MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD - Coordenação de Processos Seletivos COPESE - UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI UFVJM COORDENAÇÃO DE PROCESSOS SELETIVOS COPESE SELEÇÃO SERIADA SASI PRIMEIRA ETAPA - Triênio 2015/ SEGUNDA ETAPA - Triênio 2014/2016 EDITAL Nº 09/ RETIFICAÇÃO EDITAL 03/2015 A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri UFVJM retifica a data de emissão do Comprovante Definitivo de Inscrição - CDI da Seleção Seriada - Sasi 2015, Primeira Etapa - Triênio 2015/ Segunda Etapa - Triênio 2014/2016, Edital 03/2015 e, no Anexo III do mesmo Edital, as informações referentes às Obras Literárias e o programa da disciplina de História, referentes à 1ª e 2ª etapas. ONDE SE LÊ: o comprovante definitivo de inscrição (cdi) estará disponível no site da ufvjm, a partir do dia 15 de outubro de O candidato que constatar algum dado de sua identificação incorreto no CDI deverá entrar em contato com a COPESE até o dia 22 de outubro de Após essa data não serão aceitas quaisquer reclamações, nem feitas alterações. ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO - 1ª ETAPA - Iracema José de Alencar - O Alienista Machado de Assis - Roda Viva Chico Buarque 1. Modernidade Processos de construção da modernidade relacionados a aspectos: religioso: Reforma e Contra Reforma cultural :Renascimento econômico: Mercantilismo política: Absolutismo 2. A América Portuguesa: Organização do império português Relações das América portuguesa com a África e Ásia

2 3. A América Hispânica As civilizações pré-colombianas: Astecas, Incas e Maias A organização do Império Hispânico Americano 4. A formação do povo brasileiro: Dos nativos aos imigrantes 5. A era das revoluções: A criação do mundo burguês O movimento operário 6. Organização do Estado brasileiro: Do século XIX aos dias atuais Participação popular no processo da Proclamação aos dias atuais CONTEÚDO PROGRAMÁTICO - 2ª ETAPA - Dom Casmurro Machado de Assis - A moça Tecelã Marina Colasanti - Monte Castelo Legião Urbana 1. A implantação da sociedade capitalista (conclusão da transição do feudalismo para o capitalismo) O Iluminismo Os processos de Revolução Burguesa: Revolução Inglesa - Revolução Francesa - Revolução Americana (a independência das 13 colônias) A Revolução Industrial 2. A consolidação do sistema capitalista - século XIX A França Napoleônica O Congresso de Viena e a Restauração Conservadora: o Liberalismo o Proletariado e o Socialismo - o Nacionalismo e as Unificações 3. A crise do antigo sistema colonial e as independências Século XVIII: a crise do antigo regime e do sistema colonial Os processos de independência na América Espanhola O processo de independência do Brasil 4. O período imperial brasileiro I Reinado e a organização do Estado Nacional Brasileiro Período Regencial e a instabilidade política II Reinado: estabilidade política, expansão e transformações econômicas. LEIA-SE: o comprovante definitivo de inscrição (cdi) estará disponível no site da ufvjm, a partir do dia 15 de outubro de 2015.

3 O candidato que constatar algum dado de sua identificação incorreto no CDI deverá entrar em contato com a COPESE até o dia 22 de outubro de Após essa data não serão aceitas quaisquer reclamações, nem feitas alterações. ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO - 1ª ETAPA - Iracema José de Alencar (Romance) - O Alienista Machado de Assis (Conto) - Roda Viva Chico Buarque (Música) 1: O Colonialismo Europeu A colonização na África A colonização Espanhola na América A colonização Inglesa na América 2: A dinâmica colonial na América Portuguesa A política colonizadora A dinâmica econômica Sociedade e Vida Cotidiana na América Portuguesa Movimentos de reação às imposições coloniais Resistências escravas Resistências indígenas 3: O cenário europeu e as revoluções nos séculos XVII e XIX Revolução Inglesa Revolução Industrial A Era da Luzes Revolução Americana Revolução Francesa 4: Independências do universo colonial americano As rebeliões coloniais

4 O expansionismo Napoleônico 5: A ordem imperial no Brasil O Estado Imperial brasileiro: construção da identidade nacional Política Indigenista e protagonismo indígena Os caminhos da política Imperial brasileira: da Regência à Proclamação da República A economia no Brasil Imperial Processo de Abolição A introdução do trabalho livre no Brasil Sociedade, Cultura e Cotidiano no Brasil Imperial CONTEÚDO PROGRAMÁTICO - 2ª ETAPA - Dom Casmurro Machado de Assis (Romance) - A moça Tecelã Marina Colasanti (Conto) - Monte Castelo Legião Urbana (Música) 1: A ordem republicana no Brasil ( ) O advento da República e a sua consolidação Movimentos sociais urbanos e rurais na Primeira República As Oligarquias e os interesses regionais Industrialização, movimento operário e crise política na Primeira República Era Vargas 2: A ordem republicana no período liberal-democrático ( ) Desenvolvimentismo Mobilizações políticas e sociais 3: A ordem republicana no Brasil da ditadura à abertura política ( ) Modernização Autoritária A política econômica dos governos militares Resistência à ditadura Transição para a democracia

5 Urbanização e Questão Agrária no período republicano 4: Europa e América no século XIX A imposição do modelo civilizatório europeu na África e na Ásia: o imperialismo e o neocolonialismo A primeira Guerra Mundial ( ) Revolução Russa e a construção da URSS A crise de 1929 A ascensão dos regimes fascistas na Europa A Segunda Guerra Mundial 5: A ordem mundial pós II Guerra A expansão da economia norte-americana e o American way of life A consolidação da URSS e a expansão do socialismo pela Europa Oriental e na China A Guerra Fria O processo descolonização afro-asiático e os movimentos de inspiração socialista 6: Mundo Contemporâneo: séculos XX e XXI A crise do mundo socialista Autoritarismo e democracia na América Latina no século XX Neoliberalismo e globalização; Movimentos antiglobalização: impactos ambientais e desdobramentos culturais A questão ambiental no mundo contemporâneo Conflitos étnicos e religiosos no mundo contemporâneo 7: A ordem republicana de 1985 aos dias atuais Sociedade, cultura e vida cotidiana no Brasil contemporâneo; Reorganização dos movimentos sociais; Os caminhos da política e da economia no Brasil contemporâneo; Política externa brasileira na contemporaneidade. Diamantina, 22 de setembro de Alessandra Neves Orsetti Araújo Coordenadora da COPESE / UFVJM Prof. Dr. Paulo Henrique Fidencio Pró-Reitor de Graduação / UFVJM

DISCIPLINA DE HISTÓRIA

DISCIPLINA DE HISTÓRIA DISCIPLINA DE HISTÓRIA OBJETIVOS: 6º ano Estabelecer relações entre presente e passado permitindo que os estudantes percebam permanências e mudanças nessas temporalidades. Desenvolver o raciocínio crítico

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DISCIPLINAR DE HISTÓRIA HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Informação aos Pais / Encarregados de Educação Programação do 5º ano Turma 1 1. Aulas previstas (Tempos letivos) 2. Conteúdos a leccionar

Leia mais

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD

EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD EMENTÁRIO HISTÓRIA LICENCIATURA EAD CANOAS, JULHO DE 2015 DISCIPLINA PRÉ-HISTÓRIA Código: 103500 EMENTA: Estudo da trajetória e do comportamento do Homem desde a sua origem até o surgimento do Estado.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DA ÁREA DISCIPLINAR DE HISTÓRIA História e Geografia de Portugal Informação aos Pais / Encarregados de Educação, turma 3 Programação do 5º ano 1. Aulas previstas (tempos letivos) 5º1 5º2 1º período

Leia mais

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também quer ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Por isso, oferecemos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ HISTÓRIA PRISE - 2ª ETAPA EIXOS TEMÁTICOS: I MUNDOS DO TRABALHO Competências - Identificar e analisar as relações de trabalho compulsório em organizações sociais, culturais

Leia mais

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2015 / 2016 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período DOMÌNIO / TEMA D O contexto europeu dos séculos XII a XIV (recuperação

Leia mais

UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12

UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12 Sumário UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12 Capítulo 1 Os Estados Unidos: o nascimento de uma potência... 14 Os primeiros passos do país independente... 15

Leia mais

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de:

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: A herança do Mediterrâneo Antigo Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Disciplina: Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: Ensino Básico

Leia mais

Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de , D.O.E. de

Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de , D.O.E. de CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA Turno: VESPERTINO Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de 30.06.06, D.O.E. de 30.06.06. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação em Bacharelado em

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Distribuição dos tempos letivos disponíveis para o 6 º ano de escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período *Início: 15 setembro 2014 *Fim: 16 dezembro 2014 *Início: 5

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 7º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As Monarquias Absolutistas) Páginas Tarefa 1 A Formação do Estado Moderno 10 e 11 Mapa Mental 3 Teorias em defesa

Leia mais

SUMÁRIO. INTRODUÇÃO 1 Maria Yedda Leite Linhares

SUMÁRIO. INTRODUÇÃO 1 Maria Yedda Leite Linhares MARIA YEDDA LINHARES (Organizadora) ORO FLAMARION SANTANA CARDOSO FRANCISCO CARLOS TEIXEIRA DA SILVA HAMILTON DE MATTOS MONTEIRO JOÀO LUÍS FRAGOSO SÔNIA REGINA DE MENDONÇA HISTÓRIA GERAL DO SUMÁRIO INTRODUÇÃO

Leia mais

Currículo nº 2 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

Currículo nº 2 DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE BACHARELADO EM HISTÓRIA Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto N.º 6.862, de 30.06.06, D.O.E. nº 7.258 de 30.06.06. Renovação de Reconhecimento Decreto Est. nº 3.140 de 28.10.11,

Leia mais

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado de Pernambuco.

História. divulgação. Comparativos curriculares. Material de. A coleção Ser Protagonista História e o currículo do Estado de Pernambuco. Comparativos curriculares SM História Ensino médio Material de divulgação de Edições SM A História e o currículo do Apresentação Professor, Devido à inexistência de um currículo de abrangência nacional

Leia mais

FASCÍCULO 1 FASCÍCULO

FASCÍCULO 1 FASCÍCULO História FASCÍCULO 1 Módulo 1 Por que é importante aprender história O Ensino da história e sua relação com o presente As fontes históricas e a leitura do passado História, poder e cidadania O tempo na

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da Disciplina e Metas de Aprendizagem 3º CICLO HISTÓRIA 9º ANO DE ESCOLARIDADE

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA A ERA NAPOLEÔNICA

IDADE CONTEMPORÂNEA A ERA NAPOLEÔNICA ERA NAPOLEÔNICA (1799 1815) Prof. João Gabriel da Fonseca joaogabriel_fonseca@hotmail.com 1 - O CONSULADO (1799 1804): Pacificação interna e externa. Acordos de paz com países vizinhos. Acordo com a Igreja

Leia mais

EsIE PS CHQAO/2013 Cmt EsIE FICHA DE ORIENTAÇÃO GERAL DO PROCESSO SELETIVO AO CURSO DE HABILITAÇÃO AO QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS/2013

EsIE PS CHQAO/2013 Cmt EsIE FICHA DE ORIENTAÇÃO GERAL DO PROCESSO SELETIVO AO CURSO DE HABILITAÇÃO AO QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS/2013 FICHA DE ORIENTAÇÃO GERAL DO PROCESSO SELETIVO AO CURSO DE HABILITAÇÃO AO QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS/2013 1. FINALIDADE - Orientar os candidatos sobre a realização do Processo Seletivo ao Curso de Habilitação

Leia mais

Utilizar a metodologia específica da História, nomeadamente: Interpretar documentos de índole diversa (textos, imagens, gráficos, mapas e diagramas);

Utilizar a metodologia específica da História, nomeadamente: Interpretar documentos de índole diversa (textos, imagens, gráficos, mapas e diagramas); INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA HISTÓRIA Fevereiro de 2016 Prova 19 2016 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR : HISTÓRIA Curso: TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO Série/Período: 2º ANO Carga Horária: 40 h/a (33 h/r) Docente Responsável:

Leia mais

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial Rev. Liberais do Século XIX e Período 1. (PUC-RJ) O Congresso de Viena, concluído em 1815, após a derrota de Napoleão Bonaparte, baseou-se em três princípios políticos fundamentais. Assinale a opção que

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Informação - Prova de Equivalência à Frequência de HISTÓRIA (19) 3º Ciclo 9º Ano de Escolaridade

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA 85 PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA Curso:Técnico em Agroindústria Integrado ao Ensino Médio Série/Período: 2º Ano Carga Horária: 40 h/a (33 h/r) Docente

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL GR DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período

PLANIFICAÇÃO ANUAL GR DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período Total -10 tempos PLANIFICAÇÃO ANUAL GR 400 - DISCIPLINA HISTÓRIA 9ºANO 3º período Tratamento de informação/ utilização de fontes: Formular hipóteses de interpretação dos princípios que nortearam a criação

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A DISCIPLINA: História ANO: 8 TURMAS: A, B e C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA D PORTUGAL NO CONTEXTO EUROPEU DOS SÉCULOS XII A XIV SUBTEMA

Leia mais

O Nacionalismo e as Unificações Conceituação

O Nacionalismo e as Unificações Conceituação O Nacionalismo e as Unificações Conceituação O indivíduo deve lealdade e devoção ao Estado nacional compreendido como um conjunto de pessoas unidas num mesmo território por tradições, língua, cultura,

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO

IDADE CONTEMPORÂNEA IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO Definição: domínio de vastas áreas do planeta por parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS). Momento Histórico: 2ª REV. INDUSTRIAL 1860 1914 ALE, ITA, RUS, EUA, JAP

Leia mais

O IMPÉRIO NAPOLEÔNICO E O CONGRESSO DE VIENA COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

O IMPÉRIO NAPOLEÔNICO E O CONGRESSO DE VIENA COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O IMPÉRIO NAPOLEÔNICO E O CONGRESSO DE VIENA 1799-1815 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS OS SIGNIFICADOS DA ASCENSÃO DE NAPOLEÃO O esgotamento político e social após 10 anos de revolução na França.

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3º CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Retrospectiva Histórica

Leia mais

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Apesar da grande manifestação em São Paulo, no ano de 1984, com a presença de políticos como Ulisses Guimarães, a emenda Dante de Oliveira, que restabelecia as eleições presidenciais diretas,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Estudo da História do Século XX e análise crítica da historiografia referente aos acontecimentos históricos do período, na Europa, Ásia e Oceania, aplicando esse conhecimento na produção e avaliação

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS. História Prof. Guilherme

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS. História Prof. Guilherme RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS DISSERTATIVOS História Prof. Guilherme Questão 7 Fuvest 2012 Leia este texto, que se refere à dominação europeia sobre povos e terras africanas. "Desde o século XVI, os portugueses

Leia mais

Planificação Anual de História Ano letivo de 2012/2013. Unidade Didáctica/Conteúdos Competências/Objectivos a desenvolver Actividades

Planificação Anual de História Ano letivo de 2012/2013. Unidade Didáctica/Conteúdos Competências/Objectivos a desenvolver Actividades Planificação Anual de História Ano letivo de 2012/2013 9º Ano Unidade Didáctica/Conteúdos Competências/Objectivos a desenvolver Actividades A EUROPA E O MUNDO NO LIMIAR DO Capacidade de seleccionar informação

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos)

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos) HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 2013-2014 1º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos) Diagnóstico e atividades preparatórias (2 tempos) Rever a última matéria de 5ºano 3.3. A vida

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Agradecimentos Nota prévia...

ÍNDICE GERAL. Agradecimentos Nota prévia... ÍNDICE GERAL Agradecimentos Nota prévia......................................... 7 9 PRIMEIRA PARTE - O estudo da instituição militar 1 - Marxismo e temas militares.......................................

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: História Série: 8ª Ensino Fundamental Professora: Letícia História Atividades para Estudos Autônomos Data: 03 / 10 / 2016 Aluno(a): Nº: Turma:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL PROGEPE Nº 52, DE 21 DE OUTUBRO DE 2013 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade Federal da Integração Latino-Americana UNILA, conforme competências delegadas por meio da Portaria UNILA

Leia mais

DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES Direção de Serviços da Região Algarve

DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES Direção de Serviços da Região Algarve Escola Secundária de Albufeira Ano Letivo: 2014/2015 12ºAno Turma: E Disciplina: História A Período 1º Conteúdos Programados Módulo 7 CRISES, EMBATES IDEOLÓGICOS E MUTAÇÕES CULTURAIS NA PRIMEIRA METADE

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS ESAG PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E SÓCIO-ECONÔMICAS ESAG PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Econômicas PERÍODO LETIVO: 2012/01 CURSO: Ciências Econômicas TERMO: 1º DISCIPLINA: História Econômica Geral TURNO: matutino CARGA HORÁRIA: 72 horas

Leia mais

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33)

COLÉGIO SANTA TERESINHA R. Madre Beatriz 135 centro Tel. (33) PLANEJAMENTO DE AÇÕES DA 3ª ETAPA 2016 TURMA: 9º Ano DISCIPLINA: História 1- S QUE SERÃO TRABALHADOS DURANTE A ETAPA : 1 Nacionalismo e internacionalismo no Brasil pósguerrguerra, distinguindo as propostas

Leia mais

8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDOS CONCEITUAIS PARA PROVA FINAL

8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDOS CONCEITUAIS PARA PROVA FINAL 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDOS CONCEITUAIS PARA PROVA FINAL LÍNGUA PORTUGUESA LEITURA E INTERPRETAÇÃO Textos narrativos e informativos PRODUÇÃO ESCRITA Produção do parágrafo dissertativo CONTEÚDOS

Leia mais

Código: C. H. Semanal: 02 C. H. Anual: 55 C. H. Teórica: 45 C. H. Prática: 10

Código: C. H. Semanal: 02 C. H. Anual: 55 C. H. Teórica: 45 C. H. Prática: 10 1. EMENTA Abordagens da crise do antigo regime, do pensamento iluminista, das revoluções burguesas, da constituição da sociedade industrial e da expansão do capitalismo no século XIX. Revoluções e pensamento

Leia mais

2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA

2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 24/03/2012 Nota: Professor(a): Edvaldo Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 400 DISCIPLINA: HISTÓRIA. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 400 DISCIPLINA: HISTÓRIA. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/7 OBJECTIVOS GERAIS 1. Compreensão da dinâmica evolutiva das sociedades 2. Compreensão da complexidade do campo histórico, pela distinção dos diversos planos estruturais

Leia mais

SUMÁRIO Unidade 1: Cartografia Unidade 2: Geografia física e meio ambiente

SUMÁRIO Unidade 1: Cartografia Unidade 2: Geografia física e meio ambiente SUMÁRIO Unidade 1: Cartografia 1. Localização e orientação Forma e movimento da Terra Coordenadas geográficas Fusos horários Horário de verão 2. Os mapas Evolução dos mapas Escalas Representação do relevo

Leia mais

Recuperação 1º semestre os Anos

Recuperação 1º semestre os Anos Recuperação 1º semestre 2012 2 os Anos Os quadros seguintes apresentam a distribuição de conteúdos que serão abordados em cada um dos plantões de recuperação do 1º semestre de 2012. Após esses quadros,

Leia mais

Disciplina: Formação Territorial do Brasil Carga horária total: 75 H

Disciplina: Formação Territorial do Brasil Carga horária total: 75 H Disciplina: Formação Territorial do Brasil Carga horária total: 75 H PLANO DE CURSO I EMENTA Formação territorial e econômica; Federalismo e fragmentação territorial; Desenvolvimento das forças produtivas

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programada disciplina e Metas de aprendizagem 3º CICLO HISTÓRIA 8º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Geografia Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 1. Mundo contemporâneo: economia e geopolítica: - Processo de desenvolvimento do capitalismo - Geopolítica e economia do pós-segunda

Leia mais

História. Sistema Positivo de Ensino 62

História. Sistema Positivo de Ensino 62 A proposta O Material Didático Positivo, para man ter a consistência com os pro pó si tos do ensino de História e pre ser var a aula como condição cen tral des ta área, optou, por ques tões didáticas,

Leia mais

Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010

Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 DISCIPLINA: História EDUCADOR: Gloria Maria ANO:9º ANO TURMAS: 9.1/ 9.2 *Caro educando, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

05.12 SEGUNDA PROVA. FINAL P. F 7h30 às 9h10 Matemática e Filosofia TERÇA PROVA. FINAL P. F 7h30 às 9h10 Português e Redação

05.12 SEGUNDA PROVA. FINAL P. F 7h30 às 9h10 Matemática e Filosofia TERÇA PROVA. FINAL P. F 7h30 às 9h10 Português e Redação Recife, 02 de dezembro de 2016. Prezados pais e/ou responsáveis: Para uma melhor organização Pedagógica segue programação e conteúdos relacionados por disciplina da Prova Final. Fique atento e excelente

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Temas propostos para o FSM 2006 Ásia (Karachi Paquistão) A. Imperialismo, militarização e conflitos

Leia mais

Geografia - 6º AO 9º ANO

Geografia - 6º AO 9º ANO 5ª Série / 6º Ano Eixos norteadores Temas Conteúdo Habilidades Competências A Geografia como uma - Definição de Geografia - Noções de tempo e -Compreender processos - Identificar diferentes formas de representação

Leia mais

Crise na Europa e Globalização

Crise na Europa e Globalização Crise na Europa e Globalização Crise na Europa e Globalização 1. Nas últimas décadas, a Turquia vem pleiteando, sem sucesso, sua entrada na União Europeia. Apresente uma razão que tem dificultado a entrada

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 3ª Unidade ª Série A AMAR DE VERDADE

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 3ª Unidade ª Série A AMAR DE VERDADE CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 3ª Unidade 2016 8ª Série A 1 AMAR DE VERDADE Para se ter sucesso, é necessário amar de verdade o que se faz. Caso contrário, levando em conta apenas

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Plano de Curso nº 187 aprovado pela portaria Cetec nº 107 de 18 / 10 /2011 Etec: Tiquatira Código: 208 Município: São Paulo Eixo Tecnológico:

Leia mais

BRASIL COLÔNIA ( )

BRASIL COLÔNIA ( ) 2 - REVOLTAS EMANCIPACIONISTAS: Século XVIII (final) e XIX (início). Objetivo: separação de Portugal (independência). Nacionalistas. Influenciadas pelo iluminismo, independência dos EUA e Revolução Francesa.

Leia mais

Imperialismo. Estudo dos Capítulos 9 e 10 da obra Economia Política: uma introdução Crítica para o Curso de Economia Política

Imperialismo. Estudo dos Capítulos 9 e 10 da obra Economia Política: uma introdução Crítica para o Curso de Economia Política uma introdução Crítica para o Curso de Economia Política Rosa Luxemburgo Vladimir Lênin Nikolai Bukharin capitalismo mobilidade e transformação atividade econômica desenvolvimento das forças produtivas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO. 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO

PROCESSO SELETIVO. 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO PROCESSO SELETIVO 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO PARA 2017 O processo seletivo do Colégio Vital Brazil tem por objetivo conhecer a atuação do aluno no processo

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM 2º CICLO Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6.º ANO Documento(s) Orientador(es): Programa de História e Geografia de Portugal

Leia mais

ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO

ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO O Absolutismo ABSOLUTISMO REGIME AUTORITÁRIO Regime político em que o poder está concentrado nas mãos do Rei. Rei: chefe militar, economia, chefe administrativo, controle da Igreja, poder político -> Poder

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 PROVA FINAL DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número de questões

Leia mais

PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 4,0)

PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 4,0) PEP/2006 4ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 4,0) Justificar, nos campos político, econômico e psicossocial, a projeção internacional dos Estados Unidos da

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 COLÔNIA PLANO DE CURSO VIVER NO BRASIL *Identificar os agentes de ocupação das bandeiras *Conhecer e valorizar a história da capoeira *Analisar a exploração da Mata Atlântica *Compreender a administração

Leia mais

Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais

Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais Metodologia e Prática de Ensino de Ciências Sociais Apresentação Professor: Edmilson Nazareno Brito Bate-Papo Sexta-Feira Turma manhã 12h às 12h e 30min. Turma noite 18h às 18h e 30 min. A aula de hoje

Leia mais

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 2º Período.

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 2º Período. Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas Grupo de Recrutamento: 400 Coordenadora: Rosa Santos Subcoordenador: Armando Castro Planificação Trimestral de História A 2º Período 11º Ano Professor:

Leia mais

HISTÓRIA. Professores: André, Guga, Pedro

HISTÓRIA. Professores: André, Guga, Pedro HISTÓRIA Professores: André, Guga, Pedro Questão esperada sobre Mundo Islâmico (Idade Média). A resposta correta, letra A, fala sobre o expansionismo da cultura islâmica. A obra de Avicena, muito famosa,

Leia mais

GUIA DA REESTRUTURAÇÃO CURRICULAR DAS LICENCIATURAS

GUIA DA REESTRUTURAÇÃO CURRICULAR DAS LICENCIATURAS GUIA DA REESTRUTURAÇÃO CURRICULAR DAS LICENCIATURAS 2016-17 LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS Estudos Portugueses e Alemães Estudos Portugueses e Espanhóis Estudos Portugueses e Franceses Estudos Portugueses

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico INFORMAÇÃO PROVA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 2016 6º ANO DE ESCOLARIDADE (DECRETO-LEI N.º

Leia mais

UDESC 2015/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2015/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Questão interpretativa envolvendo um trecho de Machado de Assis. No texto fica claro que a história necessita de crônicas e assim é mencionado no texto o "esqueleto" da história. a) Incorreta.

Leia mais

ENTREGA DO BOLETIM DA RECUPERAÇÃO DA 2 UNIDADE DIA 06/10/2016. AULA NORMAL.

ENTREGA DO BOLETIM DA RECUPERAÇÃO DA 2 UNIDADE DIA 06/10/2016. AULA NORMAL. CONTEÚDOS DA RECUPERAÇÃO 1ª UNIDADE da Arte Geometria 6º ANO D TARDE Sujeito e Predicado, O Adjetivo na construção do texto. Relato Pessoal, Carta Pessoal, Paradidático O beijo Negado! Furniture and colors,

Leia mais

DIPLOMACIA DO BRASIL JOSÉ VIEGAS FILHO. Autor. Formato: 17,0x24,0 cm CÓDIGO: DE TIRDESILHAS AOS NOSSOS DIAS. Prefácio José Viegas Filho

DIPLOMACIA DO BRASIL JOSÉ VIEGAS FILHO. Autor. Formato: 17,0x24,0 cm CÓDIGO: DE TIRDESILHAS AOS NOSSOS DIAS. Prefácio José Viegas Filho entendimento e do diálogo com os demais países e a diversidade étnica da nossa população. Fatores como esses permitiram que desenvolvêssemos uma política externa construtiva e progressista, que aceita

Leia mais

CONTEÚDO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 2 SÉRIE

CONTEÚDO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 2 SÉRIE INGLÊS DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL Text Interpretation Reported Speech Conditional Sentences Infinitive with to or -ing PORTUGUÊS PATRÍCIA Regência verbal e nominal; Concordância verbal e nominal; Colocação

Leia mais

Colégio Glória. Cronograma de Prova VI Unidade. 6º ano.

Colégio Glória. Cronograma de Prova VI Unidade. 6º ano. Cronograma de Prova VI Unidade. 6º ano. história (8º e 9º). Educação Prova final de, Literatura: Artigo de Opinião. Cartaz. Capítulo 16 Triângulos e quadriláteros Capítulo 17 Medidas de superfície Capítulo

Leia mais

REVOLUÇÕES LIBERAIS DO SÉCULO XIX

REVOLUÇÕES LIBERAIS DO SÉCULO XIX REVOLUÇÕES LIBERAIS DO SÉCULO XIX ANTECEDENTES ILUMINISMO REVOLUÇÃO FRANCESA CONGRESSO DE VIENA LIBERALISMO POLÍTICO E ECONOMICO (LIBERDADE/IGUALDADE) CONTESTAÇÃO DA ORDEM SOCIAL LUTA PELA CIDADANIA RESTAURAÇÃO

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog:

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: A REVOLUÇÃO RUSSA Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com RÚSSIA CZARISTA Final do século XIX 170 milhões de pessoas Economia agrária 85% da população vivia no campo camponeses

Leia mais

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER UNIDADE 1 O TEMPO E AS ORIGENS DO BRASIL 1. Contando o tempo Instrumentos de medida do tempo Medidas de tempo: década, século, milênio Linha do tempo

Leia mais

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico

MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico MATRIZ PROVA EXTRAORDINÁRIA DE AVALIAÇÃO HISTÓRIA Maio de 2016 Prova de 2016 8.º Ano 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova extraordinária

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 016/2014 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

UFSC. Resposta: 11. Comentário

UFSC. Resposta: 11. Comentário Resposta: 11 01. Correta. 02. Correta. 04. Incorreta. A divisão em períodos da história feita por historiadores europeus não necessariamente deve ser empregada, e não é por diferentes povos do mundo. Foi

Leia mais

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 3º Período.

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 3º Período. Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas Grupo de Recrutamento: 400 Coordenadora: Rosa Santos Subcoordenador: Armando Castro Planificação Trimestral de História A 3º Período 11º Ano Professor:

Leia mais

1.1: que Capitalismo: Sistema socioeconômico que propriedade dos meios de produção

1.1: que Capitalismo: Sistema socioeconômico que propriedade dos meios de produção 1 O Capitalismo. 1.1: O que é o Capitalismo: Sistema socioeconômico em que a propriedade dos meios de produção é privada, e pertence a uma classe, em contraposição a outra de não-proprietários. 1.2 Características:

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO DISCIPLINA: Docente Técnico de Turismo Ambiental e Rural/2011-2014 Área de Integração Pedro Bandeira Simões N.º TOTAL DE MÓDULOS DE 1º/2º/3º

Leia mais

2º Semestre TURNO CARGA HORÁRIA I Termo Vespertino 36 horas/aula Professora: Maria Alda Barbosa Cabreira

2º Semestre TURNO CARGA HORÁRIA I Termo Vespertino 36 horas/aula Professora: Maria Alda Barbosa Cabreira Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO Curso: Tecnologia em Informática Gestão de Negócios Disciplina: Economia I Ano: 2009 2º Semestre TURNO CARGA HORÁRIA I Termo Vespertino 36

Leia mais

PANIFICAÇÃO HISTÓRIA 8ºANO. Metas/descritores de desempenho

PANIFICAÇÃO HISTÓRIA 8ºANO. Metas/descritores de desempenho PANIFICAÇÃO HISTÓRIA 8ºANO Domínio/subdomínio EXPANSÃO E MUDANÇA NOS SÉC.XV E XVI -RUMOS DA EXPANSÃO QUATROCENTISTA Condições da prioridade portuguesa Interesses dos s sociais Descobrimentos e conquistas

Leia mais

CONTEÚDO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 3 SÉRIE

CONTEÚDO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 3 SÉRIE INGLÊS DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL Reading Strategy Poem Analyze Text Interpretation PORTUGUÊS PATRICIA 3 SÉRIE Orações coordenadas e subordinadas; Regência verbal e nominal; Concordância verbal e nominal;

Leia mais

EDITAL Nº 02/ INGRESSO 2013

EDITAL Nº 02/ INGRESSO 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 36ª COORDENADORIA DA EDUCAÇÃO ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL 25 DE JULHO EDITAL Nº 02/2012 - INGRESSO 2013 1 ABERTURA A Escola Técnica Estadual 25 de Julho de

Leia mais

Unificação Italiana e Alemã. Prof. Leopoldo UP

Unificação Italiana e Alemã. Prof. Leopoldo UP Unificação Italiana e Alemã Prof. Leopoldo UP Antecedentes: O Congresso de Viena(1815) Tentativa frustrada de manter o Antigo Regime. A Revolução de 1830. A Revolução Industrial se espalha por várias regiões

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. -Análise de uma planta para se visualizar o crescimento da cidade ao longo dos tempos;

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. -Análise de uma planta para se visualizar o crescimento da cidade ao longo dos tempos; ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO: 5º ANO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: 1.

Leia mais

QUESTÕES OBJETIVAS. Pág. 1

QUESTÕES OBJETIVAS. Pág. 1 QUESTÕES OBJETIVAS Para responder as questões 1 e 2, observe atentamente as imagens abaixo que retratam aspectos da sociedade brasileira do século XIX. 1) Leia as seguintes afirmativas. I) A sociedade

Leia mais

a) substituição das intervenções militares pelo uso da diplomacia internacional.

a) substituição das intervenções militares pelo uso da diplomacia internacional. 1-(Cesgranrio 94) A industrialização acelerada de diversos países, ao longo do século XIX, alterou o equilíbrio e a dinâmica das relações internacionais. Com a Segunda Revolução Industrial emergiu o Imperialismo,

Leia mais

PEP/2006 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

PEP/2006 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) PEP/2006 5ª AVALIAÇÃO DE TREINAMENTO FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Comparar a evolução política dos países latinos da América do Sul com a evolução política dos Estados Unidos

Leia mais

Um pouco de história

Um pouco de história Um pouco de história Primeiro Reinado Durante o Primeiro Reinado o setor econômico estava em crise, a produção açucareira entrou em declínio, o ouro era extraído em quantidades bem menores, produtos como

Leia mais

1º bimestre 2010_3ª série Contemporânea Unificações tardias (Alemanha e Itália). Cap39, p. 374 até 378. Roberson de Oliveira

1º bimestre 2010_3ª série Contemporânea Unificações tardias (Alemanha e Itália). Cap39, p. 374 até 378. Roberson de Oliveira 1º bimestre 2010_3ª série Contemporânea Unificações tardias (Alemanha e Itália). Cap39, p. 374 até 378. Roberson de Oliveira Expansão capitalista e nacionalismo As transições tardias: Alemanha e Itália

Leia mais

DATA: 19 / 12 / 2016 VALOR: 20,0 NOTA:

DATA: 19 / 12 / 2016 VALOR: 20,0 NOTA: DISCIPLINA: HISTÓRIA PROFESSORES: AULUS e PAULA DATA: 19 / 12 / 2016 VALOR: 20,0 NOTA: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 8º Ano / E.F. II TURMAS: 8ºA E 8ºB ALUNO (A): Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO: O

Leia mais

Jimboê. História. Avaliação. Projeto. 5 o ano. 1 o bimestre

Jimboê. História. Avaliação. Projeto. 5 o ano. 1 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou à Unidade 1 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê História 5 o ano Avaliação 1 o bimestre 1 Avaliação História NOME: ESCOLA:

Leia mais