MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS"

Transcrição

1 CONHECIMENTOS GERAIS de 01 a 20 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. TEXTO: MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS Pesquisa do Instituto Data Popular mostra que ainda é preconceituosa a visão dos moradores do asfalto em relação aos de favelas. A pesquisa consultou pessoas em 150 cidades de todo o país entre os dias 15 e 19 de janeiro. De acordo com o levantamento, 47% dos cidadãos do asfalto nunca contratariam, para trabalhar em sua casa, uma pessoa que morasse em favela. O presidente do Data Popular, Renato Meirelles, destacou que o Rio de Janeiro é exceção, porque um terço da mão de obra feminina das favelas é formada por empregadas domésticas. "E o Rio de Janeiro tem um fenômeno que não ocorre em outras regiões metropolitanas, que é uma presença maior de favelas nas áreas nobres da cidade", destacou. Isso explica a maior interação entre moradores do asfalto e de favelas no Rio de Janeiro. Meirelles chamou a atenção para outro fato significativo nessa relação. "No Rio, encontramos muita gente que não disse explicitamente que morava em favela a seu patrão. É muito comum a gente encontrar casos de pessoas que dão uma enroladinha sobre o local onde realmente moram". A pesquisa constata a existência de preconceito relacionado à violência: 69% dos entrevistados do asfalto disseram que têm medo quando passam em frente a uma favela e 51% afirmaram que as primeiras palavras que lhes vêm à mente quando ouvem falar de favela são droga e violência. "Eles têm medo de que, ao contratar um morador de favela, se tornem mais uma vítima de roubos ou assaltos, como se os moradores de favela fossem efetivamente ladrões quando, na verdade, a gente sabe que a criminalidade é a menor parte da favela". Ponderou que a violência está presente hoje em dia tanto no asfalto quanto na favela. [...] Até conseguir um emprego é mais difícil, observou, porque a maioria dos moradores de favelas é negra, há uma participação maior de mulheres como chefes de família e as mulheres ganham menos do que os homens. A escolaridade na favela é menor que no asfalto. "Ou seja, a favela tem muito menos oportunidades do que o asfalto para conseguir abrir o seu negócio, para conseguir um emprego de boa qualidade ou melhorar economicamente". [...] GANDRA, Alana (Da Agência Brasil). UOL Notícias. 16 fev Disponível em: Acesso em: 16 fev Questão 01 (Peso 1) O texto apresenta e analisa A) dados obtidos em jornais. B) dados obtidos em uma pesquisa. C) entrevistas realizadas com moradores do asfalto. D) entrevistas realizadas com moradores de favelas. E) entrevistas realizadas com pessoas desconhecidas. Questão 02 (Peso 2) A relação entre os moradores do asfalto e os moradores de favelas é menos preconceituosa no Rio de Janeiro porque A) há maior escolaridade entre os moradores das favelas do Rio de Janeiro. B) há pessoas mais esclarecidas tanto no asfalto como nas favelas dessa cidade. C) existe, nessa cidade, uma maior distância entre as favelas e as áreas onde há mais chances de emprego. D) tráfico de drogas e violência são fenômenos de menor proporção no Rio de Janeiro em relação a outras cidades. E) no Rio, áreas nobres da cidade se situam perto de favelas cujas mulheres exercem empregos domésticos nessas áreas. Realização: Prefeitura Municipal de Amargosa e Fundação CEFETBAHIA 1

2 Questão 03 (Peso 1) Uma das formas de os moradores de favelas enfrentarem o preconceito é A) ocultando a existência do tráfico de drogas. B) evitando a indicação do local em que residem. C) rejeitando relações com pessoas preconceituosas. D) trabalhando na própria favela ou em suas imediações. E) buscando local de trabalho bem distante de suas residências. Questão 04 (Peso 2) Constitui a principal razão da existência de preconceito em relação à favela: A) a rejeição relacionada à pobreza. B) a falta de policiamento ostensivo. C) o medo da violência e das drogas. D) o baixo nível cultural de seus moradores. E) o desconhecimento das origens das comunidades. Questão 5 (Peso 3) É mais difícil para os moradores da favela a melhoria de sua situação econômica porque A) a criminalidade atrai mais do que o trabalho formal. B) a rejeição ao trabalho impede as pessoas de prosperarem. C) a maioria de seus moradores é constituída de pessoas analfabetas. D) a maioria dos moradores de favelas é negra e com menor escolaridade. E) poucas oportunidades de emprego existem fora das áreas constituídas de favelas. Questão 06 (Peso 2) É muito comum a gente encontrar casos... (linha 14) Substituindo a gente por nós, a forma verbal encontrar deveria ser substituída por A) encontre. B) encontrares. C) encontrarem. D) encontrarmos. E) encontrar-mos. Questão 07 (Peso 3) Moradores do asfalto têm... (título)... o Rio de Janeiro tem... (linha 8) A diferença de grafia entre as formas verbais têm e tem se justifica porque elas apresentam, respectivamente, A) sujeito claro e sujeito oculto. B) sujeito composto e sujeito simples. C) sujeito no plural e sujeito no singular. D) sujeito no feminino e sujeito no masculino. E) sujeito determinado e sujeito indeterminado. Questão 08 (Peso 2) São palavras acentuadas pela mesma razão: A) áreas, vítima. B) difícil, família. C) país, violência. D) existência, têm E) doméstica, fenômeno. Questão 09 (Peso 3) São acentuadas as palavras paroxítonas terminadas em ditongo. Aplica-se esta regra na acentuação da palavra A) país. B) difícil. C) vítima. D) negócio. E) fenômeno. Realização: Prefeitura Municipal de Amargosa e Fundação CEFETBAHIA 2

3 Questão 10 (Peso 2) O presidente do Data Popular, Renato Meirelles, destacou que o Rio de Janeiro é exceção... (linha 6-7) No trecho acima, o uso de vírgulas se justifica para separar A) aposto. B) vocativo. C) adjunto adverbial. D) oração coordenada. E) termos de uma enumeração. Questão 11 (Peso 3) O uso do tratamento você entre as pessoas tanto do asfalto quanto da favela indica que esse uso corresponde a uma situação de A) respeito. B) desrespeito. C) formalidade. D) informalidade. E) distanciamento. Questão 12 (Peso 3) No texto, verifica-se uma aproximação do sentido em que são empregados os termos: A) pesquisa (linha 1) e visão (linha 2). B) asfalto (linha 4) e área nobre (linha 10). C) preconceito (linha 16) e palavras (linha 18). D) escolaridade (linha 28) e negócio (linha 29). E) emprego (linha 30) e participação (linha 26). Questão 13 (Peso 1) O diminutivo da palavra pesquisa se escreve com A) s. B) z. C) c. D) ç. E) ss. Questão 14 (Peso 1) O plural de cidadão é cidadãos (linha 4). Faz o plural dessa mesma forma a palavra A) mão. B) visão. C) região. D) ladrão. E) relação. Questão 15 (Peso 1) Há um conjunto de palavras masculinas em: A) área, gente, favela. B) mente, casa, violência. C) morador, local, cidadão. D) visão, vítima, escolaridade. E) pessoa, criminalidade, pesquisa. Questão 16 (Peso 1) Três amigos, X, Y e Z, saíram juntos para almoçar e deveriam ter dividido igualmente a conta de R$84,00. Contudo, como X não teve dinheiro suficiente para pagar sua parte, os outros amigos tiveram o mesmo acréscimo em suas cotas. Sabendo-se que X tinha R$20,00, Y tinha R$ 45,00 e Z tinha R$38,00 é correto afirmar-se que depois de pagar a conta A) Z ficou com R$9,00 B) Z ficou com R$11,00 C) Y ficou com R$13,00 D) Y ficou com R$15,00 E) Y ficou com R$8,00 mais que Z Realização: Prefeitura Municipal de Amargosa e Fundação CEFETBAHIA 3

4 Questão 17 (Peso 1) Uma pessoa consome diariamente 3 8 do conteúdo de uma caixa de 1 litro de leite. Se o consumo diário for aumentado em 1, a menor quantidade de caixas de 1 litro de leite necessária para o consumo de 4 um período de 14 dias é igual a A) 6 B) 7 C) 8 D) 9 E) 10 Questão 18 (Peso 2) Se o mês de junho tiver exatamente cinco sábados, o dia 24 - feriado em que se comemora o dia de São João - poderá ser A) sábado B) domingo C) terça-feira D) quarta-feira E) sexta-feira Questão 19 (Peso 3) Observe a figura 1, que representa uma peça de um quebra cabeça. Figura 1 A única peça que, combinada com essa peça apresentada na figura 1, forma um retângulo é: A) C) B) D) Questão 20 (Peso 2) Na sequência numérica (1, 4, 9, 16, 25, m, n, 64,...), cada termo, a partir do segundo, é obtido do anterior por um mesmo princípio. Assim sendo, pode-se afirmar que n é igual a A) 39 B) 41 C) 49 D) 51 E) 53 Realização: Prefeitura Municipal de Amargosa e Fundação CEFETBAHIA 4

5 Questão 21 (Peso 3) CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS de 21 a 30 Sobre o significado das placas utilizadas para sinalização de trânsito, numere a segunda coluna de acordo com a primeira. (1) ( ) Proibido trânsito de veículos de carga (2) ( ) Proibido trânsito de veículos automotores (3) ( ) Proibido trânsito de tratores e máquinas de obras A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é: A) B) C) D) E) Questão 22 (Peso 1) Sobre risco(s) que devem ser observado(s) em acidente(s) de trânsito, é correto afirmar que A) a presença de curiosos no entorno do acidente. B) a falta de sinalização e do acionamento do resgate. C) a fuga do responsável do local do acidentes, para não ser acusado de omissão de socorro. D) a falta de profissionais capazes de efetuar uma sinalização correta para evitar novos acidentes. E) novas colisões, atropelamentos, incêndio, explosão, cabos de eletricidade, óleo e obstáculos na pista, vazamento de produtos perigosos e doenças infectocontagiosas. Questão 23 (Peso 1) Ao se deparar com um pedestre atravessando a rua, no momento em que ocorra sinal verde para veículos, o condutor deverá: A) buzinar para apressar o pedestre. B) esperar o pedestre concluir a travessia. C) Acelerar, pois a referência é do veículo. D) desviar do pedestre mantendo a marcha. E) reduzir a marcha e sinalizar para ele retornar. Questão 24 (Peso 3) Para estacionamento de veículos com peso bruto total superior a três mil e quinhentos quilogramas em aclives e declives, deve-se A) utilizar triângulo de segurança apenas. B) utilizar triângulo de segurança e pisca alerta. C) utilizar triângulo de segurança e calço de segurança, e o veículo deve estar devidamente freado. D) manter o veículo devidamente freado e utilizar calço de segurança, tendo o cuidado de não abandoná-lo na via após a utilização. E) utilizar triângulo de segurança e calço de segurança, e o veículo deve estar devidamente freado e com a direção voltada para o meio-fio. Realização: Prefeitura Municipal de Amargosa e Fundação CEFETBAHIA 5

6 Questão 25 (Peso 3) Sobre o significado das placas utilizadas para sinalização de trânsito, numere a segunda coluna de acordo com a primeira. (1) ( ) Altura máxima permitida (2) ( ) Largura máxima permitida (3) ( ) Comprimento máximo permitido (4) ( ) Peso bruto total máximo permitido A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é: A) B) C) D) E) Questão 26 (Peso 1) Observe a figura 1 Figura 1 Sobre a figura 1, é correto afirmar que é um veículo tipo A) motorcasa B) trator esteira C) motoniveladora D) caminhão trator E) retroescavadeira Questão 27 (Peso 2) A falta de aptidão técnica, despreparo profissional na condução de um veículo pesado e sem posse da devida habilitação para dirigir, constitui. A alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto acima é: A) imperícia B) inocência C) ignorância D) negligência E) imprudência Realização: Prefeitura Municipal de Amargosa e Fundação CEFETBAHIA 6

7 Questão 28 (Peso 3) Sobre o significado das placas utilizadas para sinalização de trânsito, numere a segunda coluna de acordo com a primeira. (1) ( ) Interseção em T (2) ( ) Via lateral à direita (3) ( ) Cruzamento de vias (4) ( ) Via lateral à esquerda A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é A) B) C) D) E) Questão 29 (Peso 2) O motorista, ao encontrar um acidente de trânsito em que uma vítima está com muita dor e gritando, deve. A alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto acima é: A) imobilizá-la antes de transportá-la B) dar um analgésico para aliviar a dor C) verificar se há ferimentos e cobri-los D) mantê-la acordada de qualquer forma E) Verificar se a vítima está em estado de choque F) diagnosticar que ela está em estado de choque Questão 30 (Peso 2) Observe a figura 2 que tem cor laranja, borda e pictograma pretos. Figura 2 Sobre a placa apresentada na figura 2, é correto afirmar que A) indica que há caminhões em obra. B) é uma sinalização horizontal de regulamentação. C) adverte e informa que só caminhões devem trafegar na via. D) é uma placa de obra e informa que há caminhões na pista. E) é uma placa de regulamentação de obra e significa Passagem de Caminhões. Realização: Prefeitura Municipal de Amargosa e Fundação CEFETBAHIA 7

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada CONHECIMENTOS GERAIS de 01 a 20 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. TEXTO: MORADORES DO ASFALTO TÊM

Leia mais

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS CONHECIMENTOS GERAIS de 01 a 20 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. TEXTO: MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS 5 10 15 20 25 30 Pesquisa

Leia mais

MOTORISTA CONHECIMENTOS GERAIS

MOTORISTA CONHECIMENTOS GERAIS MOTORISTA CONHECIMENTOS GERAIS PORTUGUES 1. Leia o texto e observe com atenção os espaços em branco: relação do homem com ele mesmo, com os outros e com natureza precisa ser construída como território

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Prova simulada do DETRAN 11 Legislação de Trânsito 1) O julgamento das penalidades de trânsito se dará através de um: a) Identificação do infrator. b) Notificação de autuação. c) Processo administrativo.

Leia mais

Minirrotatória. Um projeto simples e eficiente para redução de acidentes

Minirrotatória. Um projeto simples e eficiente para redução de acidentes Minirrotatória Um projeto simples e eficiente para redução de acidentes Introdução A minirrotatória é um dispositivo de segurança utilizado em cruzamento não muito movimentado, para organizar a circulação

Leia mais

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro?

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 1 Quais são os 5 elementos da direção defensiva? 2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 3 O que significa DIREÇÃO DEFENSIVA? 4 Cite um exemplo de condição adversa

Leia mais

2 CONHECIMENTOS BÁSICOS

2 CONHECIMENTOS BÁSICOS 2 CONHECIMENTOS BÁSICOS NAS QUESTÕES NUMERADAS DE 01 A 10, ASSINALE A ÚNICA ALTERNATIVA CORRETA. LÍNGUA PORTUGUESA LEIA O TEXTO I PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES NUMERADAS DE 01 A 05. AXÉ MUSIC S / A Recentemente,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Leia o texto a seguir para responder às questões de 01 a 07. QUESTÃO 06

LÍNGUA PORTUGUESA. Leia o texto a seguir para responder às questões de 01 a 07. QUESTÃO 06 UFG/CS CMTC - 2010 LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto a seguir para responder às questões de 01 a 07. País cumpre só 1/3 das metas para a educação Relatório feito sob encomenda para o Ministério da Educação

Leia mais

13. Desatenção e cansaço

13. Desatenção e cansaço 13. Desatenção e cansaço Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Ilustração do manual de Direção Defensiva do DENATRAN O ato de dirigir um veículo requer atenção permanente.

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE OBJETIVO DO PROGRAMA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE O objetivo do Programa de Proteção ao Pedestre, da Secretaria Municipal de Transportes SMT é criar a cultura de respeito ao pedestre, resgatando os

Leia mais

NOVO SIMULADO DE SINALIZAÇÃO 2012

NOVO SIMULADO DE SINALIZAÇÃO 2012 1 O procedimento do pedestre diante da sinalização semafórica, identificada na cartela pelo código SS-07 é: a) Atenção; b) Pode seguir; c) Pare o veículo; d) Proibido a travessia; 2 São placas utilizadas

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Só há uma opção correta em cada questão. Operador de Máquinas Pesadas CNH D Retroescavadeira

PROVA ESPECÍFICA Só há uma opção correta em cada questão. Operador de Máquinas Pesadas CNH D Retroescavadeira PROVA ESPECÍFICA Só há uma opção correta em cada questão Operador de Máquinas Pesadas CNH D Retroescavadeira 01) Analise as proposições abaixo e assinale a que não é conveniente ao operador da máquina

Leia mais

Professora Verônica Ferreira

Professora Verônica Ferreira Professora Verônica Ferreira 1- Prova: ESAF - 2013 - DNIT - Técnico Administrativo (questão nº 1) Disciplina: Português Assuntos: Crase; Assinale a opção que completa corretamente a sequência de lacunas

Leia mais

GERENCIAMENTO DE VEÍCULOS

GERENCIAMENTO DE VEÍCULOS 1. OBJETIVO Estabelecer o procedimento padrão a ser implementado na Irapuru Transportes Ltda quanto ao gerenciamento (solicitação e programação) de veículos (carretas e cavalos) da frota própria bem como

Leia mais

PROVA SIMULADA (Pré-exame) Nº 10

PROVA SIMULADA (Pré-exame) Nº 10 PROV SIMUL (Pré-exame) Nº 10 Nome do aluno... Pontuação... provado Reprovado... LEGISLÇÃO E TRÂNSITO 1) Espaço livre destinado pela municipalidade à circulação, parada ou estacionamento de veículos ou

Leia mais

PORTUGUÊS PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAMBÉ (PE) 03. O texto tem como principal assunto: A) Dica. B) Caminho. C) Altura. D) Degrau. E) Medo.

PORTUGUÊS PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAMBÉ (PE) 03. O texto tem como principal assunto: A) Dica. B) Caminho. C) Altura. D) Degrau. E) Medo. PORTUGUÊS Texto Ipojuca possui praias paradisíacas, pontos turísticos modernos e comércio forte e atuante, praticamente, durante todos os dias do ano. Em quase toda a orla há bares e restaurantes com eventual

Leia mais

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO Certificação de Competências CARGO TÉCNICO DE SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO Área de Concentração: Sinalização Semafórica 1. Na condução de veículos da frota da CET/DSV, em

Leia mais

TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO

TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO Questão 21 Algumas infrações de trânsito preveem a suspensão do direito de dirigir do condutor ou do proprietário do veículo. Assinale a alternativa que não

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE - SINALIZAÇÃO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE - SINALIZAÇÃO A placa A-1a informa ao motorista a existência de: 1 curva à esquerda. 2 pista sinuosa à esquerda. 3 curva acentuada à esquerda. 4 curva acentuada em "S" à esquerda. A placa A-1b informa ao motorista a

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS QUESTÕES de 01 a 23

CONHECIMENTOS GERAIS QUESTÕES de 01 a 23 CONHECIMENTOS GERAIS QUESTÕES de 01 a 23 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. FUTEBOL, RACISMO E O MITO DA "DEMOCRACIA RACIAL" Clarissa Nehe Publicado 03/09/2014 5 10

Leia mais

NOVAS PERSPECTIVAS E NOVO OLHAR SOBRE A PRÁTICA DA ADOÇÃO:

NOVAS PERSPECTIVAS E NOVO OLHAR SOBRE A PRÁTICA DA ADOÇÃO: NOVAS PERSPECTIVAS E NOVO OLHAR SOBRE A PRÁTICA DA ADOÇÃO: Andreia Winkelmann Ineiva Teresinha Kreutz Louzada INTRODUÇÃO: O tema da adoção instiga muita curiosidade e torna-se extremamente necessário à

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO DO RIO DE JANEIRO 1º RJ/ Grupo Escoteiro João Ribeiro dos Santos

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO DO RIO DE JANEIRO 1º RJ/ Grupo Escoteiro João Ribeiro dos Santos Desde 1999, a União dos Escoteiros do Brasil promove anualmente o Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Comunitária (MutCom), que visa envolver todos os 60.000 escoteiros (jovens de 7 a 21 anos e adultos

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA ILUMINAÇÃO PÚBLICA SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO DA ÁREA DE TRABALHO

ORIENTAÇÃO TÉCNICA ILUMINAÇÃO PÚBLICA SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO DA ÁREA DE TRABALHO 1/5 1. Objetivo Estabelecer critérios para sinalizar e isolar as áreas de trabalho, com a finalidade de garantir a distância e o isolamento adequado na execução de serviços em iluminação pública em redes

Leia mais

06 Todas as palavras possuem encontro consonantal, menos: Questões de Português. Questões de Português 01 a 20

06 Todas as palavras possuem encontro consonantal, menos: Questões de Português. Questões de Português 01 a 20 Questões de Português Questões de Português 01 a 20 Texto para as questões 01, 02, 03 e 04 Pescaria Os peixes no chão. Cheio de peixes o mar. Cheiro de peixes pelo ar. E os peixes no chão. Chora a espuma

Leia mais

Campanha de direção defensiva

Campanha de direção defensiva Riscos, perigos e acidentes Em tudo o que fazemos há uma dose de risco: seja no trabalho,quando consertamos alguma coisa em casa, brincando, dançando,praticando um esporte ou mesmo transitando pelas ruas

Leia mais

Texto para a questão 4

Texto para a questão 4 CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES 1. Assinale o nome que se dá para o conjunto de regras que trata dos Direitos e Deveres dos funcionários públicos civis do Município de Ponte Alta/SC: a. Constituição do

Leia mais

7. PROGRAMAÇÃO DE SINALIZAÇÃO SEMAFÓRICA ISOLADA DE TEMPO FIXO

7. PROGRAMAÇÃO DE SINALIZAÇÃO SEMAFÓRICA ISOLADA DE TEMPO FIXO 7. PROGRAMAÇÃO DE SINALIZAÇÃO SEMAFÓRICA ISOLADA DE TEMPO FIXO 7.1 Etapas de programação A programação do semáforo deve ser elaborada de acordo com as etapas apresentadas a seguir. Vale lembrar que esta

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO REPARTIMENTO CONCURSO PÚBLICO PROVA OBJETIVA: 09 de fevereiro de 2014 NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO AGENTE FISCAL, CONTÍNUO, ELETRICISTA DE PRÉDIOS E DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO,

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Só há uma opção correta em cada questão. Operador de Máquinas Pesadas CNH D Trator Agrícola

PROVA ESPECÍFICA Só há uma opção correta em cada questão. Operador de Máquinas Pesadas CNH D Trator Agrícola PROVA ESPECÍFICA Só há uma opção correta em cada questão. Operador de Máquinas Pesadas CNH D Trator Agrícola 01) Relacione corretamente as colunas: 1. Operação Agrícola. 2. Implemento Agrícola. 3. Ferramenta

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas 4 Regras de Trânsito 4-1 Regras de trânsito no Japão No Japão, as regras de trânsito são estabelecidas respectivamente para, automóveis e motos, bicicletas. Recomenda-se a assimilação rápida e correta

Leia mais

OPERADOR DE MÁQUINAS RODOVIÁRIAS

OPERADOR DE MÁQUINAS RODOVIÁRIAS Concurso Público Código: 29 OPERADOR DE MÁQUINAS RODOVIÁRIAS Escreva seu nome e número de inscrição de forma legível nos locais indicados: Nome do(a) Candidato(a) Nº de inscrição Este caderno de questões

Leia mais

BATALHÃO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA

BATALHÃO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA BATALHÃO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA 1) - Normas Gerais de Circulação e Conduta: a)- Trânsito é a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação,

Leia mais

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem.

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar. Ceder a passagem apenas ao meu veículo. Ceder a passagem apenas ao veículo

Leia mais

CLIPPING DE NOTÍCIAS DE SÃO SEBASTIÃO 02 / FEVEREIRO / 2012

CLIPPING DE NOTÍCIAS DE SÃO SEBASTIÃO 02 / FEVEREIRO / 2012 VEÍCULO: : Vnews (www.vnews.com.br) CLIPPING DE NOTÍCIAS DE SÃO SEBASTIÃO 02 / FEVEREIRO / 2012 Estacionamento de caminhões proibido no centro de São Sebastião A proibição vai ser na Rua Pará, em ambos

Leia mais

Segurança com retroescavadeira. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Segurança com retroescavadeira. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Segurança com retroescavadeira Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Retroescavadeira Apenas pessoas que possuem o completo conhecimento do trator e dos implementos devem efetuar

Leia mais

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE ÁREAS PÚBLICAS. Cartilha de orientação sobre o Programa de Regularização Urbanística e Fundiária

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE ÁREAS PÚBLICAS. Cartilha de orientação sobre o Programa de Regularização Urbanística e Fundiária REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE ÁREAS PÚBLICAS Cartilha de orientação sobre o Programa de Regularização Urbanística e Fundiária APRESENTAÇÃO Esta Cartilha foi desenvolvida como suporte ao trabalho da Prefeitura

Leia mais

Versão: 1ª. Palavras-chave: Veículos Oficiais; Transportes; transporte institucional, serviços comuns

Versão: 1ª. Palavras-chave: Veículos Oficiais; Transportes; transporte institucional, serviços comuns 1. OBJETIVO 1. Este Regulamento Interno-RI objetiva definir os procedimentos e responsabilidades a serem observados na utilização de veículos oficiais em serviços de interesse da EPL. 2. APLICAÇÃO 1. Este

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE LEGISLAÇÃO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE LEGISLAÇÃO Um dos equipamentos obrigatórios a ser vistoriado na inspeção de segurança veicular é o(a): 1 rádio toca-fitas. 2 farol de milha. 3 pneu para chuva. 4 buzina. Entre vários aspectos a serem observados,

Leia mais

1. O QUE É SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO?... 3 2. CLASSIFICAÇÃO DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO... 4

1. O QUE É SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO?... 3 2. CLASSIFICAÇÃO DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO... 4 SUMÁRIO 1. O QUE É SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO?... 3 2. CLASSIFICAÇÃO DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO... 4 2.1. Sinalização Vertical... 6 2.1.1. Sinalização de Regulamentação... 7 2.1.2. Sinalização de Advertência...

Leia mais

Boa Prova! 01 - Assinale a alternativa abaixo que não apresenta erro de ortografia em todas as palavras da seqüência:

Boa Prova! 01 - Assinale a alternativa abaixo que não apresenta erro de ortografia em todas as palavras da seqüência: Nº DE INSCRIÇÃO Prezado Candidato, leia atentamente as instruções a seguir: 1. Coloque o seu número de inscrição na capa da prova; 2. Assine o cartão resposta no verso; 3. A prova terá 3 (três) horas de

Leia mais

ÁGORA, Porto Alegre, Ano 4, Dez.2013. ISSN 2175-37 EDUCAR-SE PARA O TRÂNSITO: UMA QUESTÃO DE RESPEITO À VIDA

ÁGORA, Porto Alegre, Ano 4, Dez.2013. ISSN 2175-37 EDUCAR-SE PARA O TRÂNSITO: UMA QUESTÃO DE RESPEITO À VIDA ÁGORA, Porto Alegre, Ano 4, Dez.2013. ISSN 2175-37 EDUCAR-SE PARA O TRÂNSITO: UMA QUESTÃO DE RESPEITO À VIDA Luciane de Oliveira Machado 1 INTRODUÇÃO Este artigo apresenta o projeto de educação para o

Leia mais

SP 01/11/86 NT 112/86. Algumas Considerações Sobre Travessias e Brechas no Fluxo Veicular. Jaques Mendel Rechter. Introdução

SP 01/11/86 NT 112/86. Algumas Considerações Sobre Travessias e Brechas no Fluxo Veicular. Jaques Mendel Rechter. Introdução SP 01/11/86 NT 112/86 Algumas Considerações Sobre Travessias e Brechas no Fluxo Veicular. Jaques Mendel Rechter Introdução O problema da brecha no fluxo veicular, que possibilita a travessia da via pelo

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DOM MACEDO COSTA MOTORISTA CLASSE B (CÓD. 101)

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DOM MACEDO COSTA MOTORISTA CLASSE B (CÓD. 101) Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 05. TEXTO: 5 10 O trabalho é uma atividade própria do ser humano enquanto ser social. No Brasil, o deslocamento interno de produtos

Leia mais

ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES

ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES ÍNDICE DE ACIDENTES NO PERÍMETRO URBANO DE CÁCERES Rodrigo Barretto Vila 1 RESUMO Glaidson de Souza Pezavento Tatiani Nascimento Santos Miriam Nascimento Santos Ashley da Silva Costa 2 Com a finalidade

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O DIA MUNDIAL SEM CARRO SETEMBRO/ OUTUBRO DE 2007 JOB939 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília.

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília. Pesquisa de Opinião CONTEXTO Carta de um Brasileiro é um movimento de mobilização social com objetivo de entregar à Presidente da República eleita em outubro de 2010 os principais desejos e necessidades

Leia mais

Concurso Público. 006. Prova Objetiva. motorista

Concurso Público. 006. Prova Objetiva. motorista Concurso Público 006. Prova Objetiva motorista Você recebeu sua folha de respostas e este caderno contendo 50 questões objetivas. Confira seu nome e número de inscrição impressos na capa deste caderno

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA PROMOÇÃO INTERCLASSES MOTORISTA 15 DE NOVEMBRO DE 2009

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA PROMOÇÃO INTERCLASSES MOTORISTA 15 DE NOVEMBRO DE 2009 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA PROMOÇÃO INTERCLASSES MOTORISTA 15 DE NOVEMBRO DE 2009... (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES 1. Verifique

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PARA CONDUÇÃO SEGURAVEICULOS LEVES

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PARA CONDUÇÃO SEGURAVEICULOS LEVES PROCEDIMENTO OPERACIONAL PARA CONDUÇÃO SEGURAVEICULOS LEVES Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. OBJETIVO... 2 3. DOCUNTAÇÕES... 2 3.1 DO VEÍCULO... 2 3.2 DO CONDUTOR... 2 4. TREINAMENTOS... 2 5. PRATICAS SEGURAS

Leia mais

ANEXO II 1.1. SINALIZAÇÃO DE REGULAMENTAÇÃO. Tem por finalidade informar aos usuários as condições, proibições, obrigações ou restrições no

ANEXO II 1.1. SINALIZAÇÃO DE REGULAMENTAÇÃO. Tem por finalidade informar aos usuários as condições, proibições, obrigações ou restrições no ANEXO II 1. SINALIZAÇÃO VERTICAL É um subsistema da sinalização viária cujo meio de comunicação está na posição vertical, normalmente em placa, fixado ao lado ou suspenso sobre a pista, transmitindo

Leia mais

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS CONHECIMENTOS GERAIS de 01 a 20 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. TEXTO: MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS 5 10 15 20 25 30 Pesquisa

Leia mais

Caderno de Prova. Prefeitura Municipal de Tijucas. Edital n o 004/2011. http://tijucas.fepese.org.br. 3 de abril. das 15 às 18 h.

Caderno de Prova. Prefeitura Municipal de Tijucas. Edital n o 004/2011. http://tijucas.fepese.org.br. 3 de abril. das 15 às 18 h. Prefeitura Municipal de Tijucas Edital n o 004/2011 http://tijucas.fepese.org.br Caderno de Prova abril 3 3 de abril das 15 às 18 h 3 h de duração* 25 questões E4I04 Calceteiro Confira o número que você

Leia mais

Processo Seletivo Salesiano

Processo Seletivo Salesiano COLÉGIO SALESIANO NOSSA SENHORA AUXILIADORA Processo Seletivo Salesiano Concurso de Bolsas de Estudos Nome do(a) aluno(a): Número de Inscrição: Série: 7º Ano Ensino Fundamental II ORIENTAÇÕES Ao receber

Leia mais

CRITÉRIOS PARA COLOCAÇÃO DE CAÇAMBAS DENTRO E FORA CENTRAL DE TRÁFEGO) PISTA (ASFALTO) 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS:

CRITÉRIOS PARA COLOCAÇÃO DE CAÇAMBAS DENTRO E FORA CENTRAL DE TRÁFEGO) PISTA (ASFALTO) 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS: SITUAÇÃO 05 CAÇAMBA SOBRE CALÇADA CRITÉRIOS PARA COLOCAÇÃO DE CAÇAMBAS DENTRO E FORA DA ZCT (ZONA( CENTRAL DE TRÁFEGO) A Prefeitura Municipal de Curitiba, com o intuito de normatizar, disciplinar e orientar

Leia mais

MULHERES NO CÁRCERE. Palavras-chaves: Mulheres no cárcere. Detentas. Sistema carcerário feminino brasileiro.

MULHERES NO CÁRCERE. Palavras-chaves: Mulheres no cárcere. Detentas. Sistema carcerário feminino brasileiro. MULHERES NO CÁRCERE Esther Castro e Silva Resumo Se a situação da mulher em liberdade é de frequente discriminação, opressão e descaso por parte do Estado, quando o assunto é prisão feminina, ou mulheres

Leia mais

B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5

B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5 B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5 O I N V E S T I M E N T O P E L A L Ó G I C A D A D E M A N D A R E N A T O M E I R E L L E S r e n a t o @ d a t a p

Leia mais

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04 Pesquisa de Opinião Pública sobre as Campanhas Educativas para o Trânsito & da I m a g e m I n s t i t u c i o n a l da CET- RIO Relatório de Pesquisa 2008 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 PRINCIPAIS RESULTADOS

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DA ÁREA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DA ÁREA CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DA ÁREA 1 - Nas vias urbanas em que não há sinalização regulamentadora, a velocidade máxima permitida é de: a) 30 km/h para ônibus e microônibus. b) 60 km/h quando se trata de

Leia mais

O boletim de jogo é preenchido em 4 vias, que, no fim do jogo, serão entregues: I. ANTES DO INÍCIO DO JOGO

O boletim de jogo é preenchido em 4 vias, que, no fim do jogo, serão entregues: I. ANTES DO INÍCIO DO JOGO INTRODUÇÃO O Boletim de Jogo é um documento oficial, cujo preenchimento é da responsabilidade do Marcador, de acordo com as regras e instruções que se apresentam de seguida. O marcador além de ter de saber

Leia mais

Normas gerais de circulação e conduta

Normas gerais de circulação e conduta Normas gerais de circulação e conduta É muito importante a leitura do Capítulo III Normas Gerais de Circulação e Conduta, que vai dos artigos 26 ao 67, contidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais

Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano

Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano de Aula Teórica da disciplina de Legislação de Trânsito 14, neste material. 115 Para

Leia mais

PROJETO DE LEI N o, DE 2013 (Da Sra. NILDA GONDIM)

PROJETO DE LEI N o, DE 2013 (Da Sra. NILDA GONDIM) PROJETO DE LEI N o, DE 2013 (Da Sra. NILDA GONDIM) Concede isenção de impostos para membros dos órgãos e instituições previstos no artigo 144 da Constituição da República, Promotores de Justiça e Magistrados

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para pedestres e bicicletas) ~ Para não sofrer acidentes de trânsito ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu Regras básicas

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS Candidato: inscrição - nome do candidato Curso: código - nome / turno - cidade Língua Estrangeira: nome da língua Cotista:

Leia mais

Estudo Exploratório. I. Introdução. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Pesquisa de Mercado. Paula Rebouças

Estudo Exploratório. I. Introdução. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Pesquisa de Mercado. Paula Rebouças Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Pesquisa de Mercado Paula Rebouças Estudo Exploratório I. Introdução A Dislexia é uma síndrome caracterizada por problemas na leitura: ao ler a pessoa

Leia mais

SINALIZAÇÃO HORIZONTAL. Profa. Mariana de Paiva

SINALIZAÇÃO HORIZONTAL. Profa. Mariana de Paiva SINALIZAÇÃO HORIZONTAL Profa. Mariana de Paiva 3. INSTRUMENTOS DE CONTROLE DE TRÁFEGO 3.2 SINALIZAÇÃO CLASSIFICAÇÃO Sinalização Vertical Sinalização Horizontal Sinais Luminosos Dispositivos de Sinalização

Leia mais

Código Símbolo Significado Forma e cor Aplicação. Cuidado, risco de incêndio. Cuidado, risco de explosão. Cuidado, risco de corrosão

Código Símbolo Significado Forma e cor Aplicação. Cuidado, risco de incêndio. Cuidado, risco de explosão. Cuidado, risco de corrosão I - Símbolos da sinalização básica ANEXO B SIMBOLOGIA PARA A SINALIZAÇÃO DE EMERGÊNCIA Os símbolos adotados por esta norma para sinalização de emergência são apresentados a seguir, acompanhados de exemplos

Leia mais

PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ENQUANTO MORADOR E TRABALHADOR DE SAÚDE INSERIDO NO MESMO TERRITÓRIO

PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ENQUANTO MORADOR E TRABALHADOR DE SAÚDE INSERIDO NO MESMO TERRITÓRIO 1322 PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ENQUANTO MORADOR E TRABALHADOR DE SAÚDE INSERIDO NO MESMO TERRITÓRIO Janyelle Silva Mendes¹;Juliana Alves Leite Leal² 1. Graduanda do Curso de Enfermagem,

Leia mais

O EMPREGO DOMÉSTICO. Boletim especial sobre o mercado de trabalho feminino na Região Metropolitana de São Paulo. Abril 2007

O EMPREGO DOMÉSTICO. Boletim especial sobre o mercado de trabalho feminino na Região Metropolitana de São Paulo. Abril 2007 O EMPREGO DOMÉSTICO Boletim especial sobre o mercado de trabalho feminino na Abril 2007 Perfil de um emprego que responde por 17,7% do total da ocupação feminina e tem 95,9% de seus postos de trabalho

Leia mais

RES-227/2010 de 28/12/2010 Título: SUBSTITUIÇÃO DE CHAVE FUSÍVEL EM TRANSFORMADOR, EM REDE DESENERGIZADA.

RES-227/2010 de 28/12/2010 Título: SUBSTITUIÇÃO DE CHAVE FUSÍVEL EM TRANSFORMADOR, EM REDE DESENERGIZADA. Página: 1/8 1. OBJETIVO Este procedimento tem como objetivo determinar a metodologia para Substituição e Manutenção de Chaves Fusíveis de Transformador em rede desenergizada. 2. ABRANGÊNCIA Este procedimento

Leia mais

FUNDAMENTAL COMPLETO

FUNDAMENTAL COMPLETO PREFEITURA MUNICIPAL DE MOJU CONCURSO PÚBLICO EDITAL 01/2008 BOLETIM DE QUESTÕES FUNDAMENTAL COMPLETO NOME COMPLETO INSTRUÇÕES INSTRUÇÕES INSCRIÇÃO 1. Este BOLETIM contém 30 (trinta) questões. Cada questão

Leia mais

RES. 227/2010 de 28/12/2010 Título: PROCEDIMENTO PARA OPERAÇÃO DE CHAVE FUSÍVEL E CHAVE FACA

RES. 227/2010 de 28/12/2010 Título: PROCEDIMENTO PARA OPERAÇÃO DE CHAVE FUSÍVEL E CHAVE FACA Página: 1/11 DO-OP-01/P-2 1. OBJETIVO Este procedimento tem como objetivo determinar a metodologia na operação de chaves fusíveis e chaves facas. 2. ABRANGÊNCIA Este procedimento aplica-se a todas as Empresas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL CONCURSO PÚBLICO EDITAL 001/2012 Cód. 03 Agente Operacional Especializado - Motorista A CURIOSIDADE PERIGOSA Como todas as qualidades, a curiosidade pode ser boa

Leia mais

Concurso Público. Agente de Infraestrutura/ Operador de Máquinas Pesadas. Código: OMP16 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA

Concurso Público. Agente de Infraestrutura/ Operador de Máquinas Pesadas. Código: OMP16 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA Concurso Público Agente de Infraestrutura/ Operador de Máquinas Pesadas Código: OMP16 Caderno: 1 Aplicação Manhã LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 4 horas, já incluído o tempo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Assunto: O perfil da Extrema Pobreza no Brasil com base nos dados preliminares do universo do Censo 2010. 1. INTRODUÇÃO O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

ANEXO II DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO - CTB

ANEXO II DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO - CTB ANEXO II DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO - CTB 1. SINALIZAÇÃO VERTICAL É um subsistema da sinalização viária cujo meio de comunicação está na posição vertical, normalmente em placa, fixado ao lado ou

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014 CARGO E UNIDADES: Técnico Operacional - Motorista (Natal) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 3 (três) horas.

Leia mais

Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de. transmissão automática

Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de. transmissão automática Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de transmissão automática 1. Prova no parque de manobras (1) Antes de iniciar a marcha Antes de ligar o motor, o candidato deve verificar se

Leia mais

Coleta de Dados: a) Questionário

Coleta de Dados: a) Questionário Coleta de Dados: A coleta de dados ou de informações sobre a realidade escolar tem como ponto de partido o Marco Referencial, em especial o que está estabelecido no Marco Operacional. Este é um momento

Leia mais

7. DIAGRAMAÇÃO DAS PLACAS

7. DIAGRAMAÇÃO DAS PLACAS 7. DIAGRAMAÇÃO DAS PLACAS A diagramação das placas de Sinalização Vertical de Indicação compreende os seguintes passos: Definição da altura das letras, a partir da velocidade regulamentada na via; Dimensionamento

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL WWF Brasil Maio/ 2003 OBJETIVOS: Levantar informações para subsidiar o planejamento e a avaliação da comunicação da WWF Brasil. Gerar conhecimentos relevantes

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE SINALIZAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL LINHA VERDE CIC

IMPLANTAÇÃO DE SINALIZAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL LINHA VERDE CIC MEMORIAL DESCRITIVO IMPLANTAÇÃO DE SINALIZAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL LINHA VERDE CIC Lote 01 MARÇO/2011 1. PROJETO DE SINALIZAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL LINHA VERDE CIC SUL INTRODUÇÃO O Projeto de Sinalização

Leia mais

Programadores e Problemas: Instruções. Introdução. Seu Objetivo. Configuração. Instruções do jogo equipe evolução 5/5/2006 v2.0

Programadores e Problemas: Instruções. Introdução. Seu Objetivo. Configuração. Instruções do jogo equipe evolução 5/5/2006 v2.0 Programadores e Problemas: Instruções Introdução Problemas e Programadores é um jogo educacional na área de engenharia de software. Ele é dirigido a estudantes que já têm conhecimento entre o básico e

Leia mais

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS CONHECIMENTOS GERAIS de 01 a 20 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. TEXTO: MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS 5 10 15 20 25 30 Pesquisa

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

FORMOSA - GO - 002/2014

FORMOSA - GO - 002/2014 IBEG Instituto Brasileiro de Educação e Gestão Edital de Abertura do Concurso Público Prefeitura de Formosa - GO n o 02/2014 CARGO Agente de Serviços e Obras Públicas - Classe I CADERNO DE PROVA Prezado(a)

Leia mais

Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias na Educação Tópicos de Física Artigo: Inclinações das ruas e das estradas

Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias na Educação Tópicos de Física Artigo: Inclinações das ruas e das estradas Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias na Educação Tópicos de Física Artigo: Inclinações das ruas e das estradas Fernando Lang da Silveira - Instituto de Física da UFRGS Quem é o Fernando Lang da Silveira?

Leia mais

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O DIRECÇ Ã O DOS SERVIÇ OS PARA OS ASSUNTOS DE TRÁ FEGO TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O Fascículo I Sinais de Trânsito ADVERTÊNCIA Encontram-se publicadas, nestes 5 fascículos, todas as perguntas, e repectivas

Leia mais

MOTORISTA CNH B PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS

MOTORISTA CNH B PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS MOTORISTA CNH B PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS 1- A presidente Dilma Rousseff (PT)sancionou em 20 de dezembro de2012 a lei que torna mais rígida apunição para motoristas que dirigemalcoolizados. A palavra

Leia mais

Coordenadoria da Moralidade Administrativa INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 12/CMA/2008 ÁREA: ADMINISTRAÇÃO DIRETA, FUNDOS E FUNDAÇÕES DO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ

Coordenadoria da Moralidade Administrativa INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 12/CMA/2008 ÁREA: ADMINISTRAÇÃO DIRETA, FUNDOS E FUNDAÇÕES DO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 12/CMA/2008 ÁREA: ADMINISTRAÇÃO DIRETA, FUNDOS E FUNDAÇÕES DO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ ASSUNTO: INSTRUMENTO NORMATIVO HISTÓRICO DELIBERAÇÃO VIGÊNCIA PROTOCOLO Nº DESCRIÇÃO Nº DATA A PARTIR

Leia mais

V.7. Noções Básicas sobre o uso da Potência e do Torque do Motor.

V.7. Noções Básicas sobre o uso da Potência e do Torque do Motor. V.7. Noções Básicas sobre o uso da Potência e do Torque do Motor. V.7.1. Torque Quando você faz força para desrosquear uma tampa de um vidro de conservas com a mão, se está aplicando torque. O torque é

Leia mais

ANEXO III. PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO BELA VISTA ESTADO DE SANTA CATARINA Rua do Comércio, n. 1015 Centro

ANEXO III. PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO BELA VISTA ESTADO DE SANTA CATARINA Rua do Comércio, n. 1015 Centro ANEXO III FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO DE VAGA PARA CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA À Comissão de Acompanhamento nto do Concurso Público Nome: Cargo argo/função pretendido: DADOS DO CANDIDATO De acordo

Leia mais

Ver e ser visto no trânsito

Ver e ser visto no trânsito matéria de capa Ver e ser visto no trânsito CESVI realizou estudo para apontar as condições em que pedestres, motos e carros são mais bem visualizados à noite Por José Antonio Oka Segurança Viária Ver

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA PROVA OBJETIVA PROCESSO SELETIVO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Prezado candidato(a), você recebeu o seguinte material: - um caderno de questões contendo 30 (trinta) questões

Leia mais

Centro Universitário Franciscano Material elaborado por: Professora Leandra Anversa Fioreze e Professor Clandio Timm Marques.

Centro Universitário Franciscano Material elaborado por: Professora Leandra Anversa Fioreze e Professor Clandio Timm Marques. Conceitos Introdutórios 1. Definindo Estatística: Ciência que fornece métodos para a coleta, organização, descrição, análise e interpretação de dados, utilizando-os na tomada de decisões. 2. Divisão da

Leia mais

semana nacional do trânsito educando nossos condutores e pedestres, visto que o trânsito da cidade é precário.

semana nacional do trânsito educando nossos condutores e pedestres, visto que o trânsito da cidade é precário. SEJA VOCÊ A MUDANÇA NO TRÂNSITO PROJETO: Leticia Garroni Felix Martins Justificativa: O projeto está na sua 3 edição e foi criado para apoiar a semana nacional do trânsito educando nossos condutores e

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

OPERADOR DE ESCAVADEIRA HIDRAÚLICA. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40

OPERADOR DE ESCAVADEIRA HIDRAÚLICA. 05 Matemática. 05 Conhecimentos Específicos. 30 Total de questões 40 CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO PRETO - SC OPERADOR DE ESCAVADEIRA HIDRAÚLICA Nome do (a) Candidato (a) Número de Inscrição Este caderno de questões está assim constituído:

Leia mais

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 1 INDICE: METODOLOGIA:... 3 PERFIL DOS RESPONDENTES:... 4 CIDADANIA EM TRÂNSITO... 5 A Gidion é uma empresa que:...5 Você sabe se tem

Leia mais

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS: 1 ano Levar o estudante a realizar a escrita do próprio nome e outros nomes. Promover a escrita das letras do alfabeto. Utilizar a linguagem oral para conversar,

Leia mais