapecó- UNOCHAPECÓ Curso: 1069/432- Curso Superior de Tecnologia em Produção Audiovisual Disciplina: Roteiro para Televisão Professor: Ricardo Sékula Turma: 2º Período

Leia mais

Transporte Escolar Se é legal, é bom para você. É bom para o seu filho.

Transporte Escolar Se é legal, é bom para você. É bom para o seu filho. Transporte Escolar Se é legal, é bom para você. É bom para o seu filho. BIG O Transporte Escolar é uma excelente alternativa para facilitar o dia-a-dia dos pais e alunos e ainda aliviar o trânsito, já

Leia mais

Análise e comentário dos desenhos do conto A receita de Mandrágora

Análise e comentário dos desenhos do conto A receita de Mandrágora Análise e comentário dos desenhos do conto A receita de Mandrágora Teberosky, A., Ribera, N. Universidade de Barcelona Índice Página 1 do conto Página 3 do conto Página 4 do conto Página 5 do conto Página

Leia mais

PICOLÉ BOIADO. Por. Marcelo Gomes

PICOLÉ BOIADO. Por. Marcelo Gomes PICOLÉ BOIADO Por Marcelo Gomes Copyright 2009 by Marcelo Soares Todos os direitos reservados. Tel: (71) 3314-4483 (71) 8889-5015 marcelogomessoares7@gmail.com INT. FABRICA DE PICOLÉ O creme de sorvete

Leia mais

DESAPARECIDOS NO SILÊNCIO de Cipriano Wiski

DESAPARECIDOS NO SILÊNCIO de Cipriano Wiski DESAPARECIDOS NO SILÊNCIO de Cipriano Wiski ARGUMENTO Gritos, pedidos de uma mãe desesperada. Uma criança chora, uma faca cruel aperta seu pescoço. Douglas, que segura a faca, tem sangue no olhar, e assustado

Leia mais

FUI UM SOLDADO NAZISTA EM OUTRA REENCARNAÇÃO

FUI UM SOLDADO NAZISTA EM OUTRA REENCARNAÇÃO PEÇA TEATRAL FUI UM SOLDADO NAZISTA EM OUTRA REENCARNAÇÃO AUTORA CLAUDIA ISADORA FERNANDES DE OLIVEIRA ARTE DA CAPA GIAN FELIPE DUARTE REINOSO Guarulhos 2016 PERSONAGENS: SOLDADO NAZISTA REENCARNADO JORGE

Leia mais

História de marione drogada

História de marione drogada História de marione drogada INTODUÇÃO: Essa história é de uma adolesente que conviveu com nosco a bastante tempo espero que gostem já que me ajudaram a dar os primeiros contos... Marione: Filha única de

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

ROTEIRISTA DATA GRAVAÇÃO TEMPO Cristian Boragan 26/ 4/ 2006 A Definir 3 minutos

ROTEIRISTA DATA GRAVAÇÃO TEMPO Cristian Boragan 26/ 4/ 2006 A Definir 3 minutos Lauda 01 Take 1: Câmera pega Seu Carmelo (Chefe) de Costas enquanto ele caminha em direção à sala das secretárias, nas laterais podemos perceber todo ambiente de uma grande empresa (05 Take 2: Vemos a

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

Descrição: Siga seis artistas globais trabalhando com a Shell para promover a inovação da energia através da campanha #makethefuture.

Descrição: Siga seis artistas globais trabalhando com a Shell para promover a inovação da energia através da campanha #makethefuture. TÍTULO: GLOBAL LINEAR Duração: 3:02 minutos Descrição: Siga seis artistas globais trabalhando com a Shell para promover a inovação da energia através da campanha #makethefuture. Seis artistas fazem apresentações

Leia mais

Educar para crescer. Serviço de Psicologia e Orientação Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama. Fonte:

Educar para crescer. Serviço de Psicologia e Orientação Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama. Fonte: Educar para crescer Serviço de Psicologia e Orientação Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama Na sua relação com seu filho, você: a) É quem manda e não aceita que a criança o questione. b) Mostra-se

Leia mais

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho alternativo, onde encontra com um sujeito estranho.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS LICENCIATURA EM COMUNICAÇÃO E MULTIMÉDIA UNIDADE CURRICULAR DE PROJECTO DE PRODUÇÃO MEDIATIZADA L U S I M É D I A 2 0 1 3 GUIÃO LITERÁRIO CENA SEQUÊNCIA 1:EXT/MUNDO

Leia mais

Criado por Mario Madureira

Criado por Mario Madureira Criado por Mario Madureira Ep. #: 108 Meninas Grandes Não Choram Escrito por Mario Madureira e Karina Bittencourt 28 de agosto de 2015 São Paulo, Brasil 1 ATO UM Anteriormente em Estrada das Lágrimas.

Leia mais

Carta a uma senhorita em Paris

Carta a uma senhorita em Paris Carta a uma senhorita em Paris Um roteiro De Weslen Pedro Fonseca Copyrigth 199y by Weslen P.F Todos os direitos estão reservados Esta obra é uma adaptação do conto Carta a uma Senhorita em Paris de Júlio

Leia mais

A CAMINHO DA ETERNIDADE

A CAMINHO DA ETERNIDADE 1. A CAMINHO DA ETERNIDADE FADE IN: CENA 01 INT. SALA DIA Uma senhora de setenta anos está sentada numa poltrona e segura um livro. Uma moça bonita de 17 anos ENTRA e joga a mochila sobre o sofá, dá um

Leia mais

Eu estava sentada em minha cama, arrumando a mala para irmos viajar.. Desta vez vamos para Miami, estou muito ansiosa.. Meus pais, sempre aparentam

Eu estava sentada em minha cama, arrumando a mala para irmos viajar.. Desta vez vamos para Miami, estou muito ansiosa.. Meus pais, sempre aparentam Eu estava sentada em minha cama, arrumando a mala para irmos viajar.. Desta vez vamos para Miami, estou muito ansiosa.. Meus pais, sempre aparentam estar procurando algo, eu já perguntei, mas sempre mudam

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção. eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora dizia isso.

Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção. eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora dizia isso. Bruno D. Vieira 8 Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção ao consultório da psicóloga, a única coisa que passava em sua mente eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora

Leia mais

Midnight Memories. L Chagas

Midnight Memories. L Chagas Midnight Memories L Chagas Aos meus leitores, com gratidão. [...] Você, eu e todos os nossos amigos Não me importo quanto gastamos Querida, isso é do que se trata a noite Eu sei que nada faz sentido

Leia mais

O que mais me lembro da minha infância era o grande espelho que havia na sala da casa da minha avó paterna. Estava sempre coberto por um grande

O que mais me lembro da minha infância era o grande espelho que havia na sala da casa da minha avó paterna. Estava sempre coberto por um grande historia de terror O que mais me lembro da minha infância era o grande espelho que havia na sala da casa da minha avó paterna. Estava sempre coberto por um grande lençol negro, o que despertava a minha

Leia mais

page 2 / 8 importantes são os MODOS PESSOAIS, o MODO DE FALAR e a POSTURA DO PROFISSIONAL diante dos demais.

page 2 / 8 importantes são os MODOS PESSOAIS, o MODO DE FALAR e a POSTURA DO PROFISSIONAL diante dos demais. page 1 / 8 Com certeza hoje, antes de sair para o trabalho ou para a universidade, no caso de acadêmicos e professores, ou quando vai para a balada,você escolheu uma roupa que acha que lhe cai bem, se

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

DICAS DE FOTOGRAFIA PARA O IMOBILIÁRIO

DICAS DE FOTOGRAFIA PARA O IMOBILIÁRIO DICAS DE FOTOGRAFIA PARA O IMOBILIÁRIO Uma imagem vale mais que mil palavras aplica-se também à fotografia imobiliária. Cada vez mais os clientes começam por procurar casa na internet e o primeiro passo

Leia mais

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO.

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. 1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. CENA 1/CASA DA /NOITE Dizia a lenda que em todo dia 1 de abril aparecia um espírito do mal que aterrorizava

Leia mais

Sumário Como Emagrecer Rápido Passo Tabela Rotina de Alimentação... 2 Passo 2 e Passo Passo Passo 6 e Passo 8...

Sumário Como Emagrecer Rápido Passo Tabela Rotina de Alimentação... 2 Passo 2 e Passo Passo Passo 6 e Passo 8... Sumário Como Emagrecer Rápido Passo 1... 1 Tabela Rotina de Alimentação... 2 Passo 2 e 3... 3 Passo 4... 4 Passo 5... 5 Passo 6 e 7...6 Passo 8...7 Passo 9 e 10...8 Para emagrecer rápido você precisa conhecer

Leia mais

Vamos examinar os caminhões um pouco mais de perto. Tim, um motorista profissional de caminhão, vai nos ajudar.

Vamos examinar os caminhões um pouco mais de perto. Tim, um motorista profissional de caminhão, vai nos ajudar. PARAR OLHAR ACENAR Todos os anos, muitas pessoas ficam feridas ou morrem em acidentes de trânsito que, às vezes, envolvem caminhões. É importante que todos saibam como se manter seguros no trânsito para

Leia mais

Trabalhe com segurança!

Trabalhe com segurança! Trabalhe com segurança! O que os trabalhadores da construção devem saber a respeito do envenenamento por chumbo Proteja a sua família contra o envenenamento por chumbo. O chumbo que é levado para a casa

Leia mais

ASSEMBLEIA DE CCA 2016 Setembro tem Assembleia? tem sim Senhor!!!

ASSEMBLEIA DE CCA 2016 Setembro tem Assembleia? tem sim Senhor!!! gosto/2016 ASSEMBLEIA DE CCA 2016 Setembro tem Assembleia? tem sim Senhor!!! Eu sou V uma comedora compulsiva em busca de recuperação. Setembro se aproxima e como todos os anos tenho plano de ação para

Leia mais

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA DIANA + 3 INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA Pablo, rapaz gordinho, 20 anos, está sentado na areia da praia ao lado de Dino, magrinho, de óculos, 18 anos. Pablo tem um violão no colo.

Leia mais

B. Auto-Avaliação do Estado de Saúde Horário de Início :

B. Auto-Avaliação do Estado de Saúde Horário de Início : B. Auto-Avaliação do Estado de Saúde Horário de Início : As primeiras perguntas deste módulo são sobre sua saúde em geral, tanto sobre sua saúde física como sua saúde mental. 1. Muito boa 2. Boa B1 Em

Leia mais

Evitar o uso de bebidas alcoólicas nas 48 horas que antecedem a cirurgia. Não utilizar qualquer medicação sem orientação médica.

Evitar o uso de bebidas alcoólicas nas 48 horas que antecedem a cirurgia. Não utilizar qualquer medicação sem orientação médica. Abdominoplastia Não utilizar qualquer medicação sem orientação médica. Não tomar na semana anterior a cirurgia qualquer medicação que contenha ácido acetil salicílico (AAS, Bufferin, Aspirina), Ginseng,

Leia mais

Higiene e problemas sociais

Higiene e problemas sociais Higiene e problemas sociais A saúde A nossa saúde depende dos nossos comportamentos e também do que nos rodeia, sendo influenciada por vários fatores: Higiene Problemas sociais Ambiente Clique nos tópicos

Leia mais