Reunião Técnica ANEFAC

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reunião Técnica ANEFAC"

Transcrição

1

2 Reunião Técnica ANEFAC ARBITRAGEM INTERNACIONAL: CONCEITOS, PROCEDIMENTO E A IMPORTÂNCIA DA SEDE Palestrante: Ramon Alberto dos Santos

3 Arbitragem - Introdução Forma alternativa de solução de controvérsias, que caracteriza uma justiça privada, na qual fica afastada a possibilidade de submissão das controvérsias ao Poder Judiciário; Na arbitragem as partes, por meio de uma convenção privada, podem definir tudo referente ao procedimento, escolhendo os árbitros, direito aplicável, o local, o idioma; Os árbitros, são particulares que assumem um papel equivalente a posição do juiz togado, para decidir acerca da controvérsia (poderes limitados ao escopo da convenção de arbitragem); A sentença arbitral é equiparada (quanto aos efeitos) à sentença judicial.

4 Arbitragem Internacional - Definição A definição do que é uma arbitragem internacional pode sofrer alterações de acordo com a definição legal adotada por cada pais, mas sua delimitação costuma estar associada (seja alternativa ou cumulativamente) com os seguintes critérios: As partes possuem estabelecimentos comerciais em Estados distintos; e/ou A Natureza da transação/disputa econômica envolvida possui conexão com mais de um Estado Importância dessa definição: Alguns países possuem regramento diferenciado para arbitragens internacionais conduzidas em seu território Possibilidade de escolher a lei aplicável na arbitragem internacional realizada no Brasil (João Bosco Lee) Em sentido contrário: AI (TJSP)

5 Arbitragem Internacional - Definição Exemplo da definição adotada na Lei Modelo da Uncitral de 1985 (com alterações de 2006): Artigo 1º - Âmbito de Aplicação (...) (3) Uma arbitragem é internacional se: a) As partes em uma convenção de arbitragem tiverem, no momento da sua conclusão, as suas sedes comerciais em diferentes Estados; ou b) Um dos locais a seguir referidos estiver situado fora do Estado no qual as partes têm a sua sede; (i) O local da arbitragem, se determinado na, ou de acordo com, convenção de arbitragem; (ii) Qualquer local onde deva ser cumprida uma parte substancial das obrigações resultantes da relação comercial ou o local com o qual o objeto da disputa tenha vínculos mais estreitos; ou c) As partes tiverem convencionado expressamente que o objeto da convenção de arbitragem envolve mais de um país.

6 Arbitragem Internacional - Definição Definição trazida pelo Código de Processo Civil Francês: Art do CPC: É internacional aquela arbitragem que coloca (põe) em jogo os interesses do comercio internacional Descrição trazida no Explanatory Booklet of the ICC Rules of Arbitration de 1977:... the international nature of the arbitration does not mean that the parties must necessarily be of different nationalities. By virtue of its object, the contract can nevertheless extend beyond national borders, when for example a contract is concluded between two nationals of the same State for performance in another country, or when it is concluded between a State and a subsidiary of a foreign company doing business in that State

7 Arbitragem Doméstica e Estrangeira As definições mais importantes são as referentes a qualificação da sentença arbitral como sendo doméstica ou estrangeira. Cada Estado pode definir como bem entender os limites para qualificar uma sentença arbitral como doméstica, mas o critério mais usual é o referente a sede da arbitragem. No Brasil e na Espanha, a sentença arbitral é considerada doméstica quando é proferida em território nacional (diferença entre sede da arbitragem e local em que é proferida a sentença) Possibilidade de sentenças arbitrais com dupla nacionalidade. Exemplo do Prof. Giovanni Bonato de caso em que, não obstante o procedimento deva se desenvolver e a sentença arbitral deva ser proferida no Brasil, fixa-se a sede legal da arbitragem em Milão

8 Arbitragem Doméstica e Estrangeira A qualificação como doméstica, possui vantagens para a execução da sentença arbitral, pois o regime de execução adotado para as sentenças arbitrais domésticas tende a ser mais favorável do que para as sentenças arbitrais estrangeiras. Necessidade de homologação perante o judiciário do Estado em que se pretende executar a sentença arbitral estrangeira. Ao mesmo tempo, a nacionalidade de uma sentença indica o judiciário competente para pleitear sua anulação. Inconveniente da dupla nacionalidade

9 Arbitragem Doméstica e Estrangeira Lei n.9.307/1996, Artigo 34, Parágrafo Ùnico: Artigo 34. (...) Parágrafo único. Considera-se sentença arbitral estrangeira a que tenha sido proferida fora do território nacional. Convenção de Nova Iorque (154 Estados) Artigo 1.1: A presente Convenção aplicar-se-á ao reconhecimento e à execução de sentenças arbitrais estrangeiras proferidas no território de um Estado que não o Estado em que se tencione o reconhecimento e a execução de tais sentenças, oriundas de divergências entre pessoas, sejam elas físicas ou jurídicas. A Convenção aplicar-se-á igualmente a sentenças arbitrais não consideradas como sentenças domésticas no Estado onde se tencione o seu reconhecimento e a sua execução.

10 Arbitragem Doméstica e Estrangeira no Brasil Importância da distinção entre arbitragem doméstica e estrangeira Procedimento de Execução A execução da sentença arbitral doméstica no Brasil não precisa passar por homologação. A homologação de sentenças arbitrais estrangeiras no Brasil é feita pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), de acordo com o procedimento definido nos artigos da Lei 9.307/96 e na Resolução nº 9 de 2005 do próprio STJ. Convenção de Nova Iorque Como as normas de reconhecimento de sentenças arbitrais estrangeiras da Convenção são semelhantes as disposições dos artigos da Lei 9.307/96, o STJ não menciona ela em 91,6% dos casos de homologação de sentença arbitral (CARVALHO; LOPES, 2013, p. 26)

11 A Importância da definição da sede da arbitragem internacional O Judiciário da sede da arbitragem tem a competência para analisar demandas referentes a arbitragem, deferindo medidas de urgência antes e durante a arbitragem, bem como sendo o judiciário competente para a Execução ou anulação da sentença arbitral. Dificuldades em sedes na qual o judiciário intervem demasiadamente no procedimento arbitral Exemplo da Prof. Adriana Braguetta indicando como melhor sede a cidade de São Paulo, em comparação com algumas jurisdições americanas que revisam sentenças arbitrais extrapolando os parâmetros da Convenção de Nova Iorque. A escolha da sede implica na aplicação de normas de ordem pública do país escolhido, acerca do procedimento a ser adotado e acerca da própria validade da cláusula arbitral; Cláusula arbitral oral ou escrita;

12 Etapas básicas da arbitragem internacional A elaboração da convenção de arbitragem Cláusula compromissória (antes do litígio) e/ou Compromisso Arbitral (após o início do litígio) Possibilidades de medidas cautelares prévias Judiciário do local da sede da arbitragem A instituição de um tribunal arbitral Tribunal Ad hoc ou Institucional Escolha do(s) árbitro(s)

13 Etapas básicas da arbitragem internacional Procedimento arbitral Manifestações das partes (fase postulatória) Produção de provas (fase instrutória) Audiência(s) Peritos e Assistentes técnicos Proferimento da sentença arbitral Reconhecimento e Execução Execução direta (sentença doméstica) Necessidade de homologação (sentença estrangeira)

14 Elaboração da convenção de arbitragem e o procedimento arbitral Algumas considerações Um dos pontos mais importantes em se tratando de arbitragem, e mais ainda na internacional, é a escolha dos árbitros. A escolha da Instituição Arbitral também deve ser feita de forma diligente (análise do Regulamento da Instituição e da sua confiabilidade/eficiência/custos). Cautela na escolha do direito a ser utilizado na arbitragem: definição da lei aplicável e do procedimento a ser seguido. Caso da arbitragem em que foi escolhido o Federal Rules of Procedure dos EUA para a fase de produção de provas

15 Elaboração da convenção de arbitragem e o procedimento arbitral Algumas considerações Quanto a produção de provas, a depender do regulamento escolhido e da lei processual aplicável na sede, o tribunal arbitral poderá realizar audiências e atos em locais fora da sede.

Arbitragem Internacional

Arbitragem Internacional Arbitragem Internacional Tânia Cascais Lisboa, 18 de Novembro de 2009 O que é a Arbitragem? É um dos modos alternativos de resolução de litígios. Mais concretamente, consiste num modo de resolução jurisdicional

Leia mais

Arbitragem Internacional. Renato Leite Monteiro

Arbitragem Internacional. Renato Leite Monteiro Arbitragem Internacional Renato Leite Monteiro Conceito É o mecanismo de solução de litígios pelo qual as partes decidem submeter um conflito a um ou mais especialistas em certo tema, que não pertencem

Leia mais

Visão geral da arbitragem no Brasil. Giovanni Ettore Nanni

Visão geral da arbitragem no Brasil. Giovanni Ettore Nanni Visão geral da arbitragem no Brasil Giovanni Ettore Nanni gnanni@tozzinifreire.com.br Visão Geral da Arbitragem no Brasil Arbitrabilidade Arbitragem Doméstica e Internacional Cláusula Compromissória Compromisso

Leia mais

A importância da escolha do árbitro e da instituição arbitral. Palestrante: Alvaro de Carvalho Pinto Pupo

A importância da escolha do árbitro e da instituição arbitral. Palestrante: Alvaro de Carvalho Pinto Pupo A importância da escolha do árbitro e da instituição arbitral Palestrante: Alvaro de Carvalho Pinto Pupo Convenção de arbitragem Convenção de arbitragem Cláusula compromissório Compromisso arbitral Convenção

Leia mais

Curso de Arbitragem 1 FRANCISCO JOSÉ CAHALI

Curso de Arbitragem 1 FRANCISCO JOSÉ CAHALI Curso de Arbitragem 1 Curso de Arbitragem 10 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 1. INTRODUÇÃO... 23 1.1 Introdução às alternativas adequadas de resolução de disputas... 25 1.2 Breve histórico... 30 1.3 Bibliografia

Leia mais

Noções de Arbitragem

Noções de Arbitragem Noções de Arbitragem Conceito A arbitragem é a instituição pela qual um terceiro resolve o litígio que opõem duas ou mais partes, exercendo a missão jurisdicional que lhe é conferida pelas partes. (Charles

Leia mais

Reunião Técnica ANEFAC. Execução e Anulação de Sentença Arbitral. Palestrante: Elis Wendpap

Reunião Técnica ANEFAC. Execução e Anulação de Sentença Arbitral. Palestrante: Elis Wendpap Reunião Técnica ANEFAC Execução e Anulação de Sentença Arbitral Palestrante: Elis Wendpap elis.wendpap@veirano.com.br Arbitragem Marco legal no Brasil: Lei n. 9.307/1996 Supremo Tribunal Federal, 2001:

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Introdução 1.1 Introdução aos meios alternativos de resolução de disputas 1.2 Breve histórico 1.3 Bibliografia recomendada

SUMÁRIO. 1 Introdução 1.1 Introdução aos meios alternativos de resolução de disputas 1.2 Breve histórico 1.3 Bibliografia recomendada Livro: Curso de Arbitragem, 2ª edição Professor Francisco José Cahali SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 1 Introdução 1.1 Introdução aos meios alternativos de resolução de disputas 1.2 Breve histórico 1.3 Bibliografia

Leia mais

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS. FACULDADE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE NOVA POST-GRADUAÇÃO DE GESTÃO PARA JURISTAS José Miguel Júdice

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS. FACULDADE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE NOVA POST-GRADUAÇÃO DE GESTÃO PARA JURISTAS José Miguel Júdice RESOLUÇÃO DE CONFLITOS FACULDADE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE NOVA POST-GRADUAÇÃO DE GESTÃO PARA JURISTAS José Miguel Júdice A litigiosidade nas empresas. Suas características: a) o contencioso de cobranças

Leia mais

FRANCISCO JOSÉ CAHALI CURSO DE ARBITRAGEM. LivroAS pdf corrigido indb 3 26/07/ :14:50

FRANCISCO JOSÉ CAHALI CURSO DE ARBITRAGEM. LivroAS pdf corrigido indb 3 26/07/ :14:50 FRANCISCO JOSÉ CAHALI CURSO DE ARBITRAGEM LivroAS 7073 - pdf corrigido - 26.07.2011.indb 3 26/07/2011 15:14:50 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 9 1 INTRODUÇÃO... 19 1.1 Introdução aos meios alternativos de resolução

Leia mais

ARBITRAGEM Lei 9.307/96 SOLUÇÃO MODERNA DE CONFLITOS

ARBITRAGEM Lei 9.307/96 SOLUÇÃO MODERNA DE CONFLITOS 1 ARBITRAGEM Lei 9.307/96 SOLUÇÃO MODERNA DE CONFLITOS 2 O QUE SE BUSCA COM ESTA APRESENTAÇÃO: a) Desmistificar o instituto da arbitragem; b) Desenvolver um espírito crítico dos contadores em relação ao

Leia mais

A Prova Técnica na Arbitragem

A Prova Técnica na Arbitragem 1 CRC/SP São Paulo, 25.11.2016 A Prova Técnica na Arbitragem Profa. Dra. Selma Ferreira Lemes Sumário 2 I. Arbitragem - Noções Gerais II. III. IV. A Instituição da Arbitragem A Prova Técnica e suas Formas

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO. Professor Juliano Napoleão

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO. Professor Juliano Napoleão DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO Professor Juliano Napoleão UNIDADE 2 Conflitos de lei no espaço e as normas de Direito Internacional Privado 2.1 Os conflitos de lei no espaço pertinentes às relações privadas

Leia mais

REGIME JURÍDICO DA ARBITRAGEM SOCIETÁRIA. Artigo 1.º. (Objeto)

REGIME JURÍDICO DA ARBITRAGEM SOCIETÁRIA. Artigo 1.º. (Objeto) REGIME JURÍDICO DA ARBITRAGEM SOCIETÁRIA Artigo 1.º (Objeto) 1 O presente diploma estabelece o regime aplicável à resolução de litígios em matéria societária com recurso à arbitragem. 2 Podem ser submetidos

Leia mais

CONVENÇÃO ARBITRAL TÁCITA? CISG, ART. 9º (2) Eduardo Talamini

CONVENÇÃO ARBITRAL TÁCITA? CISG, ART. 9º (2) Eduardo Talamini CONVENÇÃO ARBITRAL TÁCITA? CISG, ART. 9º (2) Eduardo Talamini 1 Introdução CISG, Artigo 9º (1) As partes se vincularão pelos usos e costumes em que tiverem consentido e pelas práticas que tiverem estabelecido

Leia mais

www.momentoarbitragem.com.br www.youtube.com/momentoarbitragem A Jurisprudência do STJ A Reforma da Lei de Arbitragem Lei n. 13.129/2015 CAPÍTULO IV-A Lei 9.307/96 alterada pela Lei 13.129/2015 DAS TUTELAS

Leia mais

A aquisição de bens com o resultado de infrações penais.

A aquisição de bens com o resultado de infrações penais. Para se pensar em termos de responsabilidades A aquisição de bens com o resultado de infrações penais. Balanços auditados 1 Lei 12.683/2012 Crimes de "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores;

Leia mais

CURSO DE ARBITRAGEM EMPRESARIAL

CURSO DE ARBITRAGEM EMPRESARIAL CURSO DE ARBITRAGEM EMPRESARIAL Princípios (Texto aprovado na reunião ordinária de 24 de abril de 1999) I. O Árbitro é o privilegiamento da autonomia da vontade das partes, que o elegem para dirimir uma

Leia mais

ARBITRAGEM. TIRE SUAS DÚVIDAS

ARBITRAGEM. TIRE SUAS DÚVIDAS ARBITRAGEM. TIRE SUAS DÚVIDAS 1. O que é arbitragem? A arbitragem é uma forma de solução de conflitos, prevista em lei, que pode ser utilizada quando estamos diante de um impasse decorrente de um contrato.

Leia mais

DA OAB SP 28 de Maio de 2010 A CLÁUSULA COMPROMISSÓRIA NA ARBITRAGEM INTERNA E INTERNACIONAL

DA OAB SP 28 de Maio de 2010 A CLÁUSULA COMPROMISSÓRIA NA ARBITRAGEM INTERNA E INTERNACIONAL ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ARBITRAGEM DA OAB SP 28 de Maio de 2010 A CLÁUSULA COMPROMISSÓRIA NA ARBITRAGEM INTERNA E INTERNACIONAL REDIGIR CLÁUSULAS ARBITRAIS EFICAZES

Leia mais

III PÓS-GRADUAÇÃO EM ARBITRAGEM PLANO DE ESTUDOS

III PÓS-GRADUAÇÃO EM ARBITRAGEM PLANO DE ESTUDOS 1º MÓDULO 6 horas 6 e 8 de Janeiro 2010 Profª Mariana França Gouveia Dr. José Vasconcelos e Sousa III PÓS-GRADUAÇÃO EM ARBITRAGEM PLANO DE ESTUDOS 1. A ARBITRAGEM E RESOLUÇÃO ALTERNATIVA DE LITÍGIOS 0,5

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO. Competência Internacional e Cooperação Judiciária Internacional. Prof. Renan Flumian

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO. Competência Internacional e Cooperação Judiciária Internacional. Prof. Renan Flumian DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO Competência Internacional e Cooperação Judiciária Internacional Prof. Renan Flumian 1. Competência Internacional - O juiz deve aplicar uma RC para determinar o direito aplicável

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO NADIA DE ARAÚJO Professora de Direito Internacional Privado - PUC Rio. Doutora em Direito Internacional, USP. Mestre em Direito Comparado, GWU. Procuradora de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. DIREITO

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A EXECUÇÃO DA SENTENÇA NACIONAL E ESTRANGEIRA E SUAS PECULIARIDADES. Inez Balbino Petterle Advogada

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A EXECUÇÃO DA SENTENÇA NACIONAL E ESTRANGEIRA E SUAS PECULIARIDADES. Inez Balbino Petterle Advogada TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Sindical A EXECUÇÃO DA SENTENÇA NACIONAL E ESTRANGEIRA E SUAS PECULIARIDADES Inez Balbino Petterle Advogada Área do Direito: Arbitragem, Processual, Civil. Palavras-chave: Arbitragem,

Leia mais

TEMA DA AULA TEMAS DO SEMINÁRIO ALUNOS. 1. Arbitragem internacional: O que isso significa? Aspectos normativos, técnicos e sociológicos.

TEMA DA AULA TEMAS DO SEMINÁRIO ALUNOS. 1. Arbitragem internacional: O que isso significa? Aspectos normativos, técnicos e sociológicos. DISCIPLINA DPC 5870-1 (1º SEM/2015) ARBITRAGEM NO BRASIL, NA ITÁLIA, E NA FRANÇA: PERSPECTIVA DE DIREITO PRIVADO (I) Material disponibilizado no Moodle: (i) programa; e (ii) textos para leitura prévia.

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Especialização em Direito Processual Civil Pós-Graduação. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP ( ).

CURRICULUM VITAE. Especialização em Direito Processual Civil Pós-Graduação. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP ( ). CURRICULUM VITAE Identificação Pessoal e Profissional Vera Cecília Monteiro de Barros Nacionalidade: Brasileira Natural de São Paulo SP Advogada e Professora vera@selmalemes.com.br www.selmalemes.com.br

Leia mais

Resumo da intervenção Miguel Romão Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Resumo da intervenção Miguel Romão Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Luanda, 8 de Abril de 2014 GLOBALIZAÇÃO E COOPERAÇÃO EM MATÉRIA CIVIL E COMERCIAL ENTRE SISTEMAS DE JUSTIÇA Resumo da intervenção Miguel Romão Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Leia mais

CONVENÇÃO SOBRE O RECONHECIMENTO E A EXECUÇÃO DE SENTENÇAS ARBITRAIS ESTRANGEIRAS, CELEBRADA EM NOVA IORQUE AOS 10 DE JUNHO DE 1958

CONVENÇÃO SOBRE O RECONHECIMENTO E A EXECUÇÃO DE SENTENÇAS ARBITRAIS ESTRANGEIRAS, CELEBRADA EM NOVA IORQUE AOS 10 DE JUNHO DE 1958 CONVENÇÃO SOBRE O RECONHECIMENTO E A EXECUÇÃO DE SENTENÇAS ARBITRAIS ESTRANGEIRAS, CELEBRADA EM NOVA IORQUE AOS 10 DE JUNHO DE 1958 Artigo I 1 A presente Convenção aplica-se ao reconhecimento e à execução

Leia mais

Arbitragem Institucionalizada: o melhor modelo para a resolução de litígios comerciais e de investimento. José Miguel Júdice

Arbitragem Institucionalizada: o melhor modelo para a resolução de litígios comerciais e de investimento. José Miguel Júdice Arbitragem Institucionalizada: o melhor modelo para a resolução de litígios comerciais e de investimento. José Miguel Júdice jmj@plmj.pt Sócio Fundador de PLMJ, Professor Associado Convidado da Faculdade

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO ANO LETIVO SÉRIE TURNO 2017 5ª Série Matutino e Noturno NOME DA DISCIPLINA Direito Internacional Público e Privado CARGA HORÁRIA SEMANAL: horas-aula ANUAL: 100 horas-aula

Leia mais

STJ FRANCISCO JOSÉ CAHALI. Curso de. Mediação Conciliação Resolução CNJ 125/ a edição

STJ FRANCISCO JOSÉ CAHALI. Curso de. Mediação Conciliação Resolução CNJ 125/ a edição FRANCISCO JOSÉ CAHALI Curso de ARBITRAGEM Mediação Conciliação Resolução CNJ 125/2010 5. a edição revista e atualizada, de acordo com a Lei 13.129/2015 (Reforma da Lei de Arbitragem), com a Lei 13.140/2015

Leia mais

ARBITRAGEM INTERNACIONAL: SISTEMA DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS NO BRASIL E NA UNIÃO EUROPÉIA.

ARBITRAGEM INTERNACIONAL: SISTEMA DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS NO BRASIL E NA UNIÃO EUROPÉIA. 20 a 24 de outubro de 2008 ARBITRAGEM INTERNACIONAL: SISTEMA DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS NO BRASIL E NA UNIÃO EUROPÉIA. Daiane Casas Marangoni 1 ; Rozane da Rosa Cachapuz 2 RESUMO: A arbitragem é uma forma

Leia mais

Clemenceau Chiabi Saliba Junior Presidente da CMA CREA-MG

Clemenceau Chiabi Saliba Junior Presidente da CMA CREA-MG Clemenceau Chiabi Saliba Junior Presidente da CMA CREA-MG cma@crea-mg.org.br TEORIA DO CONFLITO As divergências emocionais, sociais, políticas, ideológicas, familiares ou profissionais, que ocorrem nas

Leia mais

ANÁLISE ECONÔMICA DA ARBITRAGEM EXPEDITA

ANÁLISE ECONÔMICA DA ARBITRAGEM EXPEDITA ANÁLISE ECONÔMICA DA ARBITRAGEM EXPEDITA Flávia Neves Bittar Sócia de Flávia Bittar Sociedade de Advogados Presidente do Comitê Brasileiro Arbitragem (CBAr) ANÁLISE JURÍDICO-ECONÔMICA DA ARBITAGEM No mundo

Leia mais

A ARBITRAGEM COMO MÉTODO DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

A ARBITRAGEM COMO MÉTODO DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS CURSO DE POS-GRADUAÇÃO Luanda Universidade Agostinho Neto 12 a 17 de Março de 2012 A ARBITRAGEM COMO MÉTODO DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS José Miguel Júdice josemiguel.judice@plmj.pt www.josemigueljudice-arbitration.com

Leia mais

Direito da Arbitragem

Direito da Arbitragem Direito da Arbitragem ENSAIOS 2017 António Sampaio Caramelo NOTA INTRODUTÓRIA Reúnem-se no presente volume cinco estudos que versam sobre temas regidos pela nova Lei da Arbitragem Voluntária (LAV) e foram

Leia mais

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL (LEI DE 2015)

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL (LEI DE 2015) BASE LEGAL LEI 9.307 DE 1996 LEI 13.129 DE 2015 DECRETO 8.465 DE 2015 NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL (LEI 13.105 DE 2015) VANTAGENS PROPORCIONADAS PELA ARBITRAGEM Base legal eficiente: o Brasil possui leis

Leia mais

INDICAÇÃO DO ÁRBITRO PELO PODER PÚBLICO. Carmen Tiburcio Profª. Associada da UERJ

INDICAÇÃO DO ÁRBITRO PELO PODER PÚBLICO. Carmen Tiburcio Profª. Associada da UERJ INDICAÇÃO DO ÁRBITRO PELO PODER PÚBLICO Carmen Tiburcio Profª. Associada da UERJ Indicação de árbitros Trata-se da questão mais relevante da arbitragem. Mais do que as decisões relativas à arbitragem ad

Leia mais

A ARBITRAGEM NA ACÇÃO EXECUTIVA

A ARBITRAGEM NA ACÇÃO EXECUTIVA 2.º CONFERÊNCIA INTERNACIONAL PROMOVER A EFICÁCIA DAS EXECUÇÕES E WORKSHOP BOAS PRÁTICAS NA ACTIVIDADE DO AGENTE DE EXECUÇÃO A ARBITRAGEM NA ACÇÃO EXECUTIVA ANA CABRAL DIA 24 DE SETEMBRO DE 2011 SUMÁRIO

Leia mais

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Davi Furtado Meirelles Resultado Negativo da Negociação - Mediação - é mais uma tentativa de conciliação, após o insucesso da negociação direta, porém, desta feita,

Leia mais

A ATUAÇÃO DO CONTADOR NA ARBITRAGEM

A ATUAÇÃO DO CONTADOR NA ARBITRAGEM A ATUAÇÃO DO CONTADOR NA ARBITRAGEM Bianca Ferreira Oliveira 1 ; Zilane Maria Sousa de Carvalho Silva 1 ; Adriano Barreira de Andrade 2 ; Marli Terezinha Vieira 3 1 Aluno do Curso de Ciências Contábeis;

Leia mais

O recurso à Arbitragem e as suas vantagens

O recurso à Arbitragem e as suas vantagens O recurso à Arbitragem e as suas vantagens Modo de resolução jurisdicional de controvérsias em que, com base na vontade das partes, a decisão é confiada a um terceiro. Para este efeito, considera-se terceiro

Leia mais

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS CÂMARA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS DE CAXIAS DO SUL Outubro de 2017 CONTRATOS INTERNACIONAIS O que são Contratos Internacionais No direito brasileiro, um contrato

Leia mais

A arbitragem administrativa institucionalizada: aspetos constitucionais

A arbitragem administrativa institucionalizada: aspetos constitucionais A arbitragem administrativa institucionalizada: aspetos constitucionais João Tiago Silveira CAAD e ICJP 13 de novembro de 2016 Sumário 1. A arbitragem administrativa institucionalizada e o Centro de Arbitragem

Leia mais

Curriculum Vitae. Valeria Galíndez Advogada OAB/SP nº INFORMAÇÕES PESSOAIS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Curriculum Vitae. Valeria Galíndez Advogada OAB/SP nº INFORMAÇÕES PESSOAIS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Curriculum Vitae Valeria Galíndez Advogada OAB/SP nº 184.239 INFORMAÇÕES PESSOAIS Local de Nascimento: San Miguel de Tucumán (Tucumán - Argentina) Data de Nascimento: 21 de agosto de 1976 Nacionalidades:

Leia mais

Ofício nº 177 (SF) Brasília, em 11 de fevereiro de 2014.

Ofício nº 177 (SF) Brasília, em 11 de fevereiro de 2014. Ofício nº 177 (SF) Brasília, em 11 de fevereiro de 2014. A Sua Excelência o Senhor Deputado Marcio Bittar Primeiro-Secretário da Câmara dos Deputados Assunto: Projeto de Lei do Senado à revisão. Senhor

Leia mais

ANEXO I TABELA DE CUSTAS E HONORÁRIOS DOS ÁRBITROS

ANEXO I TABELA DE CUSTAS E HONORÁRIOS DOS ÁRBITROS ANEXO I TABELA DE CUSTAS E HONORÁRIOS DOS ÁRBITROS Consoante dispõe o Regulamento de Arbitragem, doravante denominado simplesmente Regulamento, os custos dos procedimentos arbitrais comportam 1 : 1. TAXA

Leia mais

REGULAMENTO DE CUSTAS NOS PROCESSOS DE ARBITRAGEM TRIBUTÁRIA

REGULAMENTO DE CUSTAS NOS PROCESSOS DE ARBITRAGEM TRIBUTÁRIA REGULAMENTO DE CUSTAS NOS PROCESSOS DE ARBITRAGEM TRIBUTÁRIA Artigo 1.º Âmbito e objecto O presente Regulamento e as Tabelas anexas que o integram estabelece as taxas de arbitragem aplicáveis nos processos

Leia mais

PROTOCOLO DE BUENOS AIRES SOBRE JURISDIÇÃO INTERNACIONAL EM MATÉRIA CONTRATUAL

PROTOCOLO DE BUENOS AIRES SOBRE JURISDIÇÃO INTERNACIONAL EM MATÉRIA CONTRATUAL MERCOSUL/CMC/DEC Nº 1/94 PROTOCOLO DE BUENOS AIRES SOBRE JURISDIÇÃO INTERNACIONAL EM MATÉRIA CONTRATUAL TENDO EM VISTA: o Art. 10 do Tratado de Assunção, a Decisão Nº 4/91 do Conselho do Mercado Comum,

Leia mais

www.momentoarbitragem.com.br www.youtube.com/momentoarbitragem REFORMA DA LEI DE ARBITRAGEM Lei 13.129/2015 REFORMA DA LEI DE ARBITRAGEM Lei 13.129/2015 Lei de Arbitragem 9.307/96 Art. 1º As pessoas capazes

Leia mais

Projeto de Lei nº 3.006/2008 Deputado Walter Brito

Projeto de Lei nº 3.006/2008 Deputado Walter Brito Projeto de Lei nº 3.006/2008 Deputado Walter Brito O espírito deste Projeto de Lei, pelo que se pode entender, e salvo melhor juízo, é, além de alertar as partes litigantes pela possibilidade de solução

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES 1. O que é arbitragem? A arbitragem é uma forma de solução de conflitos, prevista em lei, no qual as partes buscam voluntariamente uma solução rápida e definitiva do conflito por um

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Fixação de Competência. Prof. Luiz Dellore

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Fixação de Competência. Prof. Luiz Dellore DIREITO PROCESSUAL CIVIL Fixação de Competência Prof. Luiz Dellore 1. Juiz BRASILEIRO ou juiz ESTRANGEIRO? 1.1 Competência concorrente (NCPC, 21 e 22) - réu domiciliado no Brasil; - obrigação tiver de

Leia mais

ARBITRAGEM NO BRASIL

ARBITRAGEM NO BRASIL NO BRASIL SOLUÇÃO AMIGÁVEL DE CONFLITOS Aspectos Históricos Conflitos e Arbitragem Deontologia Arbitral Jurisdição Arbitral Aspectos Legais Procedimento Considerações finais Aspectos Históricos Conflitos

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N "02164124* ACÓRDÃO Medida Cautelar de Exibição de Documentos - Decisão que declinou de oficio de sua competência, determinando

Leia mais

Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Conteúdos/ Matéria. Semana. Tipo de aula UNIDADE I.

Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Conteúdos/ Matéria. Semana. Tipo de aula UNIDADE I. PLANO DE CURSO DISCIPLINA: RESOLUÇÃO ALTERNATIVA DE DISPUTAS (CÓD. ENEX 60133) ETAPA: 6ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA - SAFRA

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA - SAFRA CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA - SAFRA Pelo presente instrumento particular as partes abaixo identificadas celebram o contrato de compra e venda de energia elétrica (o Contrato ), de acordo

Leia mais

CARTILHA DE ARBITRAGEM

CARTILHA DE ARBITRAGEM CARTILHA DE ARBITRAGEM Apoio: A sentença arbitral deve ser proferida no prazo ajustado pelas partes ou, na ausência deste, no prazo de seis meses da instauração da arbitragem. As sentenças arbitrais são

Leia mais

* Publicado na Revista de Arbitragem e Mediação 11:222/230, out./dez., 2006.

* Publicado na Revista de Arbitragem e Mediação 11:222/230, out./dez., 2006. Sentença Arbitral Estrangeira e Sentença Parcial Comentários ao Acórdão do TJESP - 25 Câmara Seção de Direito Privado * Apelação com Revisão n 985413-0/1 26º Vara Cível Processo nº 11.082/03 Partes: CAOA/Renault

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO. Homologação de Decisão Estrangeira. Prof. Renan Flumian

DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO. Homologação de Decisão Estrangeira. Prof. Renan Flumian DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO Homologação de Decisão Estrangeira Prof. Renan Flumian 1. Homologação de decisão estrangeira - A sentença judicial é um ato soberano - A sentença, como todo ato soberano,

Leia mais

Arbitragem nos Contratos de Seguro e Resseguro. Marcia Cicarelli Barbosa de Oliveira

Arbitragem nos Contratos de Seguro e Resseguro. Marcia Cicarelli Barbosa de Oliveira Arbitragem nos Contratos de Seguro e Resseguro Marcia Cicarelli Barbosa de Oliveira Agenda Formas alternativas de resolução de conflitos (ADR) Noções Gerais de Mediação Noções gerais de Arbitragem Arbitragem

Leia mais

ARBITRAGEM nos CONTRATOS DE ENGENHARIA com a ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Dr. Pablo Raúl Masud Blanco & Masud Advogados Buenos Aires República Argentina

ARBITRAGEM nos CONTRATOS DE ENGENHARIA com a ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Dr. Pablo Raúl Masud Blanco & Masud Advogados Buenos Aires República Argentina ARBITRAGEM nos CONTRATOS DE ENGENHARIA com a ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Dr. Pablo Raúl Masud Blanco & Masud Advogados Buenos Aires República Argentina ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA ARGENTINA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL 2013 EMENTA DIREITO CIVIL: Noções gerais. Capacidade Civil e disponibilidade e indisponibilidade de direitos. Atos e negócios jurídicos. Vícios de consentimento. Prescrição

Leia mais

Mediação, conciliação e arbitragem

Mediação, conciliação e arbitragem Mediação, conciliação e arbitragem Métodos alternativos de Resolução de Conflitos Prof. Leandro Gobbo 1 Conciliação e sua definição Processo técnico (não intuitivo), desenvolvido pelo método consensual,

Leia mais

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL Em virtude do novo Código de Processo Civil (Lei 13.105, de 16.3.15, que entrará em vigor em 17.3.16, passará a vigorar as novas disposições sobre a Competência Internacional, conforme os artigos abaixo

Leia mais

Sumário. Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção Nota da autora... 15

Sumário. Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção Nota da autora... 15 Sumário Coleção Sinopses para Concursos... 11 Guia de leitura da Coleção... 13 Nota da autora... 15 Capítulo I INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL CIVIL... 17 1. Conflito de interesses e lide... 17 2. Funções

Leia mais

CENTRO DE ARBITRAGEM DE CONFLITOS DE CONSUMO DE LISBOA

CENTRO DE ARBITRAGEM DE CONFLITOS DE CONSUMO DE LISBOA REGULAMENTO DO TRIBUNAL ARBITRAL DO CENTRO DE ARBITRAGEM DE CONFLITOS DE CONSUMO DE LISBOA No quadro da Lei nº 31/86, de 29 de Agosto * e do Decreto-Lei nº425/86, de 27 de Dezembro, a Câmara Municipal

Leia mais

Direito Processual Civil Executivo. Programa

Direito Processual Civil Executivo. Programa Direito Processual Civil Executivo Programa Rui Pinto Duarte 2010/2011 I Aspectos Gerais 1. Noção de acção executiva 2. O princípio do dispositivo na acção executiva (3.º, 810 e 675-A) 3. Execução individual

Leia mais

OS LIMITES OBJECTIVOS DO NE BIS IN IDEM

OS LIMITES OBJECTIVOS DO NE BIS IN IDEM HENRIQUE SALINAS OS LIMITES OBJECTIVOS DO NE BIS IN IDEM (DISSERTAÇÃO DE DOUTORAMENTO) ORIENTADOR: PROFESSOR DOUTOR GERMANO MARQUES DA SILVA Fevereiro de 2012 Os limites Objectivos do ne bis in idem ÍNDICE

Leia mais

FLUXOGRAMA DO PROCEDIMENTO ARBITRAL 3 ÁRBITROS

FLUXOGRAMA DO PROCEDIMENTO ARBITRAL 3 ÁRBITROS FLUXOGRAMA DO PROCEDIMENTO ARBITRAL 3 ÁRBITROS 1 Requerimento de Instauração de Arbitragem protocolado na Câmara. - Checar eventuais particularidades da cláusula compromissória para adaptação dos prazos

Leia mais

PROCESSO CIVIL INTERNACIONAL

PROCESSO CIVIL INTERNACIONAL PROCESSO CIVIL INTERNACIONAL PROFESSOR Frederico Eduardo Z. Glitz o Doutor em Direito das Relações Sociais pela Universidade Federal do Paraná (2011). Mestre em Direito das Relações Sociais pela Universidade

Leia mais

Manuel Pereira Barrocas. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Manuel Pereira Barrocas. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Manuel Pereira Barrocas Carreira Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Advogado e árbitro recomendado por diretórios internacionais e publicações de direito, incluindo

Leia mais

Câmara de Arbitragem do Mercado

Câmara de Arbitragem do Mercado Câmara de Arbitragem do Mercado O canal mais rápido e econômico para a solução de conflitos societários e do mercado de capitais. A Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM) é o foro adequado para resolver

Leia mais

Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT

Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT Em razão do volume exorbitante de demandas, o Judiciário brasileiro torna-se, naturalmente, incapaz de pacificar

Leia mais

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI N 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI N 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973 LEI Nº 13.105, DE 16/03/2015 / LEI N 5.869, DE 11/01/1973 NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL COMPARADO LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI N 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973 PARTE GERAL LIVRO I DAS NORMAS

Leia mais

Direito Processual Civil

Direito Processual Civil Alexia Brotto Cessetti Direito Processual Civil Competência O QUE É COMPETÊNCIA? É a medida da jurisdição? Delimitação da função jurisdicional de cada órgão, definida por lei. CPC, Art. 42. As causas cíveis

Leia mais

OS TERCEIROS INTERESSADOS E A HOMOLOGAÇÃO DE SENTENÇA ARBITRAL ESTRANGEIRA

OS TERCEIROS INTERESSADOS E A HOMOLOGAÇÃO DE SENTENÇA ARBITRAL ESTRANGEIRA OS TERCEIROS INTERESSADOS E A HOMOLOGAÇÃO DE SENTENÇA ARBITRAL ESTRANGEIRA Helder Corrêa Marcellino 1 RESUMO Os litígios transnacionais requerem sistema jurídico que dê suporte necessário para assegurar

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO DO TRABALHO

TEORIA GERAL DO DIREITO DO TRABALHO TEORIA GERAL DO DIREITO DO TRABALHO CONCEITO DE DIREITO DO TRABALHO Direito do Trabalho é o ramo da Ciência do Direito composto pelo conjunto de normas que regulam, no âmbito individual e coletivo, a relação

Leia mais

1 Sentença da Audiência Provincial (SAP) de Madrid de (Seção 18). Revista de la Corte

1 Sentença da Audiência Provincial (SAP) de Madrid de (Seção 18). Revista de la Corte Limites da Sentença Arbitral e seu Controle Jurisdicional, debatedora do Prof. Candido Rangel Dinamarco, Seminário Arbitragem Solução de Conflitos Comerciais, 11 de junho de 2003, São Paulo, organizado

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO NACIONAL DE INFORMAÇÃO E ARBITRAGEM DE CONFLITOS DE CONSUMO

REGULAMENTO DO CENTRO NACIONAL DE INFORMAÇÃO E ARBITRAGEM DE CONFLITOS DE CONSUMO REGULAMENTO DO CENTRO NACIONAL DE INFORMAÇÃO E ARBITRAGEM DE CONFLITOS DE CONSUMO CAPÍTULO I Objeto, natureza e atuação supletiva Artigo 1.º Objeto O Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos

Leia mais

Contratos Internacionais: A Arbitragem e a Eleição do Foro em Cláusula Combinada

Contratos Internacionais: A Arbitragem e a Eleição do Foro em Cláusula Combinada Contratos Internacionais: A Arbitragem e a Eleição do Foro em Cláusula Combinada Fernanda Cristina Alem Freitas O Direito Internacional Privado e os Contratos Internacionais Iniciamos este artigo com o

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Dos Tribunais Regionais Federais e dos Juízes Federais (Art. 106 a 110) Professor André Vieira www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Constitucional Seção IV DOS TRIBUNAIS REGIONAIS

Leia mais

Aplicação do Marco Civil da Internet no Espaço

Aplicação do Marco Civil da Internet no Espaço Aplicação do Marco Civil da Internet no Espaço Lei nº 12.965/2014 Junho/2014 Agenda Ⱶ Lei nº 12.965/2014 Informações Preliminares Ⱶ Integração da Norma Fontes do Direito para a integração da norma Pressupostos

Leia mais

Regulamento de Arbitragem. Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Algarve

Regulamento de Arbitragem. Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Algarve Regulamento de Arbitragem Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Algarve Capítulo 1 Objeto, natureza e âmbito geográfico Artigo 1.º Objeto O Centro de Informação, Mediação e Arbitragem de Conflitos

Leia mais

1.2. São os seguintes os factos essenciais alegados pela requerente:

1.2. São os seguintes os factos essenciais alegados pela requerente: Processo n.º 1271/2015 Requerente: António Requerida: SA 1. Relatório 1.1. O requerente, referindo que a requerida o informou de que lhe cobraria, a título de indemnização por incumprimento de uma cláusula

Leia mais

TÍTULO EXECUTIVO PRINCÍPIO DA TAXATIVIDADE DOS TÍTULOS EXECUTIVOS

TÍTULO EXECUTIVO PRINCÍPIO DA TAXATIVIDADE DOS TÍTULOS EXECUTIVOS TÍTULO EXECUTIVO A execução depende de um título executivo. O título executivo consiste numa espécie de bilhete de ingresso, sem o qual o credor não pode valer-se do procedimento executivo. Ele é o documento

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL CIVIL

INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL CIVIL CapítuloI INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL CIVIL... 17 1. Con ito de interesses e lide... 17 2. Funções do direito... 18 2.1. Direção de condutas... 19 2.2. Tratamento dos con itos... 19 3. Modos de tratamento

Leia mais

Arbitragem. Métodos alternativos de Resolução de Conflitos. Prof. Leandro Gobbo 1

Arbitragem. Métodos alternativos de Resolução de Conflitos. Prof. Leandro Gobbo 1 Arbitragem Métodos alternativos de Resolução de Conflitos Prof. Leandro Gobbo 1 Arbitragem conceito Técnica para solução de controvérsias por meio da intervenção de uma ou mais pessoas que recebem seus

Leia mais

STJ AMICUS CURIAE NO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO Um Terceiro Enigmático. Editora Saraiva. São Paulo, 2006

STJ AMICUS CURIAE NO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO Um Terceiro Enigmático. Editora Saraiva. São Paulo, 2006 STJ00063793 CASSIO SCARPINELLA BUENO Mestre, Doutor e Livre-docente em Direito Faculdade de Direito da PUCSP. Professor de nos cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado da Faculdade de

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Sumário Capítulo 1 A Situação Concreta... 1 1.1. Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Capítulo 2 Petições Cíveis: Procedimento Comum... 7 2.1. Petição Inicial...7

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2015/01

EDITAL DE SELEÇÃO 2015/01 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE DIREITO Av. Fernando Ferrari, 514, Campus Universitário, CCJE, ED V, Goiabeiras, Vitória ES. Cep.: 29075-910.

Leia mais

2. Arbitragem na atividade portuária visão do terminal;

2. Arbitragem na atividade portuária visão do terminal; ARBRITRAGEM NA ATIVIDADE PORTUÁRIA TEMAS PARA DISCUSSÃO 1. Métodos de solução de controvérsias; 2. Arbitragem na atividade portuária visão do terminal; 3. Reforma da Lei dos Portos arbitragem em controvérsia

Leia mais

Estatuto Universal do Juiz de 17NOV99. Preâmbulo

Estatuto Universal do Juiz de 17NOV99. Preâmbulo Estatuto Universal do Juiz de 17NOV99 Preâmbulo Na elaboração preliminar deste Estatuto colaboraram Juízes de diversos países do mundo. O presente Estatuto é o resultado do seu trabalho e teve o consenso

Leia mais

Procedimento de Arbitragem e Mediação da OMPI como alternativa. José Eduardo de V. Pieri

Procedimento de Arbitragem e Mediação da OMPI como alternativa. José Eduardo de V. Pieri Procedimento de Arbitragem e Mediação da OMPI como alternativa José Eduardo de V. Pieri pieri@bmapi.com.br Setembro 2011 OMPI Organização Mundial da Propriedade Intelectual Missão Promover a proteção internacional

Leia mais

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Sumário LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Capítulo 1 Da Jurisdição...3 1.1. Conceito de Jurisdição... 5 1.2. Exercício da Jurisdição Quem Exerce a Jurisdição?...15 1.3. Características da Jurisdição...17

Leia mais

Direito Processual do Trabalho. Professor Raphael Maia

Direito Processual do Trabalho. Professor Raphael Maia Direito Processual do Trabalho Professor Raphael Maia Demais benefícios ADICIONAL DE QUALIFICAÇÃO O Adicional de Qualificação AQ incidirá sobre o vencimento básico do servidor, da seguinte forma: I -

Leia mais

Noções gerais: arbitragem interna, internacional e estrangeira

Noções gerais: arbitragem interna, internacional e estrangeira SUMÁRIO 1) Arbitragem interna, internacional e estrangeira. 2) Modelo dualista: França e Suiça. 3) Modelo monista: Brasil. 4) Modelo monista internacionalizante (intermedio): Itália e Espanha. 5) Conclusões.

Leia mais

ALTERAÇÕES PT Unida na diversidade PT 2011/0059(CNS) Projeto de parecer Evelyne Gebhardt (PE v01-00)

ALTERAÇÕES PT Unida na diversidade PT 2011/0059(CNS) Projeto de parecer Evelyne Gebhardt (PE v01-00) PARLAMENTO EUROPEU 2009-2014 Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos 26.6.2012 2011/0059(CNS) ALTERAÇÕES 26-38 Projeto de parecer Evelyne Gebhardt (PE473.957v01-00) sobre a

Leia mais

O RECONHECIMENTO E EXECUÇÃO DE SENTENÇAS ARBITRAIS EM ANGOLA E A CONVENÇÃO DE NOVA YORK. Manuel Gonçalves Advogados Associados

O RECONHECIMENTO E EXECUÇÃO DE SENTENÇAS ARBITRAIS EM ANGOLA E A CONVENÇÃO DE NOVA YORK. Manuel Gonçalves Advogados Associados O RECONHECIMENTO E EXECUÇÃO DE SENTENÇAS ARBITRAIS EM ANGOLA E A CONVENÇÃO DE NOVA YORK Manuel Gonçalves Advogados Associados mg@mgadvogados.org Agenda 1. Principais indicadores macroeconómicos VS tráfico

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2012.0000111145 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0260447-87.2011.8.26.0000, da Comarca de, em que são agravantes DENISSON MOURA DE FREITAS e MARIA

Leia mais