Mercados informação global

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mercados informação global"

Transcrição

1 Mercados informação global Japão Informações e Endereços Úteis Março 2013

2 Índice Mapa Geográfico 3 Informações Úteis 4 Endereços Diversos 5 2

3 3

4 Informações Úteis Formalidades na Entrada Passaporte: Qualquer cidadão estrangeiro que deseje entrar no Japão necessita de um passaporte válido. Visto: Os cidadãos portugueses (com exceção dos que tenham passaporte emitido originariamente nas ex-colónias) não necessitam de visto para visitas temporárias até 90 dias, desde que não exerçam qualquer tipo de atividade lucrativa. Para mais detalhes contacte a Embaixada do Japão em Lisboa, ou consulte o seu website: Hora Local Corresponde ao UTC mais nove horas. A diferença horária em relação a Portugal é de mais nove horas no Japão, no horário de inverno, e de mais oito horas, no horário de verão. Horários de Funcionamento Serviços Públicos: Das 9h00 às 17h00 (segunda-feira a sexta-feira) Bancos: Das 9h00 às 15h00 (segunda-feira a sexta-feira) Comércio: Das 10h00 às 19h00/20h00 (segunda-feira a domingo) Feriados de janeiro Dia de Ano Novo 14 de janeiro Dia da Maioridade (*) 11 de fevereiro Dia da Fundação Nacional 20 de março Equinócio da primavera (*) 29 de abril Dia da Era Showa 3 de maio Dia da Constituição 4 de maio Dia do Ambiente 5 e 6 de maio Dia da Criança e dia seguinte 15 de julho Dia do Mar (*) 4

5 Feriados 2013 (cont.) 16 de setembro Dia do Respeito pelos Idosos (*) 23 de setembro Equinócio do outono 14 de outubro Dia da Saúde e do Desporto (*) 3 e 4 de novembro Dia da Cultura e dia seguinte 23 de novembro Dia de Ação de Graças dos Trabalhadores 23 de dezembro Aniversário do Imperador (*) Feriados móveis De referir, ainda, que os 3 primeiros dias de janeiro são considerados dias feriados (dias de bandeiras, enfeites e iluminações), paralisando quase todas as atividades. Os bancos fecham de 1 a 3 de janeiro e os serviços públicos de 29 de dezembro a 3 de janeiro. Sempre que um feriado calha a um domingo, o dia seguinte será considerado feriado. Corrente Elétrica Corrente Elétrica: 110 volts AC. 50 Hz na parte oriental do Japão, incluindo Tóquio e 60 Hz na parte ocidental, incluindo Nagoya, Kyoto, Osaka e ainda outras regiões. Tomada: 2-flat-pin plugs (como nos EUA). Pesos e Medidas É utilizado, principalmente, o sistema métrico, mantendo-se em uso algumas medidas locais, destacando-se o Tsubo para espaços habitacionais. Endereços Diversos Em Portugal Embaixada do Japão Av. da Liberdade, 245, 6º Lisboa Tel.: Fax:

6 aicep Portugal Global Rua Júlio Dinis, 748, 9º Dto Porto Tel.: aicep Portugal Global Av. 5 de Outubro, Lisboa Tel.: COSEC - Companhia de Seguro de Créditos, S.A. Direção Internacional Av. da República, Lisboa Tel.: Fax: No Japão Embaixada de Portugal em Tóquio Kamiura-Kojimachi Bldg. 5F , Kojimachi, Chiyoda-ku Tokyo Japan Tel.: Fax: aicep Portugal Global em Tóquio Kamiura Kojimachi Buildg. 4F, Kojimachi Chiyoda-ku Tokyo Japan Tel.: Fax: Japan External Trade Organization (JETRO) Ark Mori Building, 6F Akasaka 1-chome, Minato-ku Tokyo Japan Tel.:

7 Financial Services Agency The Central Common Government Offices No , Kasumigaseki, Chiyoda-ku Tokyo Japan Tel.: Ministry of Finance Kasumigaseki, Chiyoda-ku Tokyo Japan Tel.: Japan National Tourism Organization (JNTO) 10F, Tokyo Kotsu Kaikan Building , Yurakucho, Chiyoda-ku Tokyo Japan Tel.: (Tourist Information Center Tokyo) Tokyo Chamber of Commerce and Industry Marunouchi, Chiyoda-ku Tokyo Tel.: Fax: Manufactured Imports and Investment Promotion Organization (MIPRO) 6F, World Import Mart Bldg., Sunshine City 3-1-3, Higashi-ikebukuro, Toshima-ku Tokyo Japan Tel.: Japanese Standards Association (JSA) Akasaka Minato-ku Tokyo Japan Tel.: Fax:

8 Bank of Japan (Banco Central) 2-1-1, Nihonbashi-Hongokucho, Chuo-ku Tokyo Japan Tel.: Endereços de Internet ASEAN Regional Forum Asia-Europe Meeting (ASEM) Asia-Pacific Economic Cooperation (APEC) Bank of Japan Cabinet Office Consumer Affairs Agency Council of Local Authorities for International Relations (CLAIR) Delegation of the European Union to Japan Doing Business in Japan 2013 (World Bank Group) Doing Business in Japan Starting a Business 2012 (Word Bank Group) Embaixada de Portugal em Tóquio Embaixada do Japão em Portugal European External Action Service (EEAS) Japan Financial Services Agency Food Safety Commission Food Safety Information (Ministry of Health, Labour and Welfare) 8

9 Institute for Monetary and Economic Studies, Bank of Japan (IMES) Japan Chamber of Commerce and Industry (JCCI) Japan Customs Japan Direct Marketing Association Japan External Trade Organization (JETRO) Japan External Trade Organization (JETRO) / Investing in Japan Japan Fair Trade Commission Legislation & Guidelines (JFTC) Japan Institute for Labour Policy and Training (JILPT) Japan National Tourism Organization (JNTO) Japan Patent Office (GPO) Japan Tariff Association (JTAS) Japanese Law Translation / Law Search Japanese Standards Association (JSA) List of Embassies, Consulates and International Organizations (Ministry of Foreign Affairs) Manufactured Imports and Investment Promotion Organization (MIPRO) Market Access Database (MADB Tariffs, Procedures and Formalities; Trade Barriers, etc.) Ministry of Agriculture, Forestry and Fisheries (MAFF) Ministry of Economy, Trade and Industry (METI) 9

10 Ministry of the Environment aicep Portugal Global Ministry of Finance (MOF) Ministry of Foreign Affairs (MOFA) Ministry of Health, Labour and Welfare National Institute of Advanced Industrial Science and Technology (AIST) Pacific Economic Cooperation Council (PECC) Small and Medium Size Enterprise Agency Statistics Bureau, Diretor-General for Policy Planning (Statistical Standards) & Statistical Research and Training Institute Tokyo Chamber of Commerce and Industry Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E. Avenida 5 de Outubro LISBOA Tel. Lisboa: Contact Centre: Capital Social ,87 Euros Matrícula CRC Porto Nº 1 NIPC

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global África do Sul Informações e Contactos Úteis Agosto 2014 Índice Dados Gerais 03 Informações Úteis 05 Contactos Úteis 07 2 Dados Gerais Fonte: EIU- The Economist Intelligence Unit

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Roménia Informações e Endereços Úteis Julho 2012 Índice Mapa Geográfico 3 Informações úteis 4 Endereços diversos 5 2 3 Informações Úteis Riscos de Crédito e Caução e do Investimento

Leia mais

Mercados. informação global. Reino Unido Informações e Contactos Úteis

Mercados. informação global. Reino Unido Informações e Contactos Úteis Mercados informação global Reino Unido Informações e Contactos Úteis Novembro 2015 Índice Dados Gerais 3 Informações Úteis 5 Contactos Úteis 7 9 Dados Gerais Mapa: Fonte: The Economist Intelligence Unit

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Rússia Informações e Contactos Úteis Maio 2015 Índice Dados Gerais 03 Informações Úteis 06 Contatos Úteis 07 2 Dados Gerais Fonte: EIU- The Economist Intelligence Unit Área:

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Angola Informações e Contactos Úteis Junho 2014 Índice Dados Gerais 03 Informações Úteis 06 Contactos Úteis 07 2 Dados Gerais Fonte: EIU- The Economist Intelligence Unit Área:

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Alemanha Informações e Contatos Úteis Fevereiro 2015 Índice Dados Gerais 03 Informações Úteis 05 Contatos Úteis 07 2 Dados Gerais Fonte: EIU- The Economist Intelligence Unit

Leia mais

internacionalizar Seguro de Investimento Direto Português no Estrangeiro COSEC

internacionalizar Seguro de Investimento Direto Português no Estrangeiro COSEC internacionalizar Seguro de Investimento Direto Português no Estrangeiro COSEC Novembro de 2013 Índice O Que é o Seguro de Investimento Português no Estrangeiro 3 Objetivo do Seguro 3 Beneficiários do

Leia mais

A Missão da CCILC. Desenvolvimento de redes de contactos de negócio entre Portugal, a China, a Europa e os Países de Língua Portuguesa

A Missão da CCILC. Desenvolvimento de redes de contactos de negócio entre Portugal, a China, a Europa e os Países de Língua Portuguesa A CCILC Criada em 1978, foi a primeira instituição que, de um modo sistemático, auxiliou ao desenvolvimento do relacionamento económico e comercial entre Portugal e a China. Conta com associados e parceiros

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Ucrânia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Ucrânia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Ucrânia Condições Legais de Acesso ao Mercado Janeiro 2013 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 8 2 1. Regime

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Japão Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Japão Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Japão Condições Legais de Acesso ao Mercado Março 2013 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime Geral

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Moçambique Informações e Contactos Úteis Janeiro 2015 Índice Dados Gerais 03 Informações Úteis 06 Contactos Úteis 07 2 Dados Gerais: Fonte: EIU- The Economist Intelligence Unit

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Índia Informações e Endereços Úteis Fevereiro 2013 Índice Mapa Geográfico 3 Informações úteis 4 Endereços diversos 6 2 3 Informações Úteis Riscos de Crédito e Caução e do Investimento

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Quénia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Quénia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Quénia Condições Legais de Acesso ao Mercado Julho 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime Geral

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Andorra Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Andorra Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Andorra Condições Legais de Acesso ao Mercado Fevereiro 2011 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 3 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

Mercados informação regulamentar

Mercados informação regulamentar Mercados informação regulamentar China Condições Legais de Acesso ao Mercado Junho 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 8 2 1. Regime Geral

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. República Democrática do Congo Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. República Democrática do Congo Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar República Democrática do Congo Condições Legais de Acesso ao Mercado Julho 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro

Leia mais

4. SITES DE REFERÊNCIA 4.1. ENTIDADES SECTORIAIS. AACS Alta Autoridade para a Comunicação Social http://www.aacs.pt

4. SITES DE REFERÊNCIA 4.1. ENTIDADES SECTORIAIS. AACS Alta Autoridade para a Comunicação Social http://www.aacs.pt SITES DE REFERÊNCIA 4. SITES DE REFERÊNCIA 4.1. ENTIDADES SECTORIAIS AACS Alta Autoridade para a Comunicação Social http://www.aacs.pt Banco de Portugal http://www.bportugal.pt CMVM Comissão do Mercado

Leia mais

Maio. Office Of Energy Efficiency and Renewable Energy U.S. Energy Department (DOE) Washington, DC

Maio. Office Of Energy Efficiency and Renewable Energy U.S. Energy Department (DOE) Washington, DC Dia Nome do Evento Realizador Local Maio 03 ACORE U.S.-China Renewable Energy Industry Forum American Council On Renewable Energy (ACORE) Washington, DC 04 CEO Leadership Series Luncheon Featuring U.S.

Leia mais

Laureate Discover Visão Geral do Projeto - Informação detalhada. Nina Myers Program Manager

Laureate Discover Visão Geral do Projeto - Informação detalhada. Nina Myers Program Manager Laureate Discover Visão Geral do Projeto - Informação detalhada Nina Myers Program Manager Que é Laureate Discover? Um repositório de recursos acadêmicos disponíveis para as instituições da rede Laureate

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. República Dominicana Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. República Dominicana Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar República Dominicana Condições Legais de Acesso ao Mercado Janeiro 2010 Aicep Portugal Global Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Hungria Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Hungria Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Hungria Condições Legais de Acesso ao Mercado Dezembro 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime

Leia mais

Ploy Khumthukthit. A Nova Diplomacia Pública do Japão. Dissertação de Mestrado

Ploy Khumthukthit. A Nova Diplomacia Pública do Japão. Dissertação de Mestrado Ploy Khumthukthit A Nova Diplomacia Pública do Japão Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo Programa de Pós- Graduação em Relações

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Israel Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Israel Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Israel Condições Legais de Acesso ao Mercado Janeiro 2011 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime Geral

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Espanha Informações e Endereços Úteis Abril 2013 Índice Mapa Geográfico 3 Informações Úteis 4 Endereços Diversos 5 2 Fonte: The Economist Intelligence Unit (EIU) 3 Informações

Leia mais

Foreign Trade Promotion for German Small and Medium-Sized Enterprises (SMEs) in Brazil

Foreign Trade Promotion for German Small and Medium-Sized Enterprises (SMEs) in Brazil Foreign Trade Promotion for German (SMEs) in Brazil Vice-President of Marketing and Sales, German-Brazilian Chamber of Industry and Commerce Blumenau, November 20, 2007 Worldwide German Chambers Network

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Tunísia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Tunísia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Tunísia Condições Legais de Acesso ao Mercado Fevereiro 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China Last Update Última Actualização: 10-02-2015 Prepared

Leia mais

AGENDA 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 4 DE JUNHO DE 2015

AGENDA 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 4 DE JUNHO DE 2015 Dia Nome do Evento Realizador Local Junho 01 USDA Produce Inspection Training Program > mais United Fresh Produce Association Fredericksburg, VA Conversation with Alicia Bárcena, Exectutive Secretary of

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Reino Unido Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Reino Unido Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Reino Unido Condições Legais de Acesso ao Mercado Junho 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime

Leia mais

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização)

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Função autónoma responsável pela gestão de reclamações (Lista em atualização) Ace Europe Group Limited Sucursal em Portugal Departamento de e Qualidade de Negócio Quinta da Fonte Edf. D. Manuel I Piso

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Ucrânia Ficha de Mercado Março 2011 Índice 1. País em Ficha 03 2. Economia 04 2.1. Situação Económica e Perspectivas 04 2.2. Comércio Internacional 05 2.3. Investimento 07 2.4.

Leia mais

Investir em Angola Perspectiva de um Banco Alemão. 5º Fórum Económico Alemão-Angolano, Luanda, Junho 2013

Investir em Angola Perspectiva de um Banco Alemão. 5º Fórum Económico Alemão-Angolano, Luanda, Junho 2013 Investir em Angola Perspectiva de um Banco Alemão Commerzbank AG Commerzbank: 1.00 agências, 50 países, 14 milhões clientes particulares, 1 milhão clientes empresas e institucionais, 59.100 colaboradores

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Finlândia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Finlândia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Finlândia Condições Legais de Acesso ao Mercado Janeiro 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

ICT Roadshow. Sector TIC. Bélgica e Luxemburgo 23 a 25 de maio de 2016

ICT Roadshow. Sector TIC. Bélgica e Luxemburgo 23 a 25 de maio de 2016 ICT Roadshow Sector TIC Bélgica e Luxemburgo 23 a 25 de maio de 2016 Enquadramento Considerando a projeção que o setor das TIC tem vindo a ter em Portugal, nomeadamente na última década, conjugado com

Leia mais

Chefe de Estado: Otto Pérez Molina Tx. Câmbio: 1 EUR = 8,654 GTQ (final janeiro 2015)

Chefe de Estado: Otto Pérez Molina Tx. Câmbio: 1 EUR = 8,654 GTQ (final janeiro 2015) Informação Geral sobre a Guatemala Área (km 2 ): 108 889 Vice-Presidente: Roxana Baldetti População (milhões hab.): 14,6 (estimativa 2014) Risco de crédito: 4 (1 = risco menor; 7 = risco maior) Capital:

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas 16 de Novembro de 2015 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora 38º PORTUGAL TEM MELHORADO A SUA

Leia mais

Portugal ID Portugal BI. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Last Update Última Actualização: 17-06-2014

Portugal ID Portugal BI. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Last Update Última Actualização: 17-06-2014 dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica Portugal ID Portugal BI Last Update Última Actualização: 17-06-2014 Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. República Checa Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. República Checa Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar República Checa Condições Legais de Acesso ao Mercado Março 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime

Leia mais

Brasil - Síntese País

Brasil - Síntese País Informação Geral sobre o Brasil Área (km 2 ): 8 547 400 Vice-Presidente: Michel Temer População (milhões hab.): 202,8 (estimativa 2014) Risco de crédito: 3 (1 = risco menor; 7 = risco maior) Capital: Brasília

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Teiji Sakurai Realização :, SÃO PAULO O que é a JETRO? Órgão oficial de comércio exterior do Japão 1951 Osaka Oficialmente JETRO em 1958 76 escritórios

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO E INVESTIGAÇÃO, SITES PARA PESQUISA

BOLSAS DE ESTUDO E INVESTIGAÇÃO, SITES PARA PESQUISA BOLSAS DE ESTUDO E INVESTIGAÇÃO, SITES PARA PESQUISA DE BOLSAS, OPORTUNIDADES DE ESTÁGIOS Esta é uma lista não exaustiva, compilada pelo Centro com base na informação por nós recolhida junto de instituições

Leia mais

FICHA DE MERCADO - MOÇAMBIQUE

FICHA DE MERCADO - MOÇAMBIQUE FICHA DE MERCADO - MOÇAMBIQUE DADOS SOBRE O PAÍS Moçambique República de Moçambique Área: 799.380 km2 População: 24,5 milhões de habitantes Bandeira/Flag Capital: Maputo (1,967 milhões de habitantes) Outras

Leia mais

Smart Cities Portugal: Uma parceria para a inovação

Smart Cities Portugal: Uma parceria para a inovação Smart Cities Portugal: Uma parceria para a inovação Conferência Cidades Sustentáveis 2020 Lisboa, 11 de Julho de 2013 estrutura da apresentação Smart Cities no mundo um mercado em crescimento Smart Cities

Leia mais

Namíbia - Síntese País

Namíbia - Síntese País Informação Geral sobre a Namíbia Área (km 2 ): 824 269 Primeiro-Ministro: Saara Kuugongelwa-Amadhila População (milhões hab.): 2,2 (estimativa ) Risco de crédito: 3 (1 = risco menor; 7 = risco maior) Capital:

Leia mais

5º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA

5º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA 5º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA APOIOS PRÁTICOS PARA INTERNACIONALIZAR-SE OU IMPLANTAR-SE NO MERCADO FRANCÊS ENCONTROS COMERCIAIS COM PARCEIROS FRANCESES 9 de Novembro de 2010 / PORTO Hotel Meliã Gaia-Porto Rua

Leia mais

CB RICHARD ELLIS PORTUGAL

CB RICHARD ELLIS PORTUGAL CB RICHARD ELLIS PORTUGAL Apresentação da Empresa 2011 Índice Página 1. CB Richard Ellis 3 2. CB Richard Ellis no Mundo 4 3. CB Richard Ellis na Região EMEA 7 4. O Grupo CBRE Portugal 8 5. Prémios Internacionais

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

IV Reunião das Administradoras de ZPE. Brasília, 15 de abril de 2015

IV Reunião das Administradoras de ZPE. Brasília, 15 de abril de 2015 IV Reunião das Administradoras de ZPE Brasília, 15 de abril de 2015 I. Atuação da RENAI Roteiro: II. Possibilidades de parceria RENAI - ZPEs Parte I RENAI O que é a RENAI? Rede Nacional de Informações

Leia mais

ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA 1. O CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

Leia mais

Condições Particulares do Distribuidor Banco de Investimento Global, S.A. - MARÇO 2014 -

Condições Particulares do Distribuidor Banco de Investimento Global, S.A. - MARÇO 2014 - Condições Particulares do Distribuidor Banco de Investimento Global, S.A. - MARÇO 2014 - Identificação do Distribuidor O Banco de Investimento Global (de ora em diante o Distribuidor ), com sede na Av.

Leia mais

Qualquer similaridade é mera coincidência? a. Venda doméstica de automóveis na Coréia (y-o-y, %)

Qualquer similaridade é mera coincidência? a. Venda doméstica de automóveis na Coréia (y-o-y, %) Brasil e Coréia: Qualquer similaridade é mera coincidência? a Faz algum tempo que argumentamos sobre as lições importantes que a Coréia oferece ao Brasil. O país possui grau de investimento há muitos anos,

Leia mais

BANCO DO BRASIL AMERICAS

BANCO DO BRASIL AMERICAS BANCO DO BRASIL AMERICAS Seminário BACCF Como Ingressar no Mercado Norte-Americano Agenda Processo de Internacionalização do BB Conectividade Brasil / Florida Apresentação Geral BB AMERICAS 2 Banco do

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado Abril 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Coreia do Sul Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Coreia do Sul Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Coreia do Sul Condições Legais de Acesso ao Mercado Março 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 7 2 1. Regime

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Israel Ficha de Mercado Dezembro 2010 Índice 1. País em Ficha 3 2. Economia 4 2.1. Situação Económica e Perspectivas 4 2.2. Comércio Internacional 6 2.3. Investimento 9 2.4.

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. EAU Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. EAU Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar EAU Condições Legais de Acesso ao Mercado Fevereiro 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 7 2 1. Regime Geral

Leia mais

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS C&C ADVOGADOS Em Parceria: Portugal China (Macau) Parceria de oportunidades

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS C&C ADVOGADOS Em Parceria: Portugal China (Macau) Parceria de oportunidades Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS C&C ADVOGADOS Em Parceria: Portugal China (Macau) Parceria de oportunidades Abreu Advogados C&C Advogados 2015 PORTUGAL CHINA Abreu Advogados

Leia mais

PRINCIPAIS ORGANISMOS NO ÂMBITO DO TURISMO 1

PRINCIPAIS ORGANISMOS NO ÂMBITO DO TURISMO 1 PRINCIPAIS ORGANISMOS NO ÂMBITO DO TURISMO 1 Calisto, Carlos M. 2 1 Adaptação do trabalho realizado no âmbito do estágio curricular em turismo realizado no Centro de Investigação em Sociologia e Antropologia

Leia mais

Property & Construction Property & Construction. Estudos de Remuneração 2012

Property & Construction Property & Construction. Estudos de Remuneração 2012 Property & Construction Property & Construction Estudos de Remuneração 2012 3 Michael Page Page Estudos de Remuneração 2012 - Property & Construction 4 Apresentamos-lhe os Estudos de Remuneração 2012,

Leia mais

CCILF Evento. A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta SEMINÁRIO 2 DE OUTUBRO DE 2013 PORTO

CCILF Evento. A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta SEMINÁRIO 2 DE OUTUBRO DE 2013 PORTO CCILF Evento A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta SEMINÁRIO A RECUPERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS TRADICIONAIS PORTUGUESAS FATORES DE SUCESSO, CASE STUDIES E OPORTUNIDADES DE FRANÇA 2 DE OUTUBRO

Leia mais

CE também significa Crime Electrónico. Imperativos éticos no comércio electrónico / negócio electrónico

CE também significa Crime Electrónico. Imperativos éticos no comércio electrónico / negócio electrónico Imperativos éticos no comércio electrónico / negócio electrónico Luís Manuel Borges Gouveia Dezembro /99 Adaptado da apresentação de Rafee Yusoff, Junho /98 COMÉRCIO ELECTRÓNICO & NEGÓCIO ELECTRÓNICO DEFINIÇÃO

Leia mais

Como Fazer Pesquisa de Mercado de Exportação

Como Fazer Pesquisa de Mercado de Exportação Como Fazer Pesquisa de Mercado de Exportação sem Gastar Muito Angela da Rocha 1 Já se disse que a entrada em mercados estrangeiros é um enorme desafio para qualquer empresa, porque é uma viagem ao desconhecido.

Leia mais

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão 1 de Agosto de 2015

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. EUA Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. EUA Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar EUA Condições Legais de Acesso ao Mercado Outubro 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime Geral

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Índia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Índia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Índia Condições Legais de Acesso ao Mercado Fevereiro 2013 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 6 3. Quadro Legal 9 2 1. Regime

Leia mais

INCENTIVOS AO INVESTIMENTO NA ROMÉNIA

INCENTIVOS AO INVESTIMENTO NA ROMÉNIA INCENTIVOS AO INVESTIMENTO NA ROMÉNIA Elaborado por: CESO CI Consultores Internacionais, SA Edição Online e Coordenação Técnica: Icep Portugal / Unidade Conhecimento de Mercado Data: Novembro 2004 ÍNDICE

Leia mais

CARTAZ. Organização. Funcenter-Colombo. I Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS

CARTAZ. Organização. Funcenter-Colombo. I Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS CARTAZ Organização Associação Portuguesa de Surdos Apoio Federação Portuguesa de Bowling Funcenter-Colombo 1 Artigo 1º: Data e Local Regulamento O 1º Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da

Leia mais

ROAD TRANSPORT REGULATING AND ENFORCEMENT BODIES

ROAD TRANSPORT REGULATING AND ENFORCEMENT BODIES ROAD TRANSPORT REGULATING AND ENFORCEMENT BODIES PORTUGAL November 2014 Country: PORTUGAL Items to be controlled State police Local police Customs Control Ministry of Economy: Secretary of State of Infrastructures,

Leia mais

CARTAZ. Organização. Bowling Caldas. II Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS

CARTAZ. Organização. Bowling Caldas. II Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS CARTAZ Organização Associação Portuguesa de Surdos Apoio Federação Portuguesa de Bowling Bowling Caldas 1 Artigo 1º: Data e Local Regulamento O 2º Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS

Leia mais

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO SETOR DE PROMOÇÃO COMERCIAL

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO SETOR DE PROMOÇÃO COMERCIAL EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO SETOR DE PROMOÇÃO COMERCIAL BOLETIM DE MERCADO O MERCADO DE COSMÉTICOS NO JAPÃO 1. DEFINIÇÃO DA CATEGORIA Para efeito do presente boletim de mercado, o setor de cosméticos

Leia mais

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil 2009-2010 SALARY GUIDE Brazil Conteúdo Introdução...1 Finance and Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Banking (Continued)...7 Insurance...8 About Robert Half...9

Leia mais

NEGÓCIOS INTERNACIONAIS

NEGÓCIOS INTERNACIONAIS NEGÓCIOS INTERNACIONAIS Programa Prof. João Pedro Couto Objectivos Esta disciplina tem como finalidade fornecer aos alunos um conjunto de elementos que permitam aos mesmos, utilizando uma lógica de raciocínio

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Alemanha Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Alemanha Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Alemanha Condições Legais de Acesso ao Mercado Setembro 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO S E T O R D E P R O M O Ç Ã O C O M E R C I A L

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO S E T O R D E P R O M O Ç Ã O C O M E R C I A L EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO S E T O R D E P R O M O Ç Ã O C O M E R C I A L BOLETIM DE MERCADO O MERCADO DE SUCOS DE FRUTAS NO JAPÃO 1) DEFINIÇÃO DA CATEGORIA Códigos do Sistema Harmonizado Descrição

Leia mais

A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa. Carlos Cerqueira, Director de Inovação

A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa. Carlos Cerqueira, Director de Inovação A experiência do IPN no interface Universidade/Empresa Carlos Cerqueira, Director de Inovação O Instituto Pedro Nunes Criado em 1991 pela Universidade de Coimbra Promove a inovação na área científica e

Leia mais

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO S E T O R D E P R O M O Ç Ã O C O M E R C I A L

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO S E T O R D E P R O M O Ç Ã O C O M E R C I A L EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO S E T O R D E P R O M O Ç Ã O C O M E R C I A L BOLETIM DE MERCADO O MERCADO DE AVESTRUZ NO JAPÃO 1. Definição da categoria Códigos do Sistema Harmonizado Discriminação -

Leia mais

2013 ANNUAL ADVOCACY MISSION

2013 ANNUAL ADVOCACY MISSION 2013 ANNUAL ADVOCACY MISSION November 4-7, 2013 Brasília, Brazil Monday, November 4 AGENDA *Updated on November 6, 2013 Arrival in Brasília Taxis are available at airport. SHTN, Trecho 01 - Conj. 1B, Bloco

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Índia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Índia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Índia Condições Legais de Acesso ao Mercado Junho 2009 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 7 2 1. Regime Geral

Leia mais

I Reunião de Ministros das Finanças da CPLP Lisboa, 29 de Junho 2009. Informações úteis

I Reunião de Ministros das Finanças da CPLP Lisboa, 29 de Junho 2009. Informações úteis I Reunião de Ministros das Finanças da CPLP Lisboa, 29 de Junho 2009 Informações úteis Centro dos Media O Centro dos Media está instalado no Ministério das Finanças e da Administração Pública (MFAP), Av.

Leia mais

Desafios do Turismo em Portugal 2014

Desafios do Turismo em Portugal 2014 Desafios do Turismo em Portugal 2014 Crescimento Rentabilidade Inovação 46% O Turismo em Portugal contribui com cerca de 46% das exportações de serviços e mais de 14% das exportações totais. www.pwc.pt

Leia mais

2008 Abril I abril TABELA DE EVENTOS. 03 / 05 BNF FIRA BARCELONA Barcelona, Negócios y Franquias

2008 Abril I abril TABELA DE EVENTOS. 03 / 05 BNF FIRA BARCELONA Barcelona, Negócios y Franquias Abril I abril 03 / 05 BNF FIRA BARCELONA Barcelona, Negócios y Franquias 04 / 05 FUTURA Saló dels Màsters i Postgraus FIRA BARCELONA Fórum del Treball 06 / 09 BIOENERGY: CHALLENGES AND CAMPUS DE AZURÉM

Leia mais

Apresentação... 2 Objectivos do curso... 2 Metodologia... 2 Programa... 3 Calendarização... 4 Formadores... 5

Apresentação... 2 Objectivos do curso... 2 Metodologia... 2 Programa... 3 Calendarização... 4 Formadores... 5 ÍNDICE Apresentação... 2 Objectivos do curso... 2 Metodologia... 2 Programa... 3 Calendarização... 4 Formadores... 5 Condições de acesso e inscrições... 6 Preçário... 6 Certificado de presença... 6 Local...

Leia mais

Nova Zelândia - Síntese País

Nova Zelândia - Síntese País Informação Geral sobre a Nova Zelândia Área (km 2 ): 270 534 Primeiro-Ministro: John Key População (milhões hab.): 4,6 () Risco de crédito: (*) Capital: Wellington Risco do país: AA (AAA = risco menor;

Leia mais

* Este comunicado destina-se às pessoas que residem no Brasil, Argentina, Paraguai, Bolívia e Peru.

* Este comunicado destina-se às pessoas que residem no Brasil, Argentina, Paraguai, Bolívia e Peru. AF2006 Ministério da Saúde, Trabalho e Previdência Social Província de Hiroshima Para as vítimas de bomba atômica que residem fora do Japão ~ Sobre a inscrição no Programa de Assistência Médica às Vítimas

Leia mais

CONHECIMENTO como GERADOR

CONHECIMENTO como GERADOR CONHECIMENTO como GERADOR 2001 Licenciada Bioquímica (Coimbra) 2008 Doutorada Biologia Molecular, Microbiologia e Evolução (Aveiro, Oxford e Barcelona) 2012 MBA Especialização Finanças, Porto Business

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO E INVESTIGAÇÃO, SITES PARA PESQUISA

BOLSAS DE ESTUDO E INVESTIGAÇÃO, SITES PARA PESQUISA BOLSAS DE ESTUDO E INVESTIGAÇÃO, SITES PARA PESQUISA DE BOLSAS, OPORTUNIDADES DE ESTÁGIOS Esta é uma lista não exaustiva, compilada pelo Centro com base na informação por nós recolhida junto de instituições

Leia mais

Governança e Transparência no Terceiro Setor Modelos Práticos de Governança em Entidades do Terceiro Setor

Governança e Transparência no Terceiro Setor Modelos Práticos de Governança em Entidades do Terceiro Setor Governança e Transparência no Terceiro Setor Modelos Práticos de Governança em Entidades do Terceiro Setor Rachel Biderman 14 de outubro 2014 Congresso IBGC WALK THE TALK Exigimos transparência: temos

Leia mais

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações

Função autónoma responsável pela gestão de reclamações Função autónoma responsável pela gestão de reclamações ACP Mobilidade - Sociedade de Seguros de Assistência, S.A. Área de gestão de reclamações apoioclientes@acp.pt ADA, Ayuda del Automovilista, S.A. de

Leia mais

25 parceiros em rede

25 parceiros em rede CAAST-NET PLUS: EU-Africa knowledge and network support to HLPD Cooperaçãoeminvestigaçãoe inovaçãoentre África sub-sariana e Europa Maria Maia, FCT, Portugal caast-net-plus.org CAAST-Net Plusé um projeto

Leia mais

Mini MBA para Secretáriado Executivo e

Mini MBA para Secretáriado Executivo e A communications, training and events management company SEMINÁRIO Mini MBA para Secretáriado Executivo e Assessoria de Alta Direcção Lisboa www.letstalkgroup.com Mini MBA para Secretáriado Executivo e

Leia mais

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO

EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO 1. Diagnóstico da Categoria EMBAIXADA DO BRASIL EM TÓQUIO S E T O R D E P R O M O Ç Ã O C O M E R C I A L BOLETIM DE MERCADO O MERCADO DE CARNE BOVINA NO JAPÃO Códigos do Sistema Harmonizado SH 0201 Carne

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PMEs

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PMEs PROGRAMA DE FORMAÇÃO PMEs NOTA DE DIVULGAÇÃO A aicep Portugal Global é o organismo nacional de referência no domínio do Comércio Internacional, detendo vasta experiência e conhecimento sobre a atividade

Leia mais

Prepare sua empresa para ingressar no maior e mais importante mercado mundial!

Prepare sua empresa para ingressar no maior e mais importante mercado mundial! 11 Seminário Como Ingressar no Mercado Norte Americano Prepare sua empresa para ingressar no maior e mais importante mercado mundial! Início dia 28 de setembro de 2015 Seminário em Português Miami - USA

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1531001 Ano lectivo: 2010-11 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO ENTERPRISE MANAGEMENT AND ENTREPRENEURSHIP 1. Unidade

Leia mais

Mercados informação de negócios

Mercados informação de negócios Mercados informação de negócios Japão Oportunidades e Dificuldades do Mercado Setembro 2012 Índice 1. Oportunidades 3 1.1. Comércio 3 1.2. Investimento de Portugal no Japão 4 1.3. Investimento do Japão

Leia mais

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A ARGÉLIA

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM A ARGÉLIA 2006 2007 2008 Var % a 06/10 Exportações 72.858 79.841 181.189 197.445 216.674 38,8 9,7 Importações 896.599 577.541 706.684 274.938 269.391-19,1-2,0 Saldo -823.741-497.700-525.495-77.493-52.717 -- -- Coef.

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Chile Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Chile Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Chile Condições Legais de Acesso ao Mercado Setembro 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 7 2 1. Regime Geral

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Marrocos Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Marrocos Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Marrocos Condições Legais de Acesso ao Mercado Junho 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 8 2 1. Regime Geral

Leia mais

Mercados informação global

Mercados informação global Mercados informação global Qatar Ficha de Mercado Janeiro 2011 Ficha de Mercado Índice 1. País em Ficha 3 2. Economia 4 2.1. Situação Económica e Perspectivas 4 2.2. Comércio Internacional 6 2.3. Investimento

Leia mais