O ensino de Historia no Ensino Médio tem por finalidade o desenvolvimento e. a construção do saber histórico, procurando promover o resgate e o

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O ensino de Historia no Ensino Médio tem por finalidade o desenvolvimento e. a construção do saber histórico, procurando promover o resgate e o"

Transcrição

1 DISCIPLINA: História A - EMENTA O ensino de Historia no Ensino Médio tem por finalidade o desenvolvimento e a construção do saber histórico, procurando promover o resgate e o conhecimento de saberes construídos e que sirvam para aumentar a cultura geral do aluno. B OBJETIVO GERAL Construir o processo do conhecimento histórico, levando o aluno a questionar e participar ativamente e criticamente do seu processo de aprendizagem Motivar o aluno propiciando seu crescimento como sujeito de sua história. Desenvolver e propiciar ao aluno sua socialização, integração e participação no mundo em que vive. C CONTEÚDOS 1 a série Retrospectiva da historia humana Antropologia cultural, o passado do homem. A pré-história, os primeiros tempos dos homens primitivos. Os homens da América primitiva. A cultura e a sociedade do homem americano. As antigas sociedades orientais. Egito e a Mesopotâmia. As sociedades do extremo oriente. Japão, China e Índia.

2 As sociedades espartana e ateniense. Roma. As relações de cultura e poder na antiguidade. estado e a organização das sociedades e dos grupos primitivos. A economia nas sociedades da antiguidade. A religião e a teocracia na antiguidade. A decadência do império romano. As grandes religiões: budismo, judaísmo e cristianismo. A formação dos reinos bárbaros. império do islã. renascimento carolíngio. A formação do sistema feudal. A idade media européia. movimento das cruzadas. A decadência do feudalismo. A formação dos estados nacionais. Temas propostos sobre as mudanças e as permanências na História. II Conteúdos complementares: 1 História da África As origens dos povos primitivos da África. Egípcios, núbios, ganeses, malis, etc. A cultura dos povos africanos na antiguidade. Os extratos sociais, econômicos, políticos. A questão da desagregação das comunidades africanas, a fragmentação política dos antigos impérios.

3 2 a série: I Conteúdos programáticos. As grandes viagens de navegação. A expansão marítima e comercial européia. As grandes feiras medievais. As corporações de oficio. As grandes organizações do mercantilismo europeu. O colonialismo europeu na América e no extremo oriente O mundo moderno o movimento do renascimento cultural europeu. As ciências e as artes no renascimento. A formação das monarquias nacionais européias. O surgimento dos estados nacionais. A intolerância religiosa. O movimento das reformas religiosas. O movimento da contra-reforma. O fortalecimento do poder real. O absolutismo real. O absolutismo na Franca e na Inglaterra. As teorias do mercantilismo. Conceitos e teorias mercantilistas. A pré-história do Brasil. Os povos primitivos do Brasil. A revolução inglesa. A revolução comercial. O cercamento. O surgimento do capitalismo inglês. As revoluções burguesas na Inglaterra e na Franca. O expansionismo mercantilista. A formação da primeira revolução industrial. O avanço da tecnologia industrial. Os ciclos econômicos no Brasil colônia. A economia e a sociedade colonial no Brasil. Reestudando os modos de produção. As doutrinas econômicas. O pensamento fisiocrata.

4 As crises econômicas do século XVII. As mudanças na sociedade européia com o modernismo. As concepções do pensamento iluminista. A era das revoluções. O surgimento dos conceitos de cidadania. Os movimentos revolucionários nas colônias americanas. A Independência das treze colônias. As guerras contra o domínio europeu nas colônias hispânicas. O escravismo colonial e a dominação econômica. A formação do estado brasileiro. Processo de independência do Brasil. As guerras da independência no Brasil. A monarquia brasileira. O primeiro reinado. A formação do estado brasileiro. O período regencial. Os governos das regências. Os movimentos sociais no período regencial. A sociedade brasileira no século XIX. A formação econômica do Brasil império. Nacionalismo e liberalismo na Europa do século XIX. A sociedade e a economia européia. A formação da classe proletária. O nascimento das doutrinas sociais. O pensamento e a ideologia socialista. Doutrina e filósofos do pensamento social. A segunda revolução industrial. As matrizes energéticas. O petróleo, o carvão e as fontes de energia. A produção econômica no século XIX. Avanços tecnológicos. O imperialismo europeu e neocolonialismo. A partilha da África e da Ásia. A unificação da Itália e da Alemanha. O imperialismo tardio.

5 A política interna e externa no Brasil império. O escravismo. A economia. A decadência do modelo econômico. A queda da monarquia brasileira e o advento da republica. II Conteúdos complementares. Historia da África Origens dos povos africanos primitivos. Os grandes impérios- núbios, egípcios, nagôs, ganeses, etc A cultura dos povos antigos e sua forma de organização. As grandes teocracias (revisão de conteúdos) A diáspora dos povos africanos. O escravismo e a exploração do negro no processo do mercantilismo colonial História do Paraná O Paraná colonial cultura e sociedade A economia paranaense no período da 5ª comarca Processo de consolidação do Paraná. A emancipação e a criação da província do Paraná. A sociedade e a economia do paranaense nos tempos do império. 3 a Série Brasil república presidentes militares, oligarquias estaduais, o coronelismo. Brasil a Republica velha política do encilhamento, o café, os imigrantes, a industrialização e o imperialismo na republica velha Primeira guerra mundial a voracidade imperialista, os confrontos e as disputas de mercados, o desenvolvimento da guerra, as alianças militares, as conseqüências da guerra

6 Revolução russa governo dos tzares, os bolcheviques e os mencheviques a revolução de 1905, a guerra e a revolução, os sovietes o surgimento do capitalismo (NEP) A disputa entre Stalin e Trotsky, a ditadura stalinista. Nazifacismo crises que estimularam a formação de regimes totalitários na Europa (as ditaduras) A republica de Getulio Vargas O governo constitucional, as rebeliões da era Vargas, os movimentos políticos. Segunda guerra mundial Os confrontos e seu desenvolvimento. As questões políticas e econômicas, as conseqüências e os desdobramentos da guerra. A guerra fria os confrontos entre capitalismo e socialismo. A bipolarização da hegemonia mundial. As questões internacionais da guerra fria. Brasil ditadura militar os governos militares. Os atos institucionais. As questões da repressão. O modelo econômico e social. Descolonização da África e da Ásia o rompimento dos pactos coloniais do neo-colonialismo. A fragmentação e a independência política das nações ocupadas pelo imperialismo europeu. O terceiro mundo Os problemas do mundo contemporâneo. O Brasil contemporâneo A economia e a sociedade. As questões agrárias, o sistema e a política. O mundo atual o terrorismo e as questões do radicalismo nominalista ideológico e ético. II Conteúdos complementares Historia da África O processo d fragmentação das sociedades africanas O Trabalho servil. As resistências dos quilombolas

7 O movimento abolicionista nos países franco saxões e hispânicos A cultura dos povos afro e afro-descendentes no Brasil O negro no Brasil atual. História do Paraná O Paraná Republicano cultura e sociedade. O Paraná no século XX. A ocupação e a economia paranaense. O Paraná e a modernidade D - Metodologia: Os trabalhos docentes serão desenvolvidos dentro de concepções e posturas pedagógicas que permitam uma integração entre professor/aluno no pressuposto de atingir os objetivos pertinentes a educação. Os trabalhos terão como ênfase desenvolver estratégias como a produção conjunta entre os envolvidos no processo educativo. A atuação docente será feita com a utilização de recursos e técnicas como audiovisuais, quadro de giz, livros, jornais e revistas, internet, e outros multimeios E - Avaliação: Através de apresentações de trabalhos individuais e em grupos, debates, análise de textos históricos, simulados objetivos e subjetivos. Considerando sempre o desempenho do aluno no seu processo ensino aprendizagem. F - Bibliografia:

DISCIPLINA DE HISTÓRIA

DISCIPLINA DE HISTÓRIA DISCIPLINA DE HISTÓRIA OBJETIVOS: 6º ano Estabelecer relações entre presente e passado permitindo que os estudantes percebam permanências e mudanças nessas temporalidades. Desenvolver o raciocínio crítico

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD - Coordenação de Processos Seletivos COPESE www.ufvjm.edu.br - copese@ufvjm.edu.br UNIVERSIDADE

Leia mais

Matriz de Referência de HISTÓRIA - SAERJINHO 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL

Matriz de Referência de HISTÓRIA - SAERJINHO 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL H01 Identificar diferentes tipos de modos de trabalho através de imagens. X H02 Identificar diferentes fontes históricas. X H03 Identificar as contribuições de diferentes grupos

Leia mais

DISCIPLINA DE HISTÓRIA OBJETIVOS: 1ª Série

DISCIPLINA DE HISTÓRIA OBJETIVOS: 1ª Série DISCIPLINA DE HISTÓRIA OBJETIVOS: 1ª Série Compreender o comportamento dos agentes históricos classes sociais, instituições políticas e religiosas, grupos econômicos e organizações representativas da sociedade

Leia mais

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD CANOAS, JULHO DE 2015 DISCIPLINA PRÉ-HISTÓRIA Código: 103500 EMENTA: Estudo da trajetória e do comportamento do Homem desde a sua origem até o surgimento do Estado.

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA NÍVEL ENSINO MÉDIO

MATRIZ DE REFERÊNCIA NÍVEL ENSINO MÉDIO MATRIZ DE REFERÊNCIA NÍVEL ENSINO MÉDIO Conteúdo Programático de História Conteúdo Competências e Habilidades I. Antiguidade clássica: Grécia e Roma. 1. Conhecer as instituições políticas gregas e romanas,

Leia mais

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE/ TURMA: 1º ANO MÉDIO ABC BIMESTRE: 4º NÚMERO 1. Módulo 16 - Política e economia no Antigo Introdução do módulo, com aula em slides

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Informação aos Pais / Encarregados de Educação Programação do 5º ano Turma 1 1. Aulas previstas (Tempos letivos) 2. Conteúdos a leccionar

Leia mais

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná.

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná. Comparativos curriculares SM História Ensino médio Material de divulgação de Edições SM A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado do Paraná Apresentação Professor, Devido à inexistência

Leia mais

Curriculum Guide 11 th grade / História

Curriculum Guide 11 th grade / História Curriculum Guide 11 th grade / História Tema Conteúdo Habilidades Essential Questions 1) Era das Revoluções 1.1) Império Napoleônico 1.1a)Compreender o período napoleônico como uma época de consolidação

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ 1. O que é História? Como estudamos a História? A História e o tempo A História foi dividida em períodos 2. Os grupos humanos

Leia mais

Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de , D.O.E. de

Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de , D.O.E. de CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA Turno: VESPERTINO Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de 30.06.06, D.O.E. de 30.06.06. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação em Bacharelado em

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA 85 PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA Curso:Técnico em Agroindústria Integrado ao Ensino Médio Série/Período: 2º Ano Carga Horária: 40 h/a (33 h/r) Docente

Leia mais

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação. AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2012/2013 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Panorâmica geral dos séculos XII e XIII. Observação directa Diálogo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DA ÁREA DISCIPLINAR DE HISTÓRIA História e Geografia de Portugal Informação aos Pais / Encarregados de Educação, turma 3 Programação do 5º ano 1. Aulas previstas (tempos letivos) 5º1 5º2 1º período

Leia mais

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também quer ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Por isso, oferecemos

Leia mais

Currículo nº 2 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

Currículo nº 2 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de 30.06.06, D.O.E. nº 7.258 de 30.06.06. Renovação de Reconhecimento Decreto Est. nº 3.140 de 28.10.11,

Leia mais

MODOS DE PRODUÇÃO COMUNISMO PRIMITIVO

MODOS DE PRODUÇÃO COMUNISMO PRIMITIVO TEMAS DE SOCIOLOGIA Evolução biológica e cultural do homem. A sociedade pré-histórica. O Paleolítico Bandos e hordas de coletores e caçadores. Divisão natural do trabalho. Economia coletora e nomadismo.

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado de Pernambuco.

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado de Pernambuco. Comparativos curriculares SM História Ensino médio Material de divulgação de Edições SM A História e o currículo do Apresentação Professor, Devido à inexistência de um currículo de abrangência nacional

Leia mais

FASCÍCULO 1 FASCÍCULO

FASCÍCULO 1 FASCÍCULO História FASCÍCULO 1 Módulo 1 Por que é importante aprender história O Ensino da história e sua relação com o presente As fontes históricas e a leitura do passado História, poder e cidadania O tempo na

Leia mais

Plano Didático Pedagógico Unidade I Conteúdos

Plano Didático Pedagógico Unidade I Conteúdos CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA I Plano Didático Pedagógico Unidade I Conteúdos Industrialização e Imperialismo Heranças africanas A Primeira Guerra Mundial A Revolução Russa

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA OBJETIVOS. Geral

PLANO DE ENSINO EMENTA OBJETIVOS. Geral PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do Componente Curricular: História III Curso: Técnico de Nível Médio Integrado em Mineração Série/Período: 3º ano Carga Horária: 2 a/s - 80 h/a - 67

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS RESOLUÇÃO N. 163/2011 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em História - Titulação: Licenciatura O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, no uso de suas atribuições

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR : HISTÓRIA Curso: TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO Série/Período: 2º ANO Carga Horária: 40 h/a (33 h/r) Docente Responsável:

Leia mais

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/07 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatos históricos, ocorridos durante as crises política, econômica e militar portuguesa/européia

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar.

REVOLUÇÃO RUSSA. Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar. Antecedentes: REVOLUÇÃO RUSSA Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar. Situação Econômica: era um país extremamente atrasado, economia agrária,

Leia mais

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO PLANO DE CURSO DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 40 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA O ENEM 2009

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA O ENEM 2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA O ENEM 2009 EIXOS COGNITIVOS (comuns a todas as áreas de conhecimento) I. Dominar

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 8º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As tensões na Colônia) Páginas Tarefa 1 As tensões na Colônia 10 e 11 Mapa Mental 2 A viradeira 12 Exerc. 1 a 5

Leia mais

Evolução do capitalismo

Evolução do capitalismo Evolução do capitalismo EVOLUÇÃO DO CAPITALISMO Prof. JÚLIO CÉSAR GABRIEL http://br.groups.yahoo.com/group/atualidadesconcursos Modo de produção Maneira como o seres humanos se organizam para produzirem

Leia mais

UDESC 2017/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2017/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Essa questão apresenta no enunciado a data incorreta (1931) da abdicação de Dom Pedro I, que ocorreu em 1831. Dessa forma, aguardamos o parecer da banca. Erros das demais: Revoltas no período

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO Competências - Identificar e analisar as relações de trabalho compulsório em organizações sociais, culturais

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS ESAG PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS ESAG PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Econômicas PERÍODO LETIVO: 2012/01 CURSO: Ciências Econômicas TERMO: 1º DISCIPLINA: História Econômica Geral TURNO: matutino CARGA HORÁRIA: 72 horas

Leia mais

UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12

UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12 Sumário UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12 Capítulo 1 Os Estados Unidos: o nascimento de uma potência... 14 Os primeiros passos do país independente... 15

Leia mais

História 1º SEMESTRE. História do Brasil Colonial, 60h. Professora: Maristela Guimarães Ribeiro

História 1º SEMESTRE. História do Brasil Colonial, 60h. Professora: Maristela Guimarães Ribeiro História 1º SEMESTRE História do Brasil Colonial, 60h Professora: Maristela Guimarães Ribeiro Ementa: Analisa a inserção da Colônia no processo de expansão ultramarina. Movimentos anticoloniais e o povoamento;

Leia mais

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de:

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: A herança do Mediterrâneo Antigo Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Disciplina: Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: Ensino Básico

Leia mais

1.1: que Capitalismo: Sistema socioeconômico que propriedade dos meios de produção

1.1: que Capitalismo: Sistema socioeconômico que propriedade dos meios de produção 1 O Capitalismo. 1.1: O que é o Capitalismo: Sistema socioeconômico em que a propriedade dos meios de produção é privada, e pertence a uma classe, em contraposição a outra de não-proprietários. 1.2 Características:

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS ESAG

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS ESAG PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Econômicas PERÍODO LETIVO: 2011/02 CURSO: Ciências Econômicas TERMO: 1º DISCIPLINA: História Econômica Geral TURNO: matutino CARGA HORÁRIA: 72 horas

Leia mais

EUROPA SÉCULO XIX. Revoluções Liberais e Nacionalismos

EUROPA SÉCULO XIX. Revoluções Liberais e Nacionalismos EUROPA SÉCULO XIX Revoluções Liberais e Nacionalismos Contexto Congresso de Viena (1815) Restauração do Absolutismo Princípio da Legitimidade Santa Aliança Equilíbrio Europeu -> Fim Sacro I. Romano Germânico

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 7º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As Monarquias Absolutistas) Páginas Tarefa 1 A Formação do Estado Moderno 10 e 11 Mapa Mental 3 Teorias em defesa

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 História Professor: Rodrigo Bento Turma: 3º série Ensino Médio Data Conteúdo 11/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I HG HISTORIOGRAFIA E PRE HISTORIA

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: História II Curso: Técnico do Nível Médio Integrado em Mineração Série/Período: 2ª série Carga Horária: 2 a/s - 80h/a 67h/r

Leia mais

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma Escola Secundária Dr. José Afonso Informação-Prova de Equivalência à Frequência História Prova 19 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR - HISTORIA ENSINO MÉDIO EM BLOCOS ANO 2012

PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR - HISTORIA ENSINO MÉDIO EM BLOCOS ANO 2012 PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR - HISTORIA ENSINO MÉDIO EM BLOCOS ANO 2012 EMENTA: Um breve histórico da disciplina: na década de 70, o ensino de história era predominantemente tradicional, seja pela valorização

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA Escola Sec/3 Dr.ª Maria Cândida Mira Ano Letivo 03/4 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA º Ano A professora: Ana Paula Ferreira TEMAS DE HISTÓRIA A - º C N.º Total de aulas previstas

Leia mais

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33)

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33) PLANEJAMENTO DE AÇÕES DA 3ª ETAPA 2016 TURMA: 9º Ano DISCIPLINA: História 1- S QUE SERÃO TRABALHADOS DURANTE A ETAPA : 1 Nacionalismo e internacionalismo no Brasil pósguerrguerra, distinguindo as propostas

Leia mais

FILOSOFIA Prof.: Ênio Mendes FILOSOFIA QUESTÕES Prof.: Ênio Mendes

FILOSOFIA Prof.: Ênio Mendes FILOSOFIA QUESTÕES Prof.: Ênio Mendes FILOSOFIA Prof.: Ênio Mendes 1. Origem da filosofia e suas primeiras questões 2. Platão e Sócrates 3. Aristóteles e a gênese das ciências 4. Ética 5. Filosofia cristã: Patrística e Escolástica 6. O caminho

Leia mais

História. Professores Oto & Silney

História. Professores Oto & Silney História Professores Oto & Silney Grécia ANTIGUIDADE OCIDENTAL Atenas Península Ática Jônios Comércio e Cultura Democracia Grécia Península do Peloponeso Dórios Militarismo Aristocracia Roma ANTIGUIDADE

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Aluno: Nº Série: 8º Turma: Data: Nota: Professora: Edvaldo Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2015 / 2016 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período DOMÌNIO / TEMA D O contexto europeu dos séculos XII a XIV (recuperação

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades de retextualização e de integração com estudos lexicais e gramaticais inerentes às temáticas

Leia mais

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33)

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33) PROFESSOR: Emiliano Glaydson de Oliveira TURMA: 9º Ano DISCIPLINA: História 1- S QUE SERÃO TRABALHADOS DURANTE A ETAPA : Unidade 2 Intervencionismo e autoritarismo no mundo em crise Cap. 4 O mundo no contexto

Leia mais

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR CAPITALISMO X SOCIALISMO Economia de mercado lei da oferta e procura; Propriedade privada dos meios de produção; Obtenção de lucro; Sociedade dividida em classes sociais; Trabalho

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número de questões

Leia mais

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, CEP Tel. 0** (42) Ponta Grossa Pr. -

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, CEP Tel. 0** (42) Ponta Grossa Pr. - CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA - EaD Autorizado pelo... Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação à distância em Licenciatura em História, o acadêmico deverá perfazer um total

Leia mais

HISTÓRIA. Professores: André, Guga, Pedro

HISTÓRIA. Professores: André, Guga, Pedro HISTÓRIA Professores: André, Guga, Pedro Questão esperada sobre Mundo Islâmico (Idade Média). A resposta correta, letra A, fala sobre o expansionismo da cultura islâmica. A obra de Avicena, muito famosa,

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; O CAPITALISMO MONOPOLISTA Setor industrial

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da Disciplina e Metas de Aprendizagem 3º CICLO HISTÓRIA 9º ANO DE ESCOLARIDADE

Leia mais

AULA DADA, AULA ESTUDADA!!!

AULA DADA, AULA ESTUDADA!!! AULA DADA, AULA ESTUDADA!!! Expansão Marítima Embarcaremos em uma longa e perigosa viagem a bordo dos navios lusitanos e espanhóis rumo à terra das especiarias. Você vai saber quais foram os fatores das

Leia mais

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2016/2017 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas.

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: III CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas. 2. EMENTA

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A DISCIPLINA: História ANO: 8 TURMAS: A, B e C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA D PORTUGAL NO CONTEXTO EUROPEU DOS SÉCULOS XII A XIV SUBTEMA

Leia mais

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO O MUNDO DIVIDIDO P. 23 Existem vários critérios para regionalizar um território. Critério ideológico:

Leia mais

A era do Imperialismo

A era do Imperialismo A era do Imperialismo A Segunda Revolução Industrial O século XIX foi um período de intensas inovações tecnológicas na Europa. Inventos na área dos transportes, das comunicações e da produção de energia

Leia mais

4º ano Ensino Fundamental 5º ano Ensino Fundamental Estratégias: Expectativas de aprendizagem:

4º ano Ensino Fundamental 5º ano Ensino Fundamental Estratégias: Expectativas de aprendizagem: DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO NÚCELO PEDAGÓGICO CURRÍCULO DE HISTÓRIA DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL- 2015 4º ano Ensino Fundamental 5º ano Ensino Fundamental Estratégias:

Leia mais

A RÚSSIA IMPERIAL monarquia absolutista czar

A RÚSSIA IMPERIAL monarquia absolutista czar A RÚSSIA IMPERIAL Desde o século XVI até a Revolução de 1917 a Rússia foi governada por uma monarquia absolutista; O rei era chamado czar; O czar Alexandre II (1818-1881) deu início, na metade do século

Leia mais

PROCESSO SELETIVO. 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO

PROCESSO SELETIVO. 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO PROCESSO SELETIVO 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO PARA 2017 O processo seletivo do Colégio Vital Brazil tem por objetivo conhecer a atuação do aluno no processo

Leia mais

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos.

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos. O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com Introdução Rússia, principal potência política, econômica e militar da

Leia mais

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes Africana: África como berço da humanidade Capítulo 1: Item 1 Européia Capítulo 1: Item 2 Asiática Capítulo 1: Item 2 Americana Capítulo 1: Item 3 Arqueologia Brasileira Capítulo 1: Item 4 A paisagem e

Leia mais

Mercantilismo significou a transição entre o modo de produção feudal e o modo de produção capitalista. Acumulação de capital provocada pelo

Mercantilismo significou a transição entre o modo de produção feudal e o modo de produção capitalista. Acumulação de capital provocada pelo MERCANTILISMO Conjunto de ideias e práticas econômicas dos Estados da Europa ocidental entre os séculos XV e XVIII, voltadas para o comércio, principalmente, e baseadas no controle da economia pelo Estado.

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO 5ºANO No final do 5.º ano, o aluno deverá ser capaz de: DISCIPLINA DOMÍNIO DESCRITOR A Península Ibérica: Localização e quadro -Conhecer e utilizar mapas em Geografia e em História -Conhecer a localização

Leia mais

CONTEÚDO SSA II UNIDADE. 3ª Série. Poesia da Segunda Fase do Modernismo: Contexto Histórico Principais Autores e suas Respectivas Características

CONTEÚDO SSA II UNIDADE. 3ª Série. Poesia da Segunda Fase do Modernismo: Contexto Histórico Principais Autores e suas Respectivas Características CONTEÚDO SSA II UNIDADE 3ª Série Disciplina: GRAMÁTICA Cadernos 1, 2, 3, 4 e 5 Disciplina: LITERATURA Poesia da Segunda Fase do Modernismo: Contexto Histórico Principais Autores e suas Respectivas Características

Leia mais

INTERDISCIPLINARIDADE

INTERDISCIPLINARIDADE Ementa do Curso METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO E INTERDISCIPLINARIDADE - ED 0015, 60h Ementa: Orienta de forma continuada a construção de trabalhos técnicos e científicos, observando os procedimentos

Leia mais

Tema Conteúdo Habilidades Essential Questions

Tema Conteúdo Habilidades Essential Questions Tema Conteúdo Habilidades Essential Questions 1. Idade Média 1.1) Alta Idade Média 1.1 Alta Idade Média 1.1.a Identificar heranças romanas e germânicas eu deram origem ao feudalismo. 1.1.b Compreender

Leia mais

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Resultado da 2ª Revolução Industrial 1. CONTEXTO: 2ª Revolução Industrial; Necessidade de novos mercados; Nacionalismo; Produção de armas; Capitalismo Monopolista: Setor

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

IDADE CONTEMPORÂNEA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Definição: conjunto de transformações técnicas, econômicas e sociais caracterizadas pela substituição da energia física pela mecânica, da ferramenta pela máquina e da manufatura pela fábrica. ARTESANATO

Leia mais

História. Sistema Positivo de Ensino 62

História. Sistema Positivo de Ensino 62 A proposta O Material Didático Positivo, para man ter a consistência com os pro pó si tos do ensino de História e pre ser var a aula como condição cen tral des ta área, optou, por ques tões didáticas,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2016 ENSINO FUNDAMENTAL

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2016 ENSINO FUNDAMENTAL PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2016 ENSINO FUNDAMENTAL Professor(a): Eliza Muzzolon Ano/Turma(s): 9 A Disciplina: HISTÓRIA 1º TRIMESTRE - Dominação e resistência. - Industrialização e Imperialismo - A Primeira

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE BARTOLOMEU DE GUSMÃO ESCOLA JOSEFA DE ÓBIDOS ANO LETIVO 2015/2016 INFORMAÇÃO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO DISCILINA DE HISTÓRIA 1. OBJETO

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE HISTÓRIA - ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE HISTÓRIA - ENSINO FUNDAMENTAL D1 Identificar a constituição de identidades culturais em diferentes contextos Identificar as diferentes representações sociais e culturais no espaço paranaense no contexto brasileiro. Identificar a produção

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS. História Prof. Guilherme

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS. História Prof. Guilherme RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS História Prof. Guilherme Questão 7 Fuvest 2012 Leia este texto, que se refere à dominação europeia sobre povos e terras africanas. "Desde o século XVI, os portugueses

Leia mais

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma:

Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10. Nome: Nº: Turma: História Roteiro de Estudos para o 3º Bimestre 1 os anos Roberson ago/10 Nome: Nº: Turma: 1. Conteúdos a serem abordados no 3º bimestre: História Geral 1. Unificação e expansão islâmica (Cap. 15). 2. Reinos

Leia mais

CRONOGRAMA DE AVALIAÇÃO: 2º TRIMESTE / 6º ANO. 1. Os Egípcios Trabalho em grupo com imagens e apresentações Peso 5,0 24/05/2016

CRONOGRAMA DE AVALIAÇÃO: 2º TRIMESTE / 6º ANO. 1. Os Egípcios Trabalho em grupo com imagens e apresentações Peso 5,0 24/05/2016 CRONOGRAMA DE AVALIAÇÃO: 2º TRIMESTE / 6º ANO 1. Os Egípcios Trabalho em grupo com imagens e apresentações Peso 5,0 24/05/ 2. Outros Povos Africanos Atividade Avaliativa em dupla Peso 5,0 07/06/ HISTÓRIA

Leia mais

1º ano. 1º Bimestre. Revolução Agrícola Capítulo 1: Item 5 Egito - política, economia, sociedade e cultura - antigo império

1º ano. 1º Bimestre. Revolução Agrícola Capítulo 1: Item 5 Egito - política, economia, sociedade e cultura - antigo império Introdução aos estudos de História - fontes históricas - periodização Pré-história - geral - Brasil As Civilizações da Antiguidade 1º ano Introdução Capítulo 1: Todos os itens Capítulo 2: Todos os itens

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 400 DISCIPLINA: HISTÓRIA. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 400 DISCIPLINA: HISTÓRIA. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/7 OBJECTIVOS GERAIS 1. Compreensão da dinâmica evolutiva das sociedades 2. Compreensão da complexidade do campo histórico, pela distinção dos diversos planos estruturais

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO E DIREITOS HUMANOS. Um estudo sobre o papel do Ministério Público na defesa e na promoção dos direitos humanos

MINISTÉRIO PÚBLICO E DIREITOS HUMANOS. Um estudo sobre o papel do Ministério Público na defesa e na promoção dos direitos humanos JORGE ALBERTO DE OLIVEIRA MARUM Promotor de Justiça no Estado de São Paulo, mestre em Direito do Estado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (Largo São Francisco) e professor titular

Leia mais

Curso: (curso/habilitação) Licenciatura em História Componente Curricular: História Antiga II Carga Horária: 50 horas

Curso: (curso/habilitação) Licenciatura em História Componente Curricular: História Antiga II Carga Horária: 50 horas FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: (curso/habilitação) Licenciatura em História Componente Curricular: História Antiga II Carga Horária: 50 horas Semestre/ Módulo 2 Semestre Unidade Santana Professor(es):

Leia mais

Código: C. H. Semanal: 02 C. H. Anual: 55 C. H. Teórica: 45 C. H. Prática: 10

Código: C. H. Semanal: 02 C. H. Anual: 55 C. H. Teórica: 45 C. H. Prática: 10 1. EMENTA Abordagens da crise do antigo regime, do pensamento iluminista, das revoluções burguesas, da constituição da sociedade industrial e da expansão do capitalismo no século XIX. Revoluções e pensamento

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IDADE CONTEMPORÂNEA IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Definição: domínio de vastas áreas do planeta por parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS). Momento Histórico: 2ª REV. INDUSTRIAL 1860 1914 ALE, ITA, RUS, EUA, JAP

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog:

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: A REVOLUÇÃO RUSSA Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com RÚSSIA CZARISTA Final do século XIX 170 milhões de pessoas Economia agrária 85% da população vivia no campo camponeses

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA UAB Currículo nº 2 - Em vigor a partir de 2011

CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA UAB Currículo nº 2 - Em vigor a partir de 2011 CURSO DE LICENCIATURA EM HISTÓRIA UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 2 - Em vigor a partir de 2011 Reconhecido pelo Decreto nº 9162, de 15.10.2013, D.O.E. nº 9065 de 15.10.2013. Para completar o currículo

Leia mais

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo História baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA Middle e High School 2 6 th Grade A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos,

Leia mais

Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa:

Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa: Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa: Observe as figuras abaixo: Cavour Unificação Italiana Bismarck Unificação Alemã O processo de unificação da Alemanha

Leia mais

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA CHINA -Revoluções 1911 Revolução Nacionalista. -1949 Revolução Comunista. Antecedentes, Século XIX e XX: - impotência da elite tradicional e Dinastia Manchu frente as imposições

Leia mais

PLANO DE CURSO ANO 2012

PLANO DE CURSO ANO 2012 I- IDENTIFICAÇÃO PLANO DE CURSO ANO 2012 ESCOLA ESTADUAL CONTEÚDO: TURMA: 8º ano N DE AULAS SEMANAIS: PROFESSOR (ES): II- OBJETIVOS GERAIS * Propiciar o desenvolvimento de atitudes de respeito e de compreensão

Leia mais

ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS

ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CURRÍCULO MÍNIMO uma proposta em discussão: HISTÓRIA ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS RIO DE JANEIRO, DEZEMBRO DE 2010. Apresentação

Leia mais

O Poder e a Vida Social Através da História

O Poder e a Vida Social Através da História O Poder e a Vida Social Através da História Disciplina: Sociologia Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa 1 O PODER E A SOCIEDADE O poder consiste num conjunto de relações de força que indivíduos ou grupos

Leia mais

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 8º ANO

RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 8º ANO RECUPERAÇÃO PARALELA PREVENTIVA DE HISTÓRIA 8º ANO QUESTÃO 1. A sociedade do Antigo Regime As características sociais de cada período da história da Humanidade estão muito ligadas ao modo produção de cada

Leia mais