PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR"

Transcrição

1 EDUCAÇÃO FÍSICA E PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR Gabrielle Cristina Sanchez Adriana Garcia Gonçalves São Carlos - UFSCar Eixo Temático: 9 Pesquisa e Inovação Metodológica 1Introdução A Paralisia Cerebral (PC) é uma condição motora que pode acometer muitas crianças de todos os países. Nessa perspectiva, o desempenho motor e a capacidade funcional são afetados causando um comprometimento no tocante à qualidade de vida. Um número pequeno de universidades promove a qualificação de professores de nas aulas com alunos público alvo da educação especial. Sendo somente após a Resolução n. 03/1987 do Conselho Nacional de Educação que se estabeleceu a inserção de disciplinas em suas grades, como a Adaptada(CIDADE; FREITAS, 2002). Entende-se que os alunos que estão inseridos no processo de inclusão escolar, podem apresentar níveis de qualidade de vida elevados, por terem um convívio social e uma exigência de atividades motoras maior. Ainda, essas experiências de práticas e hábitos saudáveis adquiridos na escola, podem ser passadas para a vida adulta, fazendo com que o indivíduo tenha uma boa saúde e qualidade de vida. Entretanto, essas vivências são dificultadas pela falta de serviço especializado e recursos que facilitem a locomoção e execução de atividades, principalmente por alunos com alterações motoras como no caso de alunos com PC (LEHNHARD; MANTA; PALMA, 2012). Essa oportunidade de melhoria da qualidade de vida pode ser feita, por meio de adaptações que o próprio professor deve fazer acerca de sua turma, trazendo o aluno com PC para uma rotina mais próxima de atividades, fazendo com que tenha uma fase de exercitação maior, proporcionado por aulas de esportes e exercícios em grupos, ressaltando também a aceitação do convívio social, algo muito importante, principalmente para os adolescentes que buscam o convívio com seus pares(gallahue, 2005). Com isso, podemos destacar que as aulas de Escolar são importantes por proporcionarem condições de promover uma rotina de atividades de cunho social e físico, que são a mola propulsora para uma vida mais saudável.

2 Desta forma, o objetivo deste estudo foi de analisar a produção científica em teses e dissertações brasileiras que tenham por assunto e Paralisia Cerebral, e verificar seus conteúdos acerca da inclusão escolar. 2 Método Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica, de caráter exploratório sobre a produção científica que envolve como assunto educação física e paralisia cerebral no que se refere à inclusão escolar. O site da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações foi a fonte de dados utilizada para a coleta dos trabalhos. Foi realizada uma busca avançada, sendo os descritores e Paralisia Cerebral, cujo campo foi selecionado para as duas palavras como assunto e na correspondência da busca ficou estabelecido todos os termos. Com base nos referidos descritores, foram encontrados dez trabalhos referentes à temática abordada no assunto pesquisado, sendo nove dissertações e uma tese. Dessa forma, das dez pesquisas, foram selecionados sete trabalhos, sendo excluídos três trabalhos por não se relacionarem com a temática da inclusão escolar, atividades físicas e paralisia cerebral. 3 Resultados e Discussão A análise dos sete trabalhos selecionados pôde mostrar, que a atividade física e o convívio social, bem como os recursos tecnológicos, quando bem utilizados pelo professor, podem melhorar significativamente o cotidiano escolar de crianças com paralisia cerebral. De todos os trabalhos, é possível verificar que a região do país com universidades que mais pesquisou sobre o assunto foi a região de São Paulo, sendo dois trabalhos da UFSCar, dois trabalhos da Unicamp, um trabalho da Unesp, campus de Marília, um trabalho da UFV e um trabalho da UFRN, sendo este último uma tese, como é possível verificar no quadro a seguir: Universidade/ Programa de Pós- Graduação Universidade Estadual de Campinas - Unicamp Autor Ano de Publicação Título da Pesquisa CARVALHO, L.M.G As atividades lúdicas e a criança com paralisia cerebral : o jogo, o brinquedo e a brincadeira no cotidiano da criança e da família

3 Universidade Estadual de Campinas - Unicamp Tese Educação Universidade Federal do Rio Grande do Norte UFRN Educação Especial São Carlos - UFSCar Educação Especial São Carlos - UFSCar Educação Universidade Estadual Paulista UNESP Campus de Marília Viçosa - UFV Quadro 1: Tese e dissertações selecionadas Fonte: Elaboração Própria STRAPASSON, A.M Proposta de ensino de polybat para pessoas com paralisia cerebral. MELO, F.R.L.V Do olhar inquieto ao olhar comprometido: uma experiência de intervenção voltada para a atuação com alunos que apresentam paralisia cerebral ALVES, A.C.J A tecnologia assistiva como recurso à inclusão escolar de crianças com paralisia cerebral ZUTTIN, F.S Recursos de baixa tecnologia assistiva e educação infantil: efeitos do recurso nas atividades lúdicas para crianças com paralisia cerebral SILVA, F.C.T 2014 Realidade virtual não imersiva: contribuição do jogo de videogame como recurso pedagógico nas aulas de educação física BARBOSA, J.M Orientações sobre cuidados de crianças com paralisia cerebral para cuidadores e profissionais da saúde: um manual prático A maioria dos estudos analisados realizou intervenções educacionais, seja por meio de uma proposta de ensino de natureza esportiva (STRAPASSON, 2005), seja apresentando recursos utilizados para facilitar processo de aprendizagem e interação do aluno com paralisia cerebral (ALVES, 2009; ZUTTIN, 2010; SILVA, 2014). O aspecto lúdico esteve diretamente relacionado com dois trabalhos, sendo nos estudo de Carvalho (1998) e Zuttin (2010). O trabalho de Melo (2006) constituiu-se num trabalho interventivo junto aos professores de alunos com paralisia cerebral. Barbosa (2014) desenvolveu material instrucional para cuidadores e profissionais da saúde no que se refere aos cuidados de crianças com paralisia cerebral. Como tema específico, tem-se a abordagem da paralisia cerebral e as atividades de caráter lúdico nas aulas de. É possível verificar por meio das dissertações, que o uso de atividades físicas adaptadas no ensino regular, promove nível satisfatório de qualidade na aprendizagem e autonomia de alunos com paralisia cerebral. Não só apenas as

4 atividades lúdicas, como as brincadeiras tradicionais, mas também os recursos tecnológicos como os videogames, a tecnologia assistiva, e outras atividades promovem benefícios aos alunos com paralisia cerebral no contexto educacional, fator este que corrobora com a inclusão escolar. 4. Conclusão Conclui-se a importância de trabalhos científicos que realizam intervenções no contexto educacional, apresentando recursos adaptados que garantem maior autonomia de alunos com paralisia cerebral. As atividades inclusivas nas aulas de escolar oferecem grande experiência motora, tanto para os alunos com paralisia cerebral, como para qualquer criança, e esse potencial cognitivo, físico e social deve ser proporcionado por meio dos professores de classe regular de ensino. Contudo, são muito escassos os trabalhos acerca desta temática abordada e verifica-se ainda a necessidade de estudos com maior número de participantes, bem como um tempo maior para intervenções. Referências ALVES, A. C. de J. A tecnologia assistiva como recurso à inclusão escolar de crianças com paralisia cerebral. ( de Mestrado) 169p. Programa de Educação Especial, São Carlos, São Carlos, BARBOSA, J. M. Orientações sobre cuidados de crianças com paralisia cerebral para cuidadores e profissionais da saúde: um manual prático. ( de Mestrado). 100p. Programa de, Viçosa, Viçosa, CARVALHO, L. M. de G. As atividades lúdicas e a criança com paralisia cerebral: o jogo, o brinquedo e a brincadeira no cotidiano da criança e da família. ( de Mestrado). 196p. Programa de, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, CIDADE, R. E., FREITAS, P. S. e Inclusão: Considerações para a prática pedagógica na Escola. Rev. Integração Adaptada, [Online], v. 14, p , Disponível em: Acesso em: 01 de Abril 2016 GALLAHUE, D. Conceitos para maximizar o desenvolvimento da habilidade de movimento especializado. Rev da /UEM, [Online], v16, n. 2, p , 2005.

5 Disponível em: Acesso em: 01 de Abril 2016 LEHNHARD, G. R.; MANTA, S. W.; PALMA, L. E. A prática de atividade física na história de vida de pessoas com deficiência física. Rev de /UEM, [Online], v.23, n.1, p.45-56, Disponível em: Acesso em: 01 de Abril 2016 MELO, F. R. L. V. Do olhar inquieto ao olhar comprometido: Uma experiência de intervenção voltada para atuação com alunos que apresentam paralisia cerebral. (Tese de Doutorado) 271p. Programa de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006 SILVA, F. Realidade virtual não imersiva: contribuição do jogo de videogame como recurso pedagógico nas aulas de educação física ( de Mestrado). 133p. Programa de Educação, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, Marília, São Paulo,2014 STRAPASSON, A. M. Proposta de ensino de polybat para pessoas com paralisia cerebral. ( de Mestrado) 85P. Programa de, Universidade Estadual de Campinas, ZUTTIN, F. da S. Efeitos dos recursos de baixa tecnologia assistiva nas atividades lúdicas para crianças com paralisia cerebral na educação infantil. ( de Mestrado) 157p. Programa de Educação Especial, São Carlos, São Carlos, 2010.

FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG

FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG Maria Wellitania de Oliveira Adriana de Miranda Santiago Terra Eduardo Fernandes de Miranda Sandra de Cássia Amorim Abrão

Leia mais

Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual

Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual 600 horas Curso Aprovado pela Secretaria do Estado de São Paulo Portaria CEE 356 de 18/09/2013. Escola Superior de Tecnologia e Educação de

Leia mais

PROPRIEDADES FÍSICAS DE RECURSOS PEDAGÓGICOS E/OU ADAPTADOS E SUAS IMPLICAÇÕES: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

PROPRIEDADES FÍSICAS DE RECURSOS PEDAGÓGICOS E/OU ADAPTADOS E SUAS IMPLICAÇÕES: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA PROPRIEDADES FÍSICAS DE RECURSOS PEDAGÓGICOS E/OU ADAPTADOS E SUAS IMPLICAÇÕES: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Fabiana Delgado Diaz Medina 1 Ligia Maria Presumido Braccialli 2 Instituição: UNESP-Marília Agência

Leia mais

A MOTIVAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

A MOTIVAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA A MOTIVAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA Isabela de Paulo Sousa Ana Luiza Barbosa Anversa Patric Paludette Flores Vânia de Fátima Matias de Souza Luciane Cristina Arantes da Costa A motivação é o processo

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PARA EDUCAÇÃO ESPECIAL: O USO DAS TECNOLOGIAS ASSISTIVA

CONTRIBUIÇÃO PARA EDUCAÇÃO ESPECIAL: O USO DAS TECNOLOGIAS ASSISTIVA CONTRIBUIÇÃO PARA EDUCAÇÃO ESPECIAL: O USO DAS TECNOLOGIAS ASSISTIVA Francisca Tamires Alves da Silva¹, Jacicleide Rodrigues de Sousa², Simone Pereira Camboim³, Nadia Farias dos Santos. ¹Universidade Estadual

Leia mais

Caderno 2 de Prova AE02. Educação Especial. Auxiliar de Ensino de. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação

Caderno 2 de Prova AE02. Educação Especial. Auxiliar de Ensino de. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Edital n o 003/2009 Caderno 2 de Prova AE02 Auxiliar de Ensino de Educação Especial Dia: 22 de novembro de 2009 Horário: das 8 às

Leia mais

A PROPOSTA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES TITULARES DAS SÉRIES/ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL PARA AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

A PROPOSTA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES TITULARES DAS SÉRIES/ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL PARA AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA A PROPOSTA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES TITULARES DAS SÉRIES/ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL PARA AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA Daiane Toigo Trentin 1 - IFRS Rachel Pietrobon 2 - UCS RESUMO: Este

Leia mais

ELABORAÇÃO DE VÍDEOS DIDÁTICOS DE MATEMÁTICA COMO ATIVIDADE ESCOLAR NO ENSINO BÁSICO. Ricardo Ferreira Paraizo *

ELABORAÇÃO DE VÍDEOS DIDÁTICOS DE MATEMÁTICA COMO ATIVIDADE ESCOLAR NO ENSINO BÁSICO. Ricardo Ferreira Paraizo * 1 ELABORAÇÃO DE VÍDEOS DIDÁTICOS DE MATEMÁTICA COMO ATIVIDADE ESCOLAR NO ENSINO BÁSICO Ricardo Ferreira Paraizo * * Professor de Matemática do Ensino Médio na CEDAF Florestal e Doutorando em Educação para

Leia mais

TÍTULO: CONCEPÇÃO DE PRÉ-ADOLESCÊNCIA EM HENRI WALLON CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PSICOLOGIA

TÍTULO: CONCEPÇÃO DE PRÉ-ADOLESCÊNCIA EM HENRI WALLON CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PSICOLOGIA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: CONCEPÇÃO DE PRÉ-ADOLESCÊNCIA EM HENRI WALLON CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS

Leia mais

JOGANDO DIFERENTE NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

JOGANDO DIFERENTE NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA JOGANDO DIFERENTE NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA COSTA, Alan Queiroz da; PENTEADO, Maria Isabel Gaspar; MARQUES, Erica Tavian Pereira; GARCIA, Eduardo; SANTOS, Marcio Fereira dos; SCHIMIDT, Eliana Baptiston;

Leia mais

TRILHANDO A CÉLULA EUCARIÓTICA: O LÚDICO NO ENSINO DE CITOLOGIA

TRILHANDO A CÉLULA EUCARIÓTICA: O LÚDICO NO ENSINO DE CITOLOGIA TRILHANDO A CÉLULA EUCARIÓTICA: O LÚDICO NO ENSINO DE CITOLOGIA Ana Karolina Marques de Lima 1, Jessica Aline Cardoso Gomes 2, Lúcia da Silva Fontes 3 1 Graduanda de Ciências Biológicas da Universidade

Leia mais

Investimento Social no Entorno do Cenpes. Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE)

Investimento Social no Entorno do Cenpes. Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE) Investimento Social no Entorno do Cenpes Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE) MBA em Desenvolvimento Sustentável (Universidade Petrobras) Abril / 2010 PETR ROBRAS RESPONSABILIDADE

Leia mais

NÃO ME ATRAPALHE, MÃE EU ESTOU APRENDENDO! COMO OS VIDEOGAMES ESTÃO PREPARANDO NOSSOS FILHOS PARA O SUCESSO NO SÉCULO XXI E COMO VOCÊ PODE AJUDAR?

NÃO ME ATRAPALHE, MÃE EU ESTOU APRENDENDO! COMO OS VIDEOGAMES ESTÃO PREPARANDO NOSSOS FILHOS PARA O SUCESSO NO SÉCULO XXI E COMO VOCÊ PODE AJUDAR? NÃO ME ATRAPALHE, MÃE EU ESTOU APRENDENDO! COMO OS VIDEOGAMES ESTÃO PREPARANDO NOSSOS FILHOS PARA O SUCESSO NO SÉCULO XXI E COMO VOCÊ PODE AJUDAR? Aline Nadal 1 Fernanda Batistela 2 PALAVRAS CHAVE: Jogos

Leia mais

Projeto de Financiamento para Aquisição de Transporte

Projeto de Financiamento para Aquisição de Transporte Projeto de Financiamento para Aquisição de Transporte Objetivo Geral:Agilizar e dinamizar ações no atendimento às crianças/adolescentes e familiares, assistidos pela OSCIP/FEAS Fundação Educativa Albert

Leia mais

VII ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO ESPECIAL Londrina de 08 a 10 novembro de 2011 - ISSN 2175-960X Pg.

VII ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO ESPECIAL Londrina de 08 a 10 novembro de 2011 - ISSN 2175-960X Pg. A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: UM LEVANTAMENTO DE TESES E DISSERTAÇÕES. DIANA ROSA CAVAGLIERI LIUTHEVICIENE CORDEIRO¹; ANNA AUGUSTA SAMPAIO DE OLIVEIRA². Universidade Estadual Paulista

Leia mais

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ HENRIQUE, Helen de Oliveira²; BIZERRA, Adais Alves³; SILVA, Laiana Luiza da⁴; LIMA, Lorrany

Leia mais

OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO

OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO PAULA, Maristela Vicente de 1, PIMENTA, Pedro Henrique Santana 2, PEREIRA, Bruna

Leia mais

MDMA MDMA MDMA MDMA CURSOS OFERECIDOS

MDMA MDMA MDMA MDMA CURSOS OFERECIDOS Os cursos já oferecidos pelo Projeto MDMA foram elaborados após verificação de demandas do público-alvo, na maioria das vezes, estando voltados à melhoria do ensino em diferentes áreas do saber. Um breve

Leia mais

CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA E O PAPEL DA TERAPIA OCUPACIONAL

CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA E O PAPEL DA TERAPIA OCUPACIONAL ANÁLISE BIBLIOGRÁFICA SOBRE A ESTIMULAÇÃO PRECOCE EM CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA E O PAPEL DA TERAPIA OCUPACIONAL Léia Armada Firmino Anna Augusta Sampaio de Oliveira Universidade Estadual Paulista FFC, Marília

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Capoeira - menino Pé no Chão Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação Casa

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE - UNIFEBE EEB SÃO JOÃO BATISTA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE - UNIFEBE EEB SÃO JOÃO BATISTA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE - UNIFEBE EEB SÃO JOÃO BATISTA Coordenador Institucional: Marcilene Pöpper Gomes Coordenador de Área: João Derli Souza Santos Professor(a) Supervisor(a): Carla Regiane Vargas

Leia mais

OS EFEITOS POSITIVOS DA PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA PARA A SAÚDE RESUMO

OS EFEITOS POSITIVOS DA PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA PARA A SAÚDE RESUMO OS EFEITOS POSITIVOS DA PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA PARA A SAÚDE Acadêmico: Daniel Nunes Professoras Orientadoras: Elis Regina Frigeri e Sandra Fachineto RESUMO O esporte como conteúdo da Educação Física

Leia mais

A ATIVIDADE LÚDICA NOS PROJETOS SOCIAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO BOLA E CIDADANIA

A ATIVIDADE LÚDICA NOS PROJETOS SOCIAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO BOLA E CIDADANIA A ATIVIDADE LÚDICA NOS PROJETOS SOCIAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO BOLA E CIDADANIA Prof. Bruno Martins Andrade Prof. Esp. Tiago Aquino da Costa e Silva FMU Faculdades Metropolitanas Unidas/SP

Leia mais

A DISCIPLINA DIDÁTICA NOS CURSOS DE LETRAS DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE MATO GROSSO DO SUL

A DISCIPLINA DIDÁTICA NOS CURSOS DE LETRAS DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE MATO GROSSO DO SUL A DISCIPLINA DIDÁTICA NOS CURSOS DE LETRAS DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE MATO GROSSO DO SUL Marlene Eliane dos Santos 1 ; Leomar Alves Rosa 2 ; Flávia Cavalcanti Gonçalves 3 UEMS/UUCG Rua dos Dentistas

Leia mais

REFLEXÕES DOCENTES ACERCA DA DISCALCULIA

REFLEXÕES DOCENTES ACERCA DA DISCALCULIA REFLEXÕES DOCENTES ACERCA DA DISCALCULIA Liziane Batista Souza Universidade Federal de Santa Maria -UFSM liziane.souza6@gmail.com Danieli Martins Ambrós Universidade Federal de Santa Maria -UFSM danieliambros@yahoo.com.br

Leia mais

A PESQUISA SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL NA REGIÃO CENTRO-OESTE: MAPEAMENTO DE TESES E DISSERTAÇÕES

A PESQUISA SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL NA REGIÃO CENTRO-OESTE: MAPEAMENTO DE TESES E DISSERTAÇÕES A PESQUISA SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL NA REGIÃO CENTRO-OESTE: MAPEAMENTO DE TESES E DISSERTAÇÕES Etiene Paula da Silva Diniz/FAED-UFGD 1 Aline Maira da Silva/FAED-UFGD 2 Leonardo Santos Amâncio Cabral/ FAED-UFGD

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO DE MATEMÁTICA PARA PESSOAS COM PARALISIA CEREBRAL

RELATO DE EXPERIÊNCIA: USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO DE MATEMÁTICA PARA PESSOAS COM PARALISIA CEREBRAL RELATO DE EXPERIÊNCIA: USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO DE MATEMÁTICA PARA PESSOAS COM PARALISIA CEREBRAL Resumo BARROS, Denner Dias 1 - FCT/UNESP SANTOS, Danielle

Leia mais

SISTEMA DE ENSINO INTEGRAL NAS ESCOLAS ESTADUAIS PAULISTAS: UM ESTUDO DE CASO NA CIDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE SP

SISTEMA DE ENSINO INTEGRAL NAS ESCOLAS ESTADUAIS PAULISTAS: UM ESTUDO DE CASO NA CIDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE SP SISTEMA DE ENSINO INTEGRAL NAS ESCOLAS ESTADUAIS PAULISTAS: UM ESTUDO DE CASO NA CIDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE SP Gustavo Antonio Valentim - FCT/UNESP Vanda Moreira Machado Lima - FCT/UNESP Resumo É notório

Leia mais

ESTUDANTES COM DEFICIENCIA INTELECTUAL

ESTUDANTES COM DEFICIENCIA INTELECTUAL ESTUDANTES COM DEFICIENCIA INTELECTUAL EM ESCOLAS DEMOCRÁTICAS: PRÁTICAS PEDAGÓGICAS Ma. Julia Gomes Heradão Dra. Elisa Tomoe Moriya Schlunzen UNESP Presidente Prudente Eixo Temático: Práticas Pedagógicas

Leia mais

O ENSINO DE ARTES VISUAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB

O ENSINO DE ARTES VISUAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB O ENSINO DE ARTES VISUAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV) Universidade Federal da Paraíba (UFPB) / Universidade Federal de Pernambuco

Leia mais

da Universidade Estadual de Goiás

da Universidade Estadual de Goiás SGUISSARDI, V.; SILVA JÚNIOR, J. R. Trabalho intensificado nas federais: pós-graduação e produtivismo acadêmico. São Paulo: Xamã, 2009.* Néri Emilo Soares Junior, da Universidade Estadual de Goiás Trabalho

Leia mais

Xavantina PREFEITURA ERRATA Nº 002 AO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 002/2016 ERRATA Nº 002 AO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 002/2016

Xavantina PREFEITURA ERRATA Nº 002 AO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 002/2016 ERRATA Nº 002 AO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 002/2016 20/10/2016 (Quinta-feira) DOM/SC - Edição N 2106 Página 649 Xavantina PREFEITURA ERRATA Nº 002 AO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 002/2016 ERRATA Nº 002 AO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Nº 002/2016 HÉLIO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso

Leia mais

A COSMOLOGIA EM TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE ENSINO DE ASTRONOMIA NO BRASIL

A COSMOLOGIA EM TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE ENSINO DE ASTRONOMIA NO BRASIL I Simpósio Nacional de Educação em Astronomia Rio de Janeiro - 2011 1 A COSMOLOGIA EM TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE ENSINO DE ASTRONOMIA NO BRASIL Maria Cecilia Queiroga Bazetto 1, Paulo Sergio Bretones 2

Leia mais

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação

Leia mais

Os Blogs construídos por alunos de um curso de Pedagogia: análise da produção voltada à educação básica

Os Blogs construídos por alunos de um curso de Pedagogia: análise da produção voltada à educação básica 1 Os Blogs construídos por alunos de um curso de Pedagogia: análise da produção voltada à educação básica Thaís Cristina Rodrigues Tezani Universidade Estadual Paulista (UNESP) thais@fc.unesp.br Pôster

Leia mais

EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO MÉDIO EM UMA ESCOLA PARTICULAR: VISÃO DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA.

EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO MÉDIO EM UMA ESCOLA PARTICULAR: VISÃO DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA. EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO MÉDIO EM UMA ESCOLA PARTICULAR: VISÃO DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA. Beatriz A. Barboza do Nascimento Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho UNESP Mestranda do programa

Leia mais

INSTRUMENTAL PARA MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO

INSTRUMENTAL PARA MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO I Identificação ASSOCIAÇÃO DE REABILITAÇÃO INFANTIL LIMEIRENSE ARIL INSTRUMENTAL PARA MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO Entidade Executora: Associação de Reabilitação Infantil Limeirense - ARIL Endereço: Rua Dr.

Leia mais

Piraí é mais Cultura. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Piraí é mais Cultura. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Piraí é mais Cultura Mostra Local de: Piraí do Sul Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Secretaria de Cultura de Piraí do Sul Cidade:

Leia mais

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem. (Mário Quintana).

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem. (Mário Quintana). Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história. (Bill Gates). Os verdadeiros analfabetos

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome: Educação Física Curso: Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio Série: 1º, 2º, 3º Ano Carga Horária: 80h/a (67/H) Docente Responsável: EMENTA

Leia mais

PANORAMA DAS TESES E DISSERTAÇÕES BRASILEIRAS E PORTUGUESAS SOBRE EDUCAÇÃO CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE

PANORAMA DAS TESES E DISSERTAÇÕES BRASILEIRAS E PORTUGUESAS SOBRE EDUCAÇÃO CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE IX CONGRESO INTERNACIONAL SOBRE INVESTIGACIÓN EN DIDÁCTICA DE LAS CIENCIAS Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN PANORAMA DAS TESES E DISSERTAÇÕES BRASILEIRAS E PORTUGUESAS SOBRE EDUCAÇÃO CIÊNCIA,

Leia mais

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: TECNOLOGIA ASSISTIVA E A COMUNICAÇÃO

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: TECNOLOGIA ASSISTIVA E A COMUNICAÇÃO 20 DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: TECNOLOGIA ASSISTIVA E A COMUNICAÇÃO Eixo: Práticas para Educação Especial AZAMUR, Mirian 1 DAVID, Mônica Cristiane 2 GOES, Celma Tessari de 3 LIMA, Cristiane de Fátima dos

Leia mais

ISSN do Livro de Resumos:

ISSN do Livro de Resumos: PROGRAMA PIBID: O OLHAR DOS DOCENTES DAS TURMAS DAS ESCOLAS PARCEIRAS A PARTIR DAS PRÁTICAS DOS PIBIDIANOS. Natali Gonçalves GOMES, Priscila Flores ETCHEVERRY Bolsista de inciação à docência - PIBID. Pedagogia

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM TERAPIA ANALÍTICO-COMPORTAMENTAL

ESPECIALIZAÇÃO EM TERAPIA ANALÍTICO-COMPORTAMENTAL ESPECIALIZAÇÃO EM TERAPIA ANALÍTICO-COMPORTAMENTAL O programa irá capacitá-lo a formulação de casos clínicos, avaliação e planejamento das sessões psicoterapêuticas a partir do modelo analítico comportamental

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Profª Lourdes Sufredini Profª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio João

Leia mais

A BRINQUEDOTECA: O OLHAR DO DOCENTE E A RELEVÂNCIA DO BRINCAR NA APRENDIZAGEM

A BRINQUEDOTECA: O OLHAR DO DOCENTE E A RELEVÂNCIA DO BRINCAR NA APRENDIZAGEM 00087 A BRINQUEDOTECA: O OLHAR DO DOCENTE E A RELEVÂNCIA DO BRINCAR NA APRENDIZAGEM Celeste Maria Pereira Reis Matos Eliene da Silva Rodrigues Tatyanne Gomes Marques NEPE Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão

Leia mais

O Sensoriamento Remoto no Ensino Básico: A Comunicação Universidade-Escola quanto à Produção, Divulgação e Uso de Material Didático.

O Sensoriamento Remoto no Ensino Básico: A Comunicação Universidade-Escola quanto à Produção, Divulgação e Uso de Material Didático. O Sensoriamento Remoto no Ensino Básico: A Comunicação Universidade-Escola quanto à Produção, Divulgação e Uso de Material Didático. Thiago Silva da Conceição 1 José Roberto Ribeiro Filho 1 Sériogio Fernandes

Leia mais

DO OBJETO DOS RECURSOS

DO OBJETO DOS RECURSOS CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO (UNESP) E A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS (UFSCar). A UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA

Leia mais

TECNOLOGIAS ASSISTIVAS: FERRAMENTAS PARA USO DO COMPUTADOR

TECNOLOGIAS ASSISTIVAS: FERRAMENTAS PARA USO DO COMPUTADOR TECNOLOGIAS ASSISTIVAS: FERRAMENTAS PARA USO DO COMPUTADOR Fernanda Mara Cruz (SEED/PR-PG-UFF) Introdução As Tecnologias Assistivas são recursos ou serviços que possuem a função de contribuir e proporcionar

Leia mais

O ENSINO DE HISTÓRIA E O LIVRO DIDÁTICO EM FONTES DE INFORMAÇÃO DISPONÍVEIS EM MÍDIAS DIGITAIS

O ENSINO DE HISTÓRIA E O LIVRO DIDÁTICO EM FONTES DE INFORMAÇÃO DISPONÍVEIS EM MÍDIAS DIGITAIS O ENSINO DE HISTÓRIA E O LIVRO DIDÁTICO EM FONTES DE INFORMAÇÃO DISPONÍVEIS EM MÍDIAS DIGITAIS Sara Menezes Felizardo 1 RESUMO O texto apresenta quantitativamente as publicações sobre o livro didático

Leia mais

NOME DO CURSO: O uso pedagógico dos recursos de Tecnologia Assistiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial

NOME DO CURSO: O uso pedagógico dos recursos de Tecnologia Assistiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial NOME DO CURSO: O uso pedagógico dos recursos de Tecnologia Assistiva Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: Presencial Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA

A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE NA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA Carla de Araújo Universidade Estadual da Paraíba tapcarla@gmail.com Profª. Dra. Abigail Fregni Lins Universidade Estadual

Leia mais

ISSN: Mylena Carla Almeida Tenório Deise Juliana Francisco

ISSN: Mylena Carla Almeida Tenório Deise Juliana Francisco BRINCADEIRAS E ATIVIDADES LÚDICAS ENQUANTO ESTRATÉGIA NO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO: RELATANDO VIVÊNCIAS DE UMA CRIANÇA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO - TEA Mylena Carla Almeida Tenório Mylena_dayvid@hotmail.com

Leia mais

ACESSO A ÓRTESES E PRÓTESES POR PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NO PROGRAMA BPC NA ESCOLA: CONEXÕES COM A INCLUSÃO EDUCACIONAL

ACESSO A ÓRTESES E PRÓTESES POR PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NO PROGRAMA BPC NA ESCOLA: CONEXÕES COM A INCLUSÃO EDUCACIONAL ACESSO A ÓRTESES E PRÓTESES POR PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NO PROGRAMA BPC NA ESCOLA: CONEXÕES COM A INCLUSÃO EDUCACIONAL Mileide Cristina Stoco de Oliveira Magda Campos Curcino Eliane Ferrari Chagas

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER

Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Especialização em Psicopedagogia Institucional 430 horas Clínica 610 horas Objetivos do curso: Analisar criticamente a problemática do fracasso

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012 Pós-Graduação Lato Sensu a Distância 1º semestre 2012 FEVEREIRO/2012 Índice dos Cursos de Pós-Graduação a distância Oferta: primeiro semestre 2012 Curso Mensalidade Total Pagina ÁREA: ADMINISTRAÇÃO MBA

Leia mais

Inovação Tecnológica no Varejo Loja 4.0 Startups que estão transformando experiência de compra

Inovação Tecnológica no Varejo Loja 4.0 Startups que estão transformando experiência de compra Inovação Tecnológica no Varejo Loja 4.0 Startups que estão transformando experiência de compra MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1.240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento:

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL DA FINLÂNDIA: CURRÍCULO, PROFISSIONAIS E AVALIAÇÃO

SISTEMA EDUCACIONAL DA FINLÂNDIA: CURRÍCULO, PROFISSIONAIS E AVALIAÇÃO SISTEMA EDUCACIONAL DA FINLÂNDIA: CURRÍCULO, PROFISSIONAIS E AVALIAÇÃO FINLÂNDIA - O PAÍS 338,000 km2 5,3 milhões de habitantes Capital: Helsinque 2 idiomas oficiais: finlandês sueco Helsinki FINLÂNDIA

Leia mais

A ARTE DE BRINCAR COMO MODO E PRÁTICA DE EDUCAR

A ARTE DE BRINCAR COMO MODO E PRÁTICA DE EDUCAR A ARTE DE BRINCAR COMO MODO E PRÁTICA DE EDUCAR Luana da Mata (UEPB) luanadesenhodedeus@hotmail.com Patrícia Cristina de Aragão Araújo (UEPB) cristina=aragao21@hotmail.com RESUMO Este artigo tem como objetivo

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM LUDOPEDAGOGIA

PÓS-GRADUAÇÃO EM LUDOPEDAGOGIA PÓS-GRADUAÇÃO EM LUDOPEDAGOGIA Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Texto orientador Referente ao Marco Regulatório dos Cursos de Pós-Graduação

Leia mais

Pesquisa TIC Educação e os desafios para o uso das tecnologias nas escolas de ensino fundamental e médio no Brasil

Pesquisa TIC Educação e os desafios para o uso das tecnologias nas escolas de ensino fundamental e médio no Brasil Pesquisa TIC Educação e os desafios para o uso das tecnologias nas escolas de ensino fundamental e médio no Brasil ICT Education Research and challenges for the use of technology in elementary and secondary

Leia mais

CORPO E MOVIMENTO: Uma proposta curricular de Educação Física na Educação Infantil na Prefeitura Municipal de Paulínia

CORPO E MOVIMENTO: Uma proposta curricular de Educação Física na Educação Infantil na Prefeitura Municipal de Paulínia CORPO E MOVIMENTO: Uma proposta curricular de Educação Física na Educação Infantil na Prefeitura Municipal de Paulínia PROFESSORES: Andiara Lima Ede Carlos Jesus José Carlos de Oliveira Júnior RESUMO:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA REITORIA ANEXO I. PROJETO DE 1. IDENTIFICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA REITORIA ANEXO I. PROJETO DE 1. IDENTIFICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA REITORIA ANEXO I. PROJETO DE 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto: Descobrindo e aplicando matemática por meio do software GeoGebra 1.2 Câmpus de

Leia mais

A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013)

A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013) 980 A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013) Maria Augusta A. G. Buarque Maciel - Lapeade / FE- UFRJ José Jairo Vieira Lapeade- PPGE-

Leia mais

Lueny Amorim de oliveira (1); Lainne Saraiva Garreta (1); Malena Correia Costa (2) Antônia Gomes do Nascimento (3)

Lueny Amorim de oliveira (1); Lainne Saraiva Garreta (1); Malena Correia Costa (2) Antônia Gomes do Nascimento (3) A HISTÓRIA DA QUÍMICA COMO INSTRUMENTO MOTIVADOR NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA DE QUÍMICA NAS TURMAS DE 1 ANO DO ENSINO MÉDIO: PERCEPÇÃO DOS EDUCANDOS. Lueny Amorim de oliveira (1);

Leia mais

Vani Kenski USP DESIGN INSTRUCIONAL

Vani Kenski USP DESIGN INSTRUCIONAL Vani Kenski USP DESIGN INSTRUCIONAL EAD uma modalidade diferente Ensinar a distância é muito diferente de ensinar presencialmente, mesmo para professores com larga experiência em educação. Aprender a distância

Leia mais

EDUCAÇÃO NUTRICIONAL PARA ESCOLARES COMO MÉTODO PARA MODIFICAÇÃO DA PREFERÊNCIA ALIMENTAR

EDUCAÇÃO NUTRICIONAL PARA ESCOLARES COMO MÉTODO PARA MODIFICAÇÃO DA PREFERÊNCIA ALIMENTAR EDUCAÇÃO NUTRICIONAL PARA ESCOLARES COMO MÉTODO PARA MODIFICAÇÃO DA PREFERÊNCIA ALIMENTAR Aline Jabur Castilho(Acadêmica/UNICENTRO), Adriana Honaiser (ICV/ UNICENTRO), Caroline Christ (Acadêmica/UNICENTRO),

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE CEFID

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE CEFID CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE CEFID Área de Conhecimento Aspectos Pedagógicos do Movimento Humano (A) Estágio Curricular Supervisionado Ementa/Bibliografia Objetivos: Levantamento e análise

Leia mais

Resumo do Perfil dos Docentes Permanentes

Resumo do Perfil dos Docentes Permanentes Resumo do Perfil dos Docentes Permanentes Linha de atuação científico/tecnológica em Gestão na Indústria Animal 1. Augusto Hauber Gameiro VNP/FMVZ/USP: Doutor e mestre em Economia Aplicada pela Escola

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE FAMÍLIA-ESCOLA NO CONTEXTO DA INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO

RELAÇÃO ENTRE FAMÍLIA-ESCOLA NO CONTEXTO DA INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO RELAÇÃO ENTRE FAMÍLIA-ESCOLA NO CONTEXTO DA INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO Laura Borges Fabiana Cia Universidade Federal de São Carlos/Programa de Pós-Graduação em Educação Especial Palavras-chave:

Leia mais

FORMAÇÃO DOCENTE PARA A INCLUSÃO DO ESTUDANTE DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NO ENSINO REGULAR

FORMAÇÃO DOCENTE PARA A INCLUSÃO DO ESTUDANTE DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NO ENSINO REGULAR FORMAÇÃO DOCENTE PARA A INCLUSÃO DO ESTUDANTE DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NO ENSINO REGULAR 1.Introdução Josefa Basilio da Silveira. Denise Ivana de Paula Albuquerque. Secretaria Estadual de Educação de São Paulo.

Leia mais

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E O USO DAS TIC: INCURSÕES E CONFLUÊNCIAS NAS PESQUISAS EM EDUCAÇÃO

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E O USO DAS TIC: INCURSÕES E CONFLUÊNCIAS NAS PESQUISAS EM EDUCAÇÃO DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E O USO DAS TIC: INCURSÕES E CONFLUÊNCIAS NAS PESQUISAS EM EDUCAÇÃO Glaucia Eunice Gonçalves da Silva UFMT Everton Cardoso Borges UNIVAR As Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

TENDÊNCIAS DE TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO EM ASTRONOMIA NO BRASIL 1. Paulo Sergio Bretones (IG/UNICAMP e ISCA) Jorge Megid Neto (FE/UNICAMP)

TENDÊNCIAS DE TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO EM ASTRONOMIA NO BRASIL 1. Paulo Sergio Bretones (IG/UNICAMP e ISCA) Jorge Megid Neto (FE/UNICAMP) 1 TENDÊNCIAS DE TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO EM ASTRONOMIA NO BRASIL 1 Paulo Sergio Bretones (IG/UNICAMP e ISCA) Jorge Megid Neto (FE/UNICAMP) Resumo Apresentam-se os resultados de uma pesquisa

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Distúrbios neurológicos. Crianças. Aprendizado. Professores.

PALAVRAS-CHAVE Distúrbios neurológicos. Crianças. Aprendizado. Professores. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

SUGESTÕES DE AULAS DO PORTAL DO PROFESSOR PARA A DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, NA PRÁTICA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL

SUGESTÕES DE AULAS DO PORTAL DO PROFESSOR PARA A DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, NA PRÁTICA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL 991 SUGESTÕES DE AULAS DO PORTAL DO PROFESSOR PARA A DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, NA PRÁTICA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL Soellyn Elene Bataliotti - PPGEEs UFSCar, sol.elene@gmail.com Maria da Piedade Resende

Leia mais

A EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DA EXPERIÊNCIA DOCENTE

A EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DA EXPERIÊNCIA DOCENTE A EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DA EXPERIÊNCIA DOCENTE AZEVEDO, Luiz Carlos; SOUZA, Maria Valdete Pimentel de. Instituto Federal de Educação-IFPB- luiscarlos-azevedo@bol.com.br;

Leia mais

A MEDIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1

A MEDIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 A MEDIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 Rafael de Farias Ferreira Universidade Estadual da Paraíba PPGFP 2 E-mail: rafaelgeografopb@yahoo.com.br Cícera Fernanda Rodrigues Medeiros Faculdades

Leia mais

ESPORTE SEM LIMITES 2015

ESPORTE SEM LIMITES 2015 ESPORTE SEM LIMITES 2015 1 - APRESENTAÇÃO A SORRI-BAURU é uma Associação sem fins lucrativos habilitada como Centro Especializado em Reabilitação pelo Ministério da Saúde como CER III nas modalidades reabilitação

Leia mais

TABELA NAVAL: USO DO LÚDICO NO ENSINO DA TABELA PERIÓDICA

TABELA NAVAL: USO DO LÚDICO NO ENSINO DA TABELA PERIÓDICA TABELA NAVAL: USO DO LÚDICO NO ENSINO DA TABELA PERIÓDICA Claudiana Maria da Silva 1 ; Maria Aparecida Nazário Cassiano 1 ; Juliana Andreza Figueirôa 2 ; Vera Lúcia da Silva Augusto Filha 3 ; Maria Josileide

Leia mais

PROJETO VALE SUSTENTÁVEL: EDUCANDO E PRESERVANDO O MEIO AMBIENTE PARA AS PRESENTES E FUTURAS GERAÇÕES

PROJETO VALE SUSTENTÁVEL: EDUCANDO E PRESERVANDO O MEIO AMBIENTE PARA AS PRESENTES E FUTURAS GERAÇÕES PROJETO VALE SUSTENTÁVEL: EDUCANDO E PRESERVANDO O MEIO AMBIENTE PARA AS PRESENTES E FUTURAS GERAÇÕES Elisângelo Fernandes da Silva (E-mail: elisangelo.silva@bol.com.br); Francisco Auricélio de Oliveira

Leia mais

PEDAGOGIA 2015.1 Ofertas Regulares AVALIAÇÃO FINAL 27/06/2015

PEDAGOGIA 2015.1 Ofertas Regulares AVALIAÇÃO FINAL 27/06/2015 AVALIAÇÃO FINAL 27/06/2015 MANHÃ -27/06/2015 EAD210 Filosofia e Educação 2 7H30 9H EAD208 Antropologia e Educação 2 9H 10H30 EAD219 Tecnologia da Informação e da Comunicação 10H45 12H15 EAD276 Prática

Leia mais

O Uso de Jogos Educacionais do Tipo RPG. Anita Raquel das Silva Grando Profª.Drª. Liane Margarida Rockenbach Tarouco

O Uso de Jogos Educacionais do Tipo RPG. Anita Raquel das Silva Grando Profª.Drª. Liane Margarida Rockenbach Tarouco O Uso de Jogos Educacionais do Tipo RPG Anita Raquel das Silva Grando Profª.Drª. Liane Margarida Rockenbach Tarouco OBJETIVO Apresentar a importância e relevância de se trabalhar com jogos em ambientes

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

TÍTULO: ANALISE DA INCIDÊNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE EM JUDOCAS INFANTO-JUVENIL PARTICIPANTES DE CAMPEONATO REGIONAL DE JUDÔ CATEGORIA: CONCLUÍDO

TÍTULO: ANALISE DA INCIDÊNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE EM JUDOCAS INFANTO-JUVENIL PARTICIPANTES DE CAMPEONATO REGIONAL DE JUDÔ CATEGORIA: CONCLUÍDO Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ANALISE DA INCIDÊNCIA DE ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE EM JUDOCAS INFANTO-JUVENIL PARTICIPANTES DE

Leia mais

Tecnologia Assistiva: uma análise das percepções dos professores sobre o uso desse recurso na promoção da inclusão educacional

Tecnologia Assistiva: uma análise das percepções dos professores sobre o uso desse recurso na promoção da inclusão educacional Tecnologia Assistiva: uma análise das percepções dos professores sobre o uso desse recurso na promoção da inclusão educacional Cláudia Danielle de França Otoni Rejane Fernandes da Silva Vier Prof. Dra.

Leia mais

FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA

FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA Projeto: Festival de Iniciação Esportiva Publicação no D.O.U 28/12/2015 Seção 1 Pág 125 Beneficiários Diretos: 300 crianças/adolescentes Valor Total aprovado: R$ 302.681,74

Leia mais

Escola Especial Renascer APAE - Lucas do Rio Verde - MT. Futsal Escolar

Escola Especial Renascer APAE - Lucas do Rio Verde - MT. Futsal Escolar Escola Especial Renascer APAE - Lucas do Rio Verde - MT Futsal Escolar Prof. Ivan Gonçalves dos Santos Lucas do Rio Verde MT - 2009 Introdução A Educação Física é uma disciplina pedagógica permeada de

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Pará, Servidora Pública do Estado:

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Pará,   Servidora Pública do Estado: ANÁLISE DO CONHECIMENTO DE PROFESSORES E ALUNOS SOBRE A UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES EDUCACIONAIS NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM. Pabllo Antonny Silva dos Santos; Maria Cristina Quaresma e Silva; Vanessa

Leia mais

Palavras-Chave: Educação inclusiva. Alfabetização. Deficiente intelectual. Produção científica. 1 Introdução

Palavras-Chave: Educação inclusiva. Alfabetização. Deficiente intelectual. Produção científica. 1 Introdução ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE ALFABETIZAÇÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL PUBLICADA NA BASE DE DADOS SCIENTIFIC ELETRONIC LIBRARY ONLINE (SCIELO) Angel Saucedo Silvero Carla Cristina Marinho

Leia mais

UMA REVISÃO SISTEMÁTICA SOBRE A PSICOMOTRICIDADE

UMA REVISÃO SISTEMÁTICA SOBRE A PSICOMOTRICIDADE UMA REVISÃO SISTEMÁTICA SOBRE A PSICOMOTRICIDADE Giovanna Romano Gomes (PIBICJR//CNPQ) giromanogomes@gmail.com Maria Eduarda Lucas Cuenca (PIBICJR//CNPQ) mlcuenca_1999@hotmail.com Marília Bazan Blanco

Leia mais

O PAPEL DA ESCOLA E DO PROFESSOR NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) Introdução

O PAPEL DA ESCOLA E DO PROFESSOR NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) Introdução 421 O PAPEL DA ESCOLA E DO PROFESSOR NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) Amanda Ferreira dos Santos², Felipe Vidigal Sette da Fonseca²,

Leia mais

PEREIRA, Ana Célia da R. Autora Professora da Escola Municipal Prof. Anísio Teixeira

PEREIRA, Ana Célia da R. Autora Professora da Escola Municipal Prof. Anísio Teixeira O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR ANÍSIO TEIXEIRA NO APOIO AO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LEITURA E DA ESCRITA DOS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL PEREIRA, Ana Célia

Leia mais

IV ENCONTRO DO PIBID DO IFMG - 24 e 25 de setembro de 2015

IV ENCONTRO DO PIBID DO IFMG - 24 e 25 de setembro de 2015 DISLEXIA SOU DIFERENTE, APRENDO DIFERENTE. 1 REIS, S. T. - IFMG campus Ouro Preto- sheilareisop@yahoo.com.br; 2 RAMALHO, M. S. - IFMG campos Ouro Preto- marcileneramalho@yahoo.com.br; 3 BARBOSA. C. G.

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Educação Física - Área de Aprofundamento em Escola Licenciatura Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de

Leia mais

C (39,75±8,98) 78,2%. A

C (39,75±8,98) 78,2%. A Introdução Paralisia é um grupo de doenças do desenvolvimento, movimento e postura, ocasionando limitações de atividades, que são atribuídas a distúrbios não progressivos que ocorrem no cérebro durante

Leia mais

INDICADORES DE ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO DOS ALUNOS NO ESNINO FUNDAMENTAL (5º. AO 9º. ANO) DE UMA ESCOLA PÚBLICA MINEIRA

INDICADORES DE ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO DOS ALUNOS NO ESNINO FUNDAMENTAL (5º. AO 9º. ANO) DE UMA ESCOLA PÚBLICA MINEIRA INDICADORES DE ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO DOS ALUNOS NO ESNINO FUNDAMENTAL (5º. AO 9º. ANO) DE UMA ESCOLA PÚBLICA MINEIRA Priscila Moreira Corrêa; Lavine Rocha Cardoso Ferreira; Maria Isabel de Araújo

Leia mais

Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal

Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal Linha de Pesquisa: LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS

Leia mais

A RECEPÇÃO DOS TEXTOS E IDEIAS DE DARWIN NO ACERVO BIBLIOGRÁFICO DA UEM: UMA QUESTÃO DE CIRCULAÇÃO DO CONHECIMENTO

A RECEPÇÃO DOS TEXTOS E IDEIAS DE DARWIN NO ACERVO BIBLIOGRÁFICO DA UEM: UMA QUESTÃO DE CIRCULAÇÃO DO CONHECIMENTO A RECEPÇÃO DOS TEXTOS E IDEIAS DE DARWIN NO ACERVO BIBLIOGRÁFICO DA UEM: UMA QUESTÃO DE CIRCULAÇÃO DO CONHECIMENTO Vitor Góis Ferreira (PIBIC/FA/UEM), Cristina de Amorim Machado(Orientadora, DFE-UEM),

Leia mais