PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR"

Transcrição

1 VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 1.400,00 PROJETO CURSOS 2015 EDITAL I: CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR 1. OBJETIVO Promover uma atualização em Reabilitação Pulmonar da atuação a nível hospitalar e domiciliar incluindo pectos de avaliação funcional e treinamento de pneumopat crônicos. 2. PÚBLICO ALVO: Acadêmicos de fisioterapia e fisioterapeut. 3. HORÁRIO DO CURSO: Sexta-feira: 19:00 22:00 hs Sábado: 8:00 12:00 e 14:00 18:00 hs 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Conceito e histórico da Reabilitação Pulmonar (RP) no Bril e no Ceará Gerenciamento de um serviço de RP Indicações e contraindicações da RP Equipamentos necessários para um Serviço de RP Exame físico Teste de Força Muscular Avaliação da Capacidade Funcional Avaliação d Atividades da Vida Diária Testes de esforço e protocolos de avaliação Questionários utilizados em RP Etap do treinamento físico RP em situações especiais RP domiciliar Estratégi em exacerbações Estratégi de alta da RP Abordagem educativa da RP Evidênci científic na RP

2 5. CRONOGRAMA PERÍODO ATIVIDADE MINISTRANTES CH 10/04/ :00 21:30 RECEPÇÃO SOLENIDADE DE ABERTURA CONCEITO E HISTÓRICO DA REABILITAÇÃO PULMONAR (RP) NO BRASIL E NO CEARÁ GERENCIAMENTO DE UM SERVIÇO DE RP Dra. Maria Tereza Aguiar Pessoa Morano 3 H/A 11/04/2015 8:00 12:00 INDICAÇÕES, CONTRAINDICAÇÕES E OBJETIVOS DA RP EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS PARA UM Dra. Amanda Souza Araújo SERVIÇO DE RP QUESTIONÁRIOS UTILIZADOS EM RP 11/04/ :00 18:00 EXAME FÍSICO TESTE DE FORÇA MUSCULAR Dra. Amanda Souza Araújo 12/04/ :00 12:00 AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL Dra. Juliana Maria de Sousa Pinto 12/04/ :00 18:00 TESTES DE ESFORÇO DE MMSS E MMII Dra. Juliana Maria de Sousa Pinto 24/04/ :00 22:00 AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DA VIDA DIÁRIA, TESTE DE 1RM E TREINAMENTO DE FORÇA Dra. Amanda Souza Araújo 3 H/A 25/04/2015 8:00 18:00 AULAS PRÁTICAS (Avaliação e Treinamento) Dra. Amanda Souza Araújo e Dra. Juliana Maria de Sousa Pinto 8 H/A 26/04/2015 8:00 RP EM SITUAÇÕES ESPECIAIS RP DOMICILIAR Dra. Juliana Maria de Sousa Pinto

3 12:00 ESTRATÉGIAS EM EXACERBAÇÕES 26/04/ :00 18:00 ESTRATÉGIAS DE ALTA ABORDAGEM EDUCATIVA NA RP EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS NA RP Dra. Juliana Maria de Sousa Pinto TOTAL 40 H/A 6. MINISTRANTES Maria Tereza Aguiar Pessoa Morano Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade de Fortaleza (1979), Especialização em Tecnologia Educacional e Fisioterapia Respiratória e Cardiovcular pela UNIFOR, mestrado em Educação Em Saúde pela Universidade de Fortaleza (2001). Doutorado em Cirurgia pela Universidade Federal do Ceará (2011). Atualmente é Coordenadora da pós graduação - Curso de Especialização em Fisioterapia Respiratória e Cardiovcular da Universidade de Fortaleza e fisioterapeuta do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, Coordenadora do Programa de Reabilitação Pulmonar - SESA/Ceará, Coordenadora da Residência Multiprofissional na Atenção ao paciente Crítico Cardiopulmonar do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes vinculada a Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará. Tem experiência na área de Fisioterapia Hospitalar, atuando principalmente nos seguintes tem: Fisioterapia, DPOC, Reabilitação pulmonar, Residência, Preceptoria, Docência e Gestão. Amanda Souza Araújo Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade de Fortaleza (2008), especialista em Fisiologia do exercício pela Universidade Estadual do Ceará (2011) e mestre em Ciênci Cirúrgic pela Universidade Federal do Ceará (2014). É preceptora da residência integrada em Saúde e do aprimoramento em Fisioterapia Cardiorrespiratória do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes. É professora convidada d disciplin de Prática Hospitalar, Reabilitação Pulmonar, Pneumologia: semiologia e fisiopatologia e Metodologia da Pesquisa científica do curso de Especialização de Fisioterapia Respiratória e Cardiovcular da Universidade de Fortaleza e da pós-graduação de Terapia Intensiva da Escola de Saúde Pública. É fisioterapeuta do serviço de Transplante Pulmonar e Reabilitação Pulmonar do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes e na Unidade de AVC subagudo do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântar. Tem experiência na área de Fisioterapia, com ênfe em Fisioterapia Respiratória e Cardiovcular, atuando principalmente nos seguintes tem: fisioterapia respiratória, reabilitação pulmonar e teste de esforço. Juliana Maria de Sousa Pinto Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade de Fortaleza, Mestrado em Educação em Saúde pela Universidade de Fortaleza e Doutorado em Avanços e Pesquisa sobre Deficiência

4 pela Universidade de Salamanca, Espanha. É Fisioterapeuta e coordenadora adjunta do Serviço de Reabilitação Pulmonar do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, preceptora do Aprimoramento em Fisioterapia Cardio-Respiratória do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes e da Residência Multiprofissional em Saúde da ESP-HM, professora do curso de Fisioterapia da Universidade de Fortaleza e coordenadora da Especialização de Fisioterapia Respiratória e Cardiovcular da Universidade de Fortaleza. Tem experiência na área de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Saúde Coletiva com ênfe em Reabilitação Pulmonar, DPOC e Educação em Saúde. 7. METODOLOGIA DA DEMONSTRAÇÃO DE EQUIPAMENTOS: Será realizada uma oficina com diversos equipamentos utilizados na avaliação e treinamento de pneumopat crônicos em RP com a presença da fisioterapeuta ministrante do curso. Os alunos poderão manipular os equipamentos e executar avaliações e treinamento. 8. METODOLOGIA DAS AULAS PRÁTICAS As aul prátic serão realizad no Hospital Dr. Waldemar Alcântara simultaneamente e no Serviço de Reabilitação Pulmonar do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes. 9. INFORMAÇÕES: O início d aul está condicionado ao fechamento da turma, co a turma não feche dat serão reprogramad. Se a nova data do curso não for de interesse do aluno o 90% do valor pago poderá ser devolvido, desde de que o aluno se manifeste no máximo 48 hor após a publicação no site d nov dat. Será coordenado pela Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa, sendo ministrado por profissionais do ISGH e convidados com expertise na área. Será emitido certificado de participação do curso ao participante que obtiver no mínimo 75% de presença n aul. Os pagamentos poderão ser realizados via PAGSEGURO, onde poderá ser parcelado. As inscrições do curso estarão abert para o público interno e externo do ISGH e serão realizad através do site: Para maiores informações ficamos ao dispor nos seguintes contatos: e/ou pelo número (85)

5 EDITAL II: CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA 1. OBJETIVOS Oferecer formação específica em Fisioterapia Cardiorrepiratória e Terapia Intensiva Desenvolver habilidades, capacitar para avaliação e tomada de condut frente a situações especiais em terapia intensiva. 2. PÚBLICO ALVO: acadêmicos de fisioterapia a partir do quinto semestre e fisioterapeut. 3. DATAS E HORÁRIO DO CURSO: ABRIL: 29 e 30 (18:00 22:00 hs) MAIO: 01 e 02 (8:00 12:00 e 13:00 17:00 hs) 06, 07 e 08 (18:00 22:00 hs) 09 (8:00 12:00 e 13:00 17:00 hs) 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Gerenciando riscos em terapia intensiva Sistema Cardiorrespiratório: estrutura, função e integração Oximetria Oxigenioterapia Terapia Inalatória Manuseio de Via Aérea Ventilação Mecânica Inviva e Não Inviva Índices preditivos para desmame Desmame e extubação Aprendendo com o simulador (xlung ) Mecânica Respiratória Equilíbrio Ácido-Be Insuficiência respiratória Insuficiência cardíaca Paciente obstrutivo Paciente Restritivo

6 Pós operatório de cirurgia cardíaca Problema e soluções prátic em terapia intensiva Mobilização do paciente crítico Benefícios e particularidades da mobilização em terapia intensiva Estações prátic e simulações realístic Avaliação do conhecimento 5. METODOLOGIA O CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA, ocorrerá quarta, quinta e sexta-feira e sábados totalizando uma carga horária de 60 hor, onde será emitido certificado de participação do curso pelo HGWA, instituição reconhecida pelo MEC como Hospital de Ensino, a aqueles que comparecerem, no mínimo, em 75% d aul. As inscrições do curso serão no valor de R$ 900,00 para o funcionário do ISGH e no valor de R$ 1.100,00 para os demais interessados, sendo parcelados em até 18 vezes no cartão, vinculado ao PAGSEGURO. O início d aul está condicionado ao fechamento da turma, co a turma não feche dat serão reprogramad. Os valores não serão devolvidos em co de desistência do aluno. 6. CRONOGRAMA PERÍODO ATIVIDADE MINISTRANTES 29/04/ /04/ /05/2015 MANHÃ 01/05/2015 TARDE Recepção Solenidade de Abertura Gerenciando Riscos em Terapia Intensiva Fisiologia do sistema respiratório: Estrutura e função Simulação Realística: Avaliação do paciente em terapia intensiva Avaliação do conhecimento Estação Prática I: Monitorização Ventilação Mecânica Básica: modos ventilatórios Estação Prática II: Ventilação Mecânica Interagindo com o ventilador Modos ventilatórios aplicados Sistema Cardiorrespiratório: estrutura, função e integração - Parte II Mecânica respiratória Estação Prática III Ventilação Mecânica Interagindo com o ventilador Mecânica Respiratória

7 02/05/2015 MANHÃ 02/05/2015 TARDE 06/05/2015 Equilíbrio Ácido-Be Estação Prática IV - xlung SIMULAÇÃO REALÍSTICA - Desmame UTI CARDIOLÓGICA Avaliação Pós Operatório Complicações SIMULAÇÃO REALÍSTICA Ventilação Não Inviva UTI RESPIRATÓRIA Insuficiência Respiratória Paciente obstrutivo Paciente Restritivo Estação Prática VI Manovacuometria Cough sist 07/05/2015 Insuficiência Cardíaca Oxigenioterapia Estação Prática: VII- EXPOSIÇÃO DE EQUIPAMENTOS VNI Oxigenioterapia Teste de respiração rápida e superficial 08/05/2015 Via aérea artificial Estação Prática VIII: VIA AÉREA Cuff, ventilometria, speaking valve, máscara laríngea Terapia inalatória 09/05/2015 DIA Problem e soluções prátic em Terapia Intensiva É possível deambular com segurança na UTI? Mobilização do paciente crítico Benefícios e particularidades da mobilização em Terapia intensiva

8 7.MINISTRANTES Maria do Socorro Quintino Fari Mestre em Ciência Fisiológic pela Universidade Estadual do Ceará Especialista em Fisioterapia Cardiorrespiratória pela Universidade de Fortaleza Docente do Centro Universitário Estácio do Ceará Fisioterapia da Unidade de Terapia Intensiva Pós-operatória do Hospital de Messejana Coordenadora do Serviço de Reabilitação Cardíaca do Hospital de Messejana Emília Maria Matos Rocha Especialista em Fisioterapia Cardiorrespiratória pela Universidade de Fortaleza Especialista em Fisiologia do Exercício Fisioterapeuta da Unidade de Terapia Intensiva Respiratória do Hospital de Messejana Docente do Centro Universitário Estácio do Ceará 8. METODOLOGIA DA DEMONSTRAÇÃO DE EQUIPAMENTOS: O programa deste curso foi elaborado com objetivo de oferecer formação específica em Fisioterapia Cardiorrepiratória e Terapia Intensiva. Os participantes terão a oportunidade de vivenciar uma abordagem teórica com apoio de simulações realístic, cos clínicos e exposições de equipamentos. As estações prátic contarão com apoio de equipamentos modernos na área de terapia intensiva, tais como: ventiladores mecânicos, via aérea artificial e monitorização. 9. INFORMAÇÕES: O início d aul está condicionado ao fechamento da turma, co a turma não feche dat serão reprogramad. Se a nova data do curso não for de interesse do aluno o 90% do valor pago poderá ser devolvido, desde de que o aluno se manifeste no máximo 48 hor após a publicação no site d nov dat. Será coordenado pela Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa, sendo ministrado por profissionais do ISGH e convidados com expertise na área. Será emitido certificado de participação do curso ao participante que obtiver no mínimo 75% de presença n aul. Os pagamentos poderão ser realizados via PAGSEGURO, onde poderá ser parcelado. As inscrições do curso estarão abert para o público interno e externo do ISGH e serão realizad através do site: Para maiores informações ficamos ao dispor nos seguintes contatos: e/ou pelo número (85)

9

PROJETO: CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA

PROJETO: CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA PROJETO: CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA 1. OBJETIVOS Oferecer formação específica em Fisioterapia Cardiorrepiratória e Terapia Intensiva Desenvolver habilidades, capacitar

Leia mais

PROJETO: III CURSO DE HABILIDADES EM FISIOTERAPIA PEDIÁTRICA E NEONATAL

PROJETO: III CURSO DE HABILIDADES EM FISIOTERAPIA PEDIÁTRICA E NEONATAL PROJETO: III CURSO DE HABILIDADES EM FISIOTERAPIA PEDIÁTRICA E NEONATAL 1. OBJETIVO Promover uma atualização em fisioterapia na neonatologia e na pediatria, através do aprofundamento de situações de risco,

Leia mais

CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA

CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA CURSO DE HABILIDADES FISIOTERAPÊUTICAS EM TERAPIA INTENSIVA 1. OBJETIVOS Oferecer formação específica em Fisioterapia Cardiorrespiratória e Terapia Intensiva Desenvolver habilidades, capacitar para avaliação

Leia mais

PROJETO: CURSO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR

PROJETO: CURSO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR PROJETO: CURSO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR 1. OBJETIVO Promover uma atualização em Reabilitação Pulmonar da atuação a nível hospitalar e domiciliar incluindo pectos de

Leia mais

PROJETO: TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO PARA AUXILIAR DE FARMÁCIA HRN

PROJETO: TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO PARA AUXILIAR DE FARMÁCIA HRN PROJETO: TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO PARA AUXILIAR DE FARMÁCIA HRN 1. OBJETIVO Treinar e capacitar auxiliares de farmácia que atuam em Farmácia Hospitalar, comercial, ambulatorial, unidades de atenção primária,

Leia mais

PROJETO CURSO: Curso Introdutório do Programa de Residência em Clínica Médica Temas relevantes em Clínica Médica 2014

PROJETO CURSO: Curso Introdutório do Programa de Residência em Clínica Médica Temas relevantes em Clínica Médica 2014 PROJETO CURSO: Curso Introdutório do Programa de Residência em Clínica Médica Temas relevantes em Clínica Médica 2014 1. OBJETIVO Promover uma atualização em temas importantes para a formação do médico

Leia mais

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA 1. OBJETIVO Fomentar o conhecimento científico e investir no crescimento técnico científico da Fisioterapia sob o tema Segurança e Qualidade na Assistência Fisioterapêutica.

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA PARA MÉDICOS

Leia mais

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 Coordenação Dr. Luciano Cesar Pontes Azevedo Doutor em medicina pela Universidade de São Paulo - USP

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL - COFFITO Nº 402 DE 03.08.2011 D.O.U: 24.11.2011

RESOLUÇÃO DO CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL - COFFITO Nº 402 DE 03.08.2011 D.O.U: 24.11.2011 RESOLUÇÃO DO CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL - COFFITO Nº 402 DE 03.08.2011 D.O.U: 24.11.2011 Disciplina a Especialidade Profissional de Fisioterapia em Terapia Intensiva e dá outras

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM REABILITAÇÃO CARDIOPULMONAR Unidade

Leia mais

RESOLUÇÃO No- 454, DE 25 DE ABRIL DE 2015

RESOLUÇÃO No- 454, DE 25 DE ABRIL DE 2015 RESOLUÇÃO No- 454, DE 25 DE ABRIL DE 2015 Reconhece e disciplina a Especialidade Profissional de Fisioterapia Cardiovascular. O Plenário do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO),

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR Curso de Especialização em Enfermagem Pediátrica e Neonatal 1ª Turma- Sobral 1. JUSTIFICATIVA Apesar das

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM TERAPIA INTENSIVA Unidade

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PNEUMOLOGIA Ato de Oficialização: ATA de 12.03.1992 Conselho Departamental

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PNEUMOLOGIA Ato de Oficialização: ATA de 12.03.1992 Conselho Departamental PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PNEUMOLOGIA Ato de Oficialização: ATA de 12.03.1992 Conselho Departamental 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento: Curso de Especialização em

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM REABILITAÇÃO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ATIVIDADE FÍSICA PARA PREVENÇÃO, TRATAMENTO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ORTOPEDIA MULTIDISCIPLINAR Unidade Dias

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROLOGIA CLÍNICA E INTENSIVA Unidade

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento: Curso de Especialização em Diagnóstico por Imagem do Tórax 4.01.00.00-6

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GERONTOLOGIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NO SUPORTE À CIRURGIA ROBÓTICA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA EM REABILITAÇÃO AQUÁTICA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM HOTELARIA HOSPITALAR Unidade Dias e Horários

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E FISIOTERAPIA EM TERAPIA INTENSIVA - ASSOBRAFIR

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E FISIOTERAPIA EM TERAPIA INTENSIVA - ASSOBRAFIR ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E FISIOTERAPIA EM TERAPIA INTENSIVA - ASSOBRAFIR RELATÓRIO FINAL DA COMISSÃO DE ENSINO O ENSINO DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E TERAPIA INTENSIVA NO BRASIL

Leia mais

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA e Assistência Circulatória Mecânica Organização: Diretor da Divisão de Cirurgia: Luiz Carlos Bento Souza Coordenação Médica: Magaly Arrais

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE Unidade Dias

Leia mais

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Número da Ação (Para

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA E URGÊNCIA Unidade

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA CLÍNICA Unidade Dias e Horários

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO VOLUNTÁRIO NO HOSPITAL GERAL (HG), NO INSTITUTO DE MEDICINA DO ESPORTE (IME) E NA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA (CLIFI) NA UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM TERAPIA INTENSIVA ADULTO Unidade Dias

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA NEONATAL E PEDIÁTRICA Unidade

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO MULTIPROFISSIONAL SEGUNDO SEMESTRE DE 2015.

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO MULTIPROFISSIONAL SEGUNDO SEMESTRE DE 2015. EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO MULTIPROFISSIONAL SEGUNDO SEMESTRE DE 2015. O torna público o Edital para os cursos de Aperfeiçoamento Multiprofissional, segundo semestre

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO DE ENFERMAGEM EM CENTRO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE Unidade

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Fisioterapia: Mobilização Precoce no Paciente Grave

FICHA TÉCNICA. Fisioterapia: Mobilização Precoce no Paciente Grave FICHA TÉCNICA Fisioterapia: Mobilização Precoce no Paciente Grave Vários estudos demonstram que até 60% de fraqueza muscular adquirida na UTI está relacionada ao tempo de internação. Quando bem conduzida,

Leia mais

Especialização em Fisioterapia Respiratória e UTI - NOVO

Especialização em Fisioterapia Respiratória e UTI - NOVO Especialização em Fisioterapia Respiratória e UTI - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O foco deste curso é promover ao profissional conhecimentos

Leia mais

RETIFICAÇÃO CONCURSO SAÚDE ERRATA (DIÁRIO OFICIAL DE 23 DE OUTUBRO DE 2004)

RETIFICAÇÃO CONCURSO SAÚDE ERRATA (DIÁRIO OFICIAL DE 23 DE OUTUBRO DE 2004) RETIFICAÇÃO CONCURSO SAÚDE ERRATA (DIÁRIO OFICIAL DE 23 DE OUTUBRO DE 2004) No subitem 2.2 do Anexo Único da Portaria Conjunta SARE/SES n.º 35, de 14/10/2004, a) Nível Superior/Médico: Neurocirurgião -

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA - CURITIBA Unidade

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO FISIOTERAPIA. Residência Especialização e Treinamento Especialização OPORTUNIDADE. é a gente quem faz.

PÓS-GRADUAÇÃO FISIOTERAPIA. Residência Especialização e Treinamento Especialização OPORTUNIDADE. é a gente quem faz. PÓSGRADUAÇÃO FISIOTERAPIA Residência Especialização e Treinamento Especialização OPORTUNIDADE é a gente quem faz. Programa de PósGraduação em Fisioterapia do UniBH Os novos programas de pósgraduação em

Leia mais

FACULDADE REDENTOR EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA - TERAPIA INTENSIVA 2016

FACULDADE REDENTOR EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA - TERAPIA INTENSIVA 2016 , FACULDADE REDENTOR EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA - TERAPIA INTENSIVA 2016 O HOSPITAL SANTA ROSA torna público através do presente Edital, a abertura de inscrições para o processo

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTADO DA ARTE EM DIAGNÓSTICO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE - CURITIBA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA CLÍNICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA CLÍNICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA CLÍNICA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 05, de 11 de fevereiro

Leia mais

2 LOCAIS/ ÁREA/ VAGAS/ PERÍODO/ REQUISITOS/ ATIVIDADES

2 LOCAIS/ ÁREA/ VAGAS/ PERÍODO/ REQUISITOS/ ATIVIDADES EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO VOLUNTÁRIO NO ÂMBITO DA UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL, NOS SEGUINTES LOCAIS: HOSPITAL GERAL (HG), AMBULATÓRIO CENTRAL (AMCE), INSTITUTO DE MEDICINA

Leia mais

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão Hospital Universitário Walter Cantídio Diretoria de Ensino e Pesquisa Serviço de Desenvolvimento de Recursos Humanos Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão HOSPITAL

Leia mais

EDITAL Nº 21/2014 - PRPGPE

EDITAL Nº 21/2014 - PRPGPE EDITAL Nº 21/2014 - PRPGPE A Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão PRPGPE, do Centro Universitário Franciscano, torna público que estarão abertas, a partir de 20 de novembro de 2014 a 23 de

Leia mais

VII CURSO DE ESPIROMETRIA

VII CURSO DE ESPIROMETRIA VII CURSO DE ESPIROMETRIA OBJETIVO DO CURSO Capacitar o profissional da área de saúde a identificar os distúrbios ventilatórios pulmonares, bem como quantificar a perda de função pulmonar, qualidade técnica

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ACONSELHAMENTO GENÉTICO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM RADIOFARMÁCIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº03 UNOESC-R/2012

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº03 UNOESC-R/2012 UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº03 UNOESC-R/2012 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Instituição Educacional, com sede na Rua Getúlio Vargas, 2125, na cidade

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA CLÍNICA Unidade Dias e Horários

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM COLOPROCTOLOGIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 101, de 15 de dezembro

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE: ABORDAGEM

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA HOSPITALAR Unidade Dias

Leia mais

XIII CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MANIPULAÇÃO FARMACÊUTICA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

XIII CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MANIPULAÇÃO FARMACÊUTICA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO XIII CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MANIPULAÇÃO FARMACÊUTICA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO 2010-2011 A manipulação farmacêutica tem crescido muito

Leia mais

Programa de Especialização Cirurgia do Quadril (R4) Treinamento Avançado em Cirurgia do Quadril. Goiânia GO / Maio de 2015.

Programa de Especialização Cirurgia do Quadril (R4) Treinamento Avançado em Cirurgia do Quadril. Goiânia GO / Maio de 2015. SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO ESTADO DE GOIÁS HOSPITAL DE URGÊNCIA DE GOIÂNIA (HUGO) / HOSPITAL GERAL DE GOIÂNIA ALBERTO RASSI () SERVIÇO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA / SERVIÇO DE CIRURGIA DO QUADRIL

Leia mais

PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015

PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015 Instituto Unimed-Rio Hospital Unimed-Rio Coordenação de Ensino e Pesquisa PROJETO PARA CURSO TEÓRICO E ESTÁGIO REMUNERADO PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA EM TERAPIA INTENSIVA NO HOSPITAL UNIMED-RIO 2015 Versão

Leia mais

Capacitação dos gestores do serviço público em qualidade e segurança do paciente (com o uso da simulação realística)

Capacitação dos gestores do serviço público em qualidade e segurança do paciente (com o uso da simulação realística) Capacitação dos gestores do serviço público em qualidade e segurança do paciente (com o uso da simulação realística) Parceria da ANVISA com o Centro de Simulação Realística do Hospital Israelita Albert

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 19

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 19 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 19 SUMÁRIO 1. Da validade 3 2. Das inscrições 3 3. Das entrevistas, avaliação de currículo e de histórico escolar 3 4. Da classificação 4 5.

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA NO DIAGNÓSTICO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 02/2015 HORÁRIOS

CHAMADA PÚBLICA 02/2015 HORÁRIOS CHAMADA PÚBLICA 02/2015 CHAMADA PÚBLICA PARA CURSOS DE EXTENSÃO O (IFG) faz saber, pela presente Chamada Pública, que estarão abertas no período de 13 a 23 de outubro de 2015, as inscrições para o CURSO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CLÍNICA Unidade

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS: DA ESTRATÉGIA A AÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Julho 2012. ESPM Unidade Porto Alegre

GESTÃO DE PROJETOS: DA ESTRATÉGIA A AÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Julho 2012. ESPM Unidade Porto Alegre GESTÃO DE PROJETOS: DA ESTRATÉGIA A AÇÃO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Julho 2012 ESPM Unidade Porto Alegre Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51)

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Angiologia Código: Fisio 228 Pré-Requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA Unidade Dias

Leia mais

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 (CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA) R1, R2, R3 HSF Residência em Medicina Intensiva Introdução: A Residência em Medicina Intensiva foi criada nesta instituição

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2

CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 CENTRO UNIVERSITÁRIO TIRADENTES PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR ASSISTENTE E PRECEPTOR 2015.2 O núcleo de Gente & Carreira do Centro Universitário Tiradentes, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM TERAPIA INTENSIVA ADULTO

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM TERAPIA INTENSIVA ADULTO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM TERAPIA INTENSIVA ADULTO MARÇO DE 2013 Programa de Residência Médica em Terapia Intensiva 2013 Unidade: Hospital Copa D Or Coordenador do Programa de Residência Médica

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO NAS DOENÇAS CRÔNICAS

Leia mais

Projeto Academia de Liderança. Edição 2014 Turma 1 Novas Lideranças

Projeto Academia de Liderança. Edição 2014 Turma 1 Novas Lideranças Projeto Academia de Liderança Edição 2014 Turma 1 Novas Lideranças APRESENTAÇÃO A Academia de Liderança é realizada pelo Senar-MT e visa levar conhecimentos e informações para as Lideranças Sindicais,

Leia mais

Curso Preparatório Para Exame de Certificação de Agentes Autônomos de Investimento e Empregados de Instituições Financeiras UFSC - CSE

Curso Preparatório Para Exame de Certificação de Agentes Autônomos de Investimento e Empregados de Instituições Financeiras UFSC - CSE Curso Preparatório Para Exame de Certificação de Agentes Autônomos de Investimento e Empregados de Instituições Financeiras PROMOÇÃO: APOIO: UFSC - CSE Florianópolis Outubro/2008 1. INTRODUÇÃO A Associação

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE SEGURANÇA DO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 7. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 7. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 4 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 7 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA HOSPITALAR

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Fisioterapia: Reabilitação fase hospitalar para pacientes com insuficiência cardíaca

FICHA TÉCNICA. Fisioterapia: Reabilitação fase hospitalar para pacientes com insuficiência cardíaca FICHA TÉCNICA Fisioterapia: Reabilitação fase hospitalar para pacientes com insuficiência cardíaca Este curso auxiliará o fisioterapeuta a reabilitar o paciente com Insuficiência Cardíaca (IC) descompensada,

Leia mais

FINANÇAS EMPRESARIAIS

FINANÇAS EMPRESARIAIS FINANÇAS EMPRESARIAIS Neste Curso o executivo ou empresário, que atua em qualquer área da organização, adquire conhecimentos e habilidades na área de Finanças Empresariais, fundamentais para a quantificação

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA HOSPITALAR Unidade Dias e

Leia mais

Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09

Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09 Centro de Treinamento Internacional Autorizado American Safety & Health Institute CNPJ: 11.697.949/0001-09 A EMPRESA A RIO EMERGÊNCIA treinamentos trata-se de uma empresa educacional, voltada ao ensino

Leia mais

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba

Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro. Fundação Educacional de Além Paraíba Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro Fundação Educacional de Além Paraíba Regulamento de Monitoria Art. 1º A Faculdade de Ciências da Saúde Archimedes Theodoro admitirá, sem vínculo empregatício,

Leia mais

ENDOMARKETING MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Outubro 2010. ESPM Unidade Porto Alegre. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

ENDOMARKETING MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Outubro 2010. ESPM Unidade Porto Alegre. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. ENDOMARKETING MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Outubro 2010 ESPM Unidade Porto Alegre Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1300 Segunda a sexta-feira

Leia mais

DETALHAMENTO DA FORMAÇÃO EM COACHING EM RESILIÊNCIA

DETALHAMENTO DA FORMAÇÃO EM COACHING EM RESILIÊNCIA DETALHAMENTO DA FORMAÇÃO EM COACHING EM RESILIÊNCIA FILOSOFIA DO TREINAMENTO, MODELO E ABORDAGEM O Coaching em Resiliência é uma formação de coaching exclusiva licenciada pela SOBRARE e única especializada

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA - BH Unidade

Leia mais

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) em Fisioterapia 6ª. Edição 2013

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) em Fisioterapia 6ª. Edição 2013 Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) em Fisioterapia 6ª. Edição 2013 Apresentação O Curso de Especialização em Fisioterapia será mantido e realizado sob a responsabilidade do Departamento

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS EM RADIOTERAPIA

Leia mais

Curso de Pós-Graduação

Curso de Pós-Graduação Curso de Pós-Graduação ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA APRESENTAÇÃO DO CURSO A terapia intensiva apresenta-se como área de atuação de alta complexidade

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

DO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSORES

DO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSORES EDITAL Nº 30/2013 Processo Seletivo de Docentes para a área de Tecnologia de Informação do Centro Universitário Estácio do Ceará. A REITORA do Centro Universitário Estácio do Ceará - Estácio FIC, no uso

Leia mais

Coordenação. Prof. Dr. Wilson Jacob Filho

Coordenação. Prof. Dr. Wilson Jacob Filho Coordenação Prof. Dr. Wilson Jacob Filho Professor titular de geriatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Diretor do Serviço de Geriatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina

Leia mais