Conscientização acerca da Necessidade de Ações para Conservação da Biodiversidade em Corpos D água no Município de Alegre, ES.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conscientização acerca da Necessidade de Ações para Conservação da Biodiversidade em Corpos D água no Município de Alegre, ES."

Transcrição

1 III SIMPÓSIO SOBRE A BIODIVERSIDADE DA MATA ATLÂNTICA Conscientização acerca da Necessidade de Ações para Conservação da Biodiversidade em Corpos D água no Município de Alegre, ES. A. M. Corrêa 1, A. Kühl 1, A. L. Gadelha 1, A. C. M. de Oliveira 1, D. M. M. Soares 1, J. Luber 1, L. G. de Paula 1, M. M. de Oliveira 1, N. S. Gripp 1, P. de S. Laino 1, R. D. Moura 1, S. C. G. D Almeida 1 *, T. P. Morellato 1 & M. C. A. Pereira 1. 1 Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Agrárias. * para correspondência: Introdução Conservar a biodiversidade significa proteger as diversas formas de vida (WILSON, 1997), o que implica adotar ações complexas, que visam à informação e sensibilização da sociedade, com o objetivo de assegurar a perpetuidade desse sistema, no qual a vida está presente em diferentes formas e no qual nós, humanos também fazemos parte (GANEM; Drummond, 2011). Essas ações têm outro fundamento que vão muito além de argumentos utilitaristas. Elas emergem no mundo de hoje como um dever ético do ser humano para com as demais espécies e o meio ambiente. Os ecossistemas, assim como a biodiversidade, estão ameaçados no mundo, pois eles provêm serviços essenciais para a humanidade, destacando aqueles relacionados à ciclagem, produção, regulação climática e erosão, valores culturais como espirituais e religiosos, de recreação e educação, além dos que se referem á alimentação, água para consumo e recursos genéticos (Siqueira; Roque, 2010). Considerando as condições dos rios nas cidades brasileiras, é exigida uma reflexão sobre a problemática da ausência de consciência coletiva. A natureza está sendo negligenciada e o ambiente aquático depredado e desprezado. E por economia de recursos financeiros, deixou-se de lado o saneamento básico, sendo que os esgotos na maioria das cidades foram ou ainda são despejados sem nenhum tratamento em seus córregos e rios (Garcias; Afonso, 2013). O rio Alegre, localizado no município de Alegre ao sul do estado do Espírito Santo, se enquadra na realidade descrita acima. Assim, levando em conta os benefícios e o dever ético, e ainda, que conhecemos pouco sobre os recursos biológicos existentes no planeta, o objetivo deste trabalho foi averiguar como uma porção da população de Alegre percebia o estado de conservação do rio Alegre e fornecer informações sobre o estado deste rio, além de avaliar se este mesmo grupo sabe o que é biodiversidade e ensinar ou corrigir o conceito de Biodiversidade. 217

2 218 CORRÊA ET AL: CONSERVAÇÃO DOS RIOS EM ALEGRE Material e Métodos O trabalho foi desenvolvido no município de Alegre, ao sul do estado do Espírito Santo no período de julho a agosto de Foram realizadas ações educativas utilizando banner, panfletos e cartazes que continham informações acerca do estado atual do rio Alegre; o que fazer para conservá-lo; recursos biológicos encontrados e sobre o conceito de biodiversidade. Tais ações ocorreram na escola E.E.E.F.M ARISTEU AGUIAR com alunos de ensino médio e nas praças principais da cidade, Seis de Janeiro e Prefeitura Municipal. Um questionário (Apêndice 1) foi elaborado com intuito de conhecer a população amostrada, nele continha questões sobre condições de moradia, conceito de biodiversidade, conservação de rios e ações a ser tomada pela sociedade acerca da preservação dos e rios e sua biodiversidade, a aplicação ocorreu antes das ações, tanto na escola, quanto nas praças. Na escola, a diretora disponibilizou um horário no recreio e também liberou a entrada nas salas de aula, para falar a respeito do estudo e também para aplicação do questionário. Dessa forma, os professores e alunos participaram ativamente das ações educativas e de conscientização, no local foram desenvolvidas gravações de depoimentos e mensagens escritas. Nas praças, além de ter ocorrido à aplicação dos questionários, houve entrega dos panfletos e parada com cartazes nos semáforos, neles continham também informações sobre exemplos de rios recuperados no mundo e boas práticas para preservação dos rios e sua biodiversidade. Resultados e Discussão As ações envolveram 350 pessoas na escola e 200 pessoas que circulavam nas praças, totalizando 550 pessoas alcançadas. No entanto, 212 pessoas se dispuseram á participar da aplicação do questionário. Neste questionário foram avaliados desde dados informativos básicos como a localização da residência em relação ao rio Alegre, até dados mais específicos, como conceitos básicos e aplicados de biodiversidade. Convém ressaltar que após a aplicação do questionário, os participantes foram orientados em casos de conceitos equivocados ou não existentes a respeito da biodiversidade, com ênfase aos objetivos propostos no trabalho. Em relação ao conceito básico de biodiversidade, 63,21% dos entrevistados o relacionaram adequadamente com o termo riqueza de espécies, enquanto 16,51% relacionaram equivocadamente com o número de indivíduos de uma mesma espécie (abundância). Outros 20,28% afirmaram não ter nenhuma ideia a respeito do assunto (Figura 1).

3 III SIMPÓSIO SOBRE A BIODIVERSIDADE DA MATA ATLÂNTICA ,00% 60,00% 50,00% 40,00% 30,00% 20,00% 10,00% 0,00% Riqueza de espécies Abundância Não souberam re... (a) Figura 1. Conhecimento do conceito de biodiversidade entre os entrevistados. (a) porcentagem dos entrevistados que relacionaram o conceito de biodiversidade com riqueza de espécies, abundância ou que não souberam responder. Quando questionados a respeito de ações que poderiam ser realizadas para a preservação do rio Alegre, 48,59% dos entrevistados atribuíram tal função à administração pública municipal e 41,04% declararam ser favorável a pagarem uma taxa extra à empresa responsável pelo serviço de água e esgoto do município caso esta se dispusesse em realizar o tratamento adequado do esgoto. 10,37% 41,04% 48,59% Administração pública municipal Pagamento de taxa extra pelo serviço Outras medidas Figura 2. Porcentagem dos entrevistados que relacionam a preservação do rio Alegre à administração pública municipal, ao pagamento de uma taxa extra à empresa responsável pelo serviço de água e esgoto do município para que esta faça o tratamento adequado do esgoto, ou a outras medidas. Os demais 10,37% dos entrevistados sugeriram outras medidas a serem tomadas tais como: i) avaliar o consumo e fazendo-o de forma consciente, além de produzir menos lixo e de não poluir os rios; ii) organizar um plebiscito popular para decidir o que pode ser feito para resolver a problemática ambiental envolvida; iii. organizar um abaixo-assinado da população pressionando à administração pública municipal a elaborar um projeto em 219

4 220 CORRÊA ET AL: CONSERVAÇÃO DOS RIOS EM ALEGRE parceria com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) a fim de se resolver o problema do descarte de esgoto no rio Alegre e exigir um tratamento adequado para resíduos químicos e hospitalares gerados pelo município (Figura 2). Foram recebidos diversos depoimentos durante as ações na escola e nas praças, principalmente de professores e cidadãos, os quais reconheceram e ressaltaram a importância da questão ambiental abordada, muitos acreditam que a preservação dos rios pode reduzir a perda da diversidade biológica, além disso, que a conservação dos mesmos pode reduzir a ocorrência de doenças transmissíveis pela água. Alguns alunos enfatizaram que não é só o governo que deve ter deveres, mas sim toda a população que depende direta ou indiretamente do rio, ou seja, cada um deve fazer a sua parte. Conclusão Diante do exposto foi possível identificar qual a percepção que os entrevistados tinham sobre a questão do meio ambiente abordada e foram alertados ou informados sobre o precário estado de conservação do rio Alegre. Convém ressaltar que em relação ao conceito básico de biodiversidade, parte dos entrevistados não tem nenhuma ideia a respeito do assunto, além disso, outros o relacionaram equivocadamente com o número de indivíduos de uma mesma espécie (abundância). Dessa forma, conclui-se que a conscientização por ações educativas pode levar a mudanças repentinas e permanentes, sendo um passo importante para mudança de comportamento dos cidadãos em relação aos problemas ambientais contemporâneos. Literatura Citada Ganem, R. S.; Drummond, J. A. Biologia da conservação: as bases científicas da proteção da biodiversidade. Série memória e análise de leis, n. 2, p. 437, Disponível em:< Acesso em: 20 de agos Garcias, C. M.; Afonso, J. A. C. Revitalização De Rios Urbanos. Gesta, v. 1, n. 1, p , Siqueira, T.; Roque, F. de O. The Challenge of Biodiversity Information Normatization for Water Management: Putting Scientists and Managers Together. Natureza & Conservação, v. 8, n. 2, p , A situação atual da biodiversidade. In: Wilson, E. O.; Peter, F. M. Biodiversidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p. 3-26, 1997.

5 III SIMPÓSIO SOBRE A BIODIVERSIDADE DA MATA ATLÂNTICA Apêndice 1 Questionário 1) Onde você mora? ( ) Centro ( ) Bairros periféricos ( ) Zona rural 2) Você mora próximo a algum rio (consegue vê-lo de onde você mora)? ( ) Sim ( ) Não 3) Como é o aspecto deste rio? ( ) Limpo ( ) Sujo ( ) Existe vegetação nas margens ( ) Há animais Ex: cavalos, vacas, cachorro e capivara etc. ( ) peixes 8) O esgoto coletado pela rede pública municipal não é tratado, sendo despejado nos rios, o que provoca um impacto ambiental no Rio Alegre. Sabendo disso, que ações você tomaria para recuperar este rio? ( ) O problema é do Governo! ( ) Aceitaria pagar uma taxa ao SAAE. ( ) Outros:. 9) Você acredita que a preservação dos rios do município pode reduzir a ocorrência de doenças transmissíveis pela água? ( ) Sim ( ) Não 4) Onde o seu esgoto doméstico é descartado? ( ) Rede pública de esgoto ( ) Diretamente no rio ( ) Fossa séptica ( ) Outro: 5) Você ou alguém da sua família pesca nos rios da cidade? ( ) Sim. Que tipos de peixes? ( ) Não 6) O que você entende por biodiversidade? ( ) Riqueza de espécies ( ) Muitos indivíduos de uma mesma espécie ( ) Não sei o que é isso. 7) Você acredita que: conservando os rios pode-se reduzir a perda da biodiversidade?? ( ) Sim ( ) Não 221

A PERCEPÇÃO DOS ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

A PERCEPÇÃO DOS ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE A PERCEPÇÃO DOS ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE SOARES, R.A. 1 ; FARIAS, C. C. 2 ; NASCIMENTO, J. D. 3 ; NASCIMENTO, J.M. 4 Raissa Alcantara Soares¹ (Universidade Estadual da

Leia mais

Eixo Temático ET-13-011 - Educação Ambiental A RPPN FAZENDA ALMAS NA ÓTICA DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE SÃO JOSÉ DOS CORDEIROS-PB

Eixo Temático ET-13-011 - Educação Ambiental A RPPN FAZENDA ALMAS NA ÓTICA DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE SÃO JOSÉ DOS CORDEIROS-PB Anais do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - Vol. 2: Congestas 2014 503 Eixo Temático ET-13-011 - Educação Ambiental A RPPN FAZENDA ALMAS NA ÓTICA DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE

Leia mais

SANEAMENTO BÁSICO E SAÚDE. Desenvolvimento é sinônimo de poluição?

SANEAMENTO BÁSICO E SAÚDE. Desenvolvimento é sinônimo de poluição? Ensino Fundamental 2 Nome N o 5 a série Ciências Profª Cristiane Data / / SANEAMENTO BÁSICO E SAÚDE Saneamento básico é o conjunto das condições urbanas essenciais para a preservação da saúde pública.

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 3 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 3 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio mbiente 3 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando, identificando-se

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável Capítulo II. O Desenvolvimento Sustentável e suas Dimensões Social e Econômica

Desenvolvimento Sustentável Capítulo II. O Desenvolvimento Sustentável e suas Dimensões Social e Econômica Desenvolvimento Sustentável Capítulo II O Desenvolvimento Sustentável e suas Dimensões Social e Econômica A Dimensão Social do Desenvolvimento Sustentável: O caso da Energia Eólica Segundo Sachs (1993),

Leia mais

DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DO RIO GAVIÃO

DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DO RIO GAVIÃO DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DO RIO GAVIÃO Marilia de Jesus Oliveira (*), Eriswagner Matos Soares, Bethania de Sousa Pires, Vanessa Carvalho de Oliveira * Instituto Federal da Bahia, Campus de Vitória da Conquista,

Leia mais

O MANGUEZAL NA VISÃO ETNOBIOLÓGICA DE ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PÚBLICA, NATAL/RN.

O MANGUEZAL NA VISÃO ETNOBIOLÓGICA DE ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PÚBLICA, NATAL/RN. O MANGUEZAL NA VISÃO ETNOBIOLÓGICA DE ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PÚBLICA, NATAL/RN. Clécio Danilo Dias Da Silva 1 ; Carmem Maria da Rocha Fernendes 3 ; Álvaro da Costa Freire 4, Daniele

Leia mais

Monica Elisa Bleich 1 ; Carlos José da Silva 2 ; Fabio Mesquita de Souza 3 ; Jeneffer Soares dos Santos 3

Monica Elisa Bleich 1 ; Carlos José da Silva 2 ; Fabio Mesquita de Souza 3 ; Jeneffer Soares dos Santos 3 CARACTERIZAÇÃO AMBIENTAL DE UM ECOSSISTEMA AQUÁTICO URBANO NA AMAZÔNIA MATOGROSSENSE E SENSIBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE PARA A SUA CONSERVAÇÃO E REABILITAÇÃO Monica Elisa Bleich 1 ; Carlos José da Silva 2

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Unidade 8. Ciclos Biogeoquímicos e Interferências Humanas

Unidade 8. Ciclos Biogeoquímicos e Interferências Humanas Unidade 8 Ciclos Biogeoquímicos e Interferências Humanas Ciclos Biogeoquímicos Os elementos químicos constituem todas as substâncias encontradas em nosso planeta. Existem mais de 100 elementos químicos,

Leia mais

PEDAGOGIA EM AÇÃO: O USO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COMO ELEMENTO INDISPENSÁVEL PARA A TRANSFORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

PEDAGOGIA EM AÇÃO: O USO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COMO ELEMENTO INDISPENSÁVEL PARA A TRANSFORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL PEDAGOGIA EM AÇÃO: O USO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COMO ELEMENTO INDISPENSÁVEL PARA A TRANSFORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL Kelly Cristina Costa de Lima, UEPA Aline Marques Sousa, UEPA Cassia Regina Rosa

Leia mais

CORRUPÇÃO E MEIO AMBIENTE

CORRUPÇÃO E MEIO AMBIENTE CORRUPÇÃO E MEIO AMBIENTE A corrupção gera um sério impacto sobre o meio ambiente. Uma série de setores são particularmente vulneráveis à corrupção, incluindo a silvicultura, a proteção de espécies ameaçadas

Leia mais

JOGO DE PALAVRAS OU RELAÇÕES DE SENTIDOS? DISCURSOS DE LICENCIANDOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRODUÇÃO DE TEXTOS EM UMA AVALIAÇÃO

JOGO DE PALAVRAS OU RELAÇÕES DE SENTIDOS? DISCURSOS DE LICENCIANDOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRODUÇÃO DE TEXTOS EM UMA AVALIAÇÃO JOGO DE PALAVRAS OU RELAÇÕES DE SENTIDOS? DISCURSOS DE LICENCIANDOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRODUÇÃO DE TEXTOS EM UMA AVALIAÇÃO Tatiana Galieta (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) Introdução

Leia mais

Recursos Naturais e Biodiversidade

Recursos Naturais e Biodiversidade 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 Florestas Gestão dos Recursos Hídricos Qualidade e Ocupação do Solo Proteção da Atmosfera e Qualidade

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO APOIO À CONTINUIDADE DE ESTUDOS Área: Ciências da Natureza Tema: Dossiê Aquecimento Global CONSIDERAÇÕES INICIAIS Certamente os alunos já tiveram a oportunidade de estudar este tema em outras séries e

Leia mais

AUTOR(ES): ANDRÉ DOS SANTOS JANUÁRIO GARCIA, PAULO HENRIQUE DOS SANTOS

AUTOR(ES): ANDRÉ DOS SANTOS JANUÁRIO GARCIA, PAULO HENRIQUE DOS SANTOS TÍTULO: APP UM ESTUDO EXPLORATÓRIO NA MICRO REGIÃO DE AURIFLAMA-SP CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): ANDRÉ DOS

Leia mais

Autor(es) PAULA CRISTINA MARSON. Co-Autor(es) FERNANDA TORQUETTI WINGETER LIMA THAIS MELEGA TOMÉ. Orientador(es) LEDA R.

Autor(es) PAULA CRISTINA MARSON. Co-Autor(es) FERNANDA TORQUETTI WINGETER LIMA THAIS MELEGA TOMÉ. Orientador(es) LEDA R. 9º Simposio de Ensino de Graduação INVESTIGANDO OS CONHECIMENTOS PRÉVIOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DOS PROFESSORES DE UMA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL DO INTERIOR DE SÃO PAULO Autor(es) PAULA CRISTINA MARSON

Leia mais

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA

MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED DIVISÃO PEDAGÓGICA 2010 MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO- GEOGRAFIA 06 ANOS 07 ANOS 08 ANOS COMPETÊNCIAS HABILIDADES

Leia mais

Concepções de alunos do Ensino Médio sobre Efeito Estufa e Aquecimento Global numa perspectiva de ensino CTS.

Concepções de alunos do Ensino Médio sobre Efeito Estufa e Aquecimento Global numa perspectiva de ensino CTS. Concepções de alunos do Ensino Médio sobre Efeito Estufa e Aquecimento Global numa perspectiva de ensino CTS. Janaína Santos Duarte 1 (FM), Éverton da Paz Santos 2* (PG), Maria Clara Pinto Cruz 1 (PQ),

Leia mais

Plano da Intervenção

Plano da Intervenção INTERVENÇÃO Título: Água - Funcionamento das Hidrelétricas Por Rutilene Carmo de Jesus Plano da Intervenção CONTEXTUALIZAÇÃO O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU),

Leia mais

DESMATAMENTO DA MATA CILIAR DO RIO SANTO ESTEVÃO EM WANDERLÂNDIA-TO

DESMATAMENTO DA MATA CILIAR DO RIO SANTO ESTEVÃO EM WANDERLÂNDIA-TO DESMATAMENTO DA MATA CILIAR DO RIO SANTO ESTEVÃO EM WANDERLÂNDIA-TO Trabalho de pesquisa em andamento Sidinei Esteves de Oliveira de Jesus Universidade Federal do Tocantins pissarra1@yahoo.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

1º SEMINÁRIO DESAFIOS DO SANEAMENTO ASSEMAE RS

1º SEMINÁRIO DESAFIOS DO SANEAMENTO ASSEMAE RS 1º SEMINÁRIO DESAFIOS DO SANEAMENTO ASSEMAE RS A sustentabilidade e a integração prática das diferentes modalidades do saneamento: água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos Porto Alegre, 01 de dezembro

Leia mais

TRAÇOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA EM SÃO LUÍS- MA: UM DIAGNÓSTICO DO PERFIL SOCIOCULTURAL E EDUCACIONAL DE ALUNOS DAS ESCOLAS PARCEIRAS DO PIBID.

TRAÇOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA EM SÃO LUÍS- MA: UM DIAGNÓSTICO DO PERFIL SOCIOCULTURAL E EDUCACIONAL DE ALUNOS DAS ESCOLAS PARCEIRAS DO PIBID. TRAÇOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA EM SÃO LUÍS- MA: UM DIAGNÓSTICO DO PERFIL SOCIOCULTURAL E EDUCACIONAL DE ALUNOS DAS ESCOLAS PARCEIRAS DO PIBID. Resumo Alcenir Amorim de Sousa 1 1 Instituto Federal de educação

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Saneamento Básico, Diagnóstico Ambiental, Infraestrutura.

PALAVRAS-CHAVE: Saneamento Básico, Diagnóstico Ambiental, Infraestrutura. VI-039 - SANEAMENTO BÁSICO: UMA ANÁLISE ESTRUTURAL DO BAIRRO PEDRA DO LORDE EM JUAZEIRO-BA, COMO AÇÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET CONEXÕES DE SABERES - SANEAMENTO AMBIENTAL. Roberta Daniela da

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro. Secretaria Municipal de Planejamento Urbano

Estado do Rio de Janeiro. Secretaria Municipal de Planejamento Urbano UMA BARRA MANSA: DUAS CIDADES A CIDADE FORMAL: Regularizada, com infraestrutura completa, usufruindo do melhor que a comunidade pode ter em comércio, serviços, cultura e lazer. É a parte da cidade que

Leia mais

CAPÍTULO 15 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

CAPÍTULO 15 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CAPÍTULO 15 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Você já parou para pensar no que significa a palavra progresso? Pois então pense: estradas, indústrias, usinas,cidades, maquinas e muito outras coisas que ainda

Leia mais

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA?

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? Projeto Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro tem como tema o meio ambiente em que mostra o homem e a destruição da natureza,

Leia mais

TÍTULO: PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FACULDADE ANHANGUERA DE ANÁPOLIS

TÍTULO: PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FACULDADE ANHANGUERA DE ANÁPOLIS TÍTULO: PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FACULDADE ANHANGUERA DE ANÁPOLIS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FARMÁCIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE ANÁPOLIS AUTOR(ES):

Leia mais

Bairro Colégio é o sexto núcleo a participar da Capacitação

Bairro Colégio é o sexto núcleo a participar da Capacitação Bairro Colégio é o sexto núcleo a participar da Capacitação As oficinas do programa de Capacitação de Produtores Rurais de Ibiúna, projeto da SOS Itupararanga, chegaram ao Bairro Colégio. O objetivo é

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE Prefeitura Municipal de Afonso Cláudio Estado do Espírito Santo

SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE Prefeitura Municipal de Afonso Cláudio Estado do Espírito Santo ATA DE REUNIÃO DE ORIENTAÇÃO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA NO MUNICÍPIO DE AFONSO CLÁUDIO E DIVULGAÇÃO DO MUTIRÃO DE LIMPEZA DE QUINTAIS E TERRENOS, REALIZADA COM OS MORADORES DOS BAIRROS BOA

Leia mais

Instrumentos Econômicos de Gestão Ambiental. Subsídio Ambiental

Instrumentos Econômicos de Gestão Ambiental. Subsídio Ambiental Instrumentos Econômicos de Gestão Ambiental Subsídio Ambiental Acabamos de perceber que um tributo sobre emissões funciona como se estivéssemos estabelecendo um preço pelo uso do patrimônio ambiental que

Leia mais

LEVANTAMENTO SOCIOECONÔMICO E AMBIENTAL

LEVANTAMENTO SOCIOECONÔMICO E AMBIENTAL LEVANTAMENTO SOCIOECONÔMICO E AMBIENTAL Resultado dos questionários aplicados Julho/2011 Índice 1. DADOS PESSOAIS... 3 2. DADOS SOCIOECONÔMICOS E CULTURAIS... 4 3. QUALIDADE DE VIDA... 5 ANEXO A QUESTIONÁRIO

Leia mais

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA Cleide Nunes Miranda 1 Taís Batista 2 Thamires Sampaio 3 RESUMO: O presente estudo discute a relevância do ensino de leitura e principalmente, da escrita, trazendo em especial

Leia mais

CESPE DETRAN / PA Médico 2006 Nível Superior

CESPE DETRAN / PA Médico 2006 Nível Superior CESPE DETRAN / PA Médico 2006 Nível Superior Texto para as questões 1 e 2 A conservação e o uso sustentável da diversidade 1 biológica a enorme variedade de vida na Terra é essencial para o nosso desenvolvimento

Leia mais

ÁREA DO MEIO AMBIENTE E HABITAÇÃO E URBANISMO

ÁREA DO MEIO AMBIENTE E HABITAÇÃO E URBANISMO PLANO GERAL DE ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO PARA O ANO DE 2008 ÁREA DO MEIO AMBIENTE E HABITAÇÃO E URBANISMO Controle e uso do solo urbano e rural: parcelamento irregular/clandestino

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável. Professor: Amison de Santana Silva

Desenvolvimento Sustentável. Professor: Amison de Santana Silva Desenvolvimento Sustentável Professor: Amison de Santana Silva Desenvolvimento Sustentável Ou Ecodesenvolvimento O que é? Consiste na possível e desejável conciliação entre e o crescimento econômico, a

Leia mais

Paraíso azul CONCEITOS A EXPLORAR. B iologia. M atemática COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER. G eografia. Agressão ao ecossistema e extinção de espécies.

Paraíso azul CONCEITOS A EXPLORAR. B iologia. M atemática COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER. G eografia. Agressão ao ecossistema e extinção de espécies. CONCEITOS A EXPLORAR B iologia Agressão ao ecossistema e extinção de espécies. Populações: contagem, densidade, taxas de crescimento, determinantes populacionais. Dinâmica de populações: crescimento, oscilação

Leia mais

12/06/2015. Erosão em voçoroca CONCENTRAÇÃO GLOBAL DE CO2 ATMOSFÉRICO TRATAMENTO DE ÁREAS DEGRADADAS NÍVEIS DE GÁS CARBÔNICO EM MAUNA LOA (HAWAI)

12/06/2015. Erosão em voçoroca CONCENTRAÇÃO GLOBAL DE CO2 ATMOSFÉRICO TRATAMENTO DE ÁREAS DEGRADADAS NÍVEIS DE GÁS CARBÔNICO EM MAUNA LOA (HAWAI) DESMATAMENTO ECOLOGIA Unidade 5 MADEIRA CARVÃO PASTAGENS AGRICULTURA MINERAÇÃO LOTEAMENTOS DESMATAMENTO DESMATAMENTO RONDÔNIA RONDÔNIA EROSÃO - DESMATAMENTO - SOLO DESPROTEGIDO - CHUVAS - DESAGREGAÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL & SAÚDE: ABORDANDO O TEMA RECICLAGEM NO CONTEXTO ESCOLAR

EDUCAÇÃO AMBIENTAL & SAÚDE: ABORDANDO O TEMA RECICLAGEM NO CONTEXTO ESCOLAR EDUCAÇÃO AMBIENTAL & SAÚDE: ABORDANDO O TEMA RECICLAGEM NO CONTEXTO ESCOLAR ARNOR, Asneth Êmilly de Oliveira; DA SILVA, Ana Maria Gomes; DA SILVA, Ana Paula; DA SILVA, Tatiana Graduanda em Pedagogia -UFPB-

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA 1

SEQUÊNCIA DIDÁTICA UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA 1 SEQUÊNCIA DIDÁTICA UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA 1 QUEIROZ, Antônia Márcia Duarte Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais- IFSULDEMINAS Universidade

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE PERCEPÇÃO E DOS ASPECTOS ESTRUTURAIS QUANTO AOS RESIDUOS SÓLIDOS NO BAIRRO ANGARI, JUAZEIRO-BA.

IDENTIFICAÇÃO DE PERCEPÇÃO E DOS ASPECTOS ESTRUTURAIS QUANTO AOS RESIDUOS SÓLIDOS NO BAIRRO ANGARI, JUAZEIRO-BA. IDENTIFICAÇÃO DE PERCEPÇÃO E DOS ASPECTOS ESTRUTURAIS QUANTO AOS RESIDUOS SÓLIDOS NO BAIRRO ANGARI, JUAZEIRO-BA. Roberta Daniela da Silva Santos (1) Anne Kallyne dos Anjos Silva (2) Simone do Nascimento

Leia mais

Estratégias a utilizar

Estratégias a utilizar Introdução Ao olharmos à nossa volta e ao estarmos atentos à informação que nos chega diariamente através dos vários órgãos de comunicação social, chegamos à triste conclusão que a vida no planeta Terra

Leia mais

SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE

SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE Adriele Albertina da Silva Universidade Federal de Pernambuco, adrielealbertina18@gmail.com Nathali Gomes

Leia mais

Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico

Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico PREMIO NACIONAL DE QUALIDADE EM SANEAMENTO PNQS 2011 INOVAÇÃO DA GESTÃO EM SANEAMENTO - IGS Inclusão Social pelo Projeto de Educação: Saneamento Básico SETEMBRO/2011 A. OPORTUNIDADE A.1 Qual foi a oportunidade

Leia mais

Dimensão social. Habitação

Dimensão social. Habitação Dimensão social Habitação Indicadores de desenvolvimento sustentável - Brasil 2004 235 39 Adequação de moradia Este indicador expressa as condições de moradia através da proporção de domicílios com condições

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA JOVENS DO ENSINO MÉDIO

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA JOVENS DO ENSINO MÉDIO EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA JOVENS DO ENSINO MÉDIO Jefferson Oliveira Cristovão da Luz Márcio Eugen Klingenschmid Lopes dos Santos Universidade Cruzeiro do Sul/CETEC, profjeffluz@hotmail.com Universidade

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DE EDUCANDOS REFERENTE À TEMÁTICA DO LIXO ELETRÔNICO

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DE EDUCANDOS REFERENTE À TEMÁTICA DO LIXO ELETRÔNICO EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DE EDUCANDOS REFERENTE À TEMÁTICA DO LIXO ELETRÔNICO Elaine Patrícia Araújo (1); Jussara Cristina Firmino da Costa (2); Edcleide Maria Araújo (1) (1) Universidade

Leia mais

SUSTENTABILIDADE, MUDANDO O MUNDO COM PEQUENAS ATITUDES RESUMO

SUSTENTABILIDADE, MUDANDO O MUNDO COM PEQUENAS ATITUDES RESUMO SUSTENTABILIDADE, MUDANDO O MUNDO COM PEQUENAS ATITUDES Antonio Carlos Ferrari Junior 1 ; Gabriela de Brito Silva 1 ; Rennan Garcia Leal da Costa 1 ; Sergio Paulo Lima dos Santos 1 ; Rosilda Mara Mussury

Leia mais

Plano de Aula de Matemática. Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade.

Plano de Aula de Matemática. Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade. Plano de Aula de Matemática Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade. Habilidade: H27. Resolver situações-problema de adição ou subtração envolvendo medidas ou

Leia mais

Questões ambientais do Brasil

Questões ambientais do Brasil Questões ambientais do Brasil Ao longo da história do Brasil, o desmatamento esteve presente em todos os ciclos econômicos responsáveis pela construção do país, o que reduziu bastante a biodiversidade

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

Cidadania. O que é Cidadania? Boa cidadania se aprende. Cidadania significa responsabilidade

Cidadania. O que é Cidadania? Boa cidadania se aprende. Cidadania significa responsabilidade Exercitando o Caráter 6 a 9 anos Cidadania O que é Cidadania? Pessoas éticas são bons cidadãos. Elas vão além de seus próprios interesses, demonstram preocupação com as necessidades dos outros e procuram

Leia mais

Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil. Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague,

Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil. Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague, Rio de Janeiro 03 de dezembro de 2009 Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague, Tendo em vista a confecção coletiva de uma

Leia mais

SOFTWARES DE SIMULAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA

SOFTWARES DE SIMULAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA Aula 7 SOFTWARES DE SIMULAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA META Discutir a utilização de softwares no ensino de Química. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: Através da utilização do software carbópolis,

Leia mais

Diagnóstico da Área de Preservação Permanente (APP) do Açude Grande no Município de Cajazeiras PB.

Diagnóstico da Área de Preservação Permanente (APP) do Açude Grande no Município de Cajazeiras PB. Diagnóstico da Área de Preservação Permanente (APP) do Açude Grande no Município de Cajazeiras PB. Itallo Harlan Reinaldo Alves Gomes (1) ; Jessily Medeiros Quaresma (2) ; Francisco José (3) ; Laedy Cecília

Leia mais

EMENTÁRIO: COMPONENTES DA BASE NACIONAL COMUM (BNC)

EMENTÁRIO: COMPONENTES DA BASE NACIONAL COMUM (BNC) SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - SUPROF DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DIRDEP EMENTÁRIO: COMPONENTES DA BASE NACIONAL COMUM (BNC)

Leia mais

Mostra de Projetos 2011

Mostra de Projetos 2011 Mostra de Projetos 2011 Instalação de Estações de Tratamento de Esgotos por Zona de Raízes em Estabelecimentos Agrícolas Familiares na Bacia Hidrográfica Rio Mourão Mostra Local de: Campo Mourão Categoria

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMEÇA NA ESCOLA: COMO O LIXO VIRA BRINQUEDO NA REDE PÚBLICA EM JUAZEIRO DO NORTE, NO SEMIÁRIDO CEARENSE

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMEÇA NA ESCOLA: COMO O LIXO VIRA BRINQUEDO NA REDE PÚBLICA EM JUAZEIRO DO NORTE, NO SEMIÁRIDO CEARENSE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMEÇA NA ESCOLA: COMO O LIXO VIRA BRINQUEDO NA REDE PÚBLICA EM JUAZEIRO DO NORTE, NO SEMIÁRIDO CEARENSE Emmanuelle Monike Silva Feitosa 1 Celme Torres Ferreira da Costa 2 Niraldo Muniz

Leia mais

Os impactos ambientais de maior incidência no país

Os impactos ambientais de maior incidência no país Os impactos ambientais de maior incidência no país Segundo a Pesquisa de Informações Básicas Municipais Perfil dos Municípios Brasileiros/MUNIC 2008, realizada regularmente pelo Instituto Brasileiro de

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ 2010 01. A principal

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 Mantena-MG INTRODUÇÃO A Faculdade de Mantena FAMA - é um estabelecimento particular de ensino superior, que visa a atender

Leia mais

GESTÃO DEMOCRÁTICA: ALGUNS DESAFIOS E PERSPECTIVAS NO COTIDIANO ESCOLAR

GESTÃO DEMOCRÁTICA: ALGUNS DESAFIOS E PERSPECTIVAS NO COTIDIANO ESCOLAR GESTÃO DEMOCRÁTICA: ALGUNS DESAFIOS E PERSPECTIVAS NO COTIDIANO ESCOLAR Girlene dos Santos Souza 1 ; Danielle Lima de Oliveira 1 ; Josilene Maria de Almeida 2 ; Ana Maria Pereira de Lima 3 ; Ângela Cristina

Leia mais

Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados

Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados Por Maria Teresa Somma Com o intuito de entender os motivos que levam franqueados a transferir o seu negócio, foi realizada uma pesquisa exploratória

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL WWF Brasil Maio/ 2003 OBJETIVOS: Levantar informações para subsidiar o planejamento e a avaliação da comunicação da WWF Brasil. Gerar conhecimentos relevantes

Leia mais

A MEMÓRIA DISCURSIVA DE IMIGRANTE NO ESPAÇO ESCOLAR DE FRONTEIRA

A MEMÓRIA DISCURSIVA DE IMIGRANTE NO ESPAÇO ESCOLAR DE FRONTEIRA A MEMÓRIA DISCURSIVA DE IMIGRANTE NO ESPAÇO ESCOLAR DE FRONTEIRA Lourdes Serafim da Silva 1 Joelma Aparecida Bressanin 2 Pautados nos estudos da História das Ideias Linguísticas articulada com Análise

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor da prova: 2.0 Nota: Data: / /2015 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 9º 3º bimestre Trabalho de Recuperação de Geografia Orientações: - Leia atentamente

Leia mais

ANÁLISE DO USO DAS MÍDIAS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO ESTADO DE ALAGOAS

ANÁLISE DO USO DAS MÍDIAS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO ESTADO DE ALAGOAS ANÁLISE DO USO DAS MÍDIAS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO ESTADO DE ALAGOAS Olindina maria moura da silva (UFAL) hollyn.moura@hotmail.com RESUMO:

Leia mais

Secretaria de Estado de Meio Ambiente - Pará

Secretaria de Estado de Meio Ambiente - Pará Secretaria de Estado de Meio Ambiente - Pará Depoimentos de 18 a 22 de outubro/2010 1 Nome Completo do Parceiro: Maria Madalena da Silva Souza Telefone: (91) 37531000 Município/UF: Barcarena/PA Data: 18/10/10

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Vamos fazer nossa parte!

Mostra de Projetos 2011. Vamos fazer nossa parte! Mostra de Projetos 2011 Vamos fazer nossa parte! Mostra Local de: Paranavaí Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Cidade: Mirador Contato: tassiambientalmirador@gmail.com

Leia mais

Educadores veem excessos em nova base curricular brasileira

Educadores veem excessos em nova base curricular brasileira Educadores veem excessos em nova base curricular brasileira Apesar do nome, a Base Nacional Comum Curricular, documento que definirá os conteúdos essenciais ao aprendizado no país, não se atém ao básico.

Leia mais

EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA. Superintendência da Receita Federal em Minas Gerais

EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA. Superintendência da Receita Federal em Minas Gerais EDUCAÇÃO FISCAL PARA A CIDADANIA POR QUE EXISTE TRIBUTO? QUEM TEM O PODER DE COBRAR TRIBUTO? COMO DEVEM SER APLICADOS OS RECURSOS ARRECADADOS? O QUE A POPULAÇÃO PODE FAZER PARA CONTROLAR A APLICAÇÃO DOS

Leia mais

VISÃO DA COMUNIDADE CARENTE A RESPEITO DA CRIAÇÃO DE UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE MIGUEL PEREIRA, RJ Mattos C.F.

VISÃO DA COMUNIDADE CARENTE A RESPEITO DA CRIAÇÃO DE UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE MIGUEL PEREIRA, RJ Mattos C.F. VISÃO DA COMUNIDADE CARENTE A RESPEITO DA CRIAÇÃO DE UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE MIGUEL PEREIRA, RJ Mattos C.F. Junior¹ A relação da comunidade com o meio-ambiente é uma das mais importantes

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO ADMINISTRAÇÀO DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO PROF: NAZARÉ FERRÀO TURMA: 7-ADN-1

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO ADMINISTRAÇÀO DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO PROF: NAZARÉ FERRÀO TURMA: 7-ADN-1 1 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO ADMINISTRAÇÀO DISCIPLINA: MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO PROF: NAZARÉ FERRÀO TURMA: 7-ADN-1 I. MEIO AMBIENTE CONCEITOS MEIO AMBIENTE Tudo o que cerca o ser vivo,

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS

CADERNO DE EXERCÍCIOS GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Disciplina: Ecologia de Ecossistema e da Paisagem

Leia mais

5 Considerações finais

5 Considerações finais 5 Considerações finais 5.1. Conclusões A presente dissertação teve o objetivo principal de investigar a visão dos alunos que se formam em Administração sobre RSC e o seu ensino. Para alcançar esse objetivo,

Leia mais

Energia e suas fontes

Energia e suas fontes ós na ala de Aula - Ciências 6º ao 9º ano - unidade 2 O homem necessita cada vez mais de energia elétrica e está constantemente buscando fontes para produzila. Uma das fontes de energia mais utilizadas

Leia mais

Alternativa berço a berço

Alternativa berço a berço Alternativa berço a berço Nível de Ensino/Faixa Etária: Ensino Fundamental Final Áreas Conexas: Ciências, Língua Portuguesa Consultor: Robson Castro RESUMO Sobre o que trata a série? O documentário traz

Leia mais

RELATÓRIO ATIVIDADE TECNICO ADMINISTRATIVO

RELATÓRIO ATIVIDADE TECNICO ADMINISTRATIVO RELATÓRIO ATIVIDADE TECNICO ADMINISTRATIVO Nome do Técnico Estado Número de Participantes KARYM RACHEL MAMI COLLESEL AMAZONAS 153 PARTICIPANTES ANEXAR AO RELATÓRIO Cópia da Lista de Presença Cópia do Cerimonial

Leia mais

Grupo de Ecologia Ambiental

Grupo de Ecologia Ambiental Grupo de Ecologia Ambiental Queremos nosso planeta feliz! LUCAS MARTINS MIRANDA MATEUS MARQUES DOS SANTOS ORIENTAÇÃO: ELIAS ALVES DE SOUZA Goianésia, 2014 INTRODUÇÃO Atualmente, no planeta, o ser humano

Leia mais

(sheilapopoca@uol.com.br) ÁREA TEMÁTICA: Meio Ambiente

(sheilapopoca@uol.com.br) ÁREA TEMÁTICA: Meio Ambiente TÍTULO: A CRIANÇA E A MATA ATLÂNTICA AUTORES: Lima¹, Sheila Renata Alves de; Portela 1, Valdelira Maria Costa; Barbosa 2, Dilosa Carvalho de Alencar; Barbosa 3, Marlene Carvalho de Alencar. 1 Alunas de

Leia mais

Eco-Mundi 1. PALAVRAS-CHAVE: game; remake; PacMan; natureza; sustentabilidade.

Eco-Mundi 1. PALAVRAS-CHAVE: game; remake; PacMan; natureza; sustentabilidade. Eco-Mundi 1 Gabriela Cardoso LEITÃO 2 Amanda Lorraine Teles RODRIGUES 3 Bruno Andrew Furtado de SOUSA 4 Luisa Pinto ALMEIDA 5 Lamounier Lucas PEREIRA JUNIOR 6 Centro Universitário Newton Paiva, Belo Horizonte,

Leia mais

Atividade Pedagógica de Português Segunda-feira 04/11/2013

Atividade Pedagógica de Português Segunda-feira 04/11/2013 4º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4a) Roteiro Semanal de Atividades de Casa (04 a 08 de Novembro 2013) 08 de Novembro Dia do Turismo Dia 04/11/2013-2ª Feira Atividade Pedagógica de Português Dia

Leia mais

A árvore das árvores

A árvore das árvores A árvore das árvores Resumo O documentário apresenta os múltiplos usos do carvalho para as sociedades, desde tempos remotos até os dias de hoje; além de retratar lendas e histórias sobre essas árvores

Leia mais

APA Itupararanga é tema de palestra na ETEC/São Roque

APA Itupararanga é tema de palestra na ETEC/São Roque APA Itupararanga é tema de palestra na ETEC/São Roque A APA Área de Proteção Ambiental de Itupararanga foi tema da palestra de abertura da Semana Paulo Freire, promovida pela ETEC - São Roque. O evento

Leia mais

O SERVIÇO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA NO MUNICIPIO DE VIÇOSA/MG: UMA NOVA CONCEPÇÃO DE TRABALHO EM PROL DA CIDADANIA

O SERVIÇO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA NO MUNICIPIO DE VIÇOSA/MG: UMA NOVA CONCEPÇÃO DE TRABALHO EM PROL DA CIDADANIA O SERVIÇO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA NO MUNICIPIO DE VIÇOSA/MG: UMA NOVA CONCEPÇÃO DE TRABALHO EM PROL DA CIDADANIA Rita de Cássia Bhering Ramos Pereira 1 Jacqueline Fonseca Sampaio 1 Lucíola Lourenço da

Leia mais

A INCLUSÃO DOS DIREITOS HUMANOS NAS TURMAS DO EJA POR MEIO DAS NOVAS TECNOLOGIAS

A INCLUSÃO DOS DIREITOS HUMANOS NAS TURMAS DO EJA POR MEIO DAS NOVAS TECNOLOGIAS A INCLUSÃO DOS DIREITOS HUMANOS NAS TURMAS DO EJA POR MEIO DAS NOVAS TECNOLOGIAS Gisllayne Rufino Souza UFPB gisllayne.souza@gmail.com Profa. Dra. Marlene Helena de Oliveira França UFPB/Centro de Educação/Núcleo

Leia mais

Consulta Pública Ambiental. Experiências e resultados CICLO 2014

Consulta Pública Ambiental. Experiências e resultados CICLO 2014 Consulta Pública Ambiental Experiências e resultados CICLO 2014 www.sosma.org.br São Paulo/Brasil www.ipm.org.br São Paulo/Brasil Consulta Pública Ambiental Apresentação da metodologia A Consulta Pública

Leia mais

O Solo e a Nossa Saúde

O Solo e a Nossa Saúde O Solo e a Nossa Saúde A formação de lixo não é de hoje; Quantidades excessivas de lixo desde a Idade Média; Essa grande quantidade de lixo acaba gerando doenças e fazendo mal a nossa saúde; Atualmente,

Leia mais

VIDEOAULAS: UMA FORMA DE CONTEXTUALIZAR A TEORIA NA PRÁTICA

VIDEOAULAS: UMA FORMA DE CONTEXTUALIZAR A TEORIA NA PRÁTICA 1 VIDEOAULAS: UMA FORMA DE CONTEXTUALIZAR A TEORIA NA PRÁTICA Curitiba PR Maio 2014 Alexandre Oliveira Universidade Positivo Online alexandre@alexandreoliveira.com Pâmella de Carvalho Stadler Universidade

Leia mais

O homem transforma o ambiente

O homem transforma o ambiente Acesse: http://fuvestibular.com.br/ O homem transforma o ambiente Vimos até agora que não dá para falar em ambiente sem considerar a ação do homem. Nesta aula estudaremos de que modo as atividades humanas

Leia mais

História do vidro no Brasil

História do vidro no Brasil História do vidro no Brasil A fabricação do vidro brasileiro teve seu início após a Revolução de 30, liderada por Getúlio Vargas, e foi intensificada pela conjuntura mundial da época centralizada nos problemas

Leia mais

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS 198 Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS Isailma da Silva Araújo; Luanna Nari Freitas de Lima; Juliana Ribeiro dos Reis; Robson

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS ANIMAIS SINANTRÓPICOS DA SUB- BACIA HIDROGRÁFICA URBANA PILÃO DE PEDRA, EM PONTA GROSSA PR

LEVANTAMENTO DOS ANIMAIS SINANTRÓPICOS DA SUB- BACIA HIDROGRÁFICA URBANA PILÃO DE PEDRA, EM PONTA GROSSA PR LEVANTAMENTO DOS ANIMAIS SINANTRÓPICOS DA SUB- BACIA HIDROGRÁFICA URBANA PILÃO DE PEDRA, EM PONTA GROSSA PR Leticia Polesel Weiss (leticia_w@hotmail.com) Rosana Pinheiro Maria Aparecida Oliveira Hinsching

Leia mais

CAPACITAÇÃO DE AGENTES DE PRODUÇÃO PARA FABRICAÇÃO DE PUFE DE GARRAFA PET VISANDO A GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA

CAPACITAÇÃO DE AGENTES DE PRODUÇÃO PARA FABRICAÇÃO DE PUFE DE GARRAFA PET VISANDO A GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA CAPACITAÇÃO DE AGENTES DE PRODUÇÃO PARA FABRICAÇÃO DE PUFE DE GARRAFA PET VISANDO A GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA Área Temática: Geração de trabalho e renda Adriana de Paula Lacerda Santos 1 (Coordenador

Leia mais

ANEXO 06 - Memória reunião de planejamento das ações do PEA nas escolas; sistematização dos questionários; registro fotográfico; lista de presença

ANEXO 06 - Memória reunião de planejamento das ações do PEA nas escolas; sistematização dos questionários; registro fotográfico; lista de presença ANEXO 06 - Memória reunião de planejamento das ações do PEA nas escolas; sistematização dos questionários; registro fotográfico; lista de presença DATA: 19/02/2013 MEMÓRIA DE REUNIÃO LOCAL: Auditório da

Leia mais

TÍTULO: A INFLUÊNCIA DO ENSINO DE QUÍMICA NO COMPORTAMENTO SÓCIOAMBIENTAL

TÍTULO: A INFLUÊNCIA DO ENSINO DE QUÍMICA NO COMPORTAMENTO SÓCIOAMBIENTAL TÍTULO: A INFLUÊNCIA DO ENSINO DE QUÍMICA NO COMPORTAMENTO SÓCIOAMBIENTAL CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: QUÍMICA INSTITUIÇÃO: FACULDADES OSWALDO CRUZ AUTOR(ES): SIDINEI

Leia mais

Avaliação do plano de gerenciamento dos RCC em Santa Maria.

Avaliação do plano de gerenciamento dos RCC em Santa Maria. Avaliação do plano de gerenciamento dos RCC em Santa Maria. Resumo Mirdes Fabiana Hengen 1 1 Centro Universitário Franciscano (mirdes_hengen@yahoo.com.br) Com a Resolução nº 307, de 05 de Julho de 2002,

Leia mais

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências Universidade Federal de Itajubá Título da dissertação: OS MANUAIS DOS PROFESSORES DOS LIVROS DIDÁTICOS

Leia mais

8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 85 8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS. Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. São Paulo: ABRELPE, 2009. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS

Leia mais