Edital. 1. Introdução

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Edital. 1. Introdução"

Transcrição

1 Edital 1. Introdução A II Mostra Científica para jovens talentos de Sorocaba com a temática Meio Ambiente e Sustentabilidade visa promover transformações junto aos estudantes do ensino fundamental e médio da rede pública e privada do município de Sorocaba - SP. A mostra visa proporcionar aos alunos e professores crescimento pessoal e desenvolvimento científico e tecnológico de projetos com foco no desenvolvimento sustentável. A programação do evento engloba a exposição de trabalhos na forma de pôster e oral, bem como apresentação de trabalhos de experimentação, sendo estes avaliados por comitê científico qualificado. Os melhores trabalhos apresentados serão premiados a fim de estimular os estudantes e professores para o desenvolvimento e implementação dos projetos propostos, bem como para a idealização de novos projetos, gerando assim conhecimento para a cidade de Sorocaba. 2. Objetivos 2.1. Geral A mostra científica visa incentivar os jovens talentos da rede de ensino pública e privada do município de Sorocaba a desenvolverem pesquisas com caráter multidisciplinar e interdisciplinar relacionadas a temática meio ambiente e sustentabilidade, bem como apresentarem os resultados de suas pesquisas através de exposições na forma de sessões orais e de painéis, demonstração de experimentos, entre outras formas de divulgação do conhecimento científico Específicos

2 2 a) Divulgar e estimular a participação dos alunos da rede de ensino fundamental e médio em eventos científicos; b) Estimular a participação de professores da rede de ensino fundamental e médio a atuarem como orientadores junto a grupos de estudantes com foco no desenvolvimento de atividades de pesquisa relacionadas à ações inter e multidisciplinares na temática ambiental; c) Envolver os estudantes da rede de ensino fundamental e médio junto a atividades científica extraclasse a fim de que os mesmos possam complementar seu conhecimento na temática e despertar ainda mais o interesse pela ciência; d) Estudar os problemas ambientais com uma visão interdisciplinar e integrada, aperfeiçoando e compreendendo melhor os processos ambientais; e) Despertar a consciência ambiental nos estudantes da rede de ensino nos níveis fundamental e médio de Sorocaba, a fim de que estes possam adotar medidas que contribuam com o desenvolvimento sustentável. 3. Público-alvo A II Mostra Científica para Jovens Talentos de Sorocaba é destinada aos alunos regularmente matriculados no ensino fundamental, médio e técnico (com exceção dos alunos que estejam cursando oo terceiro ano do ensino médio ou técnico integrado) da rede pública e privada do município de Sorocaba. A participação deverá ser realizada por equipes compostas por um professor orientador e pelo aluno (não serão aceitos inscrições de trabalhos com mais de um orientador). Destaca-se que um mesmo professor poderá orientar vários trabalhos, no entanto o aluno só poderá concorrer com um trabalho. Os trabalhos podem ter mais de um autor, porém só o primeiro autor receberá o prêmio oferecido. 4. Das inscrições As inscrições para participação na II Mostra Científica para Jovens Talentos de Sorocaba será realizada a partir do preenchimento de ficha de inscrição disponível em A ficha de inscrição preenchida deve ser encaminhada pelo professor orientador, em observância ao calendário a ser divulgado no site do evento, para o

3 3 Para a inscrição dos trabalhos, a equipe (aluno e orientador) deverá submeter resumo conforme modelo disponível, contendo título, identificação dos membros da equipe, instituição de filiação e descrição de como as atividades de pesquisa que foram realizadas para o desenvolvimento do trabalho. Os autores deverão indicar no momento da inscrição: i) a categoria: ensino fundamental ou médio/técnico e ii) a forma de apresentação do trabalho: pôster, oral ou apresentação de experimento científico tecnológico. Destaca-se que todos os trabalhos devem estar relacionados à temática Meio ambiente e Sustentabilidade, fruto este de trabalhos multi e interdisciplinares. 5. Das linhas temáticas Serão aceitos trabalhos nas seguintes linhas: Reciclagem e compostagem: o que podemos fazer com relação ao lixo que geramos? Vamos usar a ciência para ajudar a reduzir, reciclar ou reutilizar o nosso lixo. Podemos transformar parte do nosso lixo em adubo, evitando enviá-lo para o aterro sanitário. Faça uma compostagem na sua escola e veja se ele é um bom adubo, aplicando-o numa horta. Meça a produção e avalie o resultado. Uso eficiente da água economia de água: sem água não há vida. Nossos rios estão poluídos, nossa água está ficando escassa. Vamos pensar em alternativas para reduzir o nosso consumo e aproveitar melhor esse recurso tão precioso. Agricultura urbana: será que podemos produzir alimentos em nossa casa, condomínio ou escola? Pense em alternativas para produzir alimentos até em seu apartamento e traga a sua ideia para a nossa Feira de Ciências. Agricultura orgânica: é possível produzir somente com o que a natureza nos oferece. Pesquise como. Turismo e meio ambiente: nossa maior riqueza é o nosso meio ambiente. Como podemos explorar melhor o nosso turismo ambiental? Pesquisando, levantando e analisando informações podemos entender melhor a nossa realidade e achar excelentes alternativas. Isso também é ciência. Reflorestamento e recuperação de áreas públicas: como a ciência pode ajudar na recuperação de praças e jardins e no reflorestamento das cidades e do campo? Esse é um trabalho que precisa das qualidades de um cientista para ser feito: curiosidade, determinação, capacidade de entendimento, envolvimento, busca de propostas e soluções.

4 4 Ecologia: A flora e a fauna que encontramos em nossa cidade sempre foi assim? Qual a importância deste tema para a melhoria da qualidade de vida em nossa cidade? Apresente para nós suas ideias. Educação ambiental e comunicação ambiental: hoje temos diversos meios de comunicação, onde se destaca a internet e redes sociais como o facebook, twitter, youtube entre outros. Desta forma, traga suas ideias de como este veículo de comunicação pode auxiliar na educação ambiental da população de forma a contribuir para a melhoria do meio ambiente. Faça uma pesquisa, levante informações, entenda o seu problema, analise os dados e traga para nós maneiras como estas ferramentas podem ser utilizadas no contexto do meio ambiente e sustentabilidade. Energia renováveis: será que podemos contar com as fontes de energia baseada no petróleo para sempre? Traga alternativas de fontes renováveis de energia, que causem menos danos ao meio ambiente e a saúde humana que as utilizadas atualmente. Qual a contribuição que nosso País pode oferecer ao Mundo? Poluição e qualidade ambiental (ar, solo, água): cada dia mais em nosso modelo de sociedade de consumo temos causados impactos negativos nos ambientes aquáticos, terrestres e atmosférico. Desta forma, traga, ações que podem minimizar os impactos causados de maneira diminuir a poluição ambiental e melhorar a qualidade de vida das pessoas e do ambiente em que vivemos. Como a química, física, biologia, matemática podem auxiliar na resolução destes problemas. Geografia da cidade e memórias ambientais: acervo de fotografias, entrevistas de pais e avós sobre o meio ambiente de Sorocaba competições, pesca, natação, paisagens, plantios, florestas, pássaros, animais, meios de transporte, festas típicas, tropeiros, são bons instrumentos de pesquisa para o relato histórico das mudanças ambientais que ocorreram e ocorrem no munícipio de Sorocaba. Transporte e meio ambiente: Todos nós sofremos com os congestionamentos que temos no trânsito de Sorocaba. Proponha alternativas que possam melhorar o sistema de transporte público a fim de melhorar a qualidade de vida e meio ambiente. 6. Das avaliações e seleção dos trabalhos científicos Os resumos submetidos à participação na II Mostra Científica para Jovens Talentos de Sorocaba serão avaliados por um Comitê Científico formado por docentes de Universidades de Sorocaba, em especial docentes e alunos do Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais/Unesp/Sorocaba. Para a seleção dos

5 5 trabalhos serão levados em conta avaliação dupla (por dois avaliadores) sendo atribuída uma nota de 0 a 10 para cada resumo. Serão considerados como critérios para pontuação dos currículos: formatação, redação, relevância do tema, contribuição do trabalho para o tema meio ambiente e sustentabilidade. Serão escolhidos os 40 (quarenta) trabalhos que obtiverem a melhor média de notas nas avaliações, sendo que os mesmos poderão ser aprovados sem alterações, com alterações ou reprovados. Os prazos e a forma de encaminhamento das alterações serão definidas no calendário da Mostra Científica. Após a seleção os trabalhos serão apresentados durante a Mostra Científica sendo premiados os três melhores da categoria ensino fundamental e três melhores da categoria ensino médio/técnico. 7. Das regras e processos para a avaliação Os trabalhos a serem apresentados na II Mostra Científica para Jovens Talentos de Sorocaba contemplará duas categorias, alunos do ensino fundamental e alunos de ensino médio/técnico. A apresentação dos trabalhos serão divididas em sessões de painéis, sessões orais e apresentação de experimentos, sendo que cada sessão irá ser composta por estudantes de ensino fundamental e médio, a fim de que possa existir uma integração entre eles, no entanto, as avaliações serão realizadas por categorias. A comissão avaliadora das sessões de apresentação será formada por Professores, Pesquisadores e Pós-graduandos do Programa de Ciências Ambientais, sendo que a avaliação dos trabalhos seguirá os seguintes critérios: i) contextualização do trabalho ao tema da mostra; ii) clareza e objetividade na apresentação; iii) importância do trabalho para a comunidade local; iv) criatividade e inovação. Após o término das sessões as notas serão tabuladas e classificadas de acordo com as médias obtidas junto aos avaliadores. Em caso de empate, serão consideradas as médias da nota de apresentação e da seleção do trabalho para apresentação.

6 6 8. Das premiações A cerimônia de premiação será realizada no final do evento, sendo entregue certificado para as equipes ganhadoras, conforme premiação descrita nos tópicos abaixo: 8.1. Ensino médio/técnico 1 o Colocado: Certificado de menção honrosa, uma assinatura anual de revista de divulgação científica (Exemplo: Ciência Hoje, Superinteressante, Galileu, etc) ou uma inscrição para prestar o Vestibular da Unesp (trainee), uma calculadora científica, troféu para a escola e medalha de honra ao mérito para o aluno 2 o Colocado: Certificado de menção honrosa, uma assinatura anual de revista de divulgação científica (Exemplo: Ciência Hoje, Superinteressante, Galileu, etc) ou uma inscrição para prestar o Vestibular da Unesp (trainee), troféu para a escola e medalha de honra ao mérito para o aluno 3 o Colocado: Certificado de menção honrosa, uma assinatura anual de revista de divulgação científica (Exemplo: Ciência Hoje, Superinteressante, Galileu, etc), troféu para a escola e medalha de honra ao mérito para o aluno 8.2. Ensino Fundamental 1 o Colocado: Certificado de menção honrosa, uma assinatura anual de revista de divulgação cientifica (Exemplo: Ciência Hoje, Superinteressante, Galileu, etc), um kit de ciências, troféu para a escola e medalha de honra ao mérito para o aluno. 2 o Colocado: Certificado de menção honrosa, uma assinatura anual de revista de divulgação cientifica (Exemplo: Ciência Hoje, Superinteressante, Galileu, etc), troféu para a escola e medalha de honra ao mérito para o aluno. 3 o Colocado: Certificado de menção honrosa, brinde (a ser definido), troféu para a escola e medalha de honra ao mérito para o aluno.

7 Bolsa de iniciação científica Os três melhores alunos classificados da rede pública de ensino médio/técnico serão contemplados com certificado de menção honrosa e bolsa de Iniciação científica CNPq (12 meses) Certificado de menção honrosa Os professores orientadores receberão um certificado de menção honrosa da premiação e assinatura anual da Revista Unesp Ciência. 9. Dos prazos Inscrição/submissão de trabalho: até 25/11/2014 Divulgação dos trabalhos selecionados para apresentação: 28/11/2014 Data da realização da Mostra de Ciências: 06/12/ Contato Dúvidas devem ser encaminhadas para o Comissão organizadora Leonardo Fernandes (Coordenador) Unesp/Sorocaba Gerson Medeiros de Araújo Unesp/Sorocaba Admilson Irio Ribeiro Unesp/Sorocaba Adriano Bressane - Unesp/Sorocaba Amanda Alves Domingos Maia Unesp/Sorocaba Carolina de Castro Bueno Unesp/Sorocaba Cláudia Hitomi Watanabe Unesp/Sorocaba

8 8 Daniele Frascareli - Unesp/Sorocaba Fabíola Magalhães de Andrade - Unesp/Sorocaba Fernando Henrique Machado Unesp/Sorocaba Jhones Luiz Oliveira Unesp/Sorocaba Lucirene Vitória Góes França Unesp/Sorocaba Marcela Merides - Unesp/Sorocaba APOIO:

XX Ciência Viva. Tema: Luz, ciência e vida. 12 e 13 de Novembro de 2015

XX Ciência Viva. Tema: Luz, ciência e vida. 12 e 13 de Novembro de 2015 XX Ciência Viva Tema: Luz, ciência e vida 12 e 13 de Novembro de 2015 A CIÊNCIA VIVA A Ciência Viva é uma exposição anual aberta ao público, em que estudantes da educação básica das instituições de ensino

Leia mais

IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM João Pessoa/2015 REGULAMENTO IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM DATA: 15 A 18 DE SETEMBRO DE 2015 LOCAL: HALL DA REITORIA DA UFPB

IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM João Pessoa/2015 REGULAMENTO IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM DATA: 15 A 18 DE SETEMBRO DE 2015 LOCAL: HALL DA REITORIA DA UFPB REGULAMENTO IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM DATA: 15 A 18 DE SETEMBRO DE 2015 LOCAL: HALL DA REITORIA DA UFPB O IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM consiste na apresentação de trabalhos científicos, orientados por

Leia mais

22 o. Prêmio Expressão de Ecologia

22 o. Prêmio Expressão de Ecologia 22 o. Prêmio Expressão de Ecologia 2014-2015 Fotos: Projeto: Recriando os Resíduos Sólidos Organização: Centro Municipal Escola do Mar Página: 1/1 PÁGINA 1: Informações cadastrais: Q1: Título do projeto

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

Edital Proppex n 10/2016

Edital Proppex n 10/2016 Edital Proppex n 10/2016 Bolsas de Educação BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A CONVÊNIO DE APOIO AO PROGRAMA DE BOLSAS DE EDUCAÇÃO CHAMADA PARA PROJETOS DE ESTUDO VOLTADOS À PESQUISA DE GRUPOS DE PESQUISA DA

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação PIBITI/CNPq/UFRGS - 2016/2017

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação PIBITI/CNPq/UFRGS - 2016/2017 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação PIBITI/CNPq/UFRGS - 2016/2017 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 - PROCIENT

EDITAL Nº 001/2015 - PROCIENT FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE - FACDO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO NUPEX PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PROCIENT FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE Rua Santa Cruz, 557. Centro - 77804-090

Leia mais

CHAMADA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS PARA XIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL:

CHAMADA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS PARA XIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL: CHAMADA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS PARA XIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL: NORMAS E ORIENTAÇÕES GERAIS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS 1. APRESENTAÇÃO A comissão organizadora

Leia mais

PRÊMIO Dra. ANGEOLINA ROSSI FERREIRA CATEGORIA: TRABALHOS CIENTÍFICOS BEM VIVER 2013 HOMENAGEM AO DIA DO NUTRICIONISTA

PRÊMIO Dra. ANGEOLINA ROSSI FERREIRA CATEGORIA: TRABALHOS CIENTÍFICOS BEM VIVER 2013 HOMENAGEM AO DIA DO NUTRICIONISTA PRÊMIO Dra. ANGEOLINA ROSSI FERREIRA CATEGORIA: TRABALHOS CIENTÍFICOS BEM VIVER 2013 HOMENAGEM AO DIA DO NUTRICIONISTA APRESENTAÇÃO: O Prêmio Dra. Angeolina Rossi Categoria Trabalhos Científicos, foi criado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA PROGRAMA MONITORIA EDITAL Nº 009/2013 O Diretor Geral

Leia mais

2. O que significam interações estéticas no Ponto de Cultura?

2. O que significam interações estéticas no Ponto de Cultura? BOLSA INTERAÇÕES ESTÉTICAS - RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS EM PONTOS DE CULTURA 2012 ANEXO 6 - PERGUNTAS FREQUENTES 1. O que significa Residência Artística? Os projetos de residência artística consistem no deslocamento

Leia mais

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011

Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 Edital de seleção para formação em gestão de Organizações da Sociedade Civil Fundação Tide Setubal 2011 INTRODUÇÃO A Fundação Tide Setubal nasce em 2005 para ressignificar e inovar o trabalho pioneiro

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFCO E TECNOLÓGICO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO

Leia mais

A Sustentabilidade e a Inovação na formação dos Engenheiros Brasileiros. Prof.Dr. Marco Antônio Dias CEETEPS

A Sustentabilidade e a Inovação na formação dos Engenheiros Brasileiros. Prof.Dr. Marco Antônio Dias CEETEPS A Sustentabilidade e a Inovação na formação dos Engenheiros Brasileiros Prof.Dr. Marco Antônio Dias CEETEPS O PAPEL DA FORMAÇÃO ACADÊMICA Segundo diversos autores que dominam e escrevem a respeito do tema,

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 01. Título do Projeto Implantação e desenvolvimento

Leia mais

REGULAMENTO DA I FEIRA DE CIÊNCIAS E MOSTRA CIENTÍFICA DE SERRA TALHADA: UM SALTO PARA A CIÊNCIA NO SERTÃO DO PAJEÚ

REGULAMENTO DA I FEIRA DE CIÊNCIAS E MOSTRA CIENTÍFICA DE SERRA TALHADA: UM SALTO PARA A CIÊNCIA NO SERTÃO DO PAJEÚ REGULAMENTO DA I FEIRA DE CIÊNCIAS E MOSTRA CIENTÍFICA DE SERRA TALHADA: UM SALTO PARA A CIÊNCIA NO SERTÃO DO PAJEÚ Poderão participar da I Feira de Ciências e Mostra Científica de Serra Talhada estudantes

Leia mais

1 a. PARTE O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA BIODIVERSIDADE

1 a. PARTE O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA BIODIVERSIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA BIODIVERSIDADE Edital de abertura de Inscrições para Processo de Seleção para Ingresso na Turma 6 (2012) A Escola Nacional de Botânica Tropical (ENBT) do Jardim Botânico

Leia mais

VIII BioCiências Mostra de Projetos Experimentais de Itumbiara-GO

VIII BioCiências Mostra de Projetos Experimentais de Itumbiara-GO VIII BioCiências: Mostra de Projetos Experimentais de Itumbiara-GO Chamada MCTI/CNPq/MEC/CAPES/SEB N º 25/2011 - apoio à realização de Feiras de Ciências e Mostras Científicas 1 Caracterização da Proposta

Leia mais

III Feira Multidisciplinar e I Mostra Científica da UnC REGULAMENTO

III Feira Multidisciplinar e I Mostra Científica da UnC REGULAMENTO Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR - Concórdia SC Universidade do Contestado Campus Concórdia III Feira Multidisciplinar e I Mostra

Leia mais

PEDAGOGIA EM AÇÃO: O USO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COMO ELEMENTO INDISPENSÁVEL PARA A TRANSFORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

PEDAGOGIA EM AÇÃO: O USO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COMO ELEMENTO INDISPENSÁVEL PARA A TRANSFORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL PEDAGOGIA EM AÇÃO: O USO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS COMO ELEMENTO INDISPENSÁVEL PARA A TRANSFORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA AMBIENTAL Kelly Cristina Costa de Lima, UEPA Aline Marques Sousa, UEPA Cassia Regina Rosa

Leia mais

1. Nome da Prática inovadora: Coleta Seletiva Uma Alternativa Para A Questão Socioambiental.

1. Nome da Prática inovadora: Coleta Seletiva Uma Alternativa Para A Questão Socioambiental. 1. Nome da Prática inovadora: Coleta Seletiva Uma Alternativa Para A Questão Socioambiental. 2. Caracterização da situação anterior: O município de Glória de Dourados possui 9.927 habitantes (IBGE-2011),

Leia mais

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA

EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA EDITAL FACEPE 14/2008 PROGRAMA DE BOLSAS DE INCENTIVO ACADÊMICO - BIA A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Pernambuco FACEPE convida as universidades públicas de Pernambuco, federais ou estaduais,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS N. O 01.2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS N. O 01.2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS N. O 01.2015 Seleção de Estagiários para o programa de formação de Agentes Ambientais do Projeto Vale Sustentável, conforme contrato de Patrocínio entre a ANEA Associação

Leia mais

Amanda Aroucha de Carvalho. Reduzindo o seu resíduo

Amanda Aroucha de Carvalho. Reduzindo o seu resíduo Amanda Aroucha de Carvalho Reduzindo o seu resíduo 1 Índice 1. Apresentação 2. Você sabe o que é Educação Ambiental? 3. Problemas Ambientais 4. Para onde vai o seu resíduo? 5. Soluções para diminuir a

Leia mais

O Solo e a Nossa Saúde

O Solo e a Nossa Saúde O Solo e a Nossa Saúde A formação de lixo não é de hoje; Quantidades excessivas de lixo desde a Idade Média; Essa grande quantidade de lixo acaba gerando doenças e fazendo mal a nossa saúde; Atualmente,

Leia mais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Educação de Qualidade ao seu alcance EDUCAR PARA TRANSFORMAR O CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO: LICENCIATURA

Leia mais

REGULAMENTO EXPOTEC 2015

REGULAMENTO EXPOTEC 2015 REGULAMENTO EXPOTEC 2015 A Exposição de Tecnologia de Ciência de Camaragibe EXPOTEC se caracteriza como a exposição de ciências do Município de Camaragibe/PE que tem como principal objetivo fomentar o

Leia mais

VIVÊNCIA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: REUTILIZAÇÃO DO PAPEL COMO RECURSO EDUCACIONAL

VIVÊNCIA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: REUTILIZAÇÃO DO PAPEL COMO RECURSO EDUCACIONAL VIVÊNCIA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: REUTILIZAÇÃO DO PAPEL COMO RECURSO EDUCACIONAL Jose Lucas dos Santos Oliveira e-mail: joselucasoliveira55@gmail.com Leonardo Lucas dos Santos Dantas e-mail:leonardolucascbio@gmail.com

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016 PROTEC/UFAM

EDITAL Nº 01/2016 PROTEC/UFAM Poder Executivo Ministério da Educação Universidade Federal do Amazonas Pró-Reitoria de Inovação Tecnológica Programa Institucional de Bolsas de Desenvolvimento Tecnológicoe Inovação PIBITI EDITAL Nº 01/2016

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Nutrição é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais

Leia mais

Edital. 1. Introdução

Edital. 1. Introdução Edital 1. Introdução A IV Mostra Científica para jovens talentos de Sorocaba e Região com a temática Meio Ambiente e Sustentabilidade visa promover transformações junto aos estudantes do ensino fundamental

Leia mais

Concurso Jovens Empreendedores Florestais. Edital de Seleção

Concurso Jovens Empreendedores Florestais. Edital de Seleção IDESAM Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas Concurso Jovens Empreendedores Florestais Edital de Seleção Versão 1.0 - Março/2014 1. Descrição do Concurso O IDESAM convoca por

Leia mais

EDITAL 2 / 2015 DO PET ODONTOLOGIA SELEÇÃO DE NOVOS INTEGRANTES

EDITAL 2 / 2015 DO PET ODONTOLOGIA SELEÇÃO DE NOVOS INTEGRANTES EDITAL 2 / 2015 DO PET ODONTOLOGIA SELEÇÃO DE NOVOS INTEGRANTES O tutor do Programa de Educação Tutorial - PET, do Curso de Odontologia da Universidade Federal de Uberlândia, no uso de suas atribuições

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula RECICLANDO. Anos iniciais. 4º ano. Ciências. Ser Humano e Saúde. 2 aulas (50 minutos cada) Educação Presencial

TÍTULO: Plano de Aula RECICLANDO. Anos iniciais. 4º ano. Ciências. Ser Humano e Saúde. 2 aulas (50 minutos cada) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: RECICLANDO Nível de Ensino: Ensino Fundamental / Anos iniciais Ano/Semestre de estudo Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Modalidade de Ensino: 4º ano Ciências

Leia mais

das demais previsões relativas ao estágio previstas no Projeto Pedagógico do Curso, no Regimento Interno e na Legislação.

das demais previsões relativas ao estágio previstas no Projeto Pedagógico do Curso, no Regimento Interno e na Legislação. DIRETRIZES E NORMAS PARA O ESTÁGIO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE REDENTOR DE PARAÍBA DO SUL DOS OBJETIVOS Art. 1 O Sistema de Estágio da FACULDADE REDENTOR DE PARAÍBA DO SUL terá por objetivos gerais:

Leia mais

EDITAL Abertura de Processo Seletivo

EDITAL Abertura de Processo Seletivo EDITAL Abertura de Processo Seletivo Projeto de Iniciação Científica das Faculdades Integradas Campo-grandenses (FIC) Dispõe sobre as normas para o processo de chamada de propostas de projetos de iniciação

Leia mais

EDITAL Nº 08, DE 16 DE MARÇO DE 2015

EDITAL Nº 08, DE 16 DE MARÇO DE 2015 EDITAL Nº 08, DE 16 DE MARÇO DE 2015 O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Direção de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, no uso

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 3 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 3 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio mbiente 3 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando, identificando-se

Leia mais

Alternativa berço a berço

Alternativa berço a berço Alternativa berço a berço Nível de Ensino/Faixa Etária: Ensino Fundamental Final Áreas Conexas: Ciências, Língua Portuguesa Consultor: Robson Castro RESUMO Sobre o que trata a série? O documentário traz

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jataí Secretaria de Cultura Museu de Arte Contemporânea

Prefeitura Municipal de Jataí Secretaria de Cultura Museu de Arte Contemporânea Prefeitura Municipal de Jataí Secretaria de Cultura Museu de Arte Contemporânea 1- DOS OBJETIVOS EDITAL 2016 15º SALÃO NACIONAL DE ARTE JATAÍ - GO REGULAMENTO 1.1- O 15º Salão Nacional de Arte é uma realização

Leia mais

EDITAL Nº10, DE 17 DE MARÇO DE 2014

EDITAL Nº10, DE 17 DE MARÇO DE 2014 EDITAL Nº10, DE 17 DE MARÇO DE 2014 O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Direção de Pesquisa e Inovação, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA EM CURSOS SUPERIORES E SUBSEQUENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS OSÓRIO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA

Leia mais

Resultados Reunião do Fórum de Estágios 19/05/2015

Resultados Reunião do Fórum de Estágios 19/05/2015 Resultados Reunião do Fórum de Estágios 19/05/2015 Resultados Fórum de Estágios de SC C o n e x ã o j o v e m X a t r a ç ã o e d e s e n v o l v i m e n t o d e t a l e n t o s p o r m e i o d o e s t

Leia mais

A Semana Agricolana de Ciência, Tecnologia e Inovação possui como principais objetivos:

A Semana Agricolana de Ciência, Tecnologia e Inovação possui como principais objetivos: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS ITAPINA Rodovia BR-259, Km 70 Zona Rural Caixa Postal 256 29709-910 Colatina ES 27 3723-1202 EDITAL 09/2014 - SEMANA AGRICOLANA DE CIÊNCIA,

Leia mais

REGULAMENTO II Concurso de Redação do Jogue Limpo

REGULAMENTO II Concurso de Redação do Jogue Limpo REGULAMENTO II Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO Geral Estimular a reflexão sobre o exercício da cidadania em crianças e jovens, oriundos de escolas públicas dos lugares discriminados no item

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 19/2011 SELEÇÃO 100 MULHERES DA PAZ - BAGÉ

PROCESSO SELETIVO Nº 19/2011 SELEÇÃO 100 MULHERES DA PAZ - BAGÉ PROCESSO SELETIVO Nº 19/2011 SELEÇÃO 100 MULHERES DA PAZ - BAGÉ A Guayí, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, sediada na Rua José do Patrocínio 611, Bairro Cidade Baixa, Porto Alegre, RS,

Leia mais

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências Universidade Federal de Itajubá Título da dissertação: OS MANUAIS DOS PROFESSORES DOS LIVROS DIDÁTICOS

Leia mais

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA - PPGECIM e-mail: ppgecim@furb.br Rua Antônio da Veiga 140 Fones:

Leia mais

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h.

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE A Direção Geral do Campus de Maracanaú, através da Coordenação Local do Pronatec no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Gestão de impactos sociais nos empreendimentos Riscos e oportunidades. Por Sérgio Avelar, Fábio Risério, Viviane Freitas e Cristiano Machado

Gestão de impactos sociais nos empreendimentos Riscos e oportunidades. Por Sérgio Avelar, Fábio Risério, Viviane Freitas e Cristiano Machado Gestão de impactos sociais nos empreendimentos Riscos e oportunidades Por Sérgio Avelar, Fábio Risério, Viviane Freitas e Cristiano Machado A oferta da Promon Intelligens considera o desenvolvimento de

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 433/2015 CAPÍTULO I DOS CONCEITOS

PROJETO DE LEI Nº 433/2015 CAPÍTULO I DOS CONCEITOS PROJETO DE LEI Nº 433/2015 Institui a Política Municipal de estímulo à produção e ao consumo sustentáveis. CAPÍTULO I DOS CONCEITOS Art. 1º Esta Lei institui a Política Municipal de estímulo à Produção

Leia mais

20o. Prêmio Expressão de Ecologia

20o. Prêmio Expressão de Ecologia 20o. Prêmio Expressão de Ecologia 2012-2013 HORTA ORGÂNICA -CANTEIROS COM GARRAFAS PET COLETA SELETIVA DE LIXO ÁREA DE REVEGETAÇÃO NATIVA AOS REDORES DA ESCOLA CONSTRUÇÃO DA AGENDA 21 ESCOLAR CAMPANHA

Leia mais

EDITAL IV PRÊMIO JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADA E SILVA DO INSTITUTO O DIREITO POR UM PLANETA VERDE

EDITAL IV PRÊMIO JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADA E SILVA DO INSTITUTO O DIREITO POR UM PLANETA VERDE EDITAL IV PRÊMIO JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADA E SILVA DO INSTITUTO O DIREITO POR UM PLANETA VERDE O IV Prêmio José Bonifácio de Andrada e Silva é uma realização do Instituto "O Direito para um Planeta Verde"

Leia mais

Estratégias a utilizar

Estratégias a utilizar Introdução Ao olharmos à nossa volta e ao estarmos atentos à informação que nos chega diariamente através dos vários órgãos de comunicação social, chegamos à triste conclusão que a vida no planeta Terra

Leia mais

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013.

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. Seleção de Projetos ou Programas para concessão de bolsas do Programa de Bolsa de Extensão da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (PROBEXT-UFCSPA)

Leia mais

Prouni 2016: candidatos podem consultar primeira lista de aprovados

Prouni 2016: candidatos podem consultar primeira lista de aprovados O Ministério da Educação divulgou nesta segunda, 25, a primeira chamada de pré-selecionados para o Programa Universidade para Todos (Prouni). Os candidatos podem conferir os resultados no site http://siteprouni.mec.gov.br/,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.730, DE 9 DE JANEIRO DE 2002. (publicada no DOE nº 007, de 10 de janeiro de 2002) Dispõe sobre a Educação

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Sagrado Coração torna público o presente Edital de abertura de inscrições,

Leia mais

1 EDITAL DE SELEÇÃO PARA INCUBAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS NO PORTO SOCIAL

1 EDITAL DE SELEÇÃO PARA INCUBAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS NO PORTO SOCIAL PORTO SOCIAL Todo Mundo Junto 1 EDITAL DE SELEÇÃO PARA INCUBAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS NO PORTO SOCIAL 2016.1 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA O PORTO SOCIAL 2016.1 A Coordenação da INCUBADORA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DA REDE IFES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL Planejamento Anual de Atividades 2010 (01 de janeiro de 2010 a 31 de dezembro

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA

REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA São Paulo 2010 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar

Leia mais

Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR- Seara-SC

Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR- Seara-SC Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR- Seara-SC Universidade do Contestado Campus Concórdia II Mostra Científica da UnC e V Feira Regional

Leia mais

Iniciação Científica. Regime de. Centro de Pesquisa

Iniciação Científica. Regime de. Centro de Pesquisa Regime de Iniciação Científica Centro de Pesquisa Regime de Iniciação Científica - RIC Rua Taquari, 546 Mooca - São Paulo/SP - CEP 03166-000 Tel.: (011) 2799-1946 - Fax: 2794-2513 www.usjt.br C P MANTENEDORA

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS 2 MANUAL DE ORIENTAÇÕES: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Coordenadoras Profª. Roberta Paulert Profª. Camila Tonezer 3 Equipe Organizadora Profª. Adriana Ferla de Oliveira Prof. Arthur W. B. Bergold Prof. Alfredo

Leia mais

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/UFERSA,

Leia mais

1º PRÊMIO DE CRIATIVIDADE E DESIGN MINIATURAS DA FATEC DE CALÇADOS FEMININOS COORDENAÇÃO DOS PROFESSORES: NOV/2011 REV. 01

1º PRÊMIO DE CRIATIVIDADE E DESIGN MINIATURAS DA FATEC DE CALÇADOS FEMININOS COORDENAÇÃO DOS PROFESSORES: NOV/2011 REV. 01 1º PRÊMIO DE CRIATIVIDADE E DESIGN MINIATURAS DA FATEC DE CALÇADOS FEMININOS COORDENAÇÃO DOS PROFESSORES: PROF. FRANCIENNE HERNANDES PROF. ESP. FLÁVIO C. VENTURA PROF. ME MARCOS BONIFÁCIO NOV/2011 REV.

Leia mais

Educação Ambiental com as crianças pequenas

Educação Ambiental com as crianças pequenas Educação Ambiental com as crianças pequenas Relato de experiência sobre Projeto de Educação Ambiental desenvolvido no NEI Santo Antônio de Pádua em Florianópolis. POR: Aline Vasconcelos Marques Andréa

Leia mais

Educa Mais Brasil REGULAMENTO

Educa Mais Brasil REGULAMENTO Educa Mais Brasil REGULAMENTO 2015 Regulamento do Programa EDUCA MAIS BRASIL I DO PROGRAMA Art. 1.º - O Programa EDUCA MAIS BRASIL é um programa de INCLUSÃO EDUCACIONAL e tem por objetivos: I estimular

Leia mais

REGULAMENTO Desafio FG Soluções criativas para um planeta melhor

REGULAMENTO Desafio FG Soluções criativas para um planeta melhor REGULAMENTO Desafio FG Soluções criativas para um planeta melhor Comissão Organizadora: Nome Ana Carolina Ciriaco Padilha Beatriz Letícia Rocha Horst Edson Luiz Schultz Gerson Felipe Sonego João Carlos

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - USU EDITAL PQ 01/2014 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE SANTA ÚRSULA

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - USU EDITAL PQ 01/2014 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE SANTA ÚRSULA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - USU EDITAL PQ 01/2014 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE SANTA ÚRSULA A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DA I FEIRA DE ENSINO, EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR - ASSIS CHATEAUBRIAND

REGULAMENTO DA I FEIRA DE ENSINO, EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR - ASSIS CHATEAUBRIAND REGULAMENTO DA I FEIRA DE ENSINO, EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR - ASSIS CHATEAUBRIAND Data de realização do evento: 07 de outubro de 2015 CAPÍTULO I DA REALIZAÇÃO Art. 1 A I Feira de Ensino, Extensão,

Leia mais

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB)

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB) Edital ProIC-EM/DPP/UnB PIBIC Ensino Médio (CNPq) 2013/2014 1. Preâmbulo O torna público o Edital do Programa Institucional de bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio (IC-EM) 2013-2014 da Universidade

Leia mais

1º CONCURSO DE DESENHO E REDAÇÃO SUSTENTABILIDADE

1º CONCURSO DE DESENHO E REDAÇÃO SUSTENTABILIDADE 1º CONCURSO DE DESENHO E REDAÇÃO SUSTENTABILIDADE O Prefeito Municipal de Joinville, no uso de suas atribuições legais, por meio da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Joinville - FUNDEMA, por ocasião

Leia mais

Valorizar os produtos da terra. Melhorar a vida das nossas aldeias. documento síntese para consulta e debate público 9 Fev 2015

Valorizar os produtos da terra. Melhorar a vida das nossas aldeias. documento síntese para consulta e debate público 9 Fev 2015 PROGRAMA VISEU RURAL Valorizar os produtos da terra Melhorar a vida das nossas aldeias documento síntese para consulta e debate público 9 Fev 2015 CONSELHO ESTRATÉGICO DE VISEU Apresentação. O mundo rural

Leia mais

CONCURSO DE REDAÇÃO: Funcesi 20 anos: Desenvolvendo a comunidade com novas ideias para novos tempos

CONCURSO DE REDAÇÃO: Funcesi 20 anos: Desenvolvendo a comunidade com novas ideias para novos tempos CONCURSO DE REDAÇÃO: Funcesi 20 anos: Desenvolvendo a comunidade com novas ideias para novos tempos 1-APRESENTAÇÃO A história do ensino superior em Itabira não é recente, pois se iniciou há 45 anos com

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2015 1 JUSTIFICATIVA O Fórum Permanente instituído pela Lei nº5701/2012 representado pelas seguintes entidades: Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul, da Câmara

Leia mais

O marco mundial da nova ordem ambiental é minimizar o lixo. Desde 1992, os 170 países presentes na conferência da ONU sobre Meio Ambiente e

O marco mundial da nova ordem ambiental é minimizar o lixo. Desde 1992, os 170 países presentes na conferência da ONU sobre Meio Ambiente e Parceria: O marco mundial da nova ordem ambiental é minimizar o lixo. Desde 1992, os 170 países presentes na conferência da ONU sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a RIO/92, assinaram a Agenda 21, que

Leia mais

XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA. Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO

XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA. Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO CAPÍTULO I DO PRÊMIO Art. 1º. O Prêmio Jovem Cientista é uma iniciativa do CNPq, do Grupo Gerdau, da Fundação

Leia mais

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação.

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7983 gabinete.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO. IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró

EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO. IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO CONCURSO DE IDEIAS InovAÇÃO: Concurso Fachada da UnP do Campus Mossoró IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró 1. APRESENTAÇÃO A Universidade

Leia mais

1º PRÊMIO SECTTI-FAPES DE INCENTIVO AO PESQUISADOR INOVADOR CAPIXABA

1º PRÊMIO SECTTI-FAPES DE INCENTIVO AO PESQUISADOR INOVADOR CAPIXABA 1º PRÊMIO SECTTI-FAPES DE INCENTIVO AO PESQUISADOR INOVADOR CAPIXABA A Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo FAPES, em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Educação Profissional

Leia mais

Edital nº 017/2015 - PRORROGADO ATÉ 12/07/2015

Edital nº 017/2015 - PRORROGADO ATÉ 12/07/2015 FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS Núcleo de Prática de Pesquisa Edital nº 017/2015 - PRORROGADO ATÉ 12/07/2015 EDITAL DE SELEÇÃO - PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICANO PARA O ENSINO

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 1 ÍNDICE CRONOGRAMA ------------------------------------------------------------------------------- 3 CATEGORIAS -------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

EDITAL 01/2013 INSCRIÇÃO DE PROJETOS PARA A FEIRA DE CIÊNCIAS

EDITAL 01/2013 INSCRIÇÃO DE PROJETOS PARA A FEIRA DE CIÊNCIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA- Campus FLORESTAL CENTRAL DE ENSINO E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DE FLORESTAL EDITAL 01/2013 INSCRIÇÃO DE PROJETOS PARA A FEIRA DE CIÊNCIAS A Universidade Federal de Viçosa

Leia mais

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Índice Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Prefácio --------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Processo Seletivo para Graduandos dos Cursos de Administração, Ciência da Computação e Pedagogia

Processo Seletivo para Graduandos dos Cursos de Administração, Ciência da Computação e Pedagogia Processo Seletivo para Graduandos dos Cursos de Administração, Ciência da Computação e Pedagogia Bolsistas de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia, Ciências e Educação - FATECE Edital 05/2015

Leia mais

CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO

CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO Contratação de Empresas de Consultoria para Prestação de

Leia mais

EDITAL DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL CONEXÃO BRASIL-ÁFRICA

EDITAL DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL CONEXÃO BRASIL-ÁFRICA EDITAL DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL CONEXÃO BRASIL-ÁFRICA I. APRESENTAÇÃO É incalculável a contribuição do negro à formação da sociedade brasileira. Mais de meio milênio de influência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS Câmpus Universitário de Palmas EDITAL Nº 001/2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS Câmpus Universitário de Palmas EDITAL Nº 001/2013. EDITAL Nº 001/2013. CHAMADA PÚBLICA PARA PROJETOS NAS CATEGORIAS DE MONITORIA, EXTENSÃO E PESQUISA. O Diretor do da Fundação Universidade Federal do Tocantins, torna pública a presente Chamada referente

Leia mais

1. Informações Gerais 2. Processo Seletivo obrigatoriamente em envelope lacrado

1. Informações Gerais 2. Processo Seletivo obrigatoriamente em envelope lacrado Edital nº 02/2011 O Decanato de Extensão da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro UFRRJ - abre as inscrições para o Curso Preparatório do ENEM, que atenderá a alunos que tenham concluído ou estejam

Leia mais

FEIRA CULTURAL 2013 TEMA: CIÊNCIA, SAÚDE E ESPORTE.

FEIRA CULTURAL 2013 TEMA: CIÊNCIA, SAÚDE E ESPORTE. COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG PASSOS FEIRA CULTURAL 2013 TEMA: CIÊNCIA, SAÚDE E ESPORTE. I-JUSTIFICATIVA: Com a realização dos grandes eventos esportivos mundiais no Brasil como a - Copa das Confederações

Leia mais

Startup Energy. Edital de Participação 2012 v. 02

Startup Energy. Edital de Participação 2012 v. 02 Startup Energy Edital de Participação 2012 v. 02 1. APRESENTAÇÃO A CakeRoll Brasil, empresa realizadora do FEEC BRAZIL 2012, lança o I Startup Energy, uma competição pra empresas startups que apresentem

Leia mais

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA Av. NS 15, 109 Norte, sala 219, Bloco IV 77001-090 Palmas/TO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 A Direção Geral da Faculdade Católica do Tocantins, no uso de suas atribuições faz saber

Leia mais

IV SEMINARIO CIENTÍFICO SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA AGRO CENTRO- OESTE FAMILIAR 2015

IV SEMINARIO CIENTÍFICO SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA AGRO CENTRO- OESTE FAMILIAR 2015 IV SEMINARIO CIENTÍFICO SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA AGRO CENTRO- OESTE FAMILIAR 2015 Objetivo: O Seminário busca fomentar a divulgação da produção técnica e científica relacionada à agricultura familiar

Leia mais

RELATÓRIO 2012 REALIZAÇÃO:

RELATÓRIO 2012 REALIZAÇÃO: RELATÓRIO 2012 REALIZAÇÃO: Durante os últimos 4 meses de 2012, nós tivemos o prazer de conduzir o projeto Cidadão do Futuro nas comunidades de Antônio Pereira (Ouro Preto/MG), Condados (Guarapari/ES),

Leia mais

Empreendedorismo Negócios

Empreendedorismo Negócios CONCURSO DE IDEIAS Empreendedorismo Negócios Enquadramento O Concurso de Ideias apresenta como objetivo desenvolver o espírito empreendedor da população em geral, contribuindo desta forma para a promoção

Leia mais

EDITAL PARA CONTEUDISTA FEAD

EDITAL PARA CONTEUDISTA FEAD EDITAL PARA CONTEUDISTA FEAD 1. CONCEPÇÃO Esta nova concepção de educação e aprendizagem tem seu eixo centrado no aluno, no professor e na gestão escolar (Paulo Sérgio). Diante disso, torna-se relevante

Leia mais

Regulamento das Unidades do Centro Paula Souza

Regulamento das Unidades do Centro Paula Souza Regulamento das Unidades do Centro Paula Souza 1. Cronograma Geral 2. Participação Período / 2013 03 de abril a 05 de maio Etapas Inscrição dos Projetos no site (www.feteps.com.br) Etecs e Fatecs 18 de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO- OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNISC

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO- OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNISC UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO- OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNISC CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais