PERÍCIA MÉDICA O QUE É?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERÍCIA MÉDICA O QUE É?"

Transcrição

1 PERÍCIA MÉDICA O QUE É? É uma especialidade médica, na qual o perito, após examinar o periciando, emite um parecer técnico conclusivo, sobre a capacidade laborativa do examinado, enquadrando-o em situação prevista em lei

2 TIPOS DE PERÍCIA MÉDICA Previdenciária Estatutária / Administrativa Judicial Securitária

3 PERÍCIA MÉDICA FUNSEMA PERÍCIA PREVIDENCIÁRIA ACIDENTÁRIA

4 INCAPACIDADE LABORATIVA É A IMPOSSIBILIDADE DE DESEMPENHO DAS FUNÇÕES ESPECÍFICAS DE UMA ATIVIDADE (OU OCUPAÇÃO ), EM CONSEQÜÊNCIA DE ALTERAÇÕES PROVOCADAS POR DOENÇA OU ACIDENTE.

5 INCAPACIDADE LABORATIVA TAMBÉM É CONSIDERADO INCAPAZ PARA O EXERCÍCIO DE SUA OCUPAÇÃO OU PROFISSÃO O SEGURADO QUE É PORTADOR DE PATOLOGIA QUE LEVE A: RISCO DE VIDA PARA SI OU PARA TERCEIROS O AGRAVAMENTO EM QUE A PERMANÊNCIA NA ATIVIDADE POSSA ACARRETAR RISCO PALPÁVEL E INDISCUTÍVEL.

6 INVALIDEZ É A INCAPACIDADE LABORATIVA TOTAL, PERMANENTE E MULTIPROFISSIONAL, INSUSCEPTÍVEL DE RECUPERAÇÃO OU REABILITAÇÃO PROFISSIONAL QUE CORRESPONDE À INCAPACIDADE GERAL DE GANHO, EM CONSEQÜÊNCIA DE DOENÇA OU ACIDENTE. NO INSS REVISÃO DE APOSENT. POR INVALIDEZ DE 02/02 ANOS

7 CONSIDERAÇÕES MÉDICO PERICIAIS DOENÇA / INCAPACIDADE /INVALIDEZ INCAPACIDADE / INVALIDEZ INCAPACIDADE - CONDIÇÃO TEMPORÁRIA INVALIDEZ - CONDIÇÃO PERMANENTE RELAÇÃO PATOLOGIA X OCUPAÇÃO O MÉDICO PERITO NO SEU JULGAMENTO DEVE SEMPRE CORRELACIONAR A DOENÇA COM A OCUPAÇÃO EXERCIDA PELO PERICIADO.

8 DOENÇA / INCAPACIDADE /INVALIDEZ A LEGISLAÇÃO NÃO TRATA DE BENEFÍCIOS POR DOENÇA, MAS, SIM POR INCAPACIDADE O SEGURADO PODE ESTAR DOENTE E NÃO ESTAR INCAPACITADO. PODE ESTAR DOENTE E INCAPACITADO E NÃO SER INVÁLIDO. NO ENTANTO, SEMPRE QUE FOR INVÁLIDO, OBRIGATORIAMENTE SERÁ INCAPAZ E PORTADOR DE UMA PATOLOGIA PREVIDENCIÁRIA OU ACIDENTÁRIA

9 INCAPACIDADE LABORATIVA QUANTO AO GRAU: PARCIAL OU TOTAL QUANTO À DURAÇÃO: TEMPORÁRIA OU PERMANENTE QUANTO À PROFISSÃO: UNIPROFISSIONAL, MULTI E OMNIPROFISSIONAL

10 RESPONSABILIDADE A RESPONSABILIDADE DA CONCLUSÃO PERICIAL É SEMPRE DO MÉDICO PERITO, SEJA ELA PELA CONCESSÃO OU PELO INDEFERIMENTO DO PLEITO.

11 DECÁLOGO ÉTICO DO PERITO 1. Evitar conclusões intuitivas e precipitadas. 2. Falar pouco e em tom sério.. 3. Muita modéstia e pouca vaidade. 4. Manter o segredo exigido. 5. Ter autoridade para ser acreditado. 6. Ser livre para agir com isenção. 7. Não aceitar a intromissão de ninguém. 8. Ser honesto e ter vida pessoal correta. 9. Ter coragem para decidir. 10. Ter competência profissional para ser respeitado. Genival Veloso de França

12 Concessão do benefício previdenciário através de perícia médica A decisão é administrativa, sendo gerada a partir de um laudo técnico emitido pelo Médico Perito. O amparo é legal uma vez que a concessão será baseada na legislação pertinente.

13 Lógica de perito A lógica do médico assistencial é completamente diferente da lógica do médico perito

14

15 O Perito e o ato pericial O Perito tem que analisar a capacidade laborativa do periciando em relação a sua ocupação habitual, e não tentar provar que ele esta simulando. LAUDO MÉDICO É a peça legal básica do exame médico pericial, quanto à sua parte técnica.

16 DIFERENÇAS NO EXAME MÉDICO ASSISTENCIAL PERICIAL TRATA DE DOENÇA LIVRE ESCOLHA CONFIANÇA E EMPATIA MELHORA CLÍNICA CULTURA MÉDICA AUFERE SAÚDE JULGA INCAPACIDADE COMPARECIMENTO COMPULSÓRIO DESCONFIANÇA E ANTIPATIA SEM O BENEFÍCIO DO TRATAMENTO / CURA CULTURA MÉDICA E LEGISLAÇÃO AUFERE DINHEIRO

17 O perito nunca agrada a todos! Sempre haverá alguém reclamando do seu trabalho pericial, independente da qualidade do mesmo.

18 Não se desesperem!!!!

19 PERÍCIA MÉDICA O perito não tem que agradar a ninguém! Ele tem que ser justo.

20 SITUAÇÕES ESPECIAIS APOSENTADORIA INTEGRAL INDEPENDENTE DO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO, CONSIDERANDO O SEGURADO INVÁLIDO DEVIDO AO GRAU DE COMPROMETIMENTO FÍSICO E/OU MENTAL TUBERCULOSE ATIVA HANSENÍASE ALIENAÇÃO MENTAL NEOPLASIA MALÍGNA CEGUEIRA PARALISIA IRREVERSÍVEL E INCAPACITANTE CARDIOPATIA GRAVE DOENÇA DE PARKINSON ESPONDITE ANQUILOSANTE NEFROPATIA GRAVE OSTEÍTE DEFORMANTE AIDS CONTAMINAÇÃO POR IRRADIAÇÃO HEPATOPATIA GRAVE

21 SITUAÇÕES ESPECIAIS CEGUEIRA LEGAL EXAME OFTALMOLÓGICO COM ACUIDADE VISUAL DE 0,05 EM AO OU de 0 (ZERO) EM UM OLHO E 0.20 NO MELHOR OLHO APÓS CORREÇÃO SÃO EQUIPARADOS À CEGUEIRA TOTAL

22 SITUAÇÕES ESPECIAIS AIDS: TER O HIV POSITIVO NÃO DA DIREITO A BENEFÍCIO, TEM QUE APRESENTAR QUADRO CLÍNICO INCAPACITANTE.

23 SITUAÇÕES ESPECIAIS TUBERCULOSE ATIVA E HANSENÍASE (PEDIR DECLARAÇÃO DE TRATAMENTO NA UNIDADE SANITÁRIA LOCAL OU CORRESPONDENTE) CARDIOPATIA GRAVE (GRAUS III E IV E EM ALGUMAS SITUAÇÕES DO GRAU II DA NYHA)

24 Perícia Acidentária

25 ACIDENTE DE TRABALHO DEFINIÇÃO É O QUE OCORRE PELO EXERCÍCIO DO TRABALHO À SERVIÇO DA EMPRESA, OU AINDA PELO EXERCÍCIO DO TRABALHO DOS SEGURADOS ESPECIAIS, PROVOCANDO LESÃO CORPORAL OU PERTURBAÇÃO FUNCIONAL QUE CAUSE A MORTE OU REDUÇÃO PARA O TRABALHO TEMPORÁRIA OU PERMANENTEMENTE

26 Acidente de Trabalho CLASSIFICAÇÃO DOS ACIDENTES DE TRABALHO TIPO OU TÍPICO DE TRAJETO A SERVIÇO DA INSTITUIÇÃO EQUIPARADOS (DOENÇAS OCUPACIONAIS) IMPORTANTE : TODO ACIDENTE DE TRABALHO DEVE SER COMUNICADO, INDEPENDENTE DE SUA GRAVIDADE

27 ACIDENTE DE TRABALHO NÃO É CONSIDERADO ACIDENTE DE TRABALHO A DOENÇA DEGENERATIVA A DOENÇA INERENTE À GRUPO ETÁRIO QUE NÃO PRODUZA INCAPACIDADE LABORATIVA A DOENÇA ENDÊMICA ADQUIRIDA POR SEGURADO HABITANTE DE REGIÃO EM QUE ELA SE DESENVOLVA, SALVO COMPROVAÇÃO QUE RESULTOU DE EXPOSIÇÃO OU CONTATO DIRETO, DETERMINADO PELA NATUREZA DO TRABALHO

28 Caracterização do Acidente de Trabalho Tecnicamente: através da perícia médica, que deverá estabelecer nexo de causa e efeito entre: A) O ACIDENTE E A LESÃO B) A DOENÇA E O TRABALHO C) A CAUSA MORTIS E O ACIDENTE OU A DOENÇA OCUPACIONAL

29 ESTABELECIMENTO DO NEXO TRABALHO /ACIDENTE OBSERVAR NO: ACIDENTE DE TRAJETO: SE O LOCAL DO ACIDENTE ESTÁ DENTRO OU FORA DO PERCURSO ENTRE A RESIDÊNCIA DO SERVIDOR E SEU TRABALHO SE HOUVE INTERRUPÇÃO OU ALTERAÇÃO DO PERCURSO POR MOTIVO ALHEIO AO TRABALHO SE O HORÁRIO DO ACIDENTE É COERENTE OU COMPATÍVEL ENTRE A ENTRADA E SAIDA DO TRABALHO

30 DEFENDER DIREITOS

Benefício auxílio-doença: antigo e novo modelo de concessão. João Silvestre da Silva-Júnior twitter.com/joaosilvestrejr

Benefício auxílio-doença: antigo e novo modelo de concessão. João Silvestre da Silva-Júnior twitter.com/joaosilvestrejr Benefício auxílio-doença: antigo e novo modelo de concessão João Silvestre da Silva-Júnior joaossj@gmail.com twitter.com/joaosilvestrejr O que é esperado em um relatório do médico do trabalho quando trabalhador

Leia mais

CENTRAL DE PERÍCIAS/GAJEF PERÍCIA MÉDICA

CENTRAL DE PERÍCIAS/GAJEF PERÍCIA MÉDICA CENTRAL DE PERÍCIAS/GAJEF PROCESSO Nº: AUTOR (A): ENDEREÇO: IDENTIDADE: CPF: TELEFONE: PERÍCIA MÉDICA ACOMPANHANTES/PARENTESCO: MÉDICO PERITO/CRM: MÉDICO ASSISTENTE INSS/CRM: QUESITOS JUÍZO: 1 O periciando

Leia mais

XVII Congresso Brasileiro de Perícia Médica

XVII Congresso Brasileiro de Perícia Médica XVII Congresso Brasileiro de Perícia Médica Benefícios por Incapacidade Auxílio Doença e Aposentadoria por Invalidez Prof. H. Gustavo Alves Advogado, Mestre e Doutorando em Dir. Previdenciário PUC/SP,

Leia mais

Dr. Jorge Abissamra Filho

Dr. Jorge Abissamra Filho Dr. Jorge Abissamra Filho Titulo de Clinica Medica pela Sociedade Brasileira de Clinica Medica Oncologista Clinico membro titular da Sociedade Brasileira de Oncologia Clinica Especializacao em tumores

Leia mais

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS APOSENTADORIA Os servidores serão aposentados e terão os seus proventos calculados e revistos, na forma prevista na Constituição Federal, observadas as normas gerais de previdência estabelecidas em lei

Leia mais

Informativo 17/2015. PUBLICADA LEI QUE PROMOVE ALTERAÇÕES NOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Lei nº , de 17 de junho de DOU de

Informativo 17/2015. PUBLICADA LEI QUE PROMOVE ALTERAÇÕES NOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Lei nº , de 17 de junho de DOU de Data do boletim informativo Volume 1, Edição 1 Informativo 17/2015 PUBLICADA LEI QUE PROMOVE ALTERAÇÕES NOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Lei nº 13.135, de 17 de junho de 2015 - DOU de 18.06.2015 Através

Leia mais

REGRAS DE APOSENTADORIA

REGRAS DE APOSENTADORIA REGRAS DE APOSENTADORIA REGRAS PERMANENTES São aplicadas aos servidores públicos, segundo os requisitos elencados no Art. 40, 1, I, II, III alíneas a e b da CF/88. São essas as seguintes hipóteses: Aposentadoria

Leia mais

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador ROBERTO REQUIÃO

PARECER Nº, DE RELATOR: Senador ROBERTO REQUIÃO PARECER Nº, DE 2012 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 287 Complementar, de 2010, do Senador Arthur Virgílio, que dispõe sobre a concessão de aposentadoria por invalidez

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 14ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 14ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 1ª Composição Adjunta da 14ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.521410/2015-26 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA

Leia mais

CONSELHO FEDRAL DE MEDICINA. Nota Técnica de Expediente nº 50/2007, do SEJUR.

CONSELHO FEDRAL DE MEDICINA. Nota Técnica de Expediente nº 50/2007, do SEJUR. CONSELHO FEDRAL DE MEDICINA Expediente CFM nº 8204/2007. EMENTA: DESOBRIGAÇÃO DE PAGAMENTOS DAS ANUIDADES DEVIDAS AOS CONSELHOS REGIONAIS DE MEDICINA EM VIRTUDE DE DOENÇAS GRAVES. Nota Técnica de Expediente

Leia mais

Cartilha Moléstia Grave e isenção de IR

Cartilha Moléstia Grave e isenção de IR Cartilha Moléstia Grave e isenção de IR Moléstia Grave Será considerado portador de moléstia grave aquele(a) que for diagnosticado(a) com, e somente com, as seguintes enfermidades: a) tuberculose ativa;

Leia mais

c) Acidentes de Trabalho ou Doenças relacionadas ao Trabalho

c) Acidentes de Trabalho ou Doenças relacionadas ao Trabalho PROVAS ANAMT 2014 No âmbito da Previdência Social, entende-se como Benefícios Acidentários o recebimento por parte do segurado de pagamentos decorrentes da incapacidade para o trabalho causadas por lesões

Leia mais

Rioprevidência com Você SEAERJ. Coordenadoria de Aposentadoria

Rioprevidência com Você SEAERJ. Coordenadoria de Aposentadoria Rioprevidência com Você SEAERJ Coordenadoria de Aposentadoria Levar aos servidores do Estado do Rio de Janeiro a Educação Previdenciária, ampliando os conhecimentos dos seus direitos e deveres como servidor

Leia mais

2) Como localizar o Comprovante de Rendimentos? Para localizar o Comprovante de Rendimentos o servidor deve proceder da seguinte forma:

2) Como localizar o Comprovante de Rendimentos? Para localizar o Comprovante de Rendimentos o servidor deve proceder da seguinte forma: Comprovante de Rendimentos Perguntas Frequentes 1) O que é Comprovante de Rendimentos? Comprovante de Rendimentos é um documento disponibilizado ao servidor pela Secretaria de Estado da Administração contendo

Leia mais

NOVA ABORDAGEM PÓS ALTA DO PERITO DO INSS AOS FUNCIONÁRIOS DAS EMPRESAS. Dr. Jarbas Simas

NOVA ABORDAGEM PÓS ALTA DO PERITO DO INSS AOS FUNCIONÁRIOS DAS EMPRESAS. Dr. Jarbas Simas NOVA ABORDAGEM PÓS ALTA DO PERITO DO INSS AOS FUNCIONÁRIOS DAS EMPRESAS Dr. Jarbas Simas Seminário Nacional Unimed de Saúde Ocupacional e Acidente do Trabalho 2009 NOVA ABORDAGEM PÓS ALTA DO PERITO DO

Leia mais

Diário Oficial da União - Seção 1 - págs. 1 a 3-18/06/15

Diário Oficial da União - Seção 1 - págs. 1 a 3-18/06/15 Diário Oficial da União - Seção 1 - págs. 1 a 3-18/06/15 Atos do Poder Legislativo LEI Nº 13.135, DE 17 DE JUNHO DE 2015 Altera as Leis nº 8.213, de 24 de julho de 1991, nº 10.876, de 2 de junho de 2004,

Leia mais

30/06/2017. Professor Marcos Girão DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

30/06/2017. Professor Marcos Girão DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Professor Marcos Girão DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1 Art. 1º O Estatuto do Servidor Público é a norma legal regulamentadora da situação funcional de servidores públicos, podendo ser considerado como o conjunto

Leia mais

Benefícios Previdenciários

Benefícios Previdenciários Benefícios Previdenciários Regras Gerais Carência Tempo de Contribuição Ex.: A efetua no mês de novembro 20 contribuições em atraso contará com 20 meses de contribuição, mas 1 mês de carência conta mês

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 389, DE

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 389, DE SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 389, DE 2012 Altera a Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, que dispõe sobre a organização da Assistência Social e dá outras providências, para conceder benefício

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011 Altera a Lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990, que dispõe sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, e dá outras providências, e a Lei nº 8.213, de 24 de julho de

Leia mais

A perda da qualidade de segurado não será considerada para a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição.

A perda da qualidade de segurado não será considerada para a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição. Aposentadoria por tempo de contribuição: Pode ser integral ou proporcional. Para ter direito à aposentadoria integral, o trabalhador homem deve comprovar pelo menos 35 anos de contribuição e a trabalhadora

Leia mais

Acidente do Trabalho. Prof.ª Rosana Abbud

Acidente do Trabalho. Prof.ª Rosana Abbud Acidente do Trabalho Prof.ª Rosana Abbud Conceito de Acidente No dicionário, acidente é o acontecimento imprevisto, casual ou não, ou então - acontecimento infeliz que resulta em ferimento, dano, estrago,

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO FOCO: PROVA DE TITULO DE ESPECIALIZAÇÃO LEGISLAÇÃO PREVIDENCIARIA

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO FOCO: PROVA DE TITULO DE ESPECIALIZAÇÃO LEGISLAÇÃO PREVIDENCIARIA CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO FOCO: PROVA DE TITULO DE ESPECIALIZAÇÃO LEGISLAÇÃO PREVIDENCIARIA REVISÃO DAS PROVAS ANAMT -EDITAL Brasil. Lei Federal nº 8.213, de 24 de julho de 1991 - Dispõe

Leia mais

AQUASEG CURSO DE CAPACITAÇÃO

AQUASEG CURSO DE CAPACITAÇÃO AQUASEG CURSO DE CAPACITAÇÃO Agência de Florianópolis Endereço: Rua Felipe Schmidt, nº 331 Centro; Telefone: 135; http://inss.gov.br/ DIREITOS DO PESCADOR ARTESANAL: Auxílio-doença; Auxílio-acidentário;

Leia mais

INSS Outros Procedimentos de Perícia Médica

INSS Outros Procedimentos de Perícia Médica Treinamento Presencial dos Peritos Médicos da Previdência Social INSS Outros Procedimentos de Perícia Médica Prorrogação do Salário Maternidade O salário-maternidade é devido à segurada da previdência

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 08/2016

PROJETO DE LEI Nº 08/2016 PROJETO DE LEI Nº 08/2016 CONCEDE ISENÇÃO DO IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO (IPTU), SOBRE IMÓVEL INTEGRANTE DO PATRIMÔNIO DE PORTADORES DE DOENÇAS CONSIDERADAS GRAVES, ELENCADAS NESTA LEI, OU QUE

Leia mais

Assistência Técnica em Perícias Médicas EDUARDO ALFAMA REVERBEL MÉDICO DO TRABALHO

Assistência Técnica em Perícias Médicas EDUARDO ALFAMA REVERBEL MÉDICO DO TRABALHO Assistência Técnica em Perícias Médicas EDUARDO ALFAMA REVERBEL MÉDICO DO TRABALHO PERÍCIAS MÉDICAS ADMINISTRATIVAS É possível a nomeação de assistente técnico em perícias médicas administrativas previdenciárias.

Leia mais

Sabemos que existem 3 regimes: a) RGPS Social. Regime Geral de Previdência. b) Regimes Próprios. c) Regime de Previdência Complementar.

Sabemos que existem 3 regimes: a) RGPS Social. Regime Geral de Previdência. b) Regimes Próprios. c) Regime de Previdência Complementar. 1 Sabemos que existem 3 regimes: a) RGPS Social Regime Geral de Previdência b) Regimes Próprios c) Regime de Previdência Complementar. 2 Regimes Próprios Servidores Públicos Vamos informar só a regra geral

Leia mais

Benefícios Acidentários e Aposentadorias Especiais custeados pelo Seguro contra Acidentes de Trabalho.

Benefícios Acidentários e Aposentadorias Especiais custeados pelo Seguro contra Acidentes de Trabalho. Benefícios Acidentários e Aposentadorias Especiais custeados pelo Seguro contra Acidentes de Trabalho. Legislação previdenciária Acidente de trabalho Lista aberta de doenças Ratificação da concausalidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS DIVISÃO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA.

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS DIVISÃO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA. UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS DIVISÃO DE SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA Licença Médica Breve Informativo Belém-PA 2011 ELABORAÇÃO: Selma Silveira

Leia mais

Lei e MP Novas Regras para Previdência Social

Lei e MP Novas Regras para Previdência Social Lei 13.135 e MP 676 - Novas Regras para Previdência Social LEI N. 13.135, DE 17 DE JUNHO DE 2015 Altera as Leis nº 8.213, de 24 de julho de 1991, nº 10.876, de 2 de junho de 2004, nº 8.112, de 11 de dezembro

Leia mais

PROGRAMA AUXÍLIO MORADIA OBSERVAÇÕES:

PROGRAMA AUXÍLIO MORADIA OBSERVAÇÕES: PROGRAMA AUXÍLIO MORADIA OBSERVAÇÕES: 1. A documentação incompleta e/ou preenchimento indevido desse formulário estará sujeito ao INDEFERIMENTO DA INSCRIÇÃO; 2. As informações prestadas no formulário,

Leia mais

MÓDULO BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS 7.4 AUXÍLIO-DOENÇA

MÓDULO BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS 7.4 AUXÍLIO-DOENÇA MÓDULO 7 BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS 7.4 AUXÍLIO-DOENÇA DEPARTAMENTO DE PESSOAL MANUAL DE PROCEDIMENTOS SUMÁRIO ASSUNTO PÁGINA 7.4. AUXÍLIO-DOENÇA... 3 7.4.1. INTRODUÇÃO... 3 7.4.2. AUXÍLIO-DOENÇA... 3

Leia mais

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal Aposentadoria Passagem do servidor da atividade para a inatividade, com proventos integrais ou proporcionais ao tempo de contribuição, observadas as regras específicas para cada situação. Pode ser concedida

Leia mais

ACIDENTE DO TRABALHO ARTIGOS 19 a 23 DA LEI 8213/91 Prof. Anderson Castelucio Art. 19. Acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 1

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 1 FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Saúde Ocupacional AULA 1 Competências a serem trabalhadas nesta aula Aplicar legislação brasileira e Norma Regulamentadora NR-7, específicas à Saúde

Leia mais

Isenção. Isenção. Prova de Inexistência de Débito (art. 257) Prova de Inexistência de Débito (art. 257)

Isenção. Isenção. Prova de Inexistência de Débito (art. 257) Prova de Inexistência de Débito (art. 257) Isenção São isentas de contribuição para a seguridade social as entidades beneficentes de assistência social que atendam às exigências estabelecidas em lei (art. 195, 7º, CF) Fica isenta das contribuições

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 80, DE 2010

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 80, DE 2010 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 80, DE 2010 O CONGRESSO NACIONAL decreta: Altera a Lei nº 7.713, de 22 de dezembro de 1988, para incluir entre os rendimentos isentos do imposto de renda, a remuneração

Leia mais

RELATÓRIO. 3. Não foram apresentadas contrarrazões. 4. É o que havia de relevante para relatar. VOTO

RELATÓRIO. 3. Não foram apresentadas contrarrazões. 4. É o que havia de relevante para relatar. VOTO PROCESSO Nº: 0800286-13.2014.4.05.8201 - APELAÇÃO APELANTE: VICENTE SEBASTIAO DE LIMA ADVOGADO: MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA APELADO: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RELATOR(A): DESEMBARGADOR(A)

Leia mais

61,6 milhões cobertos (59,6%)

61,6 milhões cobertos (59,6%) Previdência Social Brasil - 2013 População Residente: 201,4 milhões (2016 205,9) Urbana: 170,7 milhões Rural: 30,7 milhões População Economicamente Ativa - PEA: 103,4 milhões População Desocupada: 6,7

Leia mais

A data de início do auxílio-doença é a data de emissão fixada no atestado pelo médico assistente e homologado pelo Órgão Médico Oficial do Estado.

A data de início do auxílio-doença é a data de emissão fixada no atestado pelo médico assistente e homologado pelo Órgão Médico Oficial do Estado. AUXÍLIO-DOENÇA Conceito O auxílio-doença é um benefício concedido ao segurado do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) que esteja incapacitado temporariamente para o trabalho por motivo de doença ou

Leia mais

ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA É IRREVERSÍVEL E INCAPACITANTE

ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA É IRREVERSÍVEL E INCAPACITANTE ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA É IRREVERSÍVEL E INCAPACITANTE AMYOTROPHIC LATERAL SCLEROSIS IS IRREVERSIBLE AND DISABLING *Conselheiro relator do Conselho Federal de Medicina Hideraldo Luis Souza Cabeça

Leia mais

Benefícios por Incapacidade do RGPS e o Novo Cenário Jurídico

Benefícios por Incapacidade do RGPS e o Novo Cenário Jurídico Benefícios por Incapacidade do RGPS e o Novo Cenário Jurídico 1 Revisão: Benefícios Por Incapacidade: * Medida Provisória 739 permite a execução das revisões e, agora, os segurados poderão ser convocados

Leia mais

ANÁLISE DA DIFERENCIAÇÃO DE PROVENTOS AOS SERVIDORES APOSENTADOS POR DOENÇAS ESPECIFICADAS EM LEI.

ANÁLISE DA DIFERENCIAÇÃO DE PROVENTOS AOS SERVIDORES APOSENTADOS POR DOENÇAS ESPECIFICADAS EM LEI. ANÁLISE DA DIFERENCIAÇÃO DE PROVENTOS AOS SERVIDORES APOSENTADOS POR DOENÇAS ESPECIFICADAS EM LEI. Dalton Coutinho Queiroz¹, Marcelo Antonio Correia Peixoto², Maria José Mendes Pinto³ Jussara Nogueira

Leia mais

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DE ACIDENTES DE TRABALHO 2014 PRINCIPAIS RESULTADOS

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DE ACIDENTES DE TRABALHO 2014 PRINCIPAIS RESULTADOS ANUÁRIO ESTATÍSTICO DE ACIDENTES DE TRABALHO 2014 PRINCIPAIS RESULTADOS Brasília, abril de 2016 SPPS Secretaria de Políticas de Previdência Social 1 ESTATÍSTICAS DE ACIDENTES DO TRABALHO 2 ACIDENTE DO

Leia mais

Nexo entre Doença e Trabalho

Nexo entre Doença e Trabalho Nexo entre Doença e Trabalho Edriene Barros Teixeira Perita judicial Médica do Trabalho Mestre em Saúde Ambiente e Trabalho pela UFBA Perita Médica no INSS Em sentido amplo, PERICIA MÉDICA é todo e qualquer

Leia mais

Questões assunto 2. 1) (ANAMT, 06/2008) Em relação ao Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário, é correto afirmar:

Questões assunto 2. 1) (ANAMT, 06/2008) Em relação ao Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário, é correto afirmar: Questões assunto 2 1) (ANAMT, 06/2008) Em relação ao Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário, é correto afirmar: a) É aplicada apenas aos trabalhadores vítima de Acidente de Trabalho que tiveram a CAT

Leia mais

Súmula: ALTERA OS DISPOSITIVOS QUE ESPECIFICA, DA LEI Nº 6.174, DE 16 DE NOVEMBRO DE

Súmula: ALTERA OS DISPOSITIVOS QUE ESPECIFICA, DA LEI Nº 6.174, DE 16 DE NOVEMBRO DE Insalubridade Súmula: ALTERA OS DISPOSITIVOS QUE ESPECIFICA, DA LEI Nº 6.174, DE 16 DE NOVEMBRO DE 1970.... A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei: Art. 1º.

Leia mais

ENCONTRO DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO SINDIPOL/ES QUADRÎENIO 2015/2019 JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS

ENCONTRO DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO SINDIPOL/ES QUADRÎENIO 2015/2019 JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS ENCONTRO DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO QUADRÎENIO 2015/2019 JUNTOS SOMOS FORTES, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS CONTINGENCIAMENTO Processo: 0003678-55.2000.8.08.0024 (024.00.003678-0) Contingenciamento: promoção

Leia mais

Cons. César Henrique Bastos Khoury CRMMG

Cons. César Henrique Bastos Khoury CRMMG Cons. César Henrique Bastos Khoury CRMMG Curso de Ética - CRMMG - Belo Horizonte - 10/11/2016 ETIMOLOGIA Latim: PERITIA Experiência, saber, habilidade. Conhecimento especializado CONCEITO Toda e qualquer

Leia mais

COMUNICADO PARA A DIRETORIA DA ASPAS 26/SETEMBRO/2016

COMUNICADO PARA A DIRETORIA DA ASPAS 26/SETEMBRO/2016 COMUNICADO PARA A DIRETORIA DA ASPAS 26/SETEMBRO/2016 ACRÉSCIMO DE 25% AO VALOR DA APOSENTADORIA EM CASO DE INVALIDEZ EM QUE O APOSENTADO PRECISE DE AJUDA DE ASSISTÊNCIA PERMANENTE. A Previdência Social

Leia mais

PROJETO DE LEI. Altera o valor do auxílio-invalidez devido aos militares das Forças Armadas na inatividade remunerada. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

PROJETO DE LEI. Altera o valor do auxílio-invalidez devido aos militares das Forças Armadas na inatividade remunerada. O CONGRESSO NACIONAL decreta: PROJETO DE LEI Altera o valor do auxílio-invalidez devido aos militares das Forças Armadas na inatividade remunerada. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1 o O auxílio-invalidez, de que trata a Medida Provisória

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 749/2009/COGES/DENOP/SRH/MP. Assunto: Aposentadoria por invalidez, integralização dos proventos de aposentadoria.

NOTA TÉCNICA Nº 749/2009/COGES/DENOP/SRH/MP. Assunto: Aposentadoria por invalidez, integralização dos proventos de aposentadoria. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Recursos Humanos Departamento de Normas e Procedimentos Judiciais Coordenação-Geral de Elaboração, Sistematização e Elaboração das Normas NOTA

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio doença previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Estadual.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio doença previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Estadual. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio doença previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Estadual. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA

CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA Esta cartilha tem a finalidade de esclarecer as formas e os requisitos da aposentadoria para os servidores do Ministério da Saúde. Agosto/2016 CARO LEITOR, Esta cartilha

Leia mais

REITORIA PORTARIA UNESP Nº 33, DE 29 DE JANEIRO DE 2010

REITORIA PORTARIA UNESP Nº 33, DE 29 DE JANEIRO DE 2010 PORTARIA UNESP Nº 33, DE 29 DE JANEIRO DE 2010 Dispõe sobre a aplicação do Vale Trans Individual. O REITOR DA JULIO DE MESQUITA FILHO, no uso de suas atribuições legais conferidas pelo inciso III do artigo

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 246, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 246, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 246, DE 2014 Modifica a Lei nº 7.713, de 22 de dezembro de 1988, que altera a legislação do imposto de renda e dá outras providências; a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO E INTEGRAÇÃO ESTUDANTIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO E INTEGRAÇÃO ESTUDANTIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ASSUNSTOS ESTUDANTIS COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO E INTEGRAÇÃO ESTUDANTIL Cole a Foto 3x4 Favor imprimir este formulário em frente e verso É obrigatório o preenchimento

Leia mais

DOENÇAS ESPECIFICADAS EM LEI: REVISÃO DA LEGISLAÇÃO E APRESENTAÇÃO DA CASUÍSTICA DO SERVIÇO DE PERÍCIA MÉDICA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE DE SÃO PAULO

DOENÇAS ESPECIFICADAS EM LEI: REVISÃO DA LEGISLAÇÃO E APRESENTAÇÃO DA CASUÍSTICA DO SERVIÇO DE PERÍCIA MÉDICA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE DE SÃO PAULO DOENÇAS ESPECIFICADAS EM LEI: REVISÃO DA LEGISLAÇÃO E APRESENTAÇÃO DA CASUÍSTICA DO SERVIÇO DE PERÍCIA MÉDICA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE DE SÃO PAULO Almeida, Newton Mendes de Acadêmico do Curso de Especialização

Leia mais

ISENÇÃO DE IMPOSTOS DEFICIENTES FÍSICOS OU PESSOAS COM DOENÇAS GRAVES

ISENÇÃO DE IMPOSTOS DEFICIENTES FÍSICOS OU PESSOAS COM DOENÇAS GRAVES ISENÇÃO DE IMPOSTOS DEFICIENTES FÍSICOS OU PESSOAS COM DOENÇAS GRAVES Em nosso país existem muitas garantias de direitos hoje em dia, mas os cidadãos não exigem esses direitos. Isto ocorre, na maioria

Leia mais

CONSULTA Nº /05

CONSULTA Nº /05 1 CONSULTA Nº 53.405/05 Assunto: Responsabilidade quanto ao preenchimento da CAT em instituições que prestam serviços de urgência/emergência ao acidentado. Relator: Conselheiro Renato Françoso Filho. Ementa:

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO

DIREITO PREVIDENCIÁRIO DIREITO PREVIDENCIÁRIO Benefícios Incapacitantes Auxílio-doença, Auxílio-acidente e Aposentadoria por Invalidez Índice Auxílio-doença Auxílio-acidente Aposentadoria por Invalidez 3 4 6 Autor Benny Willian

Leia mais

1 Seminário REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA

1 Seminário REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA 1 Seminário REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA P. Alegre out/2006 SISTEMA DE SEGURIDADE SOCIAL SEGURO SOCIAL ASSISTÊNCIA SOCIAL ASSISTÊNCIA MÉDICA SEGURO (Previdência) SOCIAL Sistema de proteção social que

Leia mais

Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo

Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo APOSENTADORIA Aposentar-se é uma mudança radical na vida do trabalhador e é essencial se

Leia mais

PERÍCIA BIOPSICOSSOCIAL OU COMPLEXA

PERÍCIA BIOPSICOSSOCIAL OU COMPLEXA PERÍCIA BIOPSICOSSOCIAL OU COMPLEXA Orientação Wladimir Novaes Martinez Coordenação Dirce Namie Kosugi Coautores Alexsandro Menezes Farineli Claudio José Vistue Rios Dirce Namie Kosugi Ivani Contini Bramante

Leia mais

II Congresso Paulista de Medicina Legal e Perícias Médicas

II Congresso Paulista de Medicina Legal e Perícias Médicas II Congresso Paulista de Medicina Legal e Perícias Médicas CURSO I Francisco Cortes Fernandes Duração: 196 minutos PERÍCIA MÉDICA EM ORTOPEDIA Duração: 45 minutos PERÍCIAS ORTOPÉDICAS MEMBROS SUPERIORES

Leia mais

A FCC inovou na forma de cobrança nas questões e fez uma prova horrível.

A FCC inovou na forma de cobrança nas questões e fez uma prova horrível. Olá concurseiros. A FCC inovou na forma de cobrança nas questões e fez uma prova horrível. Das 4 (quatro) questões há 3 (três) mal formuladas, com informações imprecisas e incompletas, levando o candidato

Leia mais

AUXÍLIO-DOENÇA: NOVOS PARADIGMAS PARA A CONVERSÃO DO BENEFÍCIO EM APOSENTADORIA POR INVALIDEZ

AUXÍLIO-DOENÇA: NOVOS PARADIGMAS PARA A CONVERSÃO DO BENEFÍCIO EM APOSENTADORIA POR INVALIDEZ AUXÍLIO-DOENÇA: NOVOS PARADIGMAS PARA A CONVERSÃO DO BENEFÍCIO EM APOSENTADORIA POR INVALIDEZ Jonathan Wesley TELES 1 Francisco José Dias GOMES 2 RESUMO: Este trabalho tem como objetivo analisar o benefício

Leia mais

Atualização da 5ª edição do Resumo de Direito Previdenciário Hugo Goes

Atualização da 5ª edição do Resumo de Direito Previdenciário Hugo Goes Atualização da 5ª edição do Resumo de Direito Previdenciário Hugo Goes Orientações : Para realizar as alterações, usaremos o seguinte método: 1. Os textos que serão EXCLUÍDOS estão realçados em vermelho.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 6 09/01/2015 11:04 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDIDA PROVISÓRIA Nº 664, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2014. Exposição de motivos Vigência Altera as Leis n o 8.213,

Leia mais

XVI Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional. Anderson de Souza Araujo. 02 de dezembro de 2011

XVI Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional. Anderson de Souza Araujo. 02 de dezembro de 2011 XVI Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Anderson de Souza Araujo 02 de dezembro de 2011 1 Lei 8213/91 Lei 11430/2006, que alterou a Lei 8213/91; Lei 9784/99 Decreto 3048/99 (Regulamento da Previdência

Leia mais

AÇÃO nº AUTORA: MIRIELY FERREIRA RÉU: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL CLASSIFICAÇÃO DA SENTENÇA: TIPO A S E N T E N Ç A

AÇÃO nº AUTORA: MIRIELY FERREIRA RÉU: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL CLASSIFICAÇÃO DA SENTENÇA: TIPO A S E N T E N Ç A AÇÃO nº 2008.70.59.000660-6 AUTORA: MIRIELY FERREIRA RÉU: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL CLASSIFICAÇÃO DA SENTENÇA: TIPO A S E N T E N Ç A Dispensado o relatório pelo art. 38 da Lei nº 9.099/95, c/c

Leia mais

e o HIV legislação brasileira

e o HIV legislação brasileira legislação brasileira e o HIV O UNAIDS Brasil informa que, apesar de seu esforço contínuo para garantir que estas informações estejam corretas e atuais, podem haver mudanças e alterações na legislação

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITIQUIRA

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITIQUIRA Decreto nº 041, DE 8 DE AGOSTO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DA JUNTA MÉDICA OFICIAL DO MUNICÍPIO DE ITIQUIRA, ESTABELECE REGRAMENTOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de Itiquira, Estado

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Bortolini Advogados Associados Assessoria Jurídica da ATENS/UFSM Seção Sindical Giovani Bortolini

REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Bortolini Advogados Associados Assessoria Jurídica da ATENS/UFSM Seção Sindical Giovani Bortolini REFORMA DA PREVIDÊNCIA Bortolini Advogados Associados Assessoria Jurídica da ATENS/UFSM Seção Sindical Giovani Bortolini 1 PEC 287/2016 Altera os artigos 37, 40, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição,

Leia mais

APOSENTADORIA POR INVALIDEZ DE SERVIDORES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ NO PERÍODO DE 2007 A 2012.

APOSENTADORIA POR INVALIDEZ DE SERVIDORES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ NO PERÍODO DE 2007 A 2012. APOSENTADORIA POR INVALIDEZ DE SERVIDORES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ NO PERÍODO DE 2007 A 2012. Sandra Maria Eugênio de Sousa Lima ¹, Helyett da Fonseca Maia Rôla ², Ana Elisa Alencar Silva ³ 1,2

Leia mais

"V Curso de Atualização em Medicina do Trabalho com foco na Prova de Título da ANAMT"

V Curso de Atualização em Medicina do Trabalho com foco na Prova de Título da ANAMT "V Curso de Atualização em Medicina do Trabalho com foco na Prova de Título da ANAMT" Direto Previdenciário: Interface Médica Junho/2016 www.alessandretramontim.com.br Art. 4º A previdência social rege-se

Leia mais

O que vem mudando na interação entre o médico do trabalho e a medicina assistencial

O que vem mudando na interação entre o médico do trabalho e a medicina assistencial O que vem mudando na interação entre o médico do trabalho e a medicina assistencial Soraia Soares da Silva 22ª. JORNADA DA AMIMT ANTES DO NTEP... ENCAMINHAMENTOS AO ASSISTENTE RECEBIMENTO DE ATESTADOS

Leia mais

MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Atualização da 9ª para a 10ª edição Hugo Goes

MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Atualização da 9ª para a 10ª edição Hugo Goes MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Atualização da 9ª para a 10ª edição Hugo Goes Orientações : Para realizar as alterações, usaremos o seguinte método: 1. Os textos que serão EXCLUÍDOS estão tachados e realçados

Leia mais

P á g i n a 2 13 SUMÁRIO

P á g i n a 2 13 SUMÁRIO P á g i n a 2 13 SUMÁRIO Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CADASTRO DE ACIDENTE DE TRABALHO CAT/SP... 5 3. ACIDENTE RELACIONADO AO TRABALHO... 7 4. AVALIAÇÃO MÉDICA... 9 5. PROCEDIMENTOS... 10 6. DECLARAÇÃO...

Leia mais

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 064/2015

DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA BOLETIM 064/2015 DEPARTAMENTO JURÍDICO TRABALHISTA ADM 165/2015-13/07/2015 BOLETIM 064/2015 Estabelecidas as regras a serem adotadas pela perícia médica na inspeção no ambiente de trabalho dos segurados Por meio da norma

Leia mais

RENOVAÇÃO AUXÍLIO-CRECHE DOCUMENTAÇÃO A SER ENTREGUE:

RENOVAÇÃO AUXÍLIO-CRECHE DOCUMENTAÇÃO A SER ENTREGUE: RENOVAÇÃO AUXÍLIO-CRECHE DOCUMENTAÇÃO A SER ENTREGUE: FORMULÁRIO DE RENOVAÇÃO DEVIDAMENTE PREENCHIDO; HISTÓRICO ACADÊMICO ATUALIZADO; DOCUMENTAÇÃO CIVIL: a) Fotocópia da certidão de casamento dos pais

Leia mais

REITORIA PORTARIA UNESP Nº 32, DE 29 DE JANEIRO DE 2010

REITORIA PORTARIA UNESP Nº 32, DE 29 DE JANEIRO DE 2010 PORTARIA UNESP Nº 32, DE 29 DE JANEIRO DE 2010 Regulamenta a aplicação do Programa de Vale-Transporte, instituído pela Resolução UNESP nº 53/88. O REITOR DA JULIO DE MESQUITA FILHO, no uso de suas atribuições

Leia mais

DICAS DE NOVEMBRO / 2014

DICAS DE NOVEMBRO / 2014 DICAS DE NOVEMBRO / 2014 DICA 01 O segurado especial é o único segurado da previdência social que poderá ter sua inscrição feita após sua morte. DICA 02 O benefício de prestação continuada da Assistência

Leia mais

FICHA SOCIAL: INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO. Abaixo estão as orientações necessárias ao preenchimento da Ficha Social, documento

FICHA SOCIAL: INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO. Abaixo estão as orientações necessárias ao preenchimento da Ficha Social, documento FICHA SOCIAL: INSTRUÇÃO DE PREENCHIMENTO Abaixo estão as orientações necessárias ao preenchimento da Ficha Social, documento que OBRIGATORIAMENTE deverá ser entregue no ato da matrícula. Os dados solicitados

Leia mais

O médico pode ser perito do seu paciente?

O médico pode ser perito do seu paciente? O médico pode ser perito do seu paciente? Resolução 1635/02 CFM CONSIDERANDO que a perícia médico-legal é um ato médico, e como tal deve ser realizada, observando-se os princípios éticos contidos no Código

Leia mais

XVIII Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Dias 30 de abril, 01 e 02 de maio de 2015 Blumenau Santa Catarina - Brasil

XVIII Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Dias 30 de abril, 01 e 02 de maio de 2015 Blumenau Santa Catarina - Brasil XVIII Jornada Catarinense de Saúde Ocupacional Dias 30 de abril, 01 e 02 de maio de 2015 Blumenau Santa Catarina - Brasil TEMA: Aspectos éticos, técnicos e legais dos atestados médicos e sua validação

Leia mais

Contestação e Recurso: NTEP e FAP

Contestação e Recurso: NTEP e FAP Contestação e Recurso: NTEP e FAP Bruno Gil de Carvalho Lima Instituto Nacional do Seguro Social Instituto Médico-Legal Nina Rodrigues Câmara Técnica de Perícia Médica do CRM-BA 1 Análise Pericial Conclusão

Leia mais

ELABORAÇÃO DO FAP PARA UNIDADES DE UMA CORPORAÇÃO: INDICADOR DE DESEMPENHO EM SST.

ELABORAÇÃO DO FAP PARA UNIDADES DE UMA CORPORAÇÃO: INDICADOR DE DESEMPENHO EM SST. ELABORAÇÃO DO FAP PARA UNIDADES DE UMA CORPORAÇÃO: INDICADOR DE DESEMPENHO EM SST. Autor: Dr. Airton Kwitko E-mail: kwitko@sigoweb.com.br INTRODUÇÃO A busca por indicadores de desempenho em SST é intensa,

Leia mais

PERÍCIA MÉDICA IPSM RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES. Instituto de Previdência do Servidor Municipal de São José dos Campos

PERÍCIA MÉDICA IPSM RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES. Instituto de Previdência do Servidor Municipal de São José dos Campos PERÍCIA MÉDICA RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES IPSM Instituto de Previdência do Servidor Municipal de São José dos Campos SAIBA MAIS SOBRE A PERÍCIA MÉDICA DO IPSM Esta cartilha tem por objetivo atender

Leia mais

ACIDENTE DE TRABALHO

ACIDENTE DE TRABALHO ACIDENTE DE TRABALHO Conselho Federal de Medicina (CFM) RESOLUÇÃO CFM nº 1488/1988 É responsabilidade do médico estabelecer a relação causal ou o nexo técnico entre a doença e o trabalho História clínica

Leia mais

DIREITOS DAS PESSOAS COM CÂNCER

DIREITOS DAS PESSOAS COM CÂNCER DIREITOS DAS PESSOAS COM CÂNCER Em muitos os casos os pacientes com câncer desconhecem seus direitos básicos assegurados pelo ordenamento jurídico brasileiro. A Constituição Federal de 1988 assegura que:

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca de Timbó 2ª Vara Cível

ESTADO DE SANTA CATARINA PODER JUDICIÁRIO Comarca de Timbó 2ª Vara Cível fls. 51 Autos nº 0302227-26.2017.8.24.0073 Ação: Procedimento Ordinário/PROC Autor: Réu: Instituto Nacional do Seguro Social - INSS Vistos para decisão. 1) Acolho a emenda retro. 2) Em que pese a apresentação

Leia mais

PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL. Título: Comunicação de Acidente em Serviço - CAS

PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL. Título: Comunicação de Acidente em Serviço - CAS PROCEDIMENTO DA DIRETORIA DE PESSOAL Procedimento: 45 Título: Comunicação de Acidente em Serviço - CAS UNIFEI DIRETORIA DE PESSOAL Objetivo: Comunicar o acidente para que seja resguardado o direito do

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO DE 50% E 100%

EDITAL DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO DE 50% E 100% EDITAL DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO DE 50% E 100% A Associação Instrutora Missionária - AIM, mantenedora da Academia Santa Gertrudes, por meio de seu PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL, como lhe faculta

Leia mais

DOENÇAS RELACIONADAS AO TRABALHO

DOENÇAS RELACIONADAS AO TRABALHO Ministério da Saúde do Brasil Organização Pan-Americana da Saúde/Brasil DOENÇAS RELACIONADAS AO TRABALHO Manual de Procedimentos para os Serviços de Saúde Série A. Normas e Manuais Técnicos; n. 114 Brasília/DF

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 293, DE 2009

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 293, DE 2009 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 293, DE 2009 Altera a Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, (que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências) para incluir

Leia mais

A ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PREVISTA NO ARTIGO 6º XIV, DA LEI 7.713/88 E SUA CONTROVÉRSIA.

A ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PREVISTA NO ARTIGO 6º XIV, DA LEI 7.713/88 E SUA CONTROVÉRSIA. A ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PREVISTA NO ARTIGO 6º XIV, DA LEI 7.713/88 E SUA CONTROVÉRSIA. Amanda Elise dos SANTOS 1 Vinicius Cauê Del Mora do NASCIMENTO 1 RESUMO: O referido artigo trata sobre o Imposto

Leia mais

ASSUNTO: Autonomia dos misteres realizados pelos Peritos Médicos no exercício de sua função pública. EMENTA:

ASSUNTO: Autonomia dos misteres realizados pelos Peritos Médicos no exercício de sua função pública. EMENTA: PARECER CREMEB 18/08 (Aprovado em Sessão Plenária de 10/06/2008) EXPEDIENTE CONSULTA Nº. 146.139/07 ASSUNTO: Autonomia dos misteres realizados pelos Peritos Médicos no exercício de sua função pública.

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 676, DE 17 DE JUNHO DE 2015. Exposição de motivos Prof. Anderson Castelucio Altera a Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social.

Leia mais