SOFTWARE PARA BALANCEAMENTO EM UM E DOIS PLANOS NK780

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOFTWARE PARA BALANCEAMENTO EM UM E DOIS PLANOS NK780"

Transcrição

1 SOFTWARE PARA BALANCEAMENTO EM UM E DOIS PLANOS NK780 MANUAL DE INSTRUÇÃO E OPERAÇÃO TEKNIKAO

2 ÍNDICE CONECTORES DA INTERFACE... 3 SENSOR ÓPTICO... 3 SOFTWARE PARA BALANCEAMENTO NK INSTALANDO O SOFTWARE... 5 UTILIZANDO O SOFTWARE NK BARRA DE MENU... 6 MENU OPÇÕES... 7 EXECUTANDO UM BALANCEAMENTO... 8 MENU CLIENTE... 8 MENU LATERAL... 9 MENU ISO MENU SEM PESO MENU PESO NO PLANO MENU PESO NO PLANO REFINAMENTO RELATÓRIO EDITANDO UM RELATÓRIO CLIENTE IMAGEM DA PEÇA OPÇÕES LISTA DE DADOS MODELO DE RELATÓRIO CRIANDO MODELOS DE RELATÓRIO BARRA DE FERRAMENTAS BARRA DE TEXTO FERRAMENTAS DE MOLDURA FERRAMENTAS E ALINHAMENTO Sr. Consumidor, a TEKNIKAO agradece a sua aquisição e recomenda ler atentamente todo este manual antes de utilizar o software. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 2

3 CONECTORES DA INTERFACE No painel traseiro da Interface NK700 estão localizados os conectores correspondentes aos mancais da Balanceadora NK780, o conector do sensor óptico, o conector da fonte de alimentação, um conector USB para comunicação com o computador e uma chave liga/desliga. Conectores da Interface NK700. No painel frontal da interface localiza-se o display onde são apresentados os vetores e uma luz indicadora do sensor óptico. Painel da Interface NK700. SENSOR ÓPTICO O sensor óptico é sensível à mudança de cor branco/preto, que pode ser gerada aplicando ao rotor um pedaço da fita refletiva (fornecida com o equipamento), tinta (por exemplo, tinta corretora de datilografia) ou ainda fita isolante/fita crepe. O Sensor deve ser montado a uma distância de 15 cm à 30cm do ponto de reflexão. Utilizando a haste articulada, instale o sensor de fase de modo que ele veja a marca no eixo ou no elemento girante. Conector do Cabo Ajustados de Fábrica Os ajustes de sensibilidade do sensor são feitos na fábrica e não devem ser alterados. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 3

4 Para executar um balanceamento verifique se o sensor óptico da interface está corretamente posicionado para fazer a leitura da rotação. Se o sensor óptico não estiver lendo corretamente a rotação a mensagem ESTAB. é mostrada no display. Quando o sensor óptico está bem posicionado, a interface mostra a mensagem de ESTAB. por alguns momentos, ajusta os ganhos internos e em seguida mostra os valores dos vetores que serão enviados para o software. Interface estabilizando a Rotação. Interface lendo os valores. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 4

5 SOFTWARE PARA BALANCEAMENTO NK780 INSTALANDO O SOFTWARE Para instalar o software, insira o cd fornecido no drive de cd do computador e execute o arquivo SetupNK780. exe e siga o procedimento de instalação conforme ilustrado abaixo: Selecione o idioma e clique em OK. Clique em Avançar... Clique em Avançar... Clique em Avançar... Clique em Instalar... Clique em Concluir. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 5

6 UTILIZANDO O SOFTWARE NK780 Barra de Menu Software NK780 Nova Calibração e/ou Editar Calibração já feita. Ajusta a escala dos Vectômetros automaticamente ou manualmente. Salva valor de correção do balanceamento como inicial no relatório. Finaliza o balanceamento criando um arquivo com os dados do balanceamento para gerar um relatório posteriormente. Mostra o valor da rotação da peça. Se a rampa de subida da rotação for longa o software fará a leitura somente após atingir a rotação utilizada no procedimento de calibração. Refaz a quantidade de médias selecionada. Número de médias vetoriais para os resultados. Abre uma janela com opções de estilo de cores, funcionalidades dos vectômetros e porta de comunicação. Criar relatório. Sobre a Teknikao. Abre a ajuda do Software. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 6

7 Menu Opções Clique no botão Opções( ) localizado na Barra de Menu. Menu Opções. Esta janela possui opções de estilos de cores e se o resultado no painel residual será mostrado em Gramas, na Classe ISO ou em Grama Milímetro(g.mm). Porta de Comunicação Através deste menu é possível selecionar a porta de comunicação com a Interface NK700 ou ao clicar no botão Buscar Porta o software encontra automaticamente a porta de comunicação. e utilizar a opção de digitar os valores no caso de estar utilizando o software para auxiliar no balanceamento com o Balanceador Dinâmico NK600. Obs.: Ao abrir o Software NK780 e a Interface NK700 estiver conectada em uma porta USB do computador o software encontra automaticamente a porta de comunicação não precisando clicar no botão Buscar Porta. Diversos Usar Residual Inicial: esta opção é utilizada quando se quer fazer o balanceamento utilizando um dispositivo por exemplo, pois na calibração deve-se fazer uma leitura somente do dispositivo para que ao fazer os cálculos de correção do balanceamento o software elimine o residual do dispositivo. Linkar os 2 planos: quanto o software é instalado, as opções dos vectômetros são individuais, ou seja, pode-se mostrar em no plano 1 para retirar massa e no plano 2 para colocar uma massa de correção. Ao selecionar esta opção as opções dos vectômetros funcionam de forma simultânea, pois ao clicar na ferramenta de retirar massa de qualquer um dos planos, por exemplo, os dois vectômetros mostrarão onde se deve retirar massa. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 7

8 EXECUTANDO UM BALANCEAMENTO Clique em Calibração ( ): Menu Cliente Menu Cliente. O menu cliente oferece a opção de se preencher os dados referentes a peça que será balanceada. O software oferece três campos fixos que são: Nome: nome do cliente; Peça: para colocar o nome ou código da peça; Operador: quem executou o balanceamento. O software oferece 5 campos para criação de outros tópicos para o relatório. Para criar um campo dê um duplo clique no campo desejado, aparecerá uma tela para definir o nome do campo. Campo personalizado Para criar os outros quatro campos siga o procedimento anterior. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 8

9 Menu Lateral Mostra a rotação da peça. Ao clicar no botão Ler Vetores o valor da rotação passa a ser referência até o final do balanceamento. Menu ISO 1940 Salva a calibração de uma peça. Abre um arquivo de calibração salvo. Botão utilizado para iniciar a leitura dos valores enviados pela interface. Fica habilitado nos processos de medida Sem Peso, Peso no Plano 1 e Peso no Plano 2. Após o último procedimento da calibração clique em finalizar para o software mostrar o resultado de correção do balanceamento. Se houver necessidade de alguma alteração no grau de qualidade ou qualquer outro tipo de alteração em uma calibração já feita, abra a janela de calibração( ), aplique as alterações e clique no botão finalizar. Menu ISO 1940 A norma ISO 1940 trata da qualidade de balanceamento de rotores rígidos. Para tanto, são definidos diversos graus de qualidade de balanceamento, que são denotados pela letra G seguida de um número variável entre 0,4 e G 4000 virabrequins de motores marítimos lentos G 250 virabrequins de motores diesel rápidos com 4 cilindros G 40 rodas de automóveis; eixos de transmissão G 6,3 ventiladores; volantes; rotores de bombas G 2,5 turbinas a gás e a vapor; acionamento de máquinas-ferramenteiras G 0,4 fusos de retificadoras de alta precisão; giroscópios Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 9

10 Para o cálculo do balanceamento de acordo com essa norma, é necessário fornecer o peso da peça e rotação de trabalho. Além da norma, é possível selecionar a qualidade do balanceamento em gramas, miligramas ou grama milímetro(g.mm). Define se o balanceamento será feito em 1 ou 2 planos. No caso do balanceamento em 1 plano, é possível selecionar qual plano será usado. Menu Sem Peso Faz as medidas dos vetores inicias da peça. Medida da peça sem massa de teste. Com a peça girando na máquina pressione o botão Ler Vetores, repare que os valores que estão sendo mostrados na interface estão sendo enviados pra o software. O software fará a quantidade de leituras selecionadas no campo média( ). Ao fazer as leituras o software para automaticamente. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 10

11 Menu Peso no Plano 1 Colocar um peso de prova no plano 1. Para a calibração do balanceamento é necessário adicionar um peso de prova e verificar sua influência nos vetores. Coloque um peso de prova na peça no plano 1. Deve ser colocado no mesmo raio onde será feita a correção. Indique no campo Peso o peso da massa de teste e no campo Raio a distância em milímetros (mm) do centro da peça ao ponto do peso de prova(mesma distância onde será feita a correção). Defina um ponto que será a referência de ângulo zero. Caso tenha sido fornecido o peso do rotor, a rotação de trabalho e o raio, o software sugere um peso de prova. Ângulo (º): este campo indica o ângulo que está sendo colocado o peso de prova. Divisões: para facilitar a localização da posição do peso de correção, indique quantas divisões tem a peça a ser balanceada ou o valor da circunferência da peça. Não é recomendado mais do que 100 divisões por motivos visuais dos vectômetros. Coloque o peso de prova no plano um da peça, ligue o motor e após a interface estabilizar a rotação pressione o botão Ler Vetores novamente. Os valores que são mostrados no display da interface são enviados para o software. O software fará a quantidade de leituras selecionadas no campo média( ). Ao fazer as leituras o software para automaticamente. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 11

12 Menu Peso no Plano 2 Retire o peso do Plano 1 e coloque no Plano 2. Retirar o peso de prova do plano1 e colocar no plano 2. No caso de peça simétrica, clique no botão Peça Simétrica e os campos serão preenchidos automaticamente, se necessário mude o ângulo onde está sendo colocado o peso de prova. Em caso de peças assimétricas, inserir as novas medidas. Ligue a máquina e pressione o botão Ler Vetores, quando os valores estiverem estáveis clique em Finalizar. Não se esquecer de retirar o peso de prova da peça antes de corrigir. Inclui o valor do desbalanceamento inicial no relatório. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 12

13 O software indica o valor ideal e residual para o balanceamento da peça na parte superior do software e os valores para correção na parte inferior dos vectômetros. Para localizar o ângulo ou arco de correção indicado pelo software, deve-se contar no sentido contrário da rotação. Resultados após procedimento de Calibração. O software possui alguns recursos que auxiliam na correção, que são os botões localizados nos vectômetros: Mostra o ponto onde deve ser adicionada a massa de correção. Mostra o ponto onde se deve retirar massa de correção. Mostra o ponto de correção em Ângulo(º) Mostra o ponto de correção em Arco (número de divisões indicado na calibração). Mostra um ponto de correção. Mostra o resultado com divisão de massa entre os 2 pontos mais próximos de acordo com as divisões da peça. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 13

14 REFINAMENTO Na maioria dos casos, um rotor depois da primeira correção, deverá ser submetido a um refinamento para atingir as especificações da qualidade de balanceamento. O círculo vermelho indica o grau de qualidade. Quando o indicador de peso estiver dentro do círculo vermelho, a qualidade do balanceamento foi atingida. Peça Desbalanceada. Peça Balanceada. Obs.: Os vectômetros estão em escala de gramas e não refletem o raio de correção. Após colocar os pesos de correção correspondentes de cada plano, coloque a peça para girar e automaticamente o software fará as leituras novamente (de acordo com o número de médias selecionado), indicando a nova correção para cada plano. Este processo pode ser repetido quantas vezes forem necessárias para atingir a qualidade do balanceamento desejada. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 14

15 RELATÓRIO Para gerar relatórios, o software precisa do valor inicial do balanceamento, ou seja, como a peça estava antes de ser balanceada. O software pergunta se deseja salvar como valor inicial no término do processo de calibração da peça através desta mensagem: Define como valor inicial para Relatório. Se a opção for não, o valor pode ser salvo posteriormente clicando no botão Salvar como valor inicial( ). Ao término do balanceamento clique no botão Finalizar Balanceamento( ). Ao clicar em Finalizar Balanceamento aparecerá a seguinte tela: Salvar dados do balanceamento. Para gerar o relatório de balanceamento será necessário salvar em um arquivo os dados do balanceamento de cada peça. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 15

16 EDITANDO UM RELATÓRIO Para editar o relatório clique do botão Relatório( ), aparecerá a seguinte tela: Editor de Relatório. Cliente Informações relacionadas aos dados do cliente, peça balanceada e operador (quem executou o balanceamento). Existem outros cinco campos que podem ser editados conforme a necessidade do cliente. Para criar um campo dê um duplo clique no campo desejado, aparecerá uma tela para definir o nome do campo. Campo personalizado. Para criar os outros quatro campos siga o procedimento anterior. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 16

17 Imagem da Peça Na edição do relatório é possível inserir uma foto da peça balanceada dando um duplo clique no visualizador da imagem. Visualizador da Imagem. Para trocar de foto basta dar dois clique novamente no visualizador e a janela para seleção da imagem irá aparecer novamente. Para apagar a imagem do relatório clique no botão com um 'X'. Opções Através deste tópico é possível inserir no relatório os resultados do balanceamento em três unidades: Gramas; ISO G; Grama milímetro (g.mm). Se as três opções estiverem marcadas os resultados serão inseridos no relatório, como mostra a figura: Opções para resultados. Opções para resultados. Para inserir apenas um resultado basta deixar a opção desejada marcada. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 17

18 Lista de Dados Nesta janela são visualizados os arquivos salvos com os resultados do balanceamento e informações referentes a peça balanceada. Lista de Dados. Para visualizar os arquivos salvos clique no botão e selecione o diretório onde estão salvos os arquivos. Para que o software preencha automaticamente os dados no relatório basta selecionar o arquivo desejado e o relatório aparecerá preenchido no visualizador. No caso de qualquer alteração necessária, por exemplo a alteração de uma imagem, opção de resultado ou preenchimento de algum campo clique no botão Remontar Relatório ( ) para atualizar as informações visualizadas. Modelo de Relatório Para utilizar um modelo de relatório, basta clicar no modelo desejado e o relatório é alterado automaticamente no visualizador do relatório. Modelos de Relatórios. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 18

19 CRIANDO MODELOS DE RELATÓRIO O software NK780 gera relatórios através de modelos de relatórios, ou seja, é necessário a existência de um modelo para que possa ser gerado um relatório. Quando o software é instalado, um modelo de relatório é incluso no diretório de instalação do software. Através do editor de relatórios é possível criar um modelo de relatório personalizado, para isso clique no botão Editor de Relatório( ) e aparecerá a seguinte tela: Opções para resultados. Ambiente do Editor de Relatórios: 1 Barra de Menu; 2,3 Barra de Ferramentas; 4 Área de Trabalho; 5 Barra de Objetos; 6 Barra de Status. A criação de um modelo personalizado terá que ser feita sempre apartir de um existente, no caso o modelo fornecido na instalação do software. O editor sempre abre o modelo que estiver selecionado. Após a personalizar o modelo de relatório, clique em Arquivo\Guardar Como..., e aparecerá uma janela para definir o nome e o diretório onde será salvo. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 19

20 Salva modelo de relatório. Barra de Ferramentas Ícone Nome Descrição Abrir Abre um arquivo Salvar Salva o arquivo. Propriedade da Abre uma janela com propriedades da página. Página Cortar Corta os objetos selecionados para o clipboard. Teclas de atalho de combinação - "Ctrl + X." Copiar Copia os objetos selecionados para o clipboard. Teclas de atalho de combinação - "Ctrl + C." Colar Cola os objetos da área de transferência. Teclas de atalho de combinação - "Ctrl + V." Desfazer Desfazer a última operação.teclas de atalho de combinação - "Ctrl + Z." Refazer Refazer a última operação cancelada. Teclas de atalho de combinação - "Ctrl + Y." Mostrar Grade Mostra linhas de grade na página. Durante o arrasto ou alteração do tamanho do Alinhar pela Grade objeto, as coordenadas/tamanhos são alterados de acordo com o espaçamento do grade. Modifica o tamanho / localização dos objetos Ajustar na Grade selecionados para que estejam ajustados na grade. Zoom Ajuste da visualização da folha na tela. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 20

21 Barra de Texto Ícone Nome Descrição Sem Estilo Estilo Permite selecionar um estilo. Para definir a lista de estilos, clique em "Relatório\Estilos..." item de menu. Arial Fonte Permite seleccionar o nome da fonte a partir da lista. 10 Tamanho da Fonte Permite seleccionar o tamanho da fonte a partir da lista. Tamanho também pode ser digitado manualmente. Negrito Ativa / Desativa a fonte em negrito. Itálico Ativa / Desativa a fonte em itálico. Sublinhado Ativa / Desativa o sublinhado na fotne. Fonte Exibi uma caixa de diálogo da Fonte. Cores Cores pra o texto. Grifar Destaca um texto selecionado. Rotacionar Rotaciona um texto. Alinhar à Esquerda Alinha o texto selecionado para a esquerda. Centralizar Centraliza o texto selecionado. Alinha à Direita Alinha o texto selecionada para a direita. Justificado Alinha o texto pelas margens. Alinhar em Cima Alinha o texto pela parte superior. Alinhar ao Centro Alinha o texto pelo centro. Alinhar em Baixo Alinha o texto pela parte inferior. Ferramentas de Moldura Ícone Nome Descrição Linha Superior Ativa / Desativa linha superior. Linha Inferior Ativa / Desativa linha inferior. Linha Esquerda Ativa / Desativa linha esquerda. LInha Direita Ativa / Desativa linha direita. Todas as Linhas Ativa / Desativa todas as linhas. Sem Linhas Desativa todas as linhas. Sombra Ativa / Desativa sombra. Cor de Fundo Lista de cores para o plano de fundo. Cor da Linha Lista de cores para linhas. Estilo de Linha Lista de estilos para linhas. 1 Espessura Espessura da linha. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 21

22 Ferramentas e Alinhamento Ícone Descrição Alinhamento pela borda esquerda. Alinhamento pelo centro. Alinhamento pela borda direita. Alinhamento peloa borda superior. Justificar verticalmente. Alinhamento pela borda inferior. Justificar pela largura. Justificar pela altura. Centralizar na Janela. Centralizar veriticalmente na janela. Define a mesma largura de acordo com o primeiro objeto selecionado. Define a mesma altura de acordo com o primeiro objeto selecionado. Av. Agenor Couto de Magalhães, CEP: Pirituba São Paulo Página 22

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal

Word 1 - Introdução 1.1 - Principais recursos do word 1.2 - A janela de documento 1.3 - Tela principal Word 1 - Introdução O Word para Windows ou NT, é um processador de textos cuja finalidade é a de nos ajudar a trabalhar de maneira mais eficiente tanto na elaboração de documentos simples, quanto naqueles

Leia mais

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 1 Sumário 1. Instalando a Chave de Proteção 3 2. Novas características da versão 1.3.8 3 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 4. Executando o PhotoFacil Álbum 9 3.1. Verificação da Chave 9 3.1.1. Erro 0001-7

Leia mais

1. Introdução a Microsoft Excel

1. Introdução a Microsoft Excel Introdução a Microsoft Excel 1. Introdução a Microsoft Excel 1.1. O que é Microsoft Excel Microsoft Excel é um software de planilha eletrônica produzido pela Microsoft Corporation, para o sistema operacional

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Writer

Treinamento em BrOffice.org Writer Treinamento em BrOffice.org Writer 1 Índice I. INTRODUÇÃO...3 II. BARRA DE FERRAMENTAS...3 III. CONFIGURAR PÁGINA...4 1. Tamanho, Margens e Orientação...5 2. Cabeçalhos...6 3. Rodapés...6 4. Numerando

Leia mais

MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25

MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25 MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25 1 Sumário 1.Objetivo...03 2.Suporte...03 3.Como instalar...03 4.Usando o PEP...09 2 1. Objetivo:

Leia mais

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO 2015 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 O QUE MUDOU... 3 5 COMO COMEÇAR... 4 6 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 5 7 CADASTRO DE

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 Profa Responsável Fabiana P. Masson Caravieri SUMÁRIO 1. MICROSOFT WORD 2010.... 3 1.1 INICIANDO O WORD 2010.... 3 2. Pagina Inicial.... 6 2.1 Aba arquivo...

Leia mais

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. INSERIR TEXTO 3. SALVAR UM DOCUMENTO 4. FECHAR UM DOCUMENTO 5. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 6. ABRIR UM DOCUMENTO 7. SELECIONAR TEXTO 8. RECORTAR,

Leia mais

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia Wordpress - Designtec Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia 1 Índice Acessando o painel administrativo... 3 Gerenciamento de edições... 3 Gerenciamento de artigos... 3 Publicando mídias...

Leia mais

Manual do Usuário ICCTAB 705B/W/P

Manual do Usuário ICCTAB 705B/W/P Manual do Usuário ICCTAB 705B/W/P 1. Introdução ao Tablet PC 1.1 Diagrama geral do Tablet PC Diagrama Frontal: Figura 1-1. Diagrama Lateral: Figura 1-2 Diagrama Traseiro: Figura 1-3 1.2 Tablet PC - Uso

Leia mais

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. OPENOFFICE IMPRESS 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos

Leia mais

2400 Series Primeiros passos

2400 Series Primeiros passos Conteúdo 2400 Series Primeiros passos Consute o Guia do usuário completo no CD para obter informações mais detalhadas sobre as seguintes tarefas: Configurando a impressora Conhecendo a impressora Colocando

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 21 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

Figura 1: Interface 3G Identech

Figura 1: Interface 3G Identech Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 INSTALAÇÃO NO WINDOWS XP...5 3 INSTALAÇÃO NO WINDOWS VISTA...12 4 INSTALAÇÃO NO WINDOWS 7...18 5 CADASTRANDO OPERADORA...25 6 CONECTANDO NA INTERNET...27 7 SERVIÇO DE SMS...29

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 30 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

Conhecendo o BrOffice.org

Conhecendo o BrOffice.org Conhecendo o BrOffice.org BrOffice.org Writer BrOffice.org Writer Barra de títulos Barra de Menus Barra de Ferramentas Barra de Menu Arquivo: Comandos aplicados ao documento como abrir, salvar e exportar;

Leia mais

Professor Paulo Lorini Najar

Professor Paulo Lorini Najar Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizados por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários,

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

editor Writer, do BrOffice

editor Writer, do BrOffice editor Writer, do BrOffice Utilizar o editor Writer, do BrOffice, para editar textos e inserir tabelas; Conscientizar sobre o cuidado com os direitos autorais, citando sempre as fontes de onde foram retirados

Leia mais

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1 Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico 05/2012 Versão 2.2.14.1 Conteúdo Ferramentas de Edição... 3 1) Barra de ferramentas de edição... 3 2) Inserir uma geometria... 4 2) Ferramenta Snap...

Leia mais

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas 50 II. Para mover um arquivo, pasta, objeto dentro do Windows: 1) Clique com o mouse sobre a pasta, arquivo a serem movidos; 2) Mantenha o botão esquerdo do mouse pressionado; 3) Arraste o objeto para

Leia mais

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. POWERPOINT 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos ou objetos

Leia mais

SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT

SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT Esse tutorial traz passo a passo instruções para criação de um desenho no ambiente Draft. Na criação dos desenhos você aprenderá as técnicas

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK 1 SÚMARIO ASSUNTO PÁGINA Componentes da Lousa... 03 Função Básica... 04 Função Bandeja de Canetas... 05 Calibrando a Lousa... 06

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Versão 1.2.3 27 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo Núcleo de Tecnologia da Informação Gerenciamento do Conteúdo de Sítios Institucionais Versão 1.4 Atualizado em: 8/10/2015 Sumário Sumário................................................

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Questões de Informática 2011 - Editores de Texto

Questões de Informática 2011 - Editores de Texto 1. Existe uma operação específica no Word que serve para destacar um texto selecionado colocando uma moldura colorida em sua volta, como uma caneta "destaque" (iluminadora). Trata-se de a) "Cor da borda".

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, em março de 2008, uma equipe para atender à demanda de criação de novos

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

Compositor de Impressão do QGIS

Compositor de Impressão do QGIS Compositor de Impressão do QGIS 1. Introdução O Compositor de Impressão é uma ferramenta oferecida pelo QGIS para elaborar a versão final dos mapas que serão impressos. Permite a definição de escala e

Leia mais

CÓD.: 657-2 MANUAL DO USUÁRIO PORTA RETRATO DIGITAL 7"

CÓD.: 657-2 MANUAL DO USUÁRIO PORTA RETRATO DIGITAL 7 CÓD.: 657-2 MANUAL DO USUÁRIO PORTA RETRATO DIGITAL 7" 1. CARACTERÍSTICAS Tela de LCD com 7 polegadas Resolução de 480 x 234 pixels Controle remoto com alcance de até 3m para controle total das funções

Leia mais

REGISTRO DE PROJETOS

REGISTRO DE PROJETOS REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Esta aplicação tem o objetivo de realizar o Registro de Projetos da Instituição. É possível, incluir, alterar ou excluir essas informações. 1.1. Acessando a

Leia mais

Aprendendo Corel Draw 2

Aprendendo Corel Draw 2 ÍNDICE Introdução Ferramentas do Trabalhando com cores Trabalhando com objetos Transformando objetos desenhados Clonagem de objetos Formatando objetos Preenchimentos e Contornos Preenchimento Gradiente

Leia mais

SUMÁRIO. 1. Instalação... 1. 2. Operações... 3. 2.1 Comunicação... 4. 2.1.1 Modo... 4. 2.1.2 Ethernet... 5. 2.1.3 Serial... 6

SUMÁRIO. 1. Instalação... 1. 2. Operações... 3. 2.1 Comunicação... 4. 2.1.1 Modo... 4. 2.1.2 Ethernet... 5. 2.1.3 Serial... 6 SUMÁRIO 1. Instalação... 1 2. Operações... 3 2.1 Comunicação... 4 2.1.1 Modo... 4 2.1.2 Ethernet... 5 2.1.3 Serial... 6 2.1.4 Configurações da placa de rede... 6 2.2 Edição base... 7 2.2.1 Produto... 7

Leia mais

Baixando a atualização:

Baixando a atualização: Conteúdo Baixando a atualização:... 2 Descompactando o arquivo:... 3 Formatando o pendrive... 4 Copiando para o Pendrive... 5 Atualizando o televisor... 6 Através de USB:... 7 Através da Internet:... 7

Leia mais

Migrando para o Word 2010

Migrando para o Word 2010 Neste guia O Microsoft Word 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber as partes principais da nova interface,

Leia mais

TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY

TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY Registrar Adicionar uma câmera comum Config. Serviços Web em Câmeras PowerShot Config. Serviços Web em Câmeras PowerShot Configurar Serviços Web em Câmeras EOS Configurar Serviços

Leia mais

C-se Mail - Workr. Página Inicial. Insira seu usuário (e-mail) cadastrado no ato da liberação de acesso e sua senha (criada a partir de uma

C-se Mail - Workr. Página Inicial. Insira seu usuário (e-mail) cadastrado no ato da liberação de acesso e sua senha (criada a partir de uma C-se Mail - Workr Página Inicial Insira seu usuário (e-mail) cadastrado no ato da liberação de acesso e sua senha (criada a partir de uma mensagem automática recebida em seu próprio e-mail) Apresentação

Leia mais

Etec. Cel. Fernando Febeliano da Costa

Etec. Cel. Fernando Febeliano da Costa Ao iniciar o Microsoft PowerPoint 2003, surgirá uma janela do lado direito chamada Painel de Tarefas. É um novo conceito que contém ferramentas e informações de forma centralizadora, onde podemos criar

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Pré requisitos: Elaboração de questionário Formulário multimídia Publicação na internet Uso de senhas na Web Visualização condicionada ao perfil A

Leia mais

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis.

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. Capítulo 1 Guia de Início Rápido Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. PRIMEIRO PASSO: Entrando no ClaireMeeting Use o seu navegador e acesse: http://www.clairemeeting4.com.br

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11 INFORMÁTICA AULA 11 INTERNET (CONTINUAÇÃO) Outlook EXPRESS A janela principal do Outlook Express pode ser divida basicamente em: Área de Comando (superior) - Contém a barra de botões e a barra de menus.

Leia mais

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá LibreOffice Impress Editor de Apresentação Iniciando o Impress no Linux Educacional 4 1. Clique no botão 'LE' no

Leia mais

Microsoft PowerPoint XP. Módulo I I

Microsoft PowerPoint XP. Módulo I I FUNCICI MG ESCOLA TÉCNICA DE FORMAÇÃO GERENCIAL DE CONTAGEM CURSO TÉCNICO AMBIENTAL E DE SEGURANÇA APOSTILA BÁSICA: Microsoft PowerPoint XP Módulo I I Elaborada por: Walter Santos 2007 2 S U M Á R I O

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE

MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE MANUAL DO USUÁRIO DE SOFTWARE P-touch P700 O conteúdo deste manual e as especificações deste produto estão sujeitos a alterações sem prévio aviso. A Brother reserva-se o direito de fazer alterações sem

Leia mais

OpenOffice Calc Aula 4

OpenOffice Calc Aula 4 OpenOffice Calc Aula 4 Objetivos: Apresentar a criação de um gráfico no CALC, a partir dos dados em uma planilha Apresentar os diversos tipos de gráficos e suas aplicações (gráfico de coluna, de linha,

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online. Versão Chamamento Público

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online. Versão Chamamento Público MANUAL PARA INSCRIÇÃO online Versão Chamamento Público 1 Atenção Siga cuidadosamente todas as orientações deste Manual durante o processo de inscrição online >> 1º Passo: Acessar o SalicWeb Para inscrever-se

Leia mais

Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação Departamento Pedagógico Núcleo de Tecnologia Educacional Volta Redonda NTM

Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação Departamento Pedagógico Núcleo de Tecnologia Educacional Volta Redonda NTM Prefeitura de Volta Redonda Departamento Pedagógico NTM Planilha Eletrônica Prefeitura de Volta Redonda Departamento Pedagógico NTM Prefeitura de Volta Redonda Departamento Pedagógico NTM Coloque seus

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com. Manual de uso 1. ACESSO AO SISTEMA LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.br Após acessar o link acima, favor digitar seu LOGIN

Leia mais

Portaria Express 2.0

Portaria Express 2.0 Portaria Express 2.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

Alguns truques do Excel. 1- Títulos com inclinação. 2- Preencha automaticamente células em branco

Alguns truques do Excel. 1- Títulos com inclinação. 2- Preencha automaticamente células em branco Alguns truques do Excel 1- Títulos com inclinação No Excel é possível colocar o conteúdo das células na vertical. Para além disto, pode-se escolher o grau de inclinação. Para isto, seleccione as células

Leia mais

TCC TP02-USB Cabo de Programação USB para PLC WEG TP02 Manual de Instalação

TCC TP02-USB Cabo de Programação USB para PLC WEG TP02 Manual de Instalação TCC TP02-USB Cabo de Programação USB para PLC WEG TP02 Manual de Instalação Os cabo de programação modelo TCC TP02-USB foi desenvolvido para atender a necessidade de conexão em porta USB do computador

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Sagômetro Digital. Manual de Instalação e Operação

Sagômetro Digital. Manual de Instalação e Operação Manual de Instalação e Operação MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO APRESENTAÇÃO: Esse instrumento foi especialmente desenvolvido para realizar medições de Ságitas em Blocos Oftálmicos onde através de software

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 6.2.1.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado.

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIE ZOOM

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIE ZOOM TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIE ZOOM Introdução. Este guia ensina de forma prática como transferir dados das estações Totais Geomax Zoom 20/30 para o software Topograph e vice versa. Configurando o Equipamento

Leia mais

Manual de Instalação SIM/SINASC

Manual de Instalação SIM/SINASC Manual de Instalação SIM/SINASC Agosto/2009 Versão 2.2 Índice CAPÍTULO 01 INTRODUÇÃO... 4 CAPÍTULO 02 - PERFIL DO HARDWARE... 5 CAPÍTULO 03 INSTALADOR SIM SINASC 2.2... 6 CAPÍTULO 04 - MODO DE INSTALAÇÃO...

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO MAGNETI MARELLI BY TEXA

BOLETIM TÉCNICO MAGNETI MARELLI BY TEXA ASSUNTO: Procedimento para Calibração da Balança. OBJETIVO: Informar métodos de manutenção. DESTINO: Equipe de Vendas Magneti Marelli by Texa, Distribuidores e usuários. ITENS ABORDADOS NESTE BOLETIM TÉCNICO

Leia mais

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS 29 de abril de 2014 Fiery Driver para Mac OS 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5

Leia mais

Brasil. 5. Aspecto da câmera de vídeo. A. Modo de pré-visualização. B. Foto instantânea. C. Modo de videoclipe

Brasil. 5. Aspecto da câmera de vídeo. A. Modo de pré-visualização. B. Foto instantânea. C. Modo de videoclipe Aviso importante: Instale primeiro o driver e somente então conecte a VideoCAM Messenger à porta USB Leia este importante aviso antes da instalação 1. Instalação do software VideoCAM Messenger 1. Insira

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0)

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0) Parte:Manual Atualização: OriginalPágina 1 Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária () Instalação Se houver alguma versão do FireBird Instalada na máquina desinstale antes de

Leia mais

BLOG ESCOLAS. Após acessar o seu respectivo blog, você será direcionado a tela a seguir. Vamos conhecê-la um pouco melhor.

BLOG ESCOLAS. Após acessar o seu respectivo blog, você será direcionado a tela a seguir. Vamos conhecê-la um pouco melhor. 1 CONHECENDO A PÁGINA PRINCIPAL Após acessar o seu respectivo blog, você será direcionado a tela a seguir. Vamos conhecê-la um pouco melhor. PAGINAS- Mostras as paginas do blog LOCALIZADOR área de busca

Leia mais

Apostila de Uso do OpenOffice.org Calc 2.0. Projeto Libertas-BR http://www.libertasbr.org.br

Apostila de Uso do OpenOffice.org Calc 2.0. Projeto Libertas-BR http://www.libertasbr.org.br Apostila de Uso do OpenOffice.org Calc 2.0 Projeto Libertas-BR http://www.libertasbr.org.br 6 de dezembro de 2006 Sumário 1 Visão Geral do OpenOffice.org 4 2 Openoffice.org Calc 2.0 6 2.1 Primeiros passos.....................................

Leia mais

16 - SCARTA. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra na área de trabalho (Fig.1). Fig.1- Ícone do SCARTA

16 - SCARTA. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra na área de trabalho (Fig.1). Fig.1- Ícone do SCARTA 16 - SCARTA Módulo do SPRING que permite editar uma carta e gerar arquivo para impressão, permitindo a apresentação na forma de um documento cartográfico. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra

Leia mais

Configurando o estilo de Camada (Layer) no AutoCAD 2007

Configurando o estilo de Camada (Layer) no AutoCAD 2007 Configurando o estilo de Camada (Layer) no AutoCAD 2007 1 - Inicialmente, na Barra de Camadas clique no ícone (Gerenciador de Propriedades da Camada), para configurar o estilo de camada: 2 - Na caixa de

Leia mais

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br

Virtual Box. Guia. Instalação E Utilização. Criado por Wancleber Vieira wancleber.vieira@ibest.com.br Virtual Box Guia De Instalação E Utilização 1 Sumário Instalação do Linux Ubuntu através de um gerenciador de Máquinas Virtuais 1.1 Introdução, 3 1.2 Instalação do Virtual Box, 3 1.3 Configuração do Virtual

Leia mais

Manual de Publicação Wordpress

Manual de Publicação Wordpress Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual de Publicação Wordpress Núcleo de Tecnologia da Informação - UFMS Maurílio Mussi Montanha 2014 Sumário 1 Introdução... 3 2 ACESSO À INTERFACE

Leia mais

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA Núcleo de Educação a Distância UniEvangélica 2 ÍNDICE 1 Introdução à Informática... 3 1. O Computador... 3 Teclado... 3 Mouse... 5 Monitor...

Leia mais

CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA

CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA CADASTRO DE OBRAS E PROJETOS DE ENGENHARIA SET 2014 2 INTRODUÇÃO Este manual objetiva orientar os servidores no processo do cadastro de projetos no Sistema Channel para viabilizar o acompanhamento físico-financeiro

Leia mais

Sumário - Power Point

Sumário - Power Point Power Point Sumário - Power Point 1. INICIANDO O POWERPOINT... 116 2. APRESENTAÇÃO DA JANELA DO POWERPOINT... 117 3. CONCEITOS BÁSICOS DO POWERPOINT... 118 4. INICIANDO UMA APRESENTAÇÃO... 118 4.1 Autolayouts

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA Abaixo seguem os passos necessários para que você possa cadastrar um Equipamento do tipo Balança Topmax S no Software Urano Integra. Passo 1: Acessar

Leia mais

Veja em Tela cheia abaixo: Página nº 2

Veja em Tela cheia abaixo: Página nº 2 Neste pequeno manual iremos conhecer as diversas impressoras que poderemos utilizar no sistema park service, a impressora poderá ser matricial ou térmica utilizando uma bobina de papel 40 colunas, facilmente

Leia mais

Obrigado por adquirir o Mobile Broadband modem USB E3272. Com o seu modem USB, você tem acesso à rede sem fio em alta velocidade.

Obrigado por adquirir o Mobile Broadband modem USB E3272. Com o seu modem USB, você tem acesso à rede sem fio em alta velocidade. Guia Rápido Obrigado por adquirir o Mobile Broadband modem USB E3272. Com o seu modem USB, você tem acesso à rede sem fio em alta velocidade. Observação: Este manual fornece os atributos físicos do modem

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO STN100

MANUAL DO USUÁRIO STN100 MANUAL DO USUÁRIO STN100 OBJETIVO Este manual tem por objetivo dar as instruções necessárias sobre como instalar, configurar e operar o Terminal de Dados STN100. SUMÁRIO OBJETIVO ÍNDICE CARACTERÍSTICAS

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL O que é o Windows Movie Maker? É um programa que permite criar nossos próprios filmes com som, músicas, transição e efeito de vídeo.

Leia mais

Manual PAINT.NET de imagens

Manual PAINT.NET de imagens Manual PAINT.NET de imagens 1. Instalação 1.1 - Para instalar o programa paint.net, o primeiro passo é baixá-lo do endereço a seguir e salvá-lo em seu computador. http://ww2.prefeitura.sp.gov.br/paint_net/paint.net.3.36.exe

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO RÁPIDA

GUIA DE CONFIGURAÇÃO RÁPIDA GUIA DE CONFIGURAÇÃO RÁPIDA PJ-6/PJ-63/ PJ-66/PJ-663 Impressora portátil Para obter mais informações sobre como usar esta impressora, certifique-se de ler o Manual do Usuário da Pocket Jet, fornecido no

Leia mais

Nero AG SecurDisc Viewer

Nero AG SecurDisc Viewer Manual do SecurDisc Nero AG SecurDisc Informações sobre direitos autorais e marcas registradas O manual e todo o seu conteúdo é protegido por leis de direitos autorais e são de propriedade da Nero AG.

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA CALC para Windows OpenOffice.org 3.0: Manual do usuário A sua Planilha de Cálculos SUMÁRIO Introdução...3 Apresentando o OpenOffice.org Calc 3.0...4 Iniciando o Calc 3.0...4 Componentes Básicos da janela

Leia mais

.Sumário. Capítulo I Visão geral do OpenOffice Calc

.Sumário. Capítulo I Visão geral do OpenOffice Calc .Sumário Capítulo I Visão geral do OpenOffice Calc 1 Iniciando o OpenOffice Calc 2 A tela do OpenOffice Calc 3 As Barras que aparecem na tela do OpenOffice Calc A Barra de Hiperlinks A Barra de Objetos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Instruções para Uso do Software VISIO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Instruções para Uso do Software VISIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS Instruções para Uso do Software VISIO Fevereiro/2006 Instruções para uso do Visio... 03 Instruções para Uso do Software VISIO 2 Instruções para uso do Visio O Visio 2003...

Leia mais

DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO

DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO MONITOR LCD DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO para Mac Versão 1.0 Modelos aplicáveis PN-L802B/PN-L702B/PN-L602B Conteúdo Introdução...3 Requisitos do sistema...3 Configuração do computador...4

Leia mais

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 1 Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 2 Instalação o o o o Baixar o Setup v3.5.38.exe disponível no site do BNB Executando o aplicativo aparecerá a imagem abaixo Clique

Leia mais

Instalação - SGFLeite 1

Instalação - SGFLeite 1 Instalação SGFLeite Sistema Gerenciador de Fazenda de Leite Instalação - SGFLeite 1 Resumo dos Passos para instalação do Sistema Este documento tem como objetivo auxiliar o usuário na instalação do Sistema

Leia mais

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0 Ajuda ao Usuário A S S I S T E N T E P I M A C O + 2.2.0 Ajuda ao usuário Índice 1. BÁSICO 1 1. INICIANDO O APLICATIVO 2 2. O AMBIENTE DE

Leia mais

1. REGISTRO DE PROJETOS

1. REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Nesta aplicação será feito o registro dos projetos/ ações de extensão, informando os dados iniciais do projeto, as classificações cabíveis, os participantes, a definição da região

Leia mais

Instalação. Conteúdos da embalagem

Instalação. Conteúdos da embalagem Este Guia de Início Rápido fornece linhas de orientação para instalar e utilizar a IRISPen. Para mais informações acerca de todas as funcionalidades da IRISPen, consulte o Manual do Utilizador completo

Leia mais

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br Capture Pro Software Guia de referência A-61640_pt-br Iniciando o Kodak Capture Pro Software Este guia foi projetado para fornecer instruções simples para início rápido, incluindo a instalação e a inicialização

Leia mais

Verifique se o Plugin do Flash Player está instalado no seu computador para a navegação adequada no portal.

Verifique se o Plugin do Flash Player está instalado no seu computador para a navegação adequada no portal. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia Introdução Esse tutorial mostrará as funções básicas da ferramenta de Blog do Portal Educacional Clickideia. Ele foi elaborado pensando em diferentes níveis de usuários

Leia mais

Brasil. 5. Descrição da função dos principais ícones. A. Reproduzir o arquivo.avi.

Brasil. 5. Descrição da função dos principais ícones. A. Reproduzir o arquivo.avi. Aviso importante: Instale primeiro o driver e somente então conecte a VideoCAM ExpressII à porta USB Leia este importante aviso antes da instalação 1. Instalação do software VideoCAM ExpressII 1. Insira

Leia mais

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO 1 Índice Administração de Documentos...2 Lista de documentos criados...3 Criando um novo documento...3 Barra de ferramentas do editor...4 Editando um documento...7 Administrando suas

Leia mais

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Janeiro 2012 Conteúdo Elaboração do projeto... 3 1. Acesso ao Sistema... 4 2. Tipo de Certificado... 4 2.1. Navegador padrão para acessar

Leia mais