CCILF Evento. A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta SEMINÁRIO 2 DE OUTUBRO DE 2013 PORTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CCILF Evento. A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta SEMINÁRIO 2 DE OUTUBRO DE 2013 PORTO"

Transcrição

1 CCILF Evento A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta SEMINÁRIO A RECUPERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS TRADICIONAIS PORTUGUESAS FATORES DE SUCESSO, CASE STUDIES E OPORTUNIDADES DE FRANÇA 2 DE OUTUBRO DE 2013 PORTO HOTEL SHERATON PORTO Rua Tenente Valadim, 146 Com o apoio de

2 O CONTEXTO Em 20 anos, a composição do PIB português alterou-se profundamente. Com a criação do mercado único e a emergência de países alternativos, desapareceram milhares de empresas nacionais nos mais diversos setores da indústria tradicional local. Estes, que representavam mais de metade das exportações em 1993, passaram a pesar só 30 por cento nas saídas de bens, com os têxteis a sofrerem a queda mais acentuada. No entanto, esta situação está claramente a mudar e estamos, para muitos, a regressar às famosas conclusões do relatório Porter sobre a Competitividade da Economia Portuguesa nos anos 90, que apontava precisamente para uma aposta nos setores tradicionais e de especialização de Portugal no mundo. Na indústria têxtil, com o aumento do custo da mão-de-obra na China e as dificuldades que atravessam hoje os países do Magreb, há um movimento nítido de regresso à produção de proximidade por grandes marcas nomeadamente europeias. Na área do calçado, o valor exportado aumentou para 1,438 milhões de euros em 2010 (10,7% acima de 1993) e os sapatos portugueses são mundialmente reconhecidos pela sua qualidade. Para o setor do metal o ano de 2012 foi o melhor de sempre em matéria de exportações, que atingiram cerca de 13 mil milhões de euros. Em matéria de mobiliário e colchoaria, a taxa de cobertura do setor é de 180%, continuando a dar sinais de dinamismo desta indústria. Finalmente na área da cerâmica, Portugal é um dos maiores produtores mundiais de produtos cerâmicos, exportando para centena e meia de países. Quisemos saber quais as razões da boa saúde das indústrias tradicionais, outrora consideradas como os patinhos feios da economia portuguesa. Numa época de crise, debruçamo-nos sobre a situação destes setores com o vento em poupa, através de intervenções das associações setoriais, do case study das empresas com sucesso lá fora, mas também pelos olhos de empresários franceses que regressam ao fabrico Made in Portugal.

3 PROGRAMA 9H00 - SESSÃO DE INFORMAÇÃO (em francês) 9h00 9h20 9h30 9h45 10h20 Recepção dos participantes e entrega de documentação Sessão de Abertura António Vilar, Vice-Presidente da CCILF Portugal, um país de oportunidades para empresas estrangeiras Pedro Patrício, Diretor da Área das Grandes Empresas no AICEP Panorama setorial das atividades tradicionais portuguesas José de Oliveira Guia, Presidente da Direcção da ANEME Paulo Vaz, Diretor Geral da ATP Joana Nunes, Diretora do Departamento de Operações e Projetos da AIMMP Desafios e soluções para as empresas em Portugal Carlos Rey Guimarães, Diretor do BPI 10h40 Coffee-break e Networking 11h00 11h20 12h00 A atratividade fiscal de Portugal para os investidores estrangeiros Luis Magalhães Head of Tax / Maria do Ceu Carvalho, Sénior Manager Tax and Financial Incentives na KPMG O ponto de vista de empresários franceses á procura do Made in Portugal Texteis : Eric Simon, Diretor Geral da Crescendo, Lda Metalomecânica : Patrick Delabie, Director Geral da Delabie Portugal e Marc Sachs, Diretor Geral da Gebo Sorbal, Lda- a confirmar Cases studies de empresas portuguesas de sucesso Texteis : Catarina Reguenga, Responsável Marketing da Petratex Mobiliário : Roberto Santos, Diretor Comercial da Guarnição Metalomecânica : Micael Moreira, Mecaltex- a confirmar 12h30 Apresentação das empresas francesas à procura de parcerias em Portugal 13H00 - ALMOÇO ENTRE EMPRESÁRIOS Sob a Presidência do Senhor Doutor Pedro Gonçalves, Secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade - a confirmar

4 15H00 - MESAS REDONDAS 1) Mesa com consultores especializados no apoio para França : KPMG : apoio a nível fiscal Cosec : apoio ao risco de crédito BPI : apoio na área financeira 2) Mesas com empresas francesas que procuram fornecedores ou subcontratantes em Portugal. MESA 1 Atividade : comercialização de mobiliário contemporâneo design em metal ou outros materiais Volume de negócios : 1 milhão de euros Nº de empregados : 4 Data de criação : 2012 Fabricantes e sub-contratantes para fabricar móveis design contemporâneos para salas e quartos MESA 2 Atividade : conceção e montagem de conjuntos mecânicos para o setor industrial Volume de negócios : 8,5 milhões de euros Nº de empregados : 250 Data de criação : 2000 Pretende sub-contratar atividades de corte-laser, plasma oxy, dobragem, mecano-soldadura e maquinação Peças de 100 g a várias toneladas Volume de encomenda : compram de euros de peças/ano

5 MESA 3 Atividade : importador de têxteis éticos Nº de empregados : 2 Data de criação : 2011 Fabricantes de têxteis lar em algodão biológico : roupa de cama, de banho, de mesa : lençóis, fronhas, colchas, toalhas, etc. MESA 4 Atividade : criação, fabricação, consultoria e comércio de vestuário e acessórios para empresas, do setor do desporto e das coletividades, e do público em geral Nº de empregados : 5 Data de criação : 2012 Fabricantes de produtos acabados e sub-contratantes Produtos em malha piquée, algodão, poliéster, coolmax, softshell, goretex Sublimação, serigrafia e bordados Produtos : Vesturário : Polos, sweats-shirts, sweats-shirts com carapuços, blazers, corta-ventos, camisolas e calções para desporto, roupa impermeável, fatos de treinos, bonés, cachecóis, roupa interior Marroquinaria de alta qualidade Volume de encomenda ; de 10 a 500 peças em função dos produtos MESA 5 Atividade : Distribuição e comércio de mobiliário para residências privadas e hotéis de luxo Nº de empregados : 1 Data de criação : 2013

6 Produtos alto de gama, pequenas séries : fabricantes de cadeiras clássicas ou contemporâneas fabricantes de móveis clássicos ou contemporâneos fabricantes de ferragens fundições de bronze empresas de curtumes especialistas de trabalho de latão e inox fornecedores de pedras naturais e mármores fabricantes de lâmpadas e abats-jours todos os fornecedores anexos e complementares a atividade de decoração de luxo Volumes de encomenda : de 5000 euros a em função do tamanho das séries MESA 6 Atividade : fabricação e comércio de mobiliário Nº de empregados : 900 Data de criação : 1928 sub-contratantes de pequenos móveis em madeira maciça (nogueira e freixo) sub-contratantes para trabalho do inox e do alumínio sub-contratantes de abats-jours sub-contratantes para fabricar jarras em cerâmica, porcelana e grés para peças outdoor Volumes de encomenda : 50 / 100 / 200 MESA 7 Atividade : agenciamento de espaços na área médico social (lares de idosos, estabelecimentos especializados centros de dia, residências para a terceira idade, etc.) procura fabricar em Portugal todo tipo de mobiliário contemporâneo, nomeadamente em faia, para mobilar estes espaços : quartos, halls de entrada, salas de refeição, espaços comuns, espaços de lazer, salas de atividade, espaços administrativos, salas de tratamento, etc.) 18H00 ENCERRAMENTO DO CERTAME

7 INSCRIÇÕES Inscrições abertas até ao dia 24 de Setembro com pagamento efetuado COMO SE INSCREVER? Devolver a ficha de inscrição e o pagamento por cheque para : CCILF - Avenida da Boavista, 1203 sala Porto ou comprovativo de transferência bancária por PERFIL DA EMPRESA Nome dos participante(s): Empresa: Nº de contribuinte: Morada: Código Postal / Cidade: Tel. / Fax: Website: ESCOLHA DAS MESAS REDONDAS COM INTERESSE (TARDE) 1/ Mesas com consultores Apoio fiscal em França Apoio ao risco de crédito Apoio na parte financeira 2/ Mesas comerciais (3 no máximo) Mesa Empresa 1 Mesa Empresa 2 Mesa Empresa 3 Mesa Empresa 4 Mesa Empresa 5 Mesa Empresa 6 Mesa Empresa 7

8 CUSTO : SÉMINÁRIO + ALMOÇO + MESAS REDONDAS (Preço por pessoa) o Sócios : 70 euros + iva (23%) o Não Sócios : 100 euros + iva (23%) PAGAMENTO Inscrição : Sócios da CCILF Não sócios da CCILF Agradecemos indicação da forma de pagamento: Cheque Cheque Nº S/o Banco Emitido à ordem da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa - CCILF No valor de euros. Transferência Para a conta (NIB) BNP no valor de euros. N.B : indicar o nome da empresa na TB Data da transferência / / Reembolsaremos o montante da inscrição com anulação até 72 horas de antecedência. Nota importante: as inscrições são consideradas por ordem de chegada, nomeadamente para a marcação dos horários das mesas redondas. A data limite é meramente informativa. No caso da agenda das mesas redondas ficar completa, seremos obrigados a encerrar as inscrições antecipadamente. Para todo esclarecimento contactar a CCILF no Porto / Géraldine Dussaubat ou Silvia Silva ou

ABC DO MERCADO FRANCÊS : A REGIÃO PROVENCE-ALPES- CÔTES-D AZUR (PACA) PORTO. Com o apoio de Raphaël AJAMIAN - AXA FRANCE

ABC DO MERCADO FRANCÊS : A REGIÃO PROVENCE-ALPES- CÔTES-D AZUR (PACA) PORTO. Com o apoio de Raphaël AJAMIAN - AXA FRANCE CCILF Evento A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta ABC DO MERCADO FRANCÊS : A REGIÃO PROVENCE-ALPES- CÔTES-D AZUR (PACA) PORTO 19 de Setembro de 2013 Hotel Mercure Gaia-Porto Com o apoio

Leia mais

O cluster automóvel em Portugal perspetivas e parcerias

O cluster automóvel em Portugal perspetivas e parcerias A Câmara de Comércio e Indústria organiza Seminário, Almoço e Mesas Redondas O cluster automóvel em Portugal perspetivas e parcerias Panorama do setor O investimento francês em Portugal Parceria entre

Leia mais

5º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA

5º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA 5º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA APOIOS PRÁTICOS PARA INTERNACIONALIZAR-SE OU IMPLANTAR-SE NO MERCADO FRANCÊS ENCONTROS COMERCIAIS COM PARCEIROS FRANCESES 9 de Novembro de 2010 / PORTO Hotel Meliã Gaia-Porto Rua

Leia mais

O Setor da metalomecânica em Portugal. 26 de fevereiro

O Setor da metalomecânica em Portugal. 26 de fevereiro A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa organiza Seminário, Almoço et Mesas Redondas O Setor da metalomecânica em Portugal As implantações francesas, atuais e futuras Parcerias sourcing França-Portugal

Leia mais

6º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA Exportar e Internacionalizar para França 23 de Novembro de 2011 / PORTO

6º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA Exportar e Internacionalizar para França 23 de Novembro de 2011 / PORTO 6º FÓRUM PORTUGAL FRANÇA Exportar e Internacionalizar para França 23 de Novembro de 2011 / PORTO Hotel Tiara Park Atlantic, Av. Da Boavista, 1466 Encontros comerciais com potenciais compradores Reuniões

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL PARA FRANÇA Prospecção do Mercado Francês. Com o apoio de

MISSÃO EMPRESARIAL PARA FRANÇA Prospecção do Mercado Francês. Com o apoio de MISSÃO EMPRESARIAL PARA FRANÇA Prospecção do Mercado Francês 2010 Com o apoio de O CONTEXTO Com uma superfície igual a 1/5 da União Europeia e um PIB superior a 2 mil bilhões de dólares, a França é o maior

Leia mais

Portugal 2020 O Financiamento às Empresas. Empreender, Inovar, Internacionalizar. Speaking Notes. Fevereiro 10, 2015. Vila Nova de Famalicão

Portugal 2020 O Financiamento às Empresas. Empreender, Inovar, Internacionalizar. Speaking Notes. Fevereiro 10, 2015. Vila Nova de Famalicão Portugal 2020 O Financiamento às Empresas Empreender, Inovar, Internacionalizar Speaking Notes Fevereiro 10, 2015 Vila Nova de Famalicão Casa das Artes Miguel Frasquilho Presidente, AICEP Portugal Global

Leia mais

4º FÓRUM PORTUGAL - FRA ÇA

4º FÓRUM PORTUGAL - FRA ÇA 4º FÓRUM Em parceria com a PORTUGAL - FRA ÇA APOIOS PRÁTICOS PARA ABORDAR OU IMPLA TAR-SE O MERCADO FRA CÊS E CO TROS COM POTE CIAIS PARCEIROS FRA CESES 10 de ovembro de 2009 Exponor Centro de Congressos

Leia mais

ANGOLA, PAÍS DO FUTURO

ANGOLA, PAÍS DO FUTURO ANGOLA, PAÍS DO FUTURO VENHA DESCOBRIR AS SUAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS Lisboa, 14 de Abril de 2009 Porto, 16 de Abril de 2009 Com o apoio técnico e jurídico de : SEMINÁRIO E MESAS REDONDAS Angola, 14,5

Leia mais

SOLUÇÕES MOÇAMBIQUE-EMPRESAS JULHO 2013

SOLUÇÕES MOÇAMBIQUE-EMPRESAS JULHO 2013 JULHO 2013 EM MOÇAMBIQUE, COMO EM PORTUGAL O BPI e o BCI disponibilizam as Soluções Moçambique-Empresas, um conjunto de produtos e serviços desenhados para empresas que pretendam investir ou exportar para

Leia mais

Mini MBA para Secretáriado Executivo e

Mini MBA para Secretáriado Executivo e A communications, training and events management company SEMINÁRIO Mini MBA para Secretáriado Executivo e Assessoria de Alta Direcção Lisboa www.letstalkgroup.com Mini MBA para Secretáriado Executivo e

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL AO CHILE SANTIAGO DO CHILE 01 a 06 de OUTUBRO 2016 2 DESCRIÇÃO:

MISSÃO EMPRESARIAL AO CHILE SANTIAGO DO CHILE 01 a 06 de OUTUBRO 2016 2 DESCRIÇÃO: 23 MISSÃO EMPRESARIAL AO CHILE SANTIAGO DO CHILE 01 a 06 de OUTUBRO 2016 2 DESCRIÇÃO: A Missão encontra-se integrada no Projeto Conjunto da AIDA, INOV_MARKET, que tem como principais objetivos promover

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. República Dominicana Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. República Dominicana Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar República Dominicana Condições Legais de Acesso ao Mercado Janeiro 2010 Aicep Portugal Global Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro

Leia mais

internacionalizar Seguro de Investimento Direto Português no Estrangeiro COSEC

internacionalizar Seguro de Investimento Direto Português no Estrangeiro COSEC internacionalizar Seguro de Investimento Direto Português no Estrangeiro COSEC Novembro de 2013 Índice O Que é o Seguro de Investimento Português no Estrangeiro 3 Objetivo do Seguro 3 Beneficiários do

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Presidente Antonio dos Reis Duarte. Editor

FICHA TÉCNICA. Presidente Antonio dos Reis Duarte. Editor FICHA TÉCNICA Presidente Antonio dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Direcção de Contas Nacionais, Estatísticas Económicas e dos Serviços Av. Cidade de Lisboa, nº 18, Cx. Postal 116,

Leia mais

WORKSHOP Como Comunicar em Negócios Internacionais

WORKSHOP Como Comunicar em Negócios Internacionais WORKSHOP Como Comunicar em Negócios Internacionais Conteúdo Estratégias de comunicação bem delineadas e um amplo conhecimento sobre o mercado e a cultura do país de destino, são elementos fundamentais

Leia mais

EVT006 www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 52

EVT006 www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 52 Seminário Gestão do Risco dos Projetos Preparou-se para o Plano B? As empresas cometem erros devido à falta de planificação ou a erros da mesma. Existem formas de minimizar esses erros que todos nós podemos

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PMEs

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PMEs PROGRAMA DE FORMAÇÃO PMEs NOTA DE DIVULGAÇÃO A aicep Portugal Global é o organismo nacional de referência no domínio do Comércio Internacional, detendo vasta experiência e conhecimento sobre a atividade

Leia mais

TÉCNICAS DE APOIO E FACILITAÇÃO DO PROCESSO CRIATIVO NAS ORGANIZAÇÕES

TÉCNICAS DE APOIO E FACILITAÇÃO DO PROCESSO CRIATIVO NAS ORGANIZAÇÕES TÉCNICAS DE APOIO E FACILITAÇÃO DO PROCESSO CRIATIVO NAS ORGANIZAÇÕES PROGRAMA AVANÇADO DESTINATÁRIOS Quadros intermédios e superiores em organizações dos setores privado e público; profissionais da formação;

Leia mais

Condições gerais de venda

Condições gerais de venda Condições gerais de venda As presentes CONDIÇÕES GERAIS E PARTICULARES DE VENDA ON-LINE são acordadas livremente e de boa-fé entre Bonecas Namorar Portugal da marca Pó de Arroz e representadas pela empresa

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Visita a Portugal do importador. Exclusivos Camacho

Visita a Portugal do importador. Exclusivos Camacho Visita a Portugal do importador Exclusivos Camacho Sector Cerâmica e Faiança Decorativas Espanha 14 a 16 de Janeiro de 2014 Enquadramento : Como consequência da nova situação económica em Espanha, os últimos

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012 A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas Porto, 25 de Setembro de 2012 A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial,

Leia mais

MISSÃO DE PROSPEÇÃO DO MERCADO FRANCÊS

MISSÃO DE PROSPEÇÃO DO MERCADO FRANCÊS MISSÃO DE PROSPEÇÃO DO MERCADO FRANCÊS Sector dos Materiais de Construção Região Rhône-Alpes 6 de Novembro de 2014 - Lyon - França Em parceria com a A Região Rhône-Alpes é a única região francesa em competição

Leia mais

EsoAuction - Nova Proposta. Proposta

EsoAuction - Nova Proposta. Proposta Clique aqui com o botão direito do rato para transferir imagens. Para ajudar a proteger a sua privacidade, o Outloo k impediu a transferência auto mática desta imagem a De: esoauction

Leia mais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais 24 de maio de 2012 Auditório ISEGI - UNL Patrocínio Principal Apoios Patrocinadores Globais APDSI A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas Lisboa,

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial, cuja Atrair investimento

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial da Região Autónoma da Madeira - Inovar 2020.- Portaria n.º 86/2016 de 2 de Março de 2016

Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial da Região Autónoma da Madeira - Inovar 2020.- Portaria n.º 86/2016 de 2 de Março de 2016 FICHA TÉCNICA INOVAR 2020 Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial da Região Autónoma da Madeira - Inovar 2020.- Portaria n.º 86/2016 de 2 de Março de 2016 Introdução O INOVAR 2020, Sistema de Incentivos

Leia mais

EXPORTAR MAIS - PLANO DE ACÇÃO 2008

EXPORTAR MAIS - PLANO DE ACÇÃO 2008 EXPORTAR MAIS - PLANO DE ACÇÃO 2008 AEP - Associação Empresarial de Portugal Direcção de Serviços às Empresas Internacionalização e Promoção Externa Leça da Palmeira, 26 de Junho de 2008 A/C Direcção Comercial/Exportação

Leia mais

Curso de Especialização em Engenharia do Petróleo e Gestão Ambiental

Curso de Especialização em Engenharia do Petróleo e Gestão Ambiental Curso de Especialização em Engenharia do Petróleo e Gestão Ambiental Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos... 3

Leia mais

A AICEP e os Apoios à Internacionalização. S. João da Madeira, 24 de novembro de 2015

A AICEP e os Apoios à Internacionalização. S. João da Madeira, 24 de novembro de 2015 A AICEP e os Apoios à Internacionalização S. João da Madeira, 24 de novembro de 2015 Índice 1. A aicep Portugal Global 2. Produtos e serviços AICEP 3. Portugal 2020 4. O Processo de Internacionalização

Leia mais

Nota introdutória. Glossário

Nota introdutória. Glossário Nota introdutória Este documento propõe-se ser uma ferramenta com instruções e informação, que permitam aos beneficiários, conhecer os encargos que foram apurados para a declaração de IRS, no seguimento

Leia mais

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: 16º. Assunto:

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: 16º. Assunto: FICHA DOUTRINÁRIA Diploma: Artigo: Assunto: CIVA 16º Subsídios e subvenções Processo: nº 3141, despacho do SDG dos Impostos, substituto legal do Director - Geral, em 2012-05-28. Conteúdo: Tendo por referência

Leia mais

Novos projectos do Governo dinamizam rastreabilidade

Novos projectos do Governo dinamizam rastreabilidade Novos projectos do Governo dinamizam rastreabilidade A identificação por radiofrequência é cada vez mais usada nas empresas portuguesas. A introdução de chips nas matrículas automóveis e o Cartão do Aluno

Leia mais

Mini-MBA de Marketing

Mini-MBA de Marketing Mini-MBA de Marketing Coordenador/Formador: José Guimarães Índice Designação do curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 3 Objectivo Geral... 3 Objetivos

Leia mais

Formulário de Candidatura

Formulário de Candidatura (a preencher pela ADRAL) N.º de Processo: Data de Entrada : (a preencher pela entidade receptora) Entidade Receptora : Local e data : Criação de Empresa: SIM NÃO Prazo de Financiamento Ano de Carência

Leia mais

As empresas interessadas podem inscrever-se até ao próximo dia 25 de Junho, mediante preenchimento e envio da Ficha de Inscrição em anexo.

As empresas interessadas podem inscrever-se até ao próximo dia 25 de Junho, mediante preenchimento e envio da Ficha de Inscrição em anexo. ABC Mercado S. Tomé e Príncipe Apesar da sua pequena dimensão, o mercado de S. Tomé e Príncipe pode revestir-se de importância significativa para as empresas portuguesas que pretendam atingir mercados

Leia mais

Seminário TIC Lisboa, 11 Outubro de 2011

Seminário TIC Lisboa, 11 Outubro de 2011 Seminário TIC Lisboa, 11 Outubro de 2011 As TIC, PILARES DO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO um evento organizado pela câmara de comércio e indústria luso-francesa EM COLABORAÇÃO COM A CÂMARA DE COMÉRCIO LUSO-SUECA

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Duração Total do Curso de Formação... 2 Destinatários... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos... 2 Estrutura modular e respetiva carga horária... 3 Conteúdos

Leia mais

Crescimento Económico: diversificar o modelo de financiamento das PME A atual oferta de financiamento

Crescimento Económico: diversificar o modelo de financiamento das PME A atual oferta de financiamento Crescimento Económico: diversificar o modelo de financiamento das PME A atual oferta de financiamento Eduardo Stock da Cunha CEO Novo Banco Novembro de 2014 Novembro 2014 Depois de um período de contração,

Leia mais

EDIÇÃO : Reparação e substituição. de vidros para automóveis NESTA

EDIÇÃO : Reparação e substituição. de vidros para automóveis NESTA Maio Junho 2016 7,5 82 Reparação e substituição de vidros para automóveis NESTA EDIÇÃO : Software para Veículos Inteligentes Sistemas de recuperação de energia Comércio no aftermarket Eletrónica flexível

Leia mais

Produtos e materiais inovadores provenientes da reciclagem. Como promover a sua efetiva introdução na economia?

Produtos e materiais inovadores provenientes da reciclagem. Como promover a sua efetiva introdução na economia? Produtos e materiais inovadores provenientes da reciclagem. Como promover a sua efetiva introdução na economia? PRINCIPAIS MARCOS SOCIEDADE PONTO VERDE PRINCIPAIS MARCOS SOCIEDADE PONTO VERDE ÍNICIO 1996

Leia mais

Edição 24 (Novembro/2013) Cenário Econômico A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2013: UM PÉSSIMO ANO Estamos encerrando o ano de 2013 e, como se prenunciava, a

Edição 24 (Novembro/2013) Cenário Econômico A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2013: UM PÉSSIMO ANO Estamos encerrando o ano de 2013 e, como se prenunciava, a Edição 24 (Novembro/2013) Cenário Econômico A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2013: UM PÉSSIMO ANO Estamos encerrando o ano de 2013 e, como se prenunciava, a economia nacional registra um de seus piores momentos

Leia mais

Competitividade da Construção

Competitividade da Construção Competitividade da Construção 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. O SETOR DA CONSTRUÇÃO EM PORTUGAL 3. COMPETITIVIDADE 3.1. Definições de competitividade 3.2. Competitividade nacional 3.3. Competitividade sectorial

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522 Apresentação... 3 Como Empresa... 3 A nossa Visão... 3 A nossa Missão - A SUA VALORIZAÇÃO, A NOSSA MISSÃO!... 3 Os nossos Valores... 3 Porquê fazer um MINI-MBA de Especialização?... 4 Formação Certificada...

Leia mais

Mercados informação de negócios

Mercados informação de negócios Mercados informação de negócios Grécia Oportunidades e Dificuldades do Mercado Março 2011 Índice 1. Oportunidades 3 1.1. Comércio 3 1.2. Investimento de Portugal na Grécia 3 1.3. Investimento da Grécia

Leia mais

SERVIÇOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

SERVIÇOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE SERVIÇOS Índice Um grau de Inovação e Liderança tecnológica que transcende os Produtos 03 Website Vulcano: www.vulcano.pt 04 Documentação 06 Gabinete de Estudos e Dimensionamento 07 Formação 08 Contratos

Leia mais

FICHA DE ADMISSÃO. Associado nº: Data de entrada: / / Jovem Empresário/Nova Empresa: Sim Não Valor da quota mensal:,

FICHA DE ADMISSÃO. Associado nº: Data de entrada: / / Jovem Empresário/Nova Empresa: Sim Não Valor da quota mensal:, FICHA DE ADMISSÃO (A preencher pela CCIPD) Associado nº: Data de entrada: / / a Jovem Empresário/Nova Empresa: Sim Não Valor da quota mensal:, (A preencher pela Empresa/Empresário) I. Identificação da

Leia mais

Entidades Intervenientes As candidaturas devem ser apresentadas no Município de Valença

Entidades Intervenientes As candidaturas devem ser apresentadas no Município de Valença Entidades Intervenientes As candidaturas devem ser apresentadas no Município de Valença Município de Valença Tlf: 251 809500 Fax: 251 809519 Site: www.cm-valenca.pt E-mail: gap@cm-valenca.pt Entidade gestora

Leia mais

Mário de Jesus Economista Membro fundador do FRES Fórum de Reflexão Económica e Social

Mário de Jesus Economista Membro fundador do FRES Fórum de Reflexão Económica e Social Mário de Jesus Economista Membro fundador do FRES Fórum de Reflexão Económica e Social Se tivermos em atenção os factos, comprovados pelos registos e estatísticas mais ou menos oficiais, de cariz económico,

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Instrumentos Financeiros de Apoio à Internacionalização. Financiamentos, Garantias, Capital de Risco, etc. / SOFID, S.A.

Instrumentos Financeiros de Apoio à Internacionalização. Financiamentos, Garantias, Capital de Risco, etc. / SOFID, S.A. Ficha de Produto Tipo de Produto: Instrumentos Financeiros de Apoio à Internacionalização Produto: Financiamentos, Garantias, Capital de Risco, etc. / SOFID, S.A. Objectivo: Contribuir para o progresso

Leia mais

Entidades intervenientes

Entidades intervenientes Entidades intervenientes As candidaturas deverão ser apresentadas, preferencialmente, no Município de Vizela, ou nas entidades abaixo indicadas. Câmara Municipal de Vizela Rua Dr. Alfredo Pinto, 42 4815-391

Leia mais

A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009

A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009 OJE 3 de Dezembro 2008 (1/5) A COLOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PODE VOLTAR AOS 150 MIL/170 MIL M2 EM 2009 O take-up de ESCRITÓRIOS vai regredir em 2009 para o nível dos anos de 2004 e 2005, embora o preço das

Leia mais

SEMINÁRIO MAXIMIZAÇÃO DO POTENCIAL DA DIRETIVA SERVIÇOS

SEMINÁRIO MAXIMIZAÇÃO DO POTENCIAL DA DIRETIVA SERVIÇOS SEMINÁRIO MAXIMIZAÇÃO DO POTENCIAL DA DIRETIVA SERVIÇOS Eliminação de Barreiras à livre Prestação de Serviços Confederação do Comércio e Serviços de Portugal Esquema 1. PORTUGAL- UMA ESPECIALIZAÇÃO COM

Leia mais

Banco. Tendo tomado conhecimento do Regulamento Geral de Feiras e Aditamento da Ecorex, Lda., declaramos aceitar todas as condições aí descritas.

Banco. Tendo tomado conhecimento do Regulamento Geral de Feiras e Aditamento da Ecorex, Lda., declaramos aceitar todas as condições aí descritas. BOLETIM DE INSCRIÇÃO N.º LISBOA NORTE 008 Empresa: CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO Assinalar a opção pretendida Direitos de Inscrição - 150 por expositor Contribuinte N.º: Morada: A - Espaço Livre (Mínimo 9

Leia mais

Sua Excelência o Senhor Presidente da República de Cabo Verde. O Senhor Presidente da Assembleia Municipal da Boa Vista

Sua Excelência o Senhor Presidente da República de Cabo Verde. O Senhor Presidente da Assembleia Municipal da Boa Vista Cumprimento e Saúdo, Sua Excelência o Senhor Presidente da República de Cabo Verde Os Senhores Deputados da Nação O Senhor Presidente da Assembleia Municipal da Boa Vista O Senhor Presidente da Câmara

Leia mais

GUIA PRÁTICO VENDA DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO

GUIA PRÁTICO VENDA DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO GUIA PRÁTICO VENDA DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO INSTITUTO DE GESTÃO FINANCEIRA DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/12 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Venda de Imóveis por

Leia mais

WHITEPAPER EXPORTE MAIS COM A AJUDA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

WHITEPAPER EXPORTE MAIS COM A AJUDA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO WHITEPAPER EXPORTE MAIS COM A AJUDA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ONDE HÁ CRISE HÁ OPORTUNIDADES ATUALMENTE EMPRESAS PASSAM POR DIFICULDADES EM GARANTIR O CRESCIMENTO QUANDO VOLTADO SOMENTE AO MERCADO INTERNO.

Leia mais

Novo Modelo Contabilístico

Novo Modelo Contabilístico www.pwcacademy.pt Novo Modelo Contabilístico Sistema de Normalização Contabilística (SNC) Academia da PwC Oportunidade única para apreender os principais aspectos do novo modelo de normalização contabilística.

Leia mais

1º SALÃO INTERNATIONAL DA BICICLETA E ATLETISMO, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS

1º SALÃO INTERNATIONAL DA BICICLETA E ATLETISMO, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS GOLEGÃ RUN & BIKE GOLEGÃ 27/28/29 Março 2015 1º SALÃO INTERNATIONAL DA BICICLETA E ATLETISMO, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS Exmos. Senhores, Aproxima-se a 1ª edição do GOLEGÃ RUN & BIKE, o maior evento do

Leia mais

CONDIÇÕES PARTICIPAÇÃO DOS ARQUITETOS NA FEIRA CONCRETA

CONDIÇÕES PARTICIPAÇÃO DOS ARQUITETOS NA FEIRA CONCRETA CONDIÇÕES PARTICIPAÇÃO DOS ARQUITETOS NA FEIRA CONCRETA 1. Objetivo O evento This is Concreta é uma Feira de Construção, Reabilitação, Arquitetura, Design e muito mais que, na edição deste ano decorrerá

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE 2013-1º TRIMESTRE

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE 2013-1º TRIMESTRE INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE 2013-1º TRIMESTRE 1 Presidente Antonio dos Reis Duarte Editor Instituto Nacional de Estatística Av. Amilcar Cabral, CP 116 Cidade da Praia Composição Instituto

Leia mais

A Política de Comércio Exterior Brasileira

A Política de Comércio Exterior Brasileira A Política de Comércio Exterior Brasileira Tatiana Lacerda Prazeres Secretária de Comércio Exterior Porto Velho, Setembro de 2011. Roteiro da Apresentação 1 Comércio Exterior Brasileiro 2 Panorama do Comércio

Leia mais

SOLUÇÕES IBÉRICAS PARA EMPRESAS MARÇO 2014

SOLUÇÕES IBÉRICAS PARA EMPRESAS MARÇO 2014 MARÇO 2014 EM ESPANHA, COMO EM PORTUGAL BPI e CaixaBank desenvolveram, em parceria, as Soluções Ibéricas para Empresas, uma oferta inovadora de produtos e serviços para apoiar as empresas que operam no

Leia mais

Foco na Eficácia e no Retorno

Foco na Eficácia e no Retorno 3.º EDIÇÃO Foco na Eficácia e no Retorno 15 Outubro 2014 SANA Malhoa Hotel - Lisboa NOVIDADE 2014 www.totaltraining.ife.pt PATROCINADORES PLATINIUM PATROCINADOR GOLD PATROCINADOR SILVER SPECIAL PARTNER

Leia mais

POR QUE INVESTIR EM LISBOA? ESPECIALISTA IMOBILÁRIO EUROPEU

POR QUE INVESTIR EM LISBOA? ESPECIALISTA IMOBILÁRIO EUROPEU POR QUE INVESTIR EM LISBOA? ESPECIALISTA IMOBILÁRIO EUROPEU Introdução Portugal está começando a emergir da crise financeira. Nos últimos anos, o governo reestabeleceu suas estruturas organizacionais e,

Leia mais

Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIAC)

Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIAC) Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento Sistema de Apoio às Ações Coletivas (SIAC) Impulso Jovem Aviso de Abertura de Convite Público para Apresentação de Candidaturas Sistema de Apoio

Leia mais

Planejamento do CBN 2008. Política Nacional de Normalização. Processo de produção de normas. Antecedentes. Objetivo. Propor a

Planejamento do CBN 2008. Política Nacional de Normalização. Processo de produção de normas. Antecedentes. Objetivo. Propor a Objetivo Planejamento do CBN 2008 Propor a Política Nacional de Normalização. Processo de produção de normas Antecedentes Normas nacionais devem ser: necessárias e demandadas utilizadas acordadas o mais

Leia mais

MINI-MBA de Especialização em Gestão de Turismo e Hotelaria

MINI-MBA de Especialização em Gestão de Turismo e Hotelaria MINI-MBA de Especialização em Gestão de Turismo e Hotelaria Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objectivo Geral... 2 Objetivos Específicos... 2 Estrutura

Leia mais

Curso de Especialização em Auditoria Financeira

Curso de Especialização em Auditoria Financeira Curso de Especialização em Auditoria Financeira Índice Curso de Especialização em Auditoria Financeira...2 Duração Total...2 Destinatários...2 Perfil de saída...2 Pré-Requisitos...2 Objetivo Geral...2

Leia mais

5 DE NOVEMBRO - LAGOAS PARK HOTEL

5 DE NOVEMBRO - LAGOAS PARK HOTEL WWW.DISTRIBUICAOHOJE.COM/INRETAIL Desconto 25% * até 25 set. 5.ª Edição DIGITAL REVOLUTION 5 DE NOVEMBRO - LAGOAS PARK HOTEL Organização Patrocínio Platinium PROGRAMA 09:30 KEYNOTE SPEAKER DIGITAL REVOLUTION:

Leia mais

PARECER Nº 256/05/GETRI/CRE/SEFIN

PARECER Nº 256/05/GETRI/CRE/SEFIN Interessado: GERÊNCIA DE FISCALIZAÇÃO. Assunto: Tratamento tributário dado aos colchões. PARECER Nº 256/05/GETRI/CRE/SEFIN SÚMULA: TRATAMENTO TRIBUTÁRIO DADO AOS COLCHÕES NA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DE

Leia mais

A Factura Electrónica: o seu impacto nas finanças. as públicas e na vida económica. António Carlos dos Santos

A Factura Electrónica: o seu impacto nas finanças. as públicas e na vida económica. António Carlos dos Santos Conferência: Impacto da Factura Electrónica na Redução do Deficit Público 30 de Junho de 2010 Auditório do Centro de Informação Urbana de Lisboa A Factura Electrónica: o seu impacto nas finanças as públicas

Leia mais

ANÚNCIO DE REGATA. A prova será disputada de acordo com as regras, tal como definidas nas Regras de Regata à Vela.

ANÚNCIO DE REGATA. A prova será disputada de acordo com as regras, tal como definidas nas Regras de Regata à Vela. ANÚNCIO DE REGATA Campeonato Ibérico IOM 2015 Troféu do Mondego A Federação Portuguesa de Vela e a Real Federación Española de Vela anuncia a realização do Campeonato Ibérico da classe IOM 2015 Troféu

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Centro Hípico do Porto e Matosinhos PROGRAMA PROVISÓRIO

CONDIÇÕES GERAIS. Centro Hípico do Porto e Matosinhos PROGRAMA PROVISÓRIO Concurso de Saltos Nacional Local: MATOSINHOS Data: (de 25/10/2008 a 26/10/2008) CONDIÇÕES GERAIS Este Concurso é realiza-se de acordo com: - Estatutos da FEP, aprovados em 12 de Fevereiro 2001, - Regulamento

Leia mais

Bem vindo à zeroporcento

Bem vindo à zeroporcento Bem vindo à zeroporcento Não fazer publicidade para economizar dinheiro é a mesma coisa que desligar o relógio para economizar tempo. Henry Ford A Zero Porcento é a primeira plataforma dinâmica de promoção

Leia mais

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM OS EUA

PORTUGAL: RELACIONAMENTO ECONÓMICO COM OS EUA Exportações 2.105.266 1.787.108 1.340.039 1.012.141 1.333.325-8,2 31,7 Importações 780.797 953.828 1.030.620 864.390 843.343 2,9-2,4 Saldo 1.324.469 833.280 309.419 147.751 489.982 -- -- Coef. Cob. 269,6%

Leia mais

PROCURA DE AGENTES COMERCIAIS

PROCURA DE AGENTES COMERCIAIS PROCURA DE AGENTES COMERCIAIS FRANÇA, MONTAUBAN 27//205 PEQUENA APRESENTAÇÃO DA AREA METROPOLITANA DE MONTAUBAN E OS SEUS PRINCIPAIS PROJETOS No coração do grande sudoeste, a área metropolitana (AM) de

Leia mais

PROJETOS DE INVESTIMENTO AGROALIMENTARES

PROJETOS DE INVESTIMENTO AGROALIMENTARES SOMOS PROJETOS DE INVESTIMENTO AGROALIMENTARES - AÇÃO 3.2.1 PDR2020 - - B r o c h u r a I n f o r m a t i v a Mod. MKT-CON-P321.v01.2/15 Regibio - Formação e Consultadoria, Lda. SEDE: Largo de São Tiago,

Leia mais

CCILF Evento SEMINÁRIO, ALMOÇO E MESAS REDONDAS O MERCADO FRANCÊS DOS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

CCILF Evento SEMINÁRIO, ALMOÇO E MESAS REDONDAS O MERCADO FRANCÊS DOS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CCILF Evento A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa apresenta, em parceria com a SEMINÁRIO, ALMOÇO E MESAS REDONDAS O MERCADO FRANCÊS DOS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO COMO TER ACESSO AO MERCADO? REUNIÕES

Leia mais

Bem vindo à zeroporcento

Bem vindo à zeroporcento Bem vindo à zeroporcento Não fazer publicidade para economizar dinheiro é a mesma coisa que desligar o relógio para economizar tempo. Henry Ford A Zero Porcento é a primeira plataforma dinâmica de promoção

Leia mais

GUIA DE TAXAS REGULADAS 2016 GRUPO ANA

GUIA DE TAXAS REGULADAS 2016 GRUPO ANA GUIA DE TAXAS REGULADAS 2016 GRUPO ANA 1 INDICE AEROPORTOS DA REDE ANA... 3 PROCEDIMENTOS PARA OPERAÇÃO NOS AEROPORTOS DA REDE ANA... 3 FATURAÇÃO E PAGAMENTO DE TAXAS... 4 DEFINIÇÕES... 5 TAXAS DE TRÁFEGO...

Leia mais

Associação de Futebol do Porto Rua António Pinto Machado, n.º 96 4100 068 Porto

Associação de Futebol do Porto Rua António Pinto Machado, n.º 96 4100 068 Porto Rua António Pinto Machado, n.º 96 4100 068 Porto CIRCULAR N.º 109-2014/2015 - RECTIFICADA - COMUNICADO OFICIAL Para conhecimento e orientação dos clubes filiados, SAD s, SDUQ's, Árbitros, comunicação Social

Leia mais

A Certificação como Passaporte para a Internacionalização. Lisboa, 21 de junho de 2012

A Certificação como Passaporte para a Internacionalização. Lisboa, 21 de junho de 2012 A Certificação como Passaporte para a Internacionalização 1) Introdução As organizações do sector agroalimentar têm vindo a evoluir de uma forma notável para dar resposta às necessidades de clientes ou

Leia mais

NOTÍCIAS COSEC DISTINGUIDA COMO "MELHOR SEGURADORA"

NOTÍCIAS COSEC DISTINGUIDA COMO MELHOR SEGURADORA NESTA EDIÇÃO Melhor Seguradora 1 A COSEC mais perto de si 2 Acordo COSEC e Mapfre 2 Revisão Favorável 2 Produtos COSEC 3 NOTÍCIAS Carregamento de Balanços 4 Análise COSEC 5 Nº 4. 2014 COSEC DISTINGUIDA

Leia mais

Indicadores de Desempenho Junho de 2014

Indicadores de Desempenho Junho de 2014 Junho de 2014 PANORAMA CONJUNTURAL FIEA Lenta recuperação da economia global Os dados do último relatório World Economic Outlook do FMI, como podem ser observado nos gráficos nº 1 e 2, deixam claro que

Leia mais

Estudo sobre o grau de incorporação nacional

Estudo sobre o grau de incorporação nacional Estudo sobre o grau de incorporação nacional Fileira Moda Têxtil e Vestuário Vila Nova de Famalicão, 19 de dezembro de 2014 2014/710/T&E-EP/F/Rev.3 DG-016/01 ÍNDICE 1. OBJETIVO E ÂMBITO... 3 2. METODOLOGIA...

Leia mais

Proposta de adesão ao cartão empresa

Proposta de adesão ao cartão empresa Proposta de adesão ao cartão empresa Anexe, por favor, cópia dos seguintes documentos da Empresa: 1. Certidão Permanente; 2. Informação Empresarial Simplificada; 3. Número de Identificação de Pessoa Colectiva

Leia mais

Informações Trimestrais 4º trimestre e exercício de 2015 (4T15 e 2015) Relatório da Administração

Informações Trimestrais 4º trimestre e exercício de 2015 (4T15 e 2015) Relatório da Administração Informações Trimestrais 4º trimestre e exercício de 2015 (4T15 e 2015) Relatório da Administração Prezados acionistas A administração da WLM Indústria e Comércio S.A. (WLM), em conformidade com as disposições

Leia mais

Ficha de Protocolo. Beneficios e Vantagens: 10% de desconto em todos os serviços incluídos na tabela em anexo

Ficha de Protocolo. Beneficios e Vantagens: 10% de desconto em todos os serviços incluídos na tabela em anexo Ficha de Protocolo Resumo do Protocolo Entidade: Corpo e Alma Serviço de Apoio Domiciliário, Lda Local: Porto (Área Metropolitana Cidades do Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Gondomar, Valongo, Espinho,

Leia mais

FIC - Feira Internacional de Cabo Verde. Cabo Verde

FIC - Feira Internacional de Cabo Verde. Cabo Verde FIC - Feira Internacional de Cabo Verde Cabo Verde 19 a 22 de Novembro de 2009 Enquadramento A aicep Portugal Global, no âmbito do Quadro de Referência Estratégica Nacional, propõe-se dinamizar a presença

Leia mais

Entidades intervenientes As candidaturas podem ser apresentadas em qualquer das entidades abaixo indicadas

Entidades intervenientes As candidaturas podem ser apresentadas em qualquer das entidades abaixo indicadas Entidades intervenientes As candidaturas podem ser apresentadas em qualquer das entidades abaixo indicadas Município de Serpa Praça da República 7830-389 Serpa Telefone: 284 540 100 Fax: 284 540 109 Endereço

Leia mais

Costa do Marfim. Inteligência de Mercados Internacionais. Extensão: 322.500 km². População: 20,70 milhões de hab. Idioma: francês.

Costa do Marfim. Inteligência de Mercados Internacionais. Extensão: 322.500 km². População: 20,70 milhões de hab. Idioma: francês. in Inteligência de Mercados Internacionais Extensão: 322.500 km² População: 20,70 milhões de hab. Idioma: francês. Moeda: Franco CFA (XOF) Centros comerciais: Yamusukro, Abidjan, Bouaké, Daloa, Korhogo.

Leia mais

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010 Apresentação Do Banco Setembro de 2010 Conteúdos Onde estamos Missão Valores Accionistas Nosso mercado Responsabilidade social Factos Contactos Onde estamos Onde Estamos O Banco Terra está representado,

Leia mais

Solicitadores. Agentes de Execução. Abril

Solicitadores. Agentes de Execução. Abril PROGRAMA E CONDIÇÕES DESENVOLVIMENTO PESSOAL GESTÃO DE STRESS Solicitadores Agentes de Execução Abril 2012 Departamento de Formação - Câmara dos Solicitadores 2011 Avenida José Malhoa, 16-1B2 1070 159

Leia mais

MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008

MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008 MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008 MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008 ÍNDICE 01 Relatório de Gestão... 1 02 Conjuntura Económica... 2 03 A Empresa... 3 04 Análise Financeira... 9 1 MEIOSTEC S.A.

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas 16 de Novembro de 2015 Internacionalização - Desafios Diversificar Mercados Alargar a Base Exportadora 38º PORTUGAL TEM MELHORADO A SUA

Leia mais

Design, qualidade e inovação são apenas alguns dos argumentos que as empresas Portuguesas esgrimem já ao nível dos líderes mundiais.

Design, qualidade e inovação são apenas alguns dos argumentos que as empresas Portuguesas esgrimem já ao nível dos líderes mundiais. Maio 2013 Interfurniture Portugal a Name to Remember tem como missão estimular a internacionalização da indústria nacional de mobiliário e afins, promover, além-fronteiras, a imagem de Portugal enquanto

Leia mais