RELATÓRIO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO:"

Transcrição

1 APELAÇÃO/REEXAME NECESSÁRIO Nº /SP RELATORA : Desembargadora Federal LEIDE POLO APELANTE : SEBASTIAO ANTONIO DE LIMA (= ou > de 65 anos) ADVOGADO : EVELISE SIMONE DE MELO e outro APELANTE : Instituto Nacional do Seguro Social - INSS ADVOGADO : GUSTAVO DUARTE NORI ALVES : HERMES ARRAIS ALENCAR APELADO : OS MESMOS REMETENTE JUIZO FEDERAL DA 1 VARA DE BRAGANÇA PAULISTA- : 23ª SSJ-SP RELATÓRIO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO: Trata-se de ação previdenciária ajuizada em 05 de outubro de 2005 por SEBASTIÃO ANTONIO DE LIMA contra o Instituto Nacional do Seguro Social - INSS, objetivando a concessão de aposentadoria por idade. A r. sentença (fls. 49/52), proferida em 24 de agosto de 2006, julgou parcialmente procedente o pedido, para condenar o INSS a conceder o benefício de aposentadoria por idade, a partir da data da juntada do mandado de citação aos autos (23/02/2006), devendo ser as prestações em atraso corrigidas monetariamente até o efetivo pagamento, de acordo com o Manual de Cálculos desta Justiça Federal, e acrescidas de juros de mora de 01% (um por cento) ao mês, desde a citação. Condenou ainda o INSS ao pagamento de honorários advocatícios, fixados em 15% (quinze por cento) do valor das prestações vencidas até a data da sentença, nos termos da Súmula nº 111 do C. STJ, ficando isento do pagamento de custas processuais, por ser o autor beneficiário da Justiça Gratuita. Sentença submetida ao reexame necessário. Inconformado, interpôs o autor apelação (fls. 54/56), requerendo a condenação do INSS ao pagamento do abono anual, a fixação do termo inicial do benefício na data do ajuizamento da ação e a majoração dos honorários advocatícios para 15% (quinze por cento) do valor das prestações vencidas até a data do trânsito em julgado da decisão final ou para 15% (quinze por cento) do valor da causa (R$ 3.600,00) atualizado. Também inconformado, o INSS interpôs apelação (fls. 59/64), alegando não restarem preenchidos os requisitos necessários para a concessão do benefício ora pleiteado, uma vez não possuir o autor tempo de contribuição suficiente ao cumprimento da carência exigida. Se não for reformada integralmente a r. sentença, requer a correção monetária conforme os critérios do artigo 41 da Lei nº 8.213/91 e posteriores alterações, a redução dos honorários advocatícios para 5% (cinco por cento) sobre o valor das prestações vencidas até a data da

2 sentença, a isenção do pagamento de custas e despesas processuais e que o reconhecimento da prescrição qüinqüenal. Com as contra-razões do autor (fls. 67/71), subiram os autos a este Egrégio Tribunal Regional Federal. É O RELATÓRIO. VOTO A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL LEIDE POLO: Inicialmente, cumpre ressaltar que não conheço da remessa oficial, nos termos do parágrafo 2º do artigo 475 do Código de Processo Civil, com redação dada pela Lei nº /2001, visto que não estão sujeitas ao reexame necessário as sentenças em que o valor da condenação for inferior a 60 (sessenta) salários mínimos. Ainda não conheço de parte da apelação do INSS, em que requer a isenção do pagamento de custas processuais, por carecer de interesse recursal, uma vez que a r. sentença já o isentara expressamente. Também não conheço de parte da apelação do INSS, em que requer seja reconhecida a prescrição qüinqüenal, por lhe faltar interesse recursal, considerando que o termo inicial do benefício foi fixado na data da juntada do mandado de citação aos autos (23/02/2006), não havendo, portanto, que se falar em parcelas anteriores ao qüinqüênio que antecedeu o ajuizamento da ação. No mérito, trata-se de ação previdenciária ajuizada por SEBASTIÃO ANTONIO DE LIMA contra o INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS, objetivando a concessão de aposentadoria por idade. O artigo 48 da Lei n 8.213/91, com redação determinada pela Lei n 9.063/95, dispõe: "A aposentadoria por idade será devida ao segurado que, cumprida a carência exigida nesta Lei, completar 65 (sessenta e cinco) anos de idade, se homem, e 60 (sessenta), se mulher." O requisito da idade mínima de 65 (sessenta e cinco) anos está provado pela documentação pessoal do autor, juntada às fls. 09, visto que ele nasceu em 20 de janeiro de 1936.

3 Por sua vez, cumpre anotar que o período de carência exigido para concessão de benefício de aposentadoria por idade é, no caso, levando-se em consideração que a presente ação foi ajuizada em 2005, de 144 (cento e quarenta e quatro) meses de contribuição, consoante determina o artigo 142, da Lei n 8.213/91, com redação dada pela Lei n 9.032, de 28 de abril de Nesse sentido, verifica-se da cópia da CTPS do autor, às fls. 12/16, acrescida das informações do Sistema DATAPREV/CNIS, juntadas aos autos às fls. 39, além de pesquisa atualizada feita por esta Relatora, que preenche o requerente o aludido período de carência exigido, uma vez que possui registros de trabalho nos períodos de 01/07/1975 a 30/03/1976, 01/07/1976 a 07/08/1976, 12/03/1979 a 21/09/1979, 06/11/1979 a 07/05/1980 e 29/08/1988 a 16/12/1999, totalizando, pois, mais de 164 (cento e sessenta e quatro) contribuições. Por fim, ressalto que, não obstante já não possuísse mais o autor qualidade de segurado à época do ajuizamento da ação, em 2005, visto que o seu último vínculo empregatícios se encerrou em 16/12/1999, dispensou a Lei nº /2003, em seu artigo 3º, parágrafo 1º, essa condição, na hipótese do preenchimento dos demais requisitos legais, para a concessão de aposentadoria por idade: "Na hipótese de aposentadoria por idade, a perda da qualidade de segurado não será considerada para a concessão desse benefício, desde que o segurado conte com, no mínimo, o tempo de contribuição correspondente ao exigido para efeito de carência na data do requerimento do benefício." Assim, preenchidos todos os requisitos necessários, faz jus o autor ao benefício previdenciário de aposentadoria por idade. O abono anual é devido, uma vez que a aposentadoria por idade está no rol dos benefícios elencados no artigo 40 da Lei nº 8.213/91. O termo inicial do benefício deve ser fixado na data da citação (10/02/2006), momento em que o INSS tomou conhecimento da pretensão do autor. A correção monetária das parcelas vencidas se dará nos termos da legislação previdenciária, das Súmulas nº 08 desta Corte e 148 do C. STJ, bem como da Resolução nº 242/2001 do Conselho da Justiça Federal, da data em que se tornou devido o benefício. No que tange aos honorários advocatícios, fixo-os em R$ 465,00 (quatrocentos e sessenta e cinco reais), conforme entendimento desta Turma e observando-se o disposto no artigo 20 do Código de Processo Civil. Por fim, em se tratando de autor beneficiário da assistência judiciária gratuita, não há despesas a serem reembolsadas pelo sucumbente e, portanto, está isento o INSS dessa condenação.

4 Outrossim, tendo em vista a notícia nos autos do falecimento do autor, impõe-se esclarecer que deixei de suspender o feito nesta Instância, a fim de se regularizar a habilitação com a juntada dos documentos pertinentes, em razão de não vislumbrar qualquer prejuízo para as partes, podendo ser procedida a regular habilitação, quando de seu retorno ao Juízo de origem, nos termos do disposto no artigo 296 do Regimento Interno desta Egrégia Corte. Diante do exposto, não conheço da remessa oficial e de parte da apelação do INSS e, na parte conhecida, dou-lhe parcial provimento, para fixar os critérios de incidência de correção monetária e isentá-lo do pagamento de despesas processuais, e dou parcial provimento à apelação da parte autora, para conceder o abono anual, alterar o termo inicial do benefício e majorar o valor dos honorários advocatícios, mantendo, no mais, a r. sentença. É COMO VOTO. LEIDE POLO Desembargadora Federal Documento eletrônico assinado digitalmente conforme MP nº /2001 de 24/08/2001, que instituiu a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, por: Signatário (a): LEIDE POLO CARDOSO TRIVELATO:46 Nº de Série do 4435C825 Certificado: Data e Hora: 30/7/ :34:09 APELAÇÃO/REEXAME NECESSÁRIO Nº /SP RELATORA : Desembargadora Federal LEIDE POLO APELANTE : SEBASTIAO ANTONIO DE LIMA (= ou > de 65 anos) ADVOGADO : EVELISE SIMONE DE MELO e outro APELANTE : Instituto Nacional do Seguro Social - INSS ADVOGADO : GUSTAVO DUARTE NORI ALVES : HERMES ARRAIS ALENCAR APELADO : OS MESMOS REMETENTE JUIZO FEDERAL DA 1 VARA DE BRAGANÇA PAULISTA- : 23ª SSJ-SP EMENTA

5 PREVIDENCIÁRIO - APOSENTADORIA POR IDADE - ART. 48 DA LEI Nº 8.213/91 - TODOS OS REQUISITOS PREENCHIDOS - ABONO ANUAL - TERMO INICIAL DO BENEFÍCIO - CORREÇÃO MONETÁRIA - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS - DESPESAS PROCESSUAIS - REMESSA OFICIAL NÃO CONHECIDA - APELAÇÃO DO INSS CONHECIDA EM PARTE E, NA PARTE CONHECIDA, PARCIALMENTE PROVIDA - APELAÇÃO DA PARTE AUTORA PARCIALMENTE PROVIDA. Não estão sujeitas ao duplo grau de jurisdição as sentenças em que o valor da condenação for inferior a 60 salários mínimos, nos termos do 2º do art. 475 do CPC. Não conhecida de parte da apelação do INSS, em que requer a isenção do pagamento de custas processuais, por carecer de interesse recursal, uma vez que a r. sentença já o isentara expressamente. Não conhecida de parte da apelação do INSS, em que requer seja reconhecida a prescrição qüinqüenal, por lhe faltar interesse recursal, considerando que o termo inicial do benefício foi fixado na data da juntada do mandado de citação aos autos, não havendo que se falar em parcelas anteriores ao qüinqüênio que antecedeu o ajuizamento da ação O requisito da idade mínima está provado pela documentação pessoal do autor. Tendo o requerente recolhido mais de 164 contribuições e sendo a carência exigida, no caso, levando-se em consideração que a presente ação foi ajuizada em 2005, de 144 meses, consoante determina o art. 142, da Lei n 8.213/91, com redação dada pela Lei n 9.032/95, restou esse requisito também devidamente preenchido. No tocante à qualidade de segurado, é de se ressaltar que a Lei nº /2003, em seu art. 3º, 1º, dispensou essa condição, na hipótese do preenchimento dos demais requisitos legais, para a concessão de aposentadoria por idade. O abono anual é devido, uma vez que a aposentadoria por idade está no rol dos benefícios elencados no art. 40 da Lei nº 8.213/91. O termo inicial do benefício deve ser fixado na data da citação, momento em que o INSS tomou conhecimento da pretensão do autor. A correção monetária das parcelas vencidas se dará nos termos da legislação previdenciária, das Súmulas nº 08 desta Corte e 148 do C. STJ, bem como da Resolução nº 242/2001 do Conselho da Justiça Federal, da data em que se tornou devido o benefício. No que tange aos honorários advocatícios, fixados em R$ 465,00, conforme entendimento desta Turma e observando-se o disposto no artigo 20 do Código de Processo Civil. Por fim, em se tratando de autor beneficiário da assistência judiciária gratuita, não há despesas a serem reembolsadas pelo sucumbente e, portanto, está isento o INSS dessa condenação. Remessa oficial não conhecida. Apelação do INSS conhecida em parte e, na parte conhecida, parcialmente provida. Apelação da parte autora parcialmente provida. ACÓRDÃO

6 Vistos e relatados estes autos em que são partes as acima indicadas, decide a Egrégia Sétima Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, por unanimidade, não conhecer da remessa oficial e de parte da apelação do INSS e, na parte conhecida, dar-lhe parcial provimento e dar parcial provimento à apelação da parte autora, nos termos do relatório e voto que ficam fazendo parte integrante do presente julgado. São Paulo, 13 de julho de LEIDE POLO Desembargadora Federal Documento eletrônico assinado digitalmente conforme MP nº /2001 de 24/08/2001, que instituiu a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, por: Signatário (a): LEIDE POLO CARDOSO TRIVELATO:46 Nº de Série do 4435C825 Certificado: Data e Hora: 30/7/ :34:06

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

RELATÓRIO. 3. Não foram apresentadas contrarrazões. 4. É o que havia de relevante para relatar. VOTO

RELATÓRIO. 3. Não foram apresentadas contrarrazões. 4. É o que havia de relevante para relatar. VOTO PROCESSO Nº: 0800286-13.2014.4.05.8201 - APELAÇÃO APELANTE: VICENTE SEBASTIAO DE LIMA ADVOGADO: MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA APELADO: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A)

Leia mais

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\ _ doc

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\ _ doc *AC 305947-AL (20028000001001-9) APTE: INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ADV: MARIA DE FATIMA FALCÃO ALBUQUERQUE E OUTROS APDO: OTACILIA RAMOS DUARTE ADV: RAIMUNDA MOREIRA AZEVEDO E OUTROS REMTE:

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd DIVISOR DO SALÁRIO-HORA. JORNADA DE TRABALHO DE 30 HORAS. DIVISOR 150. Para as jornadas de 30 horas semanais de trabalho aplica-se o divisor 150 sobre o valor do salário-hora do empregado. Entendimento

Leia mais

PROCESSO: AP

PROCESSO: AP Acórdão 4ª Turma Contribuições Previdenciárias. Juros da mora e correção monetária. As contribuições previdenciárias, a despeito de serem corrigidas monetariamente nos mesmos moldes das demais verbas deferidas

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO RELATÓRIO UNIÃO FEDERAL (Fazenda Nacional) apela da r. sentença (fls.12/13) que (a) rejeitando a alegação de excesso de execução, (b) julgou improcedentes os embargos opostos à execução que lhe move NELSON

Leia mais

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008

RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SERGIPE ACÓRDÃO: 862/2008 RECURSO INOMINADO (CRIME CAPITAL/CÍVEL E CRIME INT.) 0328/2008 PROCESSO: 2008900809 RECORRENTE SUL AMERICA CIA. NACIONAL DE SEGUROS VANESSA RODRIGUES DE

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO A

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO A JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº200870500208531/PR RELATOR : Juiz Federal Leonardo Castanho Mendes RECORRENTE : Roberto Osvaldo Heil RECORRIDO : INSS VOTO DIVERGENTE Trata-se de recurso do autor

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE APARECIDA DE GOIÂNIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE APARECIDA DE GOIÂNIA PROCESSO Nº : 5854-46.2015.4.01.3504 CLASSE 51209 : CÍVEL/PREVID / OUTROS/JEF AUTOR(A) : ANA MARIA ALVES CINTRA ABDÃO RÉU : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL SENTENÇA (Tipo A) Dispensando o relatório,

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº2008.70.59.002797-0/PR RELATORA : Juíza Márcia Vogel Vidal de Oliveira RECORRENTE : LUIZ OSNI ALVES RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL VOTO Pretendendo

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ACRE. Acórdão n. : Classe : Apelação Cível (Sumário) n Origem : Rio Branco. Órgão : Câmara Cível

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ACRE. Acórdão n. : Classe : Apelação Cível (Sumário) n Origem : Rio Branco. Órgão : Câmara Cível TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ACRE Acórdão n. : 5.663 Classe : Apelação Cível (Sumário) n. 2008.003054-0 Origem : Rio Branco Órgão : Câmara Cível Relator : Des. Adair Longuini Apelante : Mapfre Vera Cruz Seguradora

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 5a Turma ESTABILIDADE ACIDENTÁRIA ENTENDIMENTO DA SÚMULA 378, II, DO TST. Entendo que a condição para aquisição da estabilidade é o gozo do auxílio doença acidentário, não cabendo nesta demanada

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.247.606 - SP (2011/0081765-9) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : UNIÃO : JOSÉ FERREIRA DE SOUZA : CARLOS ALBERTO SILVA E OUTRO(S) RELATÓRIO

Leia mais

EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL.

EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL. EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL. - O Consorciado desistente tem o direito de obter a devolução do que pagou, devidamente corrigido, nos termos

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.183389/2013-94 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CURITIBA-XV DE

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000566560 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 9295174-21.2008.8.26.0000, da Comarca de Guarulhos, em que são apelantes ADRIANA PAULINO COSTA (JUSTIÇA GRATUITA),

Leia mais

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior Apelação Cível n. 2010.078282-8, de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA SECURITÁRIA C/C COMPENSAÇÃO POR DANOS MORAIS. CONTRATO DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. PRESCRIÇÃO.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 5ª Turma RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA JUNTO AO INSS NEXO TÉCNICO EPIDEMIOLÓGICO O efeito suspensivo dado ao recurso administrativo contra a aplicação do nexo técnico epidemiológico, de que

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000569257 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0043066-51.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que é apelante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO,

Leia mais

IV - APELACAO CIVEL

IV - APELACAO CIVEL RELATOR APELANTE ADVOGADO APELANTE ADVOGADO APELADO ORIGEM : JUIZ FEDERAL CONVOCADO JOSÉ ANTONIO LISBOA NEIVA : COOK ELECTRIC TELECOMUNICACOES S/A : MARIA DE LOURDES JORGE ESTEVES : CAIXA ECONOMICA FEDERAL

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO A

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO A JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº200770610011324/PR RELATORA : Juiz José Antonio Savaris RECORRENTES : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL e MANOEL ALVES DA SILVA RECORRIDOS : Os mesmos 200770610011324

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001049-15.2011.5.01.0042 - RTOrd COISA JULGADA. Inexiste o fenômeno da coisa julgada, uma vez que, nada obstante os pedidos e a causa de pedir sejam idênticos, as partes são

Leia mais

14ª Sessão Ordinária do(a) 4ª TURMA SUPLEMENTAR

14ª Sessão Ordinária do(a) 4ª TURMA SUPLEMENTAR (20QÞ0US`) TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1a. REGIÃO SECRETARIA JUDICIÁRIA CENTRAL EXECUTIVA DE APOIO PROCESSUAL 14ª Sessão Ordinária do(a) 4ª TURMA SUPLEMENTAR Pauta de: 03/07/2012 Julgado em : 03/07/2012

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 238 Registro: 2014.0000492060 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1005329-60.2013.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, é apelado.

Leia mais

EMENTA PREVIDENCIÁRIO. AUXÍLIO-RECLUSÃO. EMENDA CONSTITUCIONAL Nº. 20/98. ARTIGO 201, IV, CF/88. DEPENDENTE DE BAIXA RENDA.

EMENTA PREVIDENCIÁRIO. AUXÍLIO-RECLUSÃO. EMENDA CONSTITUCIONAL Nº. 20/98. ARTIGO 201, IV, CF/88. DEPENDENTE DE BAIXA RENDA. INCIDENTE DE UNIFORMIZAÇÃO JEF (RS E SC) Nº 2003.72.05.058771-3/SC RELATOR : Juiz JOÃO BATISTA LAZZARI RECORRENTE : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECORRIDO : Clovis Juarez Kemmerich : MAYARA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 3ª Turma Recursal Juízo A V O T O. Relator: Juiz Federal André Luís Medeiros Jung

JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 3ª Turma Recursal Juízo A V O T O. Relator: Juiz Federal André Luís Medeiros Jung Processo nº 2010.70.51.008269-1 V O T O Relator: Juiz Federal André Luís Medeiros Jung Trata-se de recurso interposto contra sentença que condenou o INSS a averbar as contribuições individuais vertidas

Leia mais

RELATÓRIO. 5. Contrarrazões apresentadas. 6. É este o relatório.

RELATÓRIO. 5. Contrarrazões apresentadas. 6. É este o relatório. PROCESSO Nº: 0802966-89.2014.4.05.8000 - APELAÇÃO APELANTE: DIELDA DA GRACA AMORIM CEDRIM ADVOGADO: ALFREDO JOSE PEREIRA APELADO: UNIÃO FEDERAL RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL MANOEL DE OLIVEIRA ERHARDT

Leia mais

SENTENÇA. Diretor de Pessoal da Polícia Militar do Estado de São Paulo e outro

SENTENÇA. Diretor de Pessoal da Polícia Militar do Estado de São Paulo e outro fls. 71 SENTENÇA Processo Digital nº: 1027787-03.2015.8.26.0053 Classe - Assunto Mandado de Segurança - Reforma Impetrante: Celso Antonio dos Santos Impetrado: Diretor de Pessoal da Polícia Militar do

Leia mais

I - R E L A T Ó R I O

I - R E L A T Ó R I O Acórdão 2a Turma INTEGRAÇÃO DAS HORAS EXTRAS AO 13º SALÁRIO. A Lei nº 4090/62, em seu artigo 1º, 1º, dispõe que a gratificação natalina corresponderá a 1/12 da remuneração devida em dezembro, multiplicada

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA 154 7 REGISTRADO(A) SOB N {r\ ACÓRDÃO!! 1 *03498880* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0110976-27.2007.8.26.0003,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial 1 PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial Data de distribuição : 12/12/2008 Data de julgamento : 20/05/2009 100.001.2008.016120-0 Apelação Origem : 00120080161200

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma AGRAVO DE PETIÇÃO. CUSTAS. BASE DE CÁLCULO. TOTAL ATUALIZADO DA LIQUIDAÇÃO. Inteligência do art. 789, inciso I, da CLT, as custas são fixadas sobre o valor da condenação, na sentença,

Leia mais

EMENTA ACÓRDÃO. Juiz Federal JORGE ANTONIO MAURIQUE Relator

EMENTA ACÓRDÃO. Juiz Federal JORGE ANTONIO MAURIQUE Relator 02/10/13 Portal da Justiça Federal da 4ª Região RELATOR Juiz Federal JORGE ANTONIO MAURIQUE APELANTE APELADO APELADO ADVOGADO APELADO ADVOGADO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL MUNICIPIO DE FLORIANOPOLIS/SC FUNDACAO

Leia mais

ACÓRDÃO RO Fl. 1. DESEMBARGADORA MARIA INÊS CUNHA DORNELLES Órgão Julgador: 6ª Turma

ACÓRDÃO RO Fl. 1. DESEMBARGADORA MARIA INÊS CUNHA DORNELLES Órgão Julgador: 6ª Turma 0000522-83.2011.5.04.0461 RO Fl. 1 DESEMBARGADORA MARIA INÊS CUNHA DORNELLES Órgão Julgador: 6ª Turma Recorrente: Recorrido: Origem: Prolator da Sentença: SINDICATO DOS TRABALHADORES DO ENSINO PRIVADO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL Órgão: 3ª Turma Cível Processo N.: Apelação Cível 20080510067475APC Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ Apelado(s): BRADESCO SEGUROS S/A Relator: Desembargador JOÃO MARIOSI

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.045.599 - SP (2008/0095720-4) RELATOR AGRAVANTE ADVOGADO AGRAVADO PROCURADOR : MINISTRO OG FERNANDES : CÍCERA DOMINGUES : ODENEY KLEFENS E OUTRO(S) : INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

RELATÓRIO RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO - 2ª TURMA VOTO

RELATÓRIO RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO - 2ª TURMA VOTO PROCESSO Nº: 0803210-09.2014.4.05.8100 - APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO APELANTE: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS APELADO: MAGALI MARIA FERREIRA ALVES ADVOGADO: JONAS FURTADO COSTA RELATOR(A):

Leia mais

LFF Nº /CÍVEL

LFF Nº /CÍVEL AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS. CONSUMIDOR. AQUISIÇÃO DE BICICLETA ELÉTRICA. RÉ QUE INFORMA AO AUTOR SER DESNECESSÁRIA HABILITAÇÃO E REGISTRO. VIOLAÇÃO DO DEVER DE INFORMAR. DESFAZIMENTO DO NEGÓCIO. 1. A norma

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº200770500108969/PR RELATORA : Juíza Márcia Vogel Vidal de Oliveira RECORRENTE : OSVALDO LEINECKER RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL VOTO Pretendendo

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro 23ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO n º 0023902-89.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: FUNDAÇÃO HABITACIONAL DO EXÉRCITO - FHE AGRAVADO: VALFRIDO JACINTO DA SILVA JUNIOR RELATOR: DES. MARCELO CASTRO ANÁTOCLES DA SILVA FERREIRA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 21.205 - SP (2006/0009180-5) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI IMPETRADO : JUIZ FEDERAL DA 13A VARA CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO EMENTA PROCESSUAL

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000638904 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 4010718-83.2013.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante ALVARO JACO KICE (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 8a Turma RECURSO ORDINÁRIO. VIGILANTE. JUSTA CAUSA. FALTAS SUCESSIVAS. NÃO JUSTIFICADAS. A desídia, em regra, não se caracteriza por um único ato e sim por um conjunto de atos faltosos de menor

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0022300-36.2009.5.01.0341 - RTOrd ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. BASE DE CÁLCULO. O STF há muito, repudia a adoção do salário mínimo como base de cálculo para qualquer outra relação

Leia mais

Processo de Execução no Direito Previdenciário

Processo de Execução no Direito Previdenciário Processo de Execução no Direito Previdenciário Introdução ao Processo de Execução. A Execução contra a Fazenda Pública Previdenciária - Noções Gerais: objeto, partes, requisitos, prazos, procedimento Execução

Leia mais

Inteiro Teor (311321)

Inteiro Teor (311321) APELAÇÃO CÍVEL Nº 2001.04.01.077538 2/RS RELATOR : Des. Federal CELSO KIPPER APELADO REMETENTE : CAROLINA AMELIA THIESEN : Sergio Luis da Silva : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS : Patricia Helena

Leia mais

EMENTA ACÓRDÃO. Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO

EMENTA ACÓRDÃO. Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 5049113-58.2015.4.04.0000/PR RELATORA : Des. Federal MARGA INGE BARTH TESSLER AGRAVANTE : GABRIEL BONATO RIFFEL : JULIANO BONATO RIFFEL AGRAVADO : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF

Leia mais

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado):

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado): PROCESSO Nº: 0805042-25.2015.4.05.8300 - APELAÇÃO RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A) FEDERAL RUBENS DE MENDONCA CANUTO NETO - 1º TURMA RELATÓRIO O Sr. Des. Fed. RUBENS DE MENDONÇA CANUTO (Relator Convocado):

Leia mais

O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator):

O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator): PROCESSO Nº: 0806399-92.2014.4.05.8100 - APELAÇÃO RELATÓRIO O Exmº. Sr. Desembargador Federal EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR (Relator): Trata-se de apelação interposta por FRANCISCO DAS CHAGAS MARTINS LINHARES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL LUIZ ALBERTO GURGEL DE FARIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL LUIZ ALBERTO GURGEL DE FARIA APELREEX Nº 25294 - SE (0001410-11.2012.4.05.8500) APELANTE: ANTONIO CARLOS DOS SANTOS ADVOGADOS: CARLOS EDUARDO REIS CLETO e outro APELADO: INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL REPRESENTANTE: PROCURADORIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIÃO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIÃO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli R E L A T Ó R I O A EXMA. DESEMBARGADORA FEDERAL MARGARIDA CANTARELLI (RELATORA): O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais da Saúde e da Previdência SINDSPREV/PE ajuizou ação ordinária contra a

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI EMENTA PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. LEGITIMIDADE ATIVA. ACÓRDÃO BASEADO EM FUNDAMENTO CONSTITUCIONAL. INVIABILIDADE DE EXAME. USURPAÇÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda.

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda. ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Recorrente: Buffet Amanda Ltda. Recorridos: Alex Sandro Farias de Oliveira Marina

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N 1 2 4 1 4 9 0-0/4 Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. CÍVEL P r o c e s s o 38380/08 APTE RAIMUNDA AUGUSTA LIMA ALVES APDO MARÍTIMA

Leia mais

EMENTA A C Ó R D Ã O. Decide a Turma, por unanimidade, dar provimento à apelação. 1ª Turma do TRF da 1ª Região

EMENTA A C Ó R D Ã O. Decide a Turma, por unanimidade, dar provimento à apelação. 1ª Turma do TRF da 1ª Região APELAÇÃO CÍVEL 200601990126628/MG Processo na Origem: 183030617793 RELATOR(A) : DESEMBARGADOR FEDERAL JIRAIR ARAM MEGUERIAN RELATOR(A) : JUIZ FEDERAL FRANCISCO NEVES DA CUNHA (CONV.) APELANTE : TEREZINHA

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 5ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 5ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 5ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.270620/2014-60 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA

Leia mais

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE Processo número José, já qualificado, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, interpor, com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I

Leia mais

Veja também Doutrina União estável na Previdência Social: jurisprudência comentada, de Paula Cristina Lippi Pereira de Barros RDT 136/122.

Veja também Doutrina União estável na Previdência Social: jurisprudência comentada, de Paula Cristina Lippi Pereira de Barros RDT 136/122. TRF-4.ª Reg. Ap/Reexame Necessário 0019095-57.2011.404.9999/RS 6.ª T. j. 25.01.2012 v.u. rel. Des. Federal Luís Alberto D Azevedo Aurvalle DJe 30.01.2012 Área do Direito: Previdenciário. PREVIDÊNCIA SOCIAL

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.231679/2014-32 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL XAXIM : Recorrente:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 98.679 - RS (2008/0207142-9) RELATOR AUTOR ADVOGADO RÉU SUSCITANTE SUSCITADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : NILTON FERNANDO CARVALHO DE SOUZA : LINDAMAR LEMOS DE GODOY E OUTRO(S)

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 24ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 24ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 24ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.049570/2014-53 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SERRA Benefício:

Leia mais

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS

ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Tribunal de Justiça 12ª Câmara Cível Apelação Cível nº 0045893-97.2011.8.19.0042 Apelantes: AMPLA ENERGIA E SERVICOS S A MUNICIPIO DE PETROPOLIS Apelado: IZABEL DE AZEVEDO SILVA Relator: Desembargador

Leia mais

SINDICATO DOS SERVIDORES DO DEPARTAMENTO DE POLICIA FEDERAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E OUTROS

SINDICATO DOS SERVIDORES DO DEPARTAMENTO DE POLICIA FEDERAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E OUTROS SINDICATO DOS SERVIDORES DO DEPARTAMENTO DE POLICIA FEDERAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E OUTROS (Processos junto à Justiça do Federal do Rio de Janeiro 1º e 2º graus). 1)Mandado de Segurança Coletivo

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.380.608 - SP (2012/0271779-5) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO ADVOGADOS ADVOGADA ADVOGADOS : MINISTRA NANCY ANDRIGHI : ROBERTO PAULO VULCANO E OUTROS : CARLOS EDUARDO FERREIRA

Leia mais

JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS

JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS AÇÃO CONCESSIVA ou REVISIONAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE **** VARA DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL Processo nº Autor: Fulano de Tal Réu: INSS S E N T E N Ç A Dispensado o relatório

Leia mais

VERBO JURÍDICO Curso de Sentença Previdenciária Prof a Marina Vasques Duarte de Barros Falcão AÇÃO ORDINÁRIA

VERBO JURÍDICO Curso de Sentença Previdenciária Prof a Marina Vasques Duarte de Barros Falcão AÇÃO ORDINÁRIA AÇÃO ORDINÁRIA 1 AÇÃO CONCESSIVA OU REVISIONAL SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE **** VARA FEDERAL Processo nº Autor: Fulano de Tal Réu: INSS I RELATÓRIO (preferencialmente no tempo passado cuidar para utilizar sempre

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 1 Registro: 2012.0000438839 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0145458-59.2011.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes ED COSTA MUSIC COMÉRCIO DE ARTIGOS

Leia mais

Protocolo: Natureza: Exibição de documentos SENTENÇA

Protocolo: Natureza: Exibição de documentos SENTENÇA Protocolo:201302597218 Natureza: Exibição de documentos SENTENÇA JADSON MIRANDA DA SILVA JUNIOR, qualificada nos autos em epígrafe, ajuizou a presente AÇÃO DE EXIBIÇÃO DE DOCUMENTOS em desfavor de BANCO

Leia mais

(?YÁê0ì1S0) EMENTA ACÓRDÃO. Decide a Turma, por unanimidade, dar provimento à apelação, nos termos do voto. do Relator.

(?YÁê0ì1S0) EMENTA ACÓRDÃO. Decide a Turma, por unanimidade, dar provimento à apelação, nos termos do voto. do Relator. (?YÁê0ì1S0) PODER JUDICIÁRIO RELATOR : JUIZ FEDERAL CARLOS AUGUSTO PIRES BRANDÃO (CONV.) APELANTE : LEONARDO DE CASTRO MACEDO E OUTRO(A) ADVOGADO : FABRICIO CASTRO ALVES DE MELO E OUTRO(A) APELADO : UNIAO

Leia mais

ACÓRDÃO RO Fl.1

ACÓRDÃO RO Fl.1 00300-2007-661-04-00-0 RO Fl.1 EMENTA: Enquadramento sindical. Categoria diferenciada. Instrutores x Professores. O SINPRO/RS não comprova o preenchimento dos requisitos necessários para o enquadramento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO RS

PODER JUDICIÁRIO RS Número do processo: 70066740119 Comarca: Comarca de Porto Alegre Data de Julgamento: 29/10/2015 Relator: Pedro Celso Dal Pra PODER JUDICIÁRIO ---------- RS ---------- ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0035.12.011240-0/001 Númeração 1041280- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 30/04/2013 06/05/2013 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO A

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO A JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº200970590043504/PR RELATOR : Juíza Federal Ana Beatriz Vieira da Luz Palumbo RECORRENTE : LOURDES DA SILVA MACHADO RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM. 1 Registro: 2016.0000888926 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2223275-04.2016.8.26.0000, da Comarca de Santa Bárbara D Oeste, em que é agravante ELZA DOMINGOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 200.2011.033535-9/001 ORIGEM : I l Vara Cível da Comarca da Capital. RELATOR

Leia mais

R E L A T Ó R I O. O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator):

R E L A T Ó R I O. O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator): R E L A T Ó R I O O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator): Trata-se de apelação contra a sentença que julgou improcedente o pedido da parte autora de aposentadoria especial, com o pagamento

Leia mais

R E L A T Ó R I O. O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator):

R E L A T Ó R I O. O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator): R E L A T Ó R I O O Desembargador Federal JOSÉ MARIA LUCENA (Relator): Trata-se de apelação contra a sentença que julgou improcedente o pedido da parte autora, para manter o benefício de Nº 154.991.609-0(aposentadoria

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR DA 6ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR DA 6ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR DA 6ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Recurso de Apelação n.º: 70070432448 Processo n.º: 001/1.13.0283178-0 ITAÚ SEGUROS S/A e SEGURADORA

Leia mais

TURMA NACIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS. RELATÓRIO

TURMA NACIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS. RELATÓRIO TURMA NACIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS. PROCESSO Nº 2003.51.60.009317-6 CLASSE: CONTRARI. À SÚMULA OU JURISPRUDÊNCIA DOMINANTE NO STJ ORIGEM: SEÇÃO JUDICIÁRIA

Leia mais

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA

129 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ÓRGÃO ESPECIAL CONFLITO DE COMPETÊNCIA nº 0001916-79.2014.8.19.0000 (5) Suscitante: EGRÉGIA 14ª CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

RELATÓRIO. O EXMO. DESEMBARGADOR FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO (Relator Convocado):

RELATÓRIO. O EXMO. DESEMBARGADOR FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO (Relator Convocado): PROCESSO Nº: 0800943-44.2012.4.05.8000 - APELAÇÃO RELATÓRIO O EXMO. DESEMBARGADOR FEDERAL IVAN LIRA DE CARVALHO (Relator Convocado): Trata-se de apelação e remessa oficial, tida por interposta, contra

Leia mais

I iiim uni mil mil um um um um mi m

I iiim uni mil mil um um um um mi m PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N I iiim uni mil mil um um um um mi m Vistos, relatados e discutidos

Leia mais

PROCESSO: RO

PROCESSO: RO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A PLANO DE SAÚDE. DIREITO ADQUIRIDO. AUXÍLIO-DOENÇA. O cancelamento abrupto do plano de saúde caracteriza-se como violação ao direito adquirido do reclamante, que é detentor do

Leia mais

SENTENÇA COMARCA DE CORONEL BICACO VARA ÚNICA. Réu: INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

SENTENÇA COMARCA DE CORONEL BICACO VARA ÚNICA. Réu: INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL SENTENÇA COMARCA DE CORONEL BICACO VARA ÚNICA Nº de ordem: Processo nº 093/1.08.0000860-5 Natureza: PREVIDENCIÁRIA Autor: VALDOMIRO DOS SANTOS GUIMARÃES Réu: INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL Juiz

Leia mais

Inteiro Teor ( )

Inteiro Teor ( ) REMETENTE : JUÍZO FEDERAL DA VF E JEF CRIMINAL DE LAJEADO EMENTA Acórdão Publicado no D.E. de 4/12/2006 INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. INSCRIÇÃO INDEVIDA EM DÍVIDA ATIVA E CADIN. FIXAÇÃO DO VALOR. VERBA

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos estes autos da Apelação Cível nº , em que figuram como apelante

Vistos, relatados e discutidos estes autos da Apelação Cível nº , em que figuram como apelante QUINTA CÃMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0052359-17.1997.805.0001-0 (antigo nº 82115-7/2009) APELANTE: FAZENDA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DO SALVADOR APELADOS: BH S/A RELATOR: DES. JOSÉ CÍCERO LANDIN NETO EMENTA

Leia mais

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil.

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Diz o art. 48, da Lei 8.213/91: Art. 48. A aposentadoria por idade será devida ao segurado que, cumprida

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO 00232-2007-101-04-00-5 RO Fl.1 EMENTA: CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL. TRABALHADORES ASSOCIADOS E NÃO-ASSOCIADOS. Na expressão do art. 513, e, da CLT, os sindicatos podem "impor contribuições a todos aqueles

Leia mais

Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - 2º Grau Processo Judicial Eletrônico - 2º Grau

Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - 2º Grau Processo Judicial Eletrônico - 2º Grau Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - 2º Grau Processo Judicial Eletrônico - 2º Grau O documento a seguir foi juntado ao autos do processo de número 0007026-85.2015.5.15.0000 em 26/10/2015 15:59:11

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO, CONHECIDO DE OFÍCIO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL

APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO, CONHECIDO DE OFÍCIO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº 855.715-7, DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA 3ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA, FALÊNCIAS E RECUPERÇÃO JUUDICIAL. REMETENTE : JUIZ DE DIREITO.

Leia mais

SENTENÇA. Com a inicial vieram os documentos de f. 06/08.

SENTENÇA. Com a inicial vieram os documentos de f. 06/08. Autos n.º 183.08.146148-9 Natureza: ação de cobrança Requerente: Margarida Batista de Souza Requerido: Harakem Moreira Franco SENTENÇA Vistos, em correição. Margarida Batista de Souza propôs a presente

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO APELAÇÃO/REEXAME NECESSÁRIO Nº 0022159-52.2013.4.01.3900/PA Processo na Origem: 221595220134013900 RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL SOUZA PRUDENTE APELANTES : ISMAEL ANTÔNIO COELHO DE MORAES E OUTRO(A)

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 9 11/11/2016 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 970.021 RIO GRANDE DO SUL RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN.

Leia mais

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS

Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS Sumário PARTE I ASPECTOS PROCESSUAIS GERAIS 1 Jurisdição 1.1 Introdução 1.2 Conceito e características 1.3 Divisão da jurisdição 1.4 Organização judiciária 2 Direito Processual Civil 2.1 Conceito e delimitação

Leia mais

R EP Ú BLI C A F E DE R AT I V A D O BRAS I L TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL RIDALVO COSTA

R EP Ú BLI C A F E DE R AT I V A D O BRAS I L TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL RIDALVO COSTA AGRAVO DE INSTRUMENTO (TURMA) Nº 71731 - CE AGRTE: MARPEX - INDUSTRIA DE PESCA S/A ADV/PROC: NELSON WILIANS FRATONI RODRIGUES E OUTROS AGRDO: INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL REPTE: PROCURADORIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL Sentença 2014 tipo B Processo nº 45312-96.2012.4.01.3400 Ação Ordinária Autora: Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal - ADPF Ré: União 096.01.004-B SENTENÇA 1. RELATÓRIO Trata-se de ação

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA Recorrente: Rildo Jaime Recorrido: Soluções Empresariais Ltda. e Metalúrgica Cristina Ltda. Processo n. 644-44.2001.5.03.0015

Leia mais