Autorização (Projeto) para funcionamento do curso supe rior de Administração, habilitação em Comércio Exterior.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Autorização (Projeto) para funcionamento do curso supe rior de Administração, habilitação em Comércio Exterior."

Transcrição

1 ASSOCIAÇÃO DOMUS DE ENSINO SUPERIOR Autorização (Projeto) para funcionamento do curso supe rior de Administração, habilitação em Comércio Exterior. Lauro Leitão 1 - RELATÓRIO 0 Plenário aprovou o Parecer 323/8 relativo à Carta-consulta do curso superior de Administração, habilitação em Comércio Exterior. O pleito é agora considerado nos aspectos constitutivos da fase do projeto. O exame preliminar, efetuado com base na informação e-laborada pela CAE, identificou a necessidade de dados complementares e atualização de alguns pontos, a fim de colocar o projeto em condições de merecer Parecer conclusivo, razão pela qual foi o processo baixado em diligência. A interessada encaminhou as informações necessárias, colocando o processo em situação definitiva de análise. Pelo Parecer de aprovação da Carta-consulta, foram estipuladas 80 vagas totais anuais, sem quantificar o número de alunos por turma. A previsão do pedido ê de que o curso funcionará à noite. 1. Organização Curricular Programado com duração de 8 semestres letivos integra-lizáveis em anos, o curso terá regime seriado semestral e obedecerá á grade curricular preestabelecida onde figuram, para cada semestre letivo, as disciplinas que o

2 ria semanal e semestral de cada uma delas (Anexo 1 ). Os autos trazem uma descrição de cada disciplina com sua respectiva ementa e bibliografia básica, o que permite uma análise qualitativa do alcance de seu conteúdo formativo. A carga horária, toda ela de caráter obrigatório, ê de h/a, acrescida de h/a de Estudo de Problemas Brasileiros e h/a para Educação Física totali zando 3. 0 h/a. O Estágio Supervisionado, componente obrigatório do currículo do curso constará de atividades de prática pré-profissional, a serem exercidas em situações reais de trabalho e será desenvolvido em empre sas públicas ou privadas. A carga horária total do Estágio Supervisio nado é de 270 h/a e será realizado no º ano. Informações detalhadas sobre esse item encontram-se no processo. 2. Dos Corpos Dirigente e Técnico-Administrativo Os "curricula-vitae" dos elementos indicados para comporem o corpo dirigente e técnico-administrativo da Instituição, comprovam qualificação profissional e experiência anterior para exercício dos cargos Corpo Docente Dos professores indicados, têm doutorado, 10 com mestrado, 7 com pós-graduação lato sensu. Quase todos possue experiência no ma gistêrio superior e muitos têm Parecer do CFE. Consta do processo documento estipulando as condições de contratação dos professores, assim como Termo de Compromisso firmado pelos docentes indicados. A relação dos docentes indicados compõem o Anexo II deste Parecer. 3. Planejamento Econômico-Financeiro A documentação complementar traz novo plano econômico-financeiro, onde se destacam as fontes de receita, as despesas e a previsão dos investimentos, contém, ainda, o cronograma de execução que compre ende as diversas etapas de implantação do curso.. Biblioteca O acervo bibliográfico específico foi reformulado e distribuí

3 .03. do por assunto conforme as matérias do currículo mínimo. O Sistema de Classificação adotado é o Decimal de Dewey. A biblioteca disporá, inicialmente, de 30 títulos num total de volumes; contará, ainda, com assinatura de 22 periódicos especializados para o curso. Funcionará das 8 : 0 0 ãs 2 3 : 0 0 horas, ininterruptamen te, de segunda a sexta-feira e nos sábados das 8:00 ãs 12:00 horas..1. Laboratórios e Equipamentos No Caderno b/a contêm a relação dos principais equipamentos de Informática.. Do Estabelecimento de Ensino que Abrigará o Curso A Faculdade Domus de Administração, concebida para abrigar o curso tal como está projetada, apresenta-se caracterizada no Ante~ projeto de Regimento sob a forma de "estabelecimento isolado de ensino superior", tendo e s t e s órgãos como formadores de sua estrutura organizacional: "Congregação, Conselho Departamental, Diretoria e Depar tamentos". As instalações-gerais previstas para o estabelecimento em apreço serão formadas por um prédio (de propriedade de Pueri Domus Es_ cola Experimental L t d a. ), totalizando uma área construída de 7.,m2, em um terreno com área de 3.80m2. O Caderno 7 que integra os autos, contém planta baixa, onde se especificam e se localizam as diferentes dependências: salas de au la, biblioteca, salas de administração,e t c. II - VOTO DO RELATOR Diante do exposto, Vota o Relator favoravelmente à aprovação do projeto do Curso de Administração, com habilitação em Comércio Exterior, mantido pela Associação Domus de Ensino Superior-SP, a ser ministrado pela Faculdade Domus de Administração, com 80 (oitenta) vagas totais anuais, com 2 turmas, de 0 alunos cada uma, no período no_ turno. Aprovado este Parecer, o processo prosseguirá sua tramitação com vistas ao cumprimento do que dispõem os Artigos 11 e 12 da Resolu ção 1/8. III - CONCLUSÃO DA CÂMARA A Câmara de Ensino Superior, Iº Grupo, acompanha o voto do Relator.

4 Sala das Sessões, em 13 de março de 1989.

5 A N E X O II Relação do Corpo Docente 01. Afonso Celso Fraga Sampaio Amaral Disciplina: Matemática/Matemática Financeira Titulação: Graduado em Matemática pela Fac. Filos. São Bento - Un. Católica-SP. Tem cursos de especialização em Matemática Financeira é Profº de Física da USP e Matemática Financeira no IMES - São Caetano do Sul desde 197. Pode ser aceito 02. Alfredo José dos Santos Disciplina: Direito Comercial e Direito de Navegação Titulação: Graduado em Direito pela UFSC e Administração pela Pontifícia Univ. Cat. do Rio de Janeiro. Possui cursos de pós Graduação Lato Sensu e Stritu Sensu. Tem experiência no magistério superior. Pode ser aceito 03. Álvaro Labrado Bado Disciplina: Lingua Espanhola Titulação: Graduado em Ciências Econômicas pela Fac. de Ciências Eco nomica e Adm. da Fundação Santo Andrê-SP. Tem curso de es pecialização. Possui experiência no magistério superior. Pode ser aceito para este curso. 0. Álvaro Stievano Júnior Disciplina: Formação de Custos e Preços/Transportes e Seguros Titulação: Graduado em Ciências Econômicas pela Fundação Santo André Possui Parecer do CFE 11/78 para lecionar Elaboração de Análise de Projetos. Tem mais de dois (2) anos de experiência no magistério superior Pode ser aceito para este curso 0. Celso Avelino Antunes Disciplina: Estudo de Problemas Brasileiros Titulação: Bacharel e Licenciado em Geografia e História; Mestre em Geociências-Especialização em Dinâmica de Grupo no Ensino

6 de acordo com a Res. CFE 12/83, proferiu palestras; possui vários trabalhos e Livros publicados; possui experiência de magistério superior; possui Pareceres CFE nºs 29/79, 27/7 e 200/. Pode ser aceito 0. Enrico Guilio Franco Polloni Disciplina: Introdução ao Processamento de Dados Titulação: Graduação Engenharia Civil e Elétrica (191); Declaração de validade e estudos em Circuitos Lógicos e Introdução das equações booleanas conforme art. 9, Res. CFE 12/83, possui experiência de magistério superior; possui Parece res CFE nºs 32/7 e 170/7; possui vinte e oito (28) Ar tigos publicados e seis () livros didáticos editados. Pode ser aceito 07. Eloisa Denipoti Disciplina: Sociologia Aplicada a Administração Titulação: Graduada em Ciências Sociais - USP, está fazendo doutorado na USP em Sociologia. Possui outros cursos, tem experi ência no magistério superior e tem Parecer do CFE 23/7 para ministrar aulas de Sociologia Geral da Educação. Pode ser aceita 08. Francisco Fierro Disciplina: Comunicação e Expressão Titulação: Graduado em Letras Clássicas pela Fac. Filos. Ciências e Letras São Bento-SP e em Direito pela Fac. Direito - USP. Tem curso de especialização em Critica Literária e Litera tura Brasileira. Possui Pareceres do CFE nºs 1003/72 e 3/ para lecionar Língua Portuguesa. Tem experiência no magistério superior Pode ser aceito 09. Glaucos Antonio Begalli Disciplina: Contabilidade Titulação: Bacharel em Ciências Contábeis (197); Mestrado em Ciên cias Contábeis; Professor do Curso de Pós-Graduação "Lato Sensu", possui experiência de magistério superior; possui

7 vários cursos de especialização na área de educação. Pode ser aceito 10. Ivo João Darin Disciplina: Língua Inglesa Titulação: Bacharel e Licenciado em Letras Anglo-Germânicas (19) Mestrado em Linguística Inglesa na área de Estudos Anglo- Americanos (1981); possui experiência de magistério supe rior desde 199; possui Pareceres CFE nºs 1812/7 e 3283/7; possui trabalhos publicados Pode ser aceito 11. José Roberto Securato Disciplina: Estatística Titulação: Engenheiro de Operação, Licenciado em Matemática; Mestre em Matemática; aluno regular de Doutorado; possui experiência de magistério superior; possui trabalhos publicados Pode ser aceito 12. Júlio Cézar Tadeu Barbosa Disciplina: Direito Publico e Privado Titulação: Graduado em Ciências Jurídicas pela Fac. de Direito da PUCCAMP - Campinas - SP. Tem mestrado, além de outros cur sos e possui experiência no magistério superior. Pode ser aceito. 13. Luiz Martins Garcia Disciplina: Teoria e Prática Cambial/Sistemática do Comércio Exterior Titulação: Bacharel em Ciências Econômicas e Administrativas; especia lização em Treinamento em Importação e Exportação; Estrutu ra, Análise e Interpretação de Balanços Contábeis; Têcni cas de Organização Racional do Trabalho, possui experiência de magistério superior; possui quatro () livros publi cados. Pode ser aceito 1. Marco Antonio Konz Disciplina: Educação Física

8 Titulação: Graduado em Educação Física pela Fac. Integ. de Educ. Fi sica e Tec. Desp. de Guarulhos-SP, possui cursos de Atle tismo, Ataque e Defesa. Tem experiência no magistério su perior. Pode ser aceito 1 Maria José Villaça Disciplina: Estagio Supervisionado / Economia Brasileira Titulação: Bacharel em Ciências Sociais (19}; Mestre em Teoria do Valor (199); Certificado de curso de especialização e aperfeiçoamento com mais de 100 horas/aula em Economia Brasileira e Teoria do Desenvolvimento Econômico (199), possui trabalhos publicados. Pode ser aceita 1 Norberto Antonio Pedrini Disciplina: Laboratório de Administração Titulação: Bacharel em Ciências Econômicas (197); Bacharel em Administração de Empresas (1978); Especialização em Problemas Brasileiros (Pendente um trabalho final); possui experiên cia de Magistério Superior; possui vários cursos de aperfeiçoamento na área de ensino. Pode ser aceita pra este curso. 17. Pedro Gardesani Júnior Disciplina: Teoria Geral da Administração/Administração de Material Titulação: Bacharel: Direito, Economia; Pós-Graduação em Administração; possui vários cursos de formação complementar, possui experiência de magistério superior; possui Pareceres CFE nºs 1/78 e 3.93/. Pode ser aceito para este curso 18. Silvio Augusto Minciotti Disciplina: Mercadologia Titulação: Químico Industrial, Administrador de Empresas (1972); Mestrado em Administração (cursando), possui vários cursos de especialização porem o C.V. não especifica a carga horária possui experiência de magistério superior; possui trabalhos

9 publicados; proferiu várias palestras na área de educa ção; possui trabalho de pesquisa "Indicadores Sõcio-Econômicos da Região do ABC. Pode ser aceito, 19. William Gerab Disciplina: Legislação Tributaria/Legislação Aduaneira Comparada Titulação: Bacharel em Direito (199); Especialização em Direito Pu blico nos termos da Res. CFE 12/83; Cursando Mestrado em Direito; possui vários cursos de especialização em Direi to; possui experiência de magistério superior, aprovado concurso público para Técnico de Tributação do Ministério da Fazenda; proferiu Palestras sobre "Obrigação Tributária". Possui Parecer CFE nº 100/, 10230/7, 21/7 e 31/7 Pode ser aceito 20. Willian Primo Rivera Collier Disciplina: Psicologia Aplicada â Administração Titulação: Bacharel em Ciências Econômicas e em Direito; Pós-Gradua ção em Multi Disciplina possui experiência de magistério superior; possui Parecer CFE /73.. Pode ser aceito VRS

10 ANEXO II ORGANIZAÇÃO CURRICULAR Disciplina Crédit os Carga Horária 1º Semestre - Matemática I - Contabilidade I - Teoria Econômica I - Introdução ao Proc. de Dados I - Estudo de Probl. 2º Semestre - Matemática II - Contabilidade II - Teoria Econômica II - Introdução ao Proc. de Dados II - Estudo de Probl. Brasileiros II 3 a Semestre - Estatística I - Teoria Geral Administrativa I - Formação de Custos e Preços - Legislação Tributária - Economia Brasileira - Comunicação e Expressão º Semestre - Estatística II - Teoria Geral Administrativa II - Sociologia Aplic. Administrativa - Administração de Materiais - Matemática Financeira ADES Associoção Dornus de Ensino Superior

11 Disciplina Créditos Carga Horária º Semestre - Direito Comercial I - Economia Internacional I - Língua Inglesa I - Lingua Espanhola I - Mercadologia I - Sistemática do Comer. Exterior I º Semestre - Direito Comercial II - Economia Internacional II - Língua Inglesa II - Lingua Espanhola II - Mercadologia II - Transporte e Seguros 7º Semestre - Direito de Navegação - Lingua Inglesa III - Sistemática do Comer. Exterior II - Teoria e Prática Cambial I - Laboratório de Administração 8º Semestre - Língua Inglesa IV - Sistemática do Comer. Exterior III - Teoria e Prática Cambial II - Laboratório de Administração II - Legislação Aduaneira Total de Horas / aula 30 h/aula Estágio Supervisionado 270 h/aula TOTAL GERAL 3330 h/aula

12 IV - DECISÃO DO PLENÁRIO O Plenário do Conselho Federal de Educação aprovou, por unanimidade, a Conclusão da Câmara. Sala Barretto Filho, em 13 de 03 de 1989.

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA Autorização do curso de Ciências - habilitação em Ma temática - Licenciatura Plena para funcionar na Faculdade de Ci ências, novo estabelecimento de ensino

Leia mais

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado INSTITUTO RADIAL DE ENSINO E PESQUISA - IREP Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÓRIO O pedido do Instituto Radial de Ensino e Pesquisa,

Leia mais

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE VERSALHES Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. Arnaldo Niskier CESu, 2 Grupo 1 - RELATÓRIO A Associação de Ensino

Leia mais

Autorização (exame do projeto) de Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, para funcionar na Faculdade de Informática.

Autorização (exame do projeto) de Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, para funcionar na Faculdade de Informática. SOCIEDADE CIVIL DE EDUCAÇÃO SÃO MARCOS Autorização (exame do projeto) de Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, para funcionar na Faculdade de Informática. SR. CONS. JOÃO PAULO DO VALLE

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SÃO CARLOS ASSUNTO. SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de

Leia mais

Autorização de curso de Ciências Contábeis

Autorização de curso de Ciências Contábeis INTERESSADO/MANTENEDORA ASSUNTO: ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR Autorização de curso de Ciências Contábeis UF RJ RELATOR: SR. CONS. João Paulo do Valle Mendes 1 - RELATÓRIO O processo em epígrafe

Leia mais

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará.

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE TANGARÀ a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração SR.CONS. IB GATTO

Leia mais

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo SOCIEDADE CIVIL ATENEU BRASIL Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo ARNALDO NISTEIER I - RELATÓRIO O Diretor-Presidente da

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação Desportiva e de Educação Juvenil ASSUNTO Autorização(Projeto) para funcionamento do curso de Pedagogia, com Habilitação

Leia mais

Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados

Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados ASSOCIAÇÃO DOMUS DE ENSINO S UPERIOR - ADES Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados Yugo Ok ida 1 - RELATÓRIO 23030.0 10576/85-39 0 presente processo,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO / MANTENEDORA FEBASP SOCIEDADE CIVIL ASSUNTO SP UF Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Tecnologia da Embalagem,

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira INTERESSADO / MANTENEDORA INSTITUTO EDUCACIONAL TERESA MARTIN UF SP ASSUNTO : Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. RELATOR.

Leia mais

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89.

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89. Associação Campineira de E ducaç ã o e C ultura Autorização(Projeto) do curso de A dministração Lêda Maria Chaves I - RELATÓRIO A Associação Campineira de Educação e Cultura, pelo Parecer 86/89, teve aprovado

Leia mais

SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO. Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado

SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO. Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÒRIO Neste processo, de interesse da Sociedade

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros Universidade de Brasília Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros 0 Reitor da Universidade de Brasília encaminhe a este Conselho

Leia mais

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS UF SP ASSUNTO Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração,

Leia mais

INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PROF. EDMILSON MORAIS PEREIRA

INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PROF. EDMILSON MORAIS PEREIRA INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PROF. EDMILSON MORAIS PEREIRA Autorização (Projeto) do Curso de Administração, habilitação Comércio Exte rior para funcionar na Faculdade de Ciências Contábeis

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO ASSOCIAÇÃO DE ENSINO CRISTO REDENTOR Autorização (Projeto) para funcionamento do curso superior de Ciências - habilitação licenciatura de 1º grau, a

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. EURIDES BRITO DA SILVA O Diretor de Ensino da Fundação Educacional do Al

Leia mais

ser ministrado pela Faculdade de Ciências Administrativas de Valinhos.

ser ministrado pela Faculdade de Ciências Administrativas de Valinhos. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO VALINHENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - AVEC UF SP ASSUNTO: Autorização (Carta-Consulta) para criação do Curso

Leia mais

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Presbiteriana de Educação e Pesquisa ASSUNTO: Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social RELATOR: SR. CONS. Virgínio Cândido Tosta de Souza 1-RELATÓRIO

Leia mais

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto).

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO CONSELHO FEDERAL DE EDUCACÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação de Ensino de Urubupunga UF SP ASSUNTO Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES E PESQUISA DO PARANÁ

CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES E PESQUISA DO PARANÁ CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES E PESQUISA DO PARANÁ Autorização (projeto) para funcionamento do Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados. A ser ministrado pela Faculdade de Informática do Paraná.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS. Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS. Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO A Associação de Ensino Superior Gonçalves Dias de São Luis(MA)

Leia mais

RELATOR: SR. CONS. JOSÉ LUITGARD DE MOURA FIGUEIREDO... CÂMARA OU COMISSÃO CESu 1ºGrupo

RELATOR: SR. CONS. JOSÉ LUITGARD DE MOURA FIGUEIREDO... CÂMARA OU COMISSÃO CESu 1ºGrupo INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Assistencial de Educação e Cultura. UF SP ASSUNTO Autorização execução de projeto para funcionamento do curso de Administração - habilitações Geral e Comércio Exterior,

Leia mais

Instituto Santanense de Ensino Superior.

Instituto Santanense de Ensino Superior. Instituto Santanense de Ensino Superior. Autorização para funcionamento das habilitações Administração Hospitalar e Comercio Exterior do curso de Administração, minis trado pela Faculdade de Administração

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI APROVA A ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM MARKETING E O REGULAMENTO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BANDEIRA TRIBUZI DE ENSINO SUPERIOR

ASSOCIAÇÃO BANDEIRA TRIBUZI DE ENSINO SUPERIOR ASSOCIAÇÃO BANDEIRA TRIBUZI DE ENSINO SUPERIOR Autorização (projeto) para funcionamento do curso de Ciências Econômicas a ser ministrado pela Faculdade de Ciências Contábeis e Econômicas de São Luís JESSÉ

Leia mais

Autorização (Projeto) para Curso de Administração, a ser oferecido Faculdade de Administração de Empresas de Curvelo.

Autorização (Projeto) para Curso de Administração, a ser oferecido Faculdade de Administração de Empresas de Curvelo. INTERESSADO/MANTENEDORA MITRA ASSUNTO: Autorização (Projeto) para Curso de Administração, a ser oferecido Faculdade de Administração de Empresas de Curvelo. UF MG pela ARQUIDIOCESANA DE DIAMANTINA RELATOR:

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE RIBEIRÃO PRETO. Autorização(Projeto) para o Curso de Psicologia

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE RIBEIRÃO PRETO. Autorização(Projeto) para o Curso de Psicologia ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE RIBEIRÃO PRETO Autorização(Projeto) para o Curso de Psicologia A Associação de Ensino Superior de Ribeirão Preto-SP, solicita autorização para o funcionamento de curso

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA"

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA" Reconhecimento do Curso de Licenciatura Plena para Graduação de Professores da Parte de Formação Especial do -Currículo do Ensino de 2º

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Sociedade Educacional Santa Marta S/C Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Lêda M aria Chaves I - RELATÓRIO A Sociedade Educacional Santa Marta S/C, pelos P a r e c e res 882/88

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U.

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U. INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO DAS ESCOLAS SUPERIORES DE CUIABA UF MT ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. RELATOR:

Leia mais

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co-

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co- ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SÃO JUDAS TADEU Aprovação de Plano de Curso Execução do Projeto da habilitação Tecnologia Educacional do Curso de Pedagogia. ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO Pelo Parecer nº

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS. Reconhecimento do Curso de Ciências Atuariais JÚLIO GARCIA GREGÕRIO MOREJON

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS. Reconhecimento do Curso de Ciências Atuariais JÚLIO GARCIA GREGÕRIO MOREJON ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS Reconhecimento do Curso de Ciências Atuariais JÚLIO GARCIA GREGÕRIO MOREJON I - RELATÓRIO ' A Associação Educacional do Litoral Santista, mantenedora

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª FACULDADE MORAES JÚNIOR DAS DISCIPLINAS POR CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Duração do Curso: 4 anos. Total de 3.200 horas-aula CIÊNCIAS CONTÁBEIS SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª Contabilidade e Análise

Leia mais

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá.

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR UF RJ ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. RELATOR: SR. CONS. IB GATTO FALCÃO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE BARRETOS

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE BARRETOS ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE BARRETOS SP Autorização (projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis a ser ministrado pela Faculdade de Ciências Contábeis de Barretos-SP. A Asscoiaçao

Leia mais

Aprovação de Projeto de Curso de Especializaçao(Pós-graduacão "Lato Sen su") em Biologia Geral nos termos da Res 12/83

Aprovação de Projeto de Curso de Especializaçao(Pós-graduacão Lato Sen su) em Biologia Geral nos termos da Res 12/83 INTERESSADO/MANTENEDORA FACULDADES DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO ABC UF SP ASSUNTO - Aprovação de Projeto de Curso de Especializaçao(Pós-graduacão "Lato Sen su") em Biologia Geral nos termos da Res 12/83 RELATOR:

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS MG Plenificação do Curso de Letras Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 CESu 1º Grupo 12/11/87 23018.001977/86-12 O Presidente da Fundação Educacional Monsenhor

Leia mais

31956 Monografia II 31926

31956 Monografia II 31926 Currículo Novo 2006/01 Duração: 182 créditos 2.730h, acrescidas de 270h de atividades complementares, totalizando 3.000h 31544 Teoria das Organizações I - 31554 Matemática I - 31564 Teoria das Organizações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO AGRESTE ALAGOANO Reconhecimento do Curso de Ciências, com habilitações em Matemática, Química e Biologia. O Presidente da Fundação

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL CÂNDIDO RONDON Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon João Paulo do Valle Mendes

Leia mais

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu.

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE BOTUCATU - UNIFAC Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. YUGO OKIDA 1 - RELATÓRIO Trata o presente parecer

Leia mais

Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social.

Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social. INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUTO METODISTA DE ENSINO SUPERIOR UF SP ASSUNTO: Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social. RELATOR: SR. CONS. Arnaldo Niskier 1-RELATÓRIO

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR

INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Administração e Ciências Contábeis Luzwell. JESSÉ GUIMARÃES 1-RELATÓRIO O Diretor

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS RJ Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa 1 - RELATÓRIO 01. 0 PEDIDO: A Reitora da Universidade Católica de Petrópolis encaminha

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido)

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido) FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ES Curso de Administração reconhecido pelo Decreto Federal nº 78.951, publicado no D.O.U. de 16-12-1976 Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:12:25 Curso : ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

SOCIEDADE CIVIL DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO ROQUE

SOCIEDADE CIVIL DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO ROQUE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE CIVIL DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO ROQUE UF SP ASSUNTO: Autorização Projeto) para funcionamento do curso de Administração

Leia mais

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO - FCAP ASSUNTO: RENOVAÇÃO DO RECONHECIMENTO DO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA

Leia mais

Lauro Franco L eitã o

Lauro Franco L eitã o INSTITUTO SUPERIOR DE E NSINO CELSO L ISBOA Redistribuição de v agas Lauro Franco L eitã o I - RELATÓRIO O Presidente do Instituto Superior de Ensino Celso Lisboa, este mantenedor da Federação das Faculdades

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE OLINDA. Reconhecimento dos cursos de Pedagogia, Ciências, Le trás, Geografia e História. Zilma Gomes Parente de Barros

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE OLINDA. Reconhecimento dos cursos de Pedagogia, Ciências, Le trás, Geografia e História. Zilma Gomes Parente de Barros FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE OLINDA Reconhecimento dos cursos de Pedagogia, Ciências, Le trás, Geografia e História Zilma Gomes Parente de Barros O Presidente da Fundação de Ensino Superior de Olinda

Leia mais

ASSUNTO Implantação das Habilitações Bacharelado em Matemática e Biologia

ASSUNTO Implantação das Habilitações Bacharelado em Matemática e Biologia INTERESSADO/MANTENEDORA FACULDADES DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO ABC UF S ASSUNTO Implantação das Habilitações Bacharelado em Matemática e Biologia RELATOR: SR.CONS. RAULINO TRAMONTIN I - RELATÓRIO O Diretor

Leia mais

MINISTERIO DA EDUCAÇÃO

MINISTERIO DA EDUCAÇÃO MINISTERIO DA EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação Educacional Machado de Assis ASSUNTO: UF Autorização (projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Plano de Curso Superior de Tecnólogo em Hotelaria

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Plano de Curso Superior de Tecnólogo em Hotelaria SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Plano de Curso Superior de Tecnólogo em Hotelaria Jessé Guimarães 1 - RELATÓRIO Trata o presente parecer de um Plano de Curso Superior de Tecnólogo em Hotelaria,

Leia mais

Reconhecimento do curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Minas Itajubá-MG

Reconhecimento do curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Minas Itajubá-MG INTERESSADO/MANTENEDORA CENTRO REGIONAL DE CULTURA ASSUNTO: UF MG Reconhecimento do curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Minas Itajubá-MG RELATOR: SR.

Leia mais

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD: 08.05.2012 Vigência: para os ingressos a partir 2012/2 CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR CÓD. ÁREAS DE FORMAÇÃO I - CONTEÚDOS DE FORMAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE PARANAENSE DE ENSINO E INFORMÁTICA ASSUNTO UF PR Autorização para funcionamento do curso de Ciências Contábeis a ser

Leia mais

Reconhecimento de curso de Letras, habilitação em Português /Inglês, m i n i s t r a d o pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Congonhas.

Reconhecimento de curso de Letras, habilitação em Português /Inglês, m i n i s t r a d o pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Congonhas. INTERESSADO/MANTENEDORA Fundação Cultural de Belo Horizonte Reconhecimento de curso de Letras, habilitação em Português /Inglês, m i n i s t r a d o pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Congonhas.

Leia mais

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2 DENOMINAÇÃO: PORTARIA DE AUTORIZAÇÃO: PORTARIA DE RECONHECIMENTO: REGIME ESCOLAR: NÚMERO DE VAGAS ANUAIS: TURNOS DE FUNCIONAMENTO: NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 07/2004-A (Alterada pela Resolução Nº 22/2007 e Resolução Nº 16/2009)

RESOLUÇÃO Nº 07/2004-A (Alterada pela Resolução Nº 22/2007 e Resolução Nº 16/2009) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 07/2004-A (Alterada pela Resolução Nº 22/2007 e Resolução Nº 16/2009) Regulamenta

Leia mais

FACULDADE REGIONAL DE MEDICINA DE SÃO JOSE DO RIO PRETO

FACULDADE REGIONAL DE MEDICINA DE SÃO JOSE DO RIO PRETO FACULDADE REGIONAL DE MEDICINA DE SÃO JOSE DO RIO PRETO SP Aprovação do Projeto do Curso de Enfermagem e Obstetrí cia com as habilitações: Geral em Enfermagem; Enfermagem Médico Cirúrgica; Enfermagem Obstetricia;

Leia mais

Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia. Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA

Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia. Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA ASSOCIAÇÃO JIPARANAENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA 1 - RELATÓRIO O pleito da interessada foi aprovado na fase da Carta Consulta

Leia mais

José Luitgard de Moura Figueiredo.

José Luitgard de Moura Figueiredo. SOCIEDADE PERNAMBUCANA DE CULTURA E ENSINO Assunto. RECONHECIMENTO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO- HABILITAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO G E R AL. MINISTRADO PELA FACULDADE DE CIÊNCIA HUMA - NAS DE PERNAMBUCO. José

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO

Leia mais

FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS. Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês. Afrânio dos Santos Coutinho

FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS. Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês. Afrânio dos Santos Coutinho FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês Afrânio dos Santos Coutinho I - RELATÓRIO A Faculdade de Filosofia da Cidade de Goiás, mantida pela

Leia mais

Reconhecimento do curso de Educação Física - habilitações em licenciatura e Técnica de Desportos. João Paulo do Valle Mendes

Reconhecimento do curso de Educação Física - habilitações em licenciatura e Técnica de Desportos. João Paulo do Valle Mendes FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE Reconhecimento do curso de Educação Física - habilitações em licenciatura e Técnica de Desportos. João Paulo do Valle Mendes 1 RELATÓRIO O Diretor da

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

INSPETORIA SALESIANA DO SUL DO BRASIL. Aprovação de Plano de Curso ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO

INSPETORIA SALESIANA DO SUL DO BRASIL. Aprovação de Plano de Curso ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO INSPETORIA SALESIANA DO SUL DO BRASIL Aprovação de Plano de Curso ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO Este processo, de interesse da Inspetoria Salesiana do Sul do Brasil-SP, trata de pedido de

Leia mais

UF RJ. RELATOR: Sr. Cons. Lauro Franco Leitão

UF RJ. RELATOR: Sr. Cons. Lauro Franco Leitão INTERESSADO/MANTENEDORA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE UF RJ ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis, ministra do pela Faculdade de Economia e Administração do Centro de Estudos Sociais

Leia mais

FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR. Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos.

FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR. Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos. FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos. ANNA BERNARDES DA SILVEIRA ROCHA O Presidente da Fundação

Leia mais

Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71

Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71 ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PAULISTANA Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71 ZILMA S. Paulete Gomes de Barros

Leia mais

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE:

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO BELO JARDIM AEB / FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E APLICADAS DO BELO JARDIM - FABEJA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO RELATOR: CONSELHEIRO

Leia mais

Sociedade Brasileira de Instrução.

Sociedade Brasileira de Instrução. Sociedade Brasileira de Instrução. Autorização para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro, unidade das Faculdades

Leia mais

CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO

CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO SEM DISCIPLINAS CH 1º Cultura Brasileira 40 Filosofia da Educação 40 Fundamentos da Educação 40 Iniciação à Pesquisa

Leia mais

Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos

Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE GUARULHENSE DE EDUCAÇÃO ASSUNTO; UF SP Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos RELATOR SR. CONS.

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 20/07/2004 (*) Portaria/MEC nº 2.143, publicada no Diário Oficial da União de 20/07/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E:

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E: RESOLUÇÃO N o 03/90, CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Aprova as Normas para elaboração de Projetos de Cursos de Especialização (Pós-Graduação lato sensu ). O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

Reconhecimento do título de doutor, obtido na Escola de Enfermagem. da Universidade de São Paulo de acordo com o Parecer n 77/69

Reconhecimento do título de doutor, obtido na Escola de Enfermagem. da Universidade de São Paulo de acordo com o Parecer n 77/69 MARIANNA AUGUSTO Reconhecimento do título de doutor, obtido na Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo de acordo com o Parecer n 77/69 do CFE. João Paulo do Valle Mendes A professora Marianna

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 19/2014-CONSUNIV

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 19/2014-CONSUNIV UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 19/2014-CONSUNIV Dispõe da aprovação do Regimento Geral de Pós- Graduação Lato Sensu. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE DO

Leia mais

I RELATÓRIO: 608/2015, de 20/02/2015 PARECER CEE/PE Nº 01/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 26/01/2015

I RELATÓRIO: 608/2015, de 20/02/2015 PARECER CEE/PE Nº 01/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 26/01/2015 INTERESSADO: COLÉGIO DE SÃO JOSÉ RECIFE/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO E DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS, NA MODALIDADE PRESENCIAL RELATOR:

Leia mais

PROJETO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO(Pós-Graduação Lato Sensu) EM FISIOTERAPIA nos termos da Res.12/83. Raulino Tramontin

PROJETO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO(Pós-Graduação Lato Sensu) EM FISIOTERAPIA nos termos da Res.12/83. Raulino Tramontin FACULDADES DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO ABC - SP PROJETO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO(Pós-Graduação Lato Sensu) EM FISIOTERAPIA nos termos da Res.12/83. Raulino Tramontin I - RELATÓRIO O Diretor Geral das Faculdades

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 Aprova a estrutura do currículo pleno do Curso de Administração (ênfase em Gerenciamento Empresarial). O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ECA-784/02,

Leia mais

INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO ASSUNTO:

INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO ASSUNTO: INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO ASSUNTO: Transformação do curso de Estudos Sociais, com habilitações em História e Geografia, licenciaturas plenas, em cursos de Histó ria e Geografia,

Leia mais

Margarida Maria do R.B.P.Leal

Margarida Maria do R.B.P.Leal INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE EDUCAÇÃO ASSUNTO. UF SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Comunicação Social, habilitação em Publicidade e Propaganda, a ser

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS)

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA POR PERÍODO LETIVO (A APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) PRIMEIRO SEMESTRE / 1 O ANO Leitura e Interpretação de Textos 2-40 Matemática

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007 Dispõe sobre a oferta de cursos de pósgraduação lato sensu

Leia mais

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I.

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 23/2008 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, do Centro

Leia mais

Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon.

Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon. ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL CÂNDIDO RONDON Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon. João Paulo do Valle Mendes

Leia mais

CÂMARA CONJUNTA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PROCESSO Nº: E-03/100.480/2002 INTERESSADO: FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ITABORAÍ

CÂMARA CONJUNTA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PROCESSO Nº: E-03/100.480/2002 INTERESSADO: FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ITABORAÍ Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA CONJUNTA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PROCESSO Nº: E-03/100.480/2002 INTERESSADO:

Leia mais

I Seminário Integrador do Curso de Administração

I Seminário Integrador do Curso de Administração I Seminário Integrador do Curso de Administração! Coordenador: Prof.,MSc.,Mário,Mendonça mariomacneto@gmail.com, Vice9Coordenador: Prof.,MSc.,Robson,Materko robsonmaterko@yahoo.com.br, Telefone:,(96),331291763

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Centro Universitário Capital (UNICAPITAL) UF: SP ASSUNTO: Convalidação de estudo e validade nacional de título,

Leia mais

Curso de Pedagogia Portaria de Autorização ME nº 2415, de 14 de Setembro de 2001- Reconhecimento -Portaria ME. 58/2007. INÍCIO-01/08/2006 1º Semestre

Curso de Pedagogia Portaria de Autorização ME nº 2415, de 14 de Setembro de 2001- Reconhecimento -Portaria ME. 58/2007. INÍCIO-01/08/2006 1º Semestre Inciso II Programa de cada curso oferecido e demais componentes curriculares, sua duração, requisitos e critérios de Avaliação: Instituto Educacional do Estado de São Paulo Autorização de Credenciamento:

Leia mais

A instituição pretende oferecer quatro turmas de vinte alunos cada, que funcionarão de segunda à sexta-feira.

A instituição pretende oferecer quatro turmas de vinte alunos cada, que funcionarão de segunda à sexta-feira. INTERESSADO: Centro de Estudos e Pesquisas em Eletrônica Profissional e Informática Ltda CEPEP EMENTA: Reconhece o Curso Técnico em Administração Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios, do Centro de Estudos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA SUPERIOR DE ARAÇATUBA SP

ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA SUPERIOR DE ARAÇATUBA SP INTERESSADO/MANTENEDORA UF ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA SUPERIOR DE ARAÇATUBA SP ASSUNTO: Autorização (Execução do Projeto) do curso de Comunicação Social, habilitação /Publicidade e Propaganda, ministrado pela

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE RIOPRETENSE DE ENSINO SUPERIOR UF SP ASSUNTO Autorização (execução de projeto) para funcionamento do curso de Arquitetura e

Leia mais

Registro como professor de lingua alemã, tendo em vista o Parecer 1155/80 e 472/81,

Registro como professor de lingua alemã, tendo em vista o Parecer 1155/80 e 472/81, lanthe Eichhorst de Mattos Registro como professor de lingua alemã, tendo em vista o Parecer 1155/80 e 472/81, Lafayette Ponde I - RELATÓRIO lanthe Eichhorst de Mattos requereu o registro de seu diploma

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO praça da república, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 fax n 231-1518

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO praça da república, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 fax n 231-1518 CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO praça da república, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 fax n 231-1518 PROCESSO CEE N : 506/93 (reautuado em 16-09-93) INTERESSADA: Faculdade de Direito de Franca ASSUNTO:

Leia mais