Relato das ações de apoio da ProPlan ao Campus Diadema

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relato das ações de apoio da ProPlan ao Campus Diadema"

Transcrição

1 Atividades realizadas e em andamento Relato das ações de apoio da ProPlan ao Campus Diadema 14 de março de 2014

2 Atividades realizadas e em andamento: BOMBEIROS Contratação de empresa para realização do Projeto de Bombeiros e obtenção do AVCB (Início da execução do projeto em 17/03/2014) a. Realizado termo de referência e cotações; b. Contratada empresa PROTEC com uso de reserva técnica; c. Elaboração do projeto (execução em 30 dias); d. Aprovação no Corpo de Bombeiros (após o projeto); e. Realização de adaptações necessárias; f. Formação da Brigada de Incêndio g. Vistoria do Corpo de Bombeiros; h. Expedição do AVCB.

3 Atividades realizadas e em andamento: RESÍDUOS TÓXICOS Reuniões com Diretor de Áreas Contaminadas da CETESB e Agência local ABC foram necessárias para destravar o processo a. Obtivemos a emissão do CADRI (Certificado de Movimentação de Resíduos de Interesse Ambiental); b. Emitida Ordem de Serviço para a empresa SANIPLAN retirar 7.5 toneladas de resíduos tóxicos; c. Resíduos rotulados serão retirados em 15 dias; d. Resíduos não rotulados precisarão de análise química para definir propriedades e destinação; e. Será renovado o contrato para manter retirada constante de resíduos e evitar os riscos de estocagem imprópria.

4 Atividades realizadas e em andamento: SEGURANÇA DOS USUÁRIOS Aplicação do Prontuário da Edificação, com a legislação incidente verificando desconformidades a serem sanadas e seu grau de complexidade: a. Acessibilidade; b. Segurança contra incêndios, elétrica e para usuários; c. Normativas para laboratórios; d. Normativas para anfiteatros; e. Dentre outras.

5 Atividades realizadas e em andamento: SEGURANÇA DOS USUÁRIOS Acessibilidade Bombeiros Sanitários Anfiteatro Segurança Elétrica Outros Assuntos Laboratórios Ruas de acesso Acessibilidade Interna Escadas Rampas e elevadores Sinalização Equipamentos Sistema de controle de fumaça e incêndio Sanitários para deficientes Sinalização Rampas para cadeirantes e elevador Assentos reservados à pessoas obesas Gerador Cabine primária Pára-raios Estado de conservação do edifício Câmeras de Segurança Impermeabilização, calhas e sistema de captação de águas pluviais Portas anti-pânico Capela de Exaustão Corredores obstruídos Tubulações Legendas Sem necessidade de mudança/criação Problema de baixa complexidade, que pode ser sanado com manutenção ou uso de atas, para pequenas correções Problema de média complexidade, sendo necessária contratação de empresa especializada Problema grave estrutural, que não seja possível de sanar

6 Atividades realizadas e em andamento: REAGENTÁRIO Foi diagnosticado que estocagem de reagentes era um dos pontos críticos da Unidade e estamos dando apoio técnico à iniciativa dos servidores em realocá-lo para espaço maior e com segurança a. Levantamento e avaliação das normativas pertinentes para áreas de armazenamento de reagentes/químicos inflamáveis, explosivos; b. Elaboração de propostas de layout para nova área do reagentário e salas próximas, considerando especialmente as exigências de segurança, tais como chuveiro e lava-olhos, dimensões de circulação, saídas de emergência, equipamentos especiais para ventilação, exaustão, climatização e iluminação; c. Definições dos materiais (alvenaria, tipos de pedras mais adequadas, etc.) para a execução das estantes para os reagentes e estudos de modulação das mesmas;

7 Atividades realizadas e em andamento: REAGENTÁRIO a. Orçamentos dos equipamentos especiais necessários para equipar as salas: luminárias (blindadas, proteção intrínseca, a prova de explosão), ar condicionado e exaustor blindados (proteção intrínseca contra ocorrência de faíscas); b. Instalações elétricas: identificação dos circuitos existentes (tomadas e iluminação), retirada de fiações e tomadas da sala, mudança de circuito dos interruptores retirando das salas de armazenagem.

8 Atividades realizadas e em andamento: REAGENTÁRIO

9 Atividades realizadas e em andamento: ELÉTRICA Adequação para atender demandas atuais, incluindo conteiners: a. Medição da demanda de potência/corrente e adequações nos quadros: geral, distribuição dos circuitos nos laboratórios e dos circuitos de ar condicionado; b. Revisão com substituição dos terminais da fiação de entrada no disjuntor principal de um dos quadros de alimentação do ar condicionado (AC2), com o objetivo de sanar o aquecimento excessivo apresentado no quadro junto ao disjuntor. c. Levantamento e avaliação do quadro de distribuição e das cargas elétricas do quadro do galpão de laboratórios da engenharia, a fim de verificar se as mesmas podem ser ampliadas para a alimentação de conteiners.

10 Atividades realizadas e em andamento: GÁS Retirada progressiva da tubulação desconforme dentro de forros. a. Mapeamento das tubulações em uso ou desativadas b. Retirada das desativadas; c. Projeto e contratação das tubulações externas (por ata), com contratação rápida com a equipe atual recebendo material licitado por pregão.

11 Atividades realizadas e em andamento: MANUTENÇÃO Edital de licitação para novo serviço de manutenção, corrigindo os problemas do contrato atual (que não prevê material e tem deficiências de aferição de qualidade e desempenho): a. Baseada na nova NBR-ABNT de manutenção; b. Inclusão de materiais e peças de reposição, medidos pelos quantitativos efetivamente gastos, pagos e instalados, cujos preços não poderão ser superiores ao SINAPI; c. Aferição de qualidade por acordo níveis de serviço; d. Melhor detalhamento de equipamentos e ferramentas; e. Especialidades sob demanda (ao invés de corpo técnico fixo); f. Definição de Atas de materiais para o Campus (já enviados modelos para o Campus); g. Política de Almoxarifado de materiais de manutenção.

12 Atividades realizadas e em andamento: ACESSIBILIDADE Edital de licitação para novo serviço de manutenção, corrigindo os problemas do contrato atual (que não prevê material e tem deficiências de aferição de qualidade e desempenho): a. Definido local e modelo do elevador. Recebendo cotações de empresas; b. Redesenhado projeto de rampas de acesso; c. Orientação para desobstruir os banheiros de PNE e rampas; d. Refeito projeto de portas dos laboratórios (para o corredor), inclusive garantindo segurança para evacuação; e. No acesso ao auditório, avaliação de instalação de plataforma móvel em escada para evitar obra de rampa;

Lideres - IBJO 07/09/2014

Lideres - IBJO 07/09/2014 IGREJA BATISTA JARDIM DAS OLIVEIRAS PLANO DE AÇÃO PLANEJAMENTO 2014/2020 Lideres - IBJO 07/09/2014 PLANO DE AÇÃO (PA) Objetivo: Alvará de Funcionamento Definitivo e Aprovação do Projeto Construtivo do

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 010/2009/SAD, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2009.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 010/2009/SAD, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2009. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 010/2009/SAD, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre os procedimentos para a operacionalização do sistema de serviço de armazenamento, transporte, distribuição e seguro, com gestão

Leia mais

ROTEIRO BÁSICO PARA VISTORIA

ROTEIRO BÁSICO PARA VISTORIA M I N I S T É R I O P Ú B L I C O F E D E R A L PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO PROCURADORIAS DA REPÚBLICA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Ações implementadas para a obtenção da acessibilidade

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE O MANUAL DO PROPRIETÁRIO

CONSIDERAÇÕES SOBRE O MANUAL DO PROPRIETÁRIO CONSIDERAÇÕES SOBRE O MANUAL DO PROPRIETÁRIO Exigências dos CÓDIGOS CIVIL E CÓDIGO C DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR, no que diz respeito às relações de consumo, dividindo responsabilidades entre construtores

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO PRAZO 02 DE JUNHO DE 2017

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO PRAZO 02 DE JUNHO DE 2017 SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO PRAZO 02 DE JUNHO DE 2017 Solicitamos orçamento de pessoa jurídica com vistas a receber propostas para se auferir o Valor de Referência para posterior licitação, o orçamento deverá

Leia mais

CRITÉRIOS BÁSICOS DE PROJETO PARA OS SISTEMAS DE SERVIÇOS AUXILIARES EM CORRENTE ALTERNADA E CORRENTE CONTÍNUA

CRITÉRIOS BÁSICOS DE PROJETO PARA OS SISTEMAS DE SERVIÇOS AUXILIARES EM CORRENTE ALTERNADA E CORRENTE CONTÍNUA Nº Data Natureza da Revisão Elaborado Verificado Aprovado MARTE Aprovado CLIENTE LEILÃO ANEEL 007/2012 LOTE A SUBESTAÇÕES PROJETO BÁSICO ELAB. VERIF. APROV. RESP. TÉCNICO CREA/RJ DATA TÍTULO ZT LAX ZT

Leia mais

Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop

Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop Sumário Executivo Esta Nota Técnica tem por finalidade comprovar a existência de sustentação técnica e motivação econômica para estabelecer

Leia mais

DESENHO DE ESTRUTURAS AULA 1. Profª. Angela A. de Souza

DESENHO DE ESTRUTURAS AULA 1. Profª. Angela A. de Souza AULA 1 A CONCEPÇÃO ESTRUTURAL DE EDIFICIOS Etapas de um Projeto de Edificação A idealização de um projeto parte do princípio que devemos procurar ajuda de um profissional especializado, que irá nos ajudar

Leia mais

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS 1 ANEXO I ITUAÇÃO FÍICA PARA CONCEÃO DE EPAÇO COMERCIAI Instruções de preenchimento: Para preenchimento desta ficha sugere-se a participação das equipes Comercial, Manutenção, TI, Meio ambiente, Operações

Leia mais

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1 Projeto Será um edifício residencial contendo subsolo, térreo, mezanino, 13 pavimentos tipo com 04 (quatro) apartamentos

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO TUTORIA PRESENCIAL T03 MG

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO TUTORIA PRESENCIAL T03 MG I IDENTIFICAÇÃO Elaborado por: Bethania Rocha Cardoso Silva Aprovado por: Katyana Aragão Versão: 01 Data da aprovação: II IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA ATENDIDA Empresa: ELBI ELÉTRICA INDUSTRIAL LTDA Nome do

Leia mais

NORMA TÉCNICA 04/2014

NORMA TÉCNICA 04/2014 É ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA 04/2014 Símbolos Gráficos SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Definições 4 Referências normativas e bibliográficas

Leia mais

Pavimento Térreo L E G E N D A. Planta Baixa Pavto Térreo. Planta Baixa Pavto Térreo EL 01/04 AMPLIAÇÃO DA SEDE REGIONAL DE CONCÓRDIA CELESC S/A

Pavimento Térreo L E G E N D A. Planta Baixa Pavto Térreo. Planta Baixa Pavto Térreo EL 01/04 AMPLIAÇÃO DA SEDE REGIONAL DE CONCÓRDIA CELESC S/A 2 140 90 275 90 170 130 100 10 Ponto de TV,1,m do piso - embutir Ponto de rede lógica simples, RJ45, 0,30m do piso - embutir Ponto de rede lógica duplo, RJ45, 0,30m do piso - embutir Ponto de rede lógica

Leia mais

PARTE II ACESSIBILIDADE

PARTE II ACESSIBILIDADE PARTE II ACESSIBILIDADE Manual de Sinalização de Acessibilidade - Ano 2013 Detalhamento Técnico Especificações CAPA ACESSIBILIDADE REGRA GERAL PARA CONFECÇÃO DAS PLACAS VISUAL/BRAILLE 1- Todos os textos

Leia mais

REF: PROPOSTA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS DE SEGURANÇA.

REF: PROPOSTA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS DE SEGURANÇA. P431/15 São Paulo, 17 de setembro de 2015. À Associação Atlética Acadêmica Pereira Barreto AC.: Arq. Wagner Fraga REF: PROPOSTA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS DE SEGURANÇA. Prezado Senhor, Em atendimento à solicitação,

Leia mais

VII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO. Título Do Trabalho

VII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO. Título Do Trabalho ASSEMAE VII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO Título Do Trabalho INCENTIVO À PESQUISA, REFLEXÃO E DEBATE DE TEMAS AMBIENTAIS: ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DE PROJETO ARQUITETÔNICO E VISUAL DIFERENCIADO

Leia mais

Tribunal Superior do Trabalho

Tribunal Superior do Trabalho PLANO ANUAL DE AUDITORIA 2016 Tribunal Superior do Trabalho PLANO ANUAL DE AUDITORIA 2016 Secretaria de Controle Interno PLANO ANUAL DE AUDITORIA DA SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO - EXERCÍCIO 2016 Aprovado

Leia mais

REDUÇÃO DE DESPESAS NO TJMG

REDUÇÃO DE DESPESAS NO TJMG REDUÇÃO DE DESPESAS NO TJMG - ÁGUA/ESGOTO - ENERGIA ELÉTRICA - TELEFONIA FIXA E MÓVEL - LOCAÇÕES DE IMÓVEIS TJMG - DESPESAS COM ÁGUA/ESGOTO 3.000.000,00 2.500.000,00 1.954.833,64 2.264.798,56 2.600.000,00

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA4003 EDITAL Nº 006/2010 1. Perfil: AL CORUMBÁ II 2010 3. Qualificação educacional: Profissional com nível superior em Arquitetura e Urbanismo 4. Experiência

Leia mais

Guia básico: Coleta seletiva em condomínio

Guia básico: Coleta seletiva em condomínio Guia básico: Coleta seletiva em condomínio *Optamos por produzir um material com pouca elaboração gráfica para facilitar a vida de quem deseja imprimir o guia. Escolhemos a fonte tipográfica Ecofont como

Leia mais

ANEXO NORMA CETESB N 6.410/1998

ANEXO NORMA CETESB N 6.410/1998 Termo de Referência Página 1 de 74 ANEXO NORMA CETESB N 6.410/1998 Termo de Referência Página 2 de 74 Termo de Referência Página 3 de 74 Termo de Referência Página 4 de 74 Termo de Referência Página 5

Leia mais

21/2015 QUESTIONAMENTOS:

21/2015 QUESTIONAMENTOS: Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a manifestação da área técnica deste TRT acerca dos questionamentos aos termos do Edital relativo ao Pregão Eletrônico 21/2015. QUESTIONAMENTOS:

Leia mais

GF Engenharia IT 21 - SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - Estado de São Paulo (em revisão)

GF Engenharia IT 21 - SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - Estado de São Paulo (em revisão) IT 21 IT 21 - SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - Estado de São Paulo (em revisão) SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO 3 Referências normativas 4 Definições

Leia mais

MANUAL ORIENTATIVO DE FISCALIZAÇÃO CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA CIVIL MODALIDADE CIVIL

MANUAL ORIENTATIVO DE FISCALIZAÇÃO CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA CIVIL MODALIDADE CIVIL MANUAL ORIENTATIVO DE FISCALIZAÇÃO CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA CIVIL MODALIDADE CIVIL Acessibilidade Aerofotogrametria Aproveitamento, Desenvolvimento e Preservação de Recursos Naturais Avaliações

Leia mais

GESTÃO DE SSMA EM CANTEIROS DE OBRAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL PREDIAL

GESTÃO DE SSMA EM CANTEIROS DE OBRAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL PREDIAL GESTÃO DE SSMA EM CANTEIROS DE OBRAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL PREDIAL Título Fonte Calibri 20 Negrito Branca xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Floriano Costa Eng.º de Segurança do Trabalho Julho de 2016 TIPOS DE OBRAS

Leia mais

Especializada em Recarga,Venda, Manutenção, sinalização, Projetos voltados para área de segurança e etc.

Especializada em Recarga,Venda, Manutenção, sinalização, Projetos voltados para área de segurança e etc. Especializada em Recarga,Venda, Manutenção, sinalização, Projetos voltados para área de segurança e etc. Serviços Realizados REQUALIFICAÇÃO E RECARGA DE EXTINTORES NAS CLASSES A; BC ; ABC ; CO2 ; AB ;REQUALIFICAÇÃO

Leia mais

CENTRO EMPRESARIAL ROBERTO SCARPELI AMEDEO BIGUCCI

CENTRO EMPRESARIAL ROBERTO SCARPELI AMEDEO BIGUCCI CENTRO EMPRESARIAL ROBERTO SCARPELI AMEDEO BIGUCCI LOCAÇÃO DE SALAS COMERCIAIS CENTRO EMPRESARIAL ROBERTO SCARPELLI AMEDEO BIGUCCI Salas Comerciais e Lajes Corporativas de 27 a 245 m² Av. Senador Vergueiro,

Leia mais

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017 PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017 Andamento das Obras Serviços concluídos até 31/05/2017 Fachadas Instalações hidráulicas, elétricas, interfones, alarme de incêndio, sistema de monitoramento e controle de acesso;

Leia mais

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER SÃO PAULO (11) 5081-7950 SAOPAULO@ELOCONSULTORIA.COM RUA CUBATÃO, 929 CONJ. 116 VILA MARIANA HOME

Leia mais

Bairro Ficha Técnica Terreno TERRENO TOTAL: 115.000m² 7 Subcondominios, sendo 5 residenciais e 2 comerciais Parque Privativo Parque interno, com 24.000m², sendo 15.500m² de áreas verdes e lazer Acessos

Leia mais

Memorial Descritivo. Prédio Residencial: Villa Dei Fiori Rua Cândido Silveira 160

Memorial Descritivo. Prédio Residencial: Villa Dei Fiori Rua Cândido Silveira 160 Memorial Descritivo Prédio Residencial: Villa Dei Fiori Rua Cândido Silveira 160 1. Descrição do prédio O prédio a ser construído compõe-se de 16 pavimentos, incluindo um subsolo, constituído de 42 (quarenta

Leia mais

Laudo de Comissionamento das Instalações Elétricas de Baixa Tensão

Laudo de Comissionamento das Instalações Elétricas de Baixa Tensão LEGGA SOLUÇÕES EM ENERGIA Eng. Adriel de Oliveira Engenheiro Eletricista - CREA PR: 119.257/D Av. Santos Dumont, 633 Londrina PR Fones: (43) 3039-2142 / (43) 9150-1414 E-mail: adriel@legga.com.br Laudo

Leia mais

REVISÃO DATA DISCRIMINAÇÃO

REVISÃO DATA DISCRIMINAÇÃO TÍTULO PROJETO DE RQUITETUR ÓRGÃO DIRETORI DE ENGENHRI PLVRS-CHVE Instrução. Projeto. rquitetura. INSTRUÇÃO DE PROJETO ago/2005 1 de 11 PROVÇÃO PROCESSO PR 007476/18/DE/2006 DOCUMENTOS DE REFERÊNCI OBSERVÇÕES

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 9ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 9ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 9ª MEDIÇÃO OBRA: Execução de obras complementares à construção do Fórum Trabalhista de Londrina CONTRATADA: RAC ENGENHARIA E COMERCIO LTDA Vistorias realizadas entre os dias 10 de

Leia mais

Uma Abordagem Introdutória ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS

Uma Abordagem Introdutória ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS Uma Abordagem Introdutória ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS CRONOGRAMA 3 BIMESTRE Estoque. Compras/Armazenamento. Movimentação de Materiais. Transporte/Seguro. ESTOQUES Composição de materiais MP s, materiais

Leia mais

CARTA CONVITE 016/2015 II - TERMO DE REFERÊNCIA

CARTA CONVITE 016/2015 II - TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇO NACIONAL DEAPRENDIZAGEM COMERCIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO AMAZONAS CARTA CONVITE 016/2015 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para Contratação de Empresa Especializada paraa Construção

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 1. CALÇADA ANEXO II ROTEIRO BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ACESSIBILIDADE NAS EDIFICAÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO ELEMENTOS DO PROJETO DE ACESSIBILIDADE a) Faixa livre para pedestre com

Leia mais

MAXMA Administração e Pa r t i c i p a ç õ e s S / A.

MAXMA Administração e Pa r t i c i p a ç õ e s S / A. Rua Aloísio Magalhães, 22 Via Anhanguera Km 27 CEP 05275-050 Cx. Postal 507 São Paulo SP Tel/Fax 11 3944-6565 3911-0010 maxma@maxma-sa.com.br www.maxma-sa.com.br Fachada Fachada Edifício totalmente reformado,

Leia mais

sinapi BDI BONIFICAÇÕES E DESPESAS INDIRETAS SINAPI 20,00%

sinapi BDI BONIFICAÇÕES E DESPESAS INDIRETAS SINAPI 20,00% ORÇAMENTO ESTIMATIVO OBRA: PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO MUNICÍPIO DE CANOAS RS LOCALIDADE: Rua Dr. Barcelos nº 1135 - salas nº 201 a 206, - Edifício San Rafael Canoas - RS Data base de preços SINAPI :

Leia mais

1 - A capacidade de fluxo que corresponde a capacidade máxima que pode passar pelo arco.

1 - A capacidade de fluxo que corresponde a capacidade máxima que pode passar pelo arco. CONCEITOS DE REDE Uma rede é formada por um conjunto de nós, um conjunto de arcos e de parâmetros associados aos arcos. Nós Arcos Fluxo Interseções Rodovias Veículos Rodoviários Aeroportos Aerovia Aviões

Leia mais

B -09-05-9 Central de Armazenamento de Gás Natural Liquefeito 3

B -09-05-9 Central de Armazenamento de Gás Natural Liquefeito 3 PARECER ÚNICO SUPRAM-SM PROTOCOLO Nº 905522/2009 Indexado ao(s) Processo(s) Licenciamento Ambiental Nº 00153/1987/019/2008 LO de Ampliação DEFERIMENTO Outorga Nº - não se aplica APEF Nº - não se aplica

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO - SISTEMAS ELÉTRICOS HOSPITAL METROPOLITANO DE BELO HORIZONTE

MEMORIAL DESCRITIVO - SISTEMAS ELÉTRICOS HOSPITAL METROPOLITANO DE BELO HORIZONTE MEMORIAL DESCRITIVO - SISTEMAS ELÉTRICOS HOSPITAL METROPOLITANO DE BELO HORIZONTE OBRA: Contrato: 77009 Revisão: 5 Data: 01/07/2010 1. OBJETIVO Este memorial tem por objetivo descrever os sistemas elétricos

Leia mais

4.275m². Localização

4.275m². Localização 4.275m² Localização Ficha Técnica Terreno: 4.275m² 2 Torres idênticas 3 pavimentos de sobressolo + Térreo + 24 pavimentos tipo 5 unidades por andar Nº total de unidades: 240 96 unidades de 102m² - 2 vagas

Leia mais

ADEQUAÇÃO DOS ESPAÇOS DESTINADOS À PESQUISA NO CÂMPUS EXPERIMENTAL DE REGISTRO - UNESP

ADEQUAÇÃO DOS ESPAÇOS DESTINADOS À PESQUISA NO CÂMPUS EXPERIMENTAL DE REGISTRO - UNESP Campus Experimental de Registro ADEQUAÇÃO DOS ESPAÇOS DESTINADOS À PESQUISA NO CÂMPUS EXPERIMENTAL DE REGISTRO - UNESP RELATÓRIO DE APLICAÇÃO DA RESERVA TÉCNICA INSTITUCIONAL - RTI Outorgado: Prof. Dr.

Leia mais

ESCLARECIMENTO N 03 e RETIFICAÇÃO N 02

ESCLARECIMENTO N 03 e RETIFICAÇÃO N 02 1 PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/11 PROCESSO CPL 1527/2010 LICITAÇÃO DO TIPO: MENOR PREÇO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA, ASSEIO E CONSERVAÇÃO PREDIAL NAS DEPENDÊNCIAS

Leia mais

1. INSTRUÇÃO DE SERVIÇO

1. INSTRUÇÃO DE SERVIÇO 1. INSTRUÇÃO DE SERVIÇO 1.1. PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO NÚMERO 124 de 05/04/2017 A PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS da Universidade Federal da Grande Dourados, no uso de suas

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ABANDONO DE EDIFICAÇÕES Objetivos Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visando proteger a vida, o meio

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA Secretaria de Administração e Orçamento Seção de Engenharia e Arquitetura/COSEG

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA Secretaria de Administração e Orçamento Seção de Engenharia e Arquitetura/COSEG PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA Secretaria de Administração e Orçamento Seção de Engenharia e Arquitetura/COSEG PROJETO BÁSICO Nº 01/2013 O presente Projeto Básico, que tem a finalidade

Leia mais

Cartografia dos Teatros de São Paulo Estudo Quantitativo

Cartografia dos Teatros de São Paulo Estudo Quantitativo Cartografia dos Teatros de São Paulo Estudo Quantitativo Realização Junho, Objetivos Os espaços dos Teatros e Salas de Espetáculo são o foco de deste estudo. 1. Mapear a quantidade, localização, recursos

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2016 APROVADO EM REUNIÃO 01/2016 CONCAMP

PLANO DE AÇÃO 2016 APROVADO EM REUNIÃO 01/2016 CONCAMP PLANO DE AÇÃO 2016 APROVADO EM REUNIÃO 01/2016 CONCAMP Ação Valor Tipo orçamentário agenciamento de viagens e compra de passagens aéreas para serviços administrativos Contratação e manutenção dos serviços

Leia mais

FICHAS DE INSTALAÇÃO - CPC COMO INSTALAR CABINES DE DUCHE

FICHAS DE INSTALAÇÃO - CPC COMO INSTALAR CABINES DE DUCHE 1. Colocação da Base As bases independentemente da sua forma, podem ser: de pousar, sobre elevar e de encastrar. Pousar A base é instalada sobre o solo. Deverá no entanto escavar o chão para instalar o

Leia mais

Bairro Ficha Técnica Terreno TERRENO TOTAL: 115.000m² 7 Subcondominios, sendo 5 residenciais e 2 comerciais Parque Privativo Parque interno, com 24.000m², sendo 15.500m² de áreas verdes e lazer Acessos

Leia mais

PLATAFORMAS PARA VENCER DESNÍVEIS DE ATÉ 2 OU ATÉ 4 METROS

PLATAFORMAS PARA VENCER DESNÍVEIS DE ATÉ 2 OU ATÉ 4 METROS PLATAFORMAS PARA VENCER DESNÍVEIS DE ATÉ 2 OU ATÉ 4 METROS PL220 Solução para vencer percursos de até 2 metros, com adequação de obra simplificada e curto prazo de fornecimento e instalação Sistema de

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 35/2011

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 35/2011 Instrução Técnica nº 35/2011 - Túnel rodoviário 729 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 35/2011 Túnel rodoviário

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS COMPLETOS PARA EDIFICAÇÕES 1

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS COMPLETOS PARA EDIFICAÇÕES 1 DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS COMPLETOS PARA EDIFICAÇÕES 1 1 Trata-se de um documento geral referencial que deverá ser adaptado a cada caso Ver relação de revisões no final do documento 1 SUMÁRIO

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE DA MANUTENÇÃO MARÇO/2017

RELATÓRIO DE ATIVIDADE DA MANUTENÇÃO MARÇO/2017 RELATÓRIO DE ATIVIDADE DA MANUTENÇÃO MARÇO/2017 No corrente mês foram trabalhadas 116 solicitações, dessas, 57 foram constatadas pela equipe da Subprefeitura do Campus e 59 foram de iniciativa da comunidade

Leia mais

CGEST CODIN. Coordenação Geral de Infraestrutura Educacional. Coordenação de Desenvolvimento de Infraestrutura

CGEST CODIN. Coordenação Geral de Infraestrutura Educacional. Coordenação de Desenvolvimento de Infraestrutura Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE CGEST Coordenação Geral de Infraestrutura Educacional CODIN Coordenação de Desenvolvimento de Infraestrutura Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CAMPUS VITÓRIA

MEMORIAL DESCRITIVO CAMPUS VITÓRIA MEMORIAL DESCRITIVO CAMPUS VITÓRIA A Faculdade de Tecnologia FAESA disponibiliza a comunidade capixaba um complexo acadêmico (campus universitário) planejado, projetado e executado para atender ao Ensino

Leia mais

PREFEITURA DE ITAJAÍ Coordenadoria da Moralidade Administrativa

PREFEITURA DE ITAJAÍ Coordenadoria da Moralidade Administrativa INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 008/CMA/2007 ÁREA: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA E INDIRETA ASSUNTO: PROGRAMA DE MANUTENÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS HISTÓRICO DELIBERAÇÃO VIGÊNCIA PROTOCOLO Nº DESCRIÇÃO Nº DATA A PARTIR

Leia mais

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE CGEST. Coordenação Geral de Infraestrutura Educacional CODIN

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE CGEST. Coordenação Geral de Infraestrutura Educacional CODIN Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE CGEST Coordenação Geral de Infraestrutura Educacional CODIN Coordenação de Desenvolvimento de Infraestrutura Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Leia mais

Dos Serviços de Obras, Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Sanitária.

Dos Serviços de Obras, Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Sanitária. Dos Serviços de Obras, Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Sanitária. - Planejar, programar, executar, avaliar, capacitar, orientar e fiscalizar as atividades relacionadas à análise, avaliação e aprovação

Leia mais

Histórico e Realizações da CIPA Unesp Campus de Sorocaba

Histórico e Realizações da CIPA Unesp Campus de Sorocaba (Semana Interna de Prevenção de Acidente de Trabalho) 06 de novembro de 2012 INFORMATIVO 2 Histórico e Realizações da Unesp Campus de Sorocaba Esse informativo pretende esclarecer sobre o histórico da

Leia mais

EDITAL N 043/2013 SELEÇÃO DE COORDENADOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO DO PROGRAMA TOPA

EDITAL N 043/2013 SELEÇÃO DE COORDENADOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO DO PROGRAMA TOPA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS-PROEX PROGRAMA TODOS PELA ALFABETIZAÇÃO - TOPA EDITAL N 043/2013 SELEÇÃO DE COORDENADOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE ACESSIBILIDADE

GUIA PRÁTICO DE ACESSIBILIDADE GUIA PRÁTICO DE ACESSIBILIDADE EM EDIFICAÇÕES ÍNDICE APRESENTAÇÃO.......................................... 3 PESSOAS PORTADORAS DE DEFICIÊNCIA OU COM MOBILIDADE REDUZIDA........................... 4 CIRCULAÇÃO

Leia mais

A base de um projeto de instalação elétrica consiste em:

A base de um projeto de instalação elétrica consiste em: A base de um projeto de instalação elétrica consiste em: Previsão e dimensionamento das cargas elétricas (Máquinas, tomadas Tug s, tomadas Tue s e iluminação) no local desejado; Dimensionar e especificar

Leia mais

Melhorias na Unidade Floriano Peixoto

Melhorias na Unidade Floriano Peixoto Melhorias na Unidade Floriano Peixoto GERÊNCIA DE OPERAÇÕES E MANUTENÇÃO GOM Resumo da Manutenção de Férias 2012/2013 Unidade Floriano Peixoto Ø Pintura da entrada da Unidade; Ø Melhoria de acesso de pedestres

Leia mais

UMA PROPOSTA DE ROTEIRO DE INSPEÇÃO PREDIAL PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI

UMA PROPOSTA DE ROTEIRO DE INSPEÇÃO PREDIAL PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI UMA PROPOSTA DE ROTEIRO DE INSPEÇÃO PREDIAL PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI Anderson Alves de Oliveira 1 Ernani Alencar Rodrigues 2 Larissa Maria Argollo de Arruda Falcão 3 RESUMO: A construção é

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE

CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE Nos fios existem partículas invisíveis chamadas de elétrons livres que, assim como os planetas ao redor do sol, giram ao redor do núcleo dos átomos. Quando uma força,

Leia mais

LICITAÇÕES DE PROJETOS EXECUTIVOS, OBRAS, PDInfra EM ANDAMENTO E EM EXECUÇÃO, E OBRAS CONCLUÍDAS (JULHO/2014)

LICITAÇÕES DE PROJETOS EXECUTIVOS, OBRAS, PDInfra EM ANDAMENTO E EM EXECUÇÃO, E OBRAS CONCLUÍDAS (JULHO/2014) LICITAÇÕES DE PROJETOS EXECUTIVOS, OBRAS, PDInfra EM ANDAMENTO E EM EXECUÇÃO, E OBRAS CONCLUÍDAS (JULHO/204) andamento no º Projeto Executivo Bloco I Quitauna Ante-projeto finalizado e aprovado pela comunidade

Leia mais

Índice de Aferição de Acessibilidade Física

Índice de Aferição de Acessibilidade Física Área de Aproximação à porta Interfere na faixa livre mínima? (faixa livre mín=0,90m) Há área de manobra para cadeira de rodas? (raio mínimo=de 1,20m a 1,50m) Dimensões da área frontal à porta Dimensões

Leia mais

Descrição do PAS Nº 124 Vip Especial

Descrição do PAS Nº 124 Vip Especial 1 EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2 NOME DO PLANO Plano PAS - 124 LD - 3 MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4 MODALIDADE DO STFC Serviço de Longa Distância Nacional 5 DESCRIÇÃO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO IMÓVEL

MEMORIAL DESCRITIVO DO IMÓVEL MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO DO IMÓVEL ÁREAS COMUNS Fundações Estrutura Paredes Elevadores Plataforma Hidráulica Hall dos Elevadores Garagens subsolo e térreo Pavimento Térreo Guarita / Centro

Leia mais

Sequência para projeto de instalações 1. Determinar as áreas dos cômodos, com base na planta baixa arquitetônica 2. A partir da entrada de energia,

Sequência para projeto de instalações 1. Determinar as áreas dos cômodos, com base na planta baixa arquitetônica 2. A partir da entrada de energia, Projeto de instalações residenciais Um projeto de instalações elétricas possui, basicamente, 4 partes: Memorial técnico projetista justifica e descreve sua solução Conjunto de plantas, esquemas e detalhes

Leia mais

Engenharia Gerencial

Engenharia Gerencial Projeto de Instalações Eletricas Metodologia e conteúdo de Etapas para Projeto. Índice deste documento: 1. Metodologia para execução dos projetos.... 2 1.1 Estudo preliminar.... 2 1.2 Produção do pré-executivo....

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO ANEXO X MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DO USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO - BOMSUCESSO 1. Histórico A unidade de Saúde Familiar Cornélia da Conceição do Bairro Bom Sucesso atende cerca de 70 usuários por dia, abrangendo

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Campus Rio de Janeiro

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Campus Rio de Janeiro SUSTENTABILIDADE E DIVERSIDADE ATRAVÉS DA CIÊNCIA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Campus Rio de Janeiro XXXVII SEMANA DA QUÍMICA: SUSTENTABILIDADE E DIVERSIDADE ATRAVÉS

Leia mais

Aula 07 Acessibilidade

Aula 07 Acessibilidade Aula 07 Acessibilidade Sumário 1. Introdução 2. Instalações e equipamentos Portas Cozinha Copa / Refeições Sala de estar Banheiro Piso Tátil Elevadores Rampas Cadeiras Elevadoras Plataformas Elevadoras

Leia mais

Terreno Edíficio Teixeira Soares Área = ,84m²

Terreno Edíficio Teixeira Soares Área = ,84m² CAMPUS REBOUÇAS Terreno Edíficio Teixeira Soares Área = 15.848,84m² HISTÓRICO DA ELABORAÇÃO DO PROJETO ARQUITETÔNICO DE RESTAURO REFORMA E AMPLIAÇÃO DO CAMPUS REBOUÇAS HISTÓRICO DA EXECUÇÃO DA OBRA ETS

Leia mais

INFRA-ESTRUTURA ESPECIFICAÇÕES DO PALCO

INFRA-ESTRUTURA ESPECIFICAÇÕES DO PALCO Caderno Técnico O teatro J. Safra é espaço de referência no panorama cultural paulista e brasileiro, e tem como premissa oferecer uma programação de extrema qualidade e diversidade. Fica no coração da

Leia mais

defi departamento de física

defi departamento de física defi departamento de física Laboratórios de Física www.defi.isep.ipp.pt Instituto Superior de Engenharia do Porto- Departamento de Física Rua Dr. António Bernardino de Almeida, 43 400-07 Porto. T 8 340

Leia mais

1 Iluminação (SAT + Recepção + Acesso Coberto + WC PNE)

1 Iluminação (SAT + Recepção + Acesso Coberto + WC PNE) Introdução Este documento técnico tem por objetivo descrever os critérios utilizados nos projetos elétricos e telefônicos do Centro de Referência de Assistência Social CRAS da cidade de Cachoeira de Goiás,

Leia mais

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO JANEIRO E FEVEREIRO DE 2017

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO JANEIRO E FEVEREIRO DE 2017 PERÍODO JANEIRO E FEVEREIRO DE 2017 Andamento das Obras Realizado Serviços concluídos até 28/02/2017 Instalações hidráulicas nos subsolos, barrilete superior e em todas as unidades residenciais e áreas

Leia mais

Dimensão 3 Infraestrutura

Dimensão 3 Infraestrutura Dimensão 3 Infraestrutura Apresentam-se as instalações físicas do Campus Villa-Lobos, fora de sede, da Universidade de Mogi das Cruzes, que contemplam de modo resumido, dados das instalações acadêmicas

Leia mais

PLANO DE AÇÃO - PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS. Data: 30/03/2015 Rev.: 04. Ação Quem faz Por que faz Como faz Quanto ($) Prazo Status Comentário

PLANO DE AÇÃO - PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS. Data: 30/03/2015 Rev.: 04. Ação Quem faz Por que faz Como faz Quanto ($) Prazo Status Comentário Data: 3/3/ Rev.: 4 1 Contratação de empresa realização de serviços limpeza de caixa SAO Para evitar transbordamento/cont aminação Contratação - licitação 2 de CFTV Monitoramento e vigilância Contratado

Leia mais

Página 1 GALPÃO DAS PANELEIRAS. Coordenadora: Berenice Correa Nascimento. Fundação: 21/11/2011

Página 1 GALPÃO DAS PANELEIRAS. Coordenadora: Berenice Correa Nascimento.   Fundação: 21/11/2011 GALPÃO DAS PANELEIRAS Coordenadora: Berenice Correa Nascimento Email: berenicepaneleira@hotmail.com Fundação: 21/11/2011 Endereço: Rua das Paneleiras, 55 Bairro Goiabeiras CEP: 29075-105 Telefone: (27)

Leia mais

Descrição do PAS Nº 077 Vip Único 2600

Descrição do PAS Nº 077 Vip Único 2600 PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO LOCAL PLANO ALTERNATIVO N 077 - LC EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. NOME DO PLANO Plano PAS 077 LC MODALIDADE DO STFC Serviço Local DESCRIÇÃO RESUMIDA Este

Leia mais

VISTA VILA ROMANA MEMORIAL DESCRITIVO

VISTA VILA ROMANA MEMORIAL DESCRITIVO VISTA VILA ROMANA MEMORIAL DESCRITIVO 1 I - ESPECIFICAÇÕES ÍNDICE 1. SEGURANÇA PATRIMONIAL, COMBATE A INCÊNDIO, EMERGÊNCIA E GERADOR. 2. TELEFONIA E RECEPÇÃO DE IMAGEM DE TV 3. INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS

Leia mais

APARTAMENTOS 3 Q S - Área Edificada Média 55,02 m2

APARTAMENTOS 3 Q S - Área Edificada Média 55,02 m2 Limite da Cidade: 170.000,00 APARTAMENTOS 3 Q S - Área Edificada Média 55,02 m2 A 1 103,,, GDL 313.000 8.519 6.694 12 X 613 281.700 304.263 10.000 104,,, GDL 320.000 8.982 7.058 12 X 1.397 288.000 320.799

Leia mais

EDITAL Nº 036/2012-PRPI

EDITAL Nº 036/2012-PRPI EDITAL Nº 036/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

SISTEMA DE COLETA DE DADOS OPERACIONAIS DAS USINAS TÉRMICAS REEMBOLSADAS PELA CONTA DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO SCD-CDE ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

SISTEMA DE COLETA DE DADOS OPERACIONAIS DAS USINAS TÉRMICAS REEMBOLSADAS PELA CONTA DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO SCD-CDE ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA DE COLETA DE DADOS OPERACIONAIS DAS USINAS TÉRMICAS REEMBOLSADAS PELA CONTA DE DESENVOLVIMENTO ENERGÉTICO SCD-CDE ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 500 DA ANEEL, DE 17.07.2012 Outubro

Leia mais

Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016. Errata No item da Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016, substituir por:

Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016. Errata No item da Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016, substituir por: Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016 Errata 01 1. No item 6.2.2 da Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016, substituir por: 6.2.2 O recurso de 1ª instância deverá ser encaminhado à AAT ou

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO PARANÁ

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO PARANÁ ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA N 020/2011-MANUTENÇÃO IMPERMEABILIZAÇÃO DO CRMPR Este Termo de Referência foi elaborado em cumprimento ao disposto na Instrução Normativa nº 02/2008 do MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO

Leia mais

Memorial descritivo J80-R02-1 -

Memorial descritivo J80-R02-1 - Av. Jandira, 79 Memorial descritivo J80-R02-1 - Condomínio Le Quartier Moema Av. Jandira, 79 MEMORIAL DESCRITIVO O Condomínio Le Quartier Moema, projetado pelo arquiteto Itamar Berezin, apresenta uma concepção

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO OBRA: INTERVENÇÕES CORRETIVAS NO EDIFÍCIO RIO BRANCO (anexo casarão) CONTRATADA: N.S. SANTA RITA CONSTRUTORA DE OBRAS EIRELI Considerando a instituição da Comissão de Recebimento

Leia mais

8º Relatório de Monitoramento Socioambiental UHE Belo Monte

8º Relatório de Monitoramento Socioambiental UHE Belo Monte (VERSÃO ORIGINAL COM EXCLUSÃO DE NOMES E IMAGENS DE PESSOAS) Foto 1: Construção do Presídio (Arteplan) Identificação de funcionários acoplados com seus talabartes em estrutura de madeira sem indicação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Prefeitura do Campus Universitário

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Prefeitura do Campus Universitário PROJETO BÁSICO Reforma de cobertura do Centro de Convenções Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Projeto básico é o conjunto de elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, para

Leia mais

ASSISTÊNCIA DOMICILIAR YASUDA SEGUROS ANEXO I PLANO ESSENCIAL QUADRO DE SERVIÇOS

ASSISTÊNCIA DOMICILIAR YASUDA SEGUROS ANEXO I PLANO ESSENCIAL QUADRO DE SERVIÇOS ASSISTÊNCIA DOMICILIAR YASUDA SEGUROS ANEXO I PLANO ESSENCIAL QUADRO DE SERVIÇOS SERVIÇO DESCRIÇÃO LIMITES ORIGEM HORÁRIO DE ATENDIMENTO EXCLUSÕES Além das Exclusões Gerais constantes na Cláusula 03 deste

Leia mais

Descrição do PAS Nº 094 Vip Line IP

Descrição do PAS Nº 094 Vip Line IP 1 EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2 NOME DO PLANO Plano PAS 094 LD 3 MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4 DESCRIÇÃO RESUMIDA Este plano foi planejado para atender às necessidades

Leia mais

08/11/2011 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS PRODUTOS OU SERVIÇOS FLUXO DE MATERIAIS

08/11/2011 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS PRODUTOS OU SERVIÇOS FLUXO DE MATERIAIS Uma Abordagem Introdutória ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS Na realidade, toda indústria é um fluxo contínuo de materiais que são processados ao longo de várias atividades no sistema produtivo. Essa dinâmica

Leia mais