MARCIA XAVIER QUERIDA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARCIA XAVIER QUERIDA"

Transcrição

1 MARCIA XAVIER QUERIDA Abertura: 2 de agosto das 14 às 18 horas Período da exposição: de 5 a 23 de agosto de 2014 Local: Casa Triângulo Rua Pais de Araújo 77 [Itaim Bibi] São Paulo/SP Tel.: Site: Horário de funcionamento: de terça a sábado das 11 às 19 horas Querida é o título da nova exposição individual de Marcia Xavier, na Casa Triângulo. A mostra é o resultado da pesquisa realizada pela artista durante uma residência artística na cidade de Roma, de setembro a novembro de A pesquisa foi essencialmente fotográfica. Comecei ao ar livre, caminhando pela cidade e vendo a paisagem das vistas das sete colinas que a cercam. Ao mesmo tempo fui entrando nos ambientes internos das igrejas, templos, palácios e museus. Atraída primeiro pela arquitetura, com suas colunas e cúpulas monumentais e depois pela enorme coleção de esculturas. Roma é uma cidade onde se convive com o arcaico e o que existe de mais atual das ruínas do Fórum Romano ao

2 MAXXI, museu onde visitei a mostra Pensar por Imagens, de Luigi Ghirri, um artista que para mim foi uma descoberta maravilhosa, diz Marcia Xavier. Toda essa experiência levou a artista a focar em três assuntos, que descreve abaixo, apresentados agora nessa mostra: PAISAGEM 1- HAIKAI / fotografia em moldura 18 X 33 CM Depois de conviver com as imagens de Ghirri, primeiro na exposição e depois nos livros, passei a enxergar sua fotografia em tudo que via pela cidade. Como se dilatasse o tempo, sua obra passa uma sensação de calma, unindo concentração e contemplação. Haikai é uma fotografia ghirriniana pela leveza. A paisagem sem chão a lua, a nuvem e a ponta de um pinheiro flutuam soltas no céu.

3 2- PAISAGEM LÍQUIDA I / fotografia em backlight de piso / 75 X 133 CM Nos arredores da Piazza Del Popolo, mais precisamente no Monte Pincio, vejo, no espelho d água de uma fonte, o céu azul no chão, a nuvem ao lado do musgo verde que nasce na pedra, misturando a superfície do lago com seu fundo. O céu e o chão num mesmo plano, transformando a paisagem dos pinheiros num espelho líquido.

4 3- PAISAGEM LÍQUIDA II / vídeo em looping e tablet / 13 X 24 CM Um vídeo onde a paisagem balança, espelhada nas águas de um canal em Veneza. Uma dança nos telhados das casas cria uma instabilidade vertiginosa.

5 4- PORTA / caixa de madeira, cilindros de acrílico sobre cavalete / 30 X 50 CM Brinquedo óptico. A imagem de uma porta impressa sobre a madeira, no fundo de uma caixa, é vista através dos cilindros. Soltas no tabuleiro, essas lentes se movimentam, deformam a imagem de acordo com a movimentação da obra pelo expectador.

6 RUÍNAS 5- COLUNA / papel fotográfico em preto e branco e moldura / 120 X 180 CM A fotografia mostra o detalhe de uma coluna. Os rabiscos no mármore são letras soltas e palavras desconexas, que revelam uma tensão entre o arcaico e o moderno. A imagem deitada na horizontal transforma a coluna em uma paisagem. A ampliação negativada reforça as características de gravura, acentuadas pelo granulação do filme.

7 SAL 6- DOMUS / caixa de vidro, duraclear e sal / 120 X 180 CM A imagem mostra as ruínas da residência do Imperador Augusto, Domus Augustana, que fica ao norte do Fórum Romano. Suas janelas avistam o Circo Máximo. As pare- des de pedras se desmancham na paisagem. O grão do filme e o uso das pedras de sal, mimetizam a natureza esfarelada da construção.

8 7- HOMEM / caixa de acrílico, papel fotográfico e sal / 70 X 105 CM 8- MULHER / caixa de acrílico, papel fotográfico e sal / 105 X 70 CM Fotos de partes do que restou das esculturas de um torso masculino e de um feminino, imersos em grãos de sal, fazem uma analogia entre criação e decomposição, imobilizando o tempo.

9 MEZANINO 9- MÃO / instalação: 20 imagens presas na parede / 24 X 30 CM cada Série de mãos de estátuas fotografadas em diversos lugares da cidade. Numa referência à pintura de Michelangelo, A Criação de Adão, as mãos se unem numa intenção semelhante, coladas lado a lado, formando uma linha na parede. 10- MÃOS / série de 10 colagens de tamanhos variados montadas em moldura

10 Uma série de fotomontagens, que tem em comum o recorte de uma mão. Altero sua escala, levando primeiro uma grande mão para passear pela cidade e fotografando ela em diversos ambientes, num misto de colagem ao vivo e performance. Em outras, crio colagens com o recorte de uma mão pequena passeando por papéis antigos: guias, gravuras e postais que fui colecionado na feira de antiguidades em Porta Portese. 11- QUERIDA / caixa de mármore, imagem em duratrans, cilindros de acrílico e velas Peça central do segundo piso da galeria, é circundada pelas duas séries de mãos. Uma caixa de mármore é forrada pelas lentes cilíndricas que encobrem uma imagem anônima do século XIX. Nela, uma mulher revela com suas mãos a parte interna da sua vagina. O deslocamento do expectador em torno da obra faz com que a cena se transforme, como num mini-cinema, iluminado por um backlight de luz de velas. Serviremos na abertura da exposição o drink Querida (spicy rum, malibu, midori e pinapple), tradicional do bar Baccano, de Roma. Ambientando a exposição, apresento uma instalação sonora. A partir de uma gravação que fiz no 3º Festival de Música Sacra, na Basilica di Santo Stefano Rotondo, na voz do controtenore Mario Bassani, interpretando uma Aria di Romanesca. Editei a música inserindo intervalos maiores de silêncio entre os versos, criando uma atmosfera que envolve todas as obras.

fernando vilela catálogo de obras

fernando vilela catálogo de obras fernando vilela catálogo de obras Índice gravuras esculturas cadernos fotos 4 132 166 190 gravuras 1. instalações 2. foto gravuras 3. xilogravuras sobre papel 4. ações em espaços públicos 5. primeiras

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO Aula 3.2-2 1. A Anunciação é uma das obras mais conhecidas de Leonardo da Vinci. Feita por volta do ano de 1472, ela retrata uma das cenas bíblicas mais famosas de todos os tempos. Escreva nas linhas abaixo

Leia mais

História da Arte - Linha do Tempo

História da Arte - Linha do Tempo História da Arte - Linha do Tempo PRÉ- HISTÓRIA (1000000 A 3600 a.c.) Primeiras manifestações artísticas. Pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Sangue de animais, saliva, fragmentos

Leia mais

Museu Nacional da Arte Antiga

Museu Nacional da Arte Antiga Museu Nacional da Arte Antiga Índice 1. Horários e localização: 2. Ingresso 3. História do museu 4. Informações acerca do museu 5. As 10 obras de referência do MNAA 6. Coleções 1 - Horário e Localização

Leia mais

Nosso objetivo será mostrar como obter informações qualitativas sobre a refração da luz em um sistema óptico cilíndrico.

Nosso objetivo será mostrar como obter informações qualitativas sobre a refração da luz em um sistema óptico cilíndrico. Introdução Nosso objetivo será mostrar como obter informações qualitativas sobre a refração da luz em um sistema óptico cilíndrico. A confecção do experimento permitirá também a observação da dispersão

Leia mais

Ampliando o olhar sobre a Arte

Ampliando o olhar sobre a Arte Ampliando o olhar sobre a Arte A Arte reflete a história da humanidade. Desde as primeiras expressões artísticas (Arte rupestre) até os dias de hoje, podemos compreender o desenvolvimento do homem em cada

Leia mais

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos.

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos. Óptica Os fenômenos ópticos que observamos através do nosso aparelho de visão (Olho Humano) são todos devidos às propriedades da luz. Para estudarmos a óptica, ou seja, os efeitos sofridos pela luz, utilizaremos

Leia mais

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO:

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: CONTEÚDO: Gênero: Retrato /Fotografia Técnica: Pintura óleo sobre tela Elementos formais: cor e luz Os recursos formais de representação: figuração

Leia mais

LENTES ESFÉRICAS (LEI DE GAUSS)

LENTES ESFÉRICAS (LEI DE GAUSS) LENTES ESFÉRICAS (LEI DE GAUSS) 1. Um objeto real é colocado perpendicularmente ao eixo principal de uma lente convergente, de distância focal f. Se o objeto está a uma distância 3 f da lente, a distância

Leia mais

MÓDULO 02. Rochas na História Aplicação rochas ornamentais Arquitetura/ Construção. arquiteto@renatopaldes.arq.br

MÓDULO 02. Rochas na História Aplicação rochas ornamentais Arquitetura/ Construção. arquiteto@renatopaldes.arq.br MÓDULO 02 Rochas na História Aplicação rochas ornamentais Arquitetura/ Construção arquiteto@renatopaldes.arq.br Uso da Pedra Primeiras manifestações Stonehenge 3.300 AC. Antigo Egito Encontrados blocos

Leia mais

Cores e Formas. Aplicando os conceitos da reciclagem, fazer uso das formas geométricas como materiais para a composição e decomposição de figuras.

Cores e Formas. Aplicando os conceitos da reciclagem, fazer uso das formas geométricas como materiais para a composição e decomposição de figuras. Cores e Formas 1) Objetivo Geral Aplicando os conceitos da reciclagem, fazer uso das formas geométricas como materiais para a composição e decomposição de figuras. 2) Objetivo Específico Reconhecimento,

Leia mais

TURMA 801. Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR

TURMA 801. Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR TURMA 801 Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR Nós habitamos um mundo tridimensional. Ou seja, vemos o mundo em três dimensões: a altura, a largura e a profundidade. É por conta da profundidade que dizemos a árvore

Leia mais

Construindo a câmara escura

Construindo a câmara escura Construindo a câmara escura Shizue Introdução Captar e registrar imagens tornou-se possível com a câmara escura de orifício. Essa câmara nada mais é do que uma lata, preta por dentro para não refletir

Leia mais

Em mais uma edição do seu tradicional leilão, James Lisboa Leiloeiro Oficial apresenta 157 obras de grandes nomes da arte brasileira.

Em mais uma edição do seu tradicional leilão, James Lisboa Leiloeiro Oficial apresenta 157 obras de grandes nomes da arte brasileira. Leilão de Arte Leilão de arte em São Paulo reúne obras de 89 artistas modernos e contemporâneos Em mais uma edição do seu tradicional leilão, James Lisboa Leiloeiro Oficial apresenta 157 obras de grandes

Leia mais

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa G eoff Rees Be neat h t he re ef, 199 2, s er igr af i a Fot o: Fau st o Fleur y O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa Com as proposições didáticas sugeridas, espera-se que os alunos possam

Leia mais

FERNANDO AUGUSTO. Desenho, pintura, fotografia, livro de artista... Alguns projetos realizados. UMBIGO MUNDO 2002-20012

FERNANDO AUGUSTO. Desenho, pintura, fotografia, livro de artista... Alguns projetos realizados. UMBIGO MUNDO 2002-20012 FERNANDO AUGUSTO Desenho, pintura, fotografia, livro de artista... Alguns projetos realizados. UMBIGO MUNDO 2002-20012 Conjunto de 100 fotografias de umbigos feitos ao longo de 10 anos em várias partes

Leia mais

FLORENÇA JANEIRO/2013 (Florence University of The Arts)

FLORENÇA JANEIRO/2013 (Florence University of The Arts) FLORENÇA JANEIRO/2013 (Florence University of The Arts) Carga horária do curso: 45 horas + 15 horas de visitas Acomodação em quarto compartilhado Suplemento para apartamento individual 300 Transfer de

Leia mais

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa Setor 3210 ÓPTICA GEOMÉTRICA Prof. Calil A Óptica estuda a energia denominada luz. 1- Quando nos preocupamos em estudar os defeitos da visão e como curá-los, estamos estudando a Óptica Fisiológica. Estudar

Leia mais

DAS ARTES. 1º semestre / 2012. Aula 4. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com

DAS ARTES. 1º semestre / 2012. Aula 4. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com ESTÉTICA TICA E HISTÓRIA DAS ARTES 1º semestre / 2012 Aula 4 Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão masiscao@hotmail.com 1 ANTIGUIDADE OCIDENTAL ARTE ANTIGA: ROMANA 2 Roma Antiga Extensão máxima território

Leia mais

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA NOME OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA ESTABELEÇO RELAÇÕES DE PARENTESCO : avós, pais, irmãos, tios, sobrinhos Quem pertence à nossa família? Observa as seguintes imagens. Como podes observar, nas imagens estão

Leia mais

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2015. Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 2 MMXV Intermediária 2 Grupo A

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2015. Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 2 MMXV Intermediária 2 Grupo A Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2015. Londrina, Nome: de Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 2 MMXV Intermediária 2 Grupo A A TEMPESTADE É um quadro que mostra um profundo senso de

Leia mais

Lista 2 Espelhos Planos Construções Extensivo Noite

Lista 2 Espelhos Planos Construções Extensivo Noite 1. (Fuvest 2007) A janela de uma casa age como se fosse um espelho e reflete a luz do Sol nela incidente, atingindo, às vezes, a casa vizinha. Para a hora do dia em que a luz do Sol incide na direção indicada

Leia mais

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: LIBERDADE CONTEMPORÂNEA

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: LIBERDADE CONTEMPORÂNEA EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: LIBERDADE CONTEMPORÂNEA A Associação Riograndense de Artes plásticas Francisco Lisboa e o Instituto Estadual de Artes Visuais apresentam o regulamento para seleção de

Leia mais

Excursão turística em ônibus panorâmico pela cidade de Roma

Excursão turística em ônibus panorâmico pela cidade de Roma Excursão turística em ônibus panorâmico pela cidade de Roma Operador: Viator Inc Dias de Saída na Semana Moeda: US$ Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom Dias Limite para Venda: 3 X X X X X X X Quantidade mínima

Leia mais

FÍSICA ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1

FÍSICA ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1 2014_Física_2 ano FÍSICA Prof. Bruno ÓPTICA GEOMÉTRICA FÍSICA 1 1. (Uftm 2012) Uma câmara escura de orifício reproduz uma imagem de 10 cm de altura de uma árvore observada. Se reduzirmos em 15 m a distância

Leia mais

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Curso Superior de Tecnologia em Construção de Edifícios MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Prof. Leandro Candido de Lemos Pinheiro leandro.pinheiro@riogrande.ifrs.edu.br Porque construir? Necessidade de se

Leia mais

Arte na antiguidade: Roma. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com

Arte na antiguidade: Roma. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com Arte na antiguidade: Roma Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com INFLUÊNCIAS: arte etrusca - voltada para a expressão da arte vivida (destaque para o uso de arcos e abóbadas nas construções)

Leia mais

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 05

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 05 Oficina de fotografia e tratamento de imagem Facilitadora: Camila Silva Aula: 05 Objetivas É uma lente óptica ou conjunto de lentes usada em conjunto com um corpo de câmera e um mecanismo para reproduzir

Leia mais

ANNA PAULA ALMEIDA. Rosa Melo MOSAICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

ANNA PAULA ALMEIDA. Rosa Melo MOSAICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ANNA PAULA ALMEIDA Rosa Melo SALVADOR, 2012.1 MOSAICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL CONCEITO Mosaico ou arte musiva, é palavra de origem alemã, embora a técnica seja antiquíssima. É um embutido de pequenas peças

Leia mais

SÉRIE 7: Trabalho. para olhar. pensar, imaginar... e fazer. Jean-François Millet As respigadeiras 1857 Óleo sobre tela.

SÉRIE 7: Trabalho. para olhar. pensar, imaginar... e fazer. Jean-François Millet As respigadeiras 1857 Óleo sobre tela. 27 The Bridgeman Art Library SÉRIE 7: Trabalho Jean-François Millet As respigadeiras 1857 Óleo sobre tela. 28 Ministério da Cultura e Endesa Brasil apresentam: Arteteca:lendo imagens (PRONAC 09-7945).

Leia mais

Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 FÉRIAS DE VERÃO. www.museuberardo.pt/ferias

Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 FÉRIAS DE VERÃO. www.museuberardo.pt/ferias Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 www.museuberardo.pt/ferias 29 junho 3 julho 2 Verão modernista Pinturas cubistas, pinturas abstratas, pinturas surrealistas, pinturas expressionistas, pinturas

Leia mais

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu).

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu). 43 RELAÇÃO DE EMENTAS CURSO: ARTES VISUAIS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINA: Artes Visuais I CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento

Leia mais

ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO:

ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO: Prática Social: VIVÊNCIA do conteúdo: CONTEÚDO: Obra: Gustavo Rosa. Cooper em família. 2003. Óleo sobre tela, 160 x 250 cm. Coleção Particular

Leia mais

COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. Aluno (a): Série:

COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. Aluno (a): Série: COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO Aluno (a): Série: Nº. Data: / /2012 Professor(a): Rosilene Ardengui 7º Ano CALIGRAFIA TÉCNICA OU

Leia mais

PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES

PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES Técnicos Superiores de Conservação e Restauro: Isabel dos Santos Filipe Pereira (2013/2014)

Leia mais

REGULAMENTO PALCO ABERTO 2012

REGULAMENTO PALCO ABERTO 2012 As apresentações serão realizadas de 19 a 28 de julho de 2012, em palcos montados na Feira da Sapatilha (Expocentro Edmundo Doubrawa), Praça Nereu Ramos (centro da cidade), shopping centers, bairros e

Leia mais

Onde: Museu da Cerâmica Udo Knoff, Rua Frei Vicente, nº 03, Pelourinho

Onde: Museu da Cerâmica Udo Knoff, Rua Frei Vicente, nº 03, Pelourinho EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS FEIRA DE CORES E SABORES A mostra, contemplada pelo Fundo de Cultura da Bahia através do IPAC, tem a intenção de valorizar os patrimônios materiais e imateriais da Feira de São Joaquim

Leia mais

índice index trabalhos works curriculum artigos de jornal e resenhas newspaper articles and reviews

índice index trabalhos works curriculum artigos de jornal e resenhas newspaper articles and reviews ana holck portfolio índice index trabalhos works bastidor backstage 2010 sala A contemporanea centro cultural banco do brasil rio de janeiro splash 2010 lugar algum sesc pinheiros são paulo desvio shift

Leia mais

Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos

Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos Lista de Revisão Óptica na UECE e na Unifor Professor Vasco Vasconcelos 0. (Unifor-998. CE) Um objeto luminoso está inicialmente parado a uma distância d de um espelho plano fixo. O objeto inicia um movimento

Leia mais

O diretor-presidente da COPASA, Ricardo Simões, tem o prazer de convidá-lo para a abertura da. de Daniel Neto e Elenir tavares.

O diretor-presidente da COPASA, Ricardo Simões, tem o prazer de convidá-lo para a abertura da. de Daniel Neto e Elenir tavares. O diretor-presidente da COPASA, Ricardo Simões, tem o prazer de convidá-lo para a abertura da exposição Entre Silêncio e Paisagem, de Daniel Neto e Elenir tavares. Abertura 23 de outubro, às 19 horas.

Leia mais

Museu da Inconfi dência

Museu da Inconfi dência c a s e Museu da Inconfi dência Por Claudia Sá Fotos: Gustavo Xavier Luz suave e pontual revela traçado colonial ANTIGA CASA DE CÂMARA E CADEIA DE VILA RICA, O casarão que abriga o Museu da Inconfidência,

Leia mais

O mais importante é tentar criar algo novo, sem negar a fonte que serviu de inspiração.

O mais importante é tentar criar algo novo, sem negar a fonte que serviu de inspiração. O que é releitura? A proposta dessa mostra é fazer um convite para se conhecer obras de arte em profundidade e, ao mesmo tempo, usar ao máximo a criatividade individual ao tentar recriá-las. Um exemplo

Leia mais

PESADELOS DE MARIANNA GARTNER PUBLICADO EM ARTES E IDEIAS POR CAROLINA CARETTIN

PESADELOS DE MARIANNA GARTNER PUBLICADO EM ARTES E IDEIAS POR CAROLINA CARETTIN PESADELOS DE MARIANNA GARTNER PUBLICADO EM ARTES E IDEIAS POR CAROLINA CARETTIN Pintura e fotografia numa inspiradora mistura artística Marianna Gartner, "Diablo Baby" (óleo sobre tela). A arte é capaz

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1º ANO ACADÊMICO PROF. FELIPE KELLER TURMAS: 1C01 a 1C10 Lista para a prova da 1UL

LISTA DE EXERCÍCIOS 1º ANO ACADÊMICO PROF. FELIPE KELLER TURMAS: 1C01 a 1C10 Lista para a prova da 1UL LISTA DE EXERCÍCIOS 1º ANO ACADÊMICO PROF. FELIPE KELLER TURMAS: 1C01 a 1C10 Lista para a prova da 1UL 1 (Unirio) Durante a final da Copa do Mundo, um cinegrafista, desejando alguns efeitos especiais,

Leia mais

Roteiros Turísticos. [arte colonial]

Roteiros Turísticos. [arte colonial] Roteiros Turísticos [arte colonial] Ouro Preto [Arte Colonial] A Praça Tiradentes é o ponto central da cidade, como se fosse um divisor. A partir dela, podem-se programar as visitas. Como Ouro Preto possui

Leia mais

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE Fonte: http://www.musee-orsay.fr/fr/collections/catalogue-des-oeuvres/resultatcollection.html?no_cache=1&zoom=1&tx_damzoom_pi1%5bzoom%5d=0&tx_da mzoom_pi1%5bxmlid%5d=001089&tx_damzoom_pi1%5bback%5d=fr%2fcollec

Leia mais

CONSERVAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE ACERVOS: PONTAPÉ INICIAL

CONSERVAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE ACERVOS: PONTAPÉ INICIAL PRESERVE SEU ACERVO CONSERVAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DE ACERVOS: PONTAPÉ INICIAL Sabe aquelas fotos, textos, recortes de jornal, roupas, flâmulas e outros objetos que guardamos em casa, na sede do clube, no comércio

Leia mais

Viagem Cultural Rosário São Paulo 8ª série

Viagem Cultural Rosário São Paulo 8ª série Viagem Cultural Rosário São Paulo 8ª série Aprendizagem é mais do que aquisição ou apreensão da rede de determinados corpos de conhecimentos conceituais, selecionados socialmente como relevantes e organizados

Leia mais

15h: UMA AVENTURA PELO SISTEMA SOLAR (infantil - nova!) 17h: PLANETAS DO UNIVERSO 19h: POR DENTRO DO SOL

15h: UMA AVENTURA PELO SISTEMA SOLAR (infantil - nova!) 17h: PLANETAS DO UNIVERSO 19h: POR DENTRO DO SOL PROGRAMAÇÃO AGOSTO 2009 NOVOS HORÁRIOS! SÁBADOS: SESSÕES ÀS 15h, 17h E 19h 15h: UMA AVENTURA PELO SISTEMA SOLAR (infantil - nova!) 17h: PLANETAS DO UNIVERSO 19h: POR DENTRO DO SOL DOMINGOS: SESSÕES ÀS

Leia mais

O Ceará tem disso sim: Antonio Bandeira

O Ceará tem disso sim: Antonio Bandeira O Ceará tem disso sim: Antonio Bandeira Profa. Ms. Eliene Silva Disponível em: http://www.mauc.ufc.br/expo/1967/index1.htm http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9205/antoniobandeira Biografia

Leia mais

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A).

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Apresenta como realizar a instalação, posicionamento correto e utilização com os principais equipamentos

Leia mais

A R Q U I T E T U R A

A R Q U I T E T U R A 12 c a s e No lavabo, teto iluminado e parede de vidro que varia entre o transparente e o fosco. Sala de jantar iluminada por nicho de metal instalado ao longo da mesa. Four Seasons Penthouse Por Claudia

Leia mais

NACIONALIDADE: PIS (ou número de Inscrição do Contribuinte Individual junto a Previdência Social):

NACIONALIDADE: PIS (ou número de Inscrição do Contribuinte Individual junto a Previdência Social): EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NA GALERIA DE ARTES DO SESC LONDRINA 2013 FICHA DE INSCRIÇÃO NOME COMPLETO/RAZÂO SOCIAL: REPRESENTANTE LEGAL: NOME ARTÍSTICO:

Leia mais

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa Mi gu el v on D an g el Sem t í t ulo, 1993, s er ig r afi a Fot o: Fau st o Fleur y O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa Com as proposições didáticas sugeridas, espera-se que os alunos

Leia mais

Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram

Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram 4 Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram feitos e quando foram feitos. Queres saber algumas das

Leia mais

Programação do Curso

Programação do Curso Programação do Curso Introdução à Fotografia Digital Aula 2 Equipamentos acessórios; Composição Disponível em www.ecoclics.com/wp- content/pdf/aula_ifd_2.pdf Roteiro da Aula Acessórios Ø Tripés Ø Filtros

Leia mais

Vivaldo Armelin Júnior

Vivaldo Armelin Júnior Foto & Viagem I FotoMBoé 2014 Vivaldo Armelin Júnior Foto & Viagem I FotoMBoé 3 Em viagens mais longas é recomendado levar um notebook para transferir as fotos armazenadas no cartão de memória. Um bom

Leia mais

TURISMO E BEM ESTAR NA ITÁLIA TERMAS DE EUGANEE

TURISMO E BEM ESTAR NA ITÁLIA TERMAS DE EUGANEE TURISMO E BEM ESTAR NA ITÁLIA TERMAS DE EUGANEE C Um pedaço do paraíso espera por você no Spa Euganean, cúmplices as águas termais, os tratamentos terapêuticos e regenerativos e a exuberante beleza das

Leia mais

QUESTÃO 1. 1. a Certificação de Habilidade Específica de 2011 Prova de Habilidades Específicas Artes Plásticas (Bacharelado e Licenciatura) 1

QUESTÃO 1. 1. a Certificação de Habilidade Específica de 2011 Prova de Habilidades Específicas Artes Plásticas (Bacharelado e Licenciatura) 1 QUESTÃO 1 Eugène Delacroix (1798-1863). A Liberdade Guiando o Povo. 260 cm 325 cm, óleo sobre tela, 1830, Museu do Louvre, Paris. Lorenzo Bernini (1598-1680). Êxtase de Santa Teresa D'Ávila. Altura = 350

Leia mais

ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação

ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação Ponto 8 Ambientes de Trabalho Prof. Mario S. Ferreira, Maio, 2012 Fatores Ambientais Intervenientes na Relação Tarefa-Atividade Elementos ativos: pessoas e equipamentos

Leia mais

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: Transversalidades

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: Transversalidades EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: Transversalidades A Associação Riograndense de Artes plásticas Francisco Lisboa e o Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul apresentam o regulamento para seleção

Leia mais

Paula Almozara «Paisagem-ficção»

Paula Almozara «Paisagem-ficção» Rua da Atalaia, 12 a 16 1200-041 Lisboa + (351) 21 346 0881 salgadeiras@sapo.pt www.salgadeiras.com Paula Almozara «Paisagem-ficção» No âmbito da sua estratégia internacional, a Galeria das Salgadeiras

Leia mais

ARTEBR EXPOSIÇÃO DE FERNANDO VILELA CIDADES GRÁFICAS

ARTEBR EXPOSIÇÃO DE FERNANDO VILELA CIDADES GRÁFICAS ARTEBR EXPOSIÇÃO DE FERNANDO VILELA CIDADES GRÁFICAS A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria

Leia mais

Valores eternos. MATÉRIA PROFESSOR(A) ---- ----

Valores eternos. MATÉRIA PROFESSOR(A) ---- ---- Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA Física II PROFESSOR(A) Fernando ANO SEMESTRE DATA 2º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. Considere a figura ao lado. Com base no

Leia mais

Residência. Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais. c a s e. Por Claudia Sá

Residência. Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais. c a s e. Por Claudia Sá c a s e Fotos: Rafael Leão Residência Por Claudia Sá Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais ATMOSFERA ACOLHEDORA PARA O DIA-A-DIA E FLEXIBILIDADE para criação de cenários para eventos distintos.

Leia mais

1 substituição do teto de madeira por abóbadas. 2 grande espessura das paredes,

1 substituição do teto de madeira por abóbadas. 2 grande espessura das paredes, Arte românica é o nome dado ao estilo artístico vigente na Europa entre os séculos XI e XIII. O estilo é visto principalmente nas igrejas católicas construídas após a expansão do cristianismo pela Europa

Leia mais

Colégio Paula Frassinetti Atividade de Física 3º ano do Ensino Médio - / /2012 Prof. Luciano Soares Pedroso

Colégio Paula Frassinetti Atividade de Física 3º ano do Ensino Médio - / /2012 Prof. Luciano Soares Pedroso 1. (Ufrj) Uma criança segura uma bandeira do Brasil como ilustrado na figura 1. A criança está diante de dois espelhos planos verticais A e B que fazem entre si um ângulo de 60. A figura 2 indica seis

Leia mais

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Simpósio Nacional : Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus (1814-2014) Parte II Prof. Dr. Percival Tirapeli Instituto

Leia mais

RENASCIMENTO em Florença. Prof. Dr. Percival Tirapeli

RENASCIMENTO em Florença. Prof. Dr. Percival Tirapeli RENASCIMENTO RENASCIMENTO EM em Florença FLORENÇA E MILÃO Prof. Dr. Percival Tirapeli As cidades medievais eram construídas sobre cumes com muralhas. As cidades renascentistas eram cortadas por rios e

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 2ª SÉRIE

LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 2ª SÉRIE LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES FÍSICA - A - 2012 ALUNO: TURMA: CARTEIRA: MATRÍCULA: DATA: / / Unidade 01 - Introdução à Óptica Geométrica Unidade 02 - Reflexão da Luz REFAZER OS EXERCÍCIOS DO LIVRO:

Leia mais

Figura 56. Tema Folclore. Figura 58 Personagens ou Imagens do Folclore Brasileiro: Cuca

Figura 56. Tema Folclore. Figura 58 Personagens ou Imagens do Folclore Brasileiro: Cuca O tema do folclore pintado pelos alunos passou por uma seleção de imagens escolhidas por eles mesmos, desenhadas anteriormente em classe para depois tais desenhos serem apresentados para a votação. As

Leia mais

Arte Pré Histórica Bisão da Gruta de Altamira Bisão da Gruta de Altamira Réplica Museu Arqueológico Nacional da Espanha Espanha

Arte Pré Histórica Bisão da Gruta de Altamira Bisão da Gruta de Altamira Réplica Museu Arqueológico Nacional da Espanha Espanha Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

Bel f alleiro s PORTFOLIO 2015

Bel f alleiro s PORTFOLIO 2015 Bel f alleiro s PORTFOLIO 2015 sul, 2013 painel da série Sobre Pedra e Água tinta Acrílica, grafite e giz pastel sobre algodão cru 2,4m x 4,6m Sobre pedra e água, 2013 instalação com os painéis Norte,

Leia mais

Condomínio Villa Oberoi

Condomínio Villa Oberoi 1. CASA TIPO A Com área construída de 251m², exceto passeios externos, possui dois pavimentos, contendo no pavimento térreo terraços, jardim interno, sala de estar, espaço para refeições, cozinha, área

Leia mais

Elaboração De Projeto De Design e Interiores

Elaboração De Projeto De Design e Interiores Elaboração De Projeto De Design e Interiores São Paulo, 01/01/2010 KASA CONCEITO Nome: Schaelle Caetano Campos ABD: 9103 - Designer de Interiores Tel: 11 2979 3780 7746 4246 E-mail: schaelle@kasaconceito.com.br

Leia mais

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul

Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Ampliação Câmara de Vereadores Local : VRS- 801 Almirante Tamandaré do Sul - RS Proprietário: Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré do Sul 1. O presente memorial tem por

Leia mais

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1 1. Pateo do Collegio conhecia conhecia 16 18 0 1. Pateo do Collegio gostei gostei 33 0 1 Pateo do Collegio 3% Pateo do Collegio gostei 0% conhecia 53% conhecia 47% gostei 97% Por quê? Aprendi mais sobre

Leia mais

TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER*

TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER* TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER* * Microsoft Windows MovieMakeré um programa da Microsoft Corporation. A versão utilizada é a 5.1 que já vem instalada no Microsoft Windows

Leia mais

LUZ E SOMBRA NA ARTE

LUZ E SOMBRA NA ARTE LUZ E SOMBRA NA ARTE A luz e a sombra são elementos fundamentais da linguagem visual. Com elas podemos criar no desenho, na pintura e escultura belíssimos efeitos como o de dilatação do espaço, o de profundidade

Leia mais

Sinalização e Mídia Exterior

Sinalização e Mídia Exterior Fachadas Sinalização e Mídia Exterior E-mail: silviazampar-unip@ig.com.br Blog: http://silviazampar-unip.blogspot.com Aula 7 Fachadas Composta por um ou mais painéis, é a apresentação externa das instalações

Leia mais

Concurso Arte na Capa 2011

Concurso Arte na Capa 2011 Concurso Arte na Capa 2011 Roteiro de participação O Concurso Arte na Capa 2011 terá como atividade principal o exercício de releitura dos grandes movimentos artísticos, tendo como tema paisagens naturais

Leia mais

Museu do Homem do Nordeste

Museu do Homem do Nordeste c a p a À esquerda: painel recebe luz de sanca no teto, e um gibão de couro, de rasgos laterais. Acima: iluminação proveniente de spots articuláveis e nichos com fibra ótica. Acima: luz homogênea emitida

Leia mais

Grupo: Ederson Luis Posselt Geovane Griesang Ricardo Cassiano Fagundes

Grupo: Ederson Luis Posselt Geovane Griesang Ricardo Cassiano Fagundes Curso: Ciências da computação Disciplina: Física aplicada a computação Professor: Benhur Borges Rodrigues Relatório experimental 05: Formação da imagem e propagação retilínea da luz; Medida da distância

Leia mais

ARTE PRÉ-COLOMBIANA: nas artes, a arquitetura e a escultura foram dominantes. A pintura e o desenho foram relativamente apagados.

ARTE PRÉ-COLOMBIANA: nas artes, a arquitetura e a escultura foram dominantes. A pintura e o desenho foram relativamente apagados. ARTE PRÉ-COLOMBIANA: nas artes, a arquitetura e a escultura foram dominantes. A pintura e o desenho foram relativamente apagados. Três principais civilizações: Maias; Astecas; Incas. Civilização Maia:

Leia mais

fotografia ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção

fotografia ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção fotografia ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção Por que tenho saudade de você, no retrato ainda que o mais recente? E por que um simples retrato, mais que você, me comove, se

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano Projeto 1: ANIMAÇÂO GRÁFICA DA CAPA Professora: Elisabete Mesquita_mesquita.beta@gmail.com Objetivo Geral: Reinventar uma foto do aprendente através do desenho e colagem. Deste estudo resultará a ilustração

Leia mais

fotografia fotografia GLOBAL ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção

fotografia fotografia GLOBAL ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção fotografia fotografia GLOBAL ESSENCIAL curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção curso de fotografia sobre criação, poesia e percepção Por que tenho saudade de você, no retrato ainda que o

Leia mais

A arquitetura dos memoriais

A arquitetura dos memoriais PARTE 01: Conteúdo para a prova A arquitetura dos memoriais Você já ouviu falar em memorial ou já visitou um espaço arquitetônico destinado à memória de alguma personalidade, de um povo ou de algum fato

Leia mais

Casa de Campo. Iluminação integra o rústico ao sofisticado. c a p a. Por Claudia Sá

Casa de Campo. Iluminação integra o rústico ao sofisticado. c a p a. Por Claudia Sá c a p a Fotos: Guinter Parschalk Casa de Campo Por Claudia Sá Iluminação integra o rústico ao sofisticado RÚSTICA, SOFISTICADA, ELEGANTE, SENSUAL, TECNOLÓGICA. elementos decorativos. A edificação, que

Leia mais

Nasceu!!! É imensa a felicidade que sentimos quando um bebê vem ao mundo! Mas você já parou

Nasceu!!! É imensa a felicidade que sentimos quando um bebê vem ao mundo! Mas você já parou EXPOSIÇÃO NASCER Nasceu!!! É imensa a felicidade que sentimos quando um bebê vem ao mundo! Mas você já parou para pensar que, além de um fato biológico, o ato de nascer pode ser encarado pelo ponto de

Leia mais

Acostumado a buscar sempre

Acostumado a buscar sempre Técnica&Prática Casamento Iluminação criativa em fotos de casamento Luz de vídeo, de lanterna, natural ou flash. Saiba como é possível usar de tudo um pouco para fazer fotos sociais Vinícius Matos Por

Leia mais

SERRO Regulamento 1º Concurso de Fotografia Ambiental

SERRO Regulamento 1º Concurso de Fotografia Ambiental SERRO Regulamento 1º Concurso de Fotografia Ambiental Assim vejo minha comunidade O Programa PreservAÇÃO, em parceria com a Prefeitura Municipal de Serro, torna pública a abertura de inscrições e convida

Leia mais

FEDERAÇÃO DE BANDEIRANTES DO BRASIL

FEDERAÇÃO DE BANDEIRANTES DO BRASIL FEDERAÇÃO DE BANDEIRANTES DO BRASIL NOME DA ATIVIDADE: CABINE/ MOLDURA DE FOTOS E VÍDEO DURAÇÃO GRUPO/RAMO Nº PARTICIPANTES 2h B2 e Guia - Conhecimentos a serem Adquiridos Conhecimentos cobre mudanças

Leia mais

Antiguidade século IV. Arte Bizantina

Antiguidade século IV. Arte Bizantina Antiguidade século IV Arte Bizantina Na Antiguidade, além da arte Egípcia e Grega, também encontram-se a Romana, Paleocristã e Bizantina... Enquanto os romanos desenvolviam uma arte colossal e espalhavam

Leia mais

Lâmpadas LED. Rua Joaquim Galvão, 198 CEP. 05627-010 - SP. Telefone: 55 (11) 3501-2886 Fax: 55 (11) 2338-1050

Lâmpadas LED. Rua Joaquim Galvão, 198 CEP. 05627-010 - SP. Telefone: 55 (11) 3501-2886 Fax: 55 (11) 2338-1050 Lâmpadas LED Lâmpadas LED da Technosol Modernidade e simplicidade numa infindável variedade Está à procura de cor e ambiente? Anseia acentuar os seus espaços favoritos e imagens? Deseja decorar a sua casa

Leia mais

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE ARTE RUPESTRE Arte rupestre é o nome da mais antiga representação artística da história do homem. Os mais antigos indícios dessa arte são

Leia mais

Roma Roteiro de 5 dias

Roma Roteiro de 5 dias Roma Roteiro de 5 dias Primeiro Dia Chegando a Roma, dirija-se ao hotel para efetuar o check-in e você poderá começar o dia com uma visita ao VATICANO, onde não deve perder os Museus do Vaticano, sugerimos

Leia mais

MARCENEIROS & BRICOLEIROS

MARCENEIROS & BRICOLEIROS 1 de 8 15/12/2013 19:59 MARCENEIROS & BRICOLEIROS http://marceneiros-e-bricoleiros.forums-free.com/ BANCOS DE MADEIRAS http://marceneiros-e-bricoleiros.forums-free.com/viewtopic.php?f=54&t=5852 Página

Leia mais