REINO ANIMAL PORÍFEROS CNIDÁRIOS PLATELMINTOS NEMATELMINTOS ANELÍDEOS MOLUSCOS ARTRÓPODES EQUINODERMOS CORDADOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REINO ANIMAL PORÍFEROS CNIDÁRIOS PLATELMINTOS NEMATELMINTOS ANELÍDEOS MOLUSCOS ARTRÓPODES EQUINODERMOS CORDADOS"

Transcrição

1 REINO ANIMAL PORÍFEROS CNIDÁRIOS PLATELMINTOS NEMATELMINTOS ANELÍDEOS MOLUSCOS ARTRÓPODES EQUINODERMOS CORDADOS

2

3

4

5

6

7

8 NÃO POSSUI TECIDOS VERDADEIROS (ESPECIALIZADOS). DIGESTÃO É INTRACELULAR. PORÍFEROS

9 CÉLULA FLAGELADA: MOVIMENTO DE ÁGUA E ALIMENTO. PORÍFEROS

10 CNIDÁRIOS

11 CNIDÁRIOS SURGEM TECIDOS VERDADEIROS: DIGESTÃO ACONTECE EM UMA CAVIDADE ESPECIALIZADA: DIGESTIVA.

12 CNIDÁRIOS

13 CNIDÁRIOS CNIDOBLASTO OU NEMATOCISTO: CÉLULA COM FILAMENTO URTICANTE PARA DEFESA OU CAPTURA DE ALIMENTO.

14 VERMES PLATELMINTOS NEMATELMINTOS ANELÍDEOS TODOS SÃO TRIBLÁSTICOS

15 OS DIBLÁSTICOS POSSUEM APENAS DOIS FOLHETOS EMBRIONÁRIOS: ENDODERME E ECTODERME. O TERCEIRO FOLHETO APARECE ENTRE OS DOIS. (MESODERME)

16

17 PLATELMINTOS ACELOMADOS VERMES NEMATELMINTOS PSEUDOCELOMADOS ANELÍDEOS 1 CELOMADO

18 PLATELMINTOS: VERMES ACHATADOS

19 PLATELMINTOS TRIBLÁSTICOS: 3 FOLHETOS EMBRIONÁRIOS ACELOMADOS TUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETO: BOCA VIDA LIVRE: PLANÁRIA

20 PLATELMINTOS TRIBLÁSTICOS: 3 FOLHETOS EMBRIONÁRIOS ACELOMADOS TUBO DIGESTÓRIO INCOMPLETO: BOCA ENDO-PARASITAS ESCÓLEX

21 NEMATELMINTOS: VERMES CILÍNDRICOS

22 NEMATELMINTOS: VERMES CILÍNDRICOS TRIBLÁSTICOS: 3 FOLHETOS EMBRIONÁRIOS PSEUDOCELOMADOS TUBO DIGESTÓRIO COMPLETOS: BOCA E ÂNUS VIDA LIVRE OU ENDO-PARASITAS

23 NEMATELMINTOS: VERMES CILÍNDRICOS

24 ANELÍDEOS: VERMES SEGMENTADOS (ANÉIS)

25 ANELÍDEOS: VERMES SEGMENTADOS (ANÉIS) TRIBLÁSTICOS: 3 FOLHETOS EMBRIONÁRIOS CELOMADOS TUBO DIGESTÓRIO COMPLETOS: BOCA E ÂNUS SISTEMA CIRCULATÓRIO FECHADO VIDA LIVRE OU ECTO-PARASITAS CERDAS

26 ANELÍDEOS: VERMES SEGMENTADOS (ANÉIS) SISTEMA CIRCULATÓRIO FECHADO

27 ANELÍDEOS: VERMES SEGMENTADOS (ANÉIS) POUCAS CERDAS: OLIGOQUETA (MINHOCA) MUITAS CERDAS: POLIQUETAS AUSÊNCIA DE CERDAS: HIRUDÍNEOS (SANGUESSUGA)

28 MOLUSCOS TRIBLÁSTICOS CELOMADOS TUBO DIGESTÓRIO COMPLETO PULMÕES OU BRÂNQUIAS RINS CONCHA CORPO MOLE 3 CLASSES: GASTRÓPODES, CEFALÓPODES E BIVALVES.

29 MOLUSCOS GASTRÓPODES TERRESTRES E AQUÁTICOS. CONCHA ÚNICA.

30 MOLUSCOS CEFALÓPODES MARINHOS. CONCHA INTERNA OU EXTERNA. GLÂNDULA DE TINTA.

31 MOLUSCOS BIVALVES CONCHA DUPLA ARTICULADA. FILTRADORES. SÉSSEIS (FIXOS).

32 MANTO SECRETA NACA. MOLUSCOS

33 MOLUSCOS

34 MOLUSCOS HERBÍVOROS, CARNÍVOROS, FILTRADORES. BRÂNQUIAS OU PULMÕES. SISTEMA CIRCULATÓRIO ABERTO OU FECHADO.

35 MANTO MOLUSCOS

36 RÁDULA: ESTRUTURA RASPADORA (ALIMENTAÇÃO). EXCETO BIVALVES. MOLUSCOS

37 MOLUSCOS

38 REINO ANIMAL ARTRÓPODES GRANDE VARIABILIDADE E DISTRIBUIÇÃO EXOESQUELETO DE QUITINA: ECDISE APÊNDICES ARTICULADOS: PERNAS 5 CLASSES: INSETOS, ARACNÍDEOS, CRUSTÁCEOS, QUILÓPODES E DIPLÓPODES.

39 ECDISE: PROCESSO EXÚVIA: EXOESQUELETO

40 INSTAR: FASE PÓS-MUDA ECDISE: MUDA

41 REINO ANIMAL INSETOS CORPO DIVIDIDO EM TRÊS: CABEÇA, TÓRAX E ABDÔMEN. DUAS ANTENAS (UM PAR).

42 REINO ANIMAL INSETOS CORPO DIVIDIDO EM TRÊS: CABEÇA, TÓRAX E ABDÔMEN. DUAS ANTENAS (UM PAR). SEIS PERNAS (TRÊS PARES). RESPIRAÇÃO TRAQUEAL.

43 RESPIRAÇÃO TRAQUEAL REINO ANIMAL

44 RESPIRAÇÃO TRAQUEAL OS SISTEMAS CIRCULATÓRIO E RESPIRATÓRIO SÃO INDEPENDENTES. AO CONTRÁRIO DO QUE OCORRE NOS CORDADOS VERTEBRADOS.

45 POLINIZADORES

46 CLASSIFICAÇÃO DE ACORDO COM O TIPO DE DESENVOLVIMENTO. METAMORFOSE

47 REINO ANIMAL ARACNÍDEOS CORPO DIVIDIDO EM DOIS: CEFALOTÓRAX E ABDÔMEN. NÃO POSSUEM ANTENAS. OITO PERNAS (QUATRO PARES). ARANHAS ESCORPIÕES CARRAPATOS ÁCAROS

48 TARÂNTULAS E CARANGUEJEIRAS

49 ARANHA MARROM VIÚVA-NEGRA ARMADEIRA

50 PALPOS: PINÇAS

51 ÁCAROS OPILIÕES

52 CARRAPATOS

53 REINO ANIMAL CRUSTÁCEOS CORPO DIVIDIDO EM DOIS: CEFALOTÓRAX E ABDÔMEN. QUATRO ANTENAS (DOIS PARES). QUANTIDADE DE PERNAS É VARIÁVEL. RESPIRAÇÃO FILOBRANQUIAL (AQUÁTICOS) OU TRAQUEAL (TERRESTRES). SIRIS CARANGUEJOS CAMARÕES LAGOSTAS

54 CRUSTÁCEOS RESPIRAÇÃO FILOBRANQUIAL. RESPIRAÇÃO TRAQUEAL.

55

56

57

58 TATU-BOLA (MAMÍFERO) TATUZINHO TATU DE JARDIM CRUSTÁCEO TERRESTRE

59 QUILÓPODES X DIPLÓPODES ANTENAS LONGAS. UM PAR DE PERNAS POR SEGMENTO. CARNÍVOROS. VENENOSOS. ANTENAS CURTAS. DOIS PARES DE PERNAS POR SEGMENTO. HERBÍVOROS.

60 REINO ANIMAL EQUINODERMOS SISTEMA AMBULACRAL. DEUTEROSTÔMIOS.

61 REINO ANIMAL EQUINODERMOS SISTEMA AMBULACRAL (AQUÍFERO) RELACIONADO À ALIMENTAÇÃO, CIRCULAÇÃO, EXCREÇÃO, LIBERAÇÃO DE GAMETAS E LOCOMOÇÃO.

62 EQUINODERMOS SISTEMA AMBULACRAL.

63 REINO ANIMAL EQUINODERMOS DEUTEROSTÔMIOS.

64

65 DEUTEROSTÔMIOS: BLASTÓPORO ORIGINA O ÂNUS. PROTOSTÔMIOS: BLASTÓPORO ORIGINA A BOCA.

66 SÃO PROTOSTÔMIOS: PLATELMINTOS, NEMATELMINTOS, ANELÍDEOS, MOLUSCOS E ARTRÓPODES. SÃO DEUTEROSTÔMIOS: APENAS EQUINODERMOS E CORDADOS.

67 REINO ANIMAL CORDADOS

68 REINO ANIMAL CORDADOS ASCÍDIAS (UROCORDADOS) UROCORDADOS CEFALOCORDADOS VERTEBRADOS ANFIOXO (UM CEFALOCORDADO)

69 REINO ANIMAL CORDADOS UROCORDADOS CEFALOCORDADOS VERTEBRADOS CARACTERÍSTICAS COMUNS A TODOS OS CORDADOS: SISTEMA NERVOSO DORSAL. CAUDA PÓS ANAL. FENDAS BRANQUIAIS PARES NA LARINGE. NOTOCORDA EM ALGUM PARTE DO DESENVOLVIMENTO.

70 REINO ANIMAL CORDADOS IDENTIFICANDO AS CARACTERÍSTICAS DE CORDADOS, NO ANFIOXO.

71 REINO ANIMAL CORDADOS

72 REINO ANIMAL CORDADOS

73 REINO ANIMAL CORDADOS VERTEBRADOS NOTOCORDA ORIGINA A COLUNA VERTEBRAL.

74 REINO ANIMAL CORDADOS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS

75 REINO ANIMAL CORDADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS

76 REINO ANIMAL PEIXES AGNATOS: PEIXES SEM MANDÍBULA CONDRICTES: PEIXES CARTILAGINOSOS OSTEÍCTES: PEIXES ÓSSEOS EXCREÇÃO DE AMÔNIA. NADADEIRAS. BRÂNQUIAS. GLÂNDULAS DE MUCO.

77 REINO ANIMAL PEIXES PEIXES ÓSSEOS

78 PEIXES ÓSSEOS OPÉCULO ÓSSEO COBRINDO AS BRÂNQUIAS. MUSCULATURA SEGMENTADA.

79 PEIXES CARTILAGINOSOS (QUIMERAS, TUBARÕES E RAIAS) ABERTURA BRANQUIAL VISÍVEL. CALCIFICAÇÃO SECUNDÁRIA.

80 PEIXES CARTILAGINOSOS (QUIMERAS, TUBARÕES E RAIAS) ABERTURA BRANQUIAL VISÍVEL. CALCIFICAÇÃO SECUNDÁRIA.

81 REINO ANIMAL ANFÍBIOS

82 REINO ANIMAL ANFÍBIOS METAMORFOSE. ADAPTAÇÕES AO HÁBITO SALTADOR. GLÂNDULAS DE MUCO. CIRCULAÇÃO E RESPIRAÇÃO.

83 REINO ANIMAL ANFÍBIOS METAMORFOSE. ADAPTAÇÕES AO HÁBITO SALTADOR. GLÂNDULAS DE MUCO. CIRCULAÇÃO E RESPIRAÇÃO. JOVEM: BRÂNQUIAS E CAUDA ADULTO: PULMÕES

84 REINO ANIMAL ANFÍBIOS METAMORFOSE. ADAPTAÇÕES AO HÁBITO SALTADOR. GLÂNDULAS DE MUCO. CIRCULAÇÃO E RESPIRAÇÃO.

85 REINO ANIMAL ANFÍBIOS METAMORFOSE. ADAPTAÇÕES AO HÁBITO SALTADOR. GLÂNDULAS DE MUCO. CIRCULAÇÃO E RESPIRAÇÃO.

86 REINO ANIMAL ANFÍBIOS METAMORFOSE. ADAPTAÇÕES AO HÁBITO SALTADOR. GLÂNDULAS DE MUCO. CIRCULAÇÃO E RESPIRAÇÃO.

87 REINO ANIMAL ANFÍBIOS METAMORFOSE. ADAPTAÇÕES AO HÁBITO SALTADOR. GLÂNDULAS DE MUCO. CIRCULAÇÃO E RESPIRAÇÃO.

88 REINO ANIMAL ANFÍBIOS METAMORFOSE. ADAPTAÇÕES AO HÁBITO SALTADOR. GLÂNDULAS DE MUCO. CIRCULAÇÃO E RESPIRAÇÃO. PULMÕES SIMPLES E RESPIRAÇÃO CUTÂNEA. CIRCULAÇÃO DUPLA E INCOMPLETA.

89 REINO ANIMAL RÉPTEIS

90 REINO ANIMAL RÉPTEIS REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO INDEPENDENTES DA ÁGUA. ADAPTAÇÕES AO MEIO TERRESTRE. CIRCULAÇÃO.

91 REINO ANIMAL RÉPTEIS REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO INDEPENDENTES DA ÁGUA. ADAPTAÇÕES AO MEIO TERRESTRE. CIRCULAÇÃO. QUERATINA (ESCAMAS/PLACAS)

92 REINO ANIMAL RÉPTEIS REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO INDEPENDENTES DA ÁGUA. ADAPTAÇÕES AO MEIO TERRESTRE. CIRCULAÇÃO. OVOS AMNIÓTICOS

93 REINO ANIMAL RÉPTEIS REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO INDEPENDENTES DA ÁGUA. ADAPTAÇÕES AO MEIO TERRESTRE. CIRCULAÇÃO.

94 REINO ANIMAL RÉPTEIS REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO INDEPENDENTES DA ÁGUA. ADAPTAÇÕES AO MEIO TERRESTRE. CIRCULAÇÃO. CIRCULAÇÃO VENOSA E CIRCULAÇÃO ARTERIAL.

95 REINO ANIMAL MAMÍFEROS

96 REINO ANIMAL MAMÍFEROS CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS. CLASSIFICAÇÃO. HOMEOTERMIA.

97 REINO ANIMAL MAMÍFEROS CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS. CLASSIFICAÇÃO. HOMEOTERMIA. EPIDERME COM GLÂNDULAS.

98 REINO ANIMAL MAMÍFEROS CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS. CLASSIFICAÇÃO. HOMEOTERMIA. PELOS.

99 REINO ANIMAL MAMÍFEROS CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS. CLASSIFICAÇÃO. HOMEOTERMIA. MONOTREMADOS MARSUPIAIS

100 REINO ANIMAL MAMÍFEROS CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS. CLASSIFICAÇÃO. HOMEOTERMIA. PLACENTÁRIOS

101 REINO ANIMAL MAMÍFEROS CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS. CLASSIFICAÇÃO. HOMEOTERMIA.

102 REINO ANIMAL MAMÍFEROS CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS. CLASSIFICAÇÃO. HOMEOTERMIA.

103 REINO ANIMAL AVES

104 REINO ANIMAL AVES ADAPTAÇÕES AO VOO. ASAS OSSOS PNEUMÁTICOS FUSÕES QUILHA

105 REINO ANIMAL AVES REDUÇÕES ADAPTAÇÕES AO VOO.

106 REINO ANIMAL AVES ADAPTAÇÕES AO VOO.

107 12.11 (SEGUNDA-FEIRA) AVALIAÇÃO 2. LIÇÃO: INDIVIDUAL (LIVRO) PÁGINA 198: DISCURSIVA 5. PÁGINAS 213 A 216: REVISÃO 11, TESTE 7 E DISCURSIVA 3. PÁGINAS 228 A 230: REVISÃO 1 E 9 E DISCURSIVA 3. TRAZER A TABELA DE DOENÇAS.

Aula 4 Os animais. Os seres vivos são classificados nos Reinos:

Aula 4 Os animais. Os seres vivos são classificados nos Reinos: Aula 4 Os animais Os seres vivos apresentam uma diversidade muito grande; a cada ano, novas espécies vêm sendo descritas. Fica compreensível a necessidade de um sistema de classificação para a organização

Leia mais

Flávio Oliveira Higino Email: fohigino@gmail.com

Flávio Oliveira Higino Email: fohigino@gmail.com Flávio Oliveira Higino Email: fohigino@gmail.com O filo é dividido em três classes: Turbelários: Planária (VIDA LIVRE) Trematódeos: Schistosoma sp (PARASITAS) Cestódeos: Taenia sp (PARASITAS) Corpo achatado

Leia mais

BA B.. 0 6 0 6 Inv n e v rt r e t bra r dos o s m ais s si s m i ple l s s ( p ( la l t a e t lm l in i t n o t s o ) s Apostila 1 Pág.

BA B.. 0 6 0 6 Inv n e v rt r e t bra r dos o s m ais s si s m i ple l s s ( p ( la l t a e t lm l in i t n o t s o ) s Apostila 1 Pág. BA. 06 Invertebrados mais simples (platelmintos) Apostila 1 Pág. 34 REINO ANIMAL OU METAZOA -Pluricelular Eucarionte Heterótrofo - sem parede celular - PORÍFEROS Esponjas - CNIDÁRIOS Águas vivas, corais,

Leia mais

Características Gerais dos Animais

Características Gerais dos Animais Características Gerais dos Animais 0 Reino Animalia ou Metazoa é formado por organismos pluricelulares; heterótrofos e eucariontes. No entanto, entre eles alguns não formam órgãos e portanto não apresentam

Leia mais

Respostas. Capítulo 21: O filo artrópodes (II)

Respostas. Capítulo 21: O filo artrópodes (II) Respostas Capítulo 21: O filo artrópodes (II) 1. E Ao se observar a situação experimental da questão se conclui que com relação às formigas (artrópodes da classe dos insetos) o olfato é o sentido utilizado

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS REINO ANIMAL - INVERTEBRADOS

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS REINO ANIMAL - INVERTEBRADOS UFRGS REINO ANIMAL - INVERTEBRADOS 1. (Ufrgs 2015) Com base nas características dos moluscos, assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo. ( ) Os moluscos apresentam simetria radial.

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos PARNAMIRIM - RN Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto E Raphaella Madruga. Nematódeo Vermes de corpo cilíndrico, coberto por cutícula. Apresentam sexos separados (dimorfismo sexual

Leia mais

Triblásticos Celomados

Triblásticos Celomados Biologia Móds. 19/20 Setor 1403 Os Cordados Prof. Rafa Características: Triblásticos Celomados ectoderme intestino mesoderme celoma cavidade corporal na mesoderme endoderme Características: Deuterostômios:

Leia mais

Organização do corpo superior a tecidos, como órgãos e sistemas. Filo Chordata (Cordados) Protocordados (termo sem valor taxonômico)

Organização do corpo superior a tecidos, como órgãos e sistemas. Filo Chordata (Cordados) Protocordados (termo sem valor taxonômico) INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ZOOLOGIA. ENTENDA OS PRINCIPAIS CONCEITOS! Zoologia: é o ramo da Biologia que estuda os animais Reino Animal: Eucariontes, pluricelulares, isolados ou coloniais, heterótrofos (obtêm

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS. Reino Animalia

CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS. Reino Animalia CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS Reino Animalia Organização do corpo e principais filos São pluricelulares, eucariontes e heterótrofos Apresentam grande diversidade (1 milhão de espécies distribuídas

Leia mais

Bimestr e: Data: Nome : Disciplina Ciências Valor da Prova / Atividade: 7 ANO Nº Ângela. Professo r:

Bimestr e: Data: Nome : Disciplina Ciências Valor da Prova / Atividade: 7 ANO Nº Ângela. Professo r: Data: Bimestr e: 4 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: Professo r: 7 ANO Nº Ângela Nota: Objetivo/ Instruções: Lista de Recuperação 1.Assinale a alternativa CORRETA: É encontrada apenas

Leia mais

Zoologia. Escala zoológica. Celenterados

Zoologia. Escala zoológica. Celenterados Zoologia Escala zoológica Cnidários Habitat modo de vida Todos de vida livre, fixos ou moveis Podem ser individuais ou coloniais Embriologia Tipos morfológicos Pólipo boca cavidade gástrica cavidade gástrica

Leia mais

Cara-a-cara com o Reino Animal

Cara-a-cara com o Reino Animal Cara-a-cara com o Reino Animal Vivian Lavander Mendonça, Renata Moretti e Sônia Lopes Departamento de Zoologia Instituto de Biociências Universidade de São Paulo Resumo O jogo é constituído por conjuntos

Leia mais

FILO CHORDATA. Cordados

FILO CHORDATA. Cordados FILO CHORDATA Cordados Cordados Notocorda Triblásticos Deuterostômios Simetria Bilateral Epineuro Celomados 2 Características presentes em todos Notocorda; Fendas na faringe; Tubo nervoso dorsal; Cauda

Leia mais

1. Os óvulos de aves e répteis, por possuírem grande quantidade vitelo no pólo vegetativo, denominam-se:

1. Os óvulos de aves e répteis, por possuírem grande quantidade vitelo no pólo vegetativo, denominam-se: 1. Os óvulos de aves e répteis, por possuírem grande quantidade vitelo no pólo vegetativo, denominam-se: a) oligolécitos b) heterolécitos c) mediolécitos d) telolécitos e) centrolécitos 2. O esquema abaixo

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 56 REINO ANIMAL ocelos (olhos) superfície dorsal faringe boca superfície ventral cabeça ou escólex colo no homem tronco ou estróbilo autofecundação tênia adulta cisticerco no

Leia mais

01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que:

01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que: Aula n ọ 02 01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que: a) utilizam-se do ar atmosférico para respirar através de pulmão. b) o caramujo

Leia mais

Lista 2º ano/1ºtrim Biologia/prof. Karina CFNP

Lista 2º ano/1ºtrim Biologia/prof. Karina CFNP 1. (Ufg 2014) Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária. 02) Animais em que o blastóporo dá origem a boca e posteriormente surge o ânus são denominados deuterostômios.

Leia mais

Gabarito de Biologia Frente 2

Gabarito de Biologia Frente 2 Gabarito de Biologia Frente 2 Módulo 09 Moluscos e Anelídeos Questão 01 A Nestes animais apenas um plano corta o animal em partes simétricas (simetria bilateral). Apresentam uma cavidade corpórea tatalmente

Leia mais

BIOLOGIA III Volume 1 RESOLUÇÕES DE EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1

BIOLOGIA III Volume 1 RESOLUÇÕES DE EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 1 BIOLOGIA III Volume 1 RESOLUÇÕES DE EXERCÍCIOS TAREFA DE CASA (BLOCO 01) 01. C A reprodução pode ocorrer entre tipos ou subespécies diferentes (raças), mas os indivíduos devem ser da mesma espécie

Leia mais

7. ZOOLOGIA QUESTÕES: 63-79

7. ZOOLOGIA QUESTÕES: 63-79 7. ZOOLOGIA QUESTÕES: 63-79 QUESTÃO - 63 Sobre os vermes do gênero taenia, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). 01. A taenia solium é um asquelminto do grupo trematoda. 02. A teníase é causada pela

Leia mais

a) Indique a que filo cada um dos animais pertence: A: B:

a) Indique a que filo cada um dos animais pertence: A: B: valiação 1. baixo, temos a imagem de dois animais marinhos. mbos são muito simples estruturalmente. Observe ambos e responda aos questionamentos. Imagin/rchivo SM/ID/ES Imagin/rchivo SM/ID/ES a) Indique

Leia mais

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário Características gerais dos animais Eucariontes; Pluricelulares; Heterótrofos; Simetria bilateral, radial ou assimétricos; REINO ANIMALIA CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS Principais filos Porífera: esponjas;

Leia mais

Biologia. AIDS, dengue e gripe

Biologia. AIDS, dengue e gripe 01 - (PUC SP) Os recifes de corais são formados por colônias de animais providos de um esqueleto que protege um grande número de pólipos. Os animais presentes nos corais pertencem ao mesmo filo que a)

Leia mais

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia FILOS ANIMAIS FILO CHORDATA O filo apresenta cerca de 50.000 espécies distribuídas entre protocordados e vertebrados. Protocordados cordados mais simples, pequenos e exclusivamente marinhos não são muito

Leia mais

6) Assinale a alternativa que mostra o filo, cujos representantes são os animais menos complexos.

6) Assinale a alternativa que mostra o filo, cujos representantes são os animais menos complexos. ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 Aluno: Ano Atual Data : Matéria: Turno: Valor :70pontos Nota:

Leia mais

BIOLOGIA ZOOLOGIA PROF ESTEVAM REINO ANIMAL

BIOLOGIA ZOOLOGIA PROF ESTEVAM REINO ANIMAL BIOLOGIA ZOOLOGIA PROF ESTEVAM CONTEÚDO: Os diversos filos animais REINO ANIMAL FILO PROTOZOA (Proto = primeiro, primitivo e Zoon = animal) Classe Rhizopoda amebas. Classe Ciliata paramécios. Classe Flagelata

Leia mais

ARTRÓPODES PROF. MARCELO MIRANDA

ARTRÓPODES PROF. MARCELO MIRANDA ARTRÓPODES Filo Arthropoda (Artrópodes) Do grego, arthros = articulado e podos = pés; É o filo mais abundante em quantidade de espécies descritas (~1 milhão); Vivem em praticamente todos os tipos de ambientes;

Leia mais

Biologia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Biologia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 (Fuvest 2010) Um determinado animal adulto é desprovido de crânio e apêndices articulares. Apresenta corpo alongado e cilíndrico. Esse

Leia mais

Filo Porífera. Esponjas

Filo Porífera. Esponjas Filo Porífera Esponjas Filo Porifera Osculo Átrio Pinacócitos Amebócito poros Porocito Espícula Flagelo Esponja Mesogléia Coanócito Gonócito Pinacócito Espícula Átrio Póro Porócito Arqueócito Meio Externo

Leia mais

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta.

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. 12. Cordados 1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos vertebrados, exceto: a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. b) sistema excretor com néfrons

Leia mais

Resoluções de Exercícios

Resoluções de Exercícios Resoluções de Exercícios BIOLOGIA IV 01 Embriologia Humana A espermatogônia é uma célula diploide (2n) e o espermatócito II é uma célula haploide (n), portanto, a espermatogônia terá o dobro do número

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Biologia I 2º ano Professor Leandro

Exercícios com Gabarito de Biologia I 2º ano Professor Leandro 1. O 'Ancylostoma' é um parasita intestinal que provoca o "amarelão", doença que se pode adquirir: a) por picada de um hemíptero (barbeiro). b) comendo carne de porco mal cozida. c) comendo carne bovina

Leia mais

Gabarito: GABARITO- 2ª CHAMADA- 1º ANO QUIMICA- EDUARDO. Resposta da questão 1: [B] Resposta da questão 2: [D] Resposta da questão 3: [D]

Gabarito: GABARITO- 2ª CHAMADA- 1º ANO QUIMICA- EDUARDO. Resposta da questão 1: [B] Resposta da questão 2: [D] Resposta da questão 3: [D] GABARITO- 2ª CHAMADA- 1º ANO QUIMICA- EDUARDO Gabarito: Resposta da questão 1: [B] Resposta da questão 2: [D] Resposta da questão 3: [D] Resposta da questão 4: [A] Resposta da questão 5: [B] Resposta da

Leia mais

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características O que são artrópodes? Para que servem? Onde podem ser encontrados?

Leia mais

Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e

Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e Filo Porifera - Poríferos ou espongiários. - Corpo coberto por poros. - Não possuem organização tissular. - Diblásticos. - Aquáticos, sésseis e filtradores. - Digestão intracelular. - Sustentação: Espículas

Leia mais

BIOLOGIA. Prof. Fred CORDADOS. 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo.

BIOLOGIA. Prof. Fred CORDADOS. 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo. BIOLOGIA Prof. Fred CORDADOS 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo. 2) Vertebrados 2) Sibfilo Vertebrata (EUCORDATAS). 2.A) Superclasse

Leia mais

Domínio Eukaria Reino Animalia ou Metazoa. Profª Janaina Q. B. Matsuo

Domínio Eukaria Reino Animalia ou Metazoa. Profª Janaina Q. B. Matsuo Domínio Eukaria Reino Animalia ou Metazoa Profª Janaina Q. B. Matsuo Eucariontes Eucariontes Pluricelulares Eucariontes Pluricelulares Heterótrofos 1. Filo dos Poríferos 1. Filo dos Poríferos 2. Filo

Leia mais

Curso Wellington Biologia Reino Animal - Equinodermos Prof Hilton Franco

Curso Wellington Biologia Reino Animal - Equinodermos Prof Hilton Franco 1. Esta é a turma do Bob Esponja: Lula Molusco é supostamente uma lula; Patric, uma estrela-do-mar; o Sr. Siriguejo, um caranguejo; e Bob é supostamente uma esponja-do-mar. Cada um, portanto, pertence

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO METAZOA

ZOOLOGIA - REINO METAZOA ZOOLOGIA - REINO METAZOA FILO CORDADO CARACTERÍSTICAS GERAIS O que será que caracteriza um vertebrado? Substituição da Notocorda pela Coluna Vertebral; Presença de uma cabeça definida; Presença de órgãos

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS Reino Animal CARACTERÍSTICAS GERAIS 1) Todos EUCARIONTES e PLURICELULARES; 2) Sem Parede Celular; 3) Reserva: Glicogênio; 4) Todos são HETEROTRÓFICOS; 5) Quase todos apresentam Sistema Nervoso; 6) Dividem-se

Leia mais

2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS A B C CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN

2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS A B C CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN 2ª SÉRIE ENS. MÉDIO MONITORIA DE BIOLOGIA 1 (OBJ. 2º PERÍODO) EXERCÍCIOS 1. Um tipo de característica que pode ser levada em conta quando vamos trabalhar com Biologia Comparada são as características observadas

Leia mais

Solução Comentada Prova de Biologia

Solução Comentada Prova de Biologia 11. Em relação à importância dos organismos autotróficos na modificação da atmosfera na Terra primitiva, analise as proposições abaixo e marque com V as verdadeiras e com F as falsas. 1 ( ) Com a liberação

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Filo Arthropoda exoesqueleto e patas articuladas. simetria bilateral triblásticos protostômios celomados metamerizados;

Leia mais

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Anteriormente... Zigoto Mórula Blástula Gástrula Neurula Organogênese Anexos embrionários Gêmeos Dos

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

Texto Base: Aula 17 Linhagens de Organismos Metazoários 1

Texto Base: Aula 17 Linhagens de Organismos Metazoários 1 Texto Base: Aula 17 Linhagens de Organismos Metazoários 1 João Miguel de Matos Nogueira 1. Introdução, metazoários basais e Lophotrochozoa Iniciamos nosso estudo recordando a representação esquemática

Leia mais

Está(ao) correta(s): a) a afirmação III. b) a afirmação II. c) as afirmações I e III. d) as afirmações II e III.

Está(ao) correta(s): a) a afirmação III. b) a afirmação II. c) as afirmações I e III. d) as afirmações II e III. 1. (Udesc 2014) O desenvolvimento embrionário é diversificado entre os diferentes grupos animais, e ocorre, de maneira geral, em três fases consecutivas. Assinale a alternativa correta quanto ao desenvolvimento

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 2º ano ALUNO(a): Lista de Exercícios NOTA: No Anhanguera você é + Enem Questão 01) São divididos em áscon, sícon e lêucon: a) Cnidários. b) Platelmintos.

Leia mais

FILO: CORDADOS SUB-FILO: VERTEBRADOS TABELA DE ZOOLOGIA COMPARADA

FILO: CORDADOS SUB-FILO: VERTEBRADOS TABELA DE ZOOLOGIA COMPARADA Classes Peixes Cartilaginosos (Condrictes) Temperatura ectotérmicos do corpo Tegumento pele coberta por escamas placóides, de origem dermoepidérmi ca Sustentação e locomoção Nutrição digestão Circulação

Leia mais

11. Protozoários e invertebrados

11. Protozoários e invertebrados 11. Protozoários e invertebrados 1. (U. Amazonas-AM) De acordo com o sistema atual de classificação dos seres vivos, os que aparecem abaixo pertencem ao reino: Trypanosoma Euglena Ameba a) Monera. d) Plantae.

Leia mais

Biologia 2ª série Ensino Médio v. 4

Biologia 2ª série Ensino Médio v. 4 Biologia 2ª série Ensino Médio v. 4 Exercícios 01) C E C E C E 02) D 03) D 04) Seu corpo é constituído por: cabeça com órgãos sensoriais; massa visceral com um conjunto de órgãos, recoberta por uma parede

Leia mais

Prof Thiago Scaquetti de Souza

Prof Thiago Scaquetti de Souza Prof Thiago Scaquetti de Souza Moluscos Animais de corpo mole Os moluscos são os animais de corpo mole, habitam ambientes terrestres e aquáticos. Representantes: ostra, lula, polvo, sépia, lesma e caracol.

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA GABARITO AV. PARCIAL DISCIPLINA: QUI. I e II / BIO. I e II COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João

Leia mais

::: Fonte Do Saber - Mania de Conhecimento :::

::: Fonte Do Saber - Mania de Conhecimento ::: Seres Invertebrados adsense1 Desde os protozoários, unicelulares e microscópicos, até os grandes polvos e lulas, que atingem vários metros de comprimento, os invertebrados formam uma ampla variedade de

Leia mais

DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho

DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho E assim, começa uma nova vida... Os tipos de desenvolvimento embrionário Vivíparos Ovovivíparos Ovíparos Ovulíparos

Leia mais

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas Professora Débora Biologia Filo Poríferos Esponjas Filo Poríferos Características São todas

Leia mais

Vestibular1 A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora! www.vestibular1.com.br

Vestibular1 A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora! www.vestibular1.com.br Os Poríferos Representante : Esponja ( animal séssil, que tem o corpo coberto de poros ). São considerados parazoas : animais fora do padrão normal, sem órgãos, boca ou anus. Não possuem tecidos verdadeiros,

Leia mais

Sistemas de Trocas Gasosas

Sistemas de Trocas Gasosas Sistemas de Trocas Gasosas 1 Generalidades os seres vivos habitam diversos tipos de ambientes, sendo fundamentalmente o terrestre, o aquático e o aéreo. As diferenças existentes entre os diversos ambientes,

Leia mais

Os Platelmintos. Caracteristicas exclusivas

Os Platelmintos. Caracteristicas exclusivas Os Platelmintos Caracteristicas exclusivas 1) Apresentam o corpo achatado. 2) Apresentam uma cabeça com um par de ocelos, que são órgãos sensíveis a luz. A função do ocelo é detectar quando o ambiente

Leia mais

Tabela de biologia - Anatomia Comparada SISTEMAS / GRUPOS ANIMAIS

Tabela de biologia - Anatomia Comparada SISTEMAS / GRUPOS ANIMAIS Tabela de biologia - Anatomia Comparada Tabela de anatomia comparada S / S ESPONGIÁRIOS Externamente o corpo é revestido por uma camada de células achatadas, os pinacócitos. Possuem um esqueleto interno

Leia mais

O filo Chordata inclui três subfilos, os vertebrados e dois filos de invertebrados, os urocordados e os cefalacordados.

O filo Chordata inclui três subfilos, os vertebrados e dois filos de invertebrados, os urocordados e os cefalacordados. Origem dos Cordados O filo Chordata inclui três subfilos, os vertebrados e dois filos de invertebrados, os urocordados e os cefalacordados. Mandibula articulada Dois grupos de apendices pareados Coluna

Leia mais

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Características: Triblásticos Celomados ectoderme intestino mesoderme celoma cavidade corporal na mesoderme endoderme Características: Deuterostômios:

Leia mais

REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS

REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS REINO PROTOCTISTA Reino Protoctista - Protozoários Eucariontes, unicelulares (alguns coloniais) Vida livre e parasitária Relações Ecológicas: mutualismo

Leia mais

Biologia REINO ANIMAL - UNICAMP - VESTIBULARES DE 2016-2010

Biologia REINO ANIMAL - UNICAMP - VESTIBULARES DE 2016-2010 1. (Unicamp 2015) O estudo do desenvolvimento embrionário é importante para se entender a evolução dos animais. Observe as imagens abaixo. limpa e há diminuição na sua reprodução em temperaturas abaixo

Leia mais

Protocolo experimental

Protocolo experimental Protocolo experimental Sherlock-Holmes: na pista de invertebrados marinhos Enquadramento Teórico Do esforço de discernir ordem na incrível diversidade da vida, nasceu a sistemática. A sistemática pode

Leia mais

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8 Sugestões de atividades para avaliação Ciências 7 o ano Unidade 8 5 Nome: Data: UniDaDE 8 1 Com relação às suas características gerais, podemos dizer que os vertebrados possuem exclusivamente: I. patas.

Leia mais

Artrópodes. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

Artrópodes. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Artrópodes Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Artrópodes Triblásticos Celomados Protostômios Simetria Bilateral Artrópodes Sistema nervosos ganglionar ventral hiponeuro. Sistema digestório completo Sistema

Leia mais

RESPIRAÇÃO. Respiração é o mecanismo que permite aos seres vivos extrair a energia química nos alimentos.

RESPIRAÇÃO. Respiração é o mecanismo que permite aos seres vivos extrair a energia química nos alimentos. RESPIRAÇÃO Respiração é o mecanismo que permite aos seres vivos extrair a energia química nos alimentos. A respiração intracelular pode ser: Aeróbica: Ser vivo que depende do gás carbônico para obter energia

Leia mais

BIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PROF ESTEVAM DIGESTÃO

BIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PROF ESTEVAM DIGESTÃO BIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PROF ESTEVAM CONTEÚDO: Digestão e Circulação DIGESTÃO O processo de digestão é um dos primordiais dos seres vivos por ser por meio dele que se adquire a matéria necessária

Leia mais

Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo alguns apresentar cefalotórax (= cabeça + tórax) e abdome.

Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo alguns apresentar cefalotórax (= cabeça + tórax) e abdome. OS ARTRÓPODES Prof. André Maia Apresentam pernas articuladas com juntas móveis. São triblásticos, celomados e dotados de simetria bilateral. Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo

Leia mais

Filo MOLLUSCA. Prof(a) Karla Mirella

Filo MOLLUSCA. Prof(a) Karla Mirella Filo MOLLUSCA Prof(a) Karla Mirella MOLUSCOS Representantes: Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias, náutilos, quíton... Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA GABARITO 4ª Chamada Bim. DISCIPLINA: QUÍ. I E II / BIO. I E II COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João

Leia mais

BIOLOGIA MÓDULO II do PISM (triênio 2004-2006)

BIOLOGIA MÓDULO II do PISM (triênio 2004-2006) BIOLOGIA MÓDULO II do PISM (triênio 2004-2006) QUESTÕES OBJETIVAS 01. A evolução das fases esporofítica (E) e gametofítica (G) em diferentes grupos de plantas está representada na figura ao lado. Assinale

Leia mais

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida 2º EM Biologia Frente B Prof. Jairo José Matozinho Cubas Lista de exercícios referentes ao primeiro trimestre: CONTEÚDO: Cordados 1. (Uel 2014) Nos últimos 10.000

Leia mais

CADERNO DO ANOTAÇÕES DE CAMPO - PARQUE ZOOLÓGICO

CADERNO DO ANOTAÇÕES DE CAMPO - PARQUE ZOOLÓGICO CADERNO DO ANOTAÇÕES DE CAMPO - PARQUE ZOOLÓGICO Zoólogo: REGRAS DO ZOO PARA ALUNOS: Permaneça na trilha Caminhe, não corra Recolha seu lixo Respeite os animais com o seu silêncio Fones de ouvido e telefones

Leia mais

Curso Wellington Biologia Artrópodes Crustáceos Prof Hilton Franco

Curso Wellington Biologia Artrópodes Crustáceos Prof Hilton Franco 1. Num restaurante do litoral paranaense, havia vários pratos típicos. Qual das alternativas mostra a relação correta, uma vez que o garçom não sabia identificar quais pratos eram feitos com moluscos e

Leia mais

Curso Wellington: Biologia-Artrópode-Miriápodes- Características Gerais e Classificação Prof Hilton Franco

Curso Wellington: Biologia-Artrópode-Miriápodes- Características Gerais e Classificação Prof Hilton Franco 1. A cigarra e a formiga Era uma vez uma cigarra que vivia cantando, sem se preocupar com o futuro. Encontrando uma formiga que carregava uma folha pesada, falou: - Para que todo esse trabalho? O verão

Leia mais

Colégio São Paulo. Disciplina: Ciências Profª. Marana Vargas 7º ano

Colégio São Paulo. Disciplina: Ciências Profª. Marana Vargas 7º ano Colégio São Paulo Disciplina: Ciências Profª. Marana Vargas 7º ano Características principais do Reino Animalia Reúne organismos eucariotos, pluricelulares e com nutrição heterotrófica. O reino apresenta

Leia mais

Entende-se que a diversidade de seres vivos é resultante de processos evolutivos e que esses processos ocorrem por anagênese e por cladogênese.

Entende-se que a diversidade de seres vivos é resultante de processos evolutivos e que esses processos ocorrem por anagênese e por cladogênese. Sistemática Filogenética ou Cladística Entende-se que a diversidade de seres vivos é resultante de processos evolutivos e que esses processos ocorrem por anagênese e por cladogênese. As relações evolutivas

Leia mais

2ªsérie B I O L O G I A QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 QUESTÃO 4 QUESTÃO 3. 4º período

2ªsérie B I O L O G I A QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 QUESTÃO 4 QUESTÃO 3. 4º período ªsérie B I O L O G I A 4º período QUESTÃO A ilustração a seguir mostra vários personagens do popular desenho "Bob Esponja", muitos pertencentes ao reino Animal. Com o auxílio da ilustração, responda aos

Leia mais

Móds. 15 e 16. Setor 1403. Prof. Rafa

Móds. 15 e 16. Setor 1403. Prof. Rafa Móds. 15 e 16 Setor 1403 Prof. Rafa Representantes: crustáceos, Representantes: crustáceos, insetos, Representantes: crustáceos, insetos, aracnídeos, Representantes: crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 59 ARTRÓPODOS E EQUINODERMOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 59 ARTRÓPODOS E EQUINODERMOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 59 ARTRÓPODOS E EQUINODERMOS ixação F ) (UFF) Assim como os moluscos, anelídeos e artrópodes, os equinodermos também são 2 nvertebrados triploblásticos e celomados. A larva

Leia mais

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre 1ª Aula 1ª Parte Cordados: diversidade, classificação e evolução Profa. Dra. Virgínia Sanches Uieda Departamento t de Zoologia - IB/UNESP/Botucatu

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia - Embriologia

Exercícios de Aprofundamento Biologia - Embriologia 1. (Fgv 2015) A figura ilustra os vasos sanguíneos maternos e fetais na região da placenta, responsável pela troca dos gases respiratórios oxigênio e dióxido de carbono. Como a circulação e a ventilação

Leia mais

Prof.: Carolina Bossle

Prof.: Carolina Bossle Prof.: Carolina Bossle EVOLUÇÃO Acredita-se que o grupo mais primitivo, seja o das esponjas cujos representantes não apresentam tecidos. Os cnidárias são animais diploblástico (diblástico) = apenas 2 folhetos

Leia mais

Moluscos, animais de corpo mole

Moluscos, animais de corpo mole Moluscos, animais de corpo mole Animais com sistema circulatório, sistema respiratório e celoma verdadeiro Equipe de Biologia Relação filogenética do filo Mollusca http://www.vejaki.com.br/page/168/ Representantes

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 07 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 A alma da gente durante a vida, produz uma quantidade imensa

Leia mais

Introdução à Zoologia

Introdução à Zoologia Módulo 3 Volume Nelson Ferreira Junior Paulo Cesar de Paiva Introdução à Zoologia 3 Introdução à Zoologia Volume 3 - Módulo 3 Nelson Ferreira Junior Paulo Cesar de Paiva Apoio: Fundação Cecierj / Consórcio

Leia mais

Filo Artrópode e Equinoderma. Prof. Rafael Rosolen T. Zafred

Filo Artrópode e Equinoderma. Prof. Rafael Rosolen T. Zafred e Equinoderma Prof. Rafael Rosolen T. Zafred Filo Arthropoda (Artrópode) Maior grupo da Reino Animalia; Representantes Terrestres e Aquáticos; Arthro/poda: Arthros: Articulação; Podos: Pé; Características

Leia mais

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS PORÍFEROS Provável ancestral: protista flagelado Diploblásticos Sem celoma Sem diferenciação de tecidos Coanócitos Ambiente aquático CELENTERADOS

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 7 CIÊNCIAS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao terceiro bimestre escolar ou às Unidades 3 e 4 do livro do Aluno. Avaliação Ciências NOME: TURMA: escola: PROfessOR:

Leia mais

FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA

FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA NUTRIÇÃO É o conjunto de processos pelos quais o organismo incorpora e utiliza os nutrientes. Compreende as seguintes funções: digestão, respiração, excreção e circulação. Pode

Leia mais

INFO vestibular http://www.infovestibular.com. Biologia - Zoologia

INFO vestibular http://www.infovestibular.com. Biologia - Zoologia INFO vestibular http://www.infovestibular.com Biologia - Zoologia Parte I: Poríferos 1. (U. Taubaté-SP) Invertebrados fixos, diblásticos sem órgãos, com digestão exclusivamente intracelular, com larva

Leia mais

Ciências/15 7º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO 2º trimestre

Ciências/15 7º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO 2º trimestre O que estudamos no segundo trimestre? Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO 2º trimestre Ciências/15 7º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / 7ºcie302r No segundo trimestre estudamos o Reino das Plantas.

Leia mais

Identidade dos Seres Vivos (Animais)

Identidade dos Seres Vivos (Animais) Capítulo Identidade dos Seres Vivos (Animais) 01 Evolução e Padrões Anatômicos e Fisiológicos dos Animais Invertebrados e Saúde 01 01 (PUC RS) Quanto às características anatômicas dos espongiários, é correto

Leia mais

ATIVIDADES. BA.10: Moluscos e Equinodermos BIOLOGIA

ATIVIDADES. BA.10: Moluscos e Equinodermos BIOLOGIA ATIVIDADES 1. (UERJ 2006) Um ecossistema pode ser drasticamente alterado pelo surgimento ou pelo desaparecimento de espécies de seres vivos. a) Um ambiente em equilíbrio é habitado por indivíduos pertencentes

Leia mais

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Além do vegetais outros organismos habitavam o ambiente terrestre Organismos de corpo mole como moluscos e anelídeos Organismos com cutícula redução da

Leia mais

Os anjos cantam. Wrecking ball

Os anjos cantam. Wrecking ball Os anjos cantam Wrecking ball Andando eu vi um bicho estranho Acho que era uma minhoca Sem perna sem mão Era mo estranhão Respiração pela pele Anelídeos são oligoquetas, poliquetas ou até hirudíneos Isso

Leia mais