1. AT Áustria BE Bélgica BG Bulgária CY Chipre CZ República Checa DE Alemanha DK Dinamarca...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. AT Áustria... 3. 2. BE Bélgica... 4 3. BG Bulgária... 5 4. CY Chipre... 8. 5. CZ República Checa... 9 6. DE Alemanha... 13. 7. DK Dinamarca..."

Transcrição

1 NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO FISCAL () por tema: Onde encontrar o? 1. AT Áustria BE Bélgica BG Bulgária CY Chipre CZ República Checa DE Alemanha DK Dinamarca EE Estónia EL Grécia ES Espanha FI Finlândia FR França HR Croácia HU Hungria IE Irlanda IT Itália LT Lituânia LU Luxemburgo LV Letónia MT Malta NL Países Baixos PL Polónia PT Portugal RO Roménia SE Suécia SI Eslovénia SK Eslováquia Version 02/09/ :32:00 1/54

2 28. UK Reino Unido Aviso Legal Version 02/09/ :32:00 2/54

3 1. AT Áustria Os não constam dos documentos oficiais de identificação: Não são emitidos cartões com o. O NIIF figura no canto superior direito da primeira página das declarações para cálculo do imposto. Outra documentação é possível: não está previsto nenhum modelo de formulário padrão Liquidação fiscal modelo 1 Version 02/09/ :32:00 3/54

4 1.2. Liquidação fiscal modelo 2 2. BE Bélgica O "Número National" (NN) consta dos seguintes documentos: 2.1. Bilhete de identidade oficial (verso) apenas para os cidadãos belgas (Carte d 'identité officielle). Número nacional () Observação: O bilhete de identidade não tem necessariamente de incluir o. Version 02/09/ :32:00 4/54

5 2.2. Cartão de segurança social (Carte de sécurité sociale (Carte SIS)) Número nacional () 2.3. Cartão de residente e Certificado de registo automóvel para estrangeiros residentes na Bélgica Estes documentos não são documentos oficiais de identificação, no entanto, incluem o. Número nacional () 3. BG Bulgária O consta dos seguintes documentos oficiais de identificação: 3.1. Passaporte (ПАСПОРТ) Número de identificação fiscal () Version 02/09/ :32:00 5/54

6 3.2. Bilhete de identidade (ЛИЧНА КАРТА) Apelido Nome Número de identificação pessoal (NIP) Data de nascimento Local de nascimento 3.3. Licença de condução (СВИДЕТЕЛСТВО ЗА УПРАВЛЕНИЕ НА МПС) Apelido Nome Data e local de nascimento Número de identificação fiscal () Version 02/09/ :32:00 6/54

7 3.4. Certificado de domicílio fiscal Número de identificação pessoal ou outro número de identificação utilizado como Version 02/09/ :32:00 7/54

8 4. CY Chipre 4.1. Documentos oficiais de receitas fiscais / formulários / liquidações fiscais Version 02/09/ :32:00 8/54

9 4.2. TIN certificate issued by the Inland Revenue Department upon request by the taxpayer» - certificado emitido pela Administração Fiscal 5. CZ República Checa Os constam dos seguintes documentos de identificação oficial Cartões de identidade: Emitido antes de 31/12/2000 (válidos até à data indicada no CI) Número pessoal () Version 02/09/ :32:00 9/54

10 Emitido antes de (válidos até à data indicada no CI) Número pessoal () Emitido antes de (válidos até à data indicada no CI) Número pessoal () Número pessoal () Version 02/09/ :32:00 10/54

11 5.2. Passaportes Emitidos a partir de 1/7/2000 até 15/3/2005 (válidos por 10 e cinco anos para os menores de 15 anos) Número pessoal () Emitidos a partir de 16/3/2005 até 31/8/2006 (válidos por 10 e cinco anos para os menores de 15 anos) Número pessoal () ) Version 02/09/ :32:00 11/54

12 Emitidos a partir de 1/9/2006 até 15/3/2005 válidos por 10 anos (cinco anos para os menores de 15 anos) Número pessoal () 5.3. Cartas de condução Emitidas no período compreendido entre (válidas até ao final do ano de 2010) Número pessoal () Version 02/09/ :32:00 12/54

13 Emitido no período compreendido entre 1/1/2001 e 30/4/2004 (válido até ao final de 2013) 4d.Número pessoal () 6. DE Alemanha O não consta dos documentos oficiais de identificação, mas encontra-se nos seguintes documentos: 6.1. Steuernummer: O anterior (Steuernummer) aparece na declaração de liquidação fiscal das pessoas singulares: Steuernummer () Version 02/09/ :32:00 13/54

14 6.2. Identifikationsnummer (IdNr.).: O atual (Identifikationsnummer IdNr). pode, por exemplo, estar inscrito na carta relativa à atribuição do IdNr. ( Mitteilungsschreiben über die Zuordnung einer Identifikationsnummer ): Steuernummer () Disponível em inglês: Version 02/09/ :32:00 14/54

15 7. DK Dinamarca Os números CPR () constam dos seguintes documentos oficiais de identificação: 7.1. Passaporte (Pas) No passaporte, o número CPR () encontra-se ao lado da fotografia do passaporte. CPR () 7.2. Cartão de seguro de saúde (Sundhedskort) O número CPR () encontra-se na parte da frente do cartão CPR (TIN) 7.3. Carta de condução (kørekort) CPR (TIN) Version 02/09/ :32:00 15/54

16 8. EE Estónia O consta dos seguintes documentos oficiais de identificação: 8.1. Passaportes: Isikukood () 8.2. Cartões de identidade: Cartão de identidade de cidadão estónio emitido desde 1/1/2002 Isikukood () Version 02/09/ :32:00 16/54

17 Cartão de identidade de cidadão estónio emitido desde 3/9/2007 Isikukood () Cartão de identidade de cidadão estónio emitido desde 1/1/2011 Isikukood () 8.3. Cartas de condução: Emitida após 1/10/2004 (válida até á data indicada no ID número 4b) Isikukood (número 4d) () Version 02/09/ :32:00 17/54

18 Emitida no período compreendido entre (válida até ao final do ano de 2014) Isikukood () Version 02/09/ :32:00 18/54

19 9. EL Grécia O não consta de documentos oficiais de identificação, mas pode ser consultado nos seguintes documentos: 9.1. «Declaração de conformidade fiscal» A Declaração de conformidade fiscal» é emitida pelo Ministério das Finanças, a pedido do contribuinte. O documento destina-se a informar todos os interessados de que o contribuinte não tem obrigações fiscais por regularizar. Apelido Nome próprio Domicílio Version 02/09/ :32:00 19/54

20 9.2. «Declaração de reembolso fiscal» A "Declaração de reembolso fiscal» é emitida anualmente pelo Ministério das Finanças para informar o contribuinte da situação da sua declaração fiscal (quer se trate de impostos que são devidos ou de um reembolso) em relação a um determinado exercício fiscal. O documento pode ser utilizado pelo contribuinte em transações (por exemplo, quando se trata de organismos pagadores) como comprovativo do seu rendimento. Nome Domicílio Version 02/09/ :32:00 20/54

21 9.3. «Declaração de emissão do» A «Declaração de conformidade fiscal» é emitida pelo Ministério das Finanças, a pedido do contribuinte. O documento destina-se a informar todos os interessados de que foi emitido o de um contribuinte específico. Apelido Nome próprio Domicílio Version 02/09/ :32:00 21/54

22 10. ES Espanha O consta dos seguintes documentos oficiais de identificação: Cartão de identidade pessoal Cartão de identidade normal Nome próprio Primeiro apelido Segundo apelido DNI () Cartão de identidade eletrónico Em Março de 2006, foi introduzido o cartão de identidade eletrónico. Primeiro apelido Segundo apelido Nome próprio Data de nascimento DNI () Version 02/09/ :32:00 22/54

23 10.2. Nova licença de condução A nova carta de condução está em vigor desde Novembro de Tem as dimensões de um cartão de crédito (9 cm 6 cm). Primeiro apelido Segundo apelido Nome próprio Data e país de nascimento 11. FI Finlândia O consta dos seguintes documentos oficiais de identificação: Cartão de identidade (Henkilökortti / Identitetskort) Número de Identificação Pessoal() : - A primeira parte em imagem laser variável - A segunda parte em texto normal Version 02/09/ :32:00 23/54

24 11.2. Passaporte (Pass / ipass) : - A primeira parte em imagem laser variável - A segunda parte em texto normal Carta de condução (Ajokortti-körkort) 12. FR França Os elementos de identificação constam dos documentos nacionais de identidade: Cartão de identidade nacional Apelido Nome(s) próprio(s) Sexo Data de nascimento Local de nascimento Observação: O endereço da pessoa é mencionado no verso do cartão de identidade. Version 02/09/ :32:00 24/54

25 12.2. Passaporte Apelido Nome(s) próprio(s) Sexo Data e local de nascimento 13. HR Croácia O número de identificação pessoal consta do certificado do número de identificação pessoal, dos passaportes biométricos emitidos a partir de 30 de junho de 2009, do cartão de saúde e de cada declaração do imposto sobre os rendimentos e outras declarações fiscais, bem como dos procedimentos administrativos e das operações de pagamento. O croata consta dos seguintes documentos: Potvrda o OIB-u (Certificado de número de identificação pessoal) Prijava poreza na dohodak (Declaração do imposto sobre os rendimentos) Version 02/09/ :32:00 25/54

26 REPUBLIKA HRVATSKA MINSTARSTVO FINANCIJA, POREZNA UPRAVA Obrazac DOH PODRUČNI URED: ISPOSTAVA: PRIJAVA POREZA NA DOHODAK ZA GODINU 1. OPĆI PODACI 1.1. IME I PREZIME / IME RODITELJA: 1.2. ADRESA (mjesto, ulica i kućni broj): 1.3. OIB: 1.4. UMIROVLJENIK (zaokružiti): DA / NE RAZDOBLJ E: Telefo n: 1.5. PPDS I DRUGA PODRUČJA ¹ (zaokružiti područje): 1.6. PROMJENA PREBIVALIŠTA / UOBIČAJENOG PREBIVALIŠTA TIJEKOM GODINE R. br. o d P1 P2 P3 P4 RAZDOBLJE DRŽAVA MJESTO ULICA I KUĆNI BROJ 1. o d do 2. o d do 3. o d do 1.7. INVALID I HRVATSKI RATNI VOJNI INVALID IZ DOMOVINSKOG RATA (HRVI) R. OZNAKA INVALIDNOSTI ² RAZDOBLJE INVALIDNOSTI HRVI DA / NE br (zaokružiti). 1. o d 2. o d 1.8. BROJ RAČUNA: do I I* do I I* OTVOREN U (naziv i sjedište): 1.9. PODACI O OPUNOMOĆENIKU / POREZNOM SAVJETNIKU NAZIV / IME I PREZIME: ADRESA SJEDIŠTA / PREBIVALIŠTA / BORAVIŠTA: OIB: d o PPDS i dr. podr. POSTOTAK INVALIDNOSTI (ispunjava HRVI) Version 02/09/ :32:00 26/54

27 14. HU Hungria O não consta dos documentos oficiais de identificação, mas pode ser encontrado no cartão húngaro Cartão húngaro Nome Data de nascimento Local de nascimento Nome da mâe Data de emissão Outros documentos de identificação nacionais pertinentes O organismo pagador pode igualmente verificar a identidade (mas não o ) de uma pessoa singular nos documentos seguintes : Antigo documento de identificação Contém uma fotografia e os dados pessoais de identificação de uma pessoa (nome, apelido de solteira, local e data de nascimento) na primeira página. O número ID encontra-se no final de cada página. Version 02/09/ :32:00 27/54

28 Cartão de identidade Atualmente, a autoridade emite apenas o seguinte cartão de identidade. Contém uma fotografia e os dados pessoais de identificação de uma pessoa (nome, apelido de solteira, local e data de nascimento) Cartão de identidade provisório No caso de uma pessoa singular perder o seu cartão ou este for roubado ou se os seus dados pessoais forem alterados, é-lhe atribuído este cartão que comprova a sua identidade até à data da emissão de um novo cartão de identidade permanente Endereço/Cartão de residência Este cartão, juntamente com o cartão de identidade, comprova a identidade de uma pessoa. O pagador pode verificar neste cartão o endereço efetivo da pessoa singular neste cartão. Version 02/09/ :32:00 28/54

29 Licença de condução A pessoa singular pode igualmente comprovar a sua identidade através deste documento. Da primeira página deste documento constam uma fotografia e dados pessoais identificativos de uma pessoa (nome, apelido de solteira, data e local de nascimento) 1. Családnév Apelido 2. Utónév Nome próprio 3. Születési idő, hely Data e local de nascimento; 4a. Kibocsátási dátum Data de emissão 4b. Érvényességi idő Data de validade 5. Sorszám Número do cartão 14. Anyja neve Nome da mãe Államp. Nacionalidade Passaporte A pessoa singular pode também comprovar a sua identidade através deste documento. Da última página deste documento constam uma fotografia e dados pessoais identificativos de uma pessoa (nome, apelido de solteira, data e local de nascimento) Version 02/09/ :32:00 29/54

30 15. IE Irlanda O não consta dos documentos oficiais de identificação, mas pode ser consultado no formulário de declaração fiscal: N PPS () -{}- 16. IT Itália O (Codice fiscale) não consta dos documentos oficiais de identificação, mas encontra-se no Cartão de Seguro de doença e no cartão Cartão de Seguro de doença No caso de pessoas titulares do direito à prestação de serviços pelo sistema de saúde italiano, o encontra-se no Cartão de saúde pessoal/número de identificação fiscal (Tessera sanitaria/codice fiscale). Codice fiscale () ² Version 02/09/ :32:00 30/54

31 16.2. Cartão No caso de pessoas não têm direito à prestação de serviços pelo sistema de saúde italiano, o encontra-se no Cartão Cartão atual emitido a partir de 2006 Codice fiscale () Cartão anterior (emitido antes de 2006) Codice fiscale () 17. LT Lituânia Passaporte Passaporte (a partir de 2008) Version 02/09/ :32:00 31/54

32 Passaporte (antes de 2008) Cartão de identidade Licença de condução Licença de condução (a partir de 2005) Version 02/09/ :32:00 32/54

33 Licença de condução ( ) Licença de condução (antes de 2002) 18. LU Luxemburgo Para efeitos da Diretiva Poupança, os organismos pagadores podem identificar os contribuintes de acordo com os seguintes documentos oficiais de identificação: Cartão de identidade [Cópia não disponível] Version 02/09/ :32:00 33/54

34 18.2. Passaporte 19. LV Letónia O consta dos documentos oficiais de identificação: Passaporte (Pase) PIC () Version 02/09/ :32:00 34/54

35 19.2. Carteira de identidade PIC () Licença de condução PIC () Version 02/09/ :32:00 35/54

36 20. MT Malta O consta dos seguintes documentos oficiais de identificação: Passaporte (Passaport) Número de Identificação Pessoal () Cartão de identidade (Karta ta l-identita») Número de Identificação Pessoal () Version 02/09/ :32:00 36/54

37 21. NL Países Baixos O consta dos seguintes documentos oficiais de identificação Passaporte (Paspoort) Passaporte - modelo de 2011 Personal Identification Number () Passaporte - modelo de 2006 Personal Identification Number () Version 02/09/ :32:00 37/54

38 21.2. Cartão de identidade (identiteitskaart) Cartão de identidade (desde 2011) Número de Identificação Pessoal () Cartão de identidade (desde 2006) Número de Identificação Pessoal () Licença de condução (Rijbewijs) Licença de condução (anterior a 1 de Outubro de 2006) Número de Identificação Pessoal () Version 02/09/ :32:00 38/54

39 Licença de condução (a partir de 1 de Outubro de 2006) Número de Identificação Pessoal () 22. PL Polónia PESEL O número PESEL consta dos documentos oficiais de identificação Passaporte PESEL Cartão de identidade PESEL Version 02/09/ :32:00 39/54

40 22.2. O não consta dos documentos oficiais de identificação, mas pode ser encontrado num formulário oficial da sede de um serviço de impostos local, que atribua ou seja: Decisão (NIP-4) para emitidos ao abrigo da legislação aplicável até 31 de agosto de Formulários emitidos nos termos da legislação aplicável a partir de 1 de setembro de 2011 Version 02/09/ :32:00 40/54

41 23. PT Portugal O encontra-se em cartões específicos emitidos pelas Autoridades Fiscais Portuguesas e no cartão de cidadão, que é o bilhete de identidade oficial: Cartões com Nome Nome Version 02/09/ :32:00 41/54

42 Nome Cartão de Cidadão (Bilhete de Identidade) Version 02/09/ :32:00 42/54

43 24. RO Roménia O consta dos seguintes documentos oficiais de identificação: Pasaporte (Pasaport) Passaporte normal Passaporte temporário (Pasaport temporar) Version 02/09/ :32:00 43/54

44 Passaporte eletrónico (Pasaport electronic) Cartão de identidade (Carte de identitate) Primeira emissão - Junho de primeira emissão - Maio de 2009 Version 02/09/ :32:00 44/54

45 24.3. Cartão de residência permanente para os cidadãos da União Europeia (o mesmo modelo para cartão de residência permanente para familiares e cartão de residência para os familiares) primeira emissão - Janeiro de Cartão de identidade de residência temporária (ou de longo prazo) para cidadãos de países que não pertencem à UE Primeira emissão - Janeiro de licença de condução (Permis de conducere) Version 02/09/ :32:00 45/54

46 25. SE Suécia Passaporte (Europeiska Unionen Sverige Pass) Número identificação () de pessoal Cartão de identidade (Nationellt Id-Kort/National identity cardl/carte Nationale d 'identité) Número identificação () de pessoal Version 02/09/ :32:00 46/54

47 25.3. Licença de condução (Körkort Sverige) Número identificação () de pessoal Outros cartões de identidade (IDENTITETSKORT) Cartão de identidade para pessoas registadas para efeitos de população na Suécia. Este cartão é utilizado para a identificação na Suécia e não pode substituir um passaporte ou cartão de identidade nacional quando em viagem. O encontra-se por baixo da rúbrica PERSONNUMMER. Número identificação () de pessoal Version 02/09/ :32:00 47/54

48 26. SI Eslovénia O não consta de documentos oficiais de identificação, mas pode ser consultado no: Certificado de registo fiscal No prazo de oito dias após o registo fiscal, a Administração fiscal da República da Eslovénia emite um certificado. O consta do certificado. Dados do contribuinte Version 02/09/ :32:00 48/54

49 26.2. Certificado de residência Modelo 1: Certificado de residência emitido a pedido do contribuinte como comprovativo de residência para fins fiscais. Version 02/09/ :32:00 49/54

50 Modelo 2: Certificado de residência emitido para efeitos de aplicação da Convenção contra a dupla tributação (certificado de residência para pessoas singulares). Version 02/09/ :32:00 50/54

51 27. SK Eslováquia A Eslováquia prefere que a data de nascimento seja utilizada para efeitos da aplicação da Diretiva Poupança. A data de nascimento consta dos seguintes documentos de identificação: Cartão de identidade (Občiansky preukaz) Cartão de identidade Data de nascimento Cartão de identidade (emitido a partir de ) Data de nascimento Version 02/09/ :32:00 51/54

52 27.2. Passaporte (Cestovný pas) Passaporte (emitido entre e ) Data de nascimento Passaporte (emitido entre e ) Data de nascimento Passaporte (emitido a partir de ) Data de nascimento Version 02/09/ :32:00 52/54

53 28. UK Reino Unido O Unique Taxpayer Reference (UTR) e o National Insurance Number (NINO) não constam dos documentos de identificação oficial. Ambos os identificadores são únicos e dizem respeito às pessoas físicas titulares Referência Exclusiva de Contribuinte (Unique Taxpayer Reference - UTR) O UTR é indicado na primeira página da declaração de impostos (formulário SA100), tal como apresentado no exemplo infra: UTR () O UTR pode, igualmente, constar do «Aviso de preenchimento da declaração de impostos» (formulário SA 316) ou de um extrato de conta. Em função do tipo de documento emitido, a referência pode ser impressa ao lado das rubricas «Tax Reference» (Referência fiscal), «UTR» «Official Use» (Uso oficial) Número de Seguro Nacional (NINO) A HMRC comunica aos contribuintes os seus códigos fiscais através de avisos. O cabeçalho dos avisos contém o número de seguro nacional como indicado no exemplo infra: NINO (TIN) O número de seguro nacional pode igualmente constar de um cartão nacional de seguro e de cartas enviadas pelo «Department for Work and Pensions DWP» (Ministério do trabalho e das pensões). O número consta igualmente de um recibo de salário dos agentes e dos extratos de conta emitidos pela HMRC. Version 02/09/ :32:00 53/54

54 29. Aviso Legal A informação relativa ao Número de Identificação Fiscal () e à utilização do dispositivo de controlo do disponibilizada neste Portal Europeu encontra-se sujeita a uma declaração de exoneração de responsabilidade, a uma declaração de direitos de autor e às normas sobre proteção de dados e salvaguarda da vida privada. Version 02/09/ :32:00 54/54

2. BE Bélgica... 3 3. BG Bulgária... 3 4. CY Chipre... 4. 5. CZ República Checa... 4 6. DE Alemanha... 4. 7. DK Dinamarca... 5. 8. EE Estónia...

2. BE Bélgica... 3 3. BG Bulgária... 3 4. CY Chipre... 4. 5. CZ República Checa... 4 6. DE Alemanha... 4. 7. DK Dinamarca... 5. 8. EE Estónia... NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO FISCAL (NIF) NIF por tema: Estrutura e descrição 1. AT Áustria... 3 2. BE Bélgica... 3 3. BG Bulgária... 3 4. CY Chipre... 4 5. CZ República Checa... 4 6. DE Alemanha... 4 7. DK

Leia mais

PEDIDO DE INFORMAÇÕES RELATIVAS AO DIREITO ÀS PRESTAÇÕES FAMILIARES NO ESTADO DE RESIDÊNCIA DOS FAMILIARES

PEDIDO DE INFORMAÇÕES RELATIVAS AO DIREITO ÀS PRESTAÇÕES FAMILIARES NO ESTADO DE RESIDÊNCIA DOS FAMILIARES A COMISSÃO ADMINISTRATIVA PARA A SEGURANÇA SOCIAL DOS TRABALHADORES MIGRANTES Ver «Instruções» na página 4 E 411 ( 1 ) PEDIDO DE INFORMAÇÕES RELATIVAS AO DIREITO ÀS PRESTAÇÕES FAMILIARES NO ESTADO DE RESIDÊNCIA

Leia mais

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa

Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Ministério da Saúde Direcção-Geral da Saúde Circular Informativa Assunto: Cartão Europeu de Seguro de Doença Nº: 20/DSPCS DATA: 18/05/04 Para: Todos os serviços dependentes do Ministério da Saúde Contacto

Leia mais

Notas sobre o formulário Acto de Oposição

Notas sobre o formulário Acto de Oposição INSTITUTO DE HARMONIZAÇÃO NO MERCADO INTERNO (IHMI) Marcas, Desenhos e Modelos Notas sobre o formulário Acto de Oposição 1. Observações gerais 1.1 Utilização do formulário O formulário pode ser obtido

Leia mais

Regras de Atribuição de DNS. 21 de Abril de 2005 Luisa Lopes Gueifão CRSC 2005

Regras de Atribuição de DNS. 21 de Abril de 2005 Luisa Lopes Gueifão CRSC 2005 Regras de Atribuição de DNS 21 de Abril de 2005 Luisa Lopes Gueifão CRSC 2005 O DNS em Portugal O nome de domínio.pt Como registar um nome de domínio em.pt As regras As novas possibilidades de registo

Leia mais

Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido?

Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido? PT Pedi asilo na UE Que país vai processar o meu pedido? A Informações sobre o Regulamento de Dublim destinadas aos requerentes de proteção internacional, em conformidade com o artigo 4.º do Regulamento

Leia mais

PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais nas eleições europeias de 2009

PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais nas eleições europeias de 2009 Direção-Geral da Comunicação Unidade do Acompanhamento da Opinião Pública Bruxelas, 13 de novembro de 2012 PESQUISA DOCUMENTAL SOBRE AS ELEIÇÕES EUROPEIAS DE 2009 Abstenção e comportamentos eleitorais

Leia mais

Banda larga: o fosso entre os países da Europa com melhores e piores desempenhos está a diminuir

Banda larga: o fosso entre os países da Europa com melhores e piores desempenhos está a diminuir IP/08/1831 Bruxelas, 28 de Novembro de 2008 Banda larga: o fosso entre os países da Europa com melhores e piores desempenhos está a diminuir De acordo com um relatório publicado hoje pela Comissão Europeia,

Leia mais

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) MEMO/11/406 Bruxelas, 16 de Junho de 2011 Saúde: pronto para férias? viaje sempre com o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Em férias nunca se sabe! Está a pensar viajar na UE ou na Islândia,

Leia mais

Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE

Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA UNIÃO EUROPEIA ESTADOS-MEMBROS Direcção de Serviços das Questões Económicas e Financeiras DGAE / MNE Fevereiro de 2011 FICHA TÉCNICA Título Informação Estatística União Europeia/Estados-membros,

Leia mais

ATESTADO RELATIVO À COMPOSIÇÃO DA FAMÍLIA COM VISTA À CONCESSÃO DAS PRESTAÇÕES FAMILIARES

ATESTADO RELATIVO À COMPOSIÇÃO DA FAMÍLIA COM VISTA À CONCESSÃO DAS PRESTAÇÕES FAMILIARES COMISSÃO ADMINISTRATIVA PARA A SEGURANÇA SOCIAL DOS TRABALHADORES MIGRANTES Ver «Instruções» na página 4 E 401 ( 1 ) ATESTADO RELATIVO À COMPOSIÇÃO DA FAMÍLIA COM VISTA À CONCESSÃO DAS PRESTAÇÕES FAMILIARES

Leia mais

A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão

A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão IP/08/836 Bruxelas, 3 de Junho de 2008 A UE volta a divulgar o número de emergência europeu 112 antes das férias de Verão A Comissão Europeia acelerou hoje os seus esforços para promover a utilização na

Leia mais

Serviços na Balança de Pagamentos Portuguesa

Serviços na Balança de Pagamentos Portuguesa Serviços na Balança de Pagamentos Portuguesa Margarida Brites Coordenadora da Área da Balança de Pagamentos e da Posição de Investimento Internacional 1 dezembro 2014 Lisboa Balança de Pagamentos Transações

Leia mais

Recursos Energéticos e Meio Ambiente. Professor Sandro Donnini Mancini. 20 - Biomassa. Sorocaba, Maio de 2015.

Recursos Energéticos e Meio Ambiente. Professor Sandro Donnini Mancini. 20 - Biomassa. Sorocaba, Maio de 2015. Campus Experimental de Sorocaba Recursos Energéticos e Meio Ambiente Professor Sandro Donnini Mancini 20 - Biomassa Sorocaba, Maio de 2015. ATLAS de Energia Elétrica do Brasil. Agência Nacional de Elétrica

Leia mais

As estatísticas do comércio internacional de serviços e as empresas exportadoras dos Açores

As estatísticas do comércio internacional de serviços e as empresas exportadoras dos Açores As estatísticas do comércio internacional de serviços e as empresas exportadoras dos Açores Margarida Brites Coordenadora da Área das Estatísticas da Balança de Pagamentos e da Posição de Investimento

Leia mais

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE

CENTRO EUROPEU DO CONSUMIDOR - PORTUGAL EUROPEAN CONSUMER CENTRE ECC-Net: Travel App Uma nova aplicação para telemóveis destinada aos consumidores europeus que se deslocam ao estrangeiro. Um projeto conjunto da Rede de Centros Europeus do Consumidor Nome da app: ECC-Net:

Leia mais

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS:

NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 003/2010 DATA: 29/09/2010 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTOS: Acesso a cuidados de saúde programados na União Europeia, Espaço Económico Europeu e Suiça. Procedimentos para a emissão do Documento

Leia mais

CASSTM NOTA 376/03 ANEXO 2REV

CASSTM NOTA 376/03 ANEXO 2REV CASSTM NOTA 376/03 ANEXO 2REV DOCUMENTO 3 DIREITOS E OBRIGAÇÕES DOS TITULARES DOS CARTÕES EUROPEUS DE SEGURO DE DOENÇA OU DE DOCUMENTOS EQUIVALENTES NA SEQUÊNCIA DAS ALTERAÇÕES DO PONTO I DA ALÍNEA A)

Leia mais

Números-Chave sobre o Ensino das Línguas nas Escolas da Europa 2012

Números-Chave sobre o Ensino das Línguas nas Escolas da Europa 2012 Números-Chave sobre o Ensino das Línguas nas Escolas da Europa 2012 O relatório Números-Chave sobre o Ensino das Línguas nas Escolas da Europa 2012 consiste numa análise abarangente dos sistemas de ensino

Leia mais

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015 Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS O Preçário completo da Agência de Câmbios Central, Lda., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

ANEXOS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO. relativa à iniciativa de cidadania «Um de nós»

ANEXOS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO. relativa à iniciativa de cidadania «Um de nós» COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 28.5.2014 COM(2014) 355 final ANNEXES 1 to 5 ANEXOS à COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO relativa à iniciativa de cidadania «Um de nós» PT PT ANEXO I: ASPETOS PROCESSUAIS DA INICIATIVA

Leia mais

Comissão reconhece a necessidade de um melhor acesso de elevado débito à Internet para revitalizar as zonas rurais na Europa

Comissão reconhece a necessidade de um melhor acesso de elevado débito à Internet para revitalizar as zonas rurais na Europa IP/09/343 Bruxelas, 3 de Março de 2009 Comissão reconhece a necessidade de um melhor acesso de elevado débito à Internet para revitalizar as zonas rurais na Europa A Comissão declarou hoje considerar prioritária

Leia mais

BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda a Europa.

BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda a Europa. BMW Motorrad Após-Venda Serviços Móveis BMW Motorrad Após-Venda Pelo prazer de conduzir Serviços Móveis BMW Motorrad Mobile Care. BMW Motorrad Mobile Care. A Garantia de Mobilidade BMW Motorrad em toda

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

Internet de banda larga para todos os europeus: Comissão lança debate sobre o futuro do serviço universal

Internet de banda larga para todos os europeus: Comissão lança debate sobre o futuro do serviço universal IP/08/1397 Bruxelas, 25 de Setembro de 2008 Internet de banda larga para todos os europeus: Comissão lança debate sobre o futuro do serviço universal Como é que a UE vai conseguir que todos os europeus

Leia mais

GUIA PRÁTICO PEDIDO DE PENSÃO COM APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS INTERNACIONAIS INVALIDEZ, VELHICE E MORTE

GUIA PRÁTICO PEDIDO DE PENSÃO COM APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS INTERNACIONAIS INVALIDEZ, VELHICE E MORTE GUIA PRÁTICO PEDIDO DE PENSÃO COM APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS INTERNACIONAIS INVALIDEZ, VELHICE E MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Pág. 1/17 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Pedido de

Leia mais

istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos

istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos istockphoto/m. Boncina A Europa da livre circulação: o espaço Schengen Assuntos Internos 1 Espaço Schengen em 19 de dezembro de 2011 Estados-Membros da União Europeia pertencentes ao espaço Schengen Estados-Membros

Leia mais

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA?

NOTA INFORMATIVA SINGLE EURO PAYMENTS AREA. 1. O que é a SEPA? 1 NOTA INFORMATIVA 1. O que é a SEPA? Para harmonização dos sistemas de pagamento no espaço europeu no sentido de impulsionar o mercado único, foi criada uma Área Única de Pagamentos em Euro (denominada

Leia mais

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO PT PT PT COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 11.3.2011 COM(2011) 113 final RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO Qualidade da gasolina e do combustível para motores diesel utilizados no transporte

Leia mais

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2014 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 23 6 44

Quadro 1 Número de empresas de seguros a operar em Portugal. 2014 Vida Não Vida Mistas Total. Empresas de seguros de direito português 15 23 6 44 Quadro Número de empresas de seguros a operar em Portugal 24 Vida Não Vida Mistas Total Em regime de estabelecimento 2 46 2 78 Empresas de seguros de direito português 5 23 6 44 Empresas de seguros 5 2

Leia mais

Avaliação do Painel de Consulta das Empresas Europeias (EBTP)

Avaliação do Painel de Consulta das Empresas Europeias (EBTP) Avaliação do Painel de Consulta das Empresas Europeias (EBTP) 23/06/2008-14/08/2008 Existem 457 respostas em 457 que correspondem aos seus critérios A. Participação País DE - Alemanha 84 (18.4%) PL - Polónia

Leia mais

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes

HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes HBL15 Trabalhar na Irlanda do Norte: Subsídio de Alojamento Um folhetim informativo do Executivo de Alojamento para Trabalhadores Migrantes Este folheto explica as regras que se aplicam ao Benefício de

Leia mais

MINIGUIA DA EUROPA 2011 Comunicar com os Europeus Línguas Na Europa fala-se muitas línguas, cujas principais famílias são a germânica, a românica, a eslava, a báltica e a céltica. As instituições da União

Leia mais

DIREITO COMUNITÁRIO. Aula 4 As revisões dos instrumentos fundamentais: o aprofundamento 2

DIREITO COMUNITÁRIO. Aula 4 As revisões dos instrumentos fundamentais: o aprofundamento 2 DIREITO COMUNITÁRIO Aula 4 As revisões dos instrumentos fundamentais: o aprofundamento 2 As revisões dos tratados fundadores 07/02/1992: Assinatura do Tratado sobre a União Européia,, em Maastricht; 20/10/1997:

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa A educação para a cidadania nas escolas da Europa Em toda a Europa, o reforço da coesão social e a participação activa dos cidadãos na vida social estão no centro das preocupações

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem GUIA DE CANDIDATURA PARA MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA ESTÁGIOS ERASMUS+ (SMP)

Leia mais

CUIDADOS DE SAÚDE PARA PENSIONISTAS DE UM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA, ESPAÇO ECONÓMICO EUROPEU OU DA SUÍÇA QUE VENHAM RESIDIR PARA PORTUGAL

CUIDADOS DE SAÚDE PARA PENSIONISTAS DE UM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA, ESPAÇO ECONÓMICO EUROPEU OU DA SUÍÇA QUE VENHAM RESIDIR PARA PORTUGAL CUIDADOS DE SAÚDE PARA PENSIONISTAS DE UM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA, ESPAÇO ECONÓMICO EUROPEU OU DA SUÍÇA QUE VENHAM RESIDIR PARA PORTUGAL abril 2015 Ficha Técnica Autor Direção-Geral da Segurança

Leia mais

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido

Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido PROGRAMA ERASMUS+ AÇÃO 1 MOBILIDADE INDIVIDUAL PARA FINS DE APRENDIZAGEM ENSINO SUPERIOR 2015 TABELA DE BOLSAS DE MOBILIDADE ESTUDANTES PARA ESTUDOS E ESTÁGIOS TABELA 1 De Portugal Continental para: Valor

Leia mais

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET ATRAVÉS DE BANDA LARGA

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET ATRAVÉS DE BANDA LARGA http://www.anacom.pt/template12.jsp?categoryid=168982 INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA DO SERVIÇO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET ATRAVÉS DE BANDA LARGA 3º TRIMESTRE DE 2005 NOTA: O presente documento constitui

Leia mais

É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu!

É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu! F É UM CIDADÃO EUROPEU A RESIDIR NA BÉLGICA? Então venha votar no dia 25 de Maio de 2014 para o Parlamento Europeu! 1 QUEM PODE VOTAR A 25 DE MAIO DE 2014? Para poder participar nesta eleição na qualidade

Leia mais

EUROBARÓMETRO especial 243 OS EUROPEUS E AS SUAS LÍNGUAS INTRODUÇÃO

EUROBARÓMETRO especial 243 OS EUROPEUS E AS SUAS LÍNGUAS INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Hoje, a União Europeia abriga 450 milhões de habitantes com origens étnicas, culturais e linguísticas diversas. Os modelos linguísticos dos países europeus são complexos - moldados pela História,

Leia mais

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência 1 Proposta de Adesão de Crédito - Particulares Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Identificação do titular Nome Completo B.I./ Cidadão Nº Contribuinte

Leia mais

Desemprego e regulação do mercado de trabalho. António Dornelas ISCTE-IUL e CIES-IUL 28 de Outubro de 2011

Desemprego e regulação do mercado de trabalho. António Dornelas ISCTE-IUL e CIES-IUL 28 de Outubro de 2011 Desemprego e regulação do mercado de trabalho António Dornelas ISCTE-IUL e CIES-IUL 28 de Outubro de 2011 Proposições fundamentais 1. O trabalho não pode ser tratado como uma mercadoria sem sérias consequências

Leia mais

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL

Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL Changing lives. Opening minds. Mobilidade de Estudantes Sessão de Esclarecimento 2015/2016 janeiro 2015 Núcleo de Relações Internacionais do ISEL ERASMUS + Uma porta aberta para a Europa : O novo programa

Leia mais

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS

TRATADO DE LISBOA EM POUCAS EM POUCAS PALAVRAS OS PRIMEIROS PASSOS DATA/LOCAL DE ASSINATURA E ENTRADA EM VIGOR PRINCIPAIS MENSAGENS QUIZ 10 PERGUNTAS E RESPOSTAS OS PRIMEIROS PASSOS No século XX depois das Guerras No século XX, depois

Leia mais

MEMO. Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes

MEMO. Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes COMISSÃO EUROPEIA MEMO Bruxelas, 15 Maio 2013 Dia Europeu de Direitos dos Doentes: 10 benefícios que a União Europeia confere aos doentes Um alto nível de proteção da saúde; o direito de beneficiar de

Leia mais

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit

A solução. para os seus problemas. na Europa. ec.europa.eu/solvit A solução para os seus problemas na Europa ec.europa.eu/solvit CONHEÇA OS SEUS DIREITOS Viver, trabalhar ou viajar em qualquer país da UE é um direito fundamental dos cidadãos europeus. As empresas também

Leia mais

SEPA - Single Euro Payments Area

SEPA - Single Euro Payments Area SEPA - Single Euro Payments Area Área Única de Pagamentos em euros APOIO PRINCIPAL: APOIO PRINCIPAL: Contexto O que é? Um espaço em que consumidores, empresas e outros agentes económicos poderão efectuar

Leia mais

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2).

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2). 3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 04-agosto-2015 3.1. Cartões de Crédito Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite Barclays

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA A FILHOS COM DEFICIÊNCIA OU DOENÇA CRÓNICA

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA A FILHOS COM DEFICIÊNCIA OU DOENÇA CRÓNICA GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA A FILHOS COM DEFICIÊNCIA OU DOENÇA CRÓNICA INSTITUTO DA DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático - Subsídio

Leia mais

http://www.dgs.pt/wwwbase/raiz/mlkimprimir.aspx?codigoms=0

http://www.dgs.pt/wwwbase/raiz/mlkimprimir.aspx?codigoms=0 Página Web 1 de 5 Mobilidade de Doentes imprimir adicionar aos favoritos Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Aconselhamos vivamente que leve consigo o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 27 de Abril de 2007 (02.05) (OR. en) 9032/07 SCH-EVAL 90 SIRIS 79 COMIX 427 NOTA de: para: Assunto: Presidência Grupo de Avaliação de Schengen Projecto de decisão do

Leia mais

Regulação e Concorrência no Mercado de Banda Larga

Regulação e Concorrência no Mercado de Banda Larga Regulação e Concorrência no Mercado de Banda Larga Pedro Duarte Neves Preparado para o painel "A Sociedade da Informação em Portugal: Situação e Perspectivas de Evolução" Fórum para a Sociedade da Informação

Leia mais

CRESCIMENTO E EMPREGO: PRÓXIMOS PASSOS

CRESCIMENTO E EMPREGO: PRÓXIMOS PASSOS CRESCIMENTO E EMPREGO: PRÓXIMOS PASSOS Apresentação de J.M. Durão Barroso, Presidente da Comissão Europeia, ao Conselho Europeu informal de 30 de janeiro de 2012 Quebrar os «círculos viciosos» que afetam

Leia mais

Previdência social. Social Welfare

Previdência social. Social Welfare Direitos trabalhistas Saúde 75 a 08 Previdência social Social Welfare 08 76 VIDA NA IRLANDA Os pagamentos se dividem em 3 categorias: 1. Contributivos: Os pagamentos do seguro social (geralmente chamados

Leia mais

"Voluntariado e Solidariedade Intergeracional"

Voluntariado e Solidariedade Intergeracional EUROPEAN PARLIAMENT Voluntariado e Solidariedade Intergeracional Relatório Trabalho de campo: Abril-Maio 2011 Publicação: Outubro 2011 Special Eurobarometer / Wave 75.2 TNS Opinion & Social O presente

Leia mais

A TRIBUTAÇÃO DAS PME NA UNIÃO EUROPEIA

A TRIBUTAÇÃO DAS PME NA UNIÃO EUROPEIA A TRIBUTAÇÃO DAS PME NA UNIÃO EUROPEIA As actividades e o desenvolvimento das PME são fundamentais para o crescimento económico da União Europeia, daí que se torne primordial saber como são tributadas

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

2º e 3º Ciclos Ensino Profissional

2º e 3º Ciclos Ensino Profissional 2º e 3º Ciclos Ensino Profissional Índice 1. A União Europeia O caminho da UE 2. Os Anos Europeus 3. 2010 Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social (AECPES) 4. 2010 AECPES. Pobreza e Exclusão

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO PARA ASSISTÊNCIA A FILHO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático -Subsídio para Assistência a Filho

Leia mais

A formação da União Europeia

A formação da União Europeia A formação da União Europeia A EUROPA DOS 28 Como tudo começou? 1926: 1º congresso da União Pan- Europeia em Viena (Áustria) 24 países aprovaram um manifesto para uma organização federativa na Europa O

Leia mais

GUIA PRÁTICO PEDIDO DE PENSÃO COM APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS INTERNACIONAIS INVALIDEZ, VELHICE E MORTE

GUIA PRÁTICO PEDIDO DE PENSÃO COM APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS INTERNACIONAIS INVALIDEZ, VELHICE E MORTE GUIA PRÁTICO PEDIDO DE PENSÃO COM APLICAÇÃO DE INSTRUMENTOS INTERNACIONAIS INVALIDEZ, VELHICE E MORTE INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Pág. 1/20 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Pedido de

Leia mais

Preçário dos Cartões Telefónicos PT

Preçário dos Cartões Telefónicos PT Preçário dos Cartões Telefónicos PT Cartão Telefónico PT 5 e (Continente)... 2 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma dos Açores)... 6 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma da Madeira)... 10 Cartão

Leia mais

Observatório Pedagógico. Objectivos: Políticas Redistributivas e Desigualdade em Portugal. Carlos Farinha Rodrigues DESIGUALDADE ECONÓMICA EM PORTUGAL

Observatório Pedagógico. Objectivos: Políticas Redistributivas e Desigualdade em Portugal. Carlos Farinha Rodrigues DESIGUALDADE ECONÓMICA EM PORTUGAL Observatório Pedagógico Políticas Redistributivas e Desigualdade em Portugal Carlos Farinha Rodrigues ISEG / Universidade Técnica de Lisboa Objectivos: 21 22 23 24 25 26 29 21 22 23 24 25 26 29 "shares"

Leia mais

Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais

Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais Impostos e taxas com relevância ambiental 2013 31 de outubro de 2014 Impostos com relevância ambiental em 2013 representaram 7,7% do total das receitas de impostos e contribuições sociais O valor dos Impostos

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COMISSÃO DE ASSUNTOS EUROPEUS

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COMISSÃO DE ASSUNTOS EUROPEUS Parecer COM(2012)722 Comunicação da Comissão ao Parlamento Europeu e ao Conselho - Plano de Ação para reforçar a luta contra a fraude e a evasão fiscais 1 PARTE I - NOTA INTRODUTÓRIA Nos termos do artigo

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 5.5.2012 Jornal ficial da União Europeia L 120/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTS REGULAMENT (UE) N. o 383/2012 DA CMISSÃ de 4 de maio de 2012 que estabelece os requisitos técnicos relativos às cartas

Leia mais

Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA

Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA Golden Residence Permit Program BES IMÓVEIS AREA GESTÃO IMOBILIÁRIA Em que consiste, razões para a existência do programa e benefício principal Quem pode beneficiar do programa Como beneficiar do programa

Leia mais

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente 1 Proposta de Adesão Particulares Cartão de Crédito Miles & More Gold da Caixa (para residentes no estrangeiro) Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Leia mais

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação

E R A S M U S + ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Apresentação ERASMUS+ Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Apresentação ERASMUS+ - Ensino Superior O Erasmus+ é o novo programa da UE dedicado à educação, formação, juventude e desporto. O programa tem início

Leia mais

Newsletter Informação Semanal 31-08 a 06-09-2015

Newsletter Informação Semanal 31-08 a 06-09-2015 EUR / Kg Peso Vivo CONJUNTURA SEMANAL - AVES Newsletter Informação Semanal 31-08 a 06-09- As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas no facebook em: https://www.facebook.com/sima.portugal Na semana

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC UNIÃO EUROPEIA Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

Leia mais

GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL

GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL GOLDEN VISA Junho 2013 AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA ATRAVÉS DE INVESTIMENTO EM PORTUGAL Portugal já está a atribuir os Golden Residence Permit a cidadãos não- Europeus no caso de realização de determinados

Leia mais

Serviço de Assistência Tutelar Serviço de Tutelas

Serviço de Assistência Tutelar Serviço de Tutelas Portugees - Portugais Serviço de Assistência Tutelar Serviço de Tutelas Como podemos ajudar-te? À tua chegada à Bélgica Tens menos de 18 anos e chegaste à Bélgica sem o teu pai ou a tua mãe? Estás a procurar

Leia mais

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 1.º Titular Outros Titulares de (5) (1) 5. Recuperação de valores em divida (6) Millennium bcp Business Silver 28,85 19,23 26,44 Millennium

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Classic Estrangeiro: Rede 28,85 28,85 19,23 19,23 Isenção

Leia mais

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA)

Atualidades. Blocos Econômicos, Globalização e União Européia. 1951 - Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA) Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, ecologia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e segurança

Leia mais

9. o ANO FUNDAMENTAL PROF. ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

9. o ANO FUNDAMENTAL PROF. ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE 9. o ANO FUNDAMENTAL PROF. ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas. 2

Leia mais

RESULTADOS PRINCIPAIS

RESULTADOS PRINCIPAIS RESULTADOS PRINCIPAIS 1.1. O inquérito EU Kids Online Este relatório apresenta os primeiros resultados de um inquérito inédito, concebido e conduzido pela rede EU Kids Online, de acordo com rigorosos standards.

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) Redes onde o cartão é aceite 1. Anuidades 1 1.º Titular Outros Titulares 2. Emissão de cartão 1 3. Substituição de cartão 2 4. Inibição do cartão 5. Pagamentos

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE) 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Business 43,27 43,27

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE) 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Business Estrangeiro:

Leia mais

NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA

NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA NEGOCIAÇÕES DE ADESÃO DA BULGÁRIA E DA ROMÉNIA À UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 31 de Março de 2005 (OR. en) AA 23/2/05 REV 2 TRATADO DE ADESÃO: ACTA FINAL PROJECTO DE ACTOS LEGISLATIVOS E OUTROS INSTRUMENTOS

Leia mais

Inquérito mede o pulso à saúde em linha na Europa e receita uma maior utilização das TIC pela classe médica

Inquérito mede o pulso à saúde em linha na Europa e receita uma maior utilização das TIC pela classe médica IP/08/641 Bruxelas, 25 de Abril de 2008 Inquérito mede o pulso à saúde em linha na Europa e receita uma maior utilização das TIC pela classe médica A Comissão Europeia publicou hoje as conclusões de um

Leia mais

Fusões e cisões transfronteiras

Fusões e cisões transfronteiras Fusões e cisões transfronteiras Fusões e cisões transfronteiras Consulta organizada pela Comissão Europeia (DG MARKT) INTRODUÇÃO Observações preliminares O presente questionário tem por objetivo recolher

Leia mais

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI

MNE DGAE. Tratado de Lisboa. A Europa rumo ao século XXI Tratado de Lisboa A Europa rumo ao século XXI O Tratado de Lisboa Índice 1. Contextualização 1.1. Porquê um novo Tratado? 1.2. Como surgiu o Tratado de Lisboa? 2. O que mudará com o Tratado de Lisboa?

Leia mais

Formal de Adultos: Comissão Europeia

Formal de Adultos: Comissão Europeia BG Educação Formal de Adultos: : Políticas e Práticas na Europa Comissão Europeia EURYDICE Agência de Execução relativa à Educação, ao Audiovisual e à Cultura Educação Formal de Adultos: Políticas e Práticas

Leia mais

Informação ao Utente sobre Preço dos Medicamentos Situação Europeia

Informação ao Utente sobre Preço dos Medicamentos Situação Europeia que não requerem PVP na embalagem dos medicamentos Alemanha Informação sobre preços é fornecida às farmácias e seguradoras pelo IFA (Information Centre for Pharmaceutical Specialities). Identificação do

Leia mais

Crianças que necessitam de proteção internacional

Crianças que necessitam de proteção internacional PT Crianças que necessitam de proteção internacional Informações destinadas aos menores não acompanhados que apresentam um pedido de proteção internacional, em conformidade com o artigo 4.º do Regulamento

Leia mais

Espanha continuou a ser o país com maior peso nas transações comerciais de bens com o exterior (23,5% nas exportações e de 32,5% nas importações).

Espanha continuou a ser o país com maior peso nas transações comerciais de bens com o exterior (23,5% nas exportações e de 32,5% nas importações). Estatísticas do Comércio Internacional 214 7 de julho de 215 Resultados preliminares do Comércio Internacional em 214: em termos nominais, as exportações aumentaram 1,8% e as importações aumentaram 3,2%

Leia mais

(Apenas fazem fé os textos nas línguas alemã, dinamarquesa, espanhola, grega, inglesa, italiana, letã, neerlandesa, portuguesa, romena e sueca)

(Apenas fazem fé os textos nas línguas alemã, dinamarquesa, espanhola, grega, inglesa, italiana, letã, neerlandesa, portuguesa, romena e sueca) L 336/42 Jornal Oficial da União Europeia 18.12.2009 DECISÃO DA COMISSÃO de 16 de Dezembro de 2009 relativa a uma contribuição financeira comunitária, para 2009, para as despesas efectuadas pelos Estados-Membros

Leia mais

Geografia Econômica Mundial. Organização da Aula. Aula 4. Blocos Econômicos. Contextualização. Instrumentalização. Tipologias de blocos econômicos

Geografia Econômica Mundial. Organização da Aula. Aula 4. Blocos Econômicos. Contextualização. Instrumentalização. Tipologias de blocos econômicos Geografia Econômica Mundial Aula 4 Prof. Me. Diogo Labiak Neves Organização da Aula Tipologias de blocos econômicos Exemplos de blocos econômicos Algumas características básicas Blocos Econômicos Contextualização

Leia mais

Formação Inicial de Professores na União Europeia. Florbela Lages Antunes Rodrigues Instituto Politécnico da Guarda

Formação Inicial de Professores na União Europeia. Florbela Lages Antunes Rodrigues Instituto Politécnico da Guarda Formação Inicial de Professores na União Europeia Florbela Lages Antunes Rodrigues Instituto Politécnico da Guarda 1999 - O Processo de Bolonha Um Espaço Europeu de Ensino Superior (EEES) globalmente harmonizado

Leia mais

CONSILIUM. Schengen. A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011

CONSILIUM. Schengen. A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011 PT CONSILIUM Schengen A porta para a sua liberdade de circulação na Europa JUNHO DE 2011 Índice INTRODUÇÃO 1 LIVRE CIRCULAÇÃO DE PESSOAS 2 COOPERAÇÃO POLICIAL E ADUANEIRA 2 Fronteiras internas 2 Fronteiras

Leia mais

Seminário. 12 novembro 2013. Iniciativa conjunta INE LNEC

Seminário. 12 novembro 2013. Iniciativa conjunta INE LNEC Seminário 12 novembro 2013 Iniciativa conjunta INE LNEC Casa própria ou arrendamento perfil da ocupação residencial emportugal Bárbara Veloso INE 12 novembro 2013 Iniciativa conjunta INE LNEC Sumário Aumentaram

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação Banco BPI, Sociedade

Leia mais

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Uma Rede de apoio à competitividade das empresas 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Quem somos Quem somos? Onde estamos? Criada pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Quadro para a Competitividade

Leia mais

imigração e comércio internacional no contexto da integração europeia o caso português

imigração e comércio internacional no contexto da integração europeia o caso português imigração e comércio internacional no contexto da integração europeia o caso português Nuno Gonçalves Ana Paula Africano Resumo: Palavras-chave Códigos JEL Abstract: Keywords model. JEL Codes 41 estudos

Leia mais

ANÚNCIO DE CONCURSOS GERAIS EPSO/AD/240-243/12 TRADUTORES (ET/GA/LV/PT) (2012/C 204 A/02)

ANÚNCIO DE CONCURSOS GERAIS EPSO/AD/240-243/12 TRADUTORES (ET/GA/LV/PT) (2012/C 204 A/02) 12.7.2012 PT Jornal Oficial da União Europeia C 204 A/5 ANÚNCIO DE CONCURSOS GERAIS EPSO/AD/240-243/12 TRADUTORES (ET/GA/LV/PT) (2012/C 204 A/02) O Serviço Europeu de Seleção do Pessoal (EPSO) organiza

Leia mais

Os Cursos de Especialização Tecnológica Em Portugal Nuno Mangas

Os Cursos de Especialização Tecnológica Em Portugal Nuno Mangas Os Cursos de Especialização Tecnológica Em Portugal Nuno Mangas Fórum novo millenium Nuno Mangas Covilhã, 22 Setembro 2011 Índice 1 Contextualização 2 Os CET em Portugal 3 Considerações Finais 2 Contextualização

Leia mais