O Mistério da bolsa Grande

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Mistério da bolsa Grande"

Transcrição

1 O Mistério da bolsa Grande

2 Gisela está indo para casa no Rio de Janeiro, após um mês de férias em Londres. Ela vive em um apartamento no Rio com dois amigos. Ela deixa seu avião às cinco horas. É uma hora agora. Gisela coloca suas roupas e um manuscrito em uma mala de viagem. Este manuscrito é muito importante para ela. Ela está escrevendo seu primeiro livro.

3 Ricardo é um estudante. Ele vive é o Rio de Janeiro. depois de dois meses na Inglaterra, ele está indo para casa. Ele encontra o seu lugar no avião. Uma menina bonita está sentando-se no banco perto dele. "Oi!" Ricardo diz para a menina. Ele sorri para ela. Gisela olha para cima, mas ela não sorri. "Olá ", diz ela, e ela olha para seu livro novamente.

4 De repente, a bolsa de Ricardo cai sobre a menina. Ele bate o livro das mãos dela. "Oh!" diz Gisela. "Desculpe!", Diz Ricardo. "Eu sinto Muito!" Ele rapidamente se torna seu livro do chão e olha para ele. "Interessante", diz ele. "Olha Você aqui." "Obrigado", diz ela. Ela fica irritada.

5 "Meu nome é Ricardo", diz Ricardo. Gisela olha para ele. "É isso?" ela disse. Então ela olha para seu livro novamente. "Qual o seu nome?" ele pergunta. O Gisela não olhar para cima de seu livro neste momento. "Gisela", diz ela. "Isso é um nome bonito", diz Ricardo.

6 Ricardo está falando sobre seu tempo na Inglaterra. "Eu gosto de Londres", diz ele. "Eu gosto do barulho, as luzes, as pessoas, os ônibus vermelhos. Você gosta de Londres, Gisela? Você gosta da Inglaterra?" Gisela põe seu livro e suspira. "Sim", ela diz. "Eu gosto de Londres. Eu gosto da Inglaterra. E eu gosto de pessoas quietas!"

7 Este último, não é um filme. Ricardo está assistindo o filme, mas depois de um tempo ele dorme. Muito lentamente, sua cabeça cai sobre ombro de Gisela. Gisela olha para Ricardo e suspira. "Eu não quero a cabeça no meu ombro" Ela pensa. "Mas ele é calmo agora" Ela pensa sobre seu manuscrito "Eu posso terminar a história no Rio" Ela pensa.

8 Muitas horas depois, o avião chega ao aeroporto do Rio de Janeiro. Gisela e Ricardo entrar no edifício e esperar por suas malas. O saco de Gisela é azul. De repente, ela vê um saco de viagem azul. "Aqui está" Ela pensa "Bom. Agora eu posso ire Ricardo não pode me seguir" Ela rapidamente toma o saco e deixa o aeroporto.

9 Ricardo Fala para Gisela "Espere por mim, Gisela", pensa. Mas ele não tem o seu saco. Ele não pode deixar o aeroporto. Então, de repente, ele vê um saco de viagem azul. "Esse é o meu saco", ele pensa" Talvez eu possa pegar Gisela" Ele rapidamente leva o saco azul e vai do aeroporto para a rua.

10 E há Gisela, em um ônibus "Espere" Ricardo chama Ele esfrega depois que o ônibus, mas o ônibus não pára por ele. Gisela vê Ricardo da janela do ônibus, e ela sorri. Mas agora Ricardo está olhando para o saco azul. "Algo está errado", pensa.

11 O ônibus é muito quente e os olhos de Gisela close close. Ela dorme após a longa viagem a partir de Londres. Um homem no ônibus está olhando para o saco de viagem azul. "Talvez haja dinheiro nesse saco, ou algumas roupas caras", pensa. O ônibus está parando agora. Rapidamente, o homem toma a bolsa e corre.

12 As paragens de autocarro e Gisela abre os olhos. Em seguida, o veículo se movimentar novamente e ela vê o homem. Ele está correndo pela rua com o saco azul. "Pare! Pare o ônibus" Gisela diz "que o homem tem o meu saco" O autocarro pára novamente e Gisela corre atrás do homem. Mas onde está ele?

13 Gisela corre para cima e para baixo nas ruas do Rio, mas ela não pode ver o ladrão. Ela está com raiva e infeliz. "Meu manuscrito!" ela pensa. "É nesse saco! Meses e meses de trabalho! O que posso fazer agora? Eu não posso começar de novo." Em seguida, lentamente. Gisela anda para seu prédio.

14 Ricardo está esperando por ela na porta! " O que você quer, Ricardo? " diz Gisela. " Oh! É o meu saco? " Ricardo sorri. "Eu tenho o seu saco e você ter- " Ele pára. " Onde ele está? Onde está minha bolsa? " "Sua bolsa?" diz Ricardo. " Oh! Sinto muito. Um ladrão tem seu saco "

15 O ladrão está a olhar para as coisas no saco de Ricardo. Ele não entende. Eles não são as roupas de uma mulher jovem e bonita. "O que é isso?" ele pensa "camisas sujas! sujos velho jeans" Ele parece formarme dinheiro ou um vestido caro, mas ele não encontrá-los. Ele deixa a roupa na rua e vai embora.

16 "Eu tenho o meu manuscrito!" Gisela diz "obrigado" Ricardo ri. "E o ladrão pode ter meus velhos merdas e jeans", diz ele "Um grande erro" Ela sorri para ele "Um erro sorte para mim", diz ela "Mas como-?" Como sabe meu endereço? Diz Gisela. É que tem no rótulo, Você lê livros eu leio Rótulos.

17 CMJ - Colégio e Curso Alunos: Alynne Kelly, Ariane Cristine, Débora Costa, Italo Telles, Karla Eduarda, Klebson Arruda, Yasmim Araújo. Professor: Uyalison Série: 9 Ano "B"

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05 Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/2012 16:19:05 Minha_Vida_Agora.indd 8 11/06/2012 16:19:06 1 Meu nome é Elizabeth, mas ninguém nunca me chamou assim. Meu pai deu uma olhada em mim quando nasci e

Leia mais

Control Z Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09 4º tratamento: 17/02/09)

Control Z Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09 4º tratamento: 17/02/09) Control Z Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09 4º tratamento: 17/02/09) CENA 01 INT/DIA ônibus Uma mulher morena, cabelos longos, aparenta ter uns

Leia mais

Atividade Paranormal. Autor(a):Lauriane Autora:Lauriane

Atividade Paranormal. Autor(a):Lauriane Autora:Lauriane Atividade Paranormal Autor(a):Lauriane Autora:Lauriane Katie, uma estudante, e seu namorado Micah, um negociante de ações, vivem em uma casa de dois andares em um conjunto habitacional no subúrbio de San

Leia mais

"FÉRIAS NA PRAIA" Roteiro de. Deborah Zaniolli

FÉRIAS NA PRAIA Roteiro de. Deborah Zaniolli "FÉRIAS NA PRAIA" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 704.710 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "FÉRIAS

Leia mais

ERA UMA VEZ JOÃO. Um Roteiro de. Felipe Diógenes

ERA UMA VEZ JOÃO. Um Roteiro de. Felipe Diógenes ERA UMA VEZ JOÃO Um Roteiro de Felipe Diógenes copyright 2013 Adamastor Editor lipediogenesbh@hotmail.com Todos os direitos reservados 55 (31) 88766985 Personagens: Pipoqueiro João Werner Walquíria Martinha

Leia mais

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM:

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: CENA 1 COLAGEM DE IMAGENS SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO - Carreta descendo

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Sísifo. Por. Lisandro Gaertner

Sísifo. Por. Lisandro Gaertner Sísifo Por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. SAGUÃO - DIA (SEQUÊNCIA DE SONHO) CHEFE,

Leia mais

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO.

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. 1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. CENA 1/CASA DA /NOITE Dizia a lenda que em todo dia 1 de abril aparecia um espírito do mal que aterrorizava

Leia mais

Ela não merecia. Por. Stoff Vieira

Ela não merecia. Por. Stoff Vieira Ela não merecia Por Stoff Vieira (63)9211-3384 CENA 01. INT. QUARTO DE ANDRÉ. DIA Uma garrafa de vodka e um copo no chão. André deitado em uma cama velha bagunçada, ele acorda se espreguiça, coloca a mão

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

Roteiro. Fade out CENA 1 INTERIOR /DIA /QUARTO DA MENINA

Roteiro. Fade out CENA 1 INTERIOR /DIA /QUARTO DA MENINA Roteiro Fade in (escrito e off)... de todas as histórias que meu pai me contava a que nunca esqueci foi a história do Rei que levava no coraçãouma princesa... A menina Fade out CENA 1 INTERIOR /DIA /QUARTO

Leia mais

Aos meninos da Pré-Escola fizeram a seguinte pergunta: As únicas possíveis respostas são esquerda ou direita

Aos meninos da Pré-Escola fizeram a seguinte pergunta: As únicas possíveis respostas são esquerda ou direita Teste do ônibus TESTE DO ÔNIBUS Aos meninos da Pré-Escola fizeram a seguinte pergunta: Em que direção está viajando o ônibus abaixo? Olhe cuidadosamente o desenho. Sabe a resposta? As únicas possíveis

Leia mais

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque Fantasmas da noite Uma peça de Hayaldo Copque Peça encenada dentro de um automóvel na Praça Roosevelt, em São Paulo-SP, nos dias 11 e 12 de novembro de 2011, no projeto AutoPeças, das Satyrianas. Direção:

Leia mais

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho alternativo, onde encontra com um sujeito estranho.

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá.

Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. Sozinha Em Casa. Olá Pessoal Eu Sou a Vitoria e Vou Contar Para Vocês Uma História Que Eu Mesma Criei,Espero Que Vocês Gostem Vamos-Lá. 1.SOZINHA EM CASA: Em Uma Pequena Villa Avia Garota Chamada Eduarda

Leia mais

Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível (interno ao material)

Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível (interno ao material) Número da fita: 0043 Título: Performance Folia de Reis de D. Mariana Mídia: Mini DV Time Code Vídeo Áudio Tema Comentário imperdível (interno ao material) in out 00:00 01:39 Imagem, com efeito (shutter

Leia mais

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. NOITE

Leia mais

A turma inteira vagueia pela sala, CONVERSANDO ruidosamente. O Gumball lança aviões de papel. O Darwin salta de mesa em mesa CAN- TANDO.

A turma inteira vagueia pela sala, CONVERSANDO ruidosamente. O Gumball lança aviões de papel. O Darwin salta de mesa em mesa CAN- TANDO. int. sala de aula dia A turma inteira vagueia pela sala, CONVERSANDO ruidosamente. O Gumball lança aviões de papel. O Darwin salta de mesa em mesa CAN- TANDO. A está à frente da turma ao lado de um bombeiro,

Leia mais

Perdido no Jurassic Park

Perdido no Jurassic Park Trabalho de Storyboard LINGUAGEM AUDIOVISUAL E GAMES Professor: Eliseu de Souza Dreiky Fraga RA00117735 Perdido no Jurassic Park Introdução A história que segue no trabalho é de um pescador que acaba parando

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares BOLA NA CESTA Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares 25/04/2012 SINOPSE Essa é a história de Marlon Almeida. Um adolescente que tem um pai envolvido com a criminalidade. Sua salvação está no esporte.

Leia mais

Efêmera (título provisório) Por. Ana Julia Travia e Mari Brecht

Efêmera (título provisório) Por. Ana Julia Travia e Mari Brecht Efêmera (título provisório) Por Ana Julia Travia e Mari Brecht anaju.travia@gmail.com mari.brecht@gmail.com INT. SALA DE - DIA. VÍDEO DE Números no canto da tela: 00 horas Vídeo na TV., 22, com seus cabelos

Leia mais

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô.

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô. Parabéns para o Dan Tocou o telefone lá em casa. Meu pai atendeu na sala. Alô. Meu avô, pai do meu pai, do outro lado da linha, fez voz de quem não gostou da surpresa. Eu liguei pra dar parabéns ao Dan.

Leia mais

Teste de personalidade relacionamento

Teste de personalidade relacionamento Teste de personalidade relacionamento Este teste mostra como é que você reage a vida social, no trabalho, na escola, no grupo em que compartilha a sua vida. Faça assim: Marque o número da questão e a letra

Leia mais

Suspeitas. por. Ton Freitas

Suspeitas. por. Ton Freitas Suspeitas por Ton Freitas Registo F.B.N.: 661025 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. CAPELA - DIA Está ocorrendo um velório. No caixão ao centro está MARIA LUIZA, bonita, jovem. Em volta estão sentadas

Leia mais

Uma carta desliza por baixo da porta da sala. O Jake corre para a apanhar. O Jake vira o envelope e lê Finn. Jake Ei, correio! Ei Finn, é para ti!

Uma carta desliza por baixo da porta da sala. O Jake corre para a apanhar. O Jake vira o envelope e lê Finn. Jake Ei, correio! Ei Finn, é para ti! int. sala da CASA da árvore dia Uma carta desliza por baixo da porta da sala. O corre para a apanhar. O vira o envelope e lê Finn. Ei, correio! Ei Finn, é para ti! O atira-a por cima do ombro. O Finn salta

Leia mais

História Para as Crianças. A menina que caçoou

História Para as Crianças. A menina que caçoou História Para as Crianças A menina que caçoou Bom dia crianças, feliz sábado! Uma vez, do outro lado do mundo, em um lugar chamado Austrália vivia uma menina. Ela não era tão alta como algumas meninas

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO

UM SOL ALARANJADO. Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA QUARTO SEQUÊNCIA 1 - INTERIOR - DIA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Por uma janela, vemos o sol nascendo ao fundo de uma série de casas

Leia mais

Crisálida Vanessa Monique CRISÁLIDA. Crônicas e frases de uma metamorfose ambulante. Vanessa Monique

Crisálida Vanessa Monique CRISÁLIDA. Crônicas e frases de uma metamorfose ambulante. Vanessa Monique CRISÁLIDA Crônicas e frases de uma metamorfose ambulante Vanessa Monique 1 Dedicatória. À Deus Todo Poderoso que me presenteou com o dom de escrever à e todos que algum dia e de alguma forma me incentivaram

Leia mais

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO Cena/Tom. Descrição da Cena Locação C1T1 Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T2 Uma delas se divide, e nasce mais uma! Agora são três! Esta tabela serve de

Leia mais

Título: Poemas da verdade e da mentira. Autor: Luísa Ducla Soares. Ilustação: Ana Cristina Inácio. Edição original: Livros Horizonte, 2005

Título: Poemas da verdade e da mentira. Autor: Luísa Ducla Soares. Ilustação: Ana Cristina Inácio. Edição original: Livros Horizonte, 2005 Título: Poemas da verdade e da mentira Autor: Luísa Ducla Soares Ilustação: Ana Cristina Inácio Edição original: Livros Horizonte, 2005 Edição: Serviço das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Finisterra-

Leia mais

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI

PROCURA-SE UMA VIÚVA. Por CARLA GIFFONI PROCURA-SE UMA VIÚVA Por CARLA GIFFONI BN 010.350 carlagiffoni@yahoo.com.br http://recantodasletras.com.br /autores/carlagiffoni 1- CORREDOR DA CAPELA MORTUÁRIA - INT - DIA Matilde e Donana, duas senhoras

Leia mais

Um homem de sorte. Uma peça de Hayaldo Copque

Um homem de sorte. Uma peça de Hayaldo Copque Um homem de sorte Uma peça de Hayaldo Copque Esta peça foi vencedora do edital Teatro Nu: Cinema. Montada em janeiro de 2010 na SALADEARTE Cinema da UFBA. Direção: Gil Vicente Tavares. Elenco: Carlos Betão

Leia mais

Cap.1- Separação. Um roteiro

Cap.1- Separação. Um roteiro Até quando? Cap.1- Separação Um roteiro de Lucas Luiz SEQ. 1: Sala do apartamento Int. / dia Letícia procura por algo em uma caixa de sapato, sentada no sofá. A sua frente está André, em pé, observando-a.

Leia mais

MARÍLIA e PEDRO (têm entre si uma porta de madeira) Cai uma chuva de pedras próximo de PEDRO. MARÍLIA (permanece em silêncio e indiferente)

MARÍLIA e PEDRO (têm entre si uma porta de madeira) Cai uma chuva de pedras próximo de PEDRO. MARÍLIA (permanece em silêncio e indiferente) Fernando Giestas O DIA DEPOIS DA NOITE e (têm entre si uma porta de madeira) (está encharcada, deitada numa cama, vestida e calçada debaixo dos cobertores; tem uma pedra numa mão e um guarda- -chuva aberto

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

Litoral e Capital- Pedro Faria

Litoral e Capital- Pedro Faria Litoral e Capital- Pedro Faria giselle sato Litoral e Capital Todos os homens são filhos da puta. Somos filhos da puta mesmo. Alguns de nós mais do que o aceitável, outros menos do que deveríamos. Mas

Leia mais

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes O ATAQUE NA PISCINA Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes de Natália, Bárbara não queria que

Leia mais

Começa a cena com um homem de cabelos grisalhos, terno, em uma sala de escritório vendo a foto de dois jovens juntos, foto que pareçam de namorados,

Começa a cena com um homem de cabelos grisalhos, terno, em uma sala de escritório vendo a foto de dois jovens juntos, foto que pareçam de namorados, Começa a cena com um homem de cabelos grisalhos, terno, em uma sala de escritório vendo a foto de dois jovens juntos, foto que pareçam de namorados, a cena vai da foto até os olhos do homem se fechando

Leia mais

o casamento do fazendeiro

o casamento do fazendeiro o casamento do fazendeiro ERA uma fez um fazendeiro que ele sempre dia mania de ir na cidade compra coisas mais ele tinha mania de ir sempre de manha cedo um dia ele acordou se arrumou e foi pra cidade,

Leia mais

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento Eu e umas amigas íamos viajar. Um dia antes dessa viagem convidei minhas amigas para dormir na minha casa. Nós íamos para uma floresta que aparentava ser a floresta do Slender-Man mas ninguém acreditava

Leia mais

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo.

Cena 4. Pausa. O homem velho mete metade do corpo no latão e afunda nos sacos de lixo. Cena 4 Uma rua. Um latão de lixo. Mulher Velha e Homem Velho Homem Velho: Puta vesida de velha. Mulher Velha: O que você tá procurando? Homem Velho: Comida. Mulher Velha: Já faz mais de dez anos que não

Leia mais

NOSSO LIVRO DO FOLCLORE

NOSSO LIVRO DO FOLCLORE NOSSO LIVRO DO FOLCLORE ALUNOS DA TURMA DE ALFABETIZAÇÃO DA SALA DE APOIO PEDAGÓGICO DA EMEF PROF. HENRIQUE PEGADO 2015 NOSSO LIVRO DO FOLCLORE AUTORES ALUNOS DE ALFABETIZAÇÃO DA SALA DE APOIO PEDAGÓGICO

Leia mais

DATA: BRUMADO, DE MARÇO DE PREENCHA O QUADRINHO COM A LETRA INICIAL DO NOME DE CADA ANIMAL:

DATA: BRUMADO, DE MARÇO DE PREENCHA O QUADRINHO COM A LETRA INICIAL DO NOME DE CADA ANIMAL: Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: 162.426.20/0001-77 ALUNO(A) DATA: BRUMADO, DE MARÇO DE A3 PREENCHA O QUADRINHO COM A LETRA INICIAL DO NOME DE CADA ANIMAL:

Leia mais

Rio de Janeiro, Subúrbio.

Rio de Janeiro, Subúrbio. Rio de Janeiro, Subúrbio. No subúrbio, a correria era total, caixotes eram revirados, alimentos jogados por todos os lados. Um fugitivo corria da polícia com pressa, assustada estava Helena, que tinha

Leia mais

A DOCUMENTAÇÃO DA APRENDIZAGEM: A VOZ DAS CRIANÇAS. Ana Azevedo Júlia Oliveira-Formosinho

A DOCUMENTAÇÃO DA APRENDIZAGEM: A VOZ DAS CRIANÇAS. Ana Azevedo Júlia Oliveira-Formosinho A DOCUMENTAÇÃO DA APRENDIZAGEM: A VOZ DAS CRIANÇAS Ana Azevedo Júlia Oliveira-Formosinho Questões sobre o portfólio respondidas pelas crianças: 1. O que é um portfólio? 2. Gostas do teu portfólio? Porquê?

Leia mais

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas.

UM SOL ALARANJADO. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas. Amanhece, e pessoas começam a sair das casas. SEQUÊNCIA 1 - EXTERIOR - DIA VILA UM SOL ALARANJADO Roteiro de Eduardo Valente, a partir de argumento e com a colaboração de Rubio Campos. Vemos de cima uma pequena vila de subúrbio com suas casas baixas.

Leia mais

Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a

Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a Piadas E Adivinhas Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a cabeça. Um dia o professor estava comendo

Leia mais

José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito

José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito As Aventuras de Derry Pirce Derry Pirse é um adolescente órfão que mora com o tio porque os pais morreram em um incêndio onde tiveram 12 mortos

Leia mais

A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2

A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2 A DOMÉSTICA (FILME CURTA) Final 2 Roteiro de Alcir Nicolau Pereira Versão de NOVEMBRO DE 2012. 1 A DOMÉSTICA (FILME-CURTA) --------------------------------------------------------------- PERSONAGENS Empregada

Leia mais

Dicas Crie um estilo pessoal

Dicas Crie um estilo pessoal Introdução Esse mini ebook foi feito especialmente para você que deseja conquistar lindas mulheres. Nas próximas páginas será compartilhado dicas práticas para que você conquiste mulheres de forma mais

Leia mais

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos

Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Geração Graças Peça: Os Cofrinhos Autora: Tell Aragão Personagens: Voz - não aparece mendigo/pessoa Nervosa/Ladrão faz os três personagens Menina 1 Menina 2 Voz: Era uma vez, duas irmãs que ganharam dois

Leia mais

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira?

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira? HISTÓRIA DE LINS EE PROF.PE. EDUARDO R. de CARVALHO Alunos: Maria Luana Lino da Silva Rafaela Alves de Almeida Estefanny Mayra S. Pereira Agnes K. Bernardes História 1 Unidas Venceremos É a história de

Leia mais

Ato Único (peça em um ato)

Ato Único (peça em um ato) A to Ú nico Gil V icente Tavares 1 Ato Único (peça em um ato) de Gil Vicente Tavares Salvador, 18 de agosto de 1997 A to Ú nico Gil V icente Tavares 2 Personagens: Mulher A Mulher B Minha loucura, outros

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

THE SILENCE OF THE LAMBS ROTEIRO DE BY TED TALLY ATIVIDADE READAPTAÇÃO POR JOSEPH C. MERENCIO

THE SILENCE OF THE LAMBS ROTEIRO DE BY TED TALLY ATIVIDADE READAPTAÇÃO POR JOSEPH C. MERENCIO THE SILENCE OF THE LAMBS ROTEIRO DE TED TALLY ATIVIDADE READAPTAÇÃO POR JOSEPH C. MERENCIO BY TED TALLY TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AT: JOSEPH C. MERENCIO TELEFONE: 62744736 E-MAIL: JOSEPHJJJ2009@HOTMAIL.COM

Leia mais

*PRECCI* Programa de Evangelização e Catequese Católico InfantoJuvenil TiaJane. Roteiro

*PRECCI* Programa de Evangelização e Catequese Católico InfantoJuvenil TiaJane. Roteiro Personagens: J- TIA JANE B- Anjo BENTINHO P- PEDRINHO C- CLARINHA Be- Bebel Roteiro J- É ano novo lalaia, é ano novo lalaia! Vou deixar tudo bonito pra esperar o menino Jesus que vai nascer!!! (cantando

Leia mais

Anja Entra pelo meio : Olá meu nome é Gabriele, estamos na época do Natal, como

Anja Entra pelo meio : Olá meu nome é Gabriele, estamos na época do Natal, como TEATRO - Véspera de Natal Personagens : 12 ( 7 mulheres - 5 homens ) Esposa : Marido: Mulher 1 : Mulher 2: Cara 1 : Cara 2: Mãe : Filho: Carla : Carol: Anja: Jesus. Anja Entra pelo meio : Olá meu nome

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas).

Titulo - VENENO. Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Titulo - VENENO Ext Capital de São Paulo Noite (Avista-se a cidade de cima, forrada de prédios, algumas luzes ainda acesas). Corta para dentro de um apartamento (O apartamento é bem mobiliado. Estofados

Leia mais

A NOIVA. André Calazans

A NOIVA. André Calazans A NOIVA André Calazans - É, meu filho, sua velha mãe não tem como evitar. Você, meu único filho que me ficou, vai casar. Logo você, meu caçula, com aquela jararaca... - Mãe, por favor... - Deixa disso,

Leia mais

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA ELA por Raquel Schaedler Peça para três personagens: O homem A mulher ELA Você comeu? Comi. Você tá com fome? Um pouquinho. quer um miojo? Não. Você não tem um chocolate aí? Tenho. Tem? O que você tem?

Leia mais

Consumismo. Por. Juliano Figueiredo da Silva

Consumismo. Por. Juliano Figueiredo da Silva Consumismo Por Juliano Figueiredo da Silva TODOS OS DIREITOS RESERVADOS JULIANOFIGUEIREDO88@GMAIL.COM EXT. EM FRENTE A UM ESTABELECIMENTO.DIA Pessoas se aglomeram em uma grande fila, bem organizada e vigiada.

Leia mais

"A HORA DO SIM" Roteiro de. Deborah Zaniolli

A HORA DO SIM Roteiro de. Deborah Zaniolli "A HORA DO SIM" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 704.709 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "A HORA

Leia mais

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

O LAVA JATO MACABRO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA O LAVA JATO MACABRO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA Rua alameda dom Pedro II n 718 Venda da cruz São Gonçalo. e-mail:jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.LAGE DA CASA.DIA Renam está sentado na

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história.

Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história. Uma noite de verão, diz o ator, estaria no centro da história. Nem um sopro de vento. E já ali, imóvel frente à cidade de portas e janelas abertas, entre a noite vermelha do poente e a penumbra do jardim,

Leia mais

O criador de ilusões

O criador de ilusões O criador de ilusões De repente do escuro ficou claro, deu para ver as roupas brancas entre aventais e máscaras e foi preciso chorar, logo uma voz familiar misturada com um cheiro doce e agradável de

Leia mais

Roteiro: Kelson s, O lugar onde vivo.

Roteiro: Kelson s, O lugar onde vivo. Roteiro: Kelson s, O lugar onde vivo. SINOPSE: Kelson s : O Lugar onde Vivo Relato de quatro meninos de uma comunidade de baixa renda do Rio de Janeiro, falando a um entrevistador, do lugar onde vivem.

Leia mais

Atividade de Apoio - Língua Portuguesa

Atividade de Apoio - Língua Portuguesa COLÉGIO CRISTO REDENTOR/ACADEMIA DE COMÉRCIO CONGREGAÇÃO DO VERBO DIVINO SVD Qual é o seu herói favorito? Atividade de Apoio - Língua Portuguesa Violeta era a maior fã do herói de um seriado da televisão.

Leia mais

A partir de mim. nós. Com quem? A HISTÓRIA

A partir de mim. nós. Com quem? A HISTÓRIA A partir de mim nós Com quem? A HISTÓRIA ESTE SOU EU!!! Como todo mês de julho, a associação na paróquia Santa Maria do Caminho organiza seus acampamentos de verão nas montanhas da Europa, no conhecido

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Marcos Rodrigues Vânia Rodrigues

Leia mais

PESQUISA NO RIO DOS SINOS

PESQUISA NO RIO DOS SINOS PESQUISA NO RIO DOS SINOS Alice Salete Bredow Ananda Vitória Corrêa Marina Torman Rodrigues Machado Rafaela Alves Jardim Turma 71 Data 06/07/2016 Professora: Melina Wasem Passos Disciplina: Língua Portuguesa

Leia mais

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons.

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons. Olá, você esta acessando um dos materiais vencedores no concurso InternÉtica 2011, realizado pela SaferNet Brasil e o Instituto Childhood Brasil. Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Será que Existe? Sinopse:

Será que Existe? Sinopse: Será que Existe? Sinopse: Grandes amigos: Rafael, Matheus, Helen, Julia e Renato estudam no Colégio Maria Aguiar Teixeira e ouvem rumores sobre uma história e decidem investigar. Combinam de entrar na

Leia mais

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro. Fábio da Silva. 15/03/2010 até 08/04/2010

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro. Fábio da Silva. 15/03/2010 até 08/04/2010 ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE? um roteiro de Fábio da Silva 15/03/2010 até 08/04/2010 Copyright 2010 by Fábio da Silva Todos os direitos reservados silver_mota@yahoo.com.br 2. ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE?

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

O FOFÃO E O MONÓCULO

O FOFÃO E O MONÓCULO O FOFÃO E O MONÓCULO * Por Leo Delari Um casal de jovens cinéfilos (VLADIMIR e LOLA) anda perdido por uma rua. Eles olham para os lados desorientados tentando se localizar. Não há ninguém ao redor a não

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa Nome: Ano: 5º Ano 2º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Códigos e Linguagens

Leia mais

- Meu Deus! Elas estão mortas... ele ainda tá vivo e matou todas elas. - Covarde desgraçado. Elas não te fizeram nada.

- Meu Deus! Elas estão mortas... ele ainda tá vivo e matou todas elas. - Covarde desgraçado. Elas não te fizeram nada. Invasão JJ dormiu toda a noite de domingo para segunda e segunda o dia todo. Quando acordou na noite de segunda, ligou para sua mãe para saber como ela estava. Ela disse que estava bem, pediu desculpas

Leia mais

Ginástica Íntima. Cartilha de exercícios para os músculos do assoalho pélvico

Ginástica Íntima. Cartilha de exercícios para os músculos do assoalho pélvico Ginástica Íntima Cartilha de exercícios para os músculos do assoalho pélvico UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE GRADUAÇÃO DE FISIOTERAPIA DISCIPLINA: FISIOTERAPIA APLICADA À GINECOLOGIA

Leia mais

ROTEIRO: O Homem que Trapaceou o Trapaceiro

ROTEIRO: O Homem que Trapaceou o Trapaceiro ROTEIRO: O Homem que Trapaceou o Trapaceiro Flashback (Tomada de SAWYER abrindo os olhos. Ele está em um quarto de motel barato. Levanta da cama com as mãos na cabeça indicando uma ressaca forte. Há duas

Leia mais

Paciente A 1a. Entrevista. Por. Radoc Lobo Juliano Lopes. Baseado em conto enviado por Radoc Lobo

Paciente A 1a. Entrevista. Por. Radoc Lobo Juliano Lopes. Baseado em conto enviado por Radoc Lobo - A 1a. Entrevista Por Radoc Lobo Juliano Lopes Baseado em conto enviado por Radoc Lobo 2013 - Ovos Zumbis ovoszumbis@gmail.com Elenco de personagens Paciente 2208: Dra. Angela: Paulo: Juliano Lopes Andréia

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROGRAMA

INFORMAÇÕES DO PROGRAMA De 5 meses e 0 dia até 6 meses e 30 dias Questionário para 6 Meses Por favor, preencha o formulário abaixo. Use caneta preta ou azul e escreva em letra de forma. Data do preenchimento: D D M M A A A A

Leia mais

A vida por trás das redes sociais

A vida por trás das redes sociais A vida por trás das redes sociais Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes socias #Embuscadealgumascurtidas Uma reflexão sobre a legitimação do eu através das redes sociais Breno Amorim,Caio Christovam

Leia mais

Eu tenho uma amiga que viaja muito e incluiu

Eu tenho uma amiga que viaja muito e incluiu 1. Eu tenho uma amiga que viaja muito e incluiu uma nova mala, além das de roupa e sapatos, ao batalhão de couro que a acompanha por todos os aeroportos do mundo. Ela não viaja mais sem sua nécessaire

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Mendes

Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Mendes ROTEIRO CENA 1 Ext. Pátio da Escola: narrador caminha pelo pátio narrando algumas histórias do bairro. Nosso bairro era muito diferente do que é hoje. Antes eram várias vilas que dividiam espaços. (fotos

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 2 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME. Personagens deste capítulo: AGRIMENSOR CORDÉLIO FERNANDA MARIANO

ENTRE FERAS CAPÍTULO 2 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME. Personagens deste capítulo: AGRIMENSOR CORDÉLIO FERNANDA MARIANO ENTRE FERAS CAPÍTULO 2 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME Personagens deste capítulo: CENA 1. CASA FAZENDA. SALA. INTERIOR. NOITE Continuação imediata da última cena do capítulo

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Camilla Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Marcos Rodrigues Vânia Rodrigues Roberto

Leia mais

O estranho palhaço do mal. Stoff Vieira Costa

O estranho palhaço do mal. Stoff Vieira Costa O estranho palhaço do mal Stoff Vieira Costa CENA 01. CASA. INT Câmera mostrando uma gaveta aberta e diversas mascaras de palhaços dentro da gaveta. CENA 02. CASA. SALA. INT. DIA Um homem sentado de costas

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Apresentação. Caros estudantes, pais, professores, funcionários e comunidade em geral,

Apresentação. Caros estudantes, pais, professores, funcionários e comunidade em geral, Apresentação Caros estudantes, pais, professores, funcionários e comunidade em geral, Sabemos que hoje os acidentes de trânsito são um problema, não só em nossa cidade, mas em todo o mundo. Diariamente,

Leia mais