PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA"

Transcrição

1 Curso de Extensão ASSISTÊNCIA AO PACIENTE GRAVE PARA TÉCNICOS EM ENFERMAGEM PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA Docentes: Thiago Christel Truppel, Adriano Yoshio Shimbo, Giulianno Tkaczuk de Souza, Cleberson Ribeiro Carvalho, Cleiton Vieira, André Luiz Hoffmann, Altair Von Stein Júnior, Fernando Trevisan e Jossandro Rodrigues da Cruz Carga horária: 40 horas/aula Data: 16 e 17 de julho e 20 e 21 de agosto de 2011 Horário: sábado e domingo das 08h00 às 17h00 Local: Estação Convention Center - Sala Executiva 04 Público-alvo: Técnicos em Enfermagem Vagas limitadas: 40 OBJETIVO Compreender os princípios do cuidado de enfermagem ao paciente grave. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Sábado 08h00 às 10h00 - Assistência de enfermagem no neurointensivismo Adriano Shimbo 1. Anatomia e fisiologia do SNC. 2. Sedoanalgesia do paciente crítico: propofol, midazolam e fentanil. 3. Hipertensão intracraniana. 4. Monitorização multimodal do paciente neurocrítico: escala de coma de Glasgow, escala de Ramsay, avaliação pupilar, DVE, PIC e PPC. 10h00 às 10h30 - Coffee-break

2 10h30 às 12h00 - Princípios de ventilação mecânica invasiva Thiago Truppel 1. Princípios de VM: definição, objetivos, indicações. 2. Modos e modalidades. 3. Parâmetros ventilatórios. 4. Cuidados de enfermagem ao paciente submetido ao suporte ventilatório. 12h00 às 13h00 - Almoço 13h00 às 15h00 - Assistência de enfermagem ao paciente com alterações cardiovasculares André Luiz Hoffmann 1. Anatomia e fisiologia cardíaca. 2. ECG e arritmias cardíacas. 3. Abordagem da Síndrome Coronariana Aguda. 15h00 às 15h30 - Coffee-break 15h30 às 17h00 - Monitorização hemodinâmica Fernando Trevisan 1. Cateteres venosos e arteriais. 2. Débito cardíaco e oferta de oxigênio. 3. Pressão arterial e pressão venosa central: definições. 4. Cuidados na monitorização hemodinâmica: PAM e PVC. 5. Drogas vasoativas: adrenalina, dopamina e dobutamina. Domingo 08h00 às 10h00 - Assistência de enfermagem ao paciente politraumatizado Jossandro Rodrigues da Cruz 1. Trauma cranioencefálico e raquimedular. 2. Controle cervical e rolamento. 3. Trauma de tórax. 10h00 às 10h30 - Coffee-break 10h30 às 12h00 - Assistência de enfermagem ao paciente politraumatizado Cleberson Ribeiro Carvalho 1. Trauma abdominal: síndrome compartimental abdominal, monitorização da pressão intrabdominal (PIA) e Bolsa de Bogotá. 2. Trauma músculo-esquelético, síndrome compartimental e fasciotomia. 12h00 às 13h00 - Almoço 13h00 às 15h00 - Suporte básico de vida (BLS Basic Life Support) Giulianno de Souza 1. Diretrizes do BLS. 2. Abertura de vias aéreas: manobras e dispositivos. 3. Considerações sobre as vias aéreas avançadas.

3 4. Ventilação boca-a-boca, ventilação boca-dispositivo de barreira, ventilação boca-a-máscara. 5. Técnica de bolsa-valva-máscara e ventilação de resgate. 6. Compressões torácicas. 7. Relação compressão-ventilação. 15h00 às 15h30 - Coffee-break 15h30 às 17h00 - Suporte básico de vida (BLS Basic Life Support) Giulianno de Souza 1. Desfibrilador externo automático (DEA). 2. Manobras de RCP em lactente. 3. Manobras de RCP em criança. 4. Manobras de RCP e utilização do DEA em adulto com um socorrista. 5. Manobras de RCP e utilização do DEA em adulto com dois socorristas. 6. Manobras de RCP e utilização do DEA em lactente e criança. 7. Algoritmos.

4 ESTAÇÕES PRÁTICAS DE APRENDIZAGEM SÁBADO MOMENTOS DE SIMULAÇÃO ESTAÇÕES DE CONHECIMENTO Cuidados de enfermagem ao paciente neurocrítico, derivação ventricular externa (DVE), monitorização neurológica (PIC e PPC) A B C D E Procedimentos invasivos em terapia intensiva E A B C D Cateteres venosos, arteriais, monitorização hemodinâmica (PAM e PVC) D E A B C Realização do ECG, drogas vasoativas em UTI C D E A B Cuidados com vias aéreas e ao paciente submetido à ventilação mecânica B C D E A Momento 01: 08h00 às 09h30 Coffee-break: 09h30 às 10h00 Momento 02: 10h00 às 11h30 Momento 03: 11h30 às 13h00 Almoço: 13h00 às 14h00 Momento 04: 14h00 às 15h30 Momento 05: 15h30 às 17h00 Cuidados de enfermagem ao paciente neurocrítico, derivação ventricular externa (DVE), monitorização neurológica (PIC e PPC) Prof. Adriano Shimbo Procedimentos invasivos em terapia intensiva Prof. Jossandro Rodrigues da Cruz Cateteres venosos, arteriais, monitorização hemodinâmica (PAM e PVC) Prof. Fernando Trevisan Realização do ECG, drogas vasoativas em UTI Prof. Cleberson Ribeiro Cuidados com vias aéreas e ao paciente submetido à ventilação mecânica Prof. Thiago Truppel DOMINGO MOMENTOS DE SIMULAÇÃO ESTAÇÕES DE CONHECIMENTO Diretrizes do BLS A B C D E Desobstrução de vias aéreas e ventilação E A B C D Manobras de RCP e utilização do DEA em adulto com um socorrista D E A B C Manobras de RCP e utilização do DEA em adulto com dois socorristas C D E A B Manobras de RCP e utilização do DEA em lactente e criança B C D E A Momento 01: 08h00 às 09h30 Coffee-break: 09h30 às 10h00 Momento 02: 10h00 às 11h30 Momento 03: 11h30 às 13h00 Almoço: 13h00 às 14h00 Momento 04: 14h00 às 15h30 Momento 05: 15h30 às 17h00 Diretrizes do BLS Prof. André Luiz Hoffmann Desobstrução de vias aéreas e ventilação Prof. Cleberson Ribeiro Carvalho Manobras de RCP e utilização do DEA em adulto com um socorrista Prof. Jossandro R. da Cruz Manobras de RCP e utilização do DEA em adulto com dois socorristas Prof. Giulianno de Souza Manobras de RCP e utilização do DEA em lactente e criança Prof. Cleiton Vieira

5 MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DO CURSO 1. Desfibrilador externo automático Educação no uso efetivo do desfibrilador semi-automático. Este produto foi desenvolvido especificamente para simular um desfibrilador Heartstart FR, tanto na aparência, manuseio e mensagem de voz, porém não fornece uma descarga real. Dispõem de 10 cenários pré-programados que simulam distintas situações de uso de um desfibrilador semiautomático. 2. Manequins A. Simulador avançado de cuidados ao paciente adulto e manejo de vias aéreas Este modelo é articulado em tamanho natural e mede 1,70 m de altura. Foi desenvolvido para auxiliar no treinamento simulado de muitos procedimentos técnicos da enfermagem e do suporte de vida. O simulador possui cabeça articulada e anatomia realista, braço avançado para o treino de injeções (com sangue artificial), kit de simulação para tratamento de ferimentos e painel eletrônico que avalia as manobras da reanimação cardiopulmonar (RCP). Todas estas características promovem este modelo único a um dos mais completos para o seu programa de treinamento.

6 B. Sistema de treinamento AED Little Anne O sistema de treinamento AED Little Anne é um produto completo que combina o manequim AED Little Anne acessível, Laerdal AED Trainer 2 e controle remoto dentro de um pacote de treinamento em RCP. Educacionalmente eficaz ao oferecer todas as funções essenciais para aprendizagem de RCP em adultos, desfibrilação e colocação das pás do desfibrilador. C. CPR Baby Anne O manequim Baby Anne é um simulador portátil de habilidades para treinamento em ressuscitação infantil real. Oferece a oportunidade de praticar habilidades avançadas de ressuscitação, incluindo supervisão das vias aéreas, RCP em resgate profissional, compressão e elevação realistas do peito, abertura das vias respiratórias através da extensão da cabeça e elevação do queixo. Thiago Christel Truppel Sócio Diretor Segmento ST Treinamento Profissional (41) ou (41) Adriano Yoshio Shimbo Sócio Diretor Segmento ST Treinamento Profissional (41) ou (41)

ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA

ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA De acordo com a RDC 07/10, o coordenador de enfermagem da UTI deve ser especialista em terapia intensiva, isto é, enfermeiro intensivista. Assim,

Leia mais

Curso de Pós-Graduação

Curso de Pós-Graduação Curso de Pós-Graduação ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA APRESENTAÇÃO DO CURSO A terapia intensiva apresenta-se como área de atuação de alta complexidade

Leia mais

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 Coordenação Dr. Luciano Cesar Pontes Azevedo Doutor em medicina pela Universidade de São Paulo - USP

Leia mais

ENFERMEIRO EMERGENCISTA

ENFERMEIRO EMERGENCISTA UNIVERSIDADE POSITIVO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA ENFERMEIRO EMERGENCISTA CRONOGRAMA MÓDULOS TEÓRICOS TURMA 03 Encontros: sextas

Leia mais

BLS Basic Life Support SBV - Suporte Básico de Vida para Profissionais da Saúde

BLS Basic Life Support SBV - Suporte Básico de Vida para Profissionais da Saúde BLS Basic Life Support SBV - Suporte Básico de Vida para Profissionais da Saúde Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada a substituir

Leia mais

Salvar Cursos e Treinamentos Educacionais Ltda. - ME. CNPJ: 06.814.425/0001-10

Salvar Cursos e Treinamentos Educacionais Ltda. - ME. CNPJ: 06.814.425/0001-10 SALVAR Salvar Cursos e Treinamentos Educacionais Ltda. - ME. Rua Nazira Mattar de Freitas, 550, Monte Castelo, Cep: 36081230, Juiz de Fora, MG. Tel: 32 3082-6687 / 32 8864-9970 CENTER TRAINING ASHI # 139.430

Leia mais

ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia

ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada

Leia mais

X Series. catálogo 100% MAIS PODEROSO 60% MENOR 40% MAIS LEVE TECNOLOGIAS DE RCP SEM PRECEDENTES

X Series. catálogo 100% MAIS PODEROSO 60% MENOR 40% MAIS LEVE TECNOLOGIAS DE RCP SEM PRECEDENTES Perguntamos aos profissionais de EMS de todo o mundo como deveria ser um desfibrilador/monitor......nós projetamos o... 60% MENOR X Series 40% MAIS LEVE PEQUENO LEVE PODEROSO 4 TRAÇADOS 12 LEADS NA TELA

Leia mais

Diretrizes de reanimação cardiopulmonar

Diretrizes de reanimação cardiopulmonar Enf: Karin Scheffel Diretrizes de reanimação cardiopulmonar Atendimento inicial suporte básico (BLS) ou suporte primário Atendimento avançado ACLS (Circulation. 2010;122[suppl 3]:S787 S817.) http://circ.ahajournals.org/content/122/18_suppl_3/s787.full

Leia mais

Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09

Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09 Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09 A EMPRESA A RIO EMERGÊNCIA treinamentos trata-se de uma empresa educacional, voltada ao ensino

Leia mais

LABORATÓRIO DE HABILIDADES CLÍNICAS - LHC

LABORATÓRIO DE HABILIDADES CLÍNICAS - LHC LABORATÓRIO DE HABILIDADES CLÍNICAS - LHC Universidade Federal do Ceará - UFC Curso de Medicina Campus Sobral - HISTÓRICO Em 1975 na Universidade de Limburg, em MAASTRICHT na Holanda, foi criado o Instituto

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: : PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional:Técnico em enfermagem Qualificação:

Leia mais

O maior e mais bem equipado centro de treinamentos para Brigadistas, Socorristas e Segurança do Trabalho.

O maior e mais bem equipado centro de treinamentos para Brigadistas, Socorristas e Segurança do Trabalho. O maior e mais bem equipado centro de treinamentos para Brigadistas, Socorristas e Segurança do Trabalho. BRIGADA DE INCÊNDIO - NR 23 Lei federal nº 6514/77, da Portaria nº 3214/78 através da NR 23; NBR

Leia mais

HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA. Especialização em Medicina Intensiva Pediátrica

HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA. Especialização em Medicina Intensiva Pediátrica HOSPITAL ESTADUAL DA CRIANÇA PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU Especialização em Medicina Intensiva Pediátrica Programa de Pós-Graduação 2014 Caracterização do curso: Instituições: Instituto D Or de Pesquisa e

Leia mais

Componente Curricular: Enfermagem Médica Profª Mônica I. Wingert Módulo III Turma 301E Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP)

Componente Curricular: Enfermagem Médica Profª Mônica I. Wingert Módulo III Turma 301E Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) Componente Curricular: Enfermagem Médica Profª Mônica I. Wingert Módulo III Turma 301E Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) É parada súbita e inesperada da atividade mecânica ventricular útil e suficiente

Leia mais

PALS Pediatric Advanced Life Support SAVP Suporte Avançado de Vida em Pediatria

PALS Pediatric Advanced Life Support SAVP Suporte Avançado de Vida em Pediatria PALS Pediatric Advanced Life Support SAVP Suporte Avançado de Vida em Pediatria Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada a substituir

Leia mais

cateter de Swan-Ganz

cateter de Swan-Ganz cateter de Swan-Ganz Dr. William Ganz Dr. Jeremy Swan A introdução, por Swan e Ganz, de um cateter que permitia o registro de parâmetros hemodinâmicos na artéria pulmonar a partir de 1970 revolucionou

Leia mais

TRAUMA CRANIOENCEFÁLICO E HIPERTENSÃO INTRACRANIANA

TRAUMA CRANIOENCEFÁLICO E HIPERTENSÃO INTRACRANIANA TRAUMA CRANIOENCEFÁLICO E HIPERTENSÃO INTRACRANIANA Yuri Andrade Souza Serviço de Neurocirurgia Hospital São Rafael Hospital Português INTRODUÇÃO Lesão primária x lesão secundária Atendimento inicial Quando

Leia mais

Curso de Emergências Cardiorespiratórias

Curso de Emergências Cardiorespiratórias SBC Salvando Vidas Curso de Emergências Cardiorespiratórias A SBC é uma instituição que está habilitada pela American Heart Association (AHA) - importante entidade americana na área de doenças cardiológicas

Leia mais

Instruções para Uso Treinador de AED

Instruções para Uso Treinador de AED Instruções para Uso Treinador de AED NÚMERO DA PEÇA Direitos Autorais 2007 Cardiac Science Corporation. Todos os direitos reservados. O Treinador do Desfibrilador Externo Automático (AED) é um dispositivo

Leia mais

ADA. ão, acesso venoso, e drogas. desfibrilação

ADA. ão, acesso venoso, e drogas. desfibrilação C - CIRCULAÇÃO BÁSICA B E AVANÇADA ADA Monitoração, desfibrilação ão, acesso venoso, e drogas Hospital Municipal Miguel Couto Centro de Terapia Intensiva Dr David Szpilman CONCEITO DE PCR: Cessação súbita

Leia mais

CURSO SUPERVISOR DE TRABALHO EM ALTURA

CURSO SUPERVISOR DE TRABALHO EM ALTURA FUNCIONAMENTO DO CURSO O curso terá duração de 40 horas/aula, composto pelos seguintes módulos: MÓDULO h/a Noções de Segurança no Trabalho em Altura 4 Laboratório de Materiais e Equipamentos 4 Gestão de

Leia mais

Hospital Beneficência Portuguesa SP GEAPANC JULHO 2008

Hospital Beneficência Portuguesa SP GEAPANC JULHO 2008 Monitorização Clínica do Paciente Neurológico em Terapia Intensiva Prof. Dr. Salomón S. Ordinola Rojas Hospital Beneficência Portuguesa SP GEAPANC JULHO 2008 FILOSOFIA DE ATENDIMENTO Profilaxia Diagnóstico

Leia mais

[208] a. CONSIDERAÇÕES GERAIS DE AVALIAÇÃO

[208] a. CONSIDERAÇÕES GERAIS DE AVALIAÇÃO [208] p r o t o c o l o s d a s u n i d a d e s d e p r o n t o a t e n d i m e n t o 2 4 h o r a s Imobilizar manualmente a cabeça e pescoço até a vítima estar fixada em dispositivo imobilizador. Estar

Leia mais

CURSOS MINISTRADOS PELA TREINAMENTOS & BRIGADA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CURSOS MINISTRADOS PELA TREINAMENTOS & BRIGADA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSOS MINISTRADOS PELA TREINAMENTOS & BRIGADA Item Treinamentos C/H 01 Brigada de Incêndio 12 h/a 02 Brigada de Incêndio 16 h/a 03 Primeiros Socorros 08 h/a 04 Trabalho em Altura 08 h/a 05 CIPA 20 h/a

Leia mais

Ressuscitação cardiopulmonar: conduta atual. Marcelo De Carli Cardiologista

Ressuscitação cardiopulmonar: conduta atual. Marcelo De Carli Cardiologista Ressuscitação cardiopulmonar: conduta atual Marcelo De Carli Cardiologista 26/11/2011 14:00 às 14:40 Parada cardiorrespiratória Aula baseada nos manuais de Suporte Básico de Vida e de Suporte Avançado

Leia mais

PLANO DA UNIDADE CURRICULAR. Enfermagem à pessoa em situação crítica

PLANO DA UNIDADE CURRICULAR. Enfermagem à pessoa em situação crítica PLANO DA UNIDADE CURRICULAR Enfermagem à pessoa em situação crítica Leiria, setembro de 2015 PLANO DA UNIDADE CURRICULAR Enfermagem à pessoa em situação crítica Responsável pela unidade curricular: Profª

Leia mais

CURSO BÁSICO DE SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

CURSO BÁSICO DE SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE FUNCIONAMENTO DO CURSO O curso terá duração de 40 horas/aula, composto pelos seguintes módulos: MÓDULO h/a Entendimento da NR-10 4 Análise de Riscos 4 Prevenção Combate a Incêndio e Atmosfera Explosiva

Leia mais

Suporte Avançado de Vida em Cardiologia

Suporte Avançado de Vida em Cardiologia Aprenda e Viva Suporte Avançado de Vida em Cardiologia Cenários Modelo do Programa do Curso de Reciclagem do SAVC Alunos Instrutores de SAVC (mais Instrutores de SAVC de SBV para as Aulas e ) Aproximadamente

Leia mais

PRIMEIROS SOCORROS ASHI

PRIMEIROS SOCORROS ASHI PRIMEIROS SOCORROS ASHI Alteração de Protocolo A American Heart Association é uma entidade americana responsável por grande parte dos protocolos de primeiros socorros e emergências médicas que são utilizados

Leia mais

PREV FIRE TREINAMENTOS TV. AGRIPINA DE MATOS, 2090, SANTARÉM - PA SITE:

PREV FIRE TREINAMENTOS TV. AGRIPINA DE MATOS, 2090, SANTARÉM - PA SITE: PREV FIRE TREIMENTOS TV. AGRIPI DE MATOS, 2090, SANTARÉM - PA OBJETIVO DO CURSO Promover a formação da brigada de incêndio, com técnicas, competências, habilidades e valores visando oferecer capacitação

Leia mais

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRÍCULO

JUSTIFICATIVA DA INCLUSÃO DA DISCIPLINA NA CONSTITUIÇÃO DO CURRÍCULO FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA LORENA SP Curso: Enfermagem Disciplina: Enfermagem na Saúde do Adulto Ano letivo 2011 Série 4º Carga Horária Total 270 h/a T 54 h/a P 216 h/a Professor: Jorge de Souza

Leia mais

21/6/2011. eduardoluizaph@yahoo.com.br

21/6/2011. eduardoluizaph@yahoo.com.br A imagem não pode ser exibida. Talvez o computador não tenha memória suficiente para abrir a imagem ou talvez ela esteja corrompida. Reinicie o computador e abra o arquivo novamente. Se ainda assim aparecer

Leia mais

Pronto Atendimento no Esporte

Pronto Atendimento no Esporte Centro de Treinamento Autorizado Pronto Atendimento no Esporte Artur Padão Gosling Obter ajuda qualificada Preservar a vida PRIMEIRO ATENDIMENTO Funções do Socorrista Minimizar a dor e o agravamento das

Leia mais

ENFERMEIRO INTENSIVISTA

ENFERMEIRO INTENSIVISTA UNIVERSIDADE POSITIVO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA ENFERMEIRO INTENSIVISTA CRONOGRAMA MÓDULOS TEÓRICOS TURMA 05 Encontros: sextas

Leia mais

Centro de Ensino, Treinamento e Simulação CETES-HCor.

Centro de Ensino, Treinamento e Simulação CETES-HCor. CURSO- ADVANCED CARDIOLOGIC LIFE SUPPORT FOR EXPERIENCED PROVIDER (ACLS-EP) SUPORTE AVANÇADO DE VIDA CARDIOVASCULAR PARA PROVEDORES EXPERIENTES (SAVC-EP) Centro de Ensino, Treinamento e Simulação CETES-HCor.

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Enfermagem Disciplina: Cuidar de Enfermagem nas Emergências e Traumas Carga Horária: 120h Teórica: 60h Prática: 60h Semestre: 2013.2 Período: 7º Professor:

Leia mais

ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR APH

ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR APH Protocolo: Nº 01 Elaborado por: Arlen Ramos Wilhma Alves Ubiratam Lopes Última revisão: 03/08/2011 Revisores: Manoel E. Macedo Ubiratam Lopes Wilhma Alves Frederico Willer ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR APH

Leia mais

Lição 04 RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR

Lição 04 RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR Lição 04 RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR OBJETIVOS: Ao final desta lição os participantes serão capazes de: 1. Descrever as principais causas de obstrução das vias aéreas; 2. Demonstrar os passos da assistência

Leia mais

www.educacaoemsaude.com.br (18) 9199-9940

www.educacaoemsaude.com.br (18) 9199-9940 DERMATOLOGIA Tratamento de Feridas Revisão da Anatomia e Fisiologia da Pele Mecanismos de Reparação Tecidual Fatores que interferem no Processo de Cicatrização Novas Tendências no Tratamento de Feridas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL 01/2008 - PDT (DIVULGAÇÃO DE CURSO DE CAPACITAÇÃO)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL 01/2008 - PDT (DIVULGAÇÃO DE CURSO DE CAPACITAÇÃO) UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL 01/2008 - PDT (DIVULGAÇÃO DE CURSO DE CAPACITAÇÃO) A Secretaria de Recursos Humanos, de acordo com o Programa de Capacitação

Leia mais

PARADA CARDIO-RESPIRATÓRIA EM RECÉM-NASCIDO

PARADA CARDIO-RESPIRATÓRIA EM RECÉM-NASCIDO Protocolo: Nº 46 Elaborado por: Wilhma Castro Ubiratam Lopes Manoel Emiliano Última revisão: 03//2011 Revisores: Manoel Emiliano Ubiratam Lopes Wilhma Alves Samantha Vieira Eduardo Gonçalves PARADA CARDIO-RESPIRATÓRIA

Leia mais

Heart Saver AED Salva Corações DEA

Heart Saver AED Salva Corações DEA Heart Saver AED Salva Corações DEA Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada a substituir experiências de pacientes reais por

Leia mais

PLANO DE ENSINO HORÁRIO SEG TER QUA QUI SEX SAB 07:10-08:00 08:00 08:50 08:50 09:40 09:40 10:40 10:40-11:30 11:30 12:20

PLANO DE ENSINO HORÁRIO SEG TER QUA QUI SEX SAB 07:10-08:00 08:00 08:50 08:50 09:40 09:40 10:40 10:40-11:30 11:30 12:20 FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE OLINDA - FUNESO UNIÃO DE ESCOLAS SUPERIORES DA FUNESO UNESF CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA

Leia mais

CURSO SUPERVISOR EM ESPAÇO CONFINADO

CURSO SUPERVISOR EM ESPAÇO CONFINADO FUNCIONAMENTO DO CURSO O curso terá duração de 40 horas/aula, composto pelos seguintes módulos: MÓDULO h/a Entendimento da NR-33 4 Análise de Riscos 4 Permissões de Trabalho e Bloqueio de Energias 4 Proteção

Leia mais

Hugo Fragoso Estevam

Hugo Fragoso Estevam Hugo Fragoso Estevam PALS Suporte Avançado de Vida Pediátrico Objetivos 1. Entender as diferenças de manifestação das causas de parada cardiorrespiratória nas crianças em relação aos adultos. 2. Compreender

Leia mais

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM URGÊNCIAS SANTA CATARINA

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM URGÊNCIAS SANTA CATARINA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM URGÊNCIAS SANTA CATARINA REANIMAÇÃO CÁRDIO RESPIRATÓRIA NO ADULTO Enf. KEYLA CRISTIANE DO NASCIMENTO Dr. MARIO COUTINHO GRAU DE URGÊNCIA A Parada Cárdio-Respiratória (PCR) é uma urgência

Leia mais

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA (PCR)

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA (PCR) PROTOCOLO DE ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA (PCR) 1 - OBJETIVO Este protocolo tem por objetivo padronizar o atendimento à parada cardiorrespiratória (PCR), para um atendimento rápido e organizado,

Leia mais

First. Creating Confidence to Care CURSOS

First. Creating Confidence to Care CURSOS Emergency First Response Creating Confidence to Care CURSOS Por que Emergency First Response? Emergency First Response (EFR ) é uma das empresas mais importantes no mundo em treinamento de ressuscitação

Leia mais

HOSPITAL PELÓPIDAS SILVEIRA PROGRAMA DE ESTÁGIOS E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL. RODÍZIO EM NEUROINTENSIVISMO PARA RESIDENTES (160h)

HOSPITAL PELÓPIDAS SILVEIRA PROGRAMA DE ESTÁGIOS E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL. RODÍZIO EM NEUROINTENSIVISMO PARA RESIDENTES (160h) HOSPITAL PELÓPIDAS SILVEIRA PROGRAMA DE ESTÁGIOS E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL PRECEPTOR RESPONSÁVEL Dra. Maria Goreth Pereira: goreth_pereira@hotmail.com PRECEPTORES ENVOLVIDOS Edna Lucia Freitas Daiana

Leia mais

O presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria encaminha ao Conselho

O presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria encaminha ao Conselho PARECER CFM nº 6/14 INTERESSADO: Sociedade Brasileira de Pediatria ASSUNTO: Participação de enfermeiros nos cursos Pals - Ressuscitação Pediátrica e de Adultos RELATOR: Cons. José Fernando Vinagre EMENTA:

Leia mais

III CICLO DE SEMINÁRIOS: CAMPOS DE ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM

III CICLO DE SEMINÁRIOS: CAMPOS DE ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL / PET-ENFERMAGEM III CICLO DE SEMINÁRIOS: CAMPOS DE ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM TEMAS: 1. URGÊNCIA E EMERGÊNCIA EM CRIANÇAS (Larissa, Mayara e Rafaela)

Leia mais

PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA EM ADULTO - PCR

PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA EM ADULTO - PCR Protocolo: Nº 48 Elaborado por: Paulo Calaça Arlen Ramos Ubiratam Lopes Wilhma Castro Última revisão: 08/08/2011 Revisores: Claudio Câmara Manoel E. Macedo Ubiratam Lopes Wilhma Castro Antônio Cedrim PARADA

Leia mais

COMA. Recuperação da Consciência. Morte Encefálica

COMA. Recuperação da Consciência. Morte Encefálica Avaliação do Paciente Neurológico Dra. Viviane Cordeiro Veiga Unidades de Terapia Intensiva Neurológica Hospital Beneficência Portuguesa Alterações do nível de consciência Sonolência: indivíduos que despertam

Leia mais

Tipo de PCR Fibrilação Ventricular Desfibrilação Princípios da Desfibrilação Precoce Tipos de Desfibrilador

Tipo de PCR Fibrilação Ventricular Desfibrilação Princípios da Desfibrilação Precoce Tipos de Desfibrilador Qual a importância do Desfibrilador Externo Automático (DEA) em praias e balneários e especialmente em casos de afogamento? (versão datada de 24/03/2013) Aprovado pela Diretoria da Sociedade Brasileira

Leia mais

ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia

ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada

Leia mais

OXIMETRIA DE BULBO JUGULAR. - saturação venosa é utilizada como indicador de hipóxia e isquemia cerebral

OXIMETRIA DE BULBO JUGULAR. - saturação venosa é utilizada como indicador de hipóxia e isquemia cerebral OXIMETRIA DE BULBO JUGULAR - indicações: trauma cranioencefálico grave hipertensão intracraniana - cateterização da veia jugular interna - saturação venosa é utilizada como indicador de hipóxia e isquemia

Leia mais

Edital Para Ingresso nos Programas de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas - 2015

Edital Para Ingresso nos Programas de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas - 2015 Edital Para Ingresso nos Programas de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas - 2015 A COREME- Comissão de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas comunica que estarão

Leia mais

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 (CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA) R1, R2, R3 HSF Residência em Medicina Intensiva Introdução: A Residência em Medicina Intensiva foi criada nesta instituição

Leia mais

[213] 96. LESÕES MÚSCULO-ESQUELÉTICAS

[213] 96. LESÕES MÚSCULO-ESQUELÉTICAS Parte IV P R O T O C O L O S D E T R A U M A [213] rotina consiste em infundir 20 ml/kg em bolus de solução de Ringer e reavaliar o paciente em seguida. Manter a pressão sistólica entre 90 e 100 mmhg.

Leia mais

LABORATÓRIO RIO DE HABILIDADES CLÍNICAS. Universidade Estácio de Sá Rio de Janeiro Curso de Medicina

LABORATÓRIO RIO DE HABILIDADES CLÍNICAS. Universidade Estácio de Sá Rio de Janeiro Curso de Medicina Universidade Estácio de Sá Rio de Janeiro Curso de Medicina HISTÓRICO 1975 Universidade de Limburg MAASTRICHT Holanda Cria o Instituto Educacional para Treinamento de Habilidades Médicas M SKILLSLAB HISTÓRICO

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá

Universidade Estadual de Maringá Universidade Estadual de Maringá DIRETORIA DE MATERIAL E PATRIMÔNIO AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N 075/2006 PROC. N 2753/2006 OBJETO: AQUISIÇÃO DE MANEQUIM BEBÊ, MANEQUIM BISSEXUAL E

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA INTENSIVA PARA ADULTOS

ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA INTENSIVA PARA ADULTOS PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA INTENSIVA PARA ADULTOS C AD ER N O 2013 DO CURSO Ficha Catalográfica Biblioteca Dr. Fadlo Haidar Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa M129 Machado, Fabio

Leia mais

Suporte Básico de Vida em Pediatria

Suporte Básico de Vida em Pediatria CAPÍTULO 154 Suporte Básico de Vida em Pediatria Vera Coelho Teixeira * A função do atendimento pré-hospitalar é reduzir a morbidade e mortalidade depois de parada cardiorrespiratória. Muito já foi feito

Leia mais

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Abordagem do Choque. Disciplina de Terapia Intensiva Ricardo Coelho Reis

Abordagem do Choque. Disciplina de Terapia Intensiva Ricardo Coelho Reis Abordagem do Choque Disciplina de Terapia Intensiva Ricardo Coelho Reis CONCEITO Hipóxia tecidual secundária ao desequilíbrio na relação entre oferta e consumo de oxigênio OU a incapacidade celular na

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

CAPACITAÇÃO EM ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA CAPACITAÇÃO EM ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA Profª Msc. Andreia Coutinho Profº Dr. Christian Negeliskii CAPACITAÇÃO EM ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA Objetivos: - Reconhecer uma PCR;

Leia mais

O Desafio: Simplificar o Treinamento em Ressuscitação e Melhorar sua Eficácia

O Desafio: Simplificar o Treinamento em Ressuscitação e Melhorar sua Eficácia Currents in Emergency Cardiovascular Care Aspectos mais Relevantes das Diretrizes da American Heart Association sobre Ressuscitação Cardiopulmonar e Atendimento Cardiovascular de Emergência Esta edição

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas

EDITAL DE INSCRIÇÕES. Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas EDITAL DE INSCRIÇÕES Curso Suporte Avançado à Vida em Emergências Obstétricas SAVEO TÉCNICOS DE ENFERMAGEM - 12 Horas A Company Gestão Educacional e Negócios torna público o edital para as inscrições do

Leia mais

Recentemente, em novembro de 2010, a American

Recentemente, em novembro de 2010, a American Destaque das Novas Diretrizes Internacionais para o Suporte Básico de Vida em Pediatria - Parte 2 Francisco Barata Ribeiro: Professor de Anestesia & Sedação; Capacitado em Sedação Oral e Parental University

Leia mais

PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR

PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 1.400,00 PROJETO CURSOS 2015 EDITAL I: CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR 1. OBJETIVO Promover uma atualização em Reabilitação Pulmonar

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Saúde Complexo Regulador Estadual Central de Regulação das Urgências/SAMU. Nota Técnica nº 02

Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Saúde Complexo Regulador Estadual Central de Regulação das Urgências/SAMU. Nota Técnica nº 02 Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Saúde Complexo Regulador Estadual Central de Regulação das Urgências/SAMU Nota Técnica nº 02 CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS E ROTINAS PARA TRANSPORTE DE PACIENTES DE ALTO

Leia mais

Ventilação Mecânica. Prof. Ms. Erikson Custódio Alcântara eriksonalcantara@hotmail.com

Ventilação Mecânica. Prof. Ms. Erikson Custódio Alcântara eriksonalcantara@hotmail.com Ventilação Mecânica Prof. Ms. Erikson Custódio Alcântara eriksonalcantara@hotmail.com A ventilação mecânica é uma atividade multi e interdisciplinar em que o denominador comum é o paciente e não o ventilador

Leia mais

Residência Médica em Medicina Intensiva

Residência Médica em Medicina Intensiva Residência Médica em Medicina Intensiva A Unidade de Terapia Intensiva Adulto da Casa de Saúde São Jose possui programa de residência médica com duração de 2 anos, cujo objetivo primordial é capacitar

Leia mais

SUPORTE BÁSICO DE VIDA

SUPORTE BÁSICO DE VIDA Um livro por SUPORTE BÁSICO DE VIDA Í Ú Leonardo Clément A versão mais recente desse e-book será enviada periodicamente por e-mail para os seguidores do IBRAPH www.ibraph.com.br Este livro é fornecido

Leia mais

Exame Primario - ABCD da VIDA (a partir de 2010, se tornou CAB, exceto para afogamento) Primeiros Socorros e Emergências Aquáticas Dr David Szpilman

Exame Primario - ABCD da VIDA (a partir de 2010, se tornou CAB, exceto para afogamento) Primeiros Socorros e Emergências Aquáticas Dr David Szpilman Page 1 of 18 Exame Primario - ABCD da VIDA (a partir de 2010, se tornou CAB, exceto para afogamento) Primeiros Socorros e Emergências Aquáticas Dr David Szpilman Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático

Leia mais

Pós operatório em Transplantes

Pós operatório em Transplantes Pós operatório em Transplantes Resumo Histórico Inicio dos programas de transplante Dec. 60 Retorno dos programas Déc 80 Receptor: Rapaz de 18 anos Doador: criança de 9 meses * Não se tem informações

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Especialização Profissional Técnica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00029/2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00029/2014 Pregão Eletrônico Este pregão possui 1 Ata Complementar Ver Ata Posterior 158658.292014.47777.4706.88415924728.554 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal da Integração Latino Americana Ata de Realização

Leia mais

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA E A FUNÇÃO DO ENFERMEIRO NESTE ATENDIMENTO

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA E A FUNÇÃO DO ENFERMEIRO NESTE ATENDIMENTO PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA E A FUNÇÃO DO ENFERMEIRO NESTE ATENDIMENTO Autora: Aline D Eliz Schroeder Orientador: Profº Ms. André Luiz Hoffmann RESUMO Este artigo tem por objetivo realizar através da revisão

Leia mais

ELABORADORES. Maíza Sandra Ribeiro Macedo Coordenação Geral. Robson Batista Coordenação Administrativa

ELABORADORES. Maíza Sandra Ribeiro Macedo Coordenação Geral. Robson Batista Coordenação Administrativa ELABORADORES Maíza Sandra Ribeiro Macedo Coordenação Geral Robson Batista Coordenação Administrativa Fabrícia Passos Pinto Coordenação de Enfermagem José Luiz Oliveira Araújo Júnior Coordenador Médico

Leia mais

TRANSPORTE INTRA-HOSPITALAR

TRANSPORTE INTRA-HOSPITALAR UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO DIVISÃO DE ENFERMAGEM SERVIÇO DE EDUCAÇÃO EM ENFERMAGEM TRANSPORTE INTRA-HOSPITALAR Instrutora: Enf. Thaís S Guerra Stacciarini Finalidades Regulamentar as responsabilidade

Leia mais

Sonhar. ...Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100% das vezes...

Sonhar. ...Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100% das vezes... Enfa. Adriana Monteiro 10/09/2015 Sonhar...Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100% das vezes... Augusto Cury O Resgate Aquático

Leia mais

CAPÍTULO 9 RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR

CAPÍTULO 9 RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR CAPÍTULO 9 RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR 1. Histórico A reanimação tem sido uma aspiração humana há séculos. No século passado a reanimação foi uma prática comum na Europa, pela técnica de rolar vítimas

Leia mais

62º CONGRESSO BRASILEIRO DE ANESTESIOLOGIA PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR CURSOS E WORKSHOPS. Curso 1 SAVA Núcleo SBA Vida

62º CONGRESSO BRASILEIRO DE ANESTESIOLOGIA PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR CURSOS E WORKSHOPS. Curso 1 SAVA Núcleo SBA Vida 62º CONGRESSO BRASILEIRO DE ANESTESIOLOGIA PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR CURSOS E WORKSHOPS Curso 1 SAVA Núcleo SBA Vida 13/11 - sexta e Horário Local 7h30-18h - sexta 8h - 18h - sábado Centrosul Vagas 32 Valor

Leia mais

O que Fazer em Uma Emergência

O que Fazer em Uma Emergência O que Fazer em Uma Emergência Primeiros Socorros e Emergências Aquáticas Dr David Szpilman Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro Maj BM QOS David Szpilman Em qualquer emergência procure

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 26/2013 CT PRCI n 100.501 e Ticket n 277.654, 284.557, 287.513, 290.344, 295.869.

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 26/2013 CT PRCI n 100.501 e Ticket n 277.654, 284.557, 287.513, 290.344, 295.869. PARECER COREN-SP 26/2013 CT PRCI n 100.501 e Ticket n 277.654, 284.557, 287.513, 290.344, 295.869. Ementa: Cardioversão, Desfibrilação e Uso do DEA 1. Do fato Questiona-se quanto à permissão do Enfermeiro

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013

Plano de Trabalho Docente 2013 Plano de Trabalho Docente 2013 Especialização Profissional Técnica de Nível Médio Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: AMBIENTE e SAÚDE Habilitação Profissional:

Leia mais

Destaque das Novas Diretrizes Internacionais para o Suporte Básico de Vida em Pediatria - Parte 2

Destaque das Novas Diretrizes Internacionais para o Suporte Básico de Vida em Pediatria - Parte 2 Destaque das Novas Diretrizes Internacionais para o Suporte Básico de Vida em Pediatria - Parte 2 Francisco Barata Ribeiro: Professor de Anestesia & Sedação; Capacitado em Sedação Oral e Parental University

Leia mais

CPRLilly P70/1 (1017774) CPRLillyPro P71/1 (1017775) CPRLilly P70 (1017772) CPRLillyPro P71 (1017773)

CPRLilly P70/1 (1017774) CPRLillyPro P71/1 (1017775) CPRLilly P70 (1017772) CPRLillyPro P71 (1017773) CPRLilly P70/1 (1017774) CPRLillyPro P71/1 (1017775) CPRLilly P70 (1017772) CPRLillyPro P71 (1017773) CPRLilly (P70) und CPRLillyPRO (P71) Índice Introdução 3 Material fornecido 3 Guia rápido 4 Montagem,

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde Governo do Estado de São Paulo. Plano de Abandono de Hospitais

Secretaria de Estado da Saúde Governo do Estado de São Paulo. Plano de Abandono de Hospitais Secretaria de Estado da Saúde Governo do Estado de São Paulo Plano de Abandono de Hospitais 2012 Secretaria de Estado da Saúde Giovanni Guido Cerri José Manoel de Camargo Teixeira Elaboração Maria Cecilia

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA PARA INSTRUMENTADOR (LABORATÓRIO DE HABILIDADES) EDITAL DRH Nº 40/2010

SELEÇÃO INTERNA PARA INSTRUMENTADOR (LABORATÓRIO DE HABILIDADES) EDITAL DRH Nº 40/2010 PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - Prodin DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS - DRH SELEÇÃO INTERNA PARA INSTRUMENTADOR (LABORATÓRIO DE HABILIDADES) EDITAL DRH Nº 40/2010 A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE

Leia mais

REGULAMENTO PARA PROVA DE CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM MEDICINA INTENSIVA

REGULAMENTO PARA PROVA DE CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM MEDICINA INTENSIVA REGULAMENTO PARA PROVA DE CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM MEDICINA INTENSIVA I - INTRODUÇÃO 2011 Neste espaço, você encontrará as informações necessárias à prestação da prova para a

Leia mais

PRIMEIROS SOCORROS PARA TRABALHADORES DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA COM ÊNFASE EM REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR: UMA DISCUSSÃO. RESUMO

PRIMEIROS SOCORROS PARA TRABALHADORES DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA COM ÊNFASE EM REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR: UMA DISCUSSÃO. RESUMO PRIMEIROS SOCORROS PARA TRABALHADORES DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA COM ÊNFASE EM REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR: UMA DISCUSSÃO. Maria Luiza Guzzo Vist 1 Telma Picheth 2 RESUMO O artigo avalia o modelo de ensino de

Leia mais

RESSUSCITA ÇÃO CÁ RDIO- PULMONA R-CEREBRAL (RCPC)

RESSUSCITA ÇÃO CÁ RDIO- PULMONA R-CEREBRAL (RCPC) RCPC EM MEDICINA VETERINÁRIA - Dois tipos de paciente Processos reversíveis (sobredose anestésica, estimulação vagal, obstrução respiratória, hemorragia, distúrbios eletrolíticos) RESSUSCITA ÇÃO CÁ RDIO-

Leia mais

cárdio-respiratóriarespiratória

cárdio-respiratóriarespiratória Suporte Avançado de Vida Parada Cardiorrespiratória (PCR) Tratamento da parada cárdio-respiratóriarespiratória Drogas Vasoativas Estado de ineficiência do coração, onde há débito cardíaco inadequado para

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DO PROTOCO BLS POR ALUNOS CONCLUINTES DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM *

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DO PROTOCO BLS POR ALUNOS CONCLUINTES DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM * Science in Health 2010 set-dez; 1(3): 121-7 AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DO PROTOCO BLS POR ALUNOS CONCLUINTES DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM * EVALUATION OF THE KNOWLEDGE OF THE STUDENTS OF GRADUATION IN NURSING

Leia mais

Suporte Básico de Vida e Socorros de Emergência

Suporte Básico de Vida e Socorros de Emergência Suporte Básico de Vida e Socorros de Emergência Brasília-DF, 2011. Elaboração: Marta Peres Sobral Rocha Colaboração: Carlos Alcantara Produção: Equipe Técnica de Avaliação, Revisão Linguística e Editoração

Leia mais

DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS

DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS 1 SOCORROS DE URGÊNCIA... 4 1.ANATOMIA E FISIOLOGIA.... 4 1.1DEFINIÇÕES... 4 1.2 POSIÇÕES DE ESTUDO.... 4 1.2.3 CONSTITUIÇÃO GERAL DO

Leia mais