Curso de Emergências Cardiorespiratórias

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso de Emergências Cardiorespiratórias"

Transcrição

1 SBC Salvando Vidas

2 Curso de Emergências Cardiorespiratórias A SBC é uma instituição que está habilitada pela American Heart Association (AHA) - importante entidade americana na área de doenças cardiológicas a ministrar os cursos de emergências cardíacas e ressuscitação no Brasil. Este Curso foi desenvolvido pela American Heart Association com objetivo de coordenar as equipes multidisciplinares, para um ótimo tratamento da parada cardio-respiratória e das Emergências Cardiovasculares. O objetivo do Curso é padronizar o atendimento a pacientes com parada cardio-respiratória, treinar profissionais de saúde para atuar na prevenção e no atendimento de emergências e desta forma fornecer atendimento eficaz, tão rápido quanto possível, reduzindo o número de óbitos por doenças do coração.

3 Por que o Profissional de Saúde deve fazer o Curso de Emergências Cardiorespiratórias Atualmente 300 mil pessoas morrem por ano devido a doenças do coração (Fonte Datasus) É a principal causa de morte em adultos Não há seleção de vítimas A chave para se salvar vidas é a prevenção e a rapidez, já que, para que tenha eficácia, o primeiro atendimento deve ser feito, no máximo, nos primeiros 4 a 6 minutos.

4 Como são os Cursos? A metodologia de ensino e a grande interação com o aluno fazem destes cursos um instrumento peculiar de aprendizado. Os cursos são compostos por aulas práticas e teóricas. As aulas práticas são ministradas para grupos de 6 a 8 participantes com a utilização de manequins e equipamentos de alta tecnologia, que simulam os casos de emergências.

5 Como são os Cursos? Cadeia de sobrevivência A cadeia de sobrevivência destaca os passos fundamentais para o atendimento de uma vítima em parada cardio-respiratória que são: Chamar ajuda Realizar manobras de RCP Desfibrilação Atendimento avançado A cada minuto sem nenhum atendimento, perde-se de 7% a 10% de chance de sobrevida.

6 CURSO DE ACLS SUPORTE AVANÇADO DE VIDA EM CARDIOLOGIA O ACLS é um treinamento direcionado a médicos, enfermeiros, alunos cursando o último ano de medicina ou enfermagem. O curso aborda o atendimento às principais emergências cardiológicas, incluindo as diversas modalidades de parada cardio-respiratória, as arritmias potencialmente letais, o tratamento inicial do infarto agudo do miocárdio e do acidente vascular cerebral. Avaliação teórica e prática.

7 CONTEÚDO ABORDADO DURANTE O CURSO Arritmias Desfibrilação Marcapasso cardíaco Técnicas intravenosas Farmacologia cardiovascular Síndromes coronárias Acidente vascular cerebral (AVC) Circulação artificial Aspectos éticos Técnicas de ventilação com e sem equipamentos Ressuscitação cardio-respiratória Desobstrução das vias aéreas em adultos e crianças Treinamento em desfibriladores semi-automáticos

8 SBC SALVANDO VIDAS O Projeto SBC Salvando Vidas consiste em oferecer ao Médico a oportunidade de participar de um CURSO DE ACLS. O Projeto têm como objetivo atingir Profissionais de diferentes cidades brasileiras. As cidades, bem como a data de realização dos cursos serão definidas de comum acordo entre a SBC e a Empresa Patrocinadora. Cada curso poderá contar com a participação de até 28 alunos e terá a duração de 16 horas (02 dias), normalmente acontecendo em um final de semana.

9 INSCRIÇÕES Para cada cidade estarão disponíveis 28 inscrições, sendo que: 14 inscrições serão fornecidas à Empresa Patrocinadora para que a mesma contemple um grupo de médicos de sua escolha. 14 inscrições serão concedidas a comunidade médica, através de sorteio que será realizado em um hot site do programa disponível no Portal da SBC.

10 SORTEIOS As inscrições para o sorteio serão abertas 45 dias antes de cada data de realização do curso e encerradas 15 dias antes da realização do curso. O sorteio se dará com 15 dias de antecedência a cada data de realização do curso. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS Os médicos contemplados serão informados através de envio de um pessoal (individual). Os resultados globais serão divulgados no hot site na medida em que forem acontecendo os sorteios. Serão enviados s marketing aos mailling de associados da SBC para: Divulgar os próximos eventos Divulgar os ganhadores dos sorteios Incentivar a inscrição no hot site para os próximos sorteios

11 ESTRUTURA LOGÍSTICA Por conta do Patrocinador Será de responsabilidade do patrocinador: Despesas com transporte (aéreo se necessário): 01 Diretor 04 instrutores 01 Secretário Despesas com Hospedagem (02 diárias): 01 Diretor 02 diárias 04 Instrutores 02 diárias 01 Secretário 03 diárias

12 ESTRUTURA LOGÍSTICA Responsabilidades da SBC Selecionar profissionais capacitados e qualificados para ministrar o curso, a saber 01 Diretor, 04 Instrutores e 01 Secretário, disponibilizando os mesmos à Empresa Patrocinadora nas datas e horários fixados. Enviar à Empresa Patrocinadora o material didático correspondente ao nº de inscritos no prazo de 15 dias úteis contados da data da notificação do pagamento das inscrições dos participantes. Fornecer carteira de certificação aos participantes que concluírem o curso. Despesas de envio (ida e volta) de todo material e todo equipamento utilizado na realização do curso.

13 ESTRUTURA LOGÍSTICA Responsabilidades da SBC Alimentação: 01 Diretor 06 refeições (almoço e jantar) 04 instrutores 06 refeições (almoço e jantar) 01 Secretário 06 refeições (almoço e jantar) Alimentação para os participantes acima descritos durante o período os 2 dias de realização do curso. Distribuição do material didático fornecido pela contratada aos participantes do Curso, composto de 01 livro.

14 ESTRUTURA LOGÍSTICA Responsabilidades da SBC Prover infra-estrutura para realização do curso composta de: 01 (um) auditório onde serão ministradas as aulas teóricas com capacidade para acomodar 50 pessoas; 04 (quatro) salas para realização de aulas práticas com capacidade para 12 pessoas cada; 01 (uma) sala para secretaria, sendo que todas terão de ser localizadas em um mesmo andar e próximas umas as outras.

15 ESTRUTURA LOGÍSTICA Responsabilidades da SBC Fornecer material de apoio que consiste em: 01 (um) vídeo cassete 01 (um) projetor multimídia com computador compatível instalado no auditório(cd) 01 (um) computador com impressora instalado na sala de secretaria 04 (quatro) macas 08 (oito) mesas de apoio 04 (quatro) suportes de soro 04 (quatro) escadas

16 RETORNOS DE MARKETING Inserção de logotipia no hot site do programa. Inserção de logotipia no envio de marketing que estará periodicamente divulgando as próximas datas de realização dos cursos e contemplados nos sorteios de inscrições Efetuar convite através da Força de Vendas aos profissionais de saúde contemplados com a cota de convites destinada a mesma Colocação de 02 Banners na Sala de Treinamento 1 matéria de ½ página no Jornal da SBC para divulgação do Programa onde a Empresa será citada como apoiadora

17 VALORES Para a realização do Pacote de Cursos em 10 cidades, a Empresa Patrocinadora deverá efetuar a SBC um repasse financeiro de R$ ,00

18 MAIORES INFORMAÇÕES Rua: Beira Rio 45, 3º andar Cep: São Paulo - SP Tels.: (0xx11) Ramais 33 e 54 Fax.: (0xx11) Ramal 20 GERÊNCIA: RODOLFO VIEIRA CONTATOS: REBECA BERNAL GALTÉS MÁRCIA CRISTINA GODINHO COSTA

ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia

ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia ACLS Advanced Cardiologic Life Support SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada

Leia mais

BLS Basic Life Support SBV - Suporte Básico de Vida para Profissionais da Saúde

BLS Basic Life Support SBV - Suporte Básico de Vida para Profissionais da Saúde BLS Basic Life Support SBV - Suporte Básico de Vida para Profissionais da Saúde Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada a substituir

Leia mais

Centro de Ensino, Treinamento e Simulação CETES-HCor.

Centro de Ensino, Treinamento e Simulação CETES-HCor. CURSO- ADVANCED CARDIOLOGIC LIFE SUPPORT FOR EXPERIENCED PROVIDER (ACLS-EP) SUPORTE AVANÇADO DE VIDA CARDIOVASCULAR PARA PROVEDORES EXPERIENTES (SAVC-EP) Centro de Ensino, Treinamento e Simulação CETES-HCor.

Leia mais

PALS Pediatric Advanced Life Support SAVP Suporte Avançado de Vida em Pediatria

PALS Pediatric Advanced Life Support SAVP Suporte Avançado de Vida em Pediatria PALS Pediatric Advanced Life Support SAVP Suporte Avançado de Vida em Pediatria Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada a substituir

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA PARA MÉDICOS

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA E URGÊNCIA Unidade

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E

Leia mais

Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09

Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09 Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09 A EMPRESA A RIO EMERGÊNCIA treinamentos trata-se de uma empresa educacional, voltada ao ensino

Leia mais

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA (PCR)

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA (PCR) PROTOCOLO DE ATENDIMENTO A PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA (PCR) 1 - OBJETIVO Este protocolo tem por objetivo padronizar o atendimento à parada cardiorrespiratória (PCR), para um atendimento rápido e organizado,

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA E URGÊNCIA -

Leia mais

Heart Saver AED Salva Corações DEA

Heart Saver AED Salva Corações DEA Heart Saver AED Salva Corações DEA Centro de Ensino, Treinamento e Simulação-CETES-HCor A simulação aplicada ao ensino em saúde é uma técnica destinada a substituir experiências de pacientes reais por

Leia mais

CURSO NACIONAL DE ATUALIZAÇÃO EM EMERGÊNCIAS CLÍNICAS

CURSO NACIONAL DE ATUALIZAÇÃO EM EMERGÊNCIAS CLÍNICAS CURSO NACIONAL DE ATUALIZAÇÃO EM EMERGÊNCIAS CLÍNICAS www.emergenciasclinicas.com.br HISTÓRICO DO EVENTO Em virtude da carência no ensino de urgências e emergências em algumas Faculdades de Medicina de

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 Coordenação Dr. Luciano Cesar Pontes Azevedo Doutor em medicina pela Universidade de São Paulo - USP

Leia mais

PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009.

PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009. PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009. O Presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, fundação pública instituída pelo art. 1º do Decreto nº 524, de 19 de maio de

Leia mais

REUNIÃO ADMINISTRATIVA. 5ª REUNIÃO DE De PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. De 21 a 24 de Junho de 2007. 21 à 24 de Junho de 2007,

REUNIÃO ADMINISTRATIVA. 5ª REUNIÃO DE De PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. De 21 a 24 de Junho de 2007. 21 à 24 de Junho de 2007, 5ª REUNIÃO DE De PLANEJAMENTO 21 à 24 de Junho de, & ESTRATÉGICO. De 21 a 24 de Junho de. Traga sua Empresa ao evento que determinará o futuro da Cardiologia Nacional Grupo CONCEITO: As Reuniões de Planejamento

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA - BH Unidade

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2014.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2014. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2014 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA - RIO Unidade

Leia mais

GUIA DE EXPOSIÇÃO E PATROCÍNIO. Uma parceria:

GUIA DE EXPOSIÇÃO E PATROCÍNIO. Uma parceria: GUIA DE EXPOSIÇÃO E PATROCÍNIO Uma parceria: (ISC)² Security Congress Latin America Com o crescimento das ameaças e ataques cibernéticos, o objetivo do (ISC)² Security Congress Latin America é difundir

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA HEMODINÂMICA

Leia mais

AULA 1: ORGANIZAÇÃO E PLANEJAMENTO NA EMERGÊNCIA

AULA 1: ORGANIZAÇÃO E PLANEJAMENTO NA EMERGÊNCIA AULA 1: ORGANIZAÇÃO E PLANEJAMENTO NA EMERGÊNCIA 1- INTRODUÇÃO Quando uma pessoa sofre agravo agudo à saúde, deve ser acolhido em serviço do SUS mais próximo de sua ocorrência, seja numa Unidade de Saúde

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 177/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estarão abertas, no período de 13 a 15 de outubro de 2008, as

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA HEMODINÂMICA

Leia mais

Tecnologia da Informação e Comunicação da SBC. Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro de Cardiologia

Tecnologia da Informação e Comunicação da SBC. Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro de Cardiologia Tecnologia da Informação e Comunicação da SBC Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro de Cardiologia Setembro/2011 Relatório das Atividades Desenvolvidas no 66º Congresso Brasileiro

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) torna pública, através da Diretoria de Inovação e Empreendedorismo (DINE) da Pró-Reitoria para Assuntos de

Leia mais

O Museu da Imagem e do Som abre inscrições para a Residência Pontos MIS 2014.

O Museu da Imagem e do Som abre inscrições para a Residência Pontos MIS 2014. Convocatória Residência Pontos MIS 2014 O Museu da Imagem e do Som abre inscrições para a Residência Pontos MIS 2014. A Residência faz parte do Programa Pontos MIS Programa de circulação e difusão audiovisual

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) torna pública, através da Diretoria de Inovação e Empreendedorismo (DINE) da Pró-Reitoria para Assuntos de

Leia mais

Projeto Unimed Vida 2012. Projeto Unimed Vida 2012

Projeto Unimed Vida 2012. Projeto Unimed Vida 2012 Rev.00 Aprovação: 22/12/2011 Pg.: 1 de 4 Número de escolas participantes: 20 Projeto Unimed Vida 2012 Público alvo: escolas municipais, estaduais e particulares 1 com ensino fundamental completo de Blumenau.

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

Salvar Cursos e Treinamentos Educacionais Ltda. - ME. CNPJ: 06.814.425/0001-10

Salvar Cursos e Treinamentos Educacionais Ltda. - ME. CNPJ: 06.814.425/0001-10 SALVAR Salvar Cursos e Treinamentos Educacionais Ltda. - ME. Rua Nazira Mattar de Freitas, 550, Monte Castelo, Cep: 36081230, Juiz de Fora, MG. Tel: 32 3082-6687 / 32 8864-9970 CENTER TRAINING ASHI # 139.430

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM TERAPIA INTENSIVA ADULTO Unidade Dias

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE CONTROLE DE DOENÇAS-CCD CENTRO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA PROF. ALEXANDRE VRANJAC AVENIDA DR

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE CONTROLE DE DOENÇAS-CCD CENTRO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA PROF. ALEXANDRE VRANJAC AVENIDA DR SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE CONTROLE DE DOENÇAS-CCD CENTRO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA PROF. ALEXANDRE VRANJAC AVENIDA DR. ARNALDO, 351-6º ANDAR - SP/SP - CEP: 01246-902. EDITAL TURMA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE Unidade Dias

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA CLÍNICA Unidade Dias e Horários

Leia mais

Tecnologia da Informação - SBC. Relatório de Atividades Desenvolvidas no 65º Congresso da SBC

Tecnologia da Informação - SBC. Relatório de Atividades Desenvolvidas no 65º Congresso da SBC Tecnologia da Informação - SBC Relatório de Atividades Desenvolvidas no 65º Congresso da SBC Setembro/2010 Relatório de atividades desenvolvidas no 65º Congresso da SBC A Equipe de Tecnologia da Informação

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NO SUPORTE À CIRURGIA ROBÓTICA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA CLÍNICA Unidade Dias e Horários

Leia mais

CURSO DE FORMADORES EM ACOLHIMENTO E CLASSIFICAÇÃO DE RISCO

CURSO DE FORMADORES EM ACOLHIMENTO E CLASSIFICAÇÃO DE RISCO * EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO ANO 2014 CURSO DE FORMADORES EM ACOLHIMENTO E CLASSIFICAÇÃO DE RISCO A Escola de Saúde Pública de Santa Catarina Professor Osvaldo de Oliveira Maciel (ESP/SES/SC)

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA HEMODINÂMICA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROLOGIA CLÍNICA E INTENSIVA Unidade

Leia mais

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações?

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? SESI Empreendedorismo Social Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? REGULAMENTO SESI Empreendedorismo Social A inovação social é o ponto de partida para um novo modelo que atende

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO TÉCNICA EM BANCO DE DADOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

MATERIAL DE APOIO MATERIAL IMPRESSO COMUNICAÇÃO VISUAL MÍDIA ONLINE PROGRAMA OFICIAL CENOGRAFIA NOS AUDITÓRIOS CORTESIAS NO CONGRESSO ÁREA VIP

MATERIAL DE APOIO MATERIAL IMPRESSO COMUNICAÇÃO VISUAL MÍDIA ONLINE PROGRAMA OFICIAL CENOGRAFIA NOS AUDITÓRIOS CORTESIAS NO CONGRESSO ÁREA VIP Índice MATERIAL IMPRESSO Folder de divulgação Cartaz de divulgação Convite para visitação à Feira Pesquisa avaliativa Blocos de anotações Planta do Evento e Locais das Atividades PROGRAMA OFICIAL Capa

Leia mais

Edição 2014 REGULAMENTO PROGRAMA DESENVOLVENDO TALENTOS 2014

Edição 2014 REGULAMENTO PROGRAMA DESENVOLVENDO TALENTOS 2014 REGULAMENTO PROGRAMA DESENVOLVENDO TALENTOS 2014 1- Das Disposições Preliminares Em Pato Branco, o NTI APL TI Sudoeste-PR é reconhecido e faz parte do SRI- Sistema Regional de Inovação. Ambos buscam disseminar

Leia mais

É a oportunidade de promoção da marca da empresa ou do produto junto aos especialistas durante um longo período.

É a oportunidade de promoção da marca da empresa ou do produto junto aos especialistas durante um longo período. ESPAÇOS PUBLIICIITÁRIIOS DO EVENTO 1.. SIIMPÓSIIO SATÉLIITE A empresa poderá organizar um simpósio no auditório principal, veiculando sua logomarca em banners e faixas, distribuindo brindes, resumo das

Leia mais

ENPI - ENCONTRO NACIONAL DE PILOTOS E INSTRUTORES

ENPI - ENCONTRO NACIONAL DE PILOTOS E INSTRUTORES ENPI - ENCONTRO NACIONAL DE PILOTOS E INSTRUTORES O QUE É O ENPI O ENPI é um encontro Nacional com o objetivo de promover cursos práticos e teóricos para pilotos que pretendam evoluir no voo em técnica

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE SEGURANÇA DO

Leia mais

Projeto de Patrocínio. Curitiba - PR. 7 Fórum de Tecnologia em Software Livre

Projeto de Patrocínio. Curitiba - PR. 7 Fórum de Tecnologia em Software Livre Projeto de Patrocínio Curitiba - PR 2015 2014 VI FÓRUM TECNO SOFTW LIVRE VI Fó Te So Liv 16 a 18 de setembro de 2015 Curitiba PR Brasil Sumário 1 Apresentação...1 2 Local, data e site...1 3 Público alvo...1

Leia mais

PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015

PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015 Instituto Unimed-Rio Hospital Unimed-Rio Coordenação de Ensino e Pesquisa PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015 Versão

Leia mais

Gui d. Inscriçõe. Gramad. Rio Grande do Sul. 08 a 10 Abril 2015

Gui d. Inscriçõe. Gramad. Rio Grande do Sul. 08 a 10 Abril 2015 Gui d Inscriçõe Gramad Rio Grande do Sul 08 a 10 Abril 2015 Pacote d Inscriçõe As inscrições serão divididas em dois tipos de pacotes: Com Hospedagem, incluindo: Ÿ Programação Científica Ÿ Alimentação

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA HEMODINÂMICA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE - CURITIBA

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO PROGRAMA NACIONAL PARA CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE INSTRUTORES DE EQUITAÇÃO (BASEDO NO FEI COACHING SYSTEM) Objetivos O objetivo do Programa Nacional para Capacitação e Aperfeiçoamento de Instrutores

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM REABILITAÇÃO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS PROJETO SENAR RONDON

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS PROJETO SENAR RONDON EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS PROJETO SENAR RONDON EDITAL N.º 001/2010 O Instituto CNA, com sede em Brasília, faz saber aos interessados, que estão abertas as inscrições para Seleção de Estudantes

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

SAG SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO 2013

SAG SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO 2013 INFORMAÇÕES AOS COMITÊS E FRANQUEADOS Este material tem o objetivo de fornecer aos comitês regionais e setoriais do PGQP, e a seus franqueados, informações atualizadas sobre o SAG 2013 e orientações para

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

Manual de Eventos da Comissão Especial de Realidade Virtual (CERV) Versão 0.4

Manual de Eventos da Comissão Especial de Realidade Virtual (CERV) Versão 0.4 Manual de Eventos da Comissão Especial de Realidade Virtual (CERV) Versão 0.4 Este manual tem o objetivo de servir como guia para a organização de eventos da Comissão Especial de Realidade Virtual. Quaisquer

Leia mais

Proposta de Patroc o í c ni n o

Proposta de Patroc o í c ni n o Proposta de Patrocínio Apresentação O PTT Fórum é um evento promovido pelo CEPTRO.br Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologia de Redes e Operações do NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA - CURITIBA Unidade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Especialização Profissional Técnica

Leia mais

Bolsas em Harvard para pesquisador brasileiro

Bolsas em Harvard para pesquisador brasileiro Bolsas em Harvard para pesquisador brasileiro Já estão abertas as inscrições para as bolsas de pós-doutorado em cardiologia da Harvard Medical School, oferecidas através de convênio com a SBC. Serão até

Leia mais

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Coordenação Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Prof. Dr. Augusto Scalabrini Neto Professor Associado pela Faculdade

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO A SAÚDE

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO A SAÚDE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO A SAÚDE INFORMATIVO DO PROCESSO SELETIVO INTERNO PROJETO PET SAÚDE REDES DE ATENÇÃO À SAÚDE 2013/2015

Leia mais

Histórico e Objetivos

Histórico e Objetivos Histórico e Objetivos A PINI, ao longo de sua trajetória tem contribuído de forma ativa para a formação, atualização e treinamento profissional de engenheiros, arquitetos, projetistas e gestores da construção

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA Unidade Dias

Leia mais

Infraestrutura Internet

Infraestrutura Internet IV Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil IV Semana de Infraestrutura Internet da no Brasil De 24 a 28 de novembro de 2014 Hotel Blue Tree Premium Morumbi São Paulo SP http://nic.br/semanainfrabr/

Leia mais

Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações

Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações Nº 08/2012 Av. Teotônio Segurado, Quadra 401 Sul, ACSU-SO 40, conjunto 1, Lote 17, 1º andar (prédio do antigo Sine) Escola de Gestão Pública de Palmas em novas instalações Diante da crescente procura por

Leia mais

27 CBM E EXPOMAN 2012 CATÁLOGO DE MERCHANDISING

27 CBM E EXPOMAN 2012 CATÁLOGO DE MERCHANDISING ANTES DO EVENTO BANNER NO EMAIL MARKETING Desperte interesse do seu cliente! Banner em campanhas de e-mail marketing focadas no público profissional e qualificado do evento. Uma maneira rápida e interativa

Leia mais

Apresentar casos reais de acidentes envolvendo o GLP com uma análise dos fatores desencadeantes dos eventos e das consequências.

Apresentar casos reais de acidentes envolvendo o GLP com uma análise dos fatores desencadeantes dos eventos e das consequências. Relatório do Evento: SEMINÁRIO SOBRE SEGURANÇA COM GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO DATA: 29 E 30 DE SETEMBRO DE 2011. LOCAL: AUDITÓRIO DO CLUBE MILITAR AV. RIO BRANCO, 251 7º ANDAR RIO DE JANEIRO/RJ HORÁRIO:

Leia mais

Design Mídia Digital. Vantagens do Treinamento no Mercado. Módulos Inclusos no Treinamento. Ferramentas do Mercado.

Design Mídia Digital. Vantagens do Treinamento no Mercado. Módulos Inclusos no Treinamento. Ferramentas do Mercado. Design Mídia Digital Vantagens do Treinamento no Mercado Há mais de 15 anos, transformando pessoas em profissionais qualificados para o mercado de trabalho de Cuiabá e região, capazes de desenvolver profissionais

Leia mais

2) DA METODOLOGIA O 2 Simpósio será ministrado por profissionais graduados em enfermagem com vasta experiência e atuantes na área.

2) DA METODOLOGIA O 2 Simpósio será ministrado por profissionais graduados em enfermagem com vasta experiência e atuantes na área. II SIMPÓSIO DA LIGA ACADÊMICA DE FARMACOLOGIA MÉDICA SEGURANÇA NO PREPARO E ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS 20 de fevereiro de 2016 Faculdade de Minas - FAMINAS BH EDITAL 1) DO EVENTO O II SIMPÓSIO SEGURANÇA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ (UFOPA) PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA (PROPPIT)

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ (UFOPA) PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA (PROPPIT) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ (UFOPA) PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA (PROPPIT) A Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) através da

Leia mais

VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão

VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão 24-26 de Novembro de 2015 Alegrete, RS Saberes que movem o Pampa Plano de Apoiadores Saberes que movem o Pampa O conhecimento

Leia mais

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR

Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL SECRETARIA DE NAVEGAÇÃO AÉREA CIVIL Programa de Treinamento de Profissionais de Aeroportos TREINAR EDITAL Nº 005/2014 SENAV/SAC-PR A Secretaria de Navegação

Leia mais

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Sumário INFORMAÇÕES GERAIS... 1 SYMANTEC UNIVERSITY PARA PARCEIROS... 1 TREINAMENTO... 2 SERVIÇO DE INFORMAÇÕES... 4 COLABORAÇÃO... 5 Informações

Leia mais

EDITAL FORMAÇÃO OLP Nº 01/2015

EDITAL FORMAÇÃO OLP Nº 01/2015 EDITAL FORMAÇÃO OLP Nº 01/2015 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PARA FORMAÇÃO DOS MULTIPLICADORES ESTADUAL E MUNICIPAIS DA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 A Universidade Federal de Alagoas de Alagoas

Leia mais

ANEXO IV - Configuração tecnológica exigida... 15 ANEXO V Ficha de Inscrição... 16

ANEXO IV - Configuração tecnológica exigida... 15 ANEXO V Ficha de Inscrição... 16 EDITAL DE SELEÇÃO SUMÁRIO 1. Apresentação... 01 2. Objetivo geral... 04 3. Objetivo específico... 04 4. Duração... 04 5. Público-alvo... 04 6. Critérios de seleção dos municípios... 04 7. Contrapartidas

Leia mais

CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS

CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS CONTRAPARTIDAS DOS MUNICÍPIOS O Ciência Móvel: Vida e Saúde para Todos é oferecido gratuitamente pelo Museu da Vida/COC/Fundação Oswaldo Cruz Fiocruz, Fundação Cecierj e seus patrocinadores à população.

Leia mais

APÊNDICE IX PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO

APÊNDICE IX PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO APÊNDICE IX PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 DIRETRIZES GERAIS... 3 3 PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO NA IMPLANTAÇÃO DAS UNIDADES... 4 3.1 Módulo Conceitual - Diretrizes

Leia mais

Projeto de Patrocínio 8 Fórum de Tecnologia em Software Livre

Projeto de Patrocínio 8 Fórum de Tecnologia em Software Livre Projeto de Patrocínio 31 de Agosto a 2 de de setembro de 2016 Curitiba PR Brasil Sumário 1 Apresentação... 1 2 Local, data e site... 1 3 Público alvo... 1 4 Justificativa... 2 4.1 Fórum de Tecnologia em

Leia mais

FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA GUAMÁ

FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA GUAMÁ ANEXO I ATO CONVOCATÓRIO Nº 002/2012 TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO: Contratação de Empresa para Recrutamento, Seleção e Contratação de Pessoal para Treinamento, Capacitação e Consultoria à Fundação de Ciência

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM REABILITAÇÃO AQUÁTICA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO DE ENFERMAGEM EM CENTRO

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

Academia Rain Bird Guia de Treinamento para Irrigação 2015

Academia Rain Bird Guia de Treinamento para Irrigação 2015 Academia Rain Bird Guia de Treinamento para Irrigação 2015 Descrição dos Treinamentos BEM-VINDO À ACADEMIA RAIN BIRD A Academia Rain Bird oferece uma diferenciada seleção de cursos profissionalizantes

Leia mais

PROGRAMA SEFIN-M BAHIA EDUCACIONAL

PROGRAMA SEFIN-M BAHIA EDUCACIONAL 1 Lauro de Freitas, 16 de setembro de 2010 Ofício circular nº 5/10 Prezado (a) Secretário (a) de Finanças/Fazenda Temos a satisfação de apresentar e recomendar o Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM RADIOFARMÁCIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

QUALIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PROGRAMA:

QUALIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PROGRAMA: QUALIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PROGRAMA: Bases de Validação Ciclo de Vida; Apresentação do projeto a ser utilizado durante o treinamento; Apresentação de procedimentos; Elaboração de documentos Requerimento

Leia mais

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA e Assistência Circulatória Mecânica Organização: Diretor da Divisão de Cirurgia: Luiz Carlos Bento Souza Coordenação Médica: Magaly Arrais

Leia mais