Redes de Pesquisa: a experiência nacional do Observatório das Metrópoles

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Redes de Pesquisa: a experiência nacional do Observatório das Metrópoles"

Transcrição

1 Redes de Pesquisa: a experiência nacional do Observatório das Metrópoles Profª. Drª. Maria do Livramento Miranda Clementino (Coordenadora do Núcleo RMNatal - Observatório das Metrópoles - UFRN)

2 Apresentação O Observatório das Metrópoles é um grupo de pesquisa em REDE, e, reúne pesquisadores de instituições dos mais variados campos: universitário, governamental e não-governamental; As equipes vêm trabalhando sobre a situação social e territorial de 11 metrópoles e uma aglomeração urbana - Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Goiânia, Recife, Salvador, Natal, Fortaleza, Belém e a aglomeração urbana de Maringá,

3 Belém Fortaleza Natal Recife Salvador Goiânia Regiões metropolitanas RMs em formação Aglomerados urbanos Maringá Porto Alegre Curitiba Belo Horizonte Rio de Janeiro São Paulo

4 Apresentação Recentemente mais 4 metrópoles estão em processo de inclusão na rede Brasília, Florianópolis, Santos e Vitória; Atuamos identificando as tendências convergentes e divergentes entre as metrópoles, geradas pelos efeitos das transformações econômicas, sociais, institucionais e tecnológicas por que passa o país nos últimos 20 anos. Além dos objetivos acadêmicos, o Observatório das Metrópoles mantém a sua intenção de aliar suas atividades de pesquisa e ensino com a realização de atividades que auxiliem os atores governamentais e da sociedade civil no campo das políticas públicas;

5 Histórico Observatório das Metrópoles tem origem no projeto Avaliação da Conjuntura Social e do Desempenho das Políticas Públicas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro cujo objetivo era analisar as transformações do quadro de carências e desigualdades sociais na RMRJ ao longo da década de 80, com base nos dados desagregados das PNAD s, e foi financiado pelo Banco Mundial/Prefeitura do Rio de Janeiro;

6 Histórico Este projeto possibilitou a constituição de uma parceria entre o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro - IPPUR/UFRJ, o Programa de Urbanismo também da UFRJ e a organização não-governamental Federação de Órgãos para a Assistência Social e Educacional - FASE, tendo como temática central a reflexão sistemática sobre novos desafios metropolitanos do modelo de política urbana desenhada na Constituição Federal de 1988 e afirmado com a Constituição do Movimento Nacional da Reforma Urbana, diante das transformações econômicas do final dos anos 80;

7 Histórico Posteriormente a parceria foi ampliada num estudo comparativo entre Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo que deu origem a conexões metodológicas da configuração atual da rede; Oficialmente o Núcleo Natal foi constituído em 2004, muito embora a UFRN estivesse na rede desde 1999;

8 Quem Somos Somos hoje um grupo de pesquisa e formação funcionando na forma de um instituto virtual, reunindo mais de 200 pesquisadores de 51 instituições dos campos universitário (programas de pós-graduação), governamental (fundações estaduais e prefeitura) e não-governamental, sob a coordenação conjunta do IPPUR - Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da FASE - Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional; As Instituições reunidas hoje no Observatório das Metrópoles vêm trabalhando de maneira sistemática sobre 11 metrópoles e uma aglomeração urbana;

9 Rede Nacional Trata-se de um projeto inovador em razão da articulação entre sociedade civil, academia e poder público, por utilizar uma metodologia unificada de pesquisa, monitoramento e intervenção e, ainda, por explorarmos uma mesma base de dados;

10 Rede Nacional A produção de resultados comparáveis tem nos permitido a identificação de tendências convergentes e divergentes entre as metrópoles, geradas pelos efeitos das transformações econômicas, sociais, institucionais e tecnológicas por que passa a sociedade brasileira nos últimos 20 anos. Acreditamos que o conhecimento gerado, embora refira-se especificamente às 12 regiões mencionadas, assegura uma compreensão mais ampla a respeito dos impactos das transformações sobre as grandes cidades brasileiras, permitindo confrontar os resultados alcançados com as tendências apontadas pelas pesquisas internacionais;

11 Recursos Comuns da Rede Servidor de mapas; Metrodata; Cadernos Metrópoles; Site comum;

12 Linhas de Pesquisa Rede Nacional Linha I. Metropolização, dinâmicas Intrametropolitanas e território nacional; Linha II. Dimensão sócio cio-espacial da exclusão/ integração nas metrópoles: estudos comparativos; Linha III. Governança Urbana, Cidadania e a Gestão das Metrópoles; Linha IV. Monitoramento da realidade metropolitana e desenvolvimento institucional;

13 Grupos de Pesquisa Grupo I. Capital Imobiliário-Turístico e Segregação Residencial Grupo II. Governança Metropolitana, Cidadania e Cultura Política Grupo III. Governança Metropolitana, Cidadania e Movimentos Sociais Grupo IV. Desigualdades Escolares e Segregação Residencial

14 Regiões Metropolitanas: Conceito e Diagnóstico Identificação das áreas metropolitanas Identificação dos seus limites Segmentação SócioS cio-territorial Constrangimentos fiscais à gestão metropolitana Grandes diferenças no grau de integração dos municípios nas áreas metropolitanas Diversidade morfológica e complexidade política Dinâmica demográfica desequilibrada Dinâmica sócios cio-habitacional: grande pressão pela ocupação de áreas centrais

15 A Metrópole e a Questão Social Segregação Residencial Desigualdades

16 A Metrópole e a Questão Social Desigualdades de Oportunidades Auto - isolamento Isolamento Compulsório

17 A Metrópole e a Questão Social Segregação Residencial Desigualdades Bem-Estar Social Renda Urbana Oportunidades

18 A Metrópole e a Questão Social Segregação Desigualdades de Oportunidades Mercado de Trabalho Acessibilidade Comunidade/ Família

19 Regiões Metropolitanas: Conceito e Diagnóstico Auto-isolamento das classes médias Divisão Favela X Bairro e Mercado de Trabalho Segregação residencial e desempenho escolar

20 Política Metropolitana Universalização do Direito à Cidade Políticas Redistributivas Regulação do Uso do Território Articulação Territorial das Políticas Planos Metropolitanos

21 Núcleo RMNatal

22 Núcleo RMNatal: Apresentação O Núcleo RMNatal da Rede Observatório das Metrópoles é liderado pela UFRN e aglutinada no Núcleo Avançado de Políticas Públicas que reune pesquisadores dos Departamentos de Ciências Sociais, Arquitetura e Urbanismo, Estatística e Geografia, integrantes dos programas de Pós-Graduação em Ciências Sociais (mestrado e doutorado), Arquitetura e Urbanismo (mestrado) e Geografia (mestrado) e do Grupo de Estudos Demográficos (este último mantendo curso de pós-graduação latu senso). Integra o Observatório das Metrópoles (IPPUR-UFRJ) desde Entretanto, somente no final de 2003 é que o grupo foi ampliado e estruturado no seu formato atual tendo em vista a aprovação do Projeto O Mapa Social da Região Metropolitana de Natal com recursos do Pronex-CNPq- FAPERN.

23 Núcleo RMNatal: Objetivos Consolidar nos Programas de Pós-Graduação envolvidos a temática do planejamento urbano e regional e da reestruturação do território; Ampliar a rede de reflexão teórica e oportunidade de pesquisa conjunta, pesquisa de grupo, entre pesquisadores da UFRN; Reafirmar a dimensão metodológica dos estudos sobre planejamento urbano e regional, sobre desenvolvimento e reestruturação do território, sobre a gestão das políticas urbanas e territoriais, evidenciando o seu caráter multidisciplinar; Consolidar as propostas didático-pedagógicas dos programas de pósgraduação onde o grupo de professores atua, ampliando suas possibilidades de formação e orientação e aumentando sua eficiência na temática; Aprofundar a reflexão teórica sobre as particularidades regionais do desenvolvimento, bem como contribuir para a formulação de uma compreensão sobre os processos recentes de reestruturação do território; Incluir nos estudos e pesquisas universitárias a temática local, metropolitana e de interesse do Rio Grande do Norte.

24 Núcleo RMNatal: Diagnóstico Aglomeração Urbana Metropolizada; 01 Pólo P fortemente concentrador: Natal; 08 Municípios vinculados ao Pólo; P Dinâmica Demográfica: grandes desequilíbrios; Grande Fragilidade Ambiental; Dinâmica SócioS cio-habitacional: grande pressão pela ocupação no entorno do pólo; p Conurbação pela orla marítima; Vulnerabilidade social;

25 Núcleo RMNatal: Municípios e grau de Integração

26 Núcleo RMNatal: Municípios e grau de Integração Conurbação : Natal Parnamirim Transbordamento : Natal Macaíba, Natal São Gonçalo Natal Extremoz Parnamirim Macaíba São José do Mipibú e Ceará-Mirim OBS.: São José do Mipibú e Ceará-Mirim apresenta uma vinculação funcional, mais que físicoterritorial;

27 Núcleo RMNatal: Diagnóstico Natal, como sede metropolitana, é concentradora de atividades econômicas e populacionais e definidora do processo de metropolização por transbordamento (Natal- Parnamirim, Natal-São Gonçalo); Por outro lado, localidades costeiras apresentam a formação de núcleos, cujo crescimento linear evidencia tendência de conurbação, com distanciamento das relações existentes entre tais localidades e a sede do municipio;

28 Núcleo RMNatal: Diagnóstico Ocorre um transbordamento de atividades historicamente concentradas na sede metropolitana, para municípios vizinhos contíguas à sede metropolitana como Parnamirim e São Gonçalo (em diferentes intensidades) motivada, primordialmente, por novas relações do mercado imobiliário, especificidades da legislação, diminuição populacional do centro de Natal e crescimento das atividades econômicas em bairros periféricos. Neste caso, o turismo é uma variável a ser considerada mas não é a mais preponderante;

29 INPE FAPERN CEFET-RN PREFEITURA DO NATAL GOVERNO DO ESTADO CNPq Núcleo RMNatal: Parceiros

Historia. Linha do Tempo 2014-2015. Década 80. Cadernos Metrópole. A Questão urbanometropolitana

Historia. Linha do Tempo 2014-2015. Década 80. Cadernos Metrópole. A Questão urbanometropolitana Historia Linha do Tempo Avaliação dos impactos metropolitanos no Rio de Janeiro do ajuste macroeconômico da reestruturação produtiva 1996 Cadernos Metrópole 1999 Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia

Leia mais

Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015. Coordenação: Juciano Martins Rodrigues. Observatório das Metrópoles

Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015. Coordenação: Juciano Martins Rodrigues. Observatório das Metrópoles Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015 Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015 Coordenação: Juciano Martins Rodrigues Observatório das Metrópoles Luiz Cesar de Queiroz

Leia mais

Regiões Metropolitanas do Brasil

Regiões Metropolitanas do Brasil Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia IPPUR/UFRJ CNPQ FAPERJ Regiões Metropolitanas do Brasil Equipe responsável Sol Garson Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Juciano Martins Rodrigues Regiões Metropolitanas

Leia mais

XI ENCONTRO NACIONAL DA ANPUR. Título: UMA ANÁLISE DO MOVIMENTO PENDULAR NA DEFINIÇÃO DA ESPACIALIDADE TERRITORIAL E SOCIAL NA RMNATAL.

XI ENCONTRO NACIONAL DA ANPUR. Título: UMA ANÁLISE DO MOVIMENTO PENDULAR NA DEFINIÇÃO DA ESPACIALIDADE TERRITORIAL E SOCIAL NA RMNATAL. XI ENCONTRO NACIONAL DA ANPUR Título: UMA ANÁLISE DO MOVIMENTO PENDULAR NA DEFINIÇÃO DA ESPACIALIDADE TERRITORIAL E SOCIAL NA RMNATAL. Autor: Zoraide Souza Pessoa, Mestre em Ciências Sociais. Instituição:

Leia mais

As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1

As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1 P á g i n a 1 As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1 Os primeiros resultados do Censo 2010 já permitem algumas reflexões sobre mudanças e permanências da posição das metrópoles na rede urbana

Leia mais

INCT Observatório das Metrópoles

INCT Observatório das Metrópoles INCT Observatório das Metrópoles INDICADORES SOCIAIS PARA AS REGIÕES METROPOLITANAS BRASILEIRAS: EXPLORANDO DADOS DE 2001 A 2009 Apresentação Equipe Responsável Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Marcelo Gomes

Leia mais

A Metrópole e a Questão Social

A Metrópole e a Questão Social A Metrópole e a Questão Social Território Desigualdades A Metrópole e a Questão Social Território Desigualdades Bem-Estar Social Renda Urbana Oportunidades A Metrópole e a Questão Social Território Desigualdades

Leia mais

A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL

A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL A RONALDO GUIMARÃES GOUVEA A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL FGV EDITORA Sumário Apresentação 11 Edésio Fernandes Introdução 17 1. Urbanização e planejamento no Brasil 27 O processo brasileiro de urbanização

Leia mais

Região Metropolitana de Curitiba: histórico e considerações sobre o modelo

Região Metropolitana de Curitiba: histórico e considerações sobre o modelo Seminário A Metrópole em Debate: do Estatuto à prática Curitiba 13 de julho de 2015 Região Metropolitana de Curitiba: histórico e considerações sobre o modelo Profª Drª Madianita Nunes da Silva Departamento

Leia mais

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas Ministério das Cidades Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas UMA VISÃO GERAL DO QUADRO METROPOLITANO BRASILEIRO Definição Formal 26 26 Regiões Metropolitanas definidas em em

Leia mais

IBEU da Região Metropolitana de Goiânia

IBEU da Região Metropolitana de Goiânia IBEU da Região Metropolitana de Goiânia Marina Lemes Landeiro 1 Recentemente as 15 principais regiões metropolitanas brasileiras foram contempladas com o livro e também e-book Índice de Bem-estar Urbano

Leia mais

Projeto: Avaliação do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia. Relatório do estudo de caso do INCT de Observatório das Metrópoles

Projeto: Avaliação do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia. Relatório do estudo de caso do INCT de Observatório das Metrópoles Projeto: Avaliação do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia Descrição do Produto: Relatório do estudo de caso do INCT de Observatório das Metrópoles Consultora: Fernanda Antônia da Fonseca

Leia mais

As Metrópoles Brasileiras no Milênio 1

As Metrópoles Brasileiras no Milênio 1 As Metrópoles Brasileiras no Milênio 1 9 788577 851553 ISBN 978-85-7785-155-3 ISBN 857785155-9 Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Organizador As Metrópoles Brasileiras no Milênio (Resultados de um Programa

Leia mais

Observatório da Educação e Cidades

Observatório da Educação e Cidades GRUPOS DE PESQUISA Observatório da Educação e Cidades O Observatório da Educação e Cidades, nos últimos quatro anos, se consolidou como um núcleo de pesquisa que tem como temática central as desigualdades

Leia mais

Observatórios do Trabalho

Observatórios do Trabalho Observatórios do Trabalho O que são? Ferramentas de estudo, análise e de apoio ao diálogo social e à elaboração de políticas públicas de emprego, trabalho e renda e de desenvolvimento local / regional.

Leia mais

MUDANÇAS DA ORDEM URBANA DAS METRÓPOLES LIVROS COMPARATIVOS Ciência e Tecnologia Ministério da Ciência e Tecnologia

MUDANÇAS DA ORDEM URBANA DAS METRÓPOLES LIVROS COMPARATIVOS Ciência e Tecnologia Ministério da Ciência e Tecnologia MUDANÇAS DA ORDEM URBANA DAS METRÓPOLES LIVROS COMPARATIVOS Ciência e Tecnologia Ministério da Ciência e Tecnologia Capítulo 6 Organização Social do Território e formas de provisão de moradia Seminário

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO DIPLA Produtos Fortaleza 2040 Processos Gestão do Plano Fortaleza 2040 Integração de planos setoriais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO DIPLA Produtos Fortaleza 2040 Processos Gestão do Plano Fortaleza 2040 Integração de planos setoriais DIRETORIA DO OBSERVATÓRIO DA GOVERNANÇA DIOBS Produtos Sala Situacional Rede de Salas de Situação Processos Monitoramento Agenda Estratégica Observatório da Governança DIRETORIA DE PLANEJAMENTO DIPLA Produtos

Leia mais

Planejamento e ordenamento territorial do turismo na Região Metropolitana de Natal-RN

Planejamento e ordenamento territorial do turismo na Região Metropolitana de Natal-RN P á g i n a 1 Planejamento e ordenamento territorial do turismo na Região Metropolitana de Natal-RN Larissa da Silva Ferreira 1 Orientadora: Rita de Cássia da Conceição Gomes 2 O presente trabalho é produto

Leia mais

---- ibeu ---- ÍNDICE DE BEM-ESTAR URBANO

---- ibeu ---- ÍNDICE DE BEM-ESTAR URBANO INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA CNPq/FAPERJ/CAPES ---- ibeu ---- ÍNDICE DE BEM-ESTAR URBANO COORDENAÇÃO LUIZ CÉSAR DE QUEIROZ RIBEIRO EQUIPE RESPONSÁVEL ANDRÉ RICARDO SALATA LYGIA GONÇALVES

Leia mais

A URBANIZAÇÃO BRASILEIRA. www.tiberiogeo.com.br A Geografia Levada a Sério

A URBANIZAÇÃO BRASILEIRA. www.tiberiogeo.com.br A Geografia Levada a Sério A URBANIZAÇÃO BRASILEIRA 1 Início de nossa urbanização Segundo o Censo 2010 aponta que aproximadamente 85% é urbano; Nossa economia estava voltada para a exportação; As primeiras ocupações urbanas se deram

Leia mais

O IBEU da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH)

O IBEU da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) O IBEU da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) Rejane de Oliveira Nazário 1 Com o intuito de investigar a condição urbana de vida nas metrópoles brasileiras, a equipe de pesquisadores do Observatório

Leia mais

Governança a Metropolitana no Brasil: O Arranjo Institucional da RMBH

Governança a Metropolitana no Brasil: O Arranjo Institucional da RMBH Governança a Metropolitana no Brasil: O Arranjo Institucional da RMBH 2 Caracterização da RMBH Cronologia 4 Cronologia 5 Cronologia 6 Cronologia 1989: Constituição Estadual de Minas Gerais TÍTULO III -

Leia mais

Pobreza e Prosperidade. Metropolitanas Brasileiras: Balanço e Identificação de Prioridades. Compartilhada nas Regiões

Pobreza e Prosperidade. Metropolitanas Brasileiras: Balanço e Identificação de Prioridades. Compartilhada nas Regiões Pobreza e Prosperidade Compartilhada nas Regiões Metropolitanas Brasileiras: Balanço e Identificação de Prioridades Aude-Sophie Rodella Grupo Sectorial da Pobreza Brasilia, June 2015 No Brasil, a pobreza

Leia mais

CAPÍTULO 30 O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL. Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira

CAPÍTULO 30 O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL. Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira CAPÍTULO 30 O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira 1- URBANIZAÇÃO BRASILEIRA NO SÉCULO XX Primeiros centros urbanos Século XVI

Leia mais

CRESCIMENTO DAS CIDADES MÉDIAS

CRESCIMENTO DAS CIDADES MÉDIAS CRESCIMENTO DAS CIDADES MÉDIAS Diana Motta* Daniel da Mata** 1 ANTECEDENTES As cidades médias desempenham o papel de núcleo estratégico da rede urbana do Brasil, constituindo elos dos espaços urbano e

Leia mais

NATAL: Transformações na Ordem Urbana

NATAL: Transformações na Ordem Urbana NATAL: Transformações na Ordem Urbana Observatório das Metrópoles Núcleo RMNatal Editores : Maria do Livramento M. Clementino Observatório das Metrópoles Núcleo Natal Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

I SIMPÓSIO DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA Soluções Integradas para uma Gestão Compartilhada

I SIMPÓSIO DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA Soluções Integradas para uma Gestão Compartilhada I SIMPÓSIO DE CIÊNCIA & TECNOLOGIA Soluções Integradas para uma Gestão Compartilhada OS ATLAS ELETRÔNICOS E O DESENVOLVIMENTO DO APLICATIVO PARA A PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL TerraViewWeb

Leia mais

Resumo: Palavras Chaves: Território, Segregação Social e Desenvolvimento Sustentável.

Resumo: Palavras Chaves: Território, Segregação Social e Desenvolvimento Sustentável. Título: Qualidade de vida e Indicadores de Desenvolvimento Sustentável na RMNatal Autor (a): Zoraide Souza Pessoa, (zoraidesp@yahoo.com.br) Categoria: XVII Outros Forma de Apresentação: Painel Resumo:

Leia mais

O Rio Grande do Norte e sua região metropolitana no Censo de 2010. Observatório das Metrópoles Núcleo Natal

O Rio Grande do Norte e sua região metropolitana no Censo de 2010. Observatório das Metrópoles Núcleo Natal 1 O Rio Grande do Norte e sua região metropolitana no Censo de 2010 Observatório das Metrópoles Núcleo Natal Autores : Flávio Henrique M. de Araújo Freire Maria do Livramento M. Clementino Natal, agosto

Leia mais

REUNIÃO DA COMISSÃO DE POLÍTICA URBANA E AMBIEN 9 DE SETEMBRO DE 2015

REUNIÃO DA COMISSÃO DE POLÍTICA URBANA E AMBIEN 9 DE SETEMBRO DE 2015 DESAFIOS METROPOLITANOS À GESTÃO PÚBLICA DE APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO URBANO NO LESTE METROPOLITANO DO RIO DE JANEIRO. LUIS FERNANDO VALVERDE SALANDÍA Tese de Doutorado em Geografia - Universidade Federal

Leia mais

62ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC NATAL, 2010 NATAL, 28 DE JULHO DE 2010

62ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC NATAL, 2010 NATAL, 28 DE JULHO DE 2010 62ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC NATAL, 2010 NATAL, 28 DE JULHO DE 2010 Mesa Redonda: OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES: HISTÓRIA E RESULTADOS DE UMA PESQUISA NACIONAL EM REDE METROPOLIZAÇÃO, DINÂMICAS METROPOLITANAS

Leia mais

A urbanização Brasileira

A urbanização Brasileira A urbanização Brasileira Brasil Evolução da população ruralurbana entre 1940 e 2006. Fonte: IBGE. Anuário estatístico do Brasil, 1986, 1990, 1993 e 1997; Censo demográfico, 2000; Síntese Fonte: IBGE. Anuário

Leia mais

O Futuro das Megacidades. São Paulo março de 2012

O Futuro das Megacidades. São Paulo março de 2012 São Paulo março de 2012 Rede Urbana Paulista Rede Urbana Paulista O território do Estado de São Paulo caracteriza-se pela presença de várias formas espaciais e de distintas escalas de urbanização. Rede

Leia mais

Plataforma IPEA de Pesquisa em Rede PROJETO: MAPEAMENTO DA VULNERABILIDADE SOCIAL NAS REGIÕES METROPOLITANAS BRASILEIRAS TERMO DE REFERÊNCIA

Plataforma IPEA de Pesquisa em Rede PROJETO: MAPEAMENTO DA VULNERABILIDADE SOCIAL NAS REGIÕES METROPOLITANAS BRASILEIRAS TERMO DE REFERÊNCIA Plataforma IPEA de Pesquisa em Rede PROJETO: MAPEAMENTO DA VULNERABILIDADE SOCIAL NAS REGIÕES METROPOLITANAS BRASILEIRAS TERMO DE REFERÊNCIA 1. Título da Pesquisa/Projeto: Mapeamento da Vulnerabilidade

Leia mais

BOLETIM. Fundação Seade participa de evento para disseminar conceitos e esclarecer dúvidas sobre o Catálogo de

BOLETIM. Fundação Seade participa de evento para disseminar conceitos e esclarecer dúvidas sobre o Catálogo de disseminar conceitos O desenvolvimento do aplicativo de coleta de informações, a manutenção e a atualização permanente do CSBD estão sob a responsabilidade da Fundação Seade. Aos órgãos e entidades da

Leia mais

DESCONCENTRAÇÃO INDUSTRIAL E EMPREGO NAS REGIÕES METROPOLITANAS DE BELO HORIZONTE, GOIÂNIA E RIO DE JANEIRO.

DESCONCENTRAÇÃO INDUSTRIAL E EMPREGO NAS REGIÕES METROPOLITANAS DE BELO HORIZONTE, GOIÂNIA E RIO DE JANEIRO. DESCONCENTRAÇÃO INDUSTRIAL E EMPREGO NAS REGIÕES METROPOLITANAS DE BELO HORIZONTE, GOIÂNIA E RIO DE JANEIRO. Vivian Fernanda Mendes Merola vfmerola1@gmail.com Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia

Leia mais

Porto Alegre: transformações na metrópole e na Região Metropolitana mais meridional do Brasil (1980-2010)

Porto Alegre: transformações na metrópole e na Região Metropolitana mais meridional do Brasil (1980-2010) Observatório das Metrópoles INCT/CNPq Porto Alegre: transformações na metrópole e na Região Metropolitana mais meridional do Brasil (1980-2010) Luciano Joel Fedozzi Paulo Roberto Rodrigues Soares Observatório

Leia mais

Reconstruindo o Conceito de Moradia: A Experiência do Plano Local de Habitação de Interesse Social em Paiçandu

Reconstruindo o Conceito de Moradia: A Experiência do Plano Local de Habitação de Interesse Social em Paiçandu Beatriz Fleury e Silva bfsilva@iem.br Msc. Engenharia Urbana. Docente curso de arquitetura Universidade Estadual de Maringá Reconstruindo o Conceito de Moradia: A Experiência do Plano Local de Habitação

Leia mais

OS INSTRUMENTOS DE GESTÃO URBANA E O ESTATUTO DA METRÓPOLE

OS INSTRUMENTOS DE GESTÃO URBANA E O ESTATUTO DA METRÓPOLE OS INSTRUMENTOS DE GESTÃO URBANA E O ESTATUTO DA METRÓPOLE Jeferson Dantas Navolar Edson Luiz Cardoso Pereira Maringá, 11 de junho de 2015 POLÍTICA URBANA NO BRASIL Anos de 30 Legislação sobre loteamentos

Leia mais

Tema Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente Natal: uma cidade metropolitana

Tema Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente Natal: uma cidade metropolitana Tema Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente Natal: uma cidade metropolitana Alexsandro Ferreira C Silva Msc. Arquiteto e Urbanista Pesquisador do Núcleo RMNatal do Observatório das Metrópoles Doutorando

Leia mais

ASPECTOS DA REDE URBANA DO ESTADO DE SÃO PAULO

ASPECTOS DA REDE URBANA DO ESTADO DE SÃO PAULO ASPECTOS DA REDE URBANA DO ESTADO DE SÃO PAULO SIMÃO, Rosycler Cristina Santos Palavras chave: rede urbana; São Paulo; disparidades regionais; Censo Demográfico 2000. Resumo O objetivo do trabalho é mostrar

Leia mais

Índice de Bem-Estar Urbano na Baixada Santista: crescimento econômico e. O Índice de Bem-Estar Urbano (IBEU) é um instrumento de medição do bemestar

Índice de Bem-Estar Urbano na Baixada Santista: crescimento econômico e. O Índice de Bem-Estar Urbano (IBEU) é um instrumento de medição do bemestar Índice de Bem-Estar Urbano na Baixada Santista: crescimento econômico e desigualdade social. Marinez Villela Macedo Brandão 1 André da Rocha Santos 2 Maria Graciela Gonzalez de Morell 3 Felipe Granado

Leia mais

Segregação Residencial e Mercado de Trabalho nos Grandes Espaços Urbanos Brasileiros:

Segregação Residencial e Mercado de Trabalho nos Grandes Espaços Urbanos Brasileiros: Equipe de Trabalho Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Juciano Martins Rodrigues Filipe Souza Corrêa Equipe de Apoio Aline Schindler Arthur Felipe Molina Moreira Marcelo Gomes Ribeiro Thiago Gilibert Bersot

Leia mais

EQUILÍBRIOS E ASSIMETRIAS NA. distribuição da população e do pib. entre núcleo e periferia. nas 15 principais regiões. metropolitanas brasileiras

EQUILÍBRIOS E ASSIMETRIAS NA. distribuição da população e do pib. entre núcleo e periferia. nas 15 principais regiões. metropolitanas brasileiras CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA - COFECON COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL INSTITUTO BRASILIENSE DE ESTUDOS DA ECONOMIA REGIONAL IBRASE EQUILÍBRIOS E ASSIMETRIAS NA distribuição da população e do pib

Leia mais

Conjuntura Urbana. Como Andam. Natal e Recife. Maria do Livramento M. Clementino Maria Ângela de Almeida Souza

Conjuntura Urbana. Como Andam. Natal e Recife. Maria do Livramento M. Clementino Maria Ângela de Almeida Souza Conjuntura Urbana 6 Como Andam Natal e Recife Or g a n i z a d o r a s Maria do Livramento M. Clementino Maria Ângela de Almeida Souza Copyright Maria do Livramento M. Clementino e Maria Ângela de Almeida

Leia mais

Brasilia, 11 novembro 2008 INTEGRAÇÃ ÇÃO METROPOLITANA: O DESAFIO DAS CIDADES. Fernanda Magalhães

Brasilia, 11 novembro 2008 INTEGRAÇÃ ÇÃO METROPOLITANA: O DESAFIO DAS CIDADES. Fernanda Magalhães INTEGRAÇÃ ÇÃO METROPOLITANA: O DESAFIO DAS CIDADES Fernanda Magalhães Marco de Referência A A maioria dos aglomerados urbanos conforma sistemas em rede com forte dependência ncia funcional regional apresentando

Leia mais

Urbanização no Brasil

Urbanização no Brasil Urbanização no Brasil Urbanização é o aumento proporcional da população urbana em relação à população rural. Segundo esse conceito, só ocorre urbanização quando o crescimento da população urbana é superior

Leia mais

Desigualdade e Pobreza na Região Metropolitana de Natal

Desigualdade e Pobreza na Região Metropolitana de Natal Desigualdade e Pobreza na Região Metropolitana de Natal Rita de Cássia da Conceição Gomes AGB Natal/RN Universidade Federal do Rio Grande do Norte ricassia@ufrnet.br Resumo O trabalho é parte da pesquisa

Leia mais

ESTUDO TÉCNICO N.º 03/2015

ESTUDO TÉCNICO N.º 03/2015 ESTUDO TÉCNICO N.º 03/2015 Ações de Inclusão Produtiva segundo Censo SUAS 2013: uma análise sob diversos recortes territoriais. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Habitação

Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Habitação Ministério das Cidades SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE MEJORAMIENTO DE BARRIOS México - 29 e 30 novembro/2004 Programa Habitar Brasil/BID Governo Federal Processo de Urbanização Brasileiro Crescimento da

Leia mais

Doutoranda: Nadir Blatt

Doutoranda: Nadir Blatt Territórios de Identidade no Estado da Bahia: uma análise crítica da regionalização implantada pela estrutura governamental para definição de políticas públicas, a partir da perspectiva do desenvolvimento

Leia mais

EVOLUÇÃO DA FROTA DE AUTOMÓVEIS E MOTOS NO BRASIL 2001 2012 (Relatório 2013)

EVOLUÇÃO DA FROTA DE AUTOMÓVEIS E MOTOS NO BRASIL 2001 2012 (Relatório 2013) OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia EVOLUÇÃO DA FROTA DE AUTOMÓVEIS E MOTOS NO BRASIL 2001 2012 (Relatório 2013) Coordenação Nacional do Observatório das Metrópoles:

Leia mais

A CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL E A PERIFERIZAÇÃO DA MORADIA DAS CAMADAS POPULARES, NA ÁREA CONURBADA DE FLORIANÓPOLIS.

A CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL E A PERIFERIZAÇÃO DA MORADIA DAS CAMADAS POPULARES, NA ÁREA CONURBADA DE FLORIANÓPOLIS. A CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL E A PERIFERIZAÇÃO DA MORADIA DAS CAMADAS POPULARES, NA ÁREA CONURBADA DE FLORIANÓPOLIS. Eixo Temático: Políticas públicas, demandas sociais e a questão

Leia mais

DECRETO Nº. III - criação de estrutura de financiamento pública e transparente para a extensão universitária;

DECRETO Nº. III - criação de estrutura de financiamento pública e transparente para a extensão universitária; DECRETO Nº. Institui o Plano Nacional de Extensão Universitária PNExt Art. 1º Fica instituído o Plano Nacional de Extensão Universitária PNExt constante deste Decreto, com o objetivo de promover a política

Leia mais

InformaçãoPesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanej

InformaçãoPesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanej InformaçãoPesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanej amentopraticainformaçãopesquisaplanejamentopraticainformaçãopesquisaplanejamentopraticainformação PesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanejamentoPraticaInformaçãoPesquisaPlanejamentoPrat

Leia mais

REGIÃO METROPOLITANA NO BRASIL: ASSIM É SE LHE PARECE...

REGIÃO METROPOLITANA NO BRASIL: ASSIM É SE LHE PARECE... REGIÃO METROPOLITANA NO BRASIL: ASSIM É SE LHE PARECE... FIRKOWSKI, Olga Lúcia C. de F. 1 RESUMO Com o texto objetiva-se contribuir para a reflexão acerca das várias faces atribuídas a expressão região

Leia mais

Estudo Estratégico n o 5. Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz

Estudo Estratégico n o 5. Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz Estudo Estratégico n o 5 Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz PANORAMA GERAL ERJ é o estado mais urbano e metropolitano

Leia mais

SEGREGAÇÃO RESIDENCIAL NAS METRÓPOLES E DESIGUALDADE NO MERCADO DE TRABALHO: COR/RAÇA E ESCOLARIDADE

SEGREGAÇÃO RESIDENCIAL NAS METRÓPOLES E DESIGUALDADE NO MERCADO DE TRABALHO: COR/RAÇA E ESCOLARIDADE SEGREGAÇÃO RESIDENCIAL NAS METRÓPOLES E DESIGUALDADE NO MERCADO DE TRABALHO: COR/RAÇA E ESCOLARIDADE Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Marcelo Gomes Ribeiro Fiilipe Souza Corrêa Juciano Martins Rodrigues 1.

Leia mais

TRANSFORMAÇÕES RECENTES NA DINÂMICA URBANA DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL Angela Lúcia Ferreira-UFRN angela.ferreira@pq.cnpq.br

TRANSFORMAÇÕES RECENTES NA DINÂMICA URBANA DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL Angela Lúcia Ferreira-UFRN angela.ferreira@pq.cnpq.br TRANSFORMAÇÕES RECENTES NA DINÂMICA URBANA DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL Angela Lúcia Ferreira-UFRN angela.ferreira@pq.cnpq.br Maria do Livramento M. Clementino-UFRN mlmclementino@gmail.com Introdução

Leia mais

Censo Demográfico - 2000 : Educação: Resultados da Amostra

Censo Demográfico - 2000 : Educação: Resultados da Amostra Comunicação Social 02 de dezembro de 2003 Censo Demográfico - 2000 : Educação: Resultados da Em 2000, 5,8 milhões de brasileiros de 25 anos ou mais de idade tinham o curso superior concluído e proporção

Leia mais

Governança colaborativa entre municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte REDE 10

Governança colaborativa entre municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte REDE 10 GOVERNANÇA METROPOLITANA São Paulo - SP / Junho 2012 Governança colaborativa entre municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte REDE 10 Carlos Augusto de Almeida Dias Secretaria Municipal Adjunta

Leia mais

SL-04. Análise das condições de inserção urbana do Programa Minha Casa Minha Vida nas cidades brasileiras: segregação e negação do direito à cidade

SL-04. Análise das condições de inserção urbana do Programa Minha Casa Minha Vida nas cidades brasileiras: segregação e negação do direito à cidade SL-04. Análise das condições de inserção urbana do Programa Minha Casa Minha Vida nas cidades brasileiras: segregação e negação do direito à cidade Coordenador: Luis Renato Bezerra Pequeno (UFC) Resumo:

Leia mais

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA)

Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades (PMPA) Definições O Plano Municipal de Promoção das Acessibilidades irá conter um programa das intenções necessárias para assegurar a acessibilidade física

Leia mais

URBANIZAÇÃO BRASILEIRA: ALGUNS COMENTÁRIOS. Profa. Dra. Vera Lúcia Alves França

URBANIZAÇÃO BRASILEIRA: ALGUNS COMENTÁRIOS. Profa. Dra. Vera Lúcia Alves França URBANIZAÇÃO BRASILEIRA: ALGUNS COMENTÁRIOS Profa. Dra. Vera Lúcia Alves França A década de 1930 do século XX traz para a população brasileira um novo momento, quanto a sua distribuição. Até então, a população

Leia mais

DECLARAÇÃO DE BRASÍLIA

DECLARAÇÃO DE BRASÍLIA DECLARAÇÃO DE BRASÍLIA Os Governadores e Governadoras, Intendentas e Intendentes, Prefeitas e Prefeitos do MERCOSUL reunidos no dia 16 de julho de 2015, na cidade de Brasília DF, por meio do Foro Consultivo

Leia mais

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada 1 O Projeto Litoral Sustentável 1ª Fase (2011/2012): Diagnósticos municipais (13 municípios) Diagnóstico regional (Já integralmente

Leia mais

CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA

CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA CARTA DO PARANÁ DE GOVERNANÇA METROPOLITANA Em 22 e 23 de outubro de 2015, organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano SEDU, por meio da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba COMEC,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL INSTITUTOS DO MILÊNIO PROJETO: Observatório das Metrópoles: território, coesão social e governança democrática:

Leia mais

Observatório das Metrópoles

Observatório das Metrópoles Direito à Cidade e a Segregação Residencial: desafios do Estatuto da Cidade Prof. Luiz César de Queiroz Ribeiro Observatório das Metrópoles A aprovação do Estatuto da Cidade marca nova etapa na política

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA POPULAÇÃO DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL : Projeção intra-urbana para 2020

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA POPULAÇÃO DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL : Projeção intra-urbana para 2020 DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA POPULAÇÃO DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL : Projeção intra-urbana para 2020 Flávio Henrique Miranda de Araújo Freire Rosiana Clélia Barbosa de Andrade Cirne Joudson Medeiros de

Leia mais

Projeção populacional intra-urbana para 2020 da Região Metropolitana de Natal

Projeção populacional intra-urbana para 2020 da Região Metropolitana de Natal Projeção populacional intra-urbana para 2020 da Região Metropolitana de Natal Flávio Henrique Miranda de Araújo Freire Rosiana Clélia Barbosa de Andrade Cirne Joudson Medeiros de Oliveira Palavras-chave:

Leia mais

A QUESTÃO FEDERATIVA NA DEFINIÇÃO DA POLITICA PÚBLICAS URBANAS NO BRASIL

A QUESTÃO FEDERATIVA NA DEFINIÇÃO DA POLITICA PÚBLICAS URBANAS NO BRASIL A QUESTÃO FEDERATIVA NA DEFINIÇÃO DA POLITICA PÚBLICAS URBANAS NO BRASIL 1 O PACTO FEDERATIVO E A QUESTÃO FISCAL As dificuldades oriundas do federalismo brasileiro vêm ganhando cada vez mais espaço na

Leia mais

SALA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO SUPERIOR

SALA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO SUPERIOR SALA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO SUPERIOR Metas PNE - Meta 12 Elevar a taxa bruta de matrícula na Educação Superior para 50% (cinquenta por cento) e a taxa líquida para 33% (trinta e três por cento) da população

Leia mais

Vínculo institucional: FADERS e PUCRS Faculdade de Serviço Social / Atuação: Professora e Pesquisadora da FSS/ graduação e pós-graduação

Vínculo institucional: FADERS e PUCRS Faculdade de Serviço Social / Atuação: Professora e Pesquisadora da FSS/ graduação e pós-graduação PROJETO DE PESQUISA: Condições de Acesso das Pessoas com Deficiência às Universidades do RS Responsável: Profa Dra Idília Fernandes Vínculo institucional: FADERS e PUCRS Faculdade de Serviço Social / Atuação:

Leia mais

III Conferência Municipal de Política Urbana ESTUDOS URBANOS Transformações recentes na estrutura urbana

III Conferência Municipal de Política Urbana ESTUDOS URBANOS Transformações recentes na estrutura urbana III Conferência Municipal de Política Urbana ESTUDOS URBANOS Transformações recentes na estrutura urbana PBH/SMURBE Núcleo de Planejamento Urbano da Secretaria Municipal de Políticas Urbanas de Belo Horizonte

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO URBANO SEDURB DIRETORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO URBANO SEDURB DIRETORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO URBANO SEDURB DIRETORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS Seminário Internacional Planejamento Urbano em Região Metropolitana - O caso de Aracaju Aracaju,

Leia mais

Escola de Políticas Públicas

Escola de Políticas Públicas Escola de Políticas Públicas Política pública na prática A construção de políticas públicas tem desafios em todas as suas etapas. Para resolver essas situações do dia a dia, é necessário ter conhecimentos

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Seminário "Região Metropolitana de São Paulo: dinâmicas sócio-espaciais e políticas públicas" Observatório das Metrópoles- São Paulo 29 e 30 de Outubro - sala 117-A PUC-SP PROGRAMA Dia 29 de Outubro das

Leia mais

Manual Site do ObservaPOA

Manual Site do ObservaPOA Manual Site do ObservaPOA Este manual tem como finalidade auxiliar no manuseio do site do Observatório da Cidade de Porto Alegre. O site disponibiliza informações sobre a cidade de Porto Alegre privilegiando

Leia mais

Ind020104RM - Taxa de mortalidade infantil, por ano, segundo região metropolitana e escolaridade da mãe

Ind020104RM - Taxa de mortalidade infantil, por ano, segundo região metropolitana e escolaridade da mãe Ind020104RM Taxa de mortalidade infantil, por ano, segundo região metropolitana e escolaridade da mãe Indicador Taxa de mortalidade infantil Descrição Número de óbitos de menores de um ano de idade, por

Leia mais

PROJETO ANÁLISE DAS REGIÕES METROPOLITANAS DO BRASIL RELATÓRIO DE PESQUISA. Como Anda A Metrópole Goianiense

PROJETO ANÁLISE DAS REGIÕES METROPOLITANAS DO BRASIL RELATÓRIO DE PESQUISA. Como Anda A Metrópole Goianiense OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES INSTITUTO DE PESQUISA E PLANJEAMENTO URBANO E REGIONAL (IPPPU) FEDERAÇÃO DE ÓRGÃOS PARA ASSISTÊNCIA SOCIAL E EDUCACIONAL (FASE) PROJETO ANÁLISE DAS REGIÕES METROPOLITANAS DO

Leia mais

CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO

CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO Nas últimas décadas a exclusão social tornou-se assunto de importância mundial nos debates sobre planejamento e direcionamento de políticas públicas (Teague & Wilson, 1995). A persistência

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DETALHADO

PLANO DE TRABALHO DETALHADO [PRODUTO 1] PLANO DE TRABALHO DETALHADO Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável para Região Metropolitana de Natal NATAL METRÓPOLE 2020 Governo do Estado do Rio Grande do Norte Recife, agosto

Leia mais

O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015

O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015 O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015 A potencialidade de consumo dos brasileiros deve chegar a R$ 3,730 trilhões neste ano, ao mesmo tempo em que revela significativo aumento dos

Leia mais

Projeto Cidade da Copa : influência na mobilidade da Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco

Projeto Cidade da Copa : influência na mobilidade da Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco Danilo Corsino de Queiróz Albuquerque¹ Ana Regina Marinho Dantas Barboza da Rocha Serafim² ¹Graduando do 5º Período no Curso de Licenciatura em Geografia pela Universidade de Pernambuco (UPE), E-mail:

Leia mais

Carta de Campinas 1) QUANTO AO PROBLEMA DO MANEJO DAS CRISES E REGULAÇÃO DA PORTA DE INTERNAÇÃO E URGÊNCIA E EMERGÊNCIA,

Carta de Campinas 1) QUANTO AO PROBLEMA DO MANEJO DAS CRISES E REGULAÇÃO DA PORTA DE INTERNAÇÃO E URGÊNCIA E EMERGÊNCIA, Carta de Campinas Nos dias 17 e 18 de junho de 2008, na cidade de Campinas (SP), gestores de saúde mental dos 22 maiores municípios do Brasil, e dos Estados-sede desses municípios, além de profissionais

Leia mais

Status, Cor e Desigualdades Socioespaciais nos Grandes Espaços Urbanos Brasileiros:

Status, Cor e Desigualdades Socioespaciais nos Grandes Espaços Urbanos Brasileiros: Equipe de Trabalho Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Juciano Martins Rodrigues Filipe Souza Corrêa Equipe de Apoio Aline Schindler Arthur Felipe Molina Moreira Marcelo Gomes Ribeiro Thiago Gilibert Bersot

Leia mais

SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs.

SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs. SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs. CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO: 01 - Processo nº 25/2006 Unidade Universitária:

Leia mais

DETERMINANTES DA VIOLÊNCIA NO BRASIL

DETERMINANTES DA VIOLÊNCIA NO BRASIL ESTUDO DETERMINANTES DA VIOLÊNCIA NO BRASIL Luciana da Silva Teixeira Consultora Legislativa da Área IX Política e Planejamento Econômicos, Desenvolvimento Econômico, Economia Internacional ESTUDO NOVEMBRO/2004

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira CRÉDITO ESPECIAL NA FUNASA/MS (SANEAMENTO EM RM E RIDE) - PLN Nº 13, DE 2005-CN - Sidney A. Bittencourt e Mário Luis G. de Souza Núcleo da Saúde Julho/2005 Endereço na Internet: http://www.camara.gov.br

Leia mais

REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO

REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO PROGRAMA NACIONAL DE ESTRUTURAÇÃO DE DESTINOS TURÍSTICOS (Documento base Câmara Temática de Regionalização) Brasília, 08.02.2013 SUMÁRIO 1. CONTEXTUALIZAÇÃO... 2 2. DIRETRIZES...

Leia mais

Tendências na organização social do território das metrópoles

Tendências na organização social do território das metrópoles Tendências na organização social do território das metrópoles UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL INSTITUTOS DO MILÊNIO PROJETO: Observatório das

Leia mais

Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais PRONAT. Gestão Social e Desenvolvimento Territorial

Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais PRONAT. Gestão Social e Desenvolvimento Territorial Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais PRONAT Gestão Social e Desenvolvimento Territorial Antecedentes Questões relevantes (últimas décadas) Esgotamento do modelo de desenvolvimento

Leia mais

O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes

O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes Com o objetivo de garantir a presença da população na construção e no planejamento de políticas públicas, o Governo de Minas Gerais instituiu

Leia mais

Seminário de Estruturação do Observatório do Desenvolvimento Regional Observa-DR. Relato das atividades

Seminário de Estruturação do Observatório do Desenvolvimento Regional Observa-DR. Relato das atividades Seminário de Estruturação do Observatório do Desenvolvimento Regional Observa-DR Relato das atividades No dia 16 de abril de 2012 realizou-se o Seminário de Estruturação do Observatório do Desenvolvimento

Leia mais

População e PIB das cidades médias crescem mais que no resto do Brasil

População e PIB das cidades médias crescem mais que no resto do Brasil RELEASE 17 de JULHO de 2008. População e PIB das cidades médias crescem mais que no resto do Brasil Aumentos de riquezas e de habitantes nas cidades com 100 mil a 500 mil, neste século, superam a média

Leia mais

BOLETIM. Taxa de desemprego anual na RMSP é a menor em 20 anos

BOLETIM. Taxa de desemprego anual na RMSP é a menor em 20 anos A taxa média anual de desemprego, na Região Metropolitana de São Paulo RMSP, diminuiu de 11,9% para 10,5%, entre 2010 e 2011, atingindo seu menor valor nos últimos 20 anos. Essa é uma das informações divulgadas

Leia mais

A METODOLOGIA DO CONE E SUA APLICABILIDADE NO ESTUDO DA POLÍTICA DE SANEAMENTO BÁSICO NO NÚCLEO DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL/BRASIL

A METODOLOGIA DO CONE E SUA APLICABILIDADE NO ESTUDO DA POLÍTICA DE SANEAMENTO BÁSICO NO NÚCLEO DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL/BRASIL A METODOLOGIA DO CONE E SUA APLICABILIDADE NO ESTUDO DA POLÍTICA DE SANEAMENTO BÁSICO NO NÚCLEO DA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL/BRASIL Marcela Fernanda da Paz de Souza Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

A REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE HISTÓRICO E SISTEMA DE GOVERNANÇA

A REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE HISTÓRICO E SISTEMA DE GOVERNANÇA A REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE HISTÓRICO E SISTEMA DE GOVERNANÇA Weslley Cantelmo 14 de julho de 2015 Histórico DA INSTITUIÇÃO AO MODELO DE GOVERNANÇA Histórico Criação da RMBH Lei Complementar

Leia mais

Programa de Estudos e Pesquisas 2009

Programa de Estudos e Pesquisas 2009 Programa de Estudos e Pesquisas 2009 DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Ana Paula Vitali Janes Vescovi Rodrigo Lorena Redirecionamento Estratégico IJSN Missão "Prover conhecimento social, econômico e territorial

Leia mais