FUNDEP. Pesquisa de Opinião Pública Nacional

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDEP. Pesquisa de Opinião Pública Nacional"

Transcrição

1

2 FUNDEP Pesquisa de Opinião Pública P Nacional Junho de 2008

3 ROTEIRO I. METODOLOGIA II. PERFIL DOS ENTREVISTADOS III. PERCEPÇÃO DA CORRUPÇÃO IV. INTERESSE PÚBLICO E CORRUPÇÃO V. COMBATE À CORRUPÇÃO: POLÍCIA FEDERAL, PODER LEGISLATIVO E PODER JUDICIÁRIO VI. VISIBILIDADE DA CORRUÇÃO

4 I. METODOLOGIA

5 Metodologia Survey realizado entre 10 e 16 de maio de Público entrevistado: população brasileira com 16 anos ou mais. Amostra: (dois mil quatrocentos e vinte um) casos, distribuídos em âmbito nacional para obter representatividade para o conjunto do Brasil e para as seguintes regiões: Centro-Oeste, Norte, Nordeste, Sul e Sudeste. As cotas utilizadas foram sexo, idade, escolaridade, renda familiar e situação perante o trabalho. Margem de erro, para mais ou para menos, em intervalo de confiança de 95,0%: Amostra Margem de erro (%) TOTAL ,0 CENTRO-OESTE 403 4,9 NORDESTE 500 4,4 SUL 463 4,5 SUDESTE 655 3,8 NORTE 400 4,9

6 II. PERFIL DOS ENTREVISTADOS

7 Caracterização Urbana Zona Residencial (%) Região (%) Gênero (%) Idade (%) 84 Norte 17 Masculino a 24 anos 23 Rural 16 Nordeste 21 Feminino a 29 anos 13 Centro-oeste a 39 anos 19 Sudeste a 49 anos 18 Sul anos ou mais 27 Até 4ª série Escolaridade (%) Renda Familiar (%) Raça (%) Atividade econômica (%) Carteira assinada 22 Até 1 SM Branca De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Parda Preta Outras/NS/NR Sem carteira assinada Autônomo Empregador Desempregado há menos de 1 ano % Mais de 10 SM 9 Média Média de de moradores moradores no no domicílio: domicílio: 3,99 3,99 Desempregado há mais de 1 ano Estudante, aposentado, dona-de-casa %

8 III. PERCEPÇÃO DA CORRUPÇÃO

9 Evolução nos últimos 5 anos Aumentou muito Aumentou um pouco Não aumentou nem diminuiu Diminuiu um pouco Diminuiu muito NS/NR 1% 2% 2% 2% 7% 6% 3% 2% 1% 1% 2% 5% 5% 6% 12% 15% 15% 16% 19% 18% 19% 20% 19% 20% 18% 17% 22% 54% 59% 42% 52% 60% 57% BRASIL Norte Nordeste Centro Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

10 Gravidade do problema no Brasil Muito grave Grave Pouco grave Nada grave NS/NR 1% 2% 1% 3% 1% 3% 0% 2% 1% 2% 1% 3% 20% 17% 23% 19% 18% 24% 77% 80% 73% 78% 80% 73% BRASIL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

11 Evolução durante o governo Lula Durante o governo Lula houve um grande aumento da corrupção no país Durante o governo Lula, o que aumentou não foi a corrupção, mas a apuração dos casos que antes ficavam escondidos Não concordo com nenhuma das duas NS/NR 4% 1% 5% 5% 4% 5% 3% 4% 6% 4% 3% 5% 75% 66% 82% 77% 71% 74% 17% 24% 9% 18% 20% 18% BRASIL Norte Nordeste Centro Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

12 Presença de corrupção em alguns ambientes % Câmara dos vereadores Câmara dos Deputados Prefeitura As pessoas mais ricas Senado Federal Governo do Estado Os empresários Presidência da República Polícia Militar Polícia Civil O Poder Judiciário Clubes de Futebol Os homens O povo brasileiro em geral Igrejas Evangélicas Polícia Federal A classe média A mídia (jornais, revistas, TVs) Movimentos Sociais 8,36 8,34 8,07 8,02 8,02 7,56 7,53 7,43 7,42 7,37 7,36 7,15 6,88 6,67 6,67 6,64 6,59 6,33 6,32 ONGs 5,84 Associação de Bairro 5,65 Igreja Católica 5,57 As pessoas mais jovens 5,42 As mulheres 5,15 As pessoas mais velhas 4,85 As pessoas mais pobres 4,80 MÉDIA DAS MÉDIAS 6,80 Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul 8,42 8,17 8,45 8,59 7,92 8,42 8,01 8,46 8,61 8,00 8,18 8,02 7,99 8,27 7,54 8,01 7,92 8,15 8,20 7,63 8,26 7,72 8,23 8,26 7,63 7,74 7,39 7,94 7,73 7,13 7,99 7,30 7,73 7,77 6,92 7,15 7,04 7,47 7,75 7,31 7,78 6,94 7,48 7,84 6,84 7,59 6,71 7,36 7,91 6,83 7,52 7,16 7,34 7,70 6,66 7,06 6,47 7,42 7,74 6,60 7,19 6,58 6,89 7,08 6,67 6,68 6,42 6,81 6,98 6,18 5,96 6,12 6,85 7,26 6,07 5,97 6,57 6,65 6,97 6,11 6,77 6,26 6,59 6,84 6,39 6,23 5,97 6,25 6,74 5,82 6,22 5,78 6,44 6,74 6,03 5,66 5,43 6,04 6,28 5,28 5,33 5,63 5,66 5,91 5,13 5,25 5,16 5,43 6,11 4,87 5,51 5,23 5,29 5,78 4,75 5,04 5,01 4,80 5,55 4,41 4,60 4,48 4,64 5,31 4,33 4,86 4,33 4,66 5,24 4,28 6,83 6,51 6,84 7,14 6,33 Escala: 0 (Nenhuma corrupção) 10 (Muita corrupção)

13 Intensidade" da corrupção em algumas situações % Norte Nordeste Centro- Oeste Sudeste Sul Um policial usar seu poder para tirar vantagem ou dinheiro de alguém Um empresário financiar a campanha de um político esperando receber algo em troca Um político receber dinheiro para favorecer uma empresa em uma licitação Um promotor de justiça fazer "vista grossa" aos erros cometidos por outro promotor Um político financiar uma ONG, esperando apoio em eleições Uma conduta não adequada praticada por um funcionário público ou político que prejudica o Estado Um funcionário público deixar de denunciar as fraudes cometidas por seu chefe Uma conduta não adequada praticada por qualquer pessoa que prejudica o Estado Pagar um funcionário público para tirar um documento que precisa mais rápido Uma pessoa (ou família) invadir terras do governo e explorar essa terra economicamente 9,25 9,12 9,08 8,95 8,75 8,73 8,67 8,66 8,43 7,94 9,18 9,07 9,22 9,40 9,19 8,96 8,82 9,21 9,34 9,04 8,94 8,55 9,22 9,39 9,10 8,89 8,64 8,96 9,16 8,91 8,54 8,05 8,83 9,17 8,87 8,50 8,29 8,82 8,98 8,86 8,28 8,23 8,44 9,03 8,69 8,26 8,13 8,59 9,00 8,79 7,98 7,91 8,49 8,73 8,64 7,55 7,43 8,06 8,16 8,27 MÉDIA DAS MÉDIAS 8,76 8,51 8,32 8,78 9,03 8,83 Escala: 0 (Nenhuma corrupção) 10 (Muita corrupção)

14 Corrupção e o Estado Um ato que prejudica o Estado praticado por um funcionário público ou um político Um ato que prejudica o Estado, praticado por qualquer pessoa As duas situações são igualmente corruptas Nenhuma das duas situações é corrupta NS/NR 3% 3% 1% 4% 3% 3% 4% 22% 23% 16% 18% 24% 28% 30% 21% 28% 33% 32% 31% 45% 52% 52% 47% 42% 37% BRASIL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

15 Concordância com algumas idéias ias sobre corrupção Concorda totalmente Concorda em parte Não concorda nem discorda Discorda em parte Discorda totalmente NS/NR % Se as leis que existem fossem cumpridas e não existisse tanta impunidade, a corrupção diminuiria Para diminuir a corrupção, estão faltando novas leis, com penas maiores e mais duras Em qualquer situação, não interessa qual, existe sempre chance da pessoa ser honesta Se você ficar sabendo de algum esquema de corrupção, deve sempre denunciar às autoridades Corrupção e honestidade vêm de berço: ou a pessoa é corrupta ou não é O conceito de honestidade é relativo, depende da situação Qualquer um pode ser corrompido, dependendo do preço que for pago ou da pressão que for feita Não tem jeito de fazer política sem um pouco de corrupção Em algumas situações, é bobagem a pessoa não entrar em um esquema de corrução, pois se ela não entrar, outro entra Algumas coisas podem ser um pouco erradas mas não corruptas, como por exemplo sonegar algum imposto, quando ele e caro demais Dar um dinheiro para um guarda para escapar de uma multa não chega a ser um ato corrupto Se estiver necessitada e um político oferecer benefícios em troca do voto, não está errado a pessoa aceitar Se for para ajudar alguém muito pobre, muito necessitado, não faz mal um pouco de corrupção Se for para proteger alguém de sua família, está certo fazer alguma coisa um pouco corrupta BASE Região

16 Conseqüências da corrupção % Norte Nordeste Centro- Oeste Sudeste Sul Desigualdade social 8,61 8,70 8,25 8,86 8,84 8,45 Carga tributária/os impostos cobrados pelo governo 8,42 8,13 7,90 8,70 8,75 8,37 Qualidade dos serviços públicos 8,39 8,50 8,17 8,78 8,53 8,13 Precarização do sistema judiciário/ sistema judiciário sem recursos e sem pessoal 8,33 8,00 7,86 8,49 8,75 8,07 Violência 8,22 8,38 7,83 8,35 8,45 8,09 Destruição do meio ambiente 7,91 7,73 7,49 8,18 8,21 7,80 Média das médias 8,31 8,24 7,91 8,53 8,57 8,16 Sócio-demográficas Escala: 0 (Não é em NADA influenciado pela corrupção) 10 (É MUITO influenciado pela corrupção)

17 IV. INTERESSE PÚBLICO P E CORRUPÇÃO

18 Definição de "interesse público" Qualquer coisa que interessa à maioria das pessoas Alguma coisa que é responsabilidade de todos resolvermos Nenhuma das frases explica o que é interesse público Alguma coisa que é responsabilidade do Estado resolver Todas as frases explicam do mesmo modo o que é interesse público NS/NR 5% 5% 5% 4% 5% 5% 1% 1% 1% 1% 1% 10% 12% 13% 12% 11% 16% 33% 41% 40% 39% 47% 38% 22% 21% 33% 25% 13% 24% 21% 21% 19% 19% 24% 16% BRASIL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

19 Efeitos da corrupção sobre o interesse público % Norte Nordeste Centro- Oeste Sudeste Sul Fraudar dados para conseguir algum benefício público 9,16 9,05 8,83 9,45 9,42 8,91 Parlamentares conseguirem colocar seus familiares em cargos públicos 9,00 8,65 8,72 9,22 9,26 8,81 Pagar suborno à polícia 8,94 8,95 8,60 8,97 9,24 8,69 Sonegar imposto de renda 8,85 8,77 8,50 9,12 9,09 8,70 Utilizar recursos de origem desconhecida que apareceram na sua conta bancária 8,67 8,28 8,31 8,74 8,96 8,63 Parar o carro em fila dupla 7,06 6,34 6,68 6,78 7,58 6,63 MÉDIA DAS MÉDIAS 8,63 8,38 8,28 8,72 8,93 8,42 Escala: 0 (Não afeta em NADA o interesse público) 10 (Afeta MUITO o interesse público)

20 Corrupção em altos cargos do governo Apenas minoria destas pessoas aceitaria entrar no esquema A maioria destas pessoas aceitaria entrar no esquema 3% 5% Mais ou menos a metade aceitaria entrar no esquema NS/NR 2% 2% 3% 5% 48% 50% 49% 52% 49% 43% 35% 30% 34% 33% 34% 39% 14% 16% 14% 13% 14% 13% BRASIL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

21 V. COMBATE À CORRUPÇÃO: POLÍCIA FEDERAL, PODER LEGISLATIVO E PODER JUDICIÁRIO

22 Conhecimento, efetividade e cobertura legal da ação desses órgãos Ficou sabendo Não ficou sabendo NS Ajudam combater a corrupção Não ajudam combater a corrução NS/NR Tem agido somente dentro da lei Às vezes age fora da lei NS/NR % Nível de Conhecimento Efetividade Cobertura legal BASE Operações que polícia federal tem realizado para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do legislativo federal para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do judiciário para combater esquemas de corrupção no Brasil BASE Região Região Região Base: Entrevistados que ficaram sabendo ou viram notícias sobre as operações/ações.

23 VI. VISIBILIDADE DA CORRUPÇÃO

24 Nível de conhecimento sobre casos específicos Teve conhecimento Apenas ouviu falar Não teve conhecimento NR % BRASIL Caso Renan Calheiros Sanguessugas (ambulâncias superfaturadas) Mensalão Mineiro (Azeredo) Metrô de São Paulo Caso Daslu BASE Região

25 Associação de casos de corrupção com o governo Lula Estão ligados ao Governo Lula Não estão ligados ao Governo Lula NS/NR 17% 22% 19% 14% 16% 18% 45% 37% 47% 45% 45% 44% 38% 42% 35% 41% 38% 38% BRASIL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas Conhecimento

26 Atenção da mídia A mídia está atenta ao problema da corrupção na política A mídia não está atenta ao problema da corrupção em política NS/NR 5% 4% 7% 8% 8% 7% 4% 3% 6% 8% 6% 8% 87% 88% 86% 90% 88% 86% BRASIL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

27 Imparcialidade da mídia A mídia costuma ser mais justa/verdadeira/imparcial ao cobrir os escândalos de corrupção A mídia costuma ser mais injusta/mentirosa/parcial ao cobrir os escândalos de corrupção NS/NR 14% 14% 15% 12% 12% 17% 26% 30% 26% 28% 24% 33% 60% 57% 58% 60% 64% 50% BRASIL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste Sul Base: Sócio-demográficas

28 Rua Paraíba, 575. CEP Belo Horizonte. MG. Brasil Tel: Fax:

29 ANEXOS

30 Evolução nos últimos 5 anos x Sócio cio-demogr demográficas Aumentou muito Aumentou um pouco Não aumentou nem diminuiu Diminuiu um pouco Diminuiu muito NS/NR BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA BASE

31 Gravidade do problema no Brasil x Sócio cio-demogr demográficas Muito grave Grave Pouco grave Nada grave NS/NR BASE BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA

32 Evolução durante o governo Lula x Sócio cio-demogr demográficas Durante o governo Lula houve um grande aumento da corrupção no país Durante o governo Lula, o que aumentou não foi a corrupção, mas a apuração dos casos que antes ficavam escondidos Não concordo com nenhuma das duas BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA NS/NR BASE

33 Corrupção e o Estado x Sócio cio-demogr demográficas Um ato que prejudica o Estado praticado por um funcionário público ou um político Um ato que prejudica o Estado, praticado por qualquer pessoa As duas situações são igualmente corruptas Nenhuma das duas situações é corrupta NS/NR BASE BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA

34 Concordância com algumas idéias ias sobre corrupção x Região % de concorda totalmente BRASIL Norte Nordeste Se as leis que existem fossem cumpridas e não existisse tanta impunidade, a corrupção diminuiria Para diminuir a corrupção, estão faltando novas leis, com penas maiores e mais duras Em qualquer situação, não interessa qual, existe sempre chance da pessoa ser honesta Se ficar sabendo de algum esquema de corrupção, deve sempre denunciar às autoridades Corrupção e honestidade vêm de berço: ou a pessoa é corrupta ou não é Centro- Oeste Sudeste O conceito de honestidade é relativo, depende da situação Sul Qualquer um pode ser corrompido, dependendo do preço que for pago ou da pressão que for feita Não tem jeito de fazer política sem um pouco de corrupção Em algumas situações, é bobagem a pessoa não entrar em um esquema de corrução, pois se ela não entrar, outro entra Algumas coisas podem ser um pouco erradas mas não corruptas, como por exemplo sonegar algum imposto, quando ele e caro demais Dar um dinheiro para um guarda para escapar de uma multa não chega a ser um ato corrupto Se estiver necessitada e um político oferecer benefícios em troca do voto, não está errado a pessoa aceitar Se for para ajudar alguém muito pobre, muito necessitado, não faz mal um pouco de corrupção Se for para proteger alguém de sua família, está certo fazer alguma coisa um pouco corrupta BASE

35 Conseqüências da corrupção x Sócio cio-demogr demográficas Desigualdade social Carga tributária/ os impostos cobrados pelo governo Qualidade dos serviços públicos Precarização do sistema judiciário/ sistema judiciário sem recursos e sem pessoal Violência Destruição do meio ambiente MÉDIA DAS MÉDIAS BRASIL 8,61 8,42 8,39 8,33 8,22 7,91 8,31 Urbana 8,70 8,53 8,46 8,41 8,26 7,97 8,38 Rural 8,14 7,77 7,99 7,86 7,99 7,58 7,88 Masculino 8,54 8,40 8,31 8,35 8,17 7,96 8,28 Feminino 8,68 8,43 8,46 8,31 8,27 7,87 8,33 16 a 24 anos 8,64 8,23 8,33 8,20 8,19 7,73 8,22 25 a 29 anos 8,61 8,54 8,42 8,34 8,18 7,87 8,33 30 a 39 anos 8,76 8,51 8,52 8,40 8,19 8,00 8,39 40 a 49 anos 8,74 8,51 8,38 8,42 8,34 7,96 8,38 50 anos ou mais 8,39 8,38 8,35 8,32 8,21 8,00 8,26 Branca 8,73 8,53 8,42 8,44 8,26 7,95 8,39 Preta 8,80 8,51 8,65 8,44 8,33 8,18 8,46 Parda 8,39 8,26 8,27 8,17 8,11 7,79 8,16 Outras/NS/NR 8,86 8,15 8,59 8,10 8,71 7,91 8,40 Até primário completo 8,40 8,10 8,16 8,09 8,11 7,74 8,09 Ginasial 8,65 8,50 8,43 8,48 8,30 8,05 8,40 Ensino médio 8,67 8,53 8,45 8,38 8,19 7,96 8,35 Superior 8,91 8,75 8,77 8,49 8,44 7,98 8,56 Até 1 SM 8,42 8,08 8,16 8,13 8,27 7,77 8,11 De 1 a 3 SM 8,51 8,29 8,30 8,19 8,10 7,77 8,19 De 3 a 5 SM 8,82 8,65 8,57 8,53 8,30 8,24 8,52 De 5 a 10 SM 8,67 8,61 8,52 8,51 8,33 8,03 8,44 Mais de 10 SM 8,92 8,85 8,68 8,63 8,35 8,00 8,58 PEA 8,65 8,45 8,37 8,35 8,23 7,95 8,33 Não PEA 8,52 8,34 8,43 8,27 8,19 7,83 8,26

36 Definição de "interesse público blico x Sócio cio-demogr demográficas Qualquer coisa que interessa à maioria das pessoas Alguma coisa que é responsabilidade do Estado resolver Alguma coisa que é responsabilidade de todos resolvermos Todas as frases explicam do mesmo modo o que é interesse público Nenhuma das frases explica o que é interesse público NS/NR BASE BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA

37 Corrupção em altos cargos do governo x Sócio cio-demogr demográficas Apenas minoria destas pessoas aceitaria entrar no esquema Mais ou menos a metade aceitaria entrar no esquema A maioria destas pessoas aceitaria entrar no esquema NS/NR BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA BASE

38 Conhecimento da ação dos órgãos x Região % de ficou sabendo BRASIL Norte Nordeste Centro- Oeste Sudeste Sul Operações que polícia federal tem realizado para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do legislativo federal para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do judiciário para combater esquemas de corrupção no Brasil BASE

39 Efetividade da ação dos órgãos x Região % de ajudam a combater a corrução BRASIL Norte Nordeste Centro- Oeste Sudeste Sul Operações que polícia federal tem realizado para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do legislativo federal para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do judiciário para combater esquemas de corrupção no Brasil Base: Entrevistados que ficaram sabendo ou viram notícias sobre as operações/ações.

40 cobertura legal da ação desses órgãos x Região % detem agido somente dentro da lei BRASIL Norte Nordeste Centro- Oeste Sudeste Sul Operações que polícia federal tem realizado para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do legislativo federal para combater esquemas de corrupção no Brasil Ações do judiciário para combater esquemas de corrupção no Brasil Base: Entrevistados que ficaram sabendo ou viram notícias sobre as operações/ações.

41 Nível de conhecimento sobre casos específicos x Região % de "teve conhecimento" BRASIL Norte Nordeste Centro- Oeste Sudeste Sul Caso Renan Calheiros Sanguessugas (ambulâncias superfaturadas) Mensalão Mineiro (Azeredo) Metrô de São Paulo Caso Daslu BASE

42 Associação de casos de corrupção com o governo Lula x Sócio cio-demogr demográficas Estão ligados ao Governo Lula Não estão ligados ao Governo Lula NS/NR BASE BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA

43 Nível de conhecimento x Associação de casos de corrupção com o governo Lula Estão ligados ao Governo Lula Não estão ligados ao Governo Lula NS/NR % de teve conhecimento BRASIL BASE Caso Renan Calheiros Sanguessugas (ambulâncias superfaturadas) Mensalão Mineiro (Azeredo) Metrô de São Paulo Caso Daslu Base: Entrevistados que tiveram conhecimento sobre os casos específicos

44 Atenção da mídia x Sócio cio-demogr demográficas A mídia está atenta ao problema da corrupção na política A mídia não está atenta ao problema da corrupção em política NS/NR BASE BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA

45 Imparcialidade da mídia x Sócio cio-demogr demográficas A mídia costuma ser mais justa/verdadeira/imparcial ao cobrir os escândalos de corrupção A mídia costuma ser mais injusta/mentirosa/parcial ao cobrir os escândalos de corrupção NS/NR BASE BRASIL Urbana Rural Masculino Feminino a 24 anos a 29 anos a 39 anos a 49 anos anos ou mais Branca Preta Parda Outras/NS/NR Até 4ª série De 5ª à 8ª série Ensino médio Superior Até 1 SM De 1 a 3 SM De 3 a 5 SM De 5 a 10 SM Mais de 10 SM PEA Não PEA

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação População conhece pouco a atual lei de cotas, mas acha que os partidos que não cumprem a lei deveriam ser punidos A maioria da população

Leia mais

Meto t d o o d l o og o i g a II. Segm g e m nt n a t ção o do d o me m rcado III. C racte t rização o do d s o ent n r t evi v sta t do d s

Meto t d o o d l o og o i g a II. Segm g e m nt n a t ção o do d o me m rcado III. C racte t rização o do d s o ent n r t evi v sta t do d s Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Segmentação do mercado Caracterização dos entrevistados Percepções sobre o turismo no Brasil V. Hábitos e comportamentos sobre turismo VI. VII. VIII. Prioridade de investimento

Leia mais

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Contexto Em abril de 2012, o governo através da diretoria da agência reguladora de energia elétrica (ANEEL) aprovou regras destinadas a reduzir

Leia mais

DataSenado. Secretaria de Transparência DataSenado. Março de 2013

DataSenado. Secretaria de Transparência DataSenado. Março de 2013 Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher DataSenado Março de 2013 Mulheres conhecem a Lei Maria da Penha, mas 700 mil ainda sofrem agressões no Brasil Passados quase 7 desde sua sanção, a Lei 11.340

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Tema geral: Como o eleitor escolheu seus candidatos em 2010

Pesquisa de Opinião Pública Tema geral: Como o eleitor escolheu seus candidatos em 2010 Pesquisa de Opinião Pública Tema geral: Como o eleitor escolheu seus candidatos em 2010 Apresentação: Somos pesquisadores da Universidade Federal do Ceará e gostaríamos de saber como as pessoas votaram

Leia mais

Projeto Educação para o Voto

Projeto Educação para o Voto Projeto Educação para o Voto São Paulo, Maio de 2008 Ipsos Empresa de pesquisa de mercado e opinião pública Fundada na França em 1975 Trabalha com as maiores empresas mundiais em todos os segmentos [[

Leia mais

Pesquisa Pantanal. Job: 13/0528

Pesquisa Pantanal. Job: 13/0528 Pesquisa Pantanal Job: 13/0528 Objetivo, metodologia e amostra Com objetivo de mensurar o conhecimento da população sobre o Pantanal, o WWF solicitou ao Ibope um estudo nacional para subsidiar as iniciativas

Leia mais

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE:

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE: PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CPD: Nº CIDADE: CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Especificações Técnicas Metodologia Técnicaeformadecoleta: Quantitativa: survey telefônico, com amostra 2.322 entrevistas, realizadas entre os dias 17 de junho e 07 de julho de 2009, pelo Instituto Vox

Leia mais

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro 1 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro Roberta Atherton Magalhães Dias No ano de 2005, a Futura realizou uma pesquisa que avaliava, na percepção dos capixabas,

Leia mais

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília.

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília. Pesquisa de Opinião CONTEXTO Carta de um Brasileiro é um movimento de mobilização social com objetivo de entregar à Presidente da República eleita em outubro de 2010 os principais desejos e necessidades

Leia mais

PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO PERFIL DEMOGRÁFICO:

PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO PERFIL DEMOGRÁFICO: DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL PERFIL SÓCIO DEMOGRÁFICO PERFIL DEMOGRÁFICO: SEXO: 52 48 49 51 50 50 57 43 51% 49%..Masculino FAIXA ETÁRIA: 12% 18%..Feminino 27% 27 Branca Parda Preta

Leia mais

SENSUS. Relatório Cruzamentos CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 88. 02 a 06 de Abril de 2007

SENSUS. Relatório Cruzamentos CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 88. 02 a 06 de Abril de 2007 Relatório Cruzamentos PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 88 CNT SENSUS 02 a 06 de Abril de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar Santa Efigênia

Leia mais

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012 Pesquisa Quantitativa Plastivida Setembro de 2012 objetivo geral Verificar a opinião da população de Belo Horizonte acerca da retirada das sacolas plásticas dos estabelecimentos comerciais da cidade e

Leia mais

PESQUISADORES. Pesquisadores

PESQUISADORES. Pesquisadores Pesquisadores Objetivos 2 Conhecer a opinião dos pesquisadores apoiados pela FAPESP sobre o tema Ciência e Tecnologia. 3 Principais resultados Principais resultados 4 Melhores recursos financeiros e credibilidade

Leia mais

SENSUS Pesquisa e Consultoria

SENSUS Pesquisa e Consultoria Pesquisa Eleições 2014 Regiões 5 Regiões Estados 24 Estados Municípios 136 Municípios Entrevistas 2.000 Entrevistas Data 12 a 15 de Julho de 2014 SENSUS Pesquisa e Consultoria Atenção Entrevistador Verificar

Leia mais

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas.

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Rio de Janeiro, 18/09/2014 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil Fecundidade Características

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese 2014 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese Dieese Subseção Força Sindical 19/09/2014 PESQUISA NACIONAL POR AMOSTRA DE DOMICILIOS - PNAD 2013 Síntese dos Indicadores POPULAÇÃO A Pesquisa

Leia mais

Aumenta a percepção da corrupção em Cabo Verde

Aumenta a percepção da corrupção em Cabo Verde WWW.AFROBAROMETER.ORG Aumenta a percepção da corrupção em Cabo Verde Resultados da Afrobarometer Round 6 (2014) A F R O S O N D A G E M Estudos de Mercado, Inquéritos de Opinião e Consultoria Económica

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI ISSN 27-702 Ano 5 Número 24 Agosto de 205 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Crise econômica I - Mercado de trabalho 24 Crise econômica muda relação de brasileiros com o mercado de trabalho

Leia mais

Junho / 2014. Reformas políticas

Junho / 2014. Reformas políticas Junho / 2014 Reformas políticas Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.125 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do

Leia mais

22/05/2006. Discurso do Presidente da República

22/05/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura de protocolos de intenções no âmbito do Programa Saneamento para Todos Palácio do Planalto, 22 de maio de 2006 Primeiro, os números que estão no

Leia mais

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas.

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Rio de Janeiro, 18/09/2014 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil Fecundidade Características

Leia mais

Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo

Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo Dezembro 200 2 Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo

Leia mais

SIPS- BASE SOBRE BANCOS

SIPS- BASE SOBRE BANCOS SIPS- BASE SOBRE BANCOS Nome Campo Descrição Valores atribuídos Local de Moradia REGI Região 1.Região Sul 2.Região Sudeste 3.Região Centro-Oeste 4.Região Nordeste 5.Região Norte ESTA Estado Não identificado

Leia mais

DE OPINIÃO PÚBLICA PERCEPÇÃO SOBRE RESPONSABILIDADE SOCIAL

DE OPINIÃO PÚBLICA PERCEPÇÃO SOBRE RESPONSABILIDADE SOCIAL DE OPINIÃO PÚBLICA PERCEPÇÃO SOBRE RESPONSABILIDADE SOCIAL PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA CNI Presidente: Armando de Queiroz Monteiro Neto SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI

Leia mais

Vitimização e Armas de fogo no Brasil. Claudio Beato CRISP Centro de Estudos em Criminalidade e Segurança Pública

Vitimização e Armas de fogo no Brasil. Claudio Beato CRISP Centro de Estudos em Criminalidade e Segurança Pública Vitimização e Armas de fogo no Brasil Claudio Beato CRISP Centro de Estudos em Criminalidade e Segurança Pública Questões relacionadas ao controle de armas As armas protegem as pessoas? A sociedade está

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL VIOLÊNCIA NO BRASIL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL VIOLÊNCIA NO BRASIL PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL VIOLÊNCIA NO BRASIL ABRIL DE 2007 1 Dados Técnicos Pesquisa Pesquisa de opinião pública nacional Universo Pessoas com idade igual ou acima de 16 anos Entrevistas 1.068

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Consumidor Expectativas para o Natal 2014

Pesquisa de Opinião do Consumidor Expectativas para o Natal 2014 A área de Estudos Econômicos do Sistema Fecomércio MG realizou esta pesquisa com o objetivo de traçar um quadro sobre o possível comportamento do consumidor no Natal 2014. Trata-se de um instrumento capaz

Leia mais

www.senado.leg.br/datasenado

www.senado.leg.br/datasenado www.senado.leg.br/datasenado Lei Maria da Penha completa 9 Promulgada em 2006, a Lei Maria da Penha busca garantir direitos da mulher, além da prevenção e punição de casos de violência doméstica e familiar.

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE CORRUPÇÃO PARA A TRANSPARÊNCIA FEVEREIRO DE 2005 OPP008 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA - Levantar junto a população da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE Leandro de Souza Lino Com o advento das novas tecnologias, como telefones celulares equipados com câmeras fotográficas e/ou filmadoras, além das câmeras de segurança

Leia mais

Jus>fica>va. Obje>vos

Jus>fica>va. Obje>vos Jus>fica>va O Brasil está entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa do mundo e a cada ano os brasileiros de Norte a Sul do país são mais afetados pelas consequências das mudanças climá>cas

Leia mais

Pesquisa Data Popular e Instituto Patrícia Galvão

Pesquisa Data Popular e Instituto Patrícia Galvão Caderno Campanha Compromisso e Atitude PERCEPÇÃO DA SOCIEDADE SOBRE VIOLÊNCIA E ASSASSINATOS DE MULHERES Realização Data Popular / Instituto Patrícia Galvão Apoio - Secretaria de Políticas para as Mulheres

Leia mais

Assédio Sexual. No Local de Trabalho. Série Trabalho e Cidadania - ANO I - N O 03

Assédio Sexual. No Local de Trabalho. Série Trabalho e Cidadania - ANO I - N O 03 Assédio Sexual No Local de Trabalho Série Trabalho e Cidadania - ANO I - N O 03 No início de tudo está a questão de Gênero Desde que nascemos, recebemos uma grande carga cultural que destaca - e distancia

Leia mais

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente 2014 PO813734. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente 2014 PO813734 19 e 20/02/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE FEVEREIRO DE 2014 MESMO COM DESEJO DE MUDANÇA, DILMA MANTÉM LIDERANÇA NA CORRIDA ELEITORAL 67% preferem ações

Leia mais

HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II. Relatório de Pesquisa Quantitativa

HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II. Relatório de Pesquisa Quantitativa HÁBITOS DE INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO DA POPULAÇÃO BRASILEIRA II Relatório de Pesquisa Quantitativa Dezembro de 2010 2 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1. METODOLOGIA... 4 2. TELEVISÃO... 11 3. RÁDIO... 31

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

MORADORES DE RUA E FLANELINHAS

MORADORES DE RUA E FLANELINHAS 1 MORADORES DE RUA E FLANELINHAS Leandro de Souza Lino À margem da sociedade, a quantidade de moradores de rua tem sido crescente no cotidiano das grandes cidades. E aliado a isso, a presença de flanelinhas

Leia mais

Floresta Amazônica e Alterações Climáticas

Floresta Amazônica e Alterações Climáticas Floresta Amazônica e Alterações Climáticas Objetivos Avaliação Objetivos da pesquisa ü Obter uma visão mais aprofundada e mais segura sobre a percepção e o grau de conhecimento, valores, atitudes e opiniões

Leia mais

SENSUS. Relatório Síntese CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 97. 25 a 29 de Maio de 2009

SENSUS. Relatório Síntese CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 97. 25 a 29 de Maio de 2009 Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 97 CNT 25 a 29 de Maio de 2009 SAUS Q 01 - Bloco J - Entradas 10 e 20 Rua Grão Pará, 737 4ºandar Ed. CNT - 11 o andar

Leia mais

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010 Pesquisa e Consultoria Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE 03 a 07 de Novembro de 2010 Rua Grão Pará 737, 4 andar Cep 30150-341 Belo Horizonte MG Tel. 31-33042100

Leia mais

DataSenado. Secretaria de Transparência. Avaliação do programa Ciência sem fronteiras. Perfil dos participantes

DataSenado. Secretaria de Transparência. Avaliação do programa Ciência sem fronteiras. Perfil dos participantes Avaliação do programa Ciência sem fronteiras A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal (CCT) solicitou ao DataSenado aplicação de pesquisa de opinião com

Leia mais

SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS

SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS SEGURANÇA PÚBLICA ASSUNTO DE TODOS Minhas áreas de atuação são, pela ordem de número de eventos: Gestão de Projetos; Gestão de Ativos; Gestão de Segurança Industrial e Gestão Estratégica de empresas. Considero-me,

Leia mais

Pesquisa de opinião pública Crise Econômica Mundial e as Políticas Sociais do Governo, na Opinião

Pesquisa de opinião pública Crise Econômica Mundial e as Políticas Sociais do Governo, na Opinião Sumário Executivo Pesquisa de opinião pública Crise Econômica Mundial e as Políticas Sociais do Governo, na Opinião dos Brasileiros Vox Populi Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério

Leia mais

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br

Avaliação governo Dilma Rousseff. Expectativas econômicas. 03 a 05/06/2014. www.datafolha.com.br Intenção de voto presidente Avaliação governo Dilma Rousseff Opinião sobre os protestos Expectativas econômicas PO813747 03 a 05/06/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE JUNHO DE 2014 DILMA CAI, MAS ADVERSÁRIOS

Leia mais

METODOLOGIA. Realização

METODOLOGIA. Realização // METODOLOGIA OBJETIVOS DA PESQUISA Produzir um painel de informações públicas sobre consciência ambiental no país; Continuar uma série histórica iniciada em 1991 sobre o tema; Conhecer os hábitos de

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Reforma Política Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Introdução 2 Objetivos Abrangência Geográfica Método de coleta Datas

Leia mais

MAIS DA METADE DOS CAPIXABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE

MAIS DA METADE DOS CAPIXABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE MAIS DA METADE DOS CAPIABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE Emmanuelle Serrano Queiroz Em alguns países, as despesas com saúde já correspondem a mais de 10% do PIB. E, um fator que será determinante para o aumento

Leia mais

POPULAÇÃO BRASILEIRA

POPULAÇÃO BRASILEIRA POPULAÇÃO BRASILEIRA É importante conhecer as características da população brasileira para o seu vestibular. Inicialmente vamos conhecer dois conceitos básicos para esse estudo: *População absoluta refere-se

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE Leandro de Souza Lino Com a onda de violência que gira em torno dos grandes centros urb, é cada vez mais comum encontrar câmeras de segurança instaladas em diversos

Leia mais

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Opinião do brasileiro sobre Voluntariado Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Índice 2 Objetivo e Metodologia Perfil demográfico da população brasileira Exercício da Atividade Voluntária

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO AGOSTO/2011

AVALIAÇÃO DO GOVERNO AGOSTO/2011 AVALIAÇÃO DO GOVERNO AGOSTO/2011 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade Diretoria Executiva - DIREX Diretor: José Augusto Coelho Fernandes Diretor

Leia mais

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Metodologia. MARGEM DE ERRO O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Metodologia COLETA Entrevistas domiciliares com questionário estruturado. LOCAL DA PESQUISA Município de São Paulo. UNIVERSO moradores de 16 anos ou mais. PERÍODO DE CAMPO de 26 de setembro a 1º de outubro

Leia mais

CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA

CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA Tyago Ribeiro Hoffmann A Futura foi às ruas da Grande Vitória para colher a opinião dos capixabas sobre a corrupção no Governo Federal e constatou que 90,5%

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

ESTATUDO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

ESTATUDO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ESTATUDO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (*) ANGELA GUADAGNIN A sociedade de forma organizada conquistou na constituição que os direitos das crianças e adolescentes fossem um dever a ser implantado e respeitado

Leia mais

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA Roberta Atherton Diversas capitais brasileiras já aprovaram leis que limitam ou proíbem a utilização de sacolas plásticas em estabelecimentos

Leia mais

INDÍGENAS NO BRASIL SITUAÇÃO DOS INDÍGENAS NO BRASIL HOJE. Capítulo 5 DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA

INDÍGENAS NO BRASIL SITUAÇÃO DOS INDÍGENAS NO BRASIL HOJE. Capítulo 5 DEMANDAS DOS POVOS E PERCEPÇÕES DA OPINIÃO PÚBLICA Capítulo 5 SITUAÇÃO DOS INDÍGENAS NO BRASIL HOJE Percepção de diferenças entre índios e não índios no Brasil hoje Estimulada e única, em % Base: Total da amostra (402) NÃO S/ URBANOS POPULAÇÃO NACIONAL

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL WWF Brasil Maio/ 2003 OBJETIVOS: Levantar informações para subsidiar o planejamento e a avaliação da comunicação da WWF Brasil. Gerar conhecimentos relevantes

Leia mais

MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS Emmanuelle Serrano Queiroz No Brasil, a doação de órgãos é, sem dúvida, um tema que sempre está em discussão, principalmente no que se refere às

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O MINISTÉRIO PÚBLICO

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O MINISTÉRIO PÚBLICO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O MINISTÉRIO PÚBLICO FEVEREIRO DE 2004 OPP 019 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA PERÍODO DE CAMPO - De 7 a 11 de fevereiro de 2004. UNIVERSO - A pesquisa foi realizada

Leia mais

R E N A T O M E I R E L L E S r e n a t o @ d a t a p o p u l a r. c o m. b r

R E N A T O M E I R E L L E S r e n a t o @ d a t a p o p u l a r. c o m. b r PESQUISA DATA POPULAR / APF O NOVO BRASIL E O PROTAGONISMO CIDADÃO: OPORTUNIDADES NO TERCEIRO SETOR R E N A T O M E I R E L L E S r e n a t o @ d a t a p o p u l a r. c o m. b r ESTA APRESENTAÇÃO É UM

Leia mais

Conceitos gerais. Corrupção ato ou efeito de corromper podridão adulteração suborno prevaricação

Conceitos gerais. Corrupção ato ou efeito de corromper podridão adulteração suborno prevaricação Conceitos gerais Corrupção ato ou efeito de corromper podridão adulteração suborno prevaricação Corruptor aquele que corrompe ou desvirtua costumes e hábitos aquele que suborna outro em função de interesse

Leia mais

Expediente: Autor: Érika Andreassy Editor Responsável: Érika Andreassy Diagramação: Érika Andreassy Abril/ 2012 2

Expediente: Autor: Érika Andreassy Editor Responsável: Érika Andreassy Diagramação: Érika Andreassy Abril/ 2012 2 A mulher no mercado de trabalho e na organização sindical Expediente: Produzido pelo Instituto Latinoamericano de Estudos Socioeconômicos. Praça Padre Manuel da Nóbrega, 16-4º andar. Sé - São Paulo SP.

Leia mais

A medida da lei de cotas para o ensino superior

A medida da lei de cotas para o ensino superior Versão 2, 1/12/2008 A medida da lei de cotas para o ensino superior Simon Schwartzman Qual o verdadeiro alcance da lei de cotas para o ensino superior aprovada pelo Congresso Nacional no Dia da Consciência

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO 2008

BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO 2008 BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO SUMÁRIO. APRESENTAÇÃO. METODOLOGIA. PRINCIPAIS RETADOS APRESENTAÇÃO O presente estudo inaugura uma iniciativa da Associação dos Magistrados

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Areado, MG 29/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 282,6 km² IDHM 2010 0,727 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 13731 hab. Densidade demográfica

Leia mais

Trabalho infantil e adolescente_. Impactos econômicos e os desafios para a inserção de jovens no mercado de trabalho no Cone Sul

Trabalho infantil e adolescente_. Impactos econômicos e os desafios para a inserção de jovens no mercado de trabalho no Cone Sul Trabalho infantil e adolescente_ Impactos econômicos e os desafios para a inserção de jovens no mercado de trabalho no Cone Sul A Convenção n o 182 da OIT de 1973 determina como idade mínima para iniciar

Leia mais

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro Seguros de Vida no Mercado Brasileiro São Paulo, /06/0 Job -034743 Nobody s Unpredictable Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado a

Leia mais

SEXO Sexo 1.masculino 2.feminino Caracterização Sócio-Econômica ESCO Nivel de escolaridade 1. Analfabeto até 4ª série do 1º grau (primário)

SEXO Sexo 1.masculino 2.feminino Caracterização Sócio-Econômica ESCO Nivel de escolaridade 1. Analfabeto até 4ª série do 1º grau (primário) SIPS- BASE SOBRE MOBILIDADE URBANA Nome Campo Descrição Valores atribuídos Local de Moradia REGI Região 1.Região Sul 2.Região Sudeste 3.Região Centro-Oeste 4.Região Nordeste 5.Região Norte ESTA Estado

Leia mais

Esta é a pesquisa de satisfação

Esta é a pesquisa de satisfação Esta é a pesquisa de satisfação dos usuários de saneamento básico realizada entre a categoria residencial dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário regulados pela Agência em 244 municípios

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Alto Boa Vista, MT 01/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 2248,35 km² IDHM 2010 0,651 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 5247 hab. Densidade

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Outubro/ 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

Excelentíssima presidenta da república Sra. Dilma Rousseff:

Excelentíssima presidenta da república Sra. Dilma Rousseff: De: Mario Avelino [mailto:marioavelino@domesticalegal.org.br] Enviada em: quarta-feira, 27 de maio de 2015 11:53 Para: 'gabineteagenda@presidencia.gov.br' Assunto: Pedido de audiência pública com a presidenta

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Botelhos, MG 29/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 335,24 km² IDHM 2010 0,702 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 14920 hab. Densidade

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 93 CNT 15 a 19 de Setembro de 2008 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

OS NEGROS NO MERCADO DE TRABALHO DA RMBH EM 2007

OS NEGROS NO MERCADO DE TRABALHO DA RMBH EM 2007 MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE ESPECIAL NEGROS Novembro de 2008 NOVEMBRO de 2008 OS NEGROS NO MERCADO DE TRABALHO DA RMBH EM 2007 Na Região Metropolitana de Belo Horizonte

Leia mais

Meio ambiente e desenvolvimento sustentável Rio+20. Pesquisa de opinião pública nacional

Meio ambiente e desenvolvimento sustentável Rio+20. Pesquisa de opinião pública nacional Meio ambiente e desenvolvimento sustentável Rio+20 Pesquisa de opinião pública nacional Metodologia As pesquisas do DataSenado são feitas por meio de entrevistas telefônicas, usando levantamentos por amostragem.

Leia mais

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS: 12 A 19 DE SETEMBRO

Leia mais

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable Previdência Privada no Mercado Brasileiro Nobody s Unpredictable Objetivos e Características 2 Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado

Leia mais

Resultados 2005. Leitura e escrita

Resultados 2005. Leitura e escrita Resultados 2005 Leitura e escrita A evolução do conceito Analfabetismo absoluto X analfabetismo funcional. Alfabetismo capacidade de utilizar a linguagem escrita para diversos fins, para o próprio desenvolvimento

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS ABRIL DE 2012 JOB690 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros 1 of 5 11/26/2010 2:57 PM Comunicação Social 26 de novembro de 2010 PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009 Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros O número de domicílios

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011 Pesquisa IBOPE Ambiental Setembro de 2011 Com quem falamos? Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo geral Identificar

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Sorriso, MT 02/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 9382,37 km² IDHM 2010 0,744 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 66521 hab. Densidade

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: Uma Abordagem Quantitativa

RESUMO EXECUTIVO PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: Uma Abordagem Quantitativa RESUMO EXECUTIVO PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: Uma Abordagem Quantitativa Contratante: INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - IDE Realização : CERTUS PESQUISA E CONSULTORIA

Leia mais

BOLSA FAMÍLIA Relatório-SÍNTESE. 53

BOLSA FAMÍLIA Relatório-SÍNTESE. 53 CAPÍTULO6 BOLSA FAMÍLIA Relatório-SÍNTESE. 53 Aspectos de gênero O Programa Bolsa Família privilegia como titulares as mulheres-mães (ou provedoras de cuidados), público que aflui às políticas de assistência

Leia mais

Insegurança Alimentar no Brasil - PNDS 2006 MS- CEBRAP

Insegurança Alimentar no Brasil - PNDS 2006 MS- CEBRAP Insegurança Alimentar no Brasil - PNDS 2006 MS- CEBRAP Prof. Ana Maria Segall Corrêa Dra. Leticia Marín-León Departamento de Medicina Preventiva e Social FCM - UNICAMP segall@fcm.unicamp.br OBJETIVOS Apresentar

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo... 4 %Idosos c/limitação

Leia mais

HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016

HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016 HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS Fevereiro de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender o grau de conhecimento e a habilidade dos brasileiros em lidar com o dinheiro e suas finanças. METODOLOGIA Público

Leia mais

Diariamente somos bombardeados com notícias nos rádios, TV e jornais acerca de corrupção:

Diariamente somos bombardeados com notícias nos rádios, TV e jornais acerca de corrupção: www.agu.gov.br Diariamente somos bombardeados com notícias nos rádios, TV e jornais acerca de corrupção: Policiais cobram taxas para liberar motoristas infratores. Prefeitos desviam verbas da saúde. Deputados

Leia mais