CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)"

Transcrição

1 CP/ECEME/07 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatos históricos, ocorridos durante as crises política, econômica e militar portuguesa/européia do século XIX, que influenciaram na Independência do Brasil, concluindo sobre aqueles que contribuíram para aumentar a influência inglesa no Brasil independente. Item ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS Escores Obs MÉTODO TOTAL: 180 escores Interpretação M01 Compreensão do nível de desempenho exigido. 15 M02 Estudo do objeto correto. M03 Abordagem da idéia central. 05 M04 Delimitação do tema no espaço e no tempo. 05 M05 Não antecipação de parte do desenvolvimento. 05 M06 Ligação com o desenvolvimento. 05 M07 Dividiu o todo em partes coerentes. M08 Durante o desenvolvimento preparou para o atendimento à condicionante da servidão. M09 Atendeu à condicionante de tempo e espaço. M Apresentou as idéias com ligação de causa e efeito. M11 Elaborou as conclusões parciais. Conclusão M12 Retomou o tema central. 05 M13 Síntese (idéias coerentes com as CP). M14 Atendimento à imposição do pedido (condicionante da servidão). M15 Elaborou o parágrafo conclusivo. Subtotal - Método 180

2 C01 CONHECIMENTO (Algumas idéias) TOTAL: 300 escores 230 escores atribuídos para idéias essenciais 70 escores atribuídos a critério do oficial encarregado da correção A crise européia do final do século XVIII e sua permanência no início do século XIX. C02 Revolução Francesa. C03 As guerras napoleônicas. C04 Outras idéias julgadas pertinentes. Fatos ocorridos na Europa C05 Bloqueio continental. C06 Ameaça e posterior invasão de Portugal por tropas francesas. C07 Fuga da família real portuguesa para o Brasil. C08 Diminuição da capacidade militar e econômica das nações européias, em particular a Espanha, para manter as suas colônias nas Américas. C09 Governo militar comandado por um britânico em Portugal. C Apoio, militar e econômico, inglês aos portugueses. C11 Custos econômicos da Guerra. C12 Revolução constitucional do porto (18). C13 Outras idéias julgadas pertinentes. C14 Conclusão Parcial idéias que caracterizem o aumento da influência de ingleses e franceses no mundo e a perda de poder das nações ibéricas. Fatos ocorridos na América do Sul C15 Chegada da família real (corte portuguesa) ao Brasil. C16 Abertura dos portos às nações amigas. C17 Quebra do pacto colonial. C18 Instalação da corte portuguesa no Rio de Janeiro. C19 Assinatura de tratados de Aliança e Amizade com a Inglaterra 18. C Abolição do tráfico negreiro ao norte do Equador, por influência inglesa. C21 Transformação do Brasil em Reino Unido. C22 Expansão do ensino superior no Brasil. C23 Vinda de expedições artísticas e cientificas européias ao Brasil. C24 Aclamação de D João VI. C25 Invasão do Uruguai por tropas portuguesas sediadas no Brasil. C26 Aumento da produção cultural e artística no Brasil com a edição de livros e jornais. C27 Suspensão do alvará de 1785 (proibição de manufaturas). C28 Incremento da produção mineral (ferro).

3 C29 Melhoria da infra-estrutura de transportes destaque para a cabotagem operada por navios ingleses. C30 econômico do Brasil. C31 Expedições anglo-portuguesas contra a Guiana Francesa, ocupada entre 1809 e C32 Retorno da família real para Portugal. C33 Início da xenofobia contra os portugueses em função dos seus privilégios. C34 Outras idéias julgadas pertinentes. C35 Conclusão Parcial idéias que caracterizem o aumento da influência de ingleses nas colônias da América do Sul, o aumento da importância do Brasil e os reflexos na relação colônia/metrópole. Conclusão idéias que caracterizem C36 Crescimento do desejo de autonomia do Brasil. C37 C38 Perda da capacidade de Portugal gerir o seu destino e de manter as suas colônias. Crescimento do Brasil, ultrapassando Portugal em importância no cenário internacional. C39 Dependência financeira da Inglaterra. C40 Dominação inglesa no comércio externo e interno e na navegação de cabotagem. C41 Forte presença de empresas inglesas no Brasil. C42 Inglaterra projeta-se para o mundo como uma grande potencia internacional. C43 Outras idéias julgadas pertinentes. Subtotal Conhecimento 300 EXPRESSÃO ESCRITA TOTAL: 1 escores A1 00 Coerência A2 05 A3 Clareza Objetividade B1 00 B2 05 B3 C1 00 C2 05 C3 D1 00 Coesão D2 05 D3 08 D4

4 Ortografia E1 Pontuação E2 Concordância E3 Regência E4 Subtotal Expressão Escrita 1 RESULTADO DA QUESTÃO GRAU BRUTO MÁXIMO 600 6,00 GRAU BRUTO OBTIDO NA QUESTÃO, 2ª QUESTÃO (Valor 4,0) Do estudo da evolução política e econômica dos países da África, caracterizar a transformação da África do Sul em um dos principais centros do poder desse continente. Item ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS Escores Obs MÉTODO TOTAL: 80 escores Interpretação M01 Compreensão do nível de desempenho exigido. M02 Apresentar o objeto correto. M03 Abordagem da idéia central. 05 M04 Delimitação do tema no espaço e no tempo. 05 M05 Não antecipação de parte do desenvolvimento. 05 M06 Ligação com o desenvolvimento. 05 M07 Dividiu o todo em partes coerentes. M08 Atendeu à condicionante de tempo e espaço. M09 Ordenação pela relevância das idéias (SFC). M Explicou as idéias com ligação de causa e efeito. C01 Subtotal - Método 80 CONHECIMENTO (Algumas idéias) TOTAL: 240 escores 155 escores atribuídos para idéias essenciais 85 escores atribuídos a critério do oficial encarregado da correção Considerações gerais sobre a situação das nações do continente africano (expressões política e econômica) destacando a África do Sul. C02 Início da colonização do Continente (conferência de Berlim). 15

5 C03 Projeto inglês para dominação do continente. C04 Descolonização após a 2ª Guerra Mundial, pontos gerais da independência das nações africanas. C05 Outras idéias julgadas pertinentes. C06 Disputas tribais; Conflitos religiosos. 15 C07 Existência de riquezas minerais; Exploração predatória pelas metrópoles. C08 Diferenças de nível intelectual das lideranças nas diversas regiões. 15 C09 Palco de disputas durante a guerra fria (ideologia). 15 C Influência das antigas metrópoles. 15 C11 C12 Organização dos estados nacionais; Independência; Definição de fronteiras. Democratização (participação dos negros no poder); Adoção de políticas publicas adequadas. C13 Capacitação tecnológica. C14 da agricultura. C15 Entrada de investimentos estrangeiros na África do Sul. 15 C16 Proximidade de importantes rotas comerciais marítimas. C17 Posição privilegiada da África do Sul. 15 C18 Outras idéias julgadas pertinentes. Subtotal - Conhecimento 240 EXPRESSÃO ESCRITA TOTAL: 80 escores A1 00 Coerência A2 05 A3 B1 00 Clareza B2 05 B3 C1 00 Objetividade C2 05 C3 D1 00 Coesão D2 05 D3 08 D4

6 Ortografia E1 Pontuação E2 Concordância E3 Regência E4 Valor máximo das questões Subtotal Expressão Escrita 80 RESULTADO DA QUESTÃO GRAU BRUTO MÁXIMO 400 4,00 GRAU BRUTO OBTIDO NA QUESTÃO, GRAU BRUTO DA QUESTÃO (escores) RESULTADO FINAL GRAU OBTIDO NA QUESTÃO (escores) GRAU OBTIDO NA QUESTÃO (nota) 1ª Questão: 6,00 600, 2ª Questão: 4,00 400, GRAU FINAL DA AVALIAÇÃO,

CP/CAEM/2006 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/CAEM/2006 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/CAEM/2006 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar a evolução política da Colômbia e da Venezuela, concluindo sobre os seus reflexos nas questões de

Leia mais

PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 4,0)

PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 4,0) PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 4,0) Justificar, nos campos político, econômico e psicossocial, a projeção internacional dos Estados Unidos da

Leia mais

PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA DO BRASIL. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA DO BRASIL. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA DO BRASIL 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Estudar os programas governamentais de combate à fome no Brasil, destacando sua efetividade no

Leia mais

PEP/2006 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

PEP/2006 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) PEP/2006 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Comparar a evolução política dos países latinos da América do Sul com a evolução política dos Estados Unidos

Leia mais

PEP/2008 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

PEP/2008 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) PEP/2008 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FIHA AUXILIAR DE ORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) om base nos fatos históricos ocorridos a partir da década de 1940, estudar a importância política e econômica

Leia mais

CP/CAEM/2005-2ª AVALIAÇÂO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO ( Valor 6,0 )

CP/CAEM/2005-2ª AVALIAÇÂO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO ( Valor 6,0 ) CP/CAEM/2005-2ª AVALIAÇÂO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO ( Valor 6,0 ) Analisar a influência das questões militar e religiosa na derrocada do Império do Brasil e na conseqüente

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CPS CP/ECEME - 09 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar a elevação dos níveis educacionais da população brasileira nas duas últimas décadas e suas consequências

Leia mais

PEP/2009 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO

PEP/2009 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO PEP/2009 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO Analisar os fatores políticos e psicossociais, contidos nos ideais do pan-americanismo (Bolivarismo), para a construção

Leia mais

PEP ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA

PEP ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1 PEP 2014 3ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Analisar a importância do trabalho escravo para o desenvolvimento da economia do Brasil, nos períodos

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA CPS CP/ECEME - 09 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO Al Nº: 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) A primeira palavra que vem à cabeça de qualquer um que pense em Oriente Médio é conflito. Região que deu

Leia mais

PEP/2016-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃO (Valor 6,0)

PEP/2016-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃO (Valor 6,0) 1 PEP/2016-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUES TÃO (Valor 6,0) Estudar a conformação política do Oriente Médio, a partir do término da Segunda Guerra Mundial (1939-1945)

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA CPS CP/ECEME - 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO Aluno Nº HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Estudar, nos campos político e militar, o período compreendido entre o pós II Guerra Mundial (194)

Leia mais

GEOGRAFIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

GEOGRAFIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) PEP/2008 6ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FIHA AUXILIAR DE ORREÇÃO GEOGRAFIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar a importância dos movimentos migratórios da população do Brasil para o mundo e vice-versa, concluindo

Leia mais

PEP /2013-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0)

PEP /2013-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) 1 PEP /2013-2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Do estudo dos seguintes fatos históricos: Entradas e Bandeiras (1554 1725); União Ibérica (1580 1640),

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CPS CP/ECEME - 2008 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA Al nº FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Os países da Ásia Central (Armênia, Georgia, Azerbaijão, Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Distribuição dos tempos letivos disponíveis para o 6 º ano de escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período *Início: 15 setembro 2014 *Fim: 16 dezembro 2014 *Início: 5

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 7º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As Monarquias Absolutistas) Páginas Tarefa 1 A Formação do Estado Moderno 10 e 11 Mapa Mental 3 Teorias em defesa

Leia mais

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação. AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2012/2013 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Panorâmica geral dos séculos XII e XIII. Observação directa Diálogo

Leia mais

REVISÃO I Prof. Fernando.

REVISÃO I Prof. Fernando. REVISÃO I Prof. Fernando Brasil Colônia 1500: Descobrimento ou Conquista? Comunidades indígenas do Brasil Características: heterogeneidade e subsistência. Contato: a partir da colonização efetiva, ocorreu

Leia mais

Potências marítimas: Novas (burguesia) Antigas (nobreza) Portugal Espanha Holanda Inglaterra França

Potências marítimas: Novas (burguesia) Antigas (nobreza) Portugal Espanha Holanda Inglaterra França 1. O tempo do grande comércio oceânico Criação/crescimento de grandes companhias de comércio europeias: - Companhia das Índias Ocidentais (1600 Londres) - Companhia Inglesa das Índias Orientais (Londres

Leia mais

A ocupação africana e suas consequências

A ocupação africana e suas consequências A ocupação africana e suas consequências Introdução Contato europeus X africanos: século XV (criação de entrepostos comerciais no litoral, áreas de descanso e atracadouro). Período marcado pelo povoamento

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL GR DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período

PLANIFICAÇÃO ANUAL GR DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período Total -10 tempos PLANIFICAÇÃO ANUAL GR 400 - DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período Tratamento de informação/ utilização de fontes: Formular hipóteses de interpretação dos princípios que nortearam a criação

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CPS CP/ECEME - 2008 2ª AVALIAÇÃO SOMATIVA Al Nr FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar as medidas adotadas pelo Governo Federal, visando à prevenção e o controle dos

Leia mais

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real.

Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. Aula 08 Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. O que foram os movimentos de pré-independência? Séculos XVIII e XIX grandes mudanças afetaram o Brasil... MUNDO... Hegemonia das ideias

Leia mais

GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) PEP/2009 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar as características sanitárias das populações urbana e rural do Brasil, concluindo sobre

Leia mais

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD CANOAS, JULHO DE 2015 DISCIPLINA PRÉ-HISTÓRIA Código: 103500 EMENTA: Estudo da trajetória e do comportamento do Homem desde a sua origem até o surgimento do Estado.

Leia mais

OITAVO ANO ESINO FUNDAMENTAL II PROFESSORA: ROSE LIMA

OITAVO ANO ESINO FUNDAMENTAL II PROFESSORA: ROSE LIMA OITAVO ANO ESINO FUNDAMENTAL II PROFESSORA: ROSE LIMA http://plataformabrioli.xpg.uol.com.br/historiaresumo/2ano/epopeialusitana.pdf http://blog.msmacom.com.br/familia-real-portuguesa-quem-e-quem-na-monarquia/

Leia mais

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE/ TURMA: 1º ANO MÉDIO ABC BIMESTRE: 4º NÚMERO 1. Módulo 16 - Política e economia no Antigo Introdução do módulo, com aula em slides

Leia mais

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma Escola Secundária Dr. José Afonso Informação-Prova de Equivalência à Frequência História Prova 19 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR (ES):

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR (ES): I.IDENTIFICAÇÂO PLANO DE CURSO ANO 01 ESCOLA ESTADUAL CONTEÙDO: TURMA:7º ano Nº DE AULAS SEMANAIS: PROFESSOR (ES): OBJETIVOS GERAIS *Promover a aquisição de ferramentas intelectuais e a formação de atitudes

Leia mais

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL 1820-1822 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O 7 DE SETEMBRO: A INDEPENDÊNCIA FOI SOMENTE O GRITO DO IPIRANGA? OS SIGNIFICADOS DA INDEPENDÊNCIA Emancipação ou

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; O CAPITALISMO MONOPOLISTA Setor industrial

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. Interpretação

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. Interpretação CPS CP/ECEME 20 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatores políticos e econômicos que contribuíram para transformar os Estados Unidos da América

Leia mais

PEP/2015 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO

PEP/2015 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1 PEP/2015 2ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA-SAÚDE 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Analisar as políticas de governo adotadas atualmente em Educação Sanitária, nas áreas social e

Leia mais

CP/ECEME/2007 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/2007 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) O mundo que se esfacelou no fim da década de 1980 foi o mundo formado pelo impacto da Revolução Russa de

Leia mais

CP/ECEME/2007 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA (SAÙDE) 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA (SAÙDE) 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/2007 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA (SAÙDE) 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)! "#$ &%'(!*)+,-,. / 01 2 3 4 %5 6. %, 87 9;:=?A@ BDC@E@ FGB

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA CPS CP/ECEME 2008 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA Al nº FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Estudar os fatores políticos, econômicos e psicossociais que influenciaram no processo de independência

Leia mais

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL. Prof. Victor Creti Bruzadelli

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL. Prof. Victor Creti Bruzadelli INDEPENDÊNCIA DO BRASIL Prof. Victor Creti Bruzadelli Era das Revoluções Conceito de Eric Hobsbawn: Processo amplo de decadência do Antigo Regime e da ascensão de novos modelos políticos e grupos sociais

Leia mais

PEP/2015 1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO

PEP/2015 1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1 PEP/2015 1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) 1. MÉTODO Estudar a crise na Ucrânia, nas expressões política e econômica, concluindo sobre seus reflexos

Leia mais

Plano Didático Pedagógico Unidade I Conteúdos

Plano Didático Pedagógico Unidade I Conteúdos CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA I Plano Didático Pedagógico Unidade I Conteúdos Industrialização e Imperialismo Heranças africanas A Primeira Guerra Mundial A Revolução Russa

Leia mais

BRASIL COLÔNIA ( )

BRASIL COLÔNIA ( ) 2 - REVOLTAS EMANCIPACIONISTAS: Século XVIII (final) e XIX (início). Objetivo: separação de Portugal (independência). Nacionalistas. Influenciadas pelo iluminismo, independência dos EUA e Revolução Francesa.

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM 2º CICLO Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6.º ANO Documento(s) Orientador(es): Programa de História e Geografia de Portugal

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial 1. CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; Capitalismo Monopolista: Setor

Leia mais

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO

PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO Prof. Alexandre Goicochea PRIMÓRDIOS DA COLONIZAÇÃO PRÉ-COLONIAL:1500-1530 Prof. Alexandre Goicochea CARACTERIZAÇÃO Período Pré-colonial período da viagem de Cabral até 1530; Nas primeiras décadas de colonização,

Leia mais

7 - INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA ESPANHOLA

7 - INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA ESPANHOLA 7 - INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA ESPANHOLA Movimentos pela independência Influenciados pela Independência dos Estados Unidos Facilitados pela ocupação da Espanha por Napoleão Afrouxou o controle do país sobre

Leia mais

REVOLUÇÃO AMERICANA

REVOLUÇÃO AMERICANA REVOLUÇÃO AMERICANA 1776-1781 CONTEXTO Crise do Antigo Regime na América. Expansão dos ideais Iluministas. Liberalismo político e econômico. Crítica ao Sistema Colonial Consolidação do Estado Burguês na

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO - (Valor 6,0)

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA - SAÚDE. 1ª QUESTÃO - (Valor 6,0) CPS CP/ECEME - 09 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO Al Nº: 1ª QUESTÃO - (Valor 6,0) Analisar a participação do Brasil no G, nos campos econômico e político, concluindo sobre os impactos

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: História II Curso: Técnico do Nível Médio Integrado em Mineração Série/Período: 2ª série Carga Horária: 2 a/s - 80h/a 67h/r

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 21 A CORTE NO BRASIL: AS REALIZAÇÕES JOANINAS

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 21 A CORTE NO BRASIL: AS REALIZAÇÕES JOANINAS HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 21 A CORTE NO BRASIL: AS REALIZAÇÕES JOANINAS Fixação 1) (UERJ) O enriquecimento da vida cultural do Rio de Janeiro, e até mesmo do país, após 1808, decorreu, sobretudo, das

Leia mais

A Guerra das Laranjas e a Questão de Olivença num contexto internacional

A Guerra das Laranjas e a Questão de Olivença num contexto internacional Languages Thomas Strobel A Guerra das Laranjas e a Questão de Olivença num contexto internacional Seminar paper UNIVERSIDADE DE LISBOA Faculdade de Letras Departamento de Língua e Cultura Portuguesa Ano

Leia mais

Consequência. Contexto. Motivo. Mercantilismo. Dificuldades. Inovações. Viagens MAPA 01 MAPA 02 MAPA 03. Exercício

Consequência. Contexto. Motivo. Mercantilismo. Dificuldades. Inovações. Viagens MAPA 01 MAPA 02 MAPA 03. Exercício Contexto Consequência Motivo Mercantilismo Dificuldades Inovações Viagens MAPA 01 MAPA 02 MAPA 03 Exercício a) Tempo Histórico: Idade Moderna Período: Séc. XV XVII Europa CONTEXTO b) Burguesia (comerciantes)

Leia mais

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR CAPITALISMO X SOCIALISMO Economia de mercado lei da oferta e procura; Propriedade privada dos meios de produção; Obtenção de lucro; Sociedade dividida em classes sociais; Trabalho

Leia mais

O ensino de Historia no Ensino Médio tem por finalidade o desenvolvimento e. a construção do saber histórico, procurando promover o resgate e o

O ensino de Historia no Ensino Médio tem por finalidade o desenvolvimento e. a construção do saber histórico, procurando promover o resgate e o DISCIPLINA: História A - EMENTA O ensino de Historia no Ensino Médio tem por finalidade o desenvolvimento e a construção do saber histórico, procurando promover o resgate e o conhecimento de saberes construídos

Leia mais

6 - INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA INGLESA

6 - INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA INGLESA 6 - INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA INGLESA Antecedentes históricos Inglaterra durante os séculos XVI e XVII Disputas religiosas (anglicanos x puritanos) e cercamentos de terras (enclosures) Motivaram as minorias

Leia mais

Capítulo 05 * Portugal na Baixa Idade Média * A expansão comercial e marítima europeia * O período Pré-Colonial. Profª Maria Auxiliadora 1º Ano

Capítulo 05 * Portugal na Baixa Idade Média * A expansão comercial e marítima europeia * O período Pré-Colonial. Profª Maria Auxiliadora 1º Ano Capítulo 05 * Portugal na Baixa Idade Média * A expansão comercial e marítima europeia * O período Pré-Colonial Profª Maria Auxiliadora 1º Ano As Monarquias Ibéricas (Portugal / Espanha) REVOLUÇÃO

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

CHEGADA DA FAMILIA REAL AO BRASIL E PERÍODO...

CHEGADA DA FAMILIA REAL AO BRASIL E PERÍODO... HEG FMILI REL O RSIL E PERÍOO... Score: 1. Uma das transformações decorrentes da vinda da família real para o rasil foi a mudança de costumes que ocorreu nos núcleos urbanos, principalmente, no Rio de

Leia mais

PEP/2013-1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0)

PEP/2013-1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) 1 PEP/2013-1ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Estudar as Rebeliões Nativistas: A Guerra dos Emboabas (1708 1709) e a Guerra dos Mascates (1710 1711),

Leia mais

ÁFRICA: DA COLONIZAÇÃO A INDEPENDÊNCIA. Módulo 28 - Frente 03 (segunda parte) página 194 a 196 ( segunda parte)

ÁFRICA: DA COLONIZAÇÃO A INDEPENDÊNCIA. Módulo 28 - Frente 03 (segunda parte) página 194 a 196 ( segunda parte) ÁFRICA: DA COLONIZAÇÃO A INDEPENDÊNCIA Módulo 28 - Frente 03 (segunda parte) página 194 a 196 ( segunda parte) Desde o século XVI, devido ao tráfico de escravos, os europeus já conheciam e exploravam algumas

Leia mais

AS LUTAS DE LIBERTAÇÃO NACIONAL ÁSIA E ÁFRICA SÉCULO XX COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

AS LUTAS DE LIBERTAÇÃO NACIONAL ÁSIA E ÁFRICA SÉCULO XX COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS AS LUTAS DE LIBERTAÇÃO NACIONAL ÁSIA E ÁFRICA SÉCULO XX COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS A partilha do Continente Africano após a Conferência de Berlim (1885) O NEOCOLONIALISMO ENTRE OS SÉCULOS XIX

Leia mais

CONTEÚDO DA RECUPERAÇÃO 6º ANO

CONTEÚDO DA RECUPERAÇÃO 6º ANO 6º ANO - Interpretação textual; - Acentuação gráfica; - Ortografia; - Substantivo Adjetivo (flexão: número, gênero e grau); - Artigo Numeral (flexão: gênero - número). - Unidade 3 geometria (páginas 86

Leia mais

07 - MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA

07 - MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA 07 - MERCANTILISMO E EXPANSÃO MARÍTIMA Mercantilismo Surgimento intervenção das monarquias absolutistas na área econômica expandir o comércio aumentar as reservas financeiras se tornarem governos fortes

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS. História Prof. Guilherme

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS. História Prof. Guilherme RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS História Prof. Guilherme Questão 7 Fuvest 2012 Leia este texto, que se refere à dominação europeia sobre povos e terras africanas. "Desde o século XVI, os portugueses

Leia mais

A Revolução Industrial na Inglaterra ( )

A Revolução Industrial na Inglaterra ( ) A Revolução Industrial na Inglaterra (1750 1850) A Revolução Industrial inglesa permitiu que a Inglaterra fosse a Primeira Potência Verdadeiramente Global da história das Relações Internacionais. Uma Potência

Leia mais

Evolução do capitalismo

Evolução do capitalismo Evolução do capitalismo EVOLUÇÃO DO CAPITALISMO Prof. JÚLIO CÉSAR GABRIEL http://br.groups.yahoo.com/group/atualidadesconcursos Modo de produção Maneira como o seres humanos se organizam para produzirem

Leia mais

A Vinda da Família Real para o Brasil

A Vinda da Família Real para o Brasil A Vinda da Família Real para o Brasil Napoleão Bonaparte - No início do séc. XIX, a França e a Inglaterra eram as duas principais potências do mundo. - No início do séc. XIX, a França e a Inglaterra eram

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA A ERA NAPOLEÔNICA

IDADE CONTEMPORÂNEA A ERA NAPOLEÔNICA ERA NAPOLEÔNICA (1799 1815) Prof. João Gabriel da Fonseca joaogabriel_fonseca@hotmail.com 1 - O CONSULADO (1799 1804): Pacificação interna e externa. Acordos de paz com países vizinhos. Acordo com a Igreja

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 23 A REVOLUÇÃO DO PORTO DE 1820

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 23 A REVOLUÇÃO DO PORTO DE 1820 HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 23 A REVOLUÇÃO DO PORTO DE 1820 Fixação 1) (ENEM) Eu, o Príncipe Regente, faço saber aos que o presente Alvará virem: que desejando promover e adiantar a riqueza nacional, e

Leia mais

DPS CP/ECEME 2014 FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA

DPS CP/ECEME 2014 FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA 1 DPS CP/ECEME 14 FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO 1ª AVALIAÇÃO FORMATIVA Aluno nº HISTÓRIA 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Estudar a relação entre colônia e metrópole nos processos coloniais nas Américas Espanhola

Leia mais

EUROPA. o velho continente. Professora: Rilvania Flôr.

EUROPA. o velho continente. Professora: Rilvania Flôr. EUROPA o velho continente. Professora: Rilvania Flôr. http://noticias.universia.com.br/carreira/noticia/2015/04/30/1124394/profissionais-iberoamericanos-preferem-trabalhareuropa-aponta-pesquisa.html Ocupação

Leia mais

Segundo Reinado 2ª Fase e Crise. Prof. Thiago Aula 07 Frente C

Segundo Reinado 2ª Fase e Crise. Prof. Thiago Aula 07 Frente C Segundo Reinado 2ª Fase e Crise Prof. Thiago Aula 07 Frente C O Ouro Verde Inicialmente produzido no Vale do Paraíba (RJ/SP) depois se expande ao Oeste de São Paulo; Estrutura semelhante à da cana de Açúcar:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Informação aos Pais / Encarregados de Educação Programação do 5º ano Turma 1 1. Aulas previstas (Tempos letivos) 2. Conteúdos a leccionar

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA Unidade I Os Estados Unidos da América 2 Aula 1.2 Conteúdo Os Estados Unidos da América 3 Habilidade Compreender os fatores que fazem dos Estados

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA CPS CP/ECEME 20 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 4,0) Estudar o papel do índio na formação da nacionalidade brasileira, concluindo sobre sua participação na

Leia mais

Século XVIII. Revolução francesa: o fim da Idade Moderna

Século XVIII. Revolução francesa: o fim da Idade Moderna Século XVIII Revolução francesa: o fim da Idade Moderna Marco inicial: tomada da Bastilha Assembleia Nacional Consituinte 1789-1792 Nova Constituição (liberal) para a França; Alta burguesia assume o comando

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA Escola Sec/3 Dr.ª Maria Cândida Mira Ano Letivo 03/4 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA º Ano A professora: Ana Paula Ferreira TEMAS DE HISTÓRIA A - º C N.º Total de aulas previstas

Leia mais

Colégio Ser! Sorocaba História 8º ano Profª Marilia C Camillo Coltri

Colégio Ser! Sorocaba História 8º ano Profª Marilia C Camillo Coltri Colégio Ser! Sorocaba História 8º ano Profª Marilia C Camillo Coltri Primeira Fase Campanhas sob o Diretório (1796-1799) Enquanto a França organizava-se sob o regime do Diretório (3ª fase da Revolução

Leia mais

O golpe nada mais foi que a antecipação da maioridade de D. Pedro II, que contava então com um pouco mais de 14 anos.

O golpe nada mais foi que a antecipação da maioridade de D. Pedro II, que contava então com um pouco mais de 14 anos. GOLPE DA MAIORIDADE Desde 1838, estava claro tanto para os LIBERAIS, quanto para os CONSERVADORES que somente a monarquia plena poderia levar o país a superar a sua instabilidade política. O golpe nada

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 8º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As tensões na Colônia) Páginas Tarefa 1 As tensões na Colônia 10 e 11 Mapa Mental 2 A viradeira 12 Exerc. 1 a 5

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IDADE CONTEMPORÂNEA IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Definição: domínio de vastas áreas do planeta por parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS). Momento Histórico: 2ª REV. INDUSTRIAL 1860 1914 ALE, ITA, RUS, EUA, JAP

Leia mais

Aluno(a): Nº Disciplina: História e Geografia Professor (a): Barros Dutra

Aluno(a): Nº Disciplina: História e Geografia Professor (a): Barros Dutra Aluno(a): Nº Disciplina: História e Geografia Professor (a): Barros Dutra Lista de História. Avaliação dia 03 de setembro de 2016 P1, 3º. Bimestre 2ª. Série 01. Qual das alternativas abaixo define melhor

Leia mais

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA A ERA NAPOLEÔNICA (1799-1815) E O CONGRESSO DE VIENA FIM DA REVOLUÇÃO E EXPANSÃO FRANCESA http://historiaonline.com.br 1. Napoleão de 1769 a 1799: Patente de general com 24 anos. 1.1 Êxitos militares:

Leia mais

CLUBE MILITAR DEPARTAMENTO CULTURAL CPREPECEME 2017 (1ª Formativa Uma interpretação das questões)

CLUBE MILITAR DEPARTAMENTO CULTURAL CPREPECEME 2017 (1ª Formativa Uma interpretação das questões) CLUBE MILITAR DEPARTAMENTO CULTURAL CPREPECEME 2017 (1ª Formativa Uma interpretação das questões) GEOGRAFIA 1a QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os atuais fluxos capitais, informações, mercadorias e pessoas

Leia mais

Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. História C Aula 08 Prof. Thiago

Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. História C Aula 08 Prof. Thiago Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real História C Aula 08 Prof. Thiago Movimentos de Pré- Independência Século XVIII e XIX Crise do mercantilismo e do Estado Absolutista Hegemonia de

Leia mais

A CRISE DO ANTIGO REGIME A INDEPENDÊNCIA DOS EUA

A CRISE DO ANTIGO REGIME A INDEPENDÊNCIA DOS EUA Definição: movimento que inspirado nos princípios iluministas determinou o fim do domínio da Inglaterra sobre as chamadas 13 colônias americanas (atualmente EUA); Quando: 1776; Antecedentes/causas: EUA

Leia mais

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA A ERA NAPOLEÔNICA (1799-1815) E O CONGRESSO DE VIENA FIM DA REVOLUÇÃO E EXPANSÃO FRANCESA http://historiaonline.com.br 1. Napoleão de 1769 a 1799: Patente de general com 24 anos. 1.1 Êxitos militares:

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Geografia Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 1. Mundo contemporâneo: economia e geopolítica: - Processo de desenvolvimento do capitalismo - Geopolítica e economia do pós-segunda

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008 Planificação Anual da Área Curricular de História e Geografia de Portugal 5º Ano 1. Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar situações e problemas

Leia mais

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2015 / 2016 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período DOMÌNIO / TEMA D O contexto europeu dos séculos XII a XIV (recuperação

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: História Série: 8ª Ensino Fundamental Professora: Letícia História Atividades para Estudos Autônomos Data: 03 / 10 / 2016 Aluno(a): Nº: Turma:

Leia mais

A Presença Estrangeira no Período Colonial. História C Aula 04 Prof. Thiago

A Presença Estrangeira no Período Colonial. História C Aula 04 Prof. Thiago A Presença Estrangeira no Período Colonial História C Aula 04 Prof. Thiago Disputa pelas novas terras Principais invasores Franceses, Ingleses e Holandeses Contrabando de madeira, saques de feitorias,

Leia mais

A Administração Colonial

A Administração Colonial A Administração Colonial HISTÓRIA DO BRASIL Prof. Alan Carlos Ghedini O primeiros 30 anos Até 1530 Desinteresse da Coroa Portuguesa pela nova Colônia Comércio das especiarias ainda era o foco Houve apenas

Leia mais

A Historiografia do Brasil Colonial tem início em 22 de abril de 1500 com a chegada dos portugueses.

A Historiografia do Brasil Colonial tem início em 22 de abril de 1500 com a chegada dos portugueses. A Historiografia do Brasil Colonial tem início em 22 de abril de 1500 com a chegada dos portugueses. A Colônia é o período da História do Brasil que engloba os anos de 1500 a 1822. Ele começa com a chegada

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A DISCIPLINA: História ANO: 8 TURMAS: A, B e C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA D PORTUGAL NO CONTEXTO EUROPEU DOS SÉCULOS XII A XIV SUBTEMA

Leia mais

A vinda da família real e o governo joanino no Brasil

A vinda da família real e o governo joanino no Brasil A vinda da família real e o governo joanino no Brasil A Europa no século XIX Napoleão realizou uma série de batalhas para a conquista de novos territórios para a França. O exército francês aumentou o número

Leia mais

PEP /2013-4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA

PEP /2013-4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA 1 PEP /2013-4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA 1 a QUESTÃO (Valor 6,0) O Brasil, atualmente, encontra-se no hall de preferidos para a ação de extremistas por ter posição econômica

Leia mais

CPS CP/ECEME 2013 AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA

CPS CP/ECEME 2013 AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1 CPS CP/ECEME 2013 AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA Aluno nº 1ª QUES TÃ O (Valor 6,0) Analisar o processo de colonização da América portuguesa, de 100 até 1640, quanto à ocupação

Leia mais

Família real portuguesa no Brasil

Família real portuguesa no Brasil Família real portuguesa no Brasil Vinda da família real No início do século XIX Napoleão Bonaparte era imperador da França. Ele queria conquistar toda a Europa e para tanto derrotou os exércitos de vários

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Informação - Prova de Equivalência à Frequência de HISTÓRIA (19) 3º Ciclo 9º Ano de Escolaridade

Leia mais