PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS"

Transcrição

1 PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Bauru-SP 2014

2 ORGANIZAÇÃO ADMINSTRATIVA REITORIA Dr.ª Ir. Susana de Jesus Fadel PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Prof.ª Dr.ª Ir. Ilda Basso DIRETORIA DO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS Profª Msª Daniela Luchesi SECRETARIA GERAL Prof.ª Dr.ª Gesiane Monteiro Branco Folkis PESQUISADORA INSTITUCIONAL Sônia Gandara da Silva Minutti COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Prof.ª Dr.ª Rosilene Frederico Rocha Bombini COORDENAÇÃO DO CURSO Prof. Dr. Rinaldo Correr

3 Educar é obra de amor Madre Clélia Merloni ( ) Fundadora do Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração

4 APRESENTAÇÃO Este documento apresenta o Projeto Pedagógico do Curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, da Universidade do Sagrado Coração (USC), elaborado pelo seu colegiado, tendo como base as diretrizes gerais do Ministério da Educação (MEC), conservando a filosofia humanista cristã que norteia o Projeto Pedagógico Institucional (PPI/USC). A proposta se apresenta em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI ), definindo os objetivos do curso, perfil desejado dos formandos, competências e habilidades, conteúdos curriculares, regulamentações para as atividades de trabalho de curso, estágio curricular supervisionado e atividades complementares, bem como as metas e ações pretendidas para conceber ao formando o título de Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos. Este projeto não é um documento conclusivo. As revisões deverão ser realizadas tendo em vista a realidade universitária, as exigências do mercado de trabalho, da sociedade e dos conselhos profissionais e das diretrizes educacionais. É uma proposta em construção, aberta às contribuições dos Conselhos Universitários da Instituição de Ensino e da Comissão de Especialistas para reconhecimento do curso. COORDENAÇÃO DO CURSO

5 LISTA DE FIGURAS E ILUSTRAÇÕES Figura 1. Mapa do Campus Figura 2. Eixos de Formação Figura 3. Estrutura Curricular do Curso de Gestão de Recursos Humanos Figura 4. Quadro Demonstrativo das ementas do Curso - Eixo Figura 5. Quadro Demonstrativo das ementas do Curso - Eixo Figura 6. Quadro Demonstrativo das ementas do Curso - Eixo Figura 7. Descrição do espaço físico da Biblioteca Figura 8. Horário de funcionamento da biblioteca PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 5

6 LISTA DE TABELAS Tabela 1. Evolução no número de matrículas no Curso GRH Tabela 2. Estrutura Curricular do Curso de Gestão de Recursos Humanos Tabela 3. Relação dos docentes que compões o NDE Tabela 4. Titulação do corpo docente do curso de Gestão de Recursos Humanos Tabela 5. Regime de trabalho dos docentes do Curso de Gestão de Recursos humanos Tabela 6. Experiência profissional do corpo docente do Curso de Gestão de Recursos Humanos Tabela 7. Experiência de magistério superior do corpo docente do Curso de Gestão de Recursos Humanos Tabela 8. Demonstrativo da produção científica, cultural, artística ou tecnológica, referente ao Corpo docente do Curso de Psicologia da USC, no período entre Janeiro de 2011 e Dezembro de PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 6

7 SUMÁRIO DIMENSÃO 1 - ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA 1.1 CONTEXTO EDUCACIONAL Contextualização da IES Contextualização do Curso Histórico do Curso Políticas Institucionais no âmbito do curso OBJETIVOS DO CURSO PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO ESTRUTURA CURRICULAR Conteúdos curriculares METODOLOGIA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO AÇÕES DECORRENTES DOS PROCESSOS DE AVALIAÇÃO DO CURSO APOIO AO DISCENTE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TICS NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO DOS PROCESSOS DE ENSINO-APRENDIZAGEM NÚMERO DE VAGAS PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 7 DIMENSÃO 2 - CORPO DOCENTE 2.1 ATUAÇÃO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE NDE ATUAÇÃO DO COORDENADOR EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL, DE MAGISTÉRIO SUPERIOR E DE GESTÃO ACADÊMICA DO COORDENADOR... 43

8 2.4 REGIME DE TRABALHO DO COORDENADOR DO CURSO CARGA HORÁRIA DE COORDENAÇÃO DE CURSO TITULAÇÃO DO CORPO DOCENTE DO CURSO TITULAÇÃO DO CORPO DOCENTE DO CURSO PERCENTUAL DE DOUTORES REGIME DE TRABALHO DO CORPO DOCENTE DO CURSO EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL DO CORPO DOCENTE EXPERIÊNCIA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR DO CORPO DOCENTE FUNCIONAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO OU EQUIVALENTE PRODUÇÃO CIENTÍFICA, CULTURAL, ARTÍSTICA OU TECNOLÓGICA DIMENSÃO 3 - INFRAESTRUTURA 3.1 POLÍTICA DE ACESSIBILIDADE AOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS GABINETES DE TRABALHO PARA PROFESSORES TEMPO INTEGRAL TI ESPAÇO DE TRABALHO PARA COORDENAÇÃO DO CURSO E SERVIÇOS ACADÊMICOS SALA DE PROFESSORES / SALA DE REUNIÕES SALAS DE AULA ACESSO DOS ALUNOS A EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA BIBLIOGRAFIA BÁSICA BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR PERIÓDICOS ESPECIALIZADOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS ESPECIALIZADOS: QUALIDADE LABORATÓRIOS DIDÁTICOS ESPECIALIZADOS: SERVIÇOS BIBLIOTECA ATENDIMENTO ÀS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS - N.I.D.B PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 8

9 DIMENSÃO 1 - ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA 1.1 CONTEXTO EDUCACIONAL Contextualização da IES O curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos insere-se administrativamente no Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas da USC. A instituição é mantida pelo Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração (IASCJ), localizado na Província de São Paulo, com sede, administração e foro no Município e Comarca de São Paulo, Rua Coronel Melo de Oliveira, 221, Vila Pompéia, CEP Associação civil, sem fins lucrativos, fundada em 23/08/1935, com Estatuto Social primitivo registrado em 18/09/1942, n. 128, Livro A-n. 01 do Registro Civil de Pessoas Jurídicas, 4º Cartório de Títulos e Documentos da Comarca de SP. Reconhecido de utilidade pública federal pelo Decreto , de 12/04/1965, DOU de 12/ Declarado de utilidade pública estadual pela Lei de 27/10/1961, publicada no D.O.E de São Paulo de 27/10/1961. Declarado de utilidade pública municipal (artigo 4º da Lei 4.819/1955). Inscrito no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas, do Ministério da Fazenda, n / Inscrito no Conselho Municipal de Assistência Social de São Paulo (COMAS-SP)n. 627/2007. Declarado como entidade de fins filantrópicos (Decreto /2008, de 15/01/2008) pelo Conselho Nacional de Assistência Social (C.N.A.S.). A USC nasceu com a Faculdade de Filosofia Ciências e Letras do Sagrado Coração de Jesus FAFIL (Decreto Federal , 20/11/1956). Foi reconhecida pela Portaria Ministerial n. 296, de 29/ Com limite territorial de atuação circunscrito ao município de Bauru, S.P., está estabelecida na R. Irmã Arminda n , Jardim Brasil, CEP e CNPJ n / Entidade privada, comunitária, confessional, católica. Foi Recredenciada pela Portaria n. 692, de 28/05/2012 (D.O.U. de 29/05/2012, p. 48). PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 9

10 Figura 1. Mapa do Campus. Fonte: Diretoria de Comunicação e Marketing (DICOM) USC, 2012 A USC tem como MISSÃO oferecer formação humana integral fundamentada nos princípios católicos, concretizada na excelência do ensino, da pesquisa e extensão, expressa no compromisso social e na disseminação da ciência e do saber para o bem da sociedade. O cumprimento da sua missão institucional fundamenta-se em princípios da educação, pesquisa e serviço à comunidade, como uma presença de qualidade e transformadora; realizar a ação educativa que articula os valores humanos e cristãos, com a excelência na formação científica, no crescimento pessoal e na produção cultural. Como VISÃO de Futuro, pretende tornar-se, cada vez mais, uma instituição inovadora e de excelência acadêmica pela qualidade de seu ensino, relevância nas pesquisas e atividades de extensão, com inserção transformadora da sociedade. O curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da USC tem relevância em virtude do posicionamento geográfico e as características que a cidade de Bauru tem na sua própria região. A história de Bauru inicia com o cultivo do café e com a chegada das companhias ferroviárias. Localiza-se a 345 km da capital do Estado; área territorial de 673, 49 km2 (IBGE, 2011); população de habitantes, cidade sede de uma região administrativa com de habitantes (SEADE, 2012). Bauru tem a economia voltada para o PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 10

11 comércio e a prestação de serviços com 72%, prevalecendo essa média na região. Na composição dessa porcentagem, a indústria contribui com 22% e a agricultura com 4%. Sua participação no PIB corresponde 35% e a taxa de emprego cresce na medida da economia. A maioria das ofertas está no setor de serviços, com 50% de vínculos empregatícios (SEADE, 2012). Bauru está em plena expansão, com um grau de urbanização na faixa de 94,51%, destacando-se os setores de comércio, prestação de serviços e educação. É conhecida também como polo educacional e aglutinador de conhecimento Contextualização do Curso A situação econômica brasileira mostra intensa competitividade dos produtos e serviços, por meio da incorporação de novas tecnologias, proporcionando melhor atendimento às necessidades de clientes e procurando acompanhar, e, se possível, gerar novas tendências de mercado. Na tentativa de assegurar um lugar ao sol, as organizações têm prezado por adotar táticas de mercado que as coloquem em posição de destaque. Dentre as diversas estratégias utilizadas, a gestão de pessoas passou a ser altamente significativa por mostrar um forte diferencial competitivo, pois, somente por meio dos colaboradores é que se pode pensar, programar e aplicar alternativas eficientes e obter resultados positivos. Em relação a esse assunto, Leonardo 1 (2002, p.43) afirma que: dentre as necessidades organizacionais, sobressai-se a indispensável e inestimável necessidade do elemento humano e complementa dizendo que partindo dessa premissa, a sobrevivência de ambos está intimamente e inseparavelmente interligada. Nesse sentido, vê-se na atualidade, um grande cuidado em valorizar as pessoas como agentes de mudanças, capital intelectual e principalmente como seres humanos e não somente como recursos organizacionais. O cenário local e global, exige, portanto, que a área de Recursos Humanos (RH) torne-se peça chave de transformações dentro dos mais variados setores. Nessas transformações, ultimamente, o funcionário passou a ser chamado de colaborador, e os antigos chefes PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 11 1 LEONARDO, M. A. J. A Guerra do Sucesso pelos Talentos Humanos. Revista Produção. Vol n.12.; n.2. São Paulo, 2002.

12 são agora denominados gestores, sendo que, estão sendo requisitados para atuarem como empreendedores corporativos e líderes de pessoas. A partir do resgate histórico, uma análise global da evolução da área de Recursos Humanos (RH) indica que a década de 30 tornou-se um marco, pois até esse momento, ela não existia, ao menos formalmente. Nesta época, as pesquisas realizadas pela Escola das Relações Humanas e em seguida pela Escola Comportamentalista abriram espaço para discussões mais profundas neste campo (SILVA, 1998) 2. Porém, no início, a chamada Administração de Pessoas apresentava um caráter muito sistemático e mecanicista - com visão voltada (em grande parte) para a execução das tarefas. No Brasil, em 1943 tem-se como resultado desse progresso, o decreto lei n , e por meio dele, a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT). Dessa maneira, aumenta no país o crescimento da organização dos trabalhadores e o fortalecimento dos sindicatos e, em decorrência, observa-se o surgimento de um setor específico, o departamento pessoal. Este novo espaço estaria diretamente responsável pela implantação das novas práticas requeridas e exigidas pelo governo, além de ser o principal mediador nas relações entre empresa, governo, sindicatos e trabalhadores. Nessa época, ainda não havia uma preocupação com a implantação de condições ideais de trabalho, benefícios, incentivos e qualidade de vida, uma forma de proporcionar, ao trabalhador, maior segurança e proteção de seus direitos e também de esclarecer os seus deveres. Somente na década de 70, com a recessão econômica e a forte pressão dos sindicatos, é que surgem práticas e políticas de remuneração e benefícios. Iniciam-se mais acentuadamente os investimentos em treinamento e desenvolvimento humano, o que exigiu na década seguinte, uma postura mais estratégica em que a gestão da cultura organizacional e o fortalecimento das lideranças passaram a ser de vital importância. Assim, a área ganha nova roupagem e inicia outras maneiras de auxiliar o crescimento dos diversos setores evidenciando mais a gestão de pessoas que surge como parte importante da solução para as demandas organizacionais (ARAUJO, 2006) 3. Durante esse processo evolutivo, observou-se também a transformação de terminologias para a área que, de administração de pessoal passou pelas denominações de PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 12 2 SILVA, Reinaldo O. Teorias da Administração. São Paulo: Prentice Hall, ARAÚJO, L. C. G. Gestão de pessoas: Estratégia e Integração organizacional. São Paulo. Atlas, 2006.

13 relações industriais, relações humanas e, mais recentemente: administração de recursos humanos, gestão de recursos humanos e atualmente em algumas empresas - gestão de pessoas. Independentemente do nome recebido, pode-se dizer que nessa nova era, designada como Sociedade do Conhecimento, se sobressairão organizações que valorizarem o capital humano (que numa linguagem patrimonial, expressa dentre outros bens, os intangíveis), pois, o conhecimento é uma apropriação subjetiva dos indivíduos. Assim sendo, de acordo com Davenport e Pruzak apud Teixeira et al 4 (2005, p. 20), "ao contrário dos ativos materiais que diminuem à medida que são usados, os ativos do conhecimento são compartilhados com o doador, ao mesmo tempo que enriquece o recebedor. Vê-se nesse caso, que deve haver entre empregado e empregador, uma relação de troca, com o espírito ganha-ganha, no qual ambos precisam se complementar para o alcance dos objetivos organizacionais e pessoais. Dentro desse contexto, os profissionais da área de RH podem operar em todos os segmentos fortalecendo os diversos processos (desde o recrutamento e seleção, integração/socialização de pessoas, treinamento, desenvolvimento e educação, manutenção, reconhecimento, remuneração, higiene e segurança, até de ações voltadas para a qualidade de vida no trabalho e programas de retenção de talentos), atuando de forma contingencial e situacional. Isso, é claro, não define seu papel dentro de um padrão fixo de regras, pelo contrário, a torna uma área com intenso dinamismo e necessidade de atualização constante. A área de RH é uma das mais interdisciplinares dentro das organizações, pois, além dos profissionais com essa formação específica, agrega em suas bases várias áreas do conhecimento: administração, psicologia, pedagogia, engenharia, sociologia, antropologia, etc. Desse modo, para atuar de fato neste vasto universo são necessários alguns requisitos básicos, porém indispensáveis: gostar de pessoas, mediar relações, estabelecer estratégias de atuação, analisar cenários, otimizar processos e valorizar o crescimento e desenvolvimento humano. Toda essa condição deve ser pautada no respeito, ética, seriedade, paciência, disciplina e criatividade. É preciso ainda, ter em mente que gerir PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 13 4 TEIXEIRA, G. M.; BASTOS NETO, C. P. S.; OLIVEIRA, G. A. Gestão Estratégica de Pessoas. Rio de Janeiro: FGV, 2005.

14 pessoas é um desafio diário a ser realizado em parceria com os líderes das organizações através da prática de valores e realização de sua missão visando atingir a visão de futuro. Deste modo, pode-se dizer que a área de RH possui o eterno desafio de educar e transformar potenciais para que juntos (colaboradores e empresa) alcancem resultados e conquistem o sucesso almejado. Em relação ao contexto educacional que participa ativamente desse processo global, há em Bauru e região uma grande expansão de cursos o que torna o cenário em que a USC está inserida altamente competitivo. Existem atualmente no estado de São Paulo, 178 IES (Instituições de Ensino Superior) oferecendo o Curso de Gestão de Recursos Humanos, sendo que somente na cidade de Bauru há 5 IES que apresentam o curso em formato presencial e 8 IES que o oferecem na modalidade à distância 5 (e-mec, 2014). Esta realidade faz estabelecer, como diferencial da USC, o espírito empreendedor e a inquietude perante os desafios na busca de caminhos administrativos e acadêmicos para ampliar e aprimorar a concepção de ensino e ações de pesquisa e extensão com a participação do estudante. Além disso, a USC se destaca e possui reconhecido prestígio no município e região devido a sua sólida história (mais de 60 anos de atividades educacionais), bem como a qualidade de seu ensino. Contribuindo com essa nova realidade do mercado competitivo e globalizado que gera automaticamente a necessidade de profissionais qualificados em todas as áreas, em 27/01/2011 a Universidade Sagrado Coração (USC) criou o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos (conforme autorização do Conselho Universitário CONSEPE n. 07/2011), visando à formação de tecnólogos preparados para atenderem a demanda de diversas organizações, sejam públicas ou privadas, governamentais ou não governamentais. PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 14 5 Fonte: acesso em 4 de fevereiro de 2014.

15 1.1.3 Histórico do Curso Para a abertura desse curso, foi realizada no período de 2009/2010, uma pesquisa qualitativa denominada Focus Group pela da Fundação Unesp com a finalidade de identificar quais cursos atenderiam a demanda existente na cidade de Bauru e região. A pesquisa abrangeu três públicos diferentes: estudantes do ensino médio das escolas públicas, estudantes do ensino médio das escolas privadas e pais de estudantes. Os resultados apontaram que o mercado estava aquecido para algumas áreas específicas e dentre elas a área de Recursos Humanos. Paralelamente a essa pesquisa, houve o levantamento dos cursos oferecidos pelas instituições de ensino superior da cidade e região e um estudo interno que contou com a participação de docentes e profissionais da área. Após as discussões e análises (vocacionais, mercadológicas e de viabilidade econômica), a equipe diretiva se mostrou favorável e apontou a necessidade da implantação deste curso. Dessa forma, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, em seu segundo ano de existência, busca agregar resultados a tais conquistas visando garantir a continuidade do oferecimento de educação profissional aliada à formação humanística, ética e comprometida com a sociedade. Essa preparação serve de base para que os discentes possam atuar com maior segurança no mercado de trabalho dinâmico e globalizado. Seguindo o Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da Universidade Sagrado Coração, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos busca, em suas disciplinas básicas, generalistas e específicas articular-se com os princípios e parâmetros expressos na sua missão institucional. As disciplinas são ofertadas no sistema seriado com o aproveitamento de créditos cursados por estudantes oriundos de outras áreas do conhecimento. A formação oferecida no Curso é de base generalista, prevendo, para o egresso, competência teórica, técnica, tecnológica e ética para os exercícios profissionais críticos e responsáveis, aptos a contribuir para o aprimoramento da profissão. O curso é ministrado no período noturno, de segunda à sexta-feira e tem duração de 02 anos, perfazendo total de horas, com o tempo mínimo de 2 anos (4 semestres) para PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 15

16 sua integralização e tempo máximo de 4 anos (8 semestres). A inserção do curso no período noturno justifica-se pelo fato de que boa parte dos estudantes realiza atividades com vínculo empregatício ou de estágio durante o dia (atuando em sua maioria em áreas administrativa das organizações). Além disso, o curso recebe estudantes de diversas cidades da região, portanto, muitos se deslocam diariamente para ter acesso ao curso. Pode ser definido o público alvo: estudantes egressos do Ensino Médio aprovados no processo de seleção da instituição; transferidos de outros cursos da Universidade ou oriundos de outras instituições congêneres com áreas afins e profissionais graduados em outras áreas do conhecimento que queiram se tornar profissionais de recursos humanos. A manutenção e melhora do número de matrículas, mesmo em um cenário visivelmente competitivo pode ser atribuída a algumas estratégias adotadas, institucionalmente e pela coordenação do curso, entre elas: a divulgação do curso em escolas de Ensino Médio através da Feira de Profissões, o uso da mídia digital e redes sociais, o bom desempenho dos egressos no mercado de trabalho indicado pela presença de profissionais das diversas áreas formados pela USC nos quadros das empresas de Bauru e região e a divulgação do curso através dos próprios estudantes ingressantes em fevereiro de 2011, 2012 e Os primeiros resultados desse crescimento podem ser observados quantitativamente a partir do quadro 2. PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 16 EVOLUÇÃO N o. DE MATRÍCULAS ANO N o. de Estudantes Ingressantes Tabela 1. Evolução no número de matrículas no Curso GRH Fonte: Pró-Reitoria Acadêmica Outra resposta bastante positiva a respeito do curso e que aumenta sua credibilidade tanto interna quanto externamente é a nota alcançada no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE). Na oportunidade, os estudantes atingiram a nota 4 (e-mec, 2014) 6. 6 Fonte: acesso em 4 de fevereiro de 2014

17 1.1.4 Políticas Institucionais no âmbito do curso A política institucional de ensino estabelece como concepção do modelo pedagógico o ensino presencial com foco na teoria e prática acadêmica mediada pelo planejamento e avaliação do programa de ensino, mantendo fidelidade às exigências da legislação educacional brasileira e o direito do estudante ao acesso à formação profissional nos padrões de um perfil universitário de qualidade conforme padrões estabelecidos no Catálogo Nacional de Cursos Superiores. Um dos principais focos institucionais é proporcionar formação sólida no aspecto cultural, ético, social e profissional de forma a privilegiar o desenvolvimento pleno da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania, qualificação para o trabalho e domínio de competências profissionais. Proporciona o intercâmbio e a cooperação com outras entidades congêneres, nacionais e internacionais, tendo em vista o desenvolvimento da cultura, das artes, das ciências e da tecnologia. As políticas institucionais a serem seguidas podem ser resumidas em: - Gestão da aprendizagem que estabelece o estudante como agente participativo do processo. - Relação professor/estudante no aprender a aprender. - O ensino e a aprendizagem no desempenho da prática pedagógica e no preparo prévio do estudante através da aplicação da metodologia Syllabus (desenvolvida pela Universidade) com acesso via web por meio da plataforma Moodle. - Competências e habilidades construídas ao longo do curso, na transversalidade, entre as disciplinas básicas institucionais (Eixo 1), as disciplinas generalistas (Eixo 2) e específicas (Eixo 3) que compõem o currículo do curso e serão apresentadas no decorrer deste documento. Compõe a política de ensino do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, seu Projeto Pedagógico (PPC), instrumento político, cultural e científico, construído coletivamente com a participação dos docentes e discentes, PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 17

18 considerando as necessidades profissionais e da comunidade em que se insere. Assim sendo, o curso acata as políticas institucionais e atende as normativas legais principalmente no que se refere à: - Constituição Federal de 1988, que organiza a estrutura pedagógica assegurando aos educadores o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bemestar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos. - Decreto nº 5.773/06, artigo 44, que possibilita a oferta de graduações tecnológicas no país, admitindo-se cursos experimentais (de forma legal e regular), porém com outras denominações, que posteriormente possam integrar o Catálogo Nacional de Cursos Superiores no Brasil, lançado em 2006 e reeditado em Aprovação do Conselho Universitário (CONSEPE) conforme autorização n. 07, de 27 de janeiro de 2011 de sua estrutura curricular vigente. 1.2 OBJETIVOS DO CURSO O Curso possui como objetivo máximo a profissionalização da área de Recursos Humanos na região, atendendo a demanda de mercado e a expressiva procura pela comunidade local e regional por mão de obra qualificada na área administrativa, em especial na Gestão de Recursos Humanos. Sua proposta é multidisciplinar com vistas à conexão com outras áreas da Universidade e também da sociedade, por meio de ações tecnológicas, visitas técnicas exploratórias, atendimento à comunidade, organização de eventos (seminários, workshop s, palestras e encontros) contando com profissionais especializados na área, oportunidade de atuação na área da extensão universitária, em estágios curriculares não-obrigatórios, atuação no terceiro setor e no mercado regional. As principais metas estabelecidas estão alicerçadas nos requisitos abrangidos pelo Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia (2010) e pelo Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE (2012) e, para atingi-las, a USC desenvolveu uma metodologia diferenciada visando fortalecer, ainda mais, o ensino ofertado aos seus discentes. PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 18

19 1.3 PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO Além do conhecimento técnico e científico, o estudante da USC tem a oportunidade de mergulhar nas riquezas da CULTURA, o que lhe permite aspirar por uma vida orientada pela verdade, bondade e beleza; aliada a PRINCÍPIOS ÉTICOS e aos VALORES CRISTÃOS, especialmente à solidariedade e ao compromisso social, honestidade, respeito ao pluralismo e ao meio ambiente, à proatividade, à fraternidade Universal, à ternura e, como coroamento, ao amor. Inserido nesse contexto, o Curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos busca formar um profissional diplomado, com formação universitária ao mesmo tempo generalista, humanista, crítica e reflexiva. Esse profissional estará capacitado a atuar como produtor intelectual e agente da cidadania, dando conta, por um lado, da complexidade e do pluralismo característicos da sociedade e da cultura contemporâneas e, por outro, dos fundamentos teóricos e técnicos especializados da área de Recursos Humanos. O egresso terá condições de desempenhar as competências e habilidades relacionadas ao comportamento nos níveis individual (motivação), de grupo (negociação, liderança, gestão de conflitos, poder, trabalho em equipe, treinamento e desenvolvimento, entre outros aspectos) e organizacional (cultura, estrutura, avaliação e indicadores de desempenho e tecnologias), participando da elaboração de planejamento estratégico na área com os processos operacionais de administração de pessoal, programas de qualidade de vida no trabalho, assistência ao trabalhador e avaliação do clima organizacional. Os profissionais desta área poderão atuar em empresas de diferentes portes e ramos de atividade, focando sempre o atendimento às necessidades de planejamento, gerenciamento e consultoria da área de Recursos Humanos nas funções de: assistente, analista, coordenador, supervisor ou gerente, bem como, em áreas afins onde a gestão de pessoas se faça presente na medida em que desenvolverão, durante o curso, competências relacionadas ao comportamento dele esperado, nos diversos níveis de sua atuação. PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 19

20 1.4 ESTRUTURA CURRICULAR Os conteúdos curriculares visam à adequação do ensino às demandas sociais, ao mercado de trabalho e à incorporação de novas tecnologias educacionais ao currículo. Esses conteúdos foram elaborados de acordo com os aspectos legais estabelecidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional LDBN N.º 9394 de 20/12/96, e em conformidade com a proposta do Catálogo Nacional de Cursos de Tecnologias (2010), que pretende assegurar a consecução dos objetivos propostos. Estão organizados de forma a abranger três eixos temáticos no processo de formação: formação básica (120 horas = 8% do curso), formação generalista (680 horas = 42% do curso) e formação específica (800 horas = 50% do curso). O Eixo 1 refere-se à formação básica institucional para atuação, e está voltado a procedimentos atitudinais. Estimula o desenvolvimento das seguintes competências: comprometimento com os princípios humanísticos, éticos e cristãos; comunicação eficiente (de maneira a preparar o estudante para processos que envolvem a recepção de mensagens e o seu impacto sobre os diversos setores da sociedade); trabalho em equipe e de maneira autônoma; valorização e respeito à diversidade cultural, entre outros assuntos. Nas disciplinas ofertadas neste eixo, o estudante estuda temas voltados para a educação ambiental e relações étnico-raciais, bem como o tratamento de questões sobre inclusão social no que tange às diretrizes curriculares nacionais para Educação das Relações Étnicoraciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Indígena, nos termos da Lei /2008 e Resolução CNE/CP N o.1/2004. No caso específico do curso de Gestão de Recursos Humanos, um exemplo de aplicação da cidadania e também da prática desta junto à sociedade pode ser visto na disciplina de Sociologia e Responsabilidade Social que abre espaço (por exemplo) para que os estudantes elaborem ações sociais visando disseminar os conhecimentos adquiridos em forma de orientação a estudantes da rede pública - ensino médio. Os assuntos abordados versam geralmente sobre: postura profissional, elaboração de currículos, marketing pessoal, dicas sobre como se portar numa entrevista de emprego, principais questões abordadas numa entrevista, entre outros assuntos. Estas atividades normalmente são realizadas em PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 20

21 escolas ou entidades de Bauru e região no intuito de contribuir para o crescimento dos futuros profissionais que ali se encontram. A formação generalista - Eixo 2 é composta por disciplinas comuns à área de atuação e também pela disciplina Empreendedorismo oferecidas para todos os cursos com dimensão do conhecimento nas áreas das Ciências Sociais Aplicadas da USC e que de maneira criativa leva os estudantes à reflexão sobre o tema dentro das várias áreas do conhecimento, além de trabalhar o empreendedorismo social e corporativo. As disciplinas elencadas nesse eixo abordam as escolhas da atividade profissional voltada às razões do interesse público e possuem o compromisso de desenvolver as seguintes competências: capacidade para realizar abstração, análise e síntese na identificação, proposição, tomada decisões e/ou resolução de problemas; compreensão do comportamento humano e organizacional, entendimento da administração como ciência e a relação desta com o mundo corporativo atual, gestão de processos de trabalho, pensamento estratégico, análise de cenários, entre outras. Essas disciplinas são relativas a conteúdos de suporte bem como aos conceitos comuns da área do conhecimento e caracterizam o desenvolvimento da fundamentação generalista e interdisciplinar do curso, tendo como objetivo capacitar o profissional de RH a exercer sua função intelectual e também lógica enquanto gestor e produtor de informações, análises, processos e mediação de relações, com conhecimentos de interesse para a sociedade, privilegiando a realidade brasileira, como formação histórica, estrutura jurídica e instituições políticas contemporâneas sem descuidar dos processos de globalização, regionalização e das singularidades peculiares ao local, ao comunitário e à vida cotidiana das organizações. Por último, o Eixo 3 trata da formação específica composta por disciplinas responsáveis pelo conhecimento teórico e prático de caráter técnico, essencial para a formação profissional do Tecnólogo em Recursos Humanos, tendo como premissa a capacidade de pesquisar, absorver, sintetizar ideias e aprender a aplicar as técnicas, além de gerenciar serviços na área. Essas disciplinas se associam aos demais eixos, alicerçadas em propostas integradoras definidas e orientadas a públicos reais. O conjunto dessas disciplinas PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 21

22 desenvolve habilidades e competências que visam assegurar a qualidade na formação de profissionais capazes de compreender e traduzir as necessidades dos indivíduos, grupos sociais e empresas com quem irão atuar propondo soluções tecnológicas, viáveis e também pensando em estratégias de forma analítica e crítica dentro dos vários subsistemas de Recursos Humanos conforme mostra o quadro 1: PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 22 Figura 2. Eixos de Formação Fonte: Coordenação do Curso, A estrutura curricular busca atender os objetivos e o perfil estabelecidos para o curso em conformidade com o Catálogo Nacional de Cursos de Tecnologia, apoiando-se ainda

23 nos pressupostos do PDI/USC ( ). Preocupa-se em garantir uma sequência equilibrada e lógica, integrando os objetivos à luz das competências comportamentais, cognitivas e pragmáticas. As ementas, programas e bibliografias do currículo são coerentes com o perfil desejado do egresso e adequadas às orientações e decisões do NDE e do Conselho do Curso apoiada nos seguintes aspectos: - Flexibilidade: introdução de mudanças nas relações disciplinares do curso, a partir de escala de valores que o enriquecem de forma a tornar concreta para purificar a qualidade de ensino. - Interdisciplinaridade: estratégia de abordagem e tratamento do conhecimento em que duas ou mais disciplinas/unidades curriculares ofertadas simultaneamente estabelecem relações de análise e interpretação de conteúdos, com o fim de propiciar condições de apropriação, pelo estudante, de um conhecimento mais abrangente e contextualizado. - Atualização com o mercado de trabalho: relações de trabalho que buscam a formação de um indivíduo flexível, competitivo e adaptável às diversas mudanças do contexto organizacional das disciplinas. A organização didático-pedagógica do curso de Gestão de Recursos Humanos se dá por meio da relação ensino e aprendizagem de conhecimentos teóricos encadeados com os conhecimentos práticos, técnicos e específicos pertinentes ao universo de atuação. O Curso pode ser visualizado de forma linear, pois as ações e os projetos interdisciplinares, realizados semestralmente, possibilitam a compreensão global de seus conteúdos, facilitando o pensamento e agir tecnológico em soluções rápidas e inovações para o mercado. Para isso, o curso disponibiliza, em sua matriz curricular, as disciplinas necessárias à compreensão, investigação e formação nos subsistemas de gestão de pessoas principalmente no que se refere às atividades de recrutamento e seleção, cargos e salários, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho, rotinas de pessoal, benefícios, gestão de carreiras e sistemas de informação e apoio à decisão - conhecimentos específicos da área composto por horas destinadas aos conteúdos teóricos, distribuídas de forma a facilitar a concretização dos conteúdos práticos pautados em reflexões sobre a vida PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 23

24 profissional através de vivências, exercícios situacionais e simulações de casos reais visando aproximar o estudante dos desafios que farão parte de sua rotina. Os componentes práticos das disciplinas são desenvolvidos em concordância com os conceitos descritos no 7 Parecer CNE/CES nº 15/2005 aprovado em 02/02/2005, que diz: Uma concepção de prática mais como componente curricular implica vê-la como uma dimensão do conhecimento que tanto está presente nos cursos de formação, nos momentos em que se trabalha na reflexão sobre a atividade profissional, como durante o estágio, nos momentos em que se exercita a atividade profissional. (CNE/CP nº 9/2001, item 3.2.5, p.23). Dessa forma, o curso está alicerçado em quatro semestres que se complementam a partir do eixo temático proposto para a formação de seus estudantes. O quadro 2 apresenta a estrutura de disciplinas que geram a construção e evolução do aprendizado, bem como da visão sistêmica dos processos de Recursos Humanos. A organização da matriz curricular, portanto, leva o estudante à construção do conhecimento necessário para desenvolver no último semestre um projeto em RH voltado para atendimento da necessidade de alguma empresa (a escolher) no circuito de Bauru e região. Desse modo, o discente deverá fazer a conexão e colocar em prática os conhecimentos desenvolvidos ao longo do curso de maneira interdisciplinar. PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 24 7 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DA EDUCAÇÃO. Parecer Homologado (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 13/05/2005.

25 ESTRUTURA CURRICULAR - TECNOLOGIA EM CURSO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 2014 DISCIPLINAS 1º SEMESTRE CH TOTAL CH TEÓRICAS % CH PRÁTICAS Comunicação e Expressão % 20 50% Ética e Cultura Religiosa % 16 40% Empreendedorismo % 26 33% Comportamento Organizacional % 22 28% Fundamentos de Administração % 30 38% Recrutamento, Seleção e Integração de Pessoas % 20 25% CH TOTAL ,5% ,5% 2º SEMESTRE DISCIPLINAS CH TOTAL CH TEÓRICAS % CH PRÁTICAS Fundamentos de Contabilidade % 19 24% Libras % 20 50% Direito do Trabalho % 30 38% Gestão de Cargos, Carreira e Remuneração % 12 30% Sociologia da Responsabilidade Social % 10 25% Processos de Administração de Pessoal % 50 63% Tecnologia da Informação Aplicada em RH % 10 25% CH TOTAL ,3% ,8% 3º SEMESTRE DISCIPLINAS CH TOTAL CH TEÓRICAS % CH PRÁTICAS Estatística % 30 38% Higiene e Segurança no trabalho % 16 40% Gestão do Clima, Cultura e Poder nas Organizações % 20 50% Educação Ambiental % 10 25% Gestão Estratégica de Negócios % 32 40% Projeto Integrado I % 20 50% Treinamento, Desenvolvimento e Educação Corporativa % 40 50% CH TOTAL % % 4º SEMESTRE DISCIPLINAS CH TOTAL CH TEÓRICAS % CH PRÁTICAS Consultoria e Assessoria de RH % 18 45% Relações Sindicais, Negociação e Gestão de Conflitos % 10 25% Liderança e Gestão de Equipes % 30 38% Tópicos Avançados em RH % 20 25% Seminários Interdisciplinares % 20 50% Projeto Integrado II % 60 75% Gestão do Desempenho e Competências % 16 40% CH TOTAL % % Tabela 2. Estrutura Curricular do Curso de Gestão de Recursos Humanos. Fonte: Coordenação do Curso, % % % % PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 25 Como componente obrigatório curricular, o curso oferece ao estudante a disciplina LIBRAS, nos termos da Lei , de 24 de abril de 2002 (que dispõe sobre a Língua

26 Brasileira de Sinais) e Decreto N.º 5.626, de 22 de dezembro de 2005, (que regulamenta a Lei /2002 e artigo 18 de Lei /2000). Esta disciplina é oferecida no último semestre letivo do Curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos com carga horária de 36 horas. Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana (Resolução CNE/CP nº 01 de 17 de junho de 2004) e Políticas de Educação Ambiental (Lei n º 9.795, de 27 de abril de 1999 e Decreto nº de 25 de junho de 2002) são oferecidas ainda as disciplinas de Sociologia da Responsabilidade Social, Ética e Cultura Religiosa e Educação Ambiental de forma a complementar o processo de aprendizagem sobre os temas atuais e relevantes para qualquer âmbito profissional Conteúdos curriculares A matriz curricular exibida na figura 6 apresenta o curso em sua totalidade, situando em cada semestre o momento em que tais disciplinas são ofertadas e mostrando a construção do conhecimento ao longo do período de dois anos, ou seja, 4 semestres, de modo que o estudante evolua continuamente numa sequencia lógica e interdisciplinar que propicia a visão sistêmica da área de Recursos Humanos e seus subsistemas. PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 26

27 PPC TECONOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS - USC 27 Figura 3. Estrutura Curricular do Curso de Gestão de Recursos Humanos. Fonte: Coordenação do Curso, Para complementar as informações sobre os conteúdos curriculares segue quadro demonstrativo do ementário.

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Bauru-SP 2014 ORGANIZAÇÃO ADMINSTRATIVA REITORIA Dr.ª Ir. Susana de Jesus Fadel PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Prof.ª Dr.ª Ir. Ilda

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

FACULDADE PASCHOAL DANTAS

FACULDADE PASCHOAL DANTAS FACULDADE PASCHOAL DANTAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO ÊNFASE GESTÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO - SP NOVEMBRO DE 2008 ÍNDICE 1. Visão e Missão da FPD...3 2. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. Disciplina I Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Prérequisito s Carga Horária

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES Educação Superior no Brasil: cenários e tendências Conceitos e concepções de universidade; aspectos históricos da educação superior no Brasil; a reforma da educação superior

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE FUNCIONÁRIOS - PDF ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - EMENTAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE FUNCIONÁRIOS - PDF ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - EMENTAS MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES Educação Superior no Brasil: cenários e tendências Conceitos e concepções de universidade; aspectos históricos da educação superior no Brasil; a reforma da educação superior

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Com a finalidade de otimizar o processo de elaboração e avaliação dos Projetos Pedagógicos do Cursos (PPC), sugere-se que os itens a seguir sejam

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES

BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES BACHARELADOS INTERDISCIPLINARES Bacharelados Interdisciplinares (BIs) e similares são programas de formação em nível de graduação de natureza geral, que conduzem a diploma, organizados por grandes áreas

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ELABORAÇÃO DO PPC INTRODUÇÃO O Projeto Pedagógico de Curso (PPC) deve orientar a ação educativa, filosófica e epistemológica do mesmo, explicitando fundamentos políticos,

Leia mais

2014 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING

2014 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO PEDAGÓGICO 2014 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING Bauru-SP 2014 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA ORGANIZAÇÃO ADMINSTRATIVA REITORIA Dr.ª Ir. Susana de Jesus Fadel PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Prof.ª

Leia mais

MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias

MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização (versão 2011) Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior- Conaes Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann 1 OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área;

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n. 66/ 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Computação, Licenciatura

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 07 (SETE)

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 8, DE 7 DE MAIO DE 2004. (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 8, DE 7 DE MAIO DE 2004. (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 8, DE 7 DE MAIO DE 2004. (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Psicologia. O Presidente

Leia mais

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital.

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital. MBA em Marketing Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 09 --> A globalização e os avanços tecnológicos estão abrindo oportunidades de negócios, novas formas de comercialização e despertando

Leia mais

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2013 INTRODUÇÃO: O presente trabalho apresenta a relação de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu a serem reorganizados no

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos Superiores de Pedagogia

Instrumento de Avaliação de Cursos Superiores de Pedagogia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior -

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

CETEC EDUCACIONAL S.A. Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP. Mantida

CETEC EDUCACIONAL S.A. Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP. Mantida CETEC EDUCACIONAL S.A Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP Mantida PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 1 SUMÁRIO

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS - INGLÊS

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS - INGLÊS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS - INGLÊS Bauru-SP 2015 ORGANIZAÇÃO ADMINSTRATIVA REITORIA Dr.ª Ir. Susana de Jesus Fadel PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Prof.ª Dr.ª Ir. Ilda Basso DIRETORIA DO CENTRO

Leia mais

Resolução 038/2001 CONSEPE

Resolução 038/2001 CONSEPE Resolução 038/2001 CONSEPE Aprova as normas de funcionamento do Curso de Administração do Centro de Ciências da Administração CCA/ESAG. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O presente

Leia mais

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 -

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - O Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um curso da área de informática e tem seu desenho curricular estruturado por competências

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 90/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Relações Públicas, Bacharelado,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DE PESSOAS APRESENTAÇÃO O curso de especialização Gestão de Pessoas tem por meta desenvolver gestores para atuarem em empresas que estejam inseridas no processo de globalização

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor OBJETIVO: A Gestão de Pessoas vem passando por inúmeras transformações nestes últimos anos.

Leia mais

Quadro Resumo de Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO COMERCIAL

Quadro Resumo de Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO COMERCIAL Quadro Resumo de Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO COMERCIAL Dados de Identificação: -Modalidade: Graduação Tecnológica -Ato Legal de Autorização: Resolução CONSUNI nº -Turnos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC Canoas

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores Coordenação Acadêmica: Prof. Edmarson Bacelar Mota, M. A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) , INCLUINDO ESSE, DEVEM SER RETIRADOS DO TEXTO FINAL, POIS SERVEM SOMENTE COMO ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO DOCUMENTO FINAL> PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA PLENA ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS O Curso de Ciências Biológicas, através

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: 4001 Publicidade e Propaganda MISSÃO DO CURSO O curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo tem como missão formar

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 93 DE JUNHO DE 2014 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PPC Perfil do Egresso

INFORMAÇÕES DO PPC Perfil do Egresso INFORMAÇÕES DO PPC Perfil do Egresso O Curso Superior de Tecnologia em Secretariado visa formar profissionais com competência técnica, comunicação interpessoal, postura ética, visão holística, espírito

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE MÚSICA REGÊNCIA (BACHARELADO)

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE MÚSICA REGÊNCIA (BACHARELADO) 1 ANO CADASTRO NO E-MEC 04/02/2011 INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE MÚSICA REGÊNCIA (BACHARELADO) Justificativa da oferta do curso O Curso de Regência em Bacharelado é noturno, com duração

Leia mais

Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte. Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel

Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte. Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel PROGRAMA DE AUTOAVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Graduação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE PEDAGOGIA, Licenciatura REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O presente documento

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 6, DE 10 DE MARÇO DE 2004 (*)

RESOLUÇÃO Nº 6, DE 10 DE MARÇO DE 2004 (*) RESOLUÇÃO Nº 6, DE 10 DE MARÇO DE 2004 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Ciências Contábeis, bacharelado, e dá outras providências. O Presidente da Câmara de Educação

Leia mais

REGULAMENTO MES MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS Universidade Ibirapuera Aprovado pela Res. CONSUN nº 10/07, de 19.09.07 REGULAMENTO MES - MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

FACULDADE ESTÁCIO DE SANTO ANDRÉ SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: CST em Gestão em Recursos Humanos MISSÃO DO CURSO A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da ESTÁCIO EUROPAN consiste em formar

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos

ADMINISTRAÇÃO. 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos ADMINISTRAÇÃO 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÃO: Bacharelado em Administração Noturno GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Administração PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 5 anos Máximo = 8 anos 2. HISTÓRICO DO CURSO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O estágio

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção.

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. RESOLUÇÃO Nº 01/2011 Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. O Conselho Superior da Faculdade Projeção, com base nas suas competências

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional,

Leia mais

Diretrizes Curriculares Nacionais e com a Legislação Interna, tendo como princípio a compreensão da informática em suas bases epistemológicas de

Diretrizes Curriculares Nacionais e com a Legislação Interna, tendo como princípio a compreensão da informática em suas bases epistemológicas de RESOLUÇÃO Nº 014/2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Informática, da Escola Superior de Tecnologia, da Universidade do Estado do Amazonas. O REITOR, EM EXERCÍCIO, DA UNIVERSIDADE

Leia mais